Page 7

zz

Simbolos scp carlos lopes Carlos Alberto de Sousa Lopes, o melhor atleta português de todos os tempos, símbolo maior do universo leonino e uma referência mundial no atletismo, nasceu em Vildemoinhos, perto de Viseu, em 18 de Fevereiro de 1947. Durante a adolescência, ambicionava jogar futebol mas acabaria por estrear-se no núcleo de atletismo no Lusitano de Vildemoinhos. A primeira prova oficial de Carlos Lopes foi uma corrida de São Silvestre, tinha dezasseis anos. Ficou em segundo lugar. Pouco tempo depois, ganhou o Campeonato Distrital de Viseu de Corta-mato e, quase de seguida, foi terceiro no Campeonato Nacional de Corta-mato para Juniores. Esta classificação levou-o pela primeira vez ao “Crosse das Nações”, disputado em Rabat, onde foi o melhor português, em 25º lugar. Tinha apenas dezassete anos. Em 1967 foi recrutado pelo Sporting Clube de Portugal onde conseguiria o seu primeiro grande título em 1968, quando ganhou a medalha de ouro nos 5.000 metros dos Campeonatos de Portugal, com a marca de 15.03,00. Além desse triunfo individual, ajudou o clube a ganhar o Regional e o Nacional de crosse. 1970 é o ano que marca o início da hegemonia de Carlos Lopes no plano nacional: totalmente adaptado à vida em Lisboa e seguindo os ensinamentos do mestre Mário Moniz Pereira, ganha nesse ano o primeiro de cinco títulos seguidos

no Campeonato Nacional de corta-mato (apenas dois atletas tinham atingido esse feito antes) e, até 1974, consegue ainda bater oito vezes os recordes nacionais dos 5.000 e dos 10.000 metros em pista ao ar livre. Em 1976 obteve o primeiro grande exito internacional ganhando pela primeira vez o Campeonato do Mundo de Corta-Mato, que nesse ano se realizou em Chepstown, no País de Gales. Carlos Lopes, que já tinha estado nos Jogos Olímpicos de Munique em 1972, era uma das maiores esperanças portuguesas 7

Fanzine - Semper Fidelis #11  
Advertisement