Page 1

Trabalho realizado por: - André Pinto nº4 - António Galguinho nº5 - Gonçalo Gonçalves nº10


-

Introdução

- O que são Resíduos? - Quais os tipos de Resíduos? - Acidente nuclear de Chernobyl - Processo de decomposição dos materiais - Política dos 3 R’s - Tratamento dos resíduos - Incineração - Aterros - Compostagem - Conclusão


Neste trabalho iremos falar sobre os Resíduos, os tipos de resíduos, e a importância da Gestão dos RSU. Neste trabalho usámos a Internet e o livro de Ciências como principais fontes. Esperamos que gostem e que aprendam tanto com nós.


Resíduos são os materiais que, desde a produção ao consumo, se vão deitando fora por, aparentemente, não terem utilidades. É resultado da poluição. Quando a população, o desenvolvimento tecnológico e o consumo de resíduos naturais é grande a quantidade de produção de resíduos também é grande.


• Resíduos sólidos urbanos • Resíduos Industriais • Resíduos Hospitalares • Resíduos Nucleares • Resíduos Perigosos • Resíduos Orgânicos • Resíduos de construção e demolição


O que são? Os RSU são resíduos domésticos que provêm de restaurantes, cafés e outros estabelecimentos. Podem ser embalagens, papéis, vidros, pilhas e restos de alimentos.


Qual a importância da sua gestão? A gestão dos RSU é o conjunto de operações de recolha, transporte, armazenamento, tratamento, valorização e eliminação dos resíduos. Em Portugal, no final do século passado, a recolha do lixo era indiferenciada e era depositado em lixeiras. Em 1997 definiu-se um PERSU (Plano Estratégico para a Gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos). Com este plano as lixeiras foram encerradas ou transformadas em aterros e começou a haver separação do lixo.


Prevenir a sua produção. Para prevenir a produção dos RSU devemos reutilizar, separar e coloca-los nos ecopontos correctos. Devemos praticar a reciclagem para assim estes resíduos serem convertidos noutros materiais úteis.

Valorização e tratamento. É principalmente o seu reaproveitamento e têm lugar em unidades industriais onde são sujeitos a triagem. Triagem é um tratamento que consiste na separação manual e mecânica. A parte material vai para industrias de reciclagem, a parte orgânica é sujeita a compostagem que por sua vez produz metano que ajuda na produção de biocombustível. Os resíduos que não conseguem ser reciclados são colocados em aterros.


Os resíduos urbanos são os resíduos gerados em actividades industriais. Estes resíduos são resultado das actividades de exploração, manufacturação e utilização dos recursos naturais.


Estes resíduos são produzidos em unidades de prestação de cuidados de saúde em seres humanos ou em animais. Também são considerados resíduos hospitalares os provenientes de análises e dos centros de investigação científica, que trabalham na área de saúde, isto é, só são considerados resíduos hospitalares aqueles que estão relacionados com a área de saúde.


O que são? Resíduos nucleares são resíduos materiais que contem elementos químicos radioactivos que não tem um propósito prático. É frequentemente produto de um processo nuclear, como a fusão nuclear. O resíduo também pode gerar, durante o processamento, combustível para os reactores nucleares ou armas nucleares.


Como se formam? Resíduos nucleares são resultado, da fissão nuclear de barras de urânio, que depois desse processo nas centrais nucleares se transformam em resíduos, neste caso nucleares.


• O acidente nuclear de Chernobyl ocorreu dia 26 de Abril de 1986, na Usina Nuclear de Chernobyl na Ucrânia (então parte da União Soviética). É considerado o pior acidente nuclear da história. Produziu uma nuvem de radioactividade que atingiu a União Soviética, Europa Oriental, Escandinávia e Reino Unido. Grandes áreas da Ucrânia, Bielorrússia e Rússia foram muito contaminadas, resultando na evacuação de aproximadamente 200 mil pessoas.


• O acidente fez crescer preocupações sobre a segurança da indústria nuclear soviética, diminuindo sua expansão por muitos anos. Os agora separados países de Rússia, Ucrânia e Bielorrússia têm tido muito prejuízo na descontaminação nos cuidados de saúde causados pelo acidente. Um relatório da Organização das Nações Unidas de 2005 atribuiu 56 mortes até aquela data – 47 trabalhadores acidentados e nove crianças com câncer da tiróide – e estimou que cerca de 4000 pessoas morrerão de doenças relacionadas com o acidente. • O governo soviético procurou esconder o ocorrido da comunidade mundial, até que a radiação em altos níveis foi detectada em outros países.


• Resíduos perigosos são os resíduos que contêm substâncias que põem em risco o equilíbrio dos ecossistemas e a saúde das populações. Geralmente os resíduos mais perigosos são resíduos industriais isto porque muitas vezes os resíduos industriais contêm produtos tóxicos que podem influenciar bastante o equilíbrio dos ecossistemas e a saúde de muitas populações.


• O chamado lixo orgânico tem origem animal ou vegetal. Nessa categoria inclui-se grande parte do lixo doméstico, restos de alimentos, folhas, sementes, restos de carne e ossos, etc. • Quando acumulado ou disposto inadequadamente, o lixo orgânico pode poluir do solo, das águas e do ar. O lixo orgânico pode entretanto ser objecto de compostagem para a fabricação de adubos ou utilizado para a produção de combustíveis como biogás.


• Os Resíduos de construção e demolição, vulgarmente designados como Entulho são os resíduos resultantes da construção ou demolição de um edifício, independentemente das suas características. • É essencial uma gestão de resíduos durante a construção, onde o material é separado e encaminhados para reciclagem. Esta iniciativa reduz a produção de entulho a ser depositado em aterros.


• Quando disposto em local inadequado, o entulho pode causar diversos problemas ambientais e de saúde pública, portanto o entulho deve ser depositado em local cadastrado pelo Município ou em aterros de reciclagem de apropriados. O entulho é considerado de responsabilidade daquele que o produziu. A disposição inadequada é considerada crime ambiental.


• Reduzir: Diminuir a quantidade de lixo residual que produzimos é essencial. Os consumidores devem adoptar hábitos de adquirir produtos que sejam reutilizáveis, como exemplo: guardanapos de pano, sacos de pano para fazer suas compras diárias, embalagens reutilizáveis para armazenar alimentos ao invés dos descartáveis.


• Reutilizar: Utilizar várias vezes a mesma embalagem, com um pouco de imaginação e criatividade podemos aproveitar sobras de materiais para outras funcionalidades, exemplo: garrafas de plástico/vidro para armazenamento de líquidos e recipientes diversos para organizar os materiais de escritório.


• Reciclar: Transformar o resíduo antes inútil em matériasprimas ou novos produtos, é um benefício tanto para o aspecto ambiental como energético. As maiores vantagens da reciclagem são a minimização da utilização de fontes naturais, muitas vezes não renováveis; e a minimização da quantidade de resíduos que necessita de tratamento final, como aterro, ou incineração.


• Incineração • Aterros • Compostagem • Reciclagem


Incineração é a queima do lixo em fornos e usinas próprias. Além disso, destrói os microrganismos que causam doenças, contidos principalmente no lixo hospitalar e industrial. Depois da queima, resta um material que pode ser encaminhado para aterros sanitários ou mesmo reciclado. É recomendada a reutilização racionalizada dos materiais queimados para a confecção de borracha, cerâmica e artesanato.


O que é? Aterro sanitário é um espaço destinado à deposição final de resíduos sólidos gerados pela actividade humana. Nele são dispostos resíduos domésticos, comerciais, de serviços de saúde, da indústria de construção, ou dejectos sólidos retirados do esgoto.


Como funciona? Um Aterro Sanitário possui dois tipos de camadas, a primeira é de terra, e a segunda é composta pelo lixo orgânico. O lixo é transportado em camiões para os aterros onde depois sofre uma decomposição. Durante essa decomposição, o lixo produz dois gases, o chorume e o metano. Para evitar que estes gases poluam os lençóis de água colocam-se tubos que os retiram para mais tarde serem queimados.


Compostagem é o conjunto de técnicas aplicadas para controlar a decomposição de materiais orgânicos, com a finalidade de obter, no menor tempo possível, um material estável, rico em húmus e nutrientes minerais; com atributos físicos, químicos e biológicos superiores (sob o aspecto agronómico) àqueles encontrados nas matérias primas.


• Concluímos que existem diversos tipos de resíduos nomeadamente resíduos industriais, hospitalares, nucleares, perigosos, orgânicos e sólidos urbanos. Ficámos a conhecer melhor o tratamento, valorização, gestão e prevenção dos RSU ou Resíduos sólidos urbanos. • Aprendemos os meios de tratamento dos resíduos que são a reciclagem, a compostagem, a incineração e os aterros.


Resíduos  

Projecto de ciências

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you