Page 1

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMテグS PASSOS

ESCOLAS DE CUSTOIAS

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - 2012/2013


ÍNDICE: INTRODUÇÃO

PÁGINA 2

NOTA DA DIREÇÃO DO AGRUPAMENTO

PÁGINA 2

MISSÃO, VISÃO

PÁGINA 3

OBJETIVOS / METAS PRIORITÁRIAS / INTERVENIENTES

PÁGINA 3

METAS PRIORITÁRIAS / ATIVIDADES ESTRATÉGICAS /ATIVIDADES / AÇÕES / RESPONSÁVEIS / METAS TEMPORAIS

PÁGINA 5

MAPA DAS ATIVIDADES

PÁGINA 6

a)

ATIVIDADES DOS ÓRGÃOS DE GESTÃO DO AGRUPAMENTO

PÁGINA 6

b)

ATIVIDADES DE ÂMBITO CURRICULAR

PÁGINA 8

c)

ATIVIDADES ORGANIZATIVAS E DO FUNCIONAMENTO DAS TURMAS

PÁGINA 10

d)

ATIVIDADES DOS PROJETOS E CLUBES

PÁGINA 11

e)

ATIVIDADES DOS SERVIÇOS TÉCNICOS-PEDAGÓGICOS

PÁGINA 12

f)

ATIVIDADES PROMOTORAS DAS RELAÇÕES ESCOLA-FAMÍLIA

PÁGINA 14

g)

DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL E FORMAÇÃO – PESSOAL DOCENTE E NÃO DOCENTE

PÁGINA 15

h)

ATIVIDADES DE MONITORIZAÇÃO E DE AUTOAVALIAÇÃO

PÁGINA 16

PLANIFICAÇÃO, ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO

PÁGINA 16

NOTA FINAL

PÁGINA 17

ANEXOS

1 de 17

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMÃOS PASSOS – Escolas de Custoias  PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013


1. INTRODUÇÃO O Agrupamento de escolas Irmãos Passos foi constituído em 4 de julho de 2012, resultando da agregação do Agrupamento de Escolas Irmãos Passos em Guifões e do Agrupamento de Escolas de Custoias. Cada um dos agrupamentos tinha o seu plano de atividades, embora elaborados com diferentes perspetivas. Assim, entendeu-se que neste ano de transição, cada um iria manter a sua forma específica embora se fosse tentar articular as atividades na medida do possível. Para a elaboração do Plano Anual do Atividades do novo agrupamento será constituída uma equipa com elementos de ambos os agrupamentos anteriores (Custoias e Guifões). 2. NOTA DA DIREÇÃO As escolas são estabelecimentos aos quais está confiada uma missão de serviço público, que consiste em dotar todos e cada um dos cidadãos das competências e conhecimentos que lhes permitam explorar plenamente as suas capacidades, integrar-se ativamente na sociedade e dar um contributo para a vida económica, social e cultural do País. Para responder a essa missão em condições de qualidade e equidade e de uma forma eficaz e eficiente, a escola deve apurar a sua forma de organização e de funcionamento. O plano de atividades, tendo por referência o Projeto Educativo, tem também em atenção as considerações da última avaliação externa e as preocupações decorrentes da reflexão sobre os resultados da avaliação interna dos alunos. Numa procura constante para tornar o Plano de Atividades cada vez mais um instrumento de planeamento e de estratégia desenvolveram-se importantes discussões e reflexões em sede de Conselho Pedagógico que levaram à opção por um documento que formule claramente as metas prioritárias, que defina as atividades estratégicas e que identifique os responsáveis pela sua implementação. O plano proposto partindo dos objetivos estratégicos definidos no Projeto Educativo, aponta quatro grandes metas prioritárias que pensamos sintetizar e corporizar as respostas aos problemas e constrangimentos que têm sido consensualmente identificados. Seguidamente elenca-se para cada uma das metas definidas uma atividade estratégica abrangente. É partindo desta sequência lógica e assumindo que todos são necessários para a construção do imenso desafio que nos é lançado, que propomos a participação e o envolvimento determinado dos diferentes setores da comunidade educativa. A procura do verdadeiro sucesso educativo dos alunos, nas suas diferentes componentes, pressupõe que para todas as turmas sejam elaborados e desenvolvidos Planos de Atividades rigorosos na respetiva caracterização, exigentes e ambiciosos na definição das suas metas e claros e consistentes na definição das estratégias e atividades a realizar pois só assim responderão de forma cabal à especificidade e diversidade dos alunos a que se destinam. Aos órgãos de gestão, às estruturas de orientação educativa e a todos os serviços e restantes estruturas competirá de uma forma articulada e coerente, no respeito pela estrutura concetual proposta, dar resposta às ações que concretizam as suas competências e responsabilidades no sentido da maximização das potencialidades e das oportunidades e reduzindo os estrangulamentos e as ameaças. Pretende-se, portanto, uma atuação concertada entre todos os intervenientes no sentido de garantir um conjunto de atividades que efetivamente respondam às necessidades identificadas e claramente orientadas para a melhoria da organização e para a obtenção da melhoria do sucesso educativo. 2 de 17

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMÃOS PASSOS – Escolas de Custoias  PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013


Numa perspetiva de maior clareza e simplicidade de consulta, o plano proposto para 2012/2013 incluirá as atividades dos órgãos de gestão, das estruturas de gestão intermédia, dos serviços pedagógicos e ainda dos projetos e clubes. Quanto às atividades dos “Planos de Atividades das Turmas”, integrando naturalmente o plano de atividades, não são referidas explicitamente neste documento, dado que são objeto de referência pormenorizada nos documentos de suporte do projeto das turmas. 3. MISSÃO, VISÃO Reportando-nos ao Projeto Educativo, assumimos que a Missão fundamental da escola é a de formar cidadãos livres mas responsáveis, promovendo o progresso de todos os alunos nos vários parâmetros do seu rendimento, assegurando que cada um consegue o maior sucesso possível e continua a melhorar de ano para ano. A Visão que temos do ensino e da escola permite-nos pensar que, num futuro próximo, seremos reconhecidos como instituição de referência no desenvolvimento da qualidade de ensino em contextos pouco favoráveis. Queremos:  Uma Escola aberta à inovação, onde os professores se assumam como agentes de mudança, adotando práticas inovadoras na sua atividade profissional;  Uma Escola como espaço cívico por excelência, onde os alunos possam construir um sistema pessoal de normas e valores, bem como a aquisição de atitudes, conhecimentos e capacidades;  Uma Escola com uma cultura de trabalho, tolerância e aprendizagem, que estimule a aprendizagem ao longo da vida e a capacidade do trabalho cooperativo;  Uma Escola inclusiva, capaz de integrar todos os alunos e em que a diferença seja a normalidade;  Uma Escola aberta à comunidade, favorecendo a ligação às dinâmicas sociais envolventes, bem como a abertura à cooperação com outras instituições, a começar pelos pais e educadores;  Uma Escola atenta ao meio envolvente, que valorize o património artístico e cultural. Decorrendo destes pressupostos, definimos os objetivos a atingir. Queremos que o Plano de Atividades seja um documento estruturante que, em articulação com os restantes instrumentos da autonomia, permita uma melhor definição e acompanhamento do ciclo de gestão anual. Nele estão discriminados: os objetivos, as metas prioritárias, os intervenientes, as atividades estratégicas e a respetiva calendarização. 4. OBJETIVOS / METAS PRIORITÁRIAS / INTERVENIENTES Partindo, como já foi referido, dos pressupostos prescritos no Projeto Educativo, das conclusões constantes no Relatório da Avaliação Externa e do resultado dos processos de autoavaliação (formais e informais) realizados, podemos elaborar as seguintes considerações:  Os alunos continuam a apresentar grandes dificuldades em assumir posturas e comportamentos adequados ao correto desenvolvimento do processo de ensino e de aprendizagem;  Continuamos a assistir a elevados níveis de insucesso, em diversas disciplinas;  Assumimos dificuldades acrescidas para resolver o problema da monitorização formal e acompanhamento das práticas letivas;  As competências e funções das diferentes estruturas de orientação educativa não estão claras para todos;  Ainda não foi possível concretizar os planos de segurança em todas as escolas; 3 de 17

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMÃOS PASSOS – Escolas de Custoias  PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013


 A informação e a formação são condições essenciais para uma melhor participação dos alunos e dos encarregados de educação;  A prática sistemática da autoavaliação é uma realidade ainda embrionária. Perante tais considerações, definimos as seguintes metas prioritárias: OBJETIVOS

METAS PRIORITÁRIAS

Promover a formação integral dos alunos

Aumentar o sucesso escolar

Estimular atitudes e comportamentos dos alunos respeitadores das regras de convivência e promotoras da sua formação integral.

Melhorar a articulação entre órgãos e estruturas

Melhorar os resultados escolares dos alunos

Melhorar a segurança e qualidade de vida na escola

Clarificar as funções que competem a cada órgão e estrutura do Agrupamento e melhorar a sua articulação e coordenação

Direção

D. Pré-Escolar / D. 1ºCiclo D. Línguas e Culturas / D. Ciências Hum. Sociais / D. Ciência / D. Expressões Coord. Doc. Titulares Turma Coord. de Diretores de Turma Coordenação de projetos Equipa autoavaliação Serviços técnico-pedagógicos: - Educação Especial - Serviço Psic. e Orientação; - Bibliotecas Escolares. Outros serviços Delegados de Turma Pais Representantes de Turma Associação de Pais

Aprofundar a ligação entre a escola a família e o meio Melhorar a qualidade da organização. Perseguir caminhos de excelência

4 de 17

INTERVENIENTES

Alunos Docentes Não Docentes Pais e Enc. Educação

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMÃOS PASSOS – Escolas de Custoias  PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013


5. METAS PRIORITÁRIAS / ATIVIDADES ESTRATÉGICAS

METAS PRIORITÁRIAS

ATIVIDADE ESTRATÉGICA

Estimular atitudes e comportamentos dos alunos respeitadores das regras de  - Implementação de um “Código de Conduta” e de atividades convivência e promotoras da sua formação integral. promotoras de boas práticas de convivência.

 - Implementação do projeto “Mais Sucesso”

Melhorar os resultados escolares dos alunos

Melhorar a coordenação e a articulação entre as estruturas de orientação educativa

Implementação de um modelo de funcionamento das estruturas que promova a competência técnica, a eficácia e a eficiência no exercício das suas funções

Melhorar a qualidade da organização

 - Implementação do processo de autoavaliação

5 de 17

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMÃOS PASSOS – Escolas de Custoias  PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013


6. MAPA DAS ATIVIDADES a.

ATIVIDADES DOS ÓRGÃOS DE GESTÃO DO AGRUPAMENTO

Atividade Estratégica

①②③④

①②③④

6 de 17

Ações Conselho Geral: Cumprir as competências prevista no DL n.º 75/2008, nomeadamente:  - Aprovação do plano anual de atividades;  - Apreciação dos relatórios periódicos de execução do plano anual de atividades;  - Definição das linhas orientadoras de elaboração do orçamento;  - Aprovação do relatório de contas de gerência;  - Acompanhamento da ação dos demais órgãos de administração e gestão;  - Acompanhamento e avaliação da execução do projeto educativo;  - Apreciação dos resultados do processo de autoavaliação;  - Aprovação do relatório final de execução do plano anual de atividades;  - Apreciação dos critérios de organização dos horários;  - Definição das linhas orientadoras da ação social escolar. Direção: Cumprir as competências prevista no DL n.º 75/2008, nomeadamente:  - Elaboração do plano anual de atividades;  - Aprovação do plano de formação do pessoal docente e não docente;  - Estabelecimento de parcerias e protocolos;  - Gestão Pedagógica e Administrativa do setor de Alunos – matrículas, transferências, equivalências, currículo e cursos;  - Exercício do poder disciplinar em relação aos alunos;  - Constituição de turmas e elaboração de horários;  - Supervisão dos Apoios Educativos;  - Coordenação do Serviço de Exames;  - Coordenação da Ação Social Escolar e gestão dos apoios socioeducativos;  - Distribuição de serviço docente e não docente e elaboração de horários;  - Gestão de faltas, férias e licenças, formação e tutela disciplinar, seleção e recrutamento do pessoal docente e não docente;  - Avaliação de desempenho do pessoal docente e não docente, nos termos legais aplicáveis;  - Supervisão de Projetos, Clubes, Desporto Escolar, Visitas de Estudo e Atividades de Complemento Educativo;  - Supervisão da gestão dos currículos, dos programas e das atividades em articulação com o Conselho Pedagógico  - Orientação e acompanhamento dos alunos e supervisão dos PAT e da avaliação das aprendizagens dos alunos

Elementos

Periodicidade ou

Responsável

envolvidos

Data de realização

Membros do Conselho

Comunidade

Geral

educativa

Órgão de gestão

Comunidade educativa

Reuniões trimestrais (datas a definir)

Ao longo do ano

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMÃOS PASSOS – Escolas de Custoias  PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013


①②③④

7 de 17

 - Gestão dos tempos escolares;  - Gestão do sistema de informação (mapas estatísticos, questionários, aplicações e relatórios)  - Organização dos serviços;  - Gestão de espaços e instalações e equipamentos;  - Aquisição e manutenção de materiais pedagógicos;  - Coordenação da segurança;  - Representação da escola; Conselho Pedagógico: Cumprir as competências prevista no DL n.º 75/2008, nomeadamente:  - Apresentação de propostas para a elaboração do plano anual de actividades;  - Apresentação de propostas e pareceres sobre o plano de formação e de atualização do pessoal docente e não docente;  - Definição de critérios gerais nos domínios da informação e orientação escolar vocacional do acompanhamento pedagógico e da avaliação dos alunos;  - Definição de princípios gerais nos domínios da articulação e diversificação curricular e dos apoios e complementos educativos;  - Adoção dos manuais escolares, ouvidos os departamentos curriculares;  - Apresentação de propostas no âmbito do desenvolvimento de experiências de inovação pedagógica e de formação;  - Promoção e apoio de iniciativas de natureza formativa e cultural;  - Definição dos critérios gerais a que deve obedecer a elaboração de horários;  - Definição dos requisitos para a contratação de pessoal docente e não docente;  - Acompanhamento do processo de avaliação de desempenho docente.

Membros do Conselho

Comunidade

Pedagógico

educativa

Ao longo do ano

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMÃOS PASSOS – Escolas de Custoias  PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013


b. ATIVIDADES DE ÂMBITO CURRICULAR Atividade Estratégica

①②

8 de 17

Ações Ensino e aprendizagem (na sala de aula): Planeamento e trabalho conjunto relativo ao desenvolvimento do ensino e da aprendizagem (concepção, organização, acompanhamento e avaliação das actividades da sala de aula):  - Preparação e organização das atividades letivas;  - Realização das atividades letivas;  - Relação pedagógica com os alunos;  - Avaliação das aprendizagens dos alunos Programas e projectos institucionais do Agrupamento: Planeamento e trabalho conjunto relativo à implementação, acompanhamento e avaliação de programas e projetos assumidos institucionalmente pelo Agrupamento:  - Programa de Educação para a Saúde;  - Novos Programas de Português do Ensino Básico;  - Plano Nacional de Leitura;  - Testes intermédios;  - Atividades de Enriquecimento Curricular (1º Ciclo)  - Desporto Escolar;  - Metas de aprendizagem Planos de recuperação, desenvolvimento e acompanhamento (despacho 50 /2005): Planeamento e trabalho conjunto relativo à implementação, acompanhamento e avaliação dos planos de recuperação, acompanhamento e desenvolvimento dos alunos. Apoios e complementos educativos: Planeamento e trabalho conjunto relativo à definição, organização, acompanhamento e avaliação dos apoios educativos, nomeadamente:  - Pedagogia diferenciada na sala de aula;  - Apoio ao desenvolvimento/reforço curricular (todos os alunos da turma);  - Apoio pedagógico acrescido (pequenos grupos);  - Apoio individualizado;  - Programas de tutoria;  - Sala de estudo;  - Outros.

Elementos

Periodicidade ou

envolvidos

Data de realização

Coord. de Departamento Equipas de docentes

Docentes

Ao longo do ano

Coord.de Departamento Coordenador DT/DTT Coord. dos Prog/Projetos Equipas de docentes

Docentes

Ao longo do ano

Coord.de Departamento Coordenador DT/DTT Equipas de docentes

Docentes

Ao longo do ano

Coord.de Departamento Coordenador DT/DTT Equipas de docentes

Docentes

Ao longo do ano

Responsável

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMÃOS PASSOS – Escolas de Custoias  PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013


ACTIVIDADES ÂMBITO CURRICULAR (CONT.) Atividade Estratégica

①②

9 de 17

Ações Supervisão e auto-regulação das práticas letivas:  - Acompanhamento e supervisão das práticas letivas;  - Reflexão e análise dos resultados da avaliação interna;  - Reflexão e análise dos resultados das provas de aferição;  - Reflexão e análise dos resultados dos exames nacionais;  - Organização e aplicação de provas de aferição internas, nas disciplinas que não têm testes Intermédios, nem exames nacionais. Experiências de aprendizagens: (Atividades ou ações já instaladas na vida das escolas de Custoias, comummente reconhecidas como úteis e merecedoras de continuidade ou outras, potencialmente geradoras de ricos momentos de aprendizagem que se entendam desenvolver):  - Comemoração de efemérides e datas festivas;  - Celebrações;  - Dramatizações;  - Exposições;  - Concursos;  - Espaços de divulgação;  - Debates e colóquios;  - Utilização da Plataforma Moodle;  - Utilização do blogue das Bibliotecas;  - Torneios desportivos;  - Visitas de estudo  - Outras. Atividades das áreas curriculares não disciplinares: Planeamento e trabalho conjunto relativo às prioridades, estratégias e metodologias a utilizar no desenvolvimento das Áreas Curriculares Não disciplinares (1º ciclo). Produção de orientações relativas às competências a trabalhar, às metodologias a utilizar e aos resultados a atingir nas diferentes áreas curriculares não disciplinares:  - Estudo Acompanhado, Área de Projeto e Formação Cívica (1º ciclo);  - Desenvolvimento Pessoal (5º e 7º anos)  - Apoio ao Estudo (2º ciclo)

Elementos

Periodicidade ou

envolvidos

Data de realização

Coord. de Departamento Equipas de docentes

Docentes

Ao longo do ano

Equipas de docentes Docentes

Comunidade educativa

Ao longo do ano

Coord.de Departamento Coordenador DT/DTT Equipas de docentes

Docentes

Ao longo do ano

Responsável

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMÃOS PASSOS – Escolas de Custoias  PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013


c.

ATIVIDADES ORGANIZATIVAS E DO FUNCIONAMENTO DAS TURMAS

Atividade

Elementos

Periodicidade ou

envolvidos

Data de realização

Direção /CDTT/CDT

DTT / DT

06 Set.

Direção/CDTT/CDT/DTT/DT

Pais/EE

12,13 e 14 Set.

Coord. dos DTT / DT

DTT / DT

Conforme regimento

Reuniões de Conselho de Turma para preparação do ano letivo

DT

Profs. do CT

07 e 08 Set..

Reuniões de Conselhos de Turma para avaliação dos alunos

DT

Profs. do CT

Final dos períodos

Reuniões do DT/DTT com alunos

DT

Alunos

Reuniões do DT/DTT com Pais/EE

DT/DTT

Pais/EE

Reuniões de docentes da turma com Pais/EE

Docentes

Pais/EE/Docentes

Ações

Estratégica Reunião de Coordenação geral Receção geral aos Pais/EE Conselho de DTT / DT

Elaboração, acompanhamento e avaliação dos PAT

①②

Elaboração, acompanhamento e avaliação dos PEI dos Alunos c/ NEE Preparação, realização e avaliação de iniciativas de carácter cultural, artístico, desportivo, social ou outras envolvendo os alunos e/ou os pais da turma

10 de 17

Responsável

DTT/DT/CT DTT/DT DTT/DT/Docentes

Docentes/Pais/EE SPO / SEE Docentes/Pais/EE SPO / SEE

Sempre que necessário Pelo menos 1x por período Sempre que necessário Sempre que necessário Sempre que necessário

Alunos/Pais/EE

Ao longo do ano

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMÃOS PASSOS – Escolas de Custoias  PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013


d. ATIVIDADES DOS PROJETOS E CLUBES

Atividade

Ações

Estratégica

Responsável

Elementos

Periodicidade ou

envolvidos

Data de realização

Alunos Comunidade Educativa

Ao longo do ano

 - Projeto Educação Afetivo-Sexual “Saber para Ser”  - DECOjovem

①②

 - Traço-a-Traço se constrói  - Clube da Música

Coord. Projetos/Clubes

 - Oficina de Sons e Movimento

11 de 17

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMÃOS PASSOS – Escolas de Custoias  PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013


e.

ATIVIDADES DOS SERVIÇOS TÉCNICOS-PEDAGÓGICOS

Atividade Estratégica

Ações

Responsável

Elementos envolvidos

Periodicidade ou Data de realização

Bibliotecas Escolares Ações a desenvolver tendo por base os 4 domínios do modelo de avaliação das Bibliotecas Escolares (conforme documento em anexo):

①②

 - Apoio ao desenvolvimento curricular  - Leitura e literacia

Profs Bibliotecárias Equipa BE

Alunos Docentes Pais/EE

Ao longo do ano

 - Projetos, parcerias e atividades livres e de abertura à comunidade  - Gestão da BE Serviço de Psicologia e Orientação:  - Contribuir para o desenvolvimento integral dos alunos;  - Participar na definição de estratégias e na aplicação de procedimentos de orientação educativa para o acompanhamento dos alunos;  - Intervir a nível psicológico e psicopedagógico na observação, orientação e apoio dos alunos;  - Participar nos processos de avaliação multidisciplinar e, quando necessário, acompanhar a concretização de Programas Educativos Individuais, em articulação com os

①②

docentes e outros técnicos envolvidos;

Psicóloga

 - Desenvolver programas e ações de orientação vocacional a nível individual e/ou de

Alunos Docentes Pais/EE

Ao longo do ano

grupo;  - Colaborar no levantamento de necessidades da comunidade educativa, tendo em vista a proposta de medidas de apoio adequadas;  - Participar em experiências pedagógicas e/ou em projetos, colaborar em ações de melhoria e em ações de formação do pessoal docente e não docente;  - Colaborar com os órgãos de gestão, nomeadamente na formação de turmas, nos processos de gestão de conflitos e no processo de autoavaliação.

12 de 17

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMÃOS PASSOS – Escolas de Custoias  PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013


Serviço de Educação Especial:  - Contribuir para a criação de condições de adequação do processo educativo às necessidades educativas especiais dos alunos;  - Planear estratégias e atividades visando o apoio personalizado aos ANEE de caráter prolongado;  - Propor os apoios especializados e as adequações do processo de ensino-aprendizagem de que os alunos devem beneficiar, articulando com os diferentes intervenientes, tendo em vista a sua aplicação/viabilidade.  - Identificar as tecnologias de apoio necessárias e apoiar a sua correta utilização;

①②

 - Supervisionar a elaboração, o desenvolvimento e a avaliação dos PEI e dos PIT;  - Elaborar a proposta dos diferentes currículos tendo em conta as características próprias

Docentes EE Direção

Alunos Docentes Pais/EE

Ao longo do ano

dos alunos e os recursos físicos e humanos disponíveis;  - Supervisionar a organização dos Processos Individuais dos Alunos integrados na Educação Especial, garantindo a sua permanente atualização (em colaboração estreita com os Serviços de Administração Escolar)  - Cooperar com outros serviços, nomeadamente na área da saúde e solidariedade e segurança social, de modo a planear as medidas de intervenção adequadas;  - Coadjuvar a Direção do Agrupamento em todos os assuntos relativos à educação especial.

13 de 17

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMÃOS PASSOS – Escolas de Custoias  PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013


f.

ATIVIDADES PROMOTORAS DAS RELAÇÕES DA ESCOLA COM A COMUNIDADE

Atividade Estratégica

Ações  - Reuniões da Direção com a Direção da Associação de Pais  - Participação dos Pais/EE no Conselho Geral  - Participação dos representantes dos Pais/EE nos Conselhos de Turma

Pres. Conselho Geral DT

Direção da Associação Pais/EE Representantes dos Pais/EE Representante dos Pais/EE

Periodicidade ou Data de realização Trimestral Reuniões do CG Sempre que convocados Quando necessário

DTT/DT

Pais/EE

 - Reuniões de final de período

DTT/DT

Pais/EE

Data a definir

 - Atendimento semanal de Pais/EE

DTT/DT

Pais/EE

Horário docente

 - Reunião formal com Pais/EE em caso de previsão de retenção/retenção repetida

DTT/DT

Pais/EE

Final do 3ºP (data a definir)

Direção Assoc. Pais/EE

Pais/EE

Quando oportuno

Conselho de turma Pais represent. turma

Pais/EE

Quando oportuno

Associação de pais/EE Direção

Comunidade escolar

Quando oportuno

Associação de pais/EE Direção

Alunos

Quando oportuno

Associação de pais/EE Direção

Comunidade escolar

Ao longo do ano

Direção/ Coordenação DT Outros elementos

Pais/EE

 - Convívios de professores (Natal e fim de ano)

Coordenação da escola

Docentes/funcionários

 - Jantar solidário de Natal

Coordenação da escola Associação Contacto

Famílias carenciadas da freguesia

promovidas pelo Agrupamento  - Promoção da participação dos Pais/EE no desenvolvimento dos PAT  - Promoção de encontros, debates e conferências sobre temas considerados pertinentes, envolvendo, eventualmente, antigos alunos.  - Promoção de atividades diversas tendentes a melhorar a integração dos alunos na vida escolar (Dramatizações; Escutismo; etc.)  - Promoção da dinamização da Página Web com informações relativas à Associação de Pais/EE  - Formação de pais – temáticas de acordo com as necessidades e a oportunidade

14 de 17

Direção

Elementos envolvidos

 - Contactos e troca de informações informais DTT/DT/Pais/EE

 - Promoção da participação dos Pais/EE nas iniciativas de carácter sócio cultural

①②

Responsável

Novembro, Fevereiro, Maio Natal e Junho de 2013 Natal 2012

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMÃOS PASSOS – Escolas de Custoias  PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013


g. DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL E FORMAÇÃO – PESSOAL DOCENTE E NÃO DOCENTE

Atividade

Ações

Estratégica

Responsável

Elementos

Periodicidade ou

envolvidos

Data de realização

Docentes

Ao longo do ano

Não docentes

Ao longo do ano

Pessoal Docente:  - Intervenção em sede de Comissão Pedagógica do CFAE, tendo em vista contribuir para a implementação pelo CFAE de ações creditadas ajustadas às necessidades dos docentes do Agrupamento.

Direção Conselho Pedagógico

 - Divulgação das ações de formação disponibilizados pelo CFAE.

CFAE

 - Promoção de encontros, debates e/ou conferências sobre temas da educação considerados pertinentes. Pessoal Não Docente:  - Intervenção em sede de Comissão Pedagógica do CFAE, tendo em vista contribuir para a implementação pelo CFAE de ações creditadas ajustadas às necessidades dos não docentes do Agrupamento.

Direção

 - Divulgação das ações de formação disponibilizados pelo CFAE.  - Reuniões de formação por serviço/setores, clarificando conteúdos funcionais, e

Conselho Pedagógico CFAE

competências e definindo regras de funcionamento e procedimentos a cumprir.  - Promoção de encontros, debates e/ou conferências sobre temas da educação considerados pertinentes.

15 de 17

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMÃOS PASSOS – Escolas de Custoias  PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013


h. ACTIVIDADES DE MONITORIZAÇÃO E DE AUTOAVALIAÇÃO

Atividade

Ações

Responsável

Implementar um processo de auto-avaliação sistemático e fiável:  - Definir/Caracterizar as competências das diferentes estruturas de orientação educativa;  - Recolher, tratar e divulgar informação relativa à avaliação dos alunos;  - Recolher, tratar e divulgar informação relativa a atividades desenvolvidas;  - Produção de relatórios trimestrais.

Equipa de Autoavaliação Direcção

Estratégica

Elementos

Periodicidade ou

envolvidos

Data de realização

Comunidade Escolar

Ao longo do ano

7. PLANIFICAÇÃO, ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO Aprovado o Plano de Atividades, a concretização de cada ação/atividade depende de uma cuidada planificação. Competirá aos responsáveis proceder a essa tarefa de uma forma rigorosa e atempada. A planificação de cada atividade deverá ser registada em modelo próprio, criado para o efeito, e referir o porquê da sua realização e os resultados que se esperam atingir. Naturalmente, deve indicar uma previsão do número de alunos envolvidos, a data da concretização, o espaço a utilizar, se não for uma sala comum, e a forma como vai ser avaliada. A realização das atividades implica a utilização de recursos de diversa índole, nomeadamente financeiros, materiais e humanos. Quando a atividade envolve a utilização de recursos financeiros, a proposta de realização deve indicar uma previsão aproximada da verba necessária, tendo em vista analisar a sua viabilidade e as consequentes implicações orçamentais. Por razões de natureza organizativa, para todas as atividades a realizar deverão ser cumpridos os seguintes calendários para a entrega de documentos à Coordenadora do Plano de Atividades.: Entrega da planificação Entrega da avaliação

16 de 17

Atividades a realizar no 1º período letivo

Atividades a realizar no 2º período letivo

Atividades a realizar no 3º período letivo

Outubro de 2012

1º dia do 2º período

1º dia do 3º período

5 dias úteis após o término da atividade

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMÃOS PASSOS – Escolas de Custoias  PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013


Relativamente às atividade no âmbito dos Planos de Atividades das Turmas que, devido à sua natureza, extravasem o espaço físico da sala de aula, nomeadamente saídas da escola, visitas de estudo, ou outras atividades que envolvam recursos financeiros ou utilização de espaços específicos diferenciados devem igualmente ser objeto de planificação, nos termos atrás referidos, mas avaliados no âmbito dos respetivos PAT. Todas as propostas de atividades serão objeto de análise pela direção e quando não autorizadas serão os proponentes informados dos respetivos fundamentos.

8. NOTA FINAL A realidade dos nossos tempos confronta-nos diariamente com cada vez maiores dificuldades a todos os níveis. Acreditamos que os nossos profissionais estarão à altura das exigências e com vontade, esforço e dedicação saberão dar a resposta devida para fazer deste Agrupamento uma instituição à qual nos orgulhamos de pertencer. Custóias, 03 de outubro de 2012 A Direção

Parecer favorável do Conselho Pedagógico de 3 de outubro de 2012

17 de 17

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IRMÃOS PASSOS – Escolas de Custoias  PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2012/2013


PAA 2012/2013  

Documento das escolas de Custoias, contendo as atividades aproadas para o ano letivo de 2012/2013

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you