Issuu on Google+

www.vivaleste.com.br

Jornal Viva Leste, maio de 2014

01

Divulgação

Divulgação/Prefeitura de São Paulo

Pág. 3

Parque do Carmo recebe nova iluminação

Homenagem ao ex-secretário de Segurança Pág. 2

VIVA LESTE

Um novo Jornal para uma nova Zona Leste

Primeira Quinzena 15 Maio 2014

Edição 49 Dir. Responsável Luiz Antonio Cruz

A SERVIÇO DO DESENVOLVIMENTO E DA QUALIDADE DE VIDA

Governo de São Paulo começa captação de água da reserva técnica do Cantareira A obra é composta por 17 bombas

Foto: Divulgação

flutuantes, que devem retirar o volume de

água

abaixo

da

comporta

de

captação das represas e encaminhá-lo aos túneis, seguindo o trajeto normal até a Estação de Tratamento de Água Guaraú, na zona norte da capital. Caso o volume de chuvas em São Paulo volte à normalidade, o uso da reserva técnica deverá ser suspenso, com retorno ao modelo de captação anterior.

Pág. 6

Divulgação

Dilma visita Itaquerão e ganha capacete de ouro de operários Pág. 2

Anuncie seu negócio e apareça na Zona Leste VIVA LESTE

Jornal Viva Leste, março de 2013

Um novo Jornal para uma nova Zona Leste

br ste.com.

www.vivale

E T S E L A VIV mentos 0 aparta 01

a Quinzen Primeira o 32 3 - Ediçã Maio 201 sável

Maio de

a Leste, Jornal Viv

Um novo ra Jornal pa uma nova Zona Leste

on Dir. Resp rre Tiago Pie

2013

DO DE SE

NV OLV IM

EN TO E DA

DE DE QU AL IDA

gação

Foto: Divul

Divulgação

ieri

rson Panc

Foto: Jeffe

Divulgação

Pág. 03

r governadoin O Alckm Geraldo tregou no (PSDB) enmingo (28), do último

lso avenida Ce la bano) , nº 2.588, esstruído pe rcia A lém, con (Companhia Ga ina com a rua Re do qu cortiços. HU irro to em CD ba en vam vim ceu denção, no entos na entrega acontenjun- de Desenvol e Ur62 apartam tral da no próprio Co Be- Habitacional cen l região ulista para Residencia capital paque mora- to famílias

Dir. Responsável Tiago Pierre

– O esSão Pauloo Paulo Sã tado de u a camRio Gra rrogo O Minis Brasília – de aler- lo e nol, onde a ne- pronha de vacinapa pe Saú tério da (24) que do Suade de sangue ção contra a grisátou hoje s nos he- cessidior, o quadro é até o próximo sde os estoques de todo é ma mais grave: a bado (18). De amocentro eçaram aindaa nas doações o início da camp es qued milhõ o país com a 40%. em razão nha, 6,4 vaa baixar do de frio chegaalmente, cerca pessoas foram l a Atu as 600 mi a do perío e também 0 mil pesso cinadas, e chuvas roximação de 30 sangue todos menos do que taam ap do Secre e reda ses, o qu meta da . Dados da das férias icam que, os me ta 1,8% da ria da Saúde. pasta ind oca, há presen lação. nessa épde 20% a popu o uçã red mero de Pág. 04 25% no nú no Brasil. doações rdo com o Pág. 04 De aco no Rio de ministério,

r

Jornal Viva Leste , 30/05/2013

ia companh Belém. A R$ 4,2 miinvestiu empreendilhões no . mento

Estar acima do peso não é mais motivo para discriminação Estereótipos de beleza e corpos perfeitos, há aqueles que não seguem os “padrões” impostos, talvez por não conseguirem ou por preferirem viver à sua maneira. As mulheres acima do peso ou “gordinhas”, como são intituladas, estão cada vez mais em alta. As modelos GG ou “plus size” estão espalhadas pelo mundo, fazendo campanhas de moda e aumentando a auto-estima das que, um dia já foram excluídas ou humilhadas. Pág. 03

anha de oga camp rr Fundo Zona Leste ro p Haddad autoriza duplicação da lo u Sustentável abre gripe São Pa a a tr n o c edital para pequenos e Estrada do Iguatemi o ã ç a in c va microempreendedores

gue Falta san a dos na maiori tros do país hemocen - Janeiro, em São Pandu-e

www.vivaleste.c om.b

A SERVIÇO DO DESENVOLVIMENTO E DA QUALIDADE DE VIDA

Estado e prefeitura anunciam construção de piscinão na Zona Leste

VID A

ais de 6 leste ntrega mrtiços na zona e in m k co Alc ores de a morad A SE RV IÇO

www.vivaleste.com.br Jorn al Viva Leste , 30/05/ 2013

Março 2013 - Edição 3101

Pág. 03

gação

Foto: Divul

Apostar em um projeto e transformá-lo em realidade. É isso que pe pequenos e microempreendedores de Ermelino Matarazzo, Itaim Paulista, Itaquera, São Mateus e São Miguel Paulista podem fazer com apoio do Fundo Zona Leste Sustentável. Pág. 06

Fechaduras Frente

Verso

Divulgação

Durante visita ao distrito de Cidade Tiradentes, Zona Leste, Fernando Haddad autorizou a duplicação da Estrada do Iguatemi, uma das principais vias de acesso a região. O prefeito também visitou alguns equipamentos do bairro e anunciou a construção de uma nova sede para a subprefeitura, que hoje está instalada em uma área alugada em Itaquera. “Nós vamos negociar com a COHAB um terreno para que a Subprefeitura tenha uma sede no território de Cidade Tiradentes”, destacou.

Uma data

especial de

renovação

Especial Me

io Ambiente

VIVA LESTE

Um novo Jornal para uma nova Zona Leste

do casal Pág

A SER VIÇ O DO

.7

DES ENV OLV IME

Pág. 3

Cadeados Lixeiras

ANÚNCIE NO VIVA LESTE

Edição 34

LIDA DE DE VID Prefeitura A intensific a fiscalizaç Lei dos gr ão da andes gera O N DA VERDE dores de lix o Pág. 5 Por Ri NTO E DA QUA

cardo Teixe ira

Neste esp aço vamos da “Onda falar mais Verde” que espalhar pel precisamo s a Zona Les te. Pág. 2

05 de Junh o

Reciclali

Ambientaxl

Ozires Jr.

ESPECIALIZA DA EM SO LUÇÕES AM NO GERENC BIENTAIS IAMENTO CO LETA, TRAN TRATAMENTO SPORTE, E DESTINAÇ ÃO DE RESÍ DUOS

Oferecemos so luções para vo cê ateder a nova lei dos g randes gerado res de lixo Evite mul

Cofres

30/05/2013

Dir. Respon sável Tiago Pierre

tas contrate

Tel. 2772-5582

Reciclal

Telefone: 3258-1989

Ambientaixl

Endereço: Rua Rêgo Freitas, 344 Vila Buarque - São Paulo

www.requintefechaduras.com.br

comercial@re

ciclalix.com

www.reciclali

x.com

01

O Jornal Viva Leste é um veículo de comunicação da região mais populosa da capital paulista, a Zona Leste. Fruto do movimento de transformação e progresso que contagia a região nos dias atuais. Oferecemos soluções para você anunciar seu produto, marca ou serviço. São 20 mil exemplares distribuído gratuitamente em mais de 100 pontos. Nosso jornal também está presente em multiplataformas iPad, iPhone, e no seu computador, além das redes sociais Facebook e Twitter.

Não perca tempo, anuncie e apareça!

Tel. 98062-5204

jornalvivaleste@gmail.com


02

www.vivaleste.com.br

Jornal Viva Leste, maio de 2014

Divulgação

A secretária de Justiça do Estado de São Paulo, Eloisa Arruda, chamou de “irresponsável” a conduta do governo do Acre ao facilitar a vinda de 400 haitianos para São Paulo nos últimos 15 dias. O secretário do Acre Nilson Mourão, também da pasta de Justiça e Direitos Humanos, afirma “que não entende a postura do governo paulista”.

Nosso Bairro

Dilma visita Itaquerão inacabado e ganha capacete de operários A presidenta Dilma Rousseff visitou na quinta-feira (8/05) a Arena Corinthians, na zona leste da capital paulista. Antes de entrar no estádio que receberá a abertura da Copa do Mundo, a presidenta vistoriou as obras viárias no entorno do Itaquerão. Segundo o prefeito Fernando Haddad, os trabalhos deverão ser finalizados na semana que vem. “Estaremos prontos para o dia 12 de junho, com certeza”, garantiu. Dilma passeou pelas arquibancadas e conversou com os operários que fazem

o acabamento do estádio. Ao final da visita, desceu ao gramado e posou para fotos com um capacete dourado com o qual foi presenteada. Também participaram da visita o ministro do Esporte, Aldo Rebelo e o responsável pelas obras pelo Corinthians, Andrés Sanchez. Antes da visita, Dilma recebeu cinco representantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). Os militantes apresentaram a presidenta reivindicações para mudanças no Programa Minha Casa,

Minha Vida. O movimento participou dos protestos organizados pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) hoje na sede de três construtoras contra os gastos para a organização do Copa do Mundo. Depois da visita ao Itaquerão, a presidenta seguiu para a zona sul da capital, onde se encontra com líderes o varejo no Hotel Hyatt.

Por Bruno Caetano Você já ouviu a máxima de que estoque é dinheiro, certo? Em excesso representa recursos parados. Se for insuficiente, significa perda de vendas ou problemas na produção por falta de matéria-prima. Sendo assim, a calibragem desse quesito refletirá nas finanças do negócio. Infelizmente, tal controle é falho em muitas micro e pequenas empresas. Confira então a razão da importância de controlar o estoque e como fazer isso. O gerenciamento eficiente começa com a previsão de demanda. Calcular bem quantidades é muito importante, principalmente, quando

se trata de produtos perecíveis ou dependentes de moda. Para fazer o cálculo, você pode partir do seguinte raciocínio: suponha que sua loja venda, em média, cinco unidades de um produto por dia e o tempo de reposição do fornecedor é de dois dias. O pedido para recompor o estoque deverá ser feito quando houver dez unidades no estabelecimento. Você pode trabalhar com mais mercadoria como margem de segurança para casos de atraso ou procura extra pelo consumidor. Lembre-se de que o espaço físico é determinante, já que interfere no volume e nas condições de armazenamento. Deve estar organizado por tipo de artigo, com seus lugares definidos e uma lógica para facilitar a visualização, acesso e monitoramento. Com tudo em ordem, os espaços podem ser mais bem aproveitados, inclusive para outras finalidades. Além do controle visual, o estoque deve

Divulgação

Divulgação

A importância de controlar o estoque Divulgação

Divulgação

ser acompanhado por meio de fichas ou sistema informatizado. É fundamental que os registros espelhem o que existe fisicamente. Não pode haver saída ou entrada sem contabilização. A precisão dessas informações evita que se enfraqueça a noção da necessidade de capital de giro e da demanda por algum item. Outro ponto crucial é fazer inventários periódicos para identificar perdas ou furtos; quando aparecerem diferenças, estas devem ter a causa investigada. Além disso, é muito útil para as finanças e planejamento de gastos constar o custo de aquisição das mercadorias. Outro princípio que você pode adotar: quando o dinheiro disponível estiver baixo, o estoque não deve estar alto. Gerir bem esta área só trará benefícios para o caixa da empresa. Cuide disso. Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP

Telhada homenageia ex-secretário de Segurança Pública do Estado Divulgação Divulgação

A Câmara Municipal de São Paulo homenageou o Dr. Antonio Ferreira Pinto, Procurador do Estado e ex-Secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo na gestão de José Serra, que além de ser Capitão PM, também foi secretário de Administração Penitenciária. A Medalha Anchieta foi concedida por um Projeto de Decreto Legislativo proposto pelo vereador Coronel Telhada. “O Dr. Ferreira

Pinto foi o melhor Secretário de Segurança que São Paulo já teve”, explicou Telhada sobre o motivo da homenagem. “Eu só fui comandante da ROTA devido a uma decisão do então Secretário de Segurança, Dr. Ferreira Pinto. E a principal missão na ROTA, que o Dr. Ferreira Pinto me deu, foi combater o crime organizado; nós tivemos um trabalho duro, mas enfrentamos este problema de frente até o meu último dia de comando”, completou o vereador

Coronel Telhada. O vereador Andrea Matarazzo marcou presença na Sessão Solene e não poupou elogios ao homenageado: “Eu conheci o Ferreira Pinto trabalhando. Eu tenho uma confiança e uma amizade imensa. Pela sua coragem, desprendimento, sempre acompanhados de uma doçura. Eu nunca o vi levantar a voz. Eu me sentia seguro tendo ele como secretário”.

Expediente JORNAL VIVA LESTE Diretor Resposável - Luiz Antonio Cruz Anúncios - 98062-5204- jornalvivaleste@gmail.com Tiragem 20 mil exemplares distribuídos gratuitamente 15/05 - Primeira Quinzena de Maio de 2014 - www.vivaleste.com.br

David Lobão


www.vivaleste.com.br Divulgação

Jornal Viva Leste, maio de 2014

03

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), confirmou que vai cobrar multa ainda a partir de maio de quem aumentar o consumo de água na região metropolitana abastecida pela Sabesp. A medida, disse, vem se somar ao desconto de 30% para quem economizar ao menos 20%. “Então vamos estabelecer o ônus para quem gastar mais água”.

Itaquera Parque do Carmo recebe nova iluminação com mais de 400 pontos de luz A revitalização faz parte das obras do entorno do Itaquerão. Lâmpadas de LED, alimentadas por energia solar, iluminarão o lago, considerado o espaço central do parque

Divulgação

Localizado em Itaquera em uma área superior a 15 milhões de m², o Parque do Carmo terá a partirde segunda-feira (12) um novo sistema de iluminação. Os antigos 60 pontos de luz instalados no parque foram subsitituídos por 464 novas lâmpadas multivapores metálicos (luz branca) que iluminam as vias internas, monumentos, áreas culturais e equipamentos esportivos e de lazer. Com a

nova iluminação, o horário de funcionamento do parque passou das 18h para às 20h. Uma das novidades da nova iluminação são as 42 lâmpadas de LED, alimentadas por energia solar, que farão a iluminação do lago, considerado o espaço central do parque. Nesse local, 32 postes receberam bandeiras dos países participantes da Copa do Mundo. “Não é qualquer iluminação,

é vapor metálico e led, ou seja, o que tem de melhor no mundo hoje. Então eu acho que com isso, a população vai poder frequentar mais o parque e na medida que o uso for sendo ampliado, a nossa ideia é trazer para cá o padrão que nós temos no Ibirapuera. Tudo está sendo feito para elevar o padrão de qualidade desse parque”, afirmou o prefeito Fernando Haddad.

A revitalização da iluminação do Parque do Carmo faz parte das obras do entorno do Itaquerão, que receberá seis partidas do mundial, entre elas a de abertura. A vice-prefeita da cidade e coordenadora da SPCopa, Nádia Campeão, falou sobre a importância de áreas públicas de convivência para o desenvolvimento social na cidade: “o Parque do Carmo tem esse papel, porque junto com Itaquera ele está situado no meio da Zona Leste e aqui nós temos mais de 4 milhões de pessoas que precisam de uma região e de um parque de referência”, disse Nádia. As ruas e avenidas que ficam no entorno do parque também serão contemplados com 235 novos pontos de iluminação e 26 remodelações - substituição de lâmpadas de vapor de mercúrio por de va-

por de sódio, que iluminam mais e são mais econômicas. Além do Parque do Carmo, a região central de Itaquera também recebeu nova iluminação. Foram instalados 212 novos pontos de iluminação e 28 remodelados. Também foram instaladas 1.500 unidades pedonais - iluminação voltada para as calçadas, principalmente em ruas arborizadas. Entre as localidades beneficiadas estão as Ruas Flores do Piauí, Gregório Ramalho, Carlos Bauman, Itapemirim, Padre Viegas de Menezes e o En-

torno do Largo da Matriz. “Só aqui na região, contando as subprefeituras do fundo da Zona Leste, foram quase 40 mil remodelações que fizemos e cerca de cinco mil ampliações que fizemos aqui nessa região no ano passado. Então é um investimento muito grande que não só valoriza a região, a rua, a praça que recebe a iluminação, mas traz uma sensação de segurança muito melhor, valoriza o bairro”, destacou o secretário municipal de Serviços, Simão Pedro.

Divulgação

Ex-catadora de lixo do Itaim Paulista vê oportunidade na reciclagem e vira empresária Além de uma cooperativa no bairro e abrirá uma filial no Ceará em julho. A inovação de sua empresa é o Eco Banco Fênix Ágape, onde as pessoas trocam o peso dos recicláveis por vários benefícios “Um trabalho de formiguinha”. É assim que se chamam projetos e ideias que levam um tempo para serem realizados e darem resultados. Demorou 24 anos para que a coragem e ambição de uma catadora de recicláveis do Itaim Paulista, zona leste, a transformasse em empresária. Francisca Rabelo, de 42 anos, começou a recuperar materiais recicláveis quando ela e seu marido perderam os empregos. Hoje, o resultado do seu esforço se encontra na Cooperativa Fênix Ágape, uma empresa que gera benefícios a moradores e catadores que fazem reciclagem, incentivando ainda seleção de resíduos de maneira correta. Lá, Francisca conseguiu criar o projeto

Eco Banco Fênix Ágape, onde o peso dos materiais recicláveis é convertido em cursos de idiomas, informática, música, tratamento odontológico e estético, dinheiro e etc; funcionando como moeda de troca e também poupança. Além disso, a unidade do Itaim Paulista, que fica na rua Manoel Bueno da Fonseca, 503, no Jardim Camargo novo, já possui uma filial em outro estado. A nova unidade está sediada na cidade de Banabuiu, Ceará, e começa a operar em julho desse ano, funcionando juntamente com o Eco Banco da Matriz em São Paulo. Antes de levantar a Fênix Ágape, Francisca conseguiu se juntar a outros catadores e formar a Associação Educacional e Am-

Renata Asp/ CLN

biental Resgate Total em 2000 e, em 2005, se constituíram como cooperativa, conquistando o atual espaço. Na época, o trabalho da associação sustentou 12 famílias durante três anos e, segundo Francisca, livrando-as das injustiças de uma outra cooperativa para quem trabalhavam anteriormente. Ao falar da família, a cearense, residente

do Itaim há 26 anos, diz que seu filho não aceitava seu trabalho. “Ele tinha vergonha porque eu catava lixo na rua e buscava ele na escola logo depois. Quando fui chamada para dar minha primeira palestra na escola dele, a visão mudou e ele virou o meu maior apoiador”. Em 2007, a cooperativa conseguiu apoio do Instituto Resso-

ar, que criou Casa do Fazer - um local que oferece cursos profissionalizantes gratuitamente. Com isso, a troca de recicláveis por benefícios se tornou possível aos munícipes que reciclassem e levassem os materiais para a Fênix Ágape. A partir daí, a cooperativa não demorou muito para adquirir um convênio com Prefeitura.

Francisca diz que quer atingir 100% das famílias do Itaim Paulista e acredita que o bairro tem potencial para reciclagem. Quanto as conquistas alcançadas desde o serviço de catadora de lixo até empresária, Francisca termina dizendo que “Querer é poder”. Renata Asp/CLN


04

www.vivaleste.com.br

Jornal Viva Leste, maio de 2014

Um dia depois da aprovação do Marco Civil da Internet pelo Senado, a presidente Dilma Rousseff sancionou o projeto de lei durante um evento em São Paulo. A lei é uma espécie de “Constituição”, com os direitos e deveres dos internautas e empresas ligadas à web.

Divulgação

São Paulo

Casos de dengue diminuem na cidade de São Paulo Divulgação

O ritmo de crescimento dos casos de dengue registrados na cidade de São Paulo diminuiu nas últimas semanas. Segundo levantamento divulgado na quinta-feira (15) pela Secretaria Municipal de Saúde, o total de casos registrados neste ano chegou a 5.093, mais que o dobro no mesmo período de 2013 e num patamar equivalente ao de 2010. Em comparação à semana anterior, o aumento do número total de notificações foi de 13%. Nas semanas

USYPAPER: Uma empresa de sucesso na Zona Leste A um ano e nove meses atrás, surgiu uma idéia entre três amigos de se tornarem empreendedores, visto que um e dotado de uma grande habilidade comercial o outro graduado em administração de empresas e por fim o ultimo que conta com uma vasta experiência na operação e produção de bobinas térmicas devido os 15 anos em que atua neste ramo, Com a união desses três conhecimentos surge a USYPAPER que vem a cada dia galgando seu espaço conquistando novos clientes e novos colaboradores para nos representar. E com muita satisfação que no mês 03/2014 completamos um ano neste mercado tão competitivo, o segredo de nosso sucesso e pri-

anteriores, a média de crescimento estava estabilizada em 20%. Apesar da diminuição do ritmo de aumento, as próximas semanas continuam sendo de atenção. Por isso, a Prefeitura de São Paulo pede apoio da população no combate ao mosquito transmissor da doença. Não houve confirmação de novos óbitos por dengue nesta semana. Até o momento, a taxa de incidência da cidade é 45,3 (casos para cada 100 mil habitantes), considerada baixa de acordo com o Ministério da Saúde

meiramente o respeito a nossos consumidores disponibilizando produtos de alta qualidade atrelado a um excelente atendimento de nossos colaboradores, desta forma iremos perpetuar o nome da USYPAPER no mercado de bobinas térmicas para cupons ficais e relógios de ponto. Segundo informações dos diretores Alex Brito e Marcos Santana a USYPAPER estará entre as empresas mais conceituadas neste ramo em aproximadamente mais dois anos atuando no mercado, visto que a empresa neste curto prazo de vida já atua fortemente na Bahia, Minas Gerais, Ceara, Pernambuco, São Paulo entre outros estados do Brasil. Informe Publicitário

Indignação à barbárie Por Andrea Matarazzo* Pais que matam filhos; pais sendo mortos pelos próprios filhos. Espancamento até a morte por conta de um retrato falado publicado e mal interpretado na internet. Jovens que perdem a vida atropelados por bêbados ao volante. Moradores dispostos a linchar o vizinho supostamente agressor de uma mulher. São essas manchetes de jornais que, nos últimos meses, marcam o cotidiano urbano onde a violência, o ódio, a insanidade ganham força Diante delas, é preciso mostrar nossa mais profunda indignação quanto à completa banalização da vida, que parece já mais nada valer, como mostram os recentes episódios do menino Bernardo e da dona de casa Fabiana de Jesus. Esses dois casos de extrema violência evidenciam que estamos passando por um

momento de perda de valores morais. Aqueles mesmo valores que aprendemos em casa com nossos pais e avós e na nossa formação escolar, quando ainda éramos crianças e adolescentes. Em família, os mais velhos nos ensinaram que matar ou roubar é crime com graves consequências; que destruir e humilhar o outro moralmente é jogo baixo. No banco escolar, ouvimos de nossos professores lições que iam muito além do livro didático: o respeito aos colegas de classe; a importância de sermos sinceros e não mentir. Nossos pais nos orientaram a seguir e a não abrir mão de princípios morais em nossas escolhas afetivas e profissionais. Se cursamos uma faculdade, juramos, ao recebermos nosso diploma, agir com ética no exercício da profissão

escolhida. Se de fato passamos por todo esse aprendizado, não há como, individualmente, mas, sobretudo, coletivamente, deixarmos de lado nossa mais profunda indignação diante do retrocesso moral que parece levar a sociedade a viver nos tempos das atrocidades da Idade Média ou das primitivas sociedades tribais. Na Índia, o estupro coletivo de uma estudante em Nova Deli, desencadeou forte campanha de conscientização pelo país. Como consequência, o Parlamento aprovou leis mais severas para coibir esse tipo de crime. O exemplo indiano mostra o quanto vale a pena nos indignarmos diante das barbáries do nosso tempo. *Andrea Matarazzo é vereador pelo PSDB.

Reciclalix Ambiental ESPECIALIZADA EM SOLUÇÕES AMBIENTAIS, GERENCIAMENTO, COLETA, TRANSPORTE E DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS

Tel. 11 2671-8685 www.reciclalix.com.br

ESTE PEQUENO ANÚNCIO É PARA LEMBRAR QUE O SEBRAE-SP SEMPRE TEM A SOLUÇÃO CERTA PARA AS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS.

JORNAL VIVA LESTE

Visite nosso novo site e fique informado

www.vivaleste.com.br

www.sebraesp.com.br 0800 570 0800


www.vivaleste.com.br

Jornal Viva Leste, maio de 2014

Reprodução

Um casal de turistas teve o corpo manchado com tinta spray e foi retirado da praia Branca, em Guarujá (SP), após um ato de vandalismo em uma rocha no domingo de Páscoa (20). Usando uma lata de tinta e um rolo, o casal pintou a inscrição “ABC” numa rocha. O ato foi percebido por outros turistas e moradores da comunidade, que repreenderam o casal.

WebDenúncia já representa mais de 27% dos registros anônimos

05

Acontece

Inaugurado primeiro serviço de ressonância magnética na ZL Divulgação

Divulgação

Os registros anônimos feitos por meio do WebDenúncia têm crescido progressivamente. O serviço teve início em novembro de 2013, registrando 4,19% das denúncias. Em abril deste ano, o percentual chegou a 27,75% em relação ao total de denúncias recebidas no Estado de São Paulo. Em números absolutos, o percentual do mês de abril significa 1.625 registros. Desde o início da ferramenta, já foram fei-

tas 5.718 denúncias. As denúncias podem ser feitas pelo telefone 181 ou por meio do site www.webdenuncia.org. br. No site é possível, também, colaborar com o Programa Estadual de Recompensa, que paga até R$ 50 mil por informações que contribuam para solucionar crimes ou localizar procurados pela Justiça. Em todos os casos, o sigilo é garantido. A plataforma digital para denúncias funciona

24 horas por dia, todos os dias da semana, e possibilita o envio de arquivos como fotos, vídeos e cópias de documentos, que auxiliam na investigação. O WebDenúncia é uma parceria entre a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo com o Instituto São Paulo Contra a Violência (ISPCV). Crimes mais denunciados De novembro a abril, foram registrados, no WebDenúncia, 156 apon-

tamentos sobre suspeitos de homicídios – 33,26% do total de 469 denúncias sobre esses casos. Os delitos mais indicados no sistema são os de tráfico de entorpecentes, que no total resultaram em 70,08% das denúncias anônimas online desses seis meses (4.007, em números absolutos). O segundo crime mais denunciado pela internet é o roubo (10,51%).

A unidade de ressonância magnética inaugurada hoje funcionará 24 horas e atenderá encaminhamentos da rede de saúde, pacientes internados no hospital ou que estiverem em atendimento no pronto-socorro. O exame especializado é uma antiga reivindicação da população da zona leste. “Há oito anos lutamos pela ressonância magnética. Antes, os pacientes eram encaminhados para Campo Limpo, que é bem longe e complicado para a pessoa que está machucada ou debilitada”, conta Osvaldina Batista de Matos, 63 anos. Osvaldina é representante da sociedade civil no con-

JORNAL VIVA LESTE Quer vender mais? É só ligar e anunciar

Tel. 98062-5204

selho gestor do Hospital Municipal Alípio Correa Netto desde 2002. No local, serão oferecidos 33 tipos de ressonância, entre exames de alta complexidade e aqueles que são mais procurados pelos pacientes da rede municipal, como crânio, ombro, coluna e joelho. O hospital de Ermelino Matarazzo é a segunda unidade da Autarquia Hospitalar Municipal (AHM) a contar com o serviço de ressonância magnética. Em janeiro de 2010, o Hospital Municipal do Campo Limpo, na região Sul, implantou o setor, que realiza cerca de 850 procedimentos por mês.


06

www.vivaleste.com.br

Jornal Viva Leste, maio de 2014

O Supremo Tribunal Federal decidiu absolver Fernando Collor de Mello do crime de peculato (desvio de dinheiro público), falsidade ideológica e corrupção passiva por falta de provas. A acusação é da época em que ele foi presidente da República, entre 1990 e 1992. A ministra Cármen Lúcia argumentou que os indícios apresentados eram “frágeis”, o que “impossibilita a condenação pleiteada”.

São Paulo

Começa captação de água da reserva técnica do Cantareira

Divulgação

A obra é composta por 17 bombas flutuantes, que devem retirar o volume de água abaixo da comporta de captação das represas e encaminhá-lo aos túneis, seguindo o trajeto normal até a Estação de Tratamento de Água Guaraú, na zona norte da capital. “Estamos trabalhando 24 horas com todo o empenho em engenharia técnica para garantir o abaste-

cimento da população”, completou Alckmin. Na estação, a água recebe tratamento dentro dos padrões de qualidade seguidos pela Sabesp. A água distribuída à população respeita a portaria 2.914 do Ministério da Saúde e é analisada nos laboratórios da companhia, que seguem as normas NBR ISO/IEC-17025 e são certificados pelo Inmetro.

A reserva técnica possui a mesma água do atual volume útil do sistema e já é utilizada pelas cidades da região de Campinas para abastecimento. É a água desse volume que é liberada das represas pelos rios que seguem até a região. “Dos 400 milhões de m³ da reserva técnica, 182,5 milhões já começaram a ser bombeados hoje”, explicou o governador. Esse recurso será

utilizado para abastecer a população da Região Metropolitana de São Paulo até março de 2015. “Um estudo mostra que nós conseguiremos passar o período da estiagem”, completou Alckmin. Caso o volume de chuvas em São Paulo volte à normalidade, o uso da reserva técnica deverá ser suspenso, com retorno ao modelo de captação anterior.

Prefeito assina decreto que define regras para comida nas ruas da cidade as pessoas possam estar bem nos pontos de encontro da cidade”, disse. Permissão de uso

Divulgação

O prefeito Fernando Haddad assinou na terçafeira (6) o decreto que define as regras para a venda de comida nas ruas da cidade. O documento regulamenta a Lei 15.947/2013, sobre a comercialização de alimentos em áreas públicas, como os tipos de alimentos que podem ser vendidos, os locais, o horário, o procedimento para conseguir a autorização e as obrigações e proibições dos comerciantes. O decreto será publicado no Diário Oficial de do dia 7. A venda de bebidas alcoólicas está proibida, salvo em eventos públicos ou privados com a autorização da subprefeitura. Na assinatura do decreto, o prefeito disse que a regulamentação da lei de comida de rua foi feita depois de um intenso debate interno, entre governo e com umas série de representantes das partes interessadas, sobretudo bares e restaurantes de um lado e as pessoas que estão que estão envolvidas no debate de comida de rua em São Paulo. Pelo decreto, pessoas jurídicas ou microempreendedores individuais (MEI) poderão vender alimentos perecíveis ou não, frescos, semi-preparados, industrializados ou prontos para o consumo. A comercialização poderá ser feita em furgões adaptados (tipo food trucks), em carrinhos ou tabuleiros ou em barracas desmontáveis nas

ruas, praças e parques municipais, desde que obedecidos alguns limites. O ponto de venda deve ficar a uma distância mínima de 5 metros de cruzamentos, faixas de pedestres, pontos de ônibus e de táxis, hidrantes e válvulas de incêndio, orelhões e cabines telefônicas ou tampas de bueiros. Também deverá obedecer a distância mínima de 20 metros de estações de metrô, de trem, escolas, rodoviárias, aeroportos, ginásios esportivos, estádios de futebol, monumentos e bens tombados. Onde já existe comércio de alimentos, como padarias, restaurantes e lanchonetes, a distância mínima para instalar o ponto de venda é de 25 metros. Além disso, a barraca, carrinho ou furgão não pode estar em frente a guias rebaixadas, prédios públicos ou farmácias. A comercialização poderá ser feita durante um período mínimo de 4 horas e o máximo de 12 horas por dia. O prefeito também ressaltou que o objetivo da administração municipal é a requalificação do espaço público, por isso a necessidade de regulamentar a lei de comida de rua. “Todo o nosso objetivo é que as pessoas ocupem as ruas de maneira a que o espaço público se transforme em uma variável de bem estar, para que

As subprefeituras, ou a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, no caso dos parques, vão emitir as licenças autorizando a comercialização dos alimentos nas ruas. Cada subprefeitura vai publicar, em até 30 dias após a publicação do decreto, um edital com o número de termos de permissão de uso (TPU) e os locais para o comércio disponíveis para sua região. Os interessados terão prazo de 15 dias para apresentar os documentos e informar os alimentos que pretendem vender. Se tiver mais de um interessado para o mesmo ponto de venda, a definição será feita por sorteio. O custo anual da permissão de uso corresponde a 10% do valor venal do metro quadrado na área onde será instalada a barraca, carrinho ou furgão, de acordo com a Planta Genérica de Valores. O valor mínimo será de R$ 192,65. O decreto não estabelece prazo para a renovação da permissão de uso do comerciante, mas esta poderá ser revogada a qualquer tempo pelo poder público. Quem já vende comida na rua, como “dogueiros”, terão prazo de seis meses para se adaptar às novas regras. E aqueles que já vendem comida na rua há mais de dois anos no mesmo ponto, também terão seis meses para a solicitar a permanência na área e se adequar às novas regras. A Covisa (Coordenação de Vigilância em Saúde) e a Suvis (Supervisões de Vigilância em Saúde) fiscalizarão as normas higiênico-sanitárias já previstas em lei.

Fazemos orçamento sem compromisso e facilitamos o pagamento.

98766-4302 Tim / 97247-1228 Claro ramossartore@hotmail.com


Jornal Viva Leste - Edição 49