Page 27

precisamente o contrário. Assim, há que ir dando uma no cravo, outra na ferradura, tendo sempre em vista uma solução de compromisso.

Cabendo também ao professor ajudar os alunos a alcançar um determinado grau de accuracy por intermédio da fluência, evidentemente que nem sempre se pode descurar a correcção, a qual deve assumir a forma de informação ou feedback do inglês padrão, que sirva de apoio à aprendizagem em curso.

Sendo outra das missões do professor a de melhorar e desenvolver a fluência dos alunos, às vezes é melhor nem corrigir, especialmente quando se está a dar atenção ao que eles têm para dizer e não à forma como o estão a dizer. É sabido que quando falamos, quanto mais atenção damos ao conteúdo, menos damos à forma; e vice-versa.

Concordo inteiramente com Edge quando diz que aprender uma língua estrangeira é aprender a comunicar nessa língua. Por isso mesmo, tento pôr os alunos a comunicar o máximo possível, dando-lhes sempre tempo para pensar, tentando não os pressionar, e, acima de tudo, não os corrigindo, excepto quando há um bloqueio, uma grande confusão ou uma total ausência de comunicação.

Há pouco tempo, num noticiário, deparei com uma destas situações confusas. Uma jugoslava dizia, a propósito dos bombardeamentos que se verificavam no momento da filmagem: 'I was very afraid now.' E várias vezes utilizou was com now. Não fosse o contexto envolvente e as reacções espontâneas dela durante a filmagem, ficáva sem perceber que ela estava realmente a referir-se ao momento em que falava e não a umas horas antes, em que tinha vivido a mesma experiência.

O mesmo tipo de situação pode acontecer e acontece com frequência numa aula. Assim, sempre que o contexto não é claro ou se torna mesmo confuso, há que interromper para descodificar tudo, nem que para isso seja necessário recorrer ao portugês. Mas uma vez desfeita a confusão, há que retomar o inglês.

26

Reflexões sobre a problemática do erro  

Trabalho pesquisado e escrito em 1995, mas só agora (Out10) publicado por mim

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you