Page 6

Itajaí patrocina Festa no Campo Grande 1ª Festa do Migrante da Região Campo Grande foi realizada entre os dias 13 e 15 de maio, no Centro Cultural Campo Grande, localizado na Praça João Amazonas, no Parque Itajaí. Organizada pelas Paróquias Santo Afonso de Ligório, Jesus Cristo Libertador e São Pio X, a festa tem como objetivos a confraternização das paróquias e a integração das comunidades, considerando que a Região Campo Grande é composta de pessoas oriundas dos vários estados do Brasil, que

A

chegaram ali a partir do final da década de 1970. Até então as três paróquias realizavam tradicionalmente suas festas com o objetivo de integrar os migrantes das comunidades, mas é a primeira vez que será realizada uma festa das três paróquias em conjunto. A festa contou com o apoio da Itajaí Transportes Coletivos. A empresa, que opera o sistema de transporte coletivo daquela região, investiu na locação dos módulos de banheiros químicos que ficaram à disposição dos frequentadores do evento.

Festa organizada por paróquias da região contou com apoio da Itajaí Transportes Coletivos

VB sofre com vandalismo em suas garagens Cerca de 5 mil pessoas foram prejudicadas com a falta de ônibus na manhã do dia 26 de maio em função de crimes de vandalismo cometidos dentro da garagem da

empresa VB Transportes e Turismo, localizada na região do bairro Bonfim. Ao todo, 70 ônibus tiveram suas chaves roubadas ou os miolos de chave estourados, acarretando em atrasos de mais de 2 horas em 17 linhas. Dois dias antes, a garagem da VB que fica na região do Ouro Verde também sofreu com atos de vandalismo. Lá, 40 ônibus Vândalos roubaram várias chaves e prejudicaram 5 mil pessoas tiveram as

chaves furtadas, porém a empresa possuía chaves-reserva e nenhum atraso foi registrado. A empresa registrou Boletim de Ocorrência nos dois casos e, para evitar maiores prejuízos, pediu reforço policial nas imediações de suas garagens. Se forem computados os valores de cada carro parado e da contratação de chaveiros para a troca dos miolos de chave, o prejuízo da VB Transportes foi de R$ 17 mil. “O maior prejuízo, entretanto, foi para o usuário. Muitos foram prejudicados em seus compromissos por causa dessa ação criminosa e irresponsável”, afirmou Paulo Barddal, diretor de Comunicação da empresa.

O Coletivo edição 110  

Jornal "O Coletivo" edição n° 110, junho/2011

O Coletivo edição 110  

Jornal "O Coletivo" edição n° 110, junho/2011

Advertisement