Page 1

Pela 1ª vez, E-books vendem mais do que edições impressas nos EUA

Segunda-feira, Abril 18, 2011 Em apenas um ano, as vendas aumentaram cerca de 202 %, segundo a Associação Americana de Editoras. No mês de Fevereiro, as vendas de e-books nos Estados Unidos superaram as vendas em relação a todos os outros formatos, como livros de bolso e edições de capa dura. Segundo um estudo da Associação Americana de Editoras, a venda das publicações digitais alcançou mais de 90 milhões de dólares nesse mês, num aumento de 202 % em relação ao período homólogo. Tal relevância dos e-books não tinha sido ainda verificada no país, apesar de em Janeiro os e-books terem ocupado a segunda posição entre os mais vendidos (superados pelas publicações de bolso). A compra deste tipo de produtos é incentivada pelos gadgets associados à leitura, como e-readers e tablets. Além disso, o lançamento de novos aparelhos como o Nook (Barnes & Noble), Reader (Sony), Kobo (Borders) e iPad (Apple) ajudou a fortalecer o mercado, fazendo com que a venda de livros digitais aumentasse. http://www.executivedigest.pt/2011/04/18/pela-1%C2%AA-vez-e-books-vendem-mais-doque-edicoes-impressas-nos-eua/

Profile for Tatiana Henriques

Pela 1ª vez, E-books vendem mais do que edições impressas nos EUA  

executivedigest.pt

Pela 1ª vez, E-books vendem mais do que edições impressas nos EUA  

executivedigest.pt