Issuu on Google+

Publicação quinzenal I Propriedade: Mediaborba, Lda. I Director: David Guégués

Escola Sebastião da Gama com novas instalações

Ano XVII I Nº. 454 I 29 de Setembro de 2011 I Preço (IVA incluído): 0,50 euros I terrasbrancas@net.sapo.pt

Nova produção de Vinho de Talha em Borba

Iniciativa promovida pela autarquia e Adega Cooperativa de Borba » pág. 6

» pág. 2

Município de Vila Viçosa atribui apoios a famílias carenciadas » pág. 3

Município de Alandroal com novo vereador

Início do ano lectivo em Borba

» pág. 3

Redondo ofereceu manuais escolares aos alunos » pág. 4

» Desporto

Arraiolos é a primeira vila LED do país

Taça Distrito de Évora - 1ª Eliminatória

SC Borbense vence Luso Morense

» pág. 6

Lusitano de Évora suspende futebol sénior » páginas 8 e 9

Turismo do Alentejo elege novos Embaixadores » pág. 5


2

Ano XVII I Nº. 454 I 29 de Setembro de 2011

» Editorial Mais sacrifícios, Não » David Guégués Mesmo correndo o risco de me tornar maçador, facto que vai sendo usual, volto a frisar de que, já bastas vezes, os sistemas políticos, económicos e sociais pura e simplesmente entram em colapso, morrem e desaparecem (aliás, nestas últimas décadas, tal já aconteceu em diversas zonas do mundo), mas, os povos indígenas, vão-se adaptando e novas formas de vida surgem continuando a sobreviver. Segundo parece, o sistema actual (sistema capitalista e pseudo democrático), também está em agonia, e, tanto por cá (Europa), como nos Estados Unidos os mais fracos é que, para já, vão sendo os mais prejudicados, mas, tanto uns como os outros estão definhando. No entanto os detentores do poder tudo fazem para prolongar a agonia, o que é lógico a natural, pois ninguém gosta de perder seja o que for. O que não é lógico nem natural é que seja uma esmagadora maioria, o povo anónimo, a pagar com todos os sacrifícios em prol duma minoria, acrescendo ainda o facto de que os sacrifícios não vão “curar as maleitas”, mas, simplesmente acrescentar a agonia. Como tal, não vale a pena mais sacrifícios.

» Notícias PS de Borba quer que PSD esclareça “dificuldades” nos projectos da Santa Casa da Misericórdia Sob o título “Vamos falar claro e sem ambiguidades”, a Comissão Concelhia do PS de Borba emitiu um comunicado no seu blog ofical onde pretende que o PSD esclareça “as contínuas dificuldades encontradas pela sua equipa, na implementação de projectos meritórios para o bem estar colectivo”, no seguimento da visita efectuada à Santa Casa da Misericórdia de Borba efectuada pelo Deputado Pedro Lynce, e que o Jornal Terras Brancas noticiou na última edição. O PS Borba também reconhece o

“importante trabalho desenvolvido pela instituição”, e desafia o PSD a “falar claro e com verdade”, clarificando a afirmação efectuada sobre as dificuldades que consideram que a instituição tem sido alvo na concretização dos projectos.

Novas instalações da Escola Básica Sebastião da Gama foram inauguradas No dia 16 de Setembro foram inauguradas as novas instalações da Escola Básica Sebastião da Gama com a presença da Secretária de Estado do Ensino Básico e Secundário, Dra. Isabel Leite. O Presidente da Câmara Municipal de Estremoz, Luis Mourinha, iniciou o seu discurso com um agradecimento aos presentes, falando nas dificuldades financeiras do Município, assim como no esforço não só da autarquia como também do Agrupamento de Escolas, no sentido de criar condições dignas para o bom funcionamento daquele novo espaço. A Secretária de Estado agradeceu esse mesmo esforço e apelou aos presentes para que continuem

a trabalhar em equipa, porque só assim o próximo ano lectivo terá o sucesso desejado. Estremoz conta com mais esta importante valência educativa, de todos e para todos, que certamente contribuirá para o sucesso educativo dos nossos alunos.

Sabores do Campo lança vinho Monte da Glória Reserva 2008 Após comemorar dez anos de existência a empresa Sabores do Campo, Lda, sediada em Estremoz, inicia uma nova etapa enquanto produtor/ engarrafador de vinhos alentejanos. Após o lançamento dos vinhos Monte da Glória Branco e Tinto 2010 já disponível em diversos locais. Surge agora o Reserva Tinto 2008, produzido a partir das castas Aragonez, Alicante Bouschet e Syrah, mais uma marca que homenageia de alguma forma uma das mais belas freguesias do concelho de Estremoz. Revela-se um vinho de perfil internacional,

com taninos presentes mas macios, em perfeita harmonia com a fruta madura, é um excelente representante da região do Alentejo. De referir que apenas uma pequena parte do lote estagiou em barricas de carvalho francês. Desta forma é possível preservar o seu perfil frutado e orientado para a tendência actual de consumo, ou seja, vinhos mais frutados, elegantes e com um teor alcoólico mais adequado. A colheita de 2008 deste vinho é o primeiro reserva sob a marca Monte da Glória e pretende

Agência de Viagens e Turismo Rainha Santa Isabel Largo Combatentes da Grande Guerra, 9 e 10 7100 - 111 Estremoz Telefone: 268 333 228 | Fax: 268 333 285 * Mariscada na Ericeira – Dia 2 de Outubro - Nova Oportunidade * Astúrias, Cantábria e Picos da Europa – León, Oviedo, Cangas de Onis, Covadonga, Potes, Fuente Dé, Santilhana del Mar, Santander – Com visita ao Parque Cabárceno – De 5 a 9 de Outubro * De Trás-os-montes ao Minho – Figueira de Castelo Rodrigo, Vila Nova de Foz Côa, Mirandela, Miranda do Douro, Puebla de Sanábria, Lindoso, Ponte de Lima, Ponte da Barca, Arcos de Aldevez, Monção, Melgaço e Porto – De 5 a 9 de Outubro * Fim de semana na Costa Verde – Com Arraial Minhoto na Quinta da Malafaia – Dias 15 e 16 de Outubro * Cruzeiro Douro Vinhateiro Régua/Pinhão – Dias 15 a 16 de Outubro * Excursão ao Santuário de Fátima – Dia 16 de Outubro * Terras da Marialva: Montemor-o-velho, Tentúgal, Cantanhede, Museu da Pedra, Ançã, Museu do Vinho da Bairrada – Dias 22 e 23 de Outubro * Rota dos Castelos do Tejo – Dia 23 de Outubro – Amieira do Tejo, Belver, Abrantes e Almourol * NOVO ESPECTÁCULO – “O MELHOR DE LA FÉRIA” – Casino do Estoril - Dia 23 de Outubro * Na Rota do Estreito - Sul De Espanha e Marrocos - Visitando: Sevilha - Algeciras - Ceuta - Tetuan - Tânger - Gibraltar - Puerto de Santa Maria - Cádiz - Jerez de la Frontera [Super Oferta] - Dias 29 Outubro a 01 de Novembro * Montes Pintados – De 29/10 a 01/11 – Visita a Tarouca, Pinhão, Fontes, Miradouro de S. Leonardo da Galafura, entre outros – Inclui provas de vinho, visitas as Caves Murganheira, jantar temático, recital de Viola e Violino * AMESTERDÃO – 29/10 a 01/11 – Programa especial Feriado de Todos os Santos * Circuito de Andaluzia – Córdoba, Granada, Serra Nevada, Sevilha – De 29/10 a 1/11 * A Flor do Cacto – TEATRO POLITEAMA – Nova peça de Filipe La Féria – Dia 30 de Outubro * Fim de Semana em TOLEDO – Cidade Monumental e Multicultural – Dias 5 e 6 de Novembro * Feria do Cavalo da Golegã – Dia 12 de Novembro * XXVIII Feira da Castanha da Vila de Marvão / Almoço convívio no Restaurante O Sobreiro – Dia 12 de Novembro * Programa de S. Martinho – Hotel S. Pedro em Arouca – Dias 12 e 13 de Novembro * Almoço de S. Martinho – Quinta do Castro – Visita à Quinta dos Loridos (Jardim Buddha Eden) – Dia 13 de Novembro * Tailândia – Luzes de Sião – De 15 a 24 de Novembro – Visita a Bangkok, Ayuthaya, Phitsanukole, Sukhothai, Chiang Rai, Triângulo de Ouro * S. Martinho na Pateira de Fermentelos – Dias 19 e 20 de Novembro – Novidade!! * Circuito da Jordânia, Nabateus e Mar Morto – Dias 20 a 27 de Novembro * Fim de Semana em Córdoba e Medina Azahara – Dias 26 a 27 de Novembro * Marina D’Or – Oropesa del Mar – De 27/11 a 4/12

SEDE: Av. do Povo, 48 a 52 - 7150 BORBA – Telefs.: 268894218 – 268894644 – Fax: 268894644 DELEGAÇÃO: Rua Combatentes Ultramar, 30 – Telef./Fax: 268801493 RIO DE MOINHOS


Ano XVII I Nº. 454 I 29 de Setembro de 2011

estar num patamar de preço acessível à maioria dos apreciadores de vinhos alentejanos. O posicionamento deste néctar será a restauração, garrafeiras, lojas Gourmet um pouco por todo o país mas principalmente no sul. A Sabores do Campo conta que a distribuição dos

produtos Monte da Glória se alargue rapidamente ao resto da Europa, Angola, Brasil e Estados Unidos, tendo também a forte convicção que o mercado externo absorverá no final de 2012 cerca de 50% da produção.

Município de Vila Viçosa atribui apoios a famílias carenciadas O Executivo Municipal deliberou aprovar, na Reunião de Câmara do passado dia 21 de Setembro, o regulamento “Bem-estar social para todos”, uma medida de apoio social que tem como principal objectivo combater situações de pobreza e exclusão social, promovendo a melhoria das condições de vida das famílias carenciadas do concelho. As crescentes dificuldades socioeconómicas geradas pela situação económica do país e as, consequentes, elevadas taxas de desemprego impuseram a criação de respostas imediatas e urgentes na resolução dos problemas que possam colocar os munícipes do concelho em situações extremas de carências económicas e sociais. O regulamento, agora aprovado em Reunião de Câmara, pretende conceder benefícios em áreas de intervenção relacionadas com as necessidades básicas de vida, como a saúde, educação, alimentação e bem-estar das famílias. O “Bem-estar social para todos” destina-se a todos os munícipes que residam no concelho há

pelo menos um ano, que se encontrem em condição de grande vulnerabilidade social, que a média mensal de rendimentos per capita seja igual ou inferior a 40% do salário mínimo nacional, no caso dos agregados familiares constituídos por mais que um elemento ou a 50% quando constituído apenas por um elemento. Os apoios serão atribuídos mediante um subsídio de valor variável até ao montante de 500 euros, conforme a necessidade que deu origem ao processo e de acordo com a informação técnica fundamentada por documentos justificativos da despesa. A atribuição deste auxílio constitui-se como uma medida crucial para a reorganização familiar, social e económica dos agregados familiares do concelho de Vila Viçosa. O regulamento “Bem-estar social para todos” será agora submetido a votação em Assembleia Municipal.

Município de Alandroal com novo vereador O professor Daniel António Nobre Padilha (CDU) é o novo vereador a tempo inteiro da Câmara Municipal de Alandroal. O vereador, natural de Santiago Maior e licenciado em Educação Física e Desporto, assumiu funções no passado dia 7 de Setembro, na sequência de um pedido de renúncia ao mandato, apresentado pelo até aqui vereador Custódio Costa, sustentado por motivos de natureza pessoal. No momento da saída Custódio Costa garantiu que “sai de bem com o presidente e com toda a equipa da Câmara Municipal de Alandroal, com quem foi um enorme prazer trabalhar. Na base da minha decisão de renunciar ao mandato estão apenas razões de natureza pessoal. A saúde já não é a mesma de há alguns meses atrás e também quero passar mais tempo com a minha família. Está na hora de dar lugar aos mais novos”, concluiu o

antigo vereador da Autarquia alandroalense. O novo vereador será responsável pelos pelouros “Arruamentos e Rede Viária”, “Jardins e Espaços Verdes”, “Iluminação Pública e Electrificações”, “Sinalização e Trânsito”, “Cemitérios”, “Defesa do Consumidor” e “Desporto e Juventude”. Os restantes pelouros mantêm-se a cargo do presidente, uma vez que a vereadora Fátima Ferreira continua, por opção própria, em regime de não permanência.

Évora liga-se a outros dois continentes pela linguagem das marionetas O Trulé, grupo de investigação de formas animadas, dirigido pelo marionetista Manuel Dias, será o único representante do nosso país em dois grandes festivais de bonecos que começam ainda este mês na Ásia e na América. O primeiro a começar, e o mais longo, acontece na cidade de Brasília entre 23 de Setembro e 30 de Outubro. A linguagem das marionetas é aqui escolhida para festejar a descentralização. O número dez marca a 10ª edição deste Festival

Internacional dos Bonecos de Brasília. Conta com a participação de dez países do mundo (Argentina, Bolívia, Colômbia, Costa Rica, Chile, Espanha, Quénia, México, Portugal e Uruguai), e decorre em dez regiões administrativas do Distrito federal de Brasília ou sejam dez cidades satélites da capital ( Brazlândia, Planaltina, Sobradinho, Vicente Pires, Águas Claras, Ceilândia, Taguatinga, Guará e Samambaia, para além de Brasília). Já o número de pessoas esperadas neste festival ascende a

mais de 300 mil. Por isso a organização deste evento classifica-o como o maior do Brasil, pelo número de espectáculos e de público. O outro Festival onde o Trulé vai participar, realiza-se na cidade de Almaty, bem no interior da Ásia, entre 25 de Setembro e 2 de Outubro, para festejar o 20º aniversário da Independência do Cazaquistão. O Presidente deste festival, Madeniyet Yussopov, acredita que “não há melhor maneira de

comemorar um aniversário tão importante, do que reunir artistas de todo o mundo, já que são eles os melhores embaixadores de cada país. Com as suas artes, são os artistas que apelam mais directamente ao coração e ao espírito das pessoas”. Já este Sábado, 24 de Setembro, partiu de Évora rumo à Ásia e á América do Sul, Manuel Dias, um embaixador desta cidade que fala a linguagem das marionetas.

Professores conheceram novo Centro Escolar de Reguengos de Monsaraz O Município de Reguengos de Monsaraz realizou no dia 13 de Setembro, a Recepção ao Professor. Cerca de 120 docentes foram recebidos no novo centro escolar da cidade, constituído pela Escola Básica do 1º Ciclo e pelo jardim-de-infância, que foi inaugurado no dia 16 de Setembro. Como habitualmente, na Recepção ao Professor foi prestada homenagem aos docentes e assistentes operacionais que se aposentaram este ano. Aproveitou-se ainda esta oportunidade para convidar os professores que em determinado momento da sua vida profissional tiveram contacto com aquele equipamento educativo, a visitarem um espaço que agora foi profundamente requalificado. José Calixto, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, considerou que “este convívio entre os antigos e os actuais docentes foi muito agradável, especialmente ver a emoção dos professores que passados muitos anos voltaram a entrar nas salas onde leccionaram durante décadas”. O autarca afirmou ainda que “esta foi a melhor forma de proporcionar aos agentes

educativos a oportunidade de se conhecerem ou de se reencontrarem, dando as boas-vindas aos que chegam de novo e mostrando a hospitalidade reconhecida do nosso concelho”. Na Recepção ao Professor actuou também Hugo Soft, artista reguenguense que interpreta músicas das principais bandas e músicos nacionais das últimas décadas. Sobre o novo centro escolar, que representou um investimento superior a 1,3 milhões de euros na construção do jardim-de-infância e na ampliação e requalificação da EB1, José Calixto disse “que é um equipamento que muito nos orgulha porque este é um espaço que foi a Escola Primária de quase todas as gerações vivas da cidade, tendo esta remodelação sido concebida de forma a aliar a preservação e valorização do património já existente, à criação de um espaço moderno e funcional que proporcionará às crianças um local de aprendizagem onde se conjugam a tradição cultural e o acesso a equipamentos educativos modernos e às novas tecnologias.

Saborear o pão de mil e uma maneiras Celebrar o pão, ingrediente indispensável nas gastronomias mediterrânica e alentejana, é o objectivo da “Semana das Comidas de Pão”, que acontece entre 3 e 9 de Outubro, em vários restaurantes por todo o Alentejo. Integrada nas actividades do “Alentejo das Gastronomias Mediterrânicas - Festival Internacional”, uma iniciativa da Turismo do Alentejo, ERT, a Semana das Comidas de Pão junta, por toda a região, mais de cem estabelecimentos que, durante uma semana, apresentam pratos criativos inspirados no alimento mais popular do mundo. Feijão adubado com ovo escalfado sobre o pão, migas gatas com bacalhau, lagartos grelhados com migas de hortelã, e safio em molho branco com pão torrado são apenas algumas das iguarias que podem ser saboreadas ao longo de uma semana, um pouco por toda a Região. O “Alentejo das Gastronomias Mediterrânicas – Festival Internacional”, decorre entre 3 a 9 de Outubro, é uma iniciativa da Turismo do Alentejo, ERT, e tem por objectivo promover a excelência e

riqueza da gastronomia da Região. Poderá saborear as refeições confeccionadas com pão em Borba (restaurantes Vila Brancas e Tasca dos Coelhos), Estremoz (restaurante São Rosas), Vila Viçosa (restaurante do Paço, Ouro Branco e Taverna dos Conjurados), Alandroal (restaurantes A Maria, Adega dos Ramalhos e Páteo de Cascalhais) e restantes concelhos, consultando a listagem www.turismodoalentejogastronomiasmediterranicas.com.


4

Ano XVII I Nº. 454 I 29 de Setembro de 2011 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 A Câmara Municipal de Estremoz contratou uma empresa 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 especializada para proceder à pintura das passadeiras da cidade. 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 Apesar das passadeiras que se encontram na Estrada Nacional nº 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 18 não serem da responsabilidade do Município de Estremoz, 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 também essas foram pintadas para garantir a segurança, não só das 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 crianças, como de qualquer peão, facilitando a visibilidade dos 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 automobilistas no inicio do novo ano escolar. 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 Com esta iniciativa Estremoz garante mais segurança rodoviária. 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 Com o apoio da autarquia e de fundos comunitários, foram 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 instalados três quadros interactivos. Um na EB1 do Castelo e dois 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 na EB1 do Carrascal. 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 Sobem assim para 5 os quadros interactivos ao serviço dos 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 alunos do 1º Ciclo: os três referidos, um adquirido pela Junta de 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 Freguesia de Bencatel e outro pelo Ministério da Educação, no 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 âmbito do Plano Tecnológico. Estes equipamentos reforçarão a 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 educação tecnológica dos nossos alunos nomeadamente no corrente 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 ano, com a criação da área de TIC nas actividades de enriquecimento 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 curricular. 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 No âmbito do Programa Líderes Inovadores, o Agrupamento 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 de Escolas de Vila Viçosa assume ainda o compromisso de intervir 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 precocemente, em anos iniciais de ciclo, por forma a melhorar ainda 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 mais os seus resultados escolares. 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121

Mais segurança rodoviária em Estremoz

Início do ano lectivo em Borba O início do novo ano lectivo foi assinalado no dia 14 de Setembro em Borba com a entrega dos Prémios dos Quadros de Valor e Excelência referentes ao ano lectivo 2010/2011. Numa cerimónia realizada no Pavilhão Gimnodesportivo, os Presidentes do Agrupamento de Escolas do Concelho de Borba e Município de Borba, entregaram as medalhas e diplomas de forma a premiar e reconhecer mais de 60 alunos e 4 turmas que se destacaram nas actividades escolares do ano lectivo transacto. Um novo ano lectivo que arranca novamente em pleno, sem o encerramento de escolas no concelho e com as actividades de enriquecimento curricular asseguradas pela autarquia, com a contratação de um docente de actividade física e desportiva, dois docentes de inglês e três docentes de música. A autarquia formalizou já uma candidatura ao IFAP, IP, para implementação do programa

“Regime de Fruta Escolar”, que proporciona novamente a distribuição de frutas e produtos hortícolas, frutas e produtos hortícolas transformados, bananas e produtos derivados às crianças nos estabelecimentos escolares. Este ano lectivo será ainda marcado pelo início das obras de requalificação da Escola Básica Padre Bento Pereira e Centro Escolar, um projecto que a autarquia tem vindo a desenvolver, e cujo concurso público para a empreitada se encontra em fase de adjudicação. Trata-se de um avultado investimento de 6,4 milhões de euros, que dotará o concelho de um estabelecimento escolar que corresponda às exigências de ensino actuais e durante as próximas décadas, proporcionando aos jovens do concelho e docentes edifícios e equipamentos que contribuam para um maior sucesso escolar.

Redondo ofereceu manuais escolares aos alunos Os novos Centros Escolares de Redondo e Montoito foram o palco da entrega gratuita dos manuais escolares aos alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico no âmbito de uma estratégia social que, ao longo do tempo, tem vindo a ser implementada no concelho. No concelho de Redondo o novo ano lectivo arrancou impulsionado pela inauguração dos Centros Escolares de Redondo e Montoito perspectivada numa estratégia educativa de carácter contínuo consolidada na Carta Educativa do concelho. Foi com base nessa mesma estratégia que a 15 de Setembro, o Município de Redondo ofereceu os manuais escolares a todos os alunos do 1º ciclo do Ensino Básico dando seguimento a uma medida que já se encontra no 4º ano de implementação e que, actualmente compreende um investimento na ordem dos 12500 euros. A cerimónia teve lugar nos novos equipamentos educativos e contou com a presença de José Portel, Vereador da Cultura, e de Alfredo Barroso, Presidente do Município de Redondo, das mãos dos quais os jovens alunos receberam os seus novos livros. Foi sob o olhar atento de pais, crianças e professores que o executivo municipal da autarquia de Redondo procedeu à entrega dos manuais escolares aproveitando o momento para reafirmar

a disponibilidade da autarquia em continuar a colaborar com os agentes e as diversas instituições educativas. O edil apelou ainda ao esforço concertado de todos os intervenientes para que se possa proporcionar às crianças do concelho a educação que é desejada. Actualmente, a medida abrange cerca de 261 alunos que verão suportados na totalidade os custos dos manuais escolares, quer do ensino curricular quer das Actividades ExtraCurriculares. No caso dos alunos beneficiários dos escalões A e B do subsídio de Acção Social Escolar (alunos mais carenciados), estes poderão usar os valores restantes para a compra de material escolar tendo também comparticipadas as suas refeições. O Município de Redondo assegurará também o fornecimento gratuito de todas as refeições e lanches às crianças que frequentam o ensino préescolar no concelho, bem como o funcionamento da cantina do Centro Escolar de Montoito prosseguindo o trabalho de intervenção social levado a efeito na freguesia ao longo dos anos. Para além da oferta dos manuais escolares a autarquia põe ainda em prática outras medidas de apoio social garantindo os transportes escolares e o fornecimento dos lanches gratuitos a todas as crianças do 1º ciclo do ensino básico, abrangendo um número aproximado de 400 alunos.

Escolas de Vila Viçosa recebem quadros interactivos

EDITAL Jerónimo João Pereira Cavaco, Presidente da Assembleia Municipal de Borba, torna público que terá lugar no Salão Nobre dos Paços do Município, no dia 30 de Setembro de 2011, pelas 21.00 horas, uma Sessão Ordinária da Assembleia Municipal, com a seguinte ordem de trabalhos: 1 – Período Antes da Ordem do Dia: 1.1 – Leitura do Expediente 1.2 – Outros assuntos de interesse para a Autarquia. 2 – Período para Intervenção do Público 3 – Período da Ordem do Dia 3.1 – Análise conducente à aprovação da acta nº13, da Sessão Ordinária de 22 de Junho de 2011 3.2 – Imposto Municipal sobre Imóveis 3.3 – Proposta de Lançamento de Derrama para o ano de 2012. 3.4 – Proposta de 2ª Alteração ao Mapa de Pessoal de 2011 3.5 – Proposta de 4ª Revisão Orçamental (3ª Revisão do Orçamento da Receita; 3ª Revisão ao Orçamento da Despesa; 3ª ao Plano Plurianual de Investimentos e 1ª Revisão ao Plano de Actividades Municipal). 3.6 – Proposta de Prorrogação de Medidas Preventivas. 3.7 – Proposta de revogação da deliberação aprovada no ponto 2.2 a) da Sessão Extraordinária de 31 de Outubro de 2008. 3.8 – Proposta de revogação da deliberação aprovada no ponto 2.2 b) da Sessão Extraordinária de 31 de Outubro de 2008. 3.9 – Apreciação das Actividades da Câmara Municipal e da sua situação financeira. Borba, 23 de Setembro de 2011 O Presidente da Assembleia Municipal (Dr. Jerónimo João Pereira Cavaco) Praça da República - 7150-249 Borba I Telef.: 268 891 630 I Fax: 268 894 806 I www.cm-borba.pt I assembleia.municip@cm-borba.pt


Ano XVII I Nº. 454 I 29 de Setembro de 2011 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 O e-learning é um modelo de ensino online e não1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 presencial que assenta nas tecnologias de informação e 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 comunicação. A Universidade de Évora lança, em Fevereiro 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 de 2012, o mestrado em Engenharia Informática e a pós1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 graduação em Ambiente, Sustentabilidade e Educação neste 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 modelo de ensino. A apresentação do e-learning na 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 Universidade de Évora decorreu no passado dia 21 de 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 Setembro. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 A Universidade de Évora pretende contribuir para o 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 desenvolvimento da sociedade pedagógica do século XXI, 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 promovendo o e-learning e o m-learning num campus global, 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 através da produção e da disseminação de módulos e de 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 aplicações inovadoras e estimulantes, contribuir para a 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 multiplicação dos momentos de aprendizagem, contribuir, 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 através de investigação, para o desenvolvimento de modelos 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 pedagógicos e tecnológicos inovadores, tendo em vista o 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 sucesso das aprendizagens em contexto e-learning e promover 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 a inovação tecnológica, quer através do acesso a aplicações 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 educativas, quer através da formação avançada. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 Vídeos educativos disponibilizados na plataforma 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 EDUCAST, aplicações para sistemas móveis e conteúdos na 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 plataforma OCW (OpenCourseWare) são alguns dos recursos 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 educativos utilizados. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 O Alentejo foi palco das comemorações oficiais do Dia 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 Mundial do Turismo que, este ano, teve como tema “Turismo 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 e aproximação de culturas”. O programa da efeméride, 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 assinalada esta Terça-feira, contou com a presença da 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 Secretária de Estado do Turismo, Cecília Meireles. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 Neste contexto, após a cerimónia da entrega das Medalhas 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 de Mérito Turístico, agendada para Lisboa, a Secretária de 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 Estado do Turismo deslocou-se ao Alentejo, onde visitou 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 empreendimentos turísticos em construção - nomeadamente 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 os hotéis Alentejo Marmoris Hotel & SPA e Tapada da Mata 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 Resort & SPA - o Convento do Espinheiro e assistiu à 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 apresentação dos projectos e das estratégias da Turismo do 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 Alentejo, ERT, que visam o crescimento e afirmação do 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 destino. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 O programa da visita incluiu ainda um almoço inspirado 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 no tema do Dia Mundial do Turismo, confeccionado pelos 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 conceituados chefes da região Margarida Cabaço, António 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 Nobre e Alice Pôla. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 Para o Presidente da Turismo do Alentejo, ERT, António 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 Ceia da Silva, “o facto do Alentejo ter sido eleito para palco das 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 comemorações oficiais do Dia Mundial do Turismo revela que 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 a qualificação, a dinâmica e a excelência do destino são 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 reconhecidos pela tutela”. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 “É uma honra receber no Alentejo, pela terceira vez 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 desde que tomou posse, a Secretária de Estado do Turismo 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 e acolher no território as cerimónias oficiais de um dia dedicado 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 a um sector tão importante para o desenvolvimento económico 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 do país”, adiantou o mesmo responsável. 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456

Universidade de Évora possibilita ensino não-presencial

Alentejo acolheu comemorações do Dia Mundial do Turismo

5

Turismo do Alentejo elege novos Embaixadores O Alentejo tem, a partir de agora, novos Embaixadores. Alexandra Lencastre, Margarida Marinho, João Catarré, Jorge Corrula, Paula Lobo Antunes, Dália Madruga e Rita Pereira são os rostos escolhidos pela Turismo do Alentejo, ERT, para darem a cara pela região com o objectivo de alavancar a sua promoção turística. O diploma foi entregue num jantar que deu início a uma acção de promoção realizada em Tróia. Neste contexto, os novos Embaixadores - caras bem conhecidas do público português - tiveram oportunidade de desfrutar da oferta turística diversificada e qualificada da península, nomeadamente do alojamento, da praia, da observação dos golfinhos, da visita às ruínas romanas e do golfe. Alentejanos por nascença, descendência ou por profunda afeição, estes novos rostos figuras públicas têm, agora, o papel de promover a qualidade, diversidade e riqueza da oferta turística de todo o Alentejo. De acordo com António Ceia da Silva, presidente da Turismo do Alentejo, ERT, “a pronta disponibilidade destas personalidades para aceitarem este convite, demonstra a forma como a Região é capaz de

cativar atenções e levar os novos embaixadores a partilharem esta grande missão que é promover o nosso Alentejo”.


6

Ano XVII I Nº. 454 I 29 de Setembro de 2011

Nova produção de Vinho de Talha em Borba Numa iniciativa conjunta entre o Município de Borba e a Adega Cooperativa de Borba, reabilitada o ano passado, voltou-se a incentivar a produção do vinho de talha em Borba, que terá continuidade este ano. Para a recuperação desta tradição, bastante usual no concelho de Borba em diversas adegas e tabernas típicas, foi recuperada a antiga adega do Centro Cultural de Borba, edifício propriedade do Município, onde há várias décadas era produzido vinho através de talha. Uma tradição que se tem vindo a perder, e que o Município de Borba e a Adega Cooperativa de Borba pretendem manter, tendo produzido cerca de oitocentos litros de vinho branco e idêntica quantidade de tinto no primeiro ano, produção que manterá para este ano. De recordar que o vinho produzido em 2010 foi dado a provar no Dia de S. Martinho, na Festa da Vinha e do Vinho. Para a produção dos vinhos foram seleccionadas as castas

tradicionais da região, Rabo de Ovelha e Roupeiro para o vinho branco, Trincadeira, Periquita e Aragonez para o vinho tinto. Tendo em consideração as temperaturas amenas registadas nos meses de Agosto e Setembro, prevê-se um vinho branco bastante fresco e frutado, com um teor alcoólico previsto de 13,5% Vol, e um vinho tinto com muita cor, macieza e estruturado, com um teor alcoólico previsto de 14,5% Vol. No dia de S. Martinho, na Festa da Vinha e do Vinho, se poderá apreciar estas características, juntamente com as castanhas assadas, cumprindo o ditado popular “no dia de S. Martinho vai-se à adega e prova-se o vinho”, adega que será recriada no recinto do evento. A produção do vinho de talha, tradicional no Alentejo, e única região do Mundo onde ainda se utiliza esta prática, terá sido iniciada pelos fenícios e difundida pelos romanos.

Arraiolos é a primeira vila LED do país A nova iluminação das zonas pedonais e viárias trazem à vila uma maior valorização do espaço urbano. Sustentabilidade, Segurança e Conforto são o mote deste projecto que permite reduzir a factura energética do Município de Arraiolos em 30%. Arraiolos lança o primeiro Projecto de Design de Iluminação Pública do seu Centro Histórico com o objectivo de defender o património e de torná-lo um recurso para a cidade. Para isso o LED é a fonte de luz utilizadas em zonas pedonais, viárias, bem como nos vários espaços cénicos da vila. “A nossa vila tem que ser preservada e valorizada e, como tal, procuramos melhorar as condições de vida dos habitantes do centro histórico. Queremos uma placa que diga – Arraiolos vila dos tapetes e vila dos LEDs”, diz Jerónimo Correia dos Loios, Presidente da Câmara. Armando Oliveira, vereador da Câmara Municipal de Arraiolos e um dos principais impulsionadores da requalificação do Centro Histórico, explica que “o município, em todas as suas decisões, tenta ter em conta as questões ambientais. Preferimos o sistema LED ao sistema tradicional, pois permite uma clara poupança de energia, aliada ao aumento da eficácia energética”.

“Estamos já a preparar a candidatura para uma 2ª fase do projecto. Além de contemplarmos mais um conjunto de ruas, vamos iluminar alguns monumentos, como as Igrejas do Centro Histórico. Os cenários vão ficar mais bonitos e acima de tudo, a iluminação pública vai permitir um maior conforto e segurança a todos os condutores e transeuntes”, refere ainda Armando Oliveira. Segundo os Light designers do Projecto, ambos ECLIPz, “era importante que o design das luminárias fizesse sentido e que se integrasse naturalmente na paisagem. Pensámos na importância da cor, na uniformidade da luz e na criação de ambientes hospitaleiros. É preciso ter ousadia para desenvolver um projecto desta escala e, por isso, brindamos à Câmara Municipal de Arraiolos”. Para Miguel Sampaio de Mattos, Directorgeral da Schréder, “o futuro da iluminação está no consumo de baixo nível que a tecnologia LED permite, em detrimento dos sistemas de luz tradicionais. Por outro lado, a telegestão possibilita, não só economizar, como também adaptar a iluminação às inúmeras condições e necessidades das nossas cidades”.

“Este projecto abrange duas importantes vertentes: mais luz e uma maior qualidade da luz. Procurámos trazer a luz de casa para o exterior, uma luz mais quente, mais acolhedora e com uma cor mais agradável. A tecnologia LED permite usufruir da riqueza arquitectónica da vila, bem como dos espaços verdes, mesmo durante a noite. Temos orgulho nesta aposta da Câmara Municipal de Arraiolos”, finaliza Miguel Sampaio de Mattos. O Projecto de Design de Iluminação Pública do Centro Histórico de Arraiolos foi apresentado durante um jantar de Gala perante 150 convidados, seguido de um passeio pelas Ruas de Arraiolos. O evento decorreu no Pavilhão Arraiolos Multiusos.


Ano XVII I Nยบ. 454 I 29 de Setembro de 2011

7


8

Ano XVII I Nº. 454 I 29 de Setembro de 2011

» Desporto

Taça Distrito de Évora - 1ª Eliminatória SC Borbense vence Luso Morense O SC Borbense segue em frente na Taça Distrito de Évora, ao vencer o Luso Morense por 3-2. A equipa “azul e branca” foi sempre superior à equipa da vila de Mora e dominou o jogo, desperdiçando diversas oportunidades de golo até que Márcio, num ataque pelo lado esquerdo “azul e branco”, e numa tentativa de colocar a bola na área acabou por introduzi-la na baliza adversária, enganando toda a gente. O resultado manteve-se até ao intervalo. Na segunda parte, manteve-se o domínio do SC Borbense que continuava a desperdiçar oportunidades de golo, e Ruca, após um primeiro remate defendido pelo guarda-redes Morense, acabou por aproveitar o ressalto e cabecear para o segundo da tarde. O treinador Luís Canhoto começou a mexer na equipa, fazendo entrar André Silva, Libério e Marono, que acabaria por fazer o terceiro golo “azul e branco”. Quando tudo apontava para um resultado

dilatado, a equipa da casa aproveitou alguma desconcentração do Borbense e, num remate à entrada da área ainda desviado por um defesa Borbense, reduziu para 3-1. Já em tempo de compensação, o Luso Morense ainda voltou a marcar, mas não havia tempo para mais e o SC Borbense garantia a passagem à 2ª eliminatória da Taça. Recorde-se que na época passada o SC Borbense foi eliminado na 1ª Eliminatória, precisamente no campo de uma equipa que disputava a 1ª Divisão, o Corval. Num jogo com bastantes faltas, e alguma dureza dos jogadores da casa, a equipa de arbitragem acabou por ser bastante benevolente na amostragem de cartões, terminando com um trabalho razoável. O SC Borbense alinhou com: Pedro, Márcio, Tiago Ferreira, Luís Espiguinha, Guilherme, Luís Mendes, Noka, Pedro Galvão, Tó Manuel (Marono), Ruca (Libério) e Nuno Bravo (André Silva).

Resultados Os jogos da 1ª Eliminatória da Taça Distrito de Évora disputaram-se este Domingo, com três equipas da Zona dos Mármores apuradas, SC Borbense, CF Estremoz e SC Bencatelense, e quatro eliminadas, O Calipolense, Rosário, Santiago Maior e SC Arcoense. As equipas do concelho de Estremoz, que jogaram em casa, decidiram a eliminatória na marcação de grandes penalidades com sortes diferentes, enquanto o CF Estremoz consegui

vencer o Giesteira, o SC Arcoense acabou por ser eliminado diante do São Manços. Também diferente foi o desfecho das equipas de Vila Viçosa, O Calipolense deslocou-se ao Escoural e foi derrotado pela margem mínima, enquanto que o SC Bencatelense, a jogar em casa e com um adversário mais acessível, garantiu a passagem à próxima eliminatória. Já o concelho do Alandroal ficou sem equipas na Taça, numa tarefa que se adivinhava

bastante complicada, averbando duas goleadas com equipas que certamente lutarão esta época pelo primeiro lugar na Divisão de Honra. Quanto aos restantes jogos, destaque para a goleada do Sporting de Viana ao Santana do Campo, afirmando-se também como forte candidato ao título, num campeonato que tem início este Domingo, precisamente com um duelo SC Borbense-Sporting de Viana, e à eliminação do

Perolivense em casa perante o Canaviais. Os jogos ditaram os seguintes resultados e apurados para a eliminatória seguinte:Os jogos da 1ª Eliminatória da Taça Distrito de Évora disputaramse este Domingo, com três equipas da Zona dos Mármores apuradas, SC Borbense, CF Estremoz e SC Bencatelense, e quatro eliminadas, O Calipolense, Rosário, Santiago Maior e SC Arcoense.

Luso Morense SC Borbense

2 3

Rosário Oriolenses

0 4

Monte Trigo Santiago Maior

5 0

Perolivense Canaviais

0 2

Escouralense O Calipolense

1 0

Aldeense Arraiolense

1 0

SC Bencatelense S.B. Outeiro

2 0

Sp. Viana do Alentejo Santana do Campo

6 1

SC Arcoense São Manços (4-5 a.g.p.)

1 1

Alcaçovense Cabrela

1 0

CF Estremoz 2 Corval 1 Giesteira 2 Valenças 0 (6-5 a.g.p.) Ficaram isentos nesta eliminatórias as equipas de Portel, Fazendas do Cortiço, Brotense e Lavre

12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 A equipa sénior do SC Borbense foi apresentada aos sócios quatro linhas. Um jogo dividido, com oportunidades de golo 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 no Sábado, 17 de Setembro. Um a um, jogadores e equipa para as duas equipas, mas onde a finalização ainda demonstrou 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 técnica, foram apresentados aos sócios que se deslocaram ao falta de pontaria. 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 Municipal de Borba, essencialmente para conhecer os reforços As equipas de futebol juvenil do clube serão apresentadas aos 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 sócios no dia 5 de Outubro, com a realização dos seguintes garantidos para esta época. 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 Num jogo disputado com o Atlético Clube Fronteirense, que jogos: SC Borbense-O Elvas CAD (Infantis); SC Borbense- O 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 disputa a 1ª Divisão Distrital da Associação de Futebol de Elvas CAD (Benjamins); SC Borbense-Sport Arronches e 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 Portalegre , o resultado acabou com um empate a zero, que Benfica (Juniores) e SC Borbense-Academia de Futebol de 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 se justifica pelo que ambas as equipas mostraram dentro das Arronches/Atlético Clube de Arronches (Iniciados). 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123 12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123

Plantel sénior apresentou-se aos sócios


Ano XVII I Nº. 454 I 29 de Setembro de 2011

9

Arranque dos Campeonatos Distritais Este Domingo têm início os Campeonatos Distritais da Associação de Futebol de Évora para a época 20112012, Divisão de Honra, onde participam cinco equipas da Zona dos Mármores, SC Borbense, O Calipolense, CF Estremoz, SC Bencatelense e Santiago Maior, e 1ª Divisão, onde participam duas equipas da Zona dos Mármores, SC Arcoense e Rosário. Conheça o calendário da Divisão de Honra. 1ª Jornada - 02/10/2011

14ª Jornada - 29/01/2012

Portel - Lavre Monte Trigo - Giesteira Santiago Maior - O Calipolense SC Bencatelense - CF Estremoz SC Borbense - Sporting de Viana Escouralense - Canaviais Perolivense - Oriolenses 2ª Jornada - 09/10/2011

15ª Jornada - 05/02/2012

Lavre - Perolivense Giesteira - Portel O Calipolense - Monte Trigo CF Estremoz - Santiago Maior Sporting de Viana - SC Bencatelense Canaviais - SC Borbense Oriolenses - Escouralense 3ª Jornada - 16/10/2011

16ª Jornada - 12/02/2012

Lavre - Giesteira Portel - O Calipolense Monte Trigo - CF Estremoz Santiago Maior - Sporting de Viana SC Bencatelense - Canaviais SC Borbense - Oriolenses Perolivense - Escouralense 4ª Jornada - 23/10/2011

17ª Jornada - 19/02/2012

Giesteira - Perolivense O Calipolense - Lavre CF Estremoz - Portel Sporting de Viana - Monte Trigo Canaviais - Santiago Maior Oriolenses - SC Bencatelense Escouralense - SC Borbense 5ª Jornada - 30/10/2011

18ª Jornada - 26/02/2012

Giesteira - O Calipolense Lavre - CF Estremoz Portel - Sporting de Viana Monte Trigo - Canaviais Santiago Maior - Oriolenses SC Bencatelense - Escouralense Perolivense - SC Borbense 6ª Jornada - 06/11/2011

19ª Jornada - 04/03/2012

O Calipolense - Perolivense CF Estremoz - Giesteira Sporting de Viana - Lavre Canaviais - Portel Oriolenses - Monte Trigo Escouralense - Santiago Maior SC Borbense - SC Bencatelense 7ª Jornada - 20/11/2011

20ª Jornada - 11/03/2012

O Calipolense - CF Estremoz Giesteira - Sporting de Viana Lavre - Canaviais Portel - Oriolenses Monte Trigo - Escouralense Santiago Maior - SC Borbense Perolivense - SC Bencatelense

8ª Jornada - 27/11/2011

21ª Jornada - 18/03/2012

CF Estremoz - Perolivense Sporting de Viana - O Calipolense Canaviais - Giesteira Oriolenses - Lavre Escouralense - Portel SC Borbense - Monte Trigo SC Bencatelense - Santiago Maior 9ª Jornada - 04/12/2011

22ª Jornada - 25/03/2012

CF Estremoz - Sporting de Viana O Calipolense - Canaviais Giesteira - Oriolenses Lavre - Escouralense Portel - SC Borbense Monte Trigo - SC Bencatelense Perolivense - Santiago Maior 10ª Jornada - 11/12/2011

23ª Jornada - 01/04/2012

Sporting de Viana - Perolivense Canaviais - CF Estremoz Oriolenses - O Calipolense Escouralense - Giesteira SC Borbense - Lavre SC Bencatelense - Portel Santiago Maior - Monte Trigo 11ª Jornada - 18/12/2011

24ª Jornada - 15/04/2012

Sporting de Viana - Canaviais CF Estremoz - Oriolenses O Calipolense - Escouralense Giesteira - SC Borbense Lavre - SC Bencatelense Portel - Santiago Maior Perolivense - Monte Trigo 12ª Jornada - 08/01/2012

25ª Jornada - 22/04/2012

Perolivense - Canaviais Oriolenses - Sporting de Viana Escouralense - CF Estremoz SC Borbense - O Calipolense SC Bencatelense - Giesteira Santiago Maior - Lavre Monte Trigo - Portel 13ª Jornada - 15/01/2012

26ª Jornada - 29/04/2012

Canaviais - Oriolenses Sporting de Viana - Escouralense CF Estremoz - SC Borbense O Calipolense - SC Bencatelense Giesteira - Santiago Maior Lavre - Monte Trigo Portel - Perolivense Bola oficial das competições séniores da Associação de Futebol de Évora

CURIOSIDADE: Lei 6 – Os Árbitros Assistentes (continuação) Faltas O árbitro assistente deve levantar a sua bandeira quando uma falta ou uma incorrecção seja cometida perto dele ou fora do campo visual do árbitro. Em todas as outras situações, ele só deve intervir quando lhe seja pedido. Então transmitirá ao árbitro o que viu e ouviu, indicando os jogadores implicados. Antes de assinalar uma infracção, o árbitro assistente deve assegurar-se se: - a infracção foi cometida fora do campo de visão do árbitro ou que o campo de visão do árbitro esteja obstruído; - o árbitro viu a falta e aplicou a lei da vantagem. Quando uma falta ou uma incorrecção é cometida, o árbitro assistente deve: - levantar a sua bandeira com a mesma mão que vai utilizar para indicar a direcção, de maneira a indicar claramente ao árbitro quem cometeu a falta. - estabelecer contacto visual com o árbitro. - agitar ligeiramente a bandeira para a frente e para trás (evitando movimentos excessivos ou agressivos). - utilizar o sinal “beep” se necessário. - O árbitro assistente deve utilizar a técnica do “espera e vê”, para permitir que o jogo prossiga, não levantando a bandeira quando uma equipa contra a qual foi cometida a falta possa beneficiar de uma vantagem. Neste caso, é importante que o árbitro assistente e o árbitro estabeleçam contacto visual entre si. Faltas cometidas fora da área de grande penalidade Se uma falta é cometida fora da área de grande penalidade (perto da linha limite da área), o árbitro assistente deve estabelecer contacto visual com o árbitro para ver onde é que ele está colocado e que decisão tomou. O árbitro assistente deve ficar parado no enfiamento da linha da área de grande penalidade e levantará a bandeira se for necessário. Em situações de contra-ataque, o árbitro assistente deve ser capaz de indicar se foi ou não cometida uma falta e se a falta foi cometida dentro ou fora da área de grande penalidade, o que neste caso é uma prioridade absoluta. Ele deve também precisar qual a sanção disciplinar a tomar. Faltas dentro da área de grande penalidade Se uma falta é cometida dentro da área de grande penalidade, fora do campo de visão do árbitro, especialmente na zona próxima do árbitro assistente, este deve, em primeiro lugar estabelecer contacto visual com o árbitro para ver onde é que ele está colocado e se tomou alguma decisão. Se o árbitro não tomou nenhuma decisão, o árbitro assistente deve então levantar a sua bandeirola e fazer o sinal “beep”, deslocando-se depois ao longo da linha lateral em direcção à bandeirola de canto. Confrontações em grupo Em situações de confrontações em grupo de jogadores, o árbitro assistente mais próximo pode penetrar no terreno para ajudar o árbitro. O outro árbitro assistente deve observar e tomar nota dos detalhes do incidente. Consultas No que se refere a consultas sobre questões disciplinares, um olhar e um sinal discreto de mão do árbitro assistente para o árbitro são normalmente suficientes. No caso de ser necessária uma consulta directa, o árbitro assistente pode penetrar dois ou três metros no terreno de jogo. Enquanto trocam impressões devem ambos virar-se para dentro do terreno, para evitar que a sua conversa possa ser entendida Formação de barreiras Quando haja um pontapé-livre muito perto da linha lateral, onde se encontra o árbitro assistente, este pode entrar no terreno de jogo para controlar a barreira, fazendo com que se coloque a 9,15 metros da bola. Ele avaliará a distância a partir da posição da bola. Neste caso, o árbitro esperará que o árbitro assistente retome o seu lugar antes de apitar para o recomeço do jogo.

Lusitano de Évora suspende futebol sénior

QUESTÃO 16: Ao marcar-se uma grande penalidade, o guarda-redes movimenta-se antes da bola partir. A bola foi ao lado, o assistente não levantou a bandeira e o árbitro assinalou pontapé de baliza. R – A decisão do árbitro e do seu árbitro assistente terá sido correcta, certamente porque o guardaredes se movimentou sobre a linha de baliza, sem se adiantar no terreno de jogo.

O Lusitano de Évora, que esteve 14 épocas na primeira divisão nas décadas de 50 e 60, suspendeu o futebol sénior. Em declarações à Agência Lusa, o Presidente do Lusitano de Évora, Manuel Porta, adiantou que a decisão de suspender o futebol sénior deve-se à “grave crise financeira” e ao facto do clube estar impedido de inscrever a equipa em provas oficiais, devido a dívidas a antigos jogadores. “O Lusitano tem dívidas superiores a 800 mil euros e não há receitas que suportem os encargos do futebol sénior e da formação e que nos permitam pagar algumas dívidas”, justificou o dirigente, garantindo, contudo, que o futebol de formação “vai continuar”. A equipa sénior do Lusitano de Évora, que deveria competir na Divisão de Honra da Associação de Futebol de Évora (AFE), “está suspensa, mas não terminou definitivamente”, assegurou, explicando que, quando houver condições financeiras, o clube “volta a ter futebol sénior”. O Presidente do histórico clube alentejano considerou que os problemas financeiros do Lusitano de Évora surgiram na sequência da construção do novo complexo desportivo da Silveirinha, onde a selecção portuguesa de futebol estagiou antes de participar no Mundial da Alemanha, em 2006.

Para remeter alguma questão ou situação que gostava de ver esclarecida, basta enviar um email para godinho_vipi@hotmail.com.

- Oficina de chocalhos - Comércio de artesanato - artigos equestres e correaria - cadeiras alentejanas

Tel. 268 323 130 / 268 324 181/ 967 623 057 www.casagalileu.com.sapo.pt psimsim@hotmail.com Rua Victor Cordon, 16 7100 - 560 ESTREMOZ


10

Ano XVII I Nº. 454 I 29 de Setembro de 2011

EDITAL

EDITAL

VENDA DE PRÉDIO URBANO SITO EM ALCARAVIÇA

A Câmara Municipal de Borba, reunida ordinariamente em 14 de Setembro de 2011, pelas 15.00 horas, no Salão Nobre dos Paços do Município, estando presentes os Senhores vereadores Artur João Rebola Pombeiro, Humberto Luís Russo Ratado, Joaquim José Serra Silva, e ausente a Senhora vereadora Rosa Maria Basílio Véstia, por motivos pessoais, sob a Presidência do Senhor Ângelo João Guarda Verdades de Sá, e em conformidade com o nº.4 do artigo 92º da Lei nº.169/99 de 18 de Setembro na nova redacção dada pela Lei nº.5A/2002, de 11 de Janeiro, torna público que foram tomadas as seguintes deliberações relativamente aos pontos abaixo indicados. Ponto 2. Ordem do Dia Ponto 2.2 – Requerimento – Pedido de parecer sobre constituição de compropriedade – Deliberado, por unanimidade, emitir parecer favorável sobre a constituição de compropriedade do prédio rústico denominado “Sitio da Boa Vista, Bosque ou Olival à Boa Vista”. Ponto 2.3 – Cobrança Coerciva de Dívida – Deliberado, por unanimidade, notificar a Sociedade Imobiliária Jerónimo Cavaco, Ldª, para, no prazo de dez, proceder ao pagamento em divida, da quantia de 5.021.89 (cinco mil e vinte e um euros e oitenta e nove cêntimos) referente a obras de Infraestruturas do Loteamento Quinta da Bela Vista) sob pena de, não o fazendo voluntariamente no prazo fixado, ser emitida certidão de divida e remetida a mesma ao Serviço das Finanças de Borba com vista a ser instaurado processo de execução para pagamento da quantia em dívida. Ponto 2.4 – Proposta de Prorrogação de Medidas Preventivas – Deliberado, por maioria, propor à Assembleia Municipal que aprove a prorrogação por um ano das Medidas Preventivas decorrentes da suspensão de parte do Plano Director Municipal, de acordo com o previsto no n.º 1 do Artigo 112º do Regime Jurídico dos Instrumentos de Gestão Territorial. Ponto 2.5 – Caducidade de licenciamento – Remodelação e Ampliação de Moradia Unifamiliar – Processo 03/07 – Deliberado, por unanimidade, declarar a caducidade do referido licenciamento, por impossibilidade legal de prosseguimento, uma vez que não é possível conceder novo prazo. Ponto 2.6 – Aprovação de Contrato de Aluguer do Pavilhão de Eventos– Deliberado, por unanimidade, aprovar o referido Contrato de Aluguer do Pavilhão de Eventos à empresa Stocklight. Ponto 2.7 – Imposto Municipal sobre Imóveis – Deliberado, por maioria, solicitar autorização à Assembleia Municipal para fixar as seguintes taxas do imposto municipal sobre imóveis a aplicar no ano de 2012: a) – Prédios rústicos: 0,8% b)– Prédios urbanos: 0,7%; c) – Prédios urbanos avaliados nos termos do CIMI: 0,4%; d) - Agravamento de 20% para os prédios degradados (definidos na ZEP) com base nº.8 do artº.112º do Código do Imposto Municipal. Ponto 2. 8 – Acção Social Escolar – Ano Lectivo 2011/2012 – Deliberado, por unanimidade, aprovar os apoios atribuídos no âmbito da Acção Social Escolar para o ano lectivo 2011/2012 Ponto 2.9 – Anulação de Guias de Receita - Deliberado, por maioria, anular as guias de receitas conforme listagem que fica anexa à acta. Ponto 2.10 – Alienação de prédios urbanos - Deliberado por unanimidade, alienar 2 prédios urbanos sitos em Alcaraviça e Aldeia de Sande, na freguesia de Orada, cuja hasta pública vai realizar-se dia 06 de Outubro de 2011, pelas 11:00 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho. Ponto 2.11 – Aprovação das Normas de participação na Gala da Rainha das Vindimas 2011 Deliberado, por maioria, aprovar as referidas Normas de Participação. Ponto 2.12 – Aprovação de Normas de Participação para a Feira dos Santos 2011 Deliberado, por maioria, aprovar as referidas Normas de Participação. Ponto 2.13- Proposta de Revogação da Deliberação de Câmara Municipal de 01/02/2006 – Ponto 2.4 Deliberado, por unanimidade, revogar a deliberação aprovada no ponto 2.4 da Reunião Ordinária de 01 de Fevereiro de 2006, anulando, desta forma, a adjudicação da empreitada para “Construção do Parque de Feiras e Exposições” e o respectivo “Contrato para Execução de Empreitada de Construção do Parque de Feiras e Exposi��ões do Município de Borba”. Ponto 2.14 – Proposta de Revogação de Deliberações de Câmara Municipal de10/09/2008 (Ponto 2.4) e de 22/10/2008 (Ponto 2.5) a) Deliberado, por unanimidade, revogar as deliberações da Câmara Municipal de Borba aprovadas no ponto 2.4 da Reunião Ordinária de 10 de Setembro de 2008; no ponto 2.5 a) da Reunião Ordinária de 22 de Outubro de 2008, e no ponto 2.5 b) da Reunião Ordinária de 22 de Outubro de 2008. b) Deliberado por unanimidade propor à Assembleia Municipal de Borba a revogação das deliberações aprovadas nos pontos 2.2. a) da Sessão Extraordinária de 31 de Outubro de 2008; e aprovada no ponto 2.2. b) da Sessão Extraordinária de 31 de Outubro de 2008. Ponto 2.15 – Proposta de Lançamento de Derrama para o ano de 2012 – Deliberado, por maioria, solicitar autorização à Assembleia Municipal para no próximo ano de 2012 lançar uma taxa de derrama de 1,5%, do lucro tributável das empresas sujeitas e não isentas de IRC; Ponto 2.16 – Proposta de assinatura de Acordo de Parceria com a CIMAC para desenvolvimento de candidatura “Desenho e Implementação dos Sistemas Municipais de Informação Geográfica Ambiental do Alentejo Central (SIGMA - AC) – Deliberado, por unanimidade, aprovar o referido Acordo de Parceria com a CIMAC. Ponto 2.17 – Proposta de 2ª Alteração ao Mapa de Pessoal de 2011 - Deliberado, por maioria, submeter à aprovação da Assembleia Municipal a 2ª Alteração ao Mapa de Pessoal conforme disposto na alínea o) do nº.2 do artigo 53º da Lei nº. 169/99, de 18 de Setembro, com as alterações introduzidas pela Lei nº.5-A/2002, de 11 de Janeiro. Ponto 2.18 – Proposta de 4ª Revisão Orçamental (3ª Revisão do Orçamento da Receita; 3ª Revisão do Orçamento da Despesa ; 3ª Revisão ao Plano Plurianual de Investimentos e 1ª Revisão ao Plano de Actividades Municipal - Deliberado por maioria, submeter a referida proposta de Revisão Orçamental à Assembleia Municipal.

FREGUESIA DE ORADA

De harmonia com a deliberação da Câmara Municipal de Borba de 14 de Setembro de 2011, torna-se público que, no dia 06 de Outubro de 2011, pelas 11:00 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, vai proceder-se à adjudicação, em hasta pública, do seguinte Prédio Urbano, sito em Alcaraviça, na freguesia de Orada, com as seguintes características: Área

Base de Licitação

Lance mínimo

Coberta: 163,10 m2 47.309,00 Euros

Descoberta: 1.686,90 m2

100,00 Euros

Uso do prédio Habitação, apoio às actividades agroflorestais e empreendimentos de turismo em espaço rural

Nota: Se o prédio não for adjudicado no dia anunciado, por falta de interessados, poderá o mesmo ser vendido, em qualquer momento, pelo valor base de licitação, acrescido do valor de um lance não sendo necessário a marcação de nova hasta pública. Para constar se publica o presente edital e outros de igual teor que vão ser afixados nos lugares públicos do costume. Município de Borba, 16 de Setembro de 2011 O Presidente da Câmara Municipal (Dr. Ângelo João Guarda Verdades de Sá) Praça da República - 7150-249 Borba I Telef.: 268 891 630 I Fax: 268 894 806 I www.cm-borba.pt I gap@cm-borba.pt

EDITAL VENDA DE PRÉDIO URBANO SITO EM ALDEIA DE SANDE FREGUESIA DE ORADA

De harmonia com a deliberação da Câmara Municipal de Borba de 14 de Setembro de 2011, torna-se público que, no dia 06 de Outubro de 2011, pelas 11:00 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, vai proceder-se à adjudicação, em hasta pública, do seguinte Prédio Urbano, sito em Aldeia de Sande, na freguesia de Orada, com as seguintes características: Área

Base de Licitação

Lance mínimo

Uso do prédio

35.000,00 Euros

100,00 Euros

Habitação, comércio e serviços

Coberta: 113,50 m2 Descoberta: 1.806,50 m2

Nota: Se o prédio não for adjudicado no dia anunciado, por falta de interessados, poderá o mesmo ser vendido, em qualquer momento, pelo valor base de licitação, acrescido do valor de um lance não sendo necessário a marcação de nova hasta pública. Para constar se publica o presente edital e outros de igual teor que vão ser afixados nos lugares públicos do costume.

Para conhecimento geral se publica o presente edital e outros de igual teor, que vão ser afixados nos lugares do costume.

Município de Borba, 16 de Setembro de 2011 O Presidente da Câmara Municipal (Dr. Ângelo João Guarda Verdades de Sá)

Borba, 19 de Setembro 2011 O Vice – Presidente (Artur João Rebola Pombeiro)

Praça da República - 7150-249 Borba I Telef.: 268 891 630 I Fax: 268 894 806 I www.cm-borba.pt I gap@cm-borba.pt

Praça da República - 7150-249 Borba I Telef.: 268 891 630 I Fax: 268 894 806 I www.cm-borba.pt I gap@cm-borba.pt


Ano XVII I Nº. 454 I 29 de Setembro de 2011

» Saúde

»

Regresso às aulas/importância do pequeno-almoço

Ocorrências Guarda Nacional R epublicana

» Unidade de Cuidados na Comunidade de Borba Com o regresso às aulas é essencial garantir uma alimentação saudável e equilibrada para os seus filhos, dentro e fora de casa. Para um bom dia começar o pequeno almoço deve tomar. Um pequeno-almoço saudável e equilibrado é fundamental, principalmente para as crianças e adolescentes. Esta refeição deve fornecer nutrientes em quantidades adequadas, de modo a oferecer a criança/adolescente a energia necessária para o desempenho das suas funções, optimizando as capacidades cognitivas e facilitando o processo de aprendizagem. Na plataforma contra a obesidade podemos consultar quatro estratégias para tornar o pequeno-almoço um hábito em sua casa: 1. Seja um modelo Se quer que a sua criança coma o pequeno-almoço, tome-o também!!! 2. Mantenha os alimentos do pequeno-almoço sempre à mão Tenha pelo menos duas porções de cada item que vai servir ao pequeno-almoço (ex: no caso do pão, servir dois tipos de pão diferentes), para tornar o pequeno-almoço mais variado e assim evitar a monotonia. 3. Torne-o fácil Adopte formas de servir o pequeno-almoço que sejam simples e viáveis, de preferência, de modo a que as próprias crianças consigam servir-se sozinhas. Mantenha os alimentos sempre visíveis. 4. Tente o pequeno-almoço na escola Encoraje as crianças que não conseguem tomar o pequenoalmoço em casa a tomarem-no na escola. O importante aqui é a

11

intervenção dos pais na elaboração do pequeno-almoço para se certificarem de que as crianças tomam um pequeno-almoço saudável. Torna-se mais fácil organizar as refeições desde o momento que vai às compras. Leve o seu filho consigo e conheça quais são as suas preferências alimentares, aproveitando para falar com ele e ensinarlhe quais os melhores alimentos para o seu desenvolvimento. A preparação do pequeno-almoço poderá ser feita na noite anterior, para facilitar a azáfama matinal. Se não houver tempo para tomar a refeição antes de sair de casa, esta poderá ser embalada para comer antes de chegar à escola.

É bom relembrar que também a actividade física é necessária para o desenvolvimento da criança e adolescente. Envolver o seu filho e toda a família em actividades, como caminhadas ou fazer corridas, é uma excelente forma de conviver e praticar actividade física. Após estas sugestões, desejamos um óptimo regresso às aulas, com muita energia e excelentes resultados escolares! www.apdietista.pt www.plataformacontraaobesidade.dgs.pt

Ocorrências nos concelhos de Estremoz, Borba, Arraiolos; Mora e Vimieiro. No Período de 12 a 25 de Setembro de 2011. Acidentes de Trânsito – Neste período ocorreram: 2 em Estremoz; 2 em Mora; 2 em Borba; 1 em Pavia; dos quais resultaram danos materiais, 2 feridos ligeiros e 1 vítima mortal. Furtos – Furto em interior de pavilhão industrial de um PT Eléctrico e outros materiais em alumínio, em Borba, no valor de 4.875,00 euros; furto em interior de residência de diversas peças em ouro e outros artigos, em Borba, no valor de 4.530,00 euros; furto em interior de estabelecimento de um televisor, tabaco e outros artigos, em Estremoz, de valor não indicado; furto em propriedade agrícola de candeeiros em cobre, em Pavia, no valor de 150,00 euros; furto de baterias de antenas de telecomunicações, em Arraiolos, de valor não indicado; furto de duas baterias de reguladores de sinais luminosos de trânsito, em Mora, no valor de 1.000,00 euros; furto em interior de veículo de diversos artigos, em Estremoz, de valor não indicado; furto em propriedade agrícola de 600 arrobas de cortiça, em Mora, no valor de 18.000,00 euros; furto de um veículo, em Mora, de valor não indicado; furto em propriedade agrícola de 12.000 kg de lenha, em Vimieiro, no valor de 1.200,00 euros. Outras Denúncias – Posto de Estremoz - 1 crime de ofensas à integridade física simples; Posto de Mora - 1 crime de difamação; Posto de Borba - 1 crime de ofensas à integridade física simples; Posto de Pavia - 1 crime de violência doméstica; Posto de Mora - 1 crime de ofensas à integridade física simples, ameaças e dano; Posto de Mora - 1 crime de burla; Posto de Mora - 1 crime de violência doméstica; Posto de Vimieiro - 1 crime de ofensas à integridade física simples. Detenções - Posto de Borba deteve dois cidadãos portugueses maiores de idade em cumprimento de mandados de prisão emitidos pelos Tribunais. Um dos detidos recolheu ao Estabelecimento prisional para cumprir dias de prisão. O outro foi posto em liberdade após ter cumprido formalidades legais. Posto de Estremoz deteve cidadão português maior de idade por condução de veículo automóvel em estado de embriagues, acusando uma TAS de 2,23 g/l álcool no sangue. Outros – Em Mora suicidou-se por enforcamento indivíduo sexo masculino de 53 anos idade, o corpo foi recolhido para o gabinete médico legal de Évora onde foi autopsiado. Posto de Arraiolos e Posto de Mora levantaram ambos auto de Noticia contra cidadãos portugueses maiores de idade por condução de veículo automóvel sem serem titulares de carta de condução. O Núcleo da Escola Segura deste Destacamento elaborou auto de notícia para Tribunal contra menor por crimes de ameaças, ofensas à integridade física simples e extorsão.

Fabrico de pão, bolos e filhoses Gerência Amorim Raimundo Deolinda Raimundo Av. D. Dinis de Melo e Castro, 17 7150-105 BORBA PORTUGAL e-mail: lamarmores@iol.pt

[PROPRIETÁRIO E EDITOR] MediaBorba - Sociedade de Comunicação Social, Unipessoal, Lda. Rua Fernão Penteado, 20 I 7150-128 Borba I NIPC: 505 680 386 [ADMINISTRAÇÃO E REDACÇÃO] Rua Fernão Penteado, 20 I 7150-128 Borba I Telefone: 268 894 580 I Fax: 268 890 677 [DIRECTOR] David Guégués [COORDENADOR DE REDACÇÃO] João Oliveira [RESPONSÁVEL DE MARKETING E PUBLICIDADE] Cristina Espanhol [REDACÇÃO] Benjamim Espiguinha, João Oliveira, Joaquim Trincheiras, Luís Capitão e André Canoa [COLABORADORES] João Azaruja, Manuel Esteves, Tomé Leitão, Joaquim Coimbra, Carlos Bacalhau, Centro de Saúde Borba [PUBLICIDADE] Telefone: 268 894 580 I Fax: 268 890 677 I E-mail: terrasbrancas@net.sapo.pt [TIRAGEM] 3000 Exemplares [REGISTO DE IMPRENSA] n.º 117749 Membro da [DEPOSITO LEGAL] n.º 290807/09 [IMPRESSÃO] FIG-Indústrias Gráficas, S.A. I Rua Adriano Lucas - 3020-265 COIMBRA Telef. 239 499 922 I Fax: 239 499 981 I e-mail: fig@fig.pt

Telef.: Fábrica: Fax: Movil:

268 800 290 268 894 588 268 800 299 917 828 157

Loteamento Industrial de Orada, Lote 9 Tlm: 965 830 591 / 924 195 782 E-mail: princesadoalentejo@gmail.com 7150-270 Orada


Monte Selvagem bate record de visitantes O Monte Selvagem atingiu na passada semana o visitante 80 mil só em 2011. Considerando que o espaço está aberto anualmente de Fevereiro a Outubro, este número é o maior de sempre nos sete anos de vida do Monte Selvagem, que em média recebe cerca de 70/ 80 mil visitas nos nove meses de cada ano. Novos animais (como uma família de macacos saguins, os mais pequenos primatas do mundo ou mesmo a cobra pitão recolhida recentemente), nascimentos também a um nível nunca visto – até ao momento 80 bebés – e novas infraestruturas de lazer, como os escorregas gigantes, são as razões, segundo o Parque, para o aumento de visitas. Desde que abriu, em Maio de 2004, o Monte Selvagem já recebeu mais de 450 mil visitantes, a maioria crianças em grupos escolares e famílias. Sedeado em Montemor-o-Novo, freguesia do Lavre, o parque é um dos destinos turísticos mais procurados na região, detendo uma média anual de mais de 80 mil visitas, que em 2011 deverá superar os 90 mil. Independentemente da sua imagem de lazer, o parque tem como objectivo principal a recolha e alojamento de animais selvagens e a sensibilização

junto do público em geral para as questões ambientais e de conservação da biodiversidade, através do contacto directo com a Natureza. Além da fauna protegida, o Monte Selvagem aloja cangurus, zebras, Iaques, aranhas, iguanas, crocodilos, lémures, jibóias, entre muitos outros,

além de uma Quinta de Animais Domésticos onde todos podem entrar e contactar directamente com os “residentes”, uma farmville ao vivo! Integrado num montado de sobreiros e azinheiras, o espaço inclui uma área com 5 ha de visita pedestre com equipamentos de entretenimento para adultos e crianças e uma zona ampla de 12 ha para um passeio de tractor onde o visitante é guiado até junto de algumas espécies de mamíferos e de aves corredoras que vivem em liberdade, nomeadamente, Lamas, Elandes, Gamos, Avestruzes e Nandus, entre outros.

deste segmento de turismo junto dos portugueses, em crescimento e modernização, o que é um caso único em toda a Europa, graças também ao papel actual da Fundação INATEL”, refere Jorge Mangorrinha, Presidente da Comissão Nacional do Centenário do Turismo em Portugal Em 1975, a FNAT dá origem ao Instituto para o Aproveitamento dos Tempos Livres dos Trabalhadores – INATEL, IP, realçando a qualidade e o prestígio granjeado pela sua actividade numa das áreas mais directamente ligadas à ocupação dos tempos livres dos trabalhadores, no activo ou reformado, e das suas famílias. A Fundação INATEL, instituída em Junho de 2008 como entidade privada de utilidade pública, assume actualmente como missão a gestão da maior rede de Turismo Social do país, com uma oferta moderna e diferenciadora.

Exposição “Etérium – a Viagem, Vida” em Monsaraz O pintor Paulo Teixeira Lopes apresenta até ao dia 21 de Outubro na Igreja de Santiago, na vila medieval de Monsaraz, a exposição “Etérium – a Viagem, Vida”. Esta mostra organizada pelo Município de Reguengos de Monsaraz e integrada no ciclo de exposições Monsaraz Museu Aberto pode ser apreciada todos os dias entre as 10h e as 13h e das 14h às 18h. Paulo Teixeira Lopes, pintor, designer e escritor, apresenta esta exposição em acrílico sobre tela na sequência do seu “desejo firme de voltar a pintar de forma sequencial e ritmada”, em que

Cinema Estremoz - Teatro Bernardim Ribeiro Planeta dos Macacos: A Origem (M/12) 30 de Setembro - 21.30h Realizador: Rupert Wyatt Com: James Franco, Tom Felton, Andy Serkis, John Lithgow, Brian Cox, David Hewlett Redondo – Auditório do Centro Cultural Os Smurfs 3D (M/6) 02 de Outubro – 16.00h Realizador: Rajá Gosnell Com: Neil Patrick Harris, Jayma Mays, Hank Azaria

História da Fundação INATEL em exposição em Évora Os primórdios da Fundação INATEL e o seu contributo para o desenvolvimento do Turismo Social dão o mote à exposição que está patente, até 31 de Dezembro, no Palácio do Barrocal, em Évora, no âmbito das comemorações do centenário do Turismo em Portugal, programa de que o Turismo de Portugal é parceiro. Através de imagens e objetos originais, a mostra recua até 1935, altura em que surgiu em Portugal, pela primeira vez, um apoio à ocupação dos tempos livres dos trabalhadores – a Fundação Nacional para a Alegria no Trabalho (FNAT). A partir desta época, viagens, excursões, colónias balneares e infantis, actividades culturais e desportivas, convívio, rádio e até teatro começaram a fazer parte do quotidiano dos portugueses. “Mais que o pioneirismo da FNAT na criação do Turismo Social em Portugal, há mais de 75 anos, esta exposição sublinha a permanência no tempo

» Agenda

abordou a tela e reencontrou a sua essência. O artista diz que “sempre me intrigou o conhecimento possível do papel que cumprimos aqui, de pés assentes neste bocado de chão. Como muitos outros, não quero aceitar que sou uma chama esvoaçante, sem objectivos definidos, que acende e apaga finalizando o seu ciclo, independentemente de ter dado ou não luz ao mundo. Depois de, durante este meu caminho, ter tocado de leve temas do espírito, filosofias de vida e formas de estar, senti que se formava em mim um ideal de procura e uma forma de ser eu mesmo”.

Redondo – Auditório do Centro Cultural Planeta dos Macacos: A Origem (M/12) 02 de Outubro – 21.30h Realizador: Rupert Wyatt Com: James Franco, Tom Felton, Andy Serkis, John Lithgow, Brian Cox, David Hewlett Estremoz - Teatro Bernardim Ribeiro Cowboys & Aliens (M/12) 07 de Outubro - 21.30h Realizador: Jon Fevreau Com: Daniel Craig, Harrison Ford, Olivia Wilde, Sam Rockwell

Música Estremoz - Big Band Loureiros & Anabela Teatro Bernardim Ribeiro - 01 de Outubro - 21.30h O concerto Anabela & Big Band Loureiros - Ao vivo, é um grandioso espectáculo. Tem como intervenientes a Big Band Loureiros e a incontornável voz do panorama musical português, Anabela. É um espectáculo dinâmico onde serão abordados temas inesquecíveis na memória de todos os portugueses. Borba - Concerto pelo Quarteto de Cordas do Eborae Música Cine-Teatro - 08 de Outubro - 21.30h Borba – Música para Pais e Filhos Cine-teatro - 15 de Outubro - tarde

Teatro Évora - Tempos modernos Sociedade Recreativa e Dramática Eborense - 01 de Outubro - 16.00h Pelo Grupo Cénico da Sociedade Recreativa e Dramática Eborense, encenação de José Saloio.

Exposições Estremoz - Quando a fé sai à rua Museu Municipal Prof. Joaquim Vermelho de 25 de Setembro a 20 de Novembro Pretende o autor, através de uma apresentação fotográfica, registar diversas manifestações da "fé católica" que, utilizando o espaço público, são levadas a efeito por um povo cuja crença se manifesta nos vários acontecimentos, alguns com uma tradição de séculos, que se desenrolam ao longo de cada ano, e que são necessários para a sua sobrevivência espiritual.

Diversos Vila Viçosa - Inauguração do Parque Geriátrico Junto às Piscinas Municipais - 01 de Outubro - 16.30h O Parque foi desenvolvido no âmbito dos CLDS - Contratos Locais de Desenvolvimento Social da Zona dos Mármores.


Terras Brancas n.º 454