Page 1

/todadahoraweb

“Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.

Mateus 6:33

ZAP TODA HORA! (61) 99300.9675

TODA HORA J O R N A L

R$

50

0,

Fotografe o QR code acima e acesse a página do site do seu jornal TODA HORA!

Fundador: Josenilton M. Bezerra

Ano 01 Edição Nº 13 - Brasília e Goiás - De 27 de Fevereiro a 26 de Março de 2019

www.todahoraweb.com

FOTO: DIVULGAÇÃO/FACEBOOK

CÂMARA DISTRITAL TERÁ NOVA PEGADA POLÍTICA SOB COMANDO DE RAFAEL PRUDENTE

PÁGINA 3

FOTO: WASHINGTON ALVES/REUTERS

BRUMADINHO

UMA TRAGÉDIA, DOR SEM FIM Após mais de 30 dias de angústia, e algumas famílias de Brumadinho sepultarem seus entes queridos, o sentimento de impunidade e a dor da perda permanecem

PÁGINA 2 TODA H

entrevi sta J O R N A L

ESPECIAL MARCOS PACCO DEFENDE INTELIGÊNCIA EMOCIONAL NAS ESCOLAS PÁGINAS 5 E 6

ORA

Brasília

e Goiás

- De 27 de

Fevereiro

ESPE CIAL

a 26 de Març

o de 2019

- ww w.t

oda hor

awe b.co

m

/todada

horaweb

PROFE MARCOSSSOR PACCO

críticas

e elogios: Envie suge redacao@ stões de todahora pautas, web.com

Marco Emocios Pacco defen nal nas d escolaes Inteligência

O ex-dep Um deles utado federa currículo o 10.839/20 l apresentou trê 18, escolar da Educ que pede a incs projetos na Câ professor ação Bá e exsica. lusão da discipmara dos Depu coach, ajudan deputado lina Inteli ta Eleição planos deixar do concur federal Marco gência dos, em 2018. Emocion onde nasde 2018 o edu a vida pol seiros e a edu s Pacco, 44, ítica. Com casado cação de cador ceu, pel al no me ,

O

duas filh io da edu uma for o desenv se sente uma atu na as, ma cação, olv tecnologi imento e a obrigação deação forte com geral, mas, trabalha atu seg alment contin a, empre transform uar trabo suplente e undo ele, e como açã endedo não com qua alhand rismo o nas áreas o pel se 40 está em seu e intelig pes ência em soal, social,o Distrito Fed mil votos na s era profiss oci FOTOS: onal. DIVULG ional e l e pelo Paí AÇÃO s., espirit TODA ual, por não é ver uma atu HORA - Com das pes dade. A ma ior soa suplen ação forte com ia s, por plo, pre que pro te exe o mil vot e com qua numa fere gastar R$mde tod move o acesso se 40 piz as 2018. os na Eleiçã num livr za a invest 40 Pen o família as pessoas. agressões ir o. Isso ar na pol sa em con de A tem e um pre aos é cul fundam tinucis no exe ítica? ental na papel rcício professores Na Edu a ser mudad tural, e na da pro são ou Edu o! esc tes na Marco profes cação pública soc pais nãoola, por isso cação Esses em virtud fissor de samos, iedade. Pre ,o e dela. a Deus, s Pacco – Gra projeto um sistêm basta havpodem ach os ica e int a forma tipos dealiás, ter div cipolític minha vida ças ar que pequena dems são uma er aula sa ser egral, ersos a na esc na minha onstraç pri e precis escola, ma riosa! tem sido vito ter alto oridade. Prepreci- bem ola que est lanche São saúde preocupação ão da seja am ser de êxi s todas á tud : que anos des apenas cin : em gio soc s salários, pre cisa havend tipo de aul o gridade ocional e intcom a mar todas precis to. Ou ial e um stíNuma de que com co o? a am cid adequa eambie precisam Nossas aul está profes física dos pri para vidadãos prepar forpara dep meira eleiçãecei. nossos as sores e ter com Nossas do de trabalh nte for a o em com ados uta int ma alu o o. e para eligênc r cidadã foc nos. A tornei-me do FED uni ser um escolas precis ger ERAL, rados par os prepa-o a habilid ia emociona prime positiv ar resultadodade plente e criativipolo de inovaçam ade l os é coletiv a viver bem e assum iro sude con cer e ger nômico no campo s to por ida heprojeto dade. Tenho ão ecoquatro i o mandaduzir con de e para em em rela ir suas emoçõ Não faç , humano e pro tempo me ção a si do Fut chamado Esc um soc es que pro hecimento curto com ses; num e em rela uro mesm ola atual noo parte do gov ial. aprese o ess deve ser , que diz com nte viment mova desenv útil, é autoco ção aos out o mas sug Distrito Fed erno lei, pre i três projeto e, o nos pró a nossa esc nômicoo humano e olsidi qua autorrespnhecimento ros; ola ximos tanto a eri ao Gover eral, eco solene tro ses s de cinco ano s, e para para as pessoa eu não onsabilida e escola implementaçãnador Comissã fui membro sões o s de; s militar visão, País. Na min s o de da um tem entendo é com da a escola Sem Par o Especial Esc es ha Esc qua ola de precisa brasile esteja a tão import o Alta Per nto mance (Comis tido e da CC ola for ant , essenc de três eleme ira sistem a, de manei e garei a cujo projeto forTecnol são de Ciênci TCI iais ática, do ra entreviés pol : 1) abando ntos ogi escola ambie dias. Meele nos próxim Sugeri ao e Inform a, Comuni a, r! e questõítico-ideológi nar cação recent O exemplo nte fazer par u objetivo nãoos segui ser ática), ond e ma atual a Governador mento es de comporco e de Inteligda necessida is im sim, com te de govern é um pro relator e apr contaência Em de tanto da plementação timo ouque são de for cional ência de a minha expos, e do Sen jeto de lei ori ovar s escola 2) invest de foro fam o ín- socied nas escola oado, que undo profes erimi s púb lita s alteraç ilia sor, ges e na ade é a lico res faz um r; dos pro ir na forma ão Suzano a tragédi área de e pesquisad tor sendo um(que já está no Cód important ção fessores, -SP a de or edu e , pal igo ond da supost mente pri cação, e jov meu paí Consum de Defesa am quanto sucesso) em rela nciaju teligên sido víti ente por ens, ção para o s a dar um dar contun idor; fiz dis do cia Em salto futuro Alta Pe da Escola de acesso cur ociona à In- ou out mas de bulterem ! educaç dentes em fav sos l e ao rfo lying ros em pro e uso de tecnol sinaram traumas, projeto rmance, cuj R$ 16 ão e destinei or da l da edu TODA ass ogia o Ser ino lhe entre milhõe qua cação; crueld com tamanh asvocê sab HORA - O nos pró mento s em orç se ade 8 pes a que atrativavadora, criativa3) par e sobre ximos dia garei alunos dam soas, rias com a áreas pri apara o o Meu ob aluno! e uma esce funcionáriosentre em ento dos Pro anjetivo nã s. ção, Pro o Saúde, Eduoritáaná jeto ola de fazer pa . Um oé TODA horren 6004/2 lise 252/2003 s Proteç teção à mulhe cado e lam episódio 013 ão intelig HORA - Alé que governo rte de ent favor dos ? Ambos e Deficiê às Pessoas r, ência emoci m de tais não teria oco ável, quais com nci concur em onal, minha s, e sim, com a ach discip rrid jov Antes a. seiros. linas exp vida de ens, que tira o se a que manda de assumir Marco ram professor eriência de seriam você menta to, as própritantas pessoa a projeto s Pacco – Os is no ens fundade Estado fui Secretáo pesquisa , coach, rio ino? sem hab as vidas, tives e de Des 6004/2 s 252/2003 e mento env 013 ver Hu Marco para lidailidade emoci sde Educa dor da área Lei sam sob adminis mano e SocolviGer r com onal rament s Pacco – Pri e estão al dos Concur re a público, ção e gestor e ainda trador de Bra ial, e, precis mei- desafios e com traumas, par “m sos me síli aju am da ado ind ple a tornei mis os vida mo set s da Codente xidade País a da dar o meu Pre do seja, um ’ vitorioso, de derna. s jus são de Constit PODEMOmeu partido sitiça uiç para o futr um salto psicológia predispos ou TODA Câmarae Cidadania ão< dato nas S-DF. Fui , o içã uro! da can padrõe ca para ide o opiniã HORA - Na relator desde 2013. e novam últimas ele di- usando ias s o as esc sua sequer O tos sau de comportam e ições res aprese a prime ente fiquei dáveis diente o mesmo ing MARCOS en- em no Distrit olas milita- um parecer nto ino com , ira : cria o rePAC o u vad ao am sup Fed Ten tivo outras aument ore pro or pelo eu faço lência tei col s, PROFESS CO se regiõe eral e que ocá-lo jeto. se enq faz coms, justos. E OR no 40% minando em ma , s às pessoae a minha ent se quiser de menta uma mu isso Téc uadram no do país (qu período em em pauta is s. Sei per rega nico 3E? dan uma car ha votação! de que tive Projeto mente atro um paí mos nos tor como um lidade do Paí ça feit a lá s desenv nar conseg meses), mas vitorio reira altame É aqui na minha mis aui olvido sa, e dev cinco ass todo. Pen s nte são Ma dade do devido à exinão . so Deus e semelh terra: ajudar o isso TODA só fazer untos devem que min rcos Pacco gui tem às a ant me pes po. e púb u – Na confiam ha soas que a e faço Con lico não você pen HORA - O toda a parte, mas isso comprogredir, tério, carreira no que justa e é a forma macurso bal lho! Por no meu trab nos amor, unican soluçã sa que ser 1) Intelig sa Educaç izar de contive a oportu magispaz ia o conheç democrática is obriga isso, tenho ae supera , transform do hecer esc nidade ensino para o resgat a que o para ção de (ou Des ência Emocião: a ação litares ção. no serviç olas o ingres trabalh contin envolv onal e sidera de qualidade e do Ges uar imento para nel preparar alu mindo as tão cisa ser o público e so rar a vidando para me e TODA atuais tecnol , con- Socioe de Habilidad Como as ingressar nos ogi e para cor regulamenta premeu Paí a das pessoa lhomocio es acha que HORA - Voc parlam em. compor as mudanças as do de nai rança escola a educaç ê Mesmo rigir distorçõe e gestão s); Lideminha s e, sobretu s do Brasil s de Tocentar, visitei ceitos tamento e de de do, da não Ad cidade ão s. ain de conhec ministr no antins de cer estand pessoa da tem Câmara ! er to e err con- ra; no paí jeito? Tecnol ação Financei- s; escolas a experiêncipara contato , tenho ma o na s? ado TODA ogi Ma nti mil a de a e Em dedori rco do me com deputa do preen- so afirmar itarizadas. Pos meio do HORA - Por smo. jeito e s Pacco – Tem u partido dos Marco vai mu - ele seu tra dade: as com sincer como agora, para s ten dar balho samos s Pacco – Pre coa que não ! Mesmo TODA são um escolas mil iatrair os projeto tem destrav que ciajudan ch, contin ocupan HORA itares a experiê estou cérebr ar . me vis ua do ess do êxi lho ão, os, as pes concur e nenhum to. O ncia res e a edu se a int - Na sua polític vocaci sei emoci eligênc o, car nico 3E meu projeto de onadas soas mais ona forma cação de um ros TODA com me tenho viajad go gistéri para o cada em l fosse apl ia ger a HORA ências significa Exp téco. são os atuar nes al. Para voc sos par us próprios o - Qu de ótimos E isso se faz mapla os pro sala de aul irec ção. Env Êxito em erisalário próxim nos para ais fes do que sa área é maê, metod a conhecer nov ur- res con Edu s e me com os os ano mais pro sores estaria, uma pro olo vários olve o estudo cais s? am e experiê gias de edu as tegido model fissão? como dições de trablhofun os de esc de no Bra Marco em out ncias de êxi cação sentidoum todo. Nã alho, cas ção? Já que s em sua Marco sil, na ros est to Estado o faz Europa ola os de vio , há tan (risos) s Pacco – Alg termos do que s Pacco – Ma est ado s tos , par uda uni nos . s. lên Est pal os mestre a gov profiss Ten uns dos do os mo cia con ou atu Ess áci focado ção e pro ão, é vocis Suíça, alm s. tra me e projeto est e na Ásia. delos ho tados, ernadores, os da adepujuízes, á em mas umem cinco tem ente nto e as pessoa pósito! aju Cingap Finlândia da procur promo as, dar único , Ma aprese espero pod anda- desenv s a se ado verem países ura e de outrosde nta er aulas cai res, e salastores, qua rcos Pacco olvime objetivo: pessoa desenvolem das min r os result tro – No formação nto e tran tualme l que pos busca de ado para alu ndo aos ped de sei na meses em que s nte me e intelecalg das sa proposhas pesquisas s temas satisfa Câmara traz mu do em sa ser replica o res! Em nos e profes aços envolv pessoas. Os e ção tados, nos dos Deppas- para a ição de me pessoa em um pro . Tornei-me ita apr uma tare so País; nãodid educaç ressignif segundo lug sol, social, as áreas jetos. Do esentei três uaté me ão bra as fa fácil é ar, sio ica credib fessor com mu pro edu nal is pro r ado sileira o sentido da ESC del mudar fiscaç e ilid com a As esc s de 2020. eles: eduespiritual. São agora est ade na cid ita Educaç es têm a ver ve que ão, porque env a “públic OLA PÚBLICA ola 10.839 ade gia, em cação, tecnol : um coa ou me tornan , e cultur stões comple ol/2018 ão: o projeto militarizadass militares ou do gov a” não quer defend inclus ch de refe oais xas do um cap repres dizer erno, ou intelig preendedo ão e pessoa e histórica , ent ou de rência Intelig da disciplinaa s s. As to, ma itulo desse pro am coachi ência emocirismo, ningué sem valor, , ênc zam a dizem que s ona signif m. Púb ng currícu ia Emociona val Educaç êxito. uma capitulo je(difusã e espiritual l e ão, ma ori- soas, ica que é das lica Nã l no o cação lo escola da s isso que tod o quero diz de e não alg pes tãos). No de valores idade Bás Edu er as as esc dual; púb criso indivi-é o pro ica; o segund s pró ma ano ola ior ximos lica que jeto ia s s pre que pun 10.842/20 o r dizer militar delas devam ou a palestras tendo dar auldois izadas ser aquele e com veemê 18, as, , . Isso não desejá sobre ess treinament s que com nci vel eterem a personalid, porque tem e reunir as temáticas,os -me no os ades compor Federa Distrit tament e perfis l o ais dife pessoa e no Brasil com rens propós alinhadas ao ito de meu vida. POR

ANA Especia PAULA OLIV l para o Toda EIRA Hora

FOTO: DIVULG AÇÃO

5

BRASÍLIA

Governo do Distrito Federal estuda a construção de nova ponte no Lago Paranoá PÁGINA 10

GOIÁS

Projeto de Regularização Fundiária idealizado pelo vereador André Logos com apoio da prefeitura beneficia moradores em Novo Gama PÁGINA 7


2

Brasília e Goiás - De 27 de Fevereiro a 26 de Março de 2019 - w ww.to w w.to d aho rawe b.co m

/todadahoraweb

TODA HORA J O R N A L

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

BRASIL

“O medo de morrer soterrado tinha nome e sobrenome: barragem B6, vizinha ao local. “O medo só não era maior que o nosso objetivo. Mas ele é importante, é o medo quem nos mantém vivos. A cada vez que o comando dava um alerta, a gente sabia que era o risco mais perto”, relatou.” BOMBEIRO MILITAR ORÍGENES MAURÍCIO ROCHA JÚNIOR 32, PASSOU 12 DIAS COM EQUIPE BAIANA EM MINAS

E S P E C I A L

FOTO:ALMIRO LOPES/CORREIODABAHIA FOTO: WASHINGTON ALVES/REUTERS

BRUMADINHO

UMA TRAGÉDIA, DOR SEM FIM

Após mais de 30 dias de angústia, e algumas famílias de Brumadinho sepultarem seus entes queridos, o sentimento de impunidade e a dor da perda permanecem POR NILTON MAGALHÃES Da Redação / Toda Hora

O

dia 25 de janeiro parecia um dia normal, mas por volta das 13h37, a Barragem do Feijão, da Vale, se rompeu, destruindo parte dos prédios da mineradora, casas, estradas e pontes. O Corpo de Bombeiros informou por volta das 8h30 de sábado (26) que havia entre 300 e 350 pessoas desaparecidas. Os bombeiros afirmaram também que as sirenes de emergência não tocaram e divulgaram uma lista de pessoas resgatadas vivas. Foram retiradas nove pessoas com vida da lama e 189 foram resgatadas. Quase 100 bombeiros estavam no local. A empresa disse que, dos 427 empregados que estavam no local, apenas 279 foram localizados. Segundo o presidente da Vale, Fábio Schvartsman, vazaram 12 milhões de metros cúbicos de rejeitos - na tragédia de Mariana, há 3 anos, foram 43,7 milhões. Segundo o presidente da Vale, uma das barragens se rompeu e o vazamento do rejeito também fez outra barragem transbordar. Ele diz que a barragem que rompeu não era usada há três anos. Os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia, inclusive um refeitório, e parte da comunidade da Vila Ferteco. Ao menos seis prefeituras emitiram alerta para que população se mantenha longe do leito do Rio Paraopeba, pois o nível poderia subir. Às 15h50, os

rejeitos atingiram o rio; em seguida Rodovia estadual que leva a Brumadinho foi fechada. Segundo informações as barragens recebem classificações quanto a risco e dano potencial. Quase todas as barragens da Vale no Córrego do Feijão eram consideradas de Baixo Risco, mas Dano Potencial Alto (apenas a Barragem VII tinha Dano Potencial médio).

NÚMEROS

108 200 166

PESSOAS

DESAPARECIDAS

MORTES

CONFIRAMADAS

VÍTIMAS

IDENTIFICADAS

Ações de emergência De acordo com a Defesa Civil, os moradores que viviam na parte mais baixa da cidade foram retirados das casas. Vários helicópteros iniciaram trabalhando no local no resgate de vítimas. Pois não havia como chegar ao local por terra. A Polícia Rodoviária Estadual informou que no momento a MG-040, entre as cidades de Brumadinho e Mário Campos, foram totalmente interditadas por causa do rompimento. Em Betim, uma equipe da Defesa Civil estavam às margens do Rio Paraopeba. A intenção foi monitorar o nível da água e verifiFOTO:REUTERS/ABR

Lama devastou tudo o que havia pela frente

car se haveria risco de o rio transbordar. A Cruz Vermelha informou que uma equipe de 50 voluntários treinados em resgate foram enviadas para a região. Onda de rejeitos O vazamento de rejeitos deixou em estado de atenção municípios banhados pelo Rio Paraopeba. Na região Centro-Oeste de Minas, Pará de Minas e Itaúna. A ANA (Agência Nacional de Águas) fez o monitorando sobre onda de rejeito e coordenando ações para manter o abastecimento de água e sua qualidade para as cidades que captam água ao longo do Rio Paraopeba. Segundo a Copasa, o abastecimento de água na Região Metropolitana de BH não foi prejudicado. A companhia está monitorando a situação. Governo federal “Lamento o ocorrido em Brumadinho-MG. Determinei o deslocamento dos Ministros do Desenvolvimento Regional e Minas e Energia, bem como nosso Secretario Nacional de Defesa Civil para a Região. Nossa maior preocupação neste momento é atender eventuais vítimas desta grave tragédia. O Ministro do Meio Ambiente também está a caminho. Todas as providências cabíveis estão sendo tomadas”, disse o presidente Jair Bolsonaro. O presidente se reuniu na mesma tarde com o ministro-chefe da pasta, Onyx Lorenzoni, para discutir o rompimento.

Conforme a Casa Civil, o encontro definiu que os ministros Bento Albuquerque (Minas e Energia), Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional) e Ricardo Salles (Meio Ambiente) foram escalados para acompanhar o caso. Governo estadual A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) informou que a Mina do Feijão e a Barragem 1, que se rompeu no início daquela tarde, “estão devidamente licenciadas”. “As causas e responsabilidades pelo ocorrido seria apuradas pelo governo de Minas”, disse o órgão. “O governo de Minas Gerais designou a formação de um gabinete estratégico de crise para acompanhar de perto as ações”, disse por meio de nota.”Por volta das 15h40, Romeu Zema saiu do interior de Minas e indo para Belo Horizonte, para comandar o gabinete de crise. “O governador atuou e acompanhou os desdobramentos, para que as primeiras medidas fossem tomadas, e o atendimento imediato seja dado às vítimas e população local, além de acompanhar a apuração dos fatores que causaram o acidente”, disse o governo. A Defensoria Pública de Minas Gerais imediatamemente já estava atuando em Brumadinho e funcionando em regime de plantão. Alerta das prefeituras Nas redes sociais, a

FOTO: WASHINGTON ALVES/REUTERS

Corpos são encontrados e retirados

prefeitura de Brumadinho, Mario Campos, Juatuba, São Joaquim de Bicas, Igarapé e Betim já publicaram alertas para que a população não fique perto do leito Rio Paraopeba. Anos antes Há 3 anos, rompimento em Mariana foi o maior desastre ambiental do país Segundo o presidente da Vale, Fábio Schvartsman, vazaram 12 milhões de metros cúbicos de rejeitos - na tragédia de Mariana, há 3 anos, foram 43,7 milhões. - Mina do Feijão: O que se sabia (informações atualizadas até a manhã de sábado, 26): 1 - Rompimento ocorreu no início da tarde na Mina do Feijão, da Vale, em Brumadinho; 2 - Mar de lama destruiu casas; 3 - Havia empregados da Vale no local atingido pelo rompimento; 4 - Há 9 pessoas mortas, outras sete feridas e até 350 desaparecidas; 5 - A Vale tinha 427 pessoas no local, e 279 foram resgatadas vivas; 6 - Corpo de Bombeiros e Defesa Civil foram para o local; helicópteros resgatam pessoas ilhadas em diversos pontos; Ao menos seis prefeituras emitiram alerta para que população se mantenha longe do leito do Rio Paraopeba, pois o nível pode subir. Às 15h50, os rejeitos atingiram o rio; Rodovia estadual que leva a Brumadinho foi fechada; Governo montou gabinete de crise, e 3 FOTO:ADRIANO MACHADO/REUTERS

Buscas continuam após semanas

ministros foram ao local; Bolsonaro sobrevoou o local no sábado (26). Vítimas Os nove mortos localizados naquele momento ainda ainda não tiham sido identificados. O Corpo de Bombeiros informaram que 182 pessoas foram resgatadas em Brumadinho (MG). A Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) informou que o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII estava preparado para receber feridos. Números atualizados semanas após a tragédia O número de mortes confirmadas na tragédia de Brumadinho vai a 200, vítimas desaparecidas ainda somam 108 pessoas, 166 corpos já foram identificados após 30 dias de buscas. A Defesa Civil de Minas Gerais atualizou no MG1 desta quarta-feira(13/02), os números da tragédia do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho. Apenas o número de 166 mortes confirmadas subiu após o último balanço divulgado na segunda-feira (11/02). O número de identificados permanece em 160 vítimas. De acordo com o tenente coronel Flávio Godinho, os trabalhos de buscas pelos bombeiros continuam sem interrupções. Ele também destacou que a Defesa Civil esteve presente na manifestação de moradores dos bairros rurais de Brumadinho e que já acertou com a Vale as reivindicações de acessibilidade cobradas pelos moradores. Eles demandaram aumento do número de ônibus e uma ambulância na região de Piedade de Paraopeba. Informações atualizadas até o fechamento desta edição. Após semanas angustiantes, famílias de Brumadinho sepultam seus entes queridos. Mas o sentimento de impunidade e a dor da perda permanecem.


TODA HORA J O R N A L

Brasília e Goiás - De 27 de Fevereiro a 26 de Março de 2019 - www.todahoraweb.com

POLÍTICA

FOI DITO!

/todadahoraweb

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

3

“Quando perdemos por ser leal, mantemos viva a honra. Saímos de qualquer lugar com a cabeça erguida ao carregar no coração a lealdade”. A lealdade é um gesto bonito das boas amizades e só consegue ser amigo, quem aprende a ser leal”. GUSTAVO BEBIANNO

EX-MINISTRO DA SECRETARIA-GERAL DO GOVERNO FEDERAL

& B RASÍ LI A

FOTO: JOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASIL

ENTREVISTA: RAFAEL PRUDENTE FOTOS: DIVULGAÇÃO/FACEBOOK

Câmara Distrital terá nova pegada política sob comando de Rafael Prudente Presidente da CLDF defende transparência, austeridade, e ainda viabilizar trabalho do GDF, mas cobrará resultados

POR JOSIEL FERREIRA E MAURÍCIO NOGUEIRA

vista com o presidente da CLDF, Rafael Prudente:

Especial para o jornal Toda Hora

A

ordem é trabalhar em conjunto com o Executivo, sim, o seu aliado de campanha e correligionário, onde está o governador Ibaneis Rocha (MDB), mas ciente de que a cobrança será efetuada após municiar o Governo do Distrito Federal com instrumentos necessários. Em longa entrevista ao Toda Hora, realizada na quinta-feira (14/02), o mais novo presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), Rafael Prudente (MDB), aos 35 anos, ressalta a pauta produtiva da Casa até hoje, para o bem do cidadão do Distrito Federal. Entre os itens, a viabilidade da regulamentação do Instituto Hospital de Base, mostrando que a Câmara não será um “puxadinho” do Palácio do Buriti, votando, realmente, matérias que sejam de importância para sociedade do Distrito Federal. Com prioridade para saúde, segurança e educação, os setores que mais preocupam a população do DF. Entre as metas estabelecidas pelo presidente da CLDF, estão a implementação da TV Legislativa, além do Sistema Eletrônico de Informação (SEI). Para ele, o Câmara está “isolada” pela falta da ferramenta. Prudente quer trabalhar e pretende ver o Distrito Federal voltar a ter o nível de investimento de outras épocas, se elevando novamente, com obras da construção civil em atividade, gerando emprego, para o cidadão vivenciar novos tempos com dignidade e melhor qualidade de vida. Na visão de Prudente, falando francamente, uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Banco Regional de Brasília (BRB), não acrescenta, muito pelo contrário, pode prejudicar a instituição, porque os órgãos de fiscalização, Polícia Civil, Ministério Público já estão acionados para coibir e dar respostas às irregularidades que possam existir. Confira abaixo, a entre-

Toda Hora – Presidente, nós tivemos recentemente, o Ministério Público indiciou 17 pessoas acusadas de desvio de verba do Banco Regional de Brasília, com a Operação Circus Maximus e querendo ou não o BRB é um patrimônio, a Câmara Legislativa vai abrir uma CPI para apurar esses fatos tão graves, desvio de cerca de R$ 16 milhões do banco. Qual a posição do presidente? Rafael Prudente – Eu particularmente não vou propor essa CPI, agora, cabe ao crivo dos 23 deputados se alguns deles teriam esse entendimento de se abrir uma CPI. Quando se ventilou isso, eu coloquei algumas preocupações. E, claro, se houverem as assinaturas que concordem, nós vamos instaurar a CPI como diz

Agora, nós temos uma instituição bancária que está passando por um momento difícil e você trazer esse debate para o ambiente político, pode prejudicar ainda mais a instituição financeira, porque a partir do momento que você coloca uma notícia todos os dias ou toda a semana uma notícia negativa de um patrimônio nosso, o que as pessoas podem fazer?” RAFAEL PRUDENTE PRESIDENTECÂMRA LIGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL

o regimento. Agora, nós já temos uma apuração acontecendo pelo Tribunal, pelo Poder Judiciário, pelo Ministério Público, pela Polícia Civil, pela Polícia Federal. As instituições

estão funcionando. Você trazer esse debate para um debate político é uma avaliação que os deputados têm que fazer. E eu ponderei isso, porque as pessoas que tem que responder, elas vão responder, porque as instituições estão trabalhando, judicialmente, juridicamente e policial, e vão responder quanto a isso e vão ter que prestar suas contas. E se fizeram alguma coisa errada ou não isso vai ter que ser provado ao final. Agora, nós temos uma instituição bancária que está passando por um momento difícil e você trazer esse debate para o ambiente político, pode prejudicar ainda mais a instituição financeira, porque a partir do momento que você coloca uma notícia todos os dias ou toda a semana uma notícia negativa de um patrimônio nosso, o que as pessoas podem fazer? Podem deixar de pegar financiamento, lá, por não confiar. Podem deixar de fazer os seus pagamentos por não confiar. Podem deixar de operar com o banco. Podem as empresas deixar ter o banco como parceiro. Outras frentes que o banco possa estar investindo, podem não ver esse investimento com bons olhos porque teoricamente estariam colocando o banco sob investigação. Então você traz um patrimônio da população para um debate político que pode prejudicar ainda mais essa instituição. Então, essa é minha preocupação de sangrar ainda mais essa instituição que já está tão sangrada. As instituições estão fazendo a nossa parte e agora cabe aos deputados fazerem essa avaliação. Da minha parte, se precisar instaurar uma CPI, nós instauraremos, claro, como diz o regimento. Agora, eu não proporia uma CPI, justamente, por conta dessa visão particular que eu tenho sobre o banco. Toda Hora – O governador Ibaneis Rocha chegou a mencionar ao senhor, pedir ao senhor

essa abertura de CPI do BRB? Rafael Prudente – Não, o governador Ibaneis não tratou esse assunto com a Câmara Legislativa. E isso, a abertura ou não de CPI, isso cabe aos próprios deputados. Não foi feito nenhum tipo de orientação, pelo menos que eu saiba. Toda Hora – Presidente, nós sabemos que em outras gestões, a Câmara Legislativa passou por um processo de cassação de mandatos de alguns deputados distritais. Caso, agora, na sua gestão venha a ocorrer algum pedido – inclusive nós temos aí o José Gomes, que o Ministério Público está pedindo a cassação dele, houve toda uma investigação – caso venha, qual vai ser o procedimento do senhor diferente nesse caso? Rafael Prudente – Aqui, nós temos um procedimento para ser seguido, não cabe única e exclusivamente ao presidente ditar as regras. Na verdade, nós temos o primeiro crivo que é da Mesa Diretora, depois passa-se pela corregedoria, depois segue para o Conselho de Ética. Eu tenho um pouco de experiência nisso, porque eu estudei algumas matérias, porque eu fui o corregedor no primeiro biênio, da minha primeira legislatura aqui. E eu vi algumas coisas acontecerem. Eu vi pessoas inocentes serem condenadas e vi pessoas que foram condenadas lá na frente que o processo ficou rodando aqui ad eternum. Então, na Câmara, não dá para prever qual será o fato, mas o que tem que ter aqui é transparência e equilíbrio nessas decisões, porque você pode estar incriminando um inocente. Na época, era um processo com, na verdade era um processo com três problemas da deputada Liliane Roriz. Claro, havia uma pressão muito grande de se tomar uma decisão, uma decisão que as pessoas às vezes esperam é jogar para a plateia aí, que é pedir uma cassação.

Eu me lembro que era a questão do apartamento, era a questão de um carro aqui, questão de verba indenizatória. Eu analisei a todos esses processos e um deles a Justiça estava para julgar, aqui, há muito tempo. Se os próprios desembargadores não sabem se a deputada é culpada ou inocente, já há seis anos, oito anos, dez anos eu não me sinto apto a julgar e fazer um parecer para cassar um deputado que eu não tenho convicção do processo. Então eu pedi o arquivamento porque havia divergências. Em alguns desses processos não tinha nenhum tipo de problema e nesse havia divergência dentro dos desembargados do próprio tribunal. Eu pedi o arquivamento de todos esses processos dela. Logo em seguida a Comissão de Ética se reuniu e acatou o meu parecer. E dois dias depois ela foi inocentada pelo Poder Judiciário. Você veja o caso do Raad (Massouh). O Raad foi culpado aqui, cassaram o mandato. E quando você cassa o mandato não é simplesmente o mandato de um deputado para assumir outro. Você está tirando o voto de dez, 15, 20, 25, 30 mil pessoas que queriam que aquele cidadão estivesse representando-os aqui. Então, você está julgando uma pessoa que na verdade tem milhares de pessoas por traz de um mandato eleito por uma população. Então, o que eu quero dizer com isso, que a gente tem que ter muita responsabilidade em qualquer um desses casos aqui. Nada vai ser de forma açodada. A Mesa vai avaliar, depois tem o crivo do corregedor, depois o Conselho de Ética. Então o que as pessoas podem esperar dessa presidência é transparência e equilíbrio nessas decisões para que a gente não corra o risco de ser injusto. Toda Hora – O senhor tem afirmado que a sua gestão se pautará pela transparência, austeridade, vai implantar leitoras digitais aqui pela Casa e também tem a questão da volta da prestação de contas, inclusive estava no site da instituição e foi tirado. Só são promessas ou o senhor irá implantalas com rigor? Rafael Prudente – Existem algumas coisas que servem para nós internamente que estão paradas já há algum tempo e outras que refletem externamente. Internamente, como a gente trouxe a Defensoria Pública para cá, nós vamos trazer um posto avançado da Secretaria do Trabalho. Já colocamos uma estrutura, acho que até a próxima semana já está pronta a da Procuradoria da Mulher, que tem um trabalho fantástico que precisa ser valorizado, com tantos casos de feminicídio, violência doméstica, as mulheres precisam ter um tratamento especial aqui na Casa.

Aqui nós precisamos implementar o painel eletrônico. É a única Câmara Legislativa do Brasil que não tem um painel eletrônico. Até hoje, é tudo na chamadinha manual. Precisamos trazer um restaurante para Câmara. Precisamos implementar o SEI (Serviço Eletrônico de Informação). Hoje a gente não comunica com ninguém, tudo via carta, ofício. Estamos isolados do Distrito Federal como um todo. Muitas vezes o Executivo diz: “Eu já mandei o documento.” “Mandou para onde, meu amigo?”. “Tá no sei”. “Mas nós não temos SEI aqui.” E ficou emperrado esse processo que já mandei ofício junto com deputado Delmasso que é o responsável pela pasta.

Já colocamos uma estrutura, acho que até a próxima semana já está pronta a da Procuradoria da Mulher, que tem um trabalho fantástico que precisa ser valorizado, com tantos casos de feminicídio, violência doméstica, as mulheres precisam ter um tratamento especial aqui na Casa.” Já mandamos ofício para o TRF-4, lá de Porto Alegre, porque foram eles que desenvolveram esse sistema, já liberaram para nós até março, o SEI está implementado aqui. Essa questão das verbas, da transparência toda no site. Já determinamos para que seja feito, em poucas semanas isso vai estar disponível no ar para as pessoas. Precisa ser implementado um sistema de gestão. Já fomos ao CNJ, outros deputados estão participando, o deputado Leandro Grass, a Júlia tem dado algumas sugestões, o deputado Delmasso que é o responsável pela parte de informática para informatizar alguns processos aqui dentro, para dar mais transparência para as pessoas que quiserem acessar. E tudo isso é redução de custos. É menos papel, é menos caneta, é menos clipes. Um processo importante. Tem duas coisas importantíssimas aqui que nós vamos trabalhar. É a TV Legislativa. Esse ano, ainda, nós vamos, até o meio do ano, instalar esse processo licitatório. A gente precisa comunicar melhor. Temos alguns dados de que as pessoas elas começaram a entender e estão demonstrando a importância da Câmara Legislativa. E elas esperam com essa renovação toda que aconteceu de mais de dois terços, elas esperam muito dessa Câmara. Continua na edição nº 14


Brasília e Goiás - De 27 de Fevereiro a 26 de Março de 2019 - www.todahoraweb.com

/todadahoraweb

EMPREENDER TODA HORA

TODA HORA J O R N A L

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

FOI DITO!

“Você não pode simplesmente perguntar aos consumidores o que eles querem e daí tentar dar isso a eles. Assim que você conseguir construir isso, eles já vão querer algo novo”. STEVEN JOBS

CO-FUNDADOR DA APPLE INC.

ES P ECI A L

FOTO: DIVULGAÇÃO

ENTREVISTA EXCLUSIVA Noêmia Frazão:

Campo Grande: 3ª Edição do evento Amigas de Negócios acontece em março

FOTO: DIVULGAÇÃO

emp 4

A expectativa é a de que três mil mulheres participem. Cem empresas irão expor seus produtos e 9 palestrantes estão confirmados para o encontro

E

mpresárias e empreendedoras de todo o país estão convidadas para participar da 3ª Edição do Amigas de Negócios, o maior encontro empresarial de mulheres de negócios do Brasil. O evento acontece nos próximos dias 22 e 23 de março, em Campo Grande (MS). Profissionais liberais, de vendas diretas e de marketing de relacionamentos também são convidados. O Toda Hora conversou com a idealizadora do projeto iniciado em 2017, a empresária do Grupo Liberdade, Noêmia Frazão.

Especial para o Toda Hora

EMPTH - Quais são as novidades do Amigas de Negócios para este ano? Noêmia Frazão – Vamos inaugurar um espaço novo, com estrutura para receber seis mil pessoas e um auditório com 450 lugares. Serão 100 empresas participantes e a estimativa é de que o evento reúna de três a cinco mil mulheres, além de palestrantes de todo o país. Entre os temas das palestras, estão: empoderamento feminino, empreendedorismo, saúde, nutrição e cases de sucesso de várias mulheres, que contam suas histórias na vida profissional. Além da participação de 22 coautoras do primeiro livro Amigas de Negócios, lançado no ano passado. O sucesso foi tanto, que será lançada a 2ª Edição do livro, que leva o nome do evento, no primeiro dia de feira, com novas histórias de empoderamento e empreendedorismo. EMPTH – São muitas as novidades. Tem mais alguma? Noêmia Frazão – Este ano o evento terá um espaço chamado Mentorias, com profissionais coaches de diversos segmentos: saúde, recrutamento e seleção, financeiro. Serão 40 minutos de orientações gratuitas para o público da feira. O empresário que visita a feira pode encontrar a solução do seu negócio, dentro desse espaço de mentorias e dentro do pavilhão também tem a Rodada de Negócios, onde um profissional treinado, por meio de dinâmicas, executa as rodadas de hora em hora.

Nesse universo feminino nós temos que nos unir sim, nos ajudar, mas, também temos o que aprender com os homens. Eles também têm o que nos ensinar. NOÊMIA FRAZÃO EMPREENDEDORA

mento, um aprendizado e ter oportunidade e solução para o negócio. EMPTH – A feira vende soluções e oportunidades de negócios, produtos e serviços. Que tipo de produtos são vendidos na feira no evento?

É bom para quem visita a feira e os expositores também, promovendo seus negócios. Tudo isso simultaneamente. EMPTH – O que o público pode fazer na feira? Noêmia Frazão – Visitar, comprar, conhecer as novidades das empresas participantes e assistir os circuitos de palestras, mentorias e rodadas de negócios, otimizando o tempo, porque isso amplia as oportunidades de negócios, conhecimento e network. A gente pensa no ganha-ganha de todos os lados. Tanto de quem está visitando, tanto de quem está expondo. Nosso maior diferencial é também dá oportunidade para quem está visitando a feira de ter um conheci-

Noêmia Frazão – Quando se fala em feira para mulheres, pensam em que são produtos como bolsas, calçados. Nós utilizamos tudo isso, mas todas as empresas que têm um produto para vender para mulher pode expor. Dentre elas: concessionárias, saúde, cosméticos, nutrição, escola infantil, monitoramento. O leque é bem abrangente as todas as empresas, que tenham a mulher como cliente.

gócios. Existe um grande mercado para esses organizadores de eventos, que têm esse foco. Vejo que o crescimento do próprio evento. Na primeira edição era para 500 mulheres, depois para mil e quinhentas. Triplicamos o número de pessoas. Agora, estamos indo para três mil mulheres. É só uma questão de estruturar, pensar como a mulher pensa, se por no lugar dela. Qual é a necessidade dela. Então, a crescente do evento vem disso. Encontrar as necessidades da mulher nesse mercado. Conseguir identificar as necessidades da mulher. Se o empresário que for do setor de organização de eventosconseguir enxergar isso, ele sempre vai ter um evento crescente. EMPTH – Quais são as características das mulheres nos negócios, na sua opinião? Noêmia Frazão – Nós mulheres em termos de decisões de negócios, tomamos decisões mais rápido do que o homem. O homem ele é mais procrastinador e a mulher é mais decidida. Se tiver que responder é sim ou não e o quanto antes. Essa velocidade de decisão da mulher impacta muito no resultado dos negócios.

EMPTH – Como você avalia os resultados alcançados desde o início do evento?

EMPTH – Você acha que a participação de homens na feira é importante?

Noêmia Frazão – Um evento supera o outro. Avalio que existe uma grande demanda no mercado para organizadores de eventos com foco no público feminino e nós estamos muito carentes desse empoderamento, cases de sucesso e dessas oportunidades de ne-

Noêmia Frazão – Os homens são muito bem-vindos, inclusive tem expositor homem que tem produto para vender para mulher, tem palestrante homem, quem leva conteúdo para mulher, porque nós do Grupo Liberdade, a gente acredita na complementariedade dos

são, inclusive vem duas pessoas fazer a análise de fazer uma parceria na sociedade, levando o evento para Santa Catarina e São Paulo. O projeto é fazer no segundo semestre um evento nesse mesmo formato em São Paulo e um outro só de palestras em Santa Catarina. A ideia é levar para Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte. Para as grandes capitais e manter o evento no calendário do Estado, que vai ser votado na Assembleia Legislativa.

sexos. Nós temos competências e o homem tem outra. Então, a gente tem que se juntar para alcançar juntos algum objetivo. O empoderamento feminino tem que ter essa veia. A mulher tem o espaço dela no mercado e ela simplesmente tem que ocupar esse espaço. Simples assim. O evento empodera a mulher nesse sentido e mistura homens e mulheres. Nesse universo feminino nós temos que nos unir sim, nos ajudar, mas, também temos o que aprender com os homens. Eles também têm o que nos ensinar. Não existe uma competição. Nossos direitos já estão garantidos. O empoderamento feminino é justamente isso: ocupe o seu espaço.

EMPTH – Qual é a importância do Amigas de Negócios para você? Noêmia Frazão – É a realização de um sonho. Esse sonho a gente não sonha só. A gente tem que sonhar junto.

EMPTH – O Amiga de Negócios é aberto a pessoas de todas as regiões do país?

PERFIL

Noêmia Frazão – Sim. Todos são recebidos com todo o carinho. Temos trabalhado em todo o estado. A gente tem visitado o interior, convidando as mulheres dos municípios para conhecer o evento, que se consolida como um evento estadual, recebendo pessoas de fora. A minha visão é que ele seja nacional, executado em Mato Grosso do Sul. Que Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro saibam que Mato Grosso do Sul tem um evento de empoderamento feminino que vale a pena investir e conhecer. Mas, 90% do público é do Estado de Mato Grosso do Sul.

Noêmia Frazão Sanches é natural da Moca, em São Paulo e há 11 anos se mudou para Capital Campo Grande. “Cheguei aqui com a roupa do corpo, vim morar na casa de um irmão e venho construindo minha vida profissional. Já tenho duas empresas com sede própria, me formei, fiz pós-graduação. Comecei com uma moça de 22 anos começa, numa cidade que não conhece. Do zero. Adotei o Mato Grosso do Sul como meu estado. Moro na Capital Campo Grande. Construí minha carreira ao lado do meu esposo Washington Sanches que juntos idealizamos e concretizamos uma rede de empresários que hoje tem mais de 7.000 membros.

EMPTH – Você pretende levar o evento para regiões mais centralizadas do país?

FOTO: DIVULGAÇÃO

FOTO: DIVULGAÇÃO

POR ANA PAULA OLIVEIRA

Noêmia Frazão – Temos um projeto de expan-

Local do evento: Shopping Bosque dos Ipês - Av. Cônsul Assaf Trad, 4796 - Parque dos Novos Estados - Campo Grande – MS Informações: (67) 98472-5112 / www.amigasdenegocios.com

POR SÍLVIA MELO

Da Revista Fecomércio/DF

Natã Souza, 27 anos, morador de Santa Maria, começou a trabalhar aos 18 anos, fez estágios, serviu no Exército por quatro anos (até 2014) e passou um tempo trabalhando como corretor de imóveis. Sempre pensou em ter o próprio negócio, mas, devido ao pouco conhecimento, não levava suas ideias adiante. Até que em 2018

surgiu a oportunidade de fazer gratuitamente os cursos Gestão de Pequenos Negócios e Educação Empreendedora e Financeira, por meio de parceria do Senac Ações Móveis com a Administração Regional de Santa Maria. A busca pelo aprimoramento o ajudou a abrir a empresa de Marketing chamada Prêmio na Bandeja, que consiste na divulgação nos forros de bandejas de lanchonetes.

“Já tinha a ideia de abrir a empresa e fui atrás dos cursos para aprimorar os conhecimentos. O professor me ajudou muito, me apoiou bastante”, afirma Natã, lembrando que o conteúdo dos cursos esteve dentro de suas expectativas. “Aprendi sobre de fluxode caixa, emissão de notas e tudo o mais. Com certeza foi bem importante. A questão do CNPJ eu já conhecia, mas sobre emissão de notas eu não

FOTO: JOEL RODRIGUES

APRIMORAR PARA EMPREENDER

Para ter o próprio negócio, Natã buscou no Senac capacitação em cursos de empreendedorismo”

entendia nada e aprendi como funciona”, destaca ele, que espera atuar em dez cidades do DF ainda no primeiro semestre de

2019. “Já tenho o plano de logística, começando por Santa Maria, Valparaíso e Gama no primeiro trimestre”, planeja.

SOBRE OS CURSOS Os cursos gratuitos feitos por Natã são realizados por meio do Programa Senac de Gratuidade, executado pelo Senac Ações Móveis em parceria com diversas entidades, igrejas e administrações regionais. Para participar, é preciso acompanhar os editais, publicados trimestralmente na página do Senac-DF. Mais informações: @senacdf /senacdistritofederal www. df.senac.br


TODA HORA J O R N A L

entrevista Brasília e Goiás - De 27 de Fevereiro a 26 de Março de 2019 - w w w.to d a h orawe b.com

/todadahoraweb

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

5

PROFESSOR MARCOS PACCO

ESPEC I AL

FOTO: DIVULGAÇÃO

Marcos Pacco defende Inteligência Emocional nas escolas O ex-deputado federal apresentou três projetos na Câmara dos Deputados, em 2018. Um deles o 10.839/2018, que pede a inclusão da disciplina Inteligência Emocional no currículo escolar da Educação Básica.

O

professor e ex-deputado federal Marcos Pacco, 44, casado, duas filhas, trabalha atualmente como coach, ajudando concurseiros e a educação de uma forma geral, mas, segundo ele, não está em seus planos deixar a vida política. Com uma atuação forte como suplente e com quase 40 mil votos na Eleição de 2018 o educador se sente na obrigação de continuar trabalhando pelo Distrito Federal e pelo País., onde nasceu, pelo desenvolvimento e a transformação nas áreas pessoal, social, profissional e espiritual, por meio da educação, tecnologia, empreendedorismo e inteligência emocional. FOTOS: DIVULGAÇÃO

POR ANA PAULA OLIVEIRA

Especial para o Toda Hora

TODA HORA - Com uma atuação forte como suplente e com quase 40 mil votos na Eleição de 2018. Pensa em continuar na política? Marcos Pacco – Graças a Deus, minha vida na política tem sido vitoriosa! São apenas cinco anos desde que comecei. Numa primeira eleição para deputado FEDERAL, tornei-me primeiro suplente e assumi o mandato por quatro meses; num tempo curto como esse, apresentei três projetos de lei, presidi quatro sessões solenes, fui membro da Comissão Especial Escola Sem Partido e da CCTCI (Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação e Informática), onde consegui ser relator e aprovar um projeto de lei oriundo do Senado, que faz uma alteração importante no Código de Defesa do Consumidor; fiz discursos contundentes em favor da educação e destinei quase R$ 16 milhões em orçamento para áreas prioritárias como Saúde, Educação, Proteção à mulher, Proteção às Pessoas com Deficiência. Antes de assumir o mandato, fui Secretário de Estado de Desenvolvimento Humano e Social, administrador de Brasília e ainda me tornei Presidente do meu partido, o PODEMOS-DF. Fui candidato nas últimas eleições e novamente fiquei com a primeira suplência, aumentando em mais de 40% minha votação! É uma carreira altamente vitoriosa, e devo isso a Deus e às pessoas que confiam no meu trabalho! Por isso, tenho a obrigação de continuar trabalhando para melhorar a vida das pessoas do meu País e, sobretudo, da minha cidade! TODA HORA - Por meio do seu trabalho como coach, continua ajudando concurseiros e a educação de uma forma geral. Para você, atuar nessa área é mais do que uma profissão? Marcos Pacco – Mais do que profissão, é vocação e propósito! ajudar as pessoas a se desenvolverem pessoal e intelectualmente me traz muita satisfação. Tornei-me um professor com muita credibilidade na cidade, e agora estou me tornando um coach de referência,

não é verdade. A maioria das pessoas, por exemplo, prefere gastar R$ 40 numa pizza a investir num livro. Isso é cultural, e precisa ser mudado! Na Educação pública, o professor de uma forma sistêmica e integral, precisa ser prioridade. Precisa ter altos salários, prestígio social e um ambiente adequado de trabalho. Nossas escolas precisam ser um polo de inovação e criatividade. Tenho um projeto chamado Escola do Futuro, que diz como deve ser a nossa escola nos próximos cinco anos

Sugeri ao Governador atual a implementação tanto das escolas militares (que já está sendo um sucesso) quanto da Escola de Alta Performance, cujo projeto lhe entregarei nos próximos dias. Meu objetivo não é fazer parte de governos, e sim, com a minha experiência de professor, coach, pesquisador da área de Educação e gestor público, ajudar o meu País a dar um salto para o futuro! MARCOS PACCO PROFESSOR

usando o mesmo ingrediente: o amor pelo que eu faço e a minha entrega às pessoas. Sei perfeitamente a minha missão aqui na terra: ajudar meu semelhante a progredir, e faço isso comunicando amor, paz, transformação e superação. TODA HORA - Você acha que a educação no Brasil ainda tem jeito? Marcos Pacco – Tem jeito e vai mudar! Mesmo agora, que não estou ocupando nenhum cargo político, tenho viajado com meus próprios recursos para conhecer novas metodologias de educação e experiências de êxito em outros estados. Tenho estudado os modelos da Suíça, da Finlândia, de Cingapura e de outros países em busca de algo que possa ser replicado em nosso País; não é uma tarefa fácil mudar a educação, porque envolve questões complexas, culturais e históricas. As pessoas dizem que valorizam a Educação, mas isso

se quisermos nos tornar um país desenvolvido. TODA HORA - O que você pensa que seria a solução para o resgate do ensino de qualidade, considerando as tecnologias atuais e as mudanças de comportamento e de conceitos de certo e errado no país? Marcos Pacco – Precisamos atrair os melhores cérebros, as pessoas mais vocacionadas para o magistério. E isso se faz com ótimos salários e melhores condições de trabalho, como um todo. Não faz sentido termos palácios para governadores, deputados, juízes, promotores, procuradores, e salas de aulas caindo aos pedaços para alunos e professores! Em segundo lugar, ressignificar o sentido da ESCOLA PÚBLICA: “pública” não quer dizer do governo, ou sem valor, ou de ninguém. Pública significa que é das pessoas, e não algo individual; pública quer dizer

que promove o acesso de todas as pessoas. A família tem um papel fundamental na Educação e na escola, por isso os pais não podem achar que basta haver aula e lanche na escola que está tudo bem: que tipo de aula está havendo? Nossas aulas precisam ter como foco formar cidadãos preparados para viver bem em coletividade e para produzir conhecimento útil, que promova desenvolvimento humano e econômico para as pessoas e para o País. Na minha visão, a escola brasileira precisa de três elementos essenciais: 1) abandonar viés político-ideológico e questões de comportamento que são de foro íntimo ou de foro familiar; 2) investir na formação dos professores, principalmente em relação à Inteligência Emocional e ao acesso e uso de tecnologia em prol da educação; 3) Ser inovadora, criativa e atrativa para o aluno! TODA HORA - Além de inteligência emocional, quais disciplinas você acha que seriam fundamentais no ensino? Marcos Pacco – Primeiramente, precisamos de “mindset’ vitorioso, ou seja, uma predisposição psicológica para ideias e padrões de comportamentos saudáveis, criativos, inovadores, justos. E isso se faz com uma mudança de mentalidade do País como um todo. Penso que cinco assuntos devem não só fazer parte, mas balizar toda a nossa Educação: 1) Inteligência Emocional (ou Desenvolvimento e Gestão de Habilidades Socioemocionais); Liderança e gestão de pessoas; Administração Financeira; Tecnologia e Empreendedorismo. TODA HORA - Na sua visão, se a inteligência emocional fosse aplicada em sala de aula, os professores estariam mais protegidos em sua função? Já que, há tantos casos de violência contra os mestres. Marcos Pacco – Nos quatro meses em que passei na Câmara dos Deputados, apresentei três projetos. Dois deles têm a ver com a Educação: o projeto 10.839/2018 defende a inclusão da disciplina Inteligência Emocional no currículo escola da Educação Básica; o segundo é o projeto 10.842/2018, que pune com veemência aqueles que cometerem

agressões aos professores no exercício da profissão ou em virtude dela. Esses projetos são uma pequena demonstração da minha preocupação com a saúde emocional e integridade física dos nossos professores e alunos. A inteligência emocional é a habilidade de conhecer e gerir suas emoções em relação a si mesmo e em relação aos outros; é autoconhecimento e autorresponsabilidade; eu não entendo é como um tema tão importante esteja fora, de maneira sistemática, do ambiente escolar! O exemplo mais recente da necessidade de Inteligência Emocional nas escolas e na sociedade é a tragédia de Suzano-SP, onde jovens, supostamente por terem sido vítimas de bullying ou outros traumas, assassinaram com tamanha crueldade 8 pessoas, entre alunos e funcionários de uma escola. Um episódio horrendo e lamentável, que não teria ocorrido se tais jovens, que tiraram a vida de tantas pessoas e as próprias vidas, tivessem habilidade emocional para lidar com traumas, desafios e complexidades da vida moderna. TODA HORA - Na sua opinião as escolas militares no Distrito Federal e em outras regiões do país se enquadram no Projeto Técnico 3E? Marcos Pacco – Na minha carreira no magistério, tive a oportunidade de conhecer escolas militares e preparar alunos para nelas ingressarem. Como parlamentar, visitei escolas de Tocantins para conhecer a experiência de escolas militarizadas. Posso afirmar com sinceridade: as escolas militares são uma experiência de êxito. O meu projeto técnico 3E significa Experiências de Êxito em Educação. Envolve o estudo de vários modelos de escola no Brasil, na Europa, nos Estados unidos e na Ásia. Esse projeto está em andamento e espero poder apresentar os resultados das minhas pesquisas e a proposição de medidas para a educação brasileira até meados de 2020. As escolas militares ou militarizadas representam um capitulo desse projeto, mas uma capitulo de êxito. Não quero dizer que todas as escolas ou a maioria delas devam ser militarizadas. Isso não e desejável, porque temos personalidades e perfis comportamentais diferen-

tes na sociedade. Precisamos, aliás, ter diversos tipos de escola, mas todas precisam ser de êxito. Ou seja: todas precisam formar cidadãos preparados para vida em comunidade e para gerar resultados positivos no campo econômico, humano e social. Não faço parte do governo atual no Distrito Federal, mas sugeri ao Governador tanto a implementação de escolas militares quanto da Escola de Alta Performance, cujo projeto entregarei a ele nos próximos dias. Meu objetivo não é fazer parte de governos, e sim, com a minha experiência de professor, gestor público e pesquisador da área de educação, ajudar meu país a dar um salto para o futuro! TODA HORA - O que você sabe sobre o andamento dos Projetos em análise 252/2003 e 6004/2013? Ambos em favor dos concurseiros. Marcos Pacco – Os projetos 252/2003 e 6004/2013 versam sobre a Lei Geral dos Concursos e estão parados da Comissão de Constituição< justiça e Cidadania da Câmara desde 2013. O relator sequer apresentou um parecer ao projeto. Tentei colocá-lo em pauta no período em que tive lá (quatro meses), mas não consegui devido à exiguidade do tempo. Concurso público é a forma mais justa e democrática que conheço para o ingresso no serviço público e precisa ser regulamentado de para corrigir distorções. Mesmo não estando na Câmara, tenho mantido contato com deputados do meu partido para que eles tentem destravar esse projeto. TODA HORA - Quais são os planos para os próximos anos? Marcos Pacco – Alguns (risos). Estou atualmente focado em cinco temas, mas um único objetivo: desenvolvimento e transformação das pessoas. Os temas envolvem as áreas pessoal, social, profissional e espiritual. São eles: educação, tecnologia, empreendedorismo, inteligência emocional e coaching e espiritualidade (difusão de valores cristãos). Nos próximos dois anos pretendo dar aulas, palestras, treinamentos sobre essas temáticas, reunir-me no Distrito Federal e no Brasil com pessoas alinhadas ao meu propósito de vida.


6

Brasília e Goiás - De 27 de Fevereiro a 26 de Março de 2019 - www.to da ho rawe b.co m

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

/todadahoraweb

TODA HORA J O R N A L

P

4ANOS

É extraordinário o que o deputado Marcos Pacco fez aqui na Câmara, em tão pouco tempo. Esperamos que ele volte logo.”

EM 4 MESES

FOTOS: DIVULGAÇÃO

rofessor Pacco, em agosto de 2018, assumiu a vaga de Deputado Federal, como suplente de Rogério Rosso, e surpreendeu com um mandato altamente produtivo num curto período de tempo. Além de apresentar vários projetos de lei, destacou-se como relator de um projeto de grande repercussão nacional e por discursos fortes em relação à Educação!

DEPUTADA RENATA ABREU PRESIDENTE NACIONAL DO PODEMOS

P R E S TA Ç Ã O D E C O N TA S : D E P. F E D E R A L P R O F E S S O R PA C C O

>> Projetos de Lei Os animais - Apresentou projeto de lei que exclui os animais domésticos da definição de semoventes, para fins de penhorabilidade. “Ora, se uma geladeira, um televisor, uma mesa, enfim, objetos domésticos inanimados, são protegidos pela impenhorabilidade do bem de família, que dirá um ser vivo, com capacidade de expressar afeto e conviver, na maioria das vezes, como integrante do núcleo familiar.” Projeto de Lei: 10.838/2018 Cidadão - Na defesa do consumidor atuou como relator do projeto de lei 9.615/2018 para vedar a oferta telefônica de produto ou serviço a consumidor cujo número esteja inscrito em cadastro telefônico de proibição de oferta.

>>Vida política 2014 - Candidata-se pela primeira vez a deputado federal e recebe 27.966 votos, tornando-se 1° suplente 2015 - Secretário de Estado de Desenvolvimento Humano e Social do DF 2015 a 2017 – Administrador do Plano Piloto

SESSÕES

2018 - Assume mandato de Deputado Federal no lugar de Rogério Rosso; candidata-se pela segunda vez e amplia sua votação para quase 40.000 votos. Novamente fica na 1º suplência, sendo o 8º mais votado do DF. Sessão Solene requerida e presidida: Homenagem ao profissional de coaching (14/11/2018)

Participou da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática e da Comissão Especial do PL 7180/14 - Escola sem Partido.

Sessão Solene requerida e presidida: Homenagem ao Dia do Arquivista (6/12/2018)

Sessão Solene presidida: Homenagem aomovimento Céu na Terra. (15/08/2018)

Sessão Solene requerida e presidida: Homenagem ao Dia do Discipulador (11/12/2018)

>>Educação

Pronunciamentos mais importantes sobre a educação 1. “Há muitas reformas a serem discutidas nesta Casa, e todas elas muito importantes, mas, se há algo em que precisamos nos debruçar, com certeza, é sobre a reforma da educação. É preciso parar esse faz de conta da escola brasileira de acharmos que se está ensinando alguma coisa, porque em todos os testes nacionais e internacionais de avaliação da aprendizagem nós temos resultados que são desastrosos. Então, é necessário começarmos já uma reforma da nossa educação”. Discurso sobre resultado do SAEB 2. “Sr. Presidente, melhorar o Brasil passa por melhorar a educação; e melhorar a educação passa por melhorar as condições de vida do professor. No mundo inteiro há evidências de que professores bem preparados com ótimos salários e boas condições de trabalho são essenciais para que qualquer sistema ofereça educação de qualidade a seus alunos.” Discurso sobre o Dia do Professor 3. “Há uma inversão de valores na educação brasileira que deve ser combatida. É preciso afastar qualquer viés ideológico na transmissão de conhecimento, priorizando o ensino daquilo que as pessoas precisam aprender para a vida”. Discurso sobre a prova do ENEM Incluir a disciplina de Inteligência Emocional no currículo do ensino médio. “O estímulo à inteligência emocional desde cedo tem um papel importante na criação do indivíduo, encorajando os jovens a lidar com seus sentimentos de forma construtiva, pois o que acontece na prática é que temos indivíduos preparados para realizar, por exemplo, uma prova de Matemática, mas que se frustram ao encontrar adversidades nas provas da vida, ficando desmotivados a buscarem o melhorar e a enfrentarem tais desafios.” Projeto de lei: 10.839/2018

Prevenir e reprimir infrações penais contra profissionais da educação no exercício da função “A Câmara dos Deputados deve atuar para coibir a violência praticada contra professores, instituindo uma punição mais rígida aos agressores para que, assim, diminua essa violência contra os profissionais de ensino. Precisamos proteger nossos professores.” Projeto de lei : 10.839/2018

>>Professor Pacco e o Facebook: A convite do Facebook Brasil, o Deputado conheceu, em Florianópolis, a Estação Hack na Estrada, programa promovido pela rede social que incentiva a educação, o empreendedorismo, a inclusão social e os negócios de impacto social. “Meu objetivo em conhecer esse programa é levá-lo para o DF e assim capacitar nossos jovens para conseguirem bons empregos na área de inovação e tecnologia.” Dep. Professor Pacco.

>>Deputado Federal

Ao assumir a vaga, Pacco declarou que seu período na Câmara dos Deputados funcionaria com “esforços concentrados” e assim o fez, ele transformou apenas 4 meses de mandato ao equivalente a 4 anos.

Projeto técnico 3E: Experiências de Êxito em Educação! Este projeto, idealizado pelo Prof. Pacco, visa a conhecer, divulgar e promover experiências de êxito em Educação em todas as regiões do Brasil. Dando início ao projeto, o deputado foi a Palmas, capital do Tocantins, conhecer a gestão promovida pela Polícia Militar em 10 escolas no estado, assim como a gestão municipal da escola Almirante Tamandaré, que estabeleceu parceria com a Marinha do Brasil. Ficou claro que os ótimos índices de qualidade alcançados pelas escolas visitadas têm profunda relação com o tipo de gestão e com a coordenação disciplinar implementadas. Dessa forma, o deputado sugeriu ao então candidato IBANEIS, ainda antes das eleições do segundo turno, a construção de 5 escolas militares e a implementação de um projeto de gestão militar em algumas escolas que estivessem em área de vulnerabilidade social.

EM APENAS 4 MESES APRESENTOU: 3 PROJETOSDE LEI - FOI RELATOR DE UM PROJETO DE LEI - PARTICIPOU DE 3 COMISSÕES - PROMOVEU 4 SESSÕES SOLENES E PARTICIPOU DE UM PROJETO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

>> O DEPUTADO PROFESSOR PACCO DESTINOU AO GDF QUASE R$ 16000000: VEJA A TABELA ABAIXO! EMENDA

ANO

38790001

2018

38790002 38790003 38790004

MINISTÉRIO

BENEFICIÁRIO

VALOR

OBJETO

SAÚDE

FUNDO DE SAUDE DO DISTRITO FEDERAL

R$ 300.000,00

INVESTIMENTO (COMPRA DE EQUIPAMENTOS OU CONSTRUÇÃO) 20YL - Estruturação de Academias da Saúde

2018

EDUCAÇÃO

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCACAO DO DISTRITO FEDERAL

R$ 1.000.000,00

2018

Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

R$ 500.000,00

CUSTEIO- 218B - Políticas de Igualdade e Enfrentamento à Violência contra as Mulheres

2018

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO

SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO, DESENVOLVIMENTO SOCIAL, MULHERES, IGUALDADE RACIAL E DIREITOS HUMANOS DO DISTRITO FEDERAL

R$ 50.000,00

INVESTIMENTO (COMPRA DE EQUIPAMENTOS OU CONSTRUÇÃO) 20RP - Apoio à Infraestrutura para a Educação Básica

38790005

2018

SAÚDE

Ministério Público do Distrito Federal e dos Territórios

R$ 500.000,00

INVESTIMENTO (COMPRA DE EQUIPAMENTOS OU CONSTRUÇÃO) Construção do Edifício-Sede da Promotoria de Justiça de Brazlândia - DF CUSTEIO SAÚDE ATENÇÃO BÁSICA-2E89 - Incremento Temporário ao Custeio dos Serviços de Atenção Básica em Saúde para Cumprimento de Metas

38790006

2018

SAÚDE

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE PLANALTINA - GO

R$ 4.200.774,00

CUSTEIO SAÚDE ATENÇÃO ESPECIALIZADA. Incremento Temporário ao Custeio dos Serviços de Assistência Hospitalar e Ambulatorial para Cumprimento de Metas

38790007

2018

SAÚDE

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE de Formosa - GO

R$ 1.000.000,00

38790008

2018

Ministério da Cidadania

INSTITUTO LATINOAMERICA - PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAO, ARTE, CIENCIA E CULTURA

R$ 1.000.000,00

38790009

2018

DESENVOLVIMENTO REGIONAL

SECRETARIA DE ESTADO DE INFRAESTRUTURA, OBRAS E SERVIÇOS PÚBLICOS

R$ 1.640.000,00

INVESTIMENTO (COMPRA DE EQUIPAMENTOS OU CONSTRUÇÃO) 1D73 - Apoio à Política Nacional de Desenvolvimento Urbano

38790010

2018

EDUCAÇÃO

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL

R$ 1.000.000,00

INVESTIMENTO (COMPRA DE EQUIPAMENTOS OU CONSTRUÇÃO) 20RP - Apoio à Infraestrutura para a Educação Básica

38790011

2018

DESENVOLVIMENTO REGIONAL

MUNICÍPIO DE NOVO GAMA

R$ 500.000,00

INVESTIMENTO (COMPRA DE EQUIPAMENTOS OU CONSTRUÇÃO) 1D73 - Apoio à Política Nacional de Desenvolvimento Urbano

R$ 100.000,00

CUSTEIO - 218B - Políticas de Igualdade e Enfrentamento à Violência contra as Mulheres

R$ 100.000,00

INVESTIMENTO- 210N - Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência

CUSTEIO SAÚDE ATENÇÃO ESPECIALIZADA. Incremento Temporário ao Custeio dos Serviços de Assistência Hospitalar e Ambulatorial para Cumprimento de Metas

CUSTEIO - 20ZF - Promoção e Fomento à Cultura Brasileira

38790012

2018

Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

ASSOCIACAO BRASILIENSE DAS EMPREGADAS DOMESTICAS TRABALHADORAS E TRABALHADORES DO LAR DO DISTRITO FEDERAL E DO ENTORNO - ASBRALE-DF

38790013

2018

Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

38790013

2018

Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO, DESENVOLVIMENTO SOCIAL, MULHERES, IGUALDADE RACIAL E DIREITOS HUMANOS DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE TRABALHO, DESENVOLVIMENTO SOCIAL, MULHERES, IGUALDADE RACIAL E DIREITOS HUMANOS DO DISTRITO FEDERAL

38790014

2018

Ministério da Cidadania

INSTITUTO PARA O DESENVOLVIMENTO DA CRIANCA E DO ADOLESCENTE PELA CULTURA E ESPORTE

R$ 1.000.000,00

CUSTEIO -20JP - Desenvolvimento de Atividades e Apoio a Projetos e Eventos de Esporte, Educação, Lazer , Inclusão Social e Legado Social

38790015

2018

SAÚDE

FUNDO DE SAUDE DO DISTRITO FEDERAL

R$ 2.070.000,00

INVESTIMENTO (COMPRA DE EQUIPAMENTOS OU CONSTRUÇÃO) - 8535 Estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde

R$ 460.000,00

CUSTEIO- 210N - Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência


TODA HORA J O R N A L

Brasília e Goiás - De 27 de Fevereiro a 26 de Março de 2019 - w w w.tod a h orawe b.com

GOIÁS

FOTO: CRISTIANO BORGES

/todadahoraweb

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

7

ENEL GARANTE A CAIADO PROVIDÊNCIAS URGENTES PARA PROBLEMAS DE ENERGIA EM GOIÁS O governador Ronaldo Caiado recebeu na terça-feira, dia 26/02, a direção nacional da Enel para apresentação do plano emergencial da empresa para Goiás. O

presidente da Enel para o Brasil, o italiano Nicola Cotugno, garantiu ao governador que vai se esforçar para resolver a situação de distribuição de energia em

Goiás. O governador lembrou as graves dificuldades enfrentadas pelo setor produtivo do Estado e pela população com as deficiências no serviços de distribuição

e pediu uma reunião de trabalho entre a equipe técnica da Enel e a equipe do secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação. www.goias.gov.br

& CIDA D ES

Projeto de Regularização Fundiária idealizado pelo vereador André Logos com apoio da prefeitura beneficia moradores em Novo Gama Durante a cerimônia na Câmara Municipal foram entregues 220 CRF (Certidões de Regularização Fundiária) aos moradores NILTON MAGALHÃES

Da redação Toda Hora

Na noite da quinta-feira (28/2), na Câmara Municipal de Novo Gama os moradores das quadras 01 a 07 do Parque Estrela Dalva VI b , receberam durante cerimônia, as CRF (Certidões de Regularização Fundiária), projeto idealizado pelo vereador André Logos (PSDB-GO), mesmo antes de se tornar vereador no município, André Logos falou ao jornal Toda Hora sobre o projeto: André Logos “Não foi fácil, mas nunca desistimos da incansá-

vel luta em prol da Regularização Fundiária, não posso deixar de agradecer à todos que ajudaram para esse grande acontecimento que é histórico para o município de Novo Gama”. Jamais poderíamos fazer isso sozinho, com a supervisão dos órgãos competentes e com a consultoria da empresa PRIMECON na pessoa do Sr. Cleber , conseguimos pleno êxito junto ao cartório de Novo Gama, a iniciativa do Vereador André, o apoio da prefeitura e empenho de todos os envolvidos foi fundamental para a realização do Projeto de

FOTOS: NILTON MAGALHÃES /TH

Regularização Fundiária. Na cerimônia, além da população, estiveram presentes autoridades do município, estado e a imprensa.

Não foi fácil, mas nunca desistimos da incansável luta em prol da Regularização Fundiária, não posso deixar de agradecer à todos que ajudaram para esse grande acontecimento que é histórico para o município de Novo Gama” ANDRÉ LOGOS Vereador(PSDB-GO)

CURSOS TÉCNICOS

a distância e presencial

ENFERMAGEM RADIOLOGIA SEGURANÇA DO TRABALHO MATRICULE-SE JÁ

senaaires.com.br 3627 4200 99820 9902

SENA AIRES 40 anos formando prossionais


8

Brasília e Goiás - De 27 de Fevereiro a 26 de Março de 2019 - www.to d a ho rawe b.co m

OPINIÃO

/todadahoraweb

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

TODA HORA J O R N A L

Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas Mateus 6:33

& PO L ÍTICA

COLUNA DO

Proposta indecente Pode até parecer mentira, mas não é! E muito menos mais uma “fake news”. Uma medida, anunciada sexta-feira (8/3) pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), foi acordada em audiência judicial, famílias residentes nas comunidades do Córrego do Feijão e do Parque da Cachoeira, em Brumadinho, atingidas pela lama que vazou de uma barragem de rejeitos da Vale em 25 de janeiro, receberão uma cesta básica mensal da mineradora pelo período de um ano. A garantia da cesta básica junta-se a outros compromissos pactuados em um termo de ajuste preliminar (TAP) firmado no dia 20 de fevereiro. O acordo prevê o pagamento de auxílio mensal emergencial aos atingidos conforme os seguintes critérios: um salário mínimo por adulto, meio salário mínimo por adolescente e um quarto de salário mínimo por criança. Têm direito a receber tais valores todos os residentes em Brumadinho e nas localidades que estiverem a menos de 1 quilômetro do leito do Rio Paraopeba até a cidade de Pompéu, onde fica a represa de Retiro de Baixo. As quantias serão pagas durante um ano. Sites deram a notícia, que causou revolta entre diversos internautas, classificaram como mais um absurdo, onde a justiça se mostra branda cada vez mais cega e agora surda, onde o grito dos excluídos permacerá debaixo da sola dos sapatos dos mais poderosos investidores que usufruem das riqueza minerais do nosso país. A tragédia não só em Brumadinho, mas também em Mariana mostra o quanto a ineficácia das leis e autoridades são prematuras. Sendo que a dor das famílias, após mais uma tragédia ficará para sempre na memória de todo um país.

TODA HORA J O R N A L

JORNAL TODA HORA É EDITADO E PUBLICADO POR: CAJUÍNA MÍDIAS E PRODUTOS CNPJ: 30.560.880/0001-11 I.E: 10729508-3 GOIÁS e DISTRITO FEDERAL cajuinamidiaseprodutos@gmail.com (61) 3544.1107/9 9300.9675

Fundador: Josenilton M. Bezerra Diretor Executivo: Nilton Magalhães Jornalista Profissional DRT/PI 1071 Contato Jornal: todahorajornal@gmail.com Contato Portal: redacao@todahoraweb.com Articulistas e colaboradores: Josiel Ferreira / Maurício Nogueira Ana Paula Oliveira Pr. Gilson Ferreira Charge e Tirinhas: Guabiras Departamento Comercial: Gilmara Prudêncio Vaz Magalhães Nilton Magalhães comercial@todahoraweb.com (61) 3544.1107

ZAP TODA HORA! (61)99300.9675 Envie Pautas, Fotos Sugestões e Vídeos para nosso o whatsapp!

CIRCULAÇÃO DIRIGIDA: BRASÍLIA, ENTORNO E GOIÁS. BANCAS DE REVISTAS, TERMINAIS RODOVIÁRIOS, ÓRGÃOS PÚBLICOS E CENTROS COMERCIAIS. IMPRESSÃO: EDITORA CENTRAL LTDA MARINGÁ - PR REPRESENTANTE NACIONAL: Rua Marte, 429 - Torre 04 – 135 Jd. Tupanci CEP.: 06414-000 Barueri - São Paulo (11) 93011.0543 | 11 4552.1062 | 11 4303-5792 motta@hubcom.vc | hubcomunica@gmail.com TIRAGEM: 5.000 A 10.000 EXEMPLARES PERIODICIDADE: A CADA 25 DIAS

AS MATÉRIAS E ARTIGOS ASSINADOS NÃO REFLETEM DE FORMA ALGUMA A OPINIÃO DO JORNAL E PORTAL.

ANUNCIE Publicidade: (61) 3544.1107 comercial@todahoraweb.com NOTÍCIAS DE BRASÍLIA, BRASIL , NACIONAL E MUNDO EBC - www.ebc.com.br/ Setor Comercial SUL - SCS Quadra 08 Bloco B-60 1º Piso Inferior Edifício Venâncio 2000 Asa Sul Brasília - DF CEP - 70333-900

Fotografe o QR code ao lado e acesse a página do site do seu jornal TODA HORA!

www.todahoraweb.com

/todadahoraweb

PR. GILSON FERREIRA

guabiras@gmail.com

Bem-vindo ao PET SHOP DE BRASÍLIA

TEÓLOGO

Onde ficam os santos, no altar ou na nave da igreja? Nem sempre os mais santos ficam no altar, pode ser que a igreja seja sustentada pela oração de pessoas quietinhas que muitas vezes não damos nada por elas, mas Cristo dá tudo. Em um prédio você não vê as colunas, mais existe e são elas que são estruturas. O apostolo Paulo escreve a igreja de Roma sem nunca ter ido lá e nem conhecido. Rm 11 16\20 diz: E se forem santas as primícias das massas, igualmente será a sua totalidade, se for santa a raiz, também os ramos serão. Se, porém alguns dos ramos foram quebrados, e tu, sendo oliveira brava foste enxertado em meio deles e te tornaste participante da raiz e da seiva da oliveira, não te glories contra os ramos, porém se ti gloriares, sabe que não és tu que sustenta a raiz, mas a raiz a ti, não te ensoberbeças, mas teme. Aqui dá a entender que romanos estava se ensoberbecendo contra os Judeus e se achando superiores, haja- visto que o imperador Claudio havia decretado que todos os judeus se retirassem de Roma (At 18\2) O apostolo escreve e diz que a nação santa é Israel, a cidade santa é Jerusalém e não Roma. (Sl 137)

PASTOR GILSON FERREIRA Igreja Assembléia de Deus Setor Madureira II Luziânia -GO fatimavaranda.varanda472@gmail.com

BLOG TODA HORA Da Redação / TH

DEU NA ISTOÉ: Meu mundo caiu!!!

N

a segunda-feira 18/02, ele deixou o governo 45 dias depois da posse de Jair Bolsonaro tachado de mentiroso e traidor, principalmente pelo filho e vereador Carlos Bolsonaro, mas também pelo próprio presidente e seu entorno. O ex-ministro Gustavo Bebianno, Sentiu-se escorraçado por alguém a qual dedicou os últimos dois anos de sua vida, ao custo de muitas noites mal dormidas e viagens desgastantes de Norte a Sul do País, e a quem carregou nas costas, para alçá-lo à Presidência da República. Ele estava sendo frito em fogo escaldante na semana iniciada no dia 12/02 e já ciente de que estaria com os dias contados se tratando de sua permanência no governo do capitão, Bebianno enfileirou uma série de ameaças. Na sexta-feira 16/02, quando o presidente Bolsonaro convocou o agora ex-ministro ao Palácio do Planalto para um tête-à-tête, os dois quase se engalfinharam. Na reunião em que também estavam presentes Onyx Lorenzoni e o vice-presidente Hamilton Mourão, Bebianno exibiu aos presentes os áudios vazados posteriormente. “O senhor está usando seu filho Carlos para me desgastar. Não é assim que se faz. O senhor vai se arrepender muito disso”, prometeu. Vem mais bomba poraí!!! FOTO: REPRODUÇÃO

EDITORIAL

GUABIRAS

FOTO: DIVULGAÇÃO

COLUNA PLANALTO CENTRAL

JOSIEL FERREIRA / JORNALISTA

Expectativas frustradas

D

epois de quase dois anos da sua prisão – após ser condenado a 15 anos na Lava Jato – O então ex-deputado Eduardo Cunha tenta de qualquer forma a redução da sua pena. O pedido da defesa começou a ser discutido na terça, 26/02, pela Segunda Turma do Supremo. Como não havia quórum (Celso de Mello e Gilmar Mendes estavam ausentes) o caso deve ser retomado depois do carnaval. Vem ressaca braba poraí!!!

FOTO: DIVULGAÇÃO

Lula vai ao velório do neto morto por meningite e retorna para Curitiba Autorizado pela Justiça, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva viajou a São Bernardo do Campo (SP) na manhã do sábado (2/03), para participar do velório do neto Arthur Lula da Silva, de 7 anos, que morreu vítima de meningite. Escoltado por um forte aparato policial, ele entrou no cemitério pouco depois das 11h. Em seguida retornou à prisão em Curitiba, no começo da tarde.

Deficientes visuais poderão receber certidões de registro civil em braille No que depender do deputado distrital, Robério Negreiros (PSD/DF), as pessoas com deficiência visual terão direito a receber suas certidões de registro civil feita no sistema braille. O Projeto de Lei, de autoria do parlamentar, protocolado nesta quinta-feira, 28, assegura o direito às pessoas cegas ou de baixa visão a receberem certidões de nascimento, casamento e óbito naquele formato. Segundo Robério, a linguagem braille é o único método eficaz de comunicação escrita para as pessoas com deficiência visual e essa lei garantirá uma maior inclusão social a elas. A proposta aguarda ser lida em Plenário, para posterior distribuição às Comissões. Fonte: ASCOM JOSIEL FERREIRA

Jornalista f.josiel@gmail.com www.tudooknoticias.com.br


cultura TODA HORA J O R N A L

Brasília e Goiás - De 27 de Fevereiro a 26 de Março de 2019 - www.to d a ho rawe b.co m

FOI DITO!

/todadahoraweb

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

9

“Quero ser lembrada pelo meu trabalho, por meus espetáculos, pelas interpretações, pois tudo isso foi feito sempre com total amor e respeito por mim.” BIBI FERREIRA

APRESENTADORA, ATRIZ, CANTORA, COMPOSITORA E DIRETORA BRASILEIRA

& ENTR ETENIMENTO

FOTO: REPRODUÇÃO

FOTO/REPRODUÇÃO

Livros contam a história dos Beatles 50 anos depois do último show MARIA FERNANDA RODRIGUES Notibras

T

odos os anos, as editoras mandam para as livrarias uma série de livros sobre os Beatles. São biografias de seus integrantes, obras sobre os bastidores da banda e de suas músicas. Livros para fãs e para crianças – os filhos dos fãs do quarteto de Liverpool. Nos 50 anos do último show dos Beatles, o Apple

CRUZADAS

Rooftop Concert, realizado no dia 30 de janeiro de 1969, num telhado em Londres, e interrompido por vizinhos que reclamaram do barulho, o Estado selecionou 8 livros sobre os Beatles lançados recentemente no Brasil – entre 2016 e 2018. Veja, abaixo, a lista organizada em ordem cronológica. Há ainda muitos outros livros sobre os Beatles nas livrarias e sebos brasileiros, como The Beatles: A Biografia (Lafonte, 2007),

de Bob Spitz. A biografia de John Lennon, escrita por Philip Norman, que recentemente retratou Paul McCartney, saiu pela Companhia das Letras em 2009. A Cosac Naify lançou, em 2014, Antologia, um amplo registro dos eventos em torno da banda até 1970, escrito pelos próprios integrantes e completado por entrevistas concedidas a programas de televisão e para a produção do vídeo The Beatles Anthology. The Beatles:

A Única Biografia Autorizada, de Hunter Davis, entrou no catálogo da BestSeller em 2015 e reúne as histórias levantadas pelo autor que acompanhou os músicos ao longo de 18 meses. Já a Larousse publicou, em 2009, Can’t Buy me Love, livro em em Jonathan Gould resgata a carreira da banda ao mesmo tempo em que oferece uma visão sobre a época e o contexto em que os Beatles despontaram. E em 2012, Henrique Rodrigues convidou um time de escritores brasileiros para escrever contos inspirados nas músicas dos Beatles. O resultado pode ser conferido em O Livro Branco, publicado pela Record. Esses são apenas alguns exemplos de como a banda britânica inspirou livros e foi retratada pela literatura. Nos 50 anos do lançamento do clássico filme dos Beatles, Bill Morrison, um dos desenhistas de Os Simpsons e também editor da revista MAD, apresenta esta versão em graphic novel de Yellow Submarine. Baseado em várias músicas dos Beatles, o filme de 1968 conta a história de Pepperland, um paraíso subaquático onde o vento espalha as adoráveis canções da banda do Sgt. Peppers aos quatro cantos até que o líder dos Malvados Azuis, que odeia música, ameaça sua existência. Se existe um divisor de águas na trajetória dos Beatles, este sem dúvida é o ano de 1966. Ele marcou momentos importantes na vida de John, Paul, George e Ringo, afastando-os cada

vez mais da imagem de meros ídolos adolescentes e transformando-os em artistas respeitados. Foi nesse ano que eles gravaram o seminal álbum Revolver, deixaram de compor apenas canções sobre amor e garotas, se envolveram ainda mais com LSD, fizeram sua última turnê e desenvolveram projetos pessoais – e tudo isso afetaria não apenas o futuro deles como grupo, mas também toda a cultura pop ocidental. Em Beatles 1966, o jornalista Steve Turner faz uma deliciosa investigação da trajetória do quarteto de Liverpool ao longo desses 12 meses e nos transporta de volta a uma intensa era, que até hoje influencia o mundo onde vivemos. Nos anos 1960, quando Richard Starkey ficou mundialmente conhecido como Ringo Starr, o grande público desconhecia as batalhas pessoais que o jovem já havia enfrentado: a infância difícil marcada por pouca escolaridade, doenças graves e longas internações hospitalares. Nos anos 1960, quando Richard Starkey ficou mundialmente conhecido como Ringo Starr, o grande público desconhecia as batalhas pessoais que o jovem já havia enfrentado: a infância difícil marcada por pouca escolaridade, doenças graves e longas internações hospitalares. O livro resgata essas e outras histórias do músico: seus triunfos e vícios, os sonhos e polêmicas que os quatro jovens viveram, assim como os ressentimentos que marcaram o rompimento da banda.

E fala sobre sua vida pós-Beatles. Paul McCartney: A Biografia, de Philip Norman Paul McCartney fumou maconha diariamente até depois dos 60. Ele e Yoko Ono ainda não se bicam. É mão de vaca. Compositor erudito respeitado por seus pares. Esses são alguns dos fatos contados por Philip Norman, que já retratou John Lennon (2009), na biografia que fez recentemente do líder dos Beatles. The Beatles, de Steve Turner O livro de Steve Turner reproduz todas as canções dos Beatles e conta curiosidades, entre as quais quando, como, onde e por que os álbuns foram concebidos. O autor explora, ainda, as origens, as influências e os significados das músicas, identificando também personagens e histórias por trás das canções. O volume é repleto de fotos e materiais extras, como entrevistas e outras histórias de bastidores. As letras dos Beatles, de Hunter Davies Obra reúne manuscritos de letras dos Beatles, além de outras que nunca haviam sido publicadas. O material foi garimpado por Hunter Davies, que conviveu com a banda e é autor de uma biografia autorizada dos Beatles, de acervo de colecionadores, amigos dos garotos de Liverpool e de museus. A coletânea traz cerca de 100 documentos.

QUADRINHOS THANOS

GUABIRAS https://blogdoguabiras.blogspot.com.br


10

Brasília e Goiás - De 27 de Fevereiro a 26 de Março de 2019 - www.to d a ho rawe b.co m

GOIÁS

FOTO: CAIQUE SILVA

/todadahoraweb

Envie sugestões de pautas, críticas e elogios: redacao@todahoraweb.com

TODA HORA O R R N N A A L L JJ O

PREFEITURA DE NOVO GAMA RETOMA OBRAS DE CONTENÇÃO DA EROSÃO NO PEDREGAL Foram retomadas no dia 07/2, as obras de contenção da erosão no Pedregal, o já conhecido “buracão”. A equipe técnica está trabalhando de

segunda a sábado para entregar o quanto antes a resolução para este antigo problema que atrapalhou por muito tempo a vida dos moradores da região.

Nos últimos dias, os operários tem se dedicado a atuar nas obras de drenagem das ruas próximas à erosão para garantir que todo o sistema de

galerias pluviais esteja funcionando corretamente e assim evitar que o mesmo problema venha a provocar futuros transtornos. Fonte:ASCOM

& B RASÍ L IA

th J O R N A L

últimas ESPORTES

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL ESTUDA A CONSTRUÇÃO DE NOVA PONTE NO LAGO PARANOÁ Objetivo é construir uma ponte para substituir a rodovia que fica sobre a Barragem do Paranoá POR FRANCINE MARQUEZ

CUCA VOLTA A DIRIGIR O SÃO PAULO EM ABRIL FOTO: ARQUIVO/NOTIBRAS

Do Diário do Poder

PAULO FAVERO NOTIBRAS

O técnico Cuca colocou o prazo para assumir o São Paulo até o dia 15 de abril, quando já estarão sendo disputadas as finais do Campeonato Paulista. É uma data estipulada pelos médicos que cuidam da saúde do treinador, que teve problemas na temporada passada e precisou deixar o Santos. “O contrato dele vai até o final de 2020”, avisou o presidente Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco. Segundo o dirigente, Cuca vai aparecer no São Paulo com frequência mesmo antes de assumir. Fisicamente ele está bem, mas por recomendações médicas não pode se estressar. É possível até que ele já seja apresentado na próxima semana. Enquanto isso, o time será comandado por Vagner Mancini, que é coordenador técnico no clube. “O Cuca recebeu nosso convite muito animado. Ele estabeleceu um prazo para se efetivar aqui em 15 de abril. Temos a humildade de reconhecer que infelizmente esse trabalho (de André Jardine) não deu certo”, comentou Leco, ciente de que a situação médica de Cuca requer cuidados. Quem ajudou na aproximação com Cuca foi Carlinhos Neves, preparador físico do São Paulo. Os dois trabalharam juntos por muitos anos. “Nós temos aqui, hoje, integrando a equipe do São Paulo, um homem que conviveu com ele em quatro agremiações diferentes”, disse Leco, esperançoso para que a parceria dê certo novamente.

FOTO: ASCOM

A construção de uma nova ponte, assim como a criação de um setor habitacional, foram pautas na reunião entre o governador Ibaneis Rocha e a construtora JC Gontijo, no Palácio do Buriti, na segunda-feira (25/02). Segundo o projeto apresentado pela empreiteira, a nova ponte será construída paralelamente e ficará bem próxima à barragem, a localização exata depende do resultado dos estudos técnicos. A realização de ambos os projetos, ocorreria por meio de parceria público-privada (PPP), sendo do setor privado a responsabilidade da construção da ponte, todo sistema viário e manutenção. “Mais de 100 mil habitantes trafegam todos os dias ali. Os condomínios cresceram muito, os caminhões de carga também e há um fluxo de veículos muito

grande. A barragem do Paranoá não foi feita para ser meio de transporte. Fico feliz de saber que já existe esse projeto”, afirmou o governador. Além da construção do novo setor habitacional em uma área de 320 hectares, sendo 160 para urbanização, com toda infraestrutura, escolas, ciclovias, postos de saúde, praças. A ideia é utilizar o contrato da PPP do Setor Jardins Mangueiral como exemplo. O Governo do Distrito Federal (GDF) concederia os terrenos, aporte e a contraprestação mensal. “A ideia é fazer por meio de PPP colocando um novo setor habitacional, que seria o São Bartolomeu, mas, também, tem existe a possibilidade de financiamentos internacionais. Estamos tentando liberar o Distrito Federal para esses financiamentos e vamos ver qual a melhor modelagem para essa obra”, explicou Ibaneis.

VALPARAÍSO DE GOIÁS: Vereadores homenageiam servidoras no Dia Internacional da Mulher Os vereadores homenagearam, na manhã desta sexta-feira, 8 de março, as servidoras da Câmara Municipal de Valparaíso de Goiás e mulheres da comunidade, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. No discurso feito, durante o café da manhã, os vereadores destacaram a importância e a força das mulheres na sociedade, além de reforçarem o convite para que elas

possam participar cada vez da política municipal, estadual e federal. No final da solenidade as homenageadas também receberam uma rosa vermelha, representando o amor e a força da mulher. DIA INTERNACIONAL DA MULHER Oficializado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1975, o Dia Internacional da Mulher é comemorado desde o início do século

20. Assim como em sua criação, em que as mulheres que trabalhavam em fábricas nos Estados Unidos e na Europa lutavam por igualdade de direitos econômicos, sociais, trabalhistas e políticos, a data hoje é lembrada como marco para continuar reivindicando a igualdade de gênero ao redor do mundo. Imprensa da Câmara Municipal de Valparaíso de Goiás

Vereador vai até aos bairros para atender a população através do Gabinete da Comunidade FOTOS: DIVULGAÇÃO

FOTO:JOEL RODRIGUES/AGÊNCIA BRASÍLIA

BALANÇO DO VANDALISMO Esquema de segurança em Brasília reduziu depredação de ônibus no Carnaval de 2019 Em 2018 foram 58 ônibus quebrados e este ano não passaram de 39 O balanço do vandalismo nos transportes públicos do Distrito Federal mostram estragos menores do que aqueles registrados no carnaval de 2018, segundo balanço das próprias empresas de ônibus. A estimativa é que houve uma redução de 30% nas depredações. O número de ônibus depredados em 2019 foi bem

menor que em 2018, quando o prejuízo verificado foi de mais de R$100 mil, com 58 ônibus quebrados. Em 2019, o governo do Distrito Federal montou um esquema de segurança maior e fez esse número caie para 39 ônibus depredados. As autoridades também registraram a depredação total de um vagão do metrô de Brasília. Fonte:DP

Durante todo o seu mandato o Vereador Cícero Dias tem procurado realizar um trabalho próximo a população e encontrou no GABINETE DA COMUNIDADE (Gabinete Itinerante), uma forma de atender as pessoas e levar os problemas encontrados naquela localidade até aos orgãos competentes para tentar solucioná-los. Através desse trabalho, Cícero Dias se tornou um dos únicos vereadores na história de Novo Gama que levou o seu gabinete aos bairros, para estar próximo as pessoas, onde já atendeu centenas de pessoas

e realizou vários pedidos, muitos dos quais foram atendidos. Mas a proposta segundo ele é levar esse programa para todos os cantos da cidade. ‘‘Sempre vi essa necessidade de estar junto

do povo e através desse trabalho passamos a ver de perto os problemas de cada bairro e assim tentar buscar as soluções das demandas que nos são solicitadas’’ disse o Vereador.

Profile for Jornal Toda Hora

Jornal Toda Hora Edição Nº13  

Jornal Toda Hora Edição Nº13  

Advertisement