Page 4

com perdizes através de subscrições

reduzida e espécies migratórias, cuja

públicas.

ocorrência em alguns casos é diminuta.

Hoje, são pouco válidos os argumentos

Tendo conhecimento de um apelo

dos defensores da caça pretensamente

lançado com vista a evitar que espécies

desportiva sobretudo quando aplicados

migratórias e outras de ocorrência

a uma região “pobre” do ponto de vista

diminuta sejam excluídas da lista de

faunístico como são os Açores quando

espécies cinegéticas, não estranhamos

comparados com outras paragens. Com

que o mesmo tenha sido deturpado por

efeito, caído por terra o argumento da

parte de alguns devotos de Santo

tradição face aos avanços sofridos pela

Huberto, para arrebanhar adeptos à sua

sociedade, hoje o principal argumento,

causa

que

alguns

sensíveis e que concordam com o

alguns

mesmo, bem como as pressões que têm

é

também

“passarinheiros”

o e

de de

junto

de

ambientalistas acéfalos suportes do

sido

status quo, é o de que com a caça

primeiros subscritores.

valoriza-se

os

espaços

e

exercidas

outros

sobre

caçadores

alguns

dos

recursos

florestais e mantém-se as populações de

Para

terminar,

apresentamos

uma

citação de um texto publicado, em 1926,

várias espécies controladas.

no Suplemento Literário Ilustrado de “A Batalha”: “Conhecemos

alguns

desses

furiosos “desportistas” que aliam à sua qualidade de caçadores a qualidade Sociedade

de

membros Protectora

da de

Animais. Não compreendemos como se possam conjugar essas Se este último argumento poderá ser aplicado às populações de coelhos,

duas funções: a de matar e a de proteger seres vivos”.

gostaríamos que nos explicassem o seu uso quando estão em causa algumas aves

residentes

cuja

população

Ribeira Grande, 21 de Janeiro de 2011

é J.S. 4

Profile for Teófilo Braga

Terra Livre 29  

Publicação do CAES

Terra Livre 29  

Publicação do CAES

Profile for teobraga
Advertisement