Issuu on Google+

1


Editorial…………………………………….………....3 Resultados da sondagem de Dezembro...4 Novidades Dezembro……………………………6 Destaques Dezembro…………………………….7 Notícias…………………………………………………8 Goodreads Choice Awards 2012 …………10 Os Melhores Livros de 2012 ……………….12 Autor do Mês: Ken Follett………………..….16

2


3


A sondagem deste mês era especialmente dedicada às senhoras - uma tentativa de aprimorar qual o tipo de protagonista masculino preferido das leitoras. O mais requisitado foi o Duque (27%) o que se traduz, sinceramente, numa expectativa muito pouco animadora para os homens de hoje… Em segundo lugar acabou por ficar o Bilionário (22%) o que prova que Tempos de Crise não despertam necessariamente o melhor nas pessoas {não se ofendam…eu própria votei nele! Dava-me um jeitaço no que toca à alimentação do meu vício por livros!}. A terceira posição calhou ao Vampiro (20%)…e dos que temos «visto» por aí em circulação, quem não gostaria de levar uma dentadinha?! Além disso têm uma certa tendência para serem milionários {o que preenche o segundo requisito} e, quem sabe, são tão velhos que poderiam muito bem ter sido duques {primeiro requisito validado}. O Anjo (15%) ficou em quarto lugar reflectindo a deliciosa perfídia feminina quando intenta na corrupção da inocência… Em quinto lugar encontramos o General (9%) {*continência*} seguido por um empate entre o Pirata e o Pobre (6%) {ai o verdadeiro amor… 4 *suspiro*}. Na sétima posição temos novamente


um empate, desta vez entre o Lobisomem e o Feiticeiro (4%) e em último lugar {com apenas um voto, na verdade…} encontramos o Presidente…o que faz sentido, porque com os exemplos que temos visto, um Presidente seria provavelmente de pouca confiança! Muito obrigada por votarem senhoras! Espero, muito sinceramente, que encontrem o vosso próprio príncipe encantado! {embora muito pouco provavelmente este seja um vampiro, um anjo, um lobisomem, um feiticeiro...} Opções:    - Um bilionário, o dinheiro pode não comprar o amor mas comprar-meia uns belos pares de sapatos     - Um vampiro, especialmente por serem versados em «actividades  nocturnas»…     - Um presidente, a posição pode ser temporária mas é, ainda assim,  bastante atractiva     - Um lobisomem, num misto de 2 em 1 adquiria para si um homem e  uma espécie de animal de estimação…     - Um feiticeiro, quem sabe não descobria um feitiço qualquer para  ajudar a perder aqueles infames quilinhos a mais…     - Um general, nada como um homem que sabe comandar!     - Pobre, o verdadeiro amor exige algum sacrifício!     - Um anjo, nada como corromper a inocência!     - Um pirata, aventuras em alto mar são sempre  divertidas!...Especialmente quando envolvem tesouros perdidos...     - Um duque, já não se fazem homens como antigamente …

5


6


O Bom Soldado Švejk O bom soldado Švejk é o anti-herói que protagoniza uma comédia negra e satírica passada no Império Austro-Húngaro, onde as nacionalidades se atropelam e a participação na Primeira Guerra Mundial ultrapassa o domínio do absurdo. Tudo o que há a conhecer da espécie humana se encontra nesta obra-prima celebrada em todo o mundo. Portugueses na América O livro de Margarida Marante apresenta 28 entrevistas, oferecendo ao leitor «as histórias e percursos de várias personalidades de origem ou nacionalidade portuguesa que se distinguiram em múltiplos campos de actividade, desde a política ao meio académico, à investigação científica ou ao sector empresarial». Lendas do Porto – Volume II Depois do sucesso de "Lendas do Porto", este segundo volume dá a conhecer mais duas dezenas de histórias tradicionais da região, não abdicando de uma análise crítica que não só explica o que nelas é inverosímil, mas que valoriza também o que nelas há de credível. 7


Autora de «Os Jogos da Fome» anuncia livro para 2013 Suzanne Collins, autora da trilogia «Os Jogos da Fome», anunciou um novo livro para Setembro de 2013. «Year of the Jungle» é a primeira obra da escritora desde «Mockingjay», o último livro da saga literária «Os Jogos da Fome», lançado em 2010 e  será destinado a um público mais jovem do que os anteriores.

As Cinquenta Sombras de Grey ganha prémio de livro do ano no Rei Unido O romance erótico As Cinquenta Sombras de Grey, da escritora britânica E. L. James, foi destacado no Reino Unido com o prémio de livro do ano na categoria de ficção. Hilary MantelHilary Mantel ganhou o prémio Waterstones UK Author of the Year com o livro que o The New York Times elegeu como um dos 5 melhores livros do ano na categoria de ficção: Bring Up the Bodies. Este é o segundo livro da série Wolf Hall cujo primeiro volume com o mesmo nome já se encontra traduzido para os leitores portugueses pela editora Civilização. Em 2010 Hilary ganhou o prémio de Author of the Year. Rachel JoyceThe Unlikely Pilgrimage of Harold Fry levou Rachel Joyce a destacar-se como vencedora do prémio New Writer of the Year. 8


Uma Morte Súbita vira Série da BBC Depois de Harry Potter ter sido um sucesso no cinema, espera-se que Uma Morte Súbita faça o mesmo como série televisiva. A BBC já anunciou que pretende adaptar o novo livro de J. K. Rowling à televisão, colaborando directamente com a autora que se diz bastante satisfeita com a iniciativa da BBC Os melhores e-books do ano A Apple anunciou os melhores e-books do ano, seleccionando um top 10 para cada categoria literária. As fotos e vídeos constituintes de Fashion, o livro que explora três mil anos de história da moda, foi um dos eleitos. Também o livro não ficcional, Behind the Beautiful Forevers, vencedor do National Book Award deste ano e considerado pelo New York Times como um dos dez melhores livros do ano, foi distinguido dos demais. A Culpa é das Estrelas, já editado em Portugal, foi eleito como o melhor livro na categoria Young Adult, sendo que também o foi pelos leitores que votaram no Goodreads Choice Awards. Na categoria de ficção foi Peter Heller, com The Dog Stars, que se destacou. Nuno Camarneiro vence prémio LeYa 2012 O Júri decidiu, por maioria, atribuir o Prémio Leya 2012 ao romance Debaixo de Algum Céu, da autoria de Nuno Camarneiro. 9


Depois de 1.156.852 votações dos leitores, os vencedores deste ano do Goodreads Choice Awards foram anunciados. As categorias são diversas, embora para nós leitores portugueses as opções não o fossem já que grande parte dos livros nomeados não possuem edição portuguesa. As votações tiveram início a 30 de Outubro com a abertura da ronda de abertura. A semifinal ocorreu entre 12 e 17 de Novembro, culminando com a ronda final entre 19 e 27 do mesmo mês. A atribuição deste prémio, o maior prémio literário dependente da opinião dos próprios leitores, começou em 2009. Ainda o ano passado vimos o livro Divergente, de Veronica Roth, ser eleito como o preferido do ano e o 1Q84 de Haruki Murakami ser distinguido com o prémio de melhor livro de ficção. Já no ano anterior, em 2010, o género Young Adult tinha provado o seu peso nas escolhas dos leitores quando a distinção de livro preferido do ano foi atribuída ao livro A Revolta, de Suzanne Collins. Este ano o mais votado como melhor livro de ficção foi Uma Morte Súbita, de J. K. Rowling. O livro de Mistério/Thriller preferido dos leitores foi Gone Girl, deGillian Flynn (autora de Objectos Cortantes, o único livro de sua autoria traduzido para Portugal até ao momento). Gillian Flynn passou à frente de J. D. Robb (2º lugar) e de Daniel Silva, dois autores bestsellers, sendo J. D. Robb o pseudónimo de Nora Roberts. A Luz Entre Oceanos venceu a distinção de melhor livro de ficção histórica e eu só posso acrescentar que é mais do que 10 merecido porque M. L. Stedman presenteou-nos nesta sua


estreia no mundo da escrita com uma história fabulosa e comovente. O meu voto também foi para este livro! Em segundo lugar na categoria de ficção histórica ficou Bring Up the Bodies, de Hilary Mantel, que foi considerado pelo The New York Times como um dos 5 melhores livros de ficção do ano (veja a notícia). Também Ken Follett e Philippa Gregoryficaram para trás nesta categoria. Os fãs da literatura fantástica escolheram o livro do romancista norte-americanoStephen King como o seu predilecto: The Wind Through the Keyhole. O último livro da Trilogia As Cinquenta Sombras de Grey foi eleito como o melhorromance de 2012. A competição nesta categoria foi bastante renhida com o primeiro livro da série Crossfire, Rendida, de Sylvia Day, bastante colado nas votações a As Cinquenta Sombras Livre. J. R. Ward e Nora Roberts posicionaram-se logo a seguir, sem votos suficientes para arrebatar para si a vitória. No sub-género young adult, Insurgent, de Veronica Roth, foi escolhido como melhor livro de fantasia sendo também destacado na categoria dos autores Goodreads. A Cidade das Almas Perdidas, da Série Caçadores de Sombras, acabou por ficar em segundo lugar nesta categoria, com Cinder, das Lunar Chronicles, em 4ª posição. Também nos young adult, o ternurento A Culpa é das Estrelas foi destacado como o melhor livro de ficção.

11


Os editores do The  New  York  Times  Book  Review seleccionaram os dez melhores livros deste ano, cinco na categoria de ficção e outros cinco de não ficção. Ficção: Bring Up the Bodies de Hilary Mantel encontra-se entre os livros de ficção seleccionados. A escritora de origem inglesa, vencedora, entre outros prémios literários, do Man Booker Prize de 2009 com o livro Wolf  Hall tem para já apenas traduzido para português este mesmo livro, Wolf Hall, editado pelaCivilização  Editora e que corresponde ao primeiro livro da série com o mesmo nome. O segundo livro da série Wolf  Hall, Bring  Up  the  Bodies, traz-nos a continuação da história de Henrique VIII e Ana Bolena. Henrique está desapontado com a esposa por esta não lhe conseguir dar um fllho. Além disso, a inteligência aguçada e personalidade audaciosa de Ana Bolena levarão a que os antigos amigos de Henrique, bem como as famílias nobres de Inglaterra, se afastem dele. Quando Catarina morre no exílio, Ana fica exposta, sendo foco de intriga e malícia. Thomas Cromwell está pronto para a derrubar. Depois de três semanas aterradoras, Ana vê-se presa numa teia de conspiração enquanto a recatada Jane Seymour aguarada a sua vez pela envenenada aliança de matrimónio. Mas nem Ana nem a sua poderosa família irão ceder sem lutar ferozmente. 12


Building Stories é um inovador romance gráfico composto por 14 elementos (panfletos, livros, páginas soltas,...) que, juntos, envolvem a história com conceitos de arte, sexo, família e solidão existencial de uma forma profunda e divertida. O autor, Chris Ware, não tem para já nenhum livro traduzido para o nosso idioma. A Hologram for the King leva-nos até à Arábia Saudita na companhia de um homem de negócios americano de meia idade que aguarda por fechar o negócio que lhe permitirá redimir-se da sua vida sem sentido. Podemos contar com alguns livros de Dave Eggers já editados em Portugal, incluindo o recente Uma Obra Enternecedora de Assombroso Génio bem como O Sítio das Coisas Selvagens, já adaptado ao cinema.

Depois de ter estado sete anos sem escrever, Zadie Smith surge com NW, que segue a amizade de duas mulheres que cresceram num programa de acolhimento, em Londres. As suas escolhas vão levá-las ao fracasso mas também à bem aventurada mudança à medida que verdades vão sendo reveladas.

The Yellow Birds de Kevin Powers também foi um dos eleitos como livro do ano para 2012. Sendo ele próprio um veterano da Guerra do Iraque, o autor debruça-se sobre esse conflito naquele que é o seu primeiro livro. O pelotão dos jovens soldados Bartle e Murphy é destacado para lançar um massacre sobre a cidade de Al Tafar. Sem estarem preparados para o que irão presenciar, Bartle e Murphy, unidos desde o treino básico, farão de tudo para se protegerem um ao outro. Emocionalmente profundo, The Yellow Birds está destinado13a tornar-se num clássico.


Não Ficção: Já aqui tínhamos referido no blogue o livro Behind The Beautiful Forevers, de Katherine  Boo, quando este foi premiado com o National Book Award deste ano. Com um relato rigoroso, este livro leva-nos até uma favela no Mumbai descrevendo os seus moradores com toda a sua humanidade e implacável glória. Andrew Solomon despendeu mais de uma década a estudar os desafios, riscos e recompensas de educar crianças com «identidades horizontais», traços que eles não partilham com os pais. O resultado deste estudo é o fantástico livro Far From the Tree que mostra como famílias se tornaram mais fortes ou acabaram por se desmoronar completamente enquanto tentavam educar crianças prodígio, anões, esquizofrénicos, concebidas por violação, etc. The  Passage  of  Power de Robert  A.  Caro é o quarto volume do trabalho The  Years  of  Lyndon  Johnson que explora os humilhantes anos de Johnson como vicepresidente quando este se viu excluído do círculo da Casa Branca de Kennedy e destituído de poder. The  Patriarch, do historiador David  Nasaw, levou seis anos a ficar completo. Um trabalho magistral que nos revela a história completa de Joseph P. Kennedy, o fundador da dinastia política mais famosa do século XX

14


Uma boa questão, Why Does The World Exist? Em busca de uma resposta, Jim Holt leva os leitores numa viagem erudita desde Londres a Paris, até Austin, tomando nota de opiniões de diversos filósofos, cientistas e até romancistas que oferecem ainda soluções, sejam elas lógicas ou estranhamente místicas, mas que garantem umas boas horas de entretenimento.

15


Ken Follett, nasceu a 5 de Junho de 1949, em Cardiff, Wales. Formado em filosofia, é um autor de grande sucesso, que vê os seus livros darem regularmente origem a filmes ou séries televisivas. A sua primeira obra foi publicada em 1978 sob o título O Estilete Assassino, um thriller que venceu o Edgar Award e deu origem a um filme. O espólio de Ken Follet está armazenado numa coleção exposta na Saginaw Valley State University, nos Estados Unidos e inclui notas, esboços, manuscritos e correspondência. Follett é um grande apreciador de Shakeaspere e um músico amador. LIVROS PUBLICADOS: Os Filhos do Paraíso (Pt: 2000); Os Pilares da Terra - Volume 1 e 2 (Pt: 2007); A Ameaça (Pt: 2007); O Homem de Sampetersburgo (Pt: 2009); Voo Final (Pt: 2009); O Vale dos Cinco Leões (Pt: 2010); A Queda dos Gigantes - Trilogia «O Século» #1 (Pt: 2010); O Inverno do Mundo - Trilogia «O Século» #2 (Pt: 2012); A Chave para Rebecca (Pt: 2010); Nome de Código Leoparda (Pt: 2010); O Terceiro Gémeo (Pt: 2011); Noite Sobre as Águas (Pt: 2011); Contagem Decrescente (Pt: 2011); O Preço do Dinheiro (Pt: 2012); O Estilete Assassino (Pt: 2013); A Dangerous Fortune; Place Called Freedom; On Wings of Eagles; The Modigliani Scandal; Triple; The Power Twins; The Mistery Hideout;

O Estilete Assassino chega às nossas prateleiras a 18 de Janeiro 16


17


Revista Tempo de Ler - Janeiro 2013