Page 1

Sábado • 16 | Mar • 2019 • Nº 677 www.crispisoni.com.br | crispisoni@tododia.com.br jornaltododia • tododia.com.br

Villa Hamburgueria


Clube Gourmet

BATE PAPO COM CAFÉ

02

MÉTODOS DE PREPARO DO CAFÉ

O Café é uma bebida muito versátil, podendo ser preparado de diversas maneiras. Coado, expresso, turco, francês, italiano. Sob várias formas, a infusão de café é a segunda bebida mais consumida do mundo, o famoso filtrado. Com o crescimento do mercado de cafés especiais, atualmente, há uma valorização do café expresso, bastante tradicional na Itália e nos países nórdicos. Mas há diversas outras receitas para preparar o café. Seja qual for o preparo, há algumas regras essenciais para se obter boas xícaras: • Qualidade do grão: prefira os cafés especiais e gourmet. • A torra: deve ser recente, com dois dias ao menos de descanso. • A moagem: adequada para cada tipo de preparo, de preferência, moa os grãos na hora. • A temperatura: tem de estar adequada ao preparo e também aos recipientes em que a bebida será armazenada e servida. Se for servi-la fria, o recipiente deve estar frio. Se quente, deve ser escaldado ou estar aquecido. • O frescor da bebida: consuma o café logo após o preparo. Após 20 minutos, ele começa a oxidar, ficando amargo e prejudicial à saúde. Evite armazenar em garrafas térmicas, pois com o tempo acontece o mesmo. Dentre os métodos mais utilizados e mais populares está o café coado, preferido pela maioria dos brasileiros. Seu preparo é simples, basta colocar o pó em um filtro de pano ou papel, onde é feita a infusão com água. A extração dura cerca de 6 minutos, e a bebida costuma ficar sem resíduos de pó. Alguns exemplos de filtrados são: • Hario V60 Hario V60, de design exclusivo, permite uma filtragem uniforme para seu café. As linhas em espiral do cone em 60° permitem que o ar escape durante a filtragem, facilitando o fluxo de água e a expansão do pó.

• Cafeteira Italiana ( Moka) Outro método bem conhecido é a Cafeteira Italiana (Moka), funciona com dois compartimentos que se encaixam. No inferior, é colocada a água, que quando fervida sobe e passa através do pó, que está acondicionado em uma pequena peneira de aço inox intermediária. Após extrair o café, a água vai para o compartimento superior e o pó fica retido na peneira. O café fica parecido com o coado. • French Press

Além dos métodos coados e Moka, temos também a French Press, conhecido método francês. Este charmoso equipamento foi criado em 1933 por um italiano chamado Caliman. O método utilizado está entre os mais simples. O café pode ser servido diretamente desse recipiente, por não sofrer interferência de filtros de papel ou de pano, tem a vantagem de extrair todo sabor dos grãos torrados. Nesse método é utilizado um filtro de metal que realiza a separação do pó e da bebida. Outros métodos que estão bastante em evidência são o Aeropress, Syphon e Clever. Bom, seja qual for o método de preparo, o mais importante é o conteúdo, ou seja, escolha sempre um grão de qualidade especial para apreciar. Também nos métodos filtrados encontramos: Chemex, Clever, Kalita e filtro permanente.

Fábio Rios é geográfo de formação e coffee hunter de profissão e por paixão! Sua colaboração no Clube Gourmet será publicada uma vez ao mês.

Até a próxima e bons Cafés!!!!!


DESJEJUM

Clube Gourmet

03

Começando

bem o dia O CAFÉ DA MANHÃ DEVE SER PRINCIPAL REFEIÇÃO DO SEU DIA, POR ISSO MESMO MERECE UMA ATENÇÃO ESPECIAL Fotos | Divulgação

P

ara um dia bom, nada como começar bem! E este começo está diretamente relacionado à sua primeira refeição, o café da manhã. Começar o dia com um café da manhã nutritivo garante mais energia, disposição e, certamente, bom humor. Além disso, o ato de mastigar no café da manhã é o aviso ao

corpo de que você está acordando. Estudos apontam que quem não toma café da manhã pode ter ganho de peso e desenvolver doenças como, por exemplo, o diabetes. Outro ponto importante é que, quando se passa muito tempo em jejum, você pode começar a ter uma fermentação, que resultam em mau hálito, irritabilidade e nervosismo. Ao tomar um café da manhã saudável, você contribui para equilibrar o corpo, tanto em macro quanto em micro nutrientes, carboidrato, proteína e gordura, vitaminas e minerais. E quanto mais natural, melhor.

Que tal variar? Uma opção legal para começar bem o dia é variar nos alimentos. Afinal, não é preciso comer a vida toda o mesmo café da manhã. O ideal é tentar combinar o carboidrato com a proteína. Além disso, grãos são muito bem-vindos, já que exigem mais energia para serem processados, o que contribui para o emagrecimento e saciedade. As frutas são ricas em carboidratos, mas têm também muitas vitaminas, minerais, fibras, fitoquímicos. Para variar, aposte no consumo de frutas picadas em alguns dias e o suco da fruta em outros. As castanhas têm as chamadas gorduras boas e também fibras. Castanhas do Pará, amêndoa, macadâmia ou nozes podem ser inseridos no seu cardápio diário. Para quem curte um pãozinho, opte pelos integrais ou ainda feitos com fécula de batata ou farinha de arroz. Uma opção saborosa é substituí-lo

pelas tapiocas, com recheios mais leves, é claro! As proteínas podem ser adquiridas através de ovos mexidos, iogurtes e queijos frescos. Patês de grãos ou sardinha, ou ainda lanchinhos de frango desfiado também são bem-vindos, mas sempre com moderação. E pra beber, aposte em uma xícara de café (sem adoçar) ou chá. Caso não consiga ficar sem o ‘docinho’ do café, que tal substituir o açúcar por mel, que é rico em fitoquímicos e energia? Com uma refeição adequada logo pela manhã seu corpo terá energia para estudar, trabalhar, manter bom humor, concentração e vitalidade para o dia todo.

Alerta vermelho Embora seja o queridinho dos brasileiros, o pão refinado ou doce merece uma atenção especial. Chamado por alguns profissionais de “alimento falso saudável”, ele leva açúcar na composição. Por isso, todo cuidado é pouco! Também é preciso atenção com bolos, bebidas lácteas achocolatadas e sucos concentrados e adoçados, que têm grande quantidade de açúcar.


CAPA

Clube Gourmet

04

Villa Hamburgueria

PIRACICABA É A PRÓXIMA PARADA DA REDE QUE TRABALHA COM O CONCEITO DE ‘BURGUER DO SEU JEITO’ Texto | Cristiani Custódio Fotos | Divulgação

U

m hambúrguer pra chamar de seu, com carne, molhos, salada e acompanhamento do jeito que você gosta! Essa é a proposta do Villa Hamburgueria, rede que apresenta o conceito “Burguer do seu Jeito” e que abre na próxima semana sua mais nova unidade em Piracicaba. Com um cardápio que tem como protagonista o hambúrguer desenvolvido com receita especial pelo chef da casa, os acompanhamentos e demais itens do menu são bem democráticos. O objetivo é suprir a necessidade dos consumidores de ter flexibilidade e personalização nos pedidos. O cliente tem autonomia para escolher cada ingrediente que irá compor o seu pedido, evitando sobras e ainda com 100% de assertividade. Idealizador do projeto e fundador do empreendimento, Bruno Sanchez, é designer e trabalhou na área por 10 anos até entender que precisava se dedicar à arte da gastronomia. “Fomos pioneiros neste formato. É algo que pensamos logo no início, como algo para encantar o cliente e oferecer um diferencial. Após alguns anos acho que conseguimos oferecer um serviço bem bacana que vem se destacando entre as empresas do mesmo segmento”, disse. Os produtos servidos na casa seguem a linha premium e há

sempre novas opções no cardápio para agradar os frequentadores e também para atrair quem ainda não conhece. Um dos destaques é o hambúrguer de cordeiro que, inclusive, será incluído no cardápio oficial da Rede. Na hora de montar o seu lanche, o cliente pode escolher desde o pão (brioche, australiano e integral), passando pelo hambúrguer – que tem entre as opções carne 180g, frango 180g, cordeiro 180g, entre outros - recheios (alface, bacon, cebola roxa, caramelizada ou crispy, rúcula, shimeji, tomate, entre outros) e, claro, o molho. Para este último item, azeitona, barbecue, maionese, mostarda e mel estão entre as inúmeras opções. O acompanhamento também é ao gosto do freguês assim como o ponto do burguer. Entre as opções que é possível montar está o Steak do Villa, com bife Ancho 400g, servido com molho chimichurri e batata rústica de acompanhamento. A Costelinha BBQ, feita na grelha, como churrasco, e caramelizada com molho barbecue e acompanhada de batata rústica também é uma boa pedida.

Toque especial Para os amantes de gastronomia, não é apenas o prato principal que entra como o protagonista. A experiência do consumidor já começa pelo local escolhido, que faz toda a diferença. Pensando nos burguer lovers, o Villa Hamburgueria escolheu a dedo a sede para a unidade de Piracicaba, na Vila Rezende. Trata-se de um prédio com quase um século, tombado como Patrimônio


05

Coordenadora do Clube Gourmet

Para quem gosta de hambúrguers, essa é uma boa pedida. O Villa Hamburgueria, que já fez clientela em Sumaré e Santa Bárbara chega à Piracicaba. O legal da casa é essa possibilidade de montar o lanche do seu jeito, escolhendo desde o pão, passando pela carne - feita com ingredientes selecionadíssimos -, molhos, salada e acompanhamentos. Vale a pena conferir!

Parceria Além dos lanches personalizados, outra novidade é a parceria fechada com a cervejaria artesanal Kalango, de Americana, que irá produzir dois rótulos exclusivos para o Villa Hamburgueria: Villa Burgeripa e a Villa Melbeer. A Kalango produz cervejas especiais seguindo os mais altos padrões de qualidade, usando somente ingredientes selecionados, sem aditivos e conservantes. Criando e reinterpretando os estilos clássicos, buscando sempre a melhor experiência aos fieis bebedores. Além de cervejas, drinks como Gin Tônica (Clássica, Frutas Vermelhas ou Limão Siciliano), Aperol Spritz e caipiroskas de limão e frutas vermelhas estão entre as opções.

l Cultural. O local irá oferecer aos clientes uma arquitetura moderna, arrojada e com design industrial. Também existe uma preocupação com decoração interna e externa, seguindo um estilo que esteja em harmonia com o ambiente como um todo. O projeto contempla ainda uma área externa para que as pessoas possam degustar as cervejas e ou-

tros drinks. “É um lugar muito especial, que tem toda uma história e com certeza passará a fazer parte da nossa história da melhor maneira possível. Estamos muitos satisfeitos com esta escolha”, disse Bruno. Além da unidade que será aberta em Piracicaba, o Villa Hamburgueria conta com casas em Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré.

TOME NOTA

Villa Hamburgueria | Avenida Maria Elisa, 303 | Villa Rezende | Piracicaba | De terça a quinta e domingo, das 18h às 23h. | Sexta e Sábado, das 18h às 0h.


CAMPEONATO

Clube Gourmet

06

Cervejaria Campinas leva o título na

Top Chef

Champions Beer

Bala de gelatina INGREDIENTES 150g de gelatina com sabor 48g de gelatina sem sabor 700ml de água quente 300ml de água fria Óleo para untar 4 colheres de sopa de açúcar cristal MODO DE PREPARO Dissolver a gelatina na água quente e reservar. Dissolver a gelatina sem sabor na água fria e levar ao banho-maria por 5 minutos. Juntar com a gelatina reservada.

Chef Bruna Chacur Fogão a Lenha Gourmet

Dispor em uma forma untada com óleo e refrigerar por 2 horas. Cortar e passar os pedaços no açúcar cristal.

A CERVEJA FORASTEIRA IPA FOI A ESCOLHIDA PELO PÚBLICO Fotos | Divulgação

Produção e Texto: Gargantini Comunicação

TUDO LIMPO Esse limpador bem - ou mal - humorado deixa o microondas limpo em pouco tempo. Basta adicionar vinagre e água ao “Angry Mama”, ligar o microondas por cerca de 5 minutos. O vapor sai da cabeça da mamãe e suaviza a sujeira e as manchas. Depois é só passar um pano!

A

cerveja Forasteira IPA, produzida pela Cervejaria Campinas, foi eleita a melhor cerveja artesanal da região de Campinas na segunda edição do Champions Beer, evento realizado em fevereiro no Galleria Shopping. Ao todo, 14 cervejarias participaram da competição, onde o público escolheu a melhor através do voto. Com um estilo American IPA com

aroma cítrico que faz lembrar maracujá, devido ao lúpulo Amarillo e Galax, A Forasteira é ideal para harmonizar com carne assada, filét mignon, hambúrguer e pizza calabresa. Há cerca de três anos produzindo cervejas artesanais, a Cervejaria Campinas nasceu pelas mãos de um grupo de amigos, que apaixonados pela bebida, passaram a estudar, pesquisar e produzir cervejas.

Alto nível Além da Cervejaria Campinas, participaram do Champions Beer a Cervejaria Tesla, campeã da primeira edição (Jaguariúna), Cervejaria Landel (Campinas), Cervejaria Daoravida (Campinas), Cervejaria Tabuas (Campinas), Cervejaria Los Compadre (Itatiba), Cervejaria Toca da Mangava (Campinas), Cervejaria Kalango (Americana), Cervejaria Kombuteco (Campinas), Cervejaria Mafiosa (Valinhos), Cervejaria Bergreen (Nova Odessa), Cervejaria Hausen (Araras) e Cervejaria Dez Cordas (Campinas) e Cervejaria BodeBrown (Curitiba – PR).


Clube Gourmet

DE FERRO

07

Renovadas

Fotos | Divulgação

E

las já reinaram sobre os fogões. Sinônimo da slow food, por muitos anos foram as únicas no pedaço. Com a tecnologia e correria do dia a dia, aos poucos foram perdendo espaço para versões em alumínio, vidro e inox, bem mais leves que os modelos então usados. Mas como tudo que é bom volta, as panelas de ferro reconquistaram seu lugar. Repaginadas, dão novo ar às bancadas. Nas versões atuais aparecem em novos modelos, mais leves e funcionais. Resistentes, duráveis e ótimas condutoras de calor, as panelas de ferro são a opção para quem busca não apenas preparar um alimento, mas também mantê-lo aquecido por mais tempo. Versáteis, podem ir da boca do fogão ao forno – sejam eles a gás ou lenha.

QUEM QUER PÃO Além do preparo de pratos tradicionais, nos últimos anos as caçarolas de ferro passaram a ser procuradas por conta da onda dos pães caseiros levain (fermento natural). Tudo isso porque, quando assados em panela de ferro tampada e preaquecida, os pães ficam com uma casca mais firme e crocante e o miolo bem macio.

• Como conservar

PANELAS DE FERRO ESTÃO DE VOLTA EM VERSÕES ESTILOSAS • Caçarolas -

Após serem usadas, devem ser lavadas com sabão neutro e, depois, ser bem secas para que não enferrujem; Na preparação de frituras, é aconselhável não deixar o óleo por muito tempo, já que pode se deteriorar com mais facilidade por causa da grande capacidade de oxidação do material; Ao final da refeição, retire o alimento da panela, pois os níveis de ferro continuarão subindo; Se oxidar, lave esfregando com uma palha de aço, seque e aqueça para eliminar a umidade. Em seguida, pingue um pouco de óleo, espalhando com um guardanapo.

Panela oval doufeu Le Creuset

garantem o arroz soltinho, além de serem indicadas para guisados e braseados

Panelas de ferro fundido La Cuisine

• Skillets (frigideiras inteiriças) -

grelham e fritam bem

Panela de ferro fundido Staub

• Assadeira - indicada para

fazer assados como frango, pernil, lombo, costela, lasanha

Panela de ferro para vegetais Staub Panela de ferro redonda Signature Le Creuset Azul

• Escolha a sua

• Chapa - lisas ou com

alto relevo, são indicadas para grelhar o seu alimento e deixálo bem suculento

• Caldeirão -

para aquela sopa ou cozido

• Chaleira -

para manter o chá quentinho por mais tempo

Caçarolas Panela Mineira

Dutch Oven Delico

Skillet - Delico


Clube Gourmet

RECEITAS

08

Cozinhando com

DÉDE Déde Pisoni

V

ocês bem sabem que não resisto a uma boa receita, dessas fáceis de fazer e que deixam todos com água na boca. Hoje, compartilho estas duas saborosas sugestões que recebi e que fizeram sucesso em minha casa. Bom apetite!

Brie/Camembert empanado com Mel sem Glúten (Regina) INGREDIENTES 1 peça pequena de queijo brie ou camembert 1 ovo ligeiramente batido Quanto bastar de farinha de rosca sem glúten (vale usar a convencional também) 1 colher de sobremesa de farinha de linhaça dourada (aproximadamente) Sal e pimenta do reino a gosto 1 colher de sopa de azeite Mel a gosto para regar

Lasanha ao Creme de Mandioquinha com Alho-Poró (Basilar) INGREDIENTES / MOLHO BRANCO: 5 colheres (sopa) de manteiga ou margarina 5 colheres (sopa) de farinha de trigo 2 litros de leite Sal, pimenta-do-reino e noz-moscada a gosto INGREDIENTES / CREME DE MANDIOQUINHA: 2 colheres (sopa) de azeite 3 dentes de alho picados 1 cebola pequena picada 1 kg de mandioquinha picada 2 tabletes de caldo de legumes Sal INGREDIENTES / REFOGADO DE ALHO-PORRÓ: 2 colheres (sopa) de azeite 2 dentes de alho picados 3 xícaras (chá) de alho-poró em rodelas 2 tomates, sem sementes e picados Sal e salsinha picada a gosto

MODO DE PREPARO Misture as farinhas, o sal e a pimenta. Reserve. Pincele a peça de queijo com o ovo batido e empane-a com a mistura de farinhas. Aqueça um frigideira em fogo médio com uma colher de sopa de azeite e doure o queijo de todos os lados (também é possível usar a fritadeira sem óleo nessa etapa). Sirva imediatamente regando com mel. O queijo deverá estar derretido por dentro.

INGREDIENTES / PARA A MONTAGEM: 1 embalagem de Lasanha (500g) 400g de presunto em fatias Queijo parmesão ralado MODO DE PREPARO Prepare o molho branco: Em uma panela média, aqueça a manteiga ou margarina e doure a farinha de

trigo. Junte o leite aos poucos, mexendo sempre para não empelotar. Acerte o sal, tempere com a pimenta-do-reino e a noz-moscada, retire do fogo e reserve. Prepare o creme de mandioquinha: Em uma panela de pressão, aqueça o azeite, refogue 3 dentes de alho e cebola. Junte a mandioquinha, caldo de legumes, 1 ½ litro de água e deixe cozinhar até a mandioquinha ficar bem macia. Retire do fogo e bata tudo no liquidificador até formar um creme, acerte o sal, se necessário e reserve. Prepare o refogado de alho-porró: Em uma frigideira média, aqueça o azeite e refogue o alho. Junte o alho-poró e os tomates e deixe refogar por 5 minutos. Acerte o sal, salpique salsinha, mexa delicadamente e reserve. Montagem: Em um refratário grande e fundo divida o molho branco e o creme de mandioquinha em 3 partes, as tiras de lasanha em 4, as fatias de presunto e o refogado de alho-poró em 2. Alterne as camadas de molho e massa da seguinte forma: molho branco, fatias de presunto, tiras de lasanha, creme de mandioquinha, refogado de alho-poró, tiras de lasanha, molho branco, fatias de presunto, tiras de lasanha, creme de mandioquinha, refogado de alho-poró, tiras de lasanha, molho branco, creme de mandioquinha e finalmente queijo parmesão. Cubra com papel-alumínio e leve ao forno médio (200ºC) por 50 minutos. Para dourar a superfície, retire o papel-alumínio 10 minutos antes de finalizar o tempo.

Pecado da

GULA

Claudia Porteiro

Cookies de chocolate e castanha do pará INGREDIENTES 200 g de manteiga temperatura ambiente 2 gemas 1 lata de leite condensado ¾ de xícara (chá) de castanha-dopará picadas

1 tablete de chocolate meio amargo bem picado (170 g) 1 colher (chá) de essência de baunilha 2 xícaras e meia (chá) de farinha de trigo Meia colher (chá) de bicarbonato de sódio

Meia colher (chá) de sal MODO DE PREPARO Bata ligeiramente a manteiga na batedeira e, mantendo-a ligada, vá acrescentando as gemas e o leite condensado em fio, até obter um creme bem leve e es-

branquiçado. Desligue a batedeira e junte as castanhas, o chocolate e a essência de baunilha, misturando delicadamente com um batedor de arame ou colher. Peneire, aos poucos sobre o creme, a farinha, o bicarbonato, o sal e misture, incorporando bem os ingredientes secos ao creme. Coloque pequenas porções de massa, com o auxílio de uma colher (chá) em assadeiras grandes untadas ou forradas com papel-alumínio, mantendo uma distância aproximada de 10 cm entre elas. Leve ao forno pré-aquecido em temperatura média-baixa e asse por cerca de 25 minutos ou até os cookies dourarem. Retire os cookies do forno e deixe esfriar antes de retirar da assadeira. Sirva em minitravessas quadradas.

Profile for Jornal TodoDia

Gourmet 16/03  

Gourmet 16/03  

Profile for tododia