Page 1

CidadesdoRN Edição especial

ed 1 | Nº 1

2019

Agreste conectado

Região com diversidade cultural, que gerou filhos da terra e fazem parte da história do Rio Grande do norte, na educação, política e empreendedorismo

Serra de são bento município completa 61 anos de emancipação política com avanço social e econômico

lagoa d’anta Administração aposta na “Gestão do Progresso” e melhora os índices de desenvolvimento da cidade

Dejerlane Macedo, prefeita de Pedro Velho, implanta gestão que acelera o progresso


Editorial

CIDADES DO RN: Cultura, tradição, política e história Para fechar o ano com chave de ouro lançamos uma revista que vai deixar o leitor atualizado sobre a região Agreste, em uma publicação com impressão em alta qualidade, trazendo textos simples e a história de famílias tradicionais que contribuíram com o progresso dos municípios do RN em diversas áreas. Cidades do RN traz matérias sobre política, cultura, economia e os avanços sociais em nosso Estado. Em nossa capa trazemos a imagem da Igreja Matriz Nossa Senhora Imaculada Conceição, em Nova Cruz, em uma matéria sobre o Centenário de Emancipação Política de Nova Cruz, cidade que se destacou na região Agreste do Rio Grande do Norte. O leitor terá a oportunidade de viajar na história, política, social, econômica, religiosa e cultural dos municípios dessa região. Esta edição traz ainda as festividades da Padroeira de Nova Cruz, a Imaculada Conceição, em um evento que foi coordenado pelo seu pároco, o Pe. Aerton Sales, e teve uma programação religiosa, social e esportiva e a tradicional procissão, que percorreu as principais ruas da cidade com a imagem da padroeira e dos santos padroeiros de todas as comunidades da paróquia. Nossa primeira edição traz uma série de biografias das principais famílias de Nova Cruz, que marcaram sua história na política, na economia, no esporte, na cultura e na sociedade potiguar. A revista Cidades do RN chega como um veículo de comunicação moderno e dinâmico aonde o leitor terá opções pela revista impressa ou digital, com ferramentas virtuais e modernos aplicativos com tecnologias que você pode ler pelo celular, tablet ou pelo seu computador ou para quem preferir se deliciar com a leitura da revista impressa em sua rede ou cadeira de balanço. A escolha é sua! Bem-vindo a mais nova opção de informação para o povo potiguar. Feliz 2020 e que venha cheio de novidades que levaremos até você caro leitor.

4 CidadesdoRN

Capa com egreja Matriz “Nossa Senhora Imaculada Conceição de Nova Cruz - RN”

Diretor Geral: Lenilson Costa Lima (84) 988768005 Email: lenilsondacosta@hotmail.com Editor: Wlisses Guerra Medeiros Edição: Dez – 2019/Jan – 2020 Circulação: Em todo Estado (bimestral) Colaboradores: Ilvaíta Costa, Miguel Duarte, Claudio Pereira Lima e Josinalva Costa Agência: Ampla Publicidade Edição: 6.000 exemplares Acompanhe a Leitura @revistacidadesdorn |

@cidadesdorn |

Aplicativo Boraler (boraler.com.br)


índice

Cid Arruda

José Peixoto Mariano

Família Melo

Tradição política e social da família Arruda, em Nova Cruz

Líder político mais popular da história de Nova Cruz

Tradição na política de Nova Cruz há mais de 60 anos

6

10

14

festa da padroeira

Família Andrade

TARGINO PEREIRA

Tradição na política de Nova Cruz há mais de 60 anos

Personagem da história política de Nova Cruz

Targino Pereira da Costa Neto fez história política em Nova Cruz

18

20

22

Serra de São Bento

Família Cunha Lima

Escola modelo

Completa seus 61 anos de Emancipação Política

Referência no RN na educação, literatura e empreendorismo

Há 60 anos transformando pessoas através da educação

26

30

32 CidadesdoRN 5


tradição política

Cid Arruda Câmara

Leonardo Arruda, Robinson Faria, Nia Salu,

Cid Arruda Câmara Legado político em nova cruz

Cid Arruda Câmara é juntamente com José Peixoto Mariano ( in memorian) o político que mais vezes administrou o município de Nova Cruz , um total de 03 gestões: 2001 a 2004/ 2005 a 2008 e 2013 a 2016. Foi o primeiro prefeito eleito no novo milênio como também o primeiro a ser reeleito por eleições diretas e consecutivas. Sua trajetória Política, porém, se iniciou na década de 80 quando ajudou em campanhas de seu irmão Leonardo Arruda Câmara a deputado estadual. Em 1988

6 CidadesdoRN

foi candidato a Prefeito pelo PDS tendo como vice Luiz Moreira da Costa Neto – Luizinho, não obtendo êxito perdendo a eleição para Dr. Targino Pereira do PMDB. Fato que se repetiu em 1992 quando foi candidato pelo PL tendo como vice Bebeto, em que foi eleito Dr. Vandy Ernesto de Andrade - PMDB. Novamente em 1996, Cid Arruda disputa a prefeitura junto com sua companheira de chapa Dra Sandra Guerra pelo PL, porém da mesma forma não consegue a eleição por causa de divisões do bloco

de oposição que teve ainda João Peixoto Mariano como candidato pelo PFL, que caso estivessem unidos venceriam aquelas eleições que foram vencidas por Germana Targino pelo PMDB. Já em 2000, ano emblemático para a humanidade, também se tornou marca na história política de Cid Arruda, pois foi nele que conseguiu sua primeira vitória como candidato a Prefeito, pelo partido do PFL tendo como vice Dr. Max Andrade numa disputa acirrada com Flavio Azevedo do PMDB, cujo resultado foi de ape-


tradição política

Cid e Valéria Arruda e Max Andrade e Viviane

nas 156 votos de diferença. Tornou-se assim o primeiro prefeito do Século XXI de Nova Cruz. Em 2004 repetiu a chapa com Dr. Max Andrade, agora sob a sigla partidária do PSB e tornou-se o primeiro prefeito do Milênio e da história a se reeleger consecutivamente. Em 2012 diante de uma administração que não agradou a população, voltou a ser candidato a Prefeito do município novamente pelo PSB, tendo como companheira de chapa Monique Targino e venceu as eleições contra o então prefeito que buscava a reeleição, Flávio Azevedo PMDB, cuja maioria foi uma das mais expressivas da história política de Nova Cruz, 2.544 votos.

Cid Arruda e família

Em 2016 tentou a segunda reeleição sob a sigla do PSB, o que lhe promoveria ao quarto mandato, porém não conseguiu êxito. Teve como vice na chapa, Dr. João Paulo de Andrade e perdeu a eleição para o experiente Targino Pereira do PMDB. Todas as gestões de Cid Arruda Câmara foram marcadas com ações, obras estruturantes e parcerias importantes em todas as áreas da administração. Pode-se destacar como marcos em suas gestões: a construção da estrada do futuro ligando o RN e Paraíba e ampliando a Avenida Assis Chateaubriand; calçamentos em todos os bairros da cidade, dentre eles: Cidade do Sol, Nova Esperança, Planalto, São Judas Tadeu

e Vista do Sol que não tinham nenhum pavimento; implantação do saneamento básico da cidade; compra da Estação Ferroviária e a implantação da primeira Casa de Cultura do Estado, Palácio Lauro Arruda Câmara; Compra e implantação da Escola Nestor Marinho; crianção da Escola de Informática Raniery Alisson; A luta e a concretização da vinda do CEFET (hoje IFRN) para Nova Cruz; Construção de Quadras esportivas cobertas em várias partes do município; Construção de dezenas de Casas populares na cidade e na zona rural do município; A conquista pela primeira vez na história do SELO UNICEF – MUNICÍPIO APROVADO; entre tantos outros.

CidadesdoRN 7


Pioneirismo

Joanita Torres Arruda Câmara primeira mulher prefeita da cidade de Nova Cruz No dia 26 de julho de 1912, nasce Joanita Torres, na cidade de Araruna, na Paraíba. Ainda criança, mudou-se para Nova Cruz, no interior do Rio Grande do Norte, onde morou a maior parte de sua vida. Freqüentou durante a sua juventude a Escola Doméstica em Natal, mas retornou ao interior, onde aos 13 anos já trabalhava com o pai, seu Totô Jacinto, fazendeiro, pesando algodão. Joanita era a filha mais velha de três mulheres ( as outras duas irmãs eram Iracema e Teresinha) do casal Totô Jacinto e Maria Torres . E foi assim, trabalhando com o pai e fazendo tarefas que, naquela época, só os homens costumavam fazer, é que Joanita aprendeu a tomar decisões e a comandar. Casou-se com Lauro Arruda Câmara em 1935, e com ele vivenciou um casamento diferente dos demais: na época onde a mulher era reservada para as tarefas domésticas, Joanita sem-

8 CidadesdoRN

pre trabalhou fora, no comércio. Entretanto, ao ajudar o marido que já havia sido prefeito e deputado, surgiu nela um espírito político, e descobriu uma vocação para líder. Juntos, tiveram 8 filhos: Paula Frassinete, a mais velha, que morreu com poucas semanas de nascida; Marluce, Cassiano, Leonardo, Laurita ( que morreu em 1970, vítima de convulsões), Cid, Domício e Lauro Arruda Câmara Filho. O casal teve 16 netos. Durante os anos 50, Joanita foi eleita prefeita de Nova Cruz, a mais importante cidade da região agreste. Juntamente com o marido, pertenceu ao PSD e foi fiel ao partido até sua extinção. Em 1960, fez parte da coligação “Cruzada da Esperança”, que elegeu o então candidato Aluízio Alves governador do estado. Respeitada por todos, até pelos adversários políticos, Joanita sempre tratou com carinho os mais humildes: todos tinham

acesso à mesa farta em sua casa. Gestos como esses lhe renderam o carinhoso apelido de “Mãe Gorda”, pois era quase uma mãe para o povo pobre da cidade. Dona Joanita, como era conhecida, era alta, altiva e decidida, e marcou a cidade de Nova Cruz pela sua atuação dinâmica. Ao deixar a política, permaneceu como liderança na região, e trabalhando na sua loja, Comércio Arruda Câmara, especializada em eletrodomésticos. Ela faleceu no dia 29 de abril de 1993, aos 80 anos, em decorrência de uma embolia pulmonar. O seu enterro parou a cidade de Nova Cruz. As escolas não abriram em memória à ela, o comércio não funcionou, e mais de 5 mil pessoas estavam presentes, incluindo os políticos mais importantes do estado. Ela estará sempre na memória do povo de Nova Cruz como a “mãe gorda”, um exemplo de lealdade e fidelidade ao seu povo e aos seus princípios.


Chamada de página

Lauro Arruda Câmara (Patrono da Casa de Cultura de Nova Cruz)

Leonardo Arruda e família

LEONARDO ARRUDA CÂMARA

Um novacruzense apaixonado pela política e pelo esporte Leonardo Arruda Câmara, nasceu em 25 de julho de 1947, Nova Cruz – RN, filho do casal Lauro Arruda Câmara e Joanita Torres Arruda Câmara. Advogado, exerceu a profissão no período de 1974 a 1981, professor e grande desportista do Rio Grande do Norte. No ano de 1971, Leonardo Arruda, seguindo a tradição familiar entra na vida publica elegendo-se a vereador tendo sido na época,proporcionalmente o mais votado do município, exercendo o legislativo municipal de 1971 a 1974. No ano de 1982, Leonardo, seguindo os passos de seu pai que ocupara o cargo de Deputado Estadual, entra na

disputa por uma vaga na Assembléia Legislativa do RN e conquista o seu primeiro Mandato e do qual foi detentor por quatro legislaturas. Exerceu no ano de 1995 a 1997 o mandato de Presidente da Assembléia Legislativa, oportunidade em que e também assumiu o Governo do Estado interinamente por 15 dias. Leonardo Arruda também foi Secretario estadual em várias ocasiões, membro do Conselho da OAB – RN, Presidente do do ABC Futebol Clube de Natal e Presidente do Partido Estadual do PDT. Atualmente é Diretor Patrimonial do Data Norte, do governo do Estado.

Nasceu em Lábrea-AM, a 09.10.1912, filho de Antônio Arruda Câmara e d. Taciana Baía Arruda Câmara. Não havia completado dois anos de idade quando seus pais se transferiram para o Rio Grande do Norte, fixando residência no município de Nova Cruz. Estudou no Colégio Santo Antônio (Marista), em Natal. Casou-se com d. Joanita Torres Arruda Câmara (1935), passando a residir na Fazenda Umbuzeiro, propriedade do sogro, localizada em Nova Cruz. Desta união nasceram oito filhos, dois dos quais já falecidos (Paula e Laurita Arruda Câmara); os demais, são: Marluce, Cassiano (jornalista), Leonardo (advogado e político), Cid (engenheiro), Domício e Lauro Arruda Câmara Filho (médicos). Dedicou-se ao comércio, explorando os ramos de tecidos e eletrodomésticos, com estabelecimentos disseminados por três municípios - Nova Cruz, inclusive na própria Fazenda Umbuzeiro, São José de Campestre e Serra de São Bento. Foi Prefeito de Nova Cruz no pós-guerra (1948), renunciando ao mandato quando foi eleito Deputado Estadual (out., 1950) pelo PSD-Partido Social Democrático, legenda a que sempre foi fiel. Segundo assinala o seu filho Leonardo Arruda, assumiria ainda, na condição de suplente, o mandato de Deputado Estadual nas legislaturas 1955-56 e 1959-62. Não se reelegendo posteriormente, abandonou a política e passou a dedicar-se à agropecuária. Faleceu, em Natal, em 24 de julho de 1996.

CidadesdoRN 9


Líder político

José Peixoto Mariano O líder político mais popular da história dos 100 anos de Nova Cruz

Paraibano do município de Caiçara, da comunidade Braga, nascido no dia 02 de fevereiro de 1930, sendo filho de Antonio Peixoto Mariano e Joana Peixoto Nogueira, pequenos agricultores da Região do Curimataú. Tendo em vista as dificuldades da época e o pequeno poder financeiro da família, José Peixoto Mariano cursou apenas o primário, onde para tanto se deslo-

10 CidadesdoRN

cava da sua residência à escola que distava 6km, o que fazia a pé ou de animal. Em sua infância e adolescência além de estudar exerceu a atividade de tropeiro, transportando côco do agreste parabaino (mais precisamente de Mataraca) para Nova Cruz, Jacaraú e Caiçara, esses dois últimos municípios da Paraíba, tendo posteriormente fixado residência na

cidade de Nova Cruz, no bairro Alto de São Sebastião, juntamente com seus pais. Ao chegar a Nova Cruz contraiu matrimônio com a jovem Marina Fernandes de Farias, no dia 29 de julho de 1950, que se passou a chamar Marina Fernandes Peixoto, com quem viveu até a sua partida para o Oriente Eterno. Dessa união nasceram sete filhos: José, Marcelo e Maria José (falecidos), João, Renato, Fátima e Márcio, hoje residentes em Nova Cruz e Natal. Após o casamento José Peixoto Mariano, tornou-se comerciante, onde desenvolveu atividades nos ramos de padaria e mercearia, na cidade de Nova Cruz, bem como de comerciante ambulante nas praias de Baía Formosa, Barra de Cunhaú e Vila Flôr, sendo depois nomeado Fiscal de Rendas do Tesouro Estadual e exerceu suas funções por muitos anos no Posto Fiscal do Catolé, sempre procurando ter um bom relacionamento com seus fregueses e contribuintes, o que o levou a pleitear uma vaga na Câmara Municipal, exercendo a legislatura do município de Nova Cruz por dois mandatos (1954/1962), tornando-se político humano e amigo dos humildes, o que o credenciou a candidatar-se a Prefeito Municipal de Nova Cruz no ano de 1962, elegendo-se pela primeira vez, graças a popularidade que conquistou junto aos mais necessitados


Líder político

com o seu largo sorriso aberto, tendo com Vice Prefeito o Senhor Luis Gadelha de Assunção, hoje também, de saudosa memória. Ao terminar seu primeiro mandato como Prefeito Municipal, já intitulado como o PAI DA POBREZA, dada a sua ação social permanente voltada aos mais carentes, apresentou como candidatos a sua sucessão os senhores Severino Augusto de Morais, seu confidente e amigo fiel, e José Emílio de Sousa, que lograram êxito. Convocado que foi pela população novacruzense em 1972, voltou a candidatar-se para dirigir os destinos do munícipio, tendo como companheiro de chapa seu amigo Olavo Pinheiro, conseguindo expressivamente o seu segundo mandato de Prefeito. Continuando a sua trajetória política tendo como meta principal a assistência social, quando transportava diária e costumeiramente pessoas doentes para Natal, o que tornou a sua residência conhecida como o Hospital dos Pobres. Ao término do seu segundo mandato apresentou em 1978 como seu sucessor o senhor Luiz Moreira Neto que tinha como Vice Prefeito o senhor Antonio Matias da Costa, que foram vitoriosos. Em 1982, mais uma vez convocado pelo povo, o senhor José Peixoto Mariano candidatou-se a Prefeito, tendo como companheiro de chapa o senhor Anselmo Augusto

Família Peixoto Mariano

de Morais, conquistando então o seu terceiro mandato frente ao Poder Executivo Municipal. Mesmo sem mandato, no período de 1988/1992, continuou dando assistência a população novacruzense, onde a sua casa continuava de portas abertas e o seu carro era o meio de transporte de muitas pessoas doentes, que sem recursos, precisavam serem transportadas para Natal e outros municípios. Apesar da divisão do seu grupo político, mas procurando ser fiel ao seu povo, em 1992 voltou a disputar a Prefeitura Municipal de Nova Cruz pela quarta vez, não conseguindo sucesso. Mesmo assim, não desprezou os seus correligionários, continuou a luta incansável de todos os dias, procurando sempre atender e satisfazer os que o procuravam. Em seu terceiro mandato José Peixoto Mariano, idealis-

ta que era lutou e conseguiu a criação da Associação dos Municípios do Agreste Potiguar, conhecida como AMAP, sendo o seu primeiro Presidente, exercendo dois mandatos, prova do seu bom relacionamento com os Prefeitos da região da época, visando tão somente o desenvolvimento de Nova Cruz e dos municípios que Dela faziam parte. No dia 30 de novembro de 1993, submeteu-se a sua segunda cirurgia cardio-vascular, não resistindo, veio a falecer no dia 3 de dezembro de 1993, no dia da Emancipação Política do Município. Sendo sepultado no dia 5 de dezembro de 1993, onde ocorreu o maior cortejo funeral visto na cidade de Nova Cruz. É oportuno frizar que dando exemplo de amor a terra que escolheu para viver, da qual foi Cidadão Novacruzense, conforme Título homologado pela Câmara Municipal de Nova Cruz.

CidadesdoRN 11


confraternização

José Peixoto e Marina

Descendentes de Niná e Zé Felix

Luiza Peixoto e Fabrício

III encontro da Família Peixoto em Nova Cruz RN A família Peixoto Mariano após a morte de seus antecedentes “Maria Peixoto, Luiza Peixoto, Joana Peixoto, José Peixoto, Geraldo Peixoto e Josefa Peixoto “sentiu a necessidade de realizar encontros de confraternizações com seus familiares com objetivo de manter a união familiar pois era tudo que seus antecedentes sonhavam e desejavam, até então, só se encontravam em velórios. Tomaram a iniciativa de fazer o I Encontro da Família Peixoto Mariano , realizado em Nova Cruz (AABB) em 16/07/2011, contaram com a presença de muitos familiares . Em 31/10/2015 realizaram

12 CidadesdoRN

o II Encontro, em Nova Cruz (AABB), foi um sucesso. Daí surgiu a ideia de fazer anualmente um encontro no período de veraneio com o nome “Fest Verão da família Peixoto Mariano”, onde se encontram em uma das casas de familiares (09/02/14 e 04/02/18 em Baía Formosa, e 31/01/16 e 19/02/19 em Barra de Cunhaú). Recentemente fizeram o III Encontro (23/11/19), no Espaço de Eventos e Lazer Adriano Mandú (Nova Cruz ), foi o melhor de todos, mais adesão da família, onde conseguiram reunir em torno de cem familiares, vindos de São Paulo, Maceió , Rio de Janeiro, Logradouro e diversas cidades do RN.

Fátima, Renato, Karla e Márcio

Geraldo Peixoto e Luluca

Maria Peixoto e João Ganga


Trajetória

Casa da fazenda Lapa

Severino Augusto Morais

Severino Augusto de Morais Personagem que fez parte da história dos 100 anos de Nova Cruz Homem de poucas palavras, mas de puro entendimento dos bastidores da política, Severino Augusto dominou as ações políticas entre as décadas de 60 a 90. Re-

sidia na emblemática FAZENDA LAPA, local para onde recorriam os políticos em busca dos sábios conselhos ou importante apoio, pois era lá que se realizavam os

grandes encontros políticos e de onde saiam as decisões sobre candidaturas, apoios, e se realizavam também, comícios e o tradicional “Matinal”, que encerrava as noites de vigílias nos tempos das antigas eleições. Foi em José Peixoto Mariano, que Severino Augusto manteve o seu maior grau de confiança e amizade na política do município. Mas nomes como de Alfredo Santana, Diógenes da Cunha Lima, Djalma Marinho, Grimaldi Ribeiro, João Paulo da Silva, Luiz Moreira Neto, Samuel Melo, Zacarias Martins, Dr. José Morais, Damião do Sindicato e tantos outros também fizeram parte da legião de amigos de seu “Severino Augusto”. Em 1968, Severino Augusto de Morais foi candidato e foi eleito Prefeito, em uma campanha com um excelente resultado, conforme relatos, contra dona Joanita Torres Arruda Câmara. A partir daí, manteve força na política como Prefeito e posteriormente como grande apoiador e conselheiro dos candidatos que surgiram. Em 1982 indicou seu filho Anselmo Augusto de Morais para compor como vice, a chapa encabeçada por José Peixoto Mariano, tendo sido vitoriosa. Severino Augusto de Morais também foi agropecuarista, mas também, empresário ao se tornar sócio fundador da Rádio Curimataú AM em 1983.

CidadesdoRN 13


história

Vereadora Gabriela Melo (ao centro) junto com sua mãe, Anne, seus irmãos Samuel e Anne Carolina

Família Melo mantém a tradição na política de Nova Cruz há mais de 60 anos Uma história que deve ser bem lembrada e recordada para sempre. Falar da Família Melo é bom iniciar citando, o Sr. Rafael Duarte Melo, que foi Interventor e Delegado de polícia, além de ter sido Capitão da Guarda Nacional, o único da cidade na época, quando Nova Cruz pertencia a cidade de Goianinha. Em seguida veio à participação do seu filho, Francisco José de Melo, pai de Antonio Basílio de Melo, patriarca Melo, residente em Pedra Tapada, comunidade de Nova Cruz – RN. A participação de Antonio Basílio de Melo foi mais no campo da agropecuária. Em seguida a sua filha Emiliana de Melo e Silva, casada com João Paulo da Silva, cidadão de bem, dedicado ao trabalho, tiveram um grande destaque como agropecuarista no município e também no campo político. Homem bem sucedido, e de uma simplicidade imen-

14 CidadesdoRN

sa, de um comportamento tímido, mas também um grande bem feitor, pois soube preservar o que era seu através da sua capacidade de pensar e de agir. João Paulo da Silva, na política, foi eleito por três legislaturas como vereador do município, e por vários anos, foi presidente da sigla partidária na qual o mesmo era filiado. Gostava de política e sempre era consultado pelas lideranças da época para uma conversa, ouvir suas opiniões e receber seu apoio e de sua família. Na tradição política da família Melo, destaca-se Samuel José de Melo, homem de uma simplicidade incrível com as pessoas que conquistou sete legislaturas, sendo, portanto o detentor do título de cidadão com maior numero de mandatos da história de Nova Cruz. Também foi presidente da Câmara Municipal de Nova Cruz.


família melo

ANTONIO BASÍLIO DE MELO NETO Antonio Basílio de Melo Neto (Dr. Tota), natural de Nova Cruz, formado em Direito, agropecuarista, bem articulado e sucedido em Nova Cruz. O advogado Antonio Basílio tem marcado e colaborado com o seu desempenho e com seus empreendimentos e fazendo parte da história dos 100 anos de Nova Cruz.

RICARDO MARQUES DE MELO Exerceu as atividades de Orientador Educacional, Vice-Diretor da Escola Estadual Djalma Marinho, Diretor da 3ª DIREC (Diretoria Regional de Educação e Cultura), 2ª DRAE (Diretoria Regional de Alimentação Escolar) mandato de legislador em 03 (três) legislaturas (1993/1996, 1997/2000, 2005/2008), Presidente da Câmara por dois mandatos e Assessor de Gabinete do ex-prefeito Targino Pereira da Costa Neto.

Dr. Antônio Basílio de Melo Neto

Ricardo Marques de Melo

LUIS CARLOS MARQUES DE MELO Sempre se destacava nos bastidores políticos, nas articulações, nas conversas e nos diálogos. Depois que seu pai, Samuel Melo faleceu, o jovem estudante detentor de uma vocação notória pela política, se transformou no líder político

nato da família. Bom articulador, bom pai e também amigo dos amigos, fez de Luis Carlos um destaque no cenário político e na sociedade novacruzense. E essa vocação foi posta à prática no ano de 2000 quando, dentro de uma conjuntu-

ra política, teve seu nome escolhido como vice – prefeito de Flavio Azevedo do PMDB, mas que não obtiveram o êxito almejado. Luis Carlos não parou suas articulações e em 2012 é lançado como candidato a vereador e se elegendo.

CidadesdoRN 15


família melo

Agropecuarista João Paulo, ex-governador Dinarte Mariz e ex-prefeito José Peixoto (in memoriam)

Luiz Carlos

Vereadora Gabriela Melo

ACIDENTE TRÁGICO Em Dezembro de 2014 o vereador Luiz Carlos era um dos participantes da Cavalgada do aniversário da cidade, quando um trágico acidente ocorreu, em que ele ao cair de seu cavalo, sofreu traumatismo craniano vindo a falecer dias depois, fato que ilutou toda a cidade e a política do estado. Depois deste fatídico acidente, a família e os amigos resolveram manter viva a chama política de Luiz Carlos e convidaram sua filha, a advogada Gabriela Melo, a candidatar-se a edilidade em 2016, conquistando mais um mandato e mantendo a tradição da família Melo, com uma representação na Câmara. Outro ícone da família Melo é o representado por Dr. Jaime Cesar de Melo, natural de Nova Cruz, médico conceituado como referencia no tratamento da angiologia a nível nacional. Além da medicina, Dr. Jaime Cesar, é agropecuarista e milita nos bastidores da política, assim como seu saudoso pai, João Paulo da Silva, contribuído através de suas opiniões, ações e participações de várias candidaturas majoritárias em Nova Cruz.

16 CidadesdoRN

Jaime César

NO RÁDIO Jaime César também contribuiu na crônica política e social de Nova Cruz através da apresentação do programa CONVERSA COM O POVO, aos domingos ao meio-dia, que durou de 1983 até 2000 na Rádio Curimatau AM (da qual seu pai era sócio) e depois continuou com outros apresentadores e com outras denominações na mesma emissora e posteriormente em outras emissoras. SAMUEL José DE MELO NETO Samuel José de Melo Neto, natural de Nova Cruz, Engenheiro civil, filho do saudoso Luis Carlos Marques de Melo. Sempre dedicado aos bastidores da política, atento aos problemas e procurando servir à sociedade assim como foi seu pai, Samuel também tem se destacado na História centenária de Nova Cruz.


Religião

Coral das 100 Vozes

Festa da padroeira enaltece centenário de Nova Cruz

A Paróquia da Imaculada Conceição, em Nova Cruz, através do Pároco Pe. Aerton Sales da Cunha, realizou no período de 29 de novembro a 08 de dezembro a tradicional festa da Imaculada Conceição, padroeira da paróquia e de Nova Cruz. Na programação da festa foi realizada Missa com Bênção e Consagração do novo Altar, presbitério, capelas do Santíssimo e do Batismo e Dedicação

18 CidadesdoRN

da Igreja Matriz, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, no dia primeiro de dezembro. No dia 8 de dezembro, aconteceu a Missa Solene na Igreja Matriz e Bênção dos vitrais colocados alusivos ao centenário de Nova Cruz e homenageados às famílias que os doaram, tais como as famílias da Cunha Lima, Peixoto Mariano, Targino Pereira, Arruda Câmara, Cortez Moreira e as

Religiosas Franciscana de Nossa Senhora do Bom Conselho. Para finalizar os festejos no dia 8 de dezembro, dia da padroeira, aconteceu a tradicional procissão da Imaculada Conceição, com a Imagem da Santa Padroeira, dos Santos e estandartes dos padroeiros das 35 comunidades da paróquia, que percorreram as principais ruas da cidade acompanhadas por uma multidão de fiéis devotos.


Clic Social

1

2

Enlace matrimonial Festa do casal Daniel Dutra e Loisa Marinho. O evento ocorreu no Chaplin Recepções em Natal - RN.

3

4 6 1 Maurício e seu irmão Zé Antonio e família 2 Maurício ao lado dos filhos: Mateus (Médico), Daniel

(Defensor Público), Arthur (Engenheiro) e Pedro (Estudante)

3 Maurício ao lado dos seus familiares: Glorilda irmã, Alice esposa de

Maurício, Graça irmã, irmão José Antonio e sua esposa Célia Cavalcante

4 Presença do pai de Daniel, Maurício Dutra e sua esposa Maria Alice 5 A esquerda sua nora Loise Marinho, Maurício Dutra e sua esposa

5

Maria Alice e Daniel Dutra esposo de Loise

6 Maurício Dutra ao lado dos seus familiares CidadesdoRN 19


João Paulo e esposa

Max Andra d e esposa e

Família Andrade

personagem da história política de Nova Cruz

O médico e ex-prefeito das cidades de Monte das Gameleiras e de Nova Cruz, Dr. Vandy Ernesto de Andrade, casado com Maria das Neves de Luna Freire de Andrade, com quem teve três filhos: Janduhy Max Freire de Andrade, João Paulo Freire de Andrade e Andréa Freire de Andrade. O mesmo chegou ao município de Nova Cruz, no ano de 1984, para prestar serviço na área da saúde chegando ser secretário de saúde e diretor do Hospital da cidade.

20 CidadesdoRN

Depois de uma grande dedicação na qualidade de médico no município, e de uma humildade e simplicidade com todos que o procuravam para se consultar ou conversar outros assuntos. Dr. Vandy se tornou um nome lembrado para entrar na vida publica de Nova Cruz. Já no ano de _1991 o simples médico foi convidado pelo então prefeito de Nova Cruz, Targino Pereira, o mesmo aceitou o desafio de disputar o pleito de prefeito do município de Nova

Cruz. No ano de 1992, foi o vitorioso e conquistou um caso inédito que há anos não corria na política novacruzense: obteve maioria em todas as urnas apuradas no município. Em seguida, o prefeito Vandy continuou a fazer o que ele gostava: atender bem as pessoas e ajudar os mais necessitados. Com uma administração boa dentro da normalidade da época, o prefeito apoiou o nome da ex-primeira dama, Germana de Azevedo Targino, no ano de 1996.


História

dy Dr Van sa o p e es

drade

n Andréia A

ANO DE 2000 No ano de 1999, o então candidato a prefeito Cid Arruda, aproximou-se do grupo político liderado do ex-prefeito Dr. Vandy Ernesto de Andrade. Fizeram uma composição de chapa, Dr. Vandy indicou seu filho, Dr. Max Andrade como companheiro de chapa de Cid Arruda em 2000. Eleito Cid Arruda, o dentista Max Andrade foi peça fundamental para Cid Arruda ter um destaque na administração principalmente no setor da saúde do município de Nova Cruz. MAX ANDRADE O dentista Janduhy Max Freire de Andrade exerceu o principal cargo regional da saúde na Região Agreste, no município de São José de Mipibu. Com uma boa gestão, credenciou o seu nome para entrar na vida publica no ano de 2000, elegendo-se vice prefeito, na chapa encabeçada pelo prefeito Cid Arruda. Além de vice prefeito por oito anos, acumulou a função de secretário de saúde. Max Andrade continuou fazendo parte das conversas políticas e indicando seu irmão João Paulo Freire de Andrade, para compor chapa com o então candidato a prefeito Flávio de Azevedo. Obteve uma sequência de resultados positivos na política de Nova Cruz. No ano de 2010, teve seu nome lembrado e indicado para ser o segundo suplente do senador Garibaldi Alves. Após a vitória do senador, o dentista Max Andrade

se tornou o segundo suplente de senador eleito para um mandato de oito anos. Já profissional na área da saúde, como dentista continua com seus atendimentos nos seus consultórios, além de ter realizado um grande investimento na construção civil: construiu um importante centro empresarial em Nova Cruz. JOÃO PAULO O também dentista, João Paulo Freire de Andrade, teve seu momento de destaque na política novacruzense. No pleito de 2008, conseguiu ê xito na qualidade de vice prefeito do então candidato a prefeito Flávio Azevedo, e conseguiu se eleger vice prefeito do município de Nova Cruz. NEVINHA Maria da Neves Freire de Andrade, esposa do ex-prefeito Vandy também foi destaque. Assumiu a secretaria de assistência social, desenvolveu um excelente trabalho. Em seguida, foi diretora da IV Dired, cargo regional mais importante da educação do governo do Estado na Região Agreste. ANDREA ANDRADE A Primogênita do casal é formada em fisioterapia, exerce sua função em clínicas e efetiva na prefeitura de Logadrouro - PB. Apesar de nunca exercer mandato eletivo ou concorrer em eleições, sempre apoiou e participou das campanhas do pai e irmãos, exercendo papel importante nos bastidores da política novacruzense

CidadesdoRN 21


Targinos

FAMÍLIAS QUE FIZERAM HISTÓRIA

Feira Livre em Nova Cruz

EM NOVA CRUZ

TARGINO PEREIRA DA COSTA NETO PERSONAGEM QUE FEZ HISTÓRIA POLÍTICA EM NOVA CRUZ Um homem de muitas histórias e de muitos caminhos! Este foi Targino Pereira da Costa Neto um ícone político e administrativo em dois estados da federação. Nascido em Araruna/PB aos 26 de julho de 1937, filho de Pedro Targino Sobrinho e de Maria das Neves de AraujoTargino, tinha como prefácio ser representante

22 CidadesdoRN

do sobrenome “Targino”na política ararunense desde o início do século XX.Casou com Germana de Azevedo Targino com quem teve os filhos: Silvana, Giovana (in memorian) e Germano. Vindo de uma família tradicional na política paraibana cresceu vendo seus parentes administrando e dominando os

destinos políticos de Araruna como: o Major Pedro Targino e o Coronel Gino (Targino Pereira) e vê-se animado a também participar davida pública. Seu primeiro êxito político foi aos 22 anos, quando se tornou o 1º prefeito eleito do recém emancipado município de Tacima/PB, em 1959, derrotando Tercílio Cruz.


Targinos

Após administrar Tacima por mais de 3 anos, Targino se afasta para concorrer a prefeitura de Araruna, município vizinho da qual Tacima se emancipou e que era o seu berço político. A disputa de Araruna foi mais renhida, pois o adversário era o mais poderoso líder político do Curimataú paraibano a época, o latifundiário Benjamim Maranhão. Embora jovem, Targino Pereira representava um grupo político antigo, o que contrastava com Seu Beja, um homem já idoso, mas muito energético que veio da mesma família e grupo político de Targino, mas que estavam rompidos desde o “Racha dos Targino” em 1955. O fato pitoresco desta campanha foi sobre uma árvore com galhos em forma de “V” de frente a praça João Pessoa que foi testemunha de manifestações políticas de Targino e seu grupo que afirmavam que “até a arvore fazia o seu V da vitória” o que acabou se confirmando com o abrir das urnas em favor de Targino que promovia assim, uma mudança importante na história política de Araruna, uma vez que Beja Maranhão dominava as ações desde 1956 quando se elegeu prefeito e promoveu a eleição de seu sucessor, Alfredo Barela que governou de 60 a 63, sob sua tutela. À frente da prefeitura de Araruna, Targino Pereira realizou grandes feitos, com destaque para a construção do Novo Mercado Público. Esta obra favoreceu o deslocamento do comércio da cidade em direção ao “Tury”, fazendo com que a malha urbana da cidade evoluísse

Targino e Germana

No que se referem ainda as disputas eleitorais e cargos públicos segue a cronologia: *1959 - elege-se prefeito de Tacima/PB; *1963 - elege-se prefeito da terra natal, Araruna/PB; *1982 - candidata-se a prefeitura de Nova Cruz/RN, ficando em 2º lugar; *1982 - diretor da extinta estatal CIDA (Companhia de Desenvolvimento Agrário/RN; *1988- elege-se prefeito de Nova Cruz/RN; *1994 - elege-se Deputado Estadual para a Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte; *1995 - assume a Secretaria de Interior, Justiça e Cidadania, no governo Garibaldi Alves Filho; *1999 - assume a prefeitura de Goianinha/RN c omo interventor por 40 dias; *2004 - elege-se prefeito de Tacima/PB, 41 anos depois, aos 67 anos de idade; *2008 - reelege-se prefeito de Tacima, aos 71 anos de idade; *2016 - elege-se prefeito de Nova Cruz, aos 79 anos de idade. A força política e o crédito administrativo conquistados em diversos municípios, permitiram a Targino Pereira indicar e eleger a esposa Germana como prefeita em 1996 em Nova Cruz; o filho Germano Targino a prefeito de Lagoa D’Anta em 1996 e em 2000; e seus sucessores: Vandy Ernesto de Andrade em 1992 em Nova Cruz; e Erivan Bezerra em 2012 em Tacima/ PB.

CidadesdoRN 23


Targinos

Germana Targino

Germana, padre Aerton, Germano Targino e sua Taianne Santos

Germana de Azevedo Targino dos 100 anos da cidade de Nova Cruz Germana de Azevedo Targino, paraibana, esposa do grande líder político Targino Pereira, entrou na vida publica cedo tão logo casou-se com ele, tornando-se primeira dama do municípios de Tacima e Araruna/PB em momentos em que Targino se elegia prefeito desses dois municípios. Em Nova Cruz, Germana acompanhou, atuou e apoiou seu esposo quando candidato em 1982, a prefeito em que não conseguiu êxito. Porém em1988, novamente sendo candidato, Targino sagra-se Prefeito de Nova Cruz pela primeira vez e dona Germana se torna a Primeira Dama do município de Nova Cruz - RN.Todos sempre comentavam a elegância,

24 CidadesdoRN

carisma, e a aproximação com as famílias carentes, que Germana Targino atuava no município, exaltando sempre a bandeira do social. Em 1996 é indicada pelo grupo político liderado pelo seu marido, então deputado estadual, como candidata a prefeita e como companheira de chapa a pessoa de Iracema Cruz. Pela primeira vez na política de Nova Cruz, uma chapa composta por duas mulheres se consagra vitoriosa em um pleito. Dedicada à administração, a prefeita Germana Targino foi uma gestora que fez muito pela cidade de Nova Cruz. Uma gestão que implantou o desenvolvimento através da Avenida Assis Chateaubriand. Construiu a belíssima

e moderna praça Barão do Rio Branco em frente ao colégio Nossa Senhora do Carmo e aos Correios. Pavimentou a calçamentos várias ruas, construiu moradias populares eo Ginásio Poliesportivo que homenageia sua filha, Geovana de Azevedo Targino, pavimentações em várias ruas. Atuou sobre tudo na área social que sempre foi sua marca. Promoveu o abastecimento de Água na comunidade de Lagoa Limpa, além de varias outras obras que foram destaques na sua administração. Com responsabilidade a prefeita Germana Targino fez uma excelente administração. Que na época foi destaque e considerada uma ótima prefeita.


Targinos

Germano Targino

Estúdio da FM Curimataú

Germano Targino Trajetória política Desde muito cedo, Mano, como é carinhosamente chamado pela família e amigos, demonstrava interesse e vocação pela política. Já naquela época, com apenas oito anos de idade, seguia as passeatas do seu pai pelas ruas de Nova Cruz e sonhava em um dia poder dar continuidade aos passos do seu genitor, cuja história inclui duas disputas para prefeitura da cidade de Lagoa D’antas do agreste do Rio Grande do Norte, onde foi eleito ao cargo majoritário em 1996. Em 1996, foi a vez de sua mãe, Germana, disputar e vencer as eleições, sendo eleita prefeita na cidade de Nova Cruz, resultado de um bom trabalho realizado por ela na Secretaria de Ação Social do município durante o mandato do seu esposo, Targino Pereira.

Também em 1996, Mano entrou para a vida pública e com apenas 21 anos, concorreu e venceu as eleições majoritárias de Lagoa d’Anta, afastando um grupo político que alternava-se no poder há 20 anos. Após assumir a prefeitura, no terceiro ano de mandato, Germano buscou e conseguiu o apoio do então senador Geraldo Melo, em Brasília, realizando várias obras que o município necessitava, através de recursos federais. Devido a este trabalho, em 2000 foi reeleito ao cargo de prefeito, com grande aprovação popular, onde ficou até o ano de 2004. Após deixar a prefeitura de Lagoa D’Anta, Germano voltou a dedicar-se a atividades empresariais e administrativas por aproximadamente um ano e meio, até ser convidado pelo senador Ge-

raldo Melo para ocupar o cargo de coordenador financei/ro de sua campanha. Ele aceitou e ingressou novamente na área política. ALIANÇA Em 2006, o grupo do ex- deputado Targino liderado pelo filho Germano Targino aproximou-se do prefeito Cid Arruda e conseguiram a adesão do prefeito Cid a apoiar a candidatura do senador Geraldo Melo. Depois a aliança continuou e o prefeito Cid no ano de 2008, na época indicou o ex-prefeito Germano Targino como seu candidato a prefeito da cidade de Nova Cruz. E finalmente o grupo de Targino Pereira passou a fazer parte do arco de aliança do prefeito Cid Arruda que durou até o início de fevereiro de 2016.

CidadesdoRN 25


comemoração

Serra de São Bento completa seus 61 anos de emancipação política No dia 31 de dezembro de 1958, de acordo com a lei nº 2.337, sancionada pelo então Governador do estado, Dinarte de Medeiros Mariz, o povoado desmembrou-se de Nova Cruz, tornando-se o município de Serra de São Bento. Localizado na região Agreste do Rio Grande do Norte, Serra de São Bento está a 115 quilômetros de distancia da capital, tendo uma área de 98,1 quilômetros de extensão, onde residem 5.870

pessoas, sendo 3.917 no setor urbano, e 2.953 na zona rural. A economia do município, mesmo seguindo a sua antiga tendência de atuação na área da agricultura, da pecuária e da avicultura. O turismo é hoje o maior gerador de emprego e renda no município. Com várias pousadas o setor atualmente é a maior fonte de renda da cidade de Serra de São Bento. Diversos pontos turísticos mais significativos estão localizados na cidade de Serra de São Bento.

Pousada Pedra Grande

Pousada Vilas

26 CidadesdoRN


comemoração

maior pólo turístico da Região Agreste Potiguar Distante 115 km da cidade de Natal, a cidade de Serra de São Bento, na Região do Agreste Potiguar é hoje a que mais concentra investimentos e se consolidando no turismo do Rio Grande do Norte. Com um clima agradável, o município tem uma boa localização, além de um clima agradável por se encontrar 400 metros de altitude e chegando a registrar 12º C, nos período dos meses de junho a agosto considerado época mais fria na cidade. Foi com esse clima atrativo e com novos investimentos no município que a administração vem mantendo o maior evento realizado na cidade, o Festival de Inverno, sempre acontecendo na primeira semana do mês de agosto. O festival tem uma vasta programação, que contempla varias modalidades esportivas, culturais e artísticas, shows mu-

sicais, gastronomia e artesanato, evento totalmente organizado pela Prefeitura Municipal. Através deste Festival de Inverno foi com que o município impulsionou o turismo da cidade, e com os novos investimentos da iniciativa privada o turismo gera hoje mais de 300 empregos diretos e quase 1000 indiretos. Segundo a prefeita da cidade de Serra de São Bento, Wanessa Gomes de Morais “Através do Festival de Inverno, a Prefeitura vem buscando fomentar o turismo, que a cada dia cresce no nosso município. Estamos tentando viabilizar recursos através do Ministério do Desenvolvimento Regional, e de outros ministérios para desenvolver algumas obras estruturantes, como o Centro Turístico da cidade e pavimentar várias ruas”, acrescentou a prefeita Wanessa.

Com implantação no município de quase dez pousadas a cidade de Serra de São Bento, aumentou também a quantidade de freqüentadores do Festival de Inverno, que antes era em torno de 15 mil pessoas, hoje na 9º realização do festival aproximou-se de 100 mil pessoas. Sendo hoje uma cidade com uma colocação de 10º destino serrano mais procurado no Rio Grande

do Norte. Com isso os alugueis e os imóveis tiveram suas elevações significativas nos valores de cada imóvel. O município concentra através da iniciativa privada um roteiro turístico com excelentes pousadas: Pedra Grande, Pousada Lajedo, Pousada Villas da Serra, Restaurante: Galinha da Serra, Vila de Sabores e Café Serrano e Flor da Serra.

ECOTURISMO Com paisagens deslumbrantes, e no período de inverno o verde e tranqüilidade do município transformam a cidade de Serra de São Bento em destino preferido para quem gosta de praticar esporte e ter tranqüilidade. Os novos investimentos, as rochas, os pontos turísticos e as diversidades da natureza colocam a cidade a ser cada vez mais destaque no cenário turístico do Rio Grande do Norte.

CidadesdoRN 27


carreira política

Paróquia de Nova Cruz recebe imagem doada pelo deputado José Dias

José Dias

Uma voz em defesa do Rio Grande do Norte Nascido em 07 de abril de 1939, na cidade de Umarizal, José Dias iniciou trajetória como advogado, professor, empresário, agropecuarista, deixou como marcas a dedicação e o compromisso com o povo potiguar, as mesmas que levaria, depois, para a carreira política. Por sua formação jurídica, deu importante colaboração no trabalho Legislativo de elaboração da Constituição Estadual. É casado e tem um filho. Deputado desde 1986 foi reeleito seguidamente até o atual e nono mandato, prova da confiança renovada dos eleitores em seu trabalho. No Legislativo

28 CidadesdoRN

tem se destacado como membro de várias Comissões. Tem apresentado emendas destinando recursos para a Saúde, Educação e ações de combate à seca. Homem de fé, é autor da Lei que consagrou o 3 de outubro como feriado estadual em homenagem aos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, e do projeto de lei que denominou “Protomártires do Brasil” a Rodovia Estadual que liga o Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves à BR304 e a Lei que permite a criação do peixe Panga no Estado. Colaborou com o processo de construção do Santuário de Nazaré.

A Paróquia da Imaculada Conceição, município Nova Cruz, fez a abertura oficial do Ano Jubilar do Centenário de Nova Cruz, 2018/2019, com a inauguração e bênção do Marco do Ano Jubilar, uma Imagem da Imaculada Conceição, esculpida em pedra, feita pelo escultor artista plástico Manoel Câmara Junior, e doado pelo deputado estadual, José Dias. A Imagem da Imaculada Conceição de 2 metros de altura foi colocada numa pedra também de 2 metros de altura, em frente à Igreja Matriz de Nova Cruz, na Praça da Matriz. Local escolhido pelo Pároco Pe. Aerton Sales da Cunha para ficar como referência marcante na abertura do Ano Jubilar. Este ano de 2019 a festa teve um destaque maior pelas comemorações do centenário de emancipação da cidade de Nova Cruz. A preparação para o centenário teve início pela paróquia em 03 de dezembro de 2018, com o eventos culturais e esportivos promovidos pelo padre Aerton e abraçados pela população em geral, que deu total apoio às comemorações.


CidadesdoRN 29


Filhos de Nova cruz

Patriarca Cunha Lima Personagem que fez parte da história dos 100 anos de Nova Cruz

Família Cunha Lima

30

Diógenes da Cunha Lima, filho de João da Cunha Lima e Maria José da Cunha Lima, nasceu em 1906 em Serraria – PB. Chegou à Nova Cruz, ainda moço. Iniciou no trabalho logo cedo com seu cunhado, Otaviano Pessoa. Após 10 anos seguiu com seu próprio negócio no ramo de vendas de tecidos que lhe rendeu condições de comprar as propriedades de:Lagoa da Ameixa, Tanque Estivado e Sítio Novo, sendo nesta última fazenda que priorizou a atividade pecuária. Outra atividade de “ Seu Diógenes” era atendimento de saúde das famílias com suas avaliações de casos simples em uma época que não havia médicos na cidade. Diógenes da Cunha Lima, foi sempre culto um personagem carismático, autentico e talentoso, bom amigo e rígido quando a ocasião pedia, sendo bom esposo e um exemplo depai, um homem de grandes virtudes. Casou com Eunice Pessoa da Cunha cuja união renderam os filhos: Arian, Gilma, Marcelo, Daladier, Olindina e Diógenes Filho, todos com destacadas atuações na sociedade de Nova Cruz e do estado. Seu Diógenes faleceu no ano de 1972. Segundo o professor e historiador Pedro Marinho, em seu livro “Nova Cruz Retrato de uma História”, Diógenes da Cunha Lima foi o único país que teve dois filhos reitores de uma universidade federal:Daladier Cunha Limae Diógenes da Cunha Lima, este ultimo pertencente a Academia Norteriograndense de Letras.

CidadesdoRN


Filhos de Nova cruz

CENTENÁRIO DE SEU DIÓGENES Em 04 de janeiro de 2006, a cidade de Nova Cruz vivenciou o centenário de nascimento de Seu Diógenes, em que toda família Cunha Lima esteve reunida para inaugurar o monumento

com o Busto do patriarca Diógenes da Cunha Lima erguido na Fazenda Santa Gertrudes, onde viveu em seus inesquecíveis dias. O evento propiciou que a maioria dos familiares, espalha-

dos por vários estados do Nordeste pudessem se reunir com a população novacruzense. Fato esse que foi noticiado pelo Jornal do Agreste em sua edição do mês de Fevereiro de 2006.

Diógenes da Cunha Lima

Daladier Pessoa Cunha Lima

Marcelo Cunha Lima

Estudou em Natal e formou-se em Direito, em 1963. Sua dedicação à profissão fez dele um dos mais conceituados advogados do Estado. Diógenes da Cunha Lima tem ocupado importantes cargos relacionados ao ensino e à cultura, áreas a que se dedica como produtor e incentivador. Foi reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, secretário da Educação e Cultura, presidente da Fundação José Augusto, professor do Curso de Direito e é, atualmente, presidente da Academia Norte-rio-grandense de Letras.

Daladier Pessoa Cunha Lima foi o primeiro reitor eleito da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Exerceu o cargo de 1987 a 1991. Antes, foi diretor do Centro de Ciências Sociais da Saúde, pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação, e vice-reitor da UFRN. Graduado em Medicina pela UFRN (1965), tem especialização em Medicina do Trabalho e Administração Universitária. Ao se aposentar, abdicou da Medicina e optou pela Educação, tendo se dedicado à instalação da Faculdade Natalense para o Desenvolvimento do Rio Grande do Norte (FARN), atual UNI-RN.

Desde sua infância acompanhou seu pai, Diógenes da Cunha Lima, na Fazenda Santa Gertrudes, enveredando para o setor agropecuário e se transformando em um grande comerciante de carne bovina, com frigoríficos e distribuidor de carne para restaurantes e rede hoteleira em Natal. Sua articulação no ramo de carne bovina contribuiu na qualificação do rebanho bovino no Estado do Rio Grande do Norte melhorando o padrão de qualidade do gado bovino em suas fazendas trazendo gado principalmente de Uberaba, em Minas Gerais. É fã de vaquejada e ajudou a consolidar o esporte no RN.

CidadesdoRN 31


Educação

Escola Modelo de Nova Cruz

ESCOLA MODELO Há 60 anos colaborando e transformando pessoas através da boa educação A escola modelo da cidade de Nova Cruz foi fundada em 1960, pela professora Iraci Alves de Carvalho, e na época teve as atividades no endereço da rua 13 de maio atendendo a comunidade novacruzense. Sendo exemplo da boa condução, organização e dedicação a mais subli-

32 CidadesdoRN

me dos ofícios, a Educação. Em seguida, a pedido da professora Iraci, o senhor Sebastião Andreza dos Santos, manteve através de sua dedicação a continuidade do nome e da história da Escola Modelo, com suas atividades de funcionamento no endereço da rua Mário Pinoti.

Em 1994, a referida escola ganhou nova diretora, a professora Marizete Soares de Oliveira Santos, que ao lado do seu esposo Emanuel Lúcio dos Santos promoveram modernidade e um novo rumo àquela instituição de Ensino. A escola passou a trabalhar com nova visão pe-


Educação

dagógica e com isso a cada ano vem sendo destaque na cidade pela forma de trabalho e organização que oferece em prol da formação do cidadão. Visando o bem estar dos alunos em 1997 a escola recebeu nova estrutura e maior espaço, passando assim a atender a partir do Jardim I até o ensino médio e com uma estrutura que oferece 22 salas que condiciona um excelente trabalho, através de uma boa equipe. Destaca-se que neste ambiente também funciona a UNOPAR com cursos superiores e de pós graduação... O trabalho educativo na escola tem alcançado um bom índice de desenvolvimento e sucesso graças a equipe formada por pessoas qualificadas nas áreas administrativas e pedagógica que conta com a importante participação dos pais e familiares dos alunos. E corpo está sempre em processo de atualização tanto de conhecimento como de novos métodos a serem aplicadas junto a sua clientela, visando não apenas instruir seus discentes, mas prepará-los para a formação de uma nova sociedade em que o fator humano seja a principal prioridade a ser alcançada através da formação de uma consciência crítica que conduza - os a ações comunitárias em beneficio não só das próximas gerações mas também concorrer sobretudo para a defesa e conservação ecológica do planeta em que vivemos.

Infraestrutura da Escola Modelo

CidadesdoRN 33


POLÍTICA & POLÍTICOS Por Lenilson da Costa

VÁRZEA DISPUTA Vereador Salin será pré-candidato a prefeito da cidade de Lagoa de Pedras O vereador mais votado do município de Lagoa de Pedras, Salin Sales vai entrar sim na disputa para prefeito. Salin se articula e já trabalha para no início do ano novo, formar um grupo de pré-candidatos a vereadores que vai respaldar o seu projeto de pré candidatura a prefeito naquele município. Ele também contabiliza os apoios dos deputados José Dias e João Maia que já anunciaram que estarão no seu palanque rumo a 2020.

PASSAGEM Vai ser na cidade de Passagem um destaque diferente nas eleições de 2020 No município de Passagem já vivencia um acordo histórico na política. O grupo político liderado pelo ex-prefeito Ronaldo Barreto que faz união com o grupo do prefeito em exercício Tota Fagundes. A chapa será composta por Junior Targino prefeito e o vice o nome do filho de Ronaldo Barreto.

NATAL Deputado Ubaldo Fernandes assume presidência do PL de Natal Partido Liberal – PL em Natal, conta com o novo presidente, o deputado estadual Ubaldo Fernandes. Ubaldo aos poucos está se articulando e ampliando a sua base eleitoral em Natal e no interior do Estado.

34 CidadesdoRN

SÃO GONÇALO A administração do prefeito Paulinho embala no Estado. O prefeito anda bem avaliado e tem tornado o município destaque a nível estadual. Politicamente o município tem se destacado contabiliza o nome da senadora Zenaide e do secretário de desenvolvimento e ex-prefeito de São Gonçalo, Jaime Calado.

Prefeito Pedro Sales vai para a reeleição com tranqüilidade O prefeito Pedro Sales segue com tranquilidade no processo de reeleição em 2020. O prefeito a cada dia vem desenvolvendo e fazendo acontecer no seu município. O chefe da municipalidade vai tentar buscar mais quatro anos de mandatos para dar continuidade nos seus projetos da educação, saúde, agricultura, assistência social. São setores que estão tendo total cuidados desde o primeiro dia de sua gestão.

CEARÁ-MIRIM A eleição do município de Ceará Mirim, recentemente ocorrida naquela cidade foi mais um exemplo de cidadania. Quando o povo quer escolher um nome, não depende de sistema político que o derrube. Lá Julio contabilizou apenas dois apoios, o de Robinson Faria e do deputado José Dias a favor do seu nome. Já o candidato Ronaldo Venâncio contou com os maiores apoios político do Estado.


LAGOA SALGADA A vice-prefeita de Lagoa Salgada Geyse Murian, recém-filiada ao PSDB, vai entrar o ano de 2020 com o objetivo de unir o grupo político da oposição. Nomes como os ex-prefeitos Canindé Justino (PSB), Dedé Justino e Alexandre Justino. O grupo também conta com o apoio do ex-presidente da Câmara, Frank Justino (PSB), e do médico Dr. Ibiapino, que preside o PSDB em Lagoa Salgada.

nova cruz Cinco nomes no cenário para as eleições de 2020 em Nova Cruz, quatro nomes já configuram como prováveis pré – candidatos para o pleito são eles: O atual prefeito Flávio Nogueira (MDB), ex-prefeito Cid Arruda (PSB), Germano Targino (PP), e o professor Narciso Genuíno (REDE). São nomes mais cotados para entrar na disputa do próximo ano.

MONTE ALEGRE Na cidade de Monte Alegre, o prefeito Severino Rodrigues já tem dois nomes dentro de um projeto para a sua sucessão. O sobrinho ou vereador Toinho Ananias.

deputado O deputado Azevedo através da Assembléia Legislativa homenageou o 8º Batalhão Polícia Militar de Nova Cruz. A sessão solene foi na Câmara Municipal de Nova Cruz.

PASSA E FICA Na cidade de Passa e Fica continua as articulações com vários nomes da oposição para a disputa do pleito de 2020. Orlando, Cibele de Everaldo, Edson são alguns nomes que poderão entrar para o pleito. Falando em Orlando, o mesmo já foi vereador e também candidato a prefeito no ano de 2008, enfrentando todo o clã Lisboa da política de Passa e Fica. O nome de David Caboclo é mais um nome que poderá entrar na disputa.

PARNAMIRIM Na cidade de Parnamirim vários nomes têm sido já lançados nos bastidores da política. O nome do atual prefeito Taveira e da ex-primeira Dama de Natal, Andréia são os nomes mais cogitados hoje em Parnamirim.

GOIANINHA Falando em Goianinha, a política lá já tem nome novo para a disputa contra a reeleição do atual prefeito. Comenta-se no nome da esposa do ex-prefeito Junior Rocha, para ser a pré candidata a prefeita daquele município, rompendo assim politicamente o laço com o ex- deputado Dison.

SANTO ANTONIO O prefeito Josimar Ferreira já mostra que pretende ir para o embate mais uma vez. Como a Lei Eleitoral assegura a reeleição, o nome do prefeito, é mais um no cenário político a disputar as eleições de 2020. Outro nome bem visível a entrar na disputa, é o do filho do ex-prefeito Lula Ribeiro, que poderá ser o pré-candidato a prefeito com maior poder de fogo no grupo político da oposição. Nome também que vem se destacando é o do vice-prefeito e médico Dr. Estácio. Na última eleição rompeu com o grupo político do prefeito Josimar.

CidadesdoRN 35


Raízes

Família Marques

é tradição em Nova Cruz

Márcio e sua esposa Daniela

Paulinho Marques e sua esposa Eugênia de Nova Cruz Essa tradicional família se destaca a partir dos três irmãos: Arnaldo Marques, José Félix Marques e Oscar Marques, que tinham como um propósito a união de toda a família como força de existência. Atuantes em várias

36 CidadesdoRN

frentes da sociedade, sobretudo na agropecuária, os irmãos Marques formaram numerosas famílias cujos filhos se destacaram ou se destacam na sociedade e na política de Nova Cruz. Pelo lado de Arnaldo Mar-

ques se destacou a figura de seu filho, Paulo Marques (Paulinho de seu Arnaldo), que tem grande influencia no esporte de Nova Cruz e atuou como profissional na Saúde de Nova Cruz, mas também com forte presença na política do município. Já seu José Félix Marques que residia no Trigueiro, teve seus filhos Maurício e Márcio Marques destacado no ramo empresarial com loja de ração e outros implementos em Nova Cruz.


Passa e fica

LULA CABOCLO de EMPRESÁRIO a DESTAQUE NA POLÍTICA O empresário e agropecuarista Aluizio Almeida de Araújo, o Lula Caboclo, tem se destacado no ramo da construção civil do município de Passa e Fica. No ano de 1992, foi convidado pelo líder político da cidade, Pedro Augusto Lisboa, para participar das eleições do município, como candidato a vereador. Entrou na vida pública no ano de 1992, em sua primeira disputa o mesmo alcançou a primeira suplência. Depois disputou vários pleitos sempre conquistando votações expressivas e contabilizando quatro mandatos políticos como vereador e um de vice – pre-

Fotos: Tony

38 CidadesdoRN

feito na cidade de Passa e Fica. O líder político Lula Caboclo tem bom relacionamento com todos os grupos políticos da cidade, tantocom o grupo político da situação, quanto da oposição. Também foi o único na história política do município que elegeu dois filhos em único pleito e no mesmo partido, na eleição municipal em 2012 para vereador: David Caboclo e Dayane Caboclo. Fato que comprova a força política de Lula Caboclo tem no município de Passa e Fica. Na ultima eleição em 2016, seu filho reelegeu e ainda foi escolhido Presidente da Câmara Municipal de Passa e Fica.No ano de 2018, com o afastamento temporário do prefeito Leonardo Lisboa David caboclo chegou a assumir por dois meses a Prefeitura do município. Com essa demonstração de força política, como já dissemos, não é de se duvidar que a família Caboclo tem pensamentos em novos projetos majoritários. Tanto que a população projeta o nome de David Caboclo com uma pré candidatura a prefeito rumo as eleições de 2020.

DAVID CABOCLO Presidente da Câmara de Passa e Fica, David Caboclo tem nome lembrado para a disputa a prefeitura em 2020 O ex-prefeito interino da cidade de Passa e Fica e atual Presidente da Câmara, David Caboclo tem seu nome lembrado pela população passafiquense, o que alimenta ainda mais o projeto político para 2020. Segundo o que a população comenta e atribui a essa forte lembrança foi o fato do mesmo ter assumido interinamente a Prefeitura Municipal, por dois meses, no ano de 2018, em que o mesmo deu uma prova que tem total condição de administrar a cidade. Essa cogitação se dá em todas as rodas políticas tida como uma alternativa para o município, e conta com o apoio de uma legião de amigos da família Caboclo.


Sindicato

Ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Nova Cruz, Damião Gomes

Damião Gomes da Silva

O ícone em defesa do homem no campo

Damião Gomes da Silva, 78, natural da cidade de Nova Cruz. Criado no campo se identificou, quando jovem, com os crescentes movimentos sociais principalmente dos trabalhadores rurais que na época tinham pouquíssimos direitos. Militou no movimento rural mesmo contra a ditadura militar, participando da fundação do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Nova Cruz do qual chegou a ser seu Presidente por mais de dez mandatos. Carismático, simples, amigo dos amigos, lutador incansável pelo homem do campo e de outras classes trabalhistas, também

40 CidadesdoRN

foi uma figura fundamental nas lutas da Federação dos Trabalhadores Rurais do RN – FETARN e da Confederação dos Trabalhadores da Agricultura – CONTAG, das quais fez parte de suas diretorias, sempre com vez e voz em suas principais decisões em todos esses anos. Damião costuma dizer que quatro coisas movem sua vida: o amor ao próximo, o movimento sindical, a política e o esporte. Porta voz dos novacruzenses nos diversos aspectos políticos, econômicos e sociais, o líder de vanguarda tem contabilizadas varias viagens à Brasília, sendo uma das

poucas pessoas do município que mais esteve lá representando e articulando benefícios em prol do homem do campo de Nova Cruz e do estado. Um marco importante nas lutas promovidas em favor dos agricultores, Damião Gomes ficou a frente do movimento de assentamentos no município de Nova Cruz. No ano de 1998, juntamente com um grupo de trabalhadores criaram o primeiro assentamento da região Agreste: “Assentamento José Rodrigues Sobrinho” que contou com o apoio e irrestrito do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e da FETARN.


Sindicato POLÍTICA Ele entrou na vida pública, elegendo – se vereador pela primeira vez no município de Nova Cruz. Desde então e até hoje é uma voz representativa dos trabalhadores rurais em todos os movimentos políticos e nas eleições, seja como candidato ou como apoiador de candidaturas, sempre desempenhando notório poder de articulação. Teve como principal líder político, José Peixoto Mariano do qual sempre manteve grande amizade e do qual detinha seus conselhos políticos. PROGRAMA NO RÁDIO Apaixonado pela comunicação Damião Gomes como Presidente do Sindicato conseguiu de forma pioneira no estado promover a partir de 1983, um programa com duração de uma hora na Rádio Curimataú AM de Nova Cruz, denominado de: “A Voz do Trabalhador”, um meio de comunicação direto com o homem do campo, que permanece até os dias atuais. esporte Damião Gomes também militou no esporte em Nova Cruz. Fez parte da diretoria do São Sebastião Esporte Clube e foi Presidente da Liga Desportiva e Cultural de Nova Cruz na década de 90.

Dedicação de uma vida ao povo de Nova Cruz Depois de passados por vários anos, a frente do Sindicato dos Trabalhadores de Nova Cruz, Damião Gomes, apenas dois se dedicaram aos movimentos sindicais:Erivan Gomes da Silva e Edmilson Gomes da Silva (Negão). O primeiro, Erivan, acompanhando desde pequeno as lutas sindicais com seu pai logo se apaixonou pelo movimento. São muitas as contribuições deste, que ao lado do seu pai, como membro da Diretoria da FETARN já há mais de 25 anos. Com a mesma origem, Edmilson (Negão) atuando de forma mais local, ou seja, em Nova Cruz, hoje exerce a Presidência do Sindicato, mantendo o legado de lutas de seu pai.

SINDICATO DOS TRABALHADORES RURAIS DE NOVA CRUZ Mais de 50 anos de história em defesa dos trabalhadores O Sindicatodos Trabalhadores Rurais de Nova Cruz, desde que foi fundado marca a história de lutas do homem do campo de Nova Cruz em defesa dosseus direitos. Teve como principal mentor Damião Gomes da Silva que por quase toda a sua existência foi seu presidente. Na atualidade, a Presidência do Sindicato, agora denominado: SINDICATO DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS RURAIS E DA AGRICULTURA FAMILIAR – STTRAF, está Edmilson Gomes da Silva,filho de Damião Gomes, que vem se destacando

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Nova Cruz, Edmilson Gomes por promover junto com a diretoria o efetivo acompanhamento das mudanças e dos avanços que o movimento sindical rural exige. Para o ano de 2020, o Presidente tem em pauta a execução de ações,

em conjunto com órgãos de gestão (Prefeitura, Secretarias e Governo do Estado) e parceiros de luta (FETARN e CONTAG), em benefício aos seus associados e em fortalecimento e ampliação do sindicato.

CidadesdoRN 41


Juntos há 70 anos, casal com 13 filhos diz que segredo é ‘ter jogo de cintura’

legado

José Bezerra e esposa

José Bezerra dos Anjos José Bezerra dos Anjos nasceu no dia 04 de janeiro de 1926, em Jacaraú – PB. Chegou em Nova Cruz, dia 07 de janeiro de 1941, onde fixou residência até os dias atuais. Uma pessoa democrática com um acervo cultural que merece destaque: Cursou em sua terra natal do I ao IV ano primário, no período de 1933 a 1936. Na Escola Comercial de Nova Cruz, fez curso básico de Pratica de Escritório(equivalente ao ginásio), no período 1954 a 1958. E no Colégio João Tibúrcio (Natal) é um homem católico praticante que participou de alguns movimentos da Igreja, como: * MFC( Movimento da Família Cristã), participou no ano de 1955, do Congresso Nacional na cidade de Fortaleza no Ceará. *ECC (Encontro de Casais em Cristo), implantou junto com seus colegas, tendo se engajado na Pastoral dos Noivos, com o obje-

42 CidadesdoRN

tivo de levar aos noivos instruções regulamentares. Tem muitos amigos no município, praticou varias modalidades esportivas. Nas atividades foi comerciário nos anos de 1941 a 1957, Fazendário, tendo como função inicial:Auxiliar Coletoria, já no ano de 1960 foi aprovado no concurso de Exator Federal, em 1972, fez mais concurso para mesma função a fim d poder ter acesso ao concurso de reclassificação no qual foi aprovado entre os 10 primeiros colocados.Em 1975, teve um enfarte o afastou das atividades, tendo se aposentado em 1977, como auditor Fiscal do Tesouro Nacional. Outras atividades paralelas foi secretário da Escola Comercial em Nova Cruz, nos anos de 1958 a 1962. Também exerceu a função de professor no ano de 1958. Secretário na Escola Nestor Marinho desde a sua fundação.

Idosos moram em Nova Cruz, no interior do Rio Grande do Norte. Dezilda, de 91 anos e Zezito, de 96, celebram o amor ‘nas pequenas coisas’. Eles têm 13 filhos, 25 netos e 20 bisnetos. Por Andrea Tavares, G1 RN - A união que começou em 1947 rendeu frutos: 13 filhos, 25 netos e 20 bisnetos. Os dois são de Nova Cruz, cidade do interior do Rio Grande do Norte. Foi no Natal de 1944 que seu Zezito, em uma tentativa de se aproximar de dona Dezilda, chamou ela para passear em um parque de diversões que estava na cidade. Os dois brincavam num brinquedo popularmente conhecido como ‘canoa’, quando o primeiro beijo aconteceu. “Sorte que a canoa não virou”, brinca Dezilda. Desde então, não se desgrudaram mais. As mãos não se separam há mais de meio século e estão sempre unidas em um firme aperto entrelaçado. Eles ainda andam de mãos dadas e fazem todas as refeições juntos. Uma rotina que os aposentados Dezilda, de 91 anos e Zezito, de 96, mantêm há 70 anos. O segredo para tanto tempo de união? “Ah, tem que ter muito jogo de cintura”, responde, sem titubear, seu Zezito. E dona Dezilda completa: “Só quem vai nos separar é a morte”, diz, apaixonada. (extraído do Livro do Professor Pedro e do G1 – RN). Hoje continua aos seus 96 anos gozando de um excelente repouso junto com a sua família no Município de Nova Cruz.


Sucessão familiar

Empresário José Crizanto

Empresário Zezinho Crizanto

Família Crizanto Tudo começou com o seu pai Antonio Crizanto da Costa, que tão cedo iniciou as suas atividades, na qualidade de comerciante freqüentando e comercializando na feira livre de nova Cruz e da região Agreste. Depois o seu filho José Crizanto da Costa “conhecido por Zeca Crisanto”. Começou ao lado do seu pai no 1950, iniciou no ramo de vendas de cereais. Com experiência e vivência em vendas transformou Zeca Crizanto como é mais conhecido, em um homem de negócios. A sua habilidade e seu conhecimento fez com que José Crizanto ampliasse o seu empreendimento que funcionou por um bom tempo na

44 CidadesdoRN

rua do fogo. O tempo passou e no período do ano 1981, comprou um terreno e construa no bairro São Sebastião a sua nova moradia. No ano de 1995, transformou a sua moradia em seu principal endereço comercial. Em seguida veio a feira livre da parte baixa, para se instalar no bairro São Sebastião. Oportunidade que até há mais de 39 anos está instalado e se mantendo em funcionamento o seu ponto comercial. A família também teve o seu destaque na política através do nome de Luis Crizanto da Costa, que exerceu o mandato de vereador em duas legislaturas na Câmara Municipal de Nova Cruz – RN.

TRADIÇÃO DE PAI PARA FILHO CONTINUA NA FAMILIA CRIZANTO A tradição de pai para filho continua na família Crizanto em Nova Cruz, até hoje. Com a idade chegando aos 75 anos, Zeca Crizanto, se mantém diariamente sentado e respaldando o seu filho, José Antonio Soares da Costa, o mais novo filho que ao lado da sua esposa Rafaela Nóbrega Rodrigo da Costa vem tocando o comércio de forma diferente. Hoje a loja concentra nas vendas com os produtos de ração e outros suplementos para os animais, e continua fazendo sucesso.


registros

UM CLIC NO TEMPO

O fotografo Abílio Alves de Lima, que ao longo dos anos se dedica a arte de fotografias

Por Ilvaíta Costa Segundo o dicionário: FOTÓGRAFO é o indivíduo que prática a Fotografia – técnica de fixar uma imagem em superfície revestida de substancia fotossensível, por meio da luz. No caso de Abílio Alves há muito mais do que só técnica; há uma relação maior: há responsabilidade, talento, segurança e um caso de amor para com Nova Cruz. Participante, ativo e, paradoxalmente invisível pela discrição com que trabalha, é presença indispensável nos acontecimentos mais marcantes da cidade e, principalmente, das nossas vidas. Imagens incríveis como as da fúria do Rio Curimataú invadindo Nova Cruz em 1964... Era moda fotografar o bebê

ao lado da pilha de latas de leite em pó consumido pela criança em seu primeiro ano de vida. O primeiro aniversário (e os outros também)...a escola...primeira comunhão...festinhas de São João, Carnaval...bailes no CAC- Comercial Atlético Clube – diplomas...E a parada do dia Sete de Setembro, em pleno período de repressão, quando era obrigatório o desfile das escolas? Que confusão os estudantes faziam no dia seguinte atasanando nosso fotógrafo para ver as fotos do desfile; fotos em preto e branco. As mudanças físicas na paisagem da cidade também não escaparam ao clic atento da maquina de Abílio: novos prédios, pavimentações, calçamentos...Não esquecen-

do as campanhas político-partidárias: visitantes ilustres, comícios documentados através da lente indiscreta do discreto fotógrafo. Varias gerações. Milhares de clics. Tantas emoções congeladas em imagens fotográficas... A foto “postal”...essa era pra por na moldura, ou para oferecer ao namorado ou a namorada. O tempo não parou e a maquina de nosso fotógrafo continua seguindo esse tempo, clicando incansavelmente os momentos das novas gerações que vão se repetindo, e parando por fração de segundos, diante da experiência de quem se tornou responsável pelo registro, em imagens, da vida de Nova Cruz; o nosso tão conhecido “Abílio do Foto”

CidadesdoRN 45


GESTÃO DO PROGRESSO

Depois

ANTES

ANTES

Depois

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA D’ANTA/RN

“TRABALHANDO E SERVINDO”

A gestão da prefeita Taianni Lopes Santos, conhecida como a “A GUERREIRA”, teve início em janeiro de 2017, no Município de Lagoa d’Anta/RN, cidade situada na região do agreste potiguar, aproximadamente à 108 km de distância da capital do Estado. A gestão é conhecida como a “gestão do progresso, do desenvolvimento”, pautada no cumprimento aos princípios constitucionais e legais, bem como, em uma conduta moralmente condizente com os anseios da sociedade.

46 CidadesdoRN

O município enfrentava uma grave crise financeira e de gestão pública quando iniciada a atual administração. Com grande esforço e dedicação, foi alcançado um patamar de desenvolvimento! Desde o início da administração, o pagamento do funcionalismo público é prioridade, mostrando o respeito pelo servidor municipal. A gestão vem trabalhando incansavelmente para honrar os compromissos com a população lagoadantense. Foram realizadas reformas

das creches e escolas municipais, onde, pela primeira vez no município, todas as salas de aula estão sendo climatizadas. Foram adquiridos diversos equipamentos para o desenvolvimento da educação, como por exemplo: notebooks, bebedouros, freezers, ventiladores, ar condicionados, liquidificadores industriais. A moralidade do serviço público foi restabelecida, com a redistribuição dos servidores efetivos. Foram adquiridos até o momento 08 veículos, dentre os


GESTÃO DO PROGRESSO

ANTES

Depois

Taianni Lopes Santos, prefeita

quais, ônibus, ambulância, carros zero kms, carro frigorifico, buscando a melhoria e qualidade do serviço público. Na área da saúde, foram realizadas reformas em todas as unidades de saúde, onde foi totalmente climatizado o maior posto do município. Foi implantado prontuário eletrônico ficando assim, toda a rede de saúde municipal interligada. Os agentes de saúde passaram a fazer as visitas de forma online após aquisição de tablets.

As construções e reformas não param. Foram pavimentadas 16 ruas, totalizando 15.000,00m2 (quinze mil metros quadrados), com a previsão de mais 20.000,00m2 a serem pavimentadas. Foi executada reforma do pavilhão central, construção do Centro de Referência da Assistência Social – CRAS, reforma da praça central Santa Teresinha. Em construção um sonho dos atletas do município, o Estádio de Futebol. Com um olhar humano, foram

implantados diversos programais sociais, em destaque o programa “Formando hoje o cidadão de amanhã”, aonde mais de 100 crianças e adolescentes praticam diversas modalidades esportivas e após cada aula recebem alimentação. A missão da atual gestão é ofertar serviços humanizados de qualidade aos munícipes, inovar nas ações, buscando sempre TRABALHAR E SERVIR com zelo e cuidado por todos os lagoadantenses.

CidadesdoRN 47


Pedro velho


Pedro velho

Texto extraído do livro Terra Potiguares

Chamada de página

CidadesdoRN 51


Pedro Velho

Novo cenĂĄrio polĂ­tico na cidade de Pedro Velho/RN 52 CidadesdoRN


Pedro Velho

CidadesdoRN 53


Pedro Velho

54 CidadesdoRN


lIDERANÇA POLÍTICA

João Agripino João Agripino da Silva, Natural de Caiçara – PB (Fazenda Barreiras), município limítrofe com Nova Cruz – RN e, conseqüentemente, com o Rio Grande do Norte, filho de Agripino Gonçalves da Silva e Iracema Eunice da Costa, João Agripino continua com a sua propriedade “Fazenda Barreiras”, casado com Francisca de Macedo Silva, com quem teve: 02 filhos João Agripino da Silva Junior e Iracema Maria de Macedo Gonçalves da Silva. Advogado e Consultor Legislativo aposentado da Câmara dos Deputados, teve uma brilhante história política no Estado do Rio Grande do Norte, especificamente na cidade de Nova Cruz. João Agripino sempre será um líder político. O personagem no Rio Grande do Norte, que participou de varias campanhas política e foi no município de Nova Cruz, que o mesmo obteve sempre vota-

56 CidadesdoRN

ções expressivas. Foi no ano de 1961, que iniciou a sua atividade na qualidade de professor na cidade no Ginásio Comercial e no Colégio Nossa Senhora do Carmo. Já ano de 1962, conquistou o seu primeiro mandato do Grêmio Estudantil Novacruzense. Também em 1962, foi eleito a vereador da cidade de Nova Cruz, pelo, partido Social da Democrático – PSD, não chegando a ser empossado em virtude que não tinha nem o domicilio eleitoral e a idade na época exigida por lei que era de 21 anos de idade, o mesmo só tinha 19 anos. João Agripino não parou foi para o grande centro de Natal, oportunidade que desenvolveu importantes atividades, principalmente na qualidade de professor em vários colégios da cidade de Nata. No ano de 1968 foi nomeado Diretor Geral do Colégio Ateneu,

nomeado na época pelo governador Monsenhor Walfredo Gurgel. Também foi diretor da COAHBTRAN, empresa responsável pela construção na época de mais de 700 imóveis na Capital. Em 1970 volta a fazer política e entra para disputar a uma vaga na Assembléia Legislativa do RN, como candidato a deputado estadual pelo partido do PMDB. Tendo sido o deputado mais votado da cidade de Nova Cruz, com uma votação expressiva de 1.153 votos na época a maior votação de um deputado votado no município. Em 1974 fez outra tentativa como candidato a deputado estadual, e mais uma vez obteve a melhor votação com um aumento dos números que chegou a obter quase 2000 votos. É bom lembrar que todas as campanhas não foram usadas o poder econômico. E sim o voto consciente dos eleitores.


Maçonaria

Loja Maçônica União do Agreste abrilhanta o centenário de Nova Cruz com 42 anos de fundação

Guardiã de antigos costumes e dos princípios de Liberdade, Fraternidade e Igualdade Fundada em 24 de Junho de 1977, a Loja Maçónica União do Agreste se tomou a primeira Loja Maçónica do Agreste Potiguar e de Nova Cruz/RN. Ao longo de 42 anos de existência se fizeram presentes na presidência da instituição 17 Veneráveis Mestres e atualmente temos o Ir.-. Erickson Miranda Bezerra, ocupando a presidência da instituição, sendo então o mais jovem Venerável Mestre eleito ao transcorrer de toda sua história. A Loja Maçónica “União do Agreste” passa a ser uma escola de aperfeiçoamento de homens livres e de bons costumes, velada por alegoria e ilustrada por símbolos, desenvolvendo o espírito crítico, a investigação da verdade, forjadora de líderes, agentes de

transformação social, assumindo a grande responsabilidade na formação do humanismo e da prática da filantropia em Nova Cruz e em todos cantos e recantos do universo. Na ocasião, foram celebradas várias conquistas, entre as quais, o fato de a Loja Maçônica ser mantedora da Creche Irmão Pedro

Soares da Fonseca, que há mais de duas décadas e em conjunto com o Poder Público Executivo Municipal dedica-se ao papel de construção de uma sociedade melhor, partindo do mais primordial à educação, marco que aproximou a sociedade novacruzense da instituição e que muito nos orgulha no centenário de Nova Cruz.

CidadesdoRN 57


Artigo

Divulgação

Chamada de página

João Agripino /////////////////////////////////////////////////////// //////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

A CENTENÁRIA NOVA CRUZ Natural de Caiçara – PB (Fazenda Barreiras), município limítrofe com Nova Cruz – RN e, conseqüentemente, com o Rio Grande do Norte, só a conheci aos 18 anos quando me apresentei para servir ao Exército. Criança, frequentava a tradicional feira de Nova Cruz, mas, na hora de cumprir o dever cívico, procurei, para não interromper os estudos, a cidade natal por ser considerada zona agrícola: o caiçarense era dispensado do serviço militar. De seis para sete anos, encantava-me o encontro dos participantes da feira, senão a maior, uma das maiores do Estado. Em 1951, com oito anos, vim morar na cidade que meus avós paternos escolheram, ele, para exercer o comércio de arreios e a construção civil, ela, para residir, após a morte do marido, em 1940 (a mudança da Fazenda Barreiras para Nova Cruz se deu em 1945). Impressionava-me a pujança do comércio e a presença dos estabelecimentos de ensino oficiais e da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, que, dirigida pelo inesquecível Monsenhor Pedro Rebouças de Moura,

58 CidadesdoRN

disputava com o poder público municipal o primeiro lugar na realização de obras referentes ao antigo ensino primário e ginasial: O Colégio Nossa Senhora do Carmo, o Externato São Domingos Savio, o Instituto São Vicente, o Instituto Cura d’Ars (paróquia), a Escola Normal Regional e o Grupo Escolar Alberto Maranhão (poder público), além do Ginásio Comercial (C.N.E.G.), implantado pelo Monsenhor Pedro e, posteriormente, dirigido por José Bezerra dos Anjos (Zezito), ex-coletor (hoje exador) federal. Na iniciativa privada, resplandeciam as algodoeiras de João Câmara, cujas instalações físicas adaptadas constituem o Centro Administrativo Otaviano Pessoa, a fábrica de óleo de caroço de algodão, onde se acha uma loja de motos, era outra algodoeira, no Alto de São Sebastião, cujo prédio adaptado se transformou no mercado municipal. Afora a operosidade da paróquia e do poder público, convém lembrar a anterioridade da criação da Freguesia de Nossa Senhora da Conceição, cujo centenário se comemorou em 1955, relativamente

à autonomia municipal ocorrida em 3 de dezembro de 1919, bem como a implantação de duas ferrovias – A Sampaio Correia, que ligava Nova Cruz a Natal, e a “Great Western, unificadas como Rede ferroviária Federal (Governo Juscelino Kubitschek), que, a partir da antiga Urtigal ou Anta Esfolada, fazia o transporte de cargas e passageiros até Natal – RN. João Pessoa – PB e Recife – PE. Os protagonistas dessa fase áurea da história da Paróquia e do Município foram Monsenhor Pedro Moura, fundador e construtor do Hospital Regional que leva o seu nome, Antonio Arruda Câmara, primeiro prefeito constitucional da cidade, Lauro Arruda Câmara, ex-prefeito e ex-deputado estadual, e Joanita Torres Arruda Câmara, ex-prefeita. Louvável a iniciativa do jornalista Lenilson da Costa, novacruzense Ilustre, diretor da Revista “Cidades do Rio Grande do Norte”, de documentar, historicamente, com o lançamento de uma revista comemorativa, o centenário da emancipação política de Nova Cruz, conhecida como Rainha do Agreste.


Profile for Terceirize Editora

Revista Cidades do RN  

Política, história, cultura, religião e tradição da região Agreste do RN.

Revista Cidades do RN  

Política, história, cultura, religião e tradição da região Agreste do RN.

Advertisement