Page 1

Edição: outubro 2009 Número 21

O Panta Hotel é uma escolha exclusiva para aqueles que preferem uma região rodeada por inúmeras e lindas montanhas. A natureza desta região sempre foi preservada e valorizada. Aqui podemos em um mesmo ano vivenciar integralmente as quatro estações primavera, verão, Outono e Inverno. O lugar conta, ainda com um complexo esportivo e aquático de onde brota uma água rica em propriedades terapêuticas, além de maravilhosas paisagens do lago da usina hidrelétrica. Esta cidade provou que a parceria do homem e da natureza podem dar certo. No hotel, os hóspedes podem des-

frutar de piscina para adultos e infantis, sauna, playground, bar, videoke, quadra para futebol e vôlei. As opções de lazer se estendem a visitas à museus que retratam a história da antiga e da nova Itá, caminhadas, passeios de jet-ski, lanchas, banana boat, city tours, zôo parque, caiaque além de um belíssimo balneário de águas termais. Oferecemos apartamentos equipados com ar-condicionado, minibar, televisão, telefone e conecção de internet sem fio mais opção de banheira de hidromassagem em nossas suítes. Ambientes amplos e arejados com

uma vista deslumbrante para o lago Priorizando o lazer, requinte, ecologia, conforto, tranqüilidade, privacidade e diversão para seus hóspedes, o Panta Hotel é o local ideal para quem busca tranqüilidade e relaxamento fugindo da correria do dia a dia. Confira nossos pacotes especiais para grupos, eventos e para uma inesquecível lua de mel.

Ano III Distribuição Gratuita


I Encontro de Guia de Turismo Inscrições abertas para Curso Técnico de Turismo com ênfase em guia de turismo do Colégio Estadual Julia Vanderlei O Profissional e a Profissão. Evento realizado no dia 30 de setembro de 2009, no Colégio Estadual Julia Wanderley. Profissionais convidados Luci Jacomel; Mauricio Gasparelo e Ivonir Mikosz. O evento reuniu cerca de 100 convidados, todos alunos. Um passeio no Barco Príncipe de Joinville foi sorteado, na seqüência, em uma viagem organizada pelo grupo.

Fotos: Isabel Albuquerque

Dra. Saly Moreira Uma referência para várias gerações de oftalmologistas Professora Joana D'Arc, Ivonir Mikosz, Diretor do Colegio Josias Fagundes, Luci Jacomel e Mauricio Gasparelo.

Serviço Colégio Julia Vanderlei

Fone: (41) 3242-2512

Juliana, Joslaine, Gisele, Professora Joana D’Arc, Heber e Sandra (recepção do evento) Professora Joana D’Arc, Ivonir Mikosz, Diretor do Colegio Josias Fagundes, Luci Jacomel e Mauricio Gasparelo

Moedas antigas Vendo lote de 4 mil moedas antigas. Telefone (41) 8842-6386 falar com Júlio Cezar. Aceito troca

A Dra. Saly Moreira, uma das fundadoras do Hospital de Olhos do Paraná e uma referência para várias gerações de oftalmologistas de todo o país, especialmente através de seus livros voltados ao ensino e à pesquisa, recebeu homenagem e comenda pelos vários anos em que vêm contribuindo para projetar a Oftalmologia em nível nacional. Os dois reconhecimentos partiram dos seus 10 mil colegas que prestigiaram o 35º Congresso Brasileiro de Oftalmologia, realizado recentemente, em Belo Horizonte. O porta-voz da entrega foi o presidente do evento, o oftalmologista Elisabeto Gonçalves. Primeira mulher oftalmologista do Brasil a se envolver com campanhas de promoção em saúde ocular, a Dra. Saly Moreira teve contribuição decisiva ao êxito

das mais importantes iniciativas desenvolvidas pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia, clubes de serviços, governos e demais autoridades. Formou discípulos que hoje são médicos de renome nacional e internacional. E, juntamente, com o seu marido, o Dr. Carlos Augusto Moreira, criou uma família formada somente por médicos. São eles, o Dr. Car-

los Augusto Moreira Júnior, Hamilton Moreira e Luciane Moreira. Todos trabalham no Hospital de Olhos do Paraná, de propriedade da família, que completou este ano 35 anos como um centro de referência em Oftalmologia na região Sul do país, pelo seu compromisso social, avanço tecnológico e pela qualidade do atendimento prestado ao paciente.

PROGRAMAÇÃO PARA FIM DE ANO 2º Festival de Teatro Amador da 3ª Idade 13 e 15 de novembro Duo Motorradtreffen - Gincana Tirolesca de Casais Motociclistas 18 a 20 de dezembro Pacotes de Natal - 3 diárias com pensão completa de 24 a 27 de dezembro Pacotes de Reveillon - 4 diárias de 30/12/2009 a 3/01/2010

Expediente DEP. COMERCIAL Isabel Puel- (41) 3598-2628 contatolancellot@hotmail.com DIAGRAMAÇÃO E ARTE Exceuni - Aldemir Batista - (41) 3657-2864 exceuni@terra.com.br | exceuni@exceuni.com.br

2

Edição 21 | outubro.2009

MARKETING E DISTRIBUIÇÃO Salésio Correia (41) 9665-2628 JORNALISTA RESPONSÁVEL Francisco Leonardo de Oliveira COLABORADOR Jornalista Alexandre Melo

TIRAGEM: 5000 exemplares O Informativo Lancellot é uma publicação periódica com distribuição gratuita nos centros comerciais e estabelecimentos credenciados. Os artigos publicados não representam necessariamente a opinião deste informativo. É proibido a reprodução total ou parcial do conteúdo publicado sem prévia autorização. O Informativo Lancelot se isenta de quaiquer problemas ocasionados pelos artigos ou anúncios publicados, sendo este de inteira responsabilidade de seus autores.

Edição 21 | outubro.2009

15


Começa a temporada do turismo das águas em SC Por Alexandre Melo, de SC Fotos: Marco Gambori

E

stá oficialmente aberta a temporada de verão num dos mais belos roteiros turísticos do Vale do Itajaí, em Santa Catarina. Distante 240km de Curitiba (PR), o "Rota das Águas" é um conjunto de seis parques de cascatas e piscinas naturais na região conhecida como Belchior/Arraial em Gaspar (SC), na divisa com Blumenau. No dia 3 de outubro, os parques abriram suas portas aos visitantes, permanecendo em funcionamento até maio de 2010. Depois de um ano difícil em que oVale do Itajaí sofreu com a maior tragédia natural da sua história, os empresários estão bastante otimistas com a temporada de verão. Eles esperam reverter o quadro desfavorável de 2008/2009 quando o número de visitantes sofreu uma queda de 70%. O Rota das Águas oferece outros atrativos naturais como as belas construções históricas em estilo enxaimel, restaurantes, pousadas, pesque-pagues, cervejaria e cachaçaria artesanal. Somam-se os deliciosos cheiros e sabores de doces, geléias, cucas, pães, queijos, salames e outros produtos coloniais fabricados pelos agricultores que vivem na região. O visitante também se depara e se encanta com a exuberante paisagem de mata atlântica. Durante a temporada, os maiores parques aquáticos, Cascanéia e Carolina, chegam a receber até dois mil visitantes num único dia. A infraestrutura é excelente, com áreas de recreação envolta de churrasqueiras, campos de futebol e parquinhos.

CASCATA CAROLINA PARQUE HIDROMINERAL O único com piscinas de água mineral. Infraestrutura de lazer, toboáguas, restaurante, trilhas e churrasqueiras em 40 mil m2. Contato: (47) 3397-8000 (www.cascatacarolina.com.br) PARQUE AQUÁTICO CASCANÉIA Maior parque aquático doVale do Itajaí. É o único que oferece apartamentos para pernoite. Toboáguas radicais de até 250m. Contato: (47) 3397-8500 (www.cascaneia.com.br)

Parque aquático Cascata Carolina

CASCATA RECANTO ARRAIAL Boa estrutura de piscinas naturais, churrasqueiraas, quadra de esportes, cancha de bocha, restaurante e lanchonete. Contato: (47) 3391-0700 CASCATA BERLIN Piscinas naturais, áreas de recreação e lazer com churrasqueiras, estacionamento e serviço de bar e cozinha. Contato: (47) 9991-4898 PARQUE AQUÁTICO PETRY Estrutura com piscinas naturais, recreação, estacionamento e serviço de bar e cozinha. Contato: (47) 3339-7482 RECANTO VERDE Cercado por ampla área de mata atlântica, conta com infraestrutura de lazer, incluindo churrasqueiras e área para camping. Contato: (47) 3397-8304

Janaína: "atrair os holofotes da mídia"

Cascanéia é o maior parque do Rota das Águas

14

Edição 21 | outubro.2009

O secretário deTurismo, Indústria de Comércio de Gaspar, Rodrigo Fontes Schramm, disse que o lançamento da temporada do Rota das Águas dá sequência ao trabalho iniciado no primeiro semestre deste ano, quando a Secretaria participou de 15 feiras no país para divulgar os atrativos de Gaspar. O objetivo é continuar atuando junto ao trade turístico. Segundo o secretário, uma das metas é acabar com a sazonalidade nos parques aquáticos. Para isso, será preciso criar atrativos que movimentem a estrutura os doze meses do ano. "Já temos potencial para pensarmos o turismo durante todo o ano", avalia Schramm. Ele observa que os próprios par-

ques aquáticos estão se adaptando a essa realidade. "Acho fundamental que não se dependa apenas de um dia ensolarado para ter movimento, mesmo durante o verão. Já tem parque criando opções de lazer para os dias de chuva", revela o secretário. Para o prefeito Celso Zuchi, o turismo é uma atividade que gera empregos, renda e não polui. "As pessoas querem bom atendimento e conforto, e isto nós temos para oferecer nos parques aquáticos de Gaspar". A gerente comercial do Cascanéia e anfitriã, Janaína Reinert, concorda. "O momento é de atrair os holofotes da mídia, o que certamente dará mais visibilidade e trará novos empreendimentos para o Rota das Águas".

Edição 21 | outubro.2009

3


Fotos: Roberto Deschamps/Jornal Metas

Embora o nome possa sugerir, o Rota das Águas não se resume apenas a parques aquáticos e cascatas. Existem outras opções de lazer para quem toma o caminho dos imigrantes. Degustar uma cerveja produzida no Belchior, pescar e apreciar um bom peixe sem praticamente sair do mesmo lugar é o que oferece a família Schmitt, descendente do primeiro colonizador do bairro, Antônio Bernardo Haendechen. A Das Bier é a primeira e única cervejaria de Gaspar. Inaugurada no final de 2006, o projeto é resultado de algumas viagens de Maurílio Leopoldo Schmitt à Alemanha. A arquitetura das instalações é única entre as cervejarias do Brasil. Enquanto degusta no bar um dos quatro tipos de chope da Das Bier -Weizen, Braunes Ale, Pilsen e Natural - o cliente observa o

trabalho de fabricação do produto. Do outro lado do vidro está o pernambucano Antônio Soares de Souza, que faz questão de dizer que é cervejeiro prático, que é um degrau acima de mestre cervejeiro. Antônio está há 28 anos no ramo, e praticamente toca sozinho a pequena fábrica de 20 mil litros/mês, mas que, segundo ele, tem área física para ser ampliada para 100 mil litros/mês. Metade da produção é consumida no próprio restaurante da cervejaria, o restante é comercializado para locais turísticos como os parques aquáticos, bares, restaurantes e eventos privados. O chope Das Bier também é apreciado na maior festa alemã do país, a Oktoberfest de Blumenau. A cervejaria dispõe ainda de um local preparado para depósito e degustação de cachaça.

O cervejeiro Antônio é responsável pela produção e controle de qualidade na Das Bier

Pesque-pague Do deck da Das Bier é possível vislumbrar a exuberante paisagem do maior complexo de lagoas de peixes de Gaspar. O pesque-pague Pesca & Lazer Schmitt é formado por 13 lagoas, lanchonete, playground e churrasqueiras. Longe do estresse da vida urbana e cercado de muito verde, o visitante pode gastar horas pescando tilápias, carpas, pacus, piaçus, traíras, bagres, pintados e jundiá entre outras espécies. O pesque-pa-

4

Edição 21 | outubro.2009

Cachaça artesanal gue aluga caniços e ainda conta com a ajuda dos empregados na limpeza dos peixes que podem ser assados ali mesmo. Quatro empregados são responsáveis por garantir comodidade aos visitantes que vem, em sua maioria, de Blumenau. Com o foco no bem-estar dos visitantes, a família Schmitt conquista uma clientela fiel e satisfeita, disposta a conhecer o seu e outros atrativos do Rota das Águas.

Com pouco mais de um ano de existência, a fama da cachaça artesanal Dupipe correu o mundo. Não são poucos os turistas brasileiros e estrangeiros que encaram a subida até a propriedade de Ivon Schmitz, o Pipe, no Belchior Alto, só para degustar uma das mais deliciosas cachaças da região. A bebida é produzida com a cana mais doce das montanhas do Belchior. Pipe herdou

do avô, Sebastião Schmitz, o conhecimento para destilar cachaça. O ambiente é limpo, organizado e de muito bom gosto. A construção e decoração lembram os antigos alambiques, assim como o odor característico da bebida em todos os ambientes. Com autoridade de quem estuda a bebida há mais de 15 anos, Pipe explica aos visitantes as etapas do processo de fabricação.

natural reconhecido internacionalmente, cuja curiosidade do nome está relacionada a um fato histórico: No dia 17 de fevereiro de 1777, o almirante português, Robert Mac Dowall, refugiou-se na enseada para evitar o combate com uma esquadra espanhola de 116 naus, comandada por Pedro de Cevallos Cortéz y Calderón, Após vasculhar a área e nada encontrar, seguiu com suas embarcações para a Ilha de Santa Catarina. Na enseada do Caixa D'Aço ficam alguns bares flutuantes, onde os proprietários de lanchas e iates costumam atracar para saborear petiscos à base de frutos do mar. * Igreja Matriz Senhor Bom Jesus dos Aflitos: A capela em estilo açoriano foi erguida por escravos em 1814 e é a segunda construção em alvenaria mais antiga de Porto Belo. Para a fixação das paredes foi utilizado óleo de baleia como componente da argamassa, detalhe que pode ser observado nos fundos da construção, com acesso pelo cemitério. As opções de hospedagens são variadas para gostos e bolsos. Hotéis e pousadas oferecem serviços integrados com as belezas, peculiaridades e encantos naturais da cidade. Para os dias de pouco sol ou de tempo instável, boas opções são os passeios pela área rural da cidade, com belas paisagens, produtos orgânicos e artesanais - como geléias e pães - e, para os apreciadores, uma visita, com possibilidade de degustações, ao Alambique Pedro Alemão, onde são produzidas cachaças artesanais de excelente qualidade, como a bidestilada. O local foi fundado em abril de 1965 e produz a água ardente mais famosa de Porto Belo. De lá para cá, foi aprimorando seus produtos e oferece degustação de diversas opções da bebida e de licores. É o sabor de Porto Belo. Para encerrar com chave de ouro o passeio pelo interior da cidade, nada melhor que um almoço ou jantar, no bairro de Santa Luzia, comunidade tradicional de Porto Belo, Petiscaria do Nelinho, para degustar as delícias à base de frutos do mar, preparado de forma especial para cada cliente. PRAIA, SOL E MAR A 900 metros do continente está uma das principais atrações turísticas da cidade: a Ilha de Porto Belo. Pescadores artesanais e escunas fazem o traslado dos visitantes que, ao desembarcarem na ilha, desfrutam de serviços de qualidade em harmonia com a natureza. Praia de areia clara e água cristalina, equipada com infra-estrutura integrada ao meio ambiente e a

comodidade ideal para quem quer mesmo curtir as suas férias. Natureza, esportes náuticos e de aventura, restaurante, petiscaria, serviço de praia, ecomuseu, trilha ecológica, mirante, delícias gastronômicas e toda tranqüilidade que o turista só poderia encontrar numa ilha. Aberta de dezembro a março é um paraíso de atrações e belezas naturais, cujo uso turístico-recreativo respeita a capacidade máxima de visitantes, avaliada em 1.870 pessoas por dia, de acordo com estudo de profissionais especializados em turismo sustentável. Na alta temporada, o atendimento é feito por estagiários capacitados em Turismo e Hotelaria e domínio de idiomas. Com autorização para funcionar como empreendimento turístico racional e equilibrado, desde 1996, a Ilha de Porto Belo fiscaliza e orienta a visitação e o uso de seus atrativos. A caça de animais e a retirada de espécies vegetais são proibidas. Tocas de tatus, pássaros raros, orquídeas e bromélias fazem parte dos belos cenários da ilha, observados na trilha ecológica ou mesmo num simples descanso à beira-mar. A natureza conservada é um atrativo es-

pecial em meio à comodidade da infra-estrutura de lazer e de serviços oferecida ao visitante. O número de visitantes, o funcionamento do programa de Educação Ambiental e o monitoramento das águas do mar, subterrâneas e de esgoto são algumas das informações prestadas regularmente ao IBAMA - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - como garantias da atividade equilibrada do empreendimento. A Ilha de Porto Belo atua em compromisso com colaboradores, clientes, meio ambiente e sociedade, promovendo o turismo sustentável e sendo coresponsável pelo desenvolvimento econômico da comunidade local. Hoje, também é o principal atrativo turístico dos visitantes que chegam pelo mar, através dos navios de cruzeiro que fazem escala na baía de Porto Belo todas as temporadas. Endereços, contatos e informações: Secretaria de Turismo (Av. Gov. Celso Ramos, 1492 - Centro - fone 47 3369 5638) turismo@portobelo.sc.gov.br Fontes para entrevistas: Alexandre Stodieck (47 9981 4175) e Marcos Jaques (47 9945 8741)

Edição 21 | outubro.2009

13


Porto Belo

Em 1703, quando houve a primeira tentativa de ocupação de Porto Belo, na época Enseada das Garoupas, não houve interesse dos colonizadores pela região, por não ser uma terra rica em ouro e nem possuir solo propício para a agricultura. No entanto, a enseada já era considerada um local ideal para o refúgio de embarcações, protegida de todos os ventos e perigos do mar. Uma carta náutica, datada de 1777 e catalogada pela Fundação Biblioteca Nacional, já registrava o potencial de navegação da região. Aproveitando o potencial navegável da enseada, em 1753, foi fundado o primeiro povoado de pescadores, trazidos de Ericeira (Portugal). A principal atividade econômica, na época, era a manufatura e comercialização de produtos provenientes da caça de baleias, como o óleo, por exemplo. As baleias caçadas eram trazidas até a ilha e, numa armação clandestina - sem a licença do Império - eram carneadas. A gordura era derretida e transformada em óleo, utilizado na construção civil em substituição ao cimento, como o utilizado na fixação das paredes da capela, atual Igreja Matriz da cidade, detalhe que pode ser observado nos fundos da construção, com acesso pelo cemitério. O óleo de baleia também era empregado na iluminação pública, queimando nas pombocas e lamparinas distribuídas nas ruas do povoado. ECONOMIA Com a chegada do século XX, o turismo se consolida como uma das atividades econômicas mais bem sucedidas do país. E o município de Porto Belo, pela situação geográfica privilegiada, se tornou um dos principais destinos de turistas que viajam de navios. O charme de principal porto natural do Sul do Brasil fez com que o número de passageiros triplicasse nos últimos quatro anos. Para a temporada 2009/2010 já foram confirmadas 28 escalas, o que representa um total de 75 mil passageiros. As companhias Costa Cruzeiros e MSC Cruzeiros são responsáveis por mais de 90% das escalas deste verão. Mais de mil embarcações utilizam os serviços das marinas da cidade e do Iate Clube Porto Belo, entre

12

Edição 21 | outubro.2009

Porto Belo é uma cidade pequena localizada no litoral centro-norte de Santa Catarina, ocupada há mais de 250 anos por colonizadores vindos do Arquipélago dos Açores. O charme todo especial da cidade está justamente no fato de se conservar as características de uma pacata vila de pescadores, reconhecida pelas belezas naturais preservadas e por oferecer, aos turistas, produtos, serviços e atendimento de qualidade. mensalistas e veranistas. A pesca ainda movimenta fortemente a economia local. Mas, é o turismo que incrementa a geração de renda da população. A Associação de Pescadores Artesanais de Porto Belo, por exemplo, se fortaleceu, qualificou o serviço e hoje, oferece traslado exclusivo a algumas companhias de navegação, fazendo o trajeto continente/ilha/ continente. O serviço já é a principal fonte de renda dos pescadores artesanais. Outras 4 escunas e 8 barcos também operam no transporte dos turistas à ilha. O simpático centrinho comercial pode ser percorrido a pé. As lojinhas de artesanato, souvenirs e vestuário garantem boas lembranças da viagem. Na praia central, é possível visitar oficinas líticas, conhecidas como "panelas de bugre", vestígios dos índios carijós, da tribo Tupi - Guarani que habitaram esta região e deixaram estas superfícies polidas nas rochas, através da preparação de suas armas e ferramentas. Casas centenárias e a vila de pescadores também garantem um encanto todo especial ao centro da cidade. A gastronomia - com delícias irresistíveis à base de frutos do mar - também aguça os sentidos. Excelentes restaurantes e petiscarias espalhados pelo município proporcionam os agradáveis sabores da cozinha típica à internacional. *Praia de Perequê - É a maior praia do município, em extensão e em faixa de areia, é bastante arborizada e com águas calmas próprias para banho, esportes náuticos, e na areia, um verdadeiro convite ao lazer. Local com excelente infra-estrutura, onde você encontrará restaurantes, quiosques e pousadas a beira mar, produtos e serviços, proporcionando conforto e comodidade aos seus visitantes. Local ideal para caminhadas, observar a pesca artesanal, banho de sol e mar e aproveitar um belíssimo pôrdo-sol. *Praia de Porto Belo - A praia de Porto Belo está localizada no centro do município, sendo suas águas tranqüilas protegidas pela Ilha João da Cunha (Ilha de Porto Belo), tendo esta característica especial, conferem a esta praia, um excelente local para o

banho e prática de esportes náuticos. Nesta praia possui um acervo arqueológico, as oficinas líticas, que também são conhecidas na região como "panelas de bugre", vestígios dos índios carijós, da tribo Tupi-Guarani, que habitaram esta região e deixaram estas superfícies polidas nas rochas através da preparação de suas armas e ferramentas. No trapiche das escunas piratas, localizado em frente à Igreja matriz, saem divertidos passeios de escuna com paradas para mergulho e na Ilha de Porto Belo. Possuem restaurantes e pousadas a beira mar, comércio variado e hospedagens aconchegantes estarão a sua disposição. *Praia do Baixio - A praia do Baixio está localizada em frente à Ilha de Porto Belo. Este detalhe torna a paisagem especial e também possui uma tranqüilidade marcante, com condições para a prática de esportes na areia e náuticos. No local possuem trapiches para passeios de barcos e escunas, como também marinas para manutenção de embarcações. A praia é excelente para a prática de Wind Surf e para desfrutar de um belíssimo nascer e pôr-do-sol que poderá ser observado nesta praia. Costão das Vieiras - Um costão de pedras encravadas entre a praia Perequê e a baía de Porto Belo, rodeado pela vegetação de Mata Atlântica, possui duas pequenas praias, a dos Fagundes e da Fonseca pertencentes ao Costão das Vieiras. A origem do nome refere-se às "vieiras", um molusco comestível de concha bivalve que se criavam nesse local. A Praia dos Fagundes fica ao lado da Praia do Perequê, onde é possível desfrutar de uma linda paisagem e o contato com a natureza. A Praia do Costão também esta localizada ao lado da Praia de Porto Belo, reserva uma experiência única da beleza de suas pequenas piscinas naturais em meio aos rochedos. * Praia do Araçá: É uma encantadora comunidade pesqueira que ainda conserva costumes açorianos. Neste local, encontramos bons lugares para mergulho, em águas calmas e frutos do mar frescos para consumo. * Praia do Caixa D'Aço: É um dos mais belos recantos de Porto Belo. Possui pequena faixa de areia, com mar calmo e águas mornas. Um porto

Tirolerfest 2009 foi um sucesso A comemoração aos 76 anos de imigração austríaca realizada em Treze Tílias durante os dias 09 e 13 de outubro foi um sucesso, segundo a Secretaria de Turismo, administração municipal, comissão organizadora e os números que dão esses indicativos. Em 05 dias de festa, passaram pela cidade 20 mil pessoas, sendo quatro vezes o número da população local. O maior número até então havia sido na edição 2008 com 15 mil pessoas. Mas com um diferencial importante: no ano de 2008 foram 10 dias de festas e em 2009, apenas 05. Na média, 04 mil pessoas por noite estiveram no local reservado para a cultura e tradição austríaca, regada a chopp e muita alegria. O número de litros de chopp consumidos durante a festa foi superior a 700, também foi um número inédito para uma edição da Tirolerfest. A campanha publicitária que divulgava a cultura e tradição, evitou associar a festa à bebidas alcoólicas, embora o chopp fosse o carro-chefe das bebidas consumidas. A comunidade regional entendeu a mensagem, participando ativamente do evento, divertindo-se e consumindo sem que houvesse sequer uma

intervenção policial devido à conflitos ou vandalismos durante todo o evento. Uma festa com retrato perfeito do símbolo da Tirolerfest 2009, que era a flor Edelweiss. Seu significado: Amizade eterna, foi selada entre os turistas locais e distantes e a cidade deTrezeTílias, que por sua vez mostrou a capacidade de organização, receptividade e demonstração de estar cada vez mais preparada para grandes investimentos no turismo nacional. Treze Tílias agradece a todos que prestigiaram esse evento e reafirma;Tirolerfest 2009 - Feliz em encontrar você.

Edição 21 | outubro.2009

5


HOTEL TIROL

Ano após ano, o Hotel Tirol foi ampliado e reformado, atualmente possui 50 apartamentos entre categorias luxo e suíte com hidromassagem como também uma diversificada área de lazer. João Klotz e Hilda Klotz, juntamente com seus filhos e Salão de Convenções com colaboradores administram o capacidade para até 200 pessoa e Hotel Tirol, priorizando o 4 salas de apoio com disposição atendimento familiar, típico de 20 a 60 lugares. Ar das pequenas cidades do Tirol, condicionado e acesso a internet uma das principais caractewireless em todas as salas. rísticas do empreendimento, seguidos pela conserva- Estrutura e serviços para diversos tipos de eventos. ção da cultura austríaca, na arquitetura, gastronomia e decoração que são os ingredientes essenciais para que o visitante sinta-se realmente em um pedacinho da Áustria no Brasil.

6

Edição 21 | outubro.2009

Retornando ao chão nosso destino nos leva a TREZE TÍLIAS - O Tirol Brasileiro, um pedacinho da Áustria em solo catarinense, cujo portal de entrada exibe um convite em alemão: "Fühl dich zu huase", que significa "sinta-se em casa". Rica em Turismo Cultural, seja pela arquitetura, trabalhos em madeira produzidos por seus artistas, centros culturais, gastronomia austríaca e grupos de dança folclórica tirolesa. TREZE TÍLIAS Seguindo para JOAÇABA rodeada de morros e muito verde, conheceremos a majestosa Catedral de Santa Terezinha ornamentada de obras de arte e a história de Frei Bruno, cuja romaria penitencial atrai milhares de fiéis. O município é pólo universitário e cultural com destaque para o festival de dança e o belíssimo Teatro Alfredo Sigwalt. O carnaval em Joaçaba é considerado um dos melhores do sul do País, com desfile das escolas de samba que a cada ano superam as expectativas.

Informações e reservas: Tel: (49) 3537-0125 www.hoteltirol.com.br E-mail: reservas@hoteltirol.com.br

Edição 21 | outubro.2009

11


Parque Thermas Itá As obras do Complexo Turístico Thermas Itá tiveram início no ano de 2002 e foram concluídas em 2004. Sua inauguração foi no dia 12 de novembro de 2004 com uma arquitetura arrojada, e uma distribuição de serviços de lazer suficiente para agradar a todos. Tudo isso em uma área de 95.000 m² para você curtir e aproveitar a mais bela paisagem do Oeste Catarinense. O Lago da Usina Hidrelétrica Itá é mais um atrativo que vem somar com as belezas do local, sem contar com o encanto do pôr-do-sol. O Parque Aquático Thermas Itá, está localizado a Oeste do Estado de Santa Catarina as margens da Rodovia SC 466 á 100 metros do centro da cidade. O balneário de Itá possui uma estrutura completa para atender todas as idades no período de inverno em suas 05 piscinas cobertas, com temperatura de 35ºC, banheiros com chuveiros, total estrutura de mesas e cadeiras, espreguiçadeiras para o seu conforto, além de jardim interno e quatro cascatas. No andar superior das piscinas cobertas, possui bar com toda estrutura para atender seus mais variados gostos. Tudo isso em um prédio de 777,94 m2 de área construída, totalmente fechado e aconchegante para você curtir o frio nas águas quentes do Parque Aquático Thermas Itá. Toda esta estrutura de piscinas internas se junta na temporada de verão com mais 11 piscinas externas, que fazem parte do complexo thermal, juntamente com uma estrutura de bar molhado, restaurante e lancheria, toboágua, piscinas com chuveirinho para crianças, piscinas para adulto, banheiros, um palco para apresentações culturais, uma estrutura de cadeiras e mesas, espreguiçadeiras e guarda sol. Além disso, você conta com uma paisagem única e exuberante que completa o estilo harmônico que o Parque Thermal tem a oferecer. Ressaltamos também que no próximo dia 07 de novembro de 2009, acontece a Abertura da Temporada de Verão, além de uma vasta programação de final de ano, onde comemoramos o Natal Luz, o Aniversário do Município e o Revellion 2009, com shows nacionais e apresentações culturais. A programação perfeita para quem gosta de se divertir com a família, interagir e aproveitar estas festividades com muita animação, segurança e bom gosto.

A Pousada

Torres Antiga Igreja Matriz São Pedro A igreja, que hoje restam apenas às torres ilhadas, é o símbolo e orgulho deste povo, seu projeto foi apresentado a comunidade em 1957, sendo que a Pedra Fundamental e o início das construções iniciaram no dia 28 de abril de 1958. No decorrer do processo de construção da nova cidade, discutiu-se a possibilidade das Torres da Antiga Igreja Matriz São Pedro Apóstolo cuja construção é de 1936, ficassem solidificadas e aparentes, no meio do lago da Usina. Levantada esta possibilidade, a comunidade se manifestou imediatamente, organizou-se desta forma um plebiscito para que elas fossem protegidas e preservadas e o desejo da população foi considerado e atendido. Hoje ocupa seu lugar original, lugar em que foi erguida e resistiu ao alagamento da cidade em função da Usina, na atualidade, é o maior símbolo de Itá, é a prova real de que naquele local existiu uma cidade, uma história e um povo de muita coragem.

10

Edição 21 | outubro.2009

A pousada Caminhos da Neve antigamente era uma casa de família, da família do senhor Leonardo José Bathke. A pedidos de vários, esta se tornou uma pousada. Linda, silenciosa, aconchegante, onde você pode usufruir o silêncio e a tranqüilidade do campo bem pertinho da cidade! Ela foi fundada como pousada no ano

de 1997, composta por 16 aptos de luxo, sendo que 14 são com calefação e dois com lareira e calefação.

Área Verde Estando localizada em uma área verde de 18 hectares proporciona a você uma sensação de liberdade! Área segura onde você e seus fi-

lhos podem caminhar, correr e brincar sem medo do perigo! Nessa área verde ocorre a cavalgada onde você e sua família junto com o guia fazem um passeio maravilhoso. A pousada também oferece um delicioso café da manhã estilo colonial e a tarde, nos fins de semana, café colonial com pratos típicos da região.

Café colonial: O café colonial é feito nos finais de semana e no mês de julho todos os dias. Toda a confecção do café colonial é feita na cozinha da pousada , Pratos típicos da região ,bolos ,tortas, salgados uma enorme variedade de sabores inigualáveis! Horário do café colonial: das 15:00hs às 22:00hs.

Pousada Caminhos da Neve Av. Irineu Bornhausen, s/nº (próximo à Cooperativa Sanjo - a 1 km do Centro CEP: 88600-000 - São Joaquim - SC - e-mail: caminhosdaneve@twc.com.bR www.pousadacaminhosdaneve.com.br - (49) 3233-0385

Edição 21 | outubro.2009

7


Curitiba e o requinte da gastronomia na Avenida das Torres

8

Edição 21 | outubro.2009

Edição 21 | outubro.2009

9


Lancellot Outubro 2009  

Lancellot Outubro 2009

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you