Page 1

PONTAPÉ DE SAÍDA MOVIMENTO DA ESCOLA MODERNA-REGIONAL DE SETÚBAL fevereiro de 2012

Sábado Pedagógico - 25 de fevereiro das 10h às 13h na sede do Núcleo (Praceta Hernani Cidade, Lote 1, Camarinha - Setúbal) PLENÁRIO “As correspondências escolares” Um dos maiores desafios que sempre me lancei, e como tal quis vencer deles, foi ter percebido que vivendo rodeado de professores e de crianças só poderia ter a veleidade de “ensinar” alguma coisa a alguém se aprendesse. Se estudasse, se encalhasse em ideias que me obrigassem a mudar e encontrar novas paisagens mentais. Com a idade, a que delicadamente podemos chamar, tempo de serviço, muita coisa mudou se perdeu, nasceu e transformou, sobretudo eu. Quando fui desafiado a apresentar para um grupo de profissionais da educação, por acaso em Setúbal, onde por acaso (?) nos encontrámos ao longo de muitos anos a partilhar ideias e experiências, umas vezes mais outras vezes menos numerosos, contudo sempre entusiasmados, senti que teria mais um trabalho a fazer, pois não sabia responder ao que me perguntavam, mas vi logo que tinha um desafio. Decidi ir estudar a história das correspondências escolares, e tentar corresponder da melhor maneira para não dar azo ao uso do livro de reclamações. Será pois uma viagem no tempo pedagógico que acompanhou, tantas vezes a léguas uma vida social que sempre quisemos no Movimento trazer para dentro das escolas onde trabalhamos todos os dias, reduzindo a “fantasia” de que estamos na Escola todos os dias para ensinar os meninos, sem quase nunca nos preocuparmos se eles aprendem … é triste (mas é assim). E há escolas no Mundo inteiro, todas iguais para se poderem corresponder em anseios e desilusões, aprendizagens e frustrações. Partilhe-se toda esta Vida, e outro galo cantará e mais meninos se encantarão com as Escolas que lhes damos. Se fui capaz de entender o que fui à procura devolver-vos-ei pois (A contento) o que “entendi” sobre a experiência das correspondências escolares, nos vários níveis de ensino, nos vários tempos que ela atravessou e que nos atravessaram… melhor que esta resposta só a que quem praticou a correspondência escolar pode ter… e com elas conto para “desfazer” as minhas in-certezas sobre este assunto.

Luís Vasco (Regional de Lisboa) Próximos Sábados Pedagógicos

22 de outubro* 19 de novembro* 10 de dezembro* 21 de janeiro * 25 de fevereiro 17 de março 21 de abril 19 de maio

Contactos: Local - Sede do Núcleo Regional do M.E.M. de Setúbal Praceta Hernani Cidade, lote 1 Camarinha Pré-escolar 918639386 (Patrícia Silva ) 937266227 (Cristina Aragão)

1º Ciclo 918179371 (Carmen Assunção) 962612884 (Isa Gomes)

E-mail setúbal.movimentoescolamoderna@gmail.com

Disciplinas 926759490 (Ana Nogueira)


MOVIMENTO DA ESCOLA MODERNA-REGIONAL DE SETÚBAL fevereiro de 2012

RELATO DE PRÁTICAS Pré-escolar “O trabalho em Projetos no Pré-Escolar” “ Há sempre um momento no tempo em que uma porta se abre e deixa entrar o futuro.” Graham Greene (1904-1991). Mais uma vez, é a curiosidade natural das crianças que abre a porta para que sejam realizados diversos trabalhos em projecto na sala do jardim de infância. Nesta comunicação, pretendo partilhar o percurso do trabalho de projecto em torno da questão: “As múmias existem ou não?”, desde o momento em que a dúvida se instalou, na hora do “Quero mostrar, contar ou escrever”, até ao momento da comunicação aos meninos de outra sala. Este projecto, vivido intensamente por um pequeno grupo de crianças, foi um dos primeiros de entre muitos ao longo do presente ano lectivo e que permitiram desenvolver competências e realizar aprendizagens muito importantes e significativas. .

Íris Pinto das Neves (Regional de Lisboa) 1.º Ciclo “A correspondência como instrumento impulsionador de atividades cooperadas” A correspondência é uma componente da nossa prática com os alunos. Desencadeia situações de trabalho que se traduzem em aprendizagens verdadeiramente contextualizadas e, por isso, com sentido. Ao estabelecer-se este circuito de comunicação, os alunos assumem uma maior responsabilização, uma vez que os produtos culturais partilhados irão sair do espaço da sala de aula. Este trabalho foi desenvolvido no ano letivo 2010/11, apoiado pela formação realizada no âmbito do Projeto de Aprofundamento do Movimento da Escola Moderna. Proponho-me apresentar o percurso de trabalho entre duas turmas do 1.º Ciclo, do 1.º ano de escolaridade, de escolas diferentes, com base na correspondência escolar. Começarei por uma breve fundamentação teórica, procurando enquadrar o percurso realizado, farei a contextualização e descrição do percurso e, por fim, apresentarei algumas reflexões sobre o processo vivenciado.

Célia Miranda (Regional de Setúbal) SÁBADO PEDAGÓGICO DE 21 DE JANEIRO À semelhança de anos anteriores, no passado dia 21 de janeiro realizou-se mais um Sábado Pedagógico Inter-regional entre as regionais de Setúbal e Seixal/Almada. Este ano, Setúbal foi anfitriã e a jornada realizou-se na Escola Básica Luísa Todi. Em plenário, Ivone Niza presenteou-nos com uma comunicação inspiradora, provocando-nos a refletir sobre a importância do papel do professor como mediador e dinamizador de estratégias comunicativas orais e escritas na sala de aula. Manuela Fonseca, Carmen Assunção e Joaquim Sarmento foram os dinamizadores dos relatos de práticas do Pré-escolar, 1.º Ciclo e das Disciplinas, respetivaOs Sábados Pedagógicos do MEM são abertos a todos os profissionais de educação (sócios e não sócios). Contamos com a tua presença, participa e divulga!

mem  

fevereiro sabado pedagogico

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you