Page 1

O pĂŁo e a pedra

1


2


3


4


O pão e a pedra Sérgio de Carvalho

Peça da Companhia do Latão


6


9

Apresentação Sérgio de Carvalho

O pão e a pedra 25 Primeiro ato 129 Segundo ato 185

Posfácio Mario Sergio Conti

191

Notas sobre o processo A gente só aprende imitando Maria Lívia Goes

Anexos 197 Ficha técnica da estreia 199 Partituras 220 Sugestões de estudo 225

Sobre a Companhia do Latão

227

Sobre o autor


8


Apresentação Sérgio de Carvalho

O pão e a pedra se liga ao mesmo ciclo histórico abordado em Ópera dos vivos e Os que ficam. Seu universo temático, contudo, a torna uma peça única no repertório da Companhia do Latão. Nas peças anteriores estavam em jogo as relações contraditórias entre a cultura e as práticas produtivas no âmbito do nacional-desenvolvimentismo, e algo semelhante alimentou o projeto inicial de O pão e a pedra. Pretendíamos estudar o pensamento religioso no Brasil, seu potencial de coesão social e sua adesão à tendência geral de mercantilização das formas culturais. O que se esboçava era uma tentativa de compreender o recente retorno do imaginário religioso à política, sob o signo das organizações midiáticas pentecostais. Os primeiros estudos sobre o cristianismo nas últimas décadas me levaram, entretanto, a conhecer mais de perto uma história diferente e anterior, a da atuação da igreja católica progressista no Brasil, sob influência da Teologia da Libertação. Esse movimento se deu entre os anos 1968 e 1978, em meio a um grande ciclo de politização da igreja na América Latina, que encampou a crítica da desigualdade social e a defesa radical dos pobres. A força dessa atuação foi tamanha que o papado de João Paulo II surgiu como uma reação conservadora a essa militância que sonhou reconectar a igreja católica aos aspectos comunitários e antimercantis do cristianismo primitivo. No fim de 2015, quando ainda hesitava sobre os caminhos dramatúrgicos a serem tomados, fiz uma viagem ao interior 9


do Ceará, onde visitei alguns assentamentos rurais, com os quais colaboro ocasionalmente. Num deles, conheci pessoas que me relataram o quanto deviam sua formação política às antigas Pastorais da Terra: escutei canções daquele tempo, relatos sobre as caminhadas e as grandes procissões, histórias dos almoços de multidões. Comecei ali a tomar notas para uma possível peça sobre religiosidade popular e organização política, que dialogaria com Sociedade mortuária, primeiro ato de Ópera dos vivos. A procura de compreensão daquele momento histórico pouco conhecido, em que os religiosos realizaram uma resistência ativa à ditadura civil-militar, me aproximou, entretanto, de outras questões. A mais importante foi a da relação entre esse clero progressista e o chamado “novo sindicalismo”, que se desenvolveu e ganhou projeção nacional com as grandes greves do ABC nos anos de 1978, 1979 e 1980. Essa junção entre a igreja e o movimento de trabalhadores, tensionada pela pressão de setores intelectualizados e o movimento estudantil de esquerda, se tornaria emblemática na luta pela democratização e mudaria as coordenadas da política de esquerda no país. Decidi, assim, direcionar o rumo da pesquisa da peça para o período das greves. Desde que Lula se tornara presidente, anos antes, discutíamos no Latão a importância de se representar as ambivalências do sindicalismo no Brasil. Na minha primeira aproximação à bibliografia do novo tema, procurei entender as questões que diziam respeito ao momento atual. As greves constituem uma espécie de pré-história dos encontros que formaram o Partido dos Trabalhadores. Vivíamos, então, o momento mais crítico dessa trajetória. Começava a ruir o ciclo de governos populares iniciado na presidência de Lula, em parte por razões internas ligadas ao projeto de conciliação de classes, e muito 10

Profile for temporaleditora

O pão e a pedra - Sérgio de Carvalho  

Edição da editora Temporal de O pão e a pedra, de Sérgio de Carvalho. Peça da Companhia do Latão.

O pão e a pedra - Sérgio de Carvalho  

Edição da editora Temporal de O pão e a pedra, de Sérgio de Carvalho. Peça da Companhia do Latão.

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded