Page 1

MORADORES DE MONTE ALEGRE TEMEM SURTO DE DENGUE «Pág. 07

O JORNAL DO POVO www.tribunadacalhanorte.com.br ANO VIII - Nº 366 // MONTE ALEGRE // Oeste do Pará, Sábado 15 de janeiro/2011

ASSINATURA 10,00

CIRCULAÇÃO: MONTE ALEGRE, SANTARÉM, GURUPÁ, ALMEIRIM, ALENQUER, FARO, JURUTI, ÓBIDOS, ORIXIMINÁ, TERRA SANTA, PORTO DE MOZ, PRAINHA E DISTRITOS DE MONTE DOURADO, PORTO TROMBETAS, SANTA MARIA DO URUARÁ E ALTER DO CHÃO

Cleverson Mafra consegue a presidência da câmara de Juruti «Pág. 08

NavegaPará chegará à Calha Norte em 2012

«Pág. 03

LUZ PARA TODOS

Prefeitos da Calha Norte discutem a expansão da energia elétrica Na última terça-feira (11) foi realizado na Assembléia Recreativa Pauxis - ARP, na cidade de Óbidos, um encontro de prefeitos e autoridades dos municípios da Calha Norte para discutir sobre a implantação e ampliação do Programa Luz para Todos, do governo federal, nos municípios da região. «Pág. 05 CULTURA

Finais de semanas de carnaval na cidade de Óbidos Pág. 06 GERAL

Juruti inicia o ano com novo plano de combate à exploração sexual Pág. 04

PESCA

Colônia de Pescadores de Almeirim realiza recadastramento de sócios Pág. 02 POLÍCIA

Veículos com suspeita de furto são apreendidos em Alenquer

Monte Alegre é tomada por lixo «Pág. 04

Pág. 02

POLÍTICA

Prefeitura de Juruti reúne com comunitários da Gleba Curumucuri Pág. 02

Virose preocupa autoridades de saúde de Oriximiná

Pág. 08


02

GERAL

ALMEIRIM

Colônia de Pescadores realiza recadastramento de sócios No período de 25 a 30 de dezembro, a Colônia de Pescadores Z-33 localizada na parte baixa da cidade de Almeirim realizou um recadastramento de toda a classe de pescadores do município. O recadastramento servirá para detectar atividade de cada sócio e se realmente ele vive e sobrevive da pesca, afim de evite fraude, principalmente no momento que o sócio é beneficiado do Seguro Defeso. A entidade conta com 6 mil associados, sendo que somente 3.900 recebe o benefício, a colônia fez o recadastramento com quase todos os sócios, sendo que eles tiveram que assinar uma declaração acompanhados de 2 testemunhas, que não eram membros da família. O recadastramento aconteceu somente na sede da colônia. Para Gabriel Viera de Lima, responsável pelo processo “este recadastramento como já foi explanado, o objetivo visa principalmente em orientar o pescador nas políticas de benefício para que os mesmo não sofram

Marionei Lima quer descobrir quem são os sócios

penalidades”. Para o presidente da Z-33, Marionei Lopes de Lima, disse que “através da lei 171 e 299 do código penal, foi oficializado todos os órgãos das esferas municipal, estadual e federal do recadastramento que aconteceu no período de 25 a 30 de dezembro. Sabemos que ocorre algumas irregularidades no município de algumas associações que estão querendo se enfrentar, como representante do pescador, sem ter vínculos com os órgãos responsáveis, a colônia é a única entidade de classe representativa do pescador no município”.

COMUNICADO Comunicamos aos comerciantes da cidade de Monte Alegre e a quem possa interessar, que o evento “Melhores do Ano” não tem vínculo algum com o jornal Tribuna da Calha Norte. Os organizadores dessa premiação apenas iriam comprar uma página do jornal para publicar os acontecimentos do evento, mas foi desfeita a negociação sem qualquer explicação. Grato pela compreensão, A direção do jornal Tribuna da Calha Norte.

Sedes deve mais de R$ 1 milhão aos hansenianos Dani Franco

O

estado acumula uma dívida de R$ 1.309.300 (um milhão trezentos e nove mil e trezentos reais), gerada pelo atraso no pagamento de 2.850 beneficiários que recebem ajuda de custo do Estado. De acordo com o vice-governador Helenilson Pontes, que responde interinamente pela Secretaria, "foi liberada uma verba emergencial para Sedes que será quase toda direcionada ao pagamento do benefício dos portadores de hanseníase. Uma das nossas prioridades é a

saúde, e por isso não podemos protelar o pagamento do benefício a pessoas que comprovadamente precisam dele", informou. Verba emergencial - Além do auxílio destinado aos hansenianos, a verba de emergência liberada pelo Tesouro Estadual será repassada ao Espaço de Acolhimento Provisório Especial, que atende 35 crianças e adolescentes com necessidades especiais neurológicas, como síndrome de Down e autismo, e funciona em regime de convênio com uma empresa terceirizada especializada. "O repasse do convênio, equivalente a

Com a possibilidade de gerar 40 mil novos postos de trabalho, o Pará vai se tornar o maior celeiro de empregos da região Norte e um dos maiores do País em 2011. Pelo menos é o que afirmam os economistas e especialistas em recursos humanos, que destacam algumas profissões como as mais cobiçadas pelo mercado paraense no próximo ano. Segundo eles, os profissionais ligados à construção civil, à engenharia elétrica e ao agronegócio terão boas oportunidades. Além disso, o comércio será impulsionado com medidas previstas pelo

novo governo - e mais de 50% das vagas abertas serão no segmento de vendas e atendimento. Segundo o empresário do setor de gestão de pessoas, Caitano Celedônio, nos últimos três meses, 1.603 pessoas ingressaram no mercado de trabalho através de agência de encaminhamento somente em Belém. "Atendentes internos, vendedores e operadores de caixa não estão ficando desempregados. Basta comprovar a experiência ou algum conhecimento na área", assegura. Ele destaca que, com a implantação de outros dois

R$ 650 mil, está atrasado há dois meses. Esses dois pagamentos consomem a quase totalidade da verba

shoppings na capital, o volume de empregos será superior a 40 mil, em 2011. "Todo jovem de 16 anos deveria fazer um curso profissionalizante. Hoje, temos uma demanda superior a nossa oferta. Não conseguimos profissionais para todas as vagas que surgem no mercado", avalia. O segmento da mineração também será promissor, segundo o assessor econômico da Federação das Indústrias do Estado do Pará (Fiepa), José do Egypto. Para ele, além do setor mineral, a indústria da construção civil também deve se

manter pujante em 2011. Já o supervisor técnico do Dieese, Roberto Sena, acredita que os empregos no comércio serão os principais, e que a falta de qualificação da mão-deobra pode atrapalhar os planos de milhares de paraenses. Caitano Celedônio afirma que parte dos trabalhadores que atua no Pará - devidamente capacitados -, deve seguir para o Maranhão, onde alguns projetos da Petrobrás e do Governo Estadual devem despontar. "O profissional gabaritado vai para onde o mercado remunerar melhor", justifica. (O Liberal)

Nova secretária promete limpar a imagem da Sema para apresentar produtos eficazes. Trabalho em equipe, invisto em qualificação e trabalho com meritocracia. E para que isso aconteça, a instituição tem que dar condições e melhoramentos ao servidor". Cativo falou da reconstrução da imagem da Sema. "Eu trabalho em equipe, e quero mudar a imagem da Sema. Mas, quero pedir apoio a todos, e não o digo de forma retórica, mas quando falo apoio, peço retidão, compromisso, trabalho.

DIRETOR-EDITOR - Genival Cardoso DIRETORA ADMINISTRATIVA - Ocidete Sussuarana Wwww.tribunadacalhanorte.com.br

O SUSSUARANA CARDOSO CNPJ nº 07081356/0001-46

Av. Nilo Peçanha, s/n, sala 03. Centro CEP 68220-000 Monte Alegre - Pará E-mail: comercial@tribunadacalhanorte.com.br

FONE: (93) 3533-1554 / 8805-0183

SUCURSAL SANTARÉM FONE: (93) 9122-5016 / 9145-7591

Helenilson Pontes

que a Sedes recebeu", completou Helenilson. Segundo o vicegovernador, o Estado está agindo rápido e priorizando o pagamento de contas relacionadas ao atendimento de pessoas que precisam da atenção emergencial. Atualmente, a Sedes possui uma dívida de 4,6 milhões com diversos fornecedores, acumulados no ano de 2010, e que inclui o aluguel do prédio da Secretaria, atrasado há sete meses. O pagamento do benefício aos hansenianos deve começar na segunda quinzena de janeiro.

Pará será o maior gerador de empregos em 2011

A nova secretária de meio ambiente do Pará, Teresa Cativo, prometeu durante a sua posse mudar a imagem da secretaria, marcada por denúncias de corrupção no governo anterior. Na presença do ex-secretário Edivaldo Pereira, dos diretores, e de mais de 600 servidores e funcionários da casa, Teresa falou do trabalho que planeja fazer em parceria com todos. "Vocês terão uma secretária técnica, de carreira, com quase 40 anos de serviço público,

Trav. Professor Carvalho, 1113, Sala C. Aparecida CEP. 68040-470 Santarém - Pará

Oeste do Pará,ssábado 15 de janeiro/2011

Os artigos e colunas assinadas, são de inteira responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal

Quero dizer também que já me sinto parte dessa instituição que é uma das mais importantes do estado". A secretária também destacou que o trabalho que fará na Sema, respeitando a

hierarquia funcional, é de tratamento igual para todos. "As portas estão abertas para todos nós servidores, para todos os senhores". E informou que trabalha em equipe: "Não tenho intermediários".

QUA 19; DOM 23; QUI 27; SEG 31


03

GERAL

Oeste do Pará,ssábado 15 de janeiro/2011

INTERNET

NavegaPará chegará à Calha Norte em 2012 As cidades paraenses de Almeirim, Prainha, Monte Alegre, Alenquer, Curuá, Óbidos, Oriximiná, Terra Santa e Faro receberão internet de alta qualidade e baixo custo. Da Redação

A

partir de 2012, os moradores das cidades e até vilas da região da Calha Norte, no Pará, além de receberem energia elétrica vinda da hidrelétrica de Tucuruí, poderão ter acesso a internet de qualidade e de graça, pelo programa de inclusão digital do Governo do Pará, considerado um dos melhores do Brasil. A Secretaria de Estado de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia (Sedect) e a Empresa de Processamento de Dados do Estado do Pará (Prodepa) assinaram três termos de cooperação técnica para que as linhas de transmissão que estão em construção para levar a energia da Usina Hidrelétrica de Tucuruí sejam usadas também para transmissão

de dados pelo programa NavegaPará, que fornece internet de alta qualidade. O programa de dados também poderá levar internet de qualidade para as cidades de Manaus e Macapá. Os convênios foram assinados com os consórcios Manaus Transmissora de Energia S / A , M a c a p á Transmissora de Energia S/A e Xingu Transmissora de Energia S/A, responsáveis pela execução do projeto do linhão que vai levar a energia do Sistema Interligado Nacional, a partir de Tucuruí, até a ilha de Jurupari, que fica no rio Amazonas. Com isso, a energia chegará finalmente à Calha Norte, na margem esquerda do Amazonas. A Manaus Energia S/A vai fazer a ligação entre Oriximiná, no Pará, e Itacoatiara, no Amazonas. Já a Macapá

Energia constrói o linhão que passa por Oriximiná, Óbidos, Curuá, Alenquer, Monte Alegre e Almeirim, até a capital do Estado vizinho. O secretário de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia (Sedect), Maurílio Monteiro, explica que o procedimento é similar ao que foi celebrado há quase quatro anos com a Eletronorte, a Vale e a Celpa, para compartilhar a infraestrutura de telecomunicações dessas empresas, para criar a rede pública de comunicação do NavegaPará. Presente em mais de 60 municípios do Pará, o programa tornou realidade o acesso a internet para mais de 2 milhões de pessoas, interligando ainda escolas públicas, hospitais e unidades de saúde, de segurança púbica, instituições de ensino e pesquisa e outros órgãos do governo. Agora, nesta nova etapa, outra parcela do Estado que dificilmente teria acesso a uma rede de fibra óptica privada, por

exemplo, por conta dos altos custos de investimento neste tipo de operação, passam também a integrar o programa. E ainda existe a possibilidade do NavegaPará se expandir para outros Estados. "É a consolidação de uma experiência vitoriosa na construção de uma rede pública de comunicação, envolvendo a parceria com empresas públicas e privadas, que vai permitir que a internet

e outros serviços cheguem com qualidade para a população. É o primeiro passo para que o NavegaPará se transforme em NavegaAmazônia", afirmou Monteiro. De acordo com o diretor geral do consórcio Xingu-Macapá, Ailton Ferreira, a previsão para conclusão das obras da Usina de Tucuruí é dezembro de 2012. A partir daí, o governo paraense estaria livre para expandir suas atividades.

Os linhões têm 1800 quilômetros de extensão e potência de 2,4 MW. "Como grande parte das linhas de transmissão está inserida no Pará, participar de um projeto como o Navegapará é uma responsabilidade social nossa. Vemos o programa como uma grande oportunidade de se levar energia, mas também desenvolvimento para a população da região norte", afirmou. A Prodepa será a executora dos projetos, que permitem o uso da rede de fibras ópticas dos linhões em iniciativas de inclusão digital. E, segundo o presidente da instituição, Renato Francês, este convênio é mais amplo porque não amarra a expansão às áreas onde estão instaladas as subestações. "Neste convênio não há restrições, então, todas as cidades que passarem pelo linhão e outras próximas poderão ser interligadas", afirmou.

Governo discute solução para concursados do estado

O

chefe da Casa Civil, Zenaldo Coutinho, recebeu na terça-feira, 11, uma comissão de profissionais aprovados em concurso público e que aguardam para serem chamados há quatro anos. Durante a reunião, ocorrida no Palácio dos Despachos, Zenaldo ouviu caso a caso e deixou claro que este é apenas o primeiro passo na busca por uma solução para o problema. "Esse momento foi histórico para nós. Pela primeira vez, conseguimos passar do portão da Casa Civil. Pela primeira vez, fomos ouvidos", disse o presiden-

te da Associação dos Concursados do Pará (Asconpa), José Emílio Almeida. Durante duas horas de reunião, os concursados expuseram ao chefe da Casa Civil algumas questões críticas. Dados da associação mostram que já são mais de cinco mil pessoas que esperam pela nomeação. Além disso, somente este ano, 13 concursos públicos no Pará vão inspirar. O caso mais grave é o concurso da Procuradoria Geral do Estado (PGE), que vence no dia 20 de março e não pode mais ser prorrogado.

"Estamos desesperados porque ainda faltam 14 pessoas para serem chamadas e até agora nada aconteceu", enfati-

zou Ana Rita, que foi aprovada no concurso. Denúncias - Defensores públicos que aguardam por nomeação denuncia-

ram que dos 148 aprovados, apenas 57 foram chamados. E o mais grave: "Existem 83 municípios do Pará sem defensor. Hoje em dia, um defensor tem que atender a população de três ou quatro municípios", lembrou José Emílio. Zenaldo Coutinho expôs aos concursados as principais dificuldade que o Executivo Estadual enfrentará neste início de gestão. "Estamos com um déficit de R$ 80 milhões só para este mês de janeiro e com uma dívida de R$ 750 milhões para este ano. Mas temos certeza que vamos superar esses

problemas. Essa é fase inicial do governo, de diagnóstico, porém, estamos dispostos a encontrar o remédio". O chefe da Casa Civil afirmou que o governo já está fazendo o levantamento de todos os contratos temporários. Segundo ele, a regra será manter apenas os temporários que excepcionalmente precisam permanecer no cargo. Enfatizou, ainda, que o encontro de hoje foi apenas o primeiro com os concursados. "Vamos marcar outras reuniões e vamos continuar seguindo esse caminho juntos", finalizou.

Governo pode elevar o salário mínimo para R$ 550 Diante da pressão do PMDB, o governo já dá sinais de que tem margem para elevar o salário mínimo acima dos R$ 540 propostos no Orçamento. Na área econômica já se fala em R$ 550, principalmente depois que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, foi repreendido pela presidente Dilma Rousseff por ameaçar vetar qualquer aumento do piso salarial. O sinal de que os R$ 540 poderiam subir partiu do próprio governo, que anunciou anteontem o reajuste das

aposentadorias em 6,41%. É um reajuste maior do que o proposto para o mínimo, que é de 5,88%. Ocorre que os dois preços são corrigidos pelo mesmo indicador: o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) estimado para 2010. O presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), também sinalizou hoje que está disposto a discutir a alteração na proposta do governo para o mínimo caso continue na presidência da Casa, em

eleição que ocorrerá no dia 1º de fevereiro. "O governo mandou a proposta do mínimo para o parlamento, só que o governo precisa também entender que ali é também um espaço de diálogo", argumentou. E continuou: "O que nós esperamos é que tanto o governo quanto os parlamentares estejam dispostos a essa discussão. Se teremos ou não alteração, vai depender do debate, das discussões e dos convencimentos. O que posso garantir é que na presidência

da Câmara será feito o debate". Semana passada, o PMDB decidiu reagir ao anúncio de Mantega, de vetar o aumento do mínimo. O partido já havia anunciado que o deputado Eduardo Cunha, da bancada do PMDB do Rio, iria apresentar uma emenda passando o valor para R$ 560. Além da emenda aumentando o valor, o mesmo Eduardo Cunha apresentará, em resposta às declarações de Mantega, uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC)

Programa

Rádio Povo Apresentação WALDIR COLARES De Segunda a Sexta, das 9 às 12h R

E SUP

Sabadão

SISTEMA MARAJOARA DE COMUNICAÇÃO

Tel. 9136-6700

alterando as regras para derrubar vetos do presidente. Atualmente, pelo artigo 66 da Constituição, se o Congresso quiser derrubar um veto presidencial, os parlamentares têm de fazê-lo por maioria absoluta das duas Casas reunidas em sessão conjunta, no prazo de 30 dias a contar do recebimento da mensagem do Planalto. O valor de R$ 540 para o mínimo foi fixado em Medida

Provisória pelo governo Lula (com consentimento da então presidente eleita). Segundo Mantega, o valor de R$ 540 está em um patamar que preserva o equilíbrio das contas públicas e a coerência da política fiscal. Um aumento acima disso, segundo o ministro, elevaria os gastos com a Previdência e deterioraria as contas públicas. (Agência Estado)


04

REGIÃO

Oeste do Pará,ssábado 15 de janeiro/2011

Moradores de Monte Alegre temem surto de dengue Da Redação

D

Juruti inicia o ano com novo plano de combate à exploração sexual Em Juruti, o ano começou com o fortalecimento do combate à exploração sexual de crianças e adolescentes do município. Cerca de 40 profissionais de secretarias municipais iniciaram 2011 com o objetivo de desenvolver uma nova campanha de sensibilização em prol dos direitos da população mais jovem. A ideia foi proposta ainda em Dezembro do ano passado, durante oficina realizada pela Childhood Brasil e pela Rádio Margarida, com apoio do Instituto Alcoa. O objetivo foi reunir sugestões para a campanha. Houve exibição de filme e debate sobre o cotidiano dos jovens do município. “Junto aos colaboradores da Rádio Margarida, trabalhamos com o público infantojuvenil, que é um dos eixos do Plano Municipal de Enfrentamento à Violência Doméstica e Sexual Contra Crianças e Adolescentes de Juruti. Já os funcionários das secretarias fizeram parte da oficina, que serviu para a população sugerir atividades interessantes a serem realizadas durante a campanha em Juruti”, diz Jaqueline Magalhães, consultora da Childhood Brasil. Os profissionais que participaram da oficina são das secretarias de Saúde, Assistência Social, Educação e Comunicação. Já os adolescentes, são alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Emanuel Salgado Vieira e da Escola Nossa

Senhora da Saúde. A atividade integra o projeto Tecendo a Rede, que trabalha com a prevenção e articulação da causa no município, mobilizando os jovens e suas famílias em uma rede de atendimento e s p e c i a l i z a d o . Campanha - A campanha ainda está em fase de articulação. De acordo com Jaqueline Magalhães, a iniciativa pretende capacitar profissionais e jovens de Juruti para serem multiplicadores da causa. “A finalidade continua sendo a prevenção contra a violência sexual de crianças e adolescentes”, conclui. Segundo José Arnaud, educador da Rádio Margarida, parceira das atividades, inicialmente pretende-se transmitir mensagens educativas para os jovens se interessarem a se envolver na campanha. “Estamos contribuindo com ações educativas contra a violência sexual a crianças e adolescentes. Viemos a Juruti trocar ideias com as pessoas envolvidas na campanha para ver se juntos elaboramos as ações a serem executadas no município”, declara. O calendário de atividades da campanha ainda está sendo construído. A previsão é que em 2011, a luta contra exploração de jovens seja reforçada com as capacitações que serão oferecidas pela campanha.

iversas pessoas estão procurando o hospital municipal de Monte Alegre com sintomas da dengue, mas acabam voltando para suas casas pelo fato do hospital não ter como coletar material para exame da doença, sendo apenas receitado analgésicos que combate a febre e dor de cabeça. Esta semana o Sr. Adão da Silva Oliveira, apresentou a forma mais grave da dengue, após cinco dias com os sintomas da doença, observou que estava vomitando sangue e teve que ser levado as pressas para o hospital municipal. “A gente chega nesse hospital não tem nada, fomos fazer um exame as máquinas estão todas quebradas, mandam a gente ir pra um lugar, quando vai sair já ligam dizendo pra ficar por aqui mesmo que não tem como fazer nada”, reclamou Adão, dizendo que esteve esperando por dois dias para ser encaminhado para Santarém. Uma das pessoas que apresenta os sintomas da dengue, disse que

já esteve no hospital por três vezes em busca de tratamento mas a única coisa que os enfermeiros fazem é aplicar analgésico, “já faz dois dias que sinto muita dor de cabeça, no corpo, febre e vomito, até agora só me deram analgésico e dizem pra aguardar em casa, porque não sabem se é realmente a dengue e não tem material para coletar e levar pra Santarém, para examinar”, disse a senhora Nelzinete Santos. A direção do hospital municipal de Monte Alegre, disse que todos os casos registrados na unidade de saúde são apenas suspeitos, quanto ao paciente que estaria provocando sangue, a direção do hospital descartou a possibilidade da doença, mas mesmo assim foi encaminhado para Santarém. Os demais casos estão sendo monitorados e aguarda a confirmação dos exames feitos em Santarém, haja vista que na cidade não é feito esse tipo de exame. Dengue – O descaso com a saúde pública de Monte Alegre é visível em todos setores. Em dezembro passado o jornal Tribuna

Adão da Silva acredita ter contraido Dengue hemorrágica

da Calha Norte publicou matéria sobre a precariedade que se encontra o local onde funciona a divisão de combate o mosquito da dengue, no município de Monte Alegre, o PACS (Programa de Agentes Comunitário de Saúde), em que o próprio local apresenta condições favoráveis para a reprodução do mosquito Aedes aegypti, devido a estrutura precária do prédio. No prédio, uma das fossas sanitárias estava sem tampa há vários meses, exposta a céu aberto, as duas caixas d'água estavam quase

caindo, uma sem tampa e a outra quebrada. Uma cisterna que serviria para abastecer as caixas d'águas também sem tampa era local propício para reprodução do mosquito. Apesar dos diversos casos suspeitos de dengue estarem sendo vivenciado todos os dias no hospital municipal de Monte Alegre, a secretária de saúde, professora Aldenora Coutinho, usou um meio de comunicação do governo municipal para dizer que Monte Alegre não tem dengue.

Monte Alegre é tomada por lixo Em forma de protesto os moradores da Terra Amarela reuniram o lixo de algumas residências e deixaram em frente a Prefeitura Cidadãos de Monte Alegre fizeram um mutirão em protesto contra o descaso da gestão pública quanto ao lixo que toma conta da cidade e vem causando problemas a saúde do município. O problema é mais grave no Bairro de Terra Amarela, onde a coleta de lixo não é feita há várias semanas. Segundo os moradores, a situação é critica. “A minha filha de cinco anos passou mal, ficou só o couro e osso. Eu pensei que minha filha ia dessa vez. Porque aqui está com mais de mês

que não passa a coleta de lixo”, contou a dona de casa Josiléia Mesquita. A equipe do mutirão percorreu várias ruas do bairro e coletou todo o lixo acumulado das residências e levaram para frente da prefeitura que se encontrava fechada. Nenhuma autoridade compareceu no local para conversar com os manifestantes. “Isso é um descaso público e lá está cheio de dengue, é um foco, daqui a pouco isso se transforma em uma coisa pior. E nós queremos o nosso direito de cidadão, daquilo que nós

pagamos como imposto que o serviço seja feito pra nós”, protestou o pedagogo Alaim John. Os manifestantes promoveram o mutirão com o objetivo de cobrar mais empenho do gestor municipal para evitar que uma epidemia de dengue, e outras doenças provenientes do lixo, na cidade. “Estão adquirindo dengue, estão adoecendo, porque a gente sabe que o lixo prolifera o mosquito da dengue e existe um descaso muito grande lá do poder público local e é preciso que o povo tome a frente, que o povo se movimente”, afirma Elson

Júnior Sadalla. O secretário de obras de Monte Alegre, Francisco Lima 'Pirrique', explica que as providencias já estão sendo tomadas. “Nós tivemos problemas com dois coletores de lixo nosso e isso fez com que a cidade ficasse com um acumulo excessivo de lixo, isso especificamente no caso da Terra Amarela, nós já estamos com uma ação desde a semana passada, lá trabalhando. Estamos fazendo hoje intensivamente uma coleta bastante forte de entulho e lixo doméstico, ou seja, dando uma geral no Bairro da Terra Amarela”. Fonte - Josiane Freitas, TV Tapajós.

JURUTI P/ ÓBIDOS às 12h Domingo e Quarta-feira ÓBIDOS P/ JURUTI às 11:30h Segunda e quinta-feira

02h

Pioneiro na linha Óbidos/Juruti

Tel. 8125-9121


Oeste do Pará,ssábado 15 de janeiro/2011

05

REGIÃO

ÓBIDOS

Edsérgio Moraes

N

a última terça-feira (11) foi realizado na A s s e m b l é i a Recreativa Pauxis - ARP, na cidade de Óbidos, um encontro de prefeitos e autoridades dos municípios da Calha Norte para discutir sobre a implantação e ampliação do Programa Luz para Todos, do governo federal, nos municípios da região. A reunião foi presidida pela Amucan (Associação dos Municípios da Calha Norte), em que estiveram presentes os prefeitos de Óbidos - Jaime Silva; Juruti - Henrique Costa; Curuá – Raimundo Reis; Faro - Denis Guimarães; Prainha – Sérgio Pingarilho; Alenquer – João Piloto; Oriximiná – Luiz Gonzaga Viana; Monte Alegre – Jardel

Vasconcelos e Terra Santa – Marcílio Picanço, além dos representantes do Ministério de Minas e Energia – Paulo Cerqueira; Rede Celpa - Álvaro Bressan; Eletronorte – Fábio Neves, entre outros. A discussão girou em torno da carência do sistema de expansão e distribuição de energia elétrica nos municípios da Calha Norte, ou seja, nos municípios localizados na margem esquerda do Rio Amazonas, que envolve Óbidos, Faro, Terra Santa, Oriximiná, Curuá, Alenquer, Monte Alegre, Prainha e Almeirim, além de Juruti que mesmo estando na margem direita do rio Amazonas a energia firme ainda não chegou e que possui um dos piores abastecimento de energia elétrica. O assunto em pauta foi sobre o atraso da expansão e a falta de

investimentos no sistema de energia elétrica do Programa Luz Para Todos do governo federal. Os prefeitos cobraram dos representantes do Ministério de Minas e Energia, Rede Celpa e Eletronorte, providencia urgentes e a retomada dos investimentos e expansão no sistema energético rural na região. Durante a audiência se ouviu dos prefeitos que é inadmissível que nos dias de hoje milhares de famílias e principalmente os ribeirinhos moradores das regiões de Várzea não tenham nas residências os serviços de distribuição de energia elétrica. Os administradores municipais lembraram que a criação do programa Luz do Campo, implantado no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e hoje denomina-

ENTREVISTAS Em entrevista ao jornal Tribuna da Calha Norte, algumas autoridades falaram sobre os resultados imediatos desta reunião para os municípios. J A I M E S I LVA – (Prefeito de Óbidos e presidente da Amucan) – 'Ganham o s c o n h e c i- Jaime Silva m e n t o s e Prefeito de Óbidos informações, é isso que a população precisa entender. Muitas vezes a população nos cobra porque desconhece como funciona a sistemática do programa. São reuniões como esta, de esclarecimento e de informações e de comprometimento como houve hoje por parte da Rede Celpa e por parte do governo federal e do governo do Estado é que dão as definições mais transparentes da questão do programa Luz Para Todos'. PA U L O C E R Q U E I R A – (Representante do Ministério de Minas e Energia) – 'Nós tentamos nesta reunião garantir a cada município o compromisso de levar energia a todo cidadão do meio rural que inda não tem esse benefício, este é um compromisso do governo federal, é apenas uma questão de tempo. Para os ribeirinhos das comunidades de várzea estamos desenvolvendo novos programas de energia alternativa inclusive esses projetos estão em estudos no estado do Amazonas e serão inaugurados no mês que vem e assim sucessivamente no

resto do País. O projeto do Linhão de Tucuruí já é realidade, já vão iniciar as construções imediatamente e uma vez concluídas vai ser feito o rebaixamento de energia pela Celpa. O projeto de rebaixamento é para todos os municípios, o projeto já está na Eletrobrás. Esta audiência foi proveitosa assim a população entende melhor as normas e as regras dos programas e dos projetos do governo'. Á LVA R O BRESSAN – (Represent a n t e estadual do grupo Rede Celpa) – 'Foi um ato super Alvaro Bressan importante, Rede Celpa primeiro foi a oportunidade para a população entender melhor quais as regras e os mecanismos do programa Luz Para Todos, qual a responsabilidade de seus agentes e terem a certeza de ser atendidos. Evidentemente não dá pra fazer todos ao mesmo tempo, mas o fator está avançando e já atendemos em torno de trezentas mil famílias em todo o estado do Pará. Esse encontro permitiu a gente ver quais são as dificuldades que tem cada comunidade e por que uma comunidade foi atendida e a outra não'. H E N R I Q U E C O S TA – (Prefeito de Juruti) – 'Cada município questionou as suas

necessidades no s e t o r energético. Lamentam o s a ausência da ANEEL, a Agência Henrique Costa Regulador Prefeito de Juruti a d e Energia que com a sua ausência prejudicou o debate, é porque, a agência é quem determina para que as regras sejam cumpridas. De qualquer forma dialogamos em cima de cada realidade, eu acho que eu fui até “chato” em tanto cobrar, mais o problema é que algumas situações não foram respondidas, se encheu linguiça demais e não se respondeu. Mas demos passos i m p o r t a ntes'. JOSEFINA CARMO – (Deputada Estadual do PMDB eleita pela Josefina Carmo C a l h a Dep. Estadual Norte) – 'Eu acho que, o que ganhou foi realmente o esclarecimento do funcionamento do programa. Pelas regras do programa não se pode antecipar obras se não for aprovado pelo conselho gestor, era importante que a população pudesse compreender as normas que norteiam o programa Luz Para Todos'.

Edsérgio Moraes

Prefeitos da Calha Norte discutem a expansão da energia elétrica

Populares também participaram da reunião

do de Luz Para Todos pelo governo do ex-presidente Lula, ainda não resolveu os problemas de abastecimento energético. Os prefeitos enfatizaram suas preocupações em ter que gastarem dos recursos orçamentário dos municípios a geração de energia elétrica em vilas e povoados com grupos geradores, sistema de rede, combustí-

vel e manutenção. Representantes de Associações de Classes, Sindicatos, e sociedade civil representada, apoiaram os gestores municipais e cobraram dos representantes do governo do Estado, rede Celpa e Ministério de Minas e Energia ações urgentes e a retomada dos serviços de expansão.

A região da Calha Norte é rica em minério e no setor dos agronegócios merece destaque, mas pela falta de investimentos no setor de energia elétrica é pobre no que se refere as implantações de fábricas e empresas por conta de não dispor de energia suficiente, as quais alavancariam a geração de emprego e renda.

Prefeitura de Juruti reúne com comunitários da Gleba Curumucuri A pedido do presidente da A s s o c i a ç ã o d a s Comunidades da Gleba Curumucuri (ACOGLEC), o prefeito de Juruti junto com alguns secretários reuniu em seu gabinete na segunda-feira, 10 de janeiro, com a diretoria da ACOGLEC sobre o processo de conclusão do assentamento da Gleba. De acordo com o prefeito, a Associação terá todo o apoio necessário da Prefeitura para que esse assentamento seja finalizado, mas ainda depende da responsabilidade do Governo do Estado, já que a regularização fundiária da região teve seu decreto assinado no período do governo de Ana Júlia, que baixou dois decretos: um disponibilizando a área de 123.331,1133ha correspondente à Gleba que prevê o assentamento de 1.762 famílias; e outro criando o assentamento. “A avaliação que fazemos é de que não deve haver um retrocesso no andamento do processo de regularização da gleba do Curumucuri”, afirmou o prefeito Henrique Costa. Para o presidente

da ACOGLEC, Isaías Vitor, a parceria com a Prefeitura de Juruti sempre foi importante para o início do assentamento. “Sempre que pedimos o apoio da Prefeitura fomos atendidos e ela foi parceira desde o inicio do processo de regularização fundiária da nossa região do

Curumucuri, e o prefeito nos atendeu e mais uma vez nos disponibilizou o apoio necessário”, disse Isaías Vitor. A última etapa a ser concluída é o processo de georeferenciamento, que é a demarcação mais técnica e detalhada da área destinada para o assentamento.

N/M LUIZ AFONSO


06

GERAL

Oeste do Pará,ssábado 15 de janeiro/2011

CARNAPAUXIS 2011

Esta coluna é uma produção independente e não segue a linha editorial desse jornal.

*** Olá, olá, estamos de volta com a coluna mais fulera do Brasil. Os que pensavam que não voltaríamos. Se lascou! Estamos com o pé firme em 2011. *** E lá vai besteirol pra galera! *** Dois caras revolveram partir pra caça, foram arranjar umas gatas, até que deram de frente com duas tapuinhas, um deles logo se animou e começou a cantar uma delas, o outro ficou todo nervoso e começou a soltar pum. As cabocas saíram defininhos e o cara ficou se peitando todo! *** Falando em pum. Dia de ano um camarada tomou todas e foi pra casa da namorada, lá estavam os pais e toda a parentada da caboca, foi cumprimentação pra cá, pra lá, até que o cara soltou um fedemonho pum na sala que não ficou nem o cachorro na casa. O namoro acabou na hora! *** Mas bacana mesmo foi o cara que pegou um mototaxi pra levá-lo na casa da namorada, quando estava na frente da casa deu uma dor de barriga nele que pediu pro motora que levasse de volta em sua casa rapidinho, mas, quando o motora arrancou com a moto, atravessou um cachorro na frente e brummm!!! Foi moto pro lado, motora pra outro e o passageiro todo cagado pra outro! *** Vamos mudar de assunto! O cara chegou em casa e percebeu sua mulher estranha. Após umas conversas e confissões descobriu que ela tinha metido galha nele. O cara deu uma crise de nervo que se enfiou na geladeira por três dias. Sorte dele que a energia é parece promessa de político, vive falhando! *** Uma caboca se envolveu com um político que prometeu mundo e fundos pra ela. Após dois anos de muuuuuito amor ela resolveu cobrar as promessas que recebeu antes do relacionamento. Como resultado ele disse, que só faz campanha de quatro em quatro anos. Entendeu? *** Pelo visto os moradores da city vão ter que deixar de ir pro hospital e procurar os Curadores. Não tem naaaaaaaaada para pronto atendimento. Sai secretário e entra secretário de saúde e não melhora nada. Vai de mal a pior! *** Também. Pense bem, quem são os secretários de saúdes da cidade? Administrador de empresa, advogado, professor, etc. O que diabo esses caras entende de saúde? *** Deveriam colocar como secretário de saúde o Linguarudo, que pelo menos ficaria fazendo fofoca no hospital!!! Re-re-rere-re! *** Um cara foi levado ao dentista pra arrancar um dente que estava doendo. Após a cirurgia realizada percebeu que o dentista tirou um dente do lado direito, e que doía era do lado esquerdo! Mas váaaaaaa! *** Um camarada saiu da colônia e foi pela primeira vez na cidade. A primeira parada foi em uma farmácia, e ele logo foi comprar uma dose da cachaça na farmácia. *** Uma caboca estava no maior rala e rola no motel quando de repente o camarada brumm! caiu mortinho! Pensa numa garota desesperada, e o pior, o cara é casado! Até que o morto resolveu a viver, tinha apenas dado uma desmaiadinha. *** Falando em saliência. Um velho convidou uma caboca de 20 anos pra um funk funk. Só que na hora do vamos ver, não funcionou. Ele ficou irritado e pra resolver a situação, chamou o atendente do motel e mandou que ele fizesse o serviço na caboca e nele também! Já pensou se a moda pega! *** Por hoje é só. Vou ficando por aqui. Fui passar minhas férias no sítio, lá descobri lugares com nomes bem interessantes. Imagine que fui a um casamento de uma caboca que morava na comunidade de Pinguelo e o cara na comunidade de Pau Mole. *** Tchau!!!

Finais de semanas de carnaval na cidade de Óbidos Folha de Óbidos

O

Carnapauxis, considerado como melhor carnaval de rua da Amazônia, já iniciou em Óbidos. A programação carnavalesca deu início no primeiro domingo de janeiro, dia 02, e prossegue todos os finais de semanas, sempre aos domingos e se estendo até segunda-feira quando o bloco Pai da Pinga, que reúne as pessoas que trabalham no carnaval usam a segunda como dia para diversão. Até o ultimo dia de carnaval a cidade de Óbidos vive a euforia dos foliões, que usam a tradicional máscara do Fobó, roupões ou abadás, acompanhado da maisena como ingrediente e saem as ruas da cidade pulando carnaval atrás de um trio elétrico que leva os brincantes até a Praça da Cultura, parte histórica da

cidade. A cada domingo o responsável para 'puxar' dos foliões é um bloco oficial do Carnapauxis, que reúne não apenas brincantes do bloco, mas todas as pessoas que quiserem brincar carnaval. Na cidade possui seis blocos oficiais e dezenas de pequenos blocos que se juntam aos oficiais para promover o melhor carnaval de rua da Amazônia. Na ultima segunda-feira 10, o carnaval obidense prosseguiu reunindo milhares de brincantes, foi quando o pessoal que trabalha durante o carnaval de domingo sairam as ruas puxados pelo Bloco Pai da Pinga. Pai da Pinga - O bloco Pai da Pinga, fundado há quatro anos vem ganhando destaque no

Brincantes saem nas ruas para brincar carnaval em Óbidos

Carnapauxis de Óbidos. A cada ano o número de brincantes vem aumentando no bloco, que trás características do carnaval do passado, é puxado ao som de um tambor e boi bumbá que contagia as pessoas por onde passa. Pai da Pinga tem como carro-chefe um boi

Entrando em 2011 com a coluna Gata da Semana, apresentando o que há de beleza na região, é o que possui a jovem Daiani Ribeiro, 21 anos.

Classificados ALENQUER Laboratório de Analise Clínicas

Tel. (93) 3526-1185

Av: Santos Dumont, Aeroporto

LOCADORA E AUTO PEÇAS Peças e acessórios para moto e bicicleta

Especializada em injeção eletrônica para moto Trav: Lauro Sodré, S/N – Alenquer Fone: 3526-1633 Cel. 9128-2735

Por João Bidu Tente manter a discrição no campo profissional, assim poderá obter sucesso. A Lua em sua Casa da Fortuna evidencia seu progresso material. O setor afetivo está bem-amparado, mas alguém vai ter que ceder um pouquinho!

O período é favorável a quem trabalha em casa ou por conta própria. Quanto mais liberdade de ação tiver, mais criativo(a) será! O momento é oportuno para se mostrar mais solícito(a), generoso(a) e compreensivo(a) com quem ama.

Bom período no setor profissional, aproveite para expandir sua atuação. Tenha objetivos e estabeleça planos! No romance, podem surgir alguns conflitos no decorrer da semana. Mantenha sua discrição.

Aproveite este período para trocar ideias, experiências e trabalhar em equipe. Atenção com os altos e baixos nas finanças – é melhor tomar cuidado com desperdícios! Apesar da sua inconstância na área afetiva, o astral revela forte erotismo e sensualidade.

Cuidado com o clima de competição no ambiente de trabalho. Convém agir discretamente neste período. Romance recente tem tudo para dar certo, já as relações desgastadas correm sérios riscos.

É hora de arregaçar as mangas e ir à luta, principalmente se trabalha por conta própria. Cuidado com distrações ou ingenuidade. No amor, o seu sucesso será absoluto, convém lutar por sua estabilidade afetiva.

Período favorável para trabalhar em equipe. Novas experiências e oportunidades poderão enriquecer o seu currículo. Não perca o foco das suas necessidades emocionais e não vai se arrepender.

Quanto mais prazeroso for o seu trabalho, maior a sua produtividade. Não se deixe influenciar pelo pessimismo alheio. No campo sentimental, o astral é dos mais felizes. É só agir com a discrição e terá bons resultados.

Quem trabalha com esporte, diversão ou entretenimento conta com a proteção dos astros. A dois, a fase é de alegria, satisfação e complementaridade. Aproveite para conquistar mais intimidade com o par!

No trabalho, é melhor agir discretamente e evitar brigas e confrontos desnecessários. Você não deve se envolver com os problemas financeiros dos outros. No romance, mostre que tem atitude e só terá a ganhar!

N a á r e a d e l a z e r, r e c r e a ç ã o o u entretenimento, você poderá unir o útil ao agradável. No início da semana, cuidado com a impaciência no relacionamento. O astral fica tudo de bom com o passar dos dias!

Encare os fatos com objetividade e tenha cuidado com o excesso de ambição e confiança. Na vida a dois, saberá apaziguar os sentimentos e estabilizar as suas emoções. Não tenha medo de coisas desconhecidas, aprenda a lidar com as mudanças.


Oeste do Pará,ssábado 15 de janeiro/2011

07

GERAL

POLÍCIA

ÓBIDOS

Escola São José completa 100 anos Da Redação

N

a terça-feira, 11 de janeiro, esteve completando 100 anos a escola São José, marco na educação da cidade de Óbidos. Para comemorar o aniversário uma programação foi montada que envolve o corpo docente discente daquele educandário. No dia do aniversário da escola, aconteceu uma alvorada às 6 horas pelas ruas da cidade, em seguida houve recreação com os alunos e funcionários das até às 14 horas. No início da noite de terça-feira houve uma celebração religiosa com Bispo da prelazia de Óbidos, Dom Bernardo. Fazendo parte da programação alusiva aos 100 anos da escola São José, está sendo desenvolvido o projeto Arco-íris de Talentos, idealizado pela Professora Maria do Carmo Gomes, que tem como objetivo fazer um levantamento histórico da escola. Outro projeto desenvolvido está na produção literária e artística, através de poemas, pintura e arte nas paredes das salas de aula. HISTÓRIA - A Escola

Estadual de Ensino Médio São José, foi fundada em janeiro de 1911, pelo Bispo Dom Amando Bahlman. Inicialmente recebeu o nome de Ginásio São José, sendo administrada pelas Irmãs Franciscanas, que vieram de Portugal. Nos primeiros dez anos do educandário se voltou ao curso primário atendendo somente aducandos do sexo feminino. Em 1921, as Irmãs franciscanas deixaram a direção da escola, em que assumiram o educandário as Irmãs da Congregação Imaculada Conceição, que logo fizeram algumas modificações na escola, inclusive na ampliação da estrutura física, haja vista que o

número de alunos crescia a cada ano. Em 1962, além de funcionar como internato feminino, passou a funcionar também em regime de externato misto, atendendo não somente alunos de Óbidos mas de outros municípios da região. Entre os anos de 1973 a 1975, foi um período de cinzas do Educandário São José, que parou de funcionar por desmandos do governo do Estado, e serviu apenas de depósito para guardar Castanha do Pará. Nesse período os trabalhos pedagógicos e administrativos, foram transferidos para a Escola Felipe Patroni. A Escola só voltou

a funcionar no seu prédio já reformado no ano de 1976, tendo como entidade mantenedora a Fundação Educacional do Estado do Pará – FEP, sobe a denominação de Escola Estadual de 2º Grau São José. Em 1981, com a implantação do Ensino de 1º Grau, a escola sofreu alteração em sua nomenclatura, passando a se chamar Escola Estadual de 1º e 2º Graus São José. Mas em 1997, obedecendo a normas estabelecidas pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação nacional (LDB), a nomenclatura da escola foi alterada, passando a ser denominada, Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio São José. No Ano de 2000, o ensino fundamental foi municipalizado, ficando sob responsabilidade do Estado somente o Ensino Médio, o que alterou mais uma vez o nome da escola que passou a ser denominada de Escola Estadual de Ensino Médio São José. Atualmente a escola ocupando um terreno com a área de 4.508,5 m² em uma área nobre da cidade de Óbidos, e passou a ser um dos símbolos da cidade.

POLÍCIA DE MONTE ALEGRE

Jovens foram presos por fazer manobras perigosas no trânsito

Veículos com suspeita de furto são apreendidos em Alenquer Esta semana dois veículos foram apreendidos pela polícia de Alenquer suspeita de furto. Uma Corrie e um Kadet foram levados para pátio de delegacia de polícia civil e estão sendo averiguada a documentação, sendo que a Corrie já foi confirmada ser produto de furto. Segundo o delegado de polícia civil de Alenquer, Dr. Herbet Farias, os carros estavam circulando normalmente pelas ruas da cidade. A Corrie se envolveu em um acidente de trânsito, o seu condutor Antonio Carlos da Silva 'Carlão', estava

com sintomas de embriagues. O carro Kadete foi apreendido pelos policiais militares por apresentar uma placa de Manaus, sendo que o veículo está registrado com plaqueamento em Belém. Pelo levantamento feito pela polícia, a Corrie pertence a Sra. Rosa Marcia Freitas, da cidade de Ananindeua-PA, e foi furtado daquela cidade. O Kadete ainda está em fase de averiguação, porque estava com a placa trocada. Os veículos serão periciados pelo Centro de Perícias Renato Chaves.

Q

uatro jovens, entre eles um menor de 16 anos, foram levados para a delegacia de polícia de Monte Alegre, por estarem em um carro promovendo manobras perigosas nas ruas da cidade. Os rapazes foram presos após denúncia da população que temiam uma tragédia. Na delegacia, o escrivão realizou a averiguação da documentação do motorista Janderson Andrade, 24 anos e do veículo, mas segundo os policiais, o jovem é habilitado e a documentação do

ER

SUP

Janderson Andrade conduzia o veículo veículo está em dia. A polícia lavrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) ao condutor. Após os esclarecimentos, todos foram liberados.

SISTEMA MARAJOARA DE COMUNICAÇÃO

Trav. Sete de Setembro, esquina com Rua Visconde do Rio Branco. Centro ALENQUER - PARÁ

Preso por tráfico de drogas tentou subornar delegado Após ser abordado e preso em flagrante por tráfico de droga, Azamor Pinheiro Correa, residente no bairro da Cidade Nova, em Óbidos, foi levado para a Delegacia e ali, quando era colocado no xadrez, tentou subornar o Delegado de Polícia. Azamor foi preso por policiais civis traficando droga numa praça do bairro Cidade Nova, e em seu poder foram apreendidos droga e dinheiro. Conduzido para a Delegacia de Polícia da cidade, foi apresentado para as formalidades legais da lavratura do flagrante, porém, quando era levado para o xadrez

para aguardar seu depoimento e interrogatório, Azamor, chamou o Delegado Elinelson de Oliveira Silva e disse que queria falar em particular. O Delegado pensando que Azamor fosse delatar informações sobre outras pessoas envolvidas com o tráfico de droga naquela cidade, atendeu o pedido, mas foi surpreendido quando aquele lhe ofereceu toda a importância em dinheiro já apreendida e também mais 'uma ponta' depois, tudo para ser liberado. O Delegado não pensou duas vezes, deulhe voz de prisão e acrescentou no seu procedimento o crime de corrup-

ção ativa. A prisão de Azamor é um prolongamento da operação 'Jericó' realizada no município em dezembro de 2009,

Tel:3523-1791 Cel: 9975-7820

quando a companheira de Azamor, a cidadã 'Rita', foi indiciada pelo crime de tráfico de drogas e se encontra foragida da cidade.

SAÍDA SANTARÉM: TERÇA-FEIRA ÀS 17h MONTE DOURADO: SEXTA-FEIRA


08

GERAL

Oeste do Pará,ssábado 15 de janeiro/2011

Virose preocupa autoridades de saúde de Oriximiná Mano Almeida

O

período das chuvas está intenso na região, e com ele surgem as chamadas doenças sazonais. Aquelas que só aparecem de acordo com as estações do ano. No caso da Amazônia é o chamado período chuvoso, aquele onde os rios começam a encher, deixando a população vulnerável às viroses, ou doenças tropicais. Em Oriximiná, este ano o número grandioso de pessoas que procuram a emergência do Hospital Municipal neste início do período das chuvas já ultrapassa de 135 por dia. Essa estatística está deixando as autoridades de saúde preocupadas. A enfermeira Annete Chalita, Diretora Interina do Hospital Municipal diz que todos os dias o setor de emergência do HM está lotado de pacientes à procura de atendimento. “O HM tem recebido vários pacientes apresentando os sintomas da virose que são

febre alta, dores no corpo e cefaléia (dor de cabeça), vômito e na sua maioria diarréia. Ela diz que imediatamente esses pacientes recebem atendimento médico que solicitam exames e se houver necessidade é feita a internação. A diretora ressalta que nos dias atuais essas viroses deixaram de atingir somente crianças e idosos, “hoje ela não escolhe faixa etária de idade, porém, os idosos e as crianças por estarem em idade extremas são mais suscetíveis, mas não significa dizer jovens e adultos não possam vir a contrair a virose”, explica a enfermeira. DENGUE - Em relação à dengue, a diretora diz que o hospital está em alerta por se tratar de um período propício à proliferação do mosquito, devido às fortes chuvas que caem sobre a cidade nesta época. Outro fator que contribui para essa preocupação das autoridades de saúde é o descaso das famílias, ou seja,

algumas dessas famílias não limpam seus quintais, deixam água empossada e isso contribui para que as larvas eclodam. “As famílias tem que se conscientizar e limpar seus quintais, ainda vemos muitos desses quintais sujos”, apela a diretora. GRIPE SUÍNA – A diretora enfatiza que o tempo úmido favorece ao surgimento da gripe comum, portanto, o risco de surgir a gripe suína é iminente. Ela diz que na última semana foi internada uma criança com suspeita de HINI, mas ressalta que ela já está recuperada. “De imediato fizemos uma intensificação dentro da família, a criança estava imune por que havia tomado a primeira dose da vacina”. Annete também pede para que as pessoas levem seus filhos para serem vacinados nas unidades básicas de saúde. Em relação à criança, a enfermeira diz que foi enviado para o Instituto Evandro Chagas de Belém, o material para

Annete Chalita, diz que todos os dias o setor de emergência do HM está lotado

ser examinado, e que ainda não confirmou se deu positivo ou negativo. A direção do HM não quis informar o nome da paciente e nem o endereço dos familiares. Ela finaliza dizendo que a Secretaria de Saúde está se mobilizando para traçar juntamente com a vigilância sanitária e a vigilância epidemiológica uma maneira de combater mais de perto essas doenças, para que não chegue pacientes em grande quantidade no hospital

municipal e não torne isso em mais um problema de saúde pública. Annete garante que apesar dos contratempos

o hospital está preparado para eventuais problemas e inclusive tem remédio para a demanda.

POLÍTICA DE JURUTI

Após duas tentativas de eleição, Cleverson Mafra consegue a presidência da câmara

A

pós duas tentativas de eleger o novo presidente da câmara municipal de Juruti, finalmente no último dia 4, por volta do meio-dia, foi realizada a eleição que definiu o vereador Cleverson Mafra (PT) para presidir a Câmara por dois anos. Depois de vários episódios, finalmente a Câmara se reuniu, conforme o Regimento Interno, e realizou a eleição. Foi apresentada apenas uma chapa encabeçada pelo vereador Cleverson Mafra (PT), mas desta vez apoiado pela bancada da situação. A nova composição da Câmara ficou assim: Presidente: Cleverson Mafra(PT), Vice-

Presidente: Amarildo Nascimento (PT), 1º Secretário: Andreia Alves (PT), 2º Secretário: Manoel Borges dos Santos (Cobra-PTB). A eleição para a escolha da nova presidência da Câmara Municipal foi recheada de desentendimentos e controvérsias. No dia 31 deveria ter ocorrido a eleição, mas por desentendimento dos vereadores foi adiada para o dia 03, na qual os vereadores da oposição, não aceitam a formação da chapa apresentada pelos vereadores da base do governo. No dia 31, o candidato a presidente Cleverson Mafra (PT) mesmo partido do prefeito, mas que seria apoiado

pelos vereadores do Democratas, oposição ao governo municipal, não compareceu e retirou a candidatura em cima da hora, o que causou irritação dos vereadores de oposição. Duas chapas estavam concorrendo à presidência, sendo ambas por vereadores do PT, em que disputava Andréa Alves e Cleverson Mafra. Os quatros vareadores da oposição estavam apoiando Cleverson Mafra para assumir a presidência, que possivelmente seria eleito com cinco votos. Andréa Alves representaria os vereadores da base governista, mas ficaria com apenas quatro votos, haja vista que a câmara só possui nove vereadores.

Cleverson Mafra poderia até deixar o PT após a eleição, pois estaria com a chapa composta na maioria da base de oposição, e haveria restrição por parte do Partido dos Trabalhadores – PT, que tem Henrique Costa como prefeito. Percebendo que o momento não era propício para um 'racha' no partido, Cleverson decidiu não comparecer na sessão e enviou um documento retirando sua candidatura. A vereadora Andréa Alves também retirou sua candidatura a pedido do partido. Por sua vez, o ainda presidente Manoel Borges, marcou a eleição para segunda-feira, 3, o que provocou desconten-

tamento dos vereadores da oposição, além de populares que estavam presente. Os vereadores Erodice Batista, Izael Amaral, Glauber Andrade e Carlos Alberto, todos do Democratas, que formam a oposição ao governo municipal, decidiram entrar na justiça para que decidisse se a eleição seria ou não realizada no dia 03. ELEIÇÃO - Na eleição os ânimos das pessoas presentes na câmara estavam alterados, diversos 'bate bocas' no plenário tiveram que ser contido pelos policiais que protegiam o local. Até que a eleição pôde ser realizada seguindo o regimento interno da casa, e que venceu a única chapa apresentada.

Troca do RG pela nova identidade com chip começa dia 17 A troca da cédula de identidade (RG) pelo novo cartão do Registro de Identidade Civil (RIC) vai começar no próximo dia 17. As pessoas selecionadas serão convocadas por carta a partir desta semana. De acordo com o Ministério da Justiça, os habitantes de Brasília, Rio de Janeiro e Salvador serão os primeiros a receber as cartas. As cidades de Hidrolândia (GO), Ilha de Itamaracá (PE), Nísia

Floresta (RN) e Rio Sono (TO) também fazem parte do projeto piloto, e o início da convocação terá início ainda no primeiro semestre. A nova identidade foi lançada em dezembro, mas o período de transição de governo atrapalhou o início do processo de troca. Segundo o Ministério da Justiça, os cartões das pessoas selecionadas já estão prontos, pois foram feitos com base nos cadastros repassados pelos

estados. O ministério também informou que os cidadãos escolhidos para a troca do documento foram escolhidos aleatoriamente pelos estados. A estimativa é que este ano 2 milhões de brasileiros façam a substituição. O RIC é um cartão magnético, com impressão digital e chip eletrônico, que incluirá informações como nome, sexo, data de nascimento, foto, filiação,

naturalidade e assinatura, entre outros dados. O Ministério da Justiça estima que a substituição da carteira de identidade será feita, gradualmente, ao longo de dez anos. A emissão do RIC em 2011 será custeada pelo Ministério da Justiça, por isso, a pessoa não precisará pagar pela troca. Segundo o ministério, o investimento no primeiro ano será de cerca de R$ 90 milhões. Agência Brasil


Oeste do Pará,ssábado 15 de janeiro/2011

Nova eleição para o Senado. Será? Passadas as efervescências das nomeações, volta à tona no Pará a polêmica referente à eliminação de Paulo Rocha (PT) e Jader Barbalho (PMDB) na eleição para o Senado. Os partidos que se sentem prejudicados solicitaram na justiça a anulação da nomeação de Flexa Ribeiro (PSDB) e Marinor Brito (PSTU) e pedindo um novo pleito. No caso de Marinor, pode até que consigam aular, uma vez que ela foi a 4ª colocada, mas no caso de Flexa Ribeiro, fica difícil anular, uma vez que ele foi o 1º colocado, portanto, tem vaga garantida. Professores pedem implantação do PCCR Esta semana o titular da Seduc, Nilson Pinto, recebeu os membros do S i n d i c a t o d o s Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp), para negociar a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração da categoria. Segundo Conceição Holanda, do Sintepp, a reunião demostrou boa vontade da nova gestão em solucionar os problemas apontados pelo sindicato. Ela explicou que, apesar do PCCR não ter sido implantado pela gestão passada, a discussão em grupos serviu para que tivessem maior compreensão do plano. Para Nilson Pinto, o encontro serviu como um contato inicial entre o governo e a categoria. “Pedi para a área jurídica da Seduc que fizesse um levantamento do plano, analisando o custo e quais os empecilhos que impediram a sua implantação”. Vale dizer que Jatene foi um bom governador para a educação no seu primeiro mandato. Esperamos que agora seja melhor ainda. Edital do IPTU já está circulando Foi publicado o edital do Imposto Predial e Territorial Urbano – IPTU, bem como da Taxa de Serviços Urbanos e Taxa de Expediente, lançadas e cobradas na mesma guia de lançamento e arrecadação do IPTU. Os contribuintes que não receberem as guias de lançamento de arrecadação do IPTU no prazo de 25 dias, a contar da data de publicação do Edital, deverão dirigir-se à Central do Contribuinte, no Setor de Tributação da Prefeitura Municipal, na Av. Sergio Henn, 829- Aeroporto Velho, no horário de 8h00 às 13h00, para retirarem a 2ª via do documento em tempo hábil a realizar o recolhimento do tributo nos prazos e formas fixados no Calendário Fiscal. O recolhimento do IPTU será realizado unicamente na rede bancária autorizada (Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco Itaú, Banco da Amazônia, Bradesco, Banpará, HSBC, Correios e Casas Lotéricas), dispondo o contribuinte de

várias opções de pagamento. Teatro Vitória vai voltar O prédio que abrigou por muitas décadas a Câmara de Vereadores de Santarém e ultimamente a Secretaria Municipal de Educação, finalmente vai ser restaurado. As obras deverão devolver ao imóvel as características que ele tinha quando se chamada Teatro Vitória. É um dos poucos patrimônios culturais que ainda temos e precisa ser preservado. Quem está à frente da obra merece nossos elogios, afinal, diante de tanta destruição da arte e da cultura, alguém surge para preservar. Nomeações na Polícia Civil O Diário Oficial do Estado de quarta-feira trouxe em seu bojo as exonerações dos delegados Jardel Luis Castro Guimarães (Superintendente Regional de Polícia Civil do Baixo Amazonas) e Germano Geraldo Carneiro do Vale (Diretor de Seccional em Santarém). O mesmo dispositivo legal trás ainda as nomeações dos delegados Gilberto da Conceição Azevedo Aguiar e Nelson da Silva Nascimento para os referidos cargos. Quem assina as ordens é o chefe da Casa Civil do Estado, o tucano Zenaldo Coutinho. Para completar o time na Polícia Civil em Santarém, o delegado Silvio Birro deve assumir o Departamento de Repressão ao Crime Organizado. Paulo Rocha na Eletronorte Até agora, petistas estão com a mais firme esperança de que o deputado federal Paulo Rocha, candidato do PT que não se elegeu senador, seja brindado com um cargo federal. Sabem qual? O de presidente da Eletronorte. Ao contrário, estão convictos de que um cargo de relevância como esse seria o mínimo que o governo Dilma Rousseff poderia fazer para compensar Paulo Rocha por sua derrota nas eleições de outubro passado. A compensação, sustentam os que torcem por Paulo Rocha, seria mais do que justificável porque, mesmo perdendo, o então candidato ao Senado alcançou a expressiva soma de 1.777.376 de votos. Eleição dos radialistas No próximo mês o Sindicato dos Radialistas de Santarém vai eleger sua nova diretoria. O atual presidente é Minael Andrade (Rádio Rural) que ainda não se manifestou se quer ou não continuar à frente da entidade. Mas se ele não quiser, já tem candidato ao cargo. O radialista Augusto Sousa (TV Amazônia) informou à coluna que é candidato ao cargo de presidente e já está articulando sua chapa. Esperamos que a classe continua unida em busca de seus ideais.

09

COMENTÁRIOS

conversa do cliente c o m o atendente o que gera constrangimento para muitas pessoas. O mesmo ocorre quando alguém precisa falar com gerentes, também ocorre de terceiros ouvirem o que estar sendo conversado, que na realidade a conversa só se diz respeito ao cliente e ao banco, não com pessoas que as vezes ninguém sabe quem é e que pode também repassar informações a bandidos e ocasionar um problema maior, aqui fica o alerta para que alguma coisa seja feita.

PORTO LIVRE DE FISCALIZAÇÃO

INTIMATO Finalmente as autoridades tomaram uma decisão quanto a permanecia de animais a solta, nas vias publicas. As Secretarias de Meio Ambiente e de Agricultura baixaram portaria comunicando a todos os criadores de animais na cidade (equinos, bovinos, suínos, caninos) que é fácil se encontrar nas ruas o que já ocasionou acidentes e até o fechamento do aeroporto do município. A ordem é retirar de forma imediata os animais das vias da cidade, em caso de desobediência, medidas severas serão tomadas, tais como: apreensão, encaminhamento dos casos ao Ministério Público, multas e os animais pegos serão encaminhados para um depósito no município. A esperança de muitas pessoas é que realmente sejam aplicadas as penalidades aos donos e que seja feito também a fiscalização. POSSE Tomou posse no último

domingo (09/01) Frei Alex Assunção que é o novo pároco da Paróquia de São Francisco de Assis, frei Alex substituiu frei Paixão que foi eleito Ministro Custodial e teve que voltar a morar em Santarém. É a primeira vez que frei Alex é pároco de uma paróquia. Outro fato importante para o religioso é que ele é filho de Monte Alegre, natural da Vila de Pariçó. A missa solene de transição de cargo ocorreu na igreja matriz e contou com vários frades e com a presença de D. Esmeraldo bispo da diocese de Santarém. O povo católico da cidade deseja que o novo pároco possa desempenhar seu trabalho e que faça cada vez mais o povo católico viver sua fé em Deus. FISCALIZAÇÃO É notório para quem viaja de carro particular ou de veículos que fazem linha de municípios como, por exemplo, Alenquer e Monte Alegre para Santarém que embarcam ou desembarcam próximo a Vila Arigó em

Santarém, é que ali não existi nenhum tipo de fiscalização, com isso é fácil para quem vive do tráfico passar com seus produtos, por falta de órgãos fiscalizador de veículos, carros roupados podem sair de Santarém e ser levados para outro municípios. Autoridades de Santarém devem tomar providaências quanto essa situação, até a própria balsa não é fiscalizada quanto os excessos de carga. É bom lembrar que esse problema não é de hoje e o que parece, tá longe a solução desta situação. PRIVACIDADE Clientes das agências bancárias de Monte Alegre não tem privacidade quando vão resolver alguma coisa nas agências, o motivo é que as pessoas que esperam para serem atendidas ficam próximas demais da mesa de atendimento, ou as vezes quando alguém tá sendo atendida chega pessoas conhecidas do atendente e fica ao lado conversando com o funcionário e ouve a

ASFALTO Moradores de certa parte da avenida Viador Pinto Martins estão rezando muito para que realmente seja asfaltada uma parte da rua, já que foi toda arrombada a estrutura da rua e teve o seu nível de solo aumentada deixando a maioria das casas do lado sul da avenida muito abaixo que está hoje o nível da rua. Não será toda a avenida que recebera asfalto, a questão é que devido o nível que está as casa, são inundadas de lama quando chove e tudo indica que a referida obra não estar em ritmo acelerado, toda chuva causa transtorno para muitos moradores que já tiveram suas residências invadidas pela água da chuva, o que não ocorria antes, mas eles esperam que seja logo feito o trabalho. Uma coisa é certa, quando for concluído o trabalho, será umas ruas mais bonitas da cidade. Esse trabalho de asfalto não faz parte do pacote da Terra Amarela que ainda não foi reiniciado os trabalhos e a população espera que o atual gestor possa terminar, já que o exprefeito não teve competência para concluir a mesma.

Email: redacao@tribunadacalhanorte.com.br


10

REGIÃO

Oeste do Pará,ssábado 15 de janeiro/2011

Projeto promove pecuária sustentável no Pará Plantar, desenvolver e adaptar sistemas inovadores de integração como alternativas viáveis para os setores agropecuário e florestal da Amazônia. É nesse sentido que o Sebrae no Pará trabalha desde 2009 em parceria com a Embrapa Amazônia Oriental, por meio do projeto Integração Lavoura, Pecuária e Floresta (ILPF). Esse projeto busca equilibrar a produção de alimentos sem comprometer segmentos que serão essenciais no futuro. Importantes resultados já aparecem, como o retorno de áreas à atividade produtiva, depois da recuperação de pastagens via agricultura. Iniciado em 2007, o projeto é desenvolvido em rede nacional e agrega os sistemas agrossilvipastoris, silvipastoris, silviagricolas e agropastoris. O Pará faz parte da Sub Rede Norte, que engloba seis Estados da região. Na mesma época de sua criação, o Sebrae iniciou o projeto de Leite e Derivados, com foco nos produtores de pequenas propriedades e nos processos de qualidade, gestão e inovação. "Identificamos a

necessidade de recuperar o solo e reflorestar as áreas degradadas nas propriedades que mais sofreram com o fenômeno de desmatamento desordenado no sul e sudeste do Pará. Esta é a proposta do projeto Integração Lavoura, Pecuária e Floresta", explica a gestora dos projetos da Carteira de Leite e Derivados do Sebrae no Pará, Maria Luzineuza. "Nossos projetos foram criados para fortalecer os pequenos negócios da bacia leiteira do Sul e Sudeste do Pará, aumentar a produção e produtividade de leite nas pequenas propriedades", conta Maria Luzineuza. Atualmente, são atendidos 200 produtores na carteira. Segundo a gestora, as melhorias na região são percebidas a partir da correção do solo após a cultura do grão e aumento de produção. Maria Luzineuza explica que os próximos experimentos serão com cultivo de milho para produção de silagem como forma de alimentação alternativa para o rebanho leiteiro. Contribuições O ILPF é aplicado em áreas da Embrapa e em

pequenas propriedades localizadas em Canaã dos Carajás, Jacundá, Eldorado dos Carajás, Xinguara e Santa Maria das Barreiras. Nesses muicípios, as propriedades são monitoradas periodicamente e seus proprietários recebem assistência técnica e

suporte tecnológico. Nos demais municípios, são instaladas as unidades demonstrativas em parceria com a Secretaria de Agricultura do Estado do Pará. No trabalho de implantação do projeto, todos os envolvidos contribuem de alguma

forma. A Secretaria de Agricultura colabora com o fornecimento do adubo, a Embrapa com a oferta de sementes, os produtores com a mão de obra e as prefeituras ficam responsáveis por preparar a área a ser utilizada para o plantio. "Em Canaã dos

Carajás o processo já iniciou com a primeira etapa do plantio de cultura do milho. Em outubro, começou a segunda etapa com a entrada do cultivo de capim e floresta", informa a gestora.

EDUCAÇÃO

Curso de Física Ambiental da UFOPA é aprovado pelo MEC

O

c u r s o d e Licenciatura em Física Ambiental da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) foi aprovado com conceito “3” pelo Ministério da Educação (MEC), por apresentar “um perfil satisfatório de qualidade”, como mostra avaliação realizada em dezembro do ano passado pelos professores Sérgio Luiz Garavelli (UCB-DF) e Alejandro Lopez Castillo (UFSCar). Três aspectos foram avaliados pelo MEC, que utiliza pontuação de zero a cinco: a organização didática pedagógica do curso, que recebeu conceito “3”; o corpo docente, com nota “4”; e as instalações físicas, com conceito “2”. Com este resulta-

do, o curso deverá ser reconhecido pelo MEC nos próximos meses. “O curso foi aprovado com algumas recomendações”, explica o Diretor de Ensino da UFOPA, Prof. Carlos Machado, que também é docente do programa de Física Ambiental. Segundo Machado, a avaliação é positiva, na medida em que aponta as principais falhas tanto do projeto pedagógico do curso quanto da instituição. “Vamos fazer os ajustes pedagógicos sugeridos pelo MEC para harmonizar o funcionamento do curso aos parâmetros exigidos”. Criado pelo Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão da Universidade Federal do Pará (UFPA), através da Resolução n.º 3.381, de 29 de dezembro

de 2005, o Curso de Licenciatura em Física Ambiental destina-se à formação de profissionais com conhecimentos científicos embasados na física e articulados com áreas correlatas, necessárias para um abrangente entendimento dos processos sistêmicos naturais do meio ambiente, em particular da Amazônia. Atualmente o curso possui 109 estudantes regularmente matriculados e nove professores vinculados diretamente ao curso, todos em regime de dedicação exclusiva. Cerca de 40 alunos das turmas de 2005 e 2006 já concluíram o curso e esperam pela obtenção de diploma reconhecido pelo

MEC. “Esse resultado é importante porque assegura todos os direitos dos alunos, inclusive dos que já concluíram o curso”, afirma a diretora do Instituto de Ciências da Educação (ICED), Profa. Fátima Lima. “Este é o primeiro curso reconhecido da UFOPA”. Avaliação - Com relação à organização didática pedagógica, foram avaliados os conteúdos curriculares, metodologia e objetivos do curso, além de outros aspectos, como número de vagas, perfil dos egressos e atendimento ao discente. De acordo com a avaliação do MEC, a proposta pedagógica contempla a realidade local onde o curso é ofertado, assim como o perfil dos ingressantes. “A

implementação do curso demonstra suficiente atendimento aos objetivos propostos e expressa os compromissos institucionais em relação ao ensino”, afirma o relatório, que também recomenda a melhoria do atendimento ao discente e o aumento de carga horária de algumas disciplinas. Na avaliação do corpo docente, que obteve a maior nota, destacam-se “o engajamento dos professores, no sentido de contribuir com a melhoria do plano pedagógico, e a dedicação dos mesmos aos alunos do Curso”, além do corpo técnicoadministrativo, que, segundo o relatório, “é composto por profissionais com formação e perfil adequado às demandas

da instituição e do curso”. O desafio, segundo a avaliação realizada, é aumentar a produção científica do corpo docente, considerada ainda “incipiente”, devido, entre outros fatores, à falta de condições adequadas de trabalho, como salas para os professores, aspecto também destacado na avaliação sobre as instalações físicas do curso. Há ainda necessidade de melhorias e de maior investimento no Laboratório de Ensino em Física, considerado, pelos avaliadores, “pequeno e insuficiente para as atividades a que se destina”, e na biblioteca, por não atender de maneira suficiente às principais demandas dos alunos.

MRN recebeu mais de 60 visitantes por mês em 2010 Sessenta visitantes por mês. Essa foi a média de atendimento do Programa de Visitas de Mineração Rio do Norte (MRN) em 2010. Moradores de comunidades vizinhas às operações da mineradora de bauxita, estudantes universitários, familiares de empregados próprios e contratados, além de representantes dos acionistas da MRN compõe o grupo de 734 visitantes recebidos ao longo do ano passado. Fortalecer o relacionamento com as comunidades vizinhas, que

são atendidas pelos programas socioambientais da MRN, é um dos objetivos do Programa de Visitas da empresa. Do total de visitantes recebidos em 2010, 334 eram oriundos de municípios da região: Oriximiná (37%), Santarém (36%), Faro (18%) e Terra Santa (9%). Durante a visita, os participantes têm a oportunidade de conhecer o processo produtivo da extração de bauxita, incluindo as etapas de lavra, beneficiamento, transporte e embarque do

minério. Também são repassadas informações sobre o processo de reflorestamento desenvolvido pela empresa, que já plantou mais de nove milhões de espécies nativas da Amazônia em áreas já mineradas. Aspectos sobre a história da empresa e suas principais práticas de segurança e Responsabilidade Social também estão entre os destaques da programação.

TRIBUNA DA CALHA NORTE  

EDIÇÃO 366

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you