Issuu on Google+


EdItorIal | EXPEdIENtE

MuITo a coMEMorar...

o

mercado publicitário não tem o que reclamar de 2011. Esse foi um ano relativamente bom, estável e de crescimento. a perspectiva de acontecimentos ainda melhores vindo por aí alavancou as expectativas de empresas, agências e anunciantes. Este também foi um ano excelente para nós, da Quiosque de ideias. lançamos a revista e o site com um feedback sensacional não só do rio, mas também do Espírito Santo. o momento é, particularmente, especial pra mim, que me vi às voltas com novos desafios, inclusive, o de ser mãe. Este momento mágico parece ter trazido uma energia muito positiva, visto o meu debut como jurada no Prêmio Colunistas rio 2011. Por isso, estamos muito felizes, pois esse é um reconhecimento também para a nossa equipe, que se esforça todos os dias para oferecer o que há de melhor na comunicação.

E a felicidade não para por aí. tive um enorme prazer de escrever uma matéria super especial nesta edição. Pode parecer estranho ter uma siderúrgica como a arcelorMittal tubarão na capa, mais ainda para falar sobre espiritualidade e sustentabilidade. Mas se você desbravar as próximas páginas verá que esses conceitos são inovadores e fundamentais para qualquer empresa ou agência. É o modelo de negócio evoluindo e colocando o ser humano em primeiro lugar. Essa estratégia – com valores básicos como respeito, compaixão e sensibilidade - é muito utilizada na comunicação da empresa. São atitudes simples, mas que, na maioria das vezes, não são postas em prática por conta da ganância, falta de visão e imediatismo. Esse assunto não se distancia muito do dia a dia publicitário. vamos lá, você costuma ouvir reclamações sobre falta de mão de obra qualificada, criatividade, problemas com a economia, entre outras coisas? bem, reclamar é fácil, mas você já tentou fazer parte da solução? Muito mais do que ações de endomarketing, festas e apoio à onGs, você procurou saber o que faz o seu funcionário feliz, criativo e motivado? isso, sim, faz parte da sustentabilidade. Por isso, acho melhor você ler esta revista, com certeza vai se surpreender.

um abraço

foto: andré Macedo

EXPEDIENTE Editora ChEfE: Samantha Schmitz samantha@quiosquedeideias.com.br (21) 7860-6572 / id.: 10*17487 GErEntE dE nEGóCioS: Gustavo almeida gustavo@quiosquedeideias.com.br (21) 7848-7742 / id.: 81*46427 GErEntE dE PubliCidadE: luciana antunes luciana@quiosquedeideias.com.br (21) 7540-4551 GErEntE dE ContaS: tiago Macedo tiago@quiosquedeideias.com.br (21)7735-4499 EStaGiária: Mayara Santos mayara@quiosquedeideias.com.br dESiGnEr, ProjEto GráfiCo E diaGraMação: tati Piqué tati@quiosquedeideias.com.br jornaliSta rESPonSávEl: Samantha Schmitz (Mtb SC 02110 – jP) jornaliSta Colaboradora: lia rangel liarangel@quiosquedeideias.com.br foto CaPa: usina da imagem rEPrESEntantE ES Guará Promoções rua Castelo branco, 2.126 olaria - vila velha / ES guara@guarapromo.com.br (27) 3064-1044 iMPrESSão: Walprint rua frei jaboatão, 295 - bonsucesso rio de janeiro - rj CEP.: 21041-115 tel.: (21) 2209-1717 walprint@walprint.com.br diStribuição: Karlog Qi Comunicação av das américas 7897 barra da tijuca - rio de janeiro tel. (21) 4141-3884 tiraGEM: 10.000 exemplares Parceria com:

4

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


SuMárIo

10

MarKETING KETING abradi-rJ J e a força do mercado digital

17

arTIGo Marketing Prom

ocional

18

caPa uMa uM EMPrEsa EsPIrITual com foco no ser humano, a arcelorMittal Tubarão é modelo para o mundo

36

MaKING oFF Taco

12

caPa arcElorMITTal Tubarão campanha revela a sensibilidade por trás da siderúrgica

28

ENTrEvIsTa Guilherme abreu, gerente de meio ambiente da arcelorMittal Tubarão

6

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


quEM INDIca adilson Xavier

caMPaNha Forum Ipanema

SuMárIo

44

38

42

arTIGo Natal

48

aGêNcIas Fullpack cresce e mostra suas várias faces

30

ENTrEvIsTa Fernando ronchi, gerente de medicina e saúde da arcelorMittal Tubarão

32

PErFIl chiquinho lucchini

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

7


NotaS

caNal oFF laNça caMPaNha PublIcITárIa Sonhe, Explore, descubra. Este é o mote da campanha publicitária do off, novo canal da Globosat que estreou em dezembro. desenvolvidas pela Mar design, as peças trazem imagens inspiradoras, que mostram detalhes que revelam os pilares do canal: ação, aventura, adrenalina e natureza. os anúncios estarão em mídias especializadas em modalidades do universo do off, mobiliários urbanos, cinemas, além de sites segmentados e mídia indoor e exterior nas praças do rj e SP. a campanha estará em publicações segmentadas como fluir, alma Surf, Surfar,100% Skate, Go out Side, aventura e ação, hardcore, Mergulho, Wake brasil, tribo Skate, além de sites como ricosurf, Camera Surfe, Windguru, Waves e disk Surf. nos jornais, os anúncios estarão no o Estado de S.Paulo, o Globo e folha de S.Paulo. revistas de comportamento/entretenimento como rolling Stone, billboard, trip/tpm e vizoo, além da veja e Época completam a lista de veículos impressos. na tv, chamadas de 30 segundos serão veiculadas nos canais Globosat (Multishow, Multishow hd, Globosat hd, Sportv, Gnt, viva e universal). no rio de janeiro, painéis, empena, mobiliários urbanos e bancas de jornal exibirão a imagem da campanha do off. já em São Paulo, haverá painéis na rota que leva ao litoral sul e norte e em alphaville, além de comerciais em cinemas da cidade e mídia indoor em edifícios comerciais, academias e shoppings.

8

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


NotaS

coluNIsTas rIo 2011 DIvulGa PrEMIaDos o Prêmio Colunistas rio 2011 anunciou a lista de vencedores desta edição. o prêmio, que completa o seu 30º aniversário no rio de janeiro, analisou cerca de 644 trabalhos de 48 agências do mercado carioca. no total, foram premiados 121 trabalhos de 20 agências de publicidade. destaques para a binder, que comemora 10 anos, escolhida a agência do ano; e a nbS, que levou 22 medalhas – 10 delas de ouro. álvaro rodrigues, presidente da agência3, foi escolhido Publicitário do ano e antonino brandão, da NBS, Profissional de Propaganda do Ano. O resultado completo pode ser conferido no site www. colunistas.com, somente os GPs serão conhecidos no dia do evento de premiação, ainda sem data e local definidos. aGÊnCia do ano: binder PubliCitário do ano: álvaro rodrigues ProfiSSional dE ProPaGanda do ano: antonino brandão anunCiantE do ano: Coca-Cola vEÍCulo iMPrESSo do ano: Extra vEÍCulo ElEtrÔniCo do ano: rádio Mix fM MElhor dESEMPEnho Criativo: nbS

INsTITuTo bElEza NaTural No EsPírITo saNTo Para inaugurar o 12º instituto, em Serra, no Espírito Santo, o beleza natural, rede especializada em cabelos crespos e ondulados, lança uma nova campanha publicitária em dezembro, que inclui comerciais de tv e spots de rádio na mídia local. no comercial, criado pela agência Percepttiva e produzido pela MZ3 Produções, a sócia-fundadora do beleza natural, Zica, apresenta o instituto. o plano de mídia inclui programas importantes da grade da Rede Gazeta (afiliada da TV Globo), como jornal nacional, Mais você e as telenovelas. nas rádios litoral, tropical e vitória serão mais de 500 inserções, que contarão com testemunhais de Zica e dos locutores, dicas de beleza e sorteios de brindes.

PublIcITárIos caPIXabas FEsTEJaM o colIbrI 2011 Com 25 anos de história, o Prêmio Colibri – agora festival Colibri -, elevou o seu status de grandeza e deixou de ser apenas uma celebração da publicidade e propaganda para se tornar um festival de comunicação. agora, com três dias – de 5 a 8 de dezembro - de conteúdo e entretenimento no triângulo das bermudas, o evento parou o Espírito Santo. a proposta foi envolver todos os interessados em criatividade, por meio de ações de entretenimento que são destaques em inovação, tecnologia e cultura. Mais informações no site www.festivalcolibri.com.br

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

9


MarKEtING | abradI

a Força Do MErcaDo DIGITal o mercado digital está em expansão e conquista uma fatia cada vez maior dos investimentos destinados à publicidade

s

e existe um mercado próspero e promissor, este é, sem dúvidas, o mercado digital, que está em contínuo crescimento e apresenta sinais de que este é apenas o começo.

Como consequência disso, surgiu a necessidade de uma entidade que unificasse as agências cariocas. Foi então que nasceu, no final de 2008, a Abradi (Associação Brasileira das Agências Digitais), uma entidade sem fins lucrativos, com a ideia de unir, fortalecer e movimentar o mercado digital, além de criar uma unidade de ideologia no brasil, onde os estados seriam representados por suas próprias siglas. “na verdade, o conceito da âncora, de ter uma abradi nacional, foi inevitável. a ideia brotou junto, assim a visão de união é muito maior”, afirma Gustavo Pereira, vice-presidente da Abradi-RJ.

JovENs DEsPrEParaDos atualmente, a internet é uma forte aliada das empresas, sejam elas grandes ou pequenas, e as redes sociais ocupam cada vez mais espaço e se consolidam como plataforma de comunicação entre marcas e consumidores. nesse processo, nota-se que os jovens, recémformados, mesmo estando completamente integrados ao mundo virtual, não sabem o suficiente sobre comportamento do consumidor e estratégias digitais, entre outros assuntos, que deveriam ser aprendidos em sala de aula. O que mais se vê, são profissionais sendo formados nas agências, no dia a dia, com os desafios dos jobs, e que estão crescendo por determinação e força de vontade própria. “talvez eu seja o maior apologista da dedicação em cima do mercado estudantil, porque é compreensível que o cliente não entenda de propaganda, mas a universidade não estar alinhada com a comunicação digital, em pleno 2011, eu acho uma preocupação muito grave”, alerta Pereira. recentemente, a abradi-rj, entrou em contato com algumas instituições de ensino para oferecer, gratuitamente, o serviço de consultoria. a intenção era alinhar à grade curricular disciplinas ligadas ao mercado digital, que são, hoje, fundamentais para qualquer profissional de comunicação, mas não obteve resultado. “As universidades não estão abertas, e o discurso que nós temos ouvido é que eles já sabem desenvolver seu capital tecnológico e que não precisam de opinião externa”, garante.

sobraM vaGas Por conta deste crescimento do setor e da falta de profissionais qualificados, muitas vagas estão disponíveis. há, inclusive, certa valorização dessa mão de obra, que está

10

sendo disputada por agências online, offline e empresas que têm seu próprio departamento de marketing digital. “Sobram empregos! nós percebemos que houve um êxodo de funcionários das agências pra dentro das empresas. Agora, o profissional que cuida de marketing digital já foi oficializado no mercado, então, muito dificilmente você tem um departamento de marketing em uma empresa que não tem alguém, ou mais de uma pessoa, específicas para web, que cuidam de disparo de e-mail marketing, mídias sociais e do Sac 2.0.”, afirma Gustavo. a falsa impressão de que não existem vagas vem de uma visão antiga, que ainda não pensava em estratégias para web. “Continuamos vendo pilhas de pessoas sonhando com vagas em agências antigas, tradicionais, offline, o que é muito legal, só que nós também vemos o mercado digital com um trilhão de vagas abertas. a gente convive com isso e é assustador!”, avalia.

clIMa DE DEscoNTração a abradi-rj também se mostra bastante preocupada em manter um bom relacionamento entre as agências associadas, por isso, sempre realiza alguns eventos. a cada dois meses, acontece um happy hour com o objetivo

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


MarKEtING | abradI de integrar melhor este mercado. “hoje, vemos nossos associados de uma forma completamente harmoniosa, posso dizer até surpreendente e colaborativa. Eles estão dando as mãos, para que haja concorrência, mas que seja profissional, e não um leilão de criatividade ou de quem cobra menos”, garante.

DE olho No MErcaDo INTErNacIoNal

Para o vice-presidente, conseguir este clima na abradi-rj é uma conquista. “É muito bom ver todo mundo batendo papo, descontraindo, trocando informação, porque isso não existia até então. Percebemos que em mercados de outros estados, isso não existe, e não está nem perto de acontecer”, comenta.

os grandes eventos que serão sediados no rio chamaram a atenção do mercado internacional para a Cidade Maravilhosa. Pensando nisso, a abradi-rj criou o “digital business in rio”, um site que será lançado nos Eua, Europa e américa latina, com a intenção explicar as vantagens de investir no rio e, assim, atrair investidores e clientes em potencial. “nós queremos que esse material ajude a influenciar a decisão desse empresário, e fazer com que ele queira vir pra cá, porque aqui é maduro e tem estrutura de mercado”, finaliza.

também está previsto para o início do ano o “Café.com”, outro evento onde os sócios das empresas associadas receberão palestrantes de áreas diferentes, mas com muita experiência para compartilhar. “Queremos um papo mais informal, que saia um pouco dessa coisa da propaganda e que conte com empresários mais sêniors”, garante Pereira. o calendário de eventos ainda conta com o f5, que propõe discussões bastante relevantes sobre assuntos ligados ao mercado de comunicação digital. a diretoria da abradi-rj está em londres para conseguir os direitos de um outro evento importante, que já acontece em new York e Paris. “Queremos ser referência e marcar o calendário nacional. É esse tipo de projeção, com ineditismo, que estamos tentando pra 2012”, adianta Gustavo.

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

11


CaPa | arCElor MIttal | tubarão

Evolução Por MEIo Da sENsIbIlIDaDE o que se esperar da campanha de uma produtora de aço? Muita sensibilidade e emoção. É assim que a empresa arcelorMittal Tubarão enxerga o seu trabalho, seus colaboradores e todos a seu redor

a

o som de ópera, uma grávida passeia pela floresta, dentro do Centro de Educação ambiental da empresa onde trabalha, observando cada detalhe daquele cenário exuberante. São dois milhões e meio de árvores ao redor! o verde, o som do vento, o ar puro e os pequenos habitantes do local abraçam aquela mulher, transmitindo uma energia muito especial: a vida. Energia essa que vivenciamos ao gerar uma criança. fascinada, a visitante percebe, em meio àquela natureza, uma lagarta no exato momento em que se transforma em uma belíssima borboleta. nesse momento mágico, ela se enche de alegria e percebe que aquela cena vem ao encontro daquilo em que vem vivendo – a evolução e transformação de um ser, a vida brotando, nascendo. Não parece, mas esse foi o roteiro de uma campanha de final de ano da produtora de aço arcelorMittal tubarão, sediada no Espírito Santo, e a atriz, a gerente de recursos humanos da empresa, Juliana Almeida. Com o slogan “Que toda mudança signifique evolução”, o filme, veiculado em 2005, pela capixaba MP Publicidade, emocionou e chamou a atenção por transbordar sensibilidade e por não mostrar simplesmente uma fábrica e seus funcionários de capacete – um clichê comum nesse segmento. “o Sidemberg (gerente de Comunicação, imagem, responsabilidade Social e relações institucionais) fez o roteiro pensando em fazer uma campanha que transmitisse um de nossos mais importantes valores: a sustentabilidade. Mas com sensibilidade e arte. Eu estava em um momento mágico da minha vida: grávida de meu primeiro filho! Segundo ele, a “iluminação” da minha gravidez remetia à evolução e à perenidade do conceito sustentabilidade, porque era uma vida gerando outra. daí a lagarta que vira borboleta”, explica juliana almeida. Segundo Sidemberg rodrigues, uma campanha deste tipo de segmento – siderurgia – é algo meio “duro”, que mostra apenas o chão de fábrica com os empregados de capacete. “Eu tive que ter a sensibilidade para saber o que eu queria como empresa: vender que nós somos bons ou levar um discurso para contribuir para que todos fiquem bem?”, explica rodrigues.

12

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


Para a gerente, a empresa transmite a capacidade de reinventar-se, como no caso do comercial. Economicamente, diante das crises. ambientalmente, porque se renova a cada dia e é uma referência mundial dentro do Grupo arcelorMittal nesse aspecto. Socialmente, porque faz corresponsabilidade institucional, isto é, não apoia

projetos sociais apenas. E também espiritualmente. “o mundo é dinâmico, volátil, mutante. temos de ser capazes de reorientar estratégias o tempo todo, evoluir continuamente... Daí a mensagem do filme - seja melhor que você mesma a cada dia: ouse e evolua!”. Enraizados entre si em um tecido social – cada ação se liga na outra para tornar a solução real e sustentável -, todas essas

foto: usina de imagem.

CaPa | arCElor MIttal | tubarão

a proposta da campanha podia até ser inovadora – uma produtora de aço passar sensibilidade e emoção sem parecer piegas -, mas as ideias de espiritualidade, transformação, mudança, evolução, diversidade, confiança, felicidade autêntica e, principalmente, foco no ser humano e visão holística não são uma novidade naquela empresa. Elas fazem parte do conceito de sustentabilidade, ou melhor, do dna da empresa. um conceito que está ligado por seis dimensões - ambiental, social, econômico, político, cultural e espiritual.

juliana almeida, grávida na época, serviu de inspiração para o roteiro da campanha, escrito por Sidemberg rodrigues.

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

13


CaPa | arCElor MIttal | tubarão dimensões guiam as ações da empresa, não de forma simbólica ou superficial, mas são os valores e a essência de todos, inclusive, seus colaboradores. É algo muito mais profundo do que simplesmente plantar algumas árvores ou apoiar onGs. Eles vão além, na raiz do problema, para ajudar a ser parte da solução de problemas como violência, trabalho infantil e evasão escolar. “nossa reputação é construída pela credibilidade que desfrutamos entre os que nos conhecem em essência. não falamos de sustentabilidade somente, fazemos no nosso dia a dia. Está em nosso dna evoluir natural e continuamente. E a mensagem era: ‘Que toda mudança signifique evolução’. Isto é, você deve mudar sempre para a melhor em todos os aspectos. Nada de ‘estamos felizes’; ‘veja nossos projetos sociais’; ‘viva a natureza e as pessoas’... essas coisas que em nada contribuem com o ser humano, apenas geram imagem relativa para a empresa”. E é justamente o foco no ser humano e a necessidade de evolução que rege todas as ações, pensamentos e, inclusive, as campanhas da arcelorMittal tubarão. Segundo a gerente de rh, a perspectiva de qualquer empresa é obter lucro e isto só se consegue

14

com a adesão das pessoas, porque sem elas nada feito! “É o ser humano que cria, que faz acontecer e que inova. Só o talento humano tem esse poder mágico. Costumamos dizer que temos de colocar o lucro em perspectiva, sem tirar o ser humano do foco. Mas só é produtiva a pessoa feliz e em paz, que se sente melhor a cada dia, isto é, que evolui e que percebe esta evolução em si mesmo!”, destaca. “Quando cuidamos do desenvolvimento do empregado e priorizamos a mão de obra local, valorizamos o talento que se desenvolve ao nosso redor. os

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


CaPa | arCElor MIttal | tubarão enxergamos não só como colaboradores, mas os vemos como extensões de suas casas e suas vidas. não fazemos por obrigação, mas por crença” E para conseguir essa harmonia e sucesso é mais do que necessário confiança – de ambas as partes. até porque a arcelorMittal tubarão é uma empresa grau de risco quatro, uma produtora de aço e se preocupa com o ser humano, por isso incluem-se entre seus valores a segurança e a saúde. “Entre nós gestores e empregados há um sentimento de confiança, admiração, amizade e respeito, que nos fazem crer na intenção altruísta do outro o tempo todo. A confiança é uma energia invisível na arcelorMittal tubarão, que liga tudo e todos sem que a percebamos, há um viés espiritual nisso, que tem a ver com a sustentabilidade como a compreendemos na empresa”, afirma Juliana. Apesar de ser de 2005, a campanha foi, e é, um grande exemplo da filosofia da ArcelorMittal Tubarão. A sensibilidade e emoção transmitidas no filme fizeram com que esta fosse a campanha de maior recall da companhia 87,66% em comparação

aos 45% das ações anteriores. “tive o feedback nas ruas sobre o quanto era emocionante assistir à propaganda de uma produtora de aço com tanta sensibilidade. Sabia que o filme iria tocar no coração das pessoas, mas foi além do que eu esperava. foi comovente. foi por esse comercial que vi como a publicidade pode ser maravilhosa, pois traduz uma empresa de forma verdadeira e com emoção. os empregados e a sociedade se viram ali, estavam “grávidos” junto comigo. Creio que isso seja mais importante: a identificação com a causa e com a beleza artística do filme”, finaliza.

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

15


Do E ToDo MuNING Faz MarKET. sErá? al ProMocIoN

uma pessoa que trabalha no cliente me disse, ao “pé do ouvido”, que uma agência de comunicação antiga deles - que agora estava fazendo todo “marketing” da empresa -, propôs uma realocação de verbas da área, argumentando que gastavam muito com execução e que eles iam “tabular” (essa foi a palavra) o marketing promocional deles!!! declinei da concorrência, óbvio, porém não sei o que as outras agências fizeram. Mas, se permaneceram, serão responsáveis por um budget de 50k no ano que vem.

artIGo | toNy CoElho

coisa por qualquer preço?

Mas, o mais fantástico foi o que aconteceu na minha casa certa vez. Minha auxiliar doméstica (Elisa) pertence a uma igreja, que resolveu fazer um evento para comemorar seus 10 anos de existência. aí, aproveitando o momento, convocou uma ConCorrÊnCia!! Sabendo que ela trabalhava na casa de dois profissionais do mercado, resolveram nos dar a honra de sermos convidados a participar do embate, por um budget de 15k.

q

uando alguma coisa vira “moda”, não é nada estranho que as pessoas sigam a tendência. Mesmo que essa “moda” não seja pra gente – por falta de competência, estilo, possibilidades, aptidão ou, às vezes, de corpo mesmo.

Pois então, o marketing promocional está na Moda. Eu até admito que estava ansioso pra ver a nossa “praia” nas “paradas de sucesso”, meio que de vingança mesmo, pra emergir do tal below e ficar in line. Mas, francamente, pensei que quando estivéssemos em evidência, as “lojas de grife” (os clientes) - na hora de escolher os “estilistas” (profissionais de marketing promocional) - percebessem que para planejar tais “desfiles” são precisos mais que fabricantes de camisetas piratas ou cortadores de tecido. Mas, infelizmente, não foi exatamente assim que aconteceu. Mesmo tendo virado remédio para os problemas de comunicação dos clientes, os similares e genéricos apareceram, quase que imediatamente, propugnando seus objetivos de cura para graves problemas - que vão da mediocridade de marcas aos desarranjos provocados pela falta de uma comunicação integrada. Pô, mas nem na anviSa (aMPro) eles estão registrados ou passaram. Pior, ao longo das crises e doenças, ofereciam remédios eficazes para apenas parte do problema, dizendo que atingiam a cura total. agora, suas fórmulas vão de questionáveis a causadoras de perigosos efeitos colaterais, quando não causam dependência ilusória. alguns usam fórmulas copiadas descaradamente de originais, com longos anos de pesquisa e resultados comprovados. Mas é assim mesmo, é natural, o que fazer? É o tal do mercado. na contramão - ou será em contrapartida? -, os preços dos originais despencaram. bom, em um mercado competitivo, isso até seria natural, mas o problema é que, como dissemos, remédios eficazes têm custos compatíveis com seus efeitos e resultados de cura. E, se os genéricos e similares não forem efetivamente testados, podem se tornar placebos perigosos, cujos resultados podem levar à morte ou mascarar a verdadeira doença de marcas, produtos e serviços. Mas chega de metáforas, porque meu texto de hoje decorre de dois fatos que vivi há pouco tempo. o primeiro com um cliente antigo, que me chamou para uma concorrência - da qual participaram mais três agências conhecidas - de um evento que, até ano passado, tinha como budget de cerca de 300k. Este ano, eles ofereciam a espetacular verba de 70k para fazer tudo o que foi feito nos anos anteriores. Pura mágica! Queria que alguém me explicasse o que leva os clientes, hoje, a brincarem com suas marcas e valores? Juniorização do marketing ou agências desqualificadas que fazem qualquer

resolvemos declinar da proposta, porém demos alguns toques nela. Explicamos como fazer um check list e os cuidados que deveria ter com o evento, desenvolvemos o tema conceitual e uma logo. bom. o tempo passou e ela, um dia desses, chegou radiante em casa. Ela havia vencido a concorrência. Em um misto de satisfação e preocupação a parabenizamos. Satisfação porque, de certa forma, também vencemos; preocupação porque já imaginávamos os pedidos de ajuda que poderiam vir. Meio que tirando o corpo fora falei: - boa Elisa. Pena que a gente não vai poder te ajudar por conta dos tais trabalhos que temos. - ao que ela respondeu para nossa mais absoluta surpresa. - Precisa não. resolvi montar uma agência num quarto vazio no fundo lá de casa com a Creuza (amiga dela da igreja). já temos dois jobs novos. – falou com autoridade de “profissional de comunicação”. Quase que eu perguntei se um deles era do meu cliente que está “tabulando” o seu marketing, mas deixei pra lá, porque, aproveitando a moda, tá todo mundo fazendo marketing promocional mesmo, né??? Tony Coelho Diretor da Agência Conceito Rio e da AMPRO-RJ (Associação de Marketing Promocional)

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

17


CaPa | arCElorMIttal | tubarão

uMa EMPrEsa EsPIrITual sim, é possível ser sensível, eficiente, sustentável, lucrativa e espiritual. até mesmo para uma produtora de aço. Foi focada em valores como esses que a arcelorMittal Tubarão se destacou como referência mundial. a forma de conceber a sustentabilidade ganha adornos muito mais complexos e filosóficos, mas no fim é o catalisador de melhorias inestimáveis à sociedade

E

m mundo ainda tão egoísta, onde as pessoas tendem a pensar em si mesmas, e as empresas somente no lucro a curto prazo, é fascinante ver que a evolução e a inovação, oriundas de ações inspiradoras, brotam como uma fagulha de esperança de um amanhã melhor. Essas pessoas e empresas – ainda poucas, diga-se de passagem –, que se destacam em meio à escuridão, levam consigo valores que não são estranhos à maioria, mas difíceis de serem vistos colocados em prática hoje em dia. o que eles têm em comum? uma espiritualidade aguçada, que dá equilíbrio à vida e move em direção à atitudes que podem mudar o mundo um dia, mas que, no momento, já fazem grande diferença para alguns poucos que as têm vivenciado. antes de mais nada, vamos deixar claro uma coisa. Para ser “espiritual” não é necessário estar ligado a nenhuma religião específica. É mais um estado de espírito,

um sentimento, onde a prática de boas ações, de ajuda ao próximo, à natureza e à comunidade vai além da nossa “zona de conforto”. É a evolução do modelo de negócio e a atuação profunda em questões socioambientais – muito além do que se ouve falar das empresas “socialmente responsáveis” –, que fazem com que esse pequeno grupo seja um expoente fundamental e diferenciador na busca por melhores qualidades de vida, uma sociedade mais justa e equalizada. ou seja, para que a espiritualidade se torne algo real deve sair do papel e do campo das ideias e se fazer vida. É essa mensagem que a arcelorMittal tubarão tem passado ao longo dos anos para os seus colaboradores, acionistas, mídia e para o público em geral. Sediada no Espírito Santo, a siderúrgica presente em 65 países é considerada um bechmark – no grupo e no mundo - tanto na produção de aço, quanto nas práticas adotadas de sustentabilidade e corresponsabilidade institucional. Seu modelo de atuação nesta área, inclusive, já está sendo exportada para outros países, como México, luxemburgo e Cazaquistão, entre outros 30 países, através da fundação Mundial arcelorMittal – que compartilha melhores práticas sociais entre pontos de presença do Grupo no mundo. um resultado inevitável pode-se ver na inspiração das pessoas. de acordo com Sidemberg rodrigues, gerente de Comunicação, imagem, responsabilidade Social e relações institucionais da companhia, a dimensão espiritual é uma alternativa telescópica, que renova suas convicções e as encoraja a traçar metas

18

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


CaPa | arCElorMIttal | tubarão

Sidemberg rodrigues dá palestras pelo brasil e no mundo sobre o conceito de sustentabilidade em seis dimensões.

foto: usina de imagem.

grandiosas em suas vidas. “o entusiasmo e a esperança, que decorrem de uma base de confiança e suavidade nas relações, são retratados na vontade altruísta da cooperação. a rede formada se auto-energiza e a produtividade individual torna-se conseqüência da segurança e da satisfação coletivas, oferecidas pela harmonia do conjunto. Esta é a essência dos benefícios da espiritualidade na vida, na gestão e nas empresas em geral”. Mas como propagar a espiritualidade no segmento corporativo? Segundo rodrigues, é preciso aumentar a sensibilidade das pessoas para que elas se tratem com maior respeito, delicadeza, confiança. “Isso reflete em uma satisfação individual, o que leva produtividade coletiva”. rodrigues revela que o ponto de partida para fazer valer esses valores na prática é o foco no ser humano. “Para nós, o lucro está em perspectiva, mas a preocupação em como chegamos lá é muito maior. E, para isso, as pessoas vêm em primeiro lugar”, afirma. Segundo ele, se as empresas estiverem presas a um valor fundamental que é o ser humano, elas não perdem o rumo da sustentabilidade. “Mas basta uma crise para a primeira atitude tomada ser a demissão. Enquanto o ser humano for visto apenas como custo fixo nas empresas e não como seu principal ativo, estará fora qualquer possibilidade de sustentabilidade, já que ele é o fator diferencial de existência e evolução de qualquer tipo de organização”. “o que acontece muito nas empresas é que o econômico, o social e o ambiental param ali; ninguém entende que dentro disso tem toda uma questão humana, que é transversal. inspirar as pessoas ao autoconhecimento é o melhor caminho para a espiritualidade, que nada tem a ver com religião. É o holismo, a visão do todo. E o que é comum para todo mundo, espiritualmente falando? a compaixão. isso até um ateu pode ter. Então, espiritualidade é a sua capacidade de ver esse todo e mergulhar em você para resgatar a raiz emocional da responsabilidade, que é a compaixão.”, explica. Para o gerente, espiritualidade e compaixão são coisas complicadas de se implementar empresarialmente porque não podem ser metas que venham do alto comando para serem desdobradas. É um caminho peculiar de cada pessoa. “o que podemos fazer é inspirá-las a pensarem nisso e mostrar que é importante. a palavra de ordem da espiritualidade é sensibilidade e visão holística. É ser sensível no local e holístico no global. Como você afeta a totalidade e como por ela você é afetado”, diz. Uma ação que exemplifica bem isso é a Gincana Solidária, promovida pela empresa no Dia Mundial do Voluntariado. O objetivo era beneficiar crianças e adultos atendidos por instituições que promovem a educação através da leitura, além da criação de uma biblioteca na unidade Prisional de tucum (ES). o departamento que conseguisse arrecadar mais livros novos ganharia 40 ingressos para o show do rPM e Exaltasamba. Essa iniciativa incentivou a participação e integração entre os empregados, estagiários e contratados, ou seja, estimulando práticas de sensibilidade humana. isso mostra que, não só os gerentes e diretores, mas também os colaboradores aprendem a enxergar muito além do seu próprio umbigo. Eles se preocupam com a comunidade no

seu entorno e com o próximo. Então, se um funcionário tem algum parente com problema de saúde, o gerente de Medicina do trabalho (fernando ronchi) procura a melhor solução para ajudá-los naquele momento. Ele sai do seu escritório é vai até a casa das pessoas para saber das suas reais necessidades. “isso é solidariedade, sustentabilidade. É olhar e ver além. o dr. fernando é a pessoa mais indicada para esse cargo, porque sendo essencialmente um homem solidário e compassivo, além da competência técnica, trata melhor o ser humano que precisa de atenção médica. E isso é tudo que esperamos de um médico”, destaca Sidemberg. rodrigues complementa, dizendo que Guilherme abreu, gerente de Meio ambiente, também é um diferencial na gestão desta área pela forma afetiva com que ele falava do filho Caio. “Um pai “afetivo”, que cuida de seu filho e o considera a coisa mais importante em sua vida, é uma pessoa indicada para lidar com o controle ambiental, porque “cuidará” bem da natureza e do respeito ao meio ambiente em geral, até porque seu filho está lá fora”, conta. já a juliana almeida, gerente de recursos humanos, - segundo Sidemberg - é uma gerente sensível e que emprestou seu momento mágico à empresa (gravidez) porque tem um senso de pertencimento pela arcelorMittal tubarão. E essa sensibilidade de atuar num comercial como aquele, pode ser transferida para o trato com as questões de rh (eminentemente humanas, que requerem sensibilidade, afetividade, compaixão, etc). “Ela ainda é psicóloga e entende bem de psiquismo, de autoconhecimento e de tudo o que influencia as pessoas, para que estas se realizem como profissionais”, afirma.

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

19


CaPa | arCElorMIttal | tubarão

susTENTávEl Na EssêNcIa E é por isso que a espiritualidade – e não o meio ambiente - é a principal dimensão da sustentabilidade. achou estranho? Para muitas empresas, a sustentabilidade está baseada em “três pilares” – o econômico, social e ambiental, o famoso tripple botton line. Essa tese já ficou pra trás há muito tempo, desde 2004. Hoje, ela é vista e trabalhada em seis dimensões...ambiental, social, econômica, política, cultural e espiritual. “os pilares sustentam, mas as dimensões elevam e interligam. Uma influencia a outra. Elas precisam estar sempre interagindo entre si para que o resultado seja real e satisfatório. É imprescindível participar do tecido social onde estamos inseridos. não adianta eu gerir uma empresa, sem me preocupar que ao redor dela existe um alto índice de violência, faltam hospitais, escolas, mão-deobra qualificada e contam com uma péssima infraestrutura de deslocamento e logística. o dinheiro tem que ser bem gerido para proporcionar o mínimo necessário: saneamento básico, educação, saúde. À medida que você começa a avançar na satisfação dessas necessidades básicas, percebe que as pessoas não vivem só disso”, afirma Rodrigues. Parece simples, mas são, justamente, os grandes desafios nos dias de hoje e nos próximos: ser sustentável e com isso permitir a sustentabilidade das próximas gerações. E jamais esquecer que o aqui e agora também devem ser incluídos, quando se pensa em qualidade de vida e felicidade. “o que tem acontecido é que a maioria das empresas reduz a sustentabilidade apenas a campanhas publicitárias tomadas pelo ufanismo, que insistem na gagueira de outdoors, encartes e filmes. Isso torna a palavra sustentável chata e desacreditada. Onde o ser humano só é feliz na foto, de capacete e com aquele sorriso padrão”, critica. na arcelorMittal tubarão, a sustentabilidade não é apenas uma palavra, é um valor comum a todos. na verdade, esse é um dos valores da empresa – junto com a qualidade e liderança -, e está consolidado e lapidado por anos de evolução contínua em âmbito processual, tecnológico, sistêmico e, sobretudo, humano na organização. de acordo com Sidemberg rodrigues, a empresa vive a sustentabilidade, sendo o ser humano foco e prioridade na filosofia adotada. Daí os temas de saúde e segurança estarem na cabeça das pautas internas.

a iniciativa utilizou jovens em situação de risco, capacitando-os na arte do restauro. Portanto, houve inclusão social, incentivo ao turismo e à economia local. a cidade reacendeu economicamente a partir dessa ação. os jovens que restauraram os casarões de vitória (capital), hoje são guias turísticos de um projeto da Prefeitura, chamado “visitar”. E não para por aí. “a cultura então impacta econômica e socialmente a vida dos jovens, que melhor situam-se ambientalmente, porque restauraram a espacialidade urbana onde vivem, compreendendo melhor seu “habitat””, destaca. a empresa também tem um ônibus especialmente estampado, que circula internamente, com obras de arte de empregados e familiares. Chamado de “talentos da Companhia”, o projeto chega a ter mais de duas mil visitas a cada edição. Externamente, a iniciativa foi a valorização de talentos capixabas, como o violonista Maurício de oliveira, a jazzista Ester Mazzi e a cantora lírica natércia lopes. todos tiveram suas

Para se ter uma ideia, a empresa é zero tabaco, onde cigarro não tem direito a crachá nem de visitante! Ela também é a primeira produtora de aço listada na onu para a comercialização de créditos de carbono, porque transforma gases industriais em 500 MW de autossuficiência energética. Recircula 97,6% da água doce que consome e dá destinação sustentável a 99% de seus resíduos – onde entra a escória, que já pavimentou cerca de 300 km de estradas vicinais e rurais no Espírito Santo.

Estação de Tratamento de Água. Autossuficiencia Energetica - Central Termeletrica. Coprodutos usados na pavimentacao de vias.

o segredo está na visão holística, que tem a espiritualidade como moldura, além das demais dimensões adicionadas à econômica, social e ambiental. Mas como as dimensões cultural, política e espiritual são tomadas em termos práticos? na cultural, a empresa se preocupa em não só levar a cultura para a comunidade e empregados, mas fazer com que eles participem dela, façam parte do elo de transformação. Muitas vezes, os investimentos nesta área tomam dimensões mais amplas, afetando a sociedade, a economia e turismo do local. um grande exemplo foi a restauração do patrimônio arquitetônico no Espírito Santo, que chegou ao sul do Estado, na cidade de Muqui, no Espírito Santo.

Show de 40 anos de carreira da cantora lírica natércia lopes. “Só uma empresa sensível é capaz de falar a linguagem da natureza: sustentabilidade”, natércia lopes.

restauração do teatro Municipal de vitória e dos casarões de Muqui / ES.

20

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


talentos da Companhia.

E, finalmente, a política tem a ver com relações – e isto influencia o social e econômico. Entre a empresa e as onGs. das academias com as demais comunidades. do Governo com as lideranças. de escolas com órgãos públicos. “de um para muitos e de todos com todos. falo da rede Social. Energizá-la e ajudar a compreender-se como um pensar coletivo está na dimensão política da sustentabilidade. também falamos aqui de articulação, de buscar compreender a necessidade de todas as esferas, pensando com a mente delas, para propor-lhes apoios que realmente agreguem valor à sociedade”, destaca.

rEsPoNsabIlIDaDE MúTua DE uMa socIEDaDE MElhor Esta última dimensão (a política), inclusive, é o embrião da chamada Correponsabilidade institucional. Esta é uma tendência nova e arrojada de atuação externa que faz toda diferença na ação empresarial. uma vez tendo contribuído com as onGs por meio da implementação de um balanced ScoreCard - metodologia de medição e gestão de desempenho - para o terceiro Setor, a empresa partiu para a chamada ionização do tecido Social em que está inserida, através da participação em edições de estatutos, cartilhas, relatórios e congêneres que dessem amparo legal às atuações públicas, assim como a instrumentalização e contribuição no aprimoramento da gestão dos demais elos da rede. os resultados estão além do previsto. há escolas com evasão escolar e índice de violência escolar caindo para zero e performance de aprendizado beirando os 98%.

CaPa | arCElorMIttal | tubarão

vozes eternizadas em Cds e shows especiais para que os capixabas conhecessem suas referências culturais. “a arte sensibiliza, além disso, as raízes antropológicas não podem ser perdidas, para que as pessoas conheçam seu passado e se posicionem melhor no presente, projetando-se com segurança no futuro. Eis a importância da dimensão cultural”, ressalta Sidemberg.

as caTEGorIas quE abraNGEM Essas açõEs são:

} }

DEMaNDa (atender solicitações de apoios sociais); ParcErIa (estabelecer alianças estratégicas financiáveis com onGs, Mídia, órgãos públicos e associações);

INTErEssE Do NEGócIo Foco No DIscurso (alianças com interesse de se buscar boa imagem)

IoNIzação (cobrar resultados de esferas públicas com método e tecnologia); corrEsPoNsabIlIDaDE (pensar com a mente das esferas para propor soluções reais).

INTErEssE No TEcIDo Foco Na ação (Sócio-trasformação que demostra o senso de finalidade empresa)

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

21


CaPa | arCElorMIttal | tubarão

a diferença vem no seguinte aspecto: a arcelorMittal tubarão não quer simplesmente apoiar algumas onGs, ela quer fazer parte do processo de melhoria da qualidade de vida das pessoas. a empresa vai até as instituições e órgãos públicos para questionar o que precisa ser feito para melhorar determinado problema e, em seguida, cobra para que as soluções sejam tomadas. “não é dar dinheiro, mas sim ir a campo defender aquela questão. abraçar as causas e as pessoas”. de acordo com rodrigues, se considerar corresponsável é ter um sentido de existir como empresa. “nós todos somos afetados pelos problemas da sociedade. Por isso, a empresa pode usar todo o seu know how e poder econômico para se colocar no lugar do órgão e propor uma solução efetiva que tenha a ver com o tecido social e não com a sua própria imagem”, explica. Esses investimentos contínuos, aliados a uma estreita atuação junto às comunidades onde está presente, permitem disseminar o conceito de sustentabilidade entre seus públicos estratégicos. o objetivo é criar redes de relacionamento, potencializando os resultados das ações econômicas, sociais, culturais, políticas e ambientais, buscando a utopia de ter todos os elos funcionando a contento. inclusive ela própria – a empresa. Mas reunir, em uma mesma rede, instâncias tão diferentes quanto sociedade, governos e empresas é um desafio e tanto. Por isso, Sidemberg Rodrigues afirma que é preciso provar, pelo uso de meios metodológicos e tecnológicos, que as coisas funcionam melhor em conjunto. o gerente mostra, com fatos e dados, para aonde o mundo está caminhando e em que isso vai culminar – ou já está culminando, com o impasse atual do capitalismo. Qual a empresa pode operar em um mundo inóspito, onde os índices de violência, miséria e epidemias são altíssimos? “temos que passar a construir mais pontes do que muros. a empresa precisa se descobrir como um organismo vivo, um ente social por excelência. Ela tem que perceber: se funciona melhor num tecido social sadio, por que é que não participa do desenvolvimento dele com ações de comprometimento social, em lugar de responsabilidade social? não adianta dar dinheiro para uma onG sem saber se aquilo está tendo resultados efetivos, se ele está chegando ao fim a que se destina. a grande verdade da maioria das empresas é que poucos estão dispostos a atuar com corresponsabilidade institucional, porque dá trabalho, porque

22

tem que investir tempo, dinheiro, gente, metodologia, tecnologia. Mas os ganhos são incomparáveis, imensuráveis, também para o negócio”, reforça. Para alcançar esse objetivo, a empresa contou com o apoio de seus colaboradores, gerentes e aposentados, que atuaram como multiplicadores dos valores desenvolvidos internamente, levando os conceitos da sustentabilidade para toda a sociedade, onGs e esferas públicas. além de participar de cursos e treinamentos, os interessados têm a possibilidade de obter certificação profissional específica no âmbito de programas de qualificação de instituições credenciadas. Em uma espécie de desenvolvimento espiralar – onde cada ação, pessoa, dimensão está ligada uma à outra -, a companhia deu amparo legal às esferas responsáveis por pensar junto com elas e entender suas necessidades, de forma inovadora, e apoiou a realização de diversas ações, como a reedição do: - Estatuto da Criança e do adolescente, junto com o Ministério Público Estadual do ES;

- Estatuto do idoso, que nasceu de uma aliança com a defesa Comunitária e com o Centro de apoio aos direitos humanos do Ministério Público do ES;

- Estatuto da Pessoa com Deficiência, compilado pelo Ministério Público do

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


- Metodologia do Modelo Pedagógico Contextualizado (MPC), que resgata 49 em cada 50 adolescentes internados em centros sócioeducativos, por terem entrado em conflito com a Lei.

a atenção do coordenador de Educação da unESCo, Paolo fontani, que esteve no Espírito Santo em novembro para o fechamento do ano escolar do município de Serra;

CaPa | arCElorMIttal | tubarão

trabalho da 17ª. região do ES;

apoio à difusão e implementação de tendências modernas da criminologia e da vitimologia, nascidas compreensão das ideias inovadoras do Poder judiciário do ES, em sua nova gestão, que vem transcendendo sua esfera de atuação. Entre essas tendências, incluem-se: - Estatuto do Egresso do Sistema Prisional – em edição pela Secretaria de justiça do ES. - a justiça restaurativa – que trata pequenas causas e conflitos sem prender ou fazer uso da violência – lançando mão de abordagens mais integrativas que punitivas;

as onGs, por exemplo, passaram por uma reestruturação, a partir de 2004, com ajuda da arcelorMittal tubarão por meio de cursos, palestras e aprimoramento nas áreas de: - infraestrutura – acessibilidade, segurança, saúde, alvará de funcionamento, comunicação, instrumentação, ergonomia; - Gerenciamento – performance legal, trabalhista, fiscal, contábil, financeira, logística, comercial, administrativa (prestação de contas), auto-sustentação, replicação e monitoramento voluntário; - impacto social – indicadores, metas, resultado, nexo causal, abrangência, eficiência, eficácia, inovação e metodologia. a empresa contribui com os governos municipal e estadual do ES, através da edição de documentos e metodologias como: - Material didático para a Educação em valores humanos, implantada pela Prefeitura do Município de Serra/ES, através da qual a evasão escolar e a violência nas escolas do Programa caíram para zero, mantendo-se em torno de 98% a performance escolar dos alunos, projeto replicado no México pela fundação arcelorMittal Mundial. Este projeto chamou

- a justiça terapêutica – quando o infrator é também dependente químico, devendose aliar esforços das esferas de justiça, saúde e segurança para eficácia na ação; - Políticas de Pacificação – em parcerias com Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) de outros estados para tratar o epicentro do tráfico de drogas, que nasce de uma aliança com o Programa Estado Presente do Governo do ES, que vem fazendo a diferença na transformação do Estado. tudo isso, tem alcançado um valor inestimável tanto para a sociedade, de um modo geral, quanto para a própria empresa. É uma forma inteligente de, não só obter lucro e sustentabilidade no negócio, mas também contribuir para um futuro melhor, onde você mesmo está inserido. Pra quê esperar que os outros façam? Essas iniciativas deveriam servir de modelo para empresas e governantes não só do brasil, como do resto do mundo. a receita é muito simples, basta boa vontade. Afinal: “A grande solução para os impasses do século XXi não virá da economia, nem da tecnologia. virá da inovação. Para isso, precisa-se de criatividade, ser diferente. E esta, só é possível ao ser humano feliz: que se relaciona bem consigo, com o outro e com o ambiente em que vive. Só assim seremos capazes de transformar o amanhã”, finaliza Sidemberg rodrigues.

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

23


CaPa | arCElorMIttal | tubarão

coNcEITo EXPorTaDo Para o brasIl E o MuNDo o conceito de espiritualidade e sustentabilidade tem se destacado tanto na arcelorMittal tubarão que Sidemberg rodrigues recebe constantemente convites para palestras e seminários dentro e fora do país, nas quais propõe a espiritualidade como a melhor alternativa para equacionar sustentavelmente a problemática social mundial. o mais interessante é que o convite parte de segmentos ou sobre determinados assuntos que não fazem parte da expertise de rodrigues, como logística, finanças, recursos humanos e Psicologia, por exemplo. Mas, o sucesso vem justamente pelo interlocutor ser alguém fora daquele campo de atuação, que traz novas idéias que regem o modelo de gestão da arcelorMittal tubarão e que transmite a sustentabilidade com adornos filosóficos e existenciais, onde o ser humano está em primeiro lugar e o senso de finalidade na macroperspectiva de sua trajetória de vida. a fascinação e o interesse ininterrupto do público se tornam uma fagulha de esperança de que o conceito e as práticas sejam cada vez mais utilizadas e perpetuadas, para que, finalmente, o trabalhador seja mais valorizado e a sociedade equalizada em seu conjunto.

26

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


ambiental – não faz apenas campanhas de conscientização, para diminuição do papel ou economia de água. tampouco nos limitamos a comunicar nossos índices do controle ambiental que fazemos e que nos fazem benchmark no Grupo arcelorMittal. também entendemos meio ambiente como a espacialidade que se ocupa, a noção territorial e sociológica, que requer saneamento básico, segurança e saúde em todos os aspectos. isto é, nosso olhar começa dentro da empresa e não tem fronteiras. até porque somos um Grupo global;

CaPa | arCElorMIttal | tubarão

susTENTabIlIDaDE Por sIDEMbErG roDrIGuEs

Social – o componente humano, essencial para qualquer estratégia ou intenção que se proponha sustentável. o psiquismo individual que faz de uma pessoa mais ou menos feliz, no que nos caracteriza como pessoas. igualmente, o coletivo, dentro e fora da empresa, que é um “corpo social”, com vida e interesses próprios, de acordo com os objetivos de cada grupo. Esta dimensão culmina com a humanidade; Econômica – a evolução do suporte metodológico, tecnológico, financeiro, processual e sistêmico, que estrutura-se como o substrato da manutenção de qualquer forma de sociedade, para que as pessoas – físicas e jurídicas - tenham meios de se sustentar em todos os aspectos de suas vidas. Política – São as relações que determinam as representações em associações, onGs, esfera pública, educacional, empresarial. São as capilaridades das interfaces, que amplificam e tipificam as conexões dos elos da rede em um tecido social; Cultural – Conjunto de tradições, crenças e referências de um povo. Sua expressão situacional como microconjunto na totalidade, com limites definidos que não podem ser invadidos e destruídos para que não se perca a identidade e razão de ser. a manutenção referencial determina a perenidade de uma cultura, seja ela étnica, artística, religiosa ou de qualquer outra natureza. Espiritual - Sensibilidade e lucidez para dominar a vaidade individual e entender-se como parte de uma totalidade, a qual você afeta com seus atos e que por ela pode ser afetado. Capacidade de passar por momentos de desafios como crises econômicas, sem perder de vista os valores que sustentam a essência do que te move, como pessoa e como coletivo (empresa, comunidade, humanidade). inspiração que nos faz dispostos a resgatar as raízes emocionais de nossa responsabilidade, que é a compaixão, e trazê-la para rotina do trabalho.

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

27


CaPa | arCElor MIttal |tubarão

GuIlhErME abrEu, GErENTE DE MEIo aMbIENTE Da arcElorMITTal Tubarão foto: usina de imagem.

como é feito o seu trabalho na Gerência de Meio ambiente?

Meu trabalho é de certa forma eclético. norteado pelos itens da iSo 14001, ele vai desde a conversa com os operadores no chão de fábrica sobre a melhor forma de executar uma determinada atividade até a discussão acirrada em reuniões periódicas com CEo e diretores sobre os planos de meio ambiente de sucesso, fracasso e futuros. o desempenho ambiental da empresa é medido através de indicadores estratégicos que cobrem não só as grandes temáticas de controle atmosférico, hídrico, resíduos; mas também educação ambiental, mudança do clima e auditorias. Cabe aqui mencionar a grande interface que a nossa área possui com instituições externas a empresa, tais como órgãos ambientais, jurídicos, ONGs, instituições científicas e entidades de classe. o principal foco da empresa é o ser humano. como vocês associam isso ao trabalho realizado na área ambiental? Sem o ser humano, nada é possível. o trabalho de um bom gerente pode ser resumido a uma boa gestão de seus recursos humanos, pois se a equipe está feliz com o trabalho, grande parte da atuação do gerente é bem realizada. acima de tudo, trabalhar em prol do meio ambiente de uma empresa, na minha opinião, está fundamentado no fato de que antes de ser empresa temos uma família lá fora que nos inspira e nos insere como parte integrante da comunidade. Quando faço algo aqui que irá contribuir para uma melhoria global, a minha família é que vem em primeiro lugar no meu pensamento, pois contribuo como um resultado direto de minhas ações na melhoria de vida deles, e assim para toda a comunidade. na área ambiental, há mais um aspecto importante que se refere à sensibilidade daqueles que atuam devam ter, não só pelo entendimento da necessidade de cumprimento das metas acordados e aos limites rígidos estabelecidos

28

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

pelas legislações, mas também pelo senso de pertencimento a algo maior, pela compreensão de que a razão da existência de nosso trabalho é recompensada além do imediatismo do dia a dia, mas também por uma visão de longo prazo, que na nossa concepção é a sustentabilidade. como propagar a sustentabilidade no segmento corporativo? de duas maneiras, uma botton up através das ações individuais de cada segmento. uma corporação, por maior que seja, é formada por pequenas partes, diferentes sites, que acabam por si só dando o exemplo com bons resultados através das ações de sustentabilidade. a segunda, top down, que passa pelo entendimento da corporação de que se não houver a sustentabilidade inserida no seio da mesma, ela terá vida curta. quais os principais projetos desta área? hoje, estão voltados principalmente para a melhoria contínua do desempenho ambiental de uma maneira geral, e ao atendimento dos anseios das partes interessadas. Existem vários desafios tendo em vista que somos uma empresa que já vai fazer 30 anos de operação, ou seja, a necessidade de investimentos cada vez mais aumenta. destaco três grandes pontos, que


CaPa | arCElor MIttal | tubarão

considero diferencial da nossa empresa. o primeiro é a existência de um cinturão verde exuberante, com cerca de 2,6 milhões de árvores plantadas em uma área de aproximadamente 7 km2 (o total da área da usina é de 13km2). Esse cinturão, além do embelezamento natural, contribui para a redução de ruídos, recomposição de fauna e flora, resgate de CO2 e, acima de tudo, contribui para a redução da ação dos ventos no arraste de partículas das pilhas de matérias-primas, chegando a eficiências de controle da ordem de 80%. O segundo destaque refere-se à gestão de resíduos, onde são reaproveitados mais de 99% do total gerado, com projetos bem sustentáveis, pois envolvem aplicações em pavimentações de vias na região, contribuído para a melhoria da qualidade de vida das comunidades carentes. E o terceiro está relacionado às ações de redução de gases efeito estufa, em cujo processo somos pioneiros, pois desenvolvemos e aprovamos na onu o primeiro projeto de Mdl da siderurgia mundial, onde uma redução de 450mil ton Co2 foi obtida através da melhoria da eficiência energética de nossos processos. o que a espiritualidade tem a ver com sustentabilidade? É o elo entre as demais dimensões da sustentabilidade. no sentido amplo da palavra, e não no aspecto religioso como ao que primeiro parece, a espiritualidade pode ser considerada como o respeito mútuo que deve haver entre as demais dimensões. Se evoluirmos o pensamento a respeito da sustentabilidade chegase a conclusão que a mesma existe somente na sua totalidade, ou seja, não existe aquilo que há pouco tempo definíamos como a sustentabilidade ambiental, sustentabilidade social, etc., ou seja fragmentada. interessante ver que isto não dá opção de uma organização atingir parcialmente o todo. vocês se envolvem muito além dos muros da empresa. como isso acontece? de fato nós temos a obrigação de tratar todas as partes interessadas afetadas pelo nosso negócio. E isso extrapola muito os limites físicos da empresa. Particularmente, estamos inseridos em uma grande cidade, com apelo turístico muito forte, em uma zona industrial rodeado de vizinhos, não só pessoas jurídicas, mas uma comunidade relativamente carente. além disto, somos considerados liderança empresarial no Estado e no País, veja então que não há como deixar de atendermos à diversidade de partes interessadas. além disso, temos que dar o exemplo da liderança, que penso ser uma obrigação nossa. na área ambiental, nosso contato externo é bastante focado em associações de moradores, órgãos ambientais e entidades de classe. como você se sente fazendo parte disso? Uma mistura de receio e prazer, difícil de definir. Sei o tamanho de minha responsabilidade, o que me leva á uma cobrança pessoal diária se estou no caminho certo, se não poderia ter feito melhor, se não dei a atenção devida à minha equipe ou alguma parte interessada; o desafio das novas questões que surgem renova a energia que preciso. a cultura da sustentabilidade foi desenvolvida e implantada em nossa empresa há um bom tempo, e cabe a nós mantê-la e perpetuar o negócio de forma que seja bom para todos envolvidos no processo.

Por que é tão difícil as empresas (e pessoas) entenderem a espiritualidade e sustentabilidade? Não seria mais fácil, produtivo e rentável para todos? Por que existe uma tendência natural de associar o termo “espiritualidade” ao aspecto religioso e não no sentido amplo da palavra que é a visão do todo, e daí pode despertar paixões de todas as formas. normalmente, o empresário não enxerga facilmente questões subjetivas como a espiritualidade nas organizações, pelo simples fato de que, geralmente, isto não é ensinado de maneira acadêmica, ou seja, não faz parte da sua formação básica. Em relação especificamente a sustentabilidade, pelos mesmos motivos acima, minha impressão é de que a abordagem inicial na vida do profissional é sistematicamente no sentido de onde estará o lucro, ou seja, há a confusão de ideias atrelando a sustentabilidade como algo viável, se e somente se, estiver ligada à geração de lucro para a organização, enquanto que a realidade mostra que, muito mais do que isso, a sustentabilidade está relacionada com a própria razão da existência da organização.

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

29


CaPa | arCElor MIttal | tubarão

FErNaNDo roNchI, GErENTE DE MEDIcINa E saúDE Da arcElorMITTal Tubarão como é feito o seu trabalho na Gerência de Medicina e saúde? o meu trabalho é focado na gestão da saúde de todos os empregados, seus familiares, terceiros e com reflexos positivos na saúde da comunidade em que estamos inseridos. busco na minha gestão ser pró-ativo (com visão de longo prazo e holística). utilizo as mais modernas ferramentas de gestão, estimulando continuamente o crescimento de minha equipe, valorizando as pessoas e dando suporte e solidariedade aos que necessitam de apoio. a busca contínua do autogerenciamento da saúde de nossos colaboradores tem sido um pilar de sustentação de promoção de bem-estar e de prevenção de doenças em nossa empresa. quais os principais programas desta área? desenvolvemos uma série de programas voltados para a prevenção de doenças relacionadas à exposição a riscos ambientais, pessoais decorrentes do estilo de vida inadequado, saúde mental e social. dentre os programas de prevenção à exposição a riscos ambientais e ocupacionais, destacamos o de ergonomia, que tem por objetivo proporcionar um maior conforto do empregado em seu posto de trabalho, tendo como consequência a melhoria de sua produtividade. na empresa, implantamos vários programas voltados para a prevenção de riscos pessoais/sociais, dentre os quais destacamos: - Programa de combate ao sedentarismo; - diabetes; - hipertensão arterial; - Combate à obesidade;

30

- antitabagismo; - Captação de candidatos à doadores de medula óssea e sangue; - alimentação saudável; - Preparação para aposentadoria; - Gestão de orçamento; - dependência química; - Prevenção à aids; - vacinação; - Saúde da mulher e do homem; - reorganização familiar; - Pró-vida (voltados para a qualidade de vida do empregado e de seus familiares); - Gestão da saúde mental; - Saúde bucal; - Saúde da família (Projeto SiM). o programa antitabagismo foi iniciado em 1993, quando tínhamos mais de 34% de fumantes. Em dezembro de 2009, alcançamos 0%, tornando a primeira empresa zero tabaco do Grupo arcelorMittal no mundo e uma das primeiras no País. Outro que merece destaque é o perfil de saúde e de saúde bucal. durante o exame médico periódico, avaliamos 14 fatores de

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


CaPa | arCElor MIttal | tubarão foto: usina de imagem

risco, classificando-os de risco zero (melhor perfil) a três (pior perfil). Com o estímulo da autogestão da saúde dos empregados, educação continuada e com a participação ativa da área de comunicação houve uma melhoria contínua do perfil de saúde, que evoluiu de 45% dos empregados no risco zero em 1998 para 89% em 2011. Já o perfil de saúde bucal evoluiu de 24% de empregados no risco zero em 2001 para 96% em 2011. isso porque educamos e oferecemos uma alimentação saudável por meio de uma dieta balanceada, estimulando a prática em seus lares e na sua comunidade. como você vê saúde nas empresas hoje? algumas empresas no País têm investido na prevenção da saúde de seus empregados e familiares, o que certamente se reverterá em menor absenteísmo (faltas ao trabalho) e em maior produtividade. Porém, há muito o que fazer na maioria das empresas nacionais. qual o diferencial naquilo que você faz? os cuidados com a saúde, alimentação, segurança e bem-estar das pessoas, a busca da melhoria contínua, a padronização das atividades aliados ao amor ao trabalho médico e à solidariedade dão sustentação aos bons resultados obtidos até a presente data.

o que a empresa transmite para você? Procuramos com nosso trabalho tornar o ambiente mais leve na relação entre as pessoas, o espírito de equipe, amizade, o respeito às diferenças e a importância que a saúde e a segurança representam para todos. o que você acha que falta nas empresas para fazer com que o funcionário tenha esse sentimento? Elas devem buscar a evolução contínua independente do cenário de crises ou incertezas. além de falar de coisas positivas, deve-se dar o exemplo do que se fala e do que se faz. falamos em sermos espirituais e solidários em nosso jornal, ao mesmo tempo que, incentivamos os nossos empregados e terceiros a participarem das campanhas de doação de sangue e medula óssea.

o que a espiritualidade tem a ver com o seu trabalho? vejo a saúde das pessoas como um todo, incluindo a sua família. Quando as atendemos devemos oferecê-las, além do conhecimento técnico, carinho e atenção, pois desta forma estaremos ajudando-as em sua recuperação e trazendo-lhes conforto.

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

31


PErFIl | ChIQuINho luCChINI foto: divulgação.

32

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


PErFIl | ChIQuINho luCChINI

PaIXão PElo quE Faz o premiado publicitário chiquinho lucchini fala sobre profissão, família e futuro

roda, roda, roda, baleiro, atenção! Quando o baleiro parar põe a mão, pegue a bala mais gostosa do planeta, não deixe que a sorte se intrometa! bala de leite kids, a melhor bala que há. bala de leite kids, quando o baleiro parar”.

Se você foi criança nos anos 70/80, provavelmente, lembrou-se deste jingle, que entrou, não só para a história da publicidade, mas na memória de milhares de crianças de todas as idades. Pode-se dizer que este e alguns outros comerciais despertaram o interesse de Chiquinho lucchini pela publicidade, ainda na infância. alguns anos depois, ele foi levado por seu cunhado para conhecer de onde saíam as ideias que ele tanto gostava. “de cara me apaixonei e senti que era aquilo o que eu queria fazer. descobri uma profissão que reunia tudo o que eu gosto: música, fotografia, humor, emoção, ilustração, arte, desenho, escrever, cinema, criatividade. E ainda um ambiente mais informal, descontraído”, lembra. Chiquinho fez um curso profissionalizante, no Liceu de Artes e Ofícios, e mais uma série de outros ligados à área. aos 19 anos, já formado, inscreveu-se no 1º Caça talento do Clube de Criação de São Paulo (CCSP). Entre centenas de inscrições de todo o País, pouco mais de oitenta pessoas classificaram-se, sendo apenas cinco do Rio de Janeiro, entre eles, Chiquinho. Com isso, ele foi sorteado para estagiar por três meses na Salles de São Paulo, com o então vP de Criação neil ferreira. depois ganhou seu primeiro prêmio no 1º anuário do CCrj. Este foi só o início de uma carreira brilhante e premiada, com passagem, como redator, pelas agências Publinews, Salles (Publicis), artplan, Grottera, Staff/CP&f e Propeg - que virou Quê Comunicação -, onde ficou por 14 anos, seis deles como diretor de criação. o sucesso de suas campanhas pode ser facilmente percebido através das inúmeras premiações nacionais e internacionais que recebeu, ao longo de sua carreira, mas Chiquinho Lucchini afirma gostar do reconhecimento do grande público. “Prefiro quando o cliente fica extremamente feliz, recebe elogios na rua, dos funcionários, no bar, no

elevador e quando a campanha cai no gosto popular”.

Novos ruMos recentemente, foi contratado pela agência3, onde vai atuar, diretamente, com luís Cláudio Salvestroni, sua dupla de criação. Com muita humildade, o recém-contratado aponta suas expectativas para esse novo desafio: “Primeiro, quero trabalhar muito para corresponder a confiança de quem me chamou. Somar sempre. dividir o pouco de experiência e conhecimento que tenho, além de aprender. E, claro, contribuir com o crescimento dos clientes e da agência”, destaca. dentro do trabalho que vem realizando, o criativo da agência3 ressalta a importância da comunicação integrada na estratégia de uma campanha. “hoje em dia, é praticamente impossível criar uma estratégia que não contemple a web ou o digital. tem que ter a telona e a telinha juntas, pois o consumidor mudou e a maneira dele se relacionar com as marcas também”.

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

33


PErFIl | ChIQuINho luCChINI

uM rEcaDo Para os JovENs PublIcITárIos Para lucchini, um bom publicitário precisa, antes de qualquer coisa, ser apaixonado pelo que faz e investir no conhecimento. Seu lema, desde que começou na carreira, é: “você é o que você come. Portanto, alimentese de coisas boas e aproveite ao máximo estes alimentos para se transformarem em profissionais e seres humanos melhores”. “tem que ser meio esponja, absorver um pouco de tudo. Conhecimento geral e da vida. Cultura sofisticada e popular. Ler drummond e gibi. assistir hollywood e bollywood. Ser um observador do que está a sua volta”, garante. Chiquinho ainda afirma que novos profissionais são sempre bem-vindos, mas avisa que, atualmente, o mercado está muito mais competitivo. “novos profissionais oxigenam o ambiente. Acho também, que não existe fórmula para se destacarem, mas acredito que, hoje em dia, com a informação disponível para todo mundo, vão precisar de mais talento, dedicação e, principalmente, conhecimento”, alerta. o publicitário garante que não existe uma regra. “a criatividade pode vir da pressão total ou da total falta dela, mas as melhores soluções ou referências vêm da vida. (E, às vezes, na hora do banho)”, brinca. apesar da agitação do meio publicitário, Chiquinho lucchini ainda encontra tempo e disposição para seu hobby preferido, as corridas de rua, e diz conseguir conciliar trabalho e o pessoal. “Minha família é a minha base. tento dar o máximo de atenção e me fazer presente o máximo possível. nem sempre consigo, mas acho que eles compreendem”, finaliza.

34

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


MaKING oFF

KoMbaT FIlMs E o MuNDo Taco a

agência Script, juntamente com a produtora Kombat, desenvolveu campanhas super bacanas para a Taco. Foram cinco filmes entre 2010/2011, que interagem uns com os outros. a ideia é protagonizar os produtos em um universo mágico: “o mundo taco”.

em Stopmotion - uma técnica analógica da mais antiga forma de animação e as cenas compostas em cenários fotográficos e em 3D.

os personagens são construídos com as roupas da marca e os elementos capturados

FIcha TÉcNIca: agência: Script. direção de Criação: ricardo real. Planejamento: Ângela Milet. redação: ricardo real e Marcello Mendes. direção de

36

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


uma kombi inspirada no estilo hippie dos anos 70 sai da cidade nublada e vai passar um fim de tarde em uma bela cachoeira.

DIa Dos PaIs:

JEaNs oFIcIal Do rocK IN rIo: um passeio pela “fábrica da taco” revela como é o processo de fabricação do jeans Oficial do Rock in Rio.

um avião feito de jeans sobrevoa o Canyon ,soltando de paraquedas diversos tênis e t-shirts, fazendo alusão a uma missão de ajuda humanitária.

NaMoraDos:

NaTal:

o filme fenômenos naturais compara um namoro aos incontroláveis fenômenos da natureza.

MaKING oFF

DIa Das MãEs:

os personagens da taco se juntam ao Papai noel para distribuir presentes pelo mundo.

arte: ricardo real e Marcello Mendes. Produtora de filme: Kombat. Produtora de áudio: Silence. direção do Comercial: Gabriel Mattar. Mídia: rodrigo amado e fabiana araújo. atendimento: bia Esteves. aprovação: Marcos vaz.

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

37


CaMPaNha | ForuM IPaNEMa

IPaNEMa EsTá Na MoDa o Fórum Ipanema traz sempre peças inéditas que conquistam pela beleza e elegância características da galeria

imagens: Kindle.

a

localização privilegiada, em frente à Praça nossa Senhora da Paz, em ipanema, é apenas um dos muitos atrativos da Galeria fórum ipanema, que é, há 25 anos, o centro comercial mais importante do rio de janeiro, com exceção dos shoppings. lá estão concentradas grandes marcas que fazem parte do circuito de moda. as campanhas são um detalhe à parte. Criadas pela agência Kindle, elas são sempre surpreendentes e buscam agregar ainda mais valor e identidade à galeria e às marcas que a compõem. “Sem falsa modéstia, mas temos uma infinidade de peças brilhantes”, afirma Mário Schaladowsky, presidente do

38

fórum ipanema. Segundo fábio barreto, diretor de criação da agência, a galeria mantinha o costume de usar anúncios verticais, tradicionalmente. até que decidiram mudar para um formato maior e horizontal. Como resultado, foram lançadas três peças de impacto: o anúncio “flor”, para o dia das Mães;

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


CaMPaNha | ForuM IPaNEMa “Cabides” para Dia dos Namorados; e “Ultrassonografia” para o Dia dos Pais. Em seguida, foi elaborada a campanha “vista o que o rio tem de melhor”, fazendo uma contagem regressiva para o início da primavera, onde borboletas e joaninhas interagiam com flores tatuadas em lindas mulheres. O feedback foi tão bom que eles reeditaram a peça, nas páginas da vogue. “o resultado na revista foi fantástico! agora, estamos veiculando a campanha “tintas”, tão bonita que tirou o fôlego de muitas leitoras do Caderno Ela, do O Globo. A receptividade tem sido fantástica. Posso afirmar que a Kindle se superou novamente e, nesse fim de ano, estaremos dando um novo salto

na comunicação da galeria”, garante Schaladowsky. há alguns anos, o fórum ipanema concentrava sua verba para publicidade, no Caderno Ela, do jornal o Globo, mas recentemente, incluíram suas peças nas revistas vogue, oh! e Go’WhereRio, atraindo ainda mais visibilidade para a galeria.

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

39


CaMPaNha | ForuM IPaNEMa

40

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


Para Schaladowsky, o ponto fundamental na estratégia do fórum ipanema são as campanhas atraentes e ousadas desenvolvidas pela Kindle, equalizando o fórum ipanema aos grandes shoppings, porém com uma verba infinitamente menor. “Com a parceria da agência, nossa criatividade fala alto, gera recall e encara de igual para igual estruturas comerciais muito maiores e mais agressivas em termos de investimento”, assegura.

CaMPaNha | ForuM IPaNEMa

ParcErIa E rEcoNhEcIMENTo

Como as campanhas são institucionais, a intenção não é reverter a ação em uma venda direta, logo, fica mais difícil mensurar o sucesso delas no dia a dia. o intuito, que tem tido cada vez mais êxito, é manter o fórum como um ponto de referência do que é moderno e fashion no rio. Com isso, as consumidoras são atraídas, as grandes marcas se interessam pelos espaços na galeria e os lojistas têm seu esforço de venda extremamente facilitado.

PúblIco EXIGENTE a galeria oferece uma grande diversidade de produtos e serviços, direcionados aos públicos aa, a e b, e, por isso, precisa trabalhar a comunicação nos mínimos detalhes. “Por mais variado que seja o nosso mix, a preocupação básica é a mesma: conquistar pela beleza, pelo ineditismo. falamos com um público exigente, que recebe muito bem essa linha de comunicação. São mulheres que estão consumindo cada vez mais dentro do nosso segmento”, diz Schaladowsky. além de todo o cuidado dedicado às campanhas, a empresa prima para que a estrutura física do fórum seja impecável e, sendo assim, está sempre modernizando suas instalações. o último projeto foi realizado pelo renomado escritório bernardes e jacobsen e os planos não param por aí. Em 2012, a intenção é repaginar parte da arquitetura dos dois andares da galeria e dos novos mobiliários. “não adianta nada ter uma comunicação tão atraente e depois não manter esse mesmo nível de excelência, no momento em que as pessoas visitam o fórum ipanema”, explica Mário. Com relação às campanhas publicitárias, a intenção é continuar com as mesmas estratégias que têm gerado resultado. “Em termos de publicidade, só posso chegar a uma conclusão: não mexer em time que está ganhando! vamos continuar mantendo o alto padrão das nossas peças e conquistando mais admiradoras da nossa marca”, finaliza.

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

41


artIGo | Natal

NaTal 3.0, ÉPoca DE ENcaNTar E coNTar uMa boa hIsTórIa *Por juliano Marcílio

D

ata carregada de significados emocionais e religiosos, o natal é um dos períodos mais aguardados pelos varejistas. a situação não é diferente no e-commerce, que deve registrar no natal de 2011 um crescimento de 30% em relação ao ano passado, segundo a e-bit. Mesmo diante dessas perspectivas favoráveis, seria interessante que as empresas não se concentrassem exclusivamente em aumentar o tíquete médio de seus consumidores. Com sua forte carga simbólica, o natal é um dos momentos mais propícios para se ampliar a base de clientes e aprofundar os laços com quem compra ou já comprou em sua loja virtual e permitir uma experiência de consumo mais satisfatória do que a simples aquisição de bens para si, amigos e familiares. O marketing tem alguns desafios peculiares em períodos festivos. Se, para o setor de e-commerce, ainda de acordo com a e-bit, apenas o período de natal equivale a aproximadamente 15% das vendas anuais, é forte ainda a disputa com a venda nas lojas físicas localizadas em ruas comerciais e shoppings que ficam lotados no período. Para fugir da multidão e dos inconvenientes das lojas físicas, o brasileiro aprendeu a comprar online. Em 2011, o natal pode ser um grande estímulo para alavancar ainda mais a adesão ao comércio eletrônico, e o marketing digital tem de apostar na relevância dos conteúdos, sem a qual qualquer mensagem de e-mail marketing cai no esquecimento, em meio à enxurrada de propagandas existentes na internet. assim, mais que vender, o natal é o momento de encantar, de contar boas histórias, de falar ao coração do consumidor e de procurar saber mais sobre ele. Estratégias precisas e flexíveis de e-commerce, como o e-mail marketing, apresentam vantagens inerentes à tecnologia, tendo no caráter analítico grande trunfo para facilitar o planejamento, antecipar tendências e otimizar gastos. Para garantir a relevância da mensagem e atrair a atenção do cliente, nada melhor que, em sintonia com os princípios do Marketing 3.0, abrir as portas para ele. o natal é o momento para trazer o cliente para perto de si, seja no processo de criação, com

42

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

maior ênfase nas sugestões e na construção de produtos, promoções e facilidades, seja na atenção dedicada às causas que motivam os consumidores. Essas estratégias permitem estreitar o vínculo com os clientes, mantendo-os não na posição de meros consumidores, mas sim de participantes do processo de criação dos produtos e estratégias de marca. Se o primeiro caso – à exceção da participação na criação das campanhas e promoções – necessita de maior tempo para gerar algum impacto, a busca por causas coletivas pode ser uma alternativa viável. há de se preocupar em entender bem o público com o qual se trabalha, e em agir de forma sincera, integrando as ações ao dia a dia da empresa. Em tempos de transparência, crítica constante e memória virtual que não deixa escapar nada, perder credibilidade é uma possibilidade aterradora. Ganhar, porém, é a melhor forma de começar 2012 com crescimento garantido. *Juliano Marcílio é presidente da unidade de Marketing Services da Experian e da Serasa Experian para América Latina.


aDIlsoN XavIEr

QuEM INdICa | adIlSoN XavIEr

44

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


a

dilson entrou no mundo da publicidade depois de alguns anos compondo músicas e letras de jingles e trilhas, até decidir que era hora de criar seus próprios comerciais. iniciou então sua carreira como redator, em 1981, na maior agência brasileira da época: a MPM.

um romance, “E. o atirador de ideias”, foi lançado em 2010 e, recentemente, ganhou versão digital sendo o primeiro lançamento desse gênero da best Seller.

de 1982 a 1986, adilson trabalhou como redator e supervisor de criação na Casa Propaganda e começou sua coleção de prêmios e suas incursões também no campo da direção de filmes publicitários.

Em novembro deste ano, o publicitário anunciou a sua saída da Giovanni+draftfcb após 17 anos. Mesmo sem ter divulgado seus planos profissionais para os próximos anos, adilson deixou algumas dicas do que gosta de fazer nas horas de lazer.

Em 1986, ingressou na Giovanni Comunicações como diretor de criação, ficando na agência por quatro anos. Em março de 1990, transferiu-se para a Comunicação Contemporânea. Quatro anos e meio se passaram, repletos de prêmios e crescente reputação criativa que o conduziram de volta à Giovanni como Sócio / diretor nacional de Criação. Em 1998, houve a joint-venture da agência com a fCb Worldwide. no ano seguinte, adilson já era membro do board mundial da fCb. Em abril de 2006, foi indicado para o cargo de presidente da agência, que passou a se chamar Giovanni+draftfcb. Em 1993 e 2002, foi eleito “redator do ano” e “Publicitário do ano”, respectivamente, pela associação brasileira de Propaganda (abP) e, em 1994, foi indicado para o Prêmio Caboré, como melhor profissional de criação do ano. Em 2002, novamente indicado para o Caboré, foi o vencedor do prêmio. durante sua carreira, além de ter sido presidente da abP em 2005, adilson participou dos eventos mais significativos de sua área, muitas vezes como jurado, como aconteceu por cinco vezes no Clio awards e no festival de Cannes de 1998, quando representou o Brasil no júri de filmes.

QuEM INdICa | adIlSoN XavIEr

ex-presidente e diretor nacional de criação da Giovanni+Draftfcb

FIlME: Europa (direção lars von trier) rEsTauraNTE: olympe / Claude troisgros (rua Custódio Serrão, 62 lagoa, rio de janeiro) lIvro: Cem anos de Solidão (Gabriel García Márquez) vIaGEM: austrália (Sydney e Melbourne são cidades deliciosas. o povo, o astral, a natureza, a fauna exuberante, tudo faz o longo tempo de voo valer a pena).

No final de 2007, lançou seu primeiro livro: O Deus da Criação. O segundo, desta vez

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

45


aGÊNCIaS | FullPaCK

as várIas FacEs Da FullPacK com metodologias próprias, a Fullpack passou por várias transformações até chegar em um modelo de atendimento multiplataforma. hoje, a agência ocupa a 34ª posição entre as 50 maiores empresas de comunicação do País, e a intenção é continuar crescendo

48

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


fotos: divulgação. infraestrutura na barra da tijuca. acima, Maurício Marquez.

a

pós dez anos no mercado de varejo estratégico, sob o nome Millenn, a fulppack design surgiu voltada exclusivamente para projetos de embalagens, design e branding. Mais quatro anos e muitos projetos depois, a empresa decidiu juntar as expertises dos profissionais em um só lugar, aliando planejamento, design & branding e comunicação sob a assinatura da fullpack. todo esse sucesso foi consequência de soluções ágeis e criativas que atendiam as necessidades dos clientes. desde 2008 a fullpack desenvolve um trabalho integrado devido à versatilidade de sua equipe, formada por designers, publicitários, profissionais de marketing, de mídias digitais e de pesquisa. “Somos capazes de garantir diferentes soluções aos nossos clientes, desde a construção de uma logomarca, desenvolvimento de um novo shape, elaboração de um projeto gráfico corporativo até campanhas de publicidade e mídia, planos de comunicação e tudo o que diz respeito ao branding da marca”, afirma Mauricio Marquez, sócio-presidente e diretor geral de criação da agência. Com a intenção de oferecer, sempre, pacotes completos de soluções, a empresa investiga o problema do cliente, o perfil do público-alvo, e analisa as circunstâncias e os cenários que envolvem o projeto, para, a partir daí, desenvolver propostas criativas que também passam por testes com o target. “Estas propostas podem abranger o P&d de um determinado produto e ir até o lançamento e toda comunicação deste produto. temos a solução que o cliente busca, no momento em que ele precisa. Esta solução pode ser off-line ou online”, assegura Marquez. A agência possui uma infraestrutura completa, com estúdio fotográfico, de som e sala de espelho para pesquisas. “outro ponto que nos diferencia muito é a agilidade com que conseguimos propor soluções criativas, viáveis e eficazes. Esta capacidade foi desenvolvida em anos de atendimento no segmento varejo. trabalhar com a urgência do cliente, seja de qual atividade for, e ainda ser criativo e estratégico, é algo que vivenciamos no nosso dia a dia”, explica.

METoDoloGIas PróPrIas o posicionamento da empresa é baseado no tripé - Planejamento, design & branding e Comunicação -, que por sua vez, está fundamentado pela Metodologia integra®, que possibilita o mix de diferentes expertises, além de interligar e integrar diversas formações e competências profissionais, tendo o cliente como centro deste triângulo. “assim, entregamos um pacote completo de soluções: fullpack”, ressalta. Segundo Marquez, a metodologia brand blood® promove um conhecimento profundo sobre o cliente e a empresa, nos mínimos detalhes e, assim, possibilita que os funcionários tenham “no sangue” a essência da marca. “Por isso temos uma sala de pesquisa própria para testar

após o planejamento, com a compreensão sobre o mercado, o produto, o público-alvo e seus stakeholders, com os objetivos claros e a estratégia definida, eles partem para a ação. “buscar entender o consumidor dentro de sua realidade é a essência de nosso trabalho. Por isso iniciamos todos os trabalhos com pesquisa. Para tal, lançamos mão tanto de nossas metodologias próprias, como o integra®, o brandblood®, o raio-X in loco®, como de parcerias com diferentes institutos de pesquisa, analisando qual é a melhor forma de obter as informações de que precisamos”, afirma. A observação pode ser direta no ponto de venda, através de pesquisas qualitativas, quantitativas, etnográficas, online e entrevistas em profundidade. Eles acreditam que para entender o consumidor é preciso estar ao lado dele, dialogar, compreender seu estilo de vida e seus valores, conhecendo pessoalmente os lugares que ele habita, os códigos que conhece, sua linguagem e identidade.

aGÊNCIaS | FullPaCK

ideias, conceitos, campanhas, embalagens e as tendências dos consumidores. É a partir do planejamento que tudo é realizado. É ele que fundamenta os caminhos”, garante.

rEsulTaDos PosITIvos a fullpack é responsável por grandes contas. recentemente, projetou a nova identidade visual de todas as lojas da rede hortifruti, no rio e no Espírito Santo. Criaram uma linguagem mais moderna e tropical para as lojas, mais adequada à sua comunicação e ao público do rio, onde estão localizadas a maioria das filiais da rede. também desenvolveu o conceito e a identidade visual da cadeia de lojas dadalto, pertencente ao Grupo dadalto – um dos maiores do Espírito Santo. outro trabalho importante foi o reposicionamento e nova identidade visual do beluga, uma rede de restaurantes carioca especializada em batata rostie. além da nova logomarca, criaram os cardápios, uniformes, papelaria, comunicação e reformulação de todas as lojas. há 15 anos, a agência realiza o trabalho de marketing e comunicação para os Supermercados Guanabara e os resultados são sempre excelentes. Como prova disso, o Guanabara foi eleito, pelo segundo ano consecutivo, a Marca dos Cariocas na categoria Supermercados, em pesquisa do jornal o Globo e do instituto troiano, e também a Marca ideal de Super/hiper, em pesquisa do instituto Shopper Experience e da revista Consumidor Moderno, em setembro de 2011. “todos os trabalhos e conquistas, destes e de outros clientes, nos deixam muito felizes e motivados a surpreender cada dia mais, provando que temos desenvolvido soluções focadas nos clientes e consumidores, com resultados expressivos”, afirma.

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

49


aGÊNCIaS | FullPaCK

foto: divulgação.

INTErNET E EsTraTÉGIas Para Marquez, o surgimento da internet mudou os hábitos dos consumidores e, consequentemente, a forma das empresas lidarem com eles. Para ele, as marcas precisam acompanhar essas transformações, já que vivemos num mundo conectado, dinâmico, online e fulltime. “no caso da fullpack, a web tem enorme importância em nossa estratégia de comunicação. Ela agiliza ainda mais processos, possibilita pesquisas mais rápidas e propicia a colaboração, o monitoramento das marcas e também a percepção dos consumidores, permitindo, sobretudo, o diálogo com eles”. a empresa atua nas redes sociais, além do site, e também realiza este tipo de criação e gestão de conteúdo para seus clientes. Segundo Marquez, eles têm se fortalecido bastante no que diz respeito à área digital, para oferecer ações diferenciadas e promover o relacionamento com os consumidores,

50

mas avisa que as agências não devem prender-se, apenas, a essas estratégias. “Entendemos que o “mundo digital” não está de forma alguma desvinculado do “mundo real”. na verdade, é tudo uma só coisa. Porque atrás de computadores, tablets e smartphones, estão pessoas. as mesmas pessoas que sempre tiveram e terão seus desejos, inseguranças, sonhos, frustrações e alegrias. Em suma, a internet é usada por nós como mais uma forte aliada. Mas não é, nem deve ser a única forma de lidar com os clientes”, garante.

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


aGÊNCIaS | FullPaCK

INvEsTIMENTos coNTíNuos a fullpack reconhece o capital intelectual como fundamental, precioso e capaz de ganhar ainda mais força na era digital, com os novos modelos de negócios, por isso, investe, cada vez mais, na descoberta e na capacitação de novos talentos e profissionais. “Além disso, também focamos no desenvolvimento de soluções em store design, ecodesign e mobiliário, trabalhando todo o branding da marca. atuando de forma séria, transparente, ética e assertiva, contribuímos para a consolidação de um mercado mais estável, maduro e profissional tanto para as empresas contratantes quanto para as agências”, ressalta. Ela também investe no bem-estar de seus funcionários, por isso construiu uma sede própria, num prédio de três andares, de frente para a Praia da barra. o local conta com uma área privê para socialização da equipe, bicicletário e vestuários feminino e masculino, que servem para os profissionais que desejam caminhar no calçadão ou dar

um mergulho sempre que possível. além disso, há um estúdio de som, onde a full Band (banda formada pelos profissionais da empresa) ensaia, e uma cobertura, com pedras portuguesas, inspirada no calçadão de Copacabana, onde são realizadas as festas. “nossa política é a de propiciar um ambiente moderno, otimizado e estimulante. Por isso, construímos uma sede própria, queremos ser reconhecidos como a empresa de comunicação e design que os clientes desejam, os concorrentes respeitam e os funcionários adoram”, finaliza.

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

51


tElEFoNES

52

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r


tElEFoNES

caPa

PErFIl

arCElorMittal tubarão av. brigadeiro Eduardo Gomes, 930 jardim limoeiro – Serra – ES CEP: 29163-970 tel.: (27) 3348-1333 http://www.cst.com.br/index.asp

ChiQuinho luCChini rua da Passagem, 123 - 5º andar botafogo - rio de janeiro tel.: (21) 3873-9448 www.agencia3.com.br

MaKING oFF

aGêNcIas

KoMbat filMS rua bambina, 110 - casa 02 botafogo – rio de janeiro tel.: (21) 2266-6603 www.kombatfilms.com

fullPaCK av. lúcio Costa, 6450 barra da tijuca - rio de janeiro tel.: (21) 3219-8900 www.fullpack.net

MarKETING abradi-rj av. das américas 3500/304 - bloco londres barra da tijuca - rio de janeiro tel.: (21) 2169-6311 www.abradirj.com.br

caMPaNhas

arTIGo tonY CoElho Conceito rio av. rio branco, 277, sl. 1802 Centro - rio de janeio tel.: (21) 2262-7336 www.conceitorio.com

foruM iPanEMa rua visconde de Pirajá, 351 rio de janeiro www.forumdeipanema.com.br

Quio s que de Ide ia s | de zem b r o 2 0 1 1 | www. q u i os q u ed ei d ei as. c om . b r

53



Revista QI Nº 4 - Espirito Santo