Issuu on Google+

QUAL É A MOTIVAÇÃO MAIOR DA SUA VIDA? João 4:1-42

Todos nós conhecemos esse episódio do ministério do Senhor Jesus: seu encontro com a mulher samaritana. E mais uma vez, as “casualidades” na vida do Salvador, me chamam a atenção. Era-lhe necessário passar por Samaria e foi perto do meio-dia que ele se sentindo cansado e com fome, enviou os discípulos à cidade próxima para comprarem comida. Curiosamente, foram todos até a cidade. Jesus poderia ter enviado apenas dois ou três, mas foram todos, apesar da hora e do cansaço geral... Ele sabia o que estava para acontecer ali, e prevendo que tanto a quantidade de pessoas quanto o preconceito e barreira entre os dois povos poderia atrapalhar, providenciou para que aquele encontro acontecesse como sempre ocorrem os encontros das pessoas com Deus: frente a frente, com a nítida impressão de que somos apenas nós e Ele! O ápice desse diálogo é a declaração do Mestre no verso 26”Eu sou o Messias! Eu que estou falando com você!” Que experiência maravilhosa e transformadora essa que temos com Jesus quando Ele fala de modo tão pessoal ao nosso coração! O resultado não poderia ser outro que não a conversão de muitos outros habitantes daquele lugar! “Já agora não é pelo que disseste que nós cremos; mas porque nós mesmos temos ouvido e sabemos que este é verdadeiramente o Salvador do mundo!” (v. 42). Quero deixar-lhe duas perguntas: Primeira, como você vê os estranhos com os quais cruza no seu dia-a-dia? Prevalece o pré-conceito, ou vigora o olhar do Mestre? E segunda, qual é a força motriz da sua vida? Sua razão de ser é fazer a vontade daquele que nos enviou e realizar a Sua obra? Assim seja! Oro para que nunca perca de vista a razão maior da sua permanência como embaixador (a) de Jesus neste mundo perdido e perplexo! Do seu Pastor, Pedro.


Editorial Qual é a motivação maior da sua vida