Issuu on Google+

feirao da caixa.indd 1

06/06/2012 16:41:18


feirao da caixa.indd 2

06/06/2012 16:43:06


feirao da caixa.indd 3

06/06/2012 16:43:11


4

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 4

8ツコ FEIRテグ DA CAIXA

06/06/2012 16:43:14


REVISTA DO

feirao da caixa.indd 5

8ツコ FEIRテグ DA CAIXA

5

06/06/2012 16:43:20


feirao da caixa.indd 6

06/06/2012 16:43:24


feirao da caixa.indd 7

06/06/2012 16:43:28


Canindé Soares

[ SUMÁRIO ]

ESPÍRITO EMPREENDEDOR E EXPERIÊNCIA DE MERCADO

LINHAS DE CRÉDITO HABITACIONAL COM MENOS JUROS

MÓDULO E CEF, UMA RELAÇÃO DE CONFIANÇA

8

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 8

14 16

O CRESCENTE DESENVOLVIMENTO DA ZONA NORTE DE NATAL CASA PRÓPRIA, CADA VEZ MAIS PRÓXIMA

SECOVI: ATUANTE EM TODO O

20

RIO GRANDE DO NOIRTE

32 40 52

8º FEIRÃO DA CAIXA

06/06/2012 16:43:32


Canindé Soares

[ EDITORIAL ]

Ocimar Damásio - Diretor da Negócios Imobiliários

A VIDA PEDE, VOCÊ PODE O FEIRÂO CAIXA DA CASA PRÓPRIA DO RN, pelo terceiro ano sendo realizado no Natal Norte Shopping, chega prometendo ser o mais movimentado dos últimos anos, com a participação de construtoras, incorporadoras, imobiliárias e correspondentes Caixa. A Caixa está trabalhando a melhor taxa de juros do mercado, e aquecendo mais uma vez o setor imobitá trab liário. Estee ano estamo estamos inovando e lançando a REVISTA NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS, edição especial com CAIXA DA CASA PRÓPRIA, mais uma opção para quem visita a feira e vê as m o 8º FEIRÃO CA oportunidade A Revista, distribuída gratuitamente, traz anúncios de empreendimenortunidade que estão presentes. presen tos e matérias relacionadas ao setor imobiliário. A O. S. Comunicação, presente mais uma vez em grande estilo.

Diretor

[ EXPEDIENTE ] PRODUÇÃO DE TEXTOS DIRETOR

Extra C Comunicação

Ocimar Damásio

PROJETO GRÁFICO/DIAGRAMAÇÃO PR

ocimardamasio@terra.com.br

Terceirize Projetos Gráficos

COORDENAÇÃO EDITORIAL

www.terceirize.com

Suyenne Lettieri suyenneldamasio@terra.com.br

FOTÓGRAFO

Antônio Fernandes da Silva Júnior

A Revista Negócios Imobiliários edição 8º Feirão Caixa da Casa Própria, é uma publicação da O. S. Comunicação Editora, Eventos e Marketing Promocional, com distribuição gratuita no 8º Feirão Caixa da Casa Própria. Os conceitos e significados das matérias são de exclusiva responsabilidade de seus autores.

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 9

8º FEIRÃO DA CAIXA

9

06/06/2012 16:43:48


feirao da caixa.indd 10

06/06/2012 16:44:00


feirao da caixa.indd 11

06/06/2012 16:44:05


12

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 12

8ツコ FEIRテグ DA CAIXA

06/06/2012 16:44:09


REVISTA DO

feirao da caixa.indd 13

8ツコ FEIRテグ DA CAIXA

13

06/06/2012 16:44:13


[ CAIO PAIVA EMPREENDIMENTOS ]

Caio Paiva, diretor da Paiva Empreendimentos

ESPÍRITO

EMPREENDEDOR E EXPERIÊNCIA DE MERCADO CRIADA

EM

1994,

A

PAIVA EMPREENDIMENTOS

ESPECIALIZOU-SE NA

CONSTRUÇÃO DE CONDOMÍNIOS HORIZONTAIS E VERTICAIS

14

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 14

8º FEIRÃO DA CAIXA

06/06/2012 16:44:17


Casa, Minha Vida, segundo o diretor da empresa, são construídos em condomínios fechados e residenciais, contendo dois quartos, sendo um suíte, sala, wc, cozinha, área de serviço. Para o diretor da empresa, participar desse programa social é muito mais que um negócio imobiliário, é colaborar com o desenvolvimento da sociedade. “A Paiva sempre se sensibiliza tanto na assinatura do contrato com a Caixa, quanto no momento da entrega da chave, dando êxito pra continuarmos a construir cada vez mais e contribuindo para o crescimento nas cidades cidades”,, finaliza Caio Paiva.

Antônio Júnior

Antônio Júnior

A

pós 18 anos de experiência, a Paiva Empreendimentos, pertencente ao Grupo Paiva, constrói em seis cidades do Rio Grande do Norte – Natal, Caicó, Mossoró, São Gonçalo do Amarante, Extremoz e Parnamirim – e no estado de Mato Grosso, nas cidades de Campo Grande e Corumbá, entrando na história do Brasil e do RN ao participar do maior programa social de habitação já criado no país, e que só no primeiro trimestre de 2012 já movimentou 5 bilhões de reais, quase metade da execução orçamentária do programa nos últimos três anos. De acordo com Caio Paiva, diretor da empresa, o Programa Minha Casa, Minha Vida além de mudar a cara de Natal, elevou o número de construções. “O O programa social administrado basicamente pela Caixaa Econômica vem proporcionando condição para oss construtores e mutuários realizarem seus sonhos: cons-truir e adquirir sua casa nova”, explica o empresário. Dentro do programa social criado pelo Governo o Federal e desenvolvido pela Caixa Econômica Fede-ral, Caio Paiva informa que a Paiva Empreendimen-tos já entregou aproximadamente mil e seiscentoss imóveis. “Fora as unidades entregues, temos 500 em m execução e a meta é chegarmos a 10 mil”, informa o empresário, de olho no mercado que tem como metaa do Governo Federal construir dois milhões de casass até o ano de 2014. Dentre os projetos beneficiados com o programaa social da Caixa Econômica Federal, quatro já foram m concluídos pela empresa e, em breve, serão lança-dos sete novos empreendimentos. “São eles, o Con-domínio Residencial Portal do Mar, Condomínio o Residencial Antônio Aladim, Conjunto Corumbellaa I, Condomínio Residencial Décio Melo, Residenciall Mossoró, Condomínio Residencial West Park e Condomínio Residencial South Park, todos incluídos PMCMV”, destaca Caio Paiva. As características dos imóveis da Paiva Empreendimentos beneficiados pelo Programa Minha

CAIO PAIVA Av. Amintas Barros, 2793 - Lagoa Nova Telefone: (84) 3234-6250

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 15

8º FEIRÃO DA CAIXA

15

06/06/2012 16:44:22


[ CAIXA ECONÔMICA FEDERAL ]

Roberto Sérgio Ribeiro Linhares, Superintendente Regional da Caixa no RN

LINHAS

DE CRÉDITO HABITACIONAL COM MENOS JUROS CAIXA ECONÔMICA FEDERAL APRESENTA MENORES TAXAS E MOVIMENTA O MERCADO DE FINANCIAMENTO HABITACIONAL

16

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 16

8º FEIRÃO DA CAIXA

06/06/2012 16:44:29


Antônio Júnior

N

o Rio Grande do Norte, a demanda de imóveis financiados pela Caixa Econômica Federal é muito volumosa, e de acordo com informações do Superintendente Regional da Caixa no RN, Roberto Sérgio Ribeiro Linhares, a tendência é aumentar ainda mais, devido a queda da taxa de juros que beneficia pessoas físicas e empresas no tocante a crédito mais barato e também a readquirir sua situação de dívida a curto prazo, adequar seus compromissos a sua renda Familiar e aumentar o prazo quando necessário. Uma grande oportunidade de negócio é o 8º Feirão da Caixa Econômica Federal, realizado no Rio Grande do Norte, com localização na zona norte de Natal, envolvendo 45 parceiros, sendo eles construtoras, incorporadoras, imobiliárias e escritórios imoobiliários. Na edição de 2011, foram ofertados maiss de três mil imóveis com preços iniciais de R$ 55 mil ill reais. Assim como em edições anteriores, os imóveiss podem se enquadrar no Programa Minha Casa, a,, Minha Vida ou nas linhas tradicionais de financiaa-mento habitacional, uma vez que o programa do o Governo Federal estipula valores compatíveis a rennda familiar. “Nesse Feirão teremos imóveis paraa todas as faixas de renda, para pessoas com a rendaa acima a três salários mínimos, até imóveis acimaa deste padrão”, reforça Roberto Sérgio Ribeiro Linhaares, no cargo desde 2010. O Programa Minha Casa, Minha Vida é divido em m Faixa I e Faixa II, sendo a I para famílias que possuem m renda familiar de até R$ 1.600,00. Já a Faixa II contemmpla pessoas com renda familiar que vai de R$ 1.600,00 0 até R$ 4.900,00. Quanto maior a renda, menor o subsísídio, que é a parte que o Governo Federal assume pelo o cliente para garantir a sua moradia. Esse subsídio é dee até 17 mil reais na faixa II. Na faixa I, é uma mensalilidade por 10 anos que corresponde a 10% da renda, e fica em torno de R$ 62,00 – os subsídios nesse caso o chegam a ser superior a 95% do imóvel. Os dadoss foram fornecidos pelo Superintendente Regional daa Caixa Econômica sobre as faixas que já beneficiaram m

de 11.500 a 15 mil imóveis em cada uma delas. Segundo Roberto Sérgio Ribeiro Linhares, as construtoras aptas a participarem do Programa Minha Casa, Minha Vida precisam ter a análise de risco aprovada pela CEF e uma capacidade de contratação de imóveis chamada de Valor Potencial de Contratação – VPC –, além de estarem em dia com as obrigações tributárias e financeiras, e serem socialmente e ambientalmente responsáveis. Os imóveis enquadrados no programa de habitação são inseridos de acordo com a faixa de preço, sendo selecionados apenas os melhores projetos. “Os projetos escolhidos precisam ter toda a infraestrutura básica como energia, água, transporte público, saneamento, educação e lazer, enfim toda

inha Vida

Minha Casa, M

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 17

8º FEIRÃO DA CAIXA

17

06/06/2012 16:44:36


Antônio Júnio r

[ CAIXA ECONÔMICA FEDERAL ]

18

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 18

a infra necessária. O Minha Casa, Minha Vida disponibiliza moradia com qualidade e habitabilidade”, destaca Roberto Sérgio Ribeiro Linhares. Sobre o ritmo de entrega dos imóveis do programa, a CEF informa que ocorre de forma normal. Na faixa I, no RN, foram entregues mais de seis mil imóveis este ano e o restante será entregue ate o fim do ano. Salvo os que foram contratados esse ano da faixa I, que somam mais de 1.600 moradias. Hoje, a CEF disponibiliza a assessoria dos Escritórios imobiliários, que são unidades da instituição com a finalidade de tornar mais cômodo as transações para as pessoas que compram imóveis. “Eles providenciam tudo, a Caixa só faz a finalização, mas se o cliente optar pela Caixa, nós também fazemos”, explica o superintendente, informando que em Natal existem 80 correspondentes imobiliários, mas que atuando fortemente apenas uma faixa de trinta e cinco unidades. Antes, com os juros que chegavam à casa dos 2,5% a.m., e em alguns casos até maior, as pessoas já recorriam à linha de crédito, e hoje com a taxa de 1,35% a.m. as oportunidades aumentaram. “A caixa hoje disponibiliza até credito comercial com taxas que começam 0,75 % a.m. para veículos e 0,94% a.m. para capital de giro de empresas. A diferença é significativa”, diz Roberto Sérgio Ribeiro Linhares. Os clientes que possuem imóveis financiados pela CEF não estão possibilitados a financiar outro imóvel na instituição. O que difere neste caso é a origem de recursos para o financiamento. “Por exemplo, se o imóvel foi financiado com recursos do Fundo de Garantia, ele não poderá ter outro financiamento, mas se foi o financiamento como recurso da poupança ou da Caixa, ele pode ter vários financiamentos, dependendo se a renda familiar comporta as prestações”, explica. Sobre as oportunidades de negócio disponíveis no 8º Feirão, Roberto Sérgio Ribeiro Linhares fala que o evento é apenas o pontapé inicial. “Ali, naquele momento do evento, é apenas o início, ele continua depois com aproximadamente 400 milhões de ofertas.

8º FEIRÃO DA CAIXA

06/06/2012 16:44:40


O movimentado Feirão da Caixa

OS

[

PROJETOS ESCOLHIDOS PRECISAM TER R

TODA INFRAESTRUTURA BÁSICA COMO ENERGIA , ÁGUA, TRANSPORTE PÚBLICO, SANEAMENTO, EDUCAÇÃO E LAZER, ENFIM TODA A INFRA NECESSÁRIA.

O

MINHA CASA, MINHA VIDA DISPONIBILIZA MORADIA COM QUALIDADE E HABITABILIDADE

E movimenta muitos negócios”, diz. A dica que o Superintendente Regional da Caixa deixa para as pessoas sobre o atual momento da economia é que os clientes devem aproveitar as taxas de juros reduzidas tanto para o crédito comercial como para o habitacional, trazer o salário para a Caixa e usufruir dos benefícios que a empresa disponibiliza, que normalmente pode chegar até 30 anos ou até 360 meses, na linha de crédito habitacional.

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 19

8º FEIRÃO DA CAIXA

19

06/06/2012 16:44:49


[ MODULO INCORPORAÇÕES E CONSTRUTORA ]

Condomínio de Casas entregues pela Módulo Incorporações e Construtora

MÓDULO E CEF, UMA RELAÇÃO DE CONFIANÇA MÓDULO ASSINA CONTRATO IMPORTANTE COM A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, O QUE DEMONSTRA COMPROMISSO NA ENTREGA DOS EMPREENDIMENTOS E CREDIBILIDADE JUNTO AO BANCO.

20

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 20

8º FEIRÃO DA CAIXA

06/06/2012 16:44:52


r Antônio Júnio

A

Módulo Incorporações e Construções Ltda. atua em Natal desde 1997. Tudo começou com a construção de casas populares, em Parnamirim e, a partir daí, os sócios Carlos Henrique Paiva Fernandes e Marcos José Cunha de Melo não pararam mais. Em seguida, o foco passou a ser apartamentos nas praias de Pirangi e Cotovelo e, atualmente, eles constroem mais apartamentos e casas para a classe média alta. A parceria com a Caixa Econômica Federal já existe desde 1999, como explica o empresário Carlos Henrique. “Temos uma grande parceria com a Caixa em programas associativos, imóveis na planta e em apoio à produção. Recentemente, assinamos um contrato com a CEF de uma grande quantidade de casas financiadas pelo banco, e isso só foi possível porque a Caixa acredita em nossa empresa e sabe que honramos todos os nossos compromissos”, reforça Carlos Henrique. A Módulo entregou diversos empreendimentos assinados com a Caixa Econômica Federal, em Parnamirim, dentre eles: o Residencial Villares, Complexo Natureza, Natureza Flora (com 104 apartamentos entregues), Natureza Mar (com 112 apartamentos entregues), Natureza Terra ( com 124 apartamentos entregues), e o próximo empreendimento da construtora a ser entregue é o Natureza Fauna, com 116 apartamentos, o que totaliza 456 clientes satisfeitos, apenas em Parnamirim. Todos os empreendimentos contam com a parceria do Programa Minha Casa, Minha Vida e venda exclusiva da Aliança Imobiliária. Ainda em parceria com a Caixa Econômica, através do Minha Casa Minha Vida e as prefeituras de Ceará Mirim, São Gonçalo e Macaíba, a Módulo entregou 957 casas, com área de lazer, infraestrutura diferenciada com ruas pavimentadas, sinalizadas e com iluminação pública.

eloo arcccooss JJoossséé Mel ar riqquuuee Paiva e M llooss Henri arlo Car

LANÇAMENTOS H E I T O R VI L L A S L O B O S 2 torres com 36 apartamentos e mais uma cobertura por torre. Situado em Natal, na Rua Rômulo Jorge, em Lagoa Nova. 1ºpavimento: 220m2 2º ao 18º pavimento: 140m2 de área privativa Cobertura:280m2 de área privativa

L U I Z A Q U E I R O Z II Condomínio com 262 casas, parceria com o Programa Minha Casa, Minha Vida. Localizado em São Gonçalo doAmarante, e com obras já iniciadas. Na cidade de Mossoró, a Módulo conta com a parceria da empresa GPI, construtora do grupo, responsável pelo Residencial Rubens Pinto, financiado também pela Caixa Econômica Federal. O empreendimento oferece unidades com 56,62m2 aproximadamente e já está em fase de construção.

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 21

8º FEIRÃO DA CAIXA

21

06/06/2012 16:44:57


feirao da caixa.indd 22

06/06/2012 16:45:12


feirao da caixa.indd 23

06/06/2012 16:45:18


feirao da caixa.indd 24

06/06/2012 16:45:23


feirao da caixa.indd 25

06/06/2012 16:45:27


feirao da caixa.indd 26

06/06/2012 16:45:31


feirao da caixa.indd 27

06/06/2012 16:45:35


feirao da caixa.indd 28

06/06/2012 16:45:39


feirao da caixa.indd 29

06/06/2012 16:45:43


feirao da caixa.indd 30

06/06/2012 16:45:48


feirao da caixa.indd 31

06/06/2012 16:45:51


[ ZONA NORTE - MATÉRIA ]

O CRESCENTE DESENVOLVIMENTO DA

ZONA NORTE DE

NATAL

EMPRESÁRIOS FALAM DA IMPORTÂNCIA DO MAIOR PROGRAMA HABITACIONAL DA HISTÓRIA DO BRASIL

32

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 32

8º FEIRÃO DA CAIXA

06/06/2012 16:45:55


Canindテゥ Soares REVISTA DO

feirao da caixa.indd 33

8ツコ FEIRテグ DA CAIXA

33

06/06/2012 16:45:59


[ ZONA NORTE ]

O

programa habitacional do Governo Federal “Minha Casa, Minha Vida” (MCMV) se transformou em um dos pilares para o desenvolvimento econômico do Brasil, graças ao incentivo da indústria da construção civil, que vai desde a areia, cimento, ferro, mão de obra, transportes, até a comercialização, sem contar no fluxo da moeda, fator que fez o capitalismo brasileiro deslanchar. Com a construção civil ativa, diversos setores da economia são aquecidos, já que é preciso empresas para atender ao novo público que se forma. A Zona Norte de Natal foi uma das regiões da cidade que mais se beneficiou com o programa. Além da infraestrutura, o mercado sinalizou a necessidade e os empresários começaram a investir. Hoje, a Zona Norte conta com agências bancárias, redes de supermercados, grandes lojas e até um dos melhores shoppings de Natal, sem contar com o projeto do Aeroporto de São Gonçalo. O empresário da imobiliária A.S Imóveis, Antônio Sérgio Pereira, conta que resolveu investir na Zona Norte de Natal antes mesmo da implantação do programa. “Acreditei que a região iria se desenvolver pela proximidade que tinha com os bairros mais nobres, sem contar com o facilitador de acesso que foi a ponte Newton Navarro”, lembra. Ele acrescenta que o fim dos dois cartões postais negativos – a ponte velha e o presídio, que hoje é um Centro Cultural, – e a criação da UERN também contribuiu. Depois do novo acesso (a ponte nova) o tráfego reduziu, mas ainda existe congestionamento, fator que Antônio Sérgio associa à falta de infraestrutura de Natal. “Natal é a única capital do Nordeste em que o rico não mora na praia”, lamenta. A explicação do empresário é simples: a praia de Areia Preta é a única faixa de terra em que a classe alta habita. De acordo com Antônio Sérgio, a Redinha não

34

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 34

Antônio Sérgio Pereira

- Diretor da A.S

Imóveis

deveria ser uma praia de veraneio. “A prefeitura e o governo do Estado deveriam investir nessa região, com novas pontes, viadutos, praças, ruas e calçadas, por exemplo. O retorno financeiro viria rapidamente com os impostos”, garante o empresário. Com relação aos investimentos do programa habitacional na Zona Norte, Antônio Sérgio disse que até o momento foram comercializados uma média de duas mil unidades residenciais e que existe o projeto para que este mesmo número se repita até a Copa de 2014. “Mesmo sem o investimento do poder público, o mercado visualiza a aproximação com a cidade. Já existem, inclusive, projetos de condomínios fechados para classe alta, fora do programa”, revela. Ele disse também que já tem construtoras com lançamento de apartamentos de 43m², com custo de 120 mil reais no cora-

8º FEIRÃO DA CAIXA

06/06/2012 16:46:03


Antônio Júnior corporações tor da Qualite In ire D , os nt Sa o Eduard

ção da Zona Norte. Quando questionado sobre o futuro do “Minha Casa, Minha Vida”, Antônio Sérgio respondeu que a expectativa é que o mesmo continue a existir, pelo menos, durante os próximos cinco anos. “A procura cresceu muito e o mercado está em ascensão, porém o que começou a ocorrer foi a valorização dos imóveis, fator que desfavorece as classes menos favorecidas”, enfatiza. Ele acrescenta que a tendência é aumentar o volume de compra e venda, mas as construtoras, em parceria com o governo federal, precisam criar condições para que famílias com renda inferior a três salários mínimos também possam ser atendidos. Já o diretor comercial da Qualite Incorporações, Eduardo Santos, acredita que o MCMV foi a melhor alternativa que surgiu nos últimos tempos

p para proporcionar à população brasileira o acesso à casa própria. “O programa exige de nós, incorporadores, uma série de normas e fichas para que ra ppossamos nos adequar aos seus moldes. Na minha oopinião, o mais importante para a construtora é o PBQP-H”, explica Eduardo Santos. P Quando se trata da Zona Norte, o diretor gosta de frisar que é uma área com um potencial econômico fr extremamente importante. “O que nós empresários ex pprecisamos é de uma infraestrutura adequada para que q a Zona Norte se desenvolva mais ainda e de forma m sustentável”, sugere. Quando se trata do trânsito, Eduardo Santos disse que este é um problema comum E a todas grandes cidades do País. “Em Natal, não ppoderia ser diferente em nenhuma das suas regiões. As A obras do Pró-Transporte e as obras de mobilidade são sã as promessas que vemos que melhorariam este pproblema”, anseia o diretor comercial. A Qualite Incorporações se prepara para lançar o primeiro Condomínio Club, na Zona Norte, com 196 unidades. O diretor comercial da Qualite explica que este é o primeiro empreendimento deste segmento da incorporadora, mas esclarece que a Domus Edificações já atua por muitos anos junto com a Caixa e fez vários conjuntos habitacionais. Segundo Eduardo Santos, o cumprimento dos prazos de entrega é uma das principais preocupações da empresa. “A qualidade da construção, o relacionamento com nossos clientes e o custo benefício, já que procuramos sempre fazer empreendimento com preços justo para nossos clientes, são alguns dos diferenciais de nossa incorporadora”, revela. A expectativa do diretor comercial é de que as obras de mobilidade estejam prontas até a chegada da Copa em Natal. “O que eu posso garantir é que as obras do Colinas do Potengi Residencial Club estarão prontas antes da Copa do Mundo”, finaliza.

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 35

8º FEIRÃO DA CAIXA

35

06/06/2012 16:46:11


feirao da caixa.indd 36

06/06/2012 16:46:19


feirao da caixa.indd 37

06/06/2012 16:46:24


feirao da caixa.indd 38

06/06/2012 16:46:27


feirao da caixa.indd 39

06/06/2012 16:46:31


[ CASAIS BRASIL ]

Antônio Júnior

Hugo Medeiros, Diretor da Casais Brasil

CASA PRÓPRIA, CADA VEZ MAIS PRÓXIMA CONSTRUTORA

DE ORIGEM LUSITANA CHEGA AO

RN

E PARTICIPA DE

UM DOS MAIORES PROJETOS DE HABITAÇÃO DO PAÍS

40

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 40

8º FEIRÃO DA CAIXA

06/06/2012 16:46:34


C

om mais de 50 anos de atividade, o Grupo Casais, Engenharia e Construções é um dos maiores do setor da construção em Portugal e opera em 14 países: Portugal, Alemanha, Angola, Bélgica, Gibraltar, Holanda, Rússia, Marrocos, Moçambique, Brasil, Cabo Verde, Qatar, Omã e Argélia. Mas, da história da internacionalização, constam também outros países como o Cazaquistão, a China e Espanha. Com matriz e sede em Natal desde fevereiro de 2011, a Casais Brasil atua nas áreas de construção civil e obras públicas, engenharia, consultoria, incorporações e é umas das construtoras que participam do programa Minha Casa, Minha Vida da Caixa Econômica Federal. No Brasil, a empresa desenvolve um trabalho de construção em diversos estados,, ucomo Ceará, Rio Grande do Norte, Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro e Paraíba. A Casais Brasil participa, por meio de umaa r-Sociedade de Propósito Específico – SPE, da incoro poração do Minha Casa, Minha Vida, programa do governo federal que tem transformado o sonho daa acasa própria em realidade para muitas famílias braôsileiras, sendo operacionalizado pela Caixa Econômica Federal. O diretor Geral da Casais Brasil, Hugoo liMedeiros, explica que o programa vai permitir a realização do sonho de inúmeras famílias e desenvolverá o m Parque Residencial Parque Parati, no Planalto. “Com numa área construída de 12.431,08m, o empreendimento totaliza 192 unidades habitacionais e mais área dee lazer completa”, enfatiza. il “O empreendimento oferecido pela Casais Brasil ntem seis prédios residenciais com quatro pavimentos cada e oito apartamentos, todos contendo salaa ude estar, varanda, uma suíte, banheiro social, circuor lação, cozinha e área de serviço”, comenta o diretor Geral da Casais Brasil, Hugo Medeiros. o “Cada novo mercado surge como um ambicioso projeto com características e necessidades particularess e nova fonte de motivação e melhoria,” é o que explicaa sHugo Medeiros, que aproveita para falar do entusiasamo de poder participar da renovação do parque habitao cional do Brasil e, especificamente, do estado do Rio

Grande do Norte. “Oferecer um produto de qualidade para quem pretende concretizar a aquisição da casa própria, é bastante gratificante”, enfatiza e comemora. Com o programa, a população vai ter ainda mais acesso à casa própria, e serão gerados mais empregos e renda para os brasileiros, pois o investimento na construção civil vai aumentar. O programa Minha casa, Minha vida, viabilizado pela Caixa Econômica Federal, oferece todas as facilidades para quem quer adquirir um imóvel, comemora o diretor geral da Casais Brasil. “Temos tido todo o apoio da CEF para a concretização do nosso projeto Parque Parati e espero que o mesmo venha a acontecer em projetos futuros”, finaliza o diretor que acredita que todo trabalhador brasileiro p merece ter a sua casa pprópria.

analto

Pl Vista do Bairro

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 41

8º FEIRÃO DA CAIXA

41

06/06/2012 16:46:36


42

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 42

8ツコ FEIRテグ DA CAIXA

06/06/2012 16:46:39


REVISTA DO

feirao da caixa.indd 43

8ツコ FEIRテグ DA CAIXA

43

06/06/2012 16:46:42


44

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 44

8ツコ FEIRテグ DA CAIXA

06/06/2012 16:46:49


REVISTA DO

feirao da caixa.indd 45

8ツコ FEIRテグ DA CAIXA

45

06/06/2012 16:46:57


feirao da caixa.indd 46

06/06/2012 16:47:01


feirao da caixa.indd 47

06/06/2012 16:47:07


feirao da caixa.indd 48

06/06/2012 16:47:09


feirao da caixa.indd 49

06/06/2012 16:47:12


feirao da caixa.indd 50

06/06/2012 16:47:15


feirao da caixa.indd 51

06/06/2012 16:47:18


Antônio Júnior

[ SECOVI ]

Jailson Dantas, Presidente do Secovi no Rio Grande do Norte

ATUANTE EM TODO O RIO GRANDE DO NORTE O SECOVI/RN É O LEGÍTIMO REPRESENTANTE DAS EMPRESAS DO SETOR IMOBILIÁRIO E CONDOMÍNIOS, COM INICIATIVAS E CONQUISTAS QUE FAVORECEM TODA A SOCIEDADE

52

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 52

8º FEIRÃO DA CAIXA

06/06/2012 16:47:22


O

Secovi/RN há anos defende os interesses do segmento de comércio e serviços imobiliários, sendo o maior sindicato do setor imobiliário do estado do Rio Grande do Norte. Sempre atento à evolução do mercado, sem deixar de lado a tradição que lhe confere a denominação de Sindicato da Habitação, é reconhecido como uma das mais atuantes entidades representativas dos condomínios e da indústria imobiliária nordestina. Até 2014, o sindicato tem como presidente Jailson Dantas, cuja missão é ser atuante, dando apoio a uma transformação positiva da sociedade brasileira, associando desenvolvimento econômico e qualidade de vida para todos. “Dessa forma, visamos promover o desenvolvimento do setor de comércio e serviços imobiliários, com projetos e a implementação de ações que contribuam para melhores resultados e qualidade de vida dos seus representados”, enfatiza. Com 209 contribuintes, o Secovi-RN oferece convênio com o jornal a Tribuna do Norte, Banco do Brasil, assessoria jurídica, cursos, treinamentos e palestras, acompanhamento parlamentar de projetos e leis de interesse do mercado e representação na Câmara Brasileira de Serviços do Mercado Imobiliário – CBSCI. “A empresa interessada em se filiar precisa fazer a solicitação através de formulário de propostas e o presidente coloca em assembleia para aprovação”, explica Jailson Dantas. Nesses primeiros anos de mandato, Jailson Dantas conseguiu aumentar o número dos contribuintes e ampliar a sede do Sindicato, que agora possui uma sala para treinamento, novas estruturas para o trabalho, atendimento jurídico e atividades com o seguimento de condomínios com treinamentos e palestra. “A nova sede foi umas das conquistas mais importantes nesse começo de ano, estamos prontos para uma extensa relação de serviços com os filiados”, enfatiza. Acrescenta também que a nova sede funciona na AV. Senador Salgado Filho, 1791, Ed. Elali, 2º Andar, Sl 202, no bairro de Lagoa Nova.

DIREÇÃO PRESIDENTE Jailson Dantas de Lima | Padrão Imóvel VICE – PRESIDENTE Renato Alexandre Maciel | Procuradoria DIRETOR Roberto Carlos Correia Peres | Imobiliária Peres e Peres DIRETOR Luís Dias Cabral de Macedo Jr | CLC Empreendimentos DIRETOR Marcílio Medeiros da Rocha DIRETOR Lindemberg Souza Fernandes | LL Imóveis DIRETOR Paulo Ronaldo Pinheiro Souza | NL IMÓVEIS 1º TESOUREIRO José Wilton de Almeida Rego | Tertuliano Rego 2º TESOUREIRO Zélia Maria Ribeiro 1º SECRETÁRIO Maria Ilce de Miranda Liberato 2º SECRETÁRIO José Jurandir de Souza | JurandirImóveis CONSELHO CONSULTIVO George Frank Leite | NL Imóveis Waldemir Bezerra | Bezerra Imóveis Ricardo Abreu | Abreu Imóveis

SECOVI/RN web site: www.secovirn.com.br

REVISTA NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS

feirao da caixa.indd 53

53

06/06/2012 16:47:26


54

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 54

8ツコ FEIRテグ DA CAIXA

06/06/2012 16:47:31


REVISTA DO

feirao da caixa.indd 55

8ツコ FEIRテグ DA CAIXA

55

06/06/2012 16:47:35


56

REVISTA DO

feirao da caixa.indd 56

8ツコ FEIRテグ DA CAIXA

06/06/2012 16:47:41


REVISTA RE EVIIST STA DO DO

feirao da caixa.indd 57

88ºº FEEIRÃO IRÃO IR Rà ÃO OD DA A CA AIXA IX XA

57 57

06/06/2012 16:47:49


feirao da caixa.indd 58

06/06/2012 16:47:55


REVISTA DO

feirao da caixa.indd 59

8ツコ FEIRテグ DA CAIXA

59

06/06/2012 16:47:58


feirao da caixa.indd 60

06/06/2012 16:48:03


8º Feirão da Caixa