Issuu on Google+

Obrigado! Muita sorte para você! E que Deus lhe acompanhe.

MANUAL DE

PROCEDIMENTOS DO MOTORISTA

Av. da Amizade, 1645 - Vila Carlota Sumaré-SP Cep 13175-490 Fone fax (019) 3883-5600 www.delzan.com.br

Edição


ÍNDICE GERAL 12.6.5 — Prevenção é o melhor remédio! Como prevenir DST e AIDS.

1 Introdução.................................................................... Pág. 3 2 Obrigações do Motorista.................................................. Pág. 4 3 Ao sair de casa para o trabalho........................................ Pág. 4 4 Carregamento............................................................... Pág. 5 5 Documentos da Carga.................................................... Pág. 7 6 Antes de iniciar a viagem................................................ Pág. 9 7 Viagem......................................................................... Pág.11 8 Regras de Segurança que a Empresa recomenda................ Pág. 15 9 Destino......................................................................... Pág. 18 10 Retorno....................................................................... Pág. 20 11 Chegada a Sede........................................................... Pág. 21 12 Considerações Gerais.................................................... Pág. 23 12.1 Bebida Alcoólica............................................... Pág. 23 12.2 Acidente......................................................... Pág. 23 12.3 Socorro.......................................................... Pág. 25 12.4 Comportamento............................................... Pág. 26 12.5 Meio Ambiente.................................................Pág. 28 12.6 DST (Doença Sexualmente Transmissível)........... Pág. 30

Todos os direitos reservados para Delzan Ltda. Manual de Procedimentos do Motorista 1ª Edição 2008

- Usar sempre e corretamente preservativo em todas as relações sexuais. - Nunca confie em ninguém que voce não tenha convivido por um longo período. A AIDS pode demorar até 15 ou 20 anos para aparecer. - Não compartilhar agulhas e seringas com outras pessoas. - No caso de necessitar de transfusão de sangue, exija que seja testado. - Sempre escolha uma camisinha de marca conhecida, com certificado pelo Inmetro, lubrificada (o atrito diminui e evita que a camisinha rasgue). - Tenha cuidado com a camisinha, não use se a embalagem estiver violada, verifique sempre a data de validade, proteja do sol, guarde com cuidado para não estragar.

USE SEMPRE CAMISINHA!!!

Obs. Os itens ou acontecimentos que não foram abordados neste manual, e que porventura ocorrerem, serão comunicados à Diretoria, que tomará as providências cabíveis.

31


12.6 — DST (Doença Sexualmente Transmissível)

1. INTRODUÇÃO

12.6.1 — São doenças que se transmitem principalmente nas relações sexuais se você ou sua parceira(o) não se protegerem. Esteja atento para os sintomas: • • • • • •

Coceira Bolhas e feridas Ardor ao urinar Corrimento Verruga Dor na relação sexual

Você pode estar com DST 12.6.2 — As DST são um grave problema de saúde pública pois facilitam a transmissão do HIV (vírus da AIDS). Quando não diagnosticadas e tratadas a tempo, podem trazer complicações graves, nas gestantes pode levar ao aborto ou graves malformações do feto. 12.6.3 — Existem vários tipos de DST, são elas: Herpes Genital, Linfogranuloma Venéreo, Sífilis, Cancromole, Donovanose, Gonorréia, Clamídia, Tricomoníase, Vaginose bacteriana, Condiloma acumidado, AIDS e Hepatite B. Então tome muito cuidado, o risco é extremamente grande! 12.6.4 — Cada DST tem um tipo de tratamento e só o profissional da saúde poderá avaliar e indicar o tratamento corretamente. Por isso: - Não tome remédio por conta própria. - Faça o tratamento até o fim, mesmo que já não tenha sinais ou sintomas. - Evitar relações sexuais nesse período. - Leve sempre a parceira(o) sexual para avaliação e tratamento. - Ao terminar o tratamento retornar ao serviço de saúde, para revisão. 30

1.1 — A finalidade deste manual é proporcionar aos motoristas da Delzan, aquilo que é necessário e indispensável para o desempenho de suas funções de modo eficiente, uniforme e com qualidade. 1.2 — O presente manual deverá ser lido e entendido por todos os motoristas da Delzan, de maneira que sejam conhecidas todas as regras e colocá-las em prática no seu dia a dia. 1.3 — Ao exigir o fiel entendimento, a Empresa chama a atenção de seus motoristas, já que o não cumprimento das normas do manual implica em falta disciplinar sujeita à averiguação e possível punição.

3


2. OBRIGAÇÕES DO MOTORISTA 2.1 — Além das obrigações normais, próprias da profissão de motorista, a Delzan introduziu uma série de normas internas que abrangem todas as obrigações e tarefas a serem executadas pelos seus motoristas, quando em serviço.

3. AO SAIR DE CASA PARA O TRABALHO 3.1 — Antes de sair de casa certifique-se de que tudo esteja em ordem. Evite levar problemas particulares para o serviço a fim de não comprometer seu desempenho e a sua segurança.

3.2 — Verificar a bagagem e documentos pessoais de uso obrigatório, tais como Identidade Funcional, Carteira de Trabalho, CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e demais documentos pessoais. Sempre respeitar o horário comunicado para o início de sua atividade. (carregamento e descarregamento)

4

B) Energia – Economizar energia é importante para o planeta, o país, as empresas e até mesmo na sua casa. Hoje todos estão preocupados com os recursos de energia, o desperdício além de aumentar as contas é bastante prejudicial ao meio ambiente. Quando você vir uma lâmpada acesa e não sendo usada, DESLIGUE – A.

C) Solo e Alimentos – A ligação dos dois é inevitável, quanto mais se produz de lixo pelo desperdício dos alimentos e a contaminação dos solos principalmente por produtos químicos, mais difícil fica o plantio dos alimentos. Solos contaminados dão origem a produtos contaminados, e quando usados na nossa alimentação causam um grande mal à saúde.

D) Ar – A contaminação do ar produzida pelos veículos equipados com motores movidos com derivados de petróleo são os que mais contribuem para a poluição, por isso os veículos devem sempre bem regulados, especialmente aqueles que ainda contém bomba injetora para não produzir fumaça preta. Hoje a poluição do ar está participando diretamente nas mudanças climáticas, efeito estufa e o aquecimento global.

E) Flora e Fauna – Todo ato de desmatamento das florestas e tráfico de animais é condenado por nossa empresa. Quando estiver na estrada tenha sempre cuidado com os animais silvestres que atravessam a pista.

29


12.5 — Meio Ambiente 3.3 — Não garantir, à família, dia e hora de regresso para não intranqüilizá-la, em caso de qualquer eventualidade na viagem. 12.5.1 Preservação e cuidados: A Empresa se preocupa com a preservação e conservação do meio ambiente, e nossos funcionários devem nos ajudar a colocar em prática o combate ao desperdício e ter sempre presente a necessidade do consumo consciente de tudo aquilo que a natureza nos oferece, como por exemplo: A) Água – Evitar desperdício e a poluição. Estar sempre atento para algum tipo de vazamento no caminhão como combustível, óleo lubrificante, graxas, resíduos químicos, etc., pois estes produtos serão lavados pela chuva e irão certamente para o rio mais próximo. Além disso todos devem estar muito atentos quando estiverem em qualquer dependência da DelZan, matriz e filiais, se verificarem algum vazamento de água comunicar imediatamente ao gerente ou pessoa responsável.

3.4 — Deixar a família orientada quanto a endereços e telefones, principalmente o nome da pessoa na Delzan a quem se dirigir em caso de necessidade ou emergência. 3.5 — Quando da impossibilidade de comparecer ao serviço, comunicar à Empresa, logo no início do expediente ou se possível no dia anterior para que a falta seja justificada e a Delzan possa fazer uma nova programação de viagem.

4. CARREGAMENTO 4.1 — Faz parte das obrigações do motorista acompanhar o carregamento e durante o mesmo, observar os seguintes procedimentos. a) Verificar a distribuição correta do peso, as travas dos baús, a amarração segura dos volumes, o enlonamento adequado à carga, bem como a composição do itinerário, observando a fragilidade das mercadorias.

28

5


b) Observar a variedade e o tipo dos volumes que serão transportados. Esta familiarização com a carga lhe dará mais tranqüilidade e facilidade nas entregas. 12.4.4 — Todas as instalações que modifiquem o veículo, (exemplo: Colocação de som, adesivos, DVDs, tapetes, insufilme, etc.), devem ser comunicados ao responsável pela manutenção antes de realizá-las, para sua aprovação ou não pela Diretoria. Qualquer modificação não autorizada, seus reparos serão debitados do motorista, para voltar a configuração original.

c) Estar disponível para manobrar o veículo sempre que necessário também faz parte da sua atividade. Não permitir, em hipótese alguma, que pessoas não autorizadas pela Delzan ou estranhas movimentem o mesmo.

12.4.5 — A higiene pessoal é importante.

12.4.6 — Evite que a Empresa seja obrigada a debitar do seu salário, despesas ou gastos absolutamente desnecessárias, meramente por relaxo ou descuido. Ex. falta de zelo, banco quebrado, cama quebrada, falta de botões no painel, teclado do rastreador sujo ou quebrado, etc.

d) O motorista será responsabilizado por eventuais danos pelo não cumprimento dos itens acima. Caso isso ocorra o fato será julgado pelo “Comitê de Avaliação de Acidentes”.

A aparência do seu veículo reflete a sua imagem pessoal, cuide de ambas.

OBS: - Maior cuidado se recomenda quando o carregamento ocorrer fora da sede, onde, por ausência de pessoal da Delzan responsável pela conferência pode resultar em divergências, portanto é necessário melhor acompanhamento por parte do motorista, o qual se torna responsável pela mercadoria recebida.

6

27


12.4 — Comportamento 12.4.1 — Lembre-se: a Empresa e você têm nomes a zelar, por isso:

a) Nunca pare com o veículo em lugares suspeitos, ao longo das rodovias;

5. DOCUMENTOS DA CARGA 5.1 — Após o carregamento, o motorista receberá, no tráfego, uma série de documentos, aos quais deverá dedicar todo cuidado necessário e tomar conhecimento da sua finalidade a fim de não ter problemas com o trânsito ou com a fiscalização. São eles:

b) Em lugares públicos (Restaurantes, postos, cafés), mantenha um comportamento que o recomende como funcionário da Empresa, que não deponha contra a empresa em que trabalha e principalmente contra você mesmo. c) Lembre-se de que você está vestido com o uniforme da Delzan, por isso represente-a com dignidade. 12.4.2 — Nas Filiais, colabore com a boa ordem, comportando-se convenientemente. 12.4.3 — Zele pelo veículo que estiver dirigindo, ele é sua ferramenta de trabalho e faz parte do patrimônio da Delzan.

5.2 — MANIFESTO: é o documento que deve ser exibido às autoridades fiscais quando necessário, no qual constam as seguintes anotações: a) Número. b) Destino do caminhão; c) Remetente das mercadorias; d) Número da placa do caminhão; e) Nome do motorista; f) Data da emissão; g) Número dos conhecimentos; h) Nome do cliente; i) Praça a que se destina a mercadoria; j) Quantidade de volumes; k) Peso dos volumes; l) Número das notas fiscais; m) Valor das mercadorias. Dados Importantes que o motorista deve conferir.

26

7


5.3 — CONHECIMENTO: é o documento fiscal, oficial da Delzan, anexo à cada nota fiscal, e que deve retornar à Empresa devidamente assinado (nome legível, que possa ser identificado) e carimbado pelo recebedor, comprovando a entrega da mercadoria. OBS: Na ausência de carimbo, deverá anotar o nome legível e o número do RG do recebedor ou qualquer outra identidade. (número de registro funcional) 5.4 — NOTA FISCAL: documento fiscal do embarcador, que acompanha a mercadoria até o destino, sem o qual, além dos demais documentos, o motorista não pode transportar qualquer mercadoria. Além disso, a nota fiscal só terá validade se devidamente preenchida, sem rasuras e constando a data de saída dos produtos. Deverão retornar todos os canhotos das notas fiscais assinados, datados e carimbados pelo destinatário. 5.5 — Em se tratando de mercadorias de uma só nota fiscal transportada por mais de um veículo, estes deverão viajar sempre juntos. Em hipótese alguma poderão separar-se, deverá ser feita uma observação em cada manifesto. “Comboio” Obs. A nota fiscal será portada pelo motorista que liderar o comboio. 5.6 — RELATÓRIO INTERNO: documento no qual a matriz e filiais da Empresa fazem as anotações de CARÁTER EXCLUSIVAMENTE interno e que só a elas deverá ser apresentado quando da chegada do caminhão ao destino, anotações estas que o motorista deverá tomar conhecimento.

12.3 — Socorro 12.3.1 — Embora a manutenção dos veículos da Empresa seja feita com o máximo cuidado, poderão ocorrer problemas no trajeto. Nestes casos as providências a serem tomadas pelo motorista deverão ser: a) Procurar descobrir e sanar o problema de forma correta e mais econômica possível, em caso de dúvida ligue para a Empresa. b) Solicitar auxílio aos companheiros, motoristas da Empresa, que passarem pelo local; c) Procurar socorro em oficina próxima e confiável. 12.3.2 — Sendo caso de maior gravidade e que requeira socorro da Empresa, solicitá-lo à Matriz ou à Filial mais próxima, de acordo com o local onde tenha sido constatada a irregularidade. 12.3.3 — O pedido de socorro deve ser feito da forma mais rápida: a) Telefone; b) Um companheiro da Empresa; c) Ligar para a Seguradora responsável; d) Um colega de profissão; e) Patrulha Rodoviária; f) Via Autotrac.

Obs:Caso seja necessário enviar o pedido de ajuda através de terceiros, procure esclarecer ao máximo o que ocorreu a fim de possibilitar um socorro rápido e eficiente.

5.7 — Adotar todos os cuidados possíveis com os documentos da Delzan bem como os dos clientes, não rasurar, não riscar, não amassar, não sujar, e especialmente não perdê-los. 8

25


12.2.4 — Providências a serem tomadas pelo motorista envolvido em acidente:

6. ANTES DE INICIAR A VIAGEM

a) Sinalizar convenientemente o local; b) Comunicar, através do meio mais rápido, às autoridades competentes o ocorrido, dando preferência à Policia Rodoviária. c) Prestar socorro se houver pessoas em perigo. d) Comunicar à Delzan – Matriz ou Filial – dependendo do local onde ocorreu o fato; e) Anotar os dados do outro veículo envolvido, tais como: placa, proprietário, motorista, endereços, número da carteira nacional de habilitação do motorista, etc; f) Anotar nomes de testemunhas com seus respectivos endereços completos; g) Obter declaração de culpa ou promessa de indenização do condutor do outro veículo, devidamente testemunhado por pessoas cujos nomes e endereços devem ser anotados, e caso tenha, anotar o número e seguradora da apólice de seguros; h) Manter-se calmo e não abandonar o local do acidente, saldo se houver risco à integridade física do motorista; i) Não fazer declarações – a não ser para autoridades que compareçam ao local; j) Não admitir sua responsabilidade, ou da Delzan, quer seja com relação à indenização de prejuízos causados a veículos, pessoas e outros; k) Acompanhar a elaboração do Boletim de Ocorrência, evitando que a outra parte envolvida sugira à Autoridade no sentido de modificar dados relativos ao acontecimento. 24

6.1 — Manter contato com seu superior imediato de maneira a tomar conhecimento da viagem para trazer seus pertences pessoais. 6.2 — Apresentar-se para o trabalho devidamente uniformizado e convenientemente calçado. (calçado fechado que fique preso ao calcanhar - chinelo não é calçado de motorista) 6.3 — Efetuar inspeção geral do veículo. Certificar-se de que o mesmo se encontra em perfeitas condições para a realização da viagem. 6.4 — Na inspeção geral verificar: a) Combustível; b) Água do radiador; c) Nível do óleo do cárter; d) Vazamentos; e) Luzes em geral (farol, lanternas dianteiras e traseiras, luz de freio, setas, etc); f) Limpadores de pára-brisa; g) Ajuste dos espelhos retrovisores; h) Pressão dos pneus (inclusive socorro); i) Cadeado do pneu socorro(estepe); j) Limpeza interna da cabine; k) Lacre da placa; l) Instrumentos do painel; m) Extintor de incêndio;

n) Fueiros; o) Cantoneiras; p) Braçadeiras; q) Cordas; r) Lonas e Forros; s) Freios (regulados).

9


6.4 — Verificar a capacidade do tanque para saber se há necessidade de reabastecimento em viagem e onde deve reabastecer. Não esquecer que o abastecimento maior deverá sempre ocorrer nos postos autorizados em Sumaré, nas Filiais, onde o óleo é mais barato e é mais confiável quanto à qualidade e garantia. 6.5 — Receber e conferir as ferramentas padrão, macaco com calços, chave de rodas, triângulo, câmara de ar, colarinho e demais peças de emergência. Esse material ficará sob responsabilidade do motorista que o indenizará em caso de extravio. 6.6 — Certificar-se de que todos os documentos estão em ordem a fim de evitar situações embaraçosas e perda de tempo na viagem. 6.7 — Verificar, com o responsável no tráfego, se o caminhão está liberado para viajar e se existem instruções ou recomendações especiais. 6.8 — Ao embarcar, dar a partida do motor e assim que todas as luzes indicadoras estiverem apagadas, pode-se então movimentar o veículo desde que a pressão do ar esteja correta. 6.9 — Iniciar o movimento do carro lentamente para que as engrenagens, diferenciais e câmbio recebam aquecimento e lubrificação adequados. 6.10 — Experimentar freios e direção.

10

12. CONSIDERAÇÕES GERAIS 12.1 — Bebida Alcoólica 12.1.1 — O motorista não pode e não deve-se dar ao vício da bebida. 12.1.2 — A empresa, no sentido de resguardar o seu patrimônio e a VIDA DOS SEUS MOTORISTAS, PROÍBE TERMINANTEMENTE que os mesmos tomem bebidas alcoólicas em serviço.

Lembre-se: Quando dirigir, não beba. Quando beber, não dirija.

12.1.3 — A administração considera falta gravíssima a não observância dessa norma.

12.2 — Acidente 12.2.1 — A Delzan adota uma série de normas, visando a segurança, porém, mesmo assim, não se pode deixar de considerar a hipótese de Acidente. 12.2.2 — Acidente é qualquer acontecimento, futuro e imprevisto que cause danos: a) Em pessoas b) No veículo da Delzan; c) Em veículos de terceiros; d) Em outros bens da Delzan. Exemplo: nivelador, plataformas pilastras, portões, etc e outras estruturas. e) Ou de terceiros. f) Na Carga transportada. 12.2.3 — Acidente por falta de manutenção: A Delzan não permite em hipótese alguma que seus veículos trafeguem sem segurança por falta de manutenção. Caso isso ocorra será de responsabilidade de quem liberou para viajar e do motorista envolvido. 23


7. VIAGEM 7.1 — Dirigir, com toda atenção, observar o fator segurança e obedecer às normas (LEIS) de trânsito nas cidades e nas estradas. Executar o trabalho com naturalidade e perfeição.

11.6 — Sempre informar sobre as condições da carreta e/ou Julieta quando passar para outro companheiro fazer a viagem, principalmente no tocante ao freio. 11.7 — Elaborar relatório de viagem. 11.8 — Proceder à prestação de contas de viagem com o responsável no tráfego. 11.9 — Escalado para viajar, dirigir-se ao Caixa para recebimento do numerário necessário para as despesas de viagem. Observar que o dinheiro do adiantamento é para as despesas de viagem, não devendo ser usado para outra finalidade, caso isso seja feito, o motorista será responsabilizado.

22

7.2 — Não ultrapassar a velocidade máxima permitida, ou seja, aquelas definidas para cada estrada, onde for 80 e 90 km/hora, chegando ao limite máximo de 85 e 95 em caso de ultrapassagens conforme orientação da Empresa, que visa uma direção econômica e segura. As diferenças técnicas entre os veículos, como potência do motor e relação do diferencial, devem ser consideradas ao imprimir as velocidades. 7.3 — Efetuar as paradas necessárias nos postos ou restaurantes de fácil acesso; procurar estacionar o veículo em local seguro e sob visão do motorista, procurar também aqueles que dispõem de guarda. Em hipótese alguma permitir que pessoas estranhas fiquem responsáveis pelo veiculo da Delzan. 11


7.4 — Ao deixar a pista e entrar nos estacionamentos dos postos de parada, reduzir a velocidade e entrar atento ao movimento dos veículos no pátio. 7.5 — Só parar em postos situados à esquerda da pista em extrema necessidade, face ao perigo da manobra. Quando não houver outra solução, porém, sair com antecedência para o acostamento da direita e só executar a manobra após certificar-se de que a pista está totalmente livre. Entrar e sair corretamente dos postos, usando os acessos indicados. 7.6 — Nos postos de parada, ou quando necessário, verificar o nível de óleo, água, pressão dos pneus, porcas das rodas, vazamentos, correias, etc. OBS: - O radiador de água só deverá ser aberto com o motor frio, ou no caso de elevação da temperatura. 7.7 — Não efetuar paradas desnecessárias. Lembre-se, é proibido parar no acostamento das estradas por qualquer motivo, a não ser em casos de emergência. 7.8 — Acompanhar e registrar, no relatório de viagem, os abastecimentos efetuados, as trocas de pneus e eventuais substituições de peças e serviços prestados por terceiros.

11. CHEGADA À SEDE 11.1 — Dirigir-se diretamente à Delzan. Lembre-se: não é permitido passar com o caminhão em casa, sendo que o atraso que porventura ocorrer por este motivo, será de responsabilidade do motorista. 11.2 — Sempre completar o tanque de combustível na passagem pelo Posto conveniado com a Delzan. 11.3 — Apresentar-se ao tráfego para a entrega e registro dos documentos da carga. 11.4 — Se a chegada ocorrer fora do expediente, registrar os documentos da carga no início do expediente seguinte, porém comunicando com antecedência o motivo pelo qual isso está ocorrendo. 11.5 — Elaborar a ordem de serviço, fazendo constar todas as irregularidades apresentadas no decorrer da viagem, mesmo que tenha viajado com veículos de outro motorista.

7.9 — Na eventual substituição de peças, recolher as peças substituídas e entregá-las na Delzan acompanhado do referido documento. 7.10 — Jamais desviar do itinerário da viagem sem comunicar a Delzan. 7.11 — Jamais tracionar sobre pedras ou objetos que prejudiquem os pneus, cuidar da pressão com muita atenção. O não atendimento poderá ser motivo de punição e indenização. 7.12 — Em nenhuma hipótese dar carona a quem quer que seja nas estradas ou nas cidades, sem autorização da Delzan, exceto a motoristas com veículos avariados ou Policiais Rodoviários. 12

21


10. RETORNO 10.1 — Só empreender a viagem de retorno, carregado ou não, após liberado pela Matriz ou Filial. 10.2 — Antes de iniciar a viagem de retorno, receber os documentos e instruções necessárias, observar com clareza as programações de descargas. 10.3 — Verificar se o relatório interno contém alguma instrução ou recomendação especial. 10.4 — Efetuar a inspeção geral do veículo antes da partida. Iniciar a viagem somente após certificar-se de que tudo está em ordem, conforme itens 6.3 deste manual. 10.5 — Em caso de cargas contratadas diretamente pelo Motorista, nunca esquecer de solicitar um comprovante de entrega e uma cópia da Nota Fiscal. 10.6 — Não carregar mercadorias que possam danificar nossos veículos. Exemplo: Sucatas, embalagens vazias que possam conter ácidos ou produtos nocivos à saúde, chapas ou bobinas que não possam ser devidamente amarradas, enfim tudo aquilo que comprometa a estrutura dos veículos. 10.7 — O assoalho dos veículos da Delzan não estão preparados para entradas de empilhadeiras.

7.13 — Não transportar encomendas ou volumes para terceiros sem permissão e que não estejam devidamente relacionados em manifesto.

7.14 — Observar e anotar no relatório de viagem, os defeitos que o veículo apresentar para, no retorno, registrar na Ordem de Serviço. 7.15 — Ser educado, prestativo e cortês com os demais motoristas, facilitar as ultrapassagens ou encontros, usando a terceira faixa ou acostamento quando autorizado, acionando a seta adequadamente. Evitar a guerra de nervos. 7.16 — A Trasnportadora Delzan em hipótese alguma concorda com o desrespeito às leis de trânsito. O não cumprimento poderá resultar em multas que serão de inteira responsabilidade do motorista que arcará arcará com o pagamento e os pontos referentes à multa. Não constitui obrigação da empresa fazer recurso das penalidades, isto apenas ira ocorrer nos casos de abuso de autoridade ou defeito no auto de infração. Multas mais comuns: Local e horário não permitido à circulação de veículos; excesso de velocidade em estradas e cidades; estado de conservação do veículo; estacionamento proibido; rodízio de placas; falta de combustível; peso de balança; falta de documentação do veículo, motorista e carga; excesso de buzina; falar ao telefone celular; ultrapassar sinal vermelho; entre outras. 7.17 — Ficar sempre atento à comunicação do rastreador, comunicando e respondendo em todo tipo de deslocamento. 7.18 — Não levar os ajudantes (chapas), de uma cidade para outra, procurar sempre a ajuda daqueles da própria cidade.

20

13


7.19 — Observar atentamente as barreiras (Fisco) com relação aos passes. Nunca esquecer de dar baixa na saída. Exemplo: Quem vai para o Tocantins, fazer o passe da entrada e baixa na saída do estado de Goiás. Aqueles que não forem seguir viagem até o destino deixar o termo na Filial para quem der continuidade à viagem dar a referida baixa. OBS: - Caso não sejam respeitados todos os itens e se for multado por imprudência, etc. o valor e os pontos serão debitados ao infrator.

9.6 — Nunca e em nenhuma hipótese mostre uma nota fiscal de um Cliente a um outro. Cada Cliente tem um tratamento comercial, isso poderá trazer certo constrangimento ao nosso Cliente.

9.7 — Sempre que houver recusa de recebimento de mercadorias por parte dos clientes ou empresas, entrar em contato com a Matriz ou Filial para que seja autorizada a devolução e observado o motivo no verso da nota fiscal e do conhecimento, com carimbo, data e assinatura. 9.8 — Não admitir que a mercadoria recusada seja entregue a outra empresa ou retorne à Filial/Matriz sem a devida justificativa por escrito. 9.9 — Exigir a quitação completa do conhecimento de entrega (data, carimbo, assinatura e nome legível, RG, etc.).

7.20 — Apresentar-se pessoalmente nos postos fiscais para carimbar as notas, jamais permitir que chapas, ajudantes ou pessoas desconhecidas o façam, e conferir que todas as vias das Notas Fiscais foram devolvidas, especialmente a 1ª via e que todas foram devidamente carimbadas. 14

9.10 — Tratar os ajudantes de descarga com respeito e educação, porém, não esconder as falhas para não ser co-responsável por elas. 9.11 — Aguardar, no local, as instruções quanto ao carregamento de retorno. 19


9. NO DESTINO 9.1 — Ao chegar no destino, dirigir-se à Filial/Matriz da Delzan apresentando os documentos da carga e aguardar as instruções quanto à descarga. 9.2 — Quando a carga destinar-se a praças onde a Delzan não possuir Filiais, solicitar as instruções necessárias para Matriz ou Filial, onde carregar retorno, ou autorização para retornar vazio. 9.3 — Certificar-se do horário de trabalho das Filiais e não se afastar de suas dependências sem consultar, caso necessário comunicar à pessoa responsável.

8. REGRAS DE SEGURANÇA QUE A EMPRESA RECOMENDA 8.1 — Dirigir em velocidade compatível com a distância de sua visibilidade e segurança. Não ultrapassar o limite estabelecido. Não exigir do veículo resultado superior ao de sua capacidade ou potência. 8.2 — Não trafegar colado na traseira de outro veículo. A maioria dos casos de quebra de para-brisa ocorre por esse motivo, detectado este fato, o condutor será responsabilizado. Obedecer às normas de segurança que recomendam 8 metros de distância para cada 16 Km de Velocidade/hora em condições normais. Em caso de declive acentuado aumentar a margem de segurança. Exemplo: para uma velocidade de 80 km hora, no mínimo 40 metros de distância.

9.4 — Acompanhar as entregas. Exigir dos ajudantes os cuidados necessários na manipulação da mercadoria a fim de que o cliente a receba em perfeita ordem. 9.5 — Tratar os clientes com respeito. Acatar as reclamações ou sugestões formuladas, encaminhando-as ao gerente local, ou da Matriz.

8.3 —Nas ultrapassagens previnir-se com a devida antecedência. Fazer uso dos espelhos, setas, e certificar-se de que o condutor do veículo a ser ultrapassado percebeu a manobra. 8.4 —Nunca ultrapassar outro veículo próximo à entrada de postos, pontes, lombadas, encruzilhadas, curvas, trevos, escolas, e outros locais proibidos. 18

15


8.5 — Reduzir a velocidade e aumentar o cuidado e atenção quando trafegar em pista molhada, lembre-se a velocidade máxima autorizada pela Empresa é de 70 km/hora.

8.10 — Ao ser ultrapassado, diminuir a velocidade, facilitando a ultrapassagem 8.11 — Não trafegar em ponto morto (Banguela) em hipótese alguma. Em todos os veículos existem bombas de lubrificação que só funcionam com o veículo engatado.

8.6 — Não esquecer que, à noite, a visibilidade é limitada. Portanto, menos velocidade e mais atenção. Lembre-se a fumaça do cigarro diminui a capacidade visual noturna.

8.7 — Estar sempre atento quanto à altura dos viadutos e pontes de maneira que não cause danos às estruturas dos baús. Lembrese de que existem casos que as vias foram por diversas vezes recapadas e em função disso diminuíram os vãos livres. 8.8 — Ao cruzar com outro veículo, à noite, baixar a luz em tempo oportuno. Fazer o mesmo quando trafegar atrás de outro veículo. 8.9 — Onde houver nevoeiros, mesmo de dia, acender o farol baixo e trafegar em velocidade compatível com a visibilidade mesmo que a estrada seja conhecida em seus mínimos detalhes, não se pode prever o que está à sua frente.

8.12 — Nas descidas de serras, evitar o quanto possível o uso dos freios, utilizando-se da marcha adequada e freio motor para atingir a velocidade segura, de acordo com as condições da pista. 8.13 — Estar sempre alerta para defender-se dos imprudentes. Não esperar pelo que possa acontecer, evitar que aconteça. 8.14 — Nunca em nenhum momento vá a bares, lanchonetes, etc. com veículo da Delzan. 8.15 — Não colocar em risco sua vida, a dos outros e o veículo. Use a habilidade de um profissional competente e responsável. Art. 29. O transito de veículos nas vias terrestres abertas à circulação obedecerá às seguintes normas: § 2º — Respeitadas as normas de circulação e conduta estabelecidas neste artigo, em ordem decrescente, os veículos de maior porte serão sempre responsáveis pela segurança dos menores, os motorizados pelos não motorizados e juntos pela incolumidade (segurança) dos pedestres. LEMBRE-SE: Ser motorista é fácil, difícil é ser motorista responsável.

16

17


Cartilha-Treinamento-01