Issuu on Google+

VIVA LESTE

Jornal Viva Leste, Maio de 2013

Um novo Jornal para uma nova Zona Leste

www.vivaleste.com.br

Segunda Quinzena 01 Maio 2013 - Edição 33

Dir. Responsável Tiago Pierre

A SERVIÇO DO DESENVOLVIMENTO E DA QUALIDADE DE VIDA

Alckmin entrega mais de 60 apartamentos a moradores de cortiços na zona leste Foto: Divulgação

Foto: Jefferson Pancieri Divulgação

Pág. 03 O governador Geraldo Alckmin (PSDB) entregou no último domingo (28),

62 apartamentos na região central da capital paulista para famílias que mora-

vam em cortiços. A entrega aconteceu no próprio Conjunto Residencial Be-

lém, construído pela CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Ur-

bano) avenida Celso Garcia, nº 2.588, esquina com a rua Redenção, no bairro do

Belém. A companhia investiu R$ 4,2 milhões no empreendimento.

Falta sangue na maioria dos hemocentros do país

São Paulo prorroga campanha de vacinação contra a gripe

Brasília – O Ministério da Saúde alertou hoje (24) que os estoques nos hemocentros de todo o país começaram a baixar em razão do período de frio e chuvas e também da aproximação das férias. Dados da pasta indicam que, nessa época, há redução de 20% a 25% no número de doações no Brasil. De acordo com o ministério, no Rio de

Janeiro, em São Paulo e no Rio Grande do Sul, onde a necessidade de sangue é maior, o quadro é ainda mais grave: a queda nas doações chega a 40%. Atualmente, cerca de 300 mil pessoas doam sangue todos os meses, o que representa 1,8% da população.

São Paulo – O estado de São Paulo prorrogou a campanha de vacinação contra a gripe até o próximo sábado (18). Desde o início da campanha, 6,4 milhões pessoas foram vacinadas, 600 mil a menos do que a meta da Secretaria da Saúde.

Pág. 04

Pág. 04

Jornal_Viva_Leste_maio_2013.indd 1

Foto: Divulgação

03/06/2013 20:15:27


Jornal Viva Leste, Maio de 2013

02

www.vivaleste.com.br

Moda

De onde vêm os desfiles de moda? Foto: Divulgação

E

m plena temporada de Fashion Week pelo mundo todo, sempre nos deixa aquela ansiedade de saber a tendência da próxima estação. Como todos sabem, é aquela semana em que os estilistas mostram as suas coleções para os consumidores, ou seja, jornalistas, clientes, fashionistas. Mesmo cada desfile durando uns 15 minutos e desfilando de 25 á 35 looks, é um

trabalho de meses em busca da perfeição, pois é necessário uma equipe especializada e do bom senso do estilista, assim, agradando a todos. Com valores consideravelmente alto que é investido, o marketing que os desfilem proporcionam, além de ter que estar impecável, é também uma forma de fidelização e captação de novos clientes para a marca. Por conta de serem amplamente divul-

gadas pela imprensa, as peças acabam tornando a opção de desejo do consumidor, como diz o tal ditado da moda Must Have (deve ter) de todos. Mas, de onde surgiu a ideia que padronizou os desfiles de moda? Essa ideia revolucionária surgiu em meados do século XIX, onde o inglês Charles Worth, que trabalhava com tecido desde a infância, ficou famoso pelo seu trabalho arte-

Horóscopo

sanal. Com o tempo, seu trabalho era de tamanha perfeição que chamou atenção da imperatriz Eugenia, esposa do Napoleão III, que em instantes virou a sensação da burguesia. E então, vendo que seu trabalho crescia, Charles fez sociedade com um investidor para que seu negócio desse certo. A demanda por seus vestidos era tanta, que ele resolveu fazer um

Mensal Maio- 2013

Áries de 21/03 a 20/04 Júpiter e o sol te agraciam com uma grande paz interior e soberania que também tem efeitos sobre suas ações. Você percebe que tem tempo mais que suficiente para resolver os problemas mais urgentes.

Câncer de 21/06 a 21/07 Graças a uma distintiva tolerância a falhas, você pode ir para o trabalho completamente relaxado. Você não se deixa desanimar pelos reveses, e simplesmente continua a tentar, até que tudo funcione.

Libra de 23/09 a 22/10 A constelação de Júpiter com seu sol não é realmente benéfica e seu cotidiano parece mais desgastante do que o habitual. Pode acontecer de você simplesmente não encontrar uma maneira de se relacionar bem.

Capricórnio de 22/12 a 20/01 Você pode olhar para trás com orgulho das tarefas difíceis que conseguiu cumprir. Isso certamente aumenta a sua autoconfiança. Certifique-se de planejar seus próximos passos com cuidado.

Touro de 21/04 a 20/05 Você está com um humor altamente entusiástico. Portanto, faça um plano sobre onde você quer ir e ponha seu dinheiro onde sua boca está. Você tem chances realistas de conseguir o que vem planejando.

Leão de 22/07 a 22/08 Recomenda-se precaução no que diz respeito à sua constelação de Júpiter com o sol. Você provavelmente experimenta uma verdadeira montanha-russa emocional no trabalho nos próximos dias.

Escorpião de 23/10 a 21/11 Nas próximas semanas, você enxerga a floresta devido às árvores – até aqui tudo bem. O problema é que você poderia sempre se sentir estressado e apressado. Portanto, você deve tentar organizar melhor.

Aquário de 21/01 a 19/02 Você será capaz de alcançar resultados excepcionais – se conseguir se segurar apropriadamente. Pois você está muito impaciente e tende a reagir com afobação excessiva.

calendário de lançamentos, com os tecidos específicos e a cartela de cores para cada estação. Mas o melhor ainda estar por vir, foi o primeiro a apresentar as peças usando as modelos de carne e osso, não pelo manequim como de costume, e assim foi criado o desfile de moda. Depois de algum tempo, seu sócio resolveu desfazer a sociedade e nada o abalou, continuou trabalhando com seus filhos, e num piscar de olhos chegou a empregar 1200 pessoas na sua Maison. Um pioneiro que hoje é conhecido como Pai da Haute Couture (alta-costura) e dos desfiles. Só de pesquisar na internet, já virei fã, e já desejei ser uma princesa para usar esses vestidos.. haha! É impressionante a riqueza dos detalhes, cada estampa, cada modelagem. Concordam que ele fez jus a toda essa consideração? Obviamente que, de

pois da criação sempre tem o aperfeiçoamento, então, na década de 60, o estilista espanhol Paco Rabanne, lançou a trilha sonora no decorrer dos desfiles. E pronto, um desfile completo, com cartela de cores, tecidos específicos para temporada, modelos, música, e peças de qualidade para o conforto do cliente. Acreditando sempre em prospectar, as marcas sempre inovam, com grandes cenários e detalhes nas passarelas. Pois difere de acordo com as inspirações: Como no desfile da Chanel no ultimo ano, que se inspirou no fundo do mar, e também a Louis Vuitton que se teve como objeto de destaque, uma locomotiva de um trem no meio da passarela. Sim, chamou atenção de muitos críticos positivamente falando, pois na moda ganha, quem surpreende mais. Abraços, Lais Ribeiro

Virgem de 23/08 a 22/09 No seu trabalho você consegue de deixar as tarefas chatas e desagradáveis para trás e agora será capaz de se concentrar em tarefas novas e interessantes. Se possível, você deve resolver quaisquer dúvidas.

Expediente JORNAL VIVA LESTE Diretor Resposável - Tiago Pierre - MTB 57177-SP Anúncios - 2772-5582 Tiragem 25 mil exemplares distribuídos gratuitamenteMaio 2013 - 15/05 a 30/05/2013 11 98559-1557 - jornalvivaleste@gmail.com www.vivaleste.com.br

Jornal_Viva_Leste_maio_2013.indd 2

Sagitário de 22/11 a 21/12 Seu trabalho requer sua atenção incondicional e de concentração no momento. Júpiter e o sol não proporcionam harmonia no momento – o seu cotidiano está muito mais cansativo.

Peixes de 20/02 a 20/03 Seus dias estão simplesmente passando, você dá conta do seu trabalho sem qualquer esforço especial. Você tem um relacionamento muito tranquilo com seus colegas e receberá um grande apoio.

ANÚNCIE VIVA LESTE 98559-1557

O

trego go (2 na r pital que ços. no p siden ído nhia Habi aven 2.58 Rede Belé vesti emp Alc que mil expa meio ceria Segu “Mu da n plad sua c A

Receita

BOLO PEGA MARIDO

Ingredientes • 1 lata de leite condensado • A mesma medida da lata de leite integral • 1 vidro pequeno de leite de coco • A mesma medida da lata de farinha de trigo especial (ou comum) • 1/2 medida da lata de açúcar • 3 ovos grandes inteiros • 3 colheres de sopa de margarina • Não vai fermento Modo de Preparo

Gêmeos de 21/05 a 20/06 A constelação favorável de Júpiter com seu Sol cuida para que todas as dificuldades e complicações que estão em seu caminho pareçam ser criadas apenas para que você as supere.

Jorn

1. Bata todos tudo no liquidificador 2. Coloque em uma fôrma untada e enfarinhada 3. Leve ao forno médio (200°C) até dourar, 30 a 60 minutos, depende do forno 4. Faça o teste do palito para retirar do forno 5. O bolo fica com consistência de uma queijada e é muito gostoso Informaçães Adicionais Dica: Para fazer uma cobertura leve ao fogo 1 vidro de leite de coco, 2 colheres de sopa de açúcar e 1 pacote de coco ralado. Deixe ferver e coloque quente sobre o bolo. Obs.: A consistência não é a de um bolo comum. O tempo de forno varia de acordo com o forno, pode ser de 30 a 60 minutos.

03/06/2013 20:15:28

As infan conh é um pans 1970 tórico é ma tatal, de o entre mas que a tas c ment das eram cado to, nã respo dado Em ment Brasi serçã do de -se u de c de lo operá duran seus traba são d a re criaçã crech instit crimi


Jornal Viva Leste, Maio de 2013

www.vivaleste.com.br

Nosso Bairro

03

Alckmin entrega mais de 60 apartamentos a moradores de cortiços na zona leste

O

governador Geraldo Alckmin (PSDB) entregou no último domingo (28), 62 apartamentos na região central da capital paulista para famílias que moravam em cortiços. A entrega aconteceu no próprio Conjunto Residencial Belém, construído pela CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) avenida Celso Garcia, nº 2.588, esquina com a rua Redenção, no bairro do Belém. A companhia investiu R$ 4,2 milhões no empreendimento. Alckmin informou aind que serão edificados 20 mil moradias no centro expandido da capital por meio de uma PPP (Parceria Publico e Privada). Segundo o governador, “Muitas famílias que ainda não foram contempladas terão também a sua casa própria”. A CDHU precisou de-

Foto: Divulgação

ANÚNCIE NO VIVA LESTE

Tel. 2772-5582

preferência

sapropriar imóveis que haviam sido transformados em cortiços para a construção do empreendimento. Os antigos estavam instalados em antigos casarões já degradados, de acordo com informações do governo do Estado. Os moradores estavam expostos a

condições precárias, em cômodos pequenos, que facilitavam o risco de transmissão de doenças. De acordo com informações da CDHU, os apartamentos tem 33,22 m² de área construída e possuem um dormitório, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. As uni-

dades têm azulejos no banheiro e nas paredes hidráulicas da cozinha, piso cerâmico em todos os cômodos e esquadrias de alumínio. Duas unidades foram adaptadas para cadeirantes.

www. contemporaneanet.com.br

Contexto Docente

Haddad prepara lei para diminuir ISS e IPTU em bairros da Zona Leste

Por Elton Fernandes Professor da Rede Municipal/SP Mestre em Políticas Sociais EDUCAÇÃO INFANTIL: um passeio pelas suas origens à garantia Constitucional As escolas de educação infantil, popularmente conhecidas como creche é uma instituição em expansão desde a década de 1970 no Brasil, mas o histórico de sua implantação é marcado por omissão Estatal, filantropia, ausência de orientação pedagógica, entre tantos outros problemas que contribuíram para que as creches fossem vistas como locais de acolhimento, guarda e proteção das crianças, cujas mães eram absorvidas pelo mercado de trabalho e, portanto, não poderiam assumir a responsabilidade pelos cuidados com a criança. Em função do desenvolvimento industrial vivido pelo Brasil e a consequente inserção feminina no mercado de trabalho, configurou-se uma forte necessidade de criação e manutenção de locais onde os filhos de operários, pudessem ficar durante o período em que seus pais se dedicavam ao trabalho. Contudo, a omissão do Estado em assumir a responsabilidade pela criação e manutenção das creches fez com que essas instituições sofressem discriminação e, sobretudo, Jornal_Viva_Leste_maio_2013.indd 3

fez com que a creche ficasse durante anos, envolta de um nebuloso conceito de assistencialismo, o que impossibilitou a construção de uma identidade bem definida e estabelecida, não somente para a instituição mas também para seus funcionários. Com a expressiva demanda de famílias que procuravam locais para deixar seus filhos, proliferam-se inúmeras instituições sem as mínimas condições, mesmo de higiene para atender às crianças. Assim, as creches passam a ser conhecidas apenas por absorver as funções de guarda de crianças e, portanto, não são consideradas dignas de atenção por parte do governo, que se nega a fiscalizar estabelecimentos mantidos pela caridade ou por indivíduos disposto. A creche nem mesmo desfruta de uma função plenamente definida, pois, apesar de ser considerada como um mal necessário, proveniente de um desajustamento social e econômico decorrente da industrialização e da urbanização, é vista ora como substituto da

família, ora como sua auxiliar. Assim, as primeiras unidades não apresentam uma dimensão pedagógica no trabalho que desenvolvem, pois priorizam apenas os cuidados com a primeira infância. Durante o governo de Getúlio Vargas, o Estado assume oficialmente as responsabilidades na esfera do atendimento infantil, sendo criado o Ministério da Educação e Saúde. A rede pública de creches no Estado de São Paulo aparece ligada ao Serviço de Assistência Social, serviço estruturado a partir de 1950 para organizar as doações feitas a indivíduos carentes e a entidades filantrópicas. Em função da necessidade de instituições que atendessem aos filhos dos trabalhadores, cresciam as reivindicações e, por conseguinte, estrutura-se o Movimento de Luta por Creches, criado por parcelas da população que necessitava desse tipo de serviço. Esse movimento vigorou no município de São Paulo de 1978 a 1982 e desempenhou importante papel na reivindicação pela expansão das vagas, apontando

essa instituição como uma necessidade da sociedade e indicando como responsabilidade do Estado sua criação e manutenção. Com o advento da Constituição Federal de 1988, ocorre mudanças significativas em relação à concepção do atendimento educacional oferecido à criança pequena. O texto constitucional estabelece que a criança tenha direito à educação infantil e não deixa dúvidas de que é dever do Estado oferecê-la, embora a matrícula não seja obrigatória. Atualmente, as discussões em torno da temática da educação da primeira infância têm apontado à necessidade de que os profissionais diretamente envolvidos com as atividades de cuidado e educação das crianças de zero a três anos, no contexto da educação infantil recebam uma formação adequada, que lhes permita desenvolver um trabalho que favoreça a aprendizagem. Ao situarmos as discussões em um contexto mais amplo, buscando analisar o processo histó-

rico de criação e consolidação das creches, podemos perceber que antigas práticas e concepções, cujas raízes remontam de um passado não muito distante, ainda se fazem presentes no imaginário da sociedade, um exemplo é a defesa de alguns setores, pela ampliação do funcionamento das unidades de educação infantil, defesa esta muitas das vezes pautada pela lógica da guarda e proteção da criança, com a ausência de um debate centrado nas questões educacionais e do desenvolvimento da criança. Na cidade de São Paulo a demanda por vagas na educação infantil ainda é um dos problemas a ser sanado pelas administrações. No entanto é necessário avanços tanto na oferta de vagas como no estabelecimento e/ ou valorização do conceito da educação infantil, muitas das vezes tão deturpado pela sociedade, legisladores e atores sociais diretamente envolvidos no processo.

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), concedeu entrevista para fazer um balanço dos primeiros 100 dias de governo. Haddad disse que vai enviar ainda em abril um projeto de lei para a Câmara Municipal para garantir a redução do Imposto Sobre Serviços (ISS) e o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para bairros da Zona Leste. O objetivo é ampliar a oferta de emprego na região. O prefeito afirma que espera concluir até 31 de maio a escolha de boa parte dos terrenos aptos a receber investimentos do governo federal para construção de hospitais, escolas, centros de referência e assistência social (Cras) e creches.

03/06/2013 20:15:31


Jornal Viva Leste, Maio de 2013

04

www.vivaleste.com.br

Saúde

São Paulo prorroga campanha Falta sangue na maioria dos hemocentros do país de vacinação contra a gripe

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

B São Paulo – O estado de São Paulo prorrogou a campanha de vacinação contra a gripe até o próximo sábado (18). Desde o início da campanha, 6,4 milhões pessoas foram vacinadas, 600 mil a menos do que a meta da Secretaria da Saúde. A vacina é oferecida gratuitamente a idosos, crianças de 6 meses a 2 anos, gestantes, mães de bebês de até 45 dias, indígenas, profissionais de saúde e doentes crônicos. O grupo gestantes foi o que menos compareceu aos postos de vacinação. As 293,9 mil doses aplicadas atingiu apenas 64%

da meta de imunização. Em relação aos demais grupos alvo da campanha, foram vacinados 3,5 milhões idosos, 662,4 mil crianças a partir dos 6 meses e menores de 2 anos de idade. Foram imunizados também 594,7 mil trabalhadores da saúde, 1,2 milhões de doentes crônicos, 67,7 mil mães de recém-nascidos e 5,3 mil indígenas. Além de imunizar a população contra a gripe A H1N1, a vacina protege a população contra outros dois tipos do vírus influenza, o A H3N2 e o B. Os postos de saúde abrem das 8 h às 17 h, de

segunda a sexta-feira. “Apesar de a campanha ter sido prorrogada, é muito importante que as pessoas não deixem para se vacinar na última hora. Isso porque o poder de imunização da vacina só está completo quinze dias após a vacinação. Vale esclarecer que a vacina não provoca, de maneira nenhuma, gripe em quem tomar a dose, pois é feita de pequenos fragmentos do vírus que são incapazes de causar qualquer infecção”, destacou a diretora de Imunização da Secretaria da Saúde, Helena Sato. Bruno Bocchini

rasília – O Ministério da Saúde alertou hoje (24) que os estoques nos hemocentros de todo o país começaram a baixar em razão do período de frio e chuvas e também da aproximação das férias. Dados da pasta indicam que, nessa época, há redução de 20% a 25% no número de doações no Brasil. De acordo com o ministério, no Rio de Janeiro, em São Paulo e no Rio Grande do Sul, onde a necessidade de sangue é maior, o quadro é ainda mais grave: a queda nas doações chega a 40%. Atualmente, cerca de 300 mil pessoas doam sangue todos os meses, o que representa 1,8% da população. Entretanto, como o material é perecível, a pasta faz um alerta para a necessidade de reposição do estoque.

Qualquer pessoa com peso acima de 50 quilos e idade entre 18 e 67 anos pode doar sangue. Jovens com idade entre 16 e 17 anos também podem ser aceitos como candidatos, desde que haja consentimento formal do responsável legal. No momento da doação, é necessário apresentar documento com foto válido em todo território nacional. Não podem doar sangue pessoas com diagnóstico de hepatite após os 11 anos de idade; mulheres grávidas ou amamentando; pessoas expostas a doenças transmissíveis pelo sangue, como aids, hepatite, sífilis e doença de Chagas; usuários de drogas; e pessoas que tiveram relacionamento sexual com parceiro desconhecido ou eventual, sem uso de preservativos. As orientações do mi-

Fechaduras Frente

Verso

nistério são para que os doadores não estejam em jejum; façam um repouso mínimo de seis horas na noite anterior à doação; não tomem bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores; evitem fumar por, pelo menos, duas horas antes da doação; e evitem alimentos gordurosos nas três horas antecedentes. Pessoas que exercem profissões como piloto de avião ou helicóptero, condutor de ônibus ou caminhão de grande porte e, ainda, trabalhadores que sobem em andaimes devem interromper as atividades por 12 horas após a doação. A mesma recomendação é válida para quem prática de paraquedismo ou mergulho. Paula Laboissière Repórter da Agência Brasil

Cadeados Lixeiras

Cofres

Telefone: 3258-1989 Endereço: Rua Rêgo Freitas, 344 Vila Buarque - São Paulo

www.requintefechaduras.com.br Jornal_Viva_Leste_maio_2013.indd 4

03/06/2013 20:15:32


Jornal Viva Leste ed.33