Issuu on Google+

são lu i z te atro m u n i c i pal

20 e 27 SET

bailarico Domingos: dia 20 às 11h; dia 27 às 16h Jardim de Inverno Público-alvo: Famílias Para Todos os públicos Duração (aprox.): 45 min De e Com Ana Brandão Carla Galvão Carla Maciel Manuela Azevedo Sara Carinhas Música ao vivo: João Cabrita Pedro Pinto Nuno Sarafa Figurinos e espaço cénico: Paulo Reis

mais novos a seguir

11 out música

filipe raposo À Volta da Sala – 1959

Filipe Raposo piano e Andy Yeo guitarra eléctrica convidam Rita Maria voz

© olga roriz

Domingo às 11h Jardim de Inverno Público-alvo: 6 > 12 M/6

bilhete suspenso Convidamos o público do São Luiz a adquirir um bilhete pelo valor de 7 euros, que fica suspenso na nossa bilheteira e que reverte para pessoas apoiadas pelas entidades associadas. O restante valor do bilhete é suportado pelo Teatro. O Bilhete Suspenso é um projecto que se insere na política de responsabilidade social do São Luiz Teatro Municipal. Conheça, junto da bilheteira do Teatro, as entidades associadas. bilheteira@teatrosaoluiz.pt tel: 213257650

20 e 27 SET

bailarico Domingos: dia 20 às 11h; dia 27 às 16h Jardim de Inverno Público-alvo: Famílias Para Todos os públicos Duração (aprox.): 45 min

são luiz teatro municipal Direcção Artística Aida Tavares Direcção Executiva Joaquim René Programação Mais Novos Susana Duarte Adjunta Direcção Executiva Margarida Pacheco Secretariado de Direcção Olga Santos Direcção de Produção Tiza Gonçalves (Directora), Susana Duarte (Adjunta), Andreia Luís, Margarida Sousa Dias Direcção Técnica Hernâni Saúde (Director), João Nunes (Adjunto) Iluminação Carlos Tiago, Ricardo Campos, Ricardo Joaquim, Sérgio Joaquim Maquinistas António Palma, Cláudio Ramos, Paulo Mira, Vasco Ferreira Som Nuno Saias, Ricardo Fernandes, Rui Lopes Secretariado Técnico Sónia Rosa Direcção de Cena José Calixto, Maria Távora, Marta Pedroso, Ana Cristina Lucas (Assistente) Direcção de Comunicação Ana Pereira (Directora) Elsa Barão, Nuno Santos Design Gráfico silvadesigners Bilheteira Cidalina Ramos, Hugo Henriques, Soraia Amarelinho Consultoria para a Internacionalização Tiago Bartolomeu Costa Frente de Casa Letras e Partituras Coordenação Ana Luisa Andrade, Teresa Magalhães Assistentes de Sala Ana Sofia Martins, Catarina Ribeiro, Domingos Teixeira, Filipa Matta, Helena Malaquias, Hernâni Baptista, Inês Macedo, João Cunha, Sara Garcia, Sara Fernandes, Carlos Ramos (Assistente) Segurança Securitas Limpeza Astrolimpa

s ete m bro 2015


Bailarico – Pequeno baile; festa informal e improvisada onde se dança.

“Esta menina Tão pequenina Quer ser bailarina.

Um nome, roubado à tradição tão portuguesa de festejar em comunidade e aos pares, torna-se aqui um diminutivo de Baile – o espectáculo estreado na sala principal que tem aqui como que um filho ou um irmão mais novo.

Não conhece nem dó nem ré Mas sabe ficar na ponta do pé.

Ambos, assim desejamos, são feitos para “toda a família” se considerarmos que a música é uma manifestação universal, e transversal. Mas o Bailarico será especialmente dedicado à interacção, ao “A menina dança?”, livre e participativo. Assim se recria um ambiente de salão, de janelas abertas para a luz da cidade, no qual se tentará reavivar o ambiente alegre do corpo, e da festa.

Não conhece nem mi nem fá Mas inclina o corpo para cá e para lá. Não conhece nem lá nem si, Mas fecha os olhos e sorri. Roda, roda, roda com os bracinhos no ar E não fica tonta nem sai do lugar. Põe no cabelo uma estrela e um véu E diz que caiu do céu. Esta menina Tão pequenina Quer ser bailarina. Mas depois esquece todas as danças, E também quer dormir como as outras crianças.”

A Bailarina de Cecília Meireles


Folha de sala BAILARICO