Issuu on Google+

São Francisco do Sul, Santa Catarina. Ano 1 - nº1 - 8 de novembro de 2013

GASTRONOMIA

Saiba como fazer a tradicional Cambira Leia mais na Pág. 8

CIDADE

Mercado Público terá nova cobertura a partir de 2014 Obras iniciam apenas no ano que vem e devem dar mais estrutura para prédio histórico de 113 anos [Pág. 7]

POLÍTICA

CULTURA

Zera e Scarpatto são absolvidos no TRE

Filme rodado em SFS finalmente terá estreia

PSL pedia cassação de prefeito e vice, mas Justiça considerou que não haviam provas [Pág. 4]

“Anita e Garibaldi”, filmado na ilha há 8 anos, chega aos cinemas em dezembro [Pág. 10]


CORREIO FRANCISQUENSE

2 EDITORIAL

Compromisso com “São Chico” Páginas em branco costumam ser o maior pesadelo de quem escreve. Isso acontece porque é a palavra escrita que justifica a existência de qualquer meio de comunicação impresso, no caso do jornal isso ganha uma conotação ainda mais profunda. O Correio Francisquense foi criado com o objetivo de contar histórias de uma sociedade que muitas vezes não tem espaço acessível e comprometido para se expressar. É a informação a matériaprima ideal para ajudar as pessoas a tomar consciência das instituições e pessoas que influenciam diretamente na

Conexão

sua qualidade de vida. São Francisco do Sul- São Chico para os mais íntimosestá impregnada de mitos urbanos. O mais recorrente é: “Nada acontece aqui”. Pois bem, diz um recorrente ditado popular que: “Quem procura acha”. E foi assim que aos poucos fomos descobrindo, desvendando e até mesmo esbarrando em fatos esperando para serem apurados. Quem trabalha na área ou até mesmo flerta com a imprensa, sabe que não existe uma fórmula pronta e acabada para se fazer jornalismo. Mas, o elemento humano é primordial para dar

Boa leitura! Equipe Correio Francisquense

Correio Francisquense é uma publicação quinzenal da P4S Editora de Jornais e Revistas LTDA, com circulação em São Francisco do Sul, Araquari, Barra do Sul, Itapoá e Garuva, Santa Catarina. Jornalista Responsável Verônica Faquin (DRT 4355)

TIRAGEM: 2.000 exemplares IMPRESSÃO A Notícia

christian.pacheco01@gmail.com

Outro caso importante é a recente mudança dos termos de uso da empresa Google. A partir de agora a empresa pode utilizar a foto e nome do usuário em seus anúncios, lembrando que o usuário que não quiser poderá desabilitar o uso de sua imagem nas configurações de conta. Se parar para pensar, pode se tornar assustador saber que sua conversa esta sendo rastreada, foto, vídeo ou seus comentários. Mas isso não é motivo para deixar de usar a internet, ferramenta indispensável nos dias atuais. Devemos tomar certos cuidados, não expondo dados que obtidos por pessoas mal intencionadas corremos o risco de ser lesados.

Expediente

ENDEREÇO: Rua Meulbourne, s/n Bairro Ubatuba. CEP 89240-000

Por Christian Pacheco

Não estamos mais seguros na internet? Através da rede mundial de computadores, estamos conectados, enviando e recebendo informações o tempo todo. Todas as nossas informações podem ser obtidas na internet. Com tantas redes sociais por aí, onde disponibilizamos nome, endereço, telefone e detalhes importantes de nossa vida e rotina, podemos ter sérios problemas. Temos casos recentes, como a espionagem do governo norte americano, onde coletavam informações importantes de personalidades políticas e empresas do governo brasileiro. Essas informações podem prejudicar muito o Brasil, principalmente no âmbito econômico.

personalidade ao que foi feito para você leitor. A ambição dessa equipe é conseguir fazer cada vez mais um jornal que tenha a sua cara. Que fale dos seus problemas e ajude a propor melhorias para você que vive aqui. Então, não se intimide, nos escreva, nos procure e faça deste veículo um aliado seu para conquistas e reivindicações.

Ano 1. edição quinzenal De 8 de novembro de 2013 Distribuição Gratuita

Windows 8.1 está chegando

Diretor-Geral: Antônio Eduardo Pereira Comercial: direcaocorreiofrancisquense@ gmail.com Fone: (47) 9711-1487 Editora-chefe: Verônica Faquin (DRT 4355)

O sistema operacional mais utilizado no mundo recebeu uma atualização no dia 18 de outubro. Após grande critica dos consumidores por terem removido o botão iniciar do sistema, ele está de volta, mas com uma cara diferente. Agora é esperar e ver se o público está se adaptando com as mudanças.

Colaboradores Christian Pacheco Jaqueline de Mello Margaret Paim Rodolfo Neto Sared Bueri Artigos assinados são responsabilidade do autor, não refletindo necessariamente a opinião do Correio Francisquense.

Relógio inteligente Agora a moda das grandes empresas de tecnologia é a criação de relógios inteligentes. Recentemente a empresa Samsung lançou o seu em um grande evento onde apresenta seus novos produtos. Mas parece que a Apple e Google não querem ficar para trás, e já planejam lançar suas versões também.


CORREIO FRANCISQUENSE

3

Cultura

Liceu investe em preservação do patrimônio naval através de curso para modelistas No mês de novembro, o Museu Nacional do Mar em parceria com a Petrobras, realiza a 5ª edição do projeto “Manutenção e Ampliação das Artes e Ofícios em modelismo Naval do Museu Nacional do Mar – Embarcações Brasileiras”, que visa aprimorar o conhecimento daqueles que já trabalham com o artesanato naval.

O projeto teve duas edições em 2006, e outras duas em 2012, mas esta é especial. É a primeira vez em sete anos que o Museu conta com a presença de um modelista internacional. Carlos Montalvão é português e, profissionalmente, trabalha há oito anos com modelismo. “O projeto é uma oportunidade única de adquirir estes

Foto: Divulgação

conhecimentos e viver este ambiente. Este museu é um laboratório e um paraíso para quem quer aprender modelismo naval”, destaca. O modelismo naval é a arte de reproduzir, em miniatura, com riqueza de detalhes embarcações de todos os tipos, e os alunos tem a oportunidade de aprender a moldar estas Curso é ministrado no Museu Nacional do Mar embarcações.


CORREIO FRANCISQUENSE

4

Política

Justiça nega pedido de cassação de Zera e Scarpato

Foto: Nilson Antônio/SECOM PMSFS

Sared Bueri saredbueri@gmail.com

O

Tribunal Regional Eleitoral (TRESC) rejeitou no dia 21 de outubro o recurso do PSL contra decisão da 27ª Zona eleitoral (responsável por São Francisco do Sul, além de Balneário Barra do Sul e Araquari), que inocentou o prefeito Luiz Zera (PP) e o vice, Marcos Scarpato (PT), em ação de investigação judicial eleitoral. Os sociais-liberais, aliados do candidato Godofredo (PSB) nas eleições de 2012,

alegaram que a chapa eleita se aproveitou do fato de já estarem a frente da Prefeitura Zera foi reeleito - para obter bom desempenho nas urnas, o chamado “uso da máquina”. O relator do processo, juiz Ivorí Luis da Silva Scheffer, alegou falta de provas ao negar tanto o pedido de cassação do registro ou do diploma dos eleitos e declaração de inelegibilidade, quanto a aplicação de multa. Da decisão, o PSL pode recorrer ainda ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Absolvidos: Justiça entendeu que não havia provas para cassar prefeito e vice de SFS

Ex-prefeito Odilon troca PMDB por PPS e já pensa em 2014 Foto: Divulgação

P

refeito por dois mandatos (20012004 e 2005-2008), e último colocado nas eleições municipais de 2012, Odilon Ferreira de Oliveira se desfiliou do PMDB em outubro e migrou para o PPS. Para o político, seu ex-partido está passando por reestruturação e ele não figuraria no projeto. “Senti que não teria mais espaço dentro do partido”, disse. Ao contrário do que foi ventilado por peemedebistas tradicionais de São Francisco do Sul, o exprefeito desmentiu que sua ida para o PPS tenha a ver com o crescimento da família Portella dentro do PMDB – o ex-vereador Jackson é

Ex-prefeito Odilon (D) deverá ser candidato a deputado

o atual presidente. Ao, nas palavras de Odilon, constatar um “vácuo” na região, afirma que poderá ser candidato a deputado estadual em 2014. Considerado o resultado da última eleição municipal,

tanto o antigo quanto o novo partido do exprefeito perderam força na cidade. Se nas duas legislaturas anteriores o PPS contava com dois vereadores, no ano passado não elegeu representante. (Sared Buéri).

PT elege nova direção no próximo dia 10 de novembro O Partido dos Trabalhadores (PT) elegerá as novas direções zonais, municipais, estaduais e nacional no domingo, dia 10, em Processo de Eleição Direta (PED). Em São Francisco do Sul, apenas uma candidatura estava inscrita até quintafeira (31). É a da atual presidente, Maria Francisca Rodrigues da Costa. Apenas uma chapa também havia se apresentado para compor o diretório municipal. Em nível estadual, concorrem à

presidência do PT cinco candidatos: Claudio Vignatti, René Marcos Muraro, Luciano Cesar Boico, Paulo Eccel e Francisco João Lessa. EM SFS, 74 filiados estão aptos a ir à sede do partido votar. O endereço é rua Marcos Göressen, nº 482 - Centro. A votação será das 9 às 17 horas. Um segundo turno poderá ocorrer caso haja mais no dia 24 de novembro, caso outras chapas de inscrevam e a chapa mais votada não obtenha pelo menos cinquenta por cento dos votos válidos.


CORREIO FRANCISQUENSE

5

Política

Centro histórico terá fiação elétrica subterrânea

Foto: Neiva Daltrozo/Secom SC

Da Redação

O

governador Raimundo Colombo (PSD) assinou, no último dia 15 de outubro, um protocolo de intenções com as Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) para obras de substituição da fiação elétrica para uma nova rede subterrânea de energia no Centro Histórico. Na ocasião, também foram assinados convênios e contratos no valor de R$ 387 mil. A previsão é de investimentos de R$ 7,5 milhões. “O Centro Histórico de São Francisco do Sul é um dos mais bonitos que conheço. Essa obra irá valorizar ainda mais a beleza do local”, destacou o governador. O documento firmado entre a Celesc e o

Lideranças políticas participam de cerimônia de assinatura de convênios

governo do Estado irá autorizar a utilização do crédito de ICMS para o custeio das obras. Os recursos serão aplicados em uma extensão de cinco quilômetros, percorrendo as ruas da

orla marítima, desde a Rua Rafael Pradinho – próximo a biblioteca - até a Rua Coronel Carvalho, em frente ao Museu Histórico. As obras estão previstas para iniciar

em janeiro de 2014. Se o cronograma for cumprido nos prazos estipulados, a obra deve terminar no final do ano que vem. “Sem a poluição visual dos fios, quem olhar poderá

perceber mais os detalhes históricos da rua do descobrimento de São Francisco do Sul, terceira cidade mais antiga do Brasil”, afirmou o prefeito da cidade, Luiz Zera (PP).

Um novo jornal com ade cara da nossa região Manual Marca

CORREIO FRANCISQUENSE

O jornal feito para você.


CORREIO FRANCISQUENSE

6

Saúde e Bem Estar

Do que adoecemos? Por Maria Bernadete Hoefel

D

a infância à chamada “melhor idade”, nós estamos em constante transformação, pois somos seres inacabados em um contínuo “vir à ser”. Não recebemos essa verdade com tranquilidade nem de forma pacífica, o que nos traz sofrimentos de várias formas. Os sintomas físicos e psíquicos são uma forma de “dizer” o que nos atormenta e não sabemos como falar disso de outra forma, por isso adoecemos. Freud, desde o século

Psique Clínica Multifuncional A PEDIDO

Foto: Divulgação

XIX, nos alerta que nossas experiências primordiais, no sentido de primeiras, deixam “trilhos” nos circuitos neuronais, marcas, que vão continuamente demandar respostas, dessa forma aumentando inesgotavelmente os circuitos que nos constituem como seres falantes. Tudo o que vivemos e experenciamos faz parte da linguagem. Por isso consideramos os sintomas e doenças físicas uma forma particular de DIZER que através da psicanálise poderá ser dito em palavras, livrando o corpo do padecer.

A PEDIDO

Novo espaço de saúde em SFS

A KUAN YIN PILATES E MEDICINA NATURAL propõe um novo olhar sobre saúde e estar saudável disponibilizando terapêuticas que integram a Medicina Chinesa, atividade física e consciência corporal. Na Kuan Yin Corpo e Mente entra em equilíbrio e harmonia com Pilates, Acupuntura, C r o m o p u n t u ra p a ra

crianças, Reiki, Hipnose Condicionativa, Auriculoterapia, Florais, Terapia Ortomolecular, Massoterapia, Dança do Ventre, Yoga e Kung Fu. Na Kuan Yin o atendimento é feito por profissionais graduados nas áreas de Fisioterapia, Enfermagem e Naturologia, com Especialização em Acupuntura e Aperfeiçoamento pelo

CEMETC da ESPANHA e Shandong University Of Traditional Chinese Medicine – CHINA. O nome “ Kuan Yin” i n s p i ra - s e n a C h i n a Antiga, Kuan Yin foi uma pessoa igual a todos nós, dotada de uma imensa misericórdia e compaixão. Compreende-se por compaixão a capacidade de ouvir, de dar aos outros e a si mesma

um espaço para experimentar tudo que deve ser experimentado e sentido. Ela aparece nas nossas vidas para dizer que está na hora de alimentarmos nossos corações com a c o m p a i x ã o . Vo c ê se importa pelos sentimentos dos outros? O que lhe afasta da c o m p a i x ã o ? Vo c ê é daquelas pessoas que feri antes de ser ferida?

Te m m e d o d e a b r i r seu coração? Não fuja de seus sentimentos, a jornada da vida nos presenteia com inúmeras vivências, que devem ser degustadas nos fazendo desenvolver a compaixão por nós mesmos, assim como pelos outros. Kuan Yin Pilates e Medicina Natural. Rua Benjamin Constant, 115 Centro Histórico - São Francisco do Sul - SC TEL: (47) 3444 4795


CORREIO FRANCISQUENSE

7

Geral

Finalmente, um teto para o Mercado Público

Foto: Verônica Faquin

Verônica Faquin veronica.faquin@gmail.com

Com 113 anos de existência, mercado será reformado com recursos do Fundo Municipal do Patrimônio Histórico. Obras devem ser concluídas em 2014

R

esolvidos todos os impasses, o pátio interno do Mercado Municipal de São Francisco do Sul vai ganhar a aguardada cobertura. A previsão é que a obra inicie e termine no primeiro semestre de 2014 O prédio do Mercado Público acompanha a história do município há 113 anos. Desde a sua criação, quando ocupava o lugar de centro comercial da cidade, o edifício sofreu algumas transformações. Em 1928, foram concluídas as acomodações do comércio de pescados. No ano de 1976, o prédio ganhou restauração. A última obra realizada no local ocorreu em 2006, quando o espaço foi contemplado pelo projeto Monumenta, iniciativa do Ministério da Cultura (MinC). Segundo o diretor da Fundação Cultural, Aldair Carvalho (Daia), na época, além da revitalização foram discutidas quais outras melhorias o mercado poderia receber, e chegou-se à conclusão de que a cobertura no vão central do prédio

poderia criar o maior aproveitamento daquele espaço, além de sanar alguns problemas dos comerciantes que já haviam solicitado a medida. Desde então, os arquitetos do Monumenta vinham estudando a viabilidade da instalação do resguardo e, ao longo destes 7 anos, foram apresentados ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), diversos projetos que abrangessem as exigências do órgão em relação à obra. A primeira ideia apresentava uma cobertura retrátil, que pudesse abrir e fechar conforme as condições climáticas. Contudo, o Iphan achou que o modelo exigiria uma manutenção constante devido ao seu sistema complexo, o que poderia se tornar uma alternativa cara no futuro. Depois desta tentativa, Monumenta e Iphan iniciaram um trabalho juntos e recentemente chegaram a um acordo. O projeto contemplado é uma estrutura simples e contemporânea, conforme explica o arquiteto Andrey de Freitas e coordenador geral do programa Monumenta, incluindo quatro pilares de sustentação, que servirão como sistema de drenagem, e cobertura com placas de policarbonato.

Cobertura do mercado será como uma “tenda interna” vai proteger pátio da chuva

“Será como uma tenda interna. Uma estrutura independente que não fere a proporção do que já existe no mercado e atende a necessidade da cobertura do espaço central”. A obra será custeada pelo Fundo Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural FUNPATRI – o Fundo existe em todas as cidades onde o Monumenta atua e é um programa do governo que compreende financiamento para imóveis privados, funcionando como um empréstimo que retorna aos cofres públicos, sendo utilizado para manter as obras contempladas pelo programa. O início e término das obras está previsto para os seis primeiros

meses do próximo ano, e além da cobertura, devem ser reformados os 3 banheiros do mercado, e realizada a troca do piso interno. “O caminho até aqui foi uma construção. Foram realizadas várias tentativas de aprovar o projeto. Não adiantaria criar uma estrutura que não poderia ser mantida. No início de janeiro deve ser apresentado o edital para licitação e a obra deve ser executada rapidamente. Imagino que no primeiro semestre a cobertura esteja pronta”, estima Daia. Depois de terminada a construção, a chefe de escritório do Iphan, Karine Possamai, espera que os comerciantes e clientes possam desfrutar do

novo espaço. “O projeto atende o que o Iphan estabelece, e agora precisamos ver se as pessoas vão gostar, porque a ideia de fazer este tipo de intervenção nos lugares tombados é justamente para que as pessoas possam utilizar os espaços públicos, usufruir deles”. A expectativa dos comerciantes é que a obra traga muitos benefícios. As artesãs Sirlei Reinert e Jani Batista aguardam as melhorias. “Nos dias de chuva, como não tem calha, a água acaba respingando nos produtos e estragando algumas peças. Com a cobertura este problema deve acabar e o mercado vai ficar mais bonito, com mais mesas, mais espaço para circular”.


CORREIO FRANCISQUENSE

8

Bem Simples, por Margaret Paim

O centenário segredo da Cambira Foto: Margaret Paim

Receita Ingredientes 1 xícara de azeite de oliva 2 cabeças de cebolas picadas 6 dentes de alho picado e moídos 1 colher de colorau 2 tomates picados Sal e pimenta-do-reino à gosto 1kg de peixe fresco limpo em pedaços 500g de camarão limpo 1 maço de cheiro-verde 3 colheres de tempero especial para peixe 500g de farinha de mandioca 4 unidades de maracujá 1kg peixes defumados Prato pode ser feito com diversos tipos de peixe, como tainha ou sororoca

É

no sentido gustativo e olfativo que está todo mistério do prazer que sentimos quando àquela comida nos é apresentada. A visão pode até chamar a nossa atenção, mas é o cheiro dos temperos, vindos da cozinha, que nos fazem esquecer toda promessa de regime e dietas. Afinal, quem não aprecia uma boa comida? A receita pode ser ‘Bem Simples’. O importante é a dedicação, o conhecimento e muito carinho para tudo sair perfeito. Para compartilhar com você receitas e dicas de

alimentação, a primeira edição do Jornal Correio Francisquense, traz uma receita histórica: a cambira defumada. Para começar, vamos voltar ao tempo e reverenciar nossos antepassados abordando um prato típico litorâneo. Em São Francisco do Sul, a prática da cambira para conservação dos peixes, é quase tão antiga quanto a fundação da cidade. Na verdade, ninguém sabe ao certo. Alguns contam que a prática surgiu à partir da vinda dos portugueses ao litoral brasileiro. Outros defendem à prática aos

índios, e outros, aos escravos.

Afinal o que é essa tal de cambira? Como toda história popular, se perguntar, cada um conta a sua versão. E, aqui, não seria diferente. Para fazer cambira são utilizados peixes grandes, como a tainha, sororoca e o cação, mas peixes médios e pequenos como, parati, bagre, também são aproveitados. Existe a cambira defumada e a cambira do sol. A prática é a mesma: limpa e salgaos. O que muda é o processo final. A exposta ao sol deve, ficar no mínimo, quatro dias ao sol antes de consumi-los. Já os defumados são salgados e colocados na fumaça por três horas e, depois, conservados refrigerados.

Modo de preparo do pirão de peixe Preparo: 30 min + Cozimento: 15 min Tempo adicional: 10 min = Pronto em 55 min Em uma panela grande, despeje meia xícara de azeite de oliva, deixe esquentar e refogue a cebola picada, o alho moído e colorau, os tomates o sal e pimenta a gosto. Deixe até ficar bem dourado. Em seguida coloque os peixes frescos no refogado e adicione água fervendo até cobrir os peixes, deixe cozinhar por 10 minutos. Após, retire os peixes e separe-os em outro recipiente para desfiar e retirar os espinhos. Complete a panela com água fervente até a metade, coloque o cheiro-verde, o camarão limpo, o peixe desfiado e o tempero para peixes. E deixe ferver por mais três minutos. Então, em fogo baixo vá adicionando aos poucos farinha de mandioca, e mexendo até emgrossar o pirão. Modo de peparo do molho de maracujá Em uma panela, despeje a poupa dos maracujas, 400ml de água fria, um fio de oleo de oliva, uma porção de cheiro verde picado, um dente de alho picado, meia cebola picada, sal e pimenta a gosto. Leve ao fogo e deixe cozinhar por cinco minutos. Modo de preparo da Cambira Em um disco ou chapa para assados bem aquecido, coloque azeite, os peixes defumados com as escamas ou pele para baixo, e deixe assar por três minutos em fogo alto, e depois vire e deixe assar por mais dois minutos. E a cambira está pronta, e só despejar o molho de maracujá e sevir com pirão, acompanhamento de arroz branco e salada.


CORREIO FRANCISQUENSE

9

Bem Simples, por Margaret Paim

Dona Dina, moradora do Paulas, dá as dicas para preparar a tradicional Cambira francisquense Foto: Margaret Paim

De acordo com Erondina Oliveira Miguel, 68, mais conhecida como Dona Dina, a preparação da Cambira defumada, é feita assim que o peixe chega do mar. Após limpá-los, salgar moderadamente e leválos para defumar. No defumador é preciso alguns cuidados na hora de colocar os peixes para não queimá-los com as chamas do fogo. “Preparar a cambira é simples, mas é necessário muita atenção tanto na hora de limpar o peixe como

na defumação. Os peixes ficam no máximo três horas no defumador .”, afirma Dona Dina. Desde à infância, Dona Dina conserta, salga e defuma peixes. Toda semana seu pai levava a cambira à bordo de sua canoa à remo da Ilha da Graça, onde moravam, até o Mercado Municipal na Baía Babitonga. Moradora do bairro Paulas há mais de 30 anos, ajuda seu marido Aurélio à completar a renda familiar. Continua sendo responsável em limpar e salgar os peixes. A defumação fica

a cargo do marido. “Ele não sabe salgar direito, tem mão pesada, e eu já não tenho paciência em ficar cuidando do fogo o tempo todo. Não é fácil”, diz Dona Dina. Para ela a cambira deve ser preparada na grelha ou frita com temperos à gosto. Confira a receita completa na página à esquerda, de autoria de Lucas Carvalho, e saboreie este legítimo prato francisquense com sua família. A receita também está disponível na internet, no site All Recipes.

Um novo jornal com ade cara da nossa região Manual Marca

CORREIO FRANCISQUENSE 5 col x 17cm 85 cm

O jornal feito para você.

Anuncie aqui: (47) 9711-1487

direcaocorreiofrancisquense@gmail.com


CORREIO FRANCISQUENSE

10

Cinema e Lazer

Quase 8 anos depois, “Anita e Garibaldi” chega às telas Fotos: Divulção

Gabriel Braga Nunes (E) estrela o filme como Giuseppe Garibaldi

Filme rodado em São Francisco do Sul em 2005 teve dificuldades financeiras para ser distribuído nos cinemas

foram rodadas em São Francisco do Sul, no ano de 2005. Ele ainda não havia chegado ao cinema por uma série de dificuldades na produção, em especial, financeiras. O longa teve sua préuase oito anos estreia nacional no dia após o início 23 de outubro no Circulo das gravações, o longa Italiano Di Joinville, com metragem “Anita e participação do diretor Garibaldi - Belos, bravos da obra, o cineasta e rebeldes” está chegando italiano Alberto Rondalli. às telas dos cinemas O filme promete uma brasileiros. produção que fuja dos Estrelado por Ana clichês heróicos, com Paula Arósio (Anita apurada reconstrução Garibaldi) e Gabriel histórica dos fatos. Braga Nunes (Giuseppe A história conta Garibaldi), a maioria parte da vida no Brasil das cenas do filme do jovem Giuseppe

Q

Garibaldi e seu encontro com Anita; o aprendizado humano e militar, a amizade com Luigi Rossetti, um dos revolucionários italianos que com ele lutavam pela libertação do Rio Grande do Sul e Santa Catarina do jugo do Império Brasileiro. Além de agradar o público catarinense, em especial o de São Francisco do Sul, o longa também é esperado pelos fãs de Ana Paula Arósio, que deixou a profissão de atriz em 2011 e se nega a voltar às novelas. A estreia nacional de Anita e Garibaldi está prevista para dezembro.

Sou o mais novo parceiro do Correio Francisquense e Folha de Araquari, estarei com vocês para dar dicas de sempre algo mais para suas pescarias. Aqui você vai encontrar a Tábua da Maré, as Fases da Lua, e os melhores horários para sua Pescaria, que fará sempre uma grande diferença na sua programação. Abrindo essa Coluna, temos um assunto primário para explanar. QUANDO COMEÇAR A PESCAR? A grande vantagem da pesca é que não há uma idade ideal para começar. A criança pode começar acompanhando o pai numa pescaria, já pelos 4 anos de idade. O adulto pode simplesmente procurar quem o ensine independente da idade. A maneira mais comum de se aprender a pescar é, procurando um amigo que tenha experiência e se informando sobre o assunto. Atualmente existem algumas lojas especializadas que também oferecem cursos de pesca. ‘’O objetivo do Curso é fazer com que a pessoa possa entender o comportamento dos peixes, conhecerem os equipamentos e as técnicas utilizadas, para só então começar a praticar.’’ “Para quem não consegue diferenciar a pesca esportiva da pesca com fins comerciais, pescar esportivamente é um ato prazeroso, e o equipamento utilizado é bem mais leve e

possibilita ao peixe a chance de lutar, o que intensifica o prazer”. Já na pesca comercial os equipamentos são mais pesados, e facilitam o trabalho que permite a captura de peixes em grande quantidade, como no caso da rede. Fonte: Eduardo Macedo PORQUE USAR ISCAS ARTIFICIAIS? Sem dúvida é a emoção, a grande diferença é que utilizando iscas naturais, realizamos uma pesca passiva... Aguardando com paciência a chegada do peixe, bem diferente da pesca com iscas artificiais, uma modalidade altamente esportiva, onde o pescador terá uma intensa movimentação indo a procura do peixe, exigindo assim um bom preparo técnico e físico, permitindo ainda preservar pequenos peixes que seriam utilizados como isca. As iscas artificiais podem ser usadas em todos os locais onde também usamos as iscas naturais, tais como rios, lagos, represas, açudes e o próprio mar. Os peixes predadores costumam fixarem-se em abrigos, como pedras, troncos, galhos de árvores, barrancos, pilares de ponte, vegetações subaquáticas e navios afundados, ficando nestes pontos abrigados a espera de suas vítimas. Portanto esses locais devem ser os escolhidos para trabalharmos nossas iscas. Fonte: fisching point.com.br

SEX 08/11 SÁB 09/11 DOM 10/11 01:13:00 0,6 00:09:00 0,6 05:00:00 0,4 03:19:00 0,5 01:43:00 0,6 09:02:00 1,3 07:08:00 1,4 04:11:00 0,4 12:15:00 0,7 10:34:00 5 08:04:00 1,3 15:24:00 1,2 13:54:00 1,4 11:19:00 0,6 18:58:00 0,5 17:19:00 5 14:41:00 1,4 22:43:00 1,3 20:38:00 1,1 18:09:00 0,4 21:43:00 1,2 TER 12/11 QUA 13/11 QUI 14/11 06:00:00 0,4 00:23:00 1,5 01:06:00 1,6 11:06:00 1,3 05:41:00 0,4 05:58:00 0,3 15:09:00 0,7 12:04:00 1,3 12:56:00 1,4 17:32:00 0,8 16:41:00 0,5 17:38:00 0,3 20:11:00 0,6 SÁB 16/11 DOM 17/11 SEG 18/11 02:32:00 1,6 03:09:00 1,6 03:56:00 1,6 07:02:00 0,2 07:41:00 0,2 08:15:00 0,2 14:23:00 1,4 15:02:00 1,4 15:47:00 1,3 19:04:00 0,1 19:49:00 0,1 20:23:00 0.1

SEG 11/11 05:43:00 0,4 10:04:00 1,3 13:32:00 0,7 16:15:00 1 19:41:00 0,5 23:38:00 1,4

SEX 15/11 01:53:00 1,6 06:26:00 0,3 13:43:00 1,4 18:21:00 0,2

Amigo(a) Pescador(a): A Coluna de Olho de na Pesca, têm o objetivo de informar aos pescadores, Clube de Pesca e todos os que amam esse Esporte, assunto que estarão esclarecendo e tirando algumas dúvidas que sempre existem. Mas você pode ajudar a fazer essa Coluna enviando dicas e sugestões, faremos avaliação e seu nome poderá sair aqui. Envie e-mail para – rodolfo.deolhonapesca@ gmail.com , aguardamos seu contato. E boas pescarias! Arósio protagoniza um dos últimos filmes que gravou antes de desistir da carreira de atriz


CORREIO FRANCISQUENSE

11

SUSTENTABILIDADE

Meio ambiente

Formada primeira turma de protetores ambientais F

oram quatro meses de curso e ao final, os 14 alunos do projeto “Protetor Ambiental” saíram formados e com o conhecimento para ir em frente e defender o meio ambiente. O curso foi fornecido pela Policia Militar Ambiental de Joinville com a parceria da Policia Militar de Araquari que cedeu o espaço para as aulas teóricas e o patrocínio de grandes empresários. Além delas, os protetores também passaram por aulas em campo, onde conheceram alguns projetos ambientais já

desenvolvidos em Santa Catarina como o projeto Tamar. Os protetores ambientais existem no Estado desde 1998 e esse ano teve início sua primeira turma em Araquari. Alguns alunos chegaram a se formar com destaque recebendo das mãos das autoridades um mascote de pelúcia: o tamanduámirim. Segundo o soldado Azevedo que lecionou pelos quatro meses, o objetivo é estimular os adolescentes, estudantes da rede pública a serem multiplicadores dos conhecimentos voltados

Foto: Divulgação

Crianças conheceram projetos ambientais durante curso

à proteção e recuperação do meio ambiente. “Durante o período de aula os alunos receberam alguns

conteúdos com temas como Polícia Militar de Santa Catarina, ecologia, recursos hídricos, gestão de

resíduos, gestão de flora e fauna, entre outros ligados a fatores ambientais”, informa o instrutor.

A Mazzon Móveis é sinônimo de beleza, conforto e qualidade. Oferece aos seus clientes produtos exclusivos, que variam do estilo clássico ao contemporâneo. Em nossa loja você encontra uma ampla linha de quartos, salas, cozinhas e sofás em couro. Tudo em madeira nobre, em diversos acabamentos e com uma vasta gama de tecidos Faça-nos um visita, confira nossos preços e condições de pagamento facilitado. Endereço: Av. Getúlio Vargas, nº 389, Bucarein - Joinville/SC. Telefone: (47) 3028-2545 ENTREGA E MONTAGEM EM TODO O LITORAL DE SANTA CATARINA SEM CUSTO ADICIONAL


CORREIO FRANCISQUENSE

12

SUSTENTABILIDADE

Meio ambiente

Escolas participam de projeto de educação ambiental

Foto: Divulgação

M

ais de 300 pessoas, entre alunos e professores das escolas de São Francisco do Sul (SC), acompanharam ansiosos o resultado do 13º Concurso Escolar ArcelorMittal Vega e Prêmio ArcelorMittal de Meio Ambiente. Durante o ano, eles embarcaram na onda da Economia Verde para refletir sobre “O Futuro que Queremos Depende das Atitudes que Tomamos Hoje”, tema desta edição. Com confecção de cartazes e maquetes, na categoria do 1º ao 5º ano, e elaboração de projetos e planos de ação, do 6º ao 9º ano, os participantes surpreenderam a comissão julgadora pela criatividade e qualidade dos trabalhos e mostraram que quando o assunto é sustentabilidade há muito o que fazer. Ao todo, esta edição do prêmio teve 46 trabalhos inscritos de 24 escolas.

Crianças premiadas receberam bicicletas como prêmiação pelo primeiro lugar no concurso

dos projetos vencedores são premiados. As crianças recebem bicicleta (1º lugar), MP4 (2º lugar) e kit escolar de material reciclado (3º lugar). Já as instituições são premiadas com equipamentos nos valores de R$ 3 mil, R$ 2 mil e R$ 1 mil, de acordo com a classificação. Confira os ganhadores!

Vencedores do Concurso Categoria 6º ao 9º ano Até a terceira A ideia de construir um ambiente escolar colocação as escolas e os alunos participantes onde as pessoas cuidam

Grupo Deonísios Teatro animou a cerimônia de premiação

das relações que estabelecem com os outros, com a natureza e com os lugares onde vivem rendeu à Escola de Ensino Básico Professora Claurenice Vieira Caldeira o 1º lugar no Concurso Escolar. Com o projeto “O eu e o nós, juntos pela sustentabilidade”, o aluno se coloca como agente de transformação e assume o papel de mudar a comunidade ao seu redor, mudando hábitos da sua rotina. A segunda colocação ficou com a Escola de Educação Especial ArcoÍris APAE, com o trabalho “Juntando os Trapos”. Eles promoveram ações na sociedade francisquense divulgando transformações concretas que contribuem para a economia verde. Já o terceiro colocado foi a Escola Municipal João Dias, com o trabalho “Água, usando

bem, ninguém fica sem”. O trabalho desenvolvido é a implantação de um sistema de captação de água da chuva na escola. Categoria 1º ao 5º ano A Escola de Educação Especial Arco-Íris APAE conquistou o 1º lugar com o trabalho “Somando ações + atitudes + mobilização + efetividade duradoura = erradicação da pobreza”. Os alunos confeccionaram uma maquete representando o gráfico do desperdício de alimentos e apresentaram propostas para mudar essa realidade. O 2º lugar ficou com a Escola Municipal Izidoro Curvello. O trabalho “Parque Acaraí: da economia extrativista para uma economia sustentável” busca a utilização do parque para favorecer a comunidade local, proporcionando geração de renda de forma sustentável.

A equipe que ficou com a 3ª colocação é da Escola de Ensino Básico Engenheiro Annes Gualberto, com o trabalho “Mosaico de tampinhas”. Usando mais de 100 mil tampas de garrafas pet, os alunos construíram um mosaico no muro da escola. O Concurso Projeto pioneiro do Programa de Educação Ambiental da ArcelorMittal Vega, o Concurso Escolar estimula nas escolas a implantação de projetos que têm contribuído para o desenvolvimento sustentável de São Francisco do Sul. Em edições anteriores, já foram tratados temas como Reciclagem de lixo, conservação de recursos naturais, consumo consciente, aquecimento global, biodiversidade, Agenda 21 Escolar, pegada ológica e diversidade.


Correio francisquense