Issuu on Google+

C.E. Raimundo de Magalhães Disciplina: Ciências Sistema Esquelético 8º ano


Esqueleto humano O esqueleto humano é composto por 206 ossos. Principais funções: Sustentação do organismo (apoio para o corpo); Proteção de estruturas vitais (coração, pulmões, cérebro); Movimento; Armazenamento e liberação de substâncias como o cálcio e o fósforo.


Estrutura Epífise

Diáfise

Epífise


Estrutura


Classificação dos ossos Forma Ossos longos; Ossos curtos; Ossos planos; Ossos irregulares.


Classificação dos ossos Ossos longos Tem o comprimento maior que a largura e são constituídos por um corpo e duas extremidades. Os ossos longos tem suas diáfises formadas por tecido ósseo compacto e apresentam grande quantidade de tecido ósseo esponjoso em suas epífises.

Fêmur


Classificação dos ossos Ossos longos Exemplos: ossos da coxa (um em cada coxa), ossos da perna (dois em cada uma), ossos do braço (um em cada braço) e ossos do antebraço (dois em cada um).


Classificação dos ossos Ossos curtos São parecidos com um cubo, sendo o comprimento praticamente igual à sua largura. Eles são compostos por osso esponjoso, exceto na superfície, onde há uma fina camada de tecido ósseo compacto.


Classificação dos ossos Ossos curtos Exemplos: ossos do punho (carpo) e da região do tornozelo (tarso).


Classificação dos ossos Ossos planos São delgados, a largura e o comprimento são maiores que a espessura. São ossos finos e compostos por duas lâminas paralelas de tecido ósseo compacto, com camada de osso esponjoso entre elas. Os ossos planos garantem considerável proteção.


Classificação dos ossos Ossos planos

Exemplos: ossos do crânio (frontal, occipital, parietais).


Classificação dos ossos Ossos irregulares Apresentam formas complexas e não podem ser agrupados em nenhuma das categorias prévias. Eles têm quantidades variáveis de tecido ósseo esponjoso e de tecido ósseo compacto.


Classificação dos ossos Ossos irregulares Exemplos: vértebras.


Esqueleto humano


Aula sistema esquelético