Page 1

ano x II nº 48 | junho/julho/agosto-2018 | R$ 10 ,00

Luck in

Moda Trend by Georgiano Azevedo

ANA PAULA

DE LIMA MACHADO

Empreendedorismo à frente das Óticas Diniz em Mossoró

estética

O envelhecimento da pele atinge todas as partes do corpo

Crônica

Um caminho para Damasco. Siga e encontre a sua essência. Por João Paulo Gurgel


|Section Presença |Estética

2 Presença


Editorial Presença |Expediente |Section Presença |Estética

Olá, meus amores! O que faz de uma revista, A revista? Conteúdo, equipe, colaboradores e anunciantes. O conjunto da obra imprime credibilidade e leitores atentos.Em Presença, encontramos muito que colecionam a nossa revista desde o primeiro número,e,olhe ,chegamos à 48º edição.Que glória! Ana Paula de Lima Machado nos conta sua história de sucesso à frente das óticas Diniz .Uma trajetória que percorre 25 anos no ramo ótico.A nossa capa é uma mulher que reúne plenitude e empreendedorismo, sem perder a garra e a ternura. Carlos Augusto Araújo,sempre com muita leveza,conduz sua coluna Plural para múltiplos segmentos.E o Georgiano Azevedo?Ele é demais.Demais de talentoso.Sua Moda Trend é um convite a ousadia.O seu tipo físico e a roupa certa,a estilista Fátima Carlos,há 29 anos no universo fashion,com propriedade no que diz,ensina o que vestir sem medo de errar. Nas páginas de Presença ,você viaja com o oftalmologista Josivan Dantas pela costa Amalfitana,na Itália.E se deleita com o lirismo de Um Caminho Para Damasco,por João Paulo Gurgel de Medeiros.Um cara que entende dos caminhos do coração,literalmente. Então,sinta-se provocado para momentos de encantamento e desafios conosco. Creia que sair no mês de agosto é uma dádiva particular e coletiva.Coletiva porque compartilhamos e nos sentimos merecedores das primaveras que virão, frutos das nossas semeaduras.Das nossas escolhas. Obrigada equipe.A todxs e a cada um em particular. Até a próxima.”Navegar é preciso”. Marilene Paiva.

EDITORA-CHEFE Marilene Paiva – (84) 99803.8646 marilene.paiva@gmail.com COMERCIAL E MARKETING Fabrícia Linhares (84)9 98936896 Fabricia.presenca@gmail.com REVISÃO Marilene Paiva COLUNISTAS E COLABORADORES Adolpho Medeiros Brennda Valença Carlos Augusto Araújo Fátima Carlos Georgiano Azevedo Izaíra Thalita Jean Custo João Paulo Gurgel de Medeiros Josivan Dantas Leo Conrado Marilene Paiva Míria Freitas Rafaella Costa Rogério Oliveira Tatiana Assunção Victor Young FOTÓGRAFOS colaboradores Célio Duarte Eduardo Kennedy Habner Weine Ricardo Lopes CAPA Ana Paula de Lima Macedo Habner Weine-Fotógrafo Projeto Gráfico, Criação e Finalização: Terceirize Editora LTDA Fone: (84) 3211.5075 www.terceirize.com RESPONSABILIDADE Os textos assinados ou afirmações contidas nesta revista são de responsabilidade de seus autores, não refletindo necessariamente a opinião política dos editores. É proibida a reprodução total ou parcial de textos ou imagens por qualquer meio sem autorização.

Presença

3


ÍNDICE

06 CAPA IAna Paula de Lima

12 Dra BRENDA Valença Presença Saúde

16 DIÁRIO DE BORDO Dr. Josivan Dantas

18 SER OU NÃO SER No Divã com Tatiana Assunção

22 VICTOR YOUNG Perfil

24 Personal Organizer Míria Freitas

26 Presença feminina Ala luíza

30 PLURAL Carlos augusto

32 CARLOS CARECA Márcio de Lima dantas

4 Presença

33 PRESENÇA MASCULINA Carlos eduarado

34 moda trend georgiano azevedo

38 Fashionismo fátima carlos

40 ARQUITETURA Léo Conrado e rogério oliveira

42 BELEZA URBANA novo point de mossoró

46 biografia jean custo

50 Luminosidades rafaella costa

52 crônica joão paulo

Ultrasociety - por Marilene Paiva 11 - Laís Vitoria 36 - Diocesano 43 - Rotary Clube 44 - Lions clube 48 - Arraiá do Bem


Presenรงa

5


Presença |Capa

ANA PAULA

DE LIMA MACHADO Empreendedorismo à frente das Óticas Diniz em Mossoró

6 Presença


Presença |Capa

A empresária Ana Paula Machado está há dois anos à frente da franquia das Óticas Diniz em Mossoró, e representa na cidade a maior rede de varejo ótico da América Latina. Fundada há 26 anos, em 1992 na cidade de São Luís no Maranhão a partir do sonho do senhor Arione Diniz, hoje o Grupo Diniz se orgulha de ter mais de mil lojas presentes nos 26 estados brasileiros, mais de 9 mil colaboradores e dentre estes, uma equipe com 300 diretores. Ana Paula é uma das franqueadas que saiu da condição de colaboradora para ser empreendedora. Depois de dezesseis anos ela decidiu deixar a consolidada carreira de supervisora da Diniz franchising a nível nacional para estar do outro lado, como franqueada, assumindo o próprio negócio na empresa que tanto conheceu em uma nova cidade, podendo ainda estar próxima da sua família. Mesmo com a agenda cheia de compromissos, Ana sempre separa um horário no dia para atender aos clientes diretamente na loja onde é possível encontrá-la conversando sobre qualidade, sobre a satisfação do atendimento, no corpo a corpo e com isso, conquistando mais que clientes, fazendo amigos. Na entrevista à PRESENÇA Ana Paula que atualmente também é estudante de Psicologia, conta sobre a sua trajetória profissional, pessoal e fala com paixão de como é conduzir há dois anos a unidade das óticas Diniz de Mossoró.

No ramo ótico eu já tenho 25 anos de experiência e nas óticas Diniz, 18 anos. Também sou técnica óptica formada e contatóloga

PRESENÇA – Nos fale sobre o que te trouxe a Mossoró e qual o primeiro grande desafio que você enfrentou em vir para a segunda maior cidade do Estado? ANA – Em Mossoró já havia um franqueado das óticas Diniz durante quinze anos e com a saída dele por sua própria iniciativa, a franquia entendia que a cidade de Mossoró, que sempre foi muito importante para o grupo, não poderia ficar sem uma franquia da Diniz. Automaticamente foi aberta a oportunidade para que aqui houvesse um novo (a) franqueado (a), assumindo a marca. Foi assim que começou meu desafio. Minha vinda para cá se deu pelo fato de que apesar de eu ser paulistana, fui criada aqui no Rio Grande do Norte e como supervisora de franquias no grupo, sempre tive o desejo de ter a minha franquia. A óticas Diniz dá muita oportunidade para quem foi colaborador, funcionário seja um franqueado. Até por isso, quase 90% dos franqueados hoje no país é composta por diretores que foram colaboradores no grupo. E eu tinha esse desejo de ter minha loja, mas queria que fosse no Nordeste, por ser daqui e minha família estar aqui. Como supervisora de franquias viajei o Brasil todo, tive oportunidade de conhecer e trabalhar como supervisora muito tempo nas regiões Sul e Sudeste mas, meu desejo era voltar para o Nordeste. Quando a oportunidade que a cidade de Mossoró ficaria disponível para um novo franqueado (a) então, de pronto, me coloquei à disposição de vir para cá e a Diniz me deu a oportunidade de assumir a marca na cidade. Outro desafio foi o de manter o trabalho que já estava consolidado na cidade e vinha sendo realizado, mantendo a qualidade, a fidelidade e a satisfação dos clientes de Mossoró e Região Oeste. P – Você falou que a franquia incentiva que os colaboradores se tornem franqueados empreendedores o que é uma transição interessante, já que tendo passado pela franquia como colaborador, se conhece melhor o produto e o modelo de negócio. O fato de ter estado muitos anos como colaboradora facilitou esse seu processo de empreendedorismo? A – Com certeza! No ramo ótico eu já tenho 25 anos de experiência e nas óticas Diniz, 18 anos. Também sou técnica óptica formada e contatóloga. Juntando a experiência, os anos de estrada com a formação, com certeza ao decidir empreender já trouxe comigo essa base de conhecimento e experiência. Tive oportunidade de conhecer grandes diretores no grupo, de trabalhar, treinar muitas equipes e eu trouxe toda essa bagagem para aplicar aqui, na minha loja. É claro que, como uma empreendedora iniciante, mesmo conhecendo como agir na teoria, quando se vai para a prática é normal ter algumas dúvidas. Mas, a Diniz Franchising que administra as franquias no Brasil todo, dá um suporte muito grande para os novos franqueados (as). Nós temos uma sede em São Paulo com vários setores - Jurídico, TI, Financeiro, Marketing, Administrativo - que nos dá apoio, acesso remoto, nos capacita e capacita também a nossa equipe para que a unidade em Mossoró continue dando certo. Então, essa rede de apoio foi e ainda é muito importante com as orientações que nos chegam, de como trabalhar as campanhas, portal, também através de convenções presenciais há cada dois anos para oportunidades de reciclagem, atualização e aprendizado com muitas palestras e treinamentos. Esse grande suporte da Diniz Franchising nos capacita para que possamos lidar com todas as dificuldades de mercado e de empreender em nosso país.

Presença

7


Presença |Capa

P – Mossoró tem algumas características que já ouvi de muitos empresários e que nos diferencia de alguns mercados. Você também identifica alguma diferença do cliente da cidade e mesmo da região, que você ao chegar aqui identificou que seria um diferencial e que te levou a trabalhar de maneira diferente? A – Mossoró é uma cidade realmente com características diferentes das cidades que eu conheci. Tem ainda aquele ar interiorano, das pessoas se conhecerem, de fazerem indicações, recomendações, mas é uma cidade de mais de 300 mil habitantes. Uma cidade enorme com potencial de pessoas que já poderia ter características de capital. Aqui, funciona bem a aproximação, o calor humano. Temos aqui o cliente que quer um atendimento mais humanizado e próximo. É uma cidade grande, mas com cultura de interior. Temos clientes que ainda são adeptos do carnê, por exemplo. Muitos estabelecimentos nem tem mais essa opção de venda, mas nós ainda mantemos. É uma característica de cidade pequena, para uma gigante que é Mossoró. P – Ana e sobre as mudanças que percebemos na marca e na divulgação que a Franquia faz dos seus produtos para os públicos. Você acha que tem impactado nos clientes, a imagem de franquia já que por muito tempo a Diniz estava mais associada a uma empresa familiar? A – Sim. Acho que até na linguagem adotada para as propagandas e de posicionamento de marca. Viemos de uma geração anterior muito promocional, muito popular e isso, é claro que foi bom. Mas, o que observamos é que o cliente está mais exigente, procura promoção e preço, mas também quer moda, qualidade, estilo e tendência. Nessa nova geração, a Diniz tem se posicionado como uma marca mais conceito, com propagandas mais institucionais. Deixamos de tratar apenas com promoção, buscando trazer mais conceito e qualidade numa nova roupagem que também fala sobre os nossos produtos atrelando também à saúde ocular, prevenção de doenças oculares pois atestamos a qualidade das lentes ou ainda à moda, quando temos óculos que se apresentam como uma das formas de estilo. Hoje a nossa loja da Ótica Diniz em Mossoró está preparada para atender a todos os públicos.

8 Presença

Temos clientes que ainda são adeptos do carnê, por exemplo. Muitos estabelecimentos nem tem mais essa opção de venda, mas nós ainda mantemos


Presença |Capa

Equipe da unidade da ótica Diniz de Mossoró

P – Há também muita tecnologia sendo investida pela franquia para a qualidade e inovação no ramo ótico? A – Sim, investimos em um aparelho chamado ‘I.terminal’ que é um aparelho da marca Zeiss , que tira as medidas de forma digital, não se faz mais manual e com isso garantimos cem por cento de aproveitamento da lente de medidas corretas para que os clientes saiam satisfeitos. Isso é apenas uma demonstração do investimento tecnológico para que possamos estar sempre na frente seguindo as tendências desse mercado. Além disso, o grupo faz uma seleção muito rigorosa de fornecedores o que nos permite trabalhar com as maiores fabricantes de lentes do mundo, desenvolvidos sob alta tecnologia. Por isso, temos parcerias para que essa qualidade chegue aos clientes com negociações que acontecem para que os benefícios obtidos possam ser repassados aos clientes. Isso nos dá qualidade, com garantias e satisfação para o cliente que é o nosso maior objetivo. Esse tem sido o foco do grupo há anos desde o fundador, o senhor Arione Diniz, que sempre manteve esse cuidado em levar qualidade ao cliente. P – Qual tem sido a postura das óticas Diniz no relacionamento com os médicos oftalmologistas? A – Tem sido uma postura ética e de muito respeito aos médicos oftalmologistas. Toda a indicação médica é respeitada. Às vezes o cliente deseja fazer alguma mudança e não permitimos por entendermos que o médico é o profissional preparado para indicar o que é melhor para o paciente e por isso atendemos a todas as solicitações.

Presença

9


Presença |Capa

P – Para você Ana, qual a importância da sua família na sua construção como pessoa e como profissional? A – A família é a base de tudo na minha vida, são as pessoas que eu busco estar próxima. Vim para Mossoró e empreender aqui no Rio Grande do Norte me deu essa felicidade de estar junto dos meus. Retornar e poder ficar aqui perto dos meus familiares tem sido muito importante e por isso, busco valorizar esses momentos com minhas filhas, minha mãe e irmãos. Todos têm me dado apoio e cuidado o que me faz muito bem, me realiza no aspecto pessoal e me motiva a fazer mais no meu profissional. P – A equipe tem papel primordial nos resultados. É uma preocupação manter essa equipe motivada e atualizada diante desse cenário competitivo? A – Posso lhe afirmar que hoje nós temos nas óticas Diniz aqui em Mossoró uma equipe de alto nível, mas que nem por isso nos deixamos acomodar. Constantemente realizamos parcerias com vários órgãos e instituições como o SENAC, para momentos de capacitação, reciclagem técnica e também através de fornecedores que mandam seus representantes para capacitar e treinar os colaboradores nos novos produtos. Acreditamos acredita que nossos colaboradores têm um papel fundamental nesse mercado competitivo, daí a importância de investir no conhecimento. Consideramos como prioridade a preparação da equipe. Certamente hoje posso lhe dizer que depois de dois anos, temos uma equipe bem preparada, que está apta a atender todo e qualquer cliente que chegue com uma dificuldade e ele consegue indicar o melhor produto, a melhor lente para que os clientes entrem e saiam satisfeitos da loja. P – Quais são os planos para o futuro para óticas Diniz em Mossoró? A – Pelo potencial da cidade nós temos sim, espaço para expandir. Acredito em duas a três lojas bem localizadas para um futuro próximo, mas não temos pressa. Temos de primeiro temos de ter uma boa equipe, apta a atender esse mercado que está tão exigente e concorrido. No entanto, estão nos nossos planos a expansão para no máximo em 2020 operarmos com três lojas em Mossoró.

10 Presença

PERFIL

> Aniversário 08 de Junho 1977 lo/SP > Local de nascimento São Pau isma Car de? > Qual é sua maior qualida > E seu maior defeito? Teimosia ortante em uma mulher? > Qual é a característica mais imp Ser determinada s amigos? A lealdade > O que você mais aprecia em seu har > Sua atividade favorita é: Trabal açu > Lugar inesquecível: Foz do Igu ? Argentina ida fer pre > Qual foi a sua viagem > Uma paixão: Viver or (Gary Chapman) > Um livro: As 5 linguagens do am as minhas filhas, Ana > Momento preferido do dia: Com ano Rebeca 15 anos e Ana Laura de 1 o alh > Seu lema: Verdade e trab ha franquia Óticas Diniz > Um sonho realizado: Ter a min

Presença

10


Especial | Ultrasociety Por Marilene Paiva

Presença |Section

marilene.paiva@gmail.com Jornalista, apresentadora de tv e colunista social Fotos: Eduardo Kennedy

Aniversário de Laís Vitória

A muito amada Luciene Fontes recebeu familiares e convidados para festejar o aniversário de Laís Vitória,nos salões alinhados do Requinte Buffet. Socorro Paiva assinou as delícias e Edilene Benjamim,a decoração. Eduardo Kennedy no registro das imagens.

Presença

11

Presença

11


Presença |Saúde Por Dra. Brennda Valença brenndavalenca88@gmail.com CRM/RN 7571| Doenças da pele | Estética Avançada | Laser

O envelhecimento da pele atinge todas as partes do corpo. Felizmente, os procedimentos estéticos minimamente invasivos podem ajudar!

Mossoró ganha o primeiro Tratamento de

Rejuvenescimento íntimo O tempo passa para todos e o processo do envelhecimento é contínuo e progressivo. Entretanto os procedimentos médicos dermatológicos minimamente invasivos evoluíram largamente e muito tem auxiliado nós médicos a reverter os sinais do tempo e vem agraciando nossos pacientes com um aspecto jovial! Com o avançar da idade, a pele, o colágeno e as fibras elásticas sofrem mudanças em todo o corpo, inclusive na região genital. Então o que fazer quando os sinais do tempo atingem essa parte do corpo?

12 Presença

O envelhecimento genital da mulher é resultante principalmente da diminuição dos hormônios femininos próprios da fase conhecida como menopausa, que gera diminuição do desejo sexual, flacidez da pele e redução da lubrificação da mucosa genital; causando dor no ato sexual, podendo reduzir a qualidade da vida e refletindo diretamente na autoestima da mulher. Apesar de existir a terapia de reposição hormonal para melhorar esses sintomas, muitas mulheres apresentam contraindicações ou efeitos colaterais. Nesse cenário,

os tratamentos com laser íntimo surgem como excelente método para melhorar os sintomas e o impacto inestético da região genital dados pelo envelhecimento. Congressos nacionais e internacionais de Dermatologia têm explorado esse assunto comumente e sem tabus! A procura por esse tratamento tem aumentado e hoje se configura como o terceiro procedimento estético mais realizado entre as mulheres no Brasil. Trouxemos duas grandes tecnologias de ponta de rejuvenescimento íntimo para


Útero

O tratamento com o laser melhora a lubrificação e a sensibilidade da região íntima da mulher, além de promover o seu clareamento

Presença |Saúde

bexiga urinária

Reto Vagina

oferecer para a população mossoroense: o Laser de CO2 íntimo e a Cadeira Eletromagnética! Os dois tratamentos são feitos dentro do consultório médico e sem dor! O laser de CO2 de aplicação dentro do canal da vagina atua renovando todo o tecido da mucosa e melhorando o tônus e a vascularização, produzindo novo colágeno e novos vasos. Em torno de 3-5 sessões são necessárias para atingir os principais objetivos de: melhoria da libido, da lubrificação vaginal, da contração da vagina – o canal se torna mais estreito –, facilitando atingir o orgasmo. Além disso, é possível realizar o clareamento externo da região íntima e melhorar a incontinência urinária. Esse tratamento pode ser indicado para as mulheres na menopausa, no pós-parto, naquelas que sofrem perda de urina involuntária e na mulher jovem que quer melhorar o desempenho sexual. Já a Cadeira Eletromagnética é a maior inovação do momento! Temos o primeiro equipamento do Nordeste para o tratamento da perda involuntária de urina e fezes e do rejuvenescimento íntimo! Essa nova tecnologia promove o fortalecimento dos músculos da região pélvica, através da emissão de ondas eletromagnéticas, melhorando a contração da vagina e a perda de urina aos esforços, como tossir ou espirrar.

Esse tratamento é realizado no consultório, de maneira não invasiva, com a própria roupa do corpo e sem dor. Essa tecnologia já vem sendo usada com sucesso nos EUA e agora temos disponível em Mossoró! Quando associamos as duas técnicas: Laser de CO2 íntimo + Cadeira Eletromagnética aumentamos o potencial do

Sacro

rejuvenescimento íntimo nas diversas camadas da pele e do tecido muscular, conseguindo resultados mais satisfatórios. Preconceitos culturais, vergonha e tabu devem ser superados, hoje as novas tecnologias estão surgindo e sendo aprimoradas para melhorar a qualidade de vida, autoestima e a saúde integral da mulher!

Em Mossoró a primeira Cadeira eletromagnética do Nordeste para o tratamento do rejuvenescimento íntimo e da incontinência urinária e fecal

Presença

13


Presença |Diário de bordo Por dr Josivan Dantas médico oftalmologista

Un’avventura in

Costiera Amalfitana A ideia de conhecer essa fascinante região mediterrânea, há muito nos seduzia. A Costa Amalfitana localiza-se ao sul da Itália, na província de Salerno, composta de cidades encravadas na montanha e que se debruçam sobre o mar, além de um visual deslumbrante de tirar literalmente, o fôlego.

16 Presença

Nos sentamos, eu e Adriana para programar nosso roteiro e, sem delongas, passados seis dias, desembarcávamos em Paris onde faríamos uma conexão para Napoli. Como tínhamos 11 horas disponíveis, resolvemos rever uma pequena fração daquilo que a cidade luz tem a oferecer: la avenue Champs Elysee, la Place de la Concorde, le Jardin des Tuleries, le Musée du Louvre et la Cathédrale de Notre Dame. Tomamos nosso voo para Napoli e ali

chegamos pouco depois da meia noite. Já conhecíamos cidades como Istambul, onde o trafego urbano é caótico mas nada, absolutamente nada, assemelha-se à aventura de dirigir em Napoli. Ali, tivemos a impressão que as regras internacionais de trânsito inexistem ou são completamente desconsideradas pelos (muito loucos) motoristas. Como o serviço de Uber ali não era disponibilizado, tomamos um taxi e, por muito pouco, não enfartávamos os dois, naquele caos urbano. Napoli é a terceira cidade italiana, capital da região da Campania, com cerca de 1.5 milhão de habitantes, chegando a 4 milhões em toda a área metro-


Presença |Diário de bordo

politana. Seu centro histórico, com suas ruelas medievais, estreitas e com forte influência barroca, é considerado pela Unesco, assim como toda a Costa Amalfitana, patrimônio da humanidade. Muito nos impressionou o Duomo (Catedral) de Napoli, assim como a visão do Vesúvio e do Golfo de Napoli. Resolvemos visitar as ruínas de Pompéia, cidade do império romano destruída pela primeira erupção do Vesúvio, no ano 79 dC. A cidade ficou cerca de 1.600 anos coberta pela lava e poeira, tendo sido redescoberta no século XVII. Por distar apenas 22 km de Napoli, Pompéia é bastante acessível a qualquer opção de transporte e recebe aproximadamente 2.5 milhões de turistas por ano. Vele muito a pena esse tour. Continuamos buscando sempre o sul e, dessa vez de trem, chegamos a Salerno, a maior cidade da Costa Amalfitana. Resolvemos ali fazer o nosso ponto de apoio. Alugamos uma vespa, que seria nossa companheira e cúmplice durante a parte mais interessante de nossa viagem. Fizemos opção por essa scooter por ser comum na região e pelo romantismo que ela inexoravelmente agrega. Estou habituado a guiar motos de alta cilindrada há duas décadas e confesso que minha primeira impressão é que estava montado em um cabo de vassoura. Após os primeiros 30 minutos mudei de opinião, ao testemunhar a valentia com que a vespinha, já nossa amiga inseparável, vencia as incontáveis curvas de extremo perigo, a uma altura de centenas de metros, naquela estrada de sonhos. Tudo parecia um maravilhoso delírio, tamanha era a beleza em cada metro vencido por nós em nossa amiga de duas rodas. Visitamos Maiori e Minori, conhecemos os jardins de Ravello, O Duomo de Amalfi, com sua pracinha e suas praias encantadoras, Praiano, em Positano visitamos a Igreja de Santa Maria Assunta e suas praias. Fomos

até a outra extremidade da Costa de Amalfi, a cidade de Sorrento, onde os encantos já não impressionam tanto. Amanhecia um novo dia e, logo após o café da manhã, buscávamos nossa destemida vespa em busca da brisa morna do Mediterrâneo, que nos motivava a conhecer mais encantos, como a Grotta dello Smeraldo e o Fiordo di Furore. Em outro dia, fomos de barco até Capri. Tínhamos uma outra visão da Costa, através do Mar. Difícil definir qual a mais bela. Nessa ilha vulcânica, famosa e já vista por todos em tantos filmes e séries de TV, desembarcamos na Marina Grande, de onde se pode ir a Anacapri de táxi ou de ônibus. O visual é deslumbrante especialmente nos pontos mais altos,

vistos do teleférico. Seu ponto turístico mais procurado é a Grotta Azul. Aproximava-se o final dessa deslumbrante experiência, la dolce vita in Costiera Amalfitana. Difícil despedir-nos da nossa vespa, das massas, dos vinhos e da gente sempre receptiva, barulhenta e calorosa que encontrávamos em todos os lugares visitados. Voltamos de trem a Napoli, onde tomamos nosso voo de volta ao Brasil. Temos a impressão clara que viajar se constitui uma das mais enriquecedoras experiências, para qualquer destino e em qualquer época de nossas vidas. Nesse exato momento, estamos programando a próxima...

Presença

17


Especial Presença Presença |Section |Work | Psicóloga No Divã com Tatiana Assunção psicóloga-tatianaassuncao@icloud.com

Ser ou não ser

A escolha é sua Estamos vivendo em um tempo onde a urgência se faz mister ao homem, e a virtude da paciência, cada vez mais se torna necessária. Infelizmente estamos diminuindo a nossa capacidade de esperar. De esperar do outro, de esperar da vida, de esperar de nós mesmos. A urgência do click, do saber tudo de prontidão , do ter tudo ao pedido nos condiciona a querer viver sempre do imediatismo, da existência do tudo tem, por não mais saber esperar. Interessante pensar, que as decepções, as frustrações ocorrem com muito mais facilidade, afinal nem tudo será de imediato, principalmente aquilo que depende também da liberdade do outro. O lidar com o não se torna mais difícil, conduzindo muitos de nós, principalmente os mais jovens a apresentarem dificuldades para viver, para se incluirem na sociedade, não sabendo bem conduzir as demandas do ser social e da existência que está além do que ele pode controlar. Assim, alguns sonhos vão sendo apagados pois o homem não sabe, infelizmente, esperar e acabam por não persistir, porque não aprenderam a desenvolver esta habilidade já que em seu desenvolvimento o agora foi uma constante. Se nós adultos estamos entrando nesta onda imagina as crianças e adolescentes que já nasceram neste meio, não é fácil para eles. Não é fácil desapegar do virtual que gera a falsa ilusão do viver imediato, em que na realidade o homem não passa de um telespectador de conhecimentos, sendo estes muitas vezes incertos, sabendo que se tem uma vivência virtual e não real, pois os estudos, trabalhos, os diálogos, os saberes e dissabores, as polêmicas ... o

18 Presença

imediato está presente numa pequena tela a nossa mão, a urgência foi objetada, se assim posso dizer. Fica difícil não misturar as coisas, fica difícil resistir ao mundo dinâmico que a tecnologia e as redes sociais favorecem e mais, fica difícil resistir às demandas das nossas questões mais íntimas atualizadas pelos aparelhos de smartphones. É nele que o tímido tem facilidade para se socializar, que o voyerista atua sem ser exposto diante da necessidade de ver o íntimo do humano, que o narcisista tem necessidade de se expor; que o borderline cria cenas de amor intenso e outras de auto destruição declarada....e por aí o ser humano vai necessitando cada vez mais viver neste mundo, que para muitos não é o seu, gerando uma vida medíocre(mediana) e improdutiva, pois o tempo passa, o trabalho é deixado de ser realizado a contento, as leituras vão sendo substituídas por imagens rápidas e fugazes, as relações passam a ser permeadas pela ausência de intimidade e excesso de querer demonstrar quem não se é.... o tempo vai se perdendo, os vazios vão surgindo, a angústia passa a ser iminente. E o sujeito! Como vai ficando nesta estória? Vai se perdendo, tentando se encontrar, se reencontrar, se criar.... mesmo que numa realidade que não é mais a sua, pois há tantos conhecimentos ilusórios, tantas questões envolvidas, acertos e erros, que vai se perdendo em si, neste mar de sei quem sou, mas na realidade não sabe quem é. O corpo e a mente assim vão adoecendo, o ser vai dando sinais de que precisa de um resgate, que precisa de silêncio, de espera, de paciência, de auto conhecimento, independente do que vá desco-

brir, mesmo que seja reconhecer em não ser o que deseja, mas se aceita. O corpo e a mente vão dando sinais de que está se aniquilando, que está deixando de ser para viver o ter ou o ser ilusório de uma realidade formada por desejos e falsidades sejam criadas por si ou pela exposição social do desejo de viver. Freud deve estar se mexendo no túmulo, querendo falar deste dito que não diz nada, onde a fala foi silenciada, mesmo com a falsa ilusão de que tudo se diz. Vamos olhar em nossa volta, vamos viver o momento, sem a urgência do depois. Vamos sentir cada toque do vento, da água na pele. Vamos se permitir falar com olhar no olho do outro, vamos sentir o abraço de quem se ama, vamos beijar a quem se deseja. Vamos vivendo o real da vida, o concreto do ser, se alegrar com a música, com a arte, com as paisagens, com a criança que brinca na rua e grita. Sim, isto é vida. Sei que não podemos nos excluir da modernidade, mas o aprender a olhar para dentro de nós, isto sim é urgente, saber viver no real equilibrado com o virtual. Nossa saúde mental agradecerá, nossa vida agradecerá, nosso ser agradecerá.


Presença |Perfil

Odontologia estética Clareamento das Estrelas ®

Olá, sou VICTOR MANUEL DIAZ YOUNG NETO, natural de Mossoró, nascido em 29 de julho, filho do cardiologista Victor Manuel Diaz Alvarado, peruano, cuja descendência é inglesa/chinesa e da advogada Ana Maria de Paiva, descendência portuguesa/judeu –árabe. Neto do escritor, tabelião e escrivão Reginaldo Paiva (a quem dedico o meu aprendizado), filho primogênito, tendo apenas um único irmão – Paulo Victor de Paiva Diaz. Conclui meus estudos no Colégio Diocesano Santa Luzia e em seguida fui aprovado no vestibular de petróleo e gás, enfermagem, nutrição, arquitetura e odontologia, sendo esta última a minha tão sonhada escolha. Sou conhecido por Victor Young, cirurgião-dentista, CRO/RN 4656, pós-graduando em prótese dentária pela ABO/RN, aperfeiçoado em Toxina Botulínica Básica e Avançada na Odontologia, Preenchimento Orofacial e Fios de sustentação facial e corporal em São Paulo. Durante a graduação, sempre busquei integrar os conhecimentos acadêmicos na área da saúde bucal à intensa busca pela estética orofacial. Sendo assim, procuro durante minha carreira profissional, aliar o desejo do “belo” à necessidade do sorriso saudável. Dentes hígidos, claros e alinhados são padrões de estética em nossa sociedade. Uma das ferramentas utilizadas na odontologia, dentre outros vários procedimentos estéticos, é o clareamento dentário. Em meu consultório, possuo o Aparelho de Clareamento e Laserterapia TF Premier MM Optics. O método de fotoclareamento utiliza recursos e técnicas seguras para a saúde além de ser muito mais eficiente que outros métodos. Com isso, o Clareamento das Estrelas® proporciona ao meu paciente, além de dentes mais brancos, uma infinita redução no desconforto que desagrada a tantos. O sistema de Laserterapia do equipamento também propicia uma reparação tecidual com ação anti-inflamatória e analgésica controlando infecções periodontias, perimplantares e endodônticas, além de mucosites, paralisia facial, língua geográfica, líquen plano oral, xerostomia, trismo, DTM, herpes, aftas, candidíases, queilite angular entre outras lesões. A Clínica Victor Young Estética Odontológica também oferece ao público norte-riograndense a inovação da Odontologia com técnicas modernas e avançadas em Endodontia, Dentística, Periodontia, Prótese, Cirurgia Oral Menor, Odontopediatria, Implantodontia e Ortodontia. Visite-nos e faça parte você também desse novo conceito. Victor Young Estética odontológica: VOCÊ sonha, nós realizamos!

22 Presença


Presenรงa |Tecnologia

Presenรงa

23


Presença | Tendência Presença |Section por Míria Freitas *Personal Organizer

organize-se já! A organização me acompanha desde infância. Quando vejo organizado sempre me sinto bem, em paz. E com o passar do tempo, com a família, chegaram os acúmulos, a bagunça causando caos na minha vida, mexendo com meu ser e minha mente e não me sentia bem, pois era motivo de estresse sempre na hora de sair, viajar, trabalhar. Então iniciei pesquisas na internet e conheci que existia a profissão e comecei meu primeiro projeto de organização em casa, uma transformação tão confortável, um estilo de vida com liberdade que decidi investir na carreira e poder ajudar na vida de outras pessoas proporcionando melhor qualidade de vida físico e mental nos lares, empresas e etc. Sim, saúde mental! A bagunça está associada a depressão, ansiedade e compulsão alimentar; Já parou pra pensar sobre isto?! Se você acha que ela é inofensiva, fique atento!! Um estudo publicado no ENVIRONMENT AND BEHAVIOR comprovou que ambientes caóticos levam a estresse e compulsão alimentar. Quer mais?! Se a cozinha é um local bagunçado aumenta em duas vezes a chance de comer mais em mulheres. O lugar onde moramos, onde trabalhamos reflete nosso estado emocional. A bagunça extrema e contínua pode ser um sinal de sofrimento mental e de certos transtornos. O acumulador acumula DOR. O Personal Organizer executa este papel muito forte de destralhar sua vida, sua casa , sua mente suavemente. Trazendo bem estar, liberdade e tranquilidade pra sua rotina, seu trabalho assim tem mais tempo e com ele você pode fazer o que mais gosta. Se custa sua paz, sai caro! Organizar transforma, acalma e liberta; Voa, Passarinho!

*Formada em Personal Organizer há dois anos pela Top3Organização, participante da Conferência anual de Personal Organizer em São Paulo, com especialização em residências, mudança planejada, Organização Baby, Home Office e Organização Corporativa

24 Presença


Presença Presença |Section |Estilo Nome: Ana Luzia Gurgel Dantas Aniversário: 23/02/1974 Profissão: Bacharel em Direito e Economista Nasci Em: Caraúbas Uma qualidade: Ser sincera Um defeito: Acreditar demais nas pessoas Inesquecível: Nascimento dos meus filhos Primordial: Minha família Admirável: Meu esposo Lindocastro Satisfação: Confraternizar a vida Lazer: Tibau Ser: Humilde Engraçado: A vida Ter: Fé em Deus Poder: Ajudar os outros Lembrança: Do meu pai (Joaquim Gurgel) e minha irmã Ana Angélica “Up”: Alegria e amizades “Donw”: Injustiça Música: Minha Pequena Eva Cantor: Fagner Banda: Eva Viagem: Gramado/RS Lugar especial: Meu Lar Comida: Doces Bebida: Água Estilo: Casual Sempre: Fazer o bem Nunca: Desistir Esporte: Pilates Do lado esquerdo: Meus amigos Insuportável: Falsidade Nota dez: Minha tia Nevinha Gurgel Nota zero: A miséria Um sonho a realizar: Passar no exame da OAB e exercer minha profissão.

26 Presença

Foto: Paulo Eduardo

Necessário: Amizade e amor


Presença |Plural Por Carlos Augusto ccaamossoro@gmail.com Pós-graduado em Ciências Econômicas, franqueado do CCAA em Mossoró e Diretor da Cia do Intercâmbio Mossoró

@ Do You Speak English ? Oh,Yes ! Coisas que a maravilhosa net nos proporciona. Dias desses , zapiando pelo território livre da internet, dei de cara com essa pérola e aqui faço “Ctrl c/ Ctrl v:” “Cena carioca Prostitutas de Copacabana estão fazendo aula de inglês, em plena avenida Atlântica. Na tarde de sábado passado, uma roda de moças conjugava o verbo “to be”(ser ou estar) e To Give (dar) , acompanhada de um professor.”

@ Só serve se for na Globo... Pesquisa feita pelo Ibope nos últimos meses mostrou que pelo menos 33 de cada 100 pessoas que pagam pacotes de TV por assinatura não fazem uso algum do conteúdo pago e deixam a TV ligada o dia todo na TV Globo. Grosso modo, essas pessoas (e empresas, consultórios, academias etc) gastam mensalmente entre R$ 50 e R$ 300 para nada...Esse comportamento de um terço dos assinantes da pesquisa do Ibope é no mínimo dispendioso e estranho. Por que essas pessoas paga por TV por assinatura e a deixem sintonizada num canal gratuito, que pode ser visto de graça?? @ No finado ORKUT ,as criaturas que fuçavam os perfis das pessoas no dito cujo ficavam marcadas no registro de visitas, coisa que não acontece no Facebook . Mas não precisa de registo para descobrir os que fuçam seu FACE, a gente descobre, porque aqueles metidos a bacanas que tentam passar a impressão de que não tem tempo para essas “besteira” de redes sociais , são os que na realidade estão mais ligados nelas o tempo todo e “entregam o jogo” curtindo as postagens que lhes interessa ;Babaquice , simples assim . ------------------------------------------------------@ O placar do crime! olha só que história mais triste. Cansado de ser assaltado, um comerciante dono de uma padaria de Vitória no Espírito Santo criou uma forma diferente de protestar contra a insegurança. É o “roubômetro”. Em

Entrei agora numa de curtir músicas do fundo do baú: tipo sucessos dos anos 80, 90 , porque tá difícil curtir essas músicas atuais. Elas tem um nível que chega próximo a lixo. Quase nada se salva. A pegada agora é forró 24 h do dia, todos os dia do ano, como se as festas juninas durassem o ano todo. Acompanhando vem o Funk com sua pegada maliciosa , desinteressante cansativa e descartável. O sertanejo, assim com a Axé Music (graças a Deus ) desceram a ladeira do Pelô e ninguém quase escuta falar sobre esses dois estilos: Raras exceções. A MPB coitada, essa sobrevive mesmo dos sucessos de nossos antigos medalhões , que hoje nada mais criam de interessante, só copiam suas próprias músicas . A crise da criatividade é infinita. Como eram muito mais interessantes as músicas, as letras, os sucessos de antigamente; Por isso eles são eternizados e sempre estão na baila, aparecendo nas FMS de todo Brasil com força, ganhando espaços de muita importância nas suas programações com programas voltados somente para Flash Backs, suprindo a lacuna hoje ocupada por músicas tronchas e sem nenhum fundamento para existirem.

um cartaz, ele informa, na frente da sua padaria, quantos assaltos já sofreu e a data dos crimes. Que vergonha: gente, que País é esse ? ------------------------------------------------------@ Bom de se ver as salas do Multicine no MWS lotadas. Legal verificar como o povo de Mossoró está curtindo cinema mais e mais!! As salas sempre cheias de gente, povo respirando cultura. Isso sim uma coisa boa para se comemorar: Mossoró apaixonada definitivamente pela sétima arte. ------------------------------------------------------@ Sabe qual é a diferença de dirigir no centro de Mossoró e na índia ? Só a quantidade de animais no trânsito. Lá tem mais. Porém por aqui a bagunça e a desorganização são as mesmas, com o agravamento de que por aqui as vezes “alguns burros” são os motoristas. E Zé finin...

novela top Tem os que não gostam, mas na minha modesta opinião DEUS SALVE O REI foi a novela do ano. A reconstrução de época e os cenários foram pontos altos na realização da obra. Vale registrar as magistrais atuações de Johnny Massaro como o abobalhado Rei Rodolfo e de Alexandre Borges como o maquiavélico Rei Otávio . Diversão garantida .

30 Presença 30 Presença

do fundo do baú

tudo azul A Azul chegou a Mossoró nos ligando ao mundo pelos ares. Agora é pagar (literalmente) para ver se isso vai se manter.


na telinha E a atriz e apresentadora Tatá Werneck está só acumulando prêmios com seu programa no Canal Multishow, o “ Lady Night”. O programa é um acerto do começo ao fim, a apresentadora é muito talentosa e o horário permite que ela faça o que sabe fazer de melhor : humor escrachado e politicamente incorreto. De 10!

Conversa com Bial E Por falar nisso Pedro Bial está incrível em seu “Conversa com Bial ” na Globo Tv. Sinceramente não sinto falta do programa do JÔ, apesar de acha-lo um gênio.. Porem ficou visível que essas mudança precisavam ser feitas e aconteceram no momento certo.

tempos de crise

reforço A Yes! Idiomas é só alegria com seu sucesso em Mossoró, e chega no segundo semestre com uma novidade que vai ajudar muito aos pais e alunos que precisam de reforço escolar. Agora na YES! a escola de reforço escolar “MOTIVAR”, motivando seus alunos a sempre seguir em frente. Uma proposta diferente, humanizada, com uma equipe de ponta trazendo ao projeto muita qualidade.

Tudo sobe. Tudo! O custo de vida está além do possível de suportar, e por conta disso todo dia baixa a qualidade de vida do brasileiro... Um amigo há tempos já me dizia: “A saída do Brasil é o Aeroporto de Guarulhos/SP”. E é?

Presença na tela O Programa “PRESENÇA” voltou pelas mãos e idéias habilidosas da Editora chefe dessa revista, que também dá nome ao programa, Marilene Paiva. Dessa vez pela Tv Terra do Sal. E para onde Marilene Paiva for, o Povo vai... Ah se vai.

inconveniente O que fazer com gente mal educada, que buzina excessivamente no trânsito, conversa alto, fuma em ambientes fechados, que se mete onde não é chamado, que se faz de doido para passar bem, que invade seu ambiente sem bater a porta? Ah se fosse nos tempos de Game of Thrones

novidades No casamento da Atriz Global Isis Valverde, a Sereia da novela “A força do Querer”, as alianças dos noivos foram conduzidas ao altar por uma cachorrinha. Não estranhem se um dia aparecer uma girafa na Igreja...óbvio que se assim o casal se conhecer na África.

Sem noção

o que eu quero?

WhatsApp é massa, ajuda na maioria das vezes, dá até para economizar nas ligações. Seu uso para o trabalho é uma realidade e ajuda e etc. Agora pela caridade: usar o WhatsApp em Igrejas , velórios, casamentos, palestras, sala de aula e/ou enquanto se dirige é demais da conta né? Vamos nos controlar, meu povo.

Que Brasil eu quero para o futuro ? Qualquer um , menos esse que está aí. Tô fora!

comédia

Outubro chegando. Época de novas eleições : PÂNICO.

Presença

31


Presença | Artigo Presença |Section por Márcio de Lima Dantas 7marciodantas7@gmail.com

Careca

mundividência e estética Carlos Antônio de Figueiredo desde meni no foi cha mado de Ca reca (06.05.1961) tem formação acadêmica em Educação Física e Arquitetura. Pessoa afável, simples, detém a arte da conversa e a capacidade de despertar confiança e empatia num primeiro encontro. Seus pendores artísticos remontam à infância, pois gostava de desenhar nos cadernos dos colegas; adolescente, já pintava camisetas sob encomenda. Creio que atualmente é o mais importante artista plástico residente em Mossoró, tanto no que concerne ao pleno domínio de múltiplas técnicas, o que o faz transitar em domínios que dizem respeito a diversos estilos históricos da pintura ocidental, manifestando-se em quantidade e qualidade criteriosa dos seus trabalhos. Essa mundividência, fruto de uma espécie de excitação mental, manifesta-se na sua obra através das inúmeras séries de trabalhos com características bem distintas, engendrando exposições monotemáticas que atestam de maneira categórica suas potencialidades, fazendo ver do amplo domínio das habilidades necessárias ao ofício do artista consciente das suas capacidades, mas, sobretudo, realizando-se nos seus trabalhos de um apuro formal dificilmente alcançado, atualmen-

32 Presença

te, em terras do Rio Grande do Norte. Creio que Vicente Vitoriano é um dos poucos que detém tal capacidade. Um dos traços que mais distingue Careca de uma boa quantidade de pintores é sua capacidade de compreender teoricamente a natureza e o efeito cromático causado por determinada cor quando posta em evidência ou seja, justaposta a uma outra. Quero dizer de sua habilidade de colorista sem carnavalizar a tela, gerando uma totalidade pictórica que nos conduz a fruir com prazer a harmonia conseguida com inúmeras cores, quase sempre muito vivas. Isso também é perceptível nos suas telas: quer sejam expressionistas ou abstratas. Lembro também os retratos de pessoas, nos quais conseguiu captar traços psicológicos do retratado. Alguém que não conseguisse desenhar com propriedade jamais teria êxito num gênero bastante complexo, como o de fixar traços da compleição de um rosto e um eventual espectador inferir prováveis contornos de uma alma. Há uma série em preto e branco sobre Santos da Igreja Católica, tendo como pano-de-fundo uma justaposição de recortes com motivos tanto elaborados com a linha curva quanto com a linha reta, -que como sabemos, não é todo artista que é

exitoso nesse contraste, – mesmo tendo essa profusão de cores opositivas, a figura central não perde seu contorno, é ressaltada e não pode ser confundida devido aos atributos que porta no corpo. Uma outra série tendo como tema os santos, revela o seu hábil domínio do desenho clássico, sendo capaz não apenas de retratar o corpo humano nas exatas proporções exigidas pelo desenho clássico, como, por meio do jogo de matizes geradoras do sombreamento com o objetivo de compor semblantes bem distintos para cada rosto. Curioso é a presença de ressonâncias do barroco em algumas telas, pois algumas vinhetas que contornam a figura em evidência excedem em adornos, contrastando com o tema dominante. A série de pinturas baseadas em xilogravuras são de forte apelo lírico e lúdico, parecem propor um mundo no qual os seres humanos vivam em harmonia com o meio. Creio ser um dos seus trabalhos mais originais. Eis uma obra que permanecerá nos anais das Artes Plásticas em Mossoró. Careca insculpe seu nome, eterniza-se e triunfa sobre a morte. Lamento apenas que todas suas belas retrações da padroeira de Mossoró, Santa Luzia, seja cega…


Presença |Estilo Nome: Carlos Eduardo Ciarlini Rosado Aniversário: 17/07/85 Profissão: publicitário Nasci em:(local) Mossoró/RN Uma qualidade: determinado Um defeito: teimosia Inesquecível: vitória de Rosalba ao Senado em 2006 Primordial: respeito Admirável: Rosalba Ciarlini Satisfação: trabalho reconhecido Lazer: futebol Engraçado: meu amigo Fofão Ser: melhor ser do que ter Ter: consequência do trabalho, desde que honesto Poder: utilizado bem gera benefícios a todos Lembrança: o tetra da Seleção Brasileira no dia do meu aniversário “UP”: humildade “DOWN”: mentiras, calúnias, agressões Música: “Deixe a vida me levar” Cantor: Alceu Valença Banda: Sambô Viagem: viajar é o alimento da alma Lugar Especial: litoral da Costa Branca Comida: churrasco Bebida: de vez em quando Estilo: simplicidade Sempre: estar em família Nunca: passar por cima de alguém Esporte: futebol é uma das paixões da minha vida Do lado esquerdo: meus avós Insuportável: ingratidão Necessário: sonhar Nota dez: Carlos Augusto ( pai) Nota zero: perseguição Um sonho realizado: ter trabalho fora por meus próprios méritos

Presença

33


Presença | Moda Trend Por Georgiano Azevedo georgianoazevedo@gmail.com sócio da Tráfego Models, colunistas social, produtor de moda e apresentador do quadro Por Dentro da Moda/TCM

LUCK IN LOVE

Amor originado de um jogo, na dinâmica das cartas e dos tabuleiros, com resultados imprevisíveis, sedutores e envolventes. Jogo da conquista, do perigo, nu e cru, do frio ao fogo. A beleza dos sentimentos estampada nas diferenças ou nas combinações. Uma história contada nos movimentos de peças que ditam a vitória da diversidade. O amor é um jogo, é preciso ser forte na batalha... Boa sorte!

Biquíni Sofia by Vix para Tressê, sandália Carmen Steffens

34 Presença


FICHA TÉCNICA Fotografia: Pedro Sobrinho (Instagram @pedrosobrinhofotografia) Produção/Styling: Railson Miran e Georgiano Azevedo (Instagram @railsonmiran @georgianoazevedo) Modelos: Selton Paiva e Carlos Dantas (Tráfego Models @trafegomodels) (Instagram @seltonhenrique_ @carlosdantss) Looks: M Morena Beach Wear (Instagram @mmorenastoree) Beleza: Salão Bellaria (Instagram @bellariamossoro) Locação: Boteco 27 Saideira (Instagram @27saideira)

Presença

35


Especial | Ultrasociety Por Marilene Paiva

Presença |Tecnologia

marilene.paiva@gmail.com Presença |Section

Jornalista, apresentadora de tv e colunista social

Os padres Sátiro Cavalcante Dantas,Charles Lamartine e Flávio Augusto Forte de Melo receberam convidados de primeiríssima grandeza do Universo jurídico,social,político e educacional para a apresentação do curso de Direito pela Facudade Diocesana de Mossoró. O Requinte Buffet e a Master Eventos assinaram os serviços.

36 Presença

Fotos Célio Duarte

COLÉGIO DIOCESANO SANTA LUZIA


Presenรงa |Section

Presenรงa

37


Moda |Fashionismo Por Fátima Carlos fatimacarlos_estilo@hotmail.com

A estilista Fátima Carlos há 29 anos atua no Universo da Moda.Participa dos melhores eventos fashions nacionais e internacionais,ampliando e pesquisando tendências. Imprime elegância e finesse em suas criações. É youtuber de sucesso,seguida por milhares de pessoas de bom gosto em suas redes sociais.

Tipo físico e a roupa certa E como todo observador, acabo percebendo detalhes que muitas vezes podem passar por despercebido aos olhos de outras pessoas. Venho notando que ultimamente, as pessoas erram mais que acertam, ao escolher a produção para usar em determinados eventos. Qual seria o motivo de tantos detalhes? Quero acreditar que a razão dessa dificuldade em escolher e combinar as peças que valorizem ou se adequem melhor ao tipo físico de cada um, seja explicada pela falta de conhecimento sobre um quesito muito importante para o mundo da moda, que a ARQUITETURA DO CORPO, ou porque a maioria não consegue definir o seu estilo.

38 Presença

É sempre bom ressaltar que nem tudo que é lançado pelo mundo da moda como “tendência”, pode ser adaptado a todo tipo físico. Por isso não é aconselhável copiar o que sua amiga ou determinada celebridade usa, simplesmente porque “ESTILO” não se copia, o estilo é próprio. O que permite uma escolha acertada, harmoniosa, chique e elegante é você identificar qual o seu tipo físico de acordo com a arquitetura do corpo, escolhendo as peças que irão se adequar ao seu tipo e consequentemente valorizar sua imagem. Não tem erro. Com esse objetivo, procuramos elaborar um resumo com regras básicas e fáceis de serem entendidas, sobre esse tão discutido tema.


Moda |Fashionismo

Tipo -1- AMPULHETA É o que apresenta as medidas do busto e quadril equilibradas com a cintura bem delineada. Se esse é o seu tipo físico, pode abusar das saias amplas, cintos e assessórios. Ou seja, você é privilegiada. Tipo - 2- TRIÂNGULO Quando o quadril é volumoso, ombro estreito e cintura fina. Se você se enquadra nessa classificação, invista em peças que valorizem a parte superior, que irá proporcionar um certo equilíbrio com o quadril, como golas fartas, decote ombro a ombro, cores claras, e escuras somente na parte inferior. Procure chamar a atenção sempre para a parte superior. TIPO -3- TRIÂNGULO INVERTIDO Apresenta ombro e, às vezes, busto, maiores que o quadril. Então vamos evitar de chamar a atenção para parte superior, evitando mangas amplas, decote bateau, gola alta. É importante desviar a atenção para parte inferior, abusando de saias com bolsas laterais, calças estilo cargo, pantalonas e estampas na parte inferior, use sempre decote em V e colares longos que irão proporcionar um visual mais equilibrado. TIPO - 4- QUADRADO Por incrível que pareça, esse é o tipo das maioria das modelos, ou seja, silhueta reta, busto e quadril equilibrados, e ausência de cintura. É o que se chama de falsa magra, claro, exceto as modelos que são magérrimas. Para as que já são magras, porém sem cinturas, o mais indicado é abusar das faixas e cintos largos. Para as que são mais cheinhas, aconselhamos investir em peças com recortes, sobreposições e echarpes, sempre usadas de preferência aberta, proporcionando assim um corte vertical, ou seja, mais alongado. TIPO-5- OVAL OU REDONDO Se você se enquadra nessa classificação,com tipo físico que apresenta barriga saliente, braços grossos, ou seja, medidas extras, principalmente na região central.Evite então usar cintos, alças, mangas curtas, mini-saias. Procure dividir a silhueta através de peças que contenham pinces, pesponto e assimetrias. Além desses tipos relacionados acima, podemos ainda incluir esses dois: O tipo que apresenta TRONCO CURTO X PERNA LONGADeve evitar usar peças curtas na parte superior, procurar abusar das blusas mais compridas com cortes assimétricos, peças blusadas, e jamais usar cortes abaixo do busto, o que deixaria ainda mais com pernas longas. Já o tipo TRONCO LONGO X PERNA CURTA-Deve abusar de cortes até a cintura, para proporcionar um efeito mais alongado.É bom salientar que toda essa variedade de tipos físicos, entre nós ,é consequente da nossa miscigenação. Espero ter contribuído de alguma forma, prestando essas informações e afirmando que MODA pra mim é isso, vai além de postar o look do dia, envolve conhecimento de textura, modelagem, tipo físico, leitura e muita pesquisa. É que podemos sim, através da moda, ensinar, educar e informar.

Presença

39


Presença |Arquitetura

escritório – Rua Vicente Fernandes, 211 Nova Betânia – Mossoró/RN Fone: (84) 3317-1597

Rogério Oliveira

planejados O projeto idealizado pelos arquitetos é de um quarto infantil para uma menina de 6 anos, medindo aproximadamente 10m², localizado na cidade de Apodi/RN. Os pais solicitaram um quarto com estilo contemporâneo e atemporal que pudesse acompanhar o crescimento da criança sem grandes intervenções futuras. A criança adora receber os amigos, ler e estudar e tem sua cor preferida o rosa, assim usamos essa referência como norte para idealização do conceito do quarto. “Criar um espaço infantil é uma tarefa mais difícil do que criar um espaço para os adultos. Elas precisam de inspiração, motivação e estímulos para aumentar o seu conhecimento, sua criatividade e inteligência”, ressalta os arquitetos. Preservamos o piso existente para minimizar o tempo de obra. O papel de parede geométrico nos tons de rosa, cinza, amarelo e turquesa, o painel da cama ripado iluminado junto com as cortinas em linho, as colchas, as almofadas e os enxovais conferiram identidade e aconchego ao ambiente. A Marcenaria foi muito importante nesse projeto, tendo todas suas peças desenhadas pelo escritório dos arquitetos e com bons parceiros possibilitando a perfeita execução do mobiliário, tornando assim possível a realização de um sonho.

40 Presença

Léo Conrado


Presenรงa |Section

Presenรงa

41


Presença |Lançamento |Section

BELEZA URBANA Vem aí o novo point da beleza de Mossoró A localização é privilegiada: em um dos bairros que mais se expande comercialmente, no Nova Betânia, muito em breve a clientela que preza por qualidade em serviços de beleza aliada à um excelente espaço vai poder conhecer e desfrutar dos serviços do salão Beleza Urbana. O espaço que está em ampla construção com dois pavimentos, é bem localizado e está praticamente em frente à praça do Rotary, ao lado de restaurante em avenida ampla. O salão conta com o projeto arquitetônico assinado pelo arquiteto e artista plástico Careca, unindo em um espaço amplo a sofisticação, a beleza e o conforto com a preocupação de ser também um espaço acessível a cadeirantes. À frente do salão está a cabeleireira com ampla experiência Ana Cleia Vieira de Araújo que adianta em primeira mão, os serviços que o Beleza Urbana deverá ofertar em Mossoró, começando pelos serviços de cabelos (tratamentos de reparação e reconstrução de fios, escovas progressivas, orgânicas, pinturas), serviços de manicure e pedicure, maquiagem para diferentes ocasiões, serviços estéticos de depilação e massagem. “Além de um espaço confortável, agradável pensamos em ofertar serviços de qualidade, com preços competitivos para que o cliente fique sempre satisfeito. Vamos trabalhar com as melhores e mais conhecidas linhas de tratamento capilar do mercado como L’oreal, Joico, Truss, Wella, Salvatore entre outras marcas”, ressalta a empreendedora Ana Cleia. Quem já ficou ansiosa para conferir o novo espaço, aguarde: a inauguração do Beleza Urbana está prevista para o mês de agosto e seu pleno funcionamento com todos os serviços até janeiro de 2019.

Presença 42 Presença


Especial | Ultrasociety Por Marilene Paiva

Presença |Tecnologia

marilene.paiva@gmail.com Jornalista, apresentadora de tv e colunista social Fotos Célio Duarte

ROTARY CLUB DE MOSSORÓ

Em solenidade prestigiadíssima pela sociedade potiguar ,o médico oftalmologista Igor Allamo de Oliveira foi empossado Presidente do Rotary Club de Mossoró 2018/2019. Uma gestão voltada ao servir.A tornar melhores os dias dos cidadãos mossoroenses.

Presença

43


Especial | Ultrasociety Por Marilene Paiva marilene.paiva@gmail.com Presença |Section Jornalista, apresentadora de tv e colunista social Fotos Célio Duarte

LIONS CLUBE DE MOSSORÓ A Companheira Leão Claudia Pedrosa Leite foi empossada Presidente do Lions Clube de Mossoró Centro em solenidade de gala nos salões do Hotel Vitória Palace.

44 Presença


Presença |Biografia Por Jean custo

Luz, câmara e muita ação! É assim que a cineasta Sabrina Fidalgo define sua identidade com o “C” de carioca no universo do cinema, mas é o plano “A” que se enquadra na sequência de continuidade em cada cena quando ela bate a Claquete Filha do dramaturgo Ubirajara Fidalgo e da produtora Alzira Fidalgo, fundadores do T.E.P.R.O.N (Teatro Profissional do Negro), Sabrina herdou dos pais o amor pelo mundo das artes, onde ainda criança participou de montagens teatrais, musicais e programas de tv, além de acompanhar seus genitores em eventos culturais; mas foi o encontro com a magia da sétima arte que despertou na infância, o interesse e curiosidade pelo cinema. Sabrina iniciou sua carreira na UNI-RIO, onde estudou teoria do teatro, passou pela renomada Escola de Cinema de Munique na Alemanha, especializou-se em roteiro pela Universidade de Córdoba, na Espanha, mas isso foi apenas o início de vários sonhos num só, emocionada ela destaca o sonho como algo coletivo na vida humana, relata que começou a trabalhar em diferentes funções no cinema e descreve todas como uma cortina que desvela um mundo de grandes experiências positivas para sua vida. A cineasta também é uma das diretoras vencedoras da primeira edição do edital para mulheres diretoras do Fundo AVON para Mulheres do Audiovisual, F.A.M.A, e com isso, em 2019, fará sua estreia em longa-metragem com o projeto do longa-documentário “Cidade do Funk”, uma co-produção com a Fidalgo Produções, Franco Filmes e Kliky Produções com distribuição da Pandora Filmes. Paralelamente ela desenvolve ”Bolero”, seu primeiro longa de ficção. Sabrina escreveu, dirigiu, produziu e atuou nos curtas “Sonar 2006 - Special Report” (2006), “Das Gesetz des Staerkeren” (2007), “Black Berlim” (2009), “Cinema Mudo” (2012) e Personal Vivator (2014),

46 Presença

A premiada realizadora do Rio de Janeiro foi eleita em março de 2018, em oitavo lugar pela publicação da revista norte-americana “Bustle”, na lista de 36 realizadoras em todo o mundo protagonizado pelo ator Fabrício Boliveira. Também dirigiu o documentário musical de média-metragem “Rio Encantado” (2014) e uma série de videoclipes. Em 2016, foi contemplada como diretora convidada no edital do Projeto Usina Criativa de Cinema e com isso realizou o curta-metragem “Rainha” com Ana Flávia Cavalcanti, o projeto contou com o patrocínio do Grupo ENERGISA e estreou no Festival Ver e Fazer Filmes, em Cataguases, levando 4 prêmios (melhor atriz, ator coadjuvante, figurino e som). A estreia oficial ocorreu na 26ª edição do Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro - Curta Cinema, em novembro de 2016, onde levou o prêmio de

melhor filme do júri popular. “Rainha” ainda ganhou os prêmios de Melhor Filme de Média-Metragem no 8º Festival de Cinema Independente CIVIFILMES de São Paulo e no Festival de Cinema de Jaraguá do Sul -PA, além do prêmio de Melhor atriz no Festival de Cinema de Pinhais-SC. Seus filmes já passaram em mais de 70 festivais nacionais e internacionais em lugares como Los Angeles e Nova York (E.U.A), Tegucigalpa (Honduras), Rosário e Buenos Aires (Argentina), Tóquio (Japão), Munique e Berlim (Alemanha), Praia (Cabo Verde), Maputo, Cabo Delgado (Moçambique) e Acra (Gana). O Red Tapete espera por ela !!!


Presenรงa |Section

Presenรงa

47


Especial | Ultrasociety Por Marilene Paiva marilene.paiva@gmail.com Presença Presença |Section |Work Jornalista, apresentadora de tv e colunista social Fotos Célio Duarte

Arraial do Bem

O casal empresário Jair Urbano de Queiroz e Lucineide recebeu amigos e convidados para festejar a terceira edição do Arraial do Bem, em prol do Abrigo de Mossoró.Albem.Noite feliz e muito prestigiada.

48 Presença


Presenรงa |Section

Presenรงa

49


Presença |LUMINOSIDADES... Por Rafaella Costa rafaellarcosta@gmail.com

Júlia Miranda é chef, é master, é 5 estrelas

Lívia e Gilson escrevendo o felizes para sempre

CAPRICHO DOS DEUSES Talento ela tem de sobra e, já não bastava arrasar como autodidata na culinária, Júlia Miranda buscou aperfeiçoamento no curso de gastronomia da Universidade Potiguar. O resultado? Tem feito muito mais feliz os paladares dos clientes da sua Júlia Gourmet – casa de refeições que é sucesso em Mossoró. Júlia arrasa de verdade com sua desenvoltura para satisfazer os prazeres da mesa.

Os padres Sátiro e Charles, com o casal Élder Heronildes e Zélia Macedo

E NO MEIO DE TANTA GENTE... ... Lívia Moreira e Gilson Bezerra se encontraram, se apaixonaram e decidiram que serão felizes para sempre. No dia 8 de setembro de 2018, oficializam a sentença proferida pelos seus corações: feitos um para o outro, diante de seus familiares e amigos, em cerimônia religiosa na Casa de Mãe Rainha, às 19h30. Para celebrar o início da vida de casados, tem festa no Requinte Buffet, com brindes, abraços, sorrisos e desejos que essa união seja sempre inspiração para outras lindas histórias de amor.

Ricardo Figueiredo é um dos 50 homens a contar sua história

ALEGRIA, ALEGRIA

TALVEZ EU SEJA A SOLUÇÃO

A Faculdade Diocesana de Mossoró passa a ofertar o curso de Direito em sua grade curricular. Grande conquista dessa IES, que chegou para somar e engrandecer o ensino de nível superior em nossa cidade. Os padres amados, Sátiro Cavalcanti Dantas e Charles Lamartine e toda a equipe da FDM, merecem os parabéns por tão importante vitória. O lançamento oficial aconteceu no dia 31 de julho passado.

Ao lado de Marilene Paiva estaremos em mais uma empreitada de sucesso, a organização do livro TALVEZ EU SEJA A SOLUÇÃO. A exemplo do “Por isso não provoque”, que contou a história de 50 mulheres, chegou a vez de contar a história de 50 homens que fizeram e fazem história em Mossoró, no Rio Grande do Norte e regiões vizinhas. O lançamento da obra está previsto para dezembro desse ano.

50 Presença

O PARAÍSO É LOGO ALI Uma praia paradisíaca, fim de semana prolongado, gente animada e muita alegria, com esses e muitos outros ingredientes, o feriado de 7 de setembro promete, no paraíso Canoa Quebrada (CE), com show da baiana Cláudia Leite, enchendo a Chega Mais Beach Lounge & Restaurante de puro axé. Combine com a turma para garantir lugar nessa festa.


Presença |Crônica Por João Paulo Gurgel de Medeiros jpgmedeiros81@gmail.com

Um caminho para Damasco Quando o brilho incandescente da estrela de agosto avivou o dia, era um pedaço antes das cinco e meia. O café balsâmico com corpo amaro. Expressão confiante cravejada no reflexo da mesa. Pela fenestra, a imensidão cinzenta do zênite à linha do contorno, distante... O ruído do inverno no tremor da partida. O veículo em movimento, uma canção agitada e a cidade ainda repousa. No quinto andar, dez enfermos. Um deles, o último que visitei, uma senhora com sessenta anos e uma doença terminal. Sempre me angustiei com o quanto nada pude fazer por ela. Mas, de alguma forma, era extremamente importante que eu a visitasse diariamente. O seu filho, mais novo do que eu, sempre a pentear-lhe os cabelos, a perfumar-lhe a tez de marfim e a fixar-lhe o olhar não importasse o quanto de trovoadas pairasse na atmosfera daquele quarto. Os ombros de Atlas a sustentar Gaia. O que ele não sabia, era que sustentava todos nós. Revigorava-me o espírito e um novo dia começava somente a partir do momento em que deixava aquele leito. Não por acaso, fazia questão de que fosse o último. Compreendíamo-nos instantaneamente a cada alvorada. Era a primeira dose de esperança da minha jornada. No centro cirúrgico, já no segundo

52 Presença

turno do raiar, os casos mais complexos de uma doença tão comum. O primeiro esgotou-me a energia recém-adquirida com a senhora da enfermaria. Penosos 90 minutos de luta e embate. No fim, como sempre, o Criador venceu: não era o dia de nos deixar o seu João, e conseguimos desobstruir aquela artéria tão calcificada. Ele agradeceu emocionado pelo pouco que consegui fazer. Chorou até secar toda aquela agonia que, antes, transbordava em sua alma. Se eu não me encontrasse tão esgotado, talvez tivesse conseguido captar toda aquela panaceia de sensações que ele demonstrou. E foi só o primeiro procedimento. Ao concluir o quinto, já sem quase conseguir concatenar as ideias, fiquei feliz por somente ter feito o meu trabalho e não ter tido nenhuma intercorrência maior. Após um almoço rápido, cambaleei para o terceiro turno. Comecei a ouvir as queixas de muitas das pessoas que, naquele dia, resolveram me procurar. O sofrimento de uma mulher, de sessenta e poucos anos, que estava aflita por ter perdido todas as irmãs subitamente e que tinha pesadelos frequentes nos últimos cincos anos nos quais ela morria – sentia como se aquilo fosse um prenúncio à sua partida. Ouvi isto e tantos outros pesos que carregava aquela dama em seu lar. Tanto depen-

dia dela... Tanto. Ela não podia partir ainda. Após sessenta minutos de consulta, com mais da metade deste tempo a tremeluzir-lhe os olhos com espelhos d’água, pude avaliar que seu coração não ia mal, pelo menos do ponto de vista orgânico, estrutural. Ela agradeceu pelo fato de eu ter-lhe ouvido com paciência e doçura. Agradeci o gesto e retornei que estaria sempre às ordens, que aquele era o meu papel. O décimo oitavo paciente entrou por volta das vinte horas. Durante toda a tarde, só deixei o consultório por menos de um minuto para ir uma vez ao banheiro e tomar três copos de duzentos mililitros de água. A cabeça já me doía um pouco naquele momento. Uma esposa, que veio sem o seu marido, começou a chorar instantaneamente após sentar e dirigir-me o semblante. Tentei acalmá-la e disse que iria ouvi-la do começo, que não teria pressa alguma. Dei-lhe um lenço e ela começou a falar. Disse-me que fora vítima de um assalto, e que o motivo da consulta era saber se estava tudo bem com ela. Logo lembrei-me dela e do esposo. Eles tinham me procurado há uns três meses e eu tinha avaliado que tudo estivera bem com a parte que a mim coubera mensurar da saúde deles. O seu marido, depois de ter uma


arma apontada para sua cabeça, não conseguia mais se conter. Ele só tremia e gaguejava quando falava com ela. Para completar, havia rumores, segundo ela, de que ele perderia o emprego até o fim do ano porque era velho, e o mercado precisava de gente jovem. Este quinhão do relato partiu-me desmedidamente o coração, embora eu tivesse que demonstrar sempre a confiança e a firmeza para que pudesse ser capaz de ajudar-lhes a contornar os seus problemas. Era assim com todos os pacientes. Ouvi todos os detalhes do que ocorrera, há três dias da consulta, em sua residência. Estar prestes a deixar este mundo, a um salto do abismo da escuridão sem fim, faz-nos repensar muitas de nossas atitudes passadas. Ao final da consulta, pude avaliar, mais uma vez, que não havia problema orgânico maior. Entretanto, a exemplo do que sugeri à primeira paciente, ela precisava de um acompanhamento psicológico indubitavelmente, e que eu daria o suporte conforme a necessidade de sua demanda. Despedi-me da atendente e, por volta das vinte e uma horas, entrei no veículo. Molhado pela chuva que caía, senti uma dor no peito. Era angústia. Aquele desconforto subiu-me aos olhos, que pranteavam desconsoladamente. Perguntei ao

Criador o que eu poderia fazer para ajudar todos aqueles que sofrem – vislumbrei que os ouvir e lhes entender a dor já seria um bom começo. No caminho, em meio às torrentes, reduzi o ruído da ventilação no interior do automóvel e liguei o som. Antes de escolher algo que pudesse me acalmar, amparar-me o espírito, a canção de amor mais bela ressoou no ar: o quarto movimento da quinta sinfonia de Mahler – o Adagietto. Alguns compositores, muito famosos, ainda o seriam se somente tivessem criado uma de suas composições – para Gustav Mahler, este movimento representava bem isto. A música durou o percurso até o meu lar. No caminho, refleti profundamente sobre aquele dia. Senti o peso do sofrimento de cada indivíduo. A energia que ganhei no começo do dia se esvaiu ainda no começo da manhã. Esgotei-me e continuei a minha travessia pelo dia com paciência porque precisava compreender. Enquanto meditava sobre cada dor, eis que, antes de entrar em casa, gritos e choro inconsoláveis da pequena Clarice. Soltei a bolsa ao chão, deixei a porta escancarada e fui ao seu encontro. Ajoelhei-me diante do colo de minha querida esposa e vi, diante de mim, olhos que não piscaram nem por

um instante... A mudança da expressão. O crescimento do olhar. O brilho intenso. Quantas nebulosas e quantas constelações naquelas íris. Um segundo e beijei o infinito. Seus lábios frágeis e corados abriram-se num largo sorriso. Ergueu os braços de modo tão desajeitado. Mas, como pai, tomei-lhe em meus braços e não quis mais que aquele momento se acabasse. Naquele átimo... Naquele instante minúsculo do tempo... Compreendemo-nos. Ela parou de chorar e eu recomecei a fazê-lo. O que ela jamais entenderia, e muito menos eu, era de que modo aquele sorriso renovou-me as energias para mais cem eternidades. Enquanto balançava na rede, com a roupa do trabalho e ela em meu abraço, com suas incursões respiratórias tão sutis, agora tão calma, lembrei-me de que seu João, antes de se despedir de mim, disse que o nome do seu neto, que agora viria a ter, receberia o meu nome. E, de repente, com o céu claro e tantas estrelas cintilando pela janela, e a brisa suave do norte, numa noite de agosto, tudo fez sentido. A calidez sobre meu peito cobrou-me uma última reflexão: teria sido a Graça o que sentira naquela noite? Aproximamo-nos do Cruzeiro do Sul... Ou seria da Estrela Polar?

Presença

53


PRESENÇA  
PRESENÇA  
Advertisement