__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

FOTO: DIVULGAÇÃO

/todadahoraweb “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.

R$

50

0,

ZAP TODA HORA! (61) 99300.9675

TODA HORA J O R N A L

Fundador: Josenilton M. Bezerra

Ano 03 Edição Nº 35 - Brasília e Goiás - Maio de 2021

Fotografe o QR code acima e acesse a página do site do seu jornal TODA HORA!

www.to d ah o rawe b .com

POLÍTICA

ESPORTES VOLANTE

LEANDRO BULHÕES É ELEITO PARA A SELEÇÃO DO CAMPEONATO CANDANGO 2021 Meio-campista foi o único atleta do Capital entre os melhores da competição vencida pelo Brasiliense

SENADO APROVA SUSPENSÃO DE REAJUSTE NOS PREÇOS DOS MEDICAMENTOS EM 2021 O Senado suspendeu o reajuste anual na tabela de preços de medicamentos em 2021. PÁGINA 3

BRASÍLIA

VEÍCULOS

FOTO: DAVIDYSON DAMASCENO/ IGESDF

CAOA CHERY TIGGO 3X ENTRA EM PRÉ-VENDA E TERÁ DUAS VERSÕES Versão reestilizada do Tiggo 2 estreará motor 1.0 turbo e terá preço inicial de R$ 99.990

COVID-19: HOSPITAL DE SANTA MARIA JÁ ATENDEU MAIS DE 28 MIL PACIENTES PÁGINA 2

FOTO: DIVULGAÇÃO

FOTO: REUTERS

PÁGINA 7

EM CRIANÇAS, COVID-19 PODE APRESENTAR SINTOMAS DIFERENTES, DIZ USP PÁGINA 8

Mateus 6:33

PÁGINA 8

POLÍTICA

VOX POPULI: Lula vence em todos os cenários nas eleições de 2022 ORÇAMENTO DE 2021 DEVERIA TER SIDO VOTADO E APROVADO EM 2020, PÁGINA 3 DIZ PACHECO

entrevista> DEPUTADO DISTRITAL CLAUDIO ABRANTES (PDT)

“E não vamos parar!” PÁGINA 4

FOTO: ASSESSORIA


2

TODA HORA J O R N A L

BRASÍLIA

Brasília e Goiás - Maio de 2021 www.todahorawe b.com

/todadahoraweb

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com FOTO: DAVIDYSON DAMASCENO/ IGESDF

SAÚDE

COVID-19: HOSPITAL DE SANTA MARIA JÁ ATENDEU MAIS DE DE 28 MIL PACIENTES Esse é o número de doentes com suspeita ou diagnóstico de covid atendidos entre março de 2020 e abril de 2021 DA ASSESSORIA De Imprensa

A

concentração de esforços da equipe do Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) durante a pandemia já possibilitou o total de 28.822 atendimentos de pacientes diagnosticados ou com suspeita de covid-19, entre março de 2020 e abril de 2021, segundo dados do último balanço da Gestão de Leitos da unidade. Durante

o período, o HRSM realizou 22 mil testes RT-PCR para diagnóstico da doença. Do total, mais de 7 mil tiveram resultado positivo. “Estamos tomando todas as medidas necessárias para conter o vírus, prestando atendimento ao máximo de pacientes durante a pandemia, com a atuação de profissionais experientes e comprometidos”, afirma o superintendente do HRSM, Willy Pereira. No hospital, que é administra-

do pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (IGESDF), a direção do HRSM garante que todas as medidas sanitárias estão sendo tomadas para proteger pacientes, acompanhantes e profissionais de saúde. As áreas onde há atendimento de covid-19 estão isoladas no Pronto-Socorro, bem como das UTIs Covid-19, localizadas no primeiro e quinto andar. Os profissionais também contam com equipamen-

tos de proteção individual (EPIs) e higienização dos ambientes é constante. Para reduzir riscos de contaminação, por exemplo, foram colocadas divisórias que separam pacientes contaminados pela covid de outros e destinados elevadores exclusivos para transportar esses doentes. Outra medida adotada foi a instalação de dispositivos para abertura automática das portas, evitando o contato manual e, conse-

quentemente, maior risco de contágio. TESTAGENS NO HRSM O RT-PCR é considerado seguro para diagnosticar o novo coronavírus. O exame é realizado sob indicação médica para pacientes que estão com sintomas do vírus ou que vão passar por procedimentos cirúrgicos. “Dessa forma evitamos que os pacientes infectados não sejam operados e corram risco”, esclareceu o superintendente.

COMBATE À DENGUE: Taguatinga recebe etapa do programa Livre de Carcaças FOTO: DIVULGAÇÃO/SSP-DF

POR RENATA LU

Da Agência Brasília

PROJETO de Delmasso estabelece diretrizes para atuação das Comunidades Terapêuticas DA ASSESSORIA De Imprensa

O deputado Delmasso (Republicanos), vice-presidente da Câmara Legislativa do DF, protocolou um projeto de lei que regulamenta e estabelece diretrizes para o funcio-

Esta é uma ação conjunta e essencial para o combate à dengue no DF. Ela é realizada há mais de um ano com apoio irrestrito dos Consegs, que fazem o mapeamento desses carros abandonados previamente e encaminham para a SSP/DF” DELEGADO JÚLIO DANILO Secretário de Segurança Pública

fazem o mapeamento desses carros abandonados previamente e encaminham para a SSP/DF”. As secretarias de Cidades, Executiva de Políticas Públicas e DF Legal, o Departamento de Trânsito (Detran) e a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) participam da ação. A Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival) da Secretaria de Saúde (SES), a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) e namento das Comunidades Terapêuticas no Distrito Federal. O projeto visa implantar a Política de Diretrizes de Atuação e Acolhimento de Dependentes Químicos. As Comunidades Terapêuticas são residências transitórias que garantem o cuidado de qualidade aos usuários e dependentes de substâncias psicoativas. “O trabalho de resgate social que essas casas realizam é incomparável. Devolvem o cidadão restabelecido à

SEGURANÇA

o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) também fazem parte da DF Livre de Carcaças, que, nesta quarta-feira (19), contou, ainda, com o apoio e segurança da Divisão de Operações Especiais (DOE), da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). De acordo com o secretário, a retirada dos materiais das ruas contribui também para o aumento da sensação de segurança da população. “Os carros abandonados podem servir como ponto para prática de crimes. Além disso, compactua para nossa política de Segurança Pública, que inclui a identificação e resolução de desordens FOTO: ROGÉRIO LOPES

A Operação DF Livre de Carcaças já acumula 618 veículos retirados das ruas do Distrito Federal em várias etapas do programa nas diversas regiões administrativas, desde o lançamento, em fevereiro de 2020. A ação ocorre sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF) e integra as medidas adotadas pelo GDF para eliminar focos do mosquito Aedes aegypti – transmissor de dengue, zika e chikungunya. Na quarta-feira (19/05), as equipes estiveram em Taguatinga e chegaram a remover dez veículos ao depósito. A identificação dos veículos abandonados é feita pelos Conselhos Comunitários de Segurança (Consegs), como explica o secretário de Segurança Pública, delegado Júlio Danilo. “Esta é uma ação conjunta e essencial para o combate à dengue no DF. Ela é realizada há mais de um ano com apoio irrestrito dos Consegs, que

ressalta o coordenador dos Conselhos de Segurança (Consegs), da SSP/DF, Marcelo Batista.

Deputado Distrital Delmasso (REPUBLICANOS-DF)

em áreas públicas”, reforça o secretário. A população pode contribuir com a identificação dos carros abandonados nas ruas. Para isso, basta enviar uma mensagem por e-mail, com informações que facilitem a localização do material. “Esse trabalho conjunto é fundamental para continuidade da ação e, para isso, contamos sempre com a participação popular, seja por meio das reuniões dos Consegs ou enviando e-mail com a localização dos carros. O apoio das administrações regionais também é primordial para nosso planejamento e atuação”, sociedade e entregam às famílias o ente querido com uma nova vida”, defende o parlamentar. O projeto de Delmasso garante como política distrital permanente os cuidados prestados pelas Comunidades. Com isso, ficam estabelecidos todos os detalhes para o funcionamento das instituições, assim como as formas de financiamento público para a manutenção dos serviços gratuitos das casas.

Toda a ação foi acompanhada por policiais da Divisão de Operações Especiais (DOE), da PCDF. “Sempre que solicitado, damos esse apoio à ação, que acreditamos que tem um reflexo muito positivo na redução da criminalidade”, avalia o agente Marcos D’Avila Teixeira. AÇÃO PIONEIRA A DF Livre de Carcaças teve início em fevereiro de 2020 e já foi realizada em Samambaia, Candangolândia, Guará, Sudoeste, Taguatinga, SIA, Plano Piloto, Paranoá, Ceilândia, Santa Maria, Gama, Recanto das Emas, Riacho Fundo, Sobradinho, São Sebastião, Núcleo Bandeirante, Arniqueira, Riacho Fundo II, Cruzeiro e Planaltina. Também foram contempladas as faixas de domínio do DER, pátios da 6ª, 15ª e 19ª delegacias de polícia e Setor de Oficinas Sul (SOF).

Diante do caos causado pelas substâncias que causam dependência, o projeto de Delmasso traz alento para famílias que se desintegram por conta de um membro dependente. “Com o serviço de acolhimento gratuito e voluntário, fornecendo atendimento humanizado e amplamente divulgado, as famílias terão fácil acesso e segurança em deixar um familiar que precisa de ajuda terapêutica”, explica Delmasso.


TODA HORA J O R N A L

Brasília e Goiás - Maio de 2021 www.todahorawe b.com

POLÍTICA

SENADO APROVA

Suspensão de reajuste nos preços dos medicamentos em 2021 FOTO: ASSESSORIA

/todadahoraweb

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

COLUNA GOIÁS BRASÍLIA

NILTON MAGALHÃES FOTO: DIVULGAÇÃO

No Palácio do Planalto: Buscando mais recursos De Imprensa

O

Senado suspendeu o reajuste anual na tabela de preços de medicamentos em 2021. Durante a discussão da matéria, no plenário remoto desta quinta-feira

Orçamento de 2021 deveria ter sido votado e aprovado em 2020, diz Pacheco O presidente do Senado defendeu ainda a legitimidade do Congresso em escolher o destino de recursos orçamentário por meio das emendas parlamentares

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), avaliou nesta terça-feira que o Orçamento de 2021 deveria

(13/05), o senador Oriovisto Guimarães (PODE-PR) ponderou as possíveis consequências da aprovação do PL 939/2021 e justificou o seu voto contrário ao projeto. “Podemos acabar com a concorrência no setor de medicamentos. Não deveFOTO: DIVULGAÇÃO

ter sido votado e aprovado em 2020. “Estamos dando agora toda atenção e boa vontade com o Executivo sobre os PLNs para que não haja mais divergências em relação à execução orçamentária deste ano. Espero virar essa página e que os recursos públicos sejam bem empregados”, afirmou, em participação no

Vox Populi: Lula vence em todos os cenários nas eleições de 2022 Na sexta-feira (21/05), o Instituto Vox Populi divulgou levantando sobre intenção de voto para a eleição presidencial de 2022, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aparece liderando a corrida. A pesquisa divulgada pelo site ‘Metropoles’ mostra que Lula teria 43% das intenções de voto, seguido de Bolsonaro, com 24%. Luciano Huck aparece com 8% e Ciro Gomes com 5%.. Como soma de índice dos outros candidatos não

chega ao número de Lula, o ex-presidente venceria em primeiro turno. No caso da escolha espontânea, Lula aparece com 33%; Jair Bolsonaro com 19%; e Ciro Gomes com 2%. Em caso de um suposto segundo turno Diante de cenários contra Bolsonaro, Ciro Gomes (PDT) e João Doria (PSDB), Lula também leva vantagem. O ex-presidente

mos interferir no mercado desta forma. Não queremos remédios caros. Mas, com esse projeto de lei aprovado, tenho receio de uma pessoa deixar de encontrar um medicamento na farmácia”, afirmou o senador paranaense após o plenário remoto. BTG Pactual Brasil CEO Conference 2021. O presidente do Senado defendeu ainda a legitimidade do Congresso em escolher o destino de recursos orçamentário por meio das emendas parlamentares. O jornal O Estado de S. Paulo revelou, no entanto, o esquema do “orçamento secreto” criado pelo presidente Jair Bolsonaro e operado com verba do Ministério do Desenvolvimento Regional, uma pasta loteada pelo Centrão. Com o aval do Planalto, um grupo de deputados e senadores pôde impor o que seria feito com ao menos R$ 3 bilhões. Toda negociação foi sigilosa e fere a lei orçamentária, o que pode levar o presidente a responder por crime de responsabilidade. N.M

ficou com 55% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro fica com 28%.. Ninguém/branco/nulo alcança 14% e 3% não sabem. Contra Ciro Gomes, a vantagem é 52% contra 19%. Diante de Doria, a vitória seria mais tranquila: 56% contra 14%. FOTO:GETTY IMAGES

DA ASSESSORIA

S

e empenhando em trazer sempre mais recursos para o município de Cidade Ocidental-GO, o prefeito Fábio Correa participou de uma reunião no Palácio do Planalto, com a Secretária de Governo da Presidência da República, Flávia Arruda. Estavam presentes na reunião, os amigos e prefeitos do Entorno, que tiveram a boa notícia de que as emendas de anos anteriores, que estavam paradas, foram liberadas. Fábio Correa agradeceu a atenção e o carinho da ministra Flávia com o Município. FOTO: GETTY IMAGES

Lewandowski x Bolsonaro: Copa América em meio à pandemia Ricardo Lewandowski, ministro do Supremo Tribunal Federal, determinou que o presidente Jair Bolsonaro preste informações sobre realização da Copa América no Brasil em meio à pandemia de covid-19. O ministro destacou a ‘importância da matéria’ e a urgência do caso’ em despacho proferido, no âmbito da ação que obrigou o governo federal a apresentar um plano nacional de imunização contra o coronavírus. A decisão foi dada após o Partido dos Trabalhadores alegar que a autorização para a realização da Copa América no País é uma medida ‘irresponsável e inconstitucional’, pedindo que o governo federal seja impedido de assinar contratos e protocolos com a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) ou com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para viabilizar a realização do campeonato. Segundo a legenda, a decisão de sediar o torneio ‘vai na contramão dos esforços engendrados por parte da sociedade brasileira para a contenção da pandemia’. “A realização de tal tipo de competição significa a entrada de milhares de pessoas no Brasil, havendo a possibilidade de circulação de novas variantes da Covid-19 e, por conseguinte, o aumento do espectro de cepas a serem combatidas em território nacional”, alega o partido. NILTON MAGALHAES / Jornalista todahorajornal@gmail.com

3


TODA HORA J O R N A L

Brasília e Goiás - Maio de 2021 www.todahorawe b.com

entrevista>

ESPECIAL

/todadahoraweb

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

DEPUTADO DISTRITAL CLAUDIO ABRANTES (PDT) FOTO: ASSESSORIA

4

“E não vamos parar!”

C

om uma atuação diversificada, que vai do apoio ao motociclista à luta pelos concursados, o deputado distrital Claudio Abrantes abre o jogo em relação ao trabalho que vem desenvolvendo na Câmara Legislativa. Paraibano, o parlamentar veio para Brasília ainda criança, na década de 1970, e aqui construiu sua vida. Abaixo, o deputado fala de diversos assuntos, como segurança, concursos, saúde, mobilidade e outros.

DA REDAÇÃO Toda Hora

TODA HORA - O senhor tem um trabalho intenso pela convocação de concursados nas diversas áreas. Que ganhos o senhor acha que isso traz ao DF? Claudio Abrantes – Toda a minha história de vida passa pelo serviço público. Fui secretário escolar, sou policial civil de carreira e por pouco também fui aprovado pelo BRB. Então, conheço o trabalho desenvolvido na esfera do serviço público, sei o quanto é importante para o cidadão, uma vez que estamos falando de profissionais que assumem uma carreira, passam a trabalhar na construção da memória dos órgãos, além de estarem devidamente preparados para os papéis que passam a assumir. Da parte dos aprovados, estamos falando de valorização, de reconhecimento a meses, às vezes anos, de estudo e sonhos por aquela colocação. Não é uma tarefa fácil, eventualmente esbarramos em dificuldades, existem os limites fiscais, orçamentários, mas vamos esticar essa corda o máximo que pudermos. TODA HORA - Então o senhor não se limita a batalhar pela inclusão apenas na Polícia Civil? Claudio Abrantes – Toda a minha história de A Polícia Civil é minha casa, meu lar, meu órgão de origem. Lutamos muito pela inclusão de novos policiais civis, como foi o caso dos delegados, médicos-legistas,papiloscopistas, peritos criminais. Mas não paramos por aí, de jeito nenhum. Ainda nas forças de segurança, conseguimos puxar o pessoal da 24ª turma da Polícia Militar do Distrito Federal, estamos trabalhando pelo CFP, pelo CFO. No dia 1 de junho, por exemplo, o Congresso Nacional derrubou veto do presidente ao orçamento que barrava a chegada de mais de mil PMs e bombeiros ao DF, e isso foi uma grande vitória para a sociedade, temos lutado muito por isso. O mesmo ocorre com os bombeiros. Mas, para além das forças de segurança, nossa luta está presente

A Polícia Civil é minha casa, meu lar, meu órgão de origem. Lutamos muito pela inclusão de novos policiais civis, como foi o caso dos delegados, médicoslegistas, papiloscopistas, peritos criminais. Mas não paramos por aí, de jeito nenhum. CLAUDIO ABRANTES DEPUTADO DISTRITAL (PDT)

em todas as pastas, como Educação, Saúde. Nas últimas semanas, por exemplo, foram chamados 437 profissionais da educação, uma vitória que nos deixa muito felizes, pois trabalhamos intensamente por essas convocações. Foram muitos os pedidos ao governador Ibaneis Rocha, reuniões com a Secretaria de Economia, com a Secretaria de Educação, mas a recompensa chegou. Hoje, infelizmente, em função da pandemia, apenas os casos de vacâncias podem ser preenchidos. Com o BRB foi a mesma coisa, muito trabalho, mas valeu, pois as nomeações estão acontecendo. TODA HORA - Ainda no campo da segurança, a Câmara Legislativa aprovou há poucos dias uma lei de autoria do senhor que estabelece que presos paguem pela tornozeleira eletrônica? Claudio Abrantes – Sim, agradeço aos meus pares por entenderem nossa ideia, que é bem simples. Você acha justo que a conta de um equipamento, que não é baratoe vem em função de um benefício, seja dividida por toda a sociedade? Pois é isso o que vem acontecendo. Então, a ideia é que os presos que venham a utilizar a tornozeleira arquem com os seus custos. Claro, isso para aqueles que puderem pagar por ela. Aqueles que comprovadamente não puderem pagar pela utilização do dispositivo serão isentos

dessa conta. Esse projeto já foi aprovado na Câmara nos dois turnos e agora segue para a sanção do governador Ibaneis Rocha. TODA HORA - O senhor está na presidência da Comissão de Assuntos Fundiários. O que isso significa para um parlamentar? O que podemos esperar dessa fase? Claudio Abrantes – Falar de terra não é nada simples em lugar nenhum do País. Especialmente no DF, dada a própria história da constituição do Distrito Federal, e ainda tem outras questões como o tombamento, o respeito ao meio ambiente. Mas chegou a hora de encarar os desafios, não dá mais para prorrogar certas ações. É necessário dar um basta na irregularidade, pois só assim o braço do Estado chegará a locais que hoje correm à sorte do tempo. É necessário modernizar o Distrito Federal. Claro que tudo isso mediante estudos, mediante um pacto com a sociedade, envolvendo as partes, com discussão e respeito entre todos. Para frear o crescimento desordenado, que acaba exigindo demais do Estado, uma saída que vejo, por exemplo, é a verticalização. Claro, sempre com muita responsabilidade e equilíbrio. Mas o fato é que a ampliação desmedida da mancha urbana traz sérios problemas, como, por exemplo, um atendimento deficitário pelos serviços públicos. Então, não dá mais para adiar. TODA HORA - Agora, seguindo no tema das comissões, o senhor presidiu a CPI do feminicídio. Não era de se esperar que uma mulher tivesse sido a presidente? Qual o legado da CPI? Claudio Abrantes – É curioso, ouço sempre isso. E, de nossa parte, não teria problema nenhum que um dos meus colegas, homem ou mulher, fosse presidente. Mas, da forma como ficou, foi dado um recado que acho que a sociedade deve se atentar: o feminicídio não é um problema só das mulheres, mas de toda a sociedade. Todos nós nos sujamos de sangue sempre

que uma mulher é morta. Esse é um crime cruel, desumano, que muitas vezes começa antes das ameaças. Qualquer nível de machismo é danoso, e por vezes é invisível, um mal muito grande à sociedade. Nós nos deparamos, por exemplo, com histórias de mulheres que eram abusadas e nem se davam conta disso. Como legado, fica retrato bem cru do momento que o DF vive em relação à segurança da mulher e uma série de cerca de 70 recomendações que são feitas ao poder público e à socidade. Registro meus parabéns a todos os que trabalham pela vida da mulher, pois, sim, encontramos muita luta nesse sentido. TODA HORA - E sobre a UTI do Hospital de Planaltina? Como anda? Claudio Abrantes – A saúde do DF esteve abandonada por anos, sem qualquer exagero. E mais, todas as nossas lutas eram embarreiradas no Executivo. Mas, a partir de quando o governador Ibaneis Rocha tomou posse, e nós tivemos a honra de estar na Liderança do Governo, de conhecer por dentro, começou uma verdadeira maratona para que a nossa saúde pública fosse reconstruída. Hoje, aquele quadro de abandono já não existe mais. Ainda há muito a ser feito, o que é agravado pela pandemia, e esse cronograma de ações agora bate às portas do Hospital de Planaltina. Olha, construir uma UTI é um investimento altíssimo, e não é da noite para o dia. Você veja, por exemplo, que é necessário que o centro de saúde tenha uma subestação elétrica parruda, é necessário que tenha uma Radiologia eficaz, que tenha laboratório para dar suporte. É esse o começo, e a licitação para essa parte elétrica já foi consolidada. Estamos incansáveis, e não é exagero dizer que eu não tenho um dia sequer de descanso sobre esse tema. Estamos lutando, e temos fé no trabalho. Esse sonho vai ser tornar realidade. E, como costumo dizer, não vamos parar. TODA HORA - Além da futura UTI, a saúde

de Planaltina teve outros avanços? Claudio Abrantes – Sim, vários! Por exemplo a UBS 20, entregue em 2019, e a UBS do Vale do Amanhecer, que está em construção. E tenho que dizer que ambas foram construídas com emendas única e exclusivamente minhas. Tem também a UPA, em frente à Estância, sendo construída. TODA HORA - A cidade também teve ganhos em mobilidade? Claudio Abrantes – Não só Planaltina, mas também Sobradinho, Sobradinho II, Condomínios. Toda a Saída Norte foi completamente reestruturada, agora com a inauguração do Complexo Governador Joaquim Roriz. E tem mais pela frente, uma vez que algumas lutas nossas, a terceira faixa da BR-020 e o novo viaduto de Sobradinho, já foram confirmadas pelo governador Ibaneis, juntamente com a ciclovia. E também estão sendo promovidas, desde já, outras melhoras. Destaco aí a nova entrada de Planaltina, novos retornos na BR. TODA HORA - O senhor participou da abertura da nova fase do programa Banco de Alimentos. Qual a importância desse programa para o DF? Claudio Abrantes – Não só da abertura. Trabalhamos há tempos pelo Banco de Alimentos, temos sólidas parcerias com a Ceasa, com a Seagri com a Emater, responsáveis pelo programa. Na atual fase, o Banco de Alimentos distribuirá cerca de 4 mil Cestas Verdes por semana para entidades que auxiliam pessoas em vulnerabilidade alimentar e nutricional, com uma meta de atender 50 entidades ao longo das semanas, alcançando mais de 2,5 mil pessoas a cada etapa. E um detalhe importante é que esse volume de cestas verdes foi adquirido pelo Programa de Aquisição da Produção da Agricultura (Papa-DF). Então, estamos falando de segurança alimentar para pessoas de baixa renda e de valorizar o produtor local. Todos ganham.


O DF tem a maior rede de proteção social do Brasil. Mais de 700 mil pessoas são atendidas e o GDF criou mais de 30 mil empregos em obras públicas.

Mais de 700 mil pessoas recebem algum tipo de auxílio do GDF. E, em tempo de pandemia, é preciso ajudar quem mais precisa. Por isso, o GDF ampliou e criou novos programas sociais, que trazem ajuda financeira para milhares de famílias. As 200 obras em andamento também cumprem o papel de oferecer mais de 30 mil empregos neste período difícil. Para melhorar nossas cidades e ajudar as pessoas, o GDF não para. Programa Prato Cheio para 35 mil famílias.

DF Sem Miséria

para 74 mil famílias.

Renda Emergencial

para 4,5 mil taxistas e motoristas de transporte escolar.

Restaurantes Comunitários Redução de R$ 3,00 para apenas R$ 1,00 em 9 milhões de refeições.

Bolsa Maternidade para 17 mil mães.


6

TODA HORA J O R N A L

OPINIÃO

Brasília e Goiás - Maio de 2021 www.todahorawe b.com

/todadahoraweb

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas Mateus 6:33

JÔNATAS

ARTIGO

COLUNA DO PR. GILSON FERREIRA TEÓLOGO

Muitos dizem, maldito o homem que confia no homem. Esta expressão é correta? Está incompleta (Jr.17 a partir dos cinco) fala que devemos confiar nas pessoas sim, na sua palavra. A bíblia diz maldito o homem que confia no homem, que confia em si próprio na força do seu braço e bendito o varão que confia no Senhor. Bendito é dizer bem e maldito é dizer mal, é maldição. PASTOR GILSON FERREIRA Igreja Assembléia de Deus Setor Madureira II Luziânia -GO fatimavaranda.varanda472 @gmail.com

TODA HORA J O R N A L

JORNAL TODA HORA É EDITADO E PUBLICADO POR:CAJUÍNA MÍDIAS E PRODUTOS CNPJ: 30.560.880/0001-11 INSC. EST.: 0790853900167 cajuinamidiaseprodutos@gmail.com (61) 3544.1107/9 9300.9675 ENDEREÇO: SRTVS QUADRA 701 BLOCO O Nº 110 EDIFÍCIO MULTIEMPRESARIAL SALA 521 PARTE B7 ASA SUL CEP:70.340-000 BRASÍLIA - DF

Fundador: Josenilton M. Bezerra

Diretor Executivo: Nilton Magalhães Jornalista Profissional DRT/PI 1071 Contato Jornal: todahorajornal@gmail.com Contato Portal: redacao@todahoraweb.com Articulistas e colaboradores: Pr. Gilson Ferreira / Daniel Agrela Leonardo Chucrute Charge: Jônatas Tirinhas: Elson Souto Departamento Comercial: Gilmara Prudêncio Vaz Magalhães Nilton Magalhães todahorajornal@gmail.com (61) 3544.1107

ZAP TODA HORA! (61)99300.9675 Envie Pautas, Fotos Sugestões e Vídeos para nosso o whatsapp!

CIRCULAÇÃO DIRIGIDA: BRASÍLIA, ENTORNO E GOIÁS. BANCAS DE REVISTAS, TERMINAIS RODOVIÁRIOS, ÓRGÃOS PÚBLICOS E CENTROS COMERCIAIS. IMPRESSÃO: GRAFINORTE S.A APUCARANA - PR REPRESENTANTE NACIONAL: Al. Grajaú, 60 sala 1213 Alphaville CEP.: 06415-050 Barueri - São Paulo (11) 4195-9690 | 4195-0604 | 99697-9427

hubcomunica@gmail.com | motta@hubcom.vc | www.hubcom.vc AS MATÉRIAS E ARTIGOS ASSINADOS NÃO REFLETEM DE FORMA ALGUMA A OPINIÃO DO JORNAL E PORTAL.

ANUNCIE Publicidade: (61) 3544.1107 todahorajornal@gmail.com

NOTÍCIAS DE BRASÍLIA, BRASIL , NACIONAL E MUNDO EBC - www.ebc.com.br/ Setor Comercial SUL - SCS Quadra 08 Bloco B-60 1º Piso Inferior Edifício Venâncio 2000 Asa Sul Brasília - DF CEP - 70333-900

Fotografe o QR code ao lado e acesse a página do site do seu jornal TODA HORA!

www.tod ahoraweb.com

/todadahoraweb

jonatas.desenho@outlook.com Instagram:@jonatas.draw

DANIEL AGRELA JORNALISTA

Mercado global de relações públicas deve crescer 10% neste ano Quem trabalha com comunicação provavelmente já deve ter ouvido este comentário bastante desanimador: “Na crise, nossa área é a primeira a sofrer cortes de investimento”. Pelas empresas em que passei, volta e meia ouvia alguém soltar essa frase em um tom profético digno do Velho Testamento. É claro que há muita verdade nessa citação, afinal de contas em um país de grandes desigualdades, instabilidades políticas e econômicas como o nosso, adversidade é o que não falta. E, na hora do aperto, é preciso definir prioridades. No entanto, vejo que essa expressão pessimista está com os dias contados. Além de uma percepção de quem vive nesse mercado, muitos indicadores mostram que as perspectivas para a área da comunicação são positivas. Uma delas, divulgada recentemente pela empresa americana The Business Research Company, projeta que a indústria global de relações públicas, por exemplo, deve passar de US$ 88,13 bilhões em 2020 para US$ 97,13 bilhões em 2021 a uma taxa de crescimento anual composta de 10,2%. Para 2025, o estudo indica que o setor deve atingir US$129,35 bilhões. O motivo principal que sustenta essa estimativa de crescimento está no fato de que as empresas precisam, e rápido, se recuperar dos impactos causados pelo tsunami da COVID-19 e veem na comunicação corporativa uma aliada fundamental nessa missão. É claro que essa percepção é mais evidente nas companhias americanas e europeias, mas o Brasil já despertou para essa realidade, especialmente quando o assunto é relações públicas. Com a função de construir e promover a imagem de clientes, estabelecendo conexões de negócio e comunicação, a estratégia em relações públicas é a alternativa cada vez mais buscada por empresas que querem se estabelecer como marcas fortes em seus respectivos segmentos. Desde o início da pandemia, fechou-se a porta dos eventos, é verdade, mas abriram-se as janelas de outras ferramentas para dar visibilidade consistente às empresas. As mídias sociais (e suas diversas plataformas), o novo modelo de assessoria de imprensa, os conteúdos customizados e audiovisuais e as campanhas com micro-influenciadores são alguns dos serviços mais contratados pelas companhias que investem em RP. Mas isso em meio a maior crise da história recente? Sim! As marcas perceberam a importância de falar de si para reduzir as perdas econômicas ou, em alguns setores, até aumentar os resultados. Mas, sobretudo, muitas companhias notaram que era preciso se posicionar. Nesse cenário passaram a mostrar que estavam, de fato, colocando em prática seus propósitos em um momento de enorme fragilidade da nossa sociedade. É claro que por trás desse contexto existe uma estratégia que também, quase sempre, passa pelas mãos da agência de comunicação. Como acontece há décadas nos Estados Unidos, o PR (public relations) é parte integrante da organização e não apenas um fornecedor que veio a passeio. Vejo que essa mudança de percepção tem sido fundamental no modo de pensar e construir ações assertivas, gerando valor às marcas e impactando positivamente o público consumidor. Esse é um caminho sem volta. Mesmo porque, no mundo pós-pandemia, a relação cliente-empresa estará em outro patamar e para desenvolvê-la continuamente será imprescindível contar com uma estratégia de comunicação.

DANIEL AGRELA Jornalista

BLOG TODA HORA Da Redação / TH

VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS: Ação conjunta vai reforçar depoimento especial

O

Judiciário e o Executivo vão lançar Portaria Conjunta para definir um fluxo geral para a escuta especializada e o depoimento especial. O objetivo é qualificar a atenção integrada e evitar a chamada vitimização secundária - ou revitimização -, definindo formas adequadas de escuta especializada das crianças e das adolescentes vítimas de violência pela rede de apoio. A medida foi anunciada na terça-feira (18/5) pelo presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Luiz Fux. A portaria conjunta também trará um guia de referência para capacitação de profissionais que compõem o Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente Vítima ou Testemunha de Violência. O CNJ determina que os tribunais devem implantar salas de depoimento especial em todas as comarcas. Agência CNJ de Notícias

ARTIGO LEONARDO CHUCRUTE PROFESSOR

Vantagens de seguir carreira militar Há estudantes que ficam em dúvida sobre se devem seguir uma carreira militar ou não. Muitos estão focados em fazer uma graduação. Porém, eles se esquecem que uma coisa não anula a outra. A carreira militar é repleta de vantagens e pode oferecer estabilidade, além de uma remuneração muitas vezes melhor, do que quem optou por não seguir o militarismo. Uma das principais vantagens é relacionada com a educação militar. As instituições militares

brasileiras de ensino estão entre as melhores da América Latina, no que diz respeito a estrutura, organização e qualidade de ensino. Quem estuda nesse tipo de instituição, tem grandes chances de ter uma carreira de sucesso tanto nas forças armadas como na vida civil. Outro benefício que vale a pena ser citado é a boa remuneração. A carreira militar possibilita construir um excelente patrimônio e é possível ingressar nas forças armadas já na adolescência, cursando o ensino médio militar. A maior parte dos concursos têm vagas para ambos os sexos. Com apenas 25 anos, é possível receber, como remuneração inicial, 4 mil reais mensais como terceiro sargento ou a partir de 7 mil reais, como oficial. Lembrando que se pode crescer na carreira e chegar até general, que é o topo da carreira, com soldo de 14 mil. Lembrando que existe a possibilidade de fazer diversas viagens, o que é mais uma vantagem. O Militar viaja muito. Com isso, há a possibilidade de morar em diversas

FOTO: ROMULO SERPA / AG. CNJ

cidades e regiões do país. Dependendo do posto ocupado, a pessoa pode representar o Brasil em missões internacionais. Vale ressaltar que ao final da formação pela Escola Naval, por exemplo, os guardas-marinha fazem a famosa Viagem de Ouro, em que os novos oficiais dão uma volta ao mundo durante um ano. Não posso deixar de citar a estabilidade na profissão. Uma das vantagens de se tornar um militar de carreira é a tranquilidade de poder evoluir na sua profissão sem se preocupar em perder o emprego. Com isso, ganha-se qualidade de vida. Ao completar 30 anos de serviço, a pessoa entra em condição de reserva e pode-se chegar lá aos 55 anos. Mas lembre-se de que o trabalho nas forças armadas é duro e desgastante. Porém, é possível descansar ou se dedicar a outras atividades mais cedo do que se tivesse escolhido uma carreira civil.

LEONARDO CHUCRUTE Professor


TODA HORA J O R N A L

Brasília e Goiás - Maio de 2021 www.todahorawe b.com

ESPORTES

/todadahoraweb

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

7

VOLANTE

Leandro Bulhões é eleito para a seleção do Campeonato Candango 2021 Meio-campista foi o único atleta do Capital entre os melhores da competição vencida pelo Brasiliense FOTOS:DIVULGAÇÃO

DA ASSESSORIA De Imprensa

N

o final da manhã da segunda-feira (17/05) foi dia de festa em Brasília, com a entrega do prêmio aos melhores do Campeonato Candango 2021. Volante do Capital, Leandro Bulhões foi o único atleta do clube eleito para a seleção da competição, cujo título foi vencido pela 10ª vez seguida pelo Brasiliense. “Fiquei muito feliz com a conquista desse prêmio. Ser eleito para a seleção do estadual é motivo de muito orgulho e só tenho a agradecer aos meus companheiros de equipe, aos integrantes da comissão técnica e à diretoria do Capital pela oportunidade de disputar pela pri-

Bulhões com o troféu por integrar a seleção e ao lado da taça do Campeonato Candango, conquistada pelo Brasiliense

meira vez o Campeonato Candango, uma competição que vem crescendo ano a ano”, declarou o meio-campista.

O TIME IDEAL A equipe com os melhores do Candangão 2021, eleito a partir dos votos dos

treinadores e capitães dos 12 clubes participantes, teve a seguinte formação: Edmar Sucuri (Brasiliense), Denilson (Taguatinga), Liel (Ceilândia), Badihuga (Brasiliense) e Mateus Bochecha (Ceilândia); Leandro

Bulhões (Capital), Dadinho (Luziânia) e Hiwry (Unaí); Weberthi (Luziânia), Zé Love (Brasiliense) e Luquinhas (Brasiliense). Técnico: Vilson Tadei (Brasiliense).

CRUZADAS

QUADRINHOS SOBRE TUDO

ELSON SOUTO

http://elsonsouto.blogspot.com/


TODA HORA J O R N A L

Brasília e Goiás - Maio de 2021 www.todahorawe b.com

GERAL

/todadahoraweb

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

PANDEMIA

EM CRIANÇAS, COVID-19 PODE APRESENTAR SINTOMAS DIFERENTES, DIZ USP Crianças saudáveis, infectadas pela covid-19, podem apresentar lesões inflamatórias extrapulmonares

P

esquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FM-USP) e do Instituto Adolfo Lutz constataram que crianças e adolescentes infectadas com covid-19 podem apresentar sintomas clínicos diferentes dos tradicionais, ou seja, distintos dos sintomas habitualmente causados pela doença respiratória aguda, como febre, tosse e desconforto respiratório, causadas por lesões severas causadas pelo SARS-CoV-2 nos alvéolos pulmonares. Segundo a pesquisa, crianças saudáveis, infectadas pela covid-19, podem apresentar lesões inflamatórias extrapulmonares, como miocardite no coração e colite – inflamação do cólon intestinal. A forma atípica de covid-19 é chamada Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P). Os resultados do estudo, apoiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), foram publica-

th J O R N A L

FOTOS: REUTERS

dos em artigo na revista EClinicalMedicine, do grupo Lancet. Os pesquisadores realizaram a autópsia de cinco crianças que faleceram em decorrência da covid-19 em São Paulo, sendo um menino e quatro meninas, com idade entre 7 meses e 15 anos. “É importante que os pediatras atentem para essas possíveis manifestações clínicas diferentes de covid-19 em crianças e adolescentes para que a

infecção seja diagnosticada e a SIM-P tratada mais rapidamente”, disse à Agência Fapesp, a pesquisadora Marisa Dolhnikoff, professora da FM-USP e coordenadora do projeto. De acordo com a Agência Fapesp, os pesquisadores realizaram a autópsia das cinco crianças que faleceram em decorrência da covid-19: duas crianças tinham doenças graves antes da infecção pelo SARS-CoV-2 – uma tinha câncer e outra uma

síndrome genética congênita – e as outras três eram saudáveis e desenvolveram a SIM-P. Uma delas apresentou inflamação cardíaca (miocardite), outra inflamação intestinal (colite) e a terceira encefalopatia aguda, que desencadeou convulsões. Segundo a pesquisa, a SIM-P nas crianças pode ocorrer alguns dias ou semanas após a infecção pelo SARS-CoV-2 e, até agora, pensava-se que essa reação inflamatória exagerada acontecia independentemente de o vírus ainda estar presente no organismo, como resultado de uma reação imune. As constatações feitas por meio do estudo, no entanto, trazem evidências de que as manifestações da SIM-P são desencadeadas também pela ação direta do novo coronavírus nas células dos órgãos infectados. “Não estamos dizendo que o que está descrito até agora sobre a síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica está errado, mas acrescentamos a constatação de que a própria lesão causada nos tecidos pelo vírus está relacionada e, muito provavelmente, é um componente importante para a indução dessa resposta inflamatória exagerada em crianças”, ressalta Dolhnikoff. N.M.

últimas VEÍCULOS

CAOA CHERY TIGGO 3X ENTRA EM PRÉ-VENDA E TERÁ DUAS VERSÕES Versão reestilizada do Tiggo 2 estreará motor 1.0 turbo e terá preço inicial de R$ 99.990

FOTOS: DIVULGAÇÃO

8

Concessionárias da Caoa Chery já iniciaram a pré-venda do Tiggo 3X 2022, versão reestilizada do Tiggo 2 que irá conviver com o antigo modelo. O SUV será lançado oficialmente no dia 31 de maio, em duas versões: Plus (R$ 99.990) e Pro (R$ 103.990). Segundo publicações de concessionárias em redes sociais, clientes que reservarem o Tiggo 3X durante a pré-venda terão benefícios como seguro grátis por 1 ano e as duas primeiras revisões sem custo. Para o pedido, as concessionárias exigem pagamento de sinal, que pode variar entre cada ponto de venda. O Caoa Chery Tiggo 3X é produzido em Jacareí (SP) desde o fim de março, junto aos modelos Tiggo 2, Arrizo 5 e Arrizo 6. Em relação ao Tiggo 2, o novo modelo traz dianteira redesenhada, com faróis em LED divididos em andares e grade ampliada. Já lateral e traseira repetem os mesmos traços do atual Tiggo 2, apenas trazendo lanternas com máscara negra e novo desenho das rodas. Por dentro, o Tiggo 3X traz novo painel e multimídia atualizada.

O SUV compacto irá estrear um novo conjunto mecânico na gama Caoa Chery, com um motor 1.0 turbo flex e câmbio automático do tipo CVT com simulação de 9 marchas. A faixa de preços do Tiggo 3X mostra que o modelo irá ocupar a lacuna entre o ocupando a lacuna entre o Tiggo 2 topo de linha (R$ 91.190) e o Tiggo 5X TXS 2022 (R$ 121.990). Fonte: Terra

Profile for Jornal Toda Hora

Jornal Toda Hora Edição 35  

Jornal Toda Hora Edição 35  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded