Page 1

Saint Amour O Exame Clube de Leitura Teatral Sócrates tem de morrer — parte I Ópera Pimpinone Os Belos Dias HIATUS Concerto de Aranjuez Tesouro Até Nunca de Ano Novo How do you like me now? Diário de um Louco A Mulher Canhota O Estado das Coisas Não Quero Morrer KINO — Mostra de Cinema de Expressão Alemã Cinema em Família — Cinema Adriana Calcanhotto de Animação e Arthur Nestrovski — Das Rosas O Divã de Estaline Clube 50 Toneladas de Leitura Teatral You Can’t Win, Charlie Brown Paterson África Fantasma Nocturama Carnaval dos animais CineEco Salvador As Martinha — Tipo Anti-Herói Paris, Texas Asas do Desejo 09 jan

09 jan

10 jan

12— 13 jan 14 jan

16 jan

18 jan

19— 20 jan

23 jan

23 jan

25 jan

27 jan

30 jan

30 jan

31 jan

01— 03 fev

04 fev

04 fev

06 fev

07 fev

08 fev

09 fev

13 fev

16 fev

20 fev

21 fev

22— 23 fev

24 fev

27 fev

27 fev


Saint Amour O Exame Clube de Leitura Teatral Sócrates tem de morrer — parte I Ópera Pimpinone Os Belos Dias HIATUS Concerto de Aranjuez Tesouro Até Nunca de Ano Novo janeiro How do you like me now? Diário de um Louco A Mulher Canhota O Estado das Coisas Não Quero Morrer KINO — Mostra de Cinema de Expressão Alemã Cinema em Família — Cinema de Animação Adriana Calcanhotto e Arthur Nestrovski — Das Rosas O Divã de Estaline Clube fevereiro 50 Toneladas de Leitura Teatral You Can’t Win, Charlie Brown Paterson África Fantasma Nocturama Carnaval dos animais CineEco Salvador As Martinha — Tipo Anti-Herói Paris, Texas Asas do Desejo 09 jan

09 jan

10 jan

12— 13 jan 14 jan

16 jan

18 jan

19— 20 jan

23 jan

25 jan

23 jan

Saint Amour

CINEMA À SEGUNDA

O Exame

CINEMA À SEGUNDA

Clube de Leitura Teatral

CENTRO DE DRAMATURGIA CONTEMPORÂNEA TEATRO

SEG 16

Sócrates tem de Morrer — parte I 30 Ópera Pimpinone jan Os Belos Dias de Aranjuez

CINEMA À SEGUNDA

QUA 18

HIATUS

PERFORMANCE

QUI 19 — SEX 20

Concerto de Ano Novo

MÚSICA

SEG 23

Tesouro

CINEMA À SEGUNDA

SEG 09

27 TER 10 jan

QUI 12 — SEX 13

SÁB 14

31 jan

30 jan

MÚSICA/ÓPERA

Até Nunca

CINEMA À SEGUNDA

QUA 25

How do you like me now?

PERFORMANCE, AGORA!

SEX 27

Diário de um Louco

TEATRO

SEG 30

A Mulher Canhota

04 fev

TER 31

04 fev

01— 03 fev

CINEMA À SEGUNDA

O Estado das Coisas

CINEMA À SEGUNDA

Não Quero Morrer

TEATRO

06 fev

QUA 01 — SEX 03

0904 SÁB

07 fev

KINO — Mostra de Cinema de Expressão Alemã

08CINEMA fev

fev

Cinema em Família — Cinema de Animação

13 fev

Adriana Calcanhotto e Arthur Nestrovski — Das Rosas

SEG 2006

O Divã de Estaline

CINEMA 21 À SEGUNDA

Clube de Leitura Teatral

CENTRO DE DRAMATURGIA CONTEMPORÂNEA PERFORMANCE, AGORA!

QUI 09

22— 23 50 Toneladas fev You Can’t Win, Charlie Brown

SEG 13

Paterson

CINEMA À SEGUNDA

QUI 16

África Fantasma

TEATRO

SEG 20

Nocturama

CINEMA À SEGUNDA 27

fev TER 07 QUA 08

CINEMA EM FAMÍLIA

16 fev

MÚSICA

fev

MÚSICA

fev

24 fev

27 fev


TER 21

Carnaval dos Animais

PROJETO EDUCATIVO

QUA 22 — QUI 23

CineEco

CINEMA

SEX 24

SEG 27

Salvador Martinha — Tipo Anti-Herói

AS FORMAS DO RISO

As Asas do Desejo

CINEMA À SEGUNDA

Paris, Texas

CINEMA À SEGUNDA

Temporada 2016/17 jan

fev


Saint Amour O Exame Clube de Leitura Teatral Sócrates tem de morrer — parte I Ópera Pimpinone Os Belos Dias HIATUS Concerto de Aranjuez Tesouro Até Nunca de Ano Novo How do you like me now? Diário de um Louco A Mulher Canhota O Estado das Coisas Não Quero Morrer KINO — Mostra de Cinema de Expressão Alemã Cinema em Família — Cinema de Animação Adriana Calcanhotto e Arthur Nestrovski — Das Rosas O Divã de Estaline Clube 50 Toneladas de Leitura Teatral You Can’t Win, Charlie Brown Paterson África Fantasma Nocturama Carnaval dos animais CineEco Salvador As Martinha — Tipo Anti-Herói Paris, Texas Asas do Desejo 09 jan

09 jan

10 jan

12— 13 jan 14 jan

16 jan

18 jan

19— 20 jan

23 jan

23 jan

25 jan

27 jan

30 jan

30 jan

31 jan

01— 03 fev

04 fev

04 fev

06 fev

07 fev

08 fev

09 fev

13 fev

16 fev

20 fev

21 fev

22— 23 fev

24 fev

27 fev

27 fev


Merce Cunningham disse em entrevista que os sentimentos eufóricos eram apenas para quem se deixava arrastar pela extrema emoção das festividades do Ano Novo. No seu esforço continuado para deslocar a dança moderna para além de uma dramaturgia feita de vilões

no tagv ao longo deste ano de 2017, num exercício de programação enquanto seleção crítica de materiais e linguagens. Por este motivo começamos, digamos assim, in medias res, com o Clube de Leitura Teatral, uma iniciativa singular na nossa paisagem teatral, que junta desde há um ano o tagv e a escola da noite. A sessão de janeiro integra os atores e o texto de Mickaël de Oliveira, intitulado Sócrates Tem de Morrer, ponto de chegada na tetralogia que o autor dedica às possibilidades do político hoje. Leitores e espetadores deste Clube terão assim ocasião de ler e ouvir com Albano Jerónimo, Ana Bustorff, Paulo Pinto, Pedro Lacerda e Maria Leite, os nomes que protagonizam o espetáculo que estará em residência e em cena durante dois dias. Em fevereiro, o formato do próprio Clube será testado na arena pública, com uma proposta coordenada por João Maria André, em busca da energia da palavra dita, a partir do texto de Alfonso Sastre Os Homens e as Suas Sombras. Mas o teatro terá nestes dois meses uma atenção persistente, incluindo uma revisitação do clássico de Nikolai Gógol, Diário de um Louco, pelo Teatro do CalaFrio, com encenação de Américo Rodrigues, não por acaso um verdadeiro especialista na palavra verbalizada.

Benoît Delépine e Gustave Kervern Cristian Mungiu Mickaël de Oliveira G. P. Telemann Wim Wenders demo Banda Sinfónica do Exército Corneliu Porumboiu Benoît Jacquot Estudos Artísticos — fluc Teatro do CalaFrio Peter Handke Elmano Sancho e Juanita Barrera e de heróis, de pontos altos e baixos, alternando entre crise e apaziguamento, Cunningham deu prioridade à justaposição, à colagem e ao trabalho continuado com os materiais que saturam a contemporaneidade. É por este caminho que seguiremos

No final de janeiro poderemos assistir, ainda em registo metateatral, Não Quero Morrer, uma reflexão sobre esquecimento, memória e identidade, trabalho sensível e perturbador de Elmano Sancho e Juanita Barrera sobre a carreira da atriz francesa Annie Girardot.


A memória fantasmática percorre literalmente África Fantasma de João Samões, cruzando colonialismo e racismo, a partir da biografia e da escrita diarística de Michel Leiris. Persistindo no cinema para além da pipoca, a cinefilia tem conjuntura assaz favorável em janeiro e fevereiro. Teremos um ciclo dedicado a Wim Wenders, com a reposição de três

com filmes de Benoît Delépine e Gustave Kervern, Cristian Mungiu, Corneliu Porumboiu, Benoît Jacquot, Fanny Ardant e Jim Jarmusch. Em registo de festival, regressam as edições da KINO — Mostra de Cinema de Expressão Alemã, mais de uma dezena de filmes propostos pelo GoetheInstitut Portugal, com a extensão pedagógica que permanece como marca do cinema e da formação no tagv. É neste contexto que decorre a segunda extensão do CineEco — Festival Internacional de Cinema Ambiental , um conjunto de filmes que interrogam e inquietam jovens e adultos sobre temas do nosso tempo, entre as minas de urânio e a extinção das espécies. Performance, corpo, movimento e dispositivos intermédia estarão ainda presentes em espetáculos dos demo (HIATUS), de Carlota Lagido (50 Toneladas) ou nas propostas de fim de curso de vários alunos de Estudos Artísticos. E a música, especialmente, propõe um arco de sonoridades que oscila entre a ópera cómica de Telemann, o duplo Concerto de Ano Novo ofertado à cidade pela Brigada de Intervenção, o universo de You Can’t Win, Charlie Brown e o concerto único Das Rosas, com Adriana Calcanhotto e Arthur Nestrovski. É por esta razão, precisamente, que o auditório do tagv continuará como um lugar aberto à experimentação, à criação transdisciplinar, ao risco e ao prazer das artes.

Goethe-Institut Portugal Festival monstra Adriana Calcanhotto e Arthur Nestrovski Fanny Ardant Alfonso Sastre Carlota Lagido You Can't Win, Charlie Brown Jim Jarmusch João Samões Bertrand Bonello Orquestra dos Brinquedos CineEco Seia Salvador Martinha clássicos, a sua última criação (Os Belos Dias de Aranjuez) e ainda, na condição especial de produtor, A Mulher Canhota , a longa-metragem em que Peter Handke fez conviver atores como Edith Clever e Bruno Ganz. Interpretação, arte e uma galeria de prémios estarão bem presentes nas propostas que a parceria com a Leopardo Filmes nos permite juntar em dois meses,


janeiro CENTRO DE DRAMATURGIA CONTEMPORÂNEA

CINEMA À SEGUNDA

09

SEG

1H41

10 Clube de Leitura Teatral

M16

TER

18H30 4€ OU 3€ (C/DESC.)

1H30

18H30 ENT. GRATUITA

Saint Amour

de Benoît Delépine e Gustave Kervern

— A Tetralogia

sócrates tem de morrer, de Mickaël de Oliveira, insere-se na tetralogia, dedicada à reflexão em torno de questões políticas: no(s) revolution(s) (2015), a constituição (2016), a sauna (2017), sócrates tem de morrer — partes i e ii (2017-18). O clube de leitura teatral é a iniciativa que junta o Teatro Académico de Gil Vicente e A Escola da Noite, coordenada respetivamente por Ricardo Correia e por António Augusto Barros, acontece mensalmente, com leituras informais dedicadas a textos de um dramaturgo/escritor. O objetivo é a divulgação, o conhecimento e a promoção da dramaturgia. O clube de leitura teatral propõe-se como uma iniciativa aberta à participação de coletivos, associações e interessados na escrita para teatro. ©Cláudia Morais

Para Bruno, o Salão de Agricultura de Paris é o ponto alto do seu ano. Lá, percorre as diferentes regiões vinícolas de França sem sair do espaço da exposição. O seu pai, Jean, tem um objetivo diferente: apresentar o touro campeão Nabuchodonosor, e ganhar um prémio com ele. Bruno deseja mudar de vida. Para o motivar, o pai decide levá-lo numa Local auditório TAGV com Gérard Depardieu, Benoît verdadeira rota dos vinhos Poelvoorde, Vincent Lacoste, pelas várias regiões Céline Sallette vinícolas francesas. Origem França, 2016

CINEMA À SEGUNDA

09

SEG

2H08

M12

21H30 4€ OU 3€ (C/DESC.)

O Exame

Local Café Teatro TAGV Leitura coordenada por Mickaël de Oliveira Atores convidados (do espetáculo Sócrates tem de Morrer — parte I) Ana Bustorff, Paulo Pinto, Pedro Lacerda e Maria Leite Inscrições clube.leitura.teatral@gmail.com Coordenação Ricardo Correia (TAGV), António Augusto Barros (A Escola da Noite) Coprodução TAGV e A Escola da Noite

©DR

de Cristian Mungiu

Romeo, médico numa pequena aldeia da Transilvânia, está prestes a concretizar o seu sonho: a filha Eliza ganhou uma bolsa para estudar psicologia numa universidade inglesa. Um dia antes do primeiro exame, Eliza sofre um ataque que coloca em risco o seu futuro. Romeo tem que resolver a situação, mas nenhuma das Local auditório TAGV com Adrian Titieni, Maria soluções passa por usar Dragus, Lia Bugnar, Malina os princípios que ele, Manovici, Vlad Ivanov enquanto pai, transmitiu Origem Roménia, 2016 à sua filha.

8


janeiro

TEATRO

fevereiro fevereiro ‘17 ‘17

1H20

QUI-SEX 21H30

13

7€ OU 5€ (C/DESC.)

Sócrates tem de morrer — parte I Criação de Mickaël de Oliveira em estreia absoluta ©Bruno Simão

12

M16

COM TRANSMISSÃO EM LIVE STREAMING — 13 JAN

Com aproximações ao livro Fédon de Platão e ao mesmo tempo distante deste, sócrates tem de morrer junta a figura reinventada de Sócrates (Albano Jerónimo), e dos seus fiéis amigos, Paulo (Paulo Pinto), Pedro (Pedro Lacerda), Maria (Maria Leite) e Ana (Ana Bustorff). O espetáculo conta os últimos três dias de Sócrates na prisão, na qual permaneceu durante um mês, período em que as festas da cidade proibiam qualquer execução capital. Sócrates entretinha-se na prisão, pensando, escrevendo poesia e recebendo a visita de alguns amigos próximos.

Local auditório TAGV Texto e encenação Mickaël de Oliveira Assistência de encenação Solange Freitas Interpretação Albano Jerónimo, Ana Bustorff, Maria Leite, Paulo Pinto, Pedro Lacerda Desenho de luz Rui Monteiro Cenografia, figurino e videoplastia António MV Música e interpretação Diogo Ribeiro Direção de Produção Armando Valente Produção Colectivo 84 Coprodução São Luiz Teatro Municipal Apoio à criação e local de estreia absoluta Teatro Académico de Gil Vicente Apoio DGArtes — Direcção Geral das Artes / Ministério da Cultura do Governo de Portugal  9


janeiro PERFORMANCE

MÚSICA/ÓPERA

14

SÁB

18

1H40

18H00 7€ OU 5€ (C/DESC.)

Ópera Pimpinone

QUA

50M

M6

21H30 7€ OU 5€ (C/DESC.)

HIATUS

ópera cómica de G. P. Telemann

de demo em estreia absoluta

Para aliviar as fatídicas histórias das grandes tragédias, que muitas vezes exigiam longas trocas de cenário, era comum intercalar nos intervalos os chamados intermezzi com música mais leve, com temas cómicos, seguindo a tradição da ópera buffa. A história começa com a camareira Vespetta em busca de um marido e que vê no rico mercador Pimpinone uma possibilidade de independência. Assim, deliberadamente, Vespetta seduz Pimpinone que se apaixona por ela e lhe oferece emprego.

©Rui Cecílio

Local auditório TAGV Compositor G. P. Telemann Libretto J.P. Praetorious Tradução Ema Maia, Graça Maia, Miguel Dias e Tânia Ralha Adaptação vocal António Ramo e Tânia Ralha Encenação, cenografia e figurinos Mário Alves Direção musical António Ramos Cantores Nuno Mendes e Tânia Ralha Figurante Dinis Ludgero Com Orquestra Camerata Joanina António Ramos, Clara Dias, Sofia Grilo (Violinos), Ricardo Mateus (Violeta), Rogério Peixinho (Violoncelo), Samuel Pedro (Contrabaixo), Rui Grenha (Guitarra Barroca), Raquel Resende (Cravo) Produção Jorge Silva e André Janicas

O espelho está partido desde o início. Desde o início, estilhaços e gritos de cobre. No reflexo adivinham-se janelas abertas e lá no fundo, debaixo do som, na penumbra do inominável movem-se os animais, a fome e o sexo. Lá no fundo, o frenesim do corpo, o mercúrio e a violência amoral do instinto abanam os ossos até cá cima. Cá em cima, ao sol, rimo-nos... Andamos com os ossos que abanam, colecionamos experiências e inventamos memórias. Lembras-te? O espelho está partido, reflete aos pedaços e

CINEMA À SEGUNDA

16

SEG

1H37

M12

18H30 4€ OU 3€ (C/DESC.) 21H30 10€ (ASSINATURA WIM WENDERS)

Os Belos Dias de Aranjuez de Wim Wenders Local auditório TAGV com Reda Kateb, Sophie Semin, Jens Harzer, Nick Cave (performance especial) Origem França, 2016

nós debaixo das nuvens, Local auditório TAGV Criação, encenação e pintados de azul, interpretação Cheila Pereira, inventamos porque o Cláudio Vidal, Margarida gesto revolve a terra e Cabral, Paula Rita Lourenço os ossos dos mortos Composição musical e médias interativos Tiago Ângelo lembram-se. Desenho de luz Nuno Patinho Figurinos Cheila Pereira, E tu, o que é que te Cláudio Vidal, Margarida lembras? Cabral, Paula Rita Lourenço Espaço cénico Cheila Pereira, Cláudio Vidal, Margarida Cabral, Paula Rita Lourenço Apoio à residência artística Inestética – Companhia Teatral, C.A.R. - Círculo de Arte e Recreio, Centro Cultural Vila Flor, gnration 10


janeiro MÚSICA

19

20

fevereiro ‘17 CINEMA À SEGUNDA

QUI-SEX 21H30

2H00 (C/INTERVALO) ENT. GRATUITA

Concerto de Ano Novo

23

SEG

1H30

21H30 4€ OU 3€ (C/DESC.)

Até Nunca de Benoît Jacquot

com a Banda Sinfónica do Exército

Laura e Rey vivem numa casa à beira-mar. Ele é cineasta, ela é criadora e performer. Rey morre – acidente ou suicídio? Local auditório TAGV com Mathieu Amalric, Julia Roy, Jeanne Balibar, Victoria Guerra, Elmano Sancho, José Neto A partir do romance de Don DeLillo Origem França e Portugal, 2016

Cumprindo a tradição dos últimos anos, a Brigada de Intervenção celebra o Ano Novo. Este ano, pela primeira vez, oferece à cidade de Coimbra, dois concertos com a Banda Sinfónica do Exército, herdeira das mais antigas tradições musicais do Exército Português.

PERFORMANCE,

25

Local auditório TAGV Organização Brigada de Intervenção Apoio Câmara Municipal de Coimbra e TAGV

SEG

1H25

AGORA! 1H00

M12

21H30 ENT. GRATUITA

How do you like me now?

CINEMA À SEGUNDA

23

QUA

M12

18H30 4€ OU 3€ (C/DESC.)

Tesouro

Sessão especial, dedicada à apresentação de projetos de performance, desenvolvidos no âmbito do curso de Arte da Performance (Estudos Artísticos — fluc). Ao vivo, em registo vídeo, em regime breve ou em propostas assumidamente duracionais, mais de uma dezena de projetos serão apresentados nesta sessão de experimentação performativa, de estudantes para estudantes, mas aberta ao público em geral.

de Corneliu Porumboiu

Em Bucareste, Costi é um pai de família realizado. À noite, gosta de ler as aventuras de Robin dos Bosques ao filho de 6 anos, para o adormecer. Um dia, o vizinho confia-lhe que tem a certeza que há um tesouro enterrado no jardim dos seus avós. E se Costi aceitar alugar um detetor de metais e acompanhá-lo durante um dia, o vizinho está pronto a partilhar o espólio com ele. Inicialmente cético, e apesar de todos os obstáculos, Costi acaba por entrar Local auditório TAGV com Toma Cuzin, Adrian Purcarescu, na aventura.

Local auditório TAGV (lotação limitada)

Corneliu Cozmei, Cristina Cuzina Toma Origem Roménia, 2016

11


janeiro/fevereiro CINEMA À SEGUNDA

TEATRO

27

SEX

1H00

30

M12

21H30 7€ OU 5€ (C/DESC.)

Diário de um Louco

SEG

2H00

21H30 4€ OU 3€ (C/DESC.) 10€ (ASS. WIM WENDERS)

O Estado das Coisas

de Nikolai Gógol Teatro do CalaFrio

de Wim Wenders Local auditório TAGV com Geoffrey Carey, Isabelle Weingarten, Jeffrey Kime, Rebecca Pauly, Artur Semedo, Francisco Baião Origem EUA, Alemanha, Portugal 1982 (cópia restaurada)

TEATRO

31

TER

1H00

M14

21H30 7€ OU 5€ (C/DESC.)

Não Quero Morrer de e com Elmano Sancho e Juanita Barrera

©Alípio Padilha

“(…) Eis Diário de Um Louco, sonho monstruoso, grotesco, estranho e caprichoso do artista, brincadeira bondosa sobre a vida e o homem, sobre o homem miserável e a vida miserável (…) mas ainda estamos a rir-nos do desgraçado simplório e já o nosso riso se dilui na amargura (…)” — Vissarion Belínski Local auditório TAGV (lotação limitada) Encenação Américo Rodrigues  Dramaturgia Américo Rodrigues e Luciano Amarelo  Interpretação Luciano Amarelo, Élia Fernandes Música original ao vivo Élia Fernandes Desenho de luz José Neves Operação de luz João Paulo Neves  Fotografia de cena e apoio técnico Alexandre Costa

A atriz francesa Annie Girardot esqueceu-se das deixas da sua personagem em cena. Permaneceu numa casa de repouso até regressar a Paris. A digressão internacional do seu monólogo teve de ser cancelada. Annie morre alguns anos após este incidente. 

CINEMA À SEGUNDA

30

SEG

2H00

18H30 4€ OU 3€ (C/DESC.)

Regressa neste espetáculo com a expetativa de mudar os últimos anos da sua vida, marcados pela falta de trabalho, a perda da memória e o esquecimento. Esta é uma oportunidade para os criadores e todas as atrizes esquecidas de permanecerem na memória do público.

A Mulher Canhota de Peter Handke

Produzido por Wim Wenders, este filme retrata a viagem solitária de uma mulher após decidir separar-se do marido. Marianne após uma noite num hotel com o seu marido, tem o que ela chama de uma “iluminação”. Assim, Marianne manda o seu marido embora de casa, para morar com a sua amiga Francisca, e passa a criar a sua filha sozinha. Essa nova solidão aponta diversas questões sobre a sobrevivência, Local auditório TAGV com Edith Clever, Bruno o trabalho, o contacto Markus Mühleisen com o humano.

Ganz,

Origem Alemanha, 1978 (cópia restaurada)

12

Local auditório TAGV (lotação limitada) Texto, encenação e interpretação Elmano Sancho e Juanita Barrera Apoio à dramaturgia Rui Catalão Espaço sonoro Pedro Costa Luz Alexandre Coelho Fotografia Alípio Padilha Produção executiva Carolina Lombana (COL) e Nuno Pratas (PT) Projeto Financiado por República Portuguesa — Cultura/DGArtes — Direção-Geral das Artes Apoios Embaixada da Colômbia em Portugal, Embaixada de Portugal na Colômbia e Fundação GDA Coprodução Culturproject (PT), São Luiz Teatro Municipal (PT), O Espaço do Tempo (PT), Greta — Plataforma en Movimiento (COL) e Fundación Teatro Nacional (COL)


janeiro

fevereiro fevereiro ‘17 ‘17

CINEMA

QUA-SEX 10H00

01

03

15H00

18H30

21H30

KINO

3,5€ OU 3€ (C/DESC.) 10€ (ASSINATURA KINO) 1€ (P/ALUNO GRUPO ESCOLAR)

— Mostra de Cinema de Expressão Alemã 01

Fukushima, meu Amor de Doris Dörrie

ABERTURA

21H30

02

Labrão de Axel Ranisch

ESCOLAS

10H00

02

Os Quatro Reis de Theresa von Eltz

18H30

02

24 Semanas de Anne Zohra Berrached

21H30

03

Friedland de Frauke Sandig

03

Babai de Visar Morina

18H30

03

Selvagem de Nicolette Krebitz

21H30

KINODOC

Pelo quarto ano consecutivo, KINO apresenta em Coimbra uma Mostra dedicada ao mais recente cinema alemão, com obras de Doris Dörrie, fukushima, meu amor/grüße aus fukushima um filme que narra, num contexto atual, a viagem de uma jovem mulher ao Japão. Para além de Doris Dörrie, há mais três realizadoras no programa deste ano: Anne Zohra Berrached marca novamente presença na KINO, com 24 semanas/24 wochen filme que esteve representado na competição da Berlinale 2016, enquanto quatro reis/vier könige de Theresa von Eltz é uma primeira longa-metragem. O programa encerra com selvagem/wild de Nicolette Krebitz, um dos filmes mais surpreendentes e provocadores do mais recente cinema alemão. Produção Goethe-Institut Portugal 13

15H00


fevereiro CINEMA EM FAMÍLIA

CINEMA À SEGUNDA

04 Cinema em Família SÁB

1H00

11H00

4€

06

de Fanny Ardant

Abrindo mundo às crianças e aos jovens, a Associação Meridional de Cultura, em parceria com o festival MONSTRA e o Teatro Académico de Gil Vicente, propõe uma singular seleção de curtas-metragens de diferentes países da Europa, realizadas entre 2007 e 2009, com diversas temáticas e distintas técnicas de animação, tendo como principal objetivo promover o espírito crítico dos mais jovens Local auditório TAGV Um bilhete é válido para 1 adulto e o debate em + 1 criança até aos 12 anos família sobre cada Produção Associação Meridional um dos filmes. de Cultura

Numa residência secreta onde Estaline repousa por uns dias, um jovem pintor, Danilov, apresenta ao ditador o seu projeto artístico para um monumento póstumo à sua glória. Lidia, amante de Estaline, escolheu Danilov e o seu trabalho em detrimento de outros artistas e foi ela quem apresentou o pintor a Estaline. Ao fazer esta escolha, é também a sua vida que está em risco neste encontro, que se transforma num jogo de enganos, mentiras e terror.

MÚSICA

SÁB 21H30

1H30

O Divã de Estaline

— Cinema de Animação

04

SEG

18H30 4€ OU 3€ (C/DESC.) 21H30

1H15

M6

22€ OU 20€ (ESTUDANTE/COLABORADOR UC)

Adriana Calcanhotto e Arthur Nestrovski

Local auditório TAGV com Gérard Depardieu, Emmanuelle Seigner, Joana de Verona, Paul Hamy, Lídia Franco, Miguel Monteiro A partir do romance de Jean-Daniel Baltassat Origem França e Portugal, 2016

CENTRO DE DRAMATURGIA CONTEMPORÂNEA

07

©Leo Aversa

— Das Rosas

TER 18H30

1H30 ENT. GRATUITA

Clube de Leitura Teatral Os Homens e as suas Sombras de Alfonso Sastre O que significa ler uma peça de teatro? O que significa ler para uma assistência, sem encenação, sem movimentação, sem gestos? Se drama significa ação, se teatro se prende com a visão, como tornar visível a ação de um texto sem o representar? Por onde passa a modulação da energia que suporta a ação teatral? E como se faz passar a energia, quando são apenas as palavras que dançam perante os olhos do espetador? É a resposta a estas perguntas que suporta a proposta da nossa colaboração no clube de leitura teatral.

Criado para o encerramento das comemorações do 725º aniversário da Universidade de Coimbra, o espetáculo das rosas de Adriana Calcanhotto leva-nos numa viagem pela poesia e música de Portugal e do Brasil. A cantora brasileira junta-se ao guitarrista Arthur Nestrovski, diretor artístico da Orquestra Sinfónica do Estado de São Paulo, para percorrer os textos de figuras como Camões, Mário de Sá-Carneiro, Fernando Pessoa, Vinicius de Moraes, Dorival Caymmi, Tom Jobim ou Chico Buarque, mas também Local auditório TAGV Voz Adriana Calcanhotto uma cantiga de amor Guitarra Arthur Nestrovski de D. Dinis.

Leremos alguns quadros de os homens e as suas sombras de Alfonso Sastre.

Produção Ímpar

14

Local Teatro da Cerca de São Bernardo Leitura coordenada por João Maria André Inscrições para clube.leitura.teatral@gmail.com Coordenação Ricardo Correia (TAGV), António Augusto Barros (A Escola da Noite) Coprodução TAGV e A Escola da Noite


janeiro

MÚSICA

fevereiro fevereiro ‘17 ‘17

1H10

QUI

M6

7€ OU 5€ (C/DESC.)

©Vera Marmelo

21H30

09

You Can’t Win, Charlie Brown com o novo álbum Marrow

you can’t win, charlie brown surgiram em 2009. Um ano depois editaram um ep homónimo que abriu caminho para a estreia em disco com chromatic e para uma série de concertos em salas e festivais importantes dentro e fora de portas. Quase três anos depois de diffraction/refraction, Afonso Cabral, Salvador Menezes, Tomás Sousa, João Gil, Luís Costa e David Santos regressam Local auditório TAGV Voz, Teclado e Guitarra Afonso Cabral com marrow, o terceiro trabalho de originais Teclados, Percussão e Voz David Santos Guitarra, Baixo e Voz João Gil de onde foram extraídos os temas above the Teclado, Guitarra e Baixo Luís Costa Baixo, Guitarra e Voz Salvador Menezes wall e pro procrastinator. Bateria e Voz Tomás Sousa

15


fevereiro PERFORMANCE, AGORA!

TEATRO

16 África Fantasma

08 50 Toneladas 50M

QUA

QUI

M12

50M

M12

21H30 7€ OU 5€ (C/DESC.)

21H30 7€ OU 5€ (C/DESC.)

Criação de João Samões ©Antoine Pimentel

Criação de Carlota Lagido

O preto tem 50 tons reconhecíveis, comporta uma série de apropriações simbólicas que se foram transformando e tomando diferentes significados ao longo dos tempos. É uma cor de adjetivações antagónicas. Se por um lado o preto é a cor do Anarquismo, é simultaneamente a cor do Fascismo. Até ao século XIX foi a cor das noivas, dado que o preto era o mais adequado para o aspeto negocial que envolvia qualquer casamento. Nos anos 50, aqueles que queriam fugir à normatização das massas, vestiam-se Local auditório TAGV Conceção e direção artística de preto, a cor do Carlota Lagido protesto. Preto é Interpretação Tiago Vieira, Carlota a cor associada ao Lagido e Antoine Pimentel mal, ao Diabo, mas Consultoria Artística José Capela Assistencia de direcção e apoio no entanto, é a cor clerical. Na Espanha dramatúrgico Pietro Romani Sonoplastia e música ao vivo/bateria da Inquisição, as Antoine Pimentel pessoas vestiam-se Desenho de luz Nuno Patinho de preto de forma a Figurinos Carlota Lagido Coprodução Temps d’Images que fosse possível sobressair a expressão, sendo assim possível controlar qualquer movimento facial denunciante.

CINEMA À SEGUNDA

13

SEG

Nesta peça de teatro são criadas e manipuladas realidades e turbulências do domínio do exótico e do erótico, interpenetram-se memórias e reflexões sobre o colonialismo e o racismo. O nome da peça remete para o diário africano de Michel Leiris, e o que toda a literatura de viagem nos segreda é que ela é também percurso interior de autodescoberta. África transforma-se num lugar de representações imaginárias, um imenso território onde se projetam todas as fantasias e fantasmas. Podemos começar a nossa viagem, com a história de uma famosa tela de Picasso de 1907, onde o pintor projeta o impacto e influência do poder das máscaras africanas que viu em Paris, nos corpos das mulheres de um bordel da Rua Avinyó em Barcelona, rompendo com os cânones do realismo académico e revolucionando as possibilidades de representação do corpo na arte ocidental. Local auditório TAGV (lotação limitada) Texto João Samões a partir de Frantz Fanon, Aimé Césaire, Julião Quintinha, LouisFerdinand Céline, Langston Hughes Criação, Dramaturgia e Encenação João Samões Interpretação Cláudio da Silva Música sonata piano no. 14 de Ludwig Van Beethoven, paint it, black dos Rolling Stones Cenografia João Samões Produção Debataberto — associação cultural e artística Direção de produção João Samões e Mónia Mota Coprodução Fundação Calouste Gulbenkian/ programa Próximo Futuro

1H53

21H30 4€ OU 3€ (C/DESC.) 18H30

CINEMA À SEGUNDA

20

Paterson

SEG 21H30

2H10 4€ OU 3€ (C/DESC.)

Nocturama

de Jim Jarmusch

Paterson é motorista de autocarro na cidade de Paterson, em Nova Jersey - um simples trabalhador numa cidade pequena e vulgar. A sua vida é regulada pelo relógio. Ele e a sua mulher fazem um par perfeito. Mas há algo mais na vida íntima destas personagens Local auditório TAGV com Adam Driver, Golshifteh que emerge através da Farahani, Kara Hayward, câmara de Jarmusch.

de Bertrand Bonello

Numa manhã, em Paris, jovens de meios diferentes iniciam, cada um por si, uma estranha dança pelos labirintos do metro e pelas ruas da capital. A noite começa.

Sterling Jerins Origem EUA, 2016

16

Local auditório TAGV com Finnegan Oldfield, Vincent Rottiers, Hamza Meziani Origem França, Bélgica, Alemanha, 2016


janeiro

fevereiro ‘17 AS FORMAS DO RISO

PROJETO EDUCATIVO

21

TER

1H00

24

DOS 3 AOS 12 ANOS

10H00 7 OU 5€ (P/ALUNO GRUPO ESCOLAR) 11H30 14H30

SEX

1H10

M16

12€ OU 10€ (C/DESC.)

21H30

Salvador Martinha

Carnaval dos Animais

— Tipo Anti-Herói

com a Orquestra dos Brinquedos Uma das obras mais interpretadas do compositor Camille Saint-Saëns (1835-1921). São 14 quadros inspirados nas características de animais peculiares, em tom de sátira à humanidade e à sociedade intelectual e artística da sua época. Local auditório TAGV Música Camille Saint-Saëns e Jorge Salgueiro Interpretação Orquestra dos Brinquedos Direção Musical Miguel Nabais Pernes

CINEMA

22

23

QUA-QUI ENT. GRATUITA

O meu nome é Salvador e nunca salvei ninguém. Chegou a altura de tentar. Precisamos de ser salvos de muitas coisas: amigos chatos, bolachas para adultos, namoradas que adormecem a ver séries, falta de coragem, etc.

CineEco Festival Internacional de Cinema Ambiental

Local auditório TAGV Produção Primeira Linha

A extensão a Coimbra do único festival de cinema ambiental em Portugal, e um dos festivais de cinema de ambiente mais antigos do mundo, com as mais recentes produções nacionais e internacionais sobre questões ambientais com o tema filmes que podem mudar o mundo! O Que Queremos para o Mundo

22

Cem Anos de Urgeiriça

18H30

A Suplicação — Vozes para Chernobyl

21H30

22 23 23 23

de James Ramsay Cameron

27

10H00

22

de Igor Amin

CINEMA À SEGUNDA

Furacão

O Normal é mais que um Filme de Renée Scheltema

Semente: A História nunca Contada de Taggart Siegel, Jon Betz

2H10

As Asas do Desejo

(ESCOLAS 1ºCICLO)

de Wim Wenders

Local auditório TAGV com Bruno Ganz, Peter Falk, Solveig Dommartin, Otto Sander Origem Alemanha, França, 1987

de Pol Crutchen

de Cyril Barbancon, Jacqueline Farmer, Andy Byatt

SEG

18H30 4€ OU 3€ (C/DESC.) 10€ (ASSINATURA WIM WENDERS)

10H00

(ESCOLAS 2/3ºCICLO)

CINEMA À SEGUNDA

27

18H30

SEG

2H15

21H30 4€ OU 3€ (C/DESC.) 10€ (ASSINATURA WIM WENDERS)

Paris, Texas

21H30

Local auditório TAGV Informações e inscrições (escolas) producao@tagv.uc.pt Produção CineEco Seia

de Wim Wenders

Local auditório TAGV com Dean Stockwell, Harry Dean Stanton, Sam Shepard Origem Grã-Bretanha, França, Alemanha, 1984 17


CINEMA À SEGUNDA

16

JAN

27

FEV

Os Filmes

18


janeiro

fevereiro ‘17

4€ OU 3€ (C/DESC.) — 1 SESSÃO

10€ (ASSINATURA WIM WENDERS) — TODOS OS FILMES

de Wim Wenders 16

JAN

Os Belos Dias de Aranjuez

18H30 21H30

30

JAN

O Estado das Coisas

21H30

27

FEV

As Asas do Desejo

27

FEV

Paris, Texas

18H30

21H30

Wim Wenders, realizador, escritor e fotógrafo, é um dos principais autores do Novo Cinema Alemão dos anos setenta. Com o filme o amigo americano (1977) conquistou o reconhecimento internacional, e com paris, texas (1984) venceu a Palma de Ouro no Festival de Cannes. as asas do desejo (1987), trouxe-lhe o prémio de Melhor Realizador em Cannes e tornou-se no seu maior sucesso. Desde 1990, Wenders descreve-se como um cineasta da não ficção, realizando vários documentários aclamados pelo público, como buena vista social club (1999) e pina (2011), ambos nomeados para os Óscares. os belos dias de aranjuez teve a sua estreia mundial no Festival de Veneza, em Competição, continuando um percurso pelos festivais internacionais de cinema no Festival de Toronto e no Festival do Rio. Local auditório TAGV

19


Saint Amour O Exame Clube de Leitur Teatral Sócrates tem de morrer — parte I Ópera Pimpinone Os Belos Dias HIATUS Concerto de Aranjuez Tesouro Até Nunca de Ano Novo How do you like me now? Diário de um Louco A Mulher Canhota O Estado das Coisas Não Quero Morrer KINO — Mostra de Cinema de Exp essão Alemã Cinema em Família — Cinema de Animação Adriana Calcanhotto e Arthur Nestrovski — Das Rosas O Divã de Estaline Clube 50 Toneladas de Leitura Teatral You Can’t Win, Ch rlie Brown Paterson África Fantasma Nocturama Carnaval dos animais CineEco Salvador As Martinha — Tipo Anti-Herói Paris, Texas Asas do Desejo 09 jan

09 jan

10 jan

12— 13 jan 14 jan

16 jan

18 jan

19— 20 jan

23 jan

23 jan

25 jan

27 jan

30 jan

30 jan

Temporada 2016/17 jan

fev

Diretor Fernando Matos Oliveira Consultoria artística Mário Montenegro Administração01— António 03 Patrício

31 jan

fev Comunicação Coordenação Marisa Santos Apoio à divulgação Fábio Magalhães Design gráfico PIMC/UC Catarina Pinto Fotografia TAGV Cláudia Morais Produção Elisabete Cardoso

04 fev

Equipa técnica Direção técnica Filipe Silva Luz Celestino Gomes, Mafalda Oliveira Audiovisual José Balsinha Som João Gilberto, Mário Henriques Projeção e maquinaria de cena João Silva Carpintaria cénica Laurindo Fonseca Auxiliar técnico Rui Ventura

04 fev

Bilheteira e Frente da casa Coordenação Rosa Marques Assistente Alena Herasik 07 Bilheteira Catherine Carvalho, fev Fábio Magalhães, Inês Patrício

06 fev

Limpeza Coordenação Antónia Mimoso Equipa Cristina Monteiro, Julieta Costa

08 fev

Assistência de sala Adriana Ávila, André Gomes, Andreia Jesus, Andreia Silva, Beatriz Gonçalves, Catherine Carvalho, Diogo Pereira, Fábio Magalhães, Filipa Lima, Inês Patrício, Joana Amado, Jorge Pessoa, Lurian Klein, Marcelo Couto, Hélder Rodrigues, Cláudia Morais

09 fev

13 fev

16 fev

20 fev

Design gráfico Bürocratik

21 fev

Papel Fedrigoni Sirio 170grs, Arcoprint Milk 70 grs

22— 23 fev

24 e acabamento Lusoimpress Impressão fev

Tiragem 5000 exemplares

27 fev

27 fev


Teatro Académico de Gil Vicente Praça da República 3000-342 Coimbra Horário da Bilheteira segunda a sábado 17h00 às 22h00 Informações e reservas 239 855 636 Bilheteira online tagv.bol.pt bilheteira@tagv.uc.pt

Horário do Café-Teatro TAGV segunda a sábado, feriados domingo 10h00 às 20h00

09h00 às 01h00

Descontos para os espetáculos assinalados aplicam-se a menores de 25 anos, estudantes, maiores de 65 anos, grupo ≥ 10, desempregados e parcerias TAGV é uma estrutura da Universidade de Coimbra

Mecenas para a reabilitação

Apoios institucionais

Apoio reabilitação

Parceria Cinema à segunda

Parcerias

Parceria Cinema em família

Apoio à divulgação


Saint Amour O Exame Clube de Leitur Teatral Sócrates tem de morrer — parte I Ópera Pimpinone Os Belos Dias HIATUS Concerto de Aranjuez Tesouro Até Nunca de Ano Novo How do you like me now? Diário de um Louco A Mulher Canhota O Estado das Coisas Não Quero Morrer KINO — Mostra de Cinema de Exp essão Alemã Cinema em Família — Cinema de Animação Adriana Calcanhotto e Arthur Nestrovski — Das Rosas O Divã de Estaline Clube 50 Toneladas de Leitura Teatral You Can’t Win, Ch rlie Brown Paterson África Fantasma Nocturama Carnaval dos animais CineEco Salvador As Martinha — Tipo Anti-Herói Paris, Texas Asas do Desejo 09 jan

09 jan

10 jan

12— 13 jan 14 jan

16 jan

18 jan

19— 20 jan

23 jan

25 jan

27 jan

31 jan

04 fev

J I H G F E D C B A

23 jan

J I H G 30 F jan E D Temporada 2016/17 jan fev C Diretor Fernando Matos B Oliveira Consultoria artística Mário Montenegro A

30 jan

Administração01— António 03 Patrício

fev Comunicação Coordenação Marisa Santos Apoio à divulgação Fábio Magalhães Design gráfico PIMC/UC Catarina Pinto Fotografia TAGV Cláudia Morais

BALCÃO

A B

A B

Produção Elisabete Cardoso

C D

Equipa técnica C Direção técnica Filipe Silva D Luz Celestino Gomes, Mafalda Oliveira Audiovisual José Balsinha E Som João Gilberto, Mário Henriques F cena João Silva Projeção e maquinaria de Carpintaria cénica Laurindo Fonseca G Auxiliar técnico Rui Ventura

04 fev

E F

G H

06 fev

09 fev

H

Bilheteira e Frente da casa I Coordenação Rosa Marques Assistente Alena Herasik J 07 Bilheteira Catherine Carvalho, K fev Fábio Magalhães, Inês Patrício

I J K L M N O

L

Limpeza M Coordenação Antónia Mimoso Equipa Cristina Monteiro, N Julieta Costa

08 fev

O Assistência de sala Adriana Ávila, André Gomes, Andreia Jesus, Andreia Silva, Beatriz Gonçalves, Catherine Carvalho, Diogo Pereira, Fábio Magalhães, Filipa Lima, Inês Patrício, Joana Amado, Jorge Pessoa, Lurian Klein, Marcelo Couto, Hélder Rodrigues, Cláudia Morais

PLATEIA

13 fev

16 fev

PALCO 21 fev

20 fev

Design gráfico Bürocratik

Papel Fedrigoni Sirio 170grs, Arcoprint Milk 70 grs

22— 23 fev

24 e acabamento Lusoimpress Impressão fev

Tiragem 5000 exemplares

Auditório 768 lugares Plateia 437 lugares + 4 lugares de mobilidade reduzida Balcão 327 lugares Informações Técnicas ctecnica @ tagv.uc.pt 

27 fev

27 fev


Saint Amour O Exame Clube de Leitur Teatral Sócrates tem de morrer — parte I Ópera Pimpinone Os Belos Dias HIATUS Concerto de Aranjuez Tesouro Até Nunca de Ano Novo How do you like me now? Diário de um Louco A Mulher Canhota O Estado das Coisas Não Quero Morrer KINO — Mostra de Cinema de Exp essão Alemã Cinema em Família — Cinema de Animação Adriana Calcanhotto e Arthur Nestrovski — Das Rosas O Divã de Estaline Clube 50 Toneladas de Leitura Teatral You Can’t Win, Ch rlie Brown Paterson África Fantasma Nocturama Carnaval dos animais CineEco Salvador As Martinha — Tipo Anti-Herói Paris, Texas Asas do Desejo 09 jan

09 jan

10 jan

12— 13 jan 14 jan

16 jan

18 jan

19— 20 jan

23 jan

23 jan

25 jan

27 jan

30 jan

30 jan

Temporada 2016/17 jan

fev

Diretor Fernando Matos Oliveira Consultoria artística Mário Montenegro Administração01— António 03 Patrício

31 jan

fev Comunicação Coordenação Marisa Santos Apoio à divulgação Fábio Magalhães Design gráfico PIMC/UC Catarina Pinto Fotografia TAGV Cláudia Morais Produção Elisabete Cardoso

04 fev

Equipa técnica Direção técnica Filipe Silva Luz Celestino Gomes, Mafalda Oliveira Audiovisual José Balsinha Som João Gilberto, Mário Henriques Projeção e maquinaria de cena João Silva Carpintaria cénica Laurindo Fonseca Auxiliar técnico Rui Ventura

04 fev

Bilheteira e Frente da casa Coordenação Rosa Marques Assistente Alena Herasik 07 Bilheteira Catherine Carvalho, fev Fábio Magalhães, Inês Patrício

06 fev

Limpeza Coordenação Antónia Mimoso Equipa Cristina Monteiro, Julieta Costa

08 fev

Assistência de sala Adriana Ávila, André Gomes, Andreia Jesus, Andreia Silva, Beatriz Gonçalves, Catherine Carvalho, Diogo Pereira, Fábio Magalhães, Filipa Lima, Inês Patrício, Joana Amado, Jorge Pessoa, Lurian Klein, Marcelo Couto, Hélder Rodrigues, Cláudia Morais

09 fev

13 fev

16 fev

20 fev

Design gráfico Bürocratik

21 fev

Papel Fedrigoni Sirio 170grs, Arcoprint Milk 70 grs

22— 23 fev

24 e acabamento Lusoimpress Impressão fev

Tiragem 5000 exemplares

27 fev

27 fev

TAGV jan-fev — Temporada 16/17  

jan — fev

TAGV jan-fev — Temporada 16/17  

jan — fev

Advertisement