Page 1

Terça-feira, 10 de agosto de 2010

Edição Especial de lançamento

CALENDÁRIO DE CIRCULAÇÃO Edição 001 002 003 004 005

Dia 10 07 05 09 07

Venha ser colunista Radar Luminense! Para todos que se sentirem interessados, leia! Você que gosta de assuntos relacionados ao cotidiano do seu bairro, da sua cidade ou do seu município, e gostaria de escrever para um jornal ou blog, postar ou publicar notícias e etc, você a partir de hoje pode se candidatar a ser colunista RADAR LUMINENSE, que já está pronto, envie sua proposta através de FORMULÁRIO no blog(www.radarluminense.com), qualquer cidadão pode participar. Até a próxima edição.

Mês Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro

Ano 2010 2010 2010 2010 2010

Ano I Edição nº 01 www.radarluminense.com

(98) 3237-6307 radarluminense@gmail.com

www.radarluminense.com

Agenda de entrevistas para a próxima edição Para a próxima edição, a reportagem Radar Luminense tentará ouvir todas as lideranças políticas de Paço do Lumiar, saber dos espaços e o que pensam sobre o que estão fazendo, em fim, vamos tentar fazer uma ponte deles com a opinião pública, a fim de se fazer uma melhor análise sobre a conjuntura que os envolve e o que a população acha de tudo isso. Você já pode começar a participar expressando a sua opinião, enviando para o e-mail: radarluminense@gmail.com e aguardar a próxima edição que promete.

Guimarães sedia I Seminário Intermunicipal Legislativo A Câmara Municipal em Guimarães, sediou no dia 03 de julho, o primeiro Seminário Intermunicipal Legislativo da Região do Litoral Ocidental Maranhense. Página 03 Vereadores no encerramento do evento, ao microfone o presidente da Câmara

Segundo Seminário sobre temas de interesse para municípios Além de a p r e s e n t a r medidas para evitarem falhas p e l a s administrações municipais, o s e g u n d o Seminário sobre t e m a s d e interesses para os municípios, discutiu também t e m a s d e d e s t a c a d a relevância para os agentes que atuam na municipalidade.

Ano I Edição nº 01 www.radarluminense.com

O seminário atingiu seus objetivos, no tocante a informação e prevenção destacou o advogado Sousa Augusto

Palavras do editor BUSCANDO COISAS NOVAS

Radialista Chagas Freitas - Editor de Publicações

“Nunca tenha medo de tentar algo novo. Lembre-se, os amadores construíram a arca. Profissionais construíram o Titanic.” De autor desconhecido. Com os pensamentos elevados ao todo Poderoso, o Deus Eterno, a quem sou grato e externo os meus sentimentos de gratidão por está aqui; por você existir e está apoiando esta iniciativa através da leitura desta edição especial, agradeço por tudo que tenho passado, por tudo que tenho vivenciado, momentos alegres e momentos desagradáveis. Senti que era o momento de tentar algo novo, diante das possibilidades que me foi apresentada, buscar coisas novas, e bem próximo de não somente tentar, mas fazer algo novo. Nunca tive medo de tentar algo novo, já senti sim, pelas circunstâncias contrárias ao que havia sido planejado, quase desanimado, silenciei-me, em busca de encontrar respostas, vieram de variadas maneiras, através de situações diversas, de pessoas e das leituras. Venho assimilando e amadurecendo. Tem sido pago o preço por ter acreditado sem cautela, que nem um jogo de dominó, uma situação desencadeou outras, mas Deus está agindo e assim, tudo tem

solução. Este momento é mais um presente de Deus, um novo dia, como uma semente, a qual precisa ser regada e alimentada a fim de produzir bons frutos. Uma forma justa de retribuir por todos esses novos dias é usá-los como matérias primas para construir novidades. Tentarei desenvolver isto. Sei que a tentativa é um passo inevitável. E o erro pode ocorrer sim, e servir para o aprendizado. O que não quero é dirigir minha atenção no tentar, pois quero pensar decididamente, com firmeza. Portanto, vou proferir palavras firmes: vou produzir, realizar, alcançar, conquistar novos relacionamentos, novas formas de ganhar dinheiro, novo jeito de administrar meu tempo, novas habilidades artísticas, profissionais, enfim, novos meios para me sentir novinho em folha todos os d i a s , e m b o r a cronologicamente mais velho. As vezes fico a pensar e me vejo diante de boas parcerias, sabendo que o que visualizo nesses momentos, ainda que não seja garantido, é totalmente possível. Curta esta edição especial a próxima será a de nº 02 estará disponível no dia 07 de setembro de 2010. Tenha um excelente mês de agosto e até a próxima.

Página 02

Está lendo esta frase?

Então este espaço é bom!

Venha anunciar aqui!


2 - Radar Luminense

www.radarluminense.com

Paço do Lumiar, Terça-feira, 10 de agosto de 2010

Editorial Em sua primeira e d i ç ã o R a d a r Luminense(RL), lançado pelo Radialista e jornalista por atividade com registro na DRT/MA Chagas Freitas e equipe, colaboradores e futuros patrocinadores, num momento em que nossa região, deseja acolher uma imprensa democrática, com conteúdo identificado com o cotidiano da região. A s p e s s o a s precisam de jornais compromissados com o conteúdo, diversidade, esporte, lazer, cultura, política, religião, que motiva colaboradores e articulistas ao contato com cidadão comum. Um jornalismo baseado na conduta democrática da convivência, em que público, jornalista e colaboradores tenham espaço para o debate. Interatividade, postura dinâmica, uma redação aberta à conversação, à participação e à colaboração, torna um jornal cumpridor do seu papel, perante todos os seguimentos sociais. O s f a t o s e acontecimentos, também fazem parte do cotidiano escolar, é de fundamental importância o contato dos alunos com o que ocorrem tanto no município, como no Maranhão, no Brasil, como no mundo. Estes fatos e acontecimentos são cobrados nas salas de aula, através de discussões e trabalhos em grupo e traz para o estudante as informações da atualidade, colocando-o a par dos problemas político-sociais mais marcantes. E s s e s

conhecimentos são exigidos em razão das escolas considerarem que os alunos estão na condição de formadores de opinião, que não vivem de forma alienada aos problemas sociais, mas que são participativos enquanto cidadãos. O jornalista e professor Luís Beltrão, um dos pais dos Estudos do Jornalismo no Brasil, acredita que “na avaliação de um fato para a publicação, o jornalista deve sempre ter em mente a política editorial, isto é, a orientação ideológica do jornal para o qual trabalha e do público para o qual se dirige (...)”. Para o sociólogo francês Erik Neveu, linha editorial “pode residir num posicionamento político no sentido amplo, na escolha do tipo de informação e do tratamento do fato que a publicação privilegiará. Ela se traduz em cada edição na escolha dos acontecimentos a ser valorizados,(...)”. Linha editorial é a posição ma n ti d a p e l o j o rn a l a respeito dos assuntos noticiados. Está em formação a nova imprensa da região. E desta vez, nada de gente distante, que nem conhece nosso dia a dia. Quem vai falar por exemplo, sobre a educação da cidade é quem

a vive: você. Jovem no formato, na imagem, nas matérias. Um jornal ágil, com atitude, que pensa, que sente, vive e busca seu espaço no mundo. Sem cópias, sem imitações! Esse é o jovem de nosso município. E assim também é este jornal. Um meio de informação novo, criado para falar diretamente com o público ativo da cidade. Jovens adolescente, jovens de 20, 30 ou 60, jovem de corpo, de mente, de alma. Porque a jovialidade é uma condição de vida, e não de idade. O objetivo é manter um canal de abertura para alunos atuarem como repórteres investigativos dentro de suas escolas, revelando as curiosidades, novidades e histórias de cada turma. Repórter nas escolas visa dar visibilidade às idéias dos estudantes, e assim, melhorar o ambiente escolar. Participe. Escrever novas histórias, novos enredos, novos capítulos. Conhecer mais pessoas, outros lugares e fazer da educação, uma frente de batalha na cidade, missão deste Jornal viva em cada uma de suas páginas, um espaço sem censura e apartidário para que os cidadãos de nosso município assumam parte importante de sua cidadania, denunciando irregularidades e elogiando boas atitudes de nossa prefeitura. Onde o leitor participará dos acontecimentos. Em toda matéria, um ideal. E a todo instante,

a busca por informações que prestigiem o potencial do jovem de nossa querida cidade. O cidadão repórter será um aliado. Daremos a nossa contribuição para a região, na promoção de cursos de curta duração de introdução em Jornalismo comunitário. Se você tem alguma denúncia, reclamação ou qualquer notícia, participe do nosso blog, conte da sua forma, da maneira que você sabe muito bem fazer. Ganhe prestígio e destaque em sua rua, seu bairro, sua cidade, em seu município, na sua região. Seja você também um cidadão repórter! Qualquer pessoa pode se tornar um repórter, se estiver presente na hora do fato. E é isso que o blog Radar Luminense está convidando você a fazer. O Cidadão Repórter tem por objetivo oportunizar o cidadão de nosso município ao uso das Tecnologias da Informação e Comunicação como instrumentos para a promoção da democracia participativa, no projeto as pessoas têm a oportunidade de serem ouvidas e falarem de seus sonhos, decepções, cotidiano, enfim, da r e a l i d a d e . U m a apresentação por meio de pessoas que efetivamente vivencia o que está sendo abordado, sobre vários temas Meio Ambiente, Cultura, Política, entre outros. Assim, este trabalho pretende imprimir uma linha editorial voltada para a sociedade, mostrando os direitos e deveres do cidadão e, tendo como foco, a prestação de serviços.

Segundo Seminário sobre temas de interesse para municípios A l é m d e apresentar medidas para evitarem falhas pelas administrações municipais, o segundo Seminário sobre temas de interesses para os municípios, discutiu também temas de destacada relevância para os agentes q u e a t u a m n a municipalidade. A iniciativa do escritório de advocacia Antonio Augusto Sousa Advogados Associados, vem fomentar a discussão sobre vários assuntos tratados no evento: licitações, contratos (rescisões, prorrogações, reajustes etc.), admissão de servidores (concurso, contratação etc.), concessão de vantagens a servidores, aposentadoria de servidores, estrutura administrativa das Prefeituras e Câmaras, despesa com pessoal, regularização dos agentes comunitários de saúde, piso salarial dos professores, pagamento de precatórios, dentre outros no âmbito da

administração pública municipal executiva e legislativa. Trata-se de uma iniciativa cujo objetivo maior é levar aos interessados alguns saberes sobre aquilo que se espera de seu desempenho na atividade pública, tornar os vereadores, assessores e secretários dos prefeitos, demais participantes e os próprios prefeitos, aptos interpretarem a dimensão do trabalho de forma sistêmica e criativa, para o desenvolvimento de capacidades, ampliação e a t u a l i z a ç ã o d e conhecimentos, num Seminário sobre procedimentos para as pessoas interessadas e principalmente quem atua na gestão de orçamentos. O seminário atingiu seus objetivos, no tocante a informação e prevenção destacou o advogado Sousa Augusto e que deve ser estudado

profundamente, trabalhado pelas assessorias dos prefeitos e Câmaras de vereadores como forma de se tornar um aliado do prefeito, do vereador na busca pela qualidade de seus serviços.O s e m i n á r i o começou dia 09 de junho as 09:00h e Palestrante Sousa Augusto terminou dia 10:00h as 16:00h. Diversos temas atuais e de grande importância foram tratados também pelo advogado We l l i n g t o n S o u s a q u e contribuiu na discussão de pontos de extrema importância para o público participante. O prefeito de Guimarães, Pe. Willian, Vereador de Guimarães

R$ 0,25 Região Metropolitana R$ 0,50 Demais municípios

Redação, edição e diagramação Colaboradores: Valber Tissori, Clesinaldo Travassos; Ludney Alves; Sales; Winny; Izabel Saara Chagas Freitas Direção de Negócios Lúcia Freitas

BAIXADA MARANHENSE www.baixadamaranhense.blogspot.com

Panorama do município de Turiaçu Por: Cláudio Ribeiro Integrante da equipe de colaboradores na Baixada

habitantes. A origem de TURIAÇU remonta ao século XVII, mas foi somente no século seguinte, mais precisamente em 1754, que ocorreu sua elevação à condição de "lugar",quando passou a ter juiz vintenário. A primeira povoação, com o nome de São Francisco Xavier do Turiaçu, e por onde passou o então governador e capitão general do Maranhão, Gonçalo Pereira Lobato e Souza, foram atacados pelos índios, que destruíram as edificações existentes e mataram quase todos os

Gilmar Avelar, o Presidente da Câmara de Guimarães Carlos Cunha; Ed Wilson Secretário de Administração de Governador Nunes Freire; Advogado de Guimarães Ducival, encontravam-se presente ao evento, o vereador Professor Carlos destacou a importância do seminário, para ele o evento foi dotado de extrema relevância.

Os sobreviventes do massacre desceram o rio Turiaçu até a costa e, em uma ilha, assentaram nova povoação. Não demorou muito para que esta também fosse abandonada, desta vez por causa da epidemia de bexiga, que fez muitas vítimas. A atual cidade foi antigamente uma fazenda de propriedade do português José Antônio Fernandes. Mais ifnormações no blog: www.baixadamaranhense.bl ogspot.com

CIDADÃO

REPÓRTER J o r n a l i s m o participativo, para leitores que queiram contribuir com textos, fotos, vídeos ou áudios para o notíciário do Radar Luminense Online.

O conteúdo deve obrigatoriamente ser de autoria de quem o envia.

Reportagens Cidadãos colaboradores e equipe de apoio

E-mail: radarluminense@gmail.com

Absorventes Terapêuticos (98) 8422-4976

O conteúdo enviado para o CIDADÃO REPÓTER poderá ser publicado não só no Blog , mas também no jornal impresso.

EXPEDIENTE www.radarluminense.com Av. 13, Qd. 122, nº 34 - Conjunto Maiobão Cep: 65.137-971 - Paço do Lumiar

Feito de materiais de alta tecnologia que eliminam, fungos, bactérias, e não irrita a pele. Traz ótimos benefícios à saúde feminina. As pessoas que aderirem ao consumo dessa marca, além Produto de excelente de receberem todos os benefícios terapêuticos do aceitação, alta rotatividade, e ganhos tpar omdbu ét om, vbãôo n ur esc epboe rr excelentes. indicações e vendas.

A publicação do conteúdo está sujeita a aprovação da equipe de editores Radar Luminense. Te x t o s c o m palavrões; acusações

pessoais desacompanhadas de provas; preconceitos de qualquer ordem; que promovam a violência ou que estejam em desacordo com as leis brasileiras não serão publicados. Os textos podem ter, no máximo, 2 mil caracteres, contando os espaços. No total, todos os arquivos juntos podem ter, no máximo, 30 megabytes. Para enviar seu material, você deverá concordar com o Termo de Compromisso e Cessão de Direitos Autorai no blog. Envie sua notícia, email: radarluminense@gmail.com

A Pinguela radarluminense@gmail.com

Você pergunta e alguém vai responder!

Aqui tem espaço para publicações institucionais, comunitárias com descontos; matérias de colunistas e gratuidade para notas de utilidade pública. radarluminense@gmail.com www.radarluminense.com Redação e edição: (98) 8416-3090

(98) 3237-6307


RADAR LUMINENSE PUBLICAÇÕES & COMERCIAL: (98) 3237-6307 03 www.radarluminense.com Guimarães sedia I Seminário Intermunicipal Legislativo por Chagas Freitas

O evento em Guimarães pretende atrair novos para este modelo, que privilegia relações parlamentares mais responsáveis. A Câmara Municipal em Guimarães, sediou no dia 03 de julho, o primeiro Seminário Intermunicipal Legislativo da Região do Litoral Ocidental Maranhense. Palestrante Sousa Augusto O objetivo do encontro foi orientar os na vida dos participantes: parlamentares, as Segundo o secretarias de Câmaras D r . B r á u l i o Municipais, de forma prática, Martins(Secretário da sobre as melhores formas de Assembléia Legislativa participação na gestão d o M a ) , u m d o s pública municipal. palestrantes: “Este O tema central S e m i n á r i o é u m a d o S e m i n á r i o f o i iniciativa pioneira e de independência e harmonia g r a n d e v a l o r, p a r a entre os poderes, Ações da e s c l a r e c e r a l g u m a s Secretaria Executiva e dúvidas fundamental Ações do setor Financeiro

Presidente da Câmara Municipal recebendo Certificado de participação na Câmara, debatidos em três módulos. Do evento aberto pelo Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, o Vereador Carlos Cunha, participaram representantes de diversos municípios, entre eles Central do Maranhão, Cedral, Presidente Médici, Bequimão, Pinheiro, Guimarães e Porto Rico. O Seminário contou também com a presença do Prefeito de Guimarães, o Pe. Willian que foi elogiado pelo vereador Carlos Cunha por ter compreendido a mensagem da Câmara Municipal e deu o apoio devido ao Seminário. A programação do Seminário contou também com a participação de Dr. Sousa Augusto; contador Ozanias Pinheiro e Dr. Bráulio Martins. O advogado Sousa Augusto iniciou o Seminário ministrando sobre independência e harmonia entre os poderes. E na sua palestra além de explicar também sobre as ações do setor financeiro da Câmara, ele buscou trazer um enfoque mais prático, ensinando de forma bem didática, a forma de se ajudar a boa gestão de recursos públicos. O primeiro Seminário promovido pela Câmara Municipal de Guimarães em conjunto com as Câmaras Municipais de Central do Maranhão, Cedral e Porto Rico do Maranhão, contou com participação de dezenas de atores sociais e repercutiu

para a democracia...” O vereador Gilmar destaca o Seminário como positivo: "esta oportunidade vem trazer clareza para v e r e a d o r e s " . Gilmar(PDT), lamentou que o município de Mirinzal não tenha enviado nenhum representante, pois, considera muito bom para a população, saber que tem vereadores preparados, conscientes de deveres e direitos. O Seminário ainda teve a presença do contador Ozanias Pinheiro como palestrante, que ministrou sobre as ações do setor financeiro da Câmara. O vereador Carlos Cunha, no encerramento do Seminário destacou a importância política do evento na vida pessoal dos profissionais que atuam nas Câmaras m u n i c i p a i s , conhecimentos que irá fomentar a cidadania e a participação nas questões que envolvem a boa gestão nos municípios. Esse primeiro Seminário da região quer inserir todas as demais Câmaras, sensibilizando para que possam fazer parte dessa iniciativa e ampliar seus conhecimentos, explica o Presidente da Câmara de Guimarães Carlos Cunha.

t e r ç a - f e i trear,ç1 a0 - d f ee i ar g ao , 2s7t d oe do e2 u0 tu 1b 0rode2009

Paço do Lumiar, histórico e administrativo FONTE: INTERNET

Paço do Lumiar é um município dentro da ilha de São Luís onde foi instalada uma das primeiras missões da Companhia de Jesus; foi fundado pelo padre Luís Figueira e entrou para história como uma das mais antigas localidades do Maranhão e conta hoje com cerca de 100 mil habitantes. Gentílico, luminense.

Maranhão, já existia, no local em que hoje se encontra a sede do município de Paço do Lumiar, o sítio denominado Anindiba, pertencente ao jesuíta Luís Figueira, que o recebera, por doação, de Pedro Dias e sua

engrandecimento da Vila, Joaquim de Melo, trouxe algumas famílias de índios que ainda não haviam sido redistribuídas nas “Vilas” e outros “Lugares”, que antes eram antigas missões e que os índios viviam dispersos e

C r i a d a p e l o desmembramento de São José de Ribamar, Paço do Lumiar ainda é caracterizada por ser uma cidade dormitório, já que a maioria dos seus habitantes trabalha em São Luís. O município de Paço do Lumiar conta com duas ilhas (Ilha de Tamembela e Ilha de Anuju) e duas praias (Praia do Meio e Olho de Porco). A Praia do Meio é bastante freqüentada pelos praticantes de Jet Ski, ultraleve e de esportes a vela; a Olho de Porco é um local aprazível e preferida para a pesca. A sede do município é uma área pacata, típica de interior. A cidade possui grandes áreas verdes ainda não ocupadas por atividades humanas. Os principais pontos turístico-históricos são as igrejas (Igreja de Nossa Senhora da Luz, construída pelos jesuítas), sítios arqueológicos, arte e artesanato (peças em renda, bordados, aplicações em tecidos, cestos de palha, cerâmica, entre outros). As manifestações populares são representadas principalmente pelo Bumbameu-boi, Tambor de Crioula, Tambor de Mina e a Festa do Divino Espírito Santo, além do Festival do Coco d'Água Iguaíba. O município vive hoje de atividades primarias como a fruticultura e a pesca de peixe e camarão. Outrora habitado por indígenas, Paço do Lumiar tem suas origens históricas fundadas no tempo dos jesuítas no Maranhão, originando-se de duas prioridades distintas, depois agrupadas para a formação da vila. Uma delas consistia em faixas de terras doadas a um amigo de Alexandre de Moura, na então Província do Maranhão, escolhida naquele tempo local por sua semelhança com a Província do Lume em Portugal. A outra consistia em uma légua de terra que formava um sitio Anindiba de propriedade do Jesuíta Luís Figueiras e que lhe fora doado por Pedro Dias e sua mulher, Apolônia Bustamonte, através de escritura publicada, em 22 de maio de 1625. Quando Francisco Coelho de Carvalho chegou a São Luís, em 1625, na condição de primeiro governador do Estado Colonial do

Praça da cidade mulher Apolônia Bustamante. Com a ajuda dos índios, os jesuítas ali construíram sólidas moradias, com paredes de um metro de espessura, que permanece até hoje e onde funciona a Cadeia Pública da cidade. E nessa época, também, a igreja foi um dos primeiros tempos construídos no Maranhão, com paredes de um metro de espessura e que, depois de construída, recebeu de Portugal a imagem de Nossa Senhora da Luz, a Virgem do Lume. Em virtude da Carta Régia de 11/06/1761, o governador Joaquim de Melo e Povoas, deslocou-se no ano seguinte para este povoado Anindiba e elevou-o à categoria de Vila, com nome de Vila do Paço em razão de sua semelhança com localidade de idêntica denominação existente em Portugal juntamente com o Ouvidor Provedor da Fazenda-Real e dos oficiais maiores do regime de sua guarnição. Como existiam nas proximidades da povoação, grande números de homens brancos, foram convidados pelo governador para assistirem a solenidade, tendo sido eleitos entre mais capazes, aqueles que fariam parte da nova câmera, os quais prometeram fazer suas, casas e cumpriram. Empenhado em incentivar o desenvolvimento do lugar Melo Povoas determinou que para lá fossem transferidas algumas famílias indígenas remanescentes das antigas Missões, as quais, consideradas livres pela Lei de 6 de junho de 1755, se encontravam dispersas e ociosas. A igreja existente no local, construída de pau a pique, estava em ruínas e o governador a fim de evitar que as telhas se perdessem, mandou retirálas. O templo foi, então coberto de palhas. Somente anos depois essa igreja seria restaurada. Com a intenção de promover o

ociosos, pois se negavam servir seus antigos senhores após o advento da Lei de 06/06/1762 que lhes concedera liberdade. Todas essas ocorrências foram comunicadas pelo governador em 25/02/1762 ao Ministério do Estado Francisco Xavier Mendonça Furtado. Por vários anos, Paço do Lumiar permaneceu em Categoria de Vila, possuindo Executivo e Legislativo. A 9 de junho de 1764, em razão do grande número de fiéis que abrigava, a vila tornou-se também Freguesia de Nossa Senhora da Luz, santa que continua sendo sua padroeira até os dias presentes. A vila do Paço do Lumiar, criada em Carta Régia de 11 de julho de 1761, foi confirmada por Lei Provincial n° 07 de 29 de abril de 1835. Em virtude de reformulação administrativa, o território municipal passou a integrar o município da capital, em 1931 As instalações do município foram reguladas e marcadas pelas Leis n° 1890 de 07 de dezembro de 1959 combinadas com Lei 1998

de 22 de Janeiro 1960, com as Leis 77 de 20 de janeiro de 1961, sendo que a primeira delas criou o município, com sede no distrito de Vila do Paço, desmembrado do município de São José de Ribamar, no governo de Dr.José de Matos Carvalho, no dia 14 de janeiro de 1961, ficando como Termo judiciário da Comarca de Ribamar. Seu primeiro Prefeito foi Pedro Ferreira da Cruz que administrou, interinamente durante 20 meses o novo município. Com a divisão administrativa do Estado ocorrida em 1911. Paço do Lumiar, composto de 4 distritos, passou à condição de município, nela permanecendo até 27 de fevereiro de 1931, quando seu território foi anexado ao município de São Luís. Pelo Decreto-Lei Nº 159, de 6 de dezembro de 1938, voltou a ser um simples povoado, integrando o distrito de São José de Ribamar que , àquela época, tendo perdido sua autonomia, voltara à jurisdição da Capital. Quando o município de São José de Ribamar foi restabelecido ( Lei Nº 758, de 24 de dezembro de 1952), ficou a ele subordinada, reconquistando a condição de distrito. A 7 de dezembro de 1959, pela Lei Nº 1890 passou novamente à condição de município. Formado pelos distritos de Iguaíba, Maioba de Mocajituba, Maiobão, Mojó, Mercês, Pau Deitado,Pindoba, Pindaí, Raposa, Timbuba, Rio Grande, Riozinho, Vila São José e Vila Cafeteira, Paço do Lumiar tem sua economia fundada na agricultura e na pesca, se bem que , em razão de sua proximidade de São Luís, os setores secundário e terciário tenham tomado considerável impulso, principalmente este último, com a implantação da Jollymar (indústria de alimentos) e Marfil (fabricação de caixas d'água).

Até em 2005 temos 10 Prefeitos que já se passaram. E atualmente é administrado por Bia Venâncio. Relação de ex-prefeitos: Pedro Ferreira da Cruz, prefeito interino que governou durante 20 meses.(1961 a 1962) Vicente Ferreira Maia Neto, eleito em chapa única, governou durante 6 anos.(1963 a 1968). Olavo da Silveira de Melo, eleito pelo povo, governou durante 4 anos.(1969 a 1972). José Raimundo Gomes, eleito pelo povo, faleceu no 2° ano de seu mandato sendo substituído pelo vice, Sr. João Antonio Brito, que concluiu o mandato de 6 anos.(1977 a 1982) Joaquim Antonio Serra da Cunha Santos Aroso, eleito pelo povo, governou 6 anos.(1983 a 1988). Alfredo Pereira da Silva, eleito pelo povo durante 4 anos.(1993 a 1996). Amadeu da Cunha Santos Aroso Neto, eleito pelo povo para governar de 1997 a 2000 Mábenes Cruz da Fonseca, eleito pelo povo administrou durante.(2001 a 2003) onde nesse período foi afastado por improdibidade administrativa e depois voltou ao poder, sendo cassado pela câmera municipal e afastado pela justiça novamente. Gilberto da Cunha Santos Silva Aroso, onde era viceprefeito e substituiu o prefeito cassado e afastado (Dezembro de 2003 a 2004) Gilberto da Cunha Santos Silva Aroso, eleito pelo povo com o mandado para exercer em 2004-2008. Conclusão da edição

05:00 H de 03/08/2010


última 04www.radarluminense.com

Anuncie: (98) 3237-6307

Edição Especial Publicação - Terça-feira, & Comercial 10 de (98) Agosto 3237-6307 de 2010

radarluminense@gmail.com DEpOIMENTOs enviados

OPINIÃO Opinião “Grandeza e simplicidade expressa numa só palavra: Liberdade, Justiça, Honra, dever, esperança”. Professor Cláudio Ribeiro, do município de Turiaçu, Baixada Maranhense. É um cidadão atuante!

“Chagas Freitas, tem a capacidade de vencer os desafios de se encher de idéias, de debater, contradizer , de saber o que se quer sabe, saber o que vai dizer! Sem medo, às vezes errando? Mas, com certeza sempre

Suuplemento alimentar. Muito eficaz para o controle de peso, pois acrescenta à produção de colágeno do nosso corpo altos níveis de proteínas e aminoácidos. Quando dormimos, nosso corpo utiliza os aminoácidos presentes no Collatrim, que auxiliam na queima de gordura.

LEGISLATIVO

DEpOIMENTO RECOLHIDO pOR Chagas Freitas

Idéia para mudança de férias escolares Para o vereador essa mudança vai beneficiar os estudantes.

Boa saúde começa com boa nutrição! Pesquisas mostram que por volta dos 25 anos nosso organismo começa a diminuir a produção de colágeno em contraposição à necessidade constante dessa importante molécula no processo de rejuvenescimento e reparação celular. Aos 50 anos nosso corpo só produz em média 35% do colágeno que necessitamos. Supõe-se que esta seja uma das principais causas do nosso envelhecimento.

-

www.naturessunshine.com.br

Nº 607810 cadastro indicador

• Durante o sono o corpo absorve o colágeno e queima gordura • Reduz a gordura localizada e fortalece a massa muscular magra • Contribui para a vitalidade da pele e articulações • Previne o envelhecimento da pele, flacidez, rugas e estrias

Vereador Stélio Castro

www.naturessunshine.com.br

Nº 607810 cadastro indicador

querendo acertar”. Gustavo Urbano Lopes http://gustavo45.blogspot.com Pinheiro Ma

ACESSE O BLOG e p i ic t r Pa

Dinamismo e credibilidade www.radarluminense.com

EDUCAÇÃO

O Produto mais vendido do mundo! Bebida concentrada a base de pura clorofila solúvel, derivada da alfafa. Nas plantas, a clorofila absorve a luz do sol e converte em energia para realizar sua respiração, fundamental ao seu desenvolvimento. Por possibilitar a renovação celular, a clorofila já chegou a ser comparada à fonte da juventude. Ela traz energia e disposição, regula quase todos os sistemas do organismo e promete uma vida mais saudável em todos os sentidos.

Está vento isto? ENTÃO Anuncie Aqui!

nós transferirmos as férias de julho para o mês de junho, onde há uma maior incidência de brincadeiras, uma maior visita de turistas ao estado do Maranhão; a educação sai prejudicada, porque os alunos se voltam para as atividades cultural, e as vezes deixa as atividades obrigatórias da sala de aula em segundo plano, isso prejudica a freqüência o rendimento da Para o vereador, a aprendizagem, e as saída seria “nós implantarmos dentro do médias escolares que são prejudicadas estado do Maranhão, durante esse período "a mudança do junino”. Alguns estados calendário escolar, da região nordeste já aprovado justamente pelo Conselho Escolar adotaram, a implantação do feriado que aprova a idéia, e no mês de junho". Stélio Castro Cordeiro, é Professor e vereador do município de Pinheiro, vivencia o que os alunos passam e diante da grande evasão escolar percebida, teve a idéia com base nessa realidade no período folclórico, propor uma mudança para o calendário escolar mas que dependerá da assembléia legislativa do Maranhão.

Aqui, você pode

defina seu espaço (98) 3237-6307 Chame nosso AGENCIADOR de espaço publicitário

EVENTOS EM GERAL Se você participou de um evento, comemoração, aniversário, compartilhe também com os leitores, envie imagens e textos para a COLUNA SOCIAL radarluminense@gmail.com

Profile for chagas freitas

Primeira edição impressa Radar Luminense  

radar luminense, paço do lumiar, turiaçu, são luís

Primeira edição impressa Radar Luminense  

radar luminense, paço do lumiar, turiaçu, são luís

Profile for tcds
Advertisement