Issuu on Google+

26/01 a 01/02/13 ] Editor: Daniel Moisés ] Anuncie (34) 3316-6400

] Distribuição Gratuita ] 10.000 exemplares

POR DENTRO DO SEU CARRO ] CRASH-TESTS ]

‘Colisões’ que salvam vidas

ARQUIVO

5

Urca apronta a revenda do HB20

Dos gramados às arrancadas

6

do C3 2 Para-brisa ganha o cinema

1,5 milhão de Fox produzidos

3

Saiba como funcionam os testes de colisões que ajudam a preservar vidas - 4

6

Nissan festeja o crescimento


2 Carro&Cia. Uberaba

26/01 a 01/02/13

www.temroda.com.br www.facebook.com/jornalcarroecia

O para-brisa moderno do novo C3 vira atração nos cinemas A Citroën iniciou a divulgação de um vídeo que mostra sua inovadora ação realizada nos cinemas de São Paulo e Rio de Janeiro. Desde dezembro, mais de 22 mil pessoas puderam assistir a propaganda do novo Citroën C3, a primeira projeção em teto do cinema brasileiro. O objetivo era dar aos espectadores uma experiência de “test-drive virtual” e fazê-los sentir como é dirigir o novo Citroën C3 com o parabrisa Zenith (foto). Agora, o vídeo viral será divulgado em todos os canais da marca, como Youtube, Facebook, Twitter e o site institucional. “O vídeo é resultado do ineditismo da campanha de divulgação do novo Citroën C3. Ele mostra a reação das pessoas durante a exibição da peça publicitária, imagens de como ela foi produzida e entrevistas pós-filme”, explica Alex Greif, gerente de marketing da Citroën do Brasil. Segundo os espectadores, a parte mais surpreendente era a que exibia o teto do carro “se abrindo” no cinema. Outro comentário recorrente diz respeito à impressão de se estar realmente dirigindo o veículo. NOVO CONCEITO - Graças a seu para-brisa Zenith, o novo Citroën C3 é um modelo único. Um desenvolvimento técnico apurado permitiu a expansão do comprimento do para-brisa de 990 mm para 1.350 mm, o que possibilitou um inédito aumento do ângulo de visão em 80°. Como uma bolha de vidro, o parabrisa Zenith permite ao motorista e ao passageiro uma percepção inédita do meio ambiente, proporcionando uma experiência sensorial inédita. Uma proeza tecnológica, que oferece uma verdadeira visão em alta definição, sem limites. O vídeo sobre a ação de marketing do novo Citroën C3 (modelo que em Uberaba pode ser encontrado na concessionária Santa Emília) pode ser visto em detalhes no endereço http://www.youtube.com/watch?v=2AsAr2vTFk. DIVULGAÇÃO


www.temroda.com.br www.facebook.com/jornalcarroecia

26/01 a 01/02/13

1,5 milhão de FFo ox ffeit eit os no Brasil eitos A unidade da Volkswagen em São José dos Pinhais (PR), acaba de superar a marca de 1,5 milhão de Fox produzidos no país, no mês em que completou 14 anos. Hoje, o Fox é o segundo modelo da marca mais produzido e comercializado no país, atrás apenas do novo Gol. Em 2012, foram comercializadas 167.710 unidades do modelo no mercado brasileiro, um crescimento de 38% em relação a 2011. Sucesso de vendas e de satisfação de clientes, o modelo Fox foi inteiramente desenvolvido pelas equipes de engenharia da Volkswagen do Brasil, inaugurando no país o conceito “Design Around the Passengers” (desenvolvido ao redor dos passageiros), proporcionando o melhor espaço interno,

conforto e funcionalidade. O Fox surgiu em outubro de 2003 contrariando conceitos estabelecidos, como o de que carros pequenos tinham que ter necessariamente pouco espaço interno. Ele introduziu no Brasil a arquitetura high roof (teto alto), que privilegia a altura elevada em relação aos outros veículos, posicionando os ocupantes de forma a garantir melhor visibilidade e proporcionando maior espaço interno. A boa acolhida do Fox pelo mercado criou uma nova tendência no segmento de carros compactos. Nunca, antes do Fox, um carro pequeno por fora ofereceu tanto espaço por dentro para o transporte da família, com versatilidade para a acomodação de carga. O Fox está em sua segunda gera-

ção, utilizando os motores Volkswagen 1.0 TEC (de até 76 cv) e 1.6 (de até 104 cv), com tecnologia flex. O modelo está disponível nas versões 1.0, com duas ou quatro portas, 1.6 (quatro portas) e Prime (quatro portas), e BlueMotion, com duas ou quatro portas. Na linha 2013, o Fox passou a contar com motor 1.0 TEC, que foi desenvolvido com base no conceito BlueMotion Technologies para o novo Gol e o novo Voyage. O bom resultado apoiou a decisão de estendê-lo para outras versões. No Fox, o benefício de economia de combustível chega a até 3%, em relação ao motor 1.0 VHT. • Serviço - Volkswagen em Uberaba: Distrive (3319.9000)

Carro&Cia. Uberaba 3


4 Carro&Cia. Uberaba

www.temroda.com.br www.facebook.com/jornalcarroecia

26/01 a 01/02/13

Crash-test: uma batida feita para melhorar seu carro Um veículo dispara e bate com força contra uma barreira. O efeito visual da batida gera curiosidade e atrai a atenção de muita gente. Mas será que todos sabem por que essa experiência é feita? Tudo passa pela série de normas que precisam ser atendidas para o desenvolvimento de um veículo. Elas exigem a realização de diversos testes, claro, para haver uma certeza de que o carro é seguro, eficiente e se comporta de maneira adequada na ocorrência de uma colisão. São os

ARQUIVO

famosos crash-tests, também chamados de ensaios de impacto. Eles existem para analisar a segurança dos ocupantes numa batida, para verificar a qualidade das peças, e também para avaliar a reparabilidade. Este último caso é justamente o tipo de trabalho desenvolvido pelo Cesvi, que vai gerar dados para a composição do ranking CAR Group. COMO É - As velocidades e formas de impacto são definidas por normas e podem variar de 2

] Detalhe dos “dummies” durante um crash-test km/h até 64 km/h. Impactos com velocidades de até 16 km/h são destinados a testes de componentes, como para-choques e crash-boxes (o que tem a ver com reparabilidade). Nesses impactos, o airbag frontal não pode ser deflagrado, pois causaria ferimentos nos ocupantes do veículo. Impactos acima de 27 km/h têm o objetivo de analisar a segurança dos ocupantes, sendo feitos de diversas formas e sentidos do veículo, chegando a até 64 km/h em

um impacto frontal sobre uma barreira deformável. Mas não existem só impactos frontais. As grandes montadoras também promovem impactos laterais, impactos contra postes, impactos contra para-choques de caminhões, impactos traseiros, entre outros. Todos esses testes são feitos visando a evitar que o corpo dos ocupantes encoste em partes rígidas internas dos veículos, como painéis de instrumentos, colunas laterais e portas, situações que poderiam provo-

car ferimentos graves em caso de colisão. No caso de impactos traseiros, também há preocupação com vazamento de combustível. OS DUBLÊS - Como ninguém é maluco de dirigir o carro num crashtest, os pesquisadores usam dummies, que são bonecos antropométricos, que simulam um ser humano e são dotados de sensores espalhados por todo o corpo. Depois de um impacto, os dados dos sensores são analisados por engenheiros da montadora. Todo esse procedimento demora para ser efetuado. Para se ter uma ideia, um crash-test de baixa velocidade, que não demanda instrumentação, demora em torno de 35 dias para ser finalizado. Isso inclui a preparação do veículo antes do impacto, o impacto em si e a análise do veículo após a batida. Em caso de veículo instrumentado, ou seja, com sensores para análise de carroceria e dummies, só a preparação pode demorar mais de 15 dias. Todo esse trabalho existe para que a montadora desenvolva um veículo com mais tecnologia e com mais proteção aos ocupantes. E o Cesvi contribui para uma análise mais técnica das seguradoras na hora de precificar o seguro dos carros.


www.temroda.com.br www.facebook.com/jornalcarroecia

Carro&Cia. Uberaba 5

26/01 a 01/02/13

ALEX ROCHA

Urca abre até meados de março revenda que vai comercializar HB20 ] Alex Rocha, repórter A marca sul-coreana Hyundai reforça suas intenções com o Brasil com a inauguração de uma segunda revenda em Uberaba. A loja, que receberá o nome de Hyundai HMB - Urca Motors, tem previsão de inauguração para meados de março e comercializará apenas os modelos produzidos na fábrica brasileira, situada em Piracicaba (SP). A loja será instalada na avenida Guilherme Ferreira. É o caso do hatch HB20, primeiro veículo de produção nacional da Hyundai e eleito Carro do Ano 2012 pela revista Autoesporte, sendo um dos mais aclamados lançamentos do ano passado. Enquanto a loja especializada em veículos nacionais não é inaugurada, o modelo está sendo comercializado pela revenda especializada em importados de Uberaba (Hyundai Imports), que atende a demanda com o auxílio da unidade de Uberlândia. O HB20 está disponível nas versões 1.0 flex com 80 cv e 1.6 flex (mecânico e automático) com 128 cv. De acordo com o gerente comercial da Hyundai Imports, Gustavo Mori (foto), a nova revenda trará também os modelos HB20X (um esportivo feita sob a mesma plataforma do HB20 “convencional” e que acaba de ser apresentado) e ainda o HB20 sedã, a ser lançado no primeiro semestre de 2013. As intenções de com-

pra desses veículos poderão ser feitas na nova revenda. Na parte de serviços, os clientes terão oficina, peças, acessórios e financiamentos. Segundo Gustavo, o objetivo da nova revenda é “atender com qualidade os clientes com um espaço moderno, amplo e confortável, com a

credibilidade que eles merecem, além de podermos atender com mais tranquilidade”. Ele destaca que o diferencial da marca está em fatores como design, desempenho, segurança e conforto, na garantia de cinco anos sem limite de quilometragem e consumo inferior à média do mercado.

(34) 3312 3030 / (34) 3332 2030 - Gol Mi 97/98 2p branco alarme, roda - Santana MI 2.0 02/03 cinza completo com banco de couro - Kombi 97/98 branca 9 lugares - Voyage 1.6 Comfort 08/09 vermelho completo - Corsa Maxx 1.4 05/06 prata direção hidráulica, trava - Monza GLS 93/94 azul completo - Palio Week ELX 1.4 09/10 bege complete - Palio Week ELX 1.4 08/09 prata completo - Uno M Fire Flex 09/10 preto vidros elétricos, trava - Clio Aut. 1.0 8V 05/06 cinza trava, vidros elétricos - Clio Campos 10/11 prata completo - Clio Expr. 1.0 05/05 cinza

- Symbol 1.6 Expr. 09/10 prata completo - Civic LX 04/05 prata completo, banco de couro - Civic LXS 08/08 prata completo - CR-V 08/08 preto automático, completo - CB 300 10/10 vermelha - Audi A3 TB 4p 06/06 preto completo - L 200 Outdoor HPE 4X4 07/07 preto completo - Hilux SW4 SRV 4X4 08/08 preta completa - Fiesta 1.0 Sedan 10/11 prata completo - X Terra 2.8 4X4 SE 05/05 preto completo - Tucson GL 2.0 preto completo

Confira estoque com fotos no site www.temroda.com.br


6 Carro&Cia. Uberaba

www.temroda.com.br www.facebook.com/jornalcarroecia

26/01 a 01/02/13 ARQUIVO

] Por Samuel “Boleiro” ]

Nissan é marca que mais cresceu no ano passado O ano de 2012 foi um novo marco para a Nissan do Brasil. Além de ser a fabricante que mais cresceu - pelo terceiro ano consecutivo -, a marca ultrapassou pela primeira vez a casa dos 100 mil automóveis vendidos no mercado brasileiro. Os resultados são expressivos, considerando-se os problemas enfrentados pela Nissan com a escassez de carros nas revendas por alguns meses. As 104.778 unidades comercializadas no ano passado garantiram um crescimento de 56% sobre 2011 e 2,9% de participação de mercado, 0,9 ponto porcentual superior ao resultado anterior. Em dezembro, a Nissan vendeu 9.208 carros, 42% a mais que o mês de novembro, confirmando a retomada das vendas da marca. Em 2012, os compactos March (foto) e Versa, lançados no fim do ano passado, alcançaram 33.151 e 19.670 unidades, respectivamente. A picape Frontier cresceu 28% em um segmento que recebeu inúmeras novidades, fechando o ano com 17.563 unidades. “Mesmo com a falta de carros nas revendas por alguns meses, resultado da limitação das cotas de importação do México, a Nissan do Brasil conseguiu bater recorde de venda em 2012, ultrapassando pela primeira vez os três dígitos. Isso demonstra o potencial da Nissan no mercado interno e confirma que estamos no caminho certo ao fazer investimentos no país, como a nova fábrica no estado do Rio de Janeiro e o patrocínio dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Este ano será ainda melhor, nos preparando para 2014, quando começaremos a produzir mais de 200 mil veículos por ano em Resende”, afirma François Dossa, novo presidente da Nissan do Brasil. • Serviço - Nissan em Uberaba: Kamelcar (2103.7300)

FOTOS ALEX ROCHA

] Samuel “Boleiro” e o Gol G4 que disputa arrancada

Paixão cheia de velocidade ] Alex Rocha, repórter Frequentador de provas de arrancada desde os 12 anos e ex-jogador profissional de futebol. Samuel “Boleiro”, atualmente empresário, cresceu com duas paixões: o futebol e os carros. Movido pelo esporte dos gramados, ele viveu cinco anos em Portugal. Ao voltar, no fim de 2008, com uma condição financeira melhor, Boleiro definiu as pistas como uma nova prioridade para a vida. Então, ele deixou de ser espectador e passou a competir em provas de arrancada. O primeiro carro adquirido foi um Gol 94 Turbo, que marcou a estreia de Boleiro na pista de Batatais (SP). Conforme a paixão crescia, os carros eram trocados. O segundo companheiro de provas foi um Chevette Turbo e o terceiro foi um Gol, tudo no período de um ano. No início do segundo ano de competições, Boleiro definiu que era a hora de ter um carro mais preparado e adquiriu um Dodge. O novo carro foi comprado em Uberlândia (MG) e foi melhorado com peças importadas dos Estados Unidos. “Era minha paixão. Era realmente um carro muito forte e muito bonito. Raramente eu andava com ele na rua, pois ele era característico de competição e tinha um barulho muito alto”, recorda. O Dodge esteve com Boleiro por dois anos, e teve que ser vendido por questões financeiras. Depois, veio um Gol GTI 96. Foi quase um ano para o carro ser montado. Na estreia nas pistas, foram duas puxadas de teste. Na terceira, quando o carro parecia estar bom, o freio apresentou um problema. Boleiro bateu a 150 quilômetros em uma das barreiras de pneus dispostas nas laterais da pista. Nada de

grave aconteceu com ele, mas o carro não teve salvação. Com exceção de algumas peças que puderam ser aproveitadas, o GTI 96 foi parar no ferro velho. Durante a conversa, Boleiro conclui: “Hoje em dia, eu não consigo ficar sem pelo menos um carrinho que seja, ficar longe da corrida, da arrancada, da pista”. A afirmação não é novidade. Após o acidente, o empresário não se abalou e investiu em um novo carro. A aquisição da vez foi um Gol G4, usado e legalizado para as competições e também para andar pelas ruas. Foram oito meses de investimentos: motor, pistão e biela forjados, kit injetado com full tech (injeção eletrônica para competições), amortecedores travados devido a alta velocidade adquirida em pouco tempo, rodas, pneus, freios e por aí vai. O empresário faz questão de destacar o trabalho realizado pelo mecânico André Monteiro, que também compete em arrancadas. Mesmo sendo mais comum externamente, Samuel afirma que o Gol G4 tem uma fama por onde passa: “Quando você liga ele, o barulho do motor mostra que tem uma diferença. Aí as pessoas aproximam e notam os instrumentos próprios da arrancada”. Assim como foram muitos os carros ao longo desses anos, as premiações também vieram. Ao relembrar algumas, Boleiro chega a uma nova conclusão: “Eu sempre fui apaixonado por velocidade, me interessa o coração do carro (motor), o fato dele ser forte. Minha paixão por carros também é algo muito forte”. • Se você tem uma história interessante com o seu carro, entre em contato pelo e-mail alex_battistta@hotmail.com


www.temroda.com.br www.facebook.com/jornalcarroecia

26/01 a 01/02/13

Carro&Cia. Uberaba 7

ARQUIVO

VENDE-SE CASA - Bairro Mercês (central) 2 dormitórios com armário + 1 suíte com hidromassagem e closet banheiro social - sala visita sala jantar - sala TTV V - 3 vvagas agas garagem - ampla cozinha com armários piscina - 340 m² de área construída *** construção de primeira ***

Dinamizza Imobiliária - 33 1 2.8080 331 ]UMA HISTÓRIA DE SUCESSO ]

GM faz 88 anos de Brasil A General Motors e a marca Chevrolet, que a acompanha desde o primeiro dia de atividade no país, em 26 de janeiro de 1925, completam, nesse sábado, 88 anos de história no Brasil. Em 2012 a empresa registrou um recorde, com o lançamento de sete modelos totalmente novos. A Chevrolet comercializou no mercado brasileiro 642.649 veículos, ocupando o terceiro lugar no ranking das maiores indústrias automobilísticas brasileiras. No Brasil a GM fabrica e comercializa veículos com a marca Chevrolet há 88 anos. A companhia tem três complexos industriais que produzem veículos em São Caetano do Sul e em São José dos Campos, ambos em São Paulo, e Gravataí (RS). Conta ainda com unidades em Mogi das Cruzes (produção de com-

ponentes estampados e peças), Sorocaba (Centro Logístico Chevrolet) e Indaiatuba (Campo de Provas), todas em SP, além de um Centro Tecnológico, em São Caetano do Sul (SP), com capacidade para desenvolvimento completo de novos veículos. A subsidiária brasileira é um dos cinco centros mundiais na criação e desenvolvimento de veículos, nos campos da engenharia, design e manufatura. Além destas fábricas, será inaugurada oficialmente em 27 de fevereiro de 2013, a nova unidade de Joinville (SC), que já produz motores e cabeçotes. A marca Chevrolet no Brasil é constituída atualmente por 17 modelos produzidos e/ou vendidos. • Serviço - Chevrolet em Uberaba: Ubervel (3319.3400)

• Carro&Cia. é uma publicação semanal da Imprima Editora & Gráfica Ltda., distribuído gratuitamente em vários pontos de Uberaba • Editor: Jornalista Daniel Moisés (dmoises@terra.com.br) • Diretores: Abrão Moisés Neto, Paulo Cesar de Oliveira e Daniel Moisés • Redação e Parque Gráfico: Rua Edson Gonçalves Prata, 200 - Parque do Mirante CEP 38.081-232 - Uberaba/MG - PABX (34) 3315-9797 • Contato Comercial: (34) 3316-6400 / 9119-3082 (Helena Carla) • www.temroda.com.br


8 Carro&Cia. Uberaba

26/01 a 01/02/13

www.temroda.com.br www.facebook.com/jornalcarroecia

Ford Edge bat e recorde de vvendas endas bate O Ford Edge registrou recorde de emplacamentos em 2012, com 3.828 unidades, o melhor resultado de sua história no país. O crossover de luxo da Ford fechou o ano com um aumento de 92% nos emplacamentos comparado a 2011, resultado que comprova o sucesso do modelo no mercado brasileiro. Com isso, a participação de mercado do Edge quase dobrou em 2012, passando de 6,2% para 11,8%. “O sucesso nas vendas do Edge em 2012 confirma a aceitação do modelo no mercado brasileiro. Ele vem crescendo cada vez mais em volume e participação no segmento de crossovers premium, trazendo um conteúdo inédito de tecnologia focado no desempenho, segurança e conforto", afirma Adriana Carradori, gerente do produto. TECNOLOGIA - O Ford Edge 2013 é disponível em duas versões, SEL e Limited. Ambas são equipadas com motor V6 de 3.5 litros, de 289 cv, o mais potente da categoria, e transmissão automática de seis velocidades SelectShift com botão na alavanca para trocas sequenciais. O crossover é equipado com sistema de conectividade SYNC com comandos de voz em português, faróis com ajuste de altura, painel com telas configuráveis, computador de bordo com diagnóstico e bússola, abertura das portas por teclas, acendimento automático dos faróis, ban-

ARQUIVO

] Crossover de luxo Ford Edge: colhendo bons frutos cos dianteiros com aquecimento, sistema Advance Trac com controle eletrônico de estabilidade, controle de tração e anticapotamento, freios a disco com ABS nas quatro rodas e sensor de monitoramento de pressão dos pneus. A versão Limited inclui também GPS com mapas do Brasil, central de mídia com entrada de áudio e vídeo, tela sensível ao toque de 8 polegadas, leitor de cartão e personalização da luz ambiente em sete cores, rodas cromadas de 20 polegadas, porta-malas com abertura e fechamento elétricos, acesso inteligente por sensores, botão de par-

tida sem chave Ford Power, câmera de ré, sistema de monitoramento de pontos cegos com alerta de tráfego cruzado, sensor de chuva e banco elétrico com 10 ajustes para motorista e passageiro. O Ford Edge é um dos modelos mais avançados de seu segmento, sucesso da montadora em vários mercados mundiais e produto global que, pelo seu preço e todos os itens de série que oferece, apresenta no seu segmento no Brasil uma excepcional relação custo-benefício. • Serviço - Ford em Uberaba: 1 03.6200) (21 Te x as (2


Carro&Cia. - 26/01 a 01/02/13