Page 1


NESTA EDIÇÃO

TIPO DE CORPO

DESCUBRA O SEU E ENCONTRE O MELHOR MODELO PARA VOCÊ

MAIO 2016

PERA

Os ombros e a cintura são mais estreitos que os quadris.

AMPULHETA A medida dos ombros é a mesma que a dos quadris. E a cintura é mais estreita.

RETÂNGULO

30 CELEBRE O AMOR! Regras de estilo garantem elegância e charme nesse dia especial

24

Os quadris, a cintura e os ombros têm praticamente as mesmas medidas.

TRIÂNGULO INVERTIDO

Os ombros têm medida maior que a da cintura e a dos quadris.

OVAL

A largura da cintura é bem maior que a dos ombros e a dos quadris.

VEJA NO SITE WWW.MANEQUIM.COM.BR COMO TIRAR AS SUAS MEDIDAS E DESCOBRIR SEU TIPO FÍSICO

MOLDES

SAIBA O GRAU DE DIFICULDADE DE CADA PEÇA

TECIDOS

As novas texturas e matérias-primas que vão agitar o inverno 2016

34

PLUS SIZE

Looks incríveis e truques para usar já!

12

PÁG.

9

SUSTENTÁVEL

Visitamos o ateliê de Flavia Aranha. Confira

É MUITO FÁCIL

★★

É FÁCIL

★★★

REQUER PRÁTICA

★★★★

REQUER MUITA PRÁTICA

TICIANE PINHEIRO VESTE CAMISA E SAIA FÁTIMA SCOFIELD E BRINCOS STEPHANIE STEIN RAFAELLA JUSTUS USA VESTIDO GREEN FOTO MARTÍN GURFEIN EDIÇÃO DE MODA LALÁ NAVARRO BELEZA JUNIOR MENDES STYLING MARIANA GAMA E TÂMARA GUZMAN

ENTREVISTA PÁG.

16

Dudu Bertholini fala dos desafios de sua carreira

SEMPRE EM MANEQUIM 4 5 6 8 9 10 11 12 16 18 40 42 57 58

Carta à leitora Escolhas da editora Ideias de beleza Roube o look Notícias de beleza Eventos Ponto a ponto Ateliê de costura Ícone fashion Nossa capa Receba com estilo Caderno de moldes Procurou, achou Arremate

www.manequim.com.br

3


CARTA À LEITORA

UM AMOR DE CAPA

Não dá para pensar em maio sem lembrar das mães. A minha, a sua, as nossas! Por isso, sempre fazemos questão de produzir uma edição superespecial. A capa que você tem em mãos é a realização de um desejo antigo da nossa equipe. Foi uma festa quando Ticiane Pinheiro aceitou nosso convite para posar ao lado de sua filha, a fofíssima Rafinha. É a primeira vez que as duas estampam a capa de uma revista de moda juntas, e ficamos felizes que tenham escolhido MANEQUIM! Teve até visita-surpresa da querida Helô Pinheiro durante as fotos! O clima positivo no estúdio contagiou todo mundo e o resultado (lindo!) está na página 18. Amor é o que move também a estilista Flavia Aranha, que abriu as portas de seu ateliê para nos mostrar, passo a passo, como funciona o processo de seu tingimento natural. Outro apaixonado pelo que faz é o comunicador de moda Dudu Bertholini. Talentoso e súper do bem, ele nos concedeu uma entrevista exclusiva que você lê na página 16. A equipe de MANEQUIM encontrou com ele a bordo do Chilli Beans Fashion Cruise e bateu um papo

Helô Pinheiro, Rafinha e Ticiane curtem um momento em família durante as fotos

muito bacana sobre inspirações, desafios e criatividade. E, já que o amor nos inspirou tanto nesta edição, realizamos o pedido de centenas de leitoras que queriam modelitos de festa para casamentos. Tem até um vestido de noiva com molde, corre lá pra ver! Depois queremos saber o que você achou, combinado? Aproveite cada página! Um beijo,

Acima, o maquiador Junior Mendes retoca o visual de Ticiane. À direita, a equipe que fez a nossa capa virar realidade 4

www.manequim.com.br

ANA PAULA DE ANDRADE, EDITORA anapaula@caras.com.br


ESCOLHAS DA EDITORA

METALIZE-SE!

Foi-se o tempo em que o dourado e o prateado eram restritos à moda festa. Saiba como aderir no dia a dia FOTO PAULO SANTOS EDIÇÃO DE MODA LALÁ NAVARRO TEXTO JULIANA CAZARINE

COMO USAR

Lembre-se: os metalizados é que invadem o guarda-roupa casual, e não os sapatos de festa. Dê preferência aos modelos casuais, como as botas de salto grosso e os mocassins. Os calçados dourados ou prateados, principalmente os que têm texturas, pedem combinações neutras. Evite coordená-los com tons vibrantes e grandes estampas.

1

2

1. SAPATILHA Luz Da Lua (R$ 300) 2. MOCASSIM Carmim (R$ 268) 3. BOTA Jorge Alex (R$ 370)

3

www.manequim.com.br

5


IDEIAS DE BELEZA

NOVAS MANIAS

ELAS USAM

VANESSA GIÁCOMO

BLACK WAY O Boticário (R$ 18)

“Combinar esmalte e batom é uma tendência internacional que está chegando com força ao Brasil”, conta o maquiador Lavoisier Souza.

Reunimos os lançamentos que prometem bombar na temporada outono-inverno. Escolha as suas paixões da vez e arrase na manicure! TEXTO CAMILA SUARES

ESCOLHO VOCÊ Impala Sandy (R$ 4)

NOTURNO Mohda (R$ 3) VERDINHO NA MÃO É VENDAVAL Risqué (R$ 4)

MARIANA Ale de Souza, Océane (R$ 16)

BATOM Magenta e ESMALTE Ponto final, Impala Sandy (R$ 23, o kit)

PRÁTICOS E INCRÍVEIS

6

ESMALTE EM SPRAY Aplique uma base nas unhas, passe o spray, reaplique a base e lave as mãos com sabão. Não é preciso passar mais de uma vez, como os esmaltes tradicionais. A secagem é rápida e não escorre.

FITA LÍQUIDA O produto forma uma película fina e transparente ao redor das unhas e evita que a tinta entre em contato com a pele. Assim não é necessário usar removedor para eliminar os excessos.

UNHAS ROÍDAS Base de tratamento com sabor amargo, ideal para quem tem o hábito de roer unhas. Pode ser usada como base ou por cima do esmalte. Gestantes e mulheres que amamentam devem evitar.

MAIS COR MEU AMOR, Aspa (R$ 25)

VAPT VUPT, Luxor (R$ 7)

BASE UNHAS ROÍDAS, Granado (R$ 28)

www.manequim.com.br

FOTOS CARLOS CUBI, PRISCILA PRADE E SHUTTERSTOCK (ESMALTES E BATONS), DIVULGAÇÃO (SPRAY, FITA E BASE) E BRAZIL NEWS (SANDY E VANESSA)

SANDY

VERMELHO VERNIZ, Eudora Vanessa Giácomo (R$ 13)

BATOM (R$36) e ESMALTE Rosa maravilha, Eudora (R$13)

CHIFFON Vult (R$ 6,50)


IDEIAS DE BELEZA

ADEUS, MANCHAS!

A exposição solar excessiva e a acne podem provocar diferentes tipos de marcas na pele. Saiba como elas surgem e como tratá-las TEXTO JULIANA CAZARINE

IDADE

FOTOS SHUTTERSTOCK (MODELO) E DIVULGAÇÃO (STILLS)

COMO SURGEM? A partir dos 40 anos de idade, a epiderme afina e a pele perde colágeno, fatores que a deixam mais vulnerável às agressões externas. Os raios solares, principalmente o UVA, estimulam a produção de melanina – pigmento que determina a cor da pele e do cabelo –, que, em excesso, pode ser distribuída de forma irregular na pele.

USE SEMPRE PROTETOR SOLAR E REAPLIQUE A CADA DUAS HORAS LUCIANA MALUF, DERMATOLOGISTA

COMO TRATAR? Para a dermatologista Luciana Maluf, o uso diário do protetor solar é a melhor alternativa para evitar as manchas. E lembra que uma pele bem cuidada está menos suscetível ao problema. Use cosméticos que estimulam a produção de colágeno e com antioxidantes, que inibem a ação dos radicais livres. “Um tratamento eficaz para melhorar o aspecto da pele é o microagulhamento, que trabalha firmeza e elasticidade”, diz.

DERMA COMPLEX VITAMINA C 20%, Adcos (R$ 215), BIO-NANO C, Bioage (R$ 186)

SOLAR

COMO SURGEM? A exposição aos raios ultravioleta – UVA e UVB – sem proteção adequada pode ser altamente prejudicial à pele, e as manchas são apenas um dos danos que a prática pode provocar. “Tome sol antes das 10h ou após as 16h e sempre use protetor solar, reaplicando a cada duas horas”, ensina a dermatologista. COMO TRATAR? As manchas aparecem, em geral, nas bochechas, no nariz e embaixo dele. “Para combater o problema, tratamentos com luz intensa pulsada, peeling clareador e laser específicos, além de cremes despigmentantes são recomendados”, afirma Luciana Maluf. Atenção: é imprescindível consultar um profissional.

CLARIFY, Pharmapele (R$ 110), ACTIF UNIFY TINTED MOUSSE, Roc (R$ 80)

ACNE

COMO SURGEM? As manchas – que podem ser vermelhas, roxas ou marrons – surgem em decorrência da hiperpigmentação (ou hipercromia) pós-inflamatória. A acne inflama a pele, que, como resposta ao processo inflamatório, aumenta a produção de melanócitos – células que possuem melanina. COMO TRATAR? “Use protetor solar diariamente e não esprema as espinhas para não aumentar a inflamação”, recomenda a dermatologista Marcella Alves, da clínica Les Peaux. As manchas podem permanecer na pele por até 24 meses. Para otimizar a regeneração, tratamentos como peeling químico e luz intensa pulsada são indicados.

LUMINANCE, Buona Vita (R$ 120), PURIANCE, Profuse (R$ 25)


ROUBE O LOOK

VESTIDO FLORAL

JARDIM DE ESTILOS

A mais democrática das estampas é destaque no visual de mulheres de perfis variados. Inspire-se nos looks das famosas para eleger a sua padronagem preferida EDIÇÃO DE MODA LALÁ NAVARRO TEXTO JULIANA CAZARINE

A variedade de florais que estampam coleções de moda durante todas as estações do ano comprova a versatilidade dessa padronagem. “Ela resiste à passagem das temporadas e sempre se encaixa nas novas tendências”, afirma Crislaine Lima, professora de criação da Sigbol Fashion. A moda agora são os modelos retrô, art nouveau e liberty. Porém, mais importante do que se adequar à tendência é encontrar um desenho que tenha a ver com o seu estilo.

<< ELIANE GIARDINI A atriz de 63 anos, por exemplo, compôs um look sóbrio e elegante com seu vestido de maxiflores – contrariando a ideia de que roupa floral infantiliza o visual.

VESTIDO 227

★★★

tam. 46

A modelagem com recortes na cintura garantiu um toque de jovialidade à estampa floral clássica escolhida pela modelo de 21 anos. “E o tênis arrematou perfeitamente a produção”, diz Crislaine.

8

www.manequim.com.br

VESTIDO 228

★★★

tam. 42

FOTOS FABRIZIA GRANATIERI (ELIANE GIARDINI E MARINA NERY)

< MARINA NERY


NOTÍCIAS DE BELEZA TEXTO MARCELA RODRIGUES

ROSTO RENOVADO Usado diariamente, o Renew Ultimate Supreme (R$ 125), da Avon, aumenta a atividade celular da pele do rosto ao colo, e acelera a produção de colágeno.

SUPERBASE

FOTOS SHUTTERSTOCK (MODELO) | DIVULGAÇÃO (PRODUTOS)

A Make B. Base Cushion (R$ 149), de O Boticário, une fórmula levísssima, acabamento aveludado, alta cobertura e fator de proteção 40. Além da tecnologia cushion, criada na Coreia, o segredo da performance é que a base vem armazenada em uma esponja: basta pressioná-la com o aplicador e passar diretamente no rosto sem a necessidade de um pincel. Está disponível em três tons.

JUVENTUDE CAPILAR Composta por xampú, condicionador, tratamento regenerador e leave-in (R$ 22) – foto – a linha Siáge Rejuvenesce os Fios, da Eudora, promete recuperar a força, o brilho e a espessura dos cabelos em até doze semanas de uso.

CHEIRO DE OUTONO

Atemporal e sedutora, a nova fragrância de Givenchy, Dahlia Divin Eau de Toilette, é um mix de floral amadeirado, notas de frutas vermelhas, buquê de jasmim e um toque de sândalo e baunilha. Sintonia total com o clima de outono. R$ 259 (30 ml).

CUIDADOS PARA O CORPO A Bioderma acaba de lançar no Brasil a sua primeira linha corporal, a Atoderm – a alvo são as peles normais, secas e sensíveis. Entre os destaques, o potente Atoderm Creme (R$ 119) – foto –, o Atoderm Intensive Baume (R$ 109), um reparador antiprurido, e o Atoderm Intensive Gel, um higienizador ultrassuave.


EVENTO ÁGUA DE COCO

MODA EM ALTO-MAR

DESFILES A bordo do navio Splendida, Água de Coco, Coca-Cola Jeans, Cavalera e Ellus apresentaram suas coleções. A Amapô inovou com um desfile-balada, ao som de um bloco carnavalesco

AL MARE A equipe de MANEQUIM participou de workshops de customização, assistiu a talk shows com Alexandre Herchcovitch (à direita, com Dhora Costa) e Dudu Bertholini, que nos concedeu uma entrevista exclusiva 10

www.manequim.com.br

FOTOS FLASHBANG, VANESSA CARVALHO E WILLIAM VOLCOV (DIVULGAÇÃO)

CAVALERA

COCA-COLA JEANS

CLIMA TROPICAL Abaixo, o empresário Caíto Maia, que anunciou o lançamento da linha de roupas da Chilli Beans, e Carla Wolff, organizadora do evento

ALEXANDRE HERCHCOVITCH

AMAPÔ

ELLUS 2ND FLOOR

MANEQUIM embarcou no Chilli Beans Fashion Cruise e participou de workshops, testemunhou o desfile de 20 anos de carreira de Alexandre Herchcovitch e conversou com ícones da moda


PONTO A PONTO

PURO CHARME

Do trabalho ao lazer, o colete de crochê é peça curinga e e adiciona um toque fashion às produções. Aposte!

CURTO

A versão colorida é informal, perfeita para curtir o fim de semana. Use com blusinhas ou vestidos de tecidos leves e tons neutros, de preferência sem estampas. “Quando confeccionar o seu colete, é importante acertar na escolha das cores. O rosa-quartzo e o azul-serenity são suaves e românticos”, afirma a artesã Bruna Szpisjak.

FOTOS LABORES TEJIDOS | TEXTO CAMILA SUARES

MAXI

O colete comprido alonga a silhueta e, se for neutro, pode compor looks de trabalho. “Tons fechados rendem um visual discreto”, diz Bruna. Dica: se você tem quadril largo, use coletes estreitos sobre blusas de decotes abertos. Se é baixinha, decote em V. Preto, cinza e azul-marinho são boas escolhas para quem tem busto grande.


ATELIÊ DE COSTURA

FLAVIA ARANHA

NATURALMENTE FASHION

Pioneira em fazer moda com tingimento sustentável no Brasil, Flavia Aranha abre seu ateliê para MANEQUIM e revela um pouco de sua encantadora alquimia com insumos naturais FOTOS MARTÍN GURFEIN TEXTO MARCELA RODRIGUES

Em uma casinha charmosa localizada na Vila

por trás de cada item”, orgulha-se. Na arara

Madalena, em São Paulo, a estilista Flavia

do ateliê, há seis anos no mercado, nada fica

Aranha coordena a produção quase 100%

velho. “Modelagens atemporais e confortá-

manual de sua marca homônima, cujo DNA é

veis e materiais de qualidade não dependem

composto de formas minimalistas e descom-

da estação. Elas tornam-se essenciais e bo-

plicadas, feitio manual e cores suaves, prove-

nitas em qualquer tempo”, diz.

nientes de um interessante processo de tin-

CORES DA NATUREZA Depois de cinco anos

gimento sustentável. Flavia, de 32 anos, é

atuando em uma bem-sucedida marca de

uma entusiasta das técnicas artesanais e do

roupas da indústria convencional, Flavia per-

movimento slow fashion, que prega uma for-

cebeu que estava colaborando para um pro-

ma de consumo mais consciente e menos

cesso de trabalho distante de seus valores.

acelerada. “Nunca fui consumista, ao con-

Pediu demissão. “Passei pela Índia, Canadá

trário. Eu me satisfaço em fazer uma roupa

e Uruguai estudando com os maiores espe-

que representa quem tem esse estilo de

cialistas em adaptar técnicas ancestrais de

vida”, afirma. Apesar de ter estudado moda

tingimento natural a formas modernas e sus-

UMA ROUPA COM MODELAGEM ATEMPORAL, HISTÓRIA E FEITIO MANUAL NÃO DEPENDE DE TENDÊNCIA

em Paris e se formado estilista por uma uni-

tentáveis”, conta ela, referindo-se a um dos

versidade da capital paulista, suas inspira-

destaques de seu trabalho. “Gosto de usar

çãos vêm das raízes interioranas. “Quando

ingredientes simples, como chás, cascas de

eu era criança, passava férias no Nordeste e

árvores e flores”, diz. Nas mais recentes cole-

ficava encantada com as rendas. Na casa

ções, a acácia negra deu vida a um rosê chi-

dos parentes do interior paulista, me apaixo-

que. Já o azul vem do índigo, um pigmento

nei pelas toalhas bordadas. E aprendi a cos-

extraído da aneleira. Flavia nos recebeu em

turar aos 13 anos”, lembra ela, nascida e

seu ateliê e mostrou, passo a passo, a encan-

criada em Campinas. Apesar de importar al-

tadora alquimia que faz com que cascas de

FLAVIA ARANHA, ESTILISTA

guns elementos, as matérias-primas brasilei-

cebola e repolho – ambos na versão roxa – se

ras são prioridade. O algodão orgânico, por

transformem em um verde elegante. E con-

exemplo, é cultivado, tecido e fiado à mão

tou uma novidade: a partir deste mês, abre

por comunidades de Minas Gerais, do Nor-

as portas da casa para compartilhar seu co-

deste e de Goiás. “Gosto de saber a história

nhecimento em oficinas e workshops.

O tingimento natural, as formas minimalistas e as técnicas artesanais fazem parte do DNA da marca

12

www.manequim.com.br


ATELIÊ DE COSTURA

SOPA DE CORES Flavia ensina a tingir uma camisa de algodão de 100 gramas. “A quantidade dos ingredientes varia de acordo com o peso da peça. Por isso é importante pesá-la”, explica. Os protagonistas, a cebola e o repolho, ambos na versão roxa, rendem um verde dos mais interessantes. Os outros ingredientes são encontrados facilmente em farmácias. INGREDIENTES • 100% do peso da camisa de casca de cebola roxa • 50% de repolho roxo • 8% de tanino (extrato de acácia negra ou chá-preto em pó) • 8% de alúmen (pedra hume em pó) • Detergente neutro • Água PREPARAÇÃO 1. Ferva a peça com 5 ml de detergente neutro por 40 minutos e depois enxágue. 2. Ferva mais uma panela com água, adicionando o tanino. Mexa e coloque a camisa para ferver por mais 40 minutos. 3. Retire a peça e reserve. Adicione o alúmen e mexa bem. Só depois coloque novamente a peça e deixe ferver por 40 minutos. “O alúmen e o tanino atuam como fixadores e são facilmente encontrados em casas de produtos naturais e farmácias”, explica Flavia.

AS ETAPAS DA CAMISETA

14

www.manequim.com.br

EXTRATO 1. Ferva a casca de cebola e o repolho por uma hora em uma panela grande com cerca de 5 litros de água. Coe as folhas e descarte. Ferva a camiseta por mais 40 minutos no líquido. Durante esse tempo, a peça vai ganhando o tom verde que a mistura proporciona. 2. No dia a dia, lave a peça à mão com água e deixe secar sempre à sombra. “Nunca use produtos químicos”, alerta a estilista.


ÍCONE FASHION

DUDU BERTHOLINI

FUNNY & FREE

Em entrevista a MANEQUIM, o expert dá uma aula de moda e fala sobre carreira, negócios e liberdade criativa TEXTO JULIANA CAZARINE COLABOROU CAMILA SUARES

O talento de Dudu Bertholini é tão amplo que ultrapassa os limites que as nomenclaturas impõem. “Sou um comunicador de moda”, explica. Ele começou a carreira como stylist e trabalhou para marcas como Triton e Colcci. Em 2003, em parceria com a empresária Rita Comparato, fundou a Neon. A partir de 2013, quando fechou o ateliê da marca, passou fazer licenciamento para outras empresas, como Morena Rosa, Riachuelo e Lets. No ano passado, encarou o desafio de compor o figurino da novela Verdades Secretas e, recentemente, do programa Amor & Sexo. Na entrevista a seguir, feita a bordo do Fashion Cruise, onde participou de um talk show, Dudu conta o segredo de seu sucesso na moda: identidade.

Look do último desfile da Neon na edição de verão do SPFW em 2013

Como você ingressou no mundo da moda? Sempre me interessei pela forma como as pessoas se expressam através da roupa, mas, quando eu era adolescente, pensei em fazer direito internacional. No começo da década de 1990, a moda estava em efervescência no Brasil. Então percebi que o mundo não precisava de mim como um diplomata. Entrei na faculdade Santa Marcelina em 1997 e, logo depois, já fui trabalhar no Phytoervas Fashion e não parei mais. Fui stylist, depois tive a Neon... Como aconteceu sua evolução dentro da moda? Você é stylist, estilista, figurinista... Sempre quis fazer um trabalho integrado. Todo meio que me permita transmitir uma mensagem de forma verdadeira e íntegra me interessa. Quanto mais combino diferentes tipos de campos de atuação, mais realizado me sinto. Foi uma evolução natural. Sou um comunicador de moda, mas não tenho vontade de me definir. Acredito que temos que ampliar as nossas possibilidades. O trabalho de figurinista é novidade na sua carreira. O que aprendeu de novo? Tive a oportunidade de trabalhar na produção da novela Verdades Secretas e no programa Amor & Sexo, ambos da TV Globo. Esses dois produtos têm uma liberdade estética, uma ‘pegada’ de imagem e de moda muito legal. É diferente de fazer um editorial ou desfile, onde a roupa fala por si só. O figurino tem um compromisso maior com a narrativa. O look tem que enriquecer

a mensagem que está sendo transmitida – e não se sobressair a ela. Qual a diferença entre criar para a sua marca e fazer licenciamento? Ao fazer um licenciamento, aprendo com a empresa para a qual estou criando e ela comigo. É preciso entender o target dessa marca, saber para quem estamos falando e vendendo. Na Neon, por outro lado, tínhamos uma liberdade autoral muito grande, mesmo tendo que cumprir premissas comerciais. Também há liberdade em trabalhar para terceiros de forma independente. Procuro olhar sempre pelo melhor viés de cada oportunidade. Em um licenciamento, como você traduz o DNA da empresa nas suas criações? É preciso ter respeito e carinho pela marca. Se você tentar sobrepor a sua linguagem, o resultado não vai ser bom. Sempre que vou atender uma empresa, investigo para entender com quem estou trabalhando. Sobre o meu repertório eu já tenho domínio. E é aí que vem a mágica da adaptação. Quem tem uma visão autoral do trabalho pode ter dificuldade. Eu, ao contrário, acho que a beleza está nisso. Consigo fazer um produto superintegrado ao que a empresa precisa e mesmo assim, com a minha personalidade. Quais são as suas inspirações? É preciso estar atento a tudo. É como ter uma parabólica para comportamento,


FOTOS MARCIO MADEIRA (DESFILE NEON) | DUDU BERTHOLINI NO SPFW E FERNANDA LIMA E DUDU (REPRODUÇÃO INSTAGRAM) | DUDU E CARLA WOLFF (VANESSA CARVALHO/ BRAZIL PHOTO PRESS) | RETRATO DUDU, CAMPANHA MORENA ROSA E LENÇO ESTAMPADO (DIVULGAÇÃO) | VERDADES SECRETAS (GLOBO/ZÉ PAULO CARDEAL) | AMOR & SEXO (GLOBO/RENATO ROCHA MIRANDA)

economia, história, música, política... A moda é um espelho do mundo à nossa volta. É possível absorver inspirações da natureza, de pessoas que estão na rua, de uma música ou ritmo que te estimule. É lindo! Qual é a importância da identidade na moda brasileira? As marcas internacionais têm muito a nos ensinar sobre isso. A Chanel não quer ser a Prada. A Prada não quer ser a Versace. Cada uma que ser a melhor versão do que já é. Isso é identidade, que, para mim, é o que protege as marcas hoje em dia. Por exemplo, camiseta branca todo mundo faz. E por que você quer a camiseta de uma marca, e não da outra? Existe um marketing por trás disso. As marcas nacionais precisam parar de comparar e entender o que faz a nossa identidade ser única. O alto valor do dólar e do euro oferece oportunidades incríveis para as marcas nacionais se destacarem. Pare de olhar para o que você não tem, observe o que tem e perceba que é desse limão que você vai fazer uma limonada. Que conselhos você daria para um estilista em início de carreira? Pode parecer clichê, mas acredite na sua personalidade e em quem você é. Jovens estilistas costumam reclamar da falta de recursos, mas é nesse momento que as oportunidades surgem. É um canvas em branco em que você tem a chance de apostar no que quiser. Quando você é jovem, tem liberdade para explodir, criar. Não é o momento de se lamentar. As boas ideias não são as caras. Quem são os seus estilistas preferidos? Meu grande ídolo é o francês Yves Saint Laurent (1936-2008). Também gosto muito dos japoneses Kenzo (Takada) e Issey Miyake. Chanel, para mim, é uma grande escola de estilo do século XX. No Brasil, Alexandre Herchcovitch, Carô Gold e Pitty Taliani, da Amapô, Lino Villaventura... Que mensagem quer transmitir? Sou democrático! Quero que a minha mensagem chegue aos lugares mais difíceis. A real comunicação não está pautada em uma diferenciação de público, e sim em um aspecto humano e emocional. Tento sempre falar com clareza. Não quero usar códigos que só eu entendo ou achar que sou melhor porque só eu entendo. O carão é só na foto. Muito mais do que pensar em como vou me comunicar com a classe C, por exemplo, penso que a minha mensagem tem que ser positiva. Quero falar de gênero, aceitação, inclusão. Disso todo mundo entende, independentemente de classe ou religião.

À esquerda, Dudu Bertholini e Fernanda Lima nos bastidores do programa Amor & Sexo. Acima, com o elenco de Verdades Secretas. Abaixo, ao lado da empresária Carla Wolff, da Dreamakers, na final do concurso Fashion Film, do qual foi curador

A MODA É UM ESPELHO DO MUNDO À NOSSA VOLTA. TUDO É REFERÊNCIA DUDU BERTHOLINI, COMUNICADOR DE MODA

À esquerda, Dudu na bancada do Amor & Sexo. Acima, no SPFW. Ao lado, abaixo, look da coleção do estilista para a marca Morena Rosa. Abaixo, lenço do portfólio do expert. O desenho é do artista Leandro Dário

www.manequim.com.br

17


NOSSA CAPA

TICIANE PINHEIRO & RAFAELLA JUSTUS

TERNURA EM

DOSE DUPLA Ticiane é uma das apresentadoras mais carismáticas da TV. Rafinha segue a espontaneidade da mãe. Juntas, elas formam uma encantadora dupla fashionista e, neste ensaio, revelam uma grande sintonia, tanto em personalidade quanto em estilo FOTOS MARTÍN GURFEIN EDIÇÃO DE MODA LALÁ NAVARRO TEXTO MARCELA RODRIGUES

Q

uem observa Ticiane Pinheiro no auge da carreira pouco

preservá-la de trabalhos artísticos para que ela aproveite ao máximo

se lembra que ela começou tão cedo no universo artísti-

cada fase da infância”, conta.

co. De 1985 a 1991, apresentou o TV Criança, na Band e, em se-

DE PRINCESA A MOCINHA Tici também fica atenta aos looks da

guida, integrou o time do Balão Mágico. Foi modelo internacional e

menina, outro assunto comentado por fãs e tema recorrente na mídia

também alçou voos como atriz – ela estreou em Kananga do Japão

– Rafinha já chegou a ser chamada de Suri Cruise brasileira, em refe-

(1989) e fez participações especiais em atrações icônicas como o

rência à filha fashionista dos atores Tom Cruise e Katie Holmes!

Sítio do Picapau Amarelo (2002), da Rede Globo, e Prova de Amor

“Deixar a criança escolher tudo sozinha pode render combinações

(2005), da Record. “Adoro ser eu mesma e não me canso do conta-

curiosas. Gosto que ela esteja sempre bem-vestida e de acordo com

to com o público”, diz. Mas, claro, é impossível não associá-la ao

a idade. Eu ou a Marlene, babá da Rafa, que tem ótimo gosto, esco-

papel de filha de Helô Pinheiro, nossa eterna Garota de Ipanema.

lhemos. É um momento gostoso”, conta. “Rafinha já deixou para

Porém, Tici não está onde está à toa. Formada em jornalismo e ci-

trás os vestidos de princesa. O guarda-roupa dela está com cores

nema, ela correu atrás de cada projeto de que participou nos últi-

mais fortes e estampas divertidas. Uma mocinha!”, completa.

mos dez anos na Record. Lá, foi apresentadora do Programa da

MAIS MADURA Aos 39 anos, Tici também mudou e amadureceu o

Tarde até julho de 2015, quando passou a integrar o programa Hoje

visual. No lugar das saias curtíssimas, brilho e peças coladas ao cor-

em Dia ao lado dos colegas César Filho, Ana Hickmann e Renata

po, agora ela investe em comprimentos até os joelhos e silhuetas

Alves – time queridinho da emissora, aliás.

menos sexy. Mas a feminilidade continua. “No programa, me dou a

MÃE DA RAFINHA Mas o melhor papel de Tici é o de mãe da Rafi-

liberdade de experimentar e presto atenção ao retorno do público,

nha, como é carinhosamente conhecida Rafaella, 6 anos, fruto do

que é muito ligado no figurino e gosta de comentar”, diz. Para agra-

casamento com o empresário Roberto Justus. Carismática e fashio-

dar as telespectadoras, Tici usa looks que deixam as pernas de fora.

nista como a mãe, a menina é a sensação dos paparazzi: posa e

“A Record fez uma pesquisa e descobriu que o público prefere que

manda beijos esbanjando simpatia. “É na educação que incentiva-

eu use saias e vestidos. Amei saber disso!”, comemora. Neste en-

mos o lado artístico dela. Rafa ama cantar, dançar, tocar bateria... e

saio, Ticiane e Rafaella mostram produções que transmitem todo o

detesta faltar à aula de música. Roberto e eu temos um acordo de

charme e sintonia de um momento feliz entre mãe e filha.

18

www.manequim.com.br


RAFA E EU ADORAMOS ESCOLHER NOSSAS ROUPAS JUNTAS. TEMOS MUITA SINTONIA TICIANE PINHEIRO, APRESENTADORA


TARDE DAS MENINAS

A camisa com gola laço é uma das peças mais femininas e versáteis do guarda-roupa. Coordene com uma saia godê e conquiste um look ultrafeminino. “Adorei o efeito mulherzinha”, diz a apresentadora. Rafinha escolheu um modelo de formas simples, caimento solto e estampa tropical. “É um vestido confortável e arrumadinho. Perfeito para um passeio”, comenta Tici. RAFAELLA USA VESTIDO Green (R$ 124), PULSEIRA acervo pessoal, SAPATILHAS Bibi (R$ 145) TICIANE USA CAMISA (R$ 1.220) e SAIA (R$ 1.710) Fátima Scofield, ESCARPINS Zeferino (R$ 848)

VESTIDO 223

SAIA

tam. 8 anos

★★★

★★★

222

tam. 44/46/48


COURO É CURINGA

No armário de Ticiane há um mix de elementos clássicos e atuais, elegantes e sexy. “Vestido de couro nunca sai de moda e é sempre bacana ter essa peça curinga no armário”, diz. O visual P&B garante um ar chique e moderno, que vai do jantar à balada. VESTIDO Dress & Co. (R$ 798), BRINCOS Le Diamond (R$ 210), ESCARPINS Corello (R$ 259)

VESTIDO 226

★★★

tam. 42

A RAFA ESTÁ DEIXANDO OS LOOKS DE BONECA PARA TRÁS. O GUARDA-ROUPA ESTÁ MAIS COLORIDO TICIANE PINHEIRO, APRESENTADORA

www.manequim.com.br

21


ALÉM DE ESTAR NA MODA, O COMPRIMENTO ATÉ OS JOELHOS É ELEGANTE E FEMININO. AMO! TICIANE PINHEIRO, APRESENTADORA

ALGO A MAIS

Mostrar os ombros – ou apenas um deles – é um recurso fashion certeiro. A saia com transparência, que rende um efeito plissado, segue a mesma proposta ao brincar com o jogo de esconde e mostra. “O look ficou com uma cara invernal. É ótimo para noites mais fresquinhas”, diz Ticiane. BLUSA Tigresse (R$ 390), SAIA Tommy Hilfiger (R$ 3.599), BRINCOS Letícia Sarabia (R$ 450), SANDÁLIAS Jorge Alex (R$ 270)

BLUSA

SAIA

★★★

★★★

224

tam. 38

22 www.manequim.com.br

225

tam. 38


PARCERIA ALTO-ASTRAL Ticiane é fã de cores fortes e estampas clássicas, como listras. “É elegante sem deixar de ser jovial e atual”, diz ela. “A modelagem justa e o comprimento nos joelhos delineiam o corpo de maneira chique”, completa. Já Rafaella, aos 6 anos, acaba de entrar na fase “mocinha”. “Ela passou da época dos vestidos de boneca. As roupas estão mais coloridas, confortáveis e divertidas”, diz Ticiane. RAFAELLA USA VESTIDO Tyrol (R$ 330), PULSEIRA e BRINCOS acervo pessoal, SAPATILHAS Bibi(R$ 145) TICIANE USA VESTIDO Maracujá (R$ 1.089), BRINCOS Maria Dolores (R$ 699), SANDÁLIAS Divalesi (R$ 270)

VESTIDO 221

★★★

tam. 6 anos

VESTIDO 220

★★★★

tam. 40

STYLING Mariana Gama e Tâmara Guzman BELEZA Junior Mendes


TECIDOS DO

INVERNO Muda a temperatura, mudam as texturas e matérias-primas. Nos próximos meses, elas não vão deixar a sua produção passar despercebida

FOTOS ROGÉRIO PALLATTA EDIÇÃO DE MODA LALÁ NAVARRO TEXTO MARCELA RODRIGUES

O ACABAMENTO CREPONADO CONFERE À MALHA UMA TEXTURA METALIZADA SEM SUBTRAIR SEU CONFORTO. ATÉ ENTÃO COM STATUS DE CASUAL, ESSE TECIDO GANHA UMA DOSE DE SOFISTICAÇÃO E VAI DO DIA À NOITE. O CAIMENTO CONTINUA MOLENGO E, POR ISSO, É IDEAL PARA MODELAGENS PRÓXIMAS AO CORPO, MAS NÃO TÃO COLADAS.

VESTIDO 230

★★★

tam. 40

Como o material já tem impacto por si só, invista em modelos que revelam a pele de uma maneira refinada, como o vestido de comprimento até os joelhos, mangas e recorte no colo – que faz toda a diferença. Aposte no tom grafite, que garante uma atmosfera contemporânea à produção. VESTIDO Regina Salomão (R$ 484), BRINCOS (R$ 111) e PULSEIRA (R$ 143) Exia Acessórios AMPULHETA

24

www.manequim.com.br


POPULAR NOS ANOS 1980, ESSA VERSÃO MAIS FINA E BRILHANTE, NÃO À TOA, TEM O PODER DE SOFISTICAR ATÉ A PEÇA MAIS SIMPLES. O SEU CAIMENTO RESSALTA O MOVIMENTO DE MODELAGENS SOLTAS, COMO VESTIDOS LÂNGUIDOS E TOPS MINIMALISTAS.

VESTIDO 229

★★★

tam. 42

Atenção: evite o uso de secadoras, que podem encolher a peça. Prefira secá-la pendurada em local arejado e fresco.

O efeito brilhante ressalta o movimento de peças delicadas e fluidas, como o slip dress. O veludo remete à tendência vitoriana, que promete bombar neste inverno. Reforce a ideia apostando em cores sóbrias e refinadas, como azulmarinho, chumbo e preto. VESTIDO Carol Arbex (R$ 592), MEIAS Lupo (R$ 12), BOTAS Bottero (R$ 265) PERA


DE TOQUE AVELUDADO E CAIMENTO PESADO, O TECIDO FAZ REFERÊNCIA À ESTÉTICA DOS ANOS 1970 E É UM ÍCONE DO ESTILO BOHO. VERSÁTIL, SE ADAPTA BEM A OUTRAS TENDÊNCIAS DO OUTONO/INVERNO, COMO O MILITAR. APOSTE NOS TONS QUEIMADOS, COM0 VINHO E CARAMELO.

JAQUETA 233

CALÇA

tam. 38/40/ 42/44/46/48

★★★

★★★

Cuidado: guarde sua peça pendurada em uma capa de TNT. Dobrada ela pode ganhar marcas semelhantes a manchas.

234

tam. 40

A camurça é perfeita para dar movimento às franjas, outro hit da temporada e que resgata o melhor do boho chique. O tecido harmoniza bem, inclusive, com outros materiais pesados, caso do veludo cotelê da calça. Juntos, potencializam o espírito setentinha da produção. JAQUETA Carol Arbex (R$ 702), BLUSA Florinda (R$ 136), CALÇA Memove (R$ 120), COLAR Ivana Salume (R$ 538), CINTO Rosana Mattua (R$ 229), BOLSA Forum (R$ 949), BOTAS Bottero (R$ 340) OVAL


“MAIS CONHECIDA COMO PELO FAKE, A PELÚCIA É PRODUZIDA COM FILAMENTOS SINTÉTICOS E CONSTRUÇÃO DE MALHA. OU SEJA, É SEMELHANTE A QUALQUER TIPO DE PELE NATURAL E NÃO DEIXA DE AQUECER”, EXPLICA TAÍS REMUNHÃO, PROFESSORA DE TECNOLOGIA TÊXTIL DO CURSO DE MODA DA FACULDADE SANTA MARCELINA.

COLETE

SAIA

★★★

★★★

231

tam. 38

Atenção: evite lavar peças de pelúcia – se necessário, limpe as manchas com um pano úmido. Não passe: o calor do ferro pode deformar a roupa. Dobrar também não é indicado, pois cria vincos.

232

tam. 38

O colete de pelúcia coloca o look em sintonia com o inverno instantaneamente. Atemporal e versátil, a peça leva o material a uma noite de meia-estação ou a uma tarde mais fria. Com um tênis casual, a produção fica supercool. Se a ideia é um look sofisticado, arremate com um sapato sexy. Aposte no off-white e nos tons neutros, como caramelo e marrom. COLETE Nem (R$ 638), SAIA Regina Salomão (R$ 431), PULSEIRAS Marco Apollonio (R$ 380, cada uma), TÊNIS Converse (R$ 360) TRIÂNGULO INVERTIDO

www.manequim.com.br

27


QUERIDINHO DAS ADEPTAS DO ESTILO ESPORTIVO, O TECIDO SURGIU HÁ ALGUMAS ESTAÇÕES E, AGORA, RENASCE VERSÁTIL. COM ESPESSURA MAIS FINA, PROTAGONIZA PEÇAS CASUAIS E ATÉ CLÁSSICAS, COMO BLAZERS E CALÇAS. “FLEXÍVEL E COM ÓTIMA PROTEÇÃO TÉRMICA, O NEOPRENE É IDEAL PARA PRODUZIR ROUPAS CONFORTÁVEIS E RESISTENTES”, DIZ TAÍS REMUNHÃO.

O novo neoprene favorece o caimento da modelagem do blazer acinturado e da calça flare. O resultado é uma silhueta delineada e feminina. O conforto é outra característica do material. Para neutralizar a pegada esportiva, aposte em um calçado poderoso e urbano. BLAZER (R$ 588) e CALÇA (R$ 528) Nem, BRINCOS Ivana Salume (R$ 83), SANDÁLIAS Anzetutto (R$ 336) OVAL

BLAZER 236

★★★

tam. 44

MODELO Karine Louback (Allure Agency) BELEZA Bruno Miranda (Capa MGT) com produtos NARS ASSISTENTE DE BELEZA Luiz Martires

28

www.manequim.com.br


NEM SÓ DE MATERIAIS PESADOS SE FAZ UMA TEMPORADA DE INVERNO. PRINCIPALMENTE NO BRASIL, QUE É UM PAÍS TROPICAL! A MUSSELINE DE SEDA, COM TOQUE DELICADO E FRESCO, GARANTE ELEGÂNCIA E FEMINILIDADE NO DIA A DIA.

BLUSA 235

★★

tam. 46

A blusa com gola laço é charmosa e ganha um ar invernal no tom marsala. Já a saia mídi, com seu acabamento fluido, quebra a sisudez da paisagem amena do outono. BLUSA Spezzato (R$ 419), SAIA Tufi Duek (R$ 1.290), BRINCOS Le Diamond (R$ 240), CINTO Rosana Mattua (R$ 198), BOLSA Birô (R$ 140) RETÂNGULO


NESSE DIA TÃO ESPECIAL, BELEZA, SEGURANÇA E CONFORTO SÃO FUNDAMENTAIS. POR ISSO, A ESCOLHA DO VESTIDO DEVE SER BASEADA NOS MODELOS, TECIDOS E APLICAÇÕES QUE MAIS VALORIZAM O SEU TIPO FÍSICO.

CELEBRE O

Fluido e sofisticado, esse vestido com brilho discreto circula em casamentos diurnos e noturnos. “Com aspecto retrô das décadas de 1920 e 1930, ele é indicado para noivas românticas”, diz a consultora de moda Julia Manhães. VESTIDO Maria Cereja (R$ 7.200), BRINCOS (R$ 980) e PULSEIRA (R$ 980) Casa Vasconcellos, BUQUÊ Pó de Arroz (preço sob consulta) RETÂNGULO

Regrinhas de estilo norteiam a escolha dos trajes e garantem a elegância de todos que participam desse momento romântico e inesquecível FOTOS ROGÉRIO PALLATTA EDIÇÃO DE MODA LALÁ NAVARRO TEXTO JULIANA CAZARINE

VESTIDO 245

★★★

tam. 42


NOIVO

CLÁSSICO, O TERNO É O TRAJE MAIS INDICADO PARA CASAMENTOS. O NOIVO TAMBÉM PODE OPTAR POR MEIO FRAQUE E SMOKING, DE ACORDO COM A FORMALIDADE DA CERIMÔNIA.

DAMINHA

O VESTIDO DA CRIANÇA NÃO PRECISA SER IGUAL AO DA NOIVA, MAS OS DOIS LOOKS DEVEM POSSUIR ELEMENTOS HARMÔNICOS, COMO BORDADOS OU APLICAÇÕES.

CONFORTO É PRIORIDADE VESTIDO 239

★★★

tam. 8

Dê preferência a tecidos de fibras naturais, que favorecem os movimentos e têm toque macio. Detalhes coloridos são bem-vindos! VESTIDO (R$ 780) e SAPATOS (R$ 170) Maria Cereja, PENTE Casa Vasconcellos (R$ 1.970), BUQUÊ Dressing (R$ 260, o aluguel)

PALETÓ 240

★★★★

tam. 44

CALÇA 241

★★★★

tam. 40

APOSTE NA ESTAMPA

A risca de giz fica linda em ternos de tons escuros – preto, cinza-chumbo e azul-marinho –, que são indicados para cerimônias realizadas no período noturno. TERNO (R$ 300), CAMISA (R$ 40) e GRAVATA (R$ 40) Camisaria Colombo, SAPATOS Jorge Alex (R$ 240)

PAJEM

O TERNO PODE ACOMPANHAR O DO NOIVO, MAS NÃO TEM QUE SER IDÊNTICO. O MODELO COM BERMUDA PROPORCIONA MAIS LIBERDADE E CONFORTO PARA OS MENINOS.

CORES E HORÁRIOS BLAZER 242

★★★

tam. 6 anos

BERMUDA 243

★★★

tam. 6 anos

A cor do traje deve ser escolhida de acordo com o horário e o estilo da cerimônia. O preto vai bem à noite. Cuidado ao apertar a gravata para não incomodar a criança.

BLAZER (R$ 290), CAMISA (R$ 119), GRAVATA (R$ 49), BERMUDA (R$ 135) e SAPATOS (R$ 185) Black Tie

ACESSÓRIOS JOIAS ANÉIS ADICIONAM Pandora ELEGÂNCIA (R$ 345, AO LOOK cada um) DA NOIVA. ESCOLHA AS SUAS DE ACORDO COM O MODELO E A POSIÇÃO DOS DETALHES PULSEIRA NO VESTIDO. Kalu Joias

PENTE Casa Vasconcellos (R$ 1.340)

CLUTCH Birô (R$ 270)

ANEL Pandora (R$ 325)

(R$ 1.080)

www.manequim.com.br

31


GERALMENTE, É A NOIVA QUEM DECIDE DETALHES COMO A COR OU O MODELO DO VESTIDO DAS MADRINHAS. SE ELA NÃO PREDETERMINAR, É DE BOM TOM QUE SEJA INFORMADA SOBRE A ESCOLHA. ATENÇÃO: NO ALTAR, ESQUEÇA O BRANCO E O PRETO.

NOITE

O cetim sob o tule tem brilho discreto e elegante. A modelagem semi sereia é sensual na medida certa, pois modela o corpo sem marcar. “Mas quem tem quadril largo deve evitá-la porque aumenta essa região”, aconselha Julia Manhães. VESTIDO Dressing (R$ 3.540), ARRANJO Sabrina Chapéus (R$ 120, o aluguel), BRINCOS Casa Vasconcellos (R$ 3.500), PULSEIRA Marco Apollonio (R$ 780) AMPULHETA

VESTIDO 244

★★★★ tam. 40

DIA

Paetês também são bem-vindos durante o dia. Equilibre o brilho das aplicações com tecidos opacos e nobres, como a ocasião exige. Vestidos curtos também podem ser opções para a noite, desde que o dresscode da cerimônia permita.

VESTIDO Barbara Bela (R$ 8.950), BRINCOS Marco Apollonio (R$ 380), PULSEIRA Kalu Joias (R$ 950), SANDÁLIAS Anzetutto (R$ 290) TRIÂNGULO INVERTIDO

32

www.manequim.com.br


O HORÁRIO E O LOCAL DA CERIMÔNIA DETERMINAM A ELEIÇÃO DA ROUPA IDEAL. INDEPENDENTEMENTE DESSES FATORES, PEÇAS MUITO JUSTAS OU CURTAS, DECOTES PROFUNDOS E TONS COMO OFF-WHITE E BRANCO DEVEM SER EVITADOS.

DIA

“O brilho não é restrito às madrinhas e à noiva. Com cuidado, as convidadas também podem aderir”, explica a consultora de moda. Aqui, aplicado em uma camisa de tom sóbrio, garante sofisticação ao look.

BLUSA (R$ 699) e SAIA (R$ 599) Black Tie, CINTO Monica Di Creddo (R$ 390), PULSEIRA Kalu Joias (R$ 980), ANÉIS com pedra azul Pandora (R$ 325), finos e largos de ouro branco e brilhantes (preço sob consulta) Casa Vasconcellos, SANDÁLIAS Anzetutto (R$ 348) PERA

BLUSA 237

★★★ tam. 44

NOITE

O paetê é uma alternativa aos tradicionais modelos de renda. Em um look monocromático, ele transborda elegância. VESTIDO Dressing (R$ 880), BRINCOS Marco Apollonio (R$ 520), PULSEIRA (R$ 1.080) e ANEL (R$ 499) Kalu Joias, SANDÁLIAS Divalesi (R$ 260) RETÂNGULO

VESTIDO 238

★★★ tam. 38

MODELOS Lisa Bruning (Mega Model), Larissa Novak e Thatiana Moretti (Joy Model) BELEZA Kiko de Lima (First)


MIX DE TEXTURAS “MUITAS MULHERES NÃO GOSTAM DE MOSTRAR O BRAÇO. SE VOCÊ É UMA DELAS, SAIBA QUE USAR TRANSPARÊNCIA É UM TRUQUE QUE TRAZ UM AR MAIS SENSUAL”, DIZ DANI BONANI. PARA ARRASAR À NOITE, APOSTE NO CINTO LARGO E ARREMATE O VISUAL COM SALTO. MACACÃO Julia Plus (R$ 299), COLAR Arf Folheados (R$ 13), CINTO Rosana Mattua (R$ 215), ANÉIS Balonè (R$ 39, conjunto com cinco), BOLSA Birô (R$ 140)

MACACÃO 246

★★★ tam. 54

TENDÊNCIAS PLUS SIZE A blogueira e consultora de moda Dani Bonani desfila looks incríveis e dá dicas para usar franjas, transparências, estampas e recortes a seu favor FOTOS ROGÉRIO PALLATTA EDIÇÃO DE MODA LALÁ NAVARRO TEXTO CAMILA SUARES


OMBROS À MOSTRA O RECORTE NO BRAÇO CONFERE LEVEZA AO VESTIDO FECHADO E AS LISTRAS VERTICAIS ALONGAM O CORPO VISUALMENTE. “EVITE LISTRAS GROSSAS E MUITO JUNTAS, ELAS CRIAM O EFEITO CONTRÁRIO”, AFIRMA DANI. A BOLSA COM ESTAMPA ANIMAL GARANTE UM TOQUE MODERNO À PRODUÇÃO. VESTIDO Julia Plus (R$ 230), BRINCOS C&A (R$ 40), BRACELETE Flowes Bijoux (R$ 15), BOLSA Birô (R$ 180), ESCARPINS Bebecê (R$ 128)

VESTIDO 247

★★★ tam. 52

www.manequim.com.br

35


ESTAMPAS “AS ESTAMPAS DÃO BOSSA A UMA PRODUÇÃO QUE PODERIA SER SEM GRAÇA”, DIZ DANI BONANI. O LAÇO DA CAMISA DEIXA O LOOK ROMÂNTICO. AQUI, DOIS TRUQUES IMPORTANTES: A CINTURA ALTA, QUE AJUDA A SEGURAR A BARRIGUINHA NO LUGAR, E A BARRA DA CALÇA DOBRADA, QUE, SE USADA COM SALTO, ALONGA A SILHUETA. CAMISA Seiki (R$ 180), CALÇA Elegance (R$ 232), BRINCOS Hector Albertazzi (R$ 531), ANEL Diferenza (R$ 462), CINTO C&A (R$ 40), CLUTCH Julia Plus (preço sob consulta), ESCARPINS Jorge Alex (R$ 150)

CAMISA 250

★★★ tam. 50

36

www.manequim.com.br


ESCONDE E MOSTRA JUNTOS, RENDA E COURO COMPÕEM UM LOOK SEXY E REMETEM À ESTÉTICA FETICHISTA. O QUIMONO TRANSPARENTE COBRE LEVEMENTE A PELE SEM PESAR. “AS FRANJAS, ALÉM DE ATUAIS, TRAZEM MOVIMENTO”, COMENTA DANI. AO FAZER MIX DE TECIDOS, CONFIRA SE OS CAIMENTOS ESTÃO EM SINTONIA. QUIMONO Jes Couture (R$ 340), BLUSA Julia Plus (R$ 99), SAIA Elegance (R$ 276), BRINCOS Cosmopolitan by Nádia Gimenes (R$ 173), COLAR Diferenza (R$ 568), ANÉIS dourado Balonè (R$ 39, conjunto com três) e de pedra verde Amaro (R$ 20), SANDÁLIAS Carmen Steffens (R$ 400)

QUIMONO

SAIA

★ tam. 48/50/ 52/54/56/58

★★★ tam. 50

248

249

www.manequim.com.br

37


BOHO CHIC “O LEGAL DA ESTAMPA LOCALIZADA É QUE ELA PERMITE QUE VOCÊ COLOQUE COR NOS COMPLEMENTOS, COMO O CARDIGÃ QUE SEGUE UMA DAS CORES DO DESENHO”, AFIRMA A CONSULTORA. A SANDÁLIA COM FRANJAS É TENDÊNCIA E TORNA O LOOK MAIS CHARMOSO. CARDIGÃ Melinde (R$ 125), VESTIDO Julia Plus (R$ 160), PULSEIRAS trançadas com cristais Tófano (R$ 117, cada uma), dourada e de acrílico preta Cosmopolitan by Nádia Gimenes (R$ 373, conjunto com cinco), SANDÁLIAS Bebecê (R$ 170)

VESTIDO

CARDIGÃ

★★ tam. 48/50/ 52/54/56/58

★ tam. 50

252

251

BELEZA Rafael Capello (Amuse-Ment) com produtos Nars e Lowel

38

www.manequim.com.br


RECEBA COM ESTILO

SOTAQUE DELICIOSO

LULA À MODA DA MALCRIA DA

Aproveite nossa seleção de receitas tradicionais portuguesas para surpreender a família no Dia das Mães BACALHAU À GOMES DE SÁ

LULA À MODA DA MALCRIADA 500 g de lula | 1 colher (chá) de alho picado | 2 colheres (sopa) de bacon picado | 2 xícaras de arroz cozido | 1/2 xícara de azeite | 1 xícara de brócolis triturado | sal, salsinha picada e gotas de suco de limão a gosto Grelhe a lula e, em seguida, coloque na frigideira o alho, a salsinha, o azeite e o limão. Tempere com sal a gosto e reserve. Em uma frigideira, coloque o arroz, os brócolis triturados, azeite e sal a gosto. Rende 4 porções.

SARDINHAS AO ZÉ DO PIPO

BACALHAU À GOMES DE SÁ 400 g de bacalhau | 2 cebolas médias | sal a gosto | 50 ml de azeite | 1 colher (chá) de alho | 1 folha de louro | 3 batatas grandes | pimenta-calabresa a gosto | 10 unidades de azeitonas pretas | 2 ovos cozidos | 1 pitada de sal O bacalhau precisa ficar de molho por mais ou menos dois dias, trocando de água três vezes ao dia. Depois cozinhe e deixe esfriar. Quando o bacalhau já estiver morno, tire os espinhos e a pele. Reserve. Na água do cozimento, cozinhe as batatas com casca e cortadas ao meio, confira se a água está salgada o suficiente. Depois de cozidas, deixe esfriar e descasque. Corte quadrados pequenos e reserve. Agora faça um refogado com a cebola, o azeite, o alho, o louro e a pimenta até a cebola ficar murcha. Acrescente o bacalhau e misture bem. Cozinhe os ovos e pique a salsinha. Reserve. Faça a montagem em camadas. Primeiro as batatas, depois a cebolada com o bacalhau, batatas novamente e cebolada por último. Regue com azeite e leve ao forno para gratinar. Antes de servir, coloque o ovo cozido picado, salsa e azeitonas. Rende 4 porções. Receita do restaurante Ora Pois, em São Paulo, SP

40 www.manequim.com.br

3 latas de sardinha | 1 colher (sopa) de azeite | 3 dentes de alho | 1 cebola média | 1 colher (sopa) de cheiro-verde | 5 colheres (sopa) de maionese | 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado | 4 azeitonas pretas | 600 g de batata cozida e espremida | 1 xícara de leite | 1 colher e 1/2 (sopa) de manteiga | 1 colher e meia (chá) de sal Escorra as sardinhas com óleo, remova os espinhos e reserve. Em uma panela, aqueça em fogo médio o azeite e doure o alho, retire-o da panela e reserve. Refogue

a cebola até ficar transparente e acrescente as sardinhas. Misture e reserve. Purê: em uma panela, coloque as batatas espremidas, o leite, a manteiga e o sal, misture até ficar homogêneo e reserve. Preaqueça o forno em temperatura alta (200°C). Em um refratário, coloque o refogado de sardinha e o alho dourado. Em seguida, cubra com uma camada de maionese e o purê de batatas. Polvilhe com o queijo parmesão ralado e leve ao forno até dourar. Rende 4 porções. Receita da marca COQUEIRO

SAR DINHAS AO ZÉ DO PIPO

FOTOS SHUTTERSTOCK (QUINDIM) E DIVULGAÇÃO (BACALHAU, PASTEL DE NATA, LULA, SARDINHA, TORTA E VINHOS) | TEXTO CAMILA SUARES

Receita do restaurante Rancho Português, em São Paulo, SP


QUINDIM

TORTA DE AMÊNDOAS

QUINDIM 2 e 1/2 xícaras de açúcar | 1 e 1/2 xícara de água | 15 gemas peneiradas | 1 colher de sopa de manteiga sem sal | 1 pacote de coco seco ralado | 1 xícara de água quente para hidratar o coco | açúcar para polvilhar as forminhas Ferva o açúcar com água até obter uma calda em ponto de fio grosso. Junte a manteiga e deixe esfriar. Acrescente o coco previamente hidratado, as gemas peneiradas e misture bem. Deixe descansar por três horas, no mínimo. Distribua a mistura nas forminhas untadas e polvilhadas com açúcar e leve ao forno preaquecido, em banho-maria, em assadeira forrada com um pano. Desenforme os quindins mornos. Sirva frio ou gelado. Rende 20 porções. Receita da marca UNIÃO

TORTA DE AMÊNDOAS 1 e 1/2 xícara de farinha | 1/2 xícara de açúcar | 5 colheres (sopa) de manteiga | 1 ovo | 1 colher (chá) de fermento | 3 colheres (sopa) de leite RECHEIO 1 xícara e 1/2 de amêndoas | 1/2 xícara de açúcar | 6 colheres (sopa) de manteiga | 3 colheres (sopa) de leite | 1 pitada de sal Misture o açúcar, o ovo e a manteiga amolecida. Quando estiver homogêneo, acrescente o leite, a farinha e o fermento e misture sem bater. Unte a forma com manteiga e farinha, coloque a massa e leve ao forno preaquecido a 180 º C por 15 minutos. Para o recheio, coloque todos os ingredientes em uma panela, misture bem e leve ao fogo até levantar fervura, no total de cinco minutos. Coloque toda a mistura por cima da massa e volte ao forno até ficar bem caramelizado, o que deve levar 15 minutos. Rende 12 porções. Receita do blog Iguarias

PASTEL PASTEL DE NATA DE NATA 1/2 xícara de açúcar | 4 gemas | 1 litro de leite | 2 xícaras de farinha de trigo | 1 xícara de água | 1 e 1/2 xícara de manteiga | sal a gosto

Coloque a farinha em um recipiente fundo e tempere com sal. Faça um buraco no centro e misture a água, aos poucos, até que a massa fique homogênea e descole das mãos. Feito isso, deixe descansar por 30 minutos. Abra a massa, coloque a manteiga em cubos e amasse com o rolo. Repita o processo três vezes. Para fazer o creme, misture o açúcar, as gemas e o leite em uma panela e leve ao fogo médio por 15 minutos. Forre as forminhas com a massa e distribua o creme. Deixe assar no forno por 15 minutos a 250 ºC. Rende 10 porções. Receita do restaurante Rancho Português, em São Paulo, SP

as sugestões do chef Valdir Nunes O VINHO IDEAL Confira para harmonizar a bebida com a sua receita

VERDE

Com moderado teor alcoólico, e portanto menos calórico, o vinho verde é ótimo como aperitivo e combina com refeições leves como saladas, peixes e carnes brancas. Casal Garcia, Pão de Açúcar (R$ 50)

TINTO

BRANCO

Alandra Tinto, Sonda (R$ 43)

Periquita, Wine.com (R$ 49)

A principal característica deste vinho é a personalidade marcante. Encorpado, combina com carnes, massas e risotos.

Com boa acidez, acompanha perfeitamente peixes de sabor leve, saladas, queijos macios e frutos do mar.


CADERNO DE MOLDES Depois de escolher o modelo, siga as nossas instruções para encontrar, cortar e montar a sua roupa

QUAL É O SEU TAMANHO? O primeiro passo para fazer a roupa escolhida é saber qual é o seu manequim. Para isso, comece tirando as suas medidas. Você deve ficar em frente a um espelho ou pedir a ajuda de alguém para que a fita métrica fique retinha e não altere o resultado. Comece amarrando um barbante na cintura e siga as orientações do desenho ao lado. Confronte as medidas obtidas com as da tabela abaixo. Nunca faça comparações com as medidas do molde. Faça os ajustes necessários na peça.

TABELA FEMININA REALIZAÇÃO ROBERTO MARQUES

PP P M G GG EG EGG 36 38 40 42 44 46 48 50 52 54 56 58 60 62 82 86 90

94

98 102 106 110 114 118 122 126 130 134

66

70

74

78

82

88

92

96 100 104 108 112 116 120 124 128 132 136 140

86

90

94

G

G

98 102 106 110 114 118

40

41

42

43

44

45

46

47

48

49

50

51

52

34

35

36

37

38

39

39

40

40

41

53

54

55 56

53

26

26

27

28

30

32

34

36

38

39

40

41

42

43

11,5 11,5 12 12,5 13 13,5 14 14,5 15 15,5 16 16,5 17 17,5

Para medir corretamente o cavalo da calça, você precisa marcar a cintura com um barbante. Em seguida, sente-se com a coluna ereta e meça exatamente a distância entre a cintura e o apoio da cadeira.

A

A

F B

B

C

A | BUSTO | Passe a fita métrica ao redor da parte mais saliente do busto ou tórax e das costas, nas omoplatas. B | CINTURA | Envolva a cintura com a fita métrica. C | QUADRIS | Contorne a parte mais saliente, na altura das nádegas. D | COMPRIMENTO DA BLUSA | Meça a distância da parte mais alta do ombro, na base do pescoço, até a cintura. E | LARGURA DAS COSTAS | Esta medida só é importante para costas largas demais ou muito estreitas; com os braços cruzados na frente, meça, nas costas, a distância entre as axilas. F | LARGURA DO BRAÇO | Passe a fita ao redor da parte mais larga do braço. G | OMBRO | Meça, a partir da base do pescoço até o limite, a junção do braço. TAMANHOS MANEQUINS A. Busto B. Cintura C. Quadris D. Compr. blusa E. Larg. costas F. Larg. braço G. Ombro

D

COMO MEDIR O CAVALO

C

TABELA INFANTIL

m = meses a = anos MANEQUINS 3m 6m 46 48 A. Busto 47 48 B. Cintura 49 51 C. Quadris D. Compr. blusa 20 21 E. Larg. costas 15 16 F. Larg. braço 15 16 8 8 G. Ombro

9m 1a 2a 3a 4a 5a 6a 7a 8a

9a 10a 12a

50 52 54 56 58 61

64 67

70

73

76

78

49 50 51 52 53 54 55 56

57

58

59

60

53 55

57 59 61 64 67 70

73

76

79

82

23 25 27 28 30 31 32 33

35

36

37

38

17 18 20 21 22 23 24 25

26

27

28

30

17 19 19,5 20 20,5 21 21,5 22 22,5 23 23,5 25 8,5 8,5

9

9

9,5 9,5 10 10 10,5 10,5 11

COMO TIRAR MOLDES

1

Procure na folha de molde os números das peças do modelo que você escolheu. Eles podem estar na borda superior (riscados em preto), na inferior (riscados em vermelho), na lateral direita (riscados em verde) ou na lateral esquerda (riscados em azul). Assinale o número desejado com um círculo e, a partir daí, coloque uma régua na vertical sobre a folha. Percorra a extensão até encontrar o mesmo número dentro da folha. 42

www.manequim.com.br

2

Contorne o desenho de todas as partes da peça escolhida com uma caneta ou lápis de cor contrastante. Marque também todas as indicações internas, principalmente os números menores, que serão utilizados na montagem.

3

Copie cada peça e as indicações internas em um papel transparente. Se preferir, transfira os desenhos para um papel do tipo kraft. Outra opção é copiar os desenhos colocando o papel kraft sob um papel-carbono e, sobre eles, a folha de molde. Contorne os desenhos com um rolete.

11


COMO LER AS MARCAÇÕES INTERNAS

COMO CORTAR O TECIDO

ABERTURA O pequeno traço vertical interrompendo uma das extremidades indica o limite da abertura. AUMENTO DE MOLDE Seguindo a direção indicada pela seta, aumente a partir do ponto apoiando uma régua sobre a linha do molde. A medida em centímetros é dada na própria linha. BOTÃO + Círculo com uma cruz no centro, onde deverá ser preso o botão ou a pressão depois da prova. CASEADO Indica o lugar onde se deve fazer a casa do botão. DISTENDER Quer dizer esticar o tecido no trecho indicado com o ferro de passar. DOBRA DO TECIDO Indica que a peça não possui costura no meio. Deve-se dobrar o tecido, colocar essa linha sobre a dobra, riscar e cortar, obtendo uma peça inteira. EMBEBER Significa fazer uma suave diminuição antes da costura. FIO DO TECIDO Sempre paralelo à ourela do tecido, esse fio serve para orientar a posição da peça em relação ao tecido. FRANZIR Significa que aquele trecho deve ser reduzido.

DICAS

•Monte a entretela, se o modelo pedir. •Junte as peças, direito sobre direito, seguindo à risca a numeração de montagem. •Se você não é experiente, alinhave todas as peças antes de fazer a costura à máquina. •Após provar e costurar, faça piques, corte o excesso de tecido e chuleie. •Para que a sua roupa tenha um acabamento impecável, todas as costuras devem ser batidas a ferro, seja ao revirar a peça, avesso sobre avesso, seja para abrir a costura. •Sempre que revirar a peça para o avesso, prenda-a com alinhavos.

1

1

4 3

NÓ DE MONTAGEM São os pequenos números encontrados nos cantos das peças. Eles devem coincidir na costura. PEÇA DIVIDIDA Quando, na Folha de Moldes, a peça for dividida em duas ou mais partes, o molde estará cortado por uma linha reta com letras nas extremidades. Ao unir as letras iguais, você obterá uma peça inteira no papel. Tenha muito cuidado ao unir as peças, para evitar que elas fiquem tortas.

COMO FAZER A MONTAGEM

2

1

ALONGAMENTO DA MALHA OU TECIDO STRETCH

1

1

28

A A

28

B B

28a

Os modelos para malha ou tecido stretch nunca devem ser cortados em um tecido sem elasticidade ou com elasticidade menor do que a exigida no texto explicativo. Antes de cortar, faça um teste: para medir o alongamento, apoie uma régua ou fita métrica sobre uma mesa. Prenda a régua ou a fita métrica com fita adesiva sobre a mesa, para maior segurança.

A

B

A

B

Dobre o tecido no sentido do alongamento (na trama do tecido). Marque um trecho de 10 cm com alfinetes (seta 1).

1

28a

•A medida do comprimento varia conforme a peça. Para blazers, comece a partir do ombro, na base do pescoço, até o ponto desejado. Para saias e calças, estenda a fita na lateral da cintura até a altura desejada. As medidas das mangas variam de acordo com a peça. O melhor é fazer uma prova envolvendo o braço com o molde de papel e realizar os ajustes necessários. •Se você não tem muita prática com a costura, antes de cortar no tecido definitivo, faça uma prova em um forro para testar as marcações e fazer todos os ajustes necessários. •Caso alguma peça esteja dividida em duas ou mais partes na folha de molde, una todas as partes antes de cortar o tecido, formando uma peça inteira no papel.

OUR ELA

LINHA-GUIA Usada em tecidos listrados ou xadrez para orientar na montagem, de modo a fazer com que os motivos coincidam.

•Coloque as peças do molde sobre o avesso do tecido, baseando-se no plano de corte que está na receita. Prenda os moldes no tecido com alfinetes. •O contorno do molde corresponde à linha da costura. Portanto, deixe as seguintes folgas para as costuras: 2 cm nas laterais; de 1 a 1,5 cm nas cavas, no decote e nos recortes; 4 cm nas bainhas feitas à mão; e de 1 a 2 cm nas bainhas feitas à máquina. •Contorne cada desenho com giz de alfaiate. Faça dois riscos: um bem rente ao molde e outro com as folgas na costura, de acordo com as medidas acima. É nele que você vai cortar o tecido. •Corte as peças com o fio paralelo à ourela, que é a extremidade mais grossa do tecido.

2

1

Coloque o alfinete da direita no início da régua. Com a mão esquerda, estique a dobra ao máximo e veja onde parou (seta 2). Cada 1 cm acima de 10 cm representa 10% de elasticidade a mais (se o tecido chegou a 12 cm, diz-se que o percentual é igual a 20%). Antes do corte, deixe o tecido ou a malha “descansar” (para soltar a tensão dos fios da malha) por 12 horas sobre uma mesa, fazendo algumas dobras, no sentido do alongamento do tecido, como mostra a figura. www.manequim.com.br

43


AS EXPLICAÇÕES DE CADA MODELO

TECIDO – Crepe de seda (listrado e liso). METRAGEM – 1,20 m (listrado) e 1,10 m (liso), sempre com 1,40 m de largura. Modelo com 1,15 m de comprimento. MATERIAL – Um zíper invisível de 25 cm; 1,00 m x 1,40 m de crepe para forro; um par de bojos; 20 cm de entretela. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

CORTE Corte as peças nos diferentes tecidos e no forro (veja os Planos de Corte). Corte as peças, deixando a linha guia sobre o mesmo tipo de listra do tecido, de maneira que as listas coincidam durante a montagem. 1 - FRENTE SUPERIOR CENTRAL. 2 FRENTE SUPERIOR LATERAL. 7 - COSTAS INFERIORES – Corte cada peça duas vezes no tecido e no forro. 3 - INCRUSTAÇÃO DO DECOTE E ALÇAS. 4 - INCRUSTAÇÕES DA CAVA E ALÇA - Corte cada peça quatro vezes no tecido liso e duas vezes na entretela. 5 CÓS – Corte duas vezes no tecido e no forro. 6 - FRENTE INFERIOR – Corte uma vez tecido e no forro, formando peças inteiras.

PLANO DE CORTE

7

6a

7a

OURELA

OURELA

1 6

2

LISTRADO

1,40 M

OURELA

OURELA

5

4 4 3

LISO

1,40 M

5

FORRO

44

6

7

6a

7a

2

1,40 M

www.manequim.com.br

OURELA

OURELA

1

•Prenda a entretela no avesso das peças. •Feche as pences. •Prendendo o tecido e o forro, separadamente, junte as peças centrais e laterais superiores com uma costura. •Una as partes externas e internas das incrustações das cavas, direito sobre direito, com uma costura somente pelas bordas das alças. Revire as alças das cavas. •Prenda as incrustações das cavas nas bordas laterais das peças superiores, unindo as peças externas e internas, separadamente. •Faça a costura do centro da frente das incrustações do decote, unindo as peças externas e internas, separadamente. •Una as partes externas e internas das incrustações do centro da frente e do decote, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas do decote e das alças. Revire as peças. •Prenda as incrustações das cavas nas peças laterais superiores, unindo as partes externas e internas, separadamente. •Una as peças superiores externas e internas, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas laterais, prendendo as pontas das alças das incrustações das cavas no trecho indicado, depois de fazer o ajuste necessário na prova. •Costure os bojos pelo avesso das peças superiores internas, calculando a altura ideal na prova. •Costure o cós nas bordas das peças superiores, unindo as partes externas e internas, separadamente e prendendo as pontas das alças do decote, também depois de fazer o ajuste necessário na prova. •Prenda as bordas internas das incrustações do centro da frente e decote nas peças superiores centrais da frente e no cós, unindo as peças externas e internas separadamente. •Faça a costura central das costas inferiores de tecido e de forro, separadamente, entre as marcações das aberturas superiores e inferiores. •Em seguida, feche as laterais inferiores. Prenda o cós nas peças inferiores, sempre unindo tecido e forro, separadamente. Deixe uma abertura em uma das costuras laterais do forro. •Monte o zíper invisível na abertura superior das costas externas (veja no modelo 222). Costure o direito das bordas do forro pelo avesso das folgas do zíper. •Faça as costuras dos cantos da abertura inferior do tecido, unindo as bordas direito sobre direito. •Revire as folgas da abertura e a bainha inferior do tecido para o avesso.

HHHH

Requer prática

•Prenda as bordas do forro pelo direito das bordas das folgas da abertura e da bainha inferior do tecido. •Revire o forro para o avesso do tecido. Feche a abertura lateral.

221HHH VESTIDO 6 anos Folha 1 Peças de 12 a 20 Riscado com azul

TECIDO – Malha prene (estampado e liso). METRAGEM – 1 m (estampado) e 0,70 m (liso), sempre com 1,40 m de largura. Modelo com 67 cm de comprimento. O molde foi calculado para malha com 60% de alongamento. MATERIAL – Um zíper plástico separável de 55 cm; linha e agulha para malha. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

CORTE Copie o acabamento das costas e corte-o na malha. Corte as peças na malha estampada e lisa (veja os Planos de Corte). 12 - FRENTE SUPERIOR CENTRAL. 13 - FRENTE E COSTAS SUPERIORES LATERAL. 16 – MANGA. 20 - ACABAMENTO DA FRENTE –Corte cada peça duas vezes. 14 - COSTAS SUPERIORES CENTRAL. 15 - PALA DAS COSTAS – Corte cada peça uma vez, formando peças inteiras. 17 - FRENTE E COSTAS INFERIORES CENTRAL – Frente: corte duas vezes. Costas – Corte uma vez, formando uma peça inteira. 18 - FUNDO DO BOLSO. 19 - FRENTE E COSTAS INFERIORES LATERAL – Corte cada peça duas vezes, formando peças inteiras.

PLANO DE CORTE 14

20 17

17

12

OURELA

MONTAGEM

VESTIDO Tam. 40 Folha 1 Peças de 1 a 7 Riscado com preto

3

HHH

14

16

ESTAMPADA

1,40 M 19

15

13 18

LISA

1,40 M

DOBRA DO TECIDO

220

HHHH

É fácil

OURELAS

HH

É muito fácil

OURELA

H

MONTAGEM

•Franza todas as peças inferiores o suficiente para a montagem nas peças superiores. Junte as peças superiores e inferio-

Requer muita prática

res com uma costura. Vire as folgas das costuras sobre o avesso das peças superiores e prenda com pespontos rentes. •Vire a bainha inferior da pala para o avesso. Prenda a bainha com pespontos duplos. •Prenda o avesso da pala com alinhavos no direito do decote, ombros, cavas e laterais das costas. •Prenda o direito da borda da abertura do fundo do bolso pelo direito das bordas das aberturas laterais da frente central. Vinque os fundos dos bolsos, direito sobre direito. Una as bordas externas dos fundos dos bolsos com uma costura. •Prenda as peças laterais nas peças centrais da frente, deixando livres as aberturas dos bolsos. Com outra costura, prenda as peças laterais nas peças das costas. Vire as folgas das costuras sobre o avesso das peças laterais e prenda com pespontos rentes. •Junte frente e costas das peças e dos acabamentos, separadamente, com uma costura pelos ombros. •Prenda as bordas inferiores dos acabamentos nas bordas das bainhas inferiores da frente. •Alinhave o direito das folgas do zíper pelo direito das bordas do centro da frente. •Monte os acabamentos nas peças, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas do decote. Vire as folgas da costura sobre o avesso dos acabamentos e prenda com pespontos rentes. •Em seguida, costure o direito dos acabamentos pelo avesso das folgas do zíper. Revire os acabamentos para o avesso, vincando a bainha inferior. •Feche as laterais das mangas. Monte as mangas nas cavas. •Vire as bainhas inferiores das mangas para o avesso. Prenda todas as bainhas com pespontos duplos.

222

HHH

SAIA Tam. 44/46/48 Folha 1 Peças de 8 a 11 Tam. 44 riscado com Tam. 46 riscado com Tam. 48 riscado com em verde TECIDO – Cetim coenizado. METRAGEM – 2,60 m (tam. 4 4 /4 6 /4 8) com 1,50 m de largura.


45

OURELA

OURELA

45

9

9 8 45

45

45

45

11

11

TECIDO

1,50 M 11 11

A

10

OURELA

20

20

OURELA

20

10 20

FORRO

20 20

MONTAGEM

20

1,50 M

•Costure o direito de um dos fundos do bolso pelo direito das bordas das aberturas laterais da frente. Bata a costura a ferro, virando as folgas sobre o avesso do fundo do bolso e prenda com pespontos. •Una os fundos do bolso, dois a dois, direito sobre direito, com uma costura contornando as bordas.

223

HHH

VESTIDO 8 anos Folha 1 Peças de 21 a 24

CORTE Copie os acabamentos e corte-os na malha (veja o Plano de Corte). 21 - FRENTE. 23 - COSTAS – Corte cada peça uma vez, formando peças inteiras. 22 - PALA DO DECOTE – Corte duas vezes, formando peças inteiras. 24 MANGA – Corte duas vezes.

PLANO DE CORTE 24 21

23

23 23 21

22

22

1,50 M

MONTAGEM •Franza as bordas superiores das mangas o suficiente para a montagem no trecho marcado na pala. •Monte as mangas nas cavas da frente. •Franza a borda superior da frente no trecho marcado, o suficiente para a montagem na pala. •Junte as peças da pala, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas do decote. Vire as folgas da costura sobre o avesso da parte interna da pala e prenda com pespontos rentes. Revire a pala, avesso sobre avesso. •Costure o direito do acabamento pelo direito do decote das costas. •Monte as mangas nas cavas das costas, prendendo o direito do acabamento do decote pelo avesso da manga. •Prenda uma tira de elástico de 14 cm nas folgas do decote das costas. Vire o acabamento para o avesso das costas. Estique o decote e pesponte a 1,2 cm, sem prender o elástico, formando um passador. •Junte frente e costas com uma costura pelas laterais, a partir das bordas inferiores das mangas. •Una os acabamentos inferiores com uma costura pelas laterais, deixando livres as aberturas. •Monte os acabamentos nas peças, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas inferiores. Vire as folgas das costuras sobre o avesso dos acabamentos e prenda com pespontos rentes. Revire os acabamentos para o avesso. Prenda com pespontos. •Separe duas tiras de elástico 24 cm. Prenda as bordas menores dos elásticos nos lugares indicados pelo avesso das bainhas das mangas.

224

HHH

BLUSA Tam. 38 Folha 1 Peças de 25 a 29 Riscado com verde TECIDO – Crepe stretch. ME T R AGEM – 1 m com 1,50 m de largura. Modelo com 68 cm de comprimento. O molde foi calculado para tecido com 20% de alongamento na direção horizontal e 10% na direção vertical. MATERIAL – Onze botões de 1,2 cm; um zíper invisível de 25 cm; 30 cm de entretela. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

CORTE Copie os acabamentos. Corte-os no tecido e na entretela (veja os Planos de Corte). 25 - FRENTE. 26 - COSTAS. 28 – MANGA – Corte cada peça uma vez no tecido. 27 – GOLA. 29 - PUNHO – Corte cada peça vez no tecido e na entretela. A – ALÇA – Uma tira de 50 cm com 3 cm de largura. B – VIÉS DA ABERTURA – Uma tira de 20 cm com 3 cm de largura.

PLANO DE CORTE A

26

B 25

25

28

26 27

OURELA

8 45

TECIDO – Malha de algodão. METRAGEM – 1 m com 1,50 m de largura (modelo com 66 cm de comprimento). MATERIAL – 70 cm de elástico de 1 cm; linha e agulha para malha. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

•Vire as bainhas inferiores das mangas para o avesso e penda com pespontos, deixando livres os elásticos.

OURELA

PLANO DE CORTE

Riscado com vermelho

OURELA

CORTE Corte as peças no tecido e no forro (veja os Planos de Corte). 8 - FRENTE E COSTAS EXTERNAS – Frente: corte uma vez no tecido, formando uma peça inteira. Costas: corte duas vezes no tecido. 9. FUNDO DO BOLSO – Corte quatro vezes. 10 - FRENTE E COSTAS INTERNAS – Frente: corte uma vez no forro, formando uma peça inteira. Costas: corte duas vezes no forro. 11 - CÓS (FRENTE E COSTAS) - Frente: corte uma vez no tecido, no forro e na entretela, formando peças inteiras. Costas: corte duas vezes no tecido, no forro e na entretela. A – VIÉS DO CÓS – Uma tira no forro de 86 cm (tam. 44), 92 cm (tam. 46) e 94 cm (tam. 48) com 3 cm de largura.

•Faça a costura central das costas de tecido e de forro, separadamente, deixando livre a abertura superior. •Junte frente e costas com uma costura pelas laterais, deixando livres as aberturas dos bolsos nas peças externas. •Prenda a entretela no avesso das peças externas do cós. Junte frente e costas do cós pelas laterais, unindo as partes externas e internas, separadamente. •Arremate a borda inferior da parte interna do cós com a montagem do viés em rolotê (veja no modelo 235). •Junte as partes externas e internas do cós, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas superiores. Bata a costura a ferro, virando as folgas sobre o avesso do forro do cós e prenda com pespontos rentes. •Costure o direito da borda da parte externa do cós pelo direito da borda superior do tecido. •Alinhave o avesso da borda inferior da parte interna do cós pelo direito da borda superior do forro. •Faça a montagem do zíper invisível na abertura do centro das costas externas (veja no final do texto). Costure o direito das bordas internas do cós e do forro pelo avesso das folgas do zíper. •Revire as peças, avesso sobre avesso. Pesponte a frente e as costas, pelo direito, rente à costura de montagem do cós, prendendo a borda inferior da parte interna do cós no avesso. •Faça uma bainha de lenço nas bordas inferiores. ZÍPER INVISÍVEL – Una as peças com uma costura a 2 cm da marcação do trecho da abertura para a montagem do zíper. Abra as costuras com o ferro morno, vincando as folgas da abertura para o avesso sobre a linha de costura. Feche a abertura provisoriamente com alinhavos sobre a linha de costura (bordas vincadas), sem deixar que uma borda fique sobre a outra. Coloque o zíper fechado sobre a folga de tecido, no lado do avesso e a partir da borda superior, deixando o puxador do cursor virado para o lado de fora. Prenda o zíper com alinhavos somente sobre a folga de tecido. Adapte na máquina de costura a sapatilha especial para pregar zíper. Abra o zíper até o final. Inicie a montagem prendendo o zíper numa das laterais da abertura, da seguinte maneira: coloque os “dentes” do zíper no túnel esquerdo da sapatilha, costurando da borda superior até o cursor. Prenda o zíper na outra borda da abertura, colocando os “dentes”, desta vez, no túnel do lado direito da sapatilha. Substitua a sapatilha especial pela comum. Feche o zíper e costure as pontas inferiores, prendendo-as somente sobre a folga de tecido.

OURELA

Modelo com 95 cm de comprimento MATERIAL – Um zíper invisível de 25 cm; 10 cm de entretela; 2,00 m 1,50 m de cetim para forro. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

29

1,50 M

MONTAGEM •Prenda a entretela no avesso dos acabamentos, da gola e do punho. •Feche as pences. •Junte frente e costas com uma costura pelas laterais, sem fechar a abertura superior esquerda. •Una os acabamentos da frente e das costas com uma costura pelo ombro direito. •Monte os acabamentos nas peças, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas do decote, deixando livre o trecho de montagem da gola. Faça um pique nas folgas do decote, na direção dos números 2 e 3 de montagem. •Vire as folgas do decote sobre o avesso dos acabamentos bata a ferro e prenda com pespontos rentes. Revire os acabamentos para o avesso. •Prepare a tira das alças, conforme a explicação de alça de rolo. Separe a tira em quatro tiras iguais. •Vinque a gola, direito sobre direito. Una as bordas da gola com uma costura, prendendo as alcinhas nos lugares indicados na borda do transpasse esquerdo da gola, sem www.manequim.com.br

45


MONTAGEM •Feche as pences. •Junte frente e costas do babado inferior e das peças da pala interna com uma costu46

www.manequim.com.br

42

44 44

43 43

42

40

39

OURELAS

CHIFFON

1,40 M

41 41 41 41 41 41 43 44

CREPE

226

HHH

VESTIDO Tam. 42 Folha 1 Peças de 30 a 38

1,50 M

PLANO DE CORTE 33 35 35

OURELA

37

31 32 30

36

PRETO

38 37

35 33

31

30

34 34

OURELA

36

A

32

1,60 M 34 38

OFF-WHITE 1,50 M

uma costura, prendendo as pontas das alcinhas nos lugares indicados na borda esquerda da gola. •Revire a gola, avesso sobre avesso. Costure o direito da borda interna da gola no avesso do decote. Embainhe a borda externa da gola pelo direito do decote da frente e prenda com cola. •Faça pespontos duplos pelas bordas externas da gola, prendendo a borda embainhada no decote. •Una o couro e o forro das abas, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas externas, deixando livres as bordas de montagem. Revire as abas. •Cole as abas pelo direito dos lugares indicados nas peças superiores e inferiores. •Una o couro e o forro do cós, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas superiores, prendendo as bordas das peças superiores. •Costure a parte externa do cós pelo direito das peças inferiores. •Prenda o direito das folgas do zíper pelo direito das bordas da abertura central das costas, sem prender o forro do cós. Revire o cós, avesso sobre avesso. •Embainhe a borda da parte interna do cós pelo avesso da costura de montagem. Pesponte pelo direito do cós a 0,5 cm da costura de montagem, prendendo a borda embainhada da parte interna no avesso. Pesponte, pelo direito, contornando a costura de montagem do zíper. •Vire a bainha inferior para o avesso, embainhe a borda e prenda com pespontos. •Pregue os botões.

227HHH

1,50 M

FORRO

A

OURELA

Corte as peças nos diferentes tecidos (veja os Planos de Corte). 41 – PANEJAMENTO EXTERNO (FRENTE E COSTAS) – Corte doze vezes no crepe. 39 - FRENTE DA PALA INTERNA. 40 COSTAS DA PALA INTERNA – Corte cada peça uma vez no chifom, formando peças inteiras. 42 - BABADO INFERIOR - Corte duas vezes no chifom, formando peças inteiras. 43 - CÓS DA FRENTE (EXTERNO E INTERNO). 44 - CÓS DAS COSTAS (EXTERNO E INTERNO) – Copie o cós externo na linha marcada. Corte o cós externo e interno duas vezes no crepe (externo) e no chifom (interno), sempre formando peças inteiras. A – REFORÇOS – Onze tiras no chifom de 22 cm com 2,5 cm de largura.

CORTE Corte as peças nas diferentes cores do couro e no forro (veja os Planos de Corte). 30 - FRENTE SUPERIOR CENTRAL. 36 FRENTE INFERIOR – Corte cada peça uma vez no couro e no forro, revirando o molde na linha do centro. 31 - FRENTE SUPERIOR LATERAL. 32. COSTAS SUPERIORES. 34 - ABA SUPERIOR. 37 - COSTAS INFERIORES. 38 - ABA INFERIOR – Corte cada peça duas vezes no couro e no forro. 33 - GOLA. 35 CÓS – Corte cada peça uma vez no couro e no forro, formando peças inteiras. A - ALÇA – Duas tiras no forro de 8 cm com 2 cm de largura.

OURELAS

CORTE

comprimento. MATERIAL – Dois botões de 1,5 cm; um zíper metálico de 20 cm; 1,10 m x 1,60 m de liganete para forro. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

DOBRA DO TECIDO

PLANO DE CORTE

TECIDO – Couro sintético (preto e off-white) METRAGEM – 1 m (preto) e 0,60 m (off-white), sempre com 1,50 m de largura. Modelo com 95 cm de

OURELA

TECIDO – Crepe stretch e chifom de seda. METRAGEM – Crepe: 1 m com 1,50 m de largura. Chifom: 1,20 m com 1,40 m de largura. Modelo com 57 cm de comprimento. MATERIAL – Um zíper invisível de 20 cm; 1,00 m de cadarço de gorgorão de 3 cm. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

Riscado com preto

OURELA

SAIA Tam. 38 Folha 1 Peças de 39 a 44 Riscado com vermelho

OURELA

225

HHH

ra pelas laterais, deixando livre a abertura superior esquerda da pala. •Vinque as pregas do babado, direito sobre direito, na direção das setas, deixando A sobre B. Bata as pregas a ferro e prenda com alinhavos nas bordas superiores. •Costure o babado pelo direito da borda inferior da pala. •Arremate todas as bordas das peças externas com overlock, menos as bordas menores do cós externo. •Separe doze tiras do cadarço com 8 cm. Embainhe as bordas menores dos cadarços. Aplique o avesso dos cadarços pelo direito das bordas inferiores das peças externas com pespontos rentes às bordas. •Junte frente e costas do cós externo e interno, separadamente, com uma costura pela lateral direita. •Costure o direito da borda inferior do cós interno pelo avesso da borda superior da pala. •Arremate as bordas externas das tiras de reforço de união das peças externas com overloque. •Para unir as peças externas, aplique o avesso das peças sobre os reforços com pespontos rentes às bordas somente até os lugares indicados. •Aplique o avesso das peças externas sobre a costura de união da pala no cós interno. •Prenda o direito da borda superior do cós interno com uma costura pelo direito da borda superior do cós externo. •Revire o avesso do cós externo para o direito do modelo, sobre para o avesso do cós interno. Prenda o cós externo no direito do modelo com pespontos rente à borda inferior. •Faça a montagem do zíper invisível na abertura lateral esquerda. •Faça uma bainha de lenço na borda inferior do babado interno. •Para enfeite, una as peças externas com alguns pontos horizontais.

DOBRA DO TECIDO

fechar o trecho de montagem no decote. •Revire a gola. Costure o direito da borda da parte externa da gola pelo direito do decote. Embainhe a borda da parte interna da gola no avesso do decote, bata a ferro e prenda com pespontos rentes. •Faça a montagem do zíper invisível na abertura lateral esquerda (veja no modelo 222). Costure o direito das bordas dos acabamentos sobre o avesso das folgas do zíper. Revire os acabamentos para o avesso do modelo. •Feche as laterais da manga. Arremate as bordas da abertura da manga com a montagem do viés em rolotê. •Franza a borda inferior da manga o suficiente para a montagem do punho. •Embeba as borda superiores das mangas entre os asteriscos (*). Monte a manga na cava. Prepare o punho, prendendo as pontas das alcinhas nos lugares indicados. Faça a montagem do punho na manga (veja no modelo 250). •Vire a bainha inferior para o avesso e prenda com prenda com pespontos.

MONTAGEM •Prenda as peças centrais nas peças superiores laterais, unindo o couro e o forro, separadamente. •Feche as laterais inferiores, unindo frente e costas. •Vire as folgas das costuras do couro sobre o avesso da frente central e prenda com pespontos a 0,7 cm. •Junte o couro e o forro das peças superiores, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas cavas e do decote das costas. Revire as peças, avesso sobre avesso. Pesponte a 0,7 cm das bordas das cavas e do decote das costas. •Prepare as alcinhas em rolotê. •Junte as peças da gola, direito sobre direito. Una as bordas externas com

VESTIDO Tam. 46 Folha 2 Peças de 23 a 28 Riscado com vermelho TECIDO – Cetim METRAGEM – 2,80 m com 1,50 m de largura. Modelo com 1,04 m de comprimento. MATERIAL – Oito botões de 1 cm; 30 cm de entretela. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

CORTE Copie o acabamento. Corte-o no tecido e na entretela (veja o Plano de Corte). 23 - FRENTE. 24 - COSTAS. 27 - MANGA – Corte cada peça duas vezes. 25 - PÉ DA GOLA. 26 - GOLA. – Corte cada peça duas vezes no tecido e uma vez na entretela, formando peças inteiras. 28 - BITOLA PARA A FAIXA – Copie e reserve a peça. A - FAIXA – Duas tiras de 1,20 m com 20 cm de largura.


OURELA 23a

23a

25 26

24a

A

1,50 M

MONTAGEM

CORTE

•Feche as pregas da frente e das costas, coincidindo os números 1 e 2 na frente e 3 e 4 nas costas. •Bata as pregas a ferro, vincando A sobre B. Pesponte, pelo direito, a 0,7 cm das costuras, prendendo as folgas. •Junte frente e costas com uma costura pelos ombros e, com outra costura, pelas laterais. •Faça a costura do centro das costas. •Costure o direito dos acabamentos pelo direito das bordas dos transpasses e das bordas inferiores da frente. Revire os acabamentos para o avesso, vincando a bainha inferior. •Junte as peças da gola, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas laterais e superiores. Revire a gola, avesso sobre avesso. Una as peças do pé da gola, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas superiores, prendendo a gola. Em seguida, costure as bordas laterais do pé da gola. Revire o pé da gola, avesso sobre avesso. •Costure o direito da borda externa do pé da gola pelo direito do decote. Embainhe a borda da parte interna do pé da gola no avesso do decote, bata a ferro e prenda com pespontos rentes. •Feche as laterais das mangas. Monte as mangas nas cavas. •Vinque as bainhas inferiores das mangas para o avesso, bata a ferro e prenda com pespontos. Vire as bainhas para o direito das mangas na linha marcada. Bata a ferro. •Faça a bainha inferior. •Abra as casas e pregue os botões. •Emende as tiras da faixa com uma costura, unindo uma das bordas menores com uma costura, direito sobre direito. Acerte as bordas menores da faixa de acordo com o contorno da bitola. Vinque a faixa no comprimento, direito sobre direito. Una as bordas com uma costura, deixando uma abertura. Revire a faixa, embainhe as bordas da abertura e prenda com pontos à mão. Pesponte a 0,7 cm das bordas da faixa.

29 - FRENTE SUPERIOR. 30 - COSTAS SUPERIORES. 32 - FRENTE INFERIOR LATERAL. 33 - COSTAS INFERIORES CENTRAL. 34 - COSTAS INFERIOR LATERAL – Corte cada peça duas vezes no tecido e no forro. 31 - FRENTE INFERIOR CENTRAL – Corte uma vez no tecido e no forro, formando peças inteiras. A – VIÉS LATERAL – Duas tiras no forro de 40 cm com 3 cm de largura. B – VIÉS DA CINTURA – Uma tira no forro de 84 cm com 3 cm de largura.

228

HHH

VESTIDO Tam. 42 Folha 2 Peças de 29 a 34 Riscado com vermelho

34

32

33

29

30

TECIDO

1,50 M

OURELAS

31 34

32

33

B

29

DOBRA DO TECIDO

31

30

DOBRA DO TECIDO

OURELAS

PLANO DE CORTE

A

FORRO

1,50 M

MONTAGEM •Feche as pences. •Unindo as peças superiores de tecido e de forro, separadamente, da seguinte maneira: faça a costura central da frente. •Junte frente e costas superiores de tecido e de forro, separadamente, direito sobre direito, com uma costura pelos ombros e, com outra costura, pelas laterais. •Junte tecido e forro, direito sobre direito, pelas bordas do decote e das cavas. Revire as peças. Pesponte a 0,7 cm das bordas costuradas. •Costure o direito do viés pelo direito das bordas das aberturas laterais. Revire o viés para o avesso, embainhe a borda e prenda com pespontos. •Prenda as peças laterais na frente e nas costas inferior central. •Una as peças inferiores das costas com uma costura pelo centro, sem fechar a abertura superior. •Junte frente e costas inferiores com uma costura pelas laterais. •Faça as mesmas costuras nas peças infe-

229

HHH

VESTIDO Tam. 42 Folha 2 Peças de 35 a 38 Riscado com verde TECIDO – Veludo de malha e musseline METRAGEM – Veludo: 1 m com 1,80 m de largura. Musseline: 0,60 m com 1,50 m de largura. Modelo com 92 cm de comprimento. MATERIAL – 50 cm de renda de 8 cm; 80 cm de passamanaria de 1 cm; 1,20 m de renda de 5 cm em ponta; um par de alça elástica regulável de 50 cm; linha e agulha para malha. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

CORTE Corte as peças nos diferentes tipos de tecidos (veja os Planos de Corte). 35 - FRENTE. 36 - COSTAS – Copie a aplicação do decote da frente. Corte cada peça uma vez, formando peças inteiras. Corte a aplicação duas vezes na renda. 37 - BABADO INFERIOR DIREITO. 38 BABADO INFERIOR ESQUERDO – Corte cada peça uma vez na musseline.

•Separe uma tira de renda de 1,20 m com 4 cm de largura. Una as bordas menores da renda com uma costura. •Una os babados inferiores com uma costura pelo centro das costas. Faça uma bainha de lenço nas bordas dos transpasses e na borda inferior do babado. •Faça o transpasse da frente do babado inferior, coincidindo o número 4 de montagem. Alinhave as bordas transpassadas. •Costure o direito do babado pelo direito da borda inferior do modelo, coincidindo a numeração de montagem e prendendo a renda.

PLANO DE CORTE OURELA

24

27

riores de forro. •Prenda as peças superiores nas inferiores. •Costure uma tira de elástico de 18 cm nas folgas dos trechos das aberturas laterais, esticando os elásticos o quanto for necessário. •Arremate as folgas da costura de união das peças superiores e inferiores com uma tira de viés revirada sobre as peças inferiores. •Monte o zíper invisível na abertura do centro das costas. •Faça as bainhas inferiores.

36

35

VELUDO

1,80 M 38

37

MUSSELINE

230HHH

1,50 M

OURELA

23

OURELA

23

TECIDO – Viscose METRAGEM –1,40 m com 1,50 m de largura. Modelo com 1,10 m de comprimento. MATERIAL – Um zíper invisível de 60 cm; 1,40 m x 1,50 m de tricoline para forro; 40 cm de elástico de 1 cm. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

OURELA

DOBRA DO TECIDO

OURELA

PLANO DE CORTE

VESTIDO Tam. 40 Folha 1 Peças de 45 a 48 Riscado com azul

TECIDO – Malha metalizada plissada METRAGEM – 1,40 m com 1,50 m de largura. Modelo com 92 cm de comprimento. O molde foi calculado para malha com 60% de alongamento na direção horizontal e 50% na direção vertical. MATERIAL – 1,20 m x 1,60 m de liganete para forro; linha para malha e agulha ponta bola. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

MONTAGEM

CORTE

•Feche as pences. •Junte frente e costas com uma costura pelas laterais. •Costure o direito da passamanaria pelo direito das bordas das cavas e do decote das costas. Em seguida, vire as folgas para o avesso e prenda com pespontos a 0,5 cm. •Alinhave uma das pontas da alça pelo direito dos lugares indicados no decote da frente. •Una as aplicações de renda com uma costura pelo centro. •Embainhe as bordas laterais da aplicação. Prenda o avesso da aplicação pelo direito da peça da frente com pespontos pelas bordas superiores e inferiores, prendendo as alças na frente. •Costure as pontas das costas das alças pelo avesso dos lugares indicados no decote das costas.

Corte as peças no tecido e no forro (veja os Planos de Corte). 45 - FRENTE. 46 - PALA DA FRENTE. 47 - COSTAS - Corte cada peça uma vez no tecido e no forro, formando peças inteiras. 48 - MANGA – Corte duas vezes no tecido e no forro.

MONTAGEM •Feche as pences. •Junte frente e costas com uma costura pelos ombros, unindo as peças de tecido e de forro, separadamente. •Junte tecido e forro da frente e das costas, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas decote. •Em seguida, junte tecido e forro da frente inferior, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas superiores. •Vire as folgas de todas as costuras sobre o avesso do forro e prenda com pespontos rentes. www.manequim.com.br

47


45

1,50 M

41 42

46

OURELA

OURELA

47a

46

FORRO

1,60 M

231

HHH

COLETE Tam. 38 Folha 2 Peças de 39 a 43 Riscado com azul TECIDO – Pelúcia e algodão diagonal. METRAGEM – 0,80 m (pelúcia) e 0,90 m (diagonal), sempre com 1,50 m de largura. Modelo com 58 cm de comprimento. O molde foi calculado para tecido com 50% de alongamento. MATERIAL – Um zíper de encaixe de 60 cm; 0,80 m x 1,40 m de crepe para forro. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

CORTE Corte as peças nos diferentes tipos de 48

www.manequim.com.br

B

40

1,40 M

MONTAGEM

45

45a

40

39

FORRO

1,50 M

47

39

DOBRA DO TECIDO

47a

OURELAS

45a

TECIDO

43

DOBRA DO TECIDO

A

DIAGONAL 1,50 M OURELA

OURELA

47

42

PELÚCIA

43 48

40

39

•Vinque as abas ao meio no comprimento, direito sobre direito. Una as bordas menores das abas com uma costura. Revire as abas. •Alinhave as bordas das abas pelo direito do modelo, abaixo das marcações das aberturas. Costure o direito de um dos fundos dos bolsos acima das marcações. Corte as marcações das aberturas, fazendo os piques dos cantos. Introduza as folgas da montagem das abas e o fundo do bolso pelas aberturas. •Pelo avesso, costure o direito de uma das bordas do outro fundo do bolso sobre as folgas da montagem das abas. Vire as folgas das costuras sobre o avesso dos fundos dos bolsos e prenda com pespontos rentes. •Una os fundos dos bolsos, direito sobre direito, com uma costura contornando as bordas. •Prenda as bordas laterais das abas com pespontos sobre o direito da abertura. •Unindo tecido e forro, separadamente, junte as peças centrais e laterais da frente e das costas com uma costura. •Da mesma maneira, junte frente e costas com uma costura pelos ombros e laterais. Deixe uma abertura em uma das costuras laterais do forro. •Costure a gola nas bordas das peças da gola pelo direito do decote, prendendo as peças externas e internas, separadamente. •Prenda as bordas maiores do cós nas

232HHH

SAIA Tam. 38 Folha 2 Peças de 1 a 3 Riscado com preto

233

TECIDO – Crepe de malha. METRAGEM – 1,20 m com 1,60 m de largura. Modelo com 50 cm de comprimento. MATERIAL – Um zíper invisível de 25 cm; 10 cm de entretela; 80 cm x 1 cm de renda. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

CORTE 1 - FRENTE – Corte uma vez, formando uma peça inteira. 2 - COSTAS – Corte duas vezes. 3 - CÓS – Corte quatro vezes no tecido e na entretela, formando peças inteiras. A – PANEJAMENTOS – Nove tiras de 35 cm, 42 cm e 52 cm, sempre com 6 cm de largura.

PLANO DE CORTE 1

2

A

JAQUETA Tam. 40/44/48 Folha 3 Tam. 38/42/46 Folha 4 Peças de 1 a 4 Tam. 38/40 riscado com Tam. 42/44 riscado com Tam. 46/48 riscado com em vermelho TECIDO - Suede METRAGEM – 1,80 m (todos os tamanhos) com 1,40 m de largura. Modelo com 23 cm de comprimento, a partir da cintura. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

CORTE

A

A

costura pela lateral direita. •Arremate a borda interna do cós com uma tira da rendinha. •Junte as peças externas e internas do cós, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas superiores. Vire as folgas da costura sobre o avesso da parte interna e prenda com pespontos rentes. •Prenda o direito da borda da parte externa do cós pelo direito da borda superior do modelo. •Faça a montagem do zíper invisível na abertura lateral esquerda, a partir do cós (veja no modelo 222). Costure o direito da borda da parte interna do cós pelo avesso das folgas do zíper. Revire o cós, avesso sobre avesso. •Pesponte, pelo direito, rente à costura de montagem do cós, prendendo a borda da parte interna no avesso. •Faça a bainha inferior.

HHH

3 3 3 3

OURELA

39

bordas inferiores do modelo, prendendo as peças externas e internas, separadamente. Para fazer a costura, distenda as bordas maiores do cós o quanto for necessário. •Junte as peças externas e internas, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas das cavas e pelas bordas superiores da gola. •Una as peças da carcela, direito sobre direito. Costure as bordas do centro da frente, prendendo as folgas do zíper. Em seguida, costura as bordas menores das carcelas. Revire as carcelas. •Finalmente, una as peças externas e internas pelas bordas da frente, prendendo as bordas das carcelas. •Revire as peças, avesso sobre avesso. Feche a abertura lateral do forro.

OURELA

40

OURELA

PLANO DE CORTE

OURELAS

PLANO DE CORTE

tecido e no forro (veja os Planos de Corte). 39 - FRENTE (CENTRAL E LATERAL) – Separe a peça na linha marcada. Corte cada parte duas vezes na pelúcia e no forro. 40 - COSTAS –Separe a peça na linha marcada. Corte o trecho central uma vez na pelúcia e no forro, revirando o molde na linha do centro. Corte o trecho lateral duas vezes na pelúcia e no forro. 42 - GOLA – Corte uma vez em cada tecido, revirando o molde na linha do centro. 41 - CÓS INFERIOR – Corte uma vez com o tecido dobrado na linha do centro. 43 - CARCELA DA FRENTE – Corte quatro vezes. A – ABA – Duas tiras de 15 cm com 8 cm de largura. B –FUNDO DO BOLSO – Quatro tiras no forro de 17 cm com 15 cm de largura.

OURELA

•Finalmente, una tecido e forro da pala da frente, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas inferiores. •Revire o forro para o avesso das peças. •Faça o transpasse da pala da frente sobre a borda superior da frente. Pesponte rente à borda inferior transpassada da pala da frente, prendendo-a na peça da frente. •Junte frente e costas das peças externas e internas, separadamente, com uma costura pelas bordas laterais. Deixe uma abertura em uma das costuras laterais do forro. •Prenda as peças externas e internas, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas inferiores. •Revire as peças, vincando a bainha inferior do tecido. Una as bordas das cavas com alinhavos. •Embeba as bordas superiores das mangas entre os asteriscos (*). Feche as laterais das mangas. •Monte as mangas nas cavas. •Vire as bainhas inferiores das mangas para o avesso. Prenda as bainhas com pespontos.

1,60 M

MONTAGEM •Feche as pences. •Una as peças das costas com uma costura pelo centro. •Junte frente e costas com uma costura pelas laterais, sem fechar a abertura superior esquerda. •Alinhave o avesso das bordas superiores dos panejamentos pelo direito da borda superior da frente e das costas, prendendo as tiras menores sobre as maiores. •Prenda a entretela no avesso das peças do cós. •Junte frente e costas do cós com uma

Copie os acabamentos e corte-os no tecido (veja o Plano de Corte). 1 - FRENTE. 2 - COSTAS SUPERIORES. 4 - MANGA – Separe a frente na linha marcada. Corte cada peça duas vezes. 3 - COSTAS INFERIORES – Corte uma vez, formando uma peça inteira. A – FRANJA SUPERIOR – Uma tira de 91 cm (tam. 38), 95 cm (tam. 40), 99 cm (tam. 42), 1,03 m (tam. 44), 1,07 m (tam. 46) e 1,21 m (tam. 48) com 9,5 cm de largura. B – FRANJA INFERIOR – Uma tira de 1,11 m (tam. 38), 1,15 m (tam.40), 1,19 m (tam. 42), 1,23 m (tam. 44), 1,27 m (tam. 46) e 1,31 m (tam. 48) com 9,5 cm de largura.

MONTAGEM •Feche as pences. •Una as costas superiores com uma costura pelo centro. •Junte frente e costas com uma costura


3 A B

1,50 M

234

HHH

CALÇA Tam. 40 Folha 2 Peças de 4 a 9 Riscado com preto TECIDO – Veludo stretch METRAGEM – 2,50 m com 1,40 m de largura. Modelo com 24 cm de altura de gancho e 1,10 m de comprimento. MATERIAL – Oito botões de 2 cm. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

CORTE Copie o acabamento da frente e corte-o no tecido (veja o Plano de Corte). 4 - FRENTE. 5 – COSTAS. 6 - PÁLA

8

9 9 6

4

8

OURELA

5a

4

7

TECIDO – Musseline e malha suede. METRAGEM – Musseline: 1,60 m com 1,50 m de largura. Malha: 1 m com 1,50 m de largura. Modelo com 61 cm de comprimento. MATERIAL – 20 cm de entretela. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

CORTE

1,40 M

MONTAGEM •Costure as palas pelo direito da bordas superiores das costas. Vire as folgas das costuras sobre o avesso das costas e prenda com pespontos duplos. •Una as peças da frente e das costas, separadamente com uma costura pelo centro. Vire as folgas sobre o avesso das peças do lado esquerdo e prenda com pespontos duplos. •Faça uma bainha fina presa com pespontos na borda inferior do acabamento da frente. Prenda o direito do acabamento pelo direito da frente com uma costura pelas bordas das aberturas laterais. Revire o acabamento para o avesso. Pesponte rente às bordas das aberturas dos abotoamentos laterais. •Vinque as carcelas do abotoamento lateral, direito sobre direito. Una as bordas inferiores com uma costura. Revire as carcelas e prenda as bordas pelo direito das laterais das costas. •Junte frente e costas com uma costura pelas laterais, deixando livres as aberturas do abotoamento. Vire as folgas das costuras sobre o avesso das costas e prenda com pespontos duplos. •Feche as entrepernas, unindo frente e costas. •Una as peças externas e internas do cós da frente e das costas, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas superiores e dos transpasses laterais. Revire o cós. •Prenda o direito das bordas das partes internas do cós pelo avesso das bordas superiores da frente e das costas. Embainhe as bordas externas do cós pelo direito das costuras de montagem. Prenda com alinhavos. Pesponte, pelo direito, contornando as bordas do cós. •Faça as bainhas inferiores. •Abra as casas e pregue os botões.

Copie os acabamentos. Corte-os no tecido e na entretela. Corte as peças nos diferentes tecidos (veja os Planos de Corte). 10 - FRENTE. 11 - COSTAS. 12 - GOLA – Corte as peças uma vez, formando peças inteiras. A – VIÉS DAS CAVAS – Duas tiras em viés de 60 cm com 3 cm de largura.

PLANO DE CORTE 10 12

12a

12b

MUSSELINE

1,50 M 11

11

MALHA

236

HHH

BLAZER Tam. 44 Folha 2 Peças de 13 a 19 Riscado com preto

10

A

OURELA

4a

MONTAGEM

1,50 M

•Prenda a entretela no avesso dos acabamentos. •Junte frente e costas das peças e dos acabamentos, separadamente, com uma costura pelos ombros. •Vinque a gola, direito sobre direito. Una as bordas da gola com uma costura, deixando livres as bordas de montagem no decote. Revire a gola, avesso sobre avesso. Alinhave as bordas da gola pelo direito do decote. •Prenda os acabamentos nas peças, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas da abertura do centro da frente. Bata a costura a ferro, virando as folgas sobre o avesso do acabamento e prenda com pespontos rentes. •Em seguida, prenda o direito do acabamento pelo direito do decote, prendendo a gola. Bata a costura a ferro, virando as folgas sobre o avesso dos acabamentos e prenda com pespontos rentes. •Revire os acabamentos para o avesso do decote e prenda com alinhavos nas cavas.

TECIDO – Neoprene. METRAGEM – 1,70 m com 1,40 m de largura. Modelo com 67 cm de comprimento. O molde foi calculado para malha com 40% de alongamento. MATERIAL – Dois pares de pressão de 1,8 cm; linha e agulha para malha. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

CORTE 13 - FRENTE CENTRAL – Corte quatro vezes. 14 - FRENTE LATERAL. 15 - COSTAS CENTRAIS. 16 - COSTAS LATERAIS. 18 - PARTE SUPERIOR DA MANGA. 19 – PARTE INFERIOR DA MANGA – Corte cada peça duas vezes. 17 - GOLA – Corte duas vezes no tecido, formando peças inteiras.

PLANO DE CORTE 13

13

18

17 15

16

DOBRA DO TECIDO

1

5

•Faça a montagem do viés em rolotê nas cavas (veja no final do texto). •Faça uma bainha de lenço na borda inferior da frente. •Junte frente e costas com uma costura pelas laterais, prendendo o direito da bainha inferior das costas no avesso da frente. Vire a bainha para o avesso das costas e prenda com pespontos duplos. VIÉS EM ROLOTÊ – Primeira opção: monte o viés seguindo as indicações do texto, direito sobre direito. Faça piques nos cantos e curvas, quando houver. Revire para o avesso. Embainhe a folga do viés. Prenda com uma costura à mão ou à máquina, rente à borda; essa costura passará logo abaixo, bem rente à costura inicial de montagem. Segunda opção: vinque o viés ao meio no comprimento, avesso sobre avesso. Prenda as bordas do viés sobre o avesso da borda indicada. Vinque o viés ao meio sobre o direito do modelo e prenda com pespontos rentes à borda vincada.

OURELAS

2

1

A

OURELA

1

BLUSA Tam. 46 Folha 2 Peças de 10 a 12 Riscado com azul

OURELA

2

OURELA

OURELA

4

PLANO DE CORTE

235

HH

OURELA

PLANO DE CORTE

DAS COSTAS. 7 - CARCELA DO ABOTAMENTO – Corte cada peça duas vezes. 8 - CÓS DA FRENTE. 9 - CÓS DAS COSTAS – Corte cada peça duas vezes formando peças inteiras.

OURELA

pelas laterais, prendendo as peças superiores e inferiores, separadamente. •Corte as tiras das franjas a laser, mantendo uma distância de 0,5 cm entre cada tira. •Alinhave o direito da borda superior da franja pelo direito das bordas das peças superiores, de acordo com a marcação da frente. •Junte as peças superiores e inferiores com uma costura, prendendo a franja. •Abra as folgas da costura, virando o avesso da franja sobre o direito das peças inferiores. Pesponte, pelo direito, a 0,6 cm da costura, prendendo as bordas das folgas. •Junte frente e costas com uma costura pelos ombros, unindo as peças externas e os acabamentos, separadamente. •Costure o direito da franja inferior pelo direito da borda inferior do modelo. Abra a costura, virando as folgas sobre o avesso. Pesponte, pelo direito, a 0,5 cm da costura de montagem da franja, prendendo as folgas no avesso. •Feche as laterais das mangas. Embeba as bordas superiores das mangas entre os asteriscos (*). Monte as mangas nas cavas. •Aplique o avesso dos acabamentos pelo avesso dos lugares indicados com pespontos a 0,5 cm das bordas.

19 14

1,40 M

MONTAGEM •Aplique o avesso das bordas das peças centrais externas da frente e das peças cenwww.manequim.com.br

49


CORTE 20 - FRENTE. 21 - COSTAS. 22 - MANGA – Corte cada peça duas vezes, formando peças inteiras. Corte duas vezes, formando peças inteiras. A – ALCINHA – Uma tira de 6 cm com 2 cm de largura.

MONTAGEM •Faça uma bainha de lenço nas bordas inferiores das peças da frente e das costas. •Junte frente e costas das partes externas e internas, direito sobre direito, com uma costura pelos ombros. •Prepare a tira da alcinha em rolotê. •Junte as peças externas e internas, direito sobre direito. Contorne a abertura do centro das costas com uma costura, prendendo as pontas da alcinha na borda do lado direito da abertura. Em seguida, costure as bordas do decote. •Costure as bordas das aberturas laterais da frente, unindo as peças externas 50

www.manequim.com.br

20

20

21

1,40 M

238

HHH

VESTIDO Tam. 38 Folha 3 Peças 56 e 57 Riscado com vermelho TECIDO – Chifom de seda. METRAGEM – 1,40 m com 1,40 m de largura. Modelo com 95 cm de comprimento. MATERIAL – Um zíper invisível de 30 cm; 1,40 m x 1,50m de cetim para forro; um par de bojos; paetês e plumas. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

CORTE Copie os reforços e corte-os no forro. Corte as peças no tecido e no forro (veja os Planos de Corte). 56 - FRENTE – Corte uma vez no tecido e no forro, formando peças inteiras. 57 - COSTAS – Corte duas vezes no tecido e no forro.

57a

56a

OURELA

OURELA

56

56

57

TECIDO

1,40 M 57

56

OURELA

OURELA

CORTE 57a

56a

FORRO

MONTAGEM

1,50 M

•Prenda o forro com alinhavos pelo avesso das bordas das pences, do decote, contorno das alças do tecido. •Feche as pences. •Junte frente e costas com uma costura pelas laterais, unindo as peças de tecido e de forro com a mesma costura até alguns centímetros de distância das cavas. A partir deste ponto, faça as costuras laterais, unindo tecido e forro, separadamente, até as bordas inferiores. •Faça a costura central das costas, conforme as costuras laterais, deixando livre a abertura superior. •Aplique os paetês sobre as peças de tecido. •Faça a costura de união das partes centrais e laterais do reforço da frente. Feche as pences do reforço das costas. •Junte frente e costas do reforço com uma costura pelas laterais. •Faça uma bainha fina presa com pespontos na borda inferior do reforço. •Costure o direito do reforço pelo direito das bordas do decote da frente, contorno das alças, cavas da frente. Revire as alças e o reforço para o avesso da frente. •Prenda o direito do reforço no direito do decote das costas, prendendo as pontas das alças nos lugares marcados, depois de fazer o ajuste necessário na prova. •Faça a montagem do zíper invisível na abertura do centro das costas (veja o modelo 222). Costure o direito das bordas do reforço pelo avesso das folgas do zíper. •Prenda os bojos pelo avesso dos reforços da frente. Torne a revirar os reforços para o avesso das costas. •Faça um bainha de lenço nas bordas inferiores do modelo. •Aplique as plumas na barra do modelo.

239

HHH

VESTIDO 8 Anos Folha 4 Peças de 11 a 15 Riscado com preto

Corte as peças no tule e no forro (veja os Planos de Corte). 11 - FRENTE EXTERNA. 12 - COSTAS EXTERNAS. 14 - FRENTE INTERNA – Corte cada peça externa uma vez no tecido e a peça interna uma vez no forro, formando peças inteiras. 13 - GOLA – Corte duas vezes no tecido e quatro vezes no forro. 15 - COSTAS INTERNAS – Corte duas vezes no forro. A – VIÉS DO DECOTE – Uma tira no forro de 48 cm com 3 cm de largura. B – VIÉS DAS CAVAS – Duas tiras no forro de 45 cm com 3 cm de largura.

PLANO DE CORTE 13

11

OURELA

21

56

OURELA

22

57

TECIDO - Tule bordado METRAGEM – 1,60 m com 1,40 m de largura. Modelo com 68 cm de comprimento. MATERIAL – Um par de colchetes de gancho; 0,90 m x 1,50 m de cetim para forro; 1,80 m de fita de seda de 4 cm. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

12

TECIDO

1,40 M A

13

B 14

15 13

FORRO

OURELA

TECIDO – Organza METRAGEM – 2,80 m com 1,40 m de largura. Modelo com 62 cm de comprimento. MATERIAL – Um botão de 0,8 cm. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

A

PLANO DE CORTE

OURELA

BLUSA Tam. 44 Folha 2 Peças de 20 a 22 Riscado com verde

PLANO DE CORTE

OURELA

237

HHH

e internas, direito sobre direito. Revire somente a frente, avesso sobre avesso. •Introduza as bordas laterais da frente entre as laterais das costas. Junte frente e costas com uma costura pelas laterais. •Prossiga com a mesma costura, unindo as bordas externas e internas das aberturas laterais inferiores das costas, direito sobre direito. Finalmente, revire as costas, avesso sobre avesso. •Una as bordas externas e internas das cavas com alinhavos. •Feche as laterais das mangas. Vinque as mangas pelas bordas inferiores, avesso sobre avesso. Embeba as bordas superiores das mangas no trecho marcado. Costure pelo direito das cavas, prendendo as mangas. Em seguida, torne a costurar as cavas, desta vez pelo avesso. •Pregue o botão, para o fechamento da abertura do centro das costas.

OURELA

trais das costas pelo direito das peças laterais com pespontos a 0,7 cm das bordas. •Da mesma maneira una as peças centrais das costas. •Alinhave os acabamentos pelo avesso da frente central. •Faça o transpasse do avesso dos ombros das costas sobre o direito dos ombros da frente. Junte frente e costas com pespontos a 0,7 cm das bordas dos ombros das costas. •Faça o transpasse das bordas laterais da frente sobre o direito das laterais das costas. Pesponte a 0,7 cm das bordas da frente. •Una as duas partes das mangas com pespontos, coincidindo o número 6 de montagem. Feche as laterais das mangas. •Embeba as bordas superiores das mangas entre os asteriscos (*). Monte as mangas nas cavas. •Pesponte a 0,7 cm das bordas externas do modelo. •Una as peças da gola, avesso sobre avesso. Introduza as bordas do decote entre as peças da gola. Prenda com alinhavos. Pesponte a 0,7 cm do contorno da gola, prendendo-a no decote. •Pregue as pressões nos lugares marcados.

1,50 M

MONTAGEM •Una as peças das costas de forro com uma costura pelo centro, deixando livre a abertura superior. •Costure a frente nas laterais das costas, prendendo as peças de tecido e de forro, separadamente. •Junte frente e costas dos ombros e laterais externos com uma costura, direito sobre direito. •Junte frente e costas das peças internas, avesso sobre avesso, com uma costura pelos ombros e laterais. Torne a costurar os ombros e laterais unindo as peças, direito sobre direito. •Alinhave o direito do forro sobre o avesso das bordas do decote, da abertura do centro das costas e das cavas das peças externas da frente e das costas. •Para a parte externa da gola, alinhave o direito de uma das camadas de forro pelo avesso das peças de tule. •Junte as partes externas e internas da gola, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas deixando livre o decote. •Revire a gola, avesso sobre avesso.


uma vez no tecido e na entretela, formando peças inteiras. 37 – REFORÇO SUPERIOR DA MANGA – Corte duas vezes na entretela, formando peças inteiras. 38 - REFORÇO DA FRENTE – Copie os dois reforços menores nas linhas marcadas. Corte cada parte do reforço duas vezes no feltro (caso prefira, corte o reforço no acrilon). 39 - FRENTE INTERNA - Separe a peça na linha marcada. Corte o acabamento duas vezes no tecido e na entretela. Corte o trecho lateral duas vezes no forro. A – VIVO DO BOLSO INFERIOR EXTERNO – Quatro tiras de 19 cm com 5 cm de largura. B – VIVO DO BOLSO INTERNO – Duas tiras de 15 cm com 5 cm de largura. C – ESPELHO DO BOLSO INFERIOR EXTERNO – Duas tiras de 19 cm com 5 cm de largura. D - FUNDO DO BOLSO SUPERIOR EXTERNO – Uma tira no tecido e outra no forro de 16 cm com 15 cm de largura. E - FUNDO DO BOLSO INFERIOR – Quatro tiras no forro de 16 cm com 5 cm de largura. F - FUNDO DO BOLSO SUPERIOR INTERNO – Quatro tiras no forro de 19 cm com 18 cm de largura.

PLANO DE CORTE

240

HHHH

33

39

OURELA

OURELA

35 32 34 A

C

36

34

30 31

B D

31

TECIDO

1,40 M 39a

33

35

OURELA

39 32

33a 31

31

CORTE

E

36 D

FORRO

1,50 M OURELAS

Corte as peças no tecido e no forro (veja os Planos de Corte). Prenda as ombreiras no avesso do tecido, antes da montagem do forro. 29 - FRENTE EXTERNA – Corte duas vezes no tecido e na entretela. 30 - ABA SUPERIOR – Corte uma vez no tecido e na entretela. 31 - ABA INFERIOR – Corte duas vezes no tecido, na entretela e no forro. 32 - LATERAL (FRENTE E COSTAS). 33 - COSTAS. 35 - PARTE SUPERIOR DA MANGA. 36 - PARTE INFERIOR DA MANGA - Corte cada peça duas vezes no tecido e no forro. 34 – GOLA – Interna: corte uma vez no feltro, sempre formando uma peça inteira (não é necessário acrescentar folgas para as costura. Separe o reforço na linha marcada. Corte a gola e o pé da gola

39a

29

33a

OURELA

BLAZER Tam. 44 Folha 3 Peças de 29 a 39 Riscado com azul TECIDO – Poliéster risca de giz. METRAGEM – 2,20 m com 1,40 m de largura. Modelo com 77 cm de comprimento. MATERIAL – Três botões de 1,7 cm; nove botões de 1,4 cm; 1,50 m x 1,50 m de acetato para forro; 50 cm de entretela; 60 cm de feltro; um par de ombreiras; 60 cm de acrilon (opcional) Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

29a

34

38 38

FELTRO

38

DOBRA DO TECIDO

•Recorte duas tiras dos bicos da renda com a mesma medida das bordas inferiores da gola. •Vire as folgas da abertura do decote das costas para o avesso. Alinhave a gola pelo direito do decote. •Arremate as folgas do decote com a montagem do viés revirado (veja no final do texto). •Feche as bordas menores do viés das cavas com uma costura, direito sobre direito. Arremate as cavas com a montagem do viés em rolotê (veja no final do modelo 235). •Faça a bainha inferior do forro. •Prenda os colchetes, para o fechamento da abertura do decote. VIÉS REVIRADO - Elimine a folga de costura do local de aplicação do viés, ou faça a abertura, quando for o caso. Vinque o viés ao meio, avesso sobre avesso. Costure as bordas do viés sobre o direito do lugar indicado. Faça piques nos cantos e curvas, quando houver. Revire o viés para dentro. Bata a costura de montagem a ferro (o viés não ficará aparecendo pelo direito). Prenda a borda do viés com pontos suaves feitos à mão ou com pespontos rentes à borda vincada.

1,40 M

MONTAGEM •Feche as pences. Prenda a entretela no avesso das peças. •Faça a montagem do bolso superior externo, da seguinte maneira: dobre a aba na linha marcada, direito sobre direito. Costure as bordas laterais. Apare as folgas do tecido até 0,5 cm, indo com o corte na borda superior junto à costura. Revire a aba, avesso sobre avesso. Bata a ferro.

•No avesso do tecido, faça alinhavos miúdos sobre as marcações da abertura do bolso. Pare com os alinhavos no final das marcações das extremidades da abertura. •Caso o avesso da peça não seja totalmente entretelado, cole entretela, pelo menos, no trecho da abertura. Coloque o carbono por cima da entretela e passe a carretilha, pelo direito, sobre os alinhavos, marcando a abertura na entretela. Com a ajuda de uma régua, marque uma reta com um lápis, unindo os cantos da abertura. •No direito do tecido, prenda o direito do fundo do bolso cortado no tecido com uma costura acima da marcação da linha da abertura. Coloque as bordas soltas da aba abaixo da marcação da abertura. Observe as inclinações da aba. Coloque o fundo do bolso cortado no forro sobre a aba. Prenda as peças com alfinetes. •Costure o fundo do bolso de forro. Inicie a costura na mesma direção de uma das pontas da aba e termine na direção da outra ponta. Costure o fundo do bolso de tecido na borda superior. Comece a costurar um pouco depois da marcação da abertura e termine um pouco antes da abertura. Observe que a costura superior ficará menor que a inferior. •No avesso do tecido, corte a abertura (tenha o cuidado de levantar as folgas da aba e dos fundos do bolso para não cortá-las, pelo direito): dobre o trecho da marcação da abertura ao meio, de maneira que a linha da marcação coincida nos dois lados. Dê um pique profundo no centro da marcação. Inicie o corte, enfiando a tesoura no pique e termine nas marcações dos cantos, tendo cuidado para não ultrapassar as costuras. •Puxe os fundos do bolso pelo avesso da abertura. Não puxe a aba. Costure a folga superior da abertura sobre o avesso do fundo do bolso. •Costure a folga inferior da abertura sobre a aba e o fundo do bolso de forro. •Prenda as folgas dos cantos da abertura (folgas triangulares) sobre os fundos do bolso. Prossiga com esta costura, unindo as bordas dos fundos dos bolsos. Corte as folgas das costuras, acertando as bordas dos fundos do bolso. •Finalize a montagem, pelo direito, costurando junto às bordas laterais da aba ou prenda com pontos a mão. •Prendendo tecido e forro, separadamente, una as peças das costas com uma costura pelo centro. •Torne a unir as costas de forro, direito sobre direito, somente nos trechos marcados acima e abaixo das costas, formando uma prega. Bata a prega a ferro, virando as folgas sobre o avesso de um dos lados das costas. •Prenda as peças laterais nas peças da frente e das costas. Deixe uma abertura em uma das costuras laterais do forro. •Una tecido e forro das abas inferiores, direito sobre direito. Costure as bordas

laterais e inferiores. Revire as abas. •Faça a montagem do bolso avivado nas peças da frente, prendendo as abas nas bordas superiores das aberturas. •Junte frente e costas de tecido e forro, separadamente, com uma costura pelos ombros. •Una as peças de reforço da frente com alinhavos. Alinhave o reforço pelo avesso da frente de tecido. •Una a gola interna e o pé da gola com uma costura na linha de corte. Bata a costura a ferro, abrindo as folgas. Prenda as folgas com pespontos rentes à costura. •Prenda o avesso da borda superior da gola cortada no feltro com pontos de ziguezague pelo direito da borda superior da gola cortada no tecido. •Vire o direito do feltro sobre o direito do tecido da gola. Una as peças da gola com uma costura pelas laterais. Revire a gola, avesso sobre avesso. •Costure o direito do acabamento pelo direito da borda superior da frente, indo com a costura até o número 6 de montagem. •Prenda o direito da borda da gola e do pé da gola cortados no tecido pelo direito da borda superior do acabamento da frente. •Para completar as peças internas, prenda as bordas internas dos acabamentos dos transpasses da frente e do pé da gola nas peças de forro da frente e das costas. •Faça a montagem do bolso avivado nos lugares indicados nas peças internas. •Una as duas partes da manga com uma costura, coincidindo os números de montagem, sem fechar a abertura inferior. Faça as mesmas costuras nas peças de forro. •Faça a costura do canto inferior da abertura da manga, unindo as bordas, direito sobre direito. Vinque a bainha inferior da manga para o direito. Costure as bordas do transpasse interno da abertura. Revire a bainha da manga para o avesso. •Embeba as bordas superiores das mangas entre os asteriscos (*). Monte as mangas nas cavas externas e internas, separadamente. •Vinque o reforço da cava, avesso sobre avesso. Prenda as bordas do reforço nas cavas externas, coincidindo a numeração de montagem. •Junte as peças externas e internas, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas dos transpasses do abotoamento da frente e pelas bordas inferiores, indo com a costura até a borda da bainha inferior. •Costure o forro pelo direito das bordas da bainha inferior da manga de tecido. •Revire as peças externas e internas, avesso sobre avesso, vincando as bainhas. Feche a abertura lateral do forro. •Aplique o avesso das bordas da gola cortada no feltro com pontos de ziguezague pelo direito do decote externo. •Abra as casas e pregue os botões.

241

HHHH

CALÇA

www.manequim.com.br

51


PLANO DE CORTE 23

23a

25a

26

D B

A

27 24

TECIDO

OURELA

28

27

1,40 M

24

23

E

F 26

27 28

FORRO

MONTAGEM

C

OURELA

OURELA

23

OURELA

25

1,50 M

•Feche as pences. •Chuleie as bordas internas dos espelhos dos fundos dos bolsos. •Aplique o avesso dos espelhos e dos aca52

www.manequim.com.br

TECIDO – Poliéster METRAGEM – 1,20 m com 1,50 m de largura. Modelo com 50 cm de comprimento. MATERIAL – Três botões de 1,5 cm; 0,80 m x 1,50 m de acetato para forro; 30 cm de entretela; um par de ombreiras. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

CORTE Copie os acabamentos. Corte os acabamentos no tecido e na entretela. Corte as peças no tecido e no forro (veja os Planos de Corte). Prenda as ombreiras no avesso do tecido, antes da montagem do forro. 45 - FRENTE. 48 - LATERAL. 49 FUNDO DO BOLSO INFERIOR. 50 - ABA INFERIOR. 51 - COSTAS. 54 - PARTE SUPERIOR DA MANGA. 55 - PARTE INFERIOR DA MANGA – Corte cada peça duas vezes no tecido e no forro. 46 - FUNDO DO BOLSO SUPERIOR – Corte duas vezes no forro. 47 - ABA SUPERIOR – Corte uma vez no tecido e na entretela. 52 - GOLA. 53 - REFORÇO DA GOLA - Corte cada peça duas vezes no tecido e uma vez na entretela, formando peças inteiras. A – VIVO DO BOLSO INFERIOR – Quatro tiras de 16 cm com 4 cm de largura.

PLANO DE CORTE 54

45

51

45 51

52 53

55 48 49

50

TECIDO

54

45

49

FORRO

47

DOBRA DO TECIDO

Copie o espelho, o fundo interno do bolso, o acabamento do fundo interno e do transpasse externo do cós. Corte as peças no tecido e no forro (veja os Planos de Corte). 23 - FRENTE. 25 - COSTAS – Corte cada peça duas vezes no tecido. 24 - FUNDO EXTERNO DO BOLSO – Corte duas vezes no forro. 27 - CÓS ESQUERDO. 28 - CÓS DIREITO – Corte cada peça duas vezes no tecido e no forro, sendo o forro a partir das linhas marcadas. 26 - BRAGUILHA – Corte uma vez no tecido e no forro, sendo o tecido a partir da linha marcada. A – ACABAMENTO DA ABERTURA - Uma tira de 18 cm com 5 cm de largura. B – VIVO – Quatro tiras de 18 cm com 5 cm de largura. C – ACABAMENTO E ESPELHO DO FUNDO DO BOLSO DAS COSTAS – Quatro tiras de 15 cm com 18 cm de largura. D – PRESILHA – Uma tira com emenda de 42 cm com 4 cm de largura. E - FUNDO DO BOLSO – Duas tiras no forro de 26 cm com 18 cm de largura. F - VIÉS – Uma tira no forro de 95 cm com 3 cm de largura.

BLAZER 6 anos Folha 3 Peças de 45 a 55 Riscado com verde

1,50 M 50

51

46

55

48

DOBRA DO TECIDO

CORTE

242

HHH

OURELAS

TECIDO – Poliéster risca de giz METRAGEM – 1,70 m com 1,40 m de largura. Modelo com 26 cm de altura de gancho e 1,15 m de comprimento. MATERIAL – Um zíper de náilon de 15 cm; cinco botões de 1,4 cm; 0,80 m x 1,50 m de tafetá para forro; um par de colchetes para cós. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

bamentos com alinhavos sobre o direito dos fundos dos bolsos da frente e das costas, Pesponte rentes às bordas chuleadas. •Costure o direito do fundo interno do bolso pelo direito das bordas das aberturas da frente. Vire os fundos internos para o avesso da frente. Bata a ferro. Pesponte a 0,7 cm da costura. Una os fundos internos e externos dos bolsos, direito sobre direito, com uma costura contornando as bordas. •Monte os bolsos embutidos nas peças das costas, prendendo os vivos nas bordas superiores e inferiores das aberturas. •Junte frente e costas com uma costura pelas laterais e, com outra costura, pelas entrepernas. •Arremate e borda inferior do cós cortado no forro com uma tira de viés em rolotê. •Una as peças de tecido e de forro da braguilha, direito sobre direito, com uma costura contornando as bordas do transpasse. •Costure a peça de forro do cós do lado direito na borda interna da peça da braguilha cortada no forro. •Junte os dois lados da frente com uma costura pelo centro da frente; a partir da marcação do final da abertura superior. •Faça a montagem do zíper com braguilha somente com alinhavos na abertura do centro da frente, prendendo a braguilha na borda do lado direito da abertura e o acabamento na borda do lado esquerdo. Não faça ainda os pespontos marcados na peça do lado esquerdo da frente. •Una as tiras da presilha com uma costura, formando uma tira inteira. Vinque a tira ao meio no comprimento, direito sobre direito. Una as bordas maiores com uma costura. Revire a tira e centralize a costura. Bata a ferro. Separe a tira em seis partes iguais. Alinhave as pontas inferiores das presilhas pelo direito dos lugares indicados na borda superior do modelo. •Prenda o cós de tecido pelo direito da bordas superior do modelo. Junte tecido e forro do cós, direito sobre direito com uma costura pelas bordas superiores. Vire as folgas da costura sobre o avesso do forro e prenda com pespontos rentes. Costure as bordas do transpasse interno do cós da peça do lado direito da frente. •Revire uma das pernas de maneira que a peça fique com o lado direito do tecido para fora. •Introduza a perna revirada na outra perna, deixando os dois lados do modelo com o direito sobre direito do tecido. Faça coincidir as bordas dos ganchos e das entrepernas. •Prossiga com a costura de união das peças pelo gancho e pelo centro das costas, indo até a borda superior do forro do cós. •Prenda o direito das bordas do acabamento pelo direito das bordas do transpasse externo do cós. Revire o cós, avesso sobre avesso, revirando o acabamento para o avesso da ponta do transpasse externo. •Abra as casas, pregue os botões e prenda os colchetes. •Faça as bainhas inferiores.

OURELAS

Tam. 40 Folha 3 Peças de 23 a 28 Riscado com vermelho

1,50 M

MONTAGEM

•Faça a montagem do bolso colete no lugar marcado na peça do lado esquerdo da frente. •Faça a costura do meio das costas do tecido e do forro, separadamente. •Torne a costurar o forro até as marcações das farpas superiores e inferiores da peça, formando uma prega. Bata a prega a ferro, vincando a folga sobre o avesso de um dos lados das costas. Prenda as folgas com alinhavos nas bordas superiores.

•Monte as peças laterais nas peças da frente e das costas, prendendo o tecido e o forro, separadamente. Deixe uma abertura em uma das costuras do forro. •Una tecido e forro das abas, direito sobre direito, com uma costura contornando as bordas laterais e inferiores. •Faça a montagem do bolso avivado nos lugares indicados, prendendo as abas nas bordas superiores das aberturas. •Junte, frente e costas das peças externas com uma costura pelos ombros. •Prenda os reforços nas bordas inferiores das peças da gola. Bata as costuras a ferro, abrindo as folgas. Pesponte, pelo direito, rente às costuras, prendendo as folgas no avesso. •Una as partes externa e interna da gola, direito sobre direito. Costure as bordas laterais e superiores. Revire a gola. Prenda a gola com alinhavos no decote. •Costure o forro nas bordas internas dos acabamentos da frente e das costas. Feche os ombros das peças internas. •Una as duas partes das mangas, prendendo tecido e forro, separadamente, coincidindo os números de montagem. •Embeba as bordas superiores das mangas entre os asteriscos (*). Costure as mangas nas cavas do tecido e do forro, separadamente. •Prenda as ombreiras sobre as folgas das costuras dos ombros e das cavas externas. •Junte as peças externas e internas, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas do decote, dos transpasses e pelas bordas inferiores. Prossiga com a montagem, prendendo o forro sobre a bainha inferior do tecido indo com a costura até as bordas do tecido e do forro. •Prenda o forro nas bainhas das bocas das mangas do tecido. •Revire as peças, vincando as bainhas. Bata a ferro. Feche a abertura lateral do forro. •Faça as casas e prenda os botões.

243

HHH

BERMUDA 6 anos Folha 3 Peças de 40 a 44 Riscado com preto TECIDO – Poliéster METRAGEM – 0,80 m com 1,50 m de largura. Modelo com 40 cm de comprimento. MATERIAL – Um zíper náilon de 12 cm; um botão de 1,5 cm; 10 cm de entretela. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

CORTE 40 - FRENTE. 41 - FUNDO EXTERNO DO BOLSO. 42 - COSTAS. 43 - BOLSO DAS COSTAS – Copie o fundo interno do bolso. Corte todas as peças duas vezes. 44 - CÓS


OURELA

TECIDO – Cetim e tule de náilon METRAGEM – Cetim: 1,70 m com 1,50 m de largura. Tule: 7,00 m com 3,00 m de largura. Modelo com 1,20 m de comprimento, a partir da cintura. MATERIAL – Um zíper invisível de 35 cm; 2,60 m x 1,50 m de tafetá para forro; 1,20m de entretela; miçangas e paetês. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

29

29

29

29

30

29

30

29

CORTE

OURELA

31

OURELA

31

32

45

45

45

45

45

45

45

32

27

25 26

FORRO

1,50 M 29 30a

29

30a 30 30 29

OURELA

Corte as peças no cetim, no tule e no forro (veja os Planos de Corte). 25 - FRENTE CENTRAL SUPERIOR INTERNA – Corte uma vez no cetim, na entretela e no forro, formando peças inteiras. 26 - FRENTE LATERAL SUPERIOR (INTERNA E REFORÇO) – Corte duas vezes no cetim, na entretela e no forro. 27 - COSTAS SUPERIORES (EXTERNA E INTERNA) – Corte duas vezes no tule, no cetim, na entretela e no forro. 28 FRENTE SUPERIOR EXTERNA – Corte uma vez no tule, formando uma peça inteira. 29 - FRENTE E COSTAS INFERIORES EXTERNAS (TRÊS PRIMEIRAS PARTES) – Separe a peça nas linhas marcadas. Frente: Corte cada trecho uma vez no tule, no cetim e na entretela, formando peças inteiras. Costas: corte duas vezes no tule, no cetim e na entretela. 30 - FRENTE E COSTAS INFERIORES EXTERNAS (TRÊS ÚLTIMAS PARTES) - Separe a peça nas linhas marcadas. Corte cada parte duas vezes no tule, no cetim e na entretela, formando peças inteiras. 31 - BABADO INFERIOR INTERNO – Corte duas vezes no forro, formando peças inteiras. 32 - FRENTE E COSTAS INFERIORES INTERNAS - Frente: corte uma vez no forro, formando uma peça inteira. Costas: corte duas vezes no forro. A - REFORÇO FRANZIDO SUPERIOR DA FRENTE – Uma tira no tule de 30 cm de altura e 1,50 m de largura. B - REFORÇO FRANZIDO SUPERIOR DASCOSTAS – Duas tiras no tule de 30 cm de altura e 80 cm de largura. C – REFORÇO FRANZIDO INFERIOR (três primeiras partes) – Frente: três tiras no tule de 18 cm de altura com 1,20 m de largura. Costas: seis tiras no tule de 18 cm de altu-

3,00 M

27

30

30a

28

30a

MONTAGEM •Prenda o direito dos fundos internos dos bolsos pelo direito das peças da frente com uma costura unindo as bordas das aberturas laterais. Vire os fundos internos para o avesso da frente. Bata a ferro. •Una os fundos internos e externos dos bolsos, direito sobre direito, com uma costura contornando as bordas. •Feche as pences das costas. •Vire as bainhas superiores dos bolsos das costas para o avesso, bata a ferro e prenda com pespontos. Embainhe as bordas laterais e inferiores dos bolsos. Aplique os bolsos nas peças das costas com pespontos rentes às bordas laterais e inferiores. •Junte frente e costas com uma costura pelas laterais e, com outra costura, pelas entrepernas. •Revire uma das pernas de maneira que a peça fique com o lado direito do tecido para fora. •Introduza a perna revirada na outra perna, deixando os dois lados do modelo com o direito sobre direito do tecido. Faça coincidir as bordas dos ganchos e das entrepernas. •Junte os dois lados da bermuda com uma costura pelo centro da frente; gancho e centro das costas, a partir da marcação do final da abertura superior da frente. Revire as peças, avesso sobre avesso. •Monte o zíper com braguilha na abertura central da frente. •Faça a costura central das costas do cós. •Faça uma bainha fina presa com pespontos na borda da parte interna do cós. •Vinque o cós, direito sobre direito. Costure as bordas dos transpasses. Revire o cós. Prenda o direito da borda externa do cós pelo direito da borda superior do modelo. Vinque o cós, avesso sobre avesso. Pesponte, pelo direito, rente à costura de montagem, prendendo a borda da parte interna no avesso. •Vinque a tira da presilha ao meio no comprimento, direito sobre direito. Una as bordas maiores da tira com uma costura. Revire a tira e separe em seis partes. •Prenda a presilhas nos lugares indicados na borda superior do modelo e no cós. •Abra a casa e pregue o botão. BAINHA ITALIANA - Vinque a boca da perna para o avesso na linha mais distante da borda inferior. Bata a ferro. Embainhe a borda da peça e prenda com pespontos, prendendo a bainha internamente. Em seguida, revire a boca da perna para o direito sobre a linha mais próxima da borda inferior, formando uma prega. Bata a ferro.

PLANO DE CORTE

30

1,50 M

30a

41

A

30a

42

VESTIDO Tam. 40 Folha 4 Peças de 25 a 32 Riscado com azul

TULE

40

43 44

244HHHH

ra com 60 cm de largura. D – REFORÇO FRANZIDO INFERIOR (três últimas partes) – Frente e costas: seis tiras no tule de 18 cm de altura com 2,10 m de largura. E – BABADO INFERIOR EXTERNO (FRENTE E COSTAS) – Quatro tiras de 35 cm e duas de 32 cm de altura no tule com 6,00 m de largura. F - ALÇAS – Duas tiras em viés no cetim de 50 cm com 2,5 cm de largura.

OURELA

B

OURELA

OURELA

PLANO DE CORTE

Pesponte sobre as costuras laterais e das entrepernas, prendendo a prega da bainha.

OURELA

– Corte duas vezes no tecido e na entretela, sendo o cós esquerdo somente até a linha marcada. A - BRAGUILHA – Uma tira de 18 cm com 8 cm de largura. B – PRESILHA – Uma tira de 36 cm com 4 cm de largura.

30 30a 30 30a 27

F 29

29

26 25

29

CETIM

1,50 M

MONTAGEM •Prenda a entretela no avesso das peças de cetim. •Feche as pences. •Junte as peças laterais e central superior da frente interna com uma costura.

•Franza as bordas superiores e inferiores do tule de reforço das peças superiores e dos seis trechos inferiores até alcançar as mesmas medidas das peças de cetim. •Inicie a preparação das peças externas, alinhavando o tule franzido pelo direito das peças de cetim. Apare o excesso de tule franzido, contornando as bordas das peças, deixando livres apenas as folgas para as costuras. •Para completar as peças externas, alinhave o tule externo pelo direito das peças superiores de cetim reforçado com o tule franzido. •Junte frente e costas das peças superiores e inferiores, separadamente, com uma costura pelas laterais. Faça as mesmas costuras nas peças de forro. •Unindo cada parte da saia, separadamente. Faça a costura central das costas, sem fechar a abertura superior, para a montagem do zíper. Una os três primeiros trechos das peças inferiores com uma costura nas linhas de corte e prenda nas peças superiores. •Faça a montagem do zíper invisível na abertura do centro das costas externas. •Una os três trechos inferiores com uma costura nas linhas de corte e prenda nos superiores coincidindo o número 4 de montagem, completando a saia do vestido em seis andares. •Una os babados inferiores com uma costura pelas laterais. Franza as bordas superiores dos babados o suficiente para a montagem na borda inferior do modelo. •Una os babados com alinhavos pelas bordas superiores franzidas. Prenda os babados na borda inferior do modelo. •Una as costas de forro com uma costura pelo centro, a partir da marcação do final da abertura. •Feche as laterais das peças de forro. •Franza o forro inferior na linha marcada, até 1,05 m. •Costure as peças superiores nas inferiores de forro. •Prepare as duas alças em rolotê. •Junte as peças externas e de forro, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas superiores. Vire as folgas da costura sobre o avesso do forro e prenda com pespontos rentes. •Prenda o direito das bordas do forro pelo avesso das folgas do zíper. Revire as peças. •Faça a bainha inferior do forro e do babado de cetim. •Aplique os paetês na borda superior e nas costuras de união das peças, de acordo com o modelo.

245

HHH

VESTIDO Tam. 42 Folha 3 Peças de 11 a 22 Riscado com preto www.manequim.com.br

53


CORTE

54

www.manequim.com.br

72

OURELA

37a

39a 38

OURELA

72

15

35

34

72

18

38

48

B

C

90

A

TRICOLINE

1,40 M

FORRO

1,50 M

246HHH

13

12

19

MACACÃO A Tam. 54 Folha 4 B Peças de 33 a 39 Riscado com vermelho

90

48

16a

19

48

16

OURELA

54

48

54

72

20

54 54

20

21

72

21

15 22

22

54

14b

72

14a

54

48

14

48

48

1,40 M

11

DOBRA DO TECIDO

OURELAS

CETIM

12 A B

CHIFFON

TECIDO – Tricoline stretch e tule point’esprit ME TR AGEM – Tricoline: 2,70 m com 1,40 m de largura. Tule: 1 m com 1,40 m de largura. Modelo com 36 cm de altura de gancho e 1,75 m de comprimento. MATERIAL – Um botão de 1 cm; um zíper invisível de 55 cm; 2,90 m de renda de 6 cm de largura. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

CORTE

54 54

11

1,40 M

33 - FRENTE SUPERIOR CENTRAL – Separe a peça na linha marcada. Corte a pala uma vez no tule e o trecho inferior uma vez no tecido, formando peças inteiras. 34 - FRENTE SUPERIOR LATERAL. 35 - COSTAS SUPERIORES. 36 - MANGA. 37 - FRENTE INFERIOR. 38 - FUNDO DO BOLSO. 39 COSTAS INFERIORES – Separe as costas superiores na linha marcada. Copie o fundo interno do bolso. Corte todas as peças duas vezes, sendo a pala central das costas e a manga no tule. A –VIÉS DA ABERTURA DAS COSTAS – Duas tiras de 23 cm com 4 cm de largura. B – VIÉS DO DECOTE – Uma tira de

36

TULE

33 35

DOBRA DO TECIDO

48

90

OURELAS

48

72

•Feche as pences. •Franza os ombros da frente até alcançar a mesma medida dos ombros das costas. •Junte frente e costas das peças superiores com uma costura pelos ombros e laterais, unindo as bordas avesso sobre avesso. Em seguida, torne a costurar, unindo as peças, direito sobre direito, escondendo as bordas das folgas. •Faça o acabamento do decote e das cavas com a montagem do viés em rolotê (veja no modelo 235). •Faça a costura central das costas inferiores, unindo tecido e forro, separadamente. Junte frente e costas inferiores de tecido e de forro, separadamente, com uma costura pelas laterais. •Franza as bordas superiores do tecido e do forro, separadamente, o suficiente para a montagem nas peças superiores. •Junte as peças superiores e inferiores de tecido com uma costura. •Faça a montagem do zíper invisível na abertura do centro das costas. •Embainhe as bordas da abertura do centro das costas do forro sobre o avesso das folgas do zíper. Prenda o forro com alinhavos nas folgas da costura de união das peças superiores e inferiores.

39 37

48

17

OURELA

MONTAGEM

18 17

33

48

16

90

Corte as peças nos diferentes tecidos e no forro (veja os Planos de Corte). 11 - FRENTE SUPERIOR – Corte uma vez no chifom, formando uma peça inteira. 12 - COSTAS SUPERIORES – Corte duas vezes no chifom. 13 - FRENTE INFERIOR EXTERNA. 15 – FRENTE INFERIOR INTERNA – Corte a peça externa uma vez no tecido e a peça interna uma vez no forro, formando peças inteiras. 14 - COSTAS INFERIORES EXTERNAS. 16- COSTAS INFERIORES INTERNAS – Corte a peça externa duas vezes no tecido e a peça interna duas vezes no forro. 17, 18, 19, 20, 21 e 22 - PÉTALAS – Corte cada peça quatro vezes no tecido. A – VIÉS DO DECOTE – Duas tiras no chifom de 96 cm com 2 cm de largura. B – VIÉS DAS CAVAS – Duas tiras no chifom de 47 cm com 2 cm de largura.

PLANO DE CORTE

16a

OURELA

PLANO DE CORTE

60 cm com 4 cm de largura. C – ALCINHA – Uma tira de 5 cm com 2 cm de largura.

48

OURELA

•Faça o acabamento das folgas da costura de união das peças superiores e inferiores prendendo uma tira de viés. •Faça uma bainha de lenço nas bordas inferiores do tecido e do forro. •Una as pétalas, duas a duas, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas deixando uma abertura. Revire as peças. •Aplique as pétalas com alinhavos na frente superior do modelo, sobrepondo as bordas das peças menores nas peças maiores. •Borde as marcações centrais e os contornos das pétalas com miçangas. •Aplique os laços no centro da frente.

72

TECIDO – Cetim de seda e chifom e seda METRAGEM – 6,20m (cetim) e 0,90 m (chifom), sempre com 1,40 m de largura. Modelo com 1,64 m de comprimento. MATERIAL – Um zíper invisível de 60 cm; 4,20 m x 1,50 m de microfibra para forro; duas aplicações bordadas tipo laço (opcional). Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

1,40 M

MONTAGEM

•Feche as pences. •Faça o acabamento das bordas da abertura do centro das costas com a montagem do viés em rolotê (veja no modelo 235). •Costure as palas de tule pelo direito das bordas superiores da frente e das costas superiores centrais. •Prenda as peças superiores laterais na frente nas costas centrais. •Aplique as bordas das rendas com pespontos nas peças superiores da frente e das costas. •Junte frente e costas com uma costura pelos ombros. •Prepare a alcinha em rolotê. Vinque o viés do decote ao meio no comprimento, avesso sobre avesso. Costure as bordas do viés pelo direito do decote. Vire o viés para o avesso do decote e prenda com pespontos, prendendo as pontas da alcinha na borda do lado esquerdo da abertura do centro das costas. •Aplique as rendas nas bordas inferiores das mangas. •Monte as mangas nas cavas. •Junte frente e costas superiores com uma costura pelas laterais, a partir das bordas inferiores das mangas. •Costure o direito do fundo interno do bolso pelo direito das peças inferiores da frente. Vire as folgas da costura sobre o avesso do fundo interno e prenda com pespontos rentes. Vire o fundo interno para o avesso da frente. Bata a ferro. •Una os fundos interno e externo do bolso, direito sobre direito, contornando as bordas com uma costura.


MONTAGEM •Prenda as peças laterais nas peças centrais da frente e das costas externas, unindo as peças superiores e inferiores, separadamente. •Junte frente e costas das peças externas e internas, separadamente, com uma costura pelos ombros e borda superiores externas. •Embainhe as bordas das cavas externas para

42

40 45 41

43

A

TECIDO

1,50 M

49

49

48 50 B

TECIDO

1,60 M

248

H

QUIMONO Tam. 50/54/58 Folha 3 Tam. 48/52/56 Folha 4 Peças de 5 a 7 Tam. 48/50 riscado com Tam. 52/54 riscado com Tam. 56/58 riscado com em azul TECIDO – Tule náilon METRAGEM – 1,50 m (tam. 48/50/52/54)

6a

7

1,40 M

•Junte frente e costas com uma costura pelos ombros e, com outra costura, pelas laterais, unindo as bordas inicialmente, avesso sobre avesso. Em seguida, torne a costurar unindo as peças, direito sobre direito. •Vinque a tira do acabamento ao meio no comprimento. Costure as bordas do acabamento pelo avesso do decote e da abertura do centro da frente. Vinque o acabamento ao meio, para o direito do modelo e prenda com pespontos sobre a primeira costura. •Feche as laterais das mangas, conforme as costuras dos ombros e laterais. •Costura as mangas pelo direito das bordas das cavas. •Aplique uma tira de franja sobre a linha indicada na frente, nas costas e nas mangas. •Em seguida, aplique outra franja nas bordas inferiores da frente, das costas e das mangas.

249HHH

SAIA Tam. 50 Folha 4 Peças de 16 a 21 Riscado com verde TECIDO – Couro sintético e tela de malha. METRAGEM – Couro: 0,90 m com 1,50 m de largura. Tela: 0,60 m com 1,40 m de largura. Modelo com 55 cm de comprimento. MATERIAL – Um zíper metálico de 20 cm e dois de 12 cm; 0,50 m x 1,50 m de malha poliéster para forro. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm fol-

PLANO DE CORTE 19

17 19

19 19

COURO

19

20

DOBRA DO TECIDO

OURELA

OURELA

5

OURELAS

6

16

18 18

21

1,50 M

DOBRA DO TECIDO

47

A

OURELAS

44

46

PLANO DE CORTE

CORTE Corte as peças no couro e na malha (veja os Planos de Corte). 16 - FRENTE CENTRAL – Corte uma vez, revirando molde na linha do centro. 17 - FRENTE LATERAL SUPERIOR – Corte duas vezes no couro e no forro. 18 - FRENTE LATERAL INFERIOR – Separe a peça na linha marcada. Corte o trecho intermediário duas vezes na tela e no couro. Corte o trecho inferior duas vezes no couro. 19 - COSTAS – Separe a peça nas linhas marcadas. Corte cada trecho duas vezes no couro, sendo o trecho intermediário no couro e na tela. 20 - CÓS DA FRENTE – Corte uma vez no couro e no forro, revirando o molde na linha do centro. 21 - CÓS DAS COSTAS – Corte duas vezes no couro e no forro. A – ACABAMENTO DA ABERTURA – Duas tiras de 16 cm com 5 cm de largura.

18

TELA

1,40 M A

FORRO

17

20

21

1,50 M

DOBRA DO TECIDO

Corte as peças no tecido e no forro (veja os Planos de Corte). 40 - FRENTE CENTRAL SUPERIOR EXTERNA. 42 - COSTAS CENTRAIS SUPERIORES EXTERNAS. 44 - FRENTE CENTRAL INFERIOR EXTERNA. 46 - COSTAS CENTRAIS INFERIORES EXTERNAS – Corte cada peça uma vez no tecido, formando peças inteiras. 41 FRENTE LATERAL SUPERIOR EXTERNA. 43 – COSTAS LATERAIS SUPERIORES EXTERNAS. 45 - FRENTE LATERAL INFERIOR EXTERNA. 47 - COSTAS LATERAIS INFERIORES EXTERNAS Corte cada peça duas vezes no tecido. 48 – FRENTE SUPERIOR INTERNA. 50 – COSTAS SUPERIOR INTERNA – Corte cada peça uma vez no forro, formando peças inteiras. 49 - FRENTE E COSTAS INFERIORES EXTERNAS – Corte duas vezes no forro, formando peças inteiras. A – ALÇAS DAS COSTAS – Duas tiras de 50 cm com 3,5 cm de largura. B – ACABAMENTO DAS CAVAS INTERNAS – Duas tiras no forro de 68 cm com 3,5 cm de largura.

MONTAGEM

CORTE 5 - FRENTE. 7 - MANGA – Corte cada peça duas vezes. 6 - COSTAS – Corte uma vez, formando uma peça inteira. A – ACABAMENTO DO DECOTE – Uma tira de 1,68 m com 3,5 cm de largura.

ga de costura. Leia as Instruções Gerais.

OURELAS

CORTE

PLANO DE CORTE

OURELA

TECIDO – Crepe ME T R A G EM – 1,90 m com 1,50 m de largura. Modelo com 1,10 m de comprimento. MATERIAL – 90 cm de elástico de 1 cm; 1,40 m x 1,60 m de helanca. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

OURELA

VESTIDO Tam. 52 Folha 4 Peças de 40 a 50 Riscado com preto

e 1,60 m (tam. 56/58), sempre com 1,40 m de largura. Modelo com 36 cm de comprimento, a partir da cintura, incluindo a franja. MATERIAL – 4,20 m (tam. 48/50/52), 4,30 m (tam. 54/56) e 4,40 m (tam. 58) de franja de 15 cm de largura. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

OURELA

247HHH

o avesso. Prenda as bainhas com pespontos. •Arremate as cavas internas com a montagem das tiras dos acabamentos. •Junte frente e costas das peças externas e internas, separadamente, com uma costura pelas laterais. •Embainhe 0,7 cm das bordas maiores das alças, avesso sobre avesso. Bata a ferro. Vinque as alças ao meio no comprimento, avesso sobre avesso. Pesponte rente às bordas embainhadas, fechando as alças. •Junte as peças superiores de tecido e de forro, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas do decote e da abertura central das costas, prendendo as pontas das alças nos lugares indicados. Revire o forro para o avesso do tecido. •Feche as laterais inferiores, unindo frente e costas de tecido e de forro, separadamente. •Chuleie o forro pelo avesso da borda superior do tecido inferior. •Junte as peças superiores e inferiores com uma costura. •Separe uma tira de elástico de 88 cm. Costure o elástico sobre as folgas, esticando o quanto for necessário. •Faça as bainhas inferiores.

OURELA

•Una as peças inferiores da frente e das costas, separadamente, com uma costura pelo centro, deixando livre a abertura superior das costas. •Junte frente e costas inferiores com uma costura pelas laterais. •Prenda as peças superiores nas inferiores. •Faça a montagem do zíper invisível na abertura central das costas. •Faça as bainhas inferiores. •Pregue o botão, para o fechamento da abertura do centro das costas.

MONTAGEM

•Prenda o direito do acabamento pelo direito das peças laterais superiores da frente com uma costura contornando as marcações das aberturas. •Corte as aberturas. Vire os acabamentos para o avesso. Aplique os zíperes pelo avesso das peças com pespontos contornando as bordas das aberturas. •Costure as peças de forro pelo avesso das bordas das peças laterais superiores. •Prenda as peças laterais superiores na frente central. Vire as folgas das costuras sobre o avesso da peça central e prenda com pespontos duplos. •Chuleie as peças cortadas na tela pelo direito das bordas das peças intermediárias de couro. •Prenda as peças intermediárias nas peças da frente e das costas com uma costura nas linhas de corte. •Una as peças da frente, coincidindo o número 2 de montagem. Faça pespontos duplos pelo direito das costuras de união das peças da frente e das costas, prendendo as folgas no avesso. •Prenda as palas nas bordas superiores das costas. Vire s folgas sobre o avesso das palas e prenda com pespontos duplos. www.manequim.com.br

55


TECIDO Musseline METRAGEM – 1,70 m com 1,50 m de largura. Modelo com 72 cm de comprimento. MATERIAL – Nove botões de 1 cm; 10 cm de entretela. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

CORTE 51 - FRENTE. 53 - GOLA. 54 - MANGA – Corte cada peça duas vezes. 52 - COSTAS – Corte uma vez, formando uma peça inteira. 55 - PUNHO – Corte duas vezes no tecido e na entretela. A – VIÉS DO DECOTE DA FRENTE – Duas tiras de 20 cm com 3 cm de largura. B - VIÉS DA MANGA – Duas tiras de 18 cm com 4 cm de largura.

PLANO DE CORTE

OURELA

52

55 55 55

A 53

54

55 55 55 55

B

OURELA

53

51

251H

•Feche as pences. •Junte frente e costas com uma costura pelos ombros e, com outra costura, pelas laterais. 56

www.manequim.com.br

CORTE

CORTE

22 - FRENTE. 24 - MANGA – Corte cada peça duas vezes. 23 - COSTAS – Corte uma vez, formando uma peça inteira.

Corte as peças no tecido e no forro (veja os Planos de Corte). 8 - FRENTE SUPERIOR. 9 - COSTAS SUPERIORES – Corte cada peça uma vez no tecido e no forro, formando peças inteiras. 10 - FRENTE E COSTAS INFERIORES – Corte duas vezes no tecido e no forro, formando peças inteiras.

PLANO DE CORTE 24 22

CARDIGÃ Tam. 50 Folha 4 Peças de 22 a 24 Riscado com vermelho TECIDO – Malha suede ME TRAGEM – 2,20 m com 1,50 m

10

OURELA

23

9

OURELA

22a

22b

OURELA

PLANO DE CORTE

10 8

23a

TECIDO

1,50 M

1,50 M

MONTAGEM •Franza os ombros da frente no trecho marcado o suficiente para a montagem nos ombros das costas. •Junte frente e costas com uma costura pelos ombros, prendendo o direito da folga da bainha do decote das costas sobre o avesso das peças da frente. •Vire a folga do decote para o avesso e prenda com pespontos duplos. •Monte as mangas nas cavas. •Junte frente e costas com uma costura pelas laterais a partir das bordas inferiores das mangas. •Vire as bainhas das mangas para o avesso e prenda com pespontos duplos.

252

HH

VESTIDO Tam. 50/54/58 Folha 3 Tam. 48/52/56 Folha 4 Peças de 8 a 10 Tam. 48/50 riscado com Tam. 52/54 riscado com Tam. 56/58 riscado com em verde

1,50 M

MONTAGEM

1,00 m (tam. 58) de elástico de 1 cm; 10 cm de elástico fino para alça; linha e agulha para malha. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

TECIDO – Renda de algodão e liganete METRAGEM – 1,40 m (todos os tamanhos) com 1,40 m de largura. Modelo com 48 cm de comprimento lateral. MATERIAL – Um botão de 1 cm; 1,40 m x 1,60- m de liganete para forro; 80 cm (tam. 48/50/52), 90 cm (tam. 54/56) e

9 10

OURELA

CAMISA Tam. 50 Folha 4 Peças de 51 a 55 Riscado com preto

de largura. Modelo com 75 cm de comprimento. MATERIAL – Linha para malha e agulha ponta bola. Obs: Nunca altere o tamanho do modelo para outro tamanho diferente daquele que foi publicado. Nossos moldes não têm folga de costura. Leia as Instruções Gerais.

OURELA

250

HHH

•Vire o acabamento do abotoamento para o direito do decote da frente. Una as bordas do decote com alinhavos. •Vinque o viés do decote ao meio no comprimento, avesso sobre avesso. Costure as bordas do viés pelo direito do decote. Vire as folgas da costura sobre o viés e o prenda com pespontos. Vire o viés e o acabamento do abotoamento para o avesso da frente. Bata a ferro. Prenda o viés com pespontos. •Faça a costura central das costas da gola. Vinque a gola na linha marcada, direito sobre direito. Una as bordas da gola com uma costura, deixando livre o trecho de montagem no decote. Revire a gola. •Prenda o direito da borda interna da gola no avesso do decote. Embainhe a borda da parte externa da gola pelo direito do decote e prenda com pespontos rentes. •Franza as bordas superiores das mangas entre os asteriscos (*). Franza as bordas inferiores das mangas o suficiente para a montagem nos punhos. •Arremate as bordas das aberturas das mangas com a montagem do viés em rolotê (veja no modelo 235). •Feche as laterais das mangas. •Monte as mangas nas cavas. •Faça a montagem dos punhos nas mangas (veja no final do texto). •Faça a bainha inferior. •Abra as casas e pregue os botões. MONTAGEM DO PUNHO - Monte a entretela na parte que servirá de forro do punho. Caso o punho seja cortado duas vezes, junte as partes do punho, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas laterais e inferiores. Monte a parte entretelada do punho na boca da manga, direito sobre direito, de maneira que as bordas laterais, com as folgas do punho, coincidam com a abertura da manga. Nos punhos que têm uma única peça, vinque a peça ao meio no comprimento, direito sobre direito. Alinhave. Costure as bordas laterais: comece a costurar a partir da borda vincada do punho, indo em direção à abertura da manga. Revire o punho, avesso sobre avesso. Bata a ferro. Embainhe a folga de costura do punho sobre a folga de costura da montagem. Prenda com alinhavos. Em seguida, prenda a borda embainhada com pontos à mão ou com pespontos feitos pelo direito, rente à montagem. Pesponte rente às bordas laterais e inferior do punho. Se for necessário, faça pespontos paralelos de acordo com o modelo.

OURELA

•Una as peças das costas com uma costura pelo centro, sem fechar a abertura superior. •Junte frente e costas com uma costura pelas laterais. •Feche as laterais do cós, unindo as partes externas e internas, separadamente. •Chuleie a borda inferior do forro do cós. •Junte o couro e o forro do cós, direito sobre direito, com uma costura pelas bordas superiores. Vire as folgas da costura sobre o avesso do forro e prenda com pespontos rentes. •Prenda a parte externa do cós na borda superior do modelo. •Costure o direito das folgas do zíper pelo direito das bordas da abertura do centro das costas, a partir do cós. Prenda o direito das bordas do forro do cós pelo avesso das folgas do zíper. Revire o cós, avesso sobre avesso. Pesponte pelo direito, rente à costura de montagem do cós, prendendo a borda inferior do forro do cós no avesso. •Faça a bainha inferior.

10 8

FORRO

MONTAGEM

1,60 M

•Feche as pences. •Prendendo as peças externas e internas, separadamente, junte frente e costas, com uma costura pelos ombros. •Em seguida, feche as laterais superiores e inferiores. •Una as peças externas e internas, direito sobre direito. Contorne a abertura central das costas com uma costura, prendendo uma tira de elástico de 5 cm na borda do lado esquerdo da abertura. •Em seguida, una as peças de tecido e forro pelas bordas do decote. •Com outra costura, una as peças, direto sobre direito, com uma costura pelas bordas das cavas. •Revire o forro para o avesso das peças superiores. Pesponte a 0,5 cm das cavas. •Chuleie o forro nas bordas superiores das peças inferiores de tecido. •Junte as peças superiores e inferiores com uma costura. •Costure uma tira de elástico de 72 cm (tam. 48), 76 cm (tam. 50), 80 cm (tam. 52), 84 cm (tam. 54), 88 cm (tam. 56) e 92 cm (tam. 58) sobre as folgas, esticando o elástico o quanto for necessário. •Faça as bainhas inferiores. •Pregue o botão, para o fechamento da abertura central das costas.


Diretor-SuperintenDente Edgardo Martolio DiretoreS CorporativoS Marketing: Luis Fernando Maluf Editorial: Claudio Gurmindo (Núcleo Celebridades) e Pablo de la Fuente (Núcleos Novos Leitores e Mensais) Publicidade: Luciana Jordão Circulação: Marciliano Silva Jr. Internet e Mídia Digital: Alan Fontevecchia Operações: Osmar Lara Jurídico e RH: Wardi Awada DiretoreS exeCutivoS TI: Cícero Brandão Arte: André Luiz Pereira da Silva DiretoreS Publicidade: Maria Rosária Pires (Núcleo Novos Leitores) Escritório Rio de Janeiro: Claudio Uchoa (Editorial) Arte: Juliana Cuttin (Núcleos Negócios, Bem-Estar, Casa & Mulher) e Kika Gianesi (Núcleo Novos Leitores) GerênCiaS Logística: Gilberto Arcari Escritório Rio de Janeiro: Edinoel Silva Faria Circulação: Luciana Romano (Assinaturas) Marketing Publicitário e Eventos: Mariana Kotait Eventos: Walacy Prado Administração, Finanças e Controle: Adriano Bialli Tecnologia Digital: Nicholas Serrano eDitoreS De imaGenS Fotografia: César Alves (RJ)

(Lançada em 1959)

Editora: Ana Paula de Andrade; Editora de Arte: Helena Cortez; Editora de Moda: Lalá Navarro; Editora Assistente: Marcela Rodrigues (Texto); Repórter: Juliana Cazarine; Designer: Patrícia Trigo; Auxiliar Administrativa: Roze Souza; Revisão: Bianca Albert; Publicidade: Carolina Braz, Cintia Oliveira , Claudia Pardini, Lavínia Carvalho e Viviane Martos (Executivas de Negócios); Cátia Laguna (Assistente) ÁreaS CompartilhaDaS FOTOGRAFIA: Priscilla Vaccari (SP) e Cadu Pilotto (RJ); Samantha Ribeiro e Ramiro Pereira (Assistentes); CORRESPONDENTE INTERNACIONAL: Álvaro Teixeira (Paris); CIRCULAÇÃO: Pablo Barreto; MARKETING PUBLICITÁRIO E EVENTOS: Bruno Legítimo (Designer) e Thamiris Stevan (Assistente); MARKETING: Caroline Ryna, Fernando Almeida, Nilton Vieira, Natalie Fonzar (Apoio) e Bianca Gurgel (Designer); TI: Carlos Lima, Dirceu Bueno, Ricardo Jota e Victor Dias Fontes (Assistentes); LOGÍSTICA: Anicley Lima, Daniel Ferreira e Ivo Santos; RECURSOS HUMANOS: Renê Santos (Consultor); ADMINISTRAÇÃO, FINANÇAS E CONTROLE: Alessandro Silva e Arthur Matsuzaki (Analistas) e Manoel Leandro (Consultor); DEDOC: Marco Vianna; PRE-PRESS: Alexandre de Sousa, André Uva, Claudio Costa, Dorival Coelho, Emerson Luis Cação, Rodrigo Figuerola e Rogério Veiga. internet e míDia DiGital EDITOR: Ademir Correa; PUBLICIDADE VIRTUAL: Fernanda Neves (Gerente), Bruna Oliveira, Deborah Burmeister, Lais Guedes e Thays Panar (Executivas); PLANEJAMENTO: Roberta Covre (Gerente) e Anne Muriel (Analista); MARKETING DIGITAL: Victor Calazans (Analista). reDação e CorreSponDênCia SÃO PAULO: Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 1400, 13º andar, conjs. 131/132, Jardim Paulista, CEP 04543-000, SP, Brasil, tel.: (11) 2197-2000, fax: (11) 3086-4738; RIO DE JANEIRO: Torre Rio-Sul, Rua Lauro Müller, 116, conjunto 3105, 31º andar, CEP 22290-160, RJ, Brasil, tel.: (21) 2113-2200, fax: (21) 2543-1657. ESCRITÓRIO COMERCIAL BRASÍLIA: Edifício Le Quartier Bureau, SHN Quadra 1 Bloco A, S/N, 12ª andar - Sala 1209, Cep: 70701-010, Brasília, DF, Brasil, Tel: (61) 3536-5138 / (61) 35365139, e-mail: carasbrasilia@caras.com.br MANEQUIM 686 (ISSN 0025-2077), ano 57/nº 05 é uma publicação mensal da Editora Caras. Edições anteriores: Ligue para 0800-777-3022 ou solicite ao seu jornaleiro pelo preço da última edição em bancas mais despesa de remessa; sujeito a disponibilidade de estoque. Distribuída em todo o país pela Dinap S.A. Distribuidora Nacional de Publicações, São Paulo. MANEQUIM não admite publicidade redacional. Serviço ao aSSinante Grande São Paulo: (11) 5087-2112 - Demais localidades: 0800-775 2112 www.abrilsac.com para aSSinar Grande São Paulo: (11) 3347-2121 - Demais localidades: 0800-775 2828 www.assineabril.com.br impreSSa na GrÁfiCa abril: Av. Otaviano Alves de Lima, 4400, CEP: 02909-900, Freguesia do Ó, São Paulo, SP

reviStaS Da eDitora CaraS anamaria (Semanal - UniverSo Feminino ) | arquitetura & ConStrução (menSal - CaSa & materiaiS ) | aventuraS na hiStória (menSal - ConheCimento & memória ) | bonS fluiDoS (menSal - Bem-eStar & SUStentaBilidade ) | CaraS (Semanal - eStilo de vida & SoCiedade ) | ContiGo! (Semanal - CeleBridadeS & entretenimento ) | manequim (menSal - moda ) | mÁxima (menSal - mUlher moderna ) | minha CaSa (menSal - lar & deCoração ) | minha novela (Semanal - televiSão ) | plaCar (menSal - eSporteS ) | reCreio (Semanal - inFantil) | Sou maiS eu! (Semanal - depoimentoS & SUperação ) | tititi (Semanal - Fama & tv ) | viDa SimpleS (menSal aUtoConheCimento ) | viva! maiS (Semanal - Família ) | voCê Sa (menSal - proFiSSão & FinançaS ) | voCê rh (BimeStral - Carreira proFiSSional ) prinCipaiS prêmioS & eventoS De eDitora CaraS ilha De CaraS | melhoreS empreSaS para voCê trabalhar | prêmio ContiGo! De televiSão | Café Com voCê rh | prêmio o melhor Da arquitetura | CaStelo De CaraS | prêmio bola De prata | melhoreS empreSaS para Começar a Carreira | Semana Do bem-eStar eDitor reSponSÁvel Wardi Awada

PROCUROU, ACHOU ADCOS | SAC 0800-221123 AMARO | www.amaro.com ANZETUTTO | Tel. (51) 3587-2491, Novo Hamburgo, RS ARF FOLHEADOS | Tel. (11) 3716-0000, São Paulo, SP AVON | SAC 0800-7082866 BALONÈ | Tel. (11) 5189-4544, São Paulo, SP BARBARA BELA | Tel. (11) 3062-3278, São Paulo, SP BEBECÊ | Tel. (51) 3546-8000, Três Coroas, RS BIBI | Tel. (11) 3081-4334, São Paulo, SP BIOAGE | Tel. (11) 4138-8770, São Paulo, SP BIODERMA | www.biodermabrasil.com BIRÔ | Tel. (11) 3546-6231, São Paulo, SP BLACK TIE | Tel. (11) 3064-4631, São Paulo, SP BOTTERO | Tel. (51) 3543-5400, Parobé, RS BRECHÓ MINHA AVÓ TINHA | Tel. (11) 3801-4124, São Paulo, SP BUONA VITA | Tel. (41) 3023-1855, Paraná, PR C&A | Tel. (11) 2131-0001, São Paulo, SP CAMISARIA COLOMBO | Tel. (11) 3522-7171, São Paulo, SP CARMEN STEFFENS | Tel. (11) 3063-2283, São Paulo, SP CARMIM | Tel. (11) 3062-8543, São Paulo, SP CAROL ARBEX | Tel. (11) 3044-1673, São Paulo, SP CASA VASCONCELLOS | Tel. (11) 3083-0787, São Paulo, SP CAVAGE | Tel. (51) 3581-3400, Novo Hamburgo, RS CONVERSE | Tel. (54) 3285-2800, Picada Café, RS COQUEIRO | www.coqueiro.com.br CORELLO | Tel. (11) 3060-8219, São Paulo, SP COSMOPOLITAN | Tel. (11) 3062-4069, São Paulo, SP CRYSALIS | Tel. (51) 3546-8400, Três Coroas, RS DIFERENZA | www.diferenza.com.br DIVALESI | Tel. (51) 3546-6777, Três Coroas, RS DRESS & CO. | Tel. (11) 3682-2655, São Paulo, SP DRESSING | Tel. (11) 3168-4765, São Paulo, SP ELEGANCE | Tel. (47) 3472-2472, Joinville, SC EUDORA | SAC 0800-7274535 EXIA ACESSÓRIOS | Tel. (15) 3262-5112, Porto Feliz, SP FÁTIMA SCOFIELD | Tel. (31) 3296-0520, Belo Horizonte, MG FLORINDA | Tel. (85) 3224-5181, Pacajus, CE FLOWERS BIJOUX | Tel. (11) 55412425, São Paulo, SP FORUM | Tel. (11) 3062-8007, São Paulo, SP GIVENCHY | SAC 0800-170506 GREEN | Tel. (11) 3152-6710, São Paulo, SP HECTOR ALBERTAZZI | Tel. (11) 3152-6228, São Paulo, SP IMPALA | SAC 0800-5412595 IVANA SALUME | Tel. (11) 5063-0440, São Paulo, SP JES COUTURE | Tel. (11) 3849-2666, São Paulo, SP

FALE CONOSCO Para sugestões, comentários e dúvidas sobre o conteúdo da revista, ligue para (11) 2197-2084. Nosso horário de atendimento é das 14h às 18h. Você também pode enviar um e-mail para manequim@ maisleitor.com.br, ou ainda escrever para revista MANEQUIM: Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 1.400, 13º andar, conj. 131/132, Jardim Paulista CEP 04543-000, São Paulo, SP. EDIÇÕES ANTERIORES De segunda a sexta, das 7h30 às 17h30, ligue para 0800-7773022 ou solicite ao jornaleiro pelo preço da última edição em banca mais despesa de remessa. Sujeito à disponibilidade de estoque.

JORGE ALEX | Tel. (11) 3321-7700, São Paulo, SP JULIA PLUS | Tel. (11) 2695-0961, São Paulo, SP KALU JOIAS | Tel. (11) 5181-2938, São Paulo, SP LE DIAMOND | Tel. (11) 3038-1906, São Paulo, SP LETÍCIA SARABIA | Tel. (11) 2659-9395, São Paulo, SP LUPO | SAC 0800-7078220 LUZ DA LUA | Tel. (51) 3303-5000, Novo Hamburgo, RS MARACUJÁ | Tel. (31) 3293-0807, Belo Horizonte, MG MARCO APOLLONIO | Tel. (11) 95730-9524, São Paulo, SP MARIA CEREJA | Tel. (11) 3057-4035, São Paulo, SP MARIA DOLORES | Tel. (11) 3063-1471, São Paulo, SP MELINDE | Tel. (11) 3951-4656, São Paulo, SP MEMOVE | Tel. (11) 2219-0288, São Paulo, SP MODHA | Tel. (11) 2746-7942, São Paulo, SP MONICA DI CREDDO | Tel. (11) 3887-1369, São Paulo, SP NEM | Tel. (11) 3045-2039, São Paulo, SP O BOTICÁRIO | SAC 0800-413011 OCÉANE | Tel. (11) 2171-0194, São Paulo, SP ORA POIS | www.orapoisrestaurante.com.br PANDORA | Tel. (11) 3081-3301, São Paulo, SP PÃO DE AÇÚCAR | Tel. (11) 3055-6767, São Paulo, SP PHARMAPELE | SAC 813-2022000 PROFUSE | SAC 0800-7016900 RANCHO PORTUGUÊS | Tel. (11) 2639-2077, São Paulo, SP REGINA SALOMÃO | Tel. (11) 3045-2721, São Paulo, SP RENNER | Tel. (11) 2165-2800, São Paulo, SP RISQUÉ | www.risque.com.br ROC | SAC 0800-7036363 ROSANA MATTUA | Tel. (11) 3045-6737, São Paulo, SP SABRINA CHAPÉUS | Tel. (11) 5055-9177, São Paulo, SP SEIKI | Tel. (11) 3062-0485, São Paulo, SP SONDA | Tel. (11) 2145-6220, São Paulo, SP SPEZZATO | Tel. (11) 3074-2922, São Paulo, SP STEPHANIE STEIN | Tel. (11) 4796-9649, São Paulo, SP TIGRESSE | Tel. (11) 2367-9767, São Paulo, SP TÓFANO | Tel. (11) 2225-0295, São Paulo, SP TOMMY HILFIGER | Tel. (11) 3060-8994, São Paulo, SP TUFI DUEK | Tel. (11) 3085-6269, São Paulo, SP TYROL | Tel. (11) 3032-3935, São Paulo, SP UNIÃO | SAC 0800-132027 VICENZA | Tel. (51) 3545-1722, Igrejinha, RS VULT | Tel. (11) 4736-8890, São Paulo, SP WINE.COM | SAC 0800-6029463 ZEFERINO | Tel. (11) 3064-1006, São Paulo, SP

PARA ASSINAR De segunda a sexta-feira, das 8h às 22h, e aos sábados, das 9h às 16h, ligue para tel. (11) 3347-2121 (Grande São Paulo) ou 0800-775 2828 (Outras cidades) Envie um e-mail para abril. assinaturas@abril.com.br ou acesse www.assineabril.com.br SAC Para comunicar mudança de endereço ou tirar dúvidas sobre sua assinatura, ligue, de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h, para tel. (11) 5087-2112 (Grande São Paulo) 0800-775 2112 (outras cidades) ou acesse www.abrilsac.com.br PARA ANUNCIAR tel. (11) 2197-2000 E-mail: publicidade@editoracaras.com.br


SONHO SOB MEDIDA

7 MOTIVOS PARA FAZER

O vestido de noiva pode ser simples ou sofisticado, mas acompanhar o processo de criação e execução garante que sua personalidade seja traduzida na peça. Veja a opinião dos estilistas TEXTO CAMILA SUARES FOTO LAMB TAYLOR

1. EXCLUSIVIDADE

Casamento é um momento único! Pensar no vestido é muito mais do que escolher a cor e o tecido. “A noiva pode ter o modelo dos sonhos feito só para ela. O vestido será exclusivo e ninguém terá igual”, diz o estilista Lucas Anderi.

2. PERFEIÇÃO

O caimento será feito especialmente para o seu corpo. “O vestido é adaptado a suas medidas e proporções, muitas vezes usando a técnica de moulage”, conta a estilista Emannuelle Junqueira.

3. CONFIANÇA

É certo que a noiva vai causar um grande impacto, ou seja, precisa estar de acordo com o que vai vestir do começo ao fim do processo. “É a roupa mais especial de uma mulher. Ter confiança no estilista que confecciona o vestido deixa a noiva muito mais tranquila”, afirma Emannuelle.

4. EMOÇÃO

“Cada prova é uma extensão das experiências e delícias do casamento. Cada vez que você for ao ateliê terá uma prévia de tudo o que vai sentir no momento da cerimônia, um misto de emoções que ficará marcado para sempre na memória”, diz a estilista Lethicia Bronstein.

5. CORES E TECIDOS

“Você pode fazer o que quiser, e isso é uma vantagem, afinal, ao escolher uma peça em uma loja, os tecidos e cores são limitados. No ateliê, as opções são infinitas, e isso colabora para o vestido perfeito”, pondera Lethicia.

6. DETALHES ESPECIAIS

“Um vestido sob medida leva todos os tipos de renda que a noiva quiser, e ainda há a opção de fazer desenhos. Atendi uma cliente que pediu para bordar na renda a flor de uma joia de família que iria usar no casamento”, conta a estilista Martha Medeiros.

7. CUIDADO ARTESANAL

“Cada passo é feito à mão e tratado como prioridade. Todos os elementos se harmonizam. A textura original e a modelagem revelam o melhor da noiva”, diz Cristina Perez, diretora criativa da grife catalã Yolan Cris. Mas um vestido não pode ser copiado mundo afora? “Até pode acontecer. Mas os materiais de qualidade, da renda à seda, é que farão a diferença”, completa Cristina. 58

www.manequim.com.br


m2016  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you