Issuu on Google+

BOLE­TIM DOMI­NI­CAL Ano X - Nº 486 08 de Abril de 2012

Palavra Pastoral

Verdades e Mitos sobre a Páscoa Rev. Edinaldo Melo PASTOR Nesta época do ano celebra-se a Páscoa em toda a cristandade, ocasião que só perde em popularidade para o Natal. Apesar disto, há muitas concepções errôneas e equivocadas sobre a data. A Páscoa é uma festa judaica. Seu nome, “páscoa”, vem da palavra hebraica pessach que significa “passar por cima”, uma referência ao episódio da Décima Praga narrado no Antigo Testamento quando o anjo da morte “passou por cima” das casas dos judeus no Egito e não entrou em nenhuma delas para matar os primogênitos. A razão foi que os israelitas haviam sacrificado um cordeiro, por ordem de Moisés, e espargido o sangue dele nos umbrais e soleiras das portas. Ao ver o sangue, o anjo da morte “passou” aquela casa. Naquela mesma noite os judeus saíram livres do Egito, após mais de 400 anos de escravidão. Moisés então instituiu a festa da “páscoa” como memorial do evento. Nesta festa, que tornou-se a mais importante festa anual dos judeus, sacrificava-se um cordeiro que era comido com ervas amargas e pães sem fermento. Jesus Cristo foi traído, preso e morto durante a celebração de uma delas em Jerusalém. Sua ressurreição ocorreu no domingo de manhã cedo, após o sábado pascoal. Como sua morte quase que certamente aconteceu na sexta-feira (há quem defenda a quartafeira), a “sexta da paixão” entrou no calendário litúrgico cristão durante a idade média como dia santo. Na quinta-feira à noite, antes de ser traído, enquanto Jesus, como todos os demais judeus, comia o cordeiro pascoal com seus discípulos em Jerusalém, determinou que os discípulos passassem a comer, não mais a páscoa, mas a comer pão e tomar vinho em memória dele. Estes elementos simbolizavam seu corpo e seu sangue que seriam dados pelos pecados de muitos

– uma referência antecipada à sua morte na cruz. Portanto, cristãos não celebram a páscoa, que é uma festa judaica. Para nós, era simbólica do sacrifício de Jesus, o cordeiro de Deus, cujo sangue impede que o anjo da morte nos destrua eternamente. Os cristãos comem pão e bebem vinho em memória de Cristo, e isto não somente nesta época do ano, mas durante o ano todo. A Páscoa, também, não é dia santo para nós. Para os cristãos há apenas um dia que poderia ser chamado de santo – o domingo, pois foi num domingo que Jesus ressuscitou de entre os mortos. O foco dos eventos acontecidos com Jesus durante a semana da Páscoa em Jerusalém é sua ressurreição no domingo de manhã. Se ele não tivesse ressuscitado sua morte teria sido em vão. Seu resgate de entre os mortos comprova que Ele era o Filho de Deus e que sua morte tem poder para perdoar os pecados dos que nele creem. Por fim, coelhos, ovos e outros apetrechos populares foram acrescentados ao evento da Páscoa pela crendice e superstição populares. Nada têm a ver com o significado da Páscoa judaica e nem da ceia do Senhor celebrada pelos cristãos. Em termos práticos, os cristãos podem tomar as seguintes atitudes para com as celebrações da Páscoa tão populares em nosso país: (1) rejeitálas completamente, por causa dos erros, equívocos, superstições e mercantilismo que contaminaram a ocasião; (2) aceitá-las normalmente como parte da cultura brasileira; (3) usar a ocasião para redimir o verdadeiro sentido da Páscoa. Eu opto por esta última. Rev. Augustus Nicodemus Lopes “Artigo extraído do site da IPB”

Querido(a) amigo(a) visitante, você é sempre bem vindo em nossa Igreja. Que Deus te abençôe sempre!


2 08 de Abril de 2012

Ano X - nº 486

Liturgia

I.P.M.P.S.

AVISOS E RECADOS

Adoração Chamada à Adoração . . . . . . . . . . . Rev. Heliomar Oração . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Rev. Heliomar Hino nº 26 (Ao Deus Grandioso) . . . . Congregação Litania (Salmos 48) . . . . . . . . . . . . . Rev. Heliomar Louvor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Meire Confissão Reflexão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Presb. Luizinho Oração Silenciosa . . . . . . . . . . . . . . . Congregação Oração Audível . . . . . . . . . . . . . . . Presb. Luizinho Edificação Louvor e Adoração . . . . . . . . . . . Grupo de Louvor Oração pelas Crianças . . . . . . . . . . . . . . . Damares Louvor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Rev. Jailson Mensagem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Rev. Jailson Consagração Palavra Especial . . . . . . . . . . . . . . . . Hino nº 297 (A Chamada Final) . . . . . Oração Final . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Bênção Apostólica . . . . . . . . . . . . . . Tríplice Amém . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Rev. Edinaldo Congregação Diác. Pereira Rev. Edinaldo Congregação

Litania - Salmos 48 Dir. Grande é o SENHOR e mui digno de ser louvado, na cidade do nosso Deus. Cong. Seu santo monte, belo e sobranceiro, é a alegria de toda a terra; o monte Sião, para os lados do Norte, a cidade do grande Rei. Dir. Nos palácios dela, Deus se faz conhecer como alto refúgio. Cong. Por isso, eis que os reis se coligaram e juntos sumiram-se; Dir. bastou-lhes vê-lo, e se espantaram, tomaram-se de assombro e fugiram apressados. Cong. O terror ali os venceu, e sentiram dores como de parturiente. Dir. Com vento oriental destruíste as naus de Társis. Cong. Como temos ouvido dizer, assim o vimos na cidade do SENHOR dos Exércitos, na cidade do nosso Deus. Deus a estabelece para sempre. Dir. Pensamos, ó Deus, na tua misericórdia no meio do teu templo. Cong. Como o teu nome, ó Deus, assim o teu louvor se estende até aos confins da terra; a tua destra está cheia de justiça. Dir. Alegre-se o monte Sião, exultem as filhas de Judá, por causa dos teus juízos. Cong. Percorrei a Sião, rodeai-a toda, contailhe as torres; Dir. notai bem os seus baluartes, observai os seus palácios, para narrardes às gerações vindouras Todos: que este é Deus, o nosso Deus para todo o sempre; ele será nosso guia até à morte.

Expediente

Igreja PreSbiteriana Marinas Praia Sul IPMPS

Fundação da Congregação: 08/12/2002 Organizada em Igreja: 04/12/2010 PAS­TO­RES Rev. Edinaldo Gilmar R. Melo (9991-3823) Rev. Raimundo Heliomar Lima Dias (9991-3837) CONSELHO Presb. Bento da Silva (3213-6516); Presb. Jessênio de Carvalho Lima (3207-1673), Presb. José Martins da S. Filho (9991-3726); Presb. Luciano Henrique L. dos Santos (9676-6015), Presb. Luiz(inho) Machado Júnior (9988-9481); Presb. Plácido Antônio de Souza Neto (9911-1931). Junta DIACONAL Diác. Alexandre (8721-3280), Diác. Carlos (88015142), Diác. Ferreirinha (8705-8265), Diác. Gustavo (9985-0230), Diác. Hudson (8898-0116); Diác. Pereira (8818-2146); Diác. Sérgio (36456921) e Diác. Welighton (9624-0099). MinistérioS Comunicação: Thiago Felipe e Fúlvio (8861-1680); Família: Wilton e Adriana (9633-7707); Grupos Familiares: Rev. Edinaldo (9991-3823); Infantil: Ana Tereza, Damares e Lebian (8866-5507); Jovens e Adolescentes: Rev. Heliomar e Hudson (99913837); Louvor: Marlon e Meire (8861-1731); Oração e Intercessão: Adnalva (8869-8959); Ministério Terceira Idade: Messias e Vera (99866160) Santuário: Francisca Silva (3218-6458). Rua Francisco Pignataro, 1979 - Capim Macio Natal/RN - CEP 59082-070 - Tel: 3642-1260

site: www.ipmps.com.br email: secretaria@ipmps.com.br


I.P.M.P.S.

Edificação - Texto:

Ano X - nº 486

08 de Abril de 2012

3

Aniversariantes da Semana 09 a 15 de abril/2012 12 Atanázio Gomes da Silva 3642-1552 / 8839-8017 13 Lucas Paiva Coutinho 3217-4922 14 José Hamilton S. de Oliveira 3224-2955 / 8802-4771 15 Arthur de Melo S. Bezerra 3081-6275 / 9129-8010

PARABÉNS!

Que Deus lhe aben­çoe.


4 08 de Abril de 2012

Ano X - nº 486

I.P.M.P.S.

GRU­POS FAMI­LIA­RES

ADULTOS Betel Irmã Francisca Silva (Nova Parnamirim).....................................Tel. 3218-6458 El Shaday II Diác. Alexandre e Daniela (Conjunto Pirangi - 3ª etapa).....................Tel. 3217-4922 Ebenézer Olázaro e Neyle (Capim Macio).........................Tel. 3608-3656/9112-8997 Emanuel Diác. Carlos e Elitânia (Neópolis, Pirangi, Parnamirim)..................Tel. 2010-2194 Fé e Graça Jaenês (Flamboyants)............................................Tel. 8842-3581 Graça Irmã Luíza (Nova Parnamirim)....................................Tel. 8803-2603 Maravilhosa Graça (Conjunto Pirangi - 1ª etapa)............................................. Pão da Vida Furtado e Marisa (Neópolis)..................................................Tel. 8882-0910 Semear Lourdinha (Capim Macio)...........................................Tel. 8702-2434 JOVENS Amigos de Deus Berg e Damares (Conjunto Pirangi - 1ª etapa).....................Tel. 8885-1545 Conectados Diác. Hudson e Rev. Heliomar (Capim Macio)...........................................Tel. 9928-1688 Garagem 17 Leonardo Felipe (Capim Macio)...........................................Tel. 9991-3837 Geração Eleita Sérgio e Léa (Cidade Satélite)........................................Tel. 8824-5243 Herdeiros do Rei Eurly e Isabel (Ponta Negra).............................................Tel. 8731-5119 Megafone Christopher (Capim Macio)...........................................Tel. 8817-2011 • Escolha um grupo familiar que você mais se identifica e o mais perto de sua casa. Só não deixe de participar da bênção que é estar em comunhão com os irmãos.

Escala Diaconal

Venha par­ti­ci­par! De segun­da a sexta, das 05:30h às 06:30h da manhã.

Tarde da Vitória

Venha você também receber a sua vitória! Todas as segundas, às 15:00h

Culto da Esperança Toda sexta-feira às 19:30 horas

Colabore com a nossa Igreja Banco do Brasil Agência: 3525-4 CC: 32.492-2

Programação Semanal

De domingo a sábado 15 a 21 de abril

Segunda-feira 15:00h - Tarde da Vitória

Quartas e Quintas 19:30h - Conexão Jovem

Ferreirinha, Hudson e Sérgio

Segunda à Sexta 5:30h - Graça Matinal

Sextas 19:30h Culto da Esperança

Escala Santuário

Segunda à Sábado Grupos Familiares

Domingos 09:30h - Escola Bíblica 18:00h - Culto Público

15 de abril - Culto Público

Rosa, Roberto e Nevinha

Terças-fei­ras 15:00h - Visitação com evangelismo

COLU­NA DE ORA­ÇÃO Terreno da nossa Igreja (compra) / SAÚDE - Adélia, Eliana Cristina, Jessênio, Ilítia, Lourdinha Carrilho, Samuel. SALVAÇÃO - José Carlos.


boletim ipmps 08-04