Page 13

expectativas, que até então eram apenas vividas no virtual e somente depois passei a viver no real, onde estou até hoje. P - Sente vergonha ou esconde esse fetiche? Por quê? YF - Não! Sinto é orgulho de poder sair na rua e poder mostrar meus pés, desde um par de havaianas tradicionais a uma elegante sandália! Vergonha jamais, tanto que sempre falo abertamente com qualquer pessoa cara a cara sobre o assunto. Gosto de ver o ponto de vista e reação de um estranho quando falo sobre podolatria. Também não escondo o fetiche de ninguém, apenas mantenho uma certa discrição, me preservando, pois tenho família. P - Você é casada ou comprometida? Como seu parceiro vê esse seu fetiche? Ele compartilha? YF - Sou casada, irá fazer um ano dia 26 de dezembro. Eu não conheci meu marido no meio da podolatria, mas no primeiro dia de conversa fui logo contanto tudo, e não escondendo nada! (risos). Eu sempre procurei alguém que além de me completar, que pudesse dividir esse fetiche comigo. Ele compartilha sim, somos cúmplices nessa relação. É tudo de bom, poder chegar em casa todos os dias com os pés cansados e receber na hora uma massagem deliciosa (risos). P - Qual parte do seu pé você mais gosta, e qual menos gosta? YF - Amo meus dedos longos, o formato das unhas, as solinhas macias e branquinhas. Confesso que tinha um certo incômodo no começo, em ter o segundo dedo maior que o dedão, achava ele “desajeitado”, mas apenas até eu perceber que isso é o fetiche de muitos homens, a maio-

ria gosta disso! Foi aí que eu desencanei e passei a olhar meu segundo dedo com outros olhos, como algo que realmente excita e seduz. P - Que tipo de calçados prefere usar? YF - Sandálias e Tamancos, pois como eu disse amo meus dedos, e adoro mostrá-los. Se são bonitos não há porque esconder né? (risos) Mas também adoro um scarpin, julgo ele uma caixinha de surpresa, pois quem olha fica imaginando o que tem ali dentro, e fantasiando. Assim como botas também. P - Ja recebeu alguma cantada na rua por causa dos seus pés? YF - Sim. Uma vez em uma danceteria, um rapaz visitante do meu site ficou a noite toda tentando ver meus pés para ter a certeza que eu era a mesma pessoa que ele até então tinhas apenas fotos que copiou do meu site. Como lá dentro era muito escuro, ele demorou a perceber que os meus pés eram os mesmos das

13

Revista Péstiche  

A revista que fala com seus pés. Saiba tudo sobre o fetiche da podolatria.

Revista Péstiche  

A revista que fala com seus pés. Saiba tudo sobre o fetiche da podolatria.