Page 6

a musica e os adeptos No José de Alvalade, a música que é entoada por todo o estádio, o “Mundo sabe que”, é uma adaptação de um original de Claude François e Jacques Revaux, de 1967, que Frank Sinatra, no ano seguinte celebrizou. My way é um dos mais conhecidos êxitos do cantor e conta com versões de grandes artistas do panorama internacional como Elvis Presley ou Gipsy Kings. A pretensão por transmitir mais intensamente aquilo que se sente ao ver o nosso clube jogar, levou a que alguns Grupos Ultras começassem a criar as suas próprias músicas, imortalizando-as para sempre em suporte físico, primeiro em cassetes depois em cd’s, entoando-as por todos os estádios, pavilhões ou recintos desportivos por esse mundo fora. Também a Torcida Verde é exemplo disso com sua

6

devota militância produziu um disco de originais, com colaboração do músico Fernando Girão, cujas receitas reverteram integralmente para a construção do Pavilhão João Rocha, uma das nossas maiores batalhas, recentemente vencida. Neste álbum destaque para a nossa adaptação da canção Bella Ciao, uma canção popular italiana, composta nos anos 40 (do séc. XX) , posteriormente imortalizada pelo cantor e realizador sérvio Emir Kusturica. No contexto desta relação entre os adeptos e a música, cumpre registar que os Delfins, os Xutos & Pontapés - e claro está a “nossa” Maria José Valério - já participaram em iniciativas promovidas pela Toricida Verde e que o lettering mais utilizado por nós utilizado é inspirado nos britânicos Iron Maiden.

Fanzine - Semper Fidelis #11