Issuu on Google+


Drª. Rosângela Simões Gundim Diretora Telemedicina Telessaúde e Apoio Educacional - InCor Doutora em Gestão de Telemedicina - FMUSP Especialização Gestão de Negócios - FGVSP Especialização Administração de Marketing - ESPM-SP Graduação em Ciências Econômicas - FACESP


Novas ferramentas para transmiss達o de exames em cardiologia


Conceitos Telemedicina / Telessaúde •

OMS: It is the "use of information technology to deliver medical services and information from one location to another.” Tele-health: The provision of health care at a distance.

RESOLUÇÃO CFM nº 1.643/2002. Define Telemedicina como: “exercício da Medicina através da utilização de metodologias interativas de comunicação audiovisual e de dados, com o objetivo de assistência, educação e pesquisa em Saúde”.

MS: Telessaúde. Prestação de serviços de saúde a distância.


Marco Conceitual


Marco Conceitual

Tecnologias: TICs + TS


Marco Conceitual

Educação Prevenção Triagem Diagnóstico Monitoração Reabilitação Gestão

(profissionais, estudantes, agentes e pesquisadores)


HW e SW


Modalidades de Serviços

Telecirurgias e Telecirurgias Robóticas;

Telemonitoração;


Teleconsultorias: Segundo a Portaria GM/MS nº 2.546/2011, teleconsultoria é consulta registrada e realizada entre trabalhadores, profissionais e gestores da área de saúde, por meio de instrumentos de telecomunicação bidirecional, com o fim de esclarecer dúvidas sobre procedimentos clínicos, ações de saúde e questões relativas ao processo de trabalho, podendo ser síncrona ou assíncrona.


2ª Opinião Formativa: Segundo a Portaria GM/MS nº 2.546/2011, trata-se de resposta sistematizada, construída com base em revisão bibliográfica, nas melhores evidências científicas e clínicas e no papel ordenador da atenção à saúde, a perguntas originadas das teleconsultorias, e selecionadas a partir de critérios de relevância e pertinência em relação às diretrizes do SUS.


Tele-educação


Tele-educação


Telediagnóstico: serviço autônomo que utiliza as TICs para realizar serviços de apoio ao diagnóstico a distância.

Radiologia

Patologia


TELE-ELETROCARDIOGRAFIA •Ano de 1905 •1º relato de sucesso em tele-eletrocardiografia: fisiologistas Augustus Waller e Willem Einthoven ¹

¹Rashid L. Bashshur, Gary W. Shnnon. History of Telemedicine. 2009

www.google.com.br


• Captador dos sinais do traçado • Transmissor do traçado • • • •

aparelho de fax rádio telefone fixo ou móvel computador via internet

Receptor


Google: tele ecg – 481.000 resultados – 26/10/2013


TELE-ELETROCARDIOGRAFIA

Tipos de comunicação •Store-and-forward (assíncrono)

• envio do traçado para análise remota com devolução posterior do laudo; • envio do traçado para interação médica de 2ª opinião diagnóstica; • tele consultoria – interação médica para consultoria clínica/terapêutica.

•Real time (síncrona) • • • •

envio do traçado para análise remota e devolução imediata do laudo; envio sonoro da ausculta para análise remota em tempo real; envio do traçado para interação médica de 2ª opinião diagnóstica; tele consultoria – interação médica para consultoria clínica/terapêutica.


Níveis de cuidado

•Pré-hospitalar – diagnóstico – Anormalidades cardíacas

• Detecção de infarto do miocárdio • Emergências – preparatória para chegada do paciente

•Hospitalar – intra ou inter

– interatividade equipes médicas

•Pós-hospitalar

– tele consultoria – monitoração de pacientes em casa.


International Society of Electrocardiology Cleveland, Ohio, July/1996


Referência em Alta Complexidade

Tele- emergência

Tele-UTI


TELECARDIOLOGIA

•A transmissão de parâmetros cardiovasculares, exames e dados clínicos na especialidade cardiologia: Telecardiologia •Avanço da TICs tem permitido crescimento telemedicina e telessaúde • Transmissão de exames e dados em geral • Interação e colaboração em rede • Atividades em Assistência, Educação e Pesquisa


Gestor

MĂŠdico

Equipe Multiprofissional

Telemedicin ae TelessaĂşde

Paciente


• Núcleos de Telessaúde: – – – – –

Minas Gerais Manaus Recife Fortaleza Rio Grande do Sul...

• São Paulo – Prefeitura – Unifesp – SAMU: Capital – Prefeitura – Filantrópicos – SAMU: Grande SP – SES – Dante – ambulatorial

– InCor – ambulatorial , emergência e uti + RUTE


Piloto com 20 pacientes - 07/08/2013 a 03/09/2013 •15 homens e 5 mulheres com perfis variados: sobrepeso, magros, altos e baixos. •2 (dois) técnicos e 3 (três) Médicos •Alguns Traçados pareados (Conv x Luva) apresentaram diferenças Vantagens: •Fácil manuseio do equipamento. •Mesmo não sendo um profissional técnico em ECG consegue realizar o exame. Desvantagens: •Mudança de amplitude nas derivações precordiais; •Pacientes com sobrepeso dificultam a estabilidade do traçado (principalmente em pacientes com circunferência abdominal acima dos limites da normalidade) •Dificuldade em realizar o exame em pacientes do sexo feminino (mamas atrapalham, mesmo em pacientes magras) •Demorado processo de higienização.


Tsagaris MJ, Papavassiliou MV, Chatzipantazi PD, Danis ND, Dendrinou MS, Tsantoulas DJ, Ioannidis PG - J Telemed Telecare - 1997; 3 Suppl 1(); 63-4

The contribution of telemedicine to cardiology – Hospital de Athenas conectado a 7 unidades de atenção primária em Atenas e 6 unidades em ilhas . – Estudo das atividades em pacientes cardíacos (1992 a 1995)

Conclusão: o sistema de telemedicina trouxe: – – – –

Acesso a especialitas; Melhor decisão sobre transferência; Redução do isolamento do médico; Educação profissional continuada.


Pavlopoulos S; Kyriacou E; Berler A; Dembeyiotis S; Koutsouris D. A novel emergency telemedicine system based on wireless communication technology -“ambulance�. IEEE Transactions on Information Technology in Biomedicine, Vol. 2, NO 4, pp. 261-267, 1998.


Garvey et al. Pre-Hospital 12-Lead ECG Programs. JACC Vol. 47, No. 3, 2006; February 7, 2006:485–91

Abbreviations Abbreviationsand andAcronyms Acronyms ACC ACC American AmericanCollege CollegeofofCardiology Cardiology ACS ACS acute acutecoronary coronarysyndromes syndromes AHA AHA American AmericanHeart HeartAssociation Association ED ED emergency emergencydepartment department EMS EMS emergency emergencymedical medicalservices services P12ECG P12ECG pre-hospital pre-hospital12-lead 12-leadelectrocardiography electrocardiography STEMI STEMI ST-segment ST-segmentelevation elevationmyocardial myocardialinfarction infarction


Garvey et al. Pre-Hospital 12-Lead ECG Programs. JACC Vol. 47, No. 3, 2006; February 7, 2006:485–91


Nobuhito Yagi et al. Initial experience of the novel mobile telemedicine system in real-time transmission of prehospital 12-lead ecg for cardiac emergency. J. Am. Coll. Cardiol. 2010;55;A13.E123


• Atendimento (pré) ao paciente em seu local de origem; • Redução do tempo e custo dispendido pelo paciente; • Agiliza triagem por especialistas; • Acesso a especialistas em acidentes e emergências;


• Facilita gerenciamento dos recursos de saúde; • Cooperação e integração de pesquisadores com o compartilhamento de registros clínicos; • Acesso programas educacionais.


Aspectos éticos • • • •

Responsabilidade e co-responsabilidade Procedência de laudos é importante – capacitação Seguir o código de ética médico convencionado Humanismo

Em breve : Negligência Médica por não usar telemedicina


Vantagem competitiva •Incorporação de novas tecnologias dotadas de – – – –

Mobilidade, Portabilidade Segurança Conectividade

•Convergência tecnológica para www •Maior acesso as tecnologias


² Porter ME, Teisberg EO. Repensando a Saúde. Bookman 2007


Obrigada pela atenção!

rosangela.gundim@incor.usp.br


Referências

1.

Pavlopoulos S; Kyriacou E; Berler A; Dembeyiotis S; Koutsouris D. A novel emergency telemedicine system based on wireless communication technology -“ambulance”. IEEE Transactions on Information Technology in Biomedicine, Vol. 2, Nº 4, pp. 261-267, 1998. Acessado 10.04.2012 em http://www2.cs.ucy.ac.cy/~ekyriac/papers/Paper_J8.pdf

2.

http://www.theheart.org/article/233777.do

3.

Garvey et al. Pre-Hospital 12-Lead ECG Programs. JACC Vol. 47, No. 3, 2006; February 7, 2006:485–91. Acessado 10.04.12 em http://scpcp.org/webdocs/Pre-Hospital-Implementation.pdf

4.

http://sbhci.org.br/artigos-comentados/cinco-anos-do-estudo-captim-corroboram-achados-favoraveis-afibrinolise-pre-hospitalar

5.

Nobuhito Yagi et al. Initial experience of the novel mobile telemedicine system in real-time transmission of prehospital 12-lead ecg for cardiac emergency. J. Am. Coll. Cardiol. 2010;55;A13.E123. doi:10.1016/S0735-1097(10)60124-6. Acessado em 10.04.2012 em http://content.onlinejacc.org

6. 7. 8.

http://www.jems.com/article/industry-news/telemedicine-information-service-ems-pre www.ecghc.org.br. 16º Curso Anual de Eletrocardiografia do InCor HC FMUSP. http://telessaude.br


05 11 novas ferramentas r gundim