Issuu on Google+

Chapa 1 – Diálogo e Renovação

Proposta de Programa de Gestão para o Câmpus Catalão (CAC) 2014-2017


Chapa 1 – Diálogo e Renovação

CAC

Proposta de Programa de Gestão

2014-2017

Possui Graduação (2003) e Mestrado (2006) em Ciência da Computação pela UFSCar e Doutorado em Ciência da Computação pela USP (2013). É professor adjunto da UFG, Câmpus Catalão, onde tem desempenhado várias atividades como: Coordenador do CERCOMP, Membro do Conselho Editorial e Coordenador de estágio do Departamento de Ciência da Computação. Tem experiência em Engenharia de Software e Arquitetura Avançada de Sistemas de Computação.  

DIRETOR 

THIAGO JABUR

 

É coordenador do grupo ReSEArch (Reuse in Software Engineering and Architecture), desenvolvendo pesquisas nos seguintes temas: Desenvolvimento de Sistemas Computacionais, Desenvolvimento de Jogos Digitais, Governo Eletrônico, Acessibilidade, Usabilidade, Inclusão Digital, Web, Componentes de Software, Linha de Produto de Software, Reuso, Desenvolvimento Dirigido a Modelos e Padrões. É membro da Sociedade Brasileira de Computação (SBC) e da Association for Computing Machinery (ACM).

Possui Graduação (1995) e Mestrado (1998) em Física pela UFG e Doutorado em Física pela USP (2003). Atualmente é pesquisador e professor adjunto 2 da UFG, Câmpus Catalão, onde atuou como coordenador do Departamento de Física no período de 2010 a 2012.

 

VICE 

Está envolvido em atividades de ensino, pesquisa e extensão, na UFG, por mais de 20 anos.

DENIS REZENDE

Tem experiência na área de Física, com ênfase em Física da Matéria Condensada, atuando principalmente nos seguintes temas: ligas mecanossintetizadas, materiais nanocristalinos, materiais magnéticos, filmes finos, espectroscopia Mössbauer, ressonância magnética e ensino de física.

 

 

DIRETOR   

THIAGO JABUR

Adicionalmente, vem participando de outras atividades na UFG, como: PLI (Programa de Licenciaturas Internacionais), projeto aprovado pela CAPES com 6 bolsistas na Universidade de Coimbra/Portugal, desenvolvendo pesquisa na área de Física e Matemática; PMM (Programa de Mobilidade do Mercosul) e Programa de Mestrado da Física.

  1  

VICE 

DENIS REZENDE

 

Quem somos 

#ehoraderenovarCAC


Chapa 1 – Diálogo e Renovação

CAC

Proposta de Programa de Gestão

2014-2017

Apresentamos a Chapa 1 - Diálogo e Renovação, composta pelo Prof. Dr. Thiago Jabur Bittar (para diretor) e Prof. Dr. Denis Rezende (para vice-diretor). A Chapa 1 tem como lema e característica principal ser uma gestão participativa e dinâmica para evoluir nosso Câmpus. Neste sentido, buscamos por parcerias entre a direção e os servidores Técnicos Administrativos em Educação (TAE’s), professores e alunos, de modo que possamos realizar atividades de acordo com as reais necessidades de cada segmento, efetivando as ações em busca da resolução de problemas e identificação de novos objetivos, com vistas a trazer mais recursos para o Câmpus, sejam esses recursos materiais, humanos e de conhecimento científico e tecnológico. A Chapa 1 contará com uma equipe experiente, seja à frente da prefeitura, como também na pesquisa, extensão, graduação e pós graduação. Adicionalmente, teremos mais pessoas envolvidas em outros processos, como, por exemplo, no setor de Desenvolvimento Institucional e Recursos Humanos (RH), onde teremos como nossos aliados a experiência prática e o planejamento para uma gestão de qualidade. Por isso, nos sentiremos muito honrados em contar com o seu apoio para, no dia 27 de novembro de 2013, votar na Chapa 1 para direção do Câmpus Catalão. Seu voto é importante para nós, está na hora de mudarmos o modo de gerir o nosso Câmpus. Estamos propondo uma gestão realmente democrática, participativa e ágil, focando nos problemas do Câmpus como um todo, de modo que sejam atendidas, sempre que possível, as demandas de todos os cursos, as requisições de todos os servidores, bem como as necessidades de todos os alunos, buscando por uma Universidade melhor para que possamos formar profissionais de competência, preparados para o meio acadêmico e industrial. Apresentamos, a seguir, as propostas para nossa gestão da UFG Câmpus Catalão (UFG/CAC) no período de 2014 a 2017, baseadas nos problemas atuais do Câmpus, nas necessidades impostas por uma Universidade de qualidade, em que, por meio do trabalho competente, com responsabilidade, dinamismo, comprometimento, conseguiremos implantar soluções efetivas. É importante ressaltar que tais propostas foram desenvolvidas com a colaboração dos diferentes perfis de profissionais e alunos presentes hoje no Câmpus. Acreditamos que, com uma proposta construída baseada em necessidades reais, na adequação ao novo Estatuto da UFG e na colaboração de todos, é possível fazer uma gestão renovada e focada na efetividade de ações para resolução de problemas relevantes.

DIRETOR   

THIAGO JABUR

  2  

VICE 

DENIS REZENDE

 

Apresentação 

#ehoraderenovarCAC


Chapa 1 – Diálogo e Renovação

CAC

Proposta de Programa de Gestão

2014-2017

Acreditamos que uma boa gestão do Câmpus Catalão se deve à divisão de dois momentos, sendo esses assim propostos: um com ações possíveis de serem realizadas assim que aprovado o novo Estatuto e outro com ações que dependem de providências não tão imediatas e, possivelmente, de órgãos externos. Neste sentido, entendemos que uma ação que deve ser iniciada imediatamente é a discussão ampliada no Câmpus do novo organograma do CAC. O caráter urgente se deve a discussão que deverá ser feita com a reitoria da UFG, de modo a embasar as demandas que serão apresentadas para o MEC para a implantação do novo Estatuto. É imprescindível a participação do CAC nestas discussões, pois conhecemos de perto todos os problemas que enfrentamos por estarmos fora da sede. Como, possivelmente, não receberemos mais gratificações logo após a aprovação do novo Estatuto, pois a criação delas depende de uma negociação com o governo, pretendemos criar, imediatamente, apenas uma nova coordenação, a de Desenvolvimento Institucional e Recursos Humanos. Em nosso entendimento, esta é a coordenação cuja criação é mais urgente. Ela deverá implementar uma política de qualificação e estabelecer um diálogo com todos os setores do CAC, bem como com os TAE’s, visando implementar ações com o objetivo de otimizar a alocação de recursos humanos. Sabemos de todos os problemas referentes à Prefeitura do CAC, um de nossos principais gargalos. Também temos conhecimento que, atualmente, o responsável por este setor pode ser assessorado por quatro pessoas designadas para funções gratificadas (Comissão Permanente de Licitação, Coordenação Financeira, Divisão de Material e Patrimônio e Divisão de Transportes), pelo Comitê Gestor Financeiro do CAC (o qual deverá auxiliar no planejamento orçamentário e no acompanhamento de sua execução), pela comissão de infraestrutura (a qual deverá auxiliar no planejamento e execução das obras) e pelo responsável pelo setor de manutenção. A princípio, pretendemos gerenciar a prefeitura de maneira mais eficiente e utilizar com maior intensidade a assessoria dos recursos humanos que estão desempenhando tais funções, visando amenizar os problemas existentes. Tendo em vista, o Artigo 59, parágrafo 1º, onde consta que “Outras Coordenações poderão ser criadas com a aprovação do Conselho Universitário, formando um paralelismo com as Pró-Reitorias da UFG”, a partir da aprovação do novo organograma do CAC e a disponibilização de gratificações, a Prefeitura deverá ser reestruturada (se tornando a Coordenação de Administração e Finanças). Vale ressaltar que, a discussão de reestruturação deste setor deverá congregar todos os envolvidos e, possivelmente, outros interessados. Outro problema que enfrentaremos será garantir o desenvolvimento dos departamentos e cursos já implantados no CAC (futuras unidades acadêmicas ou unidades acadêmicas especiais) com o fim das construções orçamentadas a partir dos programas de expansão 1 e 2 e REUNI. Neste sentido, a equipe realizará estudos com o intuito de minimizar os gastos com a manutenção do CAC; implementará ações visando otimizar os processos de compras, evitando que os departamentos e cursos percam recursos a cada ano; e, neste contexto, planejará a longo prazo a aplicação de mais recursos de forma a propiciar o crescimento do Câmpus, apresentando propostas ao Comitê Gestor. Ademais, estabeleceremos políticas de incentivo à busca de recursos por meio de editais externos e apoio governamental. DIRETOR   

THIAGO JABUR

  3  

VICE 

DENIS REZENDE

 

Considerações importantes 

#ehoraderenovarCAC


Chapa 1 – Diálogo e Renovação

CAC

Proposta de Programa de Gestão

2014-2017 #ehoraderenovarCAC

Enfim, nossa administração será pautada: 

Na transparência, pois deve ser garantida, a todos os interessados, a possibilidade de conhecer as ações implementadas pela administração, o planejamento e execução orçamentária, dentre outros;

Na comunicação, pois uma comunicação eficiente propicia o acesso de todos às informações, inibindo o uso de informações privilegiadas;

No respeito às instâncias, pois o Conselho Diretor (futuro Conselho Gestor) é a instância onde deve-se ocorrer as discussões sobre as políticas e ações que devem ser implantadas no CAC.

Nossas 10 diretrizes 1

Construir um modelo participativo e ágil de gestão universitária, que promova a eficiência e profissionalismo na execução das atividades administrativas com base na otimização de processos e da aplicação de recursos;

2

Implantar uma política de comunicação transparente e ampla, de modo a disseminar, à comunidade interna, as decisões e projetos futuros;

3

Desenvolver uma política moderna para utilização dos recursos de Tecnologia da Informação, que envolva segurança, ensino, pesquisa e extensão;

4

Melhorar e conservar o ambiente físico oferecendo condições adequadas de trabalho, por meio da utilização de recursos multimídia, climatização, mobiliários adequados, aplicação de normas de acessibilidade e ergonomia, bem como reestruturação de vias;

5

Ampliar o acervo de livros, revistas, material digital e acesso a repositórios online para pesquisa, bem como licenças de softwares para educação;

6

Melhorar a política de assuntos comunitários, oferecendo efetividade nas ações referentes às necessidades dos alunos, técnicos administrativos e professores;

7

Ampliar a extensão e cultura, estimulando ações que envolvam teatro, música, dança, literatura e festivais de arte;

8

Fomentar a ampliação de recursos e de pessoal qualificado para a Pesquisa, Graduação e Pós-Graduação lato e stricto sensu;

9 10

Ampliar a política de difusão de conhecimento e interação com a comunidade externa; Oferecer meios de integração multidisciplinar e fomento a parcerias, por meio do suporte a participação em editais para captação de recursos e favorecer a ampliação e participação em redes de pesquisa.

DIRETOR   

THIAGO JABUR

  4  

VICE 

DENIS REZENDE

 


Chapa 1 – Diálogo e Renovação

CAC

Proposta de Programa de Gestão

2014-2017

Estrutura administrativa 

Elaboração e implantação de um Plano Diretor para o Câmpus Catalão, baseado nas ideias de sucesso já existentes e na criação de novas políticas, objetivando facilitar a execução dos serviços, aumentar a qualidade dos resultados e prover maior satisfação dos TAE’s, professores e estudantes.

Reestruturação do Portal da Transparência da UFG/CAC para que funcione plenamente e atenda a Lei de Acesso à Informação (Lei Federal nº 12.527 de 2011). Por meio do portal serão disponibilizadas informações sobre compras, diárias e passagens, bem como prestação de contas.

Reestruturação da Prefeitura do Câmpus por meio da criação de novos setores, de modo a descentralizar os serviços e promover a colaboração com a interação de diferentes visões e necessidades, objetivando a agilidade dos processos, qualidade dos serviços e transparência das ações.

Definição e implantação de ações de transparência em todos os setores do Câmpus.

Criação de uma Coordenação de Desenvolvimento Institucional e Recursos Humanos (RH), para melhor atendimento aos servidores.

Melhorias na divisão de recursos entre os setores, sejam esses administrativos, cursos de graduação e pós-graduação, Depecac, Biblioteca, dentre outros, mantendo-se os avanços feitos até o momento, em busca de um cenário ideal e justo. Para tanto, será elaborado um cronograma financeiro, junto ao Conselho Diretor do Câmpus Catalão (CODIC).

Desenvolvimento de uma política para facilitar e desburocratizar o processo de compras, por meio da reengenharia dos sistemas e melhoria na divulgação dos procedimentos.

Melhorias no processo de entrega dos itens comprados, atentando-se às questões de não recebimento de materiais e dos serviços contratados.

Reformulação do Departamento de Material e Patrimônio (DMP) no CAC.

Maior apoio tecnológico, de planejamento e de pessoal ao Centro de Informação, Documentação e Arquivo do CAC (CIDARQ).

Estreitamento das relações entre a UFG/CAC com a Prefeitura Municipal de Catalão, com vistas à obtenção de parcerias, desenvolvimento de projetos em conjunto, bem como a busca pela aquisição de recursos, conhecimento e inter-relacionamento.

DIRETOR   

THIAGO JABUR

  5  

VICE 

DENIS REZENDE

 

Propostas 

#ehoraderenovarCAC


Chapa 1 – Diálogo e Renovação

CAC

Proposta de Programa de Gestão

2014-2017 #ehoraderenovarCAC

Maior suporte ao programa para apoio à saúde, seja física ou mental, de prevenção ou tratamento, contando com um número relevante de profissionais para assistência aos TAE’s, professores e alunos. Vale ressaltar que a UFG/CAC já conta com o apoio de profissionais relacionados à psicologia e assistência social, no entanto, é importante termos um número significante desses profissionais.

Busca por convênios, públicos e privados, visando a implantação de uma creche.

Estrutura e organização física 

Melhorias no Plano de Urbanização, para evolução e conservação do ambiente físico. Tal plano deve atender a requisitos de acessibilidade, favorecendo a mobilidade, o que inclui o asfaltamento adequado das vias.

Atendimento de requisitos de acessibilidade por todo o Câmpus, garantindo a mobilidade e facilitando o acesso aos blocos, Biblioteca, prédios, áreas de convivência e áreas para práticas de esporte, prezando pela satisfação e segurança dos usuários. Isso inclui a implantação de sinalização tátil nos pisos e construção de rampas, de acordo com a norma de acessibilidade NBR 9050.

Reorganização do estacionamento, de modo a torná-lo melhor utilizado, com sinalização adequada e separação de motos, bicicletas e carros, priorizando a demarcação correta de área de idosos e deficientes.

Implantação de bicicletários adequados em todo o Câmpus, provendo mecanismos de segurança, garantindo assim a tranquilidade dos usuários. Os bicicletários ficarão localizados, preferencialmente, próximos às entradas dos prédios.

Instalação de câmeras de vigilância e central de monitoramento no estacionamento, corredores de blocos didáticos, Biblioteca, guarita principal e demais locais de necessidade, aumentando a segurança no Câmpus, seja das pessoas e dos materiais, como equipamentos, livros, etc.

Sinalização por toda a UFG, identificando os blocos pelos nomes, as áreas do estacionamento com as divisões e direções, a Biblioteca e centros de convivência, bem como os outros espaços.

Implantação de mecanismos de controle de acesso em laboratórios, de modo a aumentar a segurança dos usuários e equipamentos.

Reestruturação da entrada principal do Câmpus, contando com a reestruturação da guarita, possibilitando que o vigia possa permanecer dentro deste local.

Disponibilização de equipamentos multimídia fixos nas salas de aula, tais como: projetores, telas de projeção e caixas de som. DIRETOR 

 

THIAGO JABUR

  6  

VICE 

DENIS REZENDE

 


Chapa 1 – Diálogo e Renovação

CAC

Proposta de Programa de Gestão

2014-2017 #ehoraderenovarCAC

Instalação de equipamentos de climatização nos Blocos didáticos, salas de aula, salas de professores, coordenações, Biblioteca, buscando maior conforto para o trabalho e estudo.

Lutar pela criação de postos de representação da FAPEG (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás) e FUNAPE (Fundação de Apoio à Pesquisa), facilitando o contato com esses órgãos, otimizando procedimentos, como, por exemplo, a entrega de documentos.

Implantação do CEMEq (Centro de Manutenção de Equipamentos) no CAC, o que facilitará e agilizará significativamente o conserto de equipamentos.

Melhoria do acompanhamento das obras, verificando e cobrando pelo cumprimento de prazos.

Melhoria da Biblioteca com aquisição de mais livros, que devem ser atualizados e coerentes com os planos pedagógicos dos cursos.

Ampliação e organização do espaço da Biblioteca, com divisão em setores para estudo coletivo e individual, desocupação dos espaços reservados a estudo que hoje estão servindo de almoxarifado.

Lutar pela melhoria do complexo esportivo, priorizando as ações essenciais para execução dos projetos com qualidade, incluindo aqueles que envolvem a comunidade externa.

Aquisição de bebedouros e manutenção dos existentes, para os blocos didáticos, Biblioteca, complexo esportivo, dentre outros locais que se fizerem necessários.

Abertura do Restaurante Universitário (RU), com um constante acompanhamento nutricional da alimentação oferecida.

Busca pela definição de um preço justo para a alimentação no RU, de modo que os alunos possam, realmente, serem beneficiados com o serviço, por meio do fornecimento de subsídios àqueles que necessitem.

Reforma do setor de gestão de resíduos, por meio da aplicação adequada de maquinários e metodologias para tratamento de resíduos, incluindo a reciclagem de material.

Busca por parcerias, com a Prefeitura Municipal de Catalão e demais órgãos competentes, para a divulgação da UFG/CAC na região, por meio da disponibilização de placas de sinalização para o direcionamento até ao Câmpus, inserção de chamadas ao processo seletivo, divulgação de projetos de extensão e cultura nos meios de comunicação (TV, rádios, jornais, outdoors e Internet).

DIRETOR   

THIAGO JABUR

  7  

VICE 

DENIS REZENDE

 


Chapa 1 – Diálogo e Renovação

CAC

Proposta de Programa de Gestão

2014-2017 #ehoraderenovarCAC

Inovação tecnológica e transferência de conhecimento 

Fortalecimento da incubadora Athenas de modo a desenvolver em nossa região um centro tecnológico e de pesquisa, com o apoio de Instituições e Empresas, com ideias inovadoras, uma vez que a tecnologia de ponta deve surgir e evoluir na Universidade.

Fortalecimento do Núcleo de Inovação Tecnológica da UFG e ampliação de sua interação com o CAC, fornecendo apoio às ações que tenham por fundamento a inovação tecnológica nos segmentos da ciência e da tecnologia. Especialmente aquelas referentes à propriedade industrial (patentes, marcas, desenho industrial e indicação geográfica) e proteção ao direito de autor de programas de computador e sua comercialização.

Apoio à criação de uma política e uma Coordenação de Assuntos Internacionais (CAI), de modo a acelerar os avanços científicos e tecnológicos no Câmpus.

Estrutura tecnológica 

Execução de melhorias no Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI) por meio da colaboração contínua com a comunidade do CAC.

Estabelecimento de um link mais rápido e estável com a Internet, incluindo a luta junto a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e seu Ponto de Presença em Goiás (POP-GO) para aumento da banda de Internet que vem para o CAC. Atualmente o CAC está ligado a RNP com banda de apenas 4 MB/s, o que é insuficiente para nossa demanda.

Disponibilização do acesso a Internet sem fio (wireless) nas dependências do CAC, possibilitando a busca por conhecimento independente do local que estiver.

Ampliação e melhorias nas condições dos laboratórios de informática, investindo na aquisição de softwares e manutenção de equipamentos.

Investimentos em aquisição e manutenção de equipamentos de rede para o CERCOMP. É necessário que se tenham servidores, switches e roteadores de ponta e com unidades sobressalentes ligados a um nobreak que funcione bem para que tenhamos uma Internet estável.

Lutar para que haja mais ações de treinamento para a comunidade do CAC, referente aos serviços oferecidos pelo CERCOMP, de modo a se ter um uso consciente e efetivo dos recursos computacionais.

Criação de salas de vídeo conferência para reuniões online, com acústica, equipamentos e mobiliários adequados. Isso facilita o contato entre pesquisadores de diferentes instituições.

Desenvolvimento de uma política para criação e manutenção dos sites do CAC, desenvolvendo sites mais atualizados, dinâmicos e acessíveis. DIRETOR 

 

THIAGO JABUR

  8  

VICE 

DENIS REZENDE

 


Chapa 1 – Diálogo e Renovação

CAC

Proposta de Programa de Gestão

2014-2017 #ehoraderenovarCAC

Criação e implantação de um sistema Web mais eficiente para alocação de salas, reservas de locais de utilização coletiva, agendamento dos meios de transporte (solicitação de carros, van e ônibus), de modo a viabilizar e garantir a qualidade nos serviços prestados.

Criação e implantação de um sistema Web para solicitações de diárias e passagens aéreas, possibilitando anexar os arquivos requeridos, de modo a viabilizar o processo de envio e análise.

Criação e implantação de um sistema para cadastro e gerenciamento dos equipamentos patrimoniados, de modo que estes possam ser identificados de acordo com o tipo de equipamento, local onde está alocado, setor responsável, data de aquisição (para controle da eficiência e validade dos mesmos), fornecendo um formulário Web para guia de movimentação de bens (onde pode-se definir, por exemplo, a baixa do equipamento).

Criação e implantação de um sistema Web para gerenciamento de estágios, que possa ser utilizado por todos os cursos, o qual contará com uma base de dados de empresas parceiras e empresas candidatas, bem como as vagas disponíveis e requisitos necessários para se candidatar a tal vaga, divididas pela área de atuação.

Criação e implantação de formulários online para prefeitura do CAC, por meio do qual seja possível agilizar o preenchimento da informação que atualmente é feito por meio da impressão de arquivos de documentos textuais.

Criação e implantação de um sistema Web para comunicação e interação entre egressos. Isso possibilitará que a UFG conheça onde seus egressos estão atuando, servindo como um incentivo a alunos e provendo dados para o histórico do Câmpus.

Divulgação e comunicação social 

Maior divulgação da UFG, a nível regional e nacional, por meio da TV, rádio, jornais, Internet, outdoors, buscando atrair mais alunos e aproximar a sociedade externa e empresas.

Desenvolvimento de uma política de comunicação interna, acoplada ao Portal da Transparência, de modo a obter contribuições e disseminar decisões e procedimentos da administração.

Divulgação de decisões tomadas em conselho, por meio de envio de emails, uso de mural de Informações e publicação no site institucional do CAC.

Criação de um portal online para divulgação de dados institucionais onde será possível obter informações como: número de alunos de graduação e pós-graduação por cursos (incluindo egressos), trabalhos publicados, projetos de extensão, pesquisa e cultura (em andamento e concluídos), número de professores e TAE’s (com suas áreas de atuação), convênios e contratos (em andamento e concluídos), dentre outras. DIRETOR 

 

THIAGO JABUR

  9  

VICE 

DENIS REZENDE

 


Chapa 1 – Diálogo e Renovação

CAC

Proposta de Programa de Gestão

2014-2017 #ehoraderenovarCAC

Criação e ampliação de uma rede de pesquisa, de modo a alvancar os cursos da UFG/CAC no cenário nacional e internacional, através de parcerias entre Instituições, bem como do contato com pessoas e empresas interessadas em pesquisas.

Ampliação do atendimento aos candidatos ao Processo Seletivo por meio de maior divulgação do CAC e no esclarecimento de suas dúvidas.

Inserção no site e manutenção de um mapa do Câmpus que esteja atualizado.

Melhorar o atendimento administrativo no período noturno. Tal proposta é importante, visto que o objetivo da Chapa 1 é fazer uma gestão participativa e dinâmica, focada na melhoria do Câmpus, considerando a opinião dos TAE’s, professores e alunos. Assim, é importante que a administração conheça a realidade dos cursos noturnos e possibilite a interação de todos com a direção.

Compromisso de elaboração das atas do CODIC em tempo hábil para que a ata seja aprovada na reunião subsequente e publicização das mesmas.

Técnicos Administrativos em Educação (TAE’s) 

Definição de uma política de alocação dos TAE’s, em acordo com os setores do CAC, priorizando o perfil de cada um, por meio de reconhecimento de sua capacidade técnica e suas preferências de trabalho, de modo a motivá-los durante a execução das tarefas referentes às necessidades da Instituição.

Ampliação dos investimentos em capacitação dos TAE’s, de modo a mantê-los motivados por meio do investimento em cursos de especialização e apoio à participação em eventos.

Disponibilização de recursos para o desenvolvimento dos serviços e atenção à qualidade das condições de trabalho, sejam no fornecimento de mobiliários adequados, climatização do ambiente e equipamentos adequados.

Busca pela ampliação do número de vagas para TAE’s, de modo a aliviar a sobrecarga de trabalho e se poder criar novos projetos.

Melhorias nas condições de trabalho dos TAE’s, por meio da definição clara de procedimentos e responsabilidades alocados a cada um.

DIRETOR   

THIAGO JABUR

  10  

VICE 

DENIS REZENDE

 


Chapa 1 – Diálogo e Renovação

CAC

Proposta de Programa de Gestão

2014-2017 #ehoraderenovarCAC

Estágios 

Desenvolvimento e implantação de um Balcão de Oportunidades, virtual e físico, com política de atualização constante sobre as parcerias estabelecidas e oportunidades.

Apoio à criação de Mural de Estágio, em cada departamento, onde os coordenadores poderão afixar propostas de estágio, separadas pelo curso e perfil dos estudantes.

Separação das empresas conveniadas para estágio por cidade e perfil, via sistema Web, facilitando assim a busca pelos estágios.

Busca por novas parcerias, seja no âmbito regional e nacional, com o desenvolvimento de projetos, considerando todos os cursos que necessitam de estágio.

Maior facilidade no processo de parceria com empresas, de modo que possamos ter mais oportunidades de estágio, garantindo o cumprimento de todos os trâmites e a satisfação dos alunos.

Incentivo às produções bibliográficas 

Maior apoio às revistas científicas e demais publicações do Câmpus.

Apoio para a atribuição de identificadores DOI (Digital Object Identifier) para os artigos e demais publicações do Câmpus.

Apoio efetivo na obtenção de números de ISSN e ISBN para as publicações.

Apoio ao Departamento Editorial (DEPECAC) para agilizar o processo de editoração, impressão e publicação de livros.

Publicação das revistas em formato digital para dispositivos móveis (iOS e Android).

Criação de uma livraria no Câmpus, em que possam ser encontrados os livros produzidos por nossos e outros escritores.

Graduação 

Reforçar a interação entre a Coordenação de Graduação do CAC e a Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da UFG.

Instalação, imediata, da Câmara de Graduação de modo a agilizar os processos e viabilizar a tomada de decisões, com mais conhecimento sobre cada caso em específico.

Apoio aos Núcleos Docentes Estruturantes (NDEs) para que suas ações sejam fortalecidas e ampliadas, de modo que os projetos pedagógicos dos cursos permaneçam continuamente atualizados. DIRETOR 

 

THIAGO JABUR

  11  

VICE 

DENIS REZENDE

 


Chapa 1 – Diálogo e Renovação

CAC

Proposta de Programa de Gestão

2014-2017 #ehoraderenovarCAC

Apoiar e incentivar a criação de empresas juniores, bem como garantir o fortalecimento das já existentes.

Buscar por parcerias para as empresas juniores, como, por exemplo, parceria junto ao SEBRAE.

Lutar pela ampliação do número de bolsas de pesquisa para os estudantes.

Valorização do Centro de Línguas e ampliação de suas ações junto a toda a comunidade, principalmente tendo em vista as necessidades dos alunos de graduação, de modo a prepará-los para a vida profissional, seja acadêmica ou industrial.

Apoio a programas que propiciem o intercâmbio e internacionalização. Isso inclui o estágio e trainee internacional. Para tanto uma das medidas propostas consiste em apoiar a vinda da AIESEC para Catalão, que é uma instituição mundial sem fins lucrativos que auxilia e promove o intercâmbio estudantil.

Apoio para inscrição e realização de viagens para exames necessários para o Ciência sem Fronteiras (CSF), como o TOEFL.

Melhoria nas ações de assistência estudantil, de acordo às políticas nacionais de assistência estudantil, em relação à disponibilização de bolsas, apoio de profissionais da saúde (médicos, psicólogos, assistentes sociais, fonoaudiologia, nutricionista, dentistas), dentre outras ações.

Apoio à construção da Moradia Estudantil para alunos que tenham comprovado necessidade pelo uso do serviço. Para tanto, buscar-se-ão parcerias no âmbito público e privado, regional e nacional.

Maior apoio ao Ensino a Distância (EAD) ampliando as ações da coordenação local de EAD por meio da busca por mais recursos para atuação nos diferentes polos.

Implementação de políticas que visam fortalecer os cursos de licenciatura.

Ações efetivas para a diminuição da taxa de evasão, por meio da definição de uma comissão para verificação de motivos e soluções para que os alunos não desistam de seus cursos.

Ampliar os programas de tutoria para que os ingressantes possam ter um apoio para sanar as deficiências do ensino médio.

DIRETOR   

THIAGO JABUR

  12  

VICE 

DENIS REZENDE

 


Chapa 1 – Diálogo e Renovação

CAC

Proposta de Programa de Gestão

2014-2017 #ehoraderenovarCAC

Pesquisa e Pós-Graduação 

Instalação, imediata, da Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação, de modo a agilizar os processos e viabilizar a tomada de decisões com mais conhecimento sobre cada caso em específico.

Prover meios para que a Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação possa divulgar os programas de Pós-Graduação da UFG/CAC, de modo a torná-los conhecidos em âmbito nacional.

Apoiar os programas de Pós-graduação já existentes e a proposição de desenvolvimento de novos programas por meio da busca de recursos em editais e junto à Reitoria.

Apoio e assessoria na submissão de projetos de pesquisa, para atender aos requisitos impostos nos editais, com vistas a buscar maior fomento nas agências como CNPq, CAPES, FAPEG, FINEP, dentre outras.

Reforçar a interação entre a Coordenação de Pesquisa e Pós-Graduação do CAC e a PróReitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG) da UFG.

Buscar o fortalecimento de programas de iniciação como PIBIC, PIVIC, PIBITI e PIBIVI, por meio da utilização de melhores mecanismos de gerenciamento.

Fortalecer os programas de Pós-Graduações lato sensu no sentido de agilizar os procedimentos, no que tange a oferta de uma melhor estrutura e diminuição da burocracia junto à administração do Câmpus, provendo maior autonomia e flexibilidade para que os coordenadores e docentes possam realizar um trabalho de qualidade.

Propor, junto a pesquisadores e representantes de alunos da graduação e pós-graduação e servidores, uma política de apoio à publicação, por meio de edital interno de apoio a participação em eventos e publicação em periódicos com Qualis.

Incentivo a pesquisa na graduação, no entendimento de que a Iniciação Científica é muito importante para a formação sólida de um bom pesquisador.

Luta para que o Câmpus continue a oferecer, anualmente, uma bolsa de Iniciação Científica – Ação Afirmativa em cada uma das áreas de conhecimento do PIBIC/UFG.

Realização, com previsão no planejamento anual, dos seminários de pesquisa do CAC, com vistas a discutir e propor políticas de pesquisa e pós-graduação no Câmpus.

Incentivo a submissão de candidaturas de professores a bolsas de Produtividade em Pesquisa do CNPq.

Implantar efetivamente o Comitê de Ética em Pesquisa no CAC.

Assegurar a participação e rotatividade de representantes do Câmpus em todas as áreas no Comitê Interno do PIBIC. DIRETOR 

 

THIAGO JABUR

  13  

VICE 

DENIS REZENDE

 


Chapa 1 – Diálogo e Renovação

CAC

Proposta de Programa de Gestão

2014-2017 #ehoraderenovarCAC

Extensão e Cultura 

Instalação, imediata, da Câmara de Extensão e Cultura, de modo a agilizar os processos e viabilizar a tomada de decisões com mais conhecimento sobre cada caso em específico.

Criar um núcleo de criação gráfica e de marketing na Coordenação de Extensão e Cultura, de modo a agilizar o desenvolvimento de materiais gráficos para divulgação com qualidade dos projetos.

Construir o Centro de Convivência com espaços interativos e culturais, objetivando possibilitar a interação entre TAE’s, professores e alunos.

Criar um plano de ampliação da extensão e cultura, estimulando ações que envolvam teatro, esporte, música, dança, literatura e festivais de arte, envolvendo a comunidade da UFG/CAC bem como a comunidade externa.

Apoio a projetos de extensão que envolvam a comunidade, incluindo alunos e docentes do ensino básico e médio, por meio da disponibilização de recursos e divulgação.

Apoio a projetos de extensão que abordem questões relacionadas à diversidade, problemas sociais, saúde, necessidades especiais, de modo a evitar a discriminação e esclarecer conceitos já pré-estabelecidos.

Apoio ao desenvolvimento de projetos com a colaboração de empresas da região, de modo a aplicar, na prática, o que tem sido aprendido nas salas de aula e trazer para as salas de aula as lições aprendidas na realidade do mercado.

Melhorar a divulgação dos editais referentes a ações de extensão e cultura, objetivando ampliar e enriquecer tais ações.

Apoio a autonomia da Coordenação de Extensão e Cultura em relação a manutenção e ampliação de programas, provendo recursos para a execução e qualificação das ações de extensão e cultura.

Lutar pelo desenvolvimento de uma estrutura física para comportar com qualidade os eventos de extensão e cultura.

Apoio ao desenvolvimento de eventos na UFG-CAC visando a participação de TAE’s, professores e alunos, podendo haver o reconhecimento de apresentações científicas nos moldes do CONPEEX (Congresso de Pesquisa, Ensino e Extensão), que é realizado em Goiânia.

DIRETOR   

THIAGO JABUR

  14  

VICE 

DENIS REZENDE

 


Programa de Gestão da Chapa 1