Issuu on Google+

www.tribunadacalhanorte.com.br

ANO VII - EDIÇÃO DIGITAL 13 //

Monte Alegre - Pará - Brasil

Terça-feira 29 de março/2011

POLÍCIA

Professor tenta matar homem a terçadadas Um professor tentou assassinar um homem a terçadadas, na comunidade de Jará, município de Oriximiná, os comunitários estão assustados com o que aconteceu, pois a vítima foi surpreendida pelo professor. Pág. 10

GERAL

Alepa aprova homenagem no mês de aniversário de Monte Alegre Pág. 05

Prefeitura de Alenquer realizará concurso para agente de saúde Pág. 06 POLÍTICA

Decisão do STF coloca Jader de volta no Senado Pág. 07

Polícia busca o quarto assaltante do Banpará

TCM reprova prestação de contas do ex-prefeito de Oriximiná Argemiro Diniz


02

Monte Alegre, Pará, terça-feira 29 de março/2011

Dia mundial das florestas é comemorado na Sema Luciana Almeida

O equilíbrio entre conservação e desenvolvimento das florestas no Pará foi o tema que norteou o ciclo de palestras realizado no dia 21, no auditório do Parque Estadual do Utinga (PEUT), pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema). Especialistas da Diretoria de Áreas Protegidas conduziram os debates, que reuniram profissionais do setor ambiental e estudantes de universidades públicas e privadas do estado. O Diretor de Áreas Protegidas (DIAP) da Sema, Crisomar Lobato, abriu o evento com a palestra Ecossis-

temas, em que destacou a importância das florestas como um todo: vegetação, águas, solos, geologia e clima. "Isso é muito importante do ponto de vista ecológico, biológico e comercial, porque as nossas florestas, se bem manejadas, a exemplo das estaduais da Calha norte e do Paru, podem gerar desenvolvimento e qualidade de vida para toda a região", explicou. A ideia do ciclo de palestras surgiu a partir de debates, conversas e pequenas reuniões entre os técnicos da Diretoria de Áreas Protegidas. "A DIAP é um celeiro de idéias e é composta por uma equipe multidisciplinar, que abrange

Garapeira do Povo Tv. General Gurjão Curaxi – Monte Alegre Tel. 3533-2604

Trav. Major Barata, 49. Cidade Baixa - MONTE ALEGRE

ciências ecológicas, sociais e exatas. Somos um grupo que tem uma visão global sobre a ecologia do estado do Pará", informou Crisomar. A bióloga Maria Bentes, gerente de Proteção à Flora da Sema, destacou o papel crucial da criação de unidades de conservação para a manutenção das florestas no Pará. "A idéia foi mostrar o estado dessas florestas, em nível mundial, para que as pessoas vejam que no Brasil o desmatamento está diminuindo em função da existência de terras protegidas e unidades de conservação", esclareceu. Flota Calha Norte -

O ciclo de palestras abriu espaço para a apresentação das florestas estaduais da Calha Norte - Faro, Trombetas e Paru pelo gerente dessas áreas, Joanísio Mesquita, que ressaltou os desafios e objetivos da criação dessas unidades de conservação. "Historicamente, esses municípios foram atingidos por diversos ciclos de exploração. Com a implantação dessas unidades surgiu a intenção de se fazer o ordenamento fundiário, o que não adianta de nada se não houver destinação e uso sustentável dos recursos nelas existentes", explicou. Para a estudante de licenciatura

Nomeações custarão R$ 3,5 milhões ao governo A entrada dos servidores concursados que ainda não foram chamados para o quadro efetivo do Estado representa um incremento de R$ 3,5 milhões na folha de pagamento do governo. "O impacto não será tão grande na folha do estado, pois haverá substituição de pagamentos, já que a premissa de entrada dos concursados é a de convocação em substituição ao

quadro de temporários, nos meses de março e abril", explicou a secretária de Administração Alice Viana, pontuando que o número de contratados é em torno de 10% superior ao número de temporários atuantes hoje. A secretária ressaltou, ainda, que os temporários terão uma atenção especial. Primeiro, serão distratados os mais novos, posteriormen-

ADMINISTRAÇÃO E PUBLICIDADE Av. Nilo Peçanha, s/n, Ed. Ribeiro, sala 03. Centro CEP 68220-000 MONTE ALEGRE - PARÁ Propriedade da empresa O SUSSUARANA CARDOSO

E-mail: comercial@tribunadacalhanorte.com.br

SUCURSAL SANTARÉM Trav. Professor Carvalho, 1113, Sala C. Aparecida CEP. 68040-470 Santarém - Pará

www.tribunadacalhanorte.com.br

te, serão tomadas medidas compensatórias, como programas de qualificação dos mesmos para o mercado de trabalho e a abertura de crédito especial para que se possa dar a oportunidade desse temporário encarar o mercado de trabalho. Atualmente, existem 104 mil servidores públicos e 11.361 temporários, em todo o Pará. TELEFONES: (93) 3533-1554 / 8805-0183 9122-5016 / 9145-7591 REDAÇÃO: (93) 8130-2439

Email: redacao@tribunadacalhanorte.com.br

CNPJ nº 07081356/0001-46 DIRETOR-EDITOR - Genival Cardoso DIRETORA ADMINISTRATIVA - Ocidete Sussuarana CHEFE DE REDAÇÃO - Sales Martins

em Biologia, Lorena Bitar, que participou dos debates na Sema, manter-se atualizada sobre assuntos relacionados ao ecossistema, conservação de florestas e reflorestamento foi a motivação para estar ali. "É um conhecimento importante tanto para minha formação pessoal quanto profissional". Motivo semelhante atraiu a futura turismóloga Ione Ayres, que decidiu participar do ciclo junto com um grupo de amigas. "É interessante ter conhecimentos sobre áreas de conservação, afinal elas também representam atrativos para os turistas".

Os artigos e colunas assinadas, são de inteira responsabilidade de seus autores e nem sempre refletem a opinião deste jornal

www.tcnnews.com.br


03

Monte Alegre, Pará, terça-feira 29 de março/2011

Ibama doa madeira para vítimas de terras caída O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) fez doação de madeira para a Defesa Civil de Santarém. O produto doado foi proveniente

de apreensões realizadas no ano de 2008. O produto beneficiou os moradores da comunidade de F á t i m a d o Urucurutuba. A doação foi adiantada porque a madeira

poderia se deteriorar. São 30 metros cúbicos de cada espécie. O material estava estocado no pátio do IBAMA há dois anos e o órgão não estava mais oferecendo condições

de armazenamento. A coordenadora da Defesa Civil de Santarém foi ao IBAMA conferir a madeira. Depois de liberado, o material será encaminhado ainda esta semana até

a comunidade de F á t i m a d o Urucurutuba. Segunda ela deve-se dar prioridade a esta comunidade, pois 10 famílias necessitam reconstruir suas casas.

Inicio do ano letivo nos Colégios Ensino Médio em Monte Alegre O inicio do ano letivo das escolas de ensino médio no Município de Monte Alegre. No Colégio Francisco Nobre de Almeida, a programação do início das aulas se desenvolveu através de reuniões com o corpo discente e com os pais e responsáveis dos alunos. Na ocasião das reuniões, a Direção do Colégio e a Equipe Técnica deram ênfase ao Regimento Escolar e o calendário letivo 2011, bem como a mensagens de incentivo aos alunos da escola. Aos pais foi explicitado de forma condensada, a missão, os objetivos e os valores que norteiam o ensino e as atividades que a escola desenvolve. Além disso, O Diretor Reginaldo Oliveira juntamente com sua equipe da direção, corpo técnico e docente, conclamaram os pais par o acompanhamento e a parceria com a escola,

pois será uma das formas de se alcançar a qualidade da educação no Ensino Médio no município de Monte Alegre. O momento de planejamento do processo de ensino e aprendizagem que os professores têm, devem construir e orientar sua ação pedagógica na sala de aula também serve para que as escolas se programem para proporcionar qualidade no desenvolvimento de seus trabalhos oferecidos à comunidade escolar e civil em geral. Neste ano de 2011, nas Escolas de Ensino Médio, os professores reuniram-se e fizeram revisão dos conteúdos e programa de ensino e adequaram os mesmos as novas diretrizes do Plano Nacional de Educação e dos Processos Seletivos, como o Enem e PRISE, dentre outros.


04

Monte Alegre, Pará, terça-feira 29 de março/2011

Jovens talentos são contratados pela MRN Joelma Alvarenga

E

les são jovens, recém formados em cursos de graduação e têm pela frente o desafio de entrar no mercado de trabalho tendo como cenário uma das maiores mineradoras de bauxita do mundo. Essa é a realidade do grupo de 20 jovens selecionados pelo Programa Trainee da Mineração Rio do Norte (MRN), que entraram na empresa no mês de março. Localizada no município de Oriximiná, a mineradora investe em novos talentos de olho nos desafios da atração de mão de obra qualificada para o futuro. Com duração de dois anos, o Programa Trainee da MRN é coordenado pelo Departamento de Desenvolvimento de Pessoas da empresa. Com a missão de desenvolver projetos em suas áreas de

atuação, os trainees contam com o apoio d e u m P l a n o Individual de Desenvolvimento, além da supervisão de um líder, para que possam se integrar às pessoas e processos da MRN. É o q u e reforça Ana Luisa Winckler, gerente de RH da MRN. “O grande desafio é o de promover o encontro desses jovens talentos, que mostram uma grande motivação para provar sua paixão pelo desafio, atitude positiva e inovação própria de quem chega, além de se juntar com a sabedoria e memória da experiência e conhecimento acumulado de quem já aqui está”, afirma. Entre os desafios do Programa, está o deslocamento dos participantes para a sede da empresa, localizada no distrito de Porto Trombetas, município de

Oriximiná, distante 800 km da capital Belém. Para isso, os participantes contam com um pacote que inclui moradia, alimentação, transporte, lavanderia, plano de saúde, passagens aéreas para seus locais de origem, salário compatível com as melhores práticas do mercado e participação nos resultados da empresa. Além disso, eles têm a possibilidade de serem contratados como empregados efetivos da mineradora ao final do Programa, dependendo da necessidade da empresa em suas áreas de atuação. Para Daniela Souza, analista de RH da empresa que coordena o Programa Trainee, a empresa foca no desenvolvimento dos jovens, tendo como objetivo prepará-los para assumirem funções estratégicas no futuro. “O trabalho envolve a

aliança de três grupos: trainees, RH e tutores. Trabalhando em conjunto, pretendemos agregar valor aos nossos processos e desenvolver esses jovens. O objetivo do programa é atrair, desenvolver e reter esses profissionais para desempenhar funções estratégicas na MRN. É proporcionar o desenvolvimento de competências técnicas e comportamentais que contribuirão para o crescimento profissional do recém formado e, consequentemente, da organização”, reforça. G r a z i e l e Rocha, formada em engenharia de Minas pela Universidade Federal do Pará (UFPA), acredita que começar em uma grande empresa já é um diferencial. “Minhas expectativas são as melhores possíveis. Pretendo aprender na prática o que ainda só conheci

na teoria. Quero crescer profissionalmente na Mineração Rio do Norte e construir minha carreira”. Grazi, como é chamada pelos seus novos colegas de trabalho, enaltece a alegria e o companheirismo da turma. “Só de estar no meio dos trainees já é um grande aprendizado. As pessoas são das mais diferentes partes do Brasil: São Paulo, Espírito Santo, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, todos são bastante animados”, acrescenta. O grupo é formado por jovens com até dois anos, com formação nos c u r s o s d a s Engenharias de Minas, Elétrica, M e c â n i c a , Agronômica, Química, Ambiental, Civil e Florestal, além de Administração e Comércio Exterior.


05

Monte Alegre, Pará, terça-feira 29 de março/2011

Alepa aprova homenagem no mês de aniversário de Monte Alegre A Assembléia Legislativa do Pará (Alepa) aprovou, na quarta-feira passada, requerimento de autoria da deputada Josefina Carmo (PMDB) solicitando homenagem a Monte Alegre, pela comemoração dos seus 131 anos de elevação à categoria de cidade, celebrado no dia 15 de março. Monte Alegre é considerada uma das mais antigas fundações urbanas da Amazônia. Sua origem é anterior à própria ocupação da região pelos portugueses. Por isso, torna-se importante o festejo ao completar 131 anos, pois é uma das formas mais nobres e dignas de reconhecer p u b lic a m e n te s e u papel na historiografia da Amazônia Brasileira. Nos meados de 1681, Monte Alegre (então aldeia), contou com a presença permanente dos religiosos Inacianos, responsáveis pela edificação de uma igreja a Nossa S e n h o r a d a Conceição. Mais tarde, os frades da Piedade lá ergueram um grande templo em homenagem a São Francisco de Assis, atual padroeiro da cidade de Monte

Alegre. No dia 15 de março, o governador Simão Jatene sancionou projeto de lei aprovado pela Alepa, também de autoria da deputada Josefina Carmo, reconhecendo o Círio de São Francisco como parte do patrimônio cultural imaterial do Pará. De aldeia passou a ser vila, em1758; de vila a cidade, em 15 de março de 1880. Mas há uma história anterior, pré-

cabralina, igualmente interessante, intrigante. Monte Alegre possui as marcas mais antigas da presença do homem na Amazônia, algumas das mais antigas das Américas. Está comprovado que a região de Monte Alegre é o berço das civilizações amazônicas. Essas marcas estão presentes no Parque Estadual Monte Alegre (Pema), que é rico em cavernas, serras, escarpas,

mirantes e monólitos, com vários registros deixados pelos primeiros habitantes d a r e g iã o . M o n te Alegre possui um patrimônio natural que reforça a importância do Município para os estudos científicos sobre a Amazônia. Com tamanha beleza natural, a cidade conquistou o grande mérito de ter o reconhecimento que o distingue a ocupar lugar destacado na

história do Estado. T a m a n h o patrimônio rendeu ao município o título de Estância Turística e o seu acervo históricocultural e natural reconhecido como parte do patrimônio histórico e natural do Estado do Pará, através de projetos de iniciativa da deputada Josefina Carmo, aprovados pela Alepa e sancionados pela então governadora Ana Júlia Carepa.

www.agorajuruti.com


06

Monte Alegre, Pará, terça-feira 29 de março/2011

TCM reprova prestação de contas do ex-prefeito de Oriximiná Argemiro Diniz A prestação de contas de 2006 do ex-prefeito de Oriximiná, Argemiro Diniz, ganhou do TCM (Tribunal de Contas dos Municípios) o carimbo “Recomendas e à C â m a r a Municipal de Oriximiná” que não a aprove. M o t i v o :

Fotos: Carlos Matos

irregularidades graúdas e diversas, como o pagamento ilegal de diárias e licitações fraudulentas. Pelas irregularidades, o TCM aplicou multas em Argemiro que somam quase R$ 75 mil. Ele é filiado ao PSDB

TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO PARÁ RESOLUÇÃO Nº 9.934, DE 14/12/2010 Processo nº 0530012006-00 – 200704345-00 Origem: Prefeitura Municipal de Oriximiná

Marcas de uma chuva

Assunto: Prestação de Contas de 2006 Responsável: Argemiro José Wanderley Picanço Diniz Relator: Conselheiro Aloísio Chaves

Marcos Santos

A

forte chuva que caiu sobre a cidade de Santarém na semana passada causou inúmeros estragos em vários bairros da periferia. No Santarenzinho, por exemplo, a enxurrada destruiu todo o asfalto da rua Cruzeiro do Norte, deixando-a em condição deplorável. O f o r t e

temporal evidenciou, além da falta de infraestrutura adequada dos bairros da cidade, a péssima qualidade do asfalto usado pela Prefeitura no recapeamento das ruas. Os moradores da Cruzeiro do Norte exigem que a via seja recuperada e que, desta vez, o material usado seja mais resistente às enxurradas.

Decisão: I – Emitir Parecer Prévio recomendando à Câmara Municipal de Oriximiná, a não aprovação das contas da Prefeitura, exercício financeiro de 2006, de responsabilidade do Sr. Argemiro José Wanderley Picanço Diniz, por estarem irregulares, nos termos do Art. 52, II, da Lei Complementar nº 25/94, devendo o citado Ordenador de Despesa recolher aos cofres municipais, no prazo de 15 (quinze) dias, devidamente atualizadas, as seguintes quantias: 1) R$ 15,00 (quinze reais), pela conta “Agente Ordenador”; 2) R$ 22.949,59 (vinte e dois mil, novecentos e quarenta e nove reais e cinquenta e nove centavos), pelo pagamento de diárias em desacordo com o Decreto Legislativo nº 01/02; II – Determinar, ainda, que o Ordenador de Despesa recolha ao Fundo de Modernização, Reaparelhamento e Aperfeiçoamento do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará – FUMREAP, criado pela Resolução nº 9723/2010/TCM/PA, as seguintes quantias, a título de m u l t a : 1) R$ 250,00 (duzentos e cinquenta reais), com fundamento no Art. 120–B, § 1º, Ato nº 12/09 – Regimento Interno, pela não remessa do Parecer do Conselho Municipal de Saúde, vencidos neste item os Conselheiros Alcides Alcantara e Mara Lúcia; 2) R$ 50.000,00 (cinquenta ml reais), com fundamento no Art. 120–A, II c/c o Parágrafo Único, III, do Ato nº 12/09 – Regimento Interno, pela ausência de processos licitatórios, no montante de R$ 5.031.022,44, conforme demonstrado às fls. 172 a 187 dos autos, vencidos neste item os Conselheiros Alcides Alcantara e Mara Lúcia; III – Encaminhar cópia dos autos ao Ministério Público Estadual, para as providências que julgar cabíveis.

Prefeitura de Alenquer realizará concurso A Prefeitura de Alenquer/Secretaria Municipal de Saúde comunica a abertura das inscrições ao Concurso Público d e s t i n a d o a o preenchimento de vagas ao cargo de nível fundamental de Agente Comunitário de Saúde. O pagamento da taxa de inscrição será no valor de R$

40,00 (quarenta reais) e a inscrição ocorrerá no período de 04/04/2011 a 08/04/2011, das 8h às 17h (horário local), na sede do Conselho Municipal de Saúde de Alenquer – Pará. As normas do Concurso Público, os números de vagas por localidade/região, a síntese das atividades, o nível de escolaridade

exigida, os requisitos para investidura no cargo, bem como a salário base, constam no edital nº 01/2011PMA/SEMSA e seus anexos, que estão fixados no quadro e avisos da Prefeitura Municipal de Alenquer, assim como, no site da F a d e s p (www.fadesp.org.br), Instituição realizadora do certame.

MONTE ALEGRE - PARÁ


07

Monte Alegre, Pará, terça-feira 29 de março/2011

Decisão do STF coloca Jader de volta no Senado

O

Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu na ultima quarta-feira (23), por seis votos a cinco, que a Lei da Ficha Limpa não deveria ter sido aplicada nas eleições do ano passado. O voto de minerva do novo ministro Luiz Fux - contrário à validade da Ficha Limpa para as eleições de 2010 - em sua estreia em j u l g a m e n t o s polêmicos na corte, desempatou o julgamento e devolve ao peemedebista Jader Barbalho, eleito pelo Pará com 1 milhão e 800 mil votos, sua cadeira no Senado. A decisão de Fux se deu na análise d o R e c u r s o Extraordinário de Leonídio Bouças, que se candidatou a uma vaga de deputado estadual pelo PMDB de Minas Gerais, mas foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa, aprovada em junho de 2010. A Suprema Corte discutiu a constitucionalidade da sua aplicação nas eleições de 2010. Fux era o único ministro que ainda não havia se manifestado sobre a matéria. O S T F reconheceu a repercussão geral da questão, ou seja, que ela vale para todos os casos nos quais foram

aplicadas penas advindas da Lei, e autorizou que os ministros apliquem monocraticamente (individualmente), o entendimento

a d o t a d o n o julgamento de ontem aos demais casos semelhantes, com base no artigo 543 do Código de Processo Civil.

Para Fux, mesmo a melhor das leis não pode ser aplicada contra a Constituição. “O intuito da moralidade é de todo louvável,

mas a norma fere o a r t i g o 1 6 d a Constituição Federal”, frisou, referindo-se ao dispositivo que trata da anterioridade da lei eleitoral. O ministro baseou-se no artigo 16 da Constituição, que afirma: “A lei que alterar o processo eleitoral entrará em vigor na data de sua publicação, não se aplicando à eleição que ocorra até um ano da data de sua vigência”. O TSE havia entendido que a Ficha Limpa não alterava o processo eleitoral, por isso a aplicou em 2010. Fux foi na linha contrária. “Ela representa uma alteração profunda no processo eleitoral. As vozes que pedem a validade imediata não encontram respaldo no ordenamento jurídico”, defendeu. “A iniciativa popular é mais do que salutar, desde que em consonância com as g a r a n t i a s constitucionais. Um país onde a Carta Federal não é respeitada é um país q u e n ã o t e m Constituição. A Justiça não pode se balizar pela opinião pública”, disse. Fux também criticou o fato de a medida ser aplicada a políticos condenados antes da promulgação da própria lei. Fonte -DOL


08

Monte Alegre, Parรก, terรงa-feira 22 de marรงo/2011


Monte Alegre, Parรก, terรงa-feira 22 de marรงo/2011

09


10

Monte Alegre, Pará, terça-feira 29 de março/2011

Óbidos discute Desmatamento Zero João Canto e Odirlei Santos

A

Secretaria do Meio Ambiente esteve reunida na terça feira (23) na Casa da Cultura de Óbidos, com instituições e sociedade civil obidense, com o objetivo da informar e discutir sobre o termo de compromisso assinado entre a Prefeitura de Óbidos e o Ministério Público Federal a respeito do desmatamento zero no Município. Conversamos com a Secretária do Meio Ambiente de Óbidos, Manuela Sarazin, a qual nos falou que “a reunião teve como ponto principal informar às instituições que a partir deste momento iremos desenvolver atividades que rege o termo de compromisso. A partir daí iremos formar um pacto pelo desmatamento zero no Município desenvolvendo as atividades afins.” Manuela falou também que será formada uma comissão que irá trabalhar junto a Secretaria do Meio Ambiente para que as atividades sejam desenvolvidas. Perguntada quais seriam as atividades a serem desenvolvidas, Manuela respondeu: “Serão atividades de monitoramento das áreas degradadas, de fiscalização, de trabalhos educativos e outras mais” A secretaria do Meio Ambiente fará também um cadastramento das propriedades no CAR – Cadastro Ambiental Rural, que funciona como uma identidade da propriedade, e seus proprietários têm que manter esse cadastro regularizado junto a Secretaria do Meio Ambiente.

“Isso é fato muito importante dentro desse pacto”, comentou Manuela. O Sindicato Rual, EMATER, Associações de Produtores Rurais, Colônia e Pescadores, as Secretarias Municipais, todas estas instituições, entre outras, estarão envolvidas no Pacto do Desmatamento Zero no Município de Óbidos. Desmatamento Zero A iniciativa do programa desmatamento zero surgiu partir de acordos feitos entre o governo estadual, Ministério Público Federal (MPF), prefeitos e federações dos municípios (Famep) e da agricultura e pecuária (Faepa). Os municípios que assinaram o acordo garantiram maior prazo para que seus produtores rurais peçam o licenciamento, assim as propriedades acima de 3 mil hectares ganharam prazo até 30 de agosto para o pedido de licenciamento e as de 500 até 3 mil hectares têm até 31 de dezembro para que essa providência seja tomada. Para as pequenas propriedades, de até 500

hectares, o prazo vai até 30 de junho de 2012. Em contrapartida à extensão de prazo para o licenciamento, as prefeituras se comprometem com o desmatamento zero e com o controle sobre

as atividades produtivas. Entre as condições que devem ser obedecidas, as prefeituras devem alcançar um pacto pelo controle do desmatamento com a participação do legislativo e de

sindicatos patronais e de trabalhadores rurais. O programa também prevê reflorestamento, manejo das florestas nativas, recuperação das áreas de preservação permanente e de áreas degradadas.

POLÍCIA - ORIXIMINÁ

Professor tenta matar um homem a terçadadas Um professor tentou assassinar um homem a terçadadas, na comunidade de Jará, município de Oriximiná, os comunitários estão assustados com o que aconteceu, pois a vítima foi surpreendida pelo professor. S e g u n d o relatos, o homem estava distraído quando o professor o atacou, por volta das três horas da manhã. Os comunitários ainda prenderam o agressor, mas ele conseguiu fugir. A policia foi acionada mais o professor não estava no local. A polícia está ouvindo depoimento e

o professor poderá ser indiciado por lesão corporal ou tentativa de assassinato dependendo dos depoimentos das testemunhas. A vítima, que está todo enfaixado no hospital de Oriximiná, devido os vários

golpes que recebeu, afirma que não sabe por que foi agredido pelo professor. A família da vítima pede que a justiça seja feita, pois ele é um pai de família e agora está impossibilitado de trabalhar.

DISTRIBUIDOR DIRETO DA FÁBRICA PARA TODA REGIÃO

Tel. (93) 9125-8006

RUA 07 DE SETEMBRO, 252 – CIDADE ALTA. MONTE ALEGRE-PA


11

Monte Alegre, Pará, terça-feira 29 de março/2011

Polícia busca o quarto assaltante do Banpará

Homem é apedrejado por marginais em Monte Alegre No centro comercial da cidade de Monte Alegre, dois elementos agrediram o senhor Sebastião Ferreira, com pedras. A vítima, ficou com as marcas da agressão na sua cabeça. O fato ocorreu, na área do Bosque, centro comercial, onde a vítima tem um estabelecimento comercial. Os criminosos invadiram a sua propriedade, durante o horário de trabalho, estando apenas uma funcionaria no local, o proprietário não estava no local e foi logo avisado. Sebastião chegou ao seu estabelecimento e foi agredido, inclusive apedrejado pelos dois ladrões, que já haviam roubado o estabelecimento em outro momento, levando um litro de conhaque e meia dúzia de cerveja. A policia militar foi acionada e prendeu os dois elementos, que segundo a polícia são acostumados a

cometer furtos, um deles, Marlison Alvez, estava alterado, desrespeitando as autoridades. Ainda na delegacia seu Sebastião mostrou as marcas na cabeça, deixada pelas pedradas, que estavam cobertas por um boné.

As investigações para tentar localizar e prender o último membro do bando que assaltou a agência do Banpará em Santarém, no dia 3 de agosto do ano passado, continuam sendo realizadas pelo serviço de inteligência da Polícia Civil com apoio das polícias Militar e Federal, segundo informou o delegado Silvio Birro, titular do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI). Cleudivan Sousa e Silva, vulgo 'Magrão', é o assaltante que aparece na filmagem do circuito interno da agência. Nas imagens, 'Magrão' está de camisa de mangas compridas, listrada, acompanhando o gerente Ademar da Silva, mantido refém pelos assaltantes. No ultimo dia 24, foi preso o

sargento da PM Ed Carlos Serrão Rebelo, apontado pelas investigações como um dos mentores intelectuais do assalto. Ele deu apoio logístico à quadrilha, além de ter fornecido as armas usadas pelos bandidos. L u c i a n o Medeiros Rebelo,

filho do militar, também foi preso durante a operação policial. Ele foi autuado por porte ilegal de armas. Já se encontram presos, Eduardo Nonato da Silva, vulgo “Dudu”, e Luís Ferreira Lima Júnior, vulgo “Roberto”. Fonte Beto Almeida

Academia de Ginástica e Musculação


12

Monte Alegre, Parรก, terรงa-feira 29 de marรงo/2011


TRIBUNADA CALHA NORTE