Issuu on Google+

Síntese Informativo Mensal do Movimento Pólen

“Permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. Permanecei no meu amor!” (Jo 15, 4.9)

Setembro de 2011 / Ano MMXI 1


EDITORIAL Queridos Amigos,

É tempo de comemorar! Faz exatamente 40 anos que surgia uma idéia que iria mudar completamente o rumo da história que conhecemos hoje. Essa idéia surgiu na década de 70, mais precisamente em 1971, quando um grupo de jovens sentiu a necessidade de se realizar um Retiro Espiritual. Naquela época, era uma turma de 4 série ginasial, hoje 9 série do Ensino Fundamental, que fazia esse pedido ao Padre Pedro Adolino Martendal, professor de Ensino Religioso (hoje Diretor Espiritual do Movimento Pólen). Uma pequena turma, uma pequena chama, que foi se espalhando por todo o colégio e que no final acabou virando um incêndio. O retiro, então realizado, contou com a presença de 52 jovens, 4 deles da sala original que havia feito o pedido do retiro. Ninguém, na época, sabia que essa pequena idéia, um dia, se tornaria um Movimento de Espiritualidade Cristã que perduraria até o século 21. Nada disso teria acontecido sem o Amor de Deus e a Força do Espírito Santo. O Santo Papa nos lembrou deste Amor na Jornada Mundial da Juventude desse ano, que ocorreu mês passado e que teve participação do Nosso Movimento. “Não somos fruto do acaso ou da irracionalidade, pois na origem de nossa existência há um projeto de amor de Deus” Papa Bento XVI. “A cruz é um símbolo de perdão e de esperança que alcança até os últimos confins do mundo” Papa Bento XVI. “Só o amor orienta e dá sentido à dor. Sofrer com o outro pelos outros, sofrer por amor é sinal de humanidade” Papa Bento XVI. E ainda em tempo: “Como não falar do seu amor?”

Sem mais para o momento,

Theodor Konrad Wojcikiewicz theodorkw@hotmail.com

2


Palavra de Vida “Permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. Permanecei no meu amor!” (Jo 15, 4.9) Esta Palavra foi acolhida na parábola da videira (Jo 15, 1-17). Ela nos traz duas verdades fundamentais da nossa espiritualidade cristã: 1ª verdade: pelo sacramento do Batismo fomos enxertados na videira da santidade e salvação cujo tronco é Jesus Cristo, Filho de Deus Pai, o nosso Divino Agricultor. O enxerto em Cristo através do Sacramento do Batismo, permanece ao longo da nossa existência terrena por meio da nossa fé “enraizada em Cristo” (Col 2,7) e da nossa vida de fé “edificada sobre Jesus Cristo” (Col 2,7), que é o único fundamento. “De fato, ninguém pode colocar outro alicerce diferente do que já está colocado: Jesus Cristo (1Cor 3,11). “Permanecei em mim...” (Jo 15,14) 2ª verdade: Nossa ligação de fé com Cristo, Filho de Deus, não pode ser apenas racional. Deve ser também uma ligação de amor. “Permanecei no meu amor” (Jo 15,9) Celebrando os 40 anos do Movimento Pólen, precisamos observar se estamos de fato, unidos a Cristo permanentemente e, se de fato o que nos une a Ele é a nossa fé n’Ele e o nosso amor por Ele. “Permanecei em mim! Permanecei no meu amor”. Precisamos saber dar as razões da nossa fé cristã, saber argumentar, falar sem medo e testemunhar sem receios a nossa fidelidade ao Evangelho, à Cristo e à Igreja. Isto exige o estudo da nossa fé, o exercício contínuo de nossa fé, desde a proclamação diária do credo católico e apostólico até o martírio contínuo da fidelidade a Jesus Cristo. A nossa fé tem conseqüências ao longo de toda nossa vida. Conseqüências de santificação e salvação em nós e em muitas pessoas que encontramos pelo caminho. O nosso Papa Bento XVI, em seu ensinamento durante a JMJ alertou sobre a cultura atual que, em geral, não favorece a fé cristã, pelo contrário procura desconhecê-la; questioná-la e julgá-la desnecessária e até prejudicial ao progresso da humanidade. Esta mentalidade anticristã e ateia está penetrando todos os ambientes. Aos jovens, durante a Vigília de 20/08/11, enquanto todos enfrentavam uma tempestade de vento e chuva no Aeródromo de Cuatro Vientos, onde aconteceram grandes celebrações da JMJ, Bento XVI disse: 1 – “Deus nos ama! Esta é a grande verdade da nossa vida e que dá sentido a tudo em nossa existência. Deus é amor”.

3


2 – “Não somos fruto do acaso ou da irracionalidade, pois na origem de nossa existência há um projeto de amor de Deus”. 3 – “A fé não é a simples aceitação de algumas verdades abstratas, mas sim uma relação intima com Cristo”. 4 – “Devemos propor com coragem e humildade o valor universal de Cristo”. 5 – “Não tenhais medo do futuro, nem do mundo, nem da vossa debilidade”. “Não vos deixeis amedrontar por um ambiente onde se pretende excluir Deus”. 6 – “Convido-vos a pedir a Deus que vos ajude a descobrir a vossa vocação na sociedade e na Igreja”. 7 – “Rezo por vós com toda a alma e suplico-vos que rezeis também por mim”. Permaneçamos unidos a Cristo! Correspondamos ao seu amor! Cultivemos muitos gestos palavras e atitudes de gratidão pelos 40 anos e às vésperas do 54º Retiro Básico do Movimento Pólen. Pe. Pedro Adolino Martendal . Diretor Espiritual

4


Pólens na Jornada Mundial da Juventude Durante o mês passado, alguns jovnes do Movimento Pólen, participaram da JMJ em Madri. Nesse meio tempo, eles criaram um blog para retratar um pouco do que se passava por lá no momento. Para quem quiser mais informações: http://polensnajmj.blogspot.com/

Essa é uma das postagens que eles publicaram no site acima:

10 conselhos que Bento XVI transmitiu aos jovens em Madri, durante a JMJ na Espanha:

1. Conversar com Deus; 2. Contar-lhe as penas e alegrias; 3. Não desconfiar de Cristo; 4. Estar alegres: querer ser santos; 5. Deus: tema de conversa com os amigos; 6. No Domingo, ir à Missa; 7. Demonstrar que Deus não é triste; 8. Conhecer a fé; 9. Ajudar: ser útil; 10. Ler a Bíblia:

“O segredo para ter um ‘coração que entenda’ é edificar um coração capaz de escutar. Isto é possível meditando sem cessar a palavra de Deus e permanecendo

5


enraizados nela, mediante o esforço de conhecê-la sempre melhor. Queridos jovens, exorto-vos a adquirir intimidade com a Bíblia, a tê-la à mão, para que seja para vós como uma bússola que indica o caminho a seguir. Lendo-a, aprender eis a conhecer Cristo. São Jerônimo observa a este respeito: ‘O desconhecimento das Escrituras é o desconhecimento de Cristo”. ( Papa Bento XVI )

6


Cantinho dos Escritores: Novamente pedi para nossa escritora nos escrever algo para a síntese mensal, aproveitando que esse é um mês tão especial, em que comemoramos 40 anos de história. É contigo Malu!

Pólen “Me pediram pra escrever um texto sobre o retiro básico, e eu aceitei com maior prazer, mas não tem como falar só do nosso retiro de iniciação sem falar do Movimento em si! Uma vez na escola recebemos a visita de um grupo nos convidando pra ir pro retiro, fiquei curiosa, mas meus amigos mostraram um pouco de falta de vontade e naquela enrolação toda acabei não indo. Uns anos depois, recebi pelo Orkut um convite muito inesperado, de uma pessoa que fazia muito tempo que eu não falava, que é a Larissa! Conversei com meus paise, eles acharam muito interessante, e o convite foi aceito. O dia que o Brunão apareceu lá em casa pra tal "entrevista" eu não sabia o que dizer, e tava morrendo de medo de ser a única desconhecida lá.. fiz INÚÚÚMERAS perguntas sobre isso, se ia ter mais alguém da minha idade, se já tinha bastante gente inscrita, como funcionava e tudo mais.. ele respondeu tudo com calma e depois que já tava tudo certo, não dava mais pra fugir! Tivemos uma reunião com os pais, onde eu encontrei pessoas que eu já conhecia, que facilitou a perda do nervosismo pra ir haha No dia de ir eu quase desisti, mas sabia que ia perder alguma coisa e eu nunca saberia como seria se não tivesse ido. Tivemos que fazer uma apresentação na frente de todo mundo (tinha gente demaaaais!!) Na hora de irmos pros quartos, surpresa, minha colega de quarto foi a única que não foi no retiro! Demos um jeito de colocar um colchão em outro quarto e eu fiquei com mais 2 pares de gêmeas! hahaha Acordamos cedo e vimos palestras e mais palestras.. comemos absurdamente demais e conhecemos novas pessoas. Tirando essa parte de sono, acordar cedo, dormir tarde, prestar atenção em vários detalhes, conhecer mais do que eu já sabia

7


sobre Jesus, descobrir coisas novas e curiosidades também sobre outros assuntos, comer, ver pessoas que já estão nisso há tanto tempo e continuam ali, e todas as outras coisas que podem parecer chatas ou muito legais, não me arrependo nem por um minuto de ter ido! E depois do retiro aprendi a sempre dar mais valor pras pequenas coisas que temos e conseguimos e como costume, rezar todas as noites! É uma experiência muito boa e que todos poderiam ter a oportunidade de conhecer! No pólen formamos amigos que com certeza serão pra sempre. Somos reconhecidos por todos, incluindo o Padre Pedro! Temos sempre festas, comemorações, missas, ajudar na cozinha de outros retiros e sempre tentar servir de apoio pra quem precise. Não existe diferenças lá dentro, nada dependente da cor, nem do dinheiro de ninguém e todos se respeitam e sei que se gostam, e muito! Eu sempre tive um pouco de apreensão por causa de outras religiões, o que se pode fazer, o que não pode, até que um tempo depois do retiro eu vi a Alice numa festa e depois umas fotos da Vivi também numa festa e eu pensei "que boooooom, eles também tem vida social" hahaha, que é um pouco de preconceito da nossa parte, que criamos sobre as pessoas que têm um estilo de vida que tenta seguir a Jesus, mas não deixam de viver uma vida normal. Além disso, nas reuniões sempre discutimos o assunto, lemos a síntese, conversamos sobre o que envolve a Igreja, coisas relacionadas a isso, mas também jogamos, e conversamos sobre milhares de outros assuntos, e não fica uma coisa pesada e maçante sempre no mesmo tópico. O próximo retiro já tá chegando, e eu vou participar da cozinha, porque eu não perco por nada ver outras pessoas com os mesmos medos e curiosidades que eu tinha ha um ano atrás! Espero que os próximos jovens que venham continuem nessa caminhada junto com a gente e tenham sempre coração aberto pra receber mais e mais pessoas que gostaríam de seguir os mesmos caminhos. Sei que poderia estar fazendo outras coisas que não acordando às 9 horas da manhã de um sábado, ou passando o dia fazendo outras coisas mais divertidas do que ir em reuniões, mas é algo que parece que atrai e é sempre bom dedicar um momento a isso e eu acho que achei o meu lugar. Aproveitando a oportunidade, parabééns ao movimento, que completa 40 anos! Quem quiser conhecer mais, visite o site: http://www.movimentopolen.com.br/”

Por: Malu Dias http://minhavidaforadoserio.blogspot.com/

8


AGENDA PÓLEN – 2011 Setembro 03/09/2011 - Missa Mensal 06/09/2011 - Reunião Comunidade Central 07/09/2011 - Tríduo 10/09/2011 - Missa Comemorativa 40 anos 10/09/2011 - Aniversário Movimento Pólen 16/09/2011 - LIV Retiro Básico 24/09/2011 - Festa Temática 29/09/2011 - Adoração ao Santíssimo

Outubro

01/10/2011 - Missa Mensal 04/10/2011 - Reunião da Comunidade Central 15/10/2011 - Missa Jovem 29/10/2011 - Missa Jovem 30/10/2011 - Gincana Pólen

Novembro

01/11/2011 - Reunião da Comunidade Central 05/11/2011 - Missa Mensal 19/11/2011 - Missa Jovem 25/11/2011 - Retiro de Adictos

9


Sintese Setembro 2011