Page 3

zz

voleibol, sporting e torcida verde O Voleibol foi introduzido no SCP nos anos trinta, por influência de Salazar Carreira. Contudo, só chegaríamos aos primeiros títulos na década de cinquenta graças ao dinamismo do Professor Moniz Pereira que era dirigente, treinador e jogador da equipa que, na temporada de 1953/54, quebrou a hegemonia do Instituto Superior Técnico que até aí tinha conquistado todos os Campeonatos Nacionais, que se disputavam desde 1947. Faziam parte dessa equipa, para além de Moniz Pereira, os jugoslavos Jost e Budisin, Xara Brasil, Marques Pereira, Fernando Fezas Vital, Machado da Costa, Aníbal Rebelo e Plácido Martins. Ao nível feminino a primeira competição oficial começou a disputar-se em Junho de 1951, e o SCP foi um dos quatro clubes que se apresentou em prova, tendo as Leoas ficado em segundo lugar. Após um período brilhante com conquista dos Campeonatos Nacionais de 1953/54

e 1955/56, a modalidade entrou em declino sendo fundamentalmente suportada por sucessos nos escalões de formação e ao nível feminino, acabando por ser extinta no início da época de 1964/65 aquando da reestruturação do Clube. No final de quase duas décadas de interregno a modalidade volta a ser praticada em 1981/82, primeiro apenas no sector feminino em seniores e juniores, para mais tarde o volei voltar em força ao Sporting e para aqueles que foram os anos dourados da modalidade em Alvalade, os anos 90, onde com uma equipa orientada por António Rodrigues, e com alguns dos melhores jogadores da altura, como Nilson Júnior, Carlos Natário, Miguel Maia, Wagner Silva, Luís Cláudio, Magrão, Filipe Vitó, Marcelo e Maurício Cavalcanti, Carlos Silveira, Miguel Soares e Américo Silva, o Sporting foi Tri-Campeão Nacional nas épocas de 91/92, 92/93 e 93/94.

3

Fanzine - Semper Fidelis #11