Page 1

REVISTA NOTÍCIAS ESPORTIVAS - ANO 6 - Nº 47 - AGOSTO 2014 - DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

• Joguinhos Itajaí é o 4º colocado

• Bolão 16 Equipe Masculina e Feminina, são campeões Catarinenses

• Handebol Itajaí vence Seleção do Uruguai em jogo amistoso


Itajaí nos Joguinhos Abertos de Santa Catarina

Expediente: Informativo Notícias Esportivas Supervisão: Eládio Cardoso / Diego Cardoso Diagramação, projeto gráfico e correção: Tiburcio de Barcelos tiburcio@acolmeiaweb.com Colaboradores: Marcelo Nunes, FMEL Itajaí, ASPMI. Tiragem: 2.000 mil exemplares Fotos: Diego Cardoso, SECOM Itajaí, Nelson Robledo, Victor Schneider, Prefeitura de Navegantes. Comercial: Tel: 3344-5117 / 9600-0876 www.noticiasesportivas.com contato@noticiasesportivas.com

Dentro das expectativas, Itajaí estaria brigando para subir mais algumas posições na classificação geral dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina, que foram realizados na cidade de Caçador de 26 de julho a 02 de agosto, haja vista que em 2013, nos Joguinhos realizados na cidade de Criciúma Itajaí conquistou o 4º lugar, somando 95 pontos, com a conquista de cinco primeiros lugares, com as seguintes modalidades: Futsal feminino, Ginastica Artística, Handebol masculino, Judô Masculino e tênis masculino. Neste ano, em Caçador a Fundação Municipal de Esportes e Lazer esperava manter as conquistas de primeiro lugar de 2013 e melhorar o desempenho nas outras modalidades para tentar brigar pelo titulo de campeão. Porem das cinco modalidades de 2013, somente a Ginastica Artística Masculina, o Judô masculino e o Tênis Masculino repetiram a façanha de subir ao lugar mais alto do pódio. Mesmo assim se manteve na 4ª colocação, somando 84 pontos. Agora as expectativas se voltam para a disputa dos 54º Jogos Abertos de Santa Catarina que serão realizados aqui na cidade, no período de 15 a 25 de novembro de 2014. Enquanto a cidade sede se prepara, e tenta reforçar suas equipes, tendo como objetivo colocar o maior número de equipes participantes possíveis, os demais municípios que estão integrados com a FESPORTE estão lutando por classificações nos microrregionais que iniciaram no dia 05 de agosto e irão até 14 de setembro, e nos Regionais que serão realizados entre os dias 10 a 22 de outubro. Segundo os coordenadores das modalidades e o Superintendente da FEMEL, Fabricio Marinho, Itajaí esta se preparando para conquistar o titulo de Campeão Geral pela primeira vez na historia do município nos Jogos Abertos de Santa Catarina.


JASC

05

Contagem regressiva para os JASC

Evento marca o início da contagem para a competição e apresenta troféus da edição 2014. Pra se ter uma ideia da mobilização que os Jogos Abertos de Santa Catarina proporcionam, pense em um auditório completamente lotado. E mais, em plena noite de uma sexta-feira, fria, e com tempo emburrado. Foi assim, que o auditório do Centreventos de Itajaí acompanhou um evento especial realizado neste dia 08 para marcar o início da contagem regressiva para a 54ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina que chegam a Itajaí entre os dias 15 e 25 de novembro. Solenidade Demonstrando confiança com o ritmo das obras, o presidente da FESPORTE, a Fundação Catarinense de Esporte, Marcelo Kovalski, abriu os trabalhos elogiando a preparação da cidade demonstrada até aqui. “É bom estarmos com 100 dias para o início da competição e vermos que as coisas estão andando na cidade”. O discurso do dirigente estadual veio após a exibição de um vídeo que salienta bem, as características e potenciais econômicos e sociais de Itajaí. Homenagem Para que o futuro e o presente sejam de sucesso é imprescindível que se lembre do passado. Por isso, a Comissão Organizadora dos JASC de Itajaí entregou placas de homenagens a pessoas que tem o nome escrito na história do esporte itajaiense. Gente como Edson Heusi, o Fuba. Comendador do Esporte no estado, Fuba participou dos JASC como técnico e atleta. Há 48 anos, um dos melhores tenistas da história de Santa Catarina desenvolve trabalho social e de preparação de atletas no Itamirim Clube de Campo. “Ele não falou que foi meu professor de tênis, isso ele não colocou no currículo”, disse o prefeito Jandir Bellini que também lembrou da amizade particular que

nutre com Edson Heusi. Mas as homenagens não pararam por aí. Armando Gonçalves, o Índio, que faturou os Jogos, por dez vezes com o handebol, Dario Passos, um guerreiro que desde 1974 comanda o handebol feminino, e que não diminuiu o ritmo, nem mesmo após ficar paraplégico, na década de 1990. Além deles, também foram lembrados, Jucílio de Castro Fernandes, atleta itajaiense que brilhou no pentatlo, foi preparador físico do Marcílio Dias e da modalidade, além de combatente na segunda guerra mundial e Rubens Fachini, um dos co-fundadores dos JASC, morto em abril desse ano, também seu legado e sua vida repleta de dedicação ao esporte, lembradas. Abre aspas Em um discurso bastante animado, o prefeito Jandir Bellini se lembrou da promessa feita ao Governador do Estado em promover jogos que fiquem na história, como um dos melhores das 54 edições já disputadas. “Fui desafiado pelo Governador e pelo Secretário, pode dizer ao Governador (se dirigindo ao presidente da FESPORTE) que vamos cumprir com esse desafio e vamos fazer um dos melhores jogos, assim como Blumenau fez”, afirmou Jandir Bellini, que acrescentou que superar limites, principalmente quando o assunto é esporte, é um ponto de destaque para a cidade. “Os JASC com sucesso é um desafio, como foi o desafio da Volvo Ocean Race”, lembrou Jandir. Cumprindo prazos Presidente da Comissão Central Organizadora, Álvaro Provesi, fez um resumo das obras que estão preparadas para receber os mais de 5000 atletas que devem participar da competição. Em discurso afinado com o Superintendente Fabrício Marinho que afirmou “missão dada é missão cumprida”, com relação ao prazo de 30 de setembro estabelecido pelo prefeito, Álvaro divulgou os

locais de competição e quais modalidades serão sediadas em cada local. O dirigente também apresentou a situação atual Na pista de atletismo, as obras avançam em toda a estrutura. Principalmente, na arquibancada, pinturas e parte elétrica. Provesi também ressaltou a parceria com as instituições de ensino que vão ceder suas estruturas para a competição. “O Colégio Salesiano, por exemplo, que vai sediar o basquetebol reformou toda quadra com recursos próprios, além de pintura externa e da iluminação com LED, pensando na economia”, elogiou. Os ginásios do município, estruturas fundamentais para as modalidades como handebol, voleibol e futsal também estão em ritmo intenso. “Finalizamos o telhado do Ivo Silveira que agora foi entregue a Justiça Eleitoral que vai utilizar a estrutura como base para recepção das urnas eleitorais”, explicou. Vale ressaltar que o Ginásio que homenageia o exgovernador do Estado foi construído para a primeira edição dos JASC, que Itajaí recebeu no distante ano de 1972. Um dos principais palcos do Esporte Itajaiense, o Ginásio Gabriel João Collares, que foi construído para a segunda edição dos Jogos que aconteceu em Itajaí no ano de 1982 tem cerca de 30 pessoas trabalhando em sua reforma. “Focamos essa semana na parte elétrica, hidráulica e piso. Agora, vamos iniciar a pintura externa”, finalizou Provesi. Troféus e medalhas Objetos do desejo de atletas e dirigentes, também foram apresentados os troféus e medalhas da competição. O troféu estampa um navio cargueiro, bem característico em suas idas e vindas a Itajaí. O presidente da FESPORTE entregou medalhas para Alvaro Provesi, Fabrício Marinho e o prefeito Jandir Bellini, que arrancou elogios ao dizer: “Itajaí já largou com três medalhas no quadro de medalhas, mesmo faltando 100 dias para os Jogos”.


TIPSO

06

TIPSO futsal disputa etapa em casa equipe local veio mais ligada e logo descontou. Os vacilos na defesa pararam e o jogo ganhou ainda mais emoção. Até que o pivô Dudu, teve a chance de empatar a partida em lance claro, mas não conseguiu dominar. Mas o camisa 9 não se abateu e com uma bomba conseguiu garantir o empate, e o que é melhor, a liderança do estadual sub-17, ao lado do forte Ki-bola Lages. Placar final, 2 x 2. Equipe sub-17 teve excelente atuação e conquistou liderança. Jogar em casa é sempre um desafio para os atletas, a responsabilidade é maior, mas assim como o incentivo também é. A equipe TIPSO/FMEL/BIOLEVE/ASPMI Itajaí em sua representante no sub-17, viveu bem essas sensações, ao disputar a etapa do Campeonato Catarinense em casa, no Ginásio Jucílio de Castro Fernandes em Cordeiros. E dentro de quadra, os garotos não deixaram a desejar, tanto que conquistaram duas vitórias nos duelos contra Tubarão e Florianópolis. Dificuldade Mas a partida mais complicada foi justamente a última. O duelo contra o Ki-Bola de Lages foi truncado, difícil e com marcação bastante intensa. E pra deixar a situação mais difícil para a equipe local, em duas vaciladas, o time do Planalto Serrano, abriu o placar e conseguiu levar o jogo em vantagem de 2 a 0 para o intervalo. Pra cima deles! Logo no início da segunda etapa, a

Alívio “Graças a Deus consegui fazer o gol do empate, a minha consciência ficou um pouquinho pesada, depois que perdi aquela chance, mais ainda bem, que no fim, deu tudo certo”, comentou o garoto após a partida. Já para o técnico do TIPSO/FMEL/BIOLEVE/ASPMI ITAJAÍ, Alê, a etapa disputada atendeu as expectativas da equipe. “2 vitórias e 1 empate, ficou de ótimo tamanho”, disse. Alê ainda explicou que a competição deve ficar ainda mais complicada na próxima etapa que vai acontecer ainda em agosto, na cidade de Lages. “São times muito bons, assim como é o nosso, temos que lutar muito”, finalizou o treinador. Sub-15 Enquanto isso, a equipe do Sub-15, encerrou em Blumenau mais uma fase do Estadual da categoria. Com jogos emocionantes, de muita qualidade e equilíbrio, Itajaí conseguiu garantir o primeiro lugar da chave com 12 pontos, mesma pontuação de Pinhalzinho. Completam a chave, Forquilinha com 10 pontos e a Escola Barão com apenas 1 ponto. Com os resultados, o TIPSO, consegue avançar a quarta fase do estadual na

categoria e colocar a equipe entre as 16 melhores do Estado, ao menos. No começo da competição, eram 35 times. No regional da OLESC O resultado no Estadual complementa outra conquista da equipe. O grupo garantiu lugar na fase regional das Olimpíadas Escolares de Santa Catarina, a OLESC. A classificação veio com uma goleada por 7 a 0 em cima de Penha. O microrregional foi realizado em Piçarras. De acordo com o auxiliar técnico, Leandro Borges, o Maguila, um fato importante que merece destaque são os números da campanha. “Fizemos 16 gols e sofremos apenas um em dois jogos. A equipe foi muito bem”, concluiu Maguila.


Bolão

07

Bolão de Itajaí conquista campeonato estadual

Naipe masculino venceu competição p o r a nte c i p a ç ã o, m u l h e r e s ta m b é m faturaram o título. As pistas da Sociedade Esportiva Tiradentes serviram como palco para as disputas da quarta etapa do Campeonato Catarinense de Bolão 16. E a equipe masculina de Itajaí conquistou o título com uma rodada de antecedência. No primeiro jogo venceu Vasto Verde, de Blumenau, por 1576 a 1525. No segundo, em um jogo mais tranquilo, ganhou do Alvorada, de Joinville por 1626 a 1393, enquanto no terceiro jogo pegou a Caçadorense, de Caçador. E também venceu, desta vez, por uma pequena vantagem de 1590 a 1586. Enquanto isso, em Blumenau, a equipe feminina que precisava de apenas uma vitória na etapa, também garantiu o título e consequentemente uma vaga no Campeonato Brasileiro de Bolão que acontece no mês de setembro, também nas pistas do Tiradentes. Qualidade Mas além da competição nacional,

as equipes de Itajaí reforçadas pelo título estadual ganham status de favoritas para os esperados Jogos Abertos de Santa Catarina que vão reunir novamente, a nata da modalidade em novembro, em Itajaí. “Vamos participar com nosso time sem reforço, temos uma base muito boa, mas o pessoal de fora vem forte, investindo, contratando, vai ser bonito de ver”, diz Fernando Reinert, o coordenador de bolão de Itajaí. A opinião é compartilhada pelo técnico Wolfgang Riedtmann que possui grande histórico no bolão, onde já atuou como jogador e técnico por Jaraguá do Sul, cidade de tradição na modalidade. “Nossa equipe é muito forte, temos certeza de que viremos c o m m u i t a fo rç a ”, ex p l i c a . S o b re a importância de sua experiência a frente do trabalho, Rietdmann diz: “Estamos aí para trabalhar, para treinar, desenvolver um trabalho sério, tanto nos jogos brasileiros, quantos nos Jogos Abertos”. Origem A modalidade disputada no Estadual de Itajaí é o bolão 16, mas o esporte também possui outro estilo, o bolão 23. Segundo, Márcio Bagatoli, um dos atletas mais conhecidos da equipe itajaiense, a diferença básica se resume aos tamanhos, 16 e 23 centímetros. “No bolão 23, a bola é parecida com a bola de boliche, tem os furos pra colocar a mão. Já no nosso, ela tem não furo, é só colocada a bola na palma da mão, para se fazer o arremesso”, explica o atleta. Nos tempos atuais, quem acompanha a um duelo de bolão, disputado de maneira tranquila, sem contato entre os

ancri BANCO DE CREDITO POPULAR Mais oportunidades para você crescer

adversários de pista, não imagina a origem curiosa que o Esporte teve. “Nos tempos das cruzadas, da idade média, os soldados que guerreavam utilizavam a tíbia e o perônio dos adversários mortos, além das cabeças das caveiras, como bolas para o arremesso”, explica o coordenador Fernando Reinert. “Ainda bem que civilizou”, brinca ele. Posteriormente, o esporte foi avançando e chegou a Alemanha. Em solo germânico, a modalidade ganhou regras, organização e estrutura. O grupo itajaiense recentemente representou o Brasil em um mundial disputado no país. “É coisa de primeiro mundo, a estrutura é fantástica”, mostra o coordenador exibindo as fotos da viagem. Em tempos em que ainda repercute a traumática eliminação brasileira na Copa do Mundo, o comentário com o técnico Riedtmann, que é natural de Jaraguá do Sul, cidade com forte colonização do país é evidente. Segundo ele, quem sabe, a organização e os bons resultados mostrados pela seleção germânica no Mundial podem influenciar as equipes itajaienses. “Só falta gritar gol”, finaliza o técnico que já pode comemorar dois campeonatos estaduais em 2014.

Financiamento para a aquisição de: • Máquinas e Equipamentos • Ferramentas • Estoques e Reformas ATÉ 24X PARA PAGAR • Capital de Giro • Empréstimo Pessoal

Av. Joca Brandão, 265 - Centro - Itajaí Tel:(47) 3045-6030


L.I.D.

08

Bola rola pela Taça João Carlos Anacleto A Liga Itajaiense de Desportos deu o pontapé inicial para mais uma edição do tradicional Campeonato de Futebol Amador de Itajaí. Em 2014, a edição presta uma homenagem a João Carlos Anacleto. O desportista, bastante popular na cidade e que já atuou como jogador da base do Marcílio Dias, é um profundo conhecedor da história da Liga Itajaiense e do futebol amador da cidade. Anacleto que também colabora no Itamirim Clube de Campo, fez a cobertura de jogos do futebol amador para um jornal local e é um dos colaboradores mais ativos da LID. “Fizemos uma reunião com os clubes, e o nome do Anacleto foi escolhido em consenso, a ideia foi prestar uma homenagem em vida a uma pessoa, por todos serviços prestados ao nosso futebol, ainda mais que ele se mantém na ativa, mesmo com quase 70 anos, é bastante interessando, uma pessoa que gosta e muito do esporte”, explica Paulo César Gonçalves, o Paulinho, presidente da Liga Itajaiense de Foto arquivo Desportos. Nivelada E para delírio do homenageado e dos amantes do futebol amador de Itajaí, a Taça João Carlos Anacleto começou em ritmo acelerado. Bons jogos, com bom volume de jogo e alto nível técnico. Segundo Paulinho, a competição conta com o acréscimo de ex-jogadores profissionais. “Alguns clubes investiram bem”, diz o presidente da L.I.D, que, lembra que logo na segunda rodada da competição houve uma festival de empates. Mas segundo ele, empates disputados, de equilíbrio e que dão um toque especial ao já tradicional amador da cidade. Paulinho também espera ter o apoio do clima para a competição seguir seu curso normal. “Se tudo correr bem, a nossa intenção é terminar o campeonato na primeira semana de novembro, entre os dias 3 e 10”, explica o presidente. Copa infantil E após o sucesso da Taça Zélio Prado, divida em duas categorias, sub-12 e sub-14, a Liga Itajaiense de Desportos promove mais uma competição para a garotada. Desta vez, a Copa Infantil que começa a ser disputada em setembro. A entidade convida os clubes, escolinhas e associações interessadas em participar, avisando que as inscrições já estão abertas. De acordo com a LID, a taxa de inscrição é de R$ 600 para atletas nascidos entre 1999 e 2002. Para os clubes mandantes, a taxa de arbitragem é de R$ 310,00. A competição já tem seu congresso técnico agendado para o dia 05 de setembro, às 19h na Sede da LID. Vale ressaltar que as equipes que participarem desta competição, vão ter a preferência para a participação no Campeonato Não Profissional sub-16 em 2015, sem custo de participação. Informações diretamente com a Liga Itajaiense de Desportos pelos telefones: (47) 9612-6644 e 8431-3191, ou através do e-mail: lid@ligaitajaiense.com.br Foto arquivo

Foto arquivo


JEI

10

Jogos escolares mobilizam alunos atletas de Itajaí atletas nas unidades”, explica José Hiran Lamim, coordenador técnico da Fundação Municipal de Esportes e Lazer e organizador dos JEI. Lamim ainda comenta sobre a revelação de talentos nos Jogos Escolares. “Essa busca de futuros atletas que vão disputar Olesc e Joguinhos, pode render resultados, para que no futuro, também tenhamos competidores nos JASC como já aconteceu”, finaliza Hiran. Na edição 2014, por exemplo, atletas que disputaram os Joguinhos Abertos de Santa Catarina na cidade de Caçador, competição que a delegação itajaiense terminou na 4ª posição geral, também participaram dos Jogos Escolares. Talentos Competição de base envolve mais de 1000 alunos atletas. Objetivo é a captação de novos valores para o rendimento. A cerimônia de abertura foi simples, mas carregada de emoção e boas histórias pra contar. O pontapé inicial dos JEI, os Jogos Escolares de Itajaí aconteceu no auditório do Centreventos para uma plateia repleta de

autoridades, imprensa, professores e principalmente, as estrelas da festa: os alunos-atletas. Os JEI que aconteceram pela 22ª vez, entre os dias 06 e 15 de agosto, são organizados pela Fundação Municipal de Esportes e Lazer com dois objetivos bastante claros: promover a integração escolar e revelar novos talentos, que podem ser utilizados nas equipes de rendimento da cidade. Participaram da competição, mais de mil atletas em idades escolares com sete modalidades e naipes masculino e feminino. Os Jogos reúnem atletas das redes municipal, estadual e particular de ensino. Integração “A p a l a v r a m a i s c e r t a p a r a colocarmos nestes jogos é a integração; a integração e a cooperação entre os alunos-

Segundo o Superintendente da FMEL, Fabrício Marinho é possível elencar talentos que já rendem resultados a cidade e que são “crias” dos Jogos Escolares de Itajaí. “Temos o André Amorim, atleta do handebol e da seleção brasileira que disputou os JEI, o Guilherme Albino do Taekwondo, e os meninos do futsal, o Kekê e o Dario que surgiram na cidade”, explica. Segundo Fabrício, a preparação para os Jogos Abertos de Santa Catarina em novembro acabaram


JEI

11

Jogos escolares mobilizam alunos atletas de Itajaí ainda salienta que mais do que resultados competitivos, a importância está na diversão que competir proporciona, “participar da abertura deste ano, foi pra mim algo nostálgico, já que veio a cabeça todos aqueles tempos em que o mais importante era se divertir jogando”, conclui Paulo.

beneficiando já os Jogos Escolares. “Já estamos com uma boa estrutura montada e que beneficiou os nossos alunos–atletas, mas é claro, que com o apoio das escolas que cederam seus ginásios, durante as reformas das nossas unidades, os Jogos tiveram ainda mais êxito”, concluiu. Cerimônia Com emoções proporcionadas apenas pelo esporte, à cerimônia contou com a participação do paratleta Jucélio Torquato do tênis de mesa em cadeira em rodas e atletismo, além do atleta Antony Gabriel Gonçalves, responsável pelo acendimento da pira dos Jogos. Já o juramento do atleta foi lido por Glória Maria Nunes. As apresentações culturais tiveram a estudante Bruna Alves, que arrancou aplausos do público com sua dança ao estilo flamenco e a premiada Companhia de Dança Millenium, que ao som de um remix do hino nacional, encantou os presentes com a coreografia desenvolvida pelo professor Thurbo Braga. Emoções a flor da pele Mestre de cerimônias da abertura dos Jogos Escolares, o jornalista Paulo Alves que também é assessor de comunicação da

Secretaria Municipal de Educação, hoje vive o l a d o d e fo ra d o s J E I , m a s j á v i v e u intensamente a competição. “Participei dos Jogos Escolares de Itajaí, dos 12 aos 17 anos, sempre gostei muito de praticar qualquer tipo de esporte. No JEI, representei o meu colégio como atleta de handebol, futsal e atletismo. Fui campeão em algumas vezes e foi uma sensação muito boa”. Apesar de jovem, Paulo lembra com carinho e saudade dos JEI. O jornalista é um exemplo de que, é sim, possível encontrar bons valores para as equipes da cidade nas escolas. “Era bom demais aquele tempo. Treinava todos os dias da semana handebol, já que era atleta da Fundação Municipal de Esportes, e três vezes na semana Futsal”. Ele

Fone: (47) 3349 - 9327 / 9601 - 5099

bernardo@dobdivebrasil.com.br

www.dobdivebrasil.com.br


Funilaria e Pintura Restauração de Parachoques Espelhamento 3M Higienização Hidratação de Couro

47

3246-1716

www.esteticarmartelinhodeouro.com.br contatoesteticar@hotmail.com Avenida Osvaldo Reis, nº 865 Fazenda - Itajaí - SC


Joguinhos

13

Itajaí encerra participação com o 4º lugar no geral Foi com a conquista de uma modalidade bastante tradicional na cidade que Itajaí selou sua classificação nos Joguinhos Abertos de Santa Catarina. O título no judô garantiu a delegação itajaiense na 4ª colocação geral da competição. Os Joguinhos Abertos de Santa Catarina movimentou a cidade de Caçador entre os dias 26 de julho e 02 de agosto. Mas além do judô, outras modalidades também se destacaram. A Ginástica Artística, modalidade coordenada pelo professor Marcelo Coelho continuou escrevendo sua história com recordes absolutos. Em 2014, foram 21 medalhas conquistadas em 22 possíveis, no naipe masculino. Mais títulos O tênis, modalidade que também tem atletas de ponta treinando na cidade, também fez bonito, conquistando o título geral da competição em um jogo extra contra Joinville, vencido por 2 sets a 1. No primeiro jogo, os adversários saíram na frente com um 4-6 em cima de Arion Santinho. O atleta conseguiu reagir com um 6-3, mas perdeu o tie-break por 10 a 8. Com este resultado, João Menezes, que disputava simultaneamente a outra partida, precisava vencer de qualquer maneira. Assim, fez 6-4 e 6-0. No terceiro set disputado com duplas, Itajaí mostrou a força ao vencer por 6-3 e 6-4 e ser campeão pela quinta vez da competição. Modalidades como o Futebol feminino e o xadrez conquistaram a vice-colocação, garantindo pontos importantes para a classificação geral da cidade. Mais pontos Vôlei masculino, o ciclismo que repetiu a classificação com um terceiro lugar como em 2013, o atletismo nos dois naipes: masculino e feminino, karatê, tênis feminino e handebol masculino, também colaboraram com pontos importantes para a classificação geral do município. Em entrevista ao portal da Prefeitura de Itajaí, o Superintendente da

Fundação Municipal de Esportes e Lazer, a FMEL, Fabrício Marinho comemorou o re s u l ta d o . S e g u n d o e l e , I ta j a í p o d e comemorar o resultado final. “Conseguimos nosso objetivo. Se não tivesse havido alguns tropeços, teríamos terminado em terceiro no quadro de pontos. Mas pelo resultado conquistado, Itajaí está de parabéns”, avaliou Fabrício. A 27ª edição dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina terminou com o título de Joinville, seguido por Criciúma e Blumenau que completou o pódio. Itajaí 2015 Durante a visita para o lançamento da contagem regressiva dos Jogos Abertos de Santa Catarina, o presidente da FESPORTE, Marcelo Kovalski visitou a Fundação Municipal de Esportes e Lazer de Itajaí e recebeu o pedido oficial da Fundação itajaiense para que a cidade receba a 28ª edição dos Joguinhos Abertos de SC em 2015, de acordo com o portal da FESPORTE, entidade que rege o esporte catarinense. O ofício entregue ao presidente da FESPORTE argumenta que a cidade litorânea tem plenas condições de receber a competição no próximo ano, pois terá instalações prontas, legado das obras que estão sendo feitas atualmente para receber a 54ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC), entre 15 e 25 de novembro. “É uma ótima oportunidade que Itajaí terá de oportunizar mais um grande evento à população, e além disso, utilizar o legado que a cidade herdará após o fim dos JASC desse ano”, concluiu Fabrício Marinho. Marcelo Kowalski elogiou a estrutura de Itajaí e a pré-disposição do município em receber outro grande evento da Fesporte, e garantiu que levará o pedido formal ao Conselho Estadual de Esportes, órgão que define as sedes dos eventos estaduais do calendário FESPORTE. A decisão dessa, e outras sedes, serão tomadas durante os JASC desse ano. “É sempre bom saber que a FESPORTE pode contar com a parceria importante de

municípios como Itajaí, que reúne condições de receber eventos de qualquer porte”, disse Marcelo Kowalski. Se o pedido for acatado será a primeira vez que Itajaí receberá os Joguinhos Abertos. Segunda principal competição do calendário de rendimento da FESPORTE, neste ano, em Caçador, reuniu cerca de 3,5 mil atletas de 75 municípios catarinenses. Nos últimos dois anos Itajaí foi quarta colocada na classificação geral, atrás, apenas de Joinville, Criciúma e Blumenau. Concorrência Outras cidades que tenham interesse em receber competições da FESPORTE como os Joguinhos Abertos, devem correr contra o tempo O presidente do Conselho Estadual de Esportes, Alexandre Beck Monguilhott, assinou a Resolução Nº 03/CED 2014 que estabelece novos prazos para os municípios se candidatarem ao posto de sede dos eventos da FESPORTE, e inclui prazos de desistência. De acordo com o documento, passa a vigorar a data de 29 de agosto de 2014 como prazo final para inscrição dos municípios postulantes a sediar eventos do calendário da FESPORTE em 2015 (exceto os Jogos Aberto – JASC, que já escolherá a sede de 2016). As inscrições feitas no prazo legal, após avaliação técnica da FESPORTE, serão deliberadas pelo Conselho Estadual de Esportes em reunião plenária exclusiva para esse fim, a ser realizada durante a 54ª edição dos JASC, de 15 a 25 de novembro, em Itajaí. A mesma resolução também delibera sobre o prazo para desistência dos municípios-sedes de eventos da FESPORTE: ficou definido o limite de 180 dias antes da data prevista para o início do evento (de acordo com o calendário anual da FESPORTE) no caso dos Jogos Abertos, Joguinhos Abertos, Olesc e Parajasc. No caso de eventos como os Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), Jogos Escolares de SC (Jesc), Parajesc e Moleque Bom de Bola, o prazo para desistência é de 60 dias.


Joguinhos Itajaí encerra participação com o 4º lugar no geral

14


Revirando o Baú

16

Homenagem a José Carlos Goulart (Careca) Diante da crise pelo qual esta passando o clube da estrela solitária neste ano de 2014, e para amenizar o sofrimento dos torcedores botafoguenses, e homenagearmos o nosso amigo e grande atleta Careca (José Carlos Goulart), estamos publicando esta foto do ano de 1971. Com certeza todos botafoguenses, ou não, vão concordar que era um timaço! Careca, iniciou no Botafogo do Rio de Janeiro e jogou nos seguintes clubes: Atlético Junior Barranquilla (Colômbia), Operário (MS), Vila Nova (GO), Clube Náutico Marcilio Dias (SC), Atlético (PR), Criciúma (SC), XV de Piracicaba (SP) e Carlos Renaux (SC). Da esquerda para a direita: Carlos Alberto, Ubirajara, Nei conceição, Brito, Leônidas e Paulo Henrique. Agachados: Zequinha, Carolos Roberto, CARECA, Jairzinho e Paulo Cesar. Jogo amistoso entre Clube Náutico Almirante Barroso e Clube Náutico Marcilio Dias, no ano de 1970 no Estádio Dr. Hercílio Luz. Da esquerda para a direita: em pé: Lourival, Edinho, Jorge Tijolo, Helio, Reginaldo, Mario José, Joel Freitas, Deodato, Valdir Belz, Tenente, Wilson Ritinta, Eladio e Valter. Agachados: Antero, Ismael, Jamilton, Calita, Lincon, Valter Baião, Beto, Rafael, Paulo Fabeni, Beto Fadel, Nilson, Sergio Mafra e Nelson Bissi.

Esta era a Quadra da Pimpa, que era localizada na Rua Olímpio Miranda Junior, esquina com rua 15 de Novembro, onde hoje esta edificado o Edifício Francisco Eduardo. Na foto conseguimos identificar os seguintes membros: em pé: Fundão (de óculos), Paulo Vaz e Mario Pratz. Agachados: Amilcar Ferreira e Wili Werner.

Esta era a quadra de Futebol de Salão do Clube de Remo Icaraí, que era localizado onde hoje esta a Capitania dos Portos, nos fundos do Mercado Publico.

Era localizada na esquina da rua sete de setembro com rua Gil Stein Ferreira, onde hoje esta localizado o Posto da Tucha. As fotos das quadras foram cedidas pelo amigo João Carlos


Navegantes

17

Navegantes faz boa participação nos Joguinhos Abertos

Em termos numéricos, a delegação de Navegantes pode até ser menor, mas não em termos de resultados positivos. A delegação da cidade conquistou a nona posição geral e voltou para a cidade carregada de medalhas. “Conseguimos um resultado espetacular, tem cidades de porte maior, arrecadação e investimentos imensos em relação aos nossos, e ficaram bem atrás da gente. Navegantes está orgulhosa”, comenta o Superintendente da Fundação Municipal de Esportes da cidade, Gerson Fagundes, que ainda ressalta a política de investimento nas categorias de base em Navegantes. “Muito nos orgulha, o fato de que não fazemos contratações para os Joguinhos Abertos, as equipes são todas formadas por atletas da cidade, do bairro São Paulo, do Porto Escalvados, do São Domingos”, acrescenta. Pedidos C a p i t a n e a d a p e l o Superintendente, um grupo de atletas e treinadores da FME de Navegantes esteve

na sede da Prefeitura Muncipal em audiência com o prefeito em exercício Emílio Vieira. Segundo Gerson Fagundes, o objetivo do encontro foi agradecer o apoio e a estruturação que o poder público tem dado ao Esporte Navegantino. Mas além do agradecimento, a comitiva aproveitou para pedir melhorias que vão proporcionar ainda mais resultados positivos. Uma das intenções é com relação ao espaço onde as equipes de atletismo treinam. O grupo atualmente treina no campo do clube União ao redor do gramado de futebol. A intenção é que a Secretaria de Obras limpe o mato e deixe a pista de forma regular, evitando lesões e otimizando os treinamentos. “Começamos bem devagar, quatro anos atrás, conquistando nosso espaço no atletismo do Estado, com esse crescimento é normal que a estrutura também se adapte para acompanhar esse nosso ritmo”, explica Marileide Laurindo, técnica de atletismo da cidade, responsável pelo “garimpo” de novos valores nos bairros da cidade. Marileide ainda fala que no contexto geral, a Fundação e a Prefeitura da Cidade têm garantido subsídios para o desenvolvimento de um bom trabalho. “Desde o material com qualidade, até a alimentação e a hospedagem nas cidades o n d e co m p et i m o s , te m o s t u d o d e primeira”, explica Marileide. A opinião é compartilhada também por Gerson que lembra que esses fatores colaboram diretamente para um bom desempenho.

Talentos locais Além do atletismo, outras duas modalidades fizeram bonito nas disputas dos Joguinhos em Caçador. No karatê, novamente com uma equipe formada apenas por atletas do projeto social da FME, a delegação que contou com a participação de 10 atletas, conquistou duas medalhas com os atletas Ruan Freitas e Ruan Arno, que foram vice-campeões na modalidade kumitê (luta) individual. O fato de conquistar resultados apenas com talentos locais, enche Eritan Messias, o técnico da equipe de motivação. “É um orgulho conquistar estas medalhas com a t l e ta s fo r m a d o s a q u i m e s m o e m Navegantes, no nosso projeto social”. Eritan agradece ao apoio da Fundação que s e g u n d o e l e , fo i “ v i ta l , d u ra nte a competição”. Bi-Campeões Já o xadrez deu sequência à série de bons resultados e garantiu uma sequência dourada ao conquistar o bicampeonato dos Joguinhos. Além do título, a cidade trouxe de Caçador 13 medalhas – nove de ouro, duas de prata e duas de bronze. Segundo o técnico Jonathan Maia, agora o próximo compromisso da cidade é em Orleans, sul do Estado, onde Ane Caroline Costa, atual campeã catarinense e medalhista de ouro no Sul-americano da Argentina disputa os JESC, os Jogos Escolares de Santa Catarina, competição destinada a jovens de 15 a 17 anos de idade.


BENEFÍCIOS PARA O ASSOCIADO: ACADEMIA DE MUSCULAÇÃO ACADEMIA DE KARATÊ FUTEBOL DE BOTÃO FUTEBOL DE CAMPO NATAÇÃO / PISCINA TÊNIS DE CAMPO ESPAÇO PARA EVENTOS ESPAÇO PARA FEIRINOS

Estão abertas as inscrições para o 87º Campeonato de Futebol Suíço Rua Almirante Barroso, 280 - Itajaí / SC - Fone: (47) 3349-2203


Revista Notícias Esportivas nº47  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you