Page 1

171 N° 171 166

1

De1313Aa1919DEde março de 2010 DE MARÇO DE 2010

www.jornaltribunapopular.com

Edição 3013 deajaneiro a 5 dede fevereiro Edição semanalN° N°| R$ 1,00--DeDe 19 de março 2010 de 2010 Ano 4 | semanal

Diretor responsável: José Ambrósio dos Santos

Redação (81) 3521-4225

Email: jornalismo@jornaltribunapopular.com

www.twitter.com/tpopular

ESTRADA DA BATALHA TERÁ TRECHO INAUGURADO NO FINAL DE MARÇO Depois de dez meses em obras, está previsto para o final deste mês a liberação do primeiro trecho da requalificação da PE-08, conhecida como Estrada

da Batalha, em Prazeres, Jaboatão dos Guararapes. Usuários da rodovia que tem um fluxo diário de 42 mil veículos poderão utilizar o chamado Viaduto da

Ferradura, nas imediações da Compesa, conforme anunciou o governador Eduardo Campos durante visita Ao canteiro de obras, na quarta-feira (10). Página 2 WILSON FIRMO / TP IMAGEM

BLOG DO MAGNO

PÁG.2

GUERRA, O PLANO B DA OPOSIÇÃO POLÍTICA

PÁG. 3

JABOATÃO

PÁG. 6

VEREADORES DO CABO QUEREM EXPLICAÇÕES DE SECRETÁRIA SOBRE CASAS DO PAC

SAÚDE DO CABO EM ALTO RISCO

Falta de reagentes compromete qualidade de exames de laboratório do Cabo Pág. 5

Auxiliares e técnicos do Laboratório de Análises Clínicas do Cabo cruzam braços como protesto pelas precárias condições de trabalho

Vem aí próxima edição um novo Tribuna Popular. NOVI DADE Serão 30 mil exemplares para mais de 150 mil leitores

LEI DA FILA EM BANCOS TERÁ QUE SER CUMPRIDA LUTO

PÁG. 2

PROFESSOR DAVI VIEIRA MORRE AOS 86 ANOS


2

Edição semanal N°

BLOG do MAGNO MARTINS Por Magno Martins

http://www.blogdomagno.com.br

Guerra, o plano B da oposição

Se Jarbas não for candidato, as oposições tendem a construir um plano B em cima da alternativa Sérgio Guerra. O nome do senador é o mais viável, segundo jarbistas e democratas, e ele não iria deixar de atendera um pedido de José Serra para abrir um palanque de sustentação da sua candidatura ao Planalto. Guerra torce o nariz quando ouve falar no assunto, até porque se Jarbas não disputar o Governo estadual, o mais natural é que seja candidato a deputado federal. Neste caso, o presidente tucano ficaria com mais tempo disponível para coordenar a campanha de Serra, missão que deve receber. Candidato a governador, Sérgio Guerra teria chances de crescer ao longo da campanha, porque tem boa presença na televisão, conhece as lideranças políticas do Interior pelo nome e ganharia de Serra condições para estruturar a campanha no Estado. O único problema é que o tucano resiste, porque não deseja ficar sem mandato. E tem partido dele incentivo e iniciativas para convencer Jarbas a enfrentar o favoritismo de Eduardo Campos. Até o final do mês, prazo estabelecido por Serra, este jogo estadual estará mais nítido. O fato é que Jarbas ora manifesta disposição para o embate, ora se apresenta sem nenhum estimulo, o que leva muita gente a deduzir que ele não será candidato. Guerra que se prepare para o plano B.

Cantou a pedra

A desistência do ex-prefeito de Petrolina, Guilherme Coelho, de disputar um mandato de deputado federal, não pegou o DEM de calças curtas. Há 10 dias, Guilherme esteve no gabinete do presidente do partido, Mendonça Filho, relatou as dificuldades que estava enfrentando e disse que não iria mais à disputa. Resta saber quem ele apoiará.

Sem o DNA

Quem tem os votos em Petrolina não é Guilherme Coelho, que jogou a toalha, mas o seu pai, o ex-deputado Osvaldo Coelho. Como os Coelho não têm tradição de importar candidatos, o mais provável que Osvaldo e seu grupo invistam num candidato da terra. O problema é que os candidatos da terra com o DNA Coelho estão rompidos há muito tempo com Osvaldo.

Nas barbas da justiça

O presidente Lula confirmou que estará de volta a Pernambuco no próximo dia 26, desta feita para um ato em Suape e uma visita ao canteiro de obras da ferrovia Transnordestina no município de Salgueiro. Como sempre, trará na comitiva a ministra Dilma, para exercitar o que Lula mais gosta: fazer proselitismo eleitoral nas barbas da justiça eleitoral.

Na coordenação

Se Jarbas sair candidato a governador, o coordenador geral da sua campanha será o deputado federal Raul Henry. Para o Interior, onde ele precisa recuperar o terreno perdido para Jarbas, contará com Carlos Wilson Veras, que conhece as principais lideranças do sertão e agreste.

vAPT - vUPT SAI FEDERAL – O prefeito de Jaboatão, Elias Gomes (PSDB), não acredita que Sérgio Guerra venha aceitar o desafio de disputar o Governo, caso Jarbas não seja candidato. Na visão do prefeito, Guerra sai candidato a deputado federal.

O SUPLENTE – Se Jarbas foi candidato a governador e requerer licença do Senado para se dedicar a campanha, quem assume a sua vaga é o ex-senador Roberto Freire, presidente do PPS, e candidato a deputado federal por São Paulo.

Perguntar não ofende: João Paulo e Humberto mantêm as prévias contra a orientação do diretório nacional?

171

- De 13 a 19 de março de 2010

Estrada da Batalha terá trecho inaugurado no final deste mês marcelo ferreira

Será liberada a utilização do Viaduto da Ferradura, nas proximidades da Campesa. DA REDAÇÃO DO TP

jornalismo@jornaltribunapopular.com

D

epois de dez meses em obras, está previsto para o final deste mês a liberação do primeiro trecho da requalificação da PE-08, conhecida como Estrada da Batalha, em Prazeres, Jaboatão dos Guararapes. Usuários da rodovia que tem um fluxo diário de 42 mil veículos poderão utilizar o chamado Viaduto da Ferradura, nas imediações da Compesa, conforme anunciou o governador Eduardo Campos durante visita ao canteiro de obras, na quarta-feira (10). Eduardo Campos acompanhou, à noite, a colocação de uma das vigas utilizadas na construção do chamado Viaduto do Bandepe. O trabalho vem sendo realizado nesse horário para evitar transtornos ao trânsito da região. O Viaduto do Bandepe dará acesso à

O prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes, e o governador Eduardo Campos durante visita às obras da Estrada da Batalha, na quarta-feira (10).

Estrada da Batalha para os motoristas que trafegam pela Avenida Barreto de Menezes. Já o Viaduto da Ferradura será a porta de entrada para os motoristas vindos da Avenida Armindo Moura. A visita durou cerca de duas horas e terminou por volta da meia noite. “Aguardamos com expectativa a conclusão dessa obra. Jaboatão dará um grande passo no seu desenvolvimento com a requalificação da Estrada da Batalha”, disse o prefeito Elias Gomes, que acompanhou o governador Eduardo Campos.

Principal acesso às praias do Litoral Sul pernambucano e ao Complexo Industrial Portuário de Suape, a Estrada da Batalha, está ganhando pistas mais largas, dois viadutos, um túnel (Maria Irene), iluminação e paisagismo, uma praça monumental, e um complexo cultural. Iniciadas no dia 13 de maio de 2009, as obras de requalificação da rodovia, que tem 5,8 km de extensão, seguem em ritmo acelerado e deverão ser finalizadas em julho do ano que vem. O projeto de requalificação está orçado em 150 milhões.

Cabo se despede do professor Davi DA REDAÇÃO DO TP

jornalismo@jornaltribunapopular.com

Profissionais de diversas áreas que estudaram no Colégio Normal Santo Agostinho, no Cabo de Santo Agostinho, voltaram na manhã de ontem sexta-feira (12) à tradicional escola, localizada na Avenida Historiador Pereira da Costa, no centro da cidade. Dessa vez para se despedir do seu fundador, o professor Davi, que morreu ao meio-dia da quinta-feira (11), após um mal-sucedido cateterismo ao qual se submeteu no Hospital Alfa, em Boa Viagem, no Recife.

Durante toda a manhã, centenas de pessoas visitaram a escola, onde o corpo foi velado, para despedir-se do velho mestre. Davi Vieira da Costa tinha 86 anos e deixa esposa (Sônia Santana) e oito filhos. Duas filhas estão à frente da direção do colégio, Valquíria Costa e Érica Costa. Foi sepultado no Cemitério São José, no Cabo de Santo Agostinho. O professor Davi era professor de português. Era reconhecido pelo seu zelo e empenho em fazer da instituição uma das mais conceituadas e de maior credibilidade na qualidade do ensino no muni-

cípio, desde 1974. Ele também ensinou no Colégio Epitácio. Entre os diversos ex-alunos que compareceram ao velório, o hoje advogado Marcelo Barbosa registrou a sua admiração pelo velho mestre. “Fui aluno do Professor Davi no Ginásio Industrial Presidente Epitácio Pessoa. Na época, Davi ensina Língua Portuguesa. Sempre foi um excelente professor. Competente, ético, cobrava dos alunos suas responsabilidades. Perdemos um ótimo mestre. Descance em paz, professor Davi. Aqui na terra o senhor cumpriu com o seu dever”, disse, emocionado.


Edição semanal N°

171

3

- De 13 a 19 de março de 2010

Dinâmica da Política

Política

Por José Ambrósio (81) 3521-4225 ambrosio@jornaltribunapopular.com

Editor: José Ambrósio email: ambrosio@jornaltribunapopular.com (81) 9722-3535

VOTO DE APLAUSO

Quais vereadores pediram casas à Edna Gomes?

O vereador Ricardinho (PPS) pediu esta semana em sessão plenária “voto de aplauso” para o prefeito de Vitória, Elias Lira (DEM). A indicação tem por base a atenção dada pelo gestor, segundo o parlamentar, às mulheres grávidas do Cabo que “por não terem serviço de qualidade na única maternidade (Padre Geraldo) vão parir em outras cidades.”

DISPOSIÇÃO

Quem passou pela Estrada da Batalha à meia-noite da última quarta-feira (10) pode ver o governador Eduardo Campos (PSB) e o prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes (PSDB) acompanhando de perto a colocação de uma das vigas do chamado Viaduto do Bandepe, em Prazeres. Foram muitos os acenos vindos de passageiros de ônibus e veículos diversos.

PROPAGANDA ANTECIPADA

Parlamentares do Cabo indignados com declarações da secretária exigem retratação Wilson Firmo

wilsonfirmo@jornaltribunapopular.com

V

ereadores do Cabo de Santo Agostinho estão em pé de guerra com a secretária de Programas Sociais e da Mulher, Edna Gomes. Tanto governistas como oposicionistas ficaram irritados e exigem da secretária retratação diante do que chamaram “acusações infundadas”. Toda confusão tem como base as declarações de Edna Gomes durante entrevista no programa “Passando a Limpo” (Rádio Calheta FM – 98,5 MHz) da semana passada (3). Na ocasião, Edna revelou ao radialista Eli José que vereadores do Cabo chegaram para ela querendo barganhar alguns dos 512 apartamentos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), do Governo Federal. “Eu tenho provas de vereadores que me encaminharam pessoas para que eu colocasse no projeto. Eu me neguei a fazer isso porque essas pessoas encaminhadas não estavam em estado de vulnerabilidade. Somente uma pessoa que constatamos que realmente estava em vulnerabilidade”,

disse a secretária e vereadora licenciada do PTB. Esse trecho de sua fala à radio foi suficiente para provocar o furor dos parlamentares. José Feliciano – o Cianinho -foi à tribuna, na sessão da terça (9). Ele quer que a secretária vá até à Câmara dizer qual teria sido o parlamentar que foi pedir casas a ela. “Os indícios de irregularidades em casas feitas com dinheiro federal são grandes e vêem da Secretaria de Programas Sociais e da Mulher. Não poderia a secretária, querendo se esquivar das responsabilidades que detém, ir para a rádio e dizer que vereadores estavam pedindo casas a ela. Todos os colegas que consultei negaram tal pedido. É fácil tirar a responsabilidade e jogar a sujeira para esta Casa”, disse Cianinho, em tom de revolta. “MUITO GRAVES” - Na fileira dos contrariados, também se pronunciou o companheiro de partido de Edna Gomes e um dos mais ardorosos defensores do governo municipal, o vereador José Rafael. Ele avaliou as declarações de Edna Gomes como “muito graves” e cobrou do presidente da Casa, o também petebista Gessé Valério, que a secretária vá à Câmara explicar suas afirmativas. “Como vereador que defendo o prefeito Lula Cabral não posso aceitar essa forma mesquinha e desrespeitosa como a secretária Edna Gomes tratou com os vereadores dessa Casa”.

O ministro Felix Fischer propôs, na sessão plenária do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) da quinta-feira (11), multa de R$ 5 mil ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, por entender que durante discurso do presidente em inauguração de um campus universitário em Araçuaí (MG), no dia 19 de fevereiro, teria havido propaganda eleitoral antecipada.

PAULO RUBEM CRESCE NO PDT

O deputado federal Paulo Rubem Santiago (PDT-PE) foi escolhido para ser o vice-presidente da Comissão de Educação e Cultura da Câmara Federal. Atualmente, é vice-líder do partido, foi relator do vale-cultura e acaba de assumir a relatoria do projeto do Sistema Nacional de Cultura, com o apoio do ministro da Cultura, Juca Ferreira.

“a poderosa” - Já o vereador José de Arimateia repudiou as declarações de Edna Gomes, a qual identificou como “a poderosa secretária de Programas Sociais”, “a chefe da Casa Civil do governo municipajl” e como “dono da cidade do Cabo de Santo Agostinho”. “Essas declarações são um ato de irresponsabilidade. Mas como ela é o braço direito de quem vive de mentiras e de ficção, que é o governo municipal, não poderia ser diferente. Ela tem que ser responsabilizada por esse pronunciamento infeliz. Que ela nomine qual foi o vereador que foi pedir casa a ela”, resumiu o vereador e presidente do PMN local. A reportagem do TP falou com a secretária e ela foi taxativa: “reafirmo o que disse e tenho provas, sim, de que vereadores me procuraram”. Mas não revelou os nomes se dizendo disposta a ir à Câmara na próxima semana.

FESTA PETISTA EM JABOATÃO

O Partido dos Trabalhadores está completando 30 anos de existência. E o PT de Jaboatão dos Guararapes fará um grande evento para comemorar a data. Será na próxima terça, dia 23, na Câmara Municipal de Jaboatão, às 18 horas. Na oportunidade, também acontecerá a posse festiva do Diretório Municipal do partido.

INTERVENÇÃO

O deputado estadual Lucrécio Gomes (PV) pediu a intervenção do Governo do Estado e do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para regularizar o abastecimento d’água do município de Escada, na Mata Sul, onde tem base eleitoral. Segundo o parlamentar, a Prefeitura não autorizou uma obra da Compesa prevista para os distritos de Frexeiras e Massuassú e que entende resolveria o problema.


4

Edição semanal N°

171

- De 13 a 19 de março de 2010


Edição semanal N°

171 --DeDe3013deajaneiro 19 de março 2010 de 2010 166 a 5 dede fevereiro

3 5

Dia-a-dia

Falta de reagentes compromete qualidade de exames clínicos no Cabo Técnicos e auxiliares de laboratório de análises do Cabo de Santo Agostinho cruzaram os braços na quinta para protestar contra as “péssimas condições de trabalho” Wilson Firmo

Wilson@jornaltribunapopular.com

A

o cruzarem os braços em protesto aos baixos salários e precariedade no ambiente de trabalho, técnicos e auxiliares do laboratório de análises clínicas do Cabo de Santo Agostinho revelaram um dado estarrecedor: a falta de reagentes poderá estar comprometendo os

resultados dos exames realizados pelos pacientes. “Os resultados de exames pedidos pelos médicos saem incompletos, o que dificulta o diagnóstico preciso de alguma provável doença de paciente”, revelou a biomédica Simone Patrícia. Assim como ela, outros técnicos relacionaram uma série de irregularidades no espaço de trabalho, como a falta de cadeiras e o risco constante de contaminação com material biológico devido ao espaço apertado. “Não temos luvas em tamanhos adequados, não há máscaras e nem mesmo papel e sabão para lavarmos as mãos”, disse a biomédica, que faz leitura de hemogramas (exames do sangue). Segundo relatam, já teria havido inúmeras tentativas de

diálogo com a gerente do setor, chamada por “Rosilene”. E todas as vezes, tudo que essa responsável diz é que se “vá procurar a instância maior”. E foi o que o aconteceu na quinta. Uma comissão de laboratoristas junto com o coordenador do Sintrac, Isaías de Moura, conseguiram se reunir com a diretora do Hospital Mendo Sampaio, a assistente social e sanitarista Liliane Assunção. A diretora explicou que não tem gerência alguma sobre o laboratório. Relatou que há no prédio um laboratório de 1º mundo, e que era uma “maravilha”. Mas a reportagem não pode ter acesso. Assunção interfonou para a gerente que responde ou que deveria responder pelo laboratório, a senhora Rosilene. Ela avisou que não foi autori-

zada a emitir qualquer declaração tanto com a comissão como com a imprensa. A reportagem foi até a sala dela para confirmar o “recado”. A Rosilene foi curta nas palavras reafirmando que qualquer conversa teria de ser apenas ou com Gilson Cabral

ou com o secretário interino de Saúde, Heráclito Chagas. Por telefone, tentou-se falar com o secretário, mas o celular não atendeu as várias chamadas. No telefone fixo da secretaria, a reportagem foi informada de que Chagas estava em visitas à postos de saúde da cidade.

O Tribuna Popular passará a ser o maior jornal gratuito de Pernambuco. Serão 30 mil exemplares e cerca de 150 mil leitores a partir da próxima edição, que estará nas ruas na segunda-feira (22). Veja alguns locais onde você encontrará o seu Tribuna Popular: FACULDADES • Faculdade dos Guararapes, • Faculdade Metropolitana, • Faculdade Pernambucana-FAPE III, • FEPAM-Faculdade Européia de Administração e Marketing e Marketing, • Associação Pernambucana de Ensino SuperiorAPESU (Jaboatão dos Guararapes), • Fachuca (Cabo de Santo Agostinho), • Fajolca (Ipojuca) e • Faesc-Faculdade de Escada (Escada).

ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS • Shopping Guararapes (Jaboatão dos Guararapes) • Shopping Costa Dourada (Cabo de Santo Agostinho) • Shopping de Ipojuca (Ipojuca) CABO • Sinal da Estação do Cabo Avenida Historiador (em frente ao Detran) • Praça da Rua 55 – Cohab • Entrada de Gaibu • Praça Marcos Freire (Ponte Carvalhos)

JABOATÃO • Avenida Barreto de Menezes • Praça Rita Coelho (Cavaleiro) • Praça de Jaboatão Centro • Hotéis IPOJUCA • Entrada da Prefeitura • Porto de Galinhas • Nossa Senhora do Ó ESCADA • Pátio do Mercado


6

Dia-a-Dia

Tribuna Popular Por Wilson Firmo (81) 96920991 wilson@jornaltribunapopular.com ATENÇÃO A DEPENDENTES QUÍMICOS

Dependentes químicos residentes em Jaboatão dos Guararapes podem buscar ajuda no Centro de Atendimento Psicossocial para Álcool e outras Drogas (CAPS – AD). Eles recebem atendimento de uma equipe formada por psiquiatras, psicólogos, terapeutas ocupacionais, clínico geral e enfermeira. Para os casos mais graves e que exigem intervenção rápida, há um ambulatório, com médicos, para realizar o socorro. Os que estão em atendimento também recebem almoço e lanche no local, além de medicamentos. O CAPS – AD fica na Rua Comendador José Didier, 477, na Massangana, Fone (81) 3462-0523.

PAVIMENTAÇÃO

A Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho vai pavimentar e drenar cinco ruas do bairro de São Francisco. São elas as ruas 55, 24, 1, 32 e 43. As ordens de serviços foram assinadas na quarta-feira (10) pelo prefeito Lula Cabral, durante visita à comunidade.

PERIGO NA PRAIA

Moradores e veranistas da praia Enseada dos Corais, no Cabo, além de banhistas, clamam às autoridades medidas que impeçam a circulação de bugues na orla. Relatam a freqüente presença de comboios trafegando como se estivessem em pistas de corrida.

É PROIBIDO FUMAR

O uso de cigarros, cigarrilhas, charutos, cachimbos ou qualquer outro produto fumígeno, derivado ou não do tabaco, poderá ser proibido em todos os recintos coletivos, privados ou públicos, do país. A medida, que visa reduzir as mortes causadas por doenças relacionadas ao fumo, foi aprovada na quarta-feira (10), pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e segue para a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado.

CIDADANIA

Os bairros de Cavaleiro e Jaboatão Centro, em Jaboatão dos Guararapes, recebem o Balcão da Cidadania nos próximos dias 18 e 19, respectivamente. Serão oferecidos nessas áreas, das 8h às 13h, os serviços de emissão de 1ª e 2ª via de documentos; orientação jurídica; atendimento do Procon; corte de cabelo; cadastro do SUS; aferição de pressão; medição da taxa de glicose; vacinação contra gripe (para idosos) e hepatite; orientação e cadastro no programa Bolsa Família e palestras sobre saúde bucal. Em Cavaleiro, a comunidade beneficiada será o Loteamento Grande Recife, e em Jaboatão Centro, Retiro.

PROFESSOR CONECTADO

A Prefeitura do Recife encerrou ontem (12), a primeira etapa de entrega aos professores da rede municipal, incluindo gestores escolares e coordenadores pedagógicos, dos equipamentos de banda larga para conexão à internet (Vivo 3G), dentro das ações do programa “Professor.com”. O programa contempla cerca de três mil educadores.

IMPACTO AMBIENTAL

A discussão sobre o efetivo e potencial impacto no ecossistema da região de Porto de Galinhas, no município de Ipojuca, fez o MPPE expedir recomendação para que sejam atendidas algumas medidas necessárias para o andamento das obras de construção de um complexo turístico-hoteleiro no lugar do imóvel conhecido como “Casa do Governador”. A recomendação do promotor de Justiça Salomão Abdo Aziz Ismail Filho trata da concessão da licença de construção, que inclui medidas de controle ambiental e outras condicionantes, que ficaram a cargo da CPRH.

Edição semanal N°

171

- De 13 a 19 de março de 2010

Lei da Fila em bancos terá que ser cumprida em Jaboatão divulgação

Clientes não poderão aguardar mais de meia hora por atendimento no caixa. Prazo para adaptação das agências bancárias é de dois meses. DA REDAÇÃODO TP

jornalismo@jornaltribunapopular.com

D

entro de dois meses as agências bancárias em funcionamento em Jaboatão dos Guararapes precisarão adequar-se à Lei da Fila (Lei estadual 12.264/2002), que estabelece o tempo máximo de meia-hora para que a pessoa seja atendida. O prazo foi definido nesta terça-feira (9) por lideres dos órgãos de Defesa do Consumidor de Pernambuco, do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e da Defensoria Pública de Pernambuco, durante reunião com o diretor de auto-regulação da

Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Evandro Zuliani, no Bandeprev (Bandepe Previdência Social), no Recife. “O cumprimento da Lei da Fila vai ser fiscalizado em todas as agências bancárias do município”, assegurou Altamiro Fontes. Ele afirmou as instituições financeiras têm o prazo de 60 dias para apresentar as propostas de reestruturação das suas agências. De acordo com o superintendente do Procon-Jaboatão dos Guararapes, Altamiro Fontes, após a expiração do prazo de dois meses, os Procons co-

meçarão fiscalizando os bancos e, constatada a infração, eles serão autuados e multados. Os agentes investigarão também se as agências bancárias fornecem a senha constando a data, o horário de chegada e de atendimento do usuário; se tem uma fila especial e cadeiras de rodas para idosos; se há filmadoras de segurança instaladas; bebedouros; banheiro adaptados aos portadores de deficiência física; caixa eletrônico. Além de um exemplar do Código de Defesa do Consumidor e do endereço e telefone do Procon à vista dos clientes.

Seplan do Cabo inscreve para seleção simplificada DA REDAÇÃO DO TP

jornalismo@jornaltribunapopular.com

A

partir desta segundafeira (15) e até sextafeira (19) a Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente do Cabo de Santo Agostinho estará inscrevendo para Processo Seletivo Simplificado. Os cargos oferecidos são de agente social de controle urbano, agente de apreensão, arquiteto e urbanista, auxiliar administrativo, topógrafo e auxiliar, engenheiro civil, motorista e técnico fiscal em controle urbano. Os interessados deverão inscrever-se no Centro Adminis-

trativo Municipal Joaquim Nabuco (CAM), no bairro da Torrinha, próximo ao Caic e ao T.I. Cabo, no horário das 14h às 16h. O edital número 001/2010, divulgado na sextafeira (5) está publicado, na integra, no site da Prefeitura www.cabo.pe.gov.br. (ver Licitações e Editais). IPTU - Moradores da Vila da Cohab do Cabo poderão utilizar-se do quiosque volante disponibilizado pela Secretaria Executiva de Finanças e Arrecadação para facilitar o pagamento do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU). O quiosque está instalado na Rua Eral-

do de Souza Barros (Rua 55), onde deverá permanecer até a sexta-feira (19). O serviço itinerante, que está percorrendo todos os bairros, faz a emissão de guias do imposto em exercício ou em atraso e de certidão negativa, assim como atualização cadastral. O contribuinte que estiver com parcelas atrasadas também poderá solicitar parcelamento do tributo em até 60 vezes. Outras informações sobre os serviços e o calendário do quiosque volante podem ser obtidas pelo telefone da Gerência de Administração Tributária: 3521-6666.


Edição semanal N°

171

Artigos

7

Opinião

- De 13 a 19 de março de 2010

Textos devem ter no máximo 35 linhas, fonte Arial, tamanho 12. O conteúdo é de total responsabilidade de seus autores

Editorial A saúde do Cabo em alto risco

O Imperativo dos Códigos ENILDO LUIZ GOUVEIA*

C

erta vez no primeiro período da minha graduação, um professor leu um texto de sua autoria intitulado “Números”. Nele, o professor abordava o processo de numeralização que estamos passando. Achei o texto tão interessante que o guardo até hoje. O número é uma das maiores invenções humanas. No entanto, nas sociedades atuais, cada dia mais os números, que muitas vezes estão associados às letras, nos codificam. Quem é usuário de computador com acesso a internet tem de início pelo menos dois códigos: um para abrir o PC e o outro para email. Caso possua Orkut, MSN etc, lá se vão mais códigos. Algumas páginas da internet necessitam de cadastro para você ter acesso. Este cadastro é feito mediante a informação de alguns dados entre eles um login e uma se-

nha, ou seja, mais códigos. Pior é que em algumas destas páginas você não tem o direito de escolher, pois assim, você colocaria a boa e velha dica para lembrar. No caso de celular são mais pelo menos dois códigos. Fora isto, temos códigos numéricos para carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho, reservista (apenas para pessoas do sexo masculino), título eleitoral, PIS... código pra isto, código pra aquilo. E quem utiliza a rede bancária juntamente com os cartões de crédito, precisa ter código do cartão e do caixa eletrônico. Algumas pessoas na tentativa de sair deste embaraço unificam a maior parte dos códigos. Mas já pensou se isto “vaza” pra alguém indesejado? Este alguém poderia ter acesso a praticamente toda sua vida. Guardar na agenda, além de ser arriscado, você nem sempre está

com ela. Guardar no celular então nem pensar. Sendo assim, resta-nos tentar decorá-los o que não é tarefa fácil pra qualquer pessoa. Existe ainda um grande número de códigos, alguns úteis outros desnecessários. O importante é que a dita sociedade globalizada é também codificada, desde o sinal de trânsito a alguns gestos que se tornaram universal como o polegar pra cima indicando que tá legal. Códigos sempre existiram e sempre existirão como um fenômeno social. Mas voltando ao texto que me referi no início, é preciso ter em mente que o código (números e/ ou letras) não tem alma. Você é gente e não um número. *ENILDO LUIZ GOUVEIA é professor de Geografia, poeta e compositor. chapeupjmp@bol.com. br - Cabo de Santo Agostinho/PE.

Mal acostumados estamos sendo nós NADJA NASCIMENTO*

A

vida informatizada que hoje levamos me leva a uma longa e cansativa reflexão e chego sem pestanejar a uma conclusão: a de que nos acostumamos com muita coisa às quais não deveríamos. Por exemplo: acostumamos-nos a não abrir as janelas para ver a luz do sol, a não ouvir o canto dos pássaros, porém não nos esquecemos de abrir diariamente nossos e-mails, orkut’s, facebook’s, twitter... e a ouvir os nossos Ipods, MP3, MP4, 5,6,7... E assim vamos nos esquecendo do sol, da brisa, da terra e de toda magnitude que a natureza possui. Dormimos tarde, acordamos cedo, estamos sempre com pressa, de mau humor, longe de casa e dos filhos. Já não sabemos qual é a sensação de almoçar em família, o trabalho nos obriga a comer cada vez mais pão na hora do almoço e sozinhos! Acostumamos-nos a essa rotina estressante. Estamos acostumados e aceitando os jornais sangrentos, as notícias ruins, aos escândalos na política que se renovam a cada dia, aos números de mortos diariamente. Aceitando não acreditamos que possa mais haver solução e não acreditando, deixamos de ajudar com nossa

parcela de contribuição para um mundo mais justo. Esperamos o dia inteiro o telefone tocar, mas ele não toca e chegando o fim do dia nos damos conta que temos muitos amigos virtuais e raros na vida real, mas nem isso nos encoraja a ligar primeiro, sem esperar que alguém nos ligue. Não sabemos mais receber um sorriso e se recebemos não sabemos retribuir, com medo de parecermos indiscretos. Acostumamo-nos a ser ignorados, a evitar qualquer tipo de contato mais próximo, temos cada vez mais medo de relacionamentos sérios, vivemos a era do “ficar”, do prazer desenfreado, assim nos isolamos e nossos dias se tornam vazios e sem graça. Vamos vivendo, nos acostumando a dizer que somos felizes. Gastamos mais do que ganhamos, ganhamos menos do que merecemos, pagamos mais do que as coisas valem, nos acostumamos a pagar sempre por tudo e às vezes por todos, que precisamos. Engolimos a publicidade, os anúncios, a mídia. Tornamos-nos fúteis e consumistas, mas não damos esmolas, nem ajudamos instituições de caridade porque queremos acreditar

que nosso dinheiro não será empregado e se for não o farão como deve ser feito. Passamos a nos habituar com a poluição, com o aquecimento global, com as letras banais das músicas, com a falta de cultura, com os produtos industrializados na lancheira das crianças, com as adolescentes grávidas. Achamos tudo normal e que nada mais pode ser feito! O ser humano se acostuma demais para não bater de frente, com medo de sofrer. Os animais migram em busca de melhores condições para sobreviverem. E nós? Acostumamos-nos a não lutar pelos nossos direitos e frequentemente se ouve “deixa para lá”. Estamos sempre vendo, não vendo, ignorando a situação para nos pouparmos, evitando as feridas que marcam positivamente nossa existência. Poucos foram os heróis de cada época que não fizeram desta vida uma mera passagem. Estamos vendo o mundo passar no camarote que é nossa cadeira em frente ao computador, nos tornando meros espectadores nesse espetáculo chamado vida. *NADJA NASCIMENTO é pedagoga – Cabo de Santo Agostinho/PE.

É grave, muito grave a situação do laboratório de análises clínicas mantido pela Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho dentro da Unidade Mista Mendo Sampaio. Tanto é assim que, inconformados com a precariedade do ambiente de trabalho, técnicos e auxiliares resolveram cruzar os braços. Uma atitude legítima e responsável até para não serem responsabilizados por possíveis resultados imprecisos de exames. Pasmem, mas é isso mesmo. Faltam até reagentes químicos, de maneira que resultados de exames podem estar imprecisos, como denunciou a biomédica Simone Patrícia. “Os resultados de exames pedidos pelos médicos saem incompletos, o que dificulta o diagnóstico preciso de alguma provável doença de paciente”, disse a profissional ao jornal Tribuna Popular, que acompanhou visita de uma comissão de laboratoristas e do coordenador do Sintrac, Isaías de Moura. Indignada, a biomédica denunciou ainda a falta de luvas em tamanhos adequados, de máscaras e até de sabão para que possam lavar as mãos. problemas que se somam a vários outros relatados por outros profissionais. (Ver reportagem na página 5 desta edição). Os profissionais somente decidiram cruzar os braços na quinta-feira (11) porque já não viam saída na procura por uma solução. Como denunciaram, em diversas ocasiões tentaram dialogar com a gerência do setor, que lhes recomendava sempre procurar instância maior. O descaso da gerência denunciado pelos funcionários parece não ser diferente dos que estão na instância maior. O secretário interino de Saúde, Heráclito Chagas, sequer retornou as ligações do jornalista Wilson Firmo, que tentou ouvi-lo para saber das providências a serem tomadas. E as providências não podem esperar. O prefeito Lula Cabral precisa tomar conhecimento urgente dessa situação. Sim, porque sempre que se denunciam irregularidades nos serviços públicos municipais não são poucos os que se apressam a dizer de público que o prefeito nada sabia. Os usuários e os profissionais da saúde aguardam com ansiedade a solução dos problemas. Os primeiros por necessitarem de serviços de qualidade. Os médicos por precisarem confiar nos exames para que possam tratar devidamente os seus pacientes.

Fundado em 30 de novembro de 2006 pelos jornalistas José Ambrósio dos Santos e Wilson Firmo Editor Geral: José Ambrósio dos Santos (DRT/PE 1.433) Editor chefe: Wilson Firmo (DRT/PE 3.214) Diagramadores: Wilson Firmo, Ton Severo (designer), Felipe Leite Repórteres -estagiários: Felipe Leite, Marcos Aurélio de Lima Comercial: José Pereira (Executivo de Vendas - 9918-1622) Assinaturas: (81) 3521-4225 Site: www.jornaltribunapopular.com Email: jornalismo@jornaltribunapopular.com Telefones: (81) 3521-4225 ( Redação ) Endereço: Rua Dr. Manoel Clementino Cavalcante, 65-A – 1º andar – Centro – Cabo de Santo Agostinho (PE) – CEP 54510-400 Circulação: Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca, Escada, Jaboatão dos Guararapes e Recife Periodicidade: Semanal | Gráfica: Jornal do Commercio Tiragem: 3.000 exemplares semanais


8

Edição semanal N°

171

- De 13 a 19 de março de 2010

economia

PIB de Pernambuco cresce 5,4 % no 4Âş trimestre de 2009

Suape terĂĄ terminal de granĂŠis sĂłlidos DA REDAĂ‡ĂƒO DO TP

jornalismo@jornaltribunapopular.com

Desempenho foi melhor que o do Brasil em praticamente todos os nĂşmeros.

crescimento do ano de 2009 taram os seguintes resultafechou em 3,8%. dos: agropecuĂĄria (-0,1%), “Nosso Estado esteve me- indĂşstria (6,5%), serviços lhor que o Brasil em pratica- (5,3%) e impostos (6,3%). mente todos os nĂşmeros. MuiA agropecuĂĄria teve seu reto disso se deve Ă diversificação sultado bastante inf luenciado da nossa indĂşstria, que conse- pelo bom desempenho da peguiu equilibrar o impacto dos cuĂĄria, com um crescimento setores mais atingidos, alĂŠm de 11,1% no comparativo DA REDAĂ‡ĂƒO DOTP dos fortes investimentos pĂşbli- anual, contribuindo para que jornalismo@jornaltribunapopular.com cos e privados que garantiram o setor fechasse o ano com que os efeitos da crise fossem crescimento de (0,5%). s nĂşmeros do Produ- minimizados e Pernambuco se A construção civil contito Interno Bruto recuperasse mais rapidamen- nua exercendo forte inf luĂŞn(PIB) pernambucano teâ€?, disse MaurĂ­lio Lima, dire- cia sobre os resultados da indivulgados na quinta-feira tor executivo de estudos, pes- dĂşstria. Neste perĂ­odo, o (11) pela AgĂŞncia Condepe/ quisas e estatĂ­stica da AgĂŞncia crescimento registrado foi de Fidem revelam que no quar- Condepe/Fidem. 15,5%. Dos segmentos que to trimestre de 2009 toda a Por atividade econĂ´mica, integram o setor de serviços, riqueza produzida no estado, as estimativas do PIB do destacam-se as performances a preço de mercado, cresceu quarto trimestre de 2009, do comĂŠrcio (4,9%), trans5,4%, em relação ao mesmo quando comparadas Ă s que portes (6,1%) e atividades perĂ­odo de 2008. Com este foram calculadas para o mes- imobiliĂĄrias, aluguĂŠis e interEdição semanal N° - De 30 de janeiro a 5 de fevereiro de 2010 Ăşltimo resultado, a taxa de mo perĂ­odo de 2008, apresen- mediação financeira (4,1%).

O

O

complexo Industrial PortuĂĄrio de Suape vai abrigar um terminal de granĂŠis sĂłlidos. O empreendimento, que deverĂĄ receber investimentos da ordem de R$ 467milhĂľes, serĂĄ instalado na Ilha de Cocaia, dentro da ĂĄrea do porto interno. O terminal ocuparĂĄ 34 hectares. Desse total, 25 hectares serĂŁo destinados Ă armazenagem, enquanto que os demais nove serĂŁo

ocupados por atividades industriais e edificaçþes. Cerca de 70 hectares da ĂĄrea total da Ilha serĂŁo destinados Ă preservação ambiental e cultural. “As obras do acesso Ă  Ilha serĂŁo iniciadas no prĂłximo mĂŞs de abril e deverĂŁo ser concluĂ­das no primeiro semestre de 2011. Quando estiver pronto, o acesso rodoferroviĂĄrio se ligarĂĄ Ă  Transnordestina, prevista para ficar pronta no primeiro semestre de 2012â€?, disse o vice-presidente do complexo, Sidnei Aires.

3

166

pular passarĂĄ a ser o maior jornal nambuco. SerĂŁo 30 mil exemplares 0 mil leitores a partir da prĂłxima tarĂĄ nas ruas na segunda-feira (22).

O Tribuna Popular passarĂĄ a ser o maior jornal gratuito

Ofertas vĂĄlidas de 13 a 19/03/2010 ou enquanto durar o estoque. Maionese tradicional CERES - 500g

SalsichĂŁo SĂƒO MATEUS - 2,5Kg

 onde vocĂŞ encontrarĂĄ o seu Tribuna Popular:   Unidade na caixa



Unidade na caixa

Caixa com 12 de 500g



Maionese tradicional MARIA - 500g Unidade na caixa

 

Caixa com 12 de 500g

TELEVENDAS COTAĂ‡ĂƒO • ORÇAMENTO • RESERVAS F ONE :

9695. 9734 • 3 5 2 1 . 0 9 5 5

Maionese D`JUDA - 3Kg Unidade na caixa

  Caixa com 6 de 3kg

Unidade

Caixa com 12 de 500ml

 

mil exemplares e cerca de 140 mil leitores a partir da próxima edição, que estarå

Azeite de oliva extra virgem PIANORO



de Pernambuco. SerĂŁo 30

nas ruas na segunda-feira (22).

Peixe corvina inteiro congelado Preço varejo

PROMOĂ‡ĂƒO Caixa com 20Kg

  Kg

Sanduicheira ZEEX ST19

Ă€ vista





6mRPDLVGH LWHQVSDUDYRFrDSURYHLWDU

$EHUWRGHVHJXQGDDViEDGRGDVjVK(DRVGRPLQJRVGDVjVK

ANUNCIE CONOSCO: 3521-4225/9918-1622

Edição 171  

De 13 a 19 de março de 2010

Advertisement