Page 1

REFLEXÃO Cleber Sanches Pagina 7

Pagina 12

Pagina 6

ORGÃO DE DIVULGAÇÃO DO BAIRRO JARDIM DAS TULIPAS E REGIÃO

Glauco Camargo & Tanil Marques

Jundiaí, para onde ainda se pode ir? Pagina 10

Pagina 9

Pagina 8


2

OPINIÃO

JORNAL DAS TULIPAS

EDITORIAL

Caros Leitores, o mês de Maio é muito especial, primeiro por causa das comemorações do dia do trabalho, uma data onde são lembradas todas as conquistas que os trabalhadores do mundo todo conseguiram ao longo dos anos, a data foi marcada por reivindicações em todo o mundo, para melhorar ainda mais as condições de trabalho. Deixamos aqui nosso abraço a todos os trabalhadores do Jardim Tulipas e desejamos que suas conquistas sejam festejadas todos os dias. A segunda comemoração, não menos importante é o dia das mães que é cheio de simbolismo e de alegria, não só por causa dos presentes e do almoço em família, mas também pelo reconhecimento do esforço e do carinho que toda mãe dá ao seu filho todos os dias. E filhos lembrem-se: Dia das mães é todos os dias. Nosso abraço carinhoso a todas as mamães e futuras mamães do Jardim Tulipas.Gostaríamos de aproveitar a oportunidade para informar a todos os leitores que a Associação de Moradores do Jardim Tulipas esta trabalhando para representar os moradores do bairro; inclusive estamos negociando a vinda do Prefeito e seu Secretariado ao bairro para discutirmos as necessidades do Jardim Tulipas, assim que tivermos a data e o local informaremos a todos. Fazemos isso de forma imparcial e fazemos através de nossa diretoria. Esta nota se faz necessária porque chegou ao nosso conhecimento que pessoas que não fazem parte da diretoria da Associação, têm feito denuncias junto à prefeitura utilizando o nome da Associação. Querido morador, você pode e deve utilizar o 156 como veiculo de denuncia ou mesmo de reivindicação, porém se identifique e não use o nome da Associação porque fazemos tais reivindicações por escrito e apuramos os fatos antes de fazermos a denuncia. O caso que chegou ao nosso conhecimento, mesmo não sendo feita a Associação foi apurado e se mostrou infundado.Aproveitamos a oportunidade também para solicitar a todos os usuários do postinho que compareçam as consultas marcadas, que quando não for possível o comparecimento ligue e desmarque a consulta com pelo menos 24 horas de antecedência para que outra pessoa possa ser atendida em seu lugar. Um Ótimo mês a todos

JORNAL DAS TULIPAS EXPEDIENTE JORNALISTA RESPONSÁVEL

Glauco Lourenço Camargo MTB No. 006964-6/SP contatojornaldatulipas@hotmail.com

PROJETO GRÁFICO E DIAGRAMAÇÃO Tanil Marques MTB No. 007085-3/SP

TIRAGEM:

GRUPO TvMais Brasil

5.000 exemplares

ANUNCIE

(11) 9 8129-7572 / 9 7453-5352 www.tvmaisbrasil.com www.facebook.com/jt.tulipas Av. Adelino Martins,1811 Jardim das Tulipas CEP 13.212-600 Jundiai - SP

CIRCULAÇÃO

O Jornal das Tulipas é mensal e sua base territorial ( Vetor Oeste ): Jardim das Tulipas, Jardim Adélia, Engordadouro, Distrito Industrial, Novo Horizonte, Almerinda Chaves e Fazenda Grande.

Maio de 2014


Maio de 2014

JORNAL DAS TULIPAS

ESPECIAL

3

DIA DAS MÃES N

o segundo domingo de maio comemora-se o dia das mães. A data surgiu em virtude do sofrimento de uma americana que, após perder a mãe, passou por um processo depressivo. As amigas mais próximas de Anna M. Jarvis, para livrá-la de tal sofrimento, fizeram uma homenagem para sua mãe, que havia trabalhado na guerra civil do país. A festa fez tanto sucesso que em 1914, o presidente Thomas Woodrow Wilson oficializou a data, e a comemoração se difundiu pelo mundo afora. As mães são homenageadas desde os tempos mais antigos. Os povos gregos faziam uma comemoração à mãe dos deuses, Reia. Na Idade Média os trabalhadores que moravam longe de suas famílias ganhavam um dia para visitar suas mães, que os ingleses chamavam de “mothering day”. Mãe é a mulher que gera e

dá à luz um filho, mas também pode ser aquela que cria um ente querido como se fosse sua geradora, dando-lhe carinho e proteção.

do, pois os filhos sempre compram presentes para agradá-las e para agradecer toda forma de carinho e dedicação que recebem

domingo de maio; no México é uma data fixa, dia 10 de maio. Na Tailândia, no dia 12 de agosto, em comemoração ao aniver-

data foi instituída pela associação cristã de moços, em maio de 1918, sendo oficializada pelo presidente Getúlio Vargas, no ano de 1932. Por Jussara de Barros Graduada em Pedagogia

PARA SEMPRE Por que Deus permite que as mães vão-se embora? Mãe não tem limite, é tempo sem hora, luz que não apaga quando sopra o vento e chuva desaba, veludo escondido na pele enrugada, água pura, ar puro, puro pensamento.

As mães merecem respeito e muito amor de seus filhos, pois fazem tudo para agradá-los, sofrem com seus sofrimentos e querem que estes estejam sempre bem. Com o passar dos anos, o dia das mães aqueceu o comércio de todo o mun-

ao longo da vida. Nas diferentes localidades do mundo, a comemoração é feita em dias diferentes. Na Noruega é comemorada no segundo domingo de fevereiro; na África do Sul e Portugal, no primeiro domingo de maio; na Suécia, no quarto

sário da rainha Mom Rajawongse Sirikit. Em Israel não existe um dia próprio para as mães, mas sim um dia para a família. No Brasil, assim como nos Estados Unidos, Japão, Turquia e Itália, a data é comemorada no segundo domingo de maio. Aqui, a

Morrer acontece com o que é breve e passa sem deixar vestígio. Mãe, na sua graça, é eternidade. Por que Deus se lembra - mistério profundo de tirá-la um dia? Fosse eu Rei do Mundo, baixava uma lei: Mãe não morre nunca, mãe ficará sempre junto de seu filho e ele, velho embora, será pequenino feito grão de milho. Carlos Drummond de Andrade


4

EMPREENDEDORISMO

JORNAL DAS TULIPAS

Maio de 2014

MAÇÃ DO AMOR FESTAS Presente nos melhores momentos da sua vida!

M

açã do amor festas surgiu

quando olhamos e vimos que nossas meninas ficaram moçi-

cível. Trabalhamos com deco-

• Decoração infantil clean pro-

ração infantil clean provençal.

vençal

casamentos,15

anos,bodas,

buffet a domicilio , maquina de algodão doce e arvore de maça do amor. A nossa missão

• Buffet a domicilio • Árvore de maça do amor • Máquina de algodão doce

é oferecer a nossos clientes, atendimento de qualidade com produtos inovadores. com quem tem experiência e com quem entende: Maçãdo Amor Festas.

SERVIÇO:

nhas e sentimos saudades das

Serviço completo, incluindo:

RUA VEREADOR ANTONIO SACRAMONI,

festas de crianças, então eu e

convite, decoração, lanchinhos,

meu marido Marcos decidimos

salgados, doces, bolo, refrige-

31 Jd DAS TULIPAS JUNDIAI - SP

trabalhar com festas.

rantes,

A nossa alegria é cuidar com carinho dos menores detalhes de sua festa. Fazendo da sua festa um momento inesque-

cozinheira,

supervisora de festa, monitores,

recepcionista,

materiais

descartáveis. COMODIDADE: Atendimento domiciliar. Para sua maior comodidade, nós iremos até você. ATENÇÃO: "Não alugamos somente a mesa de decoração." Montamos a sua festa: no salão de festa do condomínio, clube de campo, chácara, etc.

Porque toda empresa precisa investir em publicidade?

Como o objetivo de toda empresa é vender seus produtos e serviços, quanto mais conhecida, melhor. E dificilmente se alcança este objetivo sem o uso de algum tipo de divulgação. Sem divulgação, a empresa simplesmente não aparece no mercado. E os consumidores em potencial apenas se transformarão em clientes depois de conhecerem o que a empresa tem efetivamente a oferecer. Um bom trabalho de divulgação é estar na mente dos consumidores quando precisarem de um determinado produto ou serviço. Empresas que não investem em publicidade podem cair no esquecimento ou até mesmo gastar fortunas em tentativas e erros.

Faça a sua festa em domicilio

copeiras,

INVISTA EM SUA EMPRESA

TELEFONE- (11)

4492-1845

(11) 9 9901-0634

Email:

macadoamorfestasjundiai@gmail.com

O auxílio de um profissional da área é essencial neste processo, pois uma divulgação eficiente requer conhecimentos específicos sobre o cliente, a escolha certa das mídias e a busca pela melhor relação custo x benefício, visando atingir o público-alvo desejado com a maior precisão possível. Investir em publicidade e em marketing é mais do que obrigatório para a saúde de toda e qualquer empresa, e através de tais investimentos espera-se um retorno igual ou maior do que se foi investido. Em suma, este é um trabalho que serve para auxiliar as empresas a se posicionarem corretamente no mercado, conquistarem novos clientes, e estarem atentas ao mercado, concorrência e mídia.

ANUNCIE NO JT

E REALIZE BONS NEGÓCIOS Ligue: (11) 9 8129-7572 (11) 9 7453-5352


Maio de 2014

JORNAL DAS TULIPAS

DIREITO

5


6

PONTO DE VISTA

REFLEXÃO CLEBER SANCHES

UM ANO QUE PROMETE

Este mês gostaria de tocar em alguns assuntos que vão influenciar a vida de todos nós brasileiros. Assuntos que todos nós conhecemos, mas muitas vezes não estamos atentos às conseqüências que afetam diretamente nossas vidas, nossos empregos, nossa economia, nosso dia a dia. Todos sabemos que no ano de 2014 temos dois eventos marcantes em nosso país, seguidos um do outro que são: Copa do Mundo e Eleições. Ambos de grande impacto social e econômico para nós brasileiros. O primeiro, como todos nós sabemos, gerou muitos empregos na área de construção civil, estará gerando muitos empregos no ramo de hotelaria, turismo e afins. Está e

JORNAL DAS TULIPAS

ainda irá demandar muitos investimentos por parte do Governo Federal para a construção dos estádios e obras de melhoria de infra estrutura tais como aeroportos, dos Governos Estaduais, na área de infra estrutura no entorno dos estádios com vias de acesso, segurança pública e transporte público de melhor qualidade, da Iniciativa Privada com a ampliação de vagas em hotéis, investimento e treinamento de funcionários com línguas estrangeiras e etc. Estas são coisas boas que vão ficar nas cidades sedes da copa, em nossa região, por exemplo, teremos algumas seleções hospedadas e isso gera renda extra e acaba beneficiando, de alguma forma, a população destas cidades. Mas devemos nos preocupar e ficarmos de olho, para que estas obras não beneficiem a população só no período da Copa, devemos cobrar os governantes no sentido de investimentos constantes e não somente no período de grandes eventos. Não sou contra a Copa do Mundo ser realizada em nosso país, muito pelo contrário, acho que deve ser motivo de orgulho para nós brasileiros que mostramos ao mundo todo que somos capazes de grandes feitos e não ficamos atrás de nenhum outro país, mas sou a favor da idéia de que se houve

dinheiro suficiente para este evento, há dinheiro suficiente para investir em saúde, educação, transporte público, segurança pública e moradia e estes investimentos são constantes e necessários para todos os brasileiros. O segundo ponto, as Eleições para: presidente, governadores, deputados e senadores gera uma preocupação ainda maior, não por causa de investimentos, pois esse evento em si só, não onera nossos impostos, mas sim na falta de consciência da população, de forma geral, na hora de votar, gerada pela euforia do evento anterior.

Se ele for eleito o que vai mudar na minha cidade, bairro, emprego, na minha vida? A grande maioria de nós brasileiros, perdemos a confiança, e porque não, dizer a esperança, nos políticos e na política de forma geral. Isso porque eles nos dão a certeza que não governam para o povo como deveria ser, porque não são representantes do povo e sim de seus partidos políticos e de seus interesses pessoais. Porque em

Maio de 2014 vez de ocuparem as manchetes dos jornais com noticias que exaltam as melhorias e as qualidades deste país tão rico, ocupam as manchetes dos jornais com corrupção e índices de desenvolvimento cada vez piores. Esquecem que a força de uma nação é medida pela importância que ela dá ao seu próprio povo e não por disputas pessoais de poder para uma minoria. Quando pessoas são valorizadas com saúde, educação e moradia digna, passam a honrar seu país acima de qualquer outra nação. Então meu amigo, vibre com a Copa do Mundo, cobre os mesmos investimentos em educação e saúde. Vote com consciência e responsabilidade. Se o que temos hoje não está bom ou não satisfaz as expectativas, mude, você tem o poder de fazer isso. Antes de votar veja quais são as propostas, veja se seus candidatos tem uma vida moral digna de sua confiança, veja se ele conhece as necessidades de sua comunidade. Pergunte a si mesmo: “Se ele for eleito o que vai mudar na minha cidade, no meu bairro, no meu emprego, na minha vida?”. Cobre seus candidatos das promessas que fez a você, é um direito seu. Pense nisso e até a próxima.


Maio de 2014 mais expostos ao contato com grande mudança climática. Essa enfermidade precisa ter uma atenção especial, já que a mesma pode evoluir para um quadro de pneumonia.

Saiba tudo sobre gripe em cães.

C

om a chegada do inverno e climas mais frios e úmidos, ao contrário do que muitos pensam, os cães, assim como os seres humanos, podem contrair gripe. Essa virose, que pode ser conhecida por traqueobronquite infecciosa canina (o qual é conhecido como H3N8 – transmitida pelo ar ) ou simplesmente gripe canina, é uma patologia encontrada principalmente em cães que vivem ao relento. Essa enfermidade ocorre devido a três agentes, sendo dois vírus extremamente contagiosos que se chamam Parainfluienza e Adenovirus e uma bactéria de nome Bordetella que é classificada como uma zoonose (doença transmitida do animal para o ser humano). Essa doença ocorre principalmente quando há uma queda brusca na temperatura do meio onde o cão vive. A gripe canina acomete animais de diferentes raças e idades. A alimentação e o manejo do animal irão colaborar muito para que o animal tenha um bom sistema imunológico, acarretando uma barreira contra a entrada do vírus da gripe. Os animais que mais são encontrados com a virose são os cães de rua, que ficam

Sintomas Os sintomas da gripe canina se assemelham muito aos dos seres humanos. O vírus se mantém incubado de 2 a 5 dias no organismo do animal, vindo a ser sintomática no sexto dia após a exposição. Os principais sintomas da doença são: Corrimento nasal intenso; desidratação; olhos lacrimejando intermitentemente; pode apresentar ou não vermelhidão nos olhos; espirros; tosse seca; anorexia (perda do apetite); febre; fraqueza; depressão; respiração rápida e superficial. Como dito anteriormente, os animais que estão com deficiência no seu sistema imune são os mais susceptíveis para contrair a gripe canina. Nos cães idosos e nos cães filhotes tem que haver um manejo correto para prevenir a virose.

Tratamento

O tratamento da Tosse dos Canis será indicado de acordo com os sintomas, o agente

Jamais medique ou tome qualquer atitude sem a consulta de um veterinário causador e o nível de desenvolvimento da doença no animal. Portanto, ao notar qualquer sinal que possa indicar a presença do problema em seu pet, é fundamental que uma consulta a um médico veterinário seja marcada – garantindo que ele seja diagnosticado e tratado o mais rápido possível

CANTINHO PET

JORNAL DAS TULIPAS e, ainda, impedindo que ele transmita a complicação para outros animais. Na grande maioria das vezes, um profissional consegue definir o diagnóstico da doença somente com o exame clínico,

to, deve ficar por, pelo menos, sete dias em repouso; evitando atividades muito agitadas e qualquer tipo de exercício. O ambiente em que o animal vive também deve ser livre de fatores que possam potencializar

já podendo indicar o tratamento mais correto. No entanto, casos mais graves da Tosse dos Canis podem se apresentar de maneira bastante similar com os sintomas do início da Cinomose e, nestas situações, exames laboratoriais podem ser requisitados para que seja possível a diferenciação do quadro com clareza. Antibióticos, anti-inflamatórios e anti-tussígenos são alguns dos medicamentos mais recomendados para a cura da doença, e xaropes também podem ser indicados para diminuir os sintomas dos cães, aliviando a tosse seca e constante que é típica do problema. A reposição de fluidos e inalações também podem ser recomendadas nos casos em que o animal fica desidratado em função da doença, e uma série de cuidados especiais também são necessários para garantir que a complicação não se espalhe ainda mais e o seu pet se recupere de maneira adequada. O cachorro acometido pela Traqueobronquite Infecciosa Canina, quando em tratamen-

os sintomas da doença, como poeira, fumaça, umidade e frio – sendo recomendado que o pet conte com uma casinha própria, para que possa relaxar durante esse período de recuperação. O consumo de líquidos deve ser bem observado, e os ca-

chorros em tratamento devem ser bastante hidratados, consumindo água por muitas vezes ao dia. Evitar o estresse no ambiente de vida do cão também é importante, e os donos do pet acometido pela Tosse dos Canis devem dar preferência às coleiras peitorais – evitando as mais tradicionais (que são presas ao pescoço do animal) para não causar mais desconforto. Boa parte dos animais contaminados com a Tosse dos Canis não desenvolvem sintomas muito graves e, nestes casos, nenhum tratamento específico é recomendado; já que, na maioria das vezes, os poucos e leves sintomas do problema deixam de se manifestar no cão após cerca de 15 dias.

Prevenção

A prevenção dessa doença é basicamente praticar o manejo correto dos animais. Evitar ao máximo que o cão fique na chuva sem nenhum abrigo, expor o animal a ventos fortes,

7

como também, a local com a temperatura bem baixa, ex: ar condicionado. Um animal que apresenta qualquer tipo de conduta anormal deve ser separado dos demais animais, evitando assim, uma disseminação da doença. Jamais medique ou tome qualquer atitude sem a consulta de um médico veterinário. Como qualquer doença, quanto mais rápido for diagnosticado, mais chance o animal tem de ter um prognóstico bom, consequentemente uma melhora do quadro. “Matéria extraída d revista eletrônica portaldodog.com.br) “ George Augusto von Schmalz Portella de Macedo (Acadêmico de Medicina Veterinária)


8

SAÚDE&VOCÊ

JORNAL DAS TULIPAS

Maio de 2014


Maio de 2014

ESPORTES

JORNAL DAS TULIPAS

9

Victor, do Atlético-MG, abre escola para formação de Nelson Meloni, de Jundiaí, é o goleiros em Jundiaí novo comandante da Seleção

O goleiro Victor, do Atlético-MG,

esteve na última sexta-feira em Jundiaí, para a inauguração da primeira unidade da sua escola para formação de goleiros. O arqueiro fez questão de viajar de Belo Horizonte até Jundiaí um dia após a desclassificação de seu time na Copa Libertadores da América para estar presente à inauguração. Revelado pelo Paulista de Jundiaí e com passagem marcante pelo Grêmio de Porto Alegre e seleção brasileira, Victor admite que sua origem no Galo de Jundiaí foi decisiva para a escolha da cidade que abrigará a primeira unidade de sua escola. Segundo o goleiro do Galo mineiro, a ideia surgiu de

uma necessidadeque vários garotos sentem no início de carreira: um treinamento mais específico para a posição. – Quando eu era mais jovem, senti muita falta de treino espe-

“vários garotos sentem falta de um treino específico na posição”

cífico. Cheguei ao Paulista sem muita prática em treinamentos na posição. E foi daí que senti essa carência – declarou o goleiro, campeão da Libertadores de 2013 pelo Atlético-MG. O projeto atenderá candidatos a

goleiros de todas as idades e terá como coordenador geral Erasmo Tarallo, que nos tempos de faculdade estudou com o Victor, quando ele ainda atuava pelo Paulista. – Já estávamos pensando em concretizar esse projeto há uns dois anos. Só tenho a agradecer ao Victor pela confiança e pela escolha de Jundiaí para receber a primeira unidade – disse Tarallo. A expectativa é que o projeto se amplie com outras franquias em todo o Brasil após a inauguração da unidade Jundiaí. – Claro que queremos expandir o projeto para outras cidades. A posição de goleiro está valorizada cada dia mais e temos a honra de contar com o Victor como grande colaborador. Esperamos ter outras unidades e poder desempenhar um trabalho específico para todos aqueles que buscam brilhar como atletas profissionais ou grande cidadãos – enfatizou Tarallo. A Prefeitura de Jundiaí será parceria na área social do projeto de Victor, com atendimento a crianças carentes. Mais Informações: www.muralhagoleiros.com.br

Brasileira de Futebol de Salão

A diretoria da Confederação Brasileira

de Futebol de Salão (CFSB) anunciou o nome de Nelson Meloni Jr como o novo comandante da Seleção Brasileira de Futebol de Salão (regras AMF) das categorias juvenil e adulto. Natural de Jundiaí, Nelsinho como é popularmente conhecido, é treinador do Colorado FS, uma das principais forças do salonismo clássico do Estado de São Paulo, além da experiência internacional que possui tendo disputado alguns torneios na América do Sul com o selecionado brasileiro. Nos próximos dias a entidade anunciará uma coletiva de imprensa para apresentação do projeto de resgate do futebol de salão original e seus clássicos, com a participação do treinador. “A CFSB não é afiliada à AMF e à CSFS, mas está em busca deste reconhecimento e enquanto isso fará normalmente suas atividades nacionais e internacionais com o propósito de divulgar a modalidade”, garantiu um dos diretores da Confederação Brasileira de Futebol de Salão. Salas ganha etapa de abertura do Top Kart Brasil

G

uilherme Salas venceu a primeira etapa do Top Kart Brasil, que ocorreu de quinta (1) até sábado (3), em Itu. E ele superou um piloto muito experiente: Rubinho Barrichello, vice-campeão da Fórmula 1 por duas vezes – 2002 e 2004.


10

CIDADE

JORNAL DAS TULIPAS

Maio de 2014

O desafio de manter a qualidade de vida

Após anos de vasto crescimento, problemas urbanos inerentes à expansão fazem a cidade pensar: para onde ainda se pode ir?

Bons índices econômicos, me-

lhor status entre as cidades do Brasil, qualidade nas condições de vida, oferta de emprego e infraestrutura em quase todo o seu território. O perfil pujante de Jundiaí, localizada entre São Paulo e Campinas, cortada pelas principais rodovias do País e próxima de pontos logísticos como o porto de Santos, é reconhecido, mas começa a ser questionado. Após anos de vasto crescimento, problemas urbanos inerentes à expansão fazem a cidade pensar: para onde ainda se pode ir? Como continuar a crescer e manter o cenário otimista de desenvolvimento? As respostas não são imediatas, mas são pensadas por quem movimenta e faz a cidade. Em contrapartida aos elogios que ganha, Jundiaí vive um momento de reflexão para arquitetos, urbanistas, governo, empresários, moradores. As condições favoráveis esbarram em dificuldades que o Brasil emergente enfrenta como falta de alternativas ao abastecimento de água; às ruas carregadas de veículos e pessoas; às filas para atendimentos públicos em saúde e educação. A cidade sobe com novos edifícios, valores altos de imóveis, mas tem diferentes perfis de moradores que exigem diferentes soluções. Há quem queira menos trânsito, mais cultura, opções de lazer ou uma creche em seu bairro. Essas vozes são resultado de forte migração populacional dos últimos anos que oferece a Jundiaí, hoje, o desafio de suprir a 393 mil habitantes (dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística 2013) - e não só aos mesmos jundiaienses - ao me-

nos um pouco do que cada um considera necessidade. É preciso conviver O desafio vivido por Jundiaí não é exclusivo. É típico de cidades em expansão que seguiram lógicas norte-americanas de ´boom imobiliário´: cresceram em condomínios horizontais, dizem especialistas. "Os condomínios pareciam bons, mas são o contrário. As pessoas vão para dentro dele e não conhecem o outro, não convivem", avalia o arquiteto e urbanista jundiaiense, Araken Martinho.

Como continuar a crescer e manter o cenário otimista de desenvolvimento? Araken acompanhou transformações de uma cidade fabril que hospedava operários de Vigorelli e Vulcabrás para um polo diversificado que passou a receber famílias de outras cidades que trouxeram seus carros para circular nas ruas. Para ele, a verticalização é uma alternativa, se acompanhada de equipamentos públicos e espaços de interação. "Não é preciso parar de construir ou crescer, mas verticalizar em áreas que já permitam convivência." A região do Escadão e do Parque Guapeva, no Centro de Jundiaí, são exemplos citados por ele. "Sempre foram lugares excepcionais, mas mal resolvidos. Ali, temos ruas importantes como a José do Patrocínio. O entorno desses locais poderia ser verticalizado", frisa. Assim como pensam arquitetos de outros países, a tendência da verticalização, para Araken, é vista como a oportunidade para se criar ope-

rações urbanas na cidade. "É preciso projetar um lugar com comércio, praças, escolas. O vetor Oeste cresceu, mas não se teve o cuidado de pensar a criação de marginais. Hoje, o morador de lá ainda depende do Centro para muitas coisas e se desloca pela pista. O que precisamos, agora, é recuperar e não perder tempo." Diante deste cenário, a Prefeitura de Jundiaí vem adotando postura rígida em relação a novos empreendimentos ou já liberados que não apresentam contrapartidas ao município. Araken vê a ação como positiva, mas alerta. "A prefeitura precisa estudar os pontos em que a verticalização pode acontecer. Aos empreendedores, parece que estão criando dificuldades. Mas o conceito não é esse. É pensar um conjunto de prédios onde já se têm serviços públicos. A prefeitura está disposta." Engenheiro e prefeito de Jundiaí, Pedro Bigardi (PCdoB), não acredita que a exigência de contrapartidas seja um impacto negativo para o crescimento da cidade. Segundo ele, o grande desafio de seu governo é fazer com que a cidade não perca as relações entre as pessoas. "Me preocupo em não perder a personalidade da convivência do interior. Precisamos resgatar o espírito de vizinhança e investir em sistema viário, água, esgoto, drenagem. A cidade aguentou bem e ainda tem

qualidade de vida, mas precisamos investir e manter." Bigardi acompanhou, como funcionário da prefeitura, revisão e elaborações de alguns planos diretores. Hoje, à frente da cidade, revê o projeto de lei atual para diretrizes urbanas na cidade. "Acho que nos últimos anos, as revisões foram contaminadas pelo interesse imobiliário. Em 1969 e em 1981, tivemos bons

planos que abriram avenidas para a verticalização. A cidade mudou muito neste tempo, cresceu em serviços e não só na indústria", considera. Para o prefeito, estabelecer o diálogo com empresas locais e pensadores do assunto pode ser uma alternativa que resulte em um crescimento mais planejado. Raquel Loboda Biondi, do JJ Regional


Maio Maiode de2014 2014

JORNAL DAS TULIPAS

SOCIAL

11 11


12

SAÚDE

JORNAL DAS TULIPAS

Maio de 2014

Dr. Fernando Lopes ODONTOLOGIA

PORQUE FAZER UM TRATAMENTO ORTODÔNTICO?

CINCO RAZÕES PARA COLOCAR IMPLANTES!

01- Para obter uma melhora na função,saúde e aparência.

01 - Os implantes dentários foram desenvolvidos para oferecer uma boa estabilidade,visando uma solução restauradora com aparência natural. 02 - Os implantes transmitem força de mastigação dos ossos da mandíbula,o que pode ajudar a preservar o osso. 03 - As próteses dentárias em dentadura convencionais não são necessárias .Os pacientes podem se sentir mais confortáveis ao falar,sorrir e comer. 04 - Se houver a substituição de um dente faltante por uma ponte,os dentes vizinhos precisam ser desgastados para receber a ponte . Com um implante dental não há necessidade disso.Assim podem contribuir para a preservação dos dentes vizinhos. 05 - Qualidade é provada pelo dentistas e pacientes

02 - Função: O correto alinhamento dentário contribui para uma melhor mastigação, considerando o contato adequado entre os dentes superiores e inferiores. 03 - Saúde: Quando os dentes encontram se apinhados ou sobrepostos e higiene oral inadequada provoca o aparecimento de cáries e doença gengival. Portanto, estando os dentes bem alinhados torna se muito mais fácil o seu cuidado. 04 - Aparência : As pessoas sabem que um sorriso atrativo apresenta um papel importante para acentuar a auto confiança e auxiliar na sua seleção dentro no meio social.

Jornal da Tulipas  

Orgão de divulgação do Bairro Jardim Tulipas e Região - Jundiai - SP