Page 1

/todadahoraweb

R$

50

0,

“Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.

ZAP TODA HORA! (61) 99300.9675

Mateus 6:33

TODA HORA

FOTO: RENATO ARAÚJO / AGÊNCIA BRASÍLIA

J O R N A L

PÁGINA 8

Fundador: Josenilton M. Bezerra

Ano 01 Edição Nº 14 - Brasília e Goiás - De 24 de Abril a 17 de Maio de 2019

www.todahoraweb.com

BRASÍLIA

ENTREVISTA

GUSTAVO ALMEIDA BALANÇO POSITIVO DE 100 DIAS DE GOVERNO E AS NOVIDADES DA SECRETARIA DE CIDADES PARA O DF PÁGINA 3

FOTO: AGÊNCIA/BRASÍLIA

SOS DF reforma o Parque Ecológico de Águas Claras

GDF LIBERA R$ 57,8 MILHÕES PARA OBRAS

Ação envolveu funcionários de diversas secretarias do GDF, além de internos que participam do programa Mãos Dadas

PÁGINA 8

GOIÁS

Os recursos são oriundos de superávit da segunda parcela de empréstimo de R$ 600 milhões, contratado junto ao Banco do Brasil

BRASÍLIA HOSPITAIS REGIONAIS DE SANTA MARIA E GAMA GANHAM EQUIPAMENTOS

LEIA A COLUNA:

GOIÁS BRASÍLIA

NOVO GAMA: FORAM PLANTADAS QUASE 500 MUDAS NO BOSQUE 5HC

PÁGINA 2

PÁGINA 8

PÁGINA 5

FOTO:DIVULGAÇÃO

empth

CINEMA

NOVO ‘DUMBO’ DIFERE DO ORIGINAL E CONSOLIDA NOVA FASE DA DISNEY Dirigido por Tim Burton, longa toma liberdades e critica estúdio do Mickey

PÁGINA 7

REVISTA

EMPREE

NDEDOR

ISMO E

MUITO

MAIS!

EMPREE ER TODA HOND RA

Brasília e Goiás EDIÇ

ÃO 01 ww w.t - BIMESTRAL / ABR oda hor IL aw eb. com

E MAIO DE *FAZ PART 2019 NÃO PODE E DO JORNAL TODA SER VEND IDO SEPA HORA RADAMENT E.

Ela

NA INTERNET

CRIOU UM

INTE GUARDA-VOLUMES PARA BA LIGEN Raquel RATEAR AS EN TE Schram TREGAS

FOTO: DIVULG AÇÃO

EDUCAÇÃO/ AU

quer inc

TUA SAÚD BULAS E RE E MEDICAM MÉDIOS: O QUE SÃ E SUAS VA ENTOS MANIPUL O ADOS NTAGENS PÁGINAS 7 E 8

QUEM TEM MENTO DE SALÁRIO: DIPLOMA GANHA DU AS VEZES UNIVERSITÁRIO PÁGINA 2 MAIS NO BR ASIL

e+ NESTA EDIÇÃO

TEM: AS MELHORES EMPRESAS!!!

m, da En luir quem tregAli, não receber consegue o carteiro

VEÍCULOS

PÁGINAS 4 E

KIA CAPR PARA PEGAICHA NO STINGER R MERCEDE PÁGINA 9 S E BMW

5

FOTO: DIVULG AÇÃO

&ENTRETENIMENTO

PÁGINA 4

FOTO: DIVULG AÇÃO

cultura

NILTON MAGALHÃES

FOTOS: MATEUS LINCOLN

PÁGINA 2

EM AUDIÊNCIA PÚBLICA NO SENADO, PREFEITO DE VALPARAÍSO DEFENDE REGIÃO DO ENTORNO

ESPECIAL

CONFIRA! A REVISTA EMPREENDER TODA HORA PÁGINAS 9 A 20


2

Brasília e Goiás - De 24 de Abril a 17 de Maio de 2019 - www.to d aho rawe b.co m

BRASÍLIA

FOTO: MARCELLO CASAL JR/ABR

/todadahoraweb

TODA HORA J O R N A L

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

DF TRABALHA PARA ZERAR CASOS DE MORTE POR TUBERCULOSE Há 137 anos, a bactéria Mycobacterium tuberculosis foi descoberta pelo médico alemão Robert Koch. No século 19 e no início do século 20, esse bacilo proliferou e a tuberculose matou milhares de pessoas no mundo. Apesar de já haver vacina e antibióticos eficientes, que curam, a doença ainda tira muitas vidas. No ano passado,

só no DF, sete pessoas morreram e outras 452 foram infectadas. Para enfrentar essa realidade, a Secretaria de Saúde prepara uma reformulação no plano distrital de combate à tuberculose. Na quarta-feira (3/3), foi publicada uma portaria criando um grupo de trabalho para trabalhar nessa revisão de planejamento. “É uma impor-

tante medida porque garante a institucionalização do grupo condutor”, explica a enfermeira Lindvânia Brandão, que atua na Gerência de Vigilância de Doenças Transmissíveis. política única, que deverá ser seguida por toda a rede de saúde”. Fonte: Agência Brasília

& C I D A D E S

GDF LIBERA R$ 57,8 MILHÕES PARA OBRAS

HOSPITAIS REGIONAIS DE SANTA MARIA E GAMA GANHAM EQUIPAMENTOS Previsão é de concluir as instalações até o fim deste mês

FOTO: BRENO ESAKI

Os recursos são oriundos de superávit da segunda parcela de empréstimo de R$ 600 milhões, contratado junto ao Banco do Brasil DA AGÊNCIA DA AGÊNCIA Brasília

O

Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, assina hoje decreto abrindo crédito suplementar no valor de R$ 57,8 milhões que serão utilizados em obras do Trevo de Triagem Norte, Metrô, urbanização do Sol Nascente e construção de Centros de Detenção Provisória, dentre outras (veja relação completa abaixo). Os recursos são oriundos de superávit da segunda parcela de empréstimo de R$ 600 milhões, contratado junto ao Banco do Brasil. A liberação desses recursos e a regularização da situação do Governo do Distrito Federal junto ao Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias (CAUC/ siafi) deixam o GDF em condições de pleitear junto ao Banco do Brasil a liberação de mais R$ 100 milhões, relativos à terceira e última parcela do empréstimo. A regularização junto ao CAUC/SIAFI foi obtida pela Secretaria de Fazenda, Planejamento,

Orçamento e Gestão e é monitorada diariamente. A liberação desses recursos e a regularização da situação do Governo do Distrito Federal junto ao Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias (CAUC/ siafi) deixam o GDF em condições de pleitear junto ao Banco do Brasil a liberação de mais R$ 100 milhões, relativos à terceira e última parcela do empréstimo. A regularização junto ao CAUC/SIAFI foi obtida pela Secretaria de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão e é monitorada diariamente. O monitoramento da situação do GDF junto ao CAUC/SIAFI é feito por técnicos da Subsecretaria de Captação da Secretaria de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão, que verificam todos os dias a situação do CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) de todos os órgãos, empresas e autarquias do Governo. Identificada alguma pendência, atuam imediatamente para solucionar e garantir o fluxo de repasses para o Distrito Federal.

FOTO: LÚCIO BERNARDO JR/AGÊNCIA BRASÍLIA

Ação da agenda do SOS DF em Vicente Pires, construção de túneis de captação de água vão dar fim às inundações e criar rede de drenagem inédita na região FOTO: RENATO ARAUJO/AGÊNCIA BRASÍLIA

Ação da agenda do SOS DF, na sexta, 08/03. Equipe da NOVACAP realiza diversas ações no região da FERCAL

VEJA ONDE OS RECURSOS SERÃO APLICADOS: METRÔ

SSP

OBJETO

SUPERAVIT 2019

MODERNIZAÇÃO DOS SISTEMAS DA LINHA 1 DO METRÔ/DF CONCLUSÃO DAS OBRAS CIVIS E IMPLANTAÇÃO DOS SISTEMAS FIXOS DA ESTAÇÃO METROVIÁRIA 110 SUL CONCLUSÃO DAS OBRAS CIVIS E IMPLANTAÇÃO DOS SISTEMAS FIXOS DA ESTAÇÃO METROVIÁRIA 106 SUL OBRAS DE CONCLUSÃO DA ESTAÇÃO ESTRADA PARQUE – ÁGUAS CLARAS TOTAL

3.919.232,07

OBRA DE CONSTRUÇÃO DOS CENTROS DE DETENÇÃO PROVISÓRIA CDP1, CDP2, CDP3 E CDP4 NO SETOR C, COMPLEXO PENITENCIÁRIO DA PAPUDA, TOTALIZANDO 3.200 VAGAS

5.554.639,40 R$9.473.871,47 10.041.797,41 R$10.041.797,41

SINESP

OBRAS DE INFRAESTRUTURA, URBANIZAÇÃO DE ASSENTAMENTOS PRECÁRIOS NO SETOR HABITACIONAL SOL NASCENTE – PROGRAMA PRÓ-MORADIA. Trechos 1, 2 e 3

3.343.497,90

TOTAL

R$3.343.497,90

ACESSE E SAIBA MAIS EM: https://www.agenciabrasilia.df.gov.br/2019/03/28/gdf-libera-r-578-milhoes-para-obras/

Prédio do Sinpol-DF é pichado com frase “Não Prosperará” A fachada do Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol-DF) amanheceu vandalizada na quinta, 28/03. O chão da entrada principal do prédio e a parede onde está pintado o brasão da entidade estão pichados com a frase “Não Prosperará”. Coincidência ou não, a mesma expressão foi utilizada por um coronel, representante da Associação dos Oficiais do Corpo de Bombeiros do DF em uma

conversa com o presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do DF (Sindepo), Rafael Sampaio, acerca da proposta de recomposição salarial apresentada pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) em fevereiro deste ano. Trechos da conversa foram divulgados pelo próprio militar e acabou sendo publicizada, também, na imprensa. O Sinpol-DF está adotando as medidas necessárias a

fim de desvendar a autoria desse ato criminoso de vandalismo e de falta de respeito com a entidade e com toda a categoria policial civil. Embora alguns setores da Segurança Pública tenham iniciado – e estimulem, constantemente – uma disputa sem cabimento entre as corporações, a diretoria do sindicato está convicta de que não se resolve qualquer conflito com atitudes criminosas como essa.

FOTO: ARNON GONÇALVES/SINPOL-DF

Brasília

D

ois hospitais da rede pública de saúde do Distrito Federal estão prestes a trocar as caldeiras por aquecedores elétricos. No Hospital Regional do Gama, os novos equipamentos já estão sendo instalados e a desativação das antigas caldeiras está prevista para o fim deste mês. Também deverá estar concluída nesse prazo a instalação dos novos equipamentos do Hospital Regional de Santa Maria. As caldeiras são usadas para gerar vapor, utilizado em serviços como esterilização de materiais, lavagem e secagem de roupas, aquecimento de água para banho e, na cozinha, para preparar os alimentos. “Ainda não temos o levantamento de custos ou a economia, mas temos a certeza de que os equipamentos elétricos não poluem o meio ambiente e não requerem manutenção constante”, garante o assessor da Subsecretaria de Infraestrutura, Alan Oliveira. Em razão desses benefícios, a previsão é de que haja redução de custos para a pasta. Já receberam aquecedores elétricos os hospitais de Taguatinga, Asa Norte, Planaltina e da Região Leste (Paranoá). Outras unidades tiveram as caldeiras desligadas – Asa Sul, Sobradinho, Ceilândia e Brazlândia –, tendo sido as funções antes desempenhadas por esses equipamentos substituídas por outras opções, como chuveiro elétrico para banho de pacientes, esterilização com equipamentos elétricos e lavanderia com uso de produtos que utilizam água fria. *Com informações da Secretaria de Saúde

Ibaneis envia à Câmara Legislativa PL que cria nova RA Projeto de Lei propõe região administrativa do Sol Nascente/Pôr do Sol O governador Ibaneis Rocha encaminhou à Câmara Legislativa do Distrito Federal o Projeto de Lei que cria a região administrativa do Sol Nascente/Pôr do Sol. A mensagem foi enviada ao presidente da Casa, o deputado Rafael Prudente, para apreciação em regime de urgência. O PL determina os novos limites para a criação da região administrativa, a 32ª do DF. O texto estipula a transferência de parte da Administração Regional de Ceilândia para a nova R.A, incluindo servidores, quantitativo de cargos em comissão e acervo patrimonial. Para o GDF, a criação da R.A tem como objetivo atender os propósitos de descentralização administrativa, a utilização racional de recursos para o desenvolvimento socioeconômico e à melhoria da qualidade de vida, previstos na Lei Orgânica do Distrito Federal. Em março, moradores do Sol Nascente e Pôr do Sol participaram de audiência pública para discutir o assunto e aprovaram a criação da R.A. Esse procedimento é necessário para dar origem à nova cidade e seu corpo administrativo. Por Ian Ferraz/Agência Brasília


TODA HORA J O R N A L

Brasília e Goiás - De 24 de Abril a 17 de Maio de 2019 -www.todahoraweb.com

POLÍTICA

/todadahoraweb

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

3

“A oposição berra a situação vota”

FOI DITO!

DEPUTADA BIA KICIS

DEPUTADA (PSL-DF) Sobre o corpo-a-corpo na CCJ da Câmara

& P O D E R

FOTO: DIVULGAÇÃO

ENTREVISTA: GUSTAVO ALMEIDA Balanço positivo de 100 dias de governo e as novidades da secretaria de Cidades para o DF FOTOS: AGÊNCIA/BRASÍLIA

POR JOSIEL FERREIRA E MAURÍCIO NOGUEIRA

Especial para o jornal Toda Hora

O

secretário de Cidades do Distrito do Federal, Gustavo Almeida Aires, fez um balanço positivo dos 100 dias de governo Ibaneis Rocha (MDB). Elogiou o desempenho do trabalho em parceria dos administradores regionais – que fizeram importante papel de “verdadeiros prefeitos” -, e dos demais órgãos do Governo do Distrito Federal. Na visão de Gustavo Almeida, um dos desafios foi melhorar a situação da cidade, que segundo ele, encontrava-se em abandono, principalmente na questão de serviços estruturais como roçagem de mato alto, execução de tapa buraco das vias, desobstrução de boca de lobo, desenvolvidos pelo programa SOS Brasília. Um dos xodós do governador Ibaneis Rocha são as feiras. Gustavo aproveitou para anunciar que medidas são realizadas agora para melhorar a qualidade de vida. Confira na entrevista abaixo ao Toda Hora o que a secretaria fez nesses primeiros 100 dias de governo do Distrito Federal. E tem boas notícias elencadas pelo secretário, que trabalha em sintonia com as demais pastas e as administrações regionais, uma parceria revitalizada. Toda Hora – O governo Ibaneis Rocha completou 100 dias. Quais foram os maiores desafios encontrados pela Secretaria de Cidades? Gustavo Almeida – Um dos maiores desafios e problemas que encontramos na cidade foi o abandono. A Cidade estava completamente abandonada, estava largada, e com vários serviços estruturais a serem feitos, poda de árvore, mato alto, roçagem, tapa buraco, sinalizações. E, por isso, o governo lançou o SOS que foi um sucesso. Bateu todos os recordes -, os recordes de produção de massa asfáltica, de ações realizadas, justamente para tirar Brasília do buraco e do abandono. Para isso, tivemos resultado, lógico, com a integração de todos os órgãos, mas principalmente dos administradores regionais, que entenderam o recado da necessidade do poder estar mais próximo da população. E todos foram para a rua acompanhar o serviço, fazer os serviços, desobstrução de boca de lobo, enfim. Então os desafios foram imensos. Encontramos na outra parte da secretaria, que é de mobiliário urbano, muita coisa foi feita de última hora, pelo governo passado, que se está levando um tempo para poder entender e amenizar a espera e o sofrimento. Diga-se de passagem que foi feto, sim, bastante coisa pelo governo passado em relação a feiras e quiosques, mas algumas coisas estão precisando ser definidas e esclarecidas para que a gente possa dar continuidade. Muita coisa que a gente precisa vencer ainda. Mas declaro que o balanço é bastante positivo

Gustavo Almeida – Hoje, ela não tem mais um orçamento próprio, ela ficou adjunta da Casa Civil, então o nosso orçamento é o da Casa Civil. Não temos uma dotação orçamentária própria da secretaria. Toda Hora – Tivemos uma informação de que haverá mudanças até o dia 21 desse mês, principalmente, em algumas administrações, em torno de 20 pessoas. Essa informação procede? Gustavo Almeida – Não, não tenho conhecimento algum dessa mudança, mas ajuste sempre é feito em equipe, é normal.

o resultado da secretaria como o governo todo. Toda Hora – Qual a metodologia da gestão de trabalho da secretaria, até para tornar os serviços prestados mais eficientes. O senhor tem uma metodologia? Gustavo Almeida – Sim. Até por ordem do governador, por compromisso de campanha, inclusive, com a população temos feito o empoderamento das administrações regionais. Colocar os administradores como verdadeiros “prefeitos”. E como é essa metodologia? Primeiro, você entregar toda uma questão de equipamentos, de maquinário para os administradores poderem estar resolvendo no dia a dia aquelas demandas e solicitações da população. E a outra questão é a capacitação dos servidores, dos administradores. Para isso, desde o início da nossa gestão, temos feito cursos voltados para os administradores, para gestão orçamentária, de trabalho, administrativas e para os seus servidores, seus Coordenadores de Administração Geral (COAG). Encerramos, semana passada, um curso de uma semana com toda uma programação feita com a Secretaria de Planejamento, a Secretaria de Cidades, em que todos os administradores estivem presentes para tratar sobre a questão governamental. Eram os administradores e seus COAGs. Inclusive, tivemos, no último dia de palestra, o ministro Nardes para todos os administradores. Teremos no dia 23, um mesmo parecido seminário em parceria do governo com o Tribunal de Contas do Distrito Federal para que passe toda a situação. Esta semana, está ocorrendo com os responsáveis nas administrações por licenciamento, enfim, toda essa questão territorial, com a SEDU. Então a gente tem na metodologia do governo o empoderar, dar condições de trabalho para os administradores para a população poder cobrar mais ainda. Eu acho que a função do administrador é ser o prefeito. Ele está ali, para ser cobrado, questionado e dar resposta rápida

para a população. Toda Hora – O senhor falou das administrações. Percorremos algumas e uma das maiores que é da Ceilândia e falta muito ainda, principalmente funcionários, profissionais capacitados, há duas pessoas responsáveis por projetos. Quando, realmente, vai haver pessoal qualificado para resolver todas as demandas da maior cidade do Distrito Federal? Gustavo Almeida – Tem uma questão, estamos fazendo, primeiramente, uma reestruturação como um todo das administrações. Sabemos da necessidade de aumentar o efetivo de funcionários e efetivo das administrações. E, assim, é uma questão a longo prazo. Sabemos que teremos de ter mais servidores, vamos ter que chamar, futuramente, um concurso público. Mas isso tudo tem que passar pela questão orçamentária do governo. Mas, alguns pontos, a questão do licenciamento, foi feito junto com a Cidades e a Secretaria de Habitação a centralização do CAP, onde se criou microrregiões administrativas, onde se trouxe as centrais da CAP para ficar junto com o administrador, mais perto, para solucionar alguns gargalos das administrações. Semana passada, tivemos a inauguração do posto avançado da CAP em Taguatinga. Teremos outros postos avançados, se eu não me engano são dez que vão ter uma interligação. Questão de aprovação de projeto, a gente está tirando do cidadão ter que se deslocar ao setor Comercial, tem que estar ali junto com o administrador. Então, algumas coisas, a gente tem feito para amenizar e melhorar o que, com as ferramentas que nós temos, o atendimento da população. Toda Hora – O governador Ibaneis Rocha tem cobrado metas da sua pasta? Gustavo Almeida – Tem. Ele cobra metas do governo como um todo. Ele sempre é uma pessoa bem dinâmica, bem proativa, então, ele gosta de ver resultados. A gente fica bastante atento, que as metas que o governador quer da nossa pasta, o melhor serviço prestado

pelos administradores regionais, que é o primeiro contato da população, do cidadão é com as administrações. Então, o governador quer um serviço bem prestado, com eficácia, bom atendimento à população. Isso a gente cobra de todos, a população tem sempre que encontrar as portas abertas e ser bem tratada. O cidadão vai procurar a administração para levar um problema, então, essa gestão não aceita de forma alguma ter algum cidadão, alguma pessoa maltratada, não bem assistida, não atendida nas administrações. Então, a gente tem cobrado isso. Nossa meta é mostrar resultado para a população o mais rápido possível. Toda Hora – O governador tem pedido aos secretários para pensar em projetos estruturantes e renovação. O que o senhor tem feito para atender os pedidos do governador? Gustavo Almeida – Eu fiz uma reunião com os administradores, recentemente, falando que nós temos que nos reinventar, buscar bastante, eu acho que, alguns tipos de serviços podem ser feitos em parceria com a população, com empresários da região. Tenho pedido muito isso e os administradores tem feito. Já temos algumas reformas de quadra, algumas questões pequenas da cidade que foram feitas em parceria com a população e empresários locais, que entenderam também que eles devem ser par, eles devem participar do governo, não só como cobradores, mas como colaboradores. Então, isso tem sido uma forma de se reinventar, tanto que foi feito pela Secretaria de Projetos Especiais um decreto colocando regramento para essas questões que ela adote, como braço do programa, que os administradores têm trabalhado bastante com isso. Então, essa questão de se reinventar é trabalhar com o que nós temos, a estrutura é pouca, o dinheiro é pouco, mas isso não é motivo para que a população seja desassistida. Toda Hora – A Secretaria de Cidades tem um orçamento?

Toda Hora – Inclusive, o governador Ibaneis Rocha tem tido, quem não trabalha …, frase é do próprio governador… Gustavo Almeida – Até eu posso ser ajustado, então tem que trabalhar, mostrar serviço. Toda Hora – O senhor é vice-presidente do MDB em Brasília, como está o partido? O governador Ibaneis quer assumir a presidência? Gustavo Almeida – Eu acho que, como emedebista, a gente está no nosso auge. Voltamos aos velhos tempos do PMDB aqui do Distrito Federal. Temos, hoje, os dois representantes dos poderes maiores do Executivo e do Legislativo do MDB. Eu acho que é o momento do partido que tem que estar unido. O partido tem que estar pensando no coletivo dele, que nós estamos no nosso auge. O MDB é um partido forte, partido que nunca esteve esquecido, nunca esteve morto. Mais do que nunca mostra, apesar de todas as complicações da política nacional, o partido aqui no Distrito Federal mostra a sua força e continua mostrando a sua força. Temos o governador eleito pelo nosso partido, temos o presidente da Câmara Legislativa, que é do MDB. Então, isso mostra a envergadura política que o MDB tem dentro do Distrito Federal e continuará tendo. Para isso, o partido tem que estar unido, como governo, como um todo, para o bem comum. Toda Hora – Secretário, vamos falar sobre eleições, principalmente, para as administrações regionais de Brasília. O senhor é o coordenador das eleições das administrações. O senhor tem essa missão. Como está esse processo, estamos ainda dependendo da Câmara Legislativa, tem novidades? Gustavo Almeida – Teve uma lei aprovada pela Câmara Legislativa que o ex-governador Rollemberg vetou e a Câmara Legislativa, no final do ano passado derrubou o seu veto. Então ela está em vigência. Só que o governo entende, isso a parte técnica do governo, que essa lei mesmo aprovada e estando na sua validade ela tem vício de iniciativa e tem uma questão que lá na frente vai, da forma que está, viciar todo o processo eletivo. Para isso, o governo ela-

borou o seu próprio projeto e até pegando como fundamento o projeto aprovado da Câmara não se gerasse discussão, alguns pontos foram melhorados da lei aprovada da Câmara e foi encaminhado para a Câmara Legislativa esse projeto das eleições. Então, o que ocorre? É uma questão que o governador quer e vai fazer as eleições. Agora, tem que ser uma questão que não seja só uma marca do governo Ibaneis, uma marca de estado. Tem toda uma questão legal, política a ser vencida e o governador tem uma vontade política muito grande para passar por essas barreiras, tem trabalhado para isso. Não adianta a gente querer atropelar e efetividade dessas eleições, sendo que lá na frente o governo pode ser questionado pelo processo como um todo, por conter um vício. Imagine só, no nosso entendimento, realizar as eleições da maneira que estamos hoje e lá na frente ter tudo invalidado por vício de iniciativa. Então, o governo para dar todo esse respaldo em respeito à população e pelo compromisso do governador na sua campanha, nós temos trabalhado arduamente com toda a equipe técnica do governo, vendo todas as questões que têm que ser superadas para que não haja nenhum questionamento futuro e fica como uma marca de estado. O governador encontrou uma marca de estado que não venha pelos futuros querer acabar com a eleição. Toda Hora – Nesses 100 dias de governo, o senhor à frente da Secretaria das Cidades, qual o ponto do trabalho da pasta que o senhor destacaria como mais importante até o presente momento? Gustavo Almeida – Acaba que como a secretaria abraça tudo, não tem coisas bem cotidianas, que você pega e causa alguns efeitos. Toda Hora – Até por que querendo ou não, querendo ou não, secretário, desculpe interromper o senhor, ela é tão importante, porque é uma secretaria que atende a todas as regiões, onde tem um gargalo, onde gera emprego, onde tem que dar atenção para o empresário, aquele microempreendedor individual aonde emprega mais. A Secretaria das Cidades é que faz com que quem vem possa entrar, ser bem-vindo, uma cidade limpa, bem conservada, onde o lixo tem que estar no lixo, com a ajuda da população. Gustavo Almeida – A gente pode destacar o SOS, que envolve o governo como um todo, que foi o grande feito, não só, da Secretaria das Cidades, mas do governo. Temos algumas questões pontuais em relação à audiência pública que nós fizemos dentro dos 100 dias para a criação da região administrativa do Sol Nascente, que é importante. É uma necessidade da população da região. É uma região administrativa que eu falo que ela já existe. Estamos só oficializando algo que já está ali.


4

Brasília e Goiás - De 24 de Abril a 17 de Maio de 2019 -www.todahoraweb.com

GOIÁS

FOTO: DIVULGAÇÃO

/todadahoraweb

TODA HORA J O R N A L

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

MAIS DE 50 TONELADAS DE MILHO COM IRREGULARIDADE FISCAL A Delegacia Regional de Fiscalização de Formosa, por meio do seu comando volante, autuou na quinta-feira, dia 28/03, o proprietário de 52 toneladas de grãos milho que estavam sendo

transportados sem regularidade da nota fiscal. A abordagem ao veículo foi na rodovia BR-020, sentido nordeste do Estado. De acordo com o titular da DRF, o auditor fiscal Sergimar Soares, o

motorista portava uma nota fiscal de Mato Grosso para o Distrito Federal. Porém, a carga foi carregada em Caiapônia, revelando a tentativa de sonegação com uso de nota inidônea.A base de

cálculo do produto é de R$ 40,6 mil. Somando ICMS sonegado e multa, os responsáveis foram autuados em R$ 6.814,08, já foi quitado. Fonte: http://www.goias.gov.br

& P O L Í T I C A

EM AUDIÊNCIA PÚBLICA NO SENADO, PREFEITO DE VALPARAÍSO DEFENDE REGIÃO DO ENTORNO FOTO: DIVULGAÇÃO

DA ASSESSORIA

De Comunicação

C

om um discurso em defesa dos municípios do Entorno do Distrito Federal, o prefeito de Valparaíso de Goiás, Pábio Mossoró, recebeu aplausos e elogios no Senado Federal, em Brasília. Pábio participou de audiência pública com prefeitos, vereadores e secretários de municípios goianos e mineiros, que defendem a aprovação da Medida Provisória 862/2018, que autoriza o DF a instituir uma região metropolitana. No plenário, Mossoró destacou as carências das prefeituras de cidades goianas e mineiras, e pediu uma atenção

Hoje, Valparaíso que fica localizada no limite territorial com Brasília, está atendendo pacientes das cidades satélites de Santa Maria, Gama, Riacho Fundo e Núcleo Bandeirante. Então, a solução é a unidade.”

PÁBIO MOSSORÓ PREFEITO

Prefeito de Valparaíso de Goiás, Pábio Mossoró em discurso no Senado Federal

especial com a criação de políticas públicas que resolvam definitivamente problemas, principalmente, nas áreas de transporte e segurança

da região. “A nossa região é sofrida, mas não pode ser comparada com a Baixada Fluminense. No Entorno nós temos pessoas trabalhadoras e

cidades que se tornaram problemáticas devido à construção de Brasília”, discursou. O prefeito de Valparaíso aproveitou o momento

para pedir mais união e respeito com os moradores das cidades vizinhas da capital do país. “Estamos aqui para buscar essas soluções em con-

PROJETO DE LEI pretende garantir equidade salarial entre homens e mulheres em empresas prestadoras de serviçosao Poder Público Estadual

em empresas privadas prestadoras de serviços ao Poder Público Estadual. Objetivo é intensificar a proteção à mulher, que historicamente sofre discriminação pela questão de gênero. Segundo a propositura, todos os órgãos da Administração Pública Direta, Indireta e Fundacional do Estado deverão exigir das empresas vencedoras de processos licitatóriosa comprovação ou compromisso de adoção de mecanismos para garantir a equidade salarial entre homens e mulheres com o mesmo cargo e tempo de serviço, e com graus de instrução iguais, semelhantes ou equivalentes. Conforme o projeto, a condição deverá ser comprovada, no prazo de cinco dias, por meio de documento assinado por contador responsável, contendo o nome, salário e respectivos cargos de todos os funcionários. Em caso de descumprimento das exigências, as empresas ficam automa-

ticamente impedidas de assinarem qualquer tipo de contrato. Além disso, a proposta ainda prevê que a empresa apresente um relatório sobre ações afirmativas adotadas para garantir a igualdade de condições na ascensão profissional, e o combate às práticas

discriminatórias e à ocorrência de assédios moral e sexual. “No Brasil, os estudos mostram que as mulheres recebem cerca de 30% a menos que os rendimentos dos homens com a mesma idade e nível de instrução. No caso de negras e pardas, esse núme-

Objetivo é intensificar a proteção à mulher, que historicamente sofre discriminação pela questão de gênero FOTO: DIVULGAÇÃO

A deputada estadual Lêda Borges (PSDB) apresentou, na tarde da terça-feira (12), durante sessão plenária na As-

sembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), projeto de lei que visa garantir equidade salarial entre homens e mulheres

FOTO: LEONARDO SILVA

APROVADO PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES DA CÂMARA MUNICIPAL DE NOVO GAMA res da Câmara Municipal de Novo Gama, mais que merecido. a sessão do dia “Esse é um momento 19/03, foi apro- que irá entrar para a vado o plano história do município”, de carreira dos servido- me sinto muito hon-

DA CÂMARA MUNICIPAL De Novo Gama-Goiás

N

rado em fazer parte desta conquista e por está sendo executado em minha gestão como presidente da casa Gessivan Diniz (BB).

junto. Nós sabemos das dificuldades, dos Municípios, dos Estados, do Distrito Federal, e principalmente, do Governo Federal”, ressaltou. Ainda durante a audiência pública, Pábio lembrou que passageiros do Entorno ainda não podem usar o BRT que vai até Santa Maria, da segurança pública que é um problema nacional e da saúde pública de Brasília que enfrenta dificuldades. “Hoje, Valparaíso que fica localizada no limite territorial com Brasília, está atendendo pacientes das cidades satélites de Santa Maria, Gama, Riacho Fundo e Núcleo Bandeirante. Então, a solução é a unidade”, afirmou.

ro sobe para 65%, constituindo uma das maiores disparidades do mundo. O projeto não acarreta despesas extraordinárias, na medida que implica na mudança de conceitos e na melhoria de gestão de pessoas”, justificou a deputada.


TODA HORA J O R N A L

Brasília e Goiás - De 24 de Abril a 17 de Maio de 2019 - w w w.to d a h orawe b.com

GOIÁS

/todadahoraweb

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

5

NOVAS PLACA DE SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO SÃO INSTALADAS NAS VIAS DE VALPARAÍSO

FOTO: ASCOM

A ação é coordenada pela Agência Municipal de Trânsito e Transporte Equipes da Agência Municipal de Trânsito e Transporte, que é ligada ao Governo Municipal de Valparaíso de Goiás, começou a instalar novas placas de trânsito nas vias da cidade. Nesta semana, os bairros Morada Nobre e Jardim

Oriente já forambeneficiados. A ação acontece graças à parceria da Administração Municipalcom o Programa Goiás Sinalizado,

do Detran/Goiás. Segundo o Superintendente Municipal de Trânsito e Transporte, Antônio Césarde Oliveira, o objetivo é sinalizar o município, para que haja maior segurança aos motoristas e pedestres. O órgão valparaisense tem

como competências implantar, manter e operar o sistema de sinalização, os dispositivos e os equipamentos de controle viário da cidade. Fonte: Assessoria de Comunicação do Governo Municipal de Valparaíso de Goiás

& C I D A D E S

FOTOS: MATEUS LINCOLN

NOVO GAMA:

Foram plantadas quase 500 mudas no Bosque do 5HC POR MATEUS LINCOLN

Ascom/Prefeitura Municipal de Novo Gama

F

oi realizado na manhã do último dia 13/3, no Bosque do 5HC, o plantio de quase 500 mudas de diversas plantas típicas do cerrado. A população que mora nos arredores do bosque sentiu-se tocada pelo gesto e também compareceu em peso na atividade. A iniciativa foi realizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente em parceria com as Secretarias de Educação, Cultura, Desporto e Lazer e Infraestrutura Urbana, Agricultura e Habitação. A prefeita Sônia Chaves também esteve presente no plantio, bem como muitos secretários e secretarias municipais que foram ao local, não apenas para prestigiar a preservação do meio ambiente, mas também para colocar a mão na massa. A companhada do Secretário Marinaldo Almeida e enquanto fazia o plantio de uma das muitas mudas das quais plantou, a prefeita comentou sobre a importância da atividade, “nós estamos aqui hoje preparando a cidade para o futuro: preservando a natureza”, explicou Sônia. UMA AULA DIFERENTE Cerca de 30 estudantes

do sexto ano da Escola Municipal Machado de Assis foram levados pelo Professor Júlio Machado para experimentarem uma aula diferente, “sempre em minhas turmas eu busco tratar da importância da preservação do meio ambiente para que os alunos entendam, desde cedo, que é importante estar plantando ou recolhendo o lixo não para garantir a preservação não do presente, mas do futuro”, disse o professor de geografia. As crianças gostaram bastante da atividade e já estão perguntando quando acontecerá a próxima, “é uma satisfação pessoal muito grande vê-los ansiosos e empolgados com algo tão bom”, comentou Júlio. Enquanto boa parte dos estudantes fazia o trabalho em grupo com os colegas, o professor se ocupou de acompanhar o aluno especial Thiago Gonçalves, “é essencial para ele se incluir em atividades como estas. O Thiago plantou pela primeira vez hoje e ficou feliz ao saber que daqui a alguns anos poderá ver árvore que plantou”, disse ele. ESCOLHA DO LOCAL O Secretário Municipal de Meio Ambiente, Cícero Vieira, foi quem idealizou o plantio, “nós havíamos uma grande

um antigo motivo de reclamação dos moradores da região devido ao descarte incorreto de lixo e também do perigo que a vegetação alta poderia oferecer sendo utilizada como esconderijo por pessoas perigosas. Foi feita então a limpe-

doação da Administração de Santa Maria com muitas mudas e precisávamos decidir onde poderíamos plantá-las”, disse ele. O bosque do 5HC era

PREFEITOS DO ENTORNO DO DF CONFIAM NA LIDERANÇA DE HILDO DO CANDANGO DA PREFEITURA De Águas Lindas de Goiás

Quando Hildo do Candango aceitou o desafio de presidir a Associação dos Municípios Adjacentes a Brasília (AMAB) pela primeira vez, muitos prefeitos já estavam cansados de tantas promessas vindas dos governos dos estados e também do

governo federal e alguns até não esperavam tantas conquistas em tão pouco tempo. Hildo do Candango fez à frente da Associação uma grande gestão e uniu prefeitos de muitas cidades do Entorno, que viram na pessoa dele, confiança e credibilidade. Uma das propostas apoiada por Hildo do

za do local e a retirada da vegetação daninhas, “Decidimos então plantar parte das mudas lá. Para que, assim, algumas pessoas se sintam inibidas ao descartar lixo numa área que está sendo recuperada e também que seja evitado que maus

elementos possam se esconder ali”, explicou Cícero. Foram quase 500 mudas plantadas de espécies típicas do cerrado, principalmente pajeús e ipês. Conforme elas forem crescendo, o bosque poderá ser transformado em uma praça que, além de uma opção de lazer, se tornará símbolo da preservação do meio ambiente aliada à boa qualidade de vida. O secretário informa que ainda restam cerca 4.500 mudas esperando para serem plantadas, “nós convidamos a população para participar deste trabalho de recuperação. Da mesma forma que fizemos no 5HC, podemos fazer em outros bairros do município”, incentivou Cícero.

Candango e que tem sido discutida em comissão mista no Senado Federal é a criação da Região Metropolitana de Brasília. A criação desta região garantirá vários benefícios às cidadespróximas ao Distrito Federal, que há anos tem sofrido com problemas como saúde e transporte de qualidade. Outra proposta apre-

FOTO: DIVULGAÇÃO

sentada por Hildo do Candango é a integração do sistema de transporte semiurbano e talvez com a criação da Região Metropolitana o projeto seja enfim levado a diante. Hildo do Candango aproximou mais ainda os prefeitos ao Governo Federal e com isso fez com que cidades que não eram ouvidas e atendidas em suas reivindicações fossem agora vistas com bons olhos. Tais ações fizerem Hildo ser reeleito presidente da AMAB por unanimidade.


6

Brasília e Goiás - De 24 de Abril a 17 de Maio de 2019 - w w w.to da ho rawe b.co m

OPINIÃO

/todadahoraweb

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

TODA HORA J O R N A L

Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas Mateus 6:33

& P O L Í T I C A

A verdadeira Páscoa A Páscoa, ou Domingo da Ressurreição, como também é chamada, é uma data que celebramos a ressurreição do Senhor Jesus que ocorreu três dias após sua crucificação. Seu tempo exato coincide com o primeiro domingo após a primeira lua cheia depois do equinócio vernal de cada ano. A páscoa é lembrada para os cristãos a fim de comemorar a ressurreição de Jesus e o que ele disse, no evangelho de João 20:19, “A paz seja convosco. Assim como o Pai me enviou, também eu vos envio.” E, soprando sobre eles, acrescentou: “Recebam o Espírito Santo. Se perdoarem a alguém os seus pecados, perdoados ficam. Se se recusarem a perdoálos, ficarão por perdoar.” Dessa forma, um dos resultados é que eles não tinham dúvidas de que o Senhor Jesus havia ressuscitado da morte depois de ter sido pregado na cruz, e não havia dúvida alguma na obra do Senhor Jesus deixada para redimir a humanidade. Já em João 20:30 - diz que: Jesus, pois, operou também em presença de seus discípulos muitos outros sinais, que não estão escritos neste livro. Em João 20:31, confirma-se o verdadeiro significado da “Páscoa”. Estes, porém, foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome. Sobre o “coelho e ovo” sabe-se que o ovo é uma tradição antiga que surgiu antes de Cristo, pode ser considerado como um costume pagã, a tradição do coelho da Páscoa é mais recente, se comparada à do ovo. O costume surgiu no século XVI, na Alemanha. Os alemães trouxeram o hábito para a América no século XIX. O animal foi associado à Páscoa porque se reproduz rapidamente e simboliza fertilidade e vida nova, mas não é citado na bíblia nem no Novo Testamento. Feliz ressurreição do Senhor Jesus!

TODA HORA J O R N A L

JORNAL TODA HORA É EDITADO E PUBLICADO POR: CAJUÍNA MÍDIAS E PRODUTOS CNPJ: 30.560.880/0001-11 cajuinamidiaseprodutos@gmail.com (61) 3544.1107/9 9300.9675 ENDEREÇO: SRTVS QUADRA 701 BLOCO O Nº 110 EDIFÍCIO MULTIEMPRESARIAL - SALA 521 PARTE B7 ASA SUL CEP:70.340-000 BRASÍLIA - DF

Fundador: Josenilton M. Bezerra Diretor Executivo: Nilton Magalhães Jornalista Profissional DRT/PI 1071 Contato Jornal: todahorajornal@gmail.com Contato Portal: redacao@todahoraweb.com Articulistas e colaboradores: Josiel Ferreira Maurício Nogueira Kleber Karpov Pr. Gilson Ferreira Robério Negreiros Tirinhas: Elson Souto Departamento Comercial: Gilmara Prudêncio Vaz Magalhães Nilton Magalhães comercial@todahoraweb.com (61) 3544.1107

COLUNA DO PR. GILSON FERREIRA TEÓLOGO

Podemos amar como Deus ama? Sim, somos feito imagem e semelhança de Deus. (Imagem é o estereótipo, semelhança é o caráter moral que foi perdido com a queda) com o pecado de Adão perdemos a semelhança ficando só com a imagem, e para que, retornemos a semelhança só com Jesus, tanto é visível o Espírito santo na vida da pessoa, somos reconhecidos como cristãos pelas pessoas que nos rodeia e até pelas que não nos conhecem. A partir de Adão todos nasce a imagem dele e não de Deus. Só com Jesus nós retomamos novamente a semelhança de Deus. Sendo assim podemos sim amar como Deus ama, só não com a mesma intensidade. João 3\16 diz que Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho. Veja que o amor de Deus de maneira tal quer dizer, muito grande, sem explicação, Deus deu seu filho e Deus tem o maior prazer em dá e este também deve ser o nosso prazer, ao contrario do amor do mundo, que é egoísta e só quer para si, só para aquele que nele crer, porque muitos não creem. O apostolo Paulo diz que Deus prova seu grande amor entregando seu filho a morte na cruz sendo nós ainda pecadores. O pecado impede a nossa comunhão com Deus, mesmo assim o Senhor não deixa de nos amar. O amor não é teoria tem que ser praticado, Deus amou não só de palavras, ele provou na prática o seu grande amor entregando seu filho para morrer na cruz em nosso lugar.

COLUNA PLANALTO CENTRAL JOSIEL FERREIRA

Tabanez recebe convite para ingressar ao MDB-DF FOTO: DIVULGAÇÃO

N

a quinta-feira (4/4), Carlos Tabanez recebeu convite para ingressar no partido Movimento Democrático Brasileiro. O convite partiu do ex-governador Tadeu Filippelli (MDB). O encontro foi no aniversário do Presidente do Conselho de Desenvolvimento do DF, Eugênio Piedade. Filiado ao Pros-DF, Tabanez disse que, “Estou honrado pelo convite. Mas ainda é cedo para trocar de partido. Muita água vai rolar até 2022”. Filippelli deixou as portas do partido abertas para o Incansável.

O deputado distrital, Jorge Vianna (Podemos),apresentou o Projeto de Lei (PL) no326/2019, que cria o programa ‘Remédio para Todos’, e garante o acesso gratuito de usuários do Sistema Único de Saúde no DF. Além de medicamentos, a população poderá retirar ainda, em farmácias e drogarias particulares, insumos, em falta na rede pública de saúde. De acordo com Vianna, com a aprovação do PL, o usuário só poderá fazer a retirada de medicamento, sem custo, em farmácias particulares, credenciadas na Secretaria de Estado de Saúde do DF (SES-DF), em casos de falta de estoque do remédio, nas farmácias da rede pública. “Quando o cidadão for a um posto de saúde pegar o remédio e não tiver na rede, ele vai se encaminhar a uma unidade de farmácia privada, credenciada pela Secretaria de Saúde, e vai receber aquele medicamento, devidamente registrado e prescrito pelo médico da rede pública.”, explicou Vianna. O deputado explicou ainda que a iniciativa, não deve onerar ou gerar mais custos ao GDF. “Nós não vamos comprar mais caro, comprar sem licitação ou beneficiar as redes farmacêuticas. Todas as drogarias e farmácias que tiverem interesse e fizerem convênio com a Secretaria de saúde, poderão fornecer os medicamentos.” Para Vianna, a aprovação do PL e a sanção por parte do governador do DF, acaba de vez com a falta de medicamentos aos usuários da saúde pública do DF. Por Kleber Karpov

FOTO: WALTER MOREIRA

EDITORIAL

Vianna apresenta PL que permite retirada de remédios em farmácias particulares quando faltar na rede pública

JOSIEL FERREIRA

PASTOR GILSON FERREIRA Igreja Assembléia de Deus Setor Madureira II Luziânia -GO fatimavaranda.varanda472@gmail.com

Jornalista f.josiel@gmail.com www.tudooknoticias.com.br

ZAP TODA HORA! (61)99300.9675 Envie Pautas, Fotos Sugestões e Vídeos para nosso o whatsapp!

CIRCULAÇÃO DIRIGIDA: BRASÍLIA, ENTORNO E GOIÁS. BANCAS DE REVISTAS, TERMINAIS RODOVIÁRIOS, ÓRGÃOS PÚBLICOS E CENTROS COMERCIAIS. IMPRESSÃO: GRAFINORTE S.A APUCARANA - PR REPRESENTANTE NACIONAL: Al. Grajaú, 60 sala 814 Alphaville CEP.: 06415-050 Barueri - São Paulo

ARTIGO ROBÉRIO NEGREIROS

DEPUTADO DISTRITAL /PSD-DF

(11) 4195-9690 | 4195-0604 hubcomunica@gmail.com | motta@hubcom.vc | www.hubcom.vc TIRAGEM: 5.000 A 10.000 EXEMPLARES PERIODICIDADE: A CADA 25 DIAS

AS MATÉRIAS E ARTIGOS ASSINADOS NÃO REFLETEM DE FORMA ALGUMA A OPINIÃO DO JORNAL E PORTAL.

ANUNCIE Publicidade: (61) 3544.1107 comercial@todahoraweb.com NOTÍCIAS DE BRASÍLIA, BRASIL , NACIONAL E MUNDO EBC - www.ebc.com.br/ Setor Comercial SUL - SCS Quadra 08 Bloco B-60 1º Piso Inferior Edifício Venâncio 2000 Asa Sul Brasília - DF CEP - 70333-900

Fotografe o QR code ao lado e acesse a página do site do seu jornal TODA HORA!

www.todahoraweb.com

/todadahoraweb

Como será o amanhã?

N

ão sou um cientista político versado e catedrático, logo minha opinião é apenas isso: o ponto de vista de um observador atento. No meu caso até, alguém que assiste de um ponto privilegiado. Por isso, aconselho que não tratem o tema deste artigo como uma verdade fechada. Feita a observação, prossigo. O mundo está em uma transformação virulenta e as ideologias dominantes de esfacelaram e hoje são inca-

pazes de explicar as relações sociais e políticas. Muita gente acreditou que a disseminação generalizada de valores do capitalismo pela comunicação de massa seria uma espécie de final da história. Todas as demais linhas de pensamento se curvariam a supremacia das ideias liberais e estas seriam a temática dos governos pelo mundo. Mas os últimos anos e as muitas revoltas espontâneas ocorridas pelo mundo, seja no Ocidente, seja no Oriente, tem deixado evidente que, pelo jeito, todas as formas de pensamento que prevaleceram até então, simplesmente falharam.Como efeito prático dessa derrocada das matizes ideológicas e econômicas, muitos aventureiros ganharam os corações dos eleitores e parte do mundo, incluindo o Brasil e o DF, jaz na incerteza do desconhecido. Sem nenhum juízo de valor, até pela incipiência dos governos – no caso brasileiro e candango – podemos dizer que dificilmente teremos governos amplamente aprovados, como já ocorreu por aqui, ou extremamente rejeitados, como foram os dois últimos governantes do Distrito Federal. Isso porque, penso, a ideologia tende a condicionar um conjunto de

características culturais partilhadas por amplos segmentos da sociedade, moldando suas visões de mundo. Mas qual é a ideologia dominante hoje? Em Brasília, a maioria é azul, vermelho ou verde? Essa lógica, parece, está enterrada e as torcidas organizadas extintas juntos com as lideranças que um dia representaram essas ideias. Ainda é difícil prever o que emergirá como eixo do pensamento desse admirável mundo novo, mas um contorno, acredito, já está meio claro: Não se faz mais política sem ouvir o povo, sem entender e atender as graves questões e diferenças sociais e, acima de tudo, sem zelar pela lisura de ações e sinceridade dos mandatos. Quem não entender essa roda viva que está sugando todas as ideias para um enorme vórtice, será tragado pelo ostracismo e, aí sim, as histórias destes terão um ponto final.

DEPUTADO ROBÉRIO NEGREIROS PSD/DF 2º Secretário da Mesa Diretora da CLDF


cultura TODA HORA J O R N A L

/todadahoraweb

Brasília e Goiás - De 24 de Abril a 17 de Maio de 2019 - w w w.tod a h orawe b.com

FOI DITO!

E

m um determinado momento do novo “Dumbo”, o pequeno elefante de orelhas grandes é levado para um parque temático megalômano que não esconde a intenção de lucrar com a exploração das suas atrações, vivas ou mecânicas. A alusão à Disney é clara, mas a crítica ao sistema lucrativo da empresa é algo raramente visto em um filme da própria Disney. “Tenho escrito no meu cartão de visitas: ‘Manchando o nome da Disney desde 1980’”, diverte-se o diretor Tim Burton, lembrando dos altos e baixos que passa com o estúdio do Mickey desde quando era um jovem animador -ele foi demitido por ser sombrio demais. “Não tinha percebido que ‘Dumbo’ era minha história dentro da Disney. Um menino estranho e deslocado que vai trabalhar para uma grande companhia. Sim, tive meus altos e baixos com ela, mas a vida é assim. Conheço bem as entradas e saídas daquele lugar.” Burton hoje é um criador venerado pelo estúdio.

CRUZADAS

“Tudo pode esperar, menos a busca de Deus..” MUSICO, EX-BEATLE

FOTO:DIVULGAÇÃO

NOVO ‘DUMBO’ DIFERE DO ORIGINAL E CONSOLIDA NOVA FASE DA DISNEY FOTO:DIVULGAÇÃO

FOLHAPRESS

7

GEORGE HARRISON

& ENTRETE N I M E N TO

LOS ANGELES, EUA

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

Foi atrás dele que a Disney correu quando decidiu organizar um plano de refilmar seus desenhos animados em versões carne e osso, começando por “Alice no País das Maravilhas”, em 2010. Agora, o sujeito responsável por “Os Fantasmas se Divertem” (1988), “Batman” (1989) e “Edward Mãos de Tesoura” (1990) empresta sua visão gótica a “Dumbo”, uma mistura de refilmagem e sequência do clássico de 1941 que estreou na quinta-feira (28/3) no Brasil. O filme estreia em um novo momento para o estúdio, hoje o mais poderoso de Hollywood. Os seis longas baseados em animações antigas que vieram depois de “Alice” renderam um total de US$ 3,8 bilhões aos cofres da Disney. E pelo menos mais 17 projetos similares percorrem a empresa em diferentes estágios de produção.“Não penso muito sobre essa moda e me sinto sortudo de ter entrado nela quando ainda era muito cedo”, diz Burton à Folha. “Há uma razão dos filmes da Disney ultrapassarem as barreiras do tempo. Eles são contos de fadas, podem ser

contados várias vezes e de maneiras diferentes.” “Dumbo” é um exemplo disso. A espinha dramática é a mesma do original, contando a história do pequeno elefante ridicularizado por todos no circo até tornar-se a principal atração do picadeiro ao descobrir que pode voar com suas orelhas desproporcionais. “Amo o personagem, a ideia de um elefantinho voador e como ele usa a seu favor o que chamam de deficiência”, conta o simpático cineasta, que gesticula como se caçasse uma borboleta que somente ele enxerga. “Somos considerados dois estranhos.” O longa, contudo, toma alguns desvios radicais ao situar a trama em um mundo mais realista, tendo uma família quebrada como núcleo: Colin Farrell faz um veterano da Primeira Guerra Mundial que retorna sem um braço ao circo comandado por Max Medici (Danny DeVito) e lar dos filhos (Nico Parker e Finley Hobbins), ambos ainda se recuperando da morte da mãe. Não há animais falantes e boa parte da ação logo se

move para o parque ultratecnológico do empresário de Michael Keaton e da trapezista de Eva Green. “Não gosto de circos”, confessa o diretor. “Mas foi um estranho desafio recriar ‘Dumbo’, que ele existe em uma realidade somente dele, como uma fábula. Não queria fazer um filme óbvio, mas algo que as pessoas se surpreendam mesmo que ainda encontrem as mensagens sobre famílias disfuncionais.” Outra mudança radical diz respeito ao polêmico fim do longa original, criticado por organizações de defesa dos animais por manter o filhote em cativeiro. O roteiro de Ehren Kruger (“O Chamado”) se antecipa aos protestos, adaptando a história a um novo pensamento mais consciente. “Dumbo” é um desenho animado diferente e que não pode ser repetido. Há coisas de que gosto no original, como a sequência do elefantinho bêbado e tendo alucinações. Mas o mundo de hoje é diferente”, explica Burton sobre a famosa sequência dos elefantes rosas, que foi levemente alterada. Nada que se compare ao que já sofre o diretor Guy Ritchie com o próximo remake da Disney, “Aladdin”, previsto para maio. A cada novo trailer que mostra Will Smith como o gênio azul que tinha a voz de Robin Williams no desenho de 1992, o projeto é bombardeado por memes nas redes sociais. Nada que se compare ao que já sofre o diretor Guy Ritchie com o próximo remake da Disney, “Aladdin”, previsto para maio. A cada novo trailer que mostra Will Smith como o gênio azul que tinha a voz de Robin Williams no desenho de 1992, o projeto é bombardeado por memes nas redes sociais. “Cada propriedade é diferente. Há uma razão para cada filme existir. Não escolho quem faz os outros filmes da Disney”, brinca Tim Burton. “Sou apenas um simples funcionário.”

FOTO:DIVULGAÇÃO

QUADRINHOS SOBRE TUDO

ELSON SOUTO http://elsonsouto.blogspot.com/


8

/todadahoraweb

Brasília e Goiás - De 24 de Abril a 17 de Maio de 2019 -www.to d a ho rawe b.co m

th J O R N A L

últimas ECONOMIA

PREÇO DO GÁS VAI CAIR PELA METADE, REVELA GUEDES FOTO: ARQUIVO/NOTIBRAS

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

TODA HORA J O R N A L

BRASÍLIA & G O I Á S

SOS DF reforma o Parque Ecológico de Águas Claras Ação envolve funcionários de diversas secretarias do GDF, além de internos que participaram do programa Mãos Dadas

FOTOS:RENATO ARAÚJO / AGÊNCIA BRASÍLIA

POR EMANUELLE COELHO Da Agência Brasília

POR LUCIANO NASCIMENTO Notibras

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse na terça (9/4) que o governo pretende reduzir pela metade o preço do gás de cozinha no país em dois anos. De acordo com o ministro, para conseguir essa redução, é preciso quebrar o monopólio do refino e da distribuição. “Daqui a dois anos, o botijão de gás vai chegar na metade do preço na casa do trabalhador brasileiro. Vamos quebrar esses monopólios e vamos baixar o preço do gás e do petróleo com a competição”, disse Guedes. Guedes disse que o monopólio da Petrobras no refino do gás torna o preço do produto mais caro no Brasil. O ministro afirmou ainda que a solução para a falta de recursos vem do petróleo, especificamente da exploração da camada do pré-sal.

Máquinas, homens trabalhando por todos os lados, trocas de lâmpadas e cheiro de tinta. Como esse não é um cenário comum para quem utiliza o Parque Ecológico de Águas Claras, os frequentadores já perceberam que aquele espaço de lazer está ganhando um mutirão de reformas do SOS DF Parques. A técnica em radiologia Rita de Cássia, 27 anos, conta que, após um tempo sem frequentar o parque, ficou surpresa quando chegou e viu as novidades. “Os bebedouros estavam estragados, alguns nem funcionavam mais, e os equipamentos de ginástica precisavam de reparos”, relata, satisfeita com a reforma. Frequentador assíduo do parque, o estudante de educação física Joelson Gomes Araújo, 22, também se mostrou satisfeito com as ações do SOS DF Parques. Os trabalhos Dentre os trabalhadores escalados para essa ação, 47 estão investindo uma importante oportunidade de recomeço de vida. Eles cumprem pena no regime semiaberto e puderam participar do SOS DF Parques

NÚMEROS

3mil

NÚMERO médio de pessoas que frequentam diariamente o parque

por meio do programa Mãos Dadas, desenvolvido em parceria pela Secretaria de Segurança Pública e a Subsecretaria do Sistema Penitenciário do Distrito Federal. “Os aparelhos de ginástica estavam enferrujados e muitas duchas estavam quebradas”, pontua.

OS TRABALHOS

Dentre os trabalhadores escalados para essa ação, 47 estão investindo uma importante oportunidade de reco-

meço de vida. Eles cumprem pena no regime semiaberto e puderam participar do SOS DF Parques por meio do programa Mãos Dadas, desenvolvido em parceria pela Secretaria de Segurança Pública e a Subsecretaria do Sistema Penitenciário do Distrito Federal. Alguns são pedreiros, serralheiros, pintores e outros, trabalhadores de serviços gerais. Eles fazem massa, capina, assentamento de blocos, pintura dos aparelhos de ginástica e de lixeiras, nivelamento do solo e reforma dos aparelhos. O trabalho nessas condições é permitido pela Lei de Execução Penal (LEP). “Estamos muito felizes por estarmos trabalhando aqui. É uma grande chance. Tem

muitos presos que querem trabalhar e se ressocializar. Tenho certeza que essa oportunidade vai tirar muitos da criminalidade. Todos nós estamos satisfeitos por contribuir com a sociedade”, diz um interno. A reforma inclui podas de árvores, reparos e pintura de lixeiras e aparelhos de ginástica, manutenção nos banheiros e limpeza geral. Outra ação importante é a substituição das lâmpadas comuns por modelos em LED, que, de acordo com os técnicos que trabalham no local, gastam menos energia e possuem maior eficiência. Além dos internos, participam da reforma do parque funcionários do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), Detran, DER, Caesb, CEB,

Instituto Brasília Ambiental (Ibram), Secretaria de Meio Ambiente (Sema), Novacap, Secretaria de Segurança Pública/Subsecretaria do Sistema Penitenciário do Distrito Federal (Sesipe) e Secretaria de Justiça do DF/Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap). O Parque Ecológico de Águas Claras é um dos mais visitados do DF. Em uma área de 120 hectares, sua estrutura conta com parque infantil, quadras poliesportivas, de areia, de futebol society com grama sintética e pistas de cooper e de ciclismo, além de Ponto de Encontro Comunitário (PEC) e circuito inteligente de ginástica. Criado em 2003, o local recebe de 1,2 mil a 3 mil pessoas por dia.

COLUNA beneficiar moradores em Novo Gama, onde foram entregues 220 CRF (Certidões de Regularização Fundiária.

GOIÁS BRASÍLIA

NILTON MAGALHÃES

N

FOTO: DIVULGAÇÃO

a tarde da quarta-feira 24/04 em Brasília, o vereador André Logos oi recebido pelo Deputado Célio Silveira, que garantiu recurso para construção de um campo sintético no município de Novo Gama. O recurso de R$ 250 mil, será destinado para a obra do campo sintético. Na ocasião o vereador agradeceu o deputado e também não deixou de demonstrar a gratidão à prefeita de Novo Gama Sônia Chaves pelo apoio ao Projeto de Regularização Fundiária que veio

FOTO: PEDRO LADEIRA/FOLHA

Rescurso para o esporte em Novo Gama

Vaquinha para Lula pode virar boiada

Para ser beneficiado com a progressão da pena e ter chances de ir para casa ainda este ano, Lula vai precisar desembolsar 3 milhões de reais para pagar as multas do processo do triplex. Como diz não dispor desse dinheiro, um grupo de simpatizantes do ex-presidente avalia promover uma vaquinha virtual. Se acontecer, vai render uma verdadeira boiada. Notibras NILTON MAGALHÃES

Jornalista todahorajornal@gmail.com

CAMISETAS, ADESIVOS, SERVIÇOS GRÁFICOS, COPOS PERSONALIZADOS E SACOLAS PERSONALIZADAS

Profile for Jornal Toda Hora

Jornal Toda Hora Edição Nº 14  

Jornal Toda Hora Edição Nº 14  

Advertisement