Page 1

GUIA DO

TERMALISTA Com este guia, pretendemos facilitar-lhe a sua estadia nas Termas de S. Pedro do Sul, dando-lhe conhecimento do funcionamento geral da nossa estância termal.

CO N S U LT E E M FORMATO DIGITAL


GUIA DO TERMALISTA

2

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL

BEM-VINDO ÀS TERMAS DE S. PEDRO DO SUL Temos disponíveis dois edifícios: o Balneário Rainha D. Amélia (termalismo clássico e bem-estar termal) e o Balneário D. Afonso Henriques (termalismo clássico, bem-estar e fisioterapia). Uma vez que a cura termal está disponível nos dois balneários, deverá manifestar a sua preferência no momento da abertura/atualização dos dados do seu processo clínico ou no ato da compra e marcação dos seus tratamentos.


GUIA DO TERMALISTA

04

3

05 INFORMAÇÕES

07

06

PROCEDIMENTOS

08

CONTRAINDICAÇÕES TERAPÊUTICAS

11

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL

INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS

10

BENEFÍCIOS

12

CONSULTA MÉDICA

PROCESSO CLÍNICO

14

COMPRA E MARCAÇÃO DE

DURANTE E APÓS OS TRATAMENTOS

TRATAMENTOS

16

17

RECOMENDAÇÕES

20 BEM-ESTAR TERMAL

18 RECIBO

22

REEMBOLSOS

24 ANIMAÇÃO TERMAL

DERMOCOSMÉTICA


GUIA DO TERMALISTA

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO ANUAL Segunda-feira a Domingo durante todo o ano.* Nota: Os horários dos tratamentos variam de acordo com a época termal. *O funcionamento poderá ser condicionado em alguns feriados

4

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL

As Termas de S. Pedro do Sul localizam-se no coração da região de Lafões, na margem esquerda do rio Vouga. São dotadas de uma estrutura paisagística e patrimonial notáveis, equidistantes do centro urbano de S. Pedro do Sul e de Vouzela, a cerca de 3km destas e distando 30 km de Viseu.

(+351)

232 720 300

www.termas-spsul.com

geral@termas-spsul.com

facebook.com/termassps

instagram/termassps

vimeo/termassps

TERMALISTUR E.M.,S.A. Praça Dr. António José de Almeida, 3660-692 Várzea, S. Pedro do Sul


GUIA DO TERMALISTA

5

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL

PROCEDIMENTOS CURA TERMAL / FISIOTERAPIA

1

2

3

Marcação da consulta médica

Chegada às Termas de S. Pedro do Sul

Ida à consulta médica

4

5

6

Compra e marcação dos tratamentos

Realização dos tratamentos

Pedido de emissão do recibo


GUIA DO TERMALISTA

6

INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS Afeções do foro reumatológico e musculo-esquelético

Afeções das vias respiratórias

Doença osteoartrosica, reumatismo degenerativo, artrite reumatoide, espondilite anquilosante, reumatismo gotoso, outros síndromes reumatismais.

Sinusite, laringite, rinite alérgica, asma, bronquite crónica, DPOC, enfisema pulmonar, bronquiectasias

Medicina física e de reabilitação Afeções do foro neurológico ortotraumático, reumatológico e cardiorrespiratório e também lesões desportivas

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL


GUIA DO TERMALISTA

7

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL

CONTRAINDICAÇÕES TERAPÊUTICAS Afeções agudas de qualquer etiologia

Insuficiências cardíacas, renais, hepáticas ou outras, descompensadas

Afeções tumorais malignas evolutivas

Doenças infeto-contagiosas

Afeções psiquiátricas severas

Gravidez

Outras condições clínicas específicas, identificadas e avaliadas rigorosamente na consulta médica


GUIA DO TERMALISTA

8

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL

Diminiuição da

DOR

BENEFÍCIOS CURA TERMAL

Verifica-se uma significativa diminuição da dor, uma clara melhoria da mobilidade, a diminuição do consumo de medicamentos e uma conquista progressiva de confiança e autonomia.

Estes benefícios prolongam-se durante vários meses, prova da eficácia da cura termal. Para os prolongar e consolidar, um crescente número de termalistas repete, regularmente, uma ou duas vezes por ano, conforme os casos, a sua cura termal, devendo respeitar um intervalo de 4 a 6 meses.

Diminiuição do consumo de

MEDICAMENTOS

Melhoria da

MOBILIDADE


GUIA DO TERMALISTA

9

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL

Reabilitação

FÍSICA

BENEFÍCIOS FISIOTERAPIA

A utilização de equipamentos de última geração combinada com as propriedades únicas das águas termais têm sido a chave do sucesso para quem procura cuidados de saú-

de na área da Medicina Física e Reabilitação. Os seus principais benefícios são: alívio da dor, diminuição de processos inflamatórios, melhoria do movimento articular, melhoria da mobilidade global, melhoria da funcionalidade, correção da postura, relaxamento, diminuição do stress e melhoria na qualidade do sono.

Melhoria da

MOBILIDADE

Promoção da

SAÚDE E QUALIDADE DE VIDA


GUIA DO TERMALISTA

10

ABERTURA / ATUALIZAÇÃO DO PROCESSO CLÍNICO Deverá dirigir-se à receção do Balneário D. Afonso Henriques e fazer-se acompanhar dos seus documentos pessoais como: cartão de cidadão, comprovativo de ligação a alguma entidade protocolada (para obtenção de descontos) e cartão de benefeciário de algum subsistema de saúde.

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL


GUIA DO TERMALISTA

11

TERMAS DE S.PEDRO DO SUL

CONSULTA MÉDICA BALNEOTERAPIA E FISIOTERAPIA

• • Realiza-se no Balneário D. Afonso Henriques (informe-se sobre os horários na receção); • Deve fazer-se acompanhar de exames/relatórios médicos e/ou medicação habitual que julgue relevante para uma avaliação clíniÉ obrigatória, por um dos nossos médicos hidrologistas ou fisiatras;

ca o mais precisa possível;

• • Deverá solicitar ao clínico a declaração médica, caso pretenda o reembolso pelo seu subsistema de saúde; • No que diz respeito à cura termal, poderá beneficiar, gratuitamente, de mais 2 consultas de acompanhamento, no mesmo ano

Ser-lhe-á feito o diagnóstico e prescritos os tratamentos adequados;

civil, desde que relacionadas com os tratamentos termais prescritos;

No que se refere à fisioterapia, e dada a especificidade dos seus tratamentos, a consulta médica e respetiva prescrição são válidas por um período de 90 dias.


GUIA DO TERMALISTA

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL

12

COMPRA E MARCAÇÃO DOS TRATAMENTOS

Deverá dirigir-se ao balneário que escolher para a realização dos seus tratamentos de cura termal (Fisioterapia só no Balneário D. Afonso Henriques).

Deverá informar-se sobre os protocolos de desconto celebrados com as diversas entidades; Caso tenha ligação a alguma das entidades protocoladas, deverá apresentar o respetivo comprovativo antes da compra, uma vez que, posteriormente, não haverá lugar a reembolso;

Cada tratamento tem um preço definido em função do balneário e da época que escolher para a sua realização. Para melhor se esclarecer a este respeito, poderá consultar a nossa tabela de preços;

A compra e marcação dos seus tratamentos será feita de acordo com os horários pretendidos e/ou disponíveis, sendo que o seu não cumprimento implica a remarcação para dia e hora possíveis;

No caso da cura termal, a consulta médica, bem como a inscrição, pagas juntamente com os tratamentos, são válidas durante o ano civil;

Caso tenha prescritos tratamentos às vias respiratórias, terá que adquirir o kit individual com o equipamento necessário para a realização dos mesmos e que servirá, caso não se verifiquem alterações nos tratamentos prescritos, para as outras épocas.


GUIA DO TERMALISTA

TERMAS DE S.PEDRO DO SUL

13

O Balneário Rainha D.ª Amélia apre•senta-se, cada vez mais, como a alternativa clássica de requinte e charme das Termas de S. Pedro do Sul. Agora, ainda mais sedutor e confortável, o Balneário Rainha D.ª Amélia oferece um ambiente de bem-estar termal, com tratamento personalizado de alto nível.

O Balneário D. Afonso Henriques foi alvo de uma intervenção profunda de remodelação e ampliação. Constituído por três pisos, acolhe os serviços de termalismo clássico, de medicina física e de reabilitação e de bem-estar termal.


GUIA DO TERMALISTA

14

DURANTE E APÓS OS TRATAMENTOS Deverá comparecer no balneário 10 minutos antes da hora de início do primeiro tratamento do dia, tendo em sua posse a prescrição médica.

No caso de tratamentos às vias respiratórias, apenas necessita do seu kit com os respetivos aparelhos. No Balneário Rainha D. Amélia, o mesmo pode ser guardado, nas instalações, até ao último dia de tratamentos, altura em que deve ser levada pelo utente. No caso de Balneário D. Afonso Henriques existem cacifos para aluguer, permitindo a guarda destes ou outros pertences.

- Deverá ser portador de fato de banho / calções, touca e de uma moeda de 0,50€ para uso do cacifo (esta moeda ser-lhe-á devolvida no final de cada dia). No Balneário Rainha D. Amélia não é necessária a moeda.

Ser-lhe-ão fornecidos, diariamente, roupão, toalha e chinelos (embora seja possível a utilização dos próprios chinelos devidamente higienizados, caso o deseje) que não poderão ser levados para fora da zona de tratamentos e terão que ser, obrigatoriamente, devolvidos no final de cada sessão.

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL


GUIA DO TERMALISTA

Não é permitido o uso de bijuterias e maquilhagem durante os tratamentos.

É obrigatório o duche higiénico antes da entrada nas piscinas.

-- Caminhe com precaução nas zonas húmidas.

Não transporte géneros alimentares para dentro das zonas de tratamentos. Existem máquinas de água (gratuitas) distribuídas pelos balneários.

15

Não nos responsabilizamos pela perda, dano ou furto de objetos pessoais ou valores. Caso pretenda, poderá alugar um cofre disponível para o efeito (disponível apenas no Balneário D. Afonso Henriques).

Não fotografe ou filme dentro dos edifícios sem autorização prévia.

Não perturbe a ordem e a tranquilidade dos outros utentes.

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL

Sempre que necessário, solicite a ajuda de um colaborador.

Após terminar o período diário de tratamentos, faça um período de arrefecimento (15 minutos), nas salas de clinoestatismo/repouso existentes no balneário.


GUIA DO TERMALISTA

16

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL

RECOMENDAÇÕES Durante a sua cura termal, e no sentido de não impedir o beneficio dos tratamentos, deverá respeitar as seguintes recomendações:

Fazer uma alimentação cuidada e evitar a ingestão de bebidas frias

Manter-se agasalhado e evitar choques térmicos, assim como evitar esforços físicos violentos

Não contactar diretamente com águas muito frias

Evitar banhos de mar, rio e piscinas após terminar os tratamentos


GUIA DO TERMALISTA

17

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL

FATURA(S) ENTREGUE(S) NO MOMENTO DA AQUISIÇÃO DO(S) TRATAMENTO(S) Deverá solicitar a emissão do seu recibo no penúltimo ou último dia de tratamentos. O mesmo não poderá ser emitido no momento da aquisição dos tratamentos, uma vez que depois da sua emissão não é possível efetuar alterações à(s) fatura(s).

RECIBO

No caso de ser beneficiário de algum subsistema de saúde (ADSE, ADM, etc.) informe-se com a respetiva entidade sobre a documentação a enviar para efeitos de comparticipação, sendo que normalmente, os documentos exigidos são os descritos nos circulos laterais.

NOTA(S) DE CRÉDITO, CASO TENHAM EXISTIDO E RESPETIVO RECIBO

DECLARAÇÃO MÉDICA


GUIA DO TERMALISTA

18

REEMBOLSOS Os reembolsos só se efetuam em situações fundamentadas pelo médico, o que implica suspensão do(s) tratamento(s) pelo mesmo. Os pedidos de reembolso por outros motivos que não os de ordem médica, estão condicionados à autorização da administração. Os reembolsos normalmente são efetuados em dinheiro, pelo que, se não existir dinheiro disponível na tesouraria em tempo útil da estadia do utente na estância termal, o mesmo ser-lhe-á enviado, por cheque, para a sua morada.

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL


GUIA DO TERMALISTA

19

TERMAS DE S.PEDRO DO SUL


GUIA DO TERMALISTA

20

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL

AQVA & momentos

AQVA & rosto / corpo

AQVA & assinatura

SERVIÇO DE

BEM-ESTAR


GUIA DO TERMALISTA

21

Temos, ainda, disponível, um vasto leque de tratamentos de bem-estar, para quem está de passagem, de fim de semana ou de férias e pretende ter uma primeira experiência termal ou simplesmente relaxar um pouco. Não é necessária a realização de consulta médica, sendo, no entanto, necessário assegurar que não apresenta nenhuma condição de saúde que impeça o usufruto destes serviços. Informe-se sobre os programas disponíveis e condições nas receções dos balneários.

Relaxante

Purificante

Equilíbrio

TERMAS DE S.PEDRO DO SUL


GUIA DO TERMALISTA

ANIMAÇÃO TERMAL A Organização Mundial da Saúde (OMS) define a saúde como sendo o estado de completo bem-estar físico, mental e social. Ou seja, o conceito de saúde transcende a ausência de doenças e afeções. Tendo isto em mente, as Termas de S. Pedro do Sul têm ao dispor dos aquistas, e do público em geral, um programa de Animação Termal, mensalmente pensado, com atividades de lazer e descontração diárias, que compreendem situações lúdicas, culturais e desportivas variadas que se dividem pelas várias partes do dia, de modo a preencher os espaços mortos da estadia dos utentes. Pode solicitar o programa disponível em qualquer uma das receções dos balneários, devendo, no entanto, consultar as atividades diárias afixadas nos placards na entrada dos dois edifícios, dado este poder estar sujeito a alterações.

22

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL


GUIA DO TERMALISTA

23

CLUBE AFONSINHO E AMELINHA Porque as novas gerações representam o futuro, as Termas de S. Pedro do Sul criaram um novo espaço dedicado ao público infanto juvenil: o “Clube Afonsinho e Amelinha”. Este espaço, localizado no Balneário D. Afonso Henriques, destina-se à aprendizagem, diversão, entretenimento e relacionamento social das crianças e jovens, estando a realizar tratamentos termais ou sendo acompanhantes de aquistas. Durante o seu funcionamento, decorrem diferentes atividades para ocupação dos tempos livres, possibilitando assim que os pais/avós possam realizar tranquilamente os seus tratamentos termais enquanto os mais novos se divertem na companhia das nossas mascotes (o Afonsinho, um alegre e saltitante sapo e a Amelinha, uma fêmea castor muito esperta e vaidosa) e da nossa equipa.

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL


GUIA DO TERMALISTA

24

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL

LINHA HIDRATANTE

LINHA ANTIENVELHECIMENTO

AQVA PRODUTOS FUTUROS


GUIA DO TERMALISTA

25

DERMOCOSMÉTICOS AQVA A água termal de S. Pedro do Sul tem sido utilizada pelas suas propriedades terapêuticas e de bem-estar há mais de 2000 anos. Em 2014, e depois de comprovadas as suas excelentes propriedades cutâneas (hidratante e anti irritante bem como suavizante e refrescante), deu origem à marca AQVA - Termas de S. Pedro do Sul Dermocosméticos, uma inovadora marca 100% nacional constituída por produtos com elevada percentagem de água termal na sua composição. Contando já com diferentes linhas de produtos, todos são formulados por profissionais de saúde, testados dermatologicamente, hipoalergénicos e têm eficácia comprovada.

TERMAS DE S. PEDRO DO SUL


A promover saúde e bem-estar

CUIDE DA SUA

SAÚDE

Se persistirem dúvidas ou necessitar de alguma informação adicional que não se encontre aqui contemplada, não hesite em dirigir-se à receção de qualquer um dos edifícios para as esclarecer.

Guia do termalista  

Termas de S. Pedro do Sul

Guia do termalista  

Termas de S. Pedro do Sul

Advertisement