Page 1

DOSSIÊ ESTILO DOS ANOS 90

“VOCÊ PRECISA ME AMAR”


OS PROGRAMAS QUE DEIXARAM SAUDADE

AS CRIANÇAS DOS ANOS 90 OS BRINQUEDOS “TECH”QUE MARCARAM ÉPOCA

E AS GÊMEAS OLSEN?

O QUE OS PEQUENOS USAVAM?

SPICE GIRLS


DESIGN Tomás Arthuzzi EDIÇÃO Iago Fundaro CONTEÚDO Beatriz Liraço

Porto Alegre (RS)

“DO WHAT YOU LOVE, LOVE WHAT YOU DO”

Estudante de design gráfico na universidade

Uniritter,

traba-

lhou recentemente no colégio Farroupilha e agora faz parte de nossa equipe.

Os anos 90 foram realmente

muito

especiais. edição

Nesta escolhe-

mos falarmos especificamente sobre como era a infância nesta década. Tudo que os pequenos gostavam de assistir,

Crisciumal e Porto Alegre (RS)

de vestir, as brincadeiras, os programas de tv, como era o

Estudante de design na Unirit-

comportamento infantil neste

ter, estagiou na agencia Oito,

período e apoveitamos tam-

e atualmente é editor da nossa

bém para relembrar as tan-

revista.

tas referências maravilhosas que marcaram a época tanto no cinema quanto no mundo da música. Fizemos tudo com muito amor e carinho e a intenção é que ao ler todo o

conteúdo,

vocês

fiquem

com aquele sentimento bom de nostalgia e saudade de um

Porto Alegre e Cachoeirinha (RS)

tempo que foi tão bom. Grande beijo e aproveitem esta edi-

Estudante de design na Unirit-

ção que está linda.

ter, skatista nas horas vagas, é conhecido por seu trabalho autoral com manipulação de ima-

Thais Àvila - Editora-chefe thaisavilap@me.com

gem.


Edição 314 Setembro de 2017

POR NA THAN FERNANDES

Professora: Renata Rizzo Diagramação: Thais Ávila Prates ESTE TRABALHO É DE USO E XCLUSIVAMENTE Conteúdos extraídos diretamente dos links: http ://editorialivre.c om.b r/a-infancia-dos -anos- 90/ http ://www.techtudo. com.br /listas/ noti cia/2015/ 03/geracao -90-relembre -tecnologias-que-marcaram-epo ca-e-deixaram-saudade.html http ://www.ehow .com.b r/moda-infantil-anos- 90-in fo_18673 7/ http s://claudia.abril. com.br /sua -vida/p rogramas-infantis-que-marcaram-epoca/ http ://www.vix. com/pt/bbr /20 74/7-ato res-mirins-dos-anos- 1990 -que -voce-nao-lembrava

E-mail da redação: galileu@edglobo.com.br ESTRATÉGIA DIGITAL COORDENADOR: Santiago Sivieiro DESENVOLVEDORES: A lexandre Mario, F abio Marcelo, Fernanda R atzo, Fredy Hills, Leandro Love, Mardeni Paze, Muri Amendoas, Tiago Viero e Wulliam Antonio Nunes. ESTRATÉGIA DE CONTEÚDO DIGITAL GERENTE: Silvio Bah tche Copyright: 2016 - Editora Uniritter Alunos. - Ter mos legais. Proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Editora Uniritter Alunos.


EDIÇÃO

ILUSTRADORES CONVIDADOS

THAIS AVILA PRATES

1 THAIS AVILA PRATES

DESIGN

THAIS AVILA PRATES


A S CRIANÇAS DOS ANOS 90 Esconde-esconde,amarelinha,pega-pega, bolinha de gude, cantigas de roda, passa anel, roda pião, empinar pipa. Estas são alguma das brincadeiras que faziam parte do universo infantil antes da tecnologia reinar no mundo contemporâneo.

POR LEILA

SARMENTO

Os anos 90 foi uma época em que a tecnologia ainda estava se dissipando. Isso proporcionou aos jovens e crianças a oportunidade de desfrutarem mais das brincadeiras na rua, de comer alimentos da moda, de assistir aos inúmeros programas e desenhos animados que passavam na TV aberta, já que o canal fechado era privilégio dos mais bem afortunados. Acredito que naquela época as crianças podiam viver a infância intensamente e dar valor às pequenas coisas da vida. Sem os famosos brinquedos e jogos tecnológicos, as crianças tinham que utilizar a imaginação para se divertir. Isso era muito bom. Acordar cedo e correr para o sofá da sala era minha rotina. Minha e de todos os meus coleguinhas da escola. Não perdíamos um único episódio da Família Dinossauro, TV Colosso, Teletubbies, Doug (torcia para ele se declarar para a Patti Maionese), não posso me esquecer de mencionar a novela Chiquititas, o Castelo- Rá -Tim-Bum, entre outros que marcaram a infância de muita gente. Ter uma sandália Melissa era o desejo de quase todas as meninas – eu tinha uma – ia pra escola todos os dias de Melissa no pé e os famosos tererês no cabelo. Mas meu desejo de Natal era ter um tênis de luzinhas piscantes, nunca ganhei, mais também nunca esqueci.


Não era difícil ver as crianças to-

Pessoas tambén andavam livres

mando conta do seu bichinho vir-

nas carrocerias dos carros e mui-

tual, ou melhor, “tamagotchis”, ao

tas outras coisas assim.

Uma época maravilhosa na vida da maioria das pessoas, cheias de

invés dos celulares que vemos hoje em dia. Tinha um famoso salgadi-

AH, A INFÂNCIA

lembranças legais, castigos da ma-

nho que vinha com partes do cor-

OS MELHORES DOCES

po de borracha, era uma sensa-

A década de 90 foi cheia de do-

ca marcada também por produtos,

ção. Passava horas brincando com

ces inesquecíveis. Quem aí não

comidas e músicas que estavam

minhas molas coloridas de borra-

esperava um belo Kinder Ovo dos

tão presentes no cotidiano que en-

cha ou o vai – vem e pega-vareta.

pais antes do almoço? E quem não

traram para a história.

Não existia redes sociais, nosso

sente saudades do chocolate Sur-

Nessa época todos gostavam de

círculo de amizade era no quintal

presa da Turma da Mônica?

assistir: Caverna do Dragão, na esperança de que um dia mostras-

ou na frente de casa. Maquiagem era coisa de gente grande. Quando

mãe e tretas escolares. E uma épo-

estávamos apaixonados, escreví-

VOCÊ SE LEMBRA?

amos cartinhas escondidas aos

O tamagotchi foi lançado em 1996

invés de mandarmos mensagem

e fez um sucesso estrondoso no

pelo Facebook. Todo mundo ti-

mundo inteiro. Ele incentivava a

nha medo de Merthiolate porque

criança a cuidar de um animal-

ardia. Comprávamos vários biscoi-

zinho virtual como se fosse real,

tos da Elma Chips apenas para pe-

dando carinho, comida, banho,

gar os Tazos. E não havia maldade

tudo na hora certa. Era o delírio

em descer na boquinha da garrafa,

daqueles que sonhavam em ter um

botar a mão no joelho e dar uma

bichinho de estimação mas a mãe

abaixadinha, botar a tcheca pra

não deixava.

se o último episodio, Cavaleiros do Zodíaco, Tartarugas Ninjas, Power Rangers e Dragon Ball para aprender “golpes” e logo depois sair na rua para contar aos amigos o que tinha acabado de ver e em seguida sair no meio da rua imitando seus personagens favoritos. As crianças viviam praticamente todo o tempo livre brincando na rua das mais variadas brincadeira como: Pique-Esconde, Policia e

sambar e ralar até o chão com o

ladrão, Amarelinha, Futebol (com

grupo “É o Tchan”. E nossa maior

traves feitas de sandália, ou pe-

expectativa era achar a figurinha

dras!),Pular corda, Estatua, Morto

que faltava para o nosso álbum.

ou vivo e muitas outras.

Essa época não volta mais, mais

Gostavam de brinquedos simples

relembrar sempre é bom. A infân-

e que rendiam muitas horas/dias

cia e a juventude passam rápido.

de diversão como os Tamagotchi

Cabe aos pais desligar a TV, des-

que sempre morriam de maneiras

ligar o celular e os aparelhos tec-

estranhas.

nológicos de vez em quando para tentar proporcionar aos filhos um pouco do que vivemos. Devemos deixar que brinquem, que se sujem, que corram, que caiam e corram riscos. Devemos brincar e mostrar

OS GELOUCOS

a eles como aproveitar a verdadeira

Os geloucos foram lançados em

infância e não viver apenas sob o

1997 e para conseguir um você

domínio da sociedade capitalista

tinha que juntar 10 tampinhas de

e vulgarizada que estamos viven-

Coca-Cola. Essa foi uma das pro-

ciando.

moções de maior sucesso feita pela

Quem cresceu nos anos 90 sabe

marca, que inclusive retornou por

como a vida era realmente louca.

um curto período nos anos 1998 e

Nessa época, várias coisas eram

2000. Para quem não se lembra

permitidas, como por exemplo,

(difícil esquecer), já se vão 14 anos

criança andar no banco da frente,

do lançamento dos geloucos. Aposto

ou no banco de trás sem cadeira.

que você aí também colecionava!


techtudo TECNOLOGIA DESCOMPLICADA

Os brinquedos “tech” que marcaram época RELEMBRE TECNOLOGIAS QUE MARCARAM ÉPOCA E DEIXARAM SAUDADE POR JULIANA PIXININE Com as tecnologias cada vez mais avançadas, muitas vezes não conseguimos imaginar nossa vida sem as tantas facilidades que elas nos proporcionam. Porém, todo mundo se lembra de diversas tecnologias que fizeram sucesso na década de 1990, algumas impensáveis nos dias de hoje. Foi nesse clima de nostalgia que criamos uma lista com 10 tecnologias que marcaram a geração 90, desde assoprar o cartucho do jogo até ficar impressionado com um telefone que identifica chamadas. Vamos voltar no tempo?

MEGA DRIVE

SUPER NINTENDO

ótimos jogos, não demorou para o

O Mega Drive, conhecido também

Até o final da década de 1980, a

e se tornar o 16 bit mais vendido.

como Sega Genesis, é um console

Nintendo ainda estava com seu

Dentre os jogos, vários se torna-

de videogame de 16 bits, da Sega,

videogame de 8 bit, que ficou

ram clássicos, como o Super Ma-

que depois passou a concorrer

conhecido como “Nintendinho”.

rio World, Mario Kart e Donkey

com o Super Nintendo. O dispo-

Para não ficar atrás da SEGA, que

Kong.

sitivo foi lançado no Brasil no ano

tinha lançado o Mega Drive, de 16

de 1990 e se tornou um grande

bit, a Nintendo também lançou

sucesso, perdendo espaço após o

seu console de 16 bit, em 1990,

surgimento e popularização dos

no Japão. Chegando ao Brasil em

Quem leu os itens anteriores, cer-

videogames de 32 bits, anos de-

1993, o Super Nintendo Entertain-

tamente lembrou deste em segui-

pois, como os modelos de Plays-

ment System (SNES), que ficou

da. Afinal, de que adiantava ter o

tations, da Sony.

mais conhecido apenas como Su-

Super Nintendo sem os jogos de

Diversos jogos para a plataforma

per Nintendo, é motivo de nostal-

cartucho? Quem entrou no mundo

fizeram sucesso e se tornaram

gia para muitas pessoas.

dos jogos eletrônicos depois, nun-

clássicos, como, por exemplo, a

O formato básico contava com

ca vai entender o feito para iniciar

série Sonic the Hedgehog, sobre

oito botões, sendo quatro em cruz,

uma partida desses jogos nos vi-

as aventuras de Sonic para salvas

dois na parte superior e dois na

deo games como Super Nintendo

animais do seu planeta. Diversas

parte inferior. Ele foi o primeiro

e Mega Drive. Era um verdadeiro

versões do Mega Drive surgiram

console a trazer botões nas bor-

ritual, que envolvia passos de ex-

depois, mas ele nunca reconquis-

das (L e R), copiados por todos

trema importância, como assoprar

tou a popularidade dos anos 1990.

os modelos seguintes. Além disso,

o chip e torcer para que o console

A velocidade do jogo tinha por ob-

as capacidades gráfica e sonora

reconhecesse o jogo da forma cor-

jetivo mostrar a superioridade do

superiores davam maior jogabi-

reta. Os cartuchos eram atraentes

processador do Mega Drive.

lidade ao console. Com diversos

para a distribuição de jogos.

Super Nintendo virar um sucesso

JOGOS DE CARTUCHO


VOCÊ SABIA QUE O QUERIDINHO SUPER NINTENDO VAI VOLTAR? Com previsão de chegar ao mercado em setembro, o Super NES Classic Edition virá com dois controles e 21 jogos na memória – incluindo clássicos como Donkey Kong Country, Final Fantasy III, F-ZERO , Mega Man X e Star Fox – e custará US$ 80. inda não há informações sobre quanto custará no Brasil.

DISCMAN

GAME BOY

TAMAGOTCHI

Muito antes dos celulares se tor-

Game Boy foi um console portátil

Se você não era adulto o suficiente

narem plataformas para ouvir mú-

desenvolvido pela Nintendo e lan-

para usar um Palmtop, certamente

sica ou do surgimentos dos iPods,

çado no Japão em 1989, chegando

se lembra muito bem do Tamago-

a forma de escutar suas músicas

ao Brasil no início da década de

tchi. Lançado em 1996 pela Ban-

favoritas nada tinha a ver com um

1990, e fez muito sucesso. A pri-

dai, no Japão, o “bichinho eletrô-

reprodutor digital. Com o surgi-

meira versão do dispositivo tinha

nico” virou febre entre as crianças

mento dos CDs, o Walkman foi

tela de cristal líquido em fundo

brasileiras no final da década de

substituído pelo Discman. Existiam

verde e jogos em preto e branco,

1990. O brinquedo consistia em

diversas marcas, modelos, formas,

como o Tetris. Depois, vieram di-

criar e cuidar de um bichinho de es-

cores e, naturalmente, diversos pre-

versas versões.

timação virtual. As tarefas eram as

ços. Alguns eram bem caros para a

O Game Boy teve evoluções como

mesmas de quem cuida de um ani-

época e, se fosse nos dias de hoje,

display

chamado

mal de estimação de verdade: dar

a aquisição poderia ser considerada

Game Boy Color, tamanho menor

carinho, alimentar, dar banho. A se-

ostentação. Apesar de bastante útil

e duração maior da bateria. Exis-

gunda geração do brinquedo vinha

e prático para a época, o Discman

tiam diversas cores, até mesmo o

com um sensor infravermelho, per-

muitas vezes trazia uma certa dor

modelo com o corpo transparente,

mitindo que os Tamagotchis se co-

de cabeça para os usuários, espe-

que chamava a atenção. No total,

municassem e até tivessem filhos.

cialmente durante viagens de carro.

foram criadas seis diferentes ver-

Na época, muitos pais falavam que

Alguém lembra de quando o CD fi-

sões do console portátil. O game

era bom para as crianças adquiri-

cava pulando? E a gente torcendo

boy pocket Lançado em 1996,

rem senso de responsabilidade. Até

para o carro não passar por quebra-

o modelo era menor, mais leve e

porque, caso não cuidassem do seu

-molas ou qualquer outro “obstácu-

usava apenas duas pilhas AAA que

bichinho da forma correta, ele mor-

lo”, para diminuir o risco de o CD

duravam até 10 horas de jogatina.

ria, e não como em um jogo que é

falhar. Atualmente perdeu muito

A tela era maior com 2,56 polega-

só reiniciar, no caso do Tamagot-

de seu espaço para os aparelhos de

das, também passou a apresentar

chi, para de funcionar de uma vez

MP3 (aparelhos portáteis bem me-

um padrão verdadeiramente “pre-

por todas, como se o animal tivesse

nores que armazenam músicas em

to e branco”, ao contrário do mo-

realmente morrido.

chips ou na própria memória), ten-

delo original que tinha uma tela

Hoje em dia já existem versões

do sido tecnologicamente superado

esverdeada. Já o game boy light

virtuais onde podemos ter pratica-

por estes. Apesar de não estar mais

foi lançado em 14 de abril de 1998

mente a mesma experiên-

a venda nas lojas, o aparelho ainda

o modelo continha luz de fundo

cia de cuidar de um

pode ser encontrado nos sites de

na tela, a duração de jogatina tam-

“pet”, como fazia-

Mercado Livre e OLX.

bém estendida para 20 horas.

se antigamente.

colorido,

no


O QUE OS PEQUENOS USAVAM? O GRUNGE

suas próprias peças. Frequente-

temente influenciadas por pro-

Enquanto a cena rock grunge

res muito fortes como vermelho,

gramas de televisão, a indústria

emergia no início dos anos 1990,

anil ou verde. Macacões grandes

da música e Hollywood. Do grun-

também aparecia a moda grunge.

demais também eram extrema-

ge ao gótico, os anos 90 tinham

O visual grunge ostentava muita

mente populares e eram vesti-

uma grande variedade de estilos

camisas de flanela xadrez, calças

dos com as alças presas, uma

populares, e os infantis não eram

jeans rasgadas e tênis de cano

solta em um ombro ou as duas

exceção. Para muitas crianças,

alto. Líderes de bandas como Ed-

soltas com um cinto para segu-

roupas folhadas, o visual grunge,

die Vedder do Pearl Jam e Kurt

rar bem. Hoje podemos encon-

cores brilhantes, sapatos atraen-

Cobain do Nirvana populariza-

trar essas peças com facilidade

tes e inventivos estilos de cabelo

ram o estilo relaxado, levemente

em brechós, já que a moda dos

eram a regra.

e

anos 90 voltou com tudo.

As tendências de moda para crianças nos anos 1990 eram for-

propositalmente

mente, as calças vinham em co-

bagunçado.

Jovens fãs de música que gostavam de imitar astros do rock adotariam esse visual e às vezes (quase sempre) se apropriavam dele com remendos e camisetas de bandas.

FOLGADO E BRILHANTE Calças jeans bem folgadas e cores super brilhantes eram uma parte muito importante do roupeiro de muitas (lê-se quase todas) crianças nos anos 1990. Estrelas do hip-hop popularizaram a moda do jeans folgado e muitas crianças procuravam as calças mais folgadas e coloridas que podiam encontrar. Muitas vezes acabavam customizando


ESTILO 90’S CALÇADOS

Grandes sapatos eram o último grito nos anos 1990. Doc Martens, Mary Janes, tênis plataforma e de cano alto eram usados por crianças que queriam parecer mais altas e mais legais. Tênis com calcanhar que acendia ao caminhar também eram populares. Alguns sapatos tinham até línguas com almofadas que ajudavam a bombear ar para as solas e eram frequentemente vistos em quadras de basquete por todo o país. Grandes sapatos eram o último grito nos anos 1990. Doc Martens, Mary Janes, tênis plataforma e de cano alto eram usados por crianças que queriam parecer mais altas e mais legais. Tênis com calcanhar que acendia ao caminhar também eram populares. Alguns sapatos tinham até línguas com almofadas que ajudavam a bombear ar para as solas e eram frequentemente vistos em quadras de basquete por todo o país.

CABELOS Penteados

para

crianças

nos

anos de 1990 eram imitações criativas de estilos adultos populares. Para os meninos, a cabeça raspada com logotipos de marcas eram frequentemente requisitados, assim como o corte César. Mullets e rabos de cavalo também eram comuns entre jovens garotos. Para as meninas, acessórios de cabelo estavam grande procura e incluíam elásticos e presilhas de borboleta.


P.16


“VOCÊ PRECISA

ME AMAR”

DESIGN THAIS AVILA REPORTAGEM ALINE GOMIERO


OS PROGRAMAS QUE DEIXARAM SAUDADE VAMOS RELEMBRAR ALGUNS DOS PROGRAMAS, SÉRIES, DESENHOS E NOVELINHAS QUE FIZERAM A CABEÇA DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES DE DIFERENTES GERAÇÕES E QUE SE TORNANDO CLÁSSICOS INESQUECÍVEIS . TV COLOSSO TV Colosso marcou a vida de várias crianças que nasceram nos anos 90. O programa simulava todas as instâncias de uma emissora de TV; do presidente ao office-boy. Os personagens principais eram caracterizados por cãezinhos. Os favoritos das crianças eram: a protagonista Sheep Dog, Priscilla; e o operador, Borges, um bulldog que era o diretor de imagem e ficava na cabine de controle da programação chamando os desenhos animados que complementavam a programação.

CAÇA TALENTOS Protagonizada pela atriz e apresentadora Angélica, Caça Talentos foi uma série exibida após o programa Angel Mix, também apresentado por ela. A novelinha contava a história de Bela, uma menina que sofreu um acidente de carro ainda bebê, no qual seus pais morreram. Ela foi achada por duas fadas atrapalhadas: Margarida e Violeta, que a levaram para o Mundo Mágico e a criara-a como uma fada, dando poderes mágicos a ela. Quando Bela completa 18 anos, descobre que nasceu no mundo real e precisa escolher se deseja ser uma fada ou uma humana.


FAMÍLIA DINOSSAURO Família dinossauro é uma série de televisão americana. Apesar de ser concebida como um programa infantil, faz uma crítica bem humorada ao chamado “american way of life” e uma sátira da sociedade e dos costumes da classe médiadesse país. Produzida pela Disney em parceria com a Jim Henson Productions - a qual concebeu os bonecos que representam os personagens - e a Michael Jacobs Productions, entre os anos de 1991 e 1994, a série trata das aventuras de uma família de dinossauros, a Família Silva Sauro (Sinclair, em inglês), que vive em uma sociedade dominada pelos grandes répteis, onde os humanos são animais selvagens. No Brasil, a série teve a sua primeira exibição pela Rede Globo em 1992, em seguida pelo SBT, e anos mais tarde foi exibido pela Rede Bandeirantes.

RÁ-TIM-BUM Com uma fórmula arrojada e com quadros livres, Rá-Tim-Bum inovou a programação infantil da televisão Brasileira. As crianças adoravam. O programa fez tanto sucesso, que ganhou vários prêmios, entre os quais a Medalha de Ouro no Festival de Nova York. No total, foram 192 episódios diferentes ao ar.


TELETUBBIES

BANANAS DE PIJAMAS

A série foca-se em quatro seres estranhos,que são

Foi uma série de televisão infantil produzida na

alienigenas, bebês multi-coloridas de espécies mi-

Austrália pela ABC lançada em 20 de Julho de 1992,

tológicas conhecidas como os “Teletubbies”, no-

criada por John Lasseter. Fez um grande sucesso

meado para as telas de televisão implantados nas

no Brasil quando foi exibida na Nickelodeon e SBT

barrigas dos personagens. Reconhecido em toda a

entre 1997 e 2000. Os protagonistas são duas ba-

cultura popular para a antena exclusivamente em

nanas antropomórficas chamadas de B1 e B2 (Vinil

forma saindo da cabeça de cada ser, em seus no-

e Kasynk na versão portuguesa). Os outros perso-

mes e cores de assinatura, os quatro Teletubbies in-

nagens são Três Ursos (Amy, Lulu e Morgan), o

cluem Tinky Winky, Dipsy, Laa-Laa e Po. O abrigo

Rato de Boné (Rat-in-a-Hat, na versão original)e

principal dos quatro é uma cúpula gramada (conhe-

um passarinho preto e mudo chamado Maggie (só

cido como o “Tubbytronic Superdome”, apesar de

apareceu em 3 episódios). As bananas, os ursos, o

o nome da residência não é mencionado em toda

Rato de Boné e Maggie vivem na mesma vizinhança

durante todo o curso da série).

na Avenida dos Agrados.

CARROSSEL

XUXA PARK

Exibido pela primeira vez no Brasil entre maio de

Xuxa Park foi um programa infantil apresentado

1991 e abril de 1992, a novelinha mexicana acom-

por Xuxa Meneghel, dirigido por Marlene Mattos

panhava o dia a dia dos estudantes da escolinha da

e exibido pela Rede Globo entre 04 de junho de

professora Helena. Entre personagens como Cirilo

1994 e 11 de janeiro de 2001. O programa marcava

e Maria Joaquina, o seriado debatia dramas do coti-

a volta da apresentadora ao público infantil, pois

diano de forma sempre bem humorada. O SBT pre-

sua atração anterior, a homônima Xuxa (1993), era

para para maio de 2012 o lançamento de uma nova

dedicada a toda a família. Ocupando as manhas de

versão de Carrossel, com a apresentadora infantil

sábado, o programa reunia brincadeiras, números

Maísa no papel de uma das estudantes. O programa

musicais e desenhos animados. O último programa

foi sucesso durante toda a sua exibição.

foi exibido em 6 de janeiro de 2001.


UM MALUCO NO PEDAÇO

OS ANJINHOS

The Fresh Prince of Bel-air (no Brasil, Um Maluco

Rugrats (Rugrats: Os Anjinhos no Brasil e Rugrats:

no Pedaço: O Príncipe de Bel-Air) é uma série de

Os Meninos do Coro em Portugal) é uma série de

televisão do gênero comédia produzida pela rede

desenho animado norte-americana produzida pela

NBC e exibida de 1990 até 1996. A série fez mui-

Nickelodeon Animation Studios e Klasky Csupo. É

to sucesso e foi responsável por revelar o ator Will

um dos grandes clássicos da Nickelodeon. A série

Smith. No Brasil, a série estreou no SBT no dia 19

durou de 1991 a 1994, tendo retornado em 1998 e

de março de 2000. Através de situações engraça-

indo até 2005. No Brasil, foi exibida de 1996 a 2005

das, a série mostra os conflitos de valores de uma

pela Nickelodeon Brasil. A série na sua época de

sociedade marcada por problemas raciais, como a

transmissão foi um grande sucesso da Nickelodeon,

norte-americana, onde o humor impagável de Will

além de ter uma estrela na Calçada da Fama.

leva todos os seus parentes ao limiar da loucura.

Os bebês da série, Tommy Pickles, Chuckie Finster

Após uma briga com valentões drogados na cidade

e os gêmeos Phil e Lil DeVille são capazes de se co-

de Filadélfia, a mãe de Will, temendo que o futuro

municar entre si em uma linguagem que os adultos

do filho passasse pelo mundo do crime, resolve en-

não compreendem. Eles ocasionalmente falam com

viá-lo para a mansão de sua irmã Vivian, uma pro-

erros de pronúncia ou confundem as palavras.

fessora, e de seu cunhado Phillip Banks(marido de Vivian), um advogado(que depois se tornou juiz), muito bem estabelecido, que mora no elegante e luxuoso bairro de Bel-Air em Los Angeles, para que o filho possa ter uma educação de alto nível. No início, Will não se dá muito bem, pois sendo um garoto humilde, vindo de um bairro pobre, comporta-se de maneira inadequada, além de se mostrar desinteressado pelos estudos e ainda provocar várias trapalhadas aos tios e primos na sofisticada casa, em Bel-Air, mas com o tempo, percebe que precisa se adaptar aos bons costumes da família, o que lhe gera algumas dificuldades, mas faz com que ele e seus parentes se entendam apesar das diferenças.


POWER RANGERS Power Rangers é uma franquia da empresa Saban Entertainment, inspirada na série japonesa Super Sentai. Composta de séries de televisão infanto-juvenis, filmes, histórias em quadrinhos e brinquedos. Teve início em 1993 pela Saban Entertainment nos Estados Unidos. Em 2001 todos os direitos foram vendidos por 5 bilhões de dólares para BVS Entertainment em parceria com a Walt Disney Company. A Saban recuperou os direitos da franquia em 2010, e as séries são produzidas pela Saban Brands, LCC

TRÊS É DEMAIS

e pela SCG Power Rangers, LLC. A franquia está no

Full House (Três é Demais (título no Brasil) ou

ar até hoje adaptando as séries Super Sentai para

Casa Cheia! (título em Portugal)) é uma série de te-

o mercado norte-americano. No Brasil, as séries

levisão do gênero comédia criado por Jeff Franklin,

de televisão Power Rangers já foram exibidas va-

que foi ao ar pela emissora ABC em 22 de setem-

rias vezes nos canais Fox Kids, Rede Globo, Jetix,

bro de 1987 até 23 de maio de 1995. Num total de

Disney XD e na Nickelodeon. Hoje, a franquia está

192 episódios distribuídos em 8 temporadas, a série

sob os direitos da Rede Bandeirantes e do Cartoon

mostra Danny Tanner que, depois da morte de sua

Network. Todas as séries estão disponíveis nos ser-

esposa, convoca seu melhor amigo e seu cunhado

viços de streaming Claro Video e Netflix. É tradição

para ajudá-lo a cuidar de suas três filhas. No Brasil,

dos estúdios nos Estados Unidos refilmar ou edi-

já foi exibida na televisão aberta pela Rede Globo

tar uma produção estrangeira. Na primeira catego-

através do programa TV Colosso nos anos 90 (1ª e

ria estão filmes como Três Solteirões e um Bebê

2ª temporadas), e pelo SBT de 2001 até 2006 (da

(do original francês Três Homens e um Bebê).

3ª até a 6ª temporada).


OUTRO SUCESSO QUE MARCOU ÉPOCA

TARTARUGAS NINJAS As

Tartarugas

Turtles

no

Ninjas

original,

(Teenage

Mutant

frequentemente

Ninja

abreviado

como TMNT), é um grupo de quatro tartarugas antropomórficas, a quem lhes foi dado o nome de quatro artistas italianos do Renascimento, e treinadas na arte do ninjutsu por um rato sensei antropomórfico com o nome Splinter. A partir da sua casa, os esgotos de Nova Iorque, batalham contra criminosos, senhores demoníacos, criaturas mutantes e alienígenas invasores, enquanto que ao mesmo tempo tentam permanecer escondidos da sociedade. Num ou noutro ponto e em quase todas as histórias TMNT, o Shredder, líder da secção de

ALF

Nova Iorque do grupo criminoso Foot Clan, é o arqui-inimigo de Splinter e das Tartarugas. Criadas por Kevin Eastman e Peter Laird, a sua primeira

O Et teimoso é da década de 80, mas aqui no Bra-

aparição foi em 1984 na revista de banda desenha-

sil o seriado ficou famoso na década de 90. Alf era

da Teenage Mutant Ninja Turtles #1 publicada pela

um extraterrestre que cai por acaso na garagem de

Mirage Comics, acabando mais tarde por expandir

uma família e se torna com o passar do tempo um

para séries animadas de televisão, filmes, videojo-

membro deles. ALF, acrônimo da expressão inglesa

gos, brinquedos, e muitos outros produtos. Durante

Alien Life Form (“forma de vida alienígena”), foi

o pico da popularidade da franquia, entre o final da

uma popular série de televisão norte-americana. Foi

década de 1980 e inicio de 1990, ganharam fama e

inspirada e parodiava o filme E.T. the Extra-Terres-

sucesso a nível mundial. O primeiro desenho das

trial, de Steven Spielberg (1982). ALF, cujo nome

tartarugas foi ao ar em 1987, e ficou no ar durante 9

real é Gordon Shumway, do planeta Melmac (Paul

anos, até 1996 (foi o desenho de maior duração até

Fusco), segue um sinal de rádio amador para a Ter-

ser superado por Os Simpsons, e mais recentemen-

ra e acaba caindo na garagem da casa da família

te por Scooby Doo).

Tanner.


IMPOSSIVEL ESQUECER DAS IRMÃS MARY KATE E ASHLEY OLSEN QUE JÁ COMEÇARAM SUAS CARREIRAS FIZENDO SUCESSO NO SERIADO “TRÊS É DEMAIS”. VAMOS FALAR SOBRE A TRAJETÓRIA DESSAS DUAS LINDAS ESTRELAS. Mary-Kate Olsen e Ashley Fuller Olsen (Sherman Oaks, Califórnia, 13 de Junho de 1986)[1] são gêmeas estilistas, empresárias e atrizes norte-americanas. As gêmeas são famosas pelos trabalhos que faziam quando crianças e adolescentes, por serem atuais ícones da moda e pela fortuna conquistada avaliada em mais de 410 milhões de dólares juntas. Surgiram na televisão aos nove meses de idade, interpretando a Michelle Tanner, na série Full House (“3 é demais”), e desde então têm lançado uma série de filmes, séries, desenho, games, roupas, brinquedos e anúncios publicitários, além dos produtos, as gêmeas são as donas da companhia Dualstar. Tudo isso garantiu-lhes o título de jovens celebridades mais ricas do mundo, posto perdido em 2007, quando elas completaram 21 anos e ocuparam a 37ª posição no ranking geral das celebridades mais ricas do mundo, à frente de ícones como Cristiano Ronaldo, Paris Hilton e David Beckham. Têm um irmão mais velho, Trent (nascido em 6 de maio de 1984) e uma irmã mais nova, Elizabeth Marie “Lizzie” Olsen (nascida em 16 de Fevereiro de 1989).


Em 1996, os seus pais divorciaram-se. Dave casou-se com Martha Mackenzie e teve mais dois filhos, Taylor e Jake. Ao completarem 18 anos, as meninas deram um grito primal de independência. Assumiram o controle da própria fortuna, mudaram da casa de sua mãe para o outro lado do país - Nova York e entraram na faculdade. Em Junho de 2012 foram premiadas no CFDA Fashion Awards, considerado o Oscar da moda. Em cerimônia realizada na cidade de Nova York, as gêmeas foram eleitas as melhores estilistas de moda feminina com a marca The Row segundo o conselho de estilistas dos Estados Unidos, e em 2014 ganharam o prêmio de Designer de Acessórios do Ano para a mesma marca. Mary Kate e Ashley são donas da badalada grife The Row, além das marcas Elizabeth and James, Olsenboye e uma parceria com a marca StyleMint. Filhas de David Olsen e Jarnette Jones, as gêmeas Olsen iniciaram sua carreira de atrizes aos 9 meses de idade na série de televisão Três É Demais (Full House), na qual se revezavam no papel da Michelle Tanner. Como os produtores não queriam que os telespectadores soubessem que o papel era feito por gêmeas, as irmãs foram, inicialmente, creditadas como “Mary Kate Ashley Olsen”, só mais tarde foram creditadas separadamente. O programa era muito popular nos anos 80 e no começo dos anos 90. Ashley é considerada uma das mulheres mais bonitas do mundo, seguida de Mary-Kate.


Tornando-os o grupo feminino mais vendido de todos os tempos, um dos grupos pop mais vendidos de todos os tempos, e o maior fenômeno pop britânico desde a Beatlemania. Entre os artistas de maior perfil na cultura popular britânica dos anos 90, Time as chamou de “o rosto mais reconhecível” da Cool Britannia, a comemoração de meados da década de 1990, da cultura juvenil do Reino Unido. As medidas de seu sucesso incluem recorde de vendas internacionais, a turnê de 2007-2008 The Return Of The Spice Girls, merchandising, recorde-realizações, simbolismo icónico como o vestido de Geri Halliwell da Union Jack, o que representa “Girl Power”, um filme de bilheteria, Spice World, e seus apelidos reconhecidos internacionalmente. O grupo se tornou um dos motores de marketing de maior sucesso já, com as suas grosses globais estimados em US$ 500-800 entre 1996 e 1998, e o grupo ganhou até US $ 75 milhões por ano. Após a demissão do empresário Simon Fuller e a saída de Geri Halliwell do grupo, em 1998, as Spice Girls passaram algumas conturbações, retornando apenas em 2000 com o terceiro álbum, Forever.

As Spice Girls foi um grupo feminino de música pop britânico criado original-

mente em 1994 com o nome Touch e dois anos depois com o nome definitivo.

Formada por Emma Bunton, Geri Halliwell, Melanie B, Melanie C e Victoria

Beckham, o grupo tornou-se conhecido em 1996 com o primeiro single, “Wan-

nabe”. O single estourou em 1º lugar em mais de 30 países, fazendo as garotas

tornarem-se um “fenômeno global”. Creditadas por serem as pioneiras que pa-

vimentaram o caminho para o sucesso comercial do pop adolescente na década

de 1990, o grupo vendeu cerca de 90 milhões de discos, tornando-se o gru-

po feminino mais famoso e bem-sucedido mundialmente de todos os tempos,

além de tornarem-se o grupo feminino com maior venda de discos de todos os

tempos. Em toda a carreira, o grupo lançou 4 álbuns. De acordo com a Virgin

Records 2008, o álbum de estreia do grupo, Spice, vendeu 36 milhões de cópias,

tornando o álbum mais vendido de todos os tempos por um grupo formado só

por mulheres; o 2º álbum Spiceworld vendeu 24 milhões, o terceiro Forever

vendeu 10 milhões e o último álbum/coletânea Greatest Hits vendeu 20 milhões.

AS DIVAS POP QUE MARCARAM A INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA DE TODA A GERAÇÃO ANOS 90. RELEMBRE A HISTÓRIA E A CARREIRA METEÓRICA DAS PRINCESINHAS DO POP.


Em 1994 Michelle Stephenson deixou o grupo, não por sua mãe estar doente como cogiava-se, mas o produtores Chic, Bob e Chris, pressionaram a cantora a deixar o grupo devido a ela não ter potencia vocal suficiente para acompanhar as outras garotas. A professora de música Pepi Lemer foi convocada para encontar uma quinta integrante que pudesse acrescentar ao grupo. Sugerida pela amiga Victoria Adams e ex-aluna de Pepi por 6 anos na Sylvia Young School, Emma Bunton aceitou o convite para fazer parte do grupo. Diferente das outras garotas, Emma era uma garota reservada que nunca havia dormido fora de casa, além de ser a mais nova do grupo. No final de 1994, à ponto de assinar o contrato com os produtores, as cinco garotas mostraram-se descontentes com a pressão de trabalhar com a fraca canção “Take Me Away” e com as imposições absurdas dos Herberts, decidindo assim abandonar o hotel onde viviam, deixando apenas um bilhete que dizia “Obrigada por tudo o que têm feito, mas estamos em desacordo com o novo contrato”. Mudando-se para Maidenhead, subúrbio de Londres, as cinco cantoras escreveram 35 músicas próprias e criaram suas coreografias. Interessadas em encontrar um produtor acessível, Geri Halliwell, Victoria Adams e Melanie B foram alertadas nas gravadoras.

Em 2001, o grupo dissolveu-se definitivamente, seguindo, cada integrante, sua

própria carreira músical distinta. Separadas desde então, as Spice Girls, vol-

taram a se reunir em sua formação original em 2007, para gravar o Greatest

Hits, com algumas faixas inéditas, e realizar uma turnê mundial intitulada The

Return of the Spice Girls com seus maiores sucessos, finalizando por vez o

grupo em 2008. As Spice Girls consagraram grandes sucessos como “Wanna-

be”, “Holler”, “2 Become 1”, “Say You’ll Be There”, “Viva Forever” e “Spice Up

Your Life”. Em 1993, a revista britanica “The Stage” trazia um anúncio que iria

promover a formação de um grupo pop feminino. A ideia foi do empresário Bob

Herbert em parceria com outros produtores que reuniu centenas de garotas

que passaram por processos de seleção rigorosos em canto, dança e desempe-

nho. Cinco garotas foram selecionadas: Geri Halliwell, Melanie Brown, Victoria

Adams, Michelle Stephenson e Melanie Chisholm, que teve sua oportunidade

após a desistencia de Lianne Morgan em uma das etapas, formando assim o

grupo Touch. A primeira música escrita pelas garotas, “We’re Gonna Make it

Happen”, foi descartada por não agradar os produtores, que consideraram a

letra não convencional e a coreografia, criada por Melanie B, muito complexa.


Mamonas Assassinas, anteriormente chamada de Utopia, foi uma banda brasileira de rock cĂ´mico formada em Gua


arulhos em 1990. O único álbum de estúdio gravado pela banda, Mamonas Assassinas, lançado em junho de 1995.

Imagem: Juni Kriswanto/AFP/Getty Images Pesquisa: Franklin Barcelos


VOCÊ SE LEMBRA DE OUTROS PROGRAMAS DOS ANOS 90?

QUE TAL REVER MAIS ROUPAS QUE MARCARAM ÉPOCA?

“VOCÊ PRECISA

A GENTE QUER SABER: QUAIS JOGOS VOCÊ CONHECIA ?

VOCÊ QUER SABER UM POUCO MAIS SOBRE AS GÊMEAS OLSEN?

A S CRIANÇAS DOS ANOS 90

Os brinquedos “tech” que marcaram época

ME AMAR”

DESIGN THAIS AVILA REPORTAGEM ALINE GOMIERO

O QUE OS PEQUENOS USAVAM?

OS MELHORES GAMES

FIZEMOS UM GRÁFICO QUE COMPARA GERAÇÕES, QUER VER?

PROGRAMAS DOS ANOS 90

AS GÊMEAS OLSEN

guia

A gente sabe que você

Se você ficou curioso e

Separamos um conteúdo

Preparamos

completo de jogos e brin-

tem muito mais a nos

quer saber mais sobre a

completo e cheio de re-

co

quedos

Preparamos

mais

um

MUITO ESTILO NOS ANOS 90 COMPORTAMENTO INFANTIL um

gráfi-

comparativo

sobre

famosos

contar sobre a programa-

carreira das gêmeas e por

ferências da época. Então

comportamento

desta década. Então apro-

ção dos anos 90. Então

onde elas andam, corre

corre lá para o nosso site

relacionado as gerações.

veita e confere no site!

acessa o nosso site!

pro nosso site!

e vem conferir!

Passa lá no site e confere!

XUXA E AS PAQUITAS

Se

você

OS SIMPSONS

SAUDADES DA PRISCILA

infantil

E O CHAVES?

Quem aí lembra do

quiser

Apesar de não ser dos

Um

programa da xuxa? A

ver mais

anos 90, foi nessa dé-

que mais deixou sau-

de não ser da déca-

loira animava e diver-

sobre os

cada que o programa

dade foi TV Colosso.

da, fez muito sucesso

tia muito a galerinha.

anos 90,

fez maior sucesso. Di-

As aventuras de Prisci-

neste período, e vem

O programa foi um dos

acesse o

fícil alguém não amar

la e seus amigos eram

ganhando todas as ge-

mais marcantes.

site.

essa família.

as melhores.

rações seguintes.

dos

programas

O

programa

apesar


Galileu kids 90's  

Trabalho acadêmico desenvolvido por Thais Àvila para a disciplina de projeto do 6 semestre (2017/02) de design gráfico da Uniritter.

Galileu kids 90's  

Trabalho acadêmico desenvolvido por Thais Àvila para a disciplina de projeto do 6 semestre (2017/02) de design gráfico da Uniritter.

Advertisement