Page 1

tábuanotícias TO

I N.º 0 . 09 de Julho de 2009 . Semanário . Directora: Margarida Matos Pereira . €0.60 TU . Às Quintas, só nas bancas RA G

Sinais de trânsito ilegais em Tábua Parece brincadeira, mas o facto é que nenhuma da sinalização vertical em Tábua está legal, pelo que as mesmas não têm de ser respeitadas. O problema maior advém da existência de um centro de exames de condução na vila, o que torna toda a situação, no mínimo, irónica.

P03

SAP

Urgências 24 horas só em Arganil Depois de vários anos de expectativa, eis que a Ministra da Saúde, em visita relâmpago a Arganil, inaugura o primeiro Serviço de Urgência Básico naquele concelho. Este novo SUB será ainda ponto de concentração de utentes provenientes de mais seis concelhos, entre os quais se inclui Tábua.

P05


Segunda

tábua/arganilnotícias

P02

N.º 0 . 09 de Julho de 2008

editorial

Margarida Matos Pereira

O lançamento de um novo título é sempre motivo de alegria para quem está por detrás de cada projecto. Sendo este o número “zero” do Tábua/Arganil Notícias cabe-me, como directora, dar as boas-vindas a todos os leitores que agora começam a desfolhar este novo jornal. Foi um percurso longo, que termina hoje com o início de uma nova fase. Desde o lançamento do TABUAonline.com, projecto pioneiro de informação online no mercado tabuense, que a ideia vem a crescer dentro de todos nós, membros da equipa, mas foi só nas últimas semanas que se reuniram as condições necessárias para transformar a imaginação em realidade. Conscientes da necessidade de mais fontes de informação, nos concelhos de Tábua e Arganil; conhecedores da realidade informativa regional em ambos os concelhos; donos da vontade de preencher o espaço em branco deixado pelo final do centenário “A Comarca de Arganil”; é assim que nos classificamos e expomos a nossa vontade no Estatuto Editorial publicado nesta página. Com o lançamento do Tábua/Arganil Notícias extende-se também ao TABUAonline.com o convite para que continuem a ler as nossas páginas, que continuem a visitar o site, que se mantenham conscientes que o único pacto que temos é com a isenção, a verdade e o rigor das nossas notícias. Desde já, o nosso muitíssimo obrigado,

l a i r o t i d E o t u t a t Es

o tonia com ção em sin a o p rm m fo te in n o co to de aço públic um projec é sp e S o n IA o ÍC ã OT izaç RGANIL N nológicas e de civil c TÁBUA/A te s a ç n a de mud nal, orien processo bito regio m â e e d d o ia c ri n á man endê râneo. lquer dep m jornal se a u u q é S m IA se al, OTÍC ade editori RGANIL N e criativid r TÁBUA/A o g ri e d ómica. ritérios alismo tado por c gica, política e econ peia de jorn l da ro u e o ló ã o iç e d id ercanti ma tra ordem ploração m reve-se nu x e sc a in e S o IA alism OTÍC sensacion RGANIL N usando o c TÁBUA/A re , e d a d de quali a, abranexigente e iversificad tiva. d a o rm ã ç fo a in tivações e a inform matéria ndo às mo e osta num d p n a o S sp e IA corr NOTÍC tividade e RGANIL pos de ac m a TÁ B U A / A l. c a s n o d io a inac mais vari icas de ral e mult gendo os ades técn úblico plu id p il m ib u ss e o d p a permanovas interesses ativo na su de que as n in g te a n e im S e vo NOTÍCIA caz, atracti RGANIL alismo efi rn jo TÁBUA/A m u o implicam res. ierarinformaçã m os leito ais sem h nicação co es editori õ u ç nibim p o o o p c s is a te d n ne elece as su e, numa constante b a st e S ente, são ad ÍCIA de activid NIL NOT otidianam s u A q G re , R e to u A c / q se A s s e çõ TÁBU s diverso tos e situa ias entre o ontecimen c a s o d quias prév lo o estímu pública lidade para omentados. a opinião m u e d c ia e c s xistên ia e da dinoticiado democrac era que a e d a si d l n o ta c n S e acionais e ÍCIA ndam gionais, n ANIL NOT ndição fu re o G c s R é a A / ir te A te n U n fro TÁB intervenie e não fixa a, activa e aberta, qu ião. e in d p a informad o d e ie c ma so nicação u u e m d o c a s que se e ic d nâm es questõe e Arimentos d v n o m ra g s o s a a ate d ábua culturais ipa no deb ncia na região de T IAS partic ê id ÍC c T in O l N RGANIL om especia TÁBUA/A dade portuguesa, c ie c so s, numa colocam à os leitore te n ra e p dente de penas ganil. e indepen onsável a o sp c ti re lí é o p S r NOTÍCIA a d o p od e RGANIL , autónom te n re a TÁBUA/A sp n a gorosa e tr vado relação ri espaço pri s. re la u ic o limite o rt ic a n p ú s u re . se e a mo blic p od onhece co ilidade pú ÍCIAS rec sua credib T a O N ia c IL n N tê exis RGA limiar de TÁBUA/A tem como e s o ã d a dos cid recorte a agenda e guarde-a consigo / cut off this agenda and take it with you

Agenda 09 a 15 de Julho de 2008

Kapingbdi Festa de Verão Sex/Fri 10, 22.h - Música no Bar: Júlio Sáb/Sat 11, 22.h - Música ao Vivo “OFF THE HOOK” Dom/Sun 12, 12.h - Gastronomia: Brunch

FesTábua

Qui/Thu 9 - Alta Frequência Sex/Fri 10 - Romana + Gomape Music Sáb/Sat 11 - Hands on Aproach + Kotaz à Solta Dom/Sun 12 - Canágio & Amigos + MG4 A decorrer no Jardim Sarah Beirão

Biblioteca Municipal Miguel Torga

“Tesouros Bibliográficos do Concelho de Arganil” Até Setembro / Until September Seg. a Sex./Mon-Fri: 9.00h > 18.30h Sáb/Sat: 9.30h > 13.00h

Cinema Oliveira do Hospital 10/11/12 - 21.30h “Sinais do Futuro” Casa da Cultura

Mortágua 11/12 - 21.30h “Transformers 2” Centro de Animação Cultural

Lousã 10 - 16.30h_21.30h “Exterminador Implacável: Salvação” Cine-Teatro 12 - 15.30h “O Gato das Botas - A Verdadeira História” Cine-Teatro


Manchete

tábua/arganilnotícias N.º 0 . 09 de Julho de 2008

P03

Nenhum dos sinais de trânsito em Tábua tem número de cadastro, o que os torna inúteis.

Em Tábua

Sinais de trânsito estão ilegais texto | fotos: Tiago Cardoso Pinto

Parece mentira, mas não é. Os sinais de trânsito em Tábua estão todos em situação ilegal. Não existe um único número de matrícula no Cadastro Municipal de Sinalização, obrigatório em todos os municípios. Assim, este facto torna-se ainda mais grave por existir em Tábua um Centro de Exames de Condução. O facto é que, embora as regras básicas de trânsito constantes do Código da Estrada ainda se apliquem, o respeito por vários sinais de trânsito, como Paragem Obrigatória (STOP), Sentido Proibido ou Proibição de Estacionamento tornamse letra morta, e torna-se ilegal a aplicação de coimas e multas. Será um caso de desconhecimento da lei por

parte de uma autarquia? A maior parte dos condutores e os próprios agentes da autoridade não sabem, mas para que um

sinal de trânsito seja considerado válido é necessário que na sua retaguarda esteja indicado o número pelo qual se encontra re-

gistado no cadastro da entidade a quem compete a sinalização das vias e que podem ser as autarquias ou o Instituto das Estra-

das de Portugal. A entidade competente tem de ter um registo do local onde o sinal se encontra colocado e a sua

descrição. A esse registo está associado um número. O mesmo número tem de estar colocado na parte de trás do sinal de trânsito, para que este seja considerado válido. Este é o princípio que consta na Lei. Quanto este procedimento não é cumprido na sua totalidade - ou seja, os sinais são colocados, mas sem a indicação do número de cadastro mesmo que os agentes policiais, que fiscalizam o respeito pelas normas de trânsito, multem os infractores, ela é considerada nula. No caso da aplicação de uma multa por desrespeito de sinalização existente, se os multados contestarem a multa e recorrerem ao tribunal, o juiz tem, obrigatoriamente, de consultar o cadastro. Se o sinal não estiver registado, o processo é arquivado.


Localtábua

tábua/arganilnotícias

P04

N.º 0 . 09 de Julho de 2009

breves

II Serenata ao Comércio tábua

GRIPE A: SAG SERÁ NO ESTÁDIO MUNICIPAL

Tábua está preparada para receber um eventual surto de Gripe A, caso se venha a verificar a expansão pendémica da doença no nosso país. Sofia Bernardes, Delegada de Saúde de Tábua, e a Câmara Municipal já chegaram a acordo sobre o local de instalação de um Serviço de Atendimento da Gripe (SAG). Este local de triagem será instalado no Estádio Municipal, equipamento que dispõe das condições necessárias para o seu funcionamento. O SAG será instalado apenas na eventualidade da expansão pandémica do vírus da Gripe A, e está consagrado no Plano de Contingência da doença, elaborado pela Administração Regional de Saúde do Centro, sob tutela do Ministério. Segundo os especialistas da Organização Mundial de Saúde, que segue o desenvolvimento da Gripe A no planeta, poderão surgir mais casos, e em maior número, numa segunda vaga da doença, em Outubro ou Novembro. Depois de uma primeira onda em que cerca de 10% da população pode ser atingida, uma eventual segunda onda atingirá entre os 20 e os 30% da população. A Delegada de Saúde de Tábua prefere não esperar pela expansão do vírus da Gripe A em Portugal e, integrado no Plano de Contingência da doença no distrito de Coimbra, já decidiu, em conjunto com a edilidade, a localização de um eventual Serviço de Atendimento da Gripe em Tábua. O local escolhido foi o Estádio Municipal de Tábua, pela existência de condições para a instalação de um serviço do género, que funcionará como local de triagem, devendo quem suspeite ter contraído o virus dirigir-se aqui, e não ao Centro de Saúde, libertando assim aquele serviço, e concentrando os esforços de combate à Gripe A num mesmo local.

FESTÁBUA 2009 COMEÇA HOJE

A Câmara Muncipal de Tábua anunciou a realização do evento "Festábua 2009", que terá lugar de 9 a 12 de Julho no Jardim Sarah Beirão. No dia 9 actua a banda de baile "Alta Frequência", em espectáculo solitário. Dia 10 é a vez de se receber no palco do Festábua a artista Romana e a banda Gomape antes. Dia 11 os Hands on Approach tocam alguns dos seus êxitos, mas antes são os Kotas à Solta que abrem as hostilidades da única noite de rock do evento. Dia 12, para terminar, Canário e Amigos, que esperam repetir em Tábua o êxito alcançado em 2008 durante as festas de Carregal do Sal.

Palmas divididas, comerciantes descontentes

texto: Paulo Mattos Afonso fotos: Miguel Alves

A Agência de Desenvolvimento Integrado de Tábua e Oliveira do Hospital (ADITO), levou a cabo a segunda edição da Serenata ao Comércio que, mais uma vez, se realizou no espaço envolvente ao Palácio das Justiça. O jovem alentejano, Carlos Caeiro, que participou no “Uma Canção Para Ti” da TVI, conseguiu agitar e fazer vibrar os espectadores que encheram o Largo Prof. Dr. António Castanheira Neves, com interpretações de temas de Amália Rodrigues e

Carlos Gonçalves, como “Lágrima”, “Nem às Paredes Confesso”, “Povo que Lavas no Rio”, “Ai Mouraria”, entre outros, onde os autores, Joaquim Campos e o “mestre” Pedro Homem de Melo foram recordados, ao som da guitarra de Sidónio e da viola de António Caeiro. «Fadista desde que me conheço», segundo confessou, o jovem Luís Caeiro teve que repetir alguns dos temas a pedido do público. Já durante a actuação do grupo Coral de Sant’ana, de Oliveira do Hospital, que abriu a noite, e para além da interpretação de temas clássicos, não dei-

xou de fora temas populares, o mesmo público reagiu “friamente” a um dos melhores grupos corais da zona Centro do País. Já quanto ao grupo de fados de Coimbra “Capas Negras” (e por que o respeito é muito lindo), à semelhança da edição anterior «chegou para contentar», disseram alguns dos presentes. Festas à parte, quem continua a não gostar muito da “música” são alguns comerciantes que, tal como aconteceu em 2008, continuam a criticar a localização do espectáculo «por que é que têm que ser ali?» questionam, ao mesmo

tempo que vão dando alternativas: «largo da Câmara é que devia ser!» dizem. E justificam «assim, são sempre os mesmos a ser beneficiados e a fazerem negócio», afirma quem tem negócio na parte “alta”. Sentimento comungado, diga-se, por quem tem comércio situado nas duas extremidades da vila «é só para uns e são sempre os mesmos». Se a iniciativa é de louvar, no entender de todos, as críticas são, no entanto, para continuar segundo os comerciantes que garantem «pró ano se assim for, fazemos barulho!».


Localarganil

tábua/arganilnotícias N.º 0 . 09 de Julho de 2009

Vai servir 7 concelhos

P05

Ministra inaugurou SUB em Arganil texto|fotos:

Tiago Cardoso Pinto

A Ministra da Saúde, Ana Jorge, deslocou-se a Arganil na passada sextafeira para, em conjunto com o director do centro de saúde local, inaugurar o novo Serviço de Urgência Básica que assegurará as urgência 24 horas por dia, servindo mais seis concelhos. Sem grande aparato, sem logotipos especiais ou cenários montados para a televisão ver. Foi assim que a Ministra da Saúde esteve em Arganil na sexta-feira, dia 3 de Julho, para inaugurar o Serviço de Urgência Básica a funcionar, desde o passado dia 1, nas instalações do Centro de Saúde de Arganil. Este serviço engloba algumas novidades. Existe uma ligação permanente aos Hospitais da Universidade de Coimbra, através de um sistema de telemedicina que, como

anunciou a ministra, permitirá uma ligação a pessoal médico especializado, que pode apoiar na resolução de problemas clínicos mais complexos. Mas a ligação aos HUC não se fica por aqui. Todo o pessoal médico fez ainda um curso de suporte à vida, em articulação com a unidade hospitalar. Este novo SUB será o

único serviço de urgências de serviço permanente na área de sete concelhos do Pinhal Interior: Arganil, Tábua, Oliveira do Hospital, Miranda do Corvo, Lousã e Vila Nova de Poiares. Ainda não se conhecem os horários de encerramento dos SAP dos vários centros de saúde. Recentemente aumentada para 30 camas, a capacidade do Centro de

Saúde de Arganil tornouo a escolha natural para que fosse aqui instalado este novo SUB, já que dos restantes Centros de Saúde da área abrangida, apenas Miranda do Corvo tem espaço de internamento, mas limitado a 6 camas. Esta é uma das primeiras medidas visíveis da reestruturação do Serviço Nacional de Saúde. O SUB dispõe de dois

médicos, dois enfermeiros e um técnico de radiologia, sendo que, ao nível de meios e instrumentos, o serviço presta assistência através de um RX digitalizado, um electrocardiógrafo com capacidade para funcionar no sistema de telemedicina e um monitor desfibrilhador com ligação directa ao Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do

INEM. Ainda existe a possibilidade de, no SUB, serem feitas análises clínicas, pequenas cirurgias e assistência de traumatologia. Ricardo Pereira Alves, Presidente da Câmara Municipal de Arganil, esteve ao lado da ministra e agradeceu a escolha de Arganil para a instalação deste SUB, que garante maior notoriedade ao concelho de Arganil. Ana Jorge aproveitou ainda para referir Arganil como um concelho-modelo em termos de serviços de saúde, destacando a cobertura de toda a população pelo programa “Médico de Família”, referindo que ainda existem algumas questões a aperfeiçoar. A escolha de Arganil para receber este Serviço de Urgência Básico não foi fácil. No final, as instalações, centralidade em relação aos restantes concelhos, contribuiram para respeitar a tradição médica de Arganil.

Prémio Secil Universidades Arquitectura

Jovem arganilense galardoado

Com o alto patrocínio do Presidente da República, este Prémio é organizado pela empresa Secil em estreita colaboração com a Ordem dos Arquitectos e constitui um momento único de celebração e reconheci-

Comarca de Arganil

O jovem arquitecto arganilense Pedro Filipe Bernardo Dias, oriundo da Escola Universitária das Artes de Coimbra, foi um dos contemplados com um dos mais importantes prémios no âmbito dos concursos de Arquitectura, o Prémio Secil Universidades Arquitectura.

mento público de futuros autores da arquitectura portuguesa. E esse reconhecimento ao Pedro Bernardo Dias deve-se ao seu trabalho apresentado ao concurso «four...Piódão 2002.2022.recuperar, reconstruir, reciclar, reocupar», uma proposta que «visar criar um trajecto paisagístico e pedagógico suscitando a ruralidade do local e dos percursos ancestrais do pastor». Segundo o trabalho, que das 48 propostas apresentadas a concurso integra os apenas 5 que mereceram o reconhecimento e os aplausos do

júri, «o projecto faz uma análise apurada da situação da aldeia do Piódão e, entre referências culturais e poéticas várias, desenvolve o programa com a criação de um percurso na natureza e a reabilitação das construções, onde instala a pequena indústria e os serviços, no sentido de combater a desertificação e a falta de qualificação. “Todo o programa recupera a ruína, reconstrói ou coabita com ela..., e de forma consistente utiliza os materiais locais, a pedra, o xisto e a madeira”.


tábua/arganilnotícias

P06

N.º 0 . 09 de Julho de 2009

CDU Tábua

Política

Newsletters informam população tabuense texto|foto: Tiago Cardoso Pinto

A delegação de Tábua da CDU está empenhada em fazer chegar a informação das suas actividades à população do concelho. Por isso decidiram editar uma newsletter que vai na sua segunda edição. Dedicados à causa da Água Pública, a CDU de Tábua entendeu dar a conhecer à população de Tábua as suas actividades Além da entrega das mesmas no mercado muncipal e à porta do refeitório da CMTábua, a delegação da CDU no concelho quer levar a sua voz mais além. A Água Pública, as questões ambientais e do saneamento básico (que não existe em grande parte do concelho), e ainda a luta pela requalificação das antigas Minas de Urânio de Ázere fazem parte do seu programa político, que decerto voltará a ser chamado á aten-

ção durante a próxima campanha para as eleições autárquicas, em outubro deste ano. Mas os temas a serem “puxados” a público pela CDU de Tábua têm também a ver com a luta pelos serviços públicos. Segundo a newsletter “Enquanto a Autarquia e o Governo PS atacam os serviços públicos, o voto na CDU é o voto da valo-

rização dos serviços públicos enquanto garante da qualidade de vida das populações e enquanto factor de desenvolvimento local.” O ambiente e o acesso ao abastecimento de água pedem também uma reflexão, informando a delegação de Tábua que “O voto na CDU dá força à luta pela água pública e à denún-

cia do aumento dos preços, na sequência da entrega da água à empresa águas do Planalto. Tábua tem das águas mais caras do distrito (chegando a pagar, pela mesmos metros cúbicos, mais de €11 que noutros concelhos) para além da população sofrer com o abuso na cobrança de taxas, com a falta de qualidade da água ainda perde servi-

ços de proximidade. É inaceitável que, para tratar de problemas do fornecimento de água, a população tenha que se deslocar a Tondela.” Em relação ao Ambiente a CDU é peremptória: “O voto na CDU dá força à defesa do ambiente por melhor saneamento básico em algumas freguesias do concelho e a melhoria da capacidade

do sistema de tratamento de águas.” O candidato da Coligação Democrática Unitária à CMTábua ainda não está escolhido, mas começam a ser já elaboradas as listas para Juntas de freguesia e Assembleia Municipal. Embora a CDU tenha estado nos últimos lugares em passados actos eleitorais, o certo é que nas Eleições Europeias conseguiu um record de votação em Tábua, atingindo um valor próximo da duplicação de votos, em relação à cinco anos atrás. Para a CDU tabuense “este reforço da expressão eleitoral, do número de votos e de percentagem, bem como a manutenção do número de deputados, é a contribuição mais útil, coerente e segura para afirmar a exigência de um outro caminho para a política nacional e a União Europeia e é um contributo para a necessária mudança de políticas no concelho.”

Autárquicas 2009

Miguel Ventura avança para a Câmara de Arganil texto: Paulo Mattos Afonso

Depois da apresentação dos candidatos do Partido Socialista, à Assembleia e Câmara Municipal de Arganil, Pedro Pimentel e Miguel Ventura, respectivamente, a uma plateia de duas centenas de militantes e simpatizantes, os candidatos vêm agora a terreiro explicar aos arganilenses os motivos da sua candidatura.

Na missiva posta a circular, admitem ter chegado o momento de demonstrar aos arganilenses «nossa total disponibilidade em dar o nosso contributo para o desenvolvimento do Concelho que nos viu nascer, crescer e ao qual nos mantemos intimamente ligados, vivendo as mesmas dificuldades e sentindo as mesmas expectativas e desejos dos nossos concidadãos», pelo que «a possibilidade

de servir Arganil e os arganilenses, constitui uma forte motivação para termos aceite o desafio que nos foi colocado pelo Partido Socialista de Arganil e com o qual ficámos extremamente sensibilizados», afirmam.«Ao sermos chamados a contribuir para a causa pública, temos o dever e a responsabilidade cívica de o fazer, também em respeito pelas ideias e valores que defendemos. Mais ainda,

quando em causa está o futuro do nosso Concelho. Esta é a nossa terra!O gosto que nutrimos por Arganil, levanos a que desde já possamos assegurar que a nossa campanha não vai ser, com certeza, negativista e assente num desfiar de problemas e dificuldades.Não usaremos a má-língua e a maledicência para fazer passar a nossa mensagem.A nossa campanha tem um trajecto ilumi-

nado e bem definido. Somos pelas soluções realizáveis, pelas alternativas ponderadas, pelo debate elevado e sobretudo pelo respeito e pela tolerância perante as opiniões de todos os cidadãos do nosso Concelho. A História de Arganil, assim o exige e merece.» Aproveitando a oportunidade, os dois candidatos asseguram que o envolvimento dos arganilenses «é um importante estímulo para

levarmos de vencida este desafio, que se pretende apresentar como um projecto de mudança construtiva para o Concelho de Arganil» asseguram. Entretanto, no sábado, 11 de Julho, a partir das 15 horas é inaugurada a sede de Candidatura do PS-Arganil, que contará com as presenças de Paulo Campos e Manuel Pizarro, dirigentes nacionas e de Vitor Baptista, presidente da Federação Distrital de Coimbra.


Entrevista

tábua/arganilnotícias N.º 0 . 09 de Julho de 2009

Rui Silva é candidato a Presidente da CMArganil

P07

“Quem nada faz é que não está sujeito a crítica” texto: Paulo Mattos Afonso foto: Tiago Cardoso Pinto

O ex-presidente da edilidade arganilense, eng. Rui Silva, volta a candidatar-se ao cargo que ocupou. Fazendo “mea culpa”, o ex-autarca pretende solidificar uma mensagem de esperança a todos os munícipes «Por Arganil, Concelho com Futuro», pelo que a candidatura não é, para muitos, uma surpresa. Conhecido de todos, Rui Silva lembra que muitos o recordaram «pelo muito que eu fiz de bom», embora reconheça que «outros discordando, pelo que não fiz ou pelo que fiz de errado. É a vida! Quem nada faz é que não está sujeito a este tipo de críticas». E afirma: «só espero que vos tenha agradado pelo que foi feito de essencial, de importante e de prioritário para o nosso Concelho». Numa brochura posta a circular pelo concelho o engenheiro garante que a sua candidatura «pretende transmitir-vos uma grande vontade e o maior empenho para tudo fazer e que estiver ao seu alcance, isto é, para o engrandecimento do Concelho de Arganil. Trabalhar pelo Concelho é trabalhar para todos vós, caros concidadãos, resolvendo e ajudando a resolver os problemas que mais vos preocupam». Lembrando a experiência adquirida, o engenheiro civil, garante estar mais bem preparado para o desafio das próximas eleições de 11 de Outubro, pelo que defenderá «ainda mais e

com redobrado sentido de responsabilidade, os reais e legítimos interesses do Concelho de Arganil, haja o que houver ou custe o que custar». Querendo ganhar o desafio, o ex-autarca explica que «desta vez, sou candidato numa candidatura de cidadãos eleitores no Concelho, sem estar ligada a Partidos Políticos, ou seja, é uma candidatura independente dos Partidos, que se denominará de POR ARGANIL, CONCELHO COM FUTURO» e, por se tratar de uma candidatura independente, «dela fazem parte pessoas de

todos os partidos e de todas as sensibilidades políticas», e assegura uma «dinâmica que congrega um grande espírito de unidade». Por isso, revela, «será a oportunidade para todos, sejam de um partido ou de outro, de estarem juntos num projecto comum que se afirma com o único propósito de servir o Concelho de Arganil». No entanto, alerta, «este tipo de candidatura tem também a particularidade, de só ser possível, se conseguir recolher um número mínimo de assinaturas que, para o caso do Concelho de Arganil,

são cerca de 600». Entretanto, apurámos que aquele número já foi garantido mas, mesmo assim o ex-edil prefere «recolher mais assinaturas, sempre na perspectiva de quantas mais melhor». Na missiva posta a circular, Rui Silva informa que a sua candidatura só «concorre à Câmara Municipal e à Assembleia Municipal» e não concorre às Assembleias e Juntas de Freguesia, por serem autarquias diferentes. Assim, continua, «se formos eleitos, trabalharemos em prol e com as Juntas de Freguesia

que as populações escolherem, sejam elas deste ou daquele partido ou outras». A frase, Concelho com Futuro, integrada na denominação da candidatura, pretende transmitir e fazer valer «que é preciso ter esperança e lutarmos todos juntos, pelo futuro que queremos e defendemos para o Concelho de Arganil». Com experiência autárquica adquirida como vereador a tempo inteiro (de 1990 a 1993) e como presidente de Câmara (de 1998 a 2005) lideranto na época as listas do Partido Socialista, Rui Silva, sem

lamentos, garante que «o PS nunca me convidou para ser candidato» e garantindo que «não estou contra ninguém» o engenheiro salienta que, muito pelo contrário «esta candidatura de cidadãos independentes de cores políticas é, sobretudo, a favor do concelho», pelo que «Arganil só tem a ganhar com esta aposta» e adianta como uns dos principais objectivos da candidatura, «criação de uma bolsa de fomento e coesão empresarial» onde o «envolvimento da Câmara, das empresas e da sociedade civil» serão determinantes, pelo que a candidatura será «uma lufada de confiança para a população num momento de grandes dificuldades». No entender do candidato, o facto desta lista de cidadãos ir a sufrágio também pode representar «um contributo para dignificar a política» e «restabelecer a confiança dos cidadãos na política». O conceito, afirma Rui Silva, «está hoje na “mó de baixo”, mas não é a política que está errada, são os políticos que não a dignificam, antes descredibilizam, perante os cidadãos». «Esta candidatura de cidadãos, que não está agregada a partidos, pode contribuir para a dignificação da política», salienta. A concluir, o candidato do movimento de cidadãos “POR ARGANIL, CONCELHO COM FUTURO”, garante que «respeitaremos todas as outras candidaturas concorrentes, que como nós, também quererão fazer o melhor que sabem pelo Concelho», e conclui defendendo a tese «para falarmos bem de nós não precisamos de falar mal dos outros».


Cultura

tábua/arganilnotícias

P08

N.º 0 . 09 de Julho de 2009

25.º Aniversário da Associação de Sinde

Homenagem aos fundadores texto | fotos: Paulo Mattos Afonso

Na passagem dos vinte e cinco anos de existência da Associação de Melhoramentos Cultura e Recreio da Freguesia de Sinde, cerca de três centenas de amigos e sócios da colectividade, reuniram-se no domingo, 5 de Julho, para homenagear os fundadores da Associação que, ao longo deste quarto de século, resiste para manter viva e activa uma casa que já viu perder a vertente desportiva. Segundo Joaquim Brito, presidente da As-

Em espectáculo conjunto

Filarmónica junta-se a Funil & Abelhinha A Filarmónica Arganilense comemora os seus 156 anos com um espectáculo diferente e voltado para a junção de tradições. Se por um lado estão os instrumentos formais da Filarmónica, do outro conta-se a irreverência e a diversão dos Funil & Abelhinha. No próximo dia 11 de Julho, pelas 21.30 horas, a Filarmónica Arganilense vai realizar o concerto comemorativo do seu 156.º aniversário. E embora não seja a primeira vez que uma junção deste tipo acontece, a Filarmónica resolveu convidar a Banda arganilense Funil & Abelhinha para a realização do espectáculo, mostrando que não é necessário as duas formações sairem do mesmo tipo de aprendizagem. É a união de duas tradições através de várias ge-

rações, que pretendem também aumentar os índices motivacionais dos executantes, desenvolver um espectáuclo diferente e procurar novas soluções para a Filarmónica, podendo abrir assim uma nova linha de interesse musical. Segundo fontes contac-

tadas por este jornal, este concerto servirá também como forma de agradecimento a todos aqueles que têm depositado confiança na instituição, mostrando-lhes que a sua juventude intemporal enobrece Arganil, uma vez que eles, executantes, têm sabido repre-

sentar a sua terra de forma exemplar”. A Filarmónica Arganilense é uma da pedras basilares da promoção da música no concelho de Arganil. Os Funil & Abelhinha destacam-se como um dos mais notórios projectos musicais provenientes de Arganil.

sociação «tudo fazemos para que a casa não morra e se mantenha aberta». Para aquele dirigente, a vertente desportiva teve o mesmo destino que muitas outras «acabou» por que, salienta «é muito difícil manter uma equipa» mesmo que esta milite no INATEL. Reconhecendo que a freguesia, no seu todo, ficou a perder com a falta do futebol «até porque animava a povoação» realça, no entanto, outras actividades que a Associação, ao longo do seu mandato «de há um ano a esta parte», tem vindo a realizar, destacando as noites de teatro e a realização das festas de Verão. Lamentando que os apoios «embora os haja, são poucos» Joaquim Brito pretende levar a efeito obras de reestruturação dos sanitários da sede «os que existem são exíguos e sem as condições necessárias» tanto para idosos como para deficientes, pelo que já endereçou um pedido de ajuda à Câmara Municipal. Questionado sobre o funcionamento da colectividade Quim Brito, como gosta de ser tratado, salienta o «crescente dos jovens» até porque, sendo a direcção na sua maioria composta por jovens, a aposta é sobretudo a juventude, pilar essencial para a realização das festas de Verão, organizadas em conjunto e com o apoio da Junta de Freguesia e o Rancho Folclórico da freguesia. Em dia de aniversário e na presença do presidente da edilidade tabuense Ivo Portela e do presidente da Junta de Freguesia, Fernando Gameiro, o ponto alto das comemorações passou pelo descerramento

de uma lápide que perpetua os nomes dos fundadores da Associação: António Neves Castanheira Sousa, Eduardo Rodrigues Correia, Edilberto Martins Oliveira Correia, José da Costa Pereira (ausente por motivo de saúde), Vítor Correia, António Rodrigues Borges, Amadeu José da Fonseca Macedo, António Castanheira da Costa (já falecido – representado pela viúva Madalena Costa), António Pinto da Silva (ausente por motivos de saúde), Mário Borges Garcia, António Ferreira Rodrigues e Vítor Manuel Ferreira Brito, para quem as palavras foram poucas para enaltecer a coragem e determinação, cujos frutos são, felizmente visíveis. A terminar, Joaquim Brito deixou expressa a vontade de continuar a trabalhar para o engrandecimento da colectividade», destacando que «tudo isto só é possível com a entreajuda de todos os elementos da direcção… que são excelentes», pelo que os nomes de Carlos Dinis, Bruno Gameiro Fernando Dinis, Luís Filipe Oliveira, Carlos Lameiras, Carlos Brito e Fernando Gameiro, não podem ser esquecidos.

O Almoço Juntando o útil ao agradável, a Associação de Sinde “chamou” para a confecção do repasto, um filho da terra. António Manuel Fernandes, nascido numa quinta da freguesia e embora parte da sua juventude fosse passada na vizinha aldeia de São Simão, foi o responsável pelo porco no espeto e o arroz de feijão, par além das entradas facto que veio a corroborar a festa e que, segundo a opinião dos convivas «estava divinal».


Opinião

tábua/arganilnotícias N.º 0 . 09 de Julho de 2009

Onde andam os eventos realmente culturais?

P09

Tiago Cardoso Pinto

Foi com surpresa que olhei para o cartaz deste ano da Festábua. Embora ainda não esteja a ser distribuído, é no site da CMTábua que podemos apreciar as escolhas magnânimes feitas este ano pelas cabeças pensadoras da cultura tabuense. Se em anos anteriores a procura foi de agradar a todos, este ano a Festábua pode-se comparar às festas de aldeia que pululam por todo o interior de Portugal. Se a ideia é ter uma concentração de artistas "pimba" ou de rockeiros que viram melhores dias (e melhores pagamentos) então já tivemos o Senhor dos Milagres que, todos os anos, entretém o povo de Tábua, convidando para esse fim vários artistas de gosto popular. Mas, deverá uma Câmara Municipal, seja ela qual for, investir num evento que de cultural/educativo/formador tem muito pouco? A música "pimba" e as bandas de baile existem porque há quem pague por ela. Normalmente estes artistas servem para chamar pessoas às colectividades, entretendo uma franja bem especificada da população durante uma ou várias noites. A ideia é, sempre, fazer dinheiro

para a colectividade. Desta forma podem fazer obras na sede, aumentar a rede de solidadriedade ou comprar novos equipamentos, para bem da população que servem. Uma Câmara Municipal não tem de entreter a população, de forma quase propagandística, tentando chamar todos e mostrar que se faz alguma coisa, como tem acontecido ao longo dos últimos 4 anos. Tive a oportunidade de dizer, pessoalmente, ao vereador Marco Baptista que não é assim que se fazem as coisas. E estou à vontade para o dizer. Foram vários os eventos culturais e de entretenimento que organizei ou ajudei a organizar e, pasme-se, quando apresentei à CMTábua a ideia de fazer um festival de música no concelho a resposta foi: "Não existe cabimento orçamental". Isto foi em 2004 e o projecto foi utilizado mais tarde para fazer a Festábua. Agradeço que não me creditem por isso. A Festábua é uma vergonha, desde o princípio. Pela falta de conhecimento de organização, pela organização em cima do joelho, pela falta de promoção atempada. Em suma, a Festábua de 2009 só vem confirmar os meus maiores medos: Afinal a CMTábua não quer cultura,

quer mostrar que faz, não interessa o quê. Mas falemos do alinhamento, propriamente dito. Uma banda de baile de qualidade medíocre no primeiro dia, outra banda de baile de qualidade duvidosa no dia a seguir, antes de abrirem para a Romana, essa artista que já viu melhores dias... Mas é barata, e isso é sonónimo de qualidade para o pelouro da cultura. No terceiro dia um pouco de regresso às origens do Festábua, com Hands on Approach (que já chamaram mais gente aos seus espectáculos). Ressalva para uma das melhores bandas de covers da região: Kotas à Solta, que actuam na mesma noite. E o último dia é dedicado ao popularucho. Aqui, não ponho defeitos nem critico. O popularucho é ainda dos poucos estilos musicais verdadeiramente portugueses. Mas lá está a banda de baile. Isso é que não pode faltar aos organizadores porque, segundo eles (eles os dirigentes das associações juvenis e do pelouro da cultura da CMT, se é que sequer existe), é disto que os tabuenses gostam. Mas será mesmo? Então e quando a ideia (também em ano de eleições) foi trazer os Silence4 a Tábua? E quando

(também em ano de eleições) trouxeram os campeões de vendas da altura, os D'ZRT? Será que agora que se faz uma festa de verão todos os anos já não há interesse em trazer nomes sonantes, que tragam a Tábua mais pessoas de fora e não invistam sempre e sempre no mesmo público local? Ou será que, mais uma vez, a Festábua vai estar cheia à conta dos que são para lá levados nas carrinhas das freguesias PS e no autocarro da CMTábua? Este ano, a Festábua está incluida em orçamento da Câmara com cerca de 25.000 euros. Será que não dá para trazer mais ninguém? Ou, como já alertei antes publicamente, organizar tudo em cima do joelho e em cima da hora, torna os artistas mais caros, e os organizadores ficam limitados ao que está disponível. Parece que a cultura em Tábua, infelizmente, está limitada ao que faz a Biblioteca Municipal, de quando em vez, quando tem dinheiro. É triste. Muito haveria para dizer. Também poderia comentar o papel dúbio que uma associação juvenil e os seus dirigentes têm junto da CMTábua e do próprio Partido Socialista, mas fica para outro artigo.

Requiem pel‘A Comarca in www.tabuaonline.com

Foram 108 anos a dar informação, mas não resistiu à modernização e à crise. No passado dia 11 de Junho de 2009 saiu a derradeira edição de um jornal que acompanhou gerações, viu o mudar dos tempos e sobreviveu quase onze décadas. Por tudo aquilo que o "Comarca de Arganil" deu ao povo da sua terra e da região, o TÁBUAonline expressa o seu muito obrigado! Foi em 1901 que Arganil recebeu a tipografia que imprimiria, até quase ao final, o jornal que fechou portas recentemente. Por ali passaram muitos profissionais da informação e das artes gráficas, ali se ensinaram muitos aprendizes e se ganhou "tarimba". É sempre com pesar que, como responsável pelo projecto TABUAonline.com assisto ao final de mais um título, aparentemente de forma irreversível. Fica o sentimento de vazio na vida jor-

nalística da região, bem como o engrossar dos números do desemprego que, em tempos de crise económica como a que vivemos, deve preocupar a todos. Como homenagem, decidi retirar do site, ainda activo, do "Comarca de Arganil" o texto que os seus fundadores publicaram no primeiro número, em 1901, e que foi mantido como chama inspiradora durante 108 anos, em português da época: "O jornal, quando bem orientado é, não só o padrão que serve para aferir a illustração e educação de um povo, mas também o elemento propulsor do seu engrandecimento e da sua instrução. É a alavanca que o impelle na senda das mais importantes conquistas e da realisação dos mais soberbos ideiaes. Um povo que não possua hoje um periódico, dá triste idéa do seu desenvolvimento intellectual. (...). A imprensa periódica é – deve ser – missionária do bem. Princi-

palmente quando desligada de todos os compromissos políticos e partidários, a missão do jornal é a mais importante – e também a mais eficaz; é profícua e fecunda, na sociedade moderna, porque elle é então a voz imparcial e desapaixonada da localidade onde se hospedou para traduzir os desejos e advogar as necessidades do povo, de que se tornou a um tempo procurador e arauto. (...) As columnas do nosso periódico ficam desde já francas a quem n’ellas queira advogar questões de interesse publico, sem quebra dos princípios que deixamos estabelecidos, absoluta abstenção de retaliações pessoaes, que quasi sempre – se não sempre – mais prejudicam que aproveitam a causa que se advoga. Vimos com o desejo sincero de que a nossa folha seja a alavanca do progresso da comarca de Arganil,

que bem carece d’ella e contamos que a opinião, cujo favor aspiramos a conquistar, nos servirá de ponto de apoio; vimos com a entranhada vontade de merecer a estima pública e por isso não podemos, não queremos, nem devemos admitir nas nossas columnas, nem uma palavra sequer que possa alienar uma parcella da estima a que aspiramos. A missão da imprensa, parece-nos ser esta; e se por ventura estamos em erro, preferimos permanecer n’elle a seguir melhor caminho, se esse conduzir um periódico, a que tenhamos dado nascimento a servir de pomo de discórdia, na localidade, onde nos estabeleçamos. Este é o nosso lemma de há muitos annos e que não nos sentimos com ânimo de renegar. Eis aqui pois, o nosso despretensioso e modesto programa, que seguiremos fielmente."


Desporto

tábua/arganilnotícias

P10

N.º 0 . 09 de Julho de 2009

breves

desporto

TOURIZENSE JOGA CONTRA FCPORTO, DIA 11 O FCPorto vai disputar o seu primeiro jogo de préépoca contra o Grupo Desportivo Tourizense, dia 11 no Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia, mais conhecido como Centro de Treinos do Olival. Esta será a primeira oportunidade para conhecer as novas formações das duas equipas.

Associação Atlética de Arganil

Campo recebe piso sintético

O presidente do Tourizense e ex-vice da Académica para o futebol, Jorge Alexandre, recusou a continuidade do treinador Zé Nando e escolheu Tó Margarido como seu sucessor à frente do clube satélite dos ‘estudantes'. "O Jorge Alexandre mandou um e-mail no passado sábado para a Académica a anunciar que tinha escolhido outro treinador: Tó Margarido", revelou o presidente da Académica, José Eduardo Simões, esta segunda-feira. O presidente academista desdramatizou a situação, uma vez que inicialmente tinha sido escolhido Zé Nando, elemento da actual equipa técnica de Rogério Gonçalves, tal como acontecera com Domingos Paciência. "O Tourizense escolhe quem quiser. Vamos ter uma reunião para definir essa situação. Há dois anos, aconteceu a mesma situação e não houve nenhum drama. As portas estão abertas para o Tourizense. O clube satélite é para manter, pois tanto houve vantagem para eles, como para nós", reiterou o dirigente, afastando a ideia de corte de relações com o clube satélite.

Adeus “El Comandante” Depois de quatro magníficos anos, e quando já ninguém esperava, eis que aconteceu: Lucho sai do F. C. do Porto. Por um preço (diga-se) justo para um jogador que irá fazer esta época 29 anos (bom negócio do sr. Pinto da Costa como já nos habituou) e com um contrato à altura dos melhores do mundo. Mas Lucho merecia mais, merecia outra grandeza, merecia estar com os melhores como ele. Vai, com certeza, deixar saudades aos apaixonados do futebol e vai, com certeza, fazer com que todos nós passemos a gostar um bocadinho mais do Marselha. Aproveito ainda para dar os meus parabéns a L. F. Vieira pela vitória incontestável nas eleições do «glorioso», mas mais do que isso pela contratação de Ramirez e Saviola, pois irão trazer com a sua vontade de singrar mais qualidade à Liga Portuguesa, e isso é bom para os seus adeptos e amantes do futebol em geral… Até para a semana.

Paulo Mattos Afonso

TÓ MARGARIDO REGRESSA A TOURIZ

Com uma nova dinâmica, a Associação Atlética de Arganil (AAA) tem previsto para este fim-de-semana (10/12), a apresentação aos sócios e arganilenses em geral, do novo plantel sénior que disputará a época 2009/2010 no Campeonato Distrital da Associação de Futebol de Coimbra. Em declarações ao nosso jornal, o presidente da AAA, Paulo Gama, avançou com a contratação de 22 jogadores «cujo destaque vai para o facto de serem todos do concelho». Segundo aquele responsável «trabalhar com a prata da casa» tem a vantagem de não haver lugar a «loucuras». Numa das primeiras reuniões com os atletas, ficou mesmo delineado a forma de pagamento da sua prestação em campo. Sem ordenados, os jogadores acertaram com a direcção «só receberem prémio de jogo (vitória) e prémio de treino». Sem adiantar os valores combinados, Paulo Gama apenas garante que por vontade expressa dos atletas «o prémio das vitórias será um pouco

acima da média, uma vez que os jogadores prescindiram do prémio em caso de empate». Já com a equipa técnica definida, Paulo Salvado será o treinador principal do escalão, tem a seu lado como adjuntos Carlos Sérgio e Bruno

Com tal vigor, a direcção está empenhada em voltar a colocar a AAA, num lugar cimeiro da tabela classificativa, ambição que terá que ser levada muito a sério «até porque, repito, vamos trabalhar todos em equipa com um único objectivo».

Ferreira e, garante Paulo Gama «a Associação contará com a inscrição de todos os escalões: seniores, juniores, juvenis, iniciados, infantis» e ainda com duas equipas de escolas a que se junta a Escolinha de Formação.

Estádio “novo” recebe sintético e Figo Entretanto, e em colaboração com a autarquia, o parque desportivo de Arganil, tem estado a sofrer obras profundas, onde o destaque vai para

a colocação do piso sintético onde, todos os escalões irão trabalhar e disputar os diferentes campeonatos. Paulo Gama adiantou que as obras estão quase concluídas e a data da inauguração está condicionada à disponibilidade do Secretário de Estado do Desporto, Laurentino Dias e da Delta, cujo compromisso passa, entre outros, em trazer a Arganil «uma figura de renome do futebol nacional» cujo nome poderá passar pelo ex-internacional Luís Figo, bem como a realização de um jogo entre duas equipas da 1.ª Liga. Caso não exista “vontade” por parte das equipas «até porque não gostam muito de jogar em piso sintético», Paulo Gama adianta que a solução passará pela realização de um encontro entre equipas de outro escalão «ou até mesmo por um “derby”. Até lá, muito trabalho existe pela frente e várias iniciativas estão a ser delineadas, sobretudo na realização de eventos, que façam minimizar as despesas correntes para a época que se avizinha.


Termómetro

tábua/arganilnotícias N.º 0 . 09 de Julho de 2009

P11

Ficha Técnica Propriedade: Conversómetro, Lda.

DELEGADA DE SAÚDE À FRENTE DA CONCORRÊNCIA Sofia Bernardes, delegada de Saúde de Tábua já garantiu a instalação do Serviço de Atendimento à Gripe (SAG) no Estádio Municipal. Tudo isto muito antes da maior parte dos concelhos do distrito de Coimbra. É o que se chama “andar muito à frente!”

Tábua: Morada: R. José Telles Corte-Real 3420-318 Tábua Telefone: 235 208 370 E-mail: tabua@tabuaonline.com

TESOUROS BIBLIOGRÁFICOS EM EXPOSIÇÃO

Arganil: Morada: InterMarché, Ljs 4 e 5 3300-017 Arganil Telefone: 235 208 370 E-mail: arganil@arganilonline.com

PS NACIONAL IMITA SLOGAN DE VEIGAS

A Biblioteca Municipal Miguel Torga, em Arganil, tem patente até ao próximo mês de Setembro, uma exposição dedicada aos documentos históricos do concelho, entre os sécs XVI a XIX. Destaque para o Foral de D. Manuel, em 1514 e os pesos manuelinos datados de 1499, para além dos livros de actas dos vários concelhos existentes nessa época, no território que é hoje o concelho de Arganil.

José Sócrates deve ter olheiros em Tábua, à procura do melhor slogan de campanha. Depois de “Razão e Coração”, descoberto no seminário de Fátima e usado por Guterres, eis que Sócrates passa de “Voltar a Acreditar” para “Juntos Conseguimos”. Ainda não sabemos o que é que o PS nacional pensa conseguir, certo é que a campanha do PSD-Tábua já se congratulou com a “cópia”. Se conseguir, pode descobrir as diferenças, mesmo aqui.

Periodicidade: Semanário Director: Margarida Matos Pereira (prov.) Chefe de Redacção: Paulo Mattos Afonso Redacção: Paulo Mattos Afonso, Tiago Cardoso Pinto

DEPOIS DELA, VEM ELE

Colaboradores: Antonino Teixeira, Filipe Quaresma, André Rui Graça

José Dias Ferreira deverá ser o candidato do PSD à presidência da Assembleia Municipal de Arganil. Se ganhar vai substituir a própria irmã no mesmo cargo, já que Manuela Ferreira Leite não se pode candidatar conjuntamente a legislativas e autárquicas. Pode ser que, 62 anos depois o ex-presidente da Assembleia-Geral do Sporting, comentador desportivo de craveira, e presidente em exercício da Assembleia de Freguesia de S. Sebastião da Pedreira, venha finalmente a pisar o chão sagrado que o viu baptizar.

Opinião: Pedro Dinis, Carlos Ferreira Revisão: Rita Gomes Costa Design: Conversómetro, Lda Tiragem: 800 exemplares Publicidade: Conversómetro, Lda. Websites: www.tabuaonline.com www.arganilonline.com

meteorologia fonte: IM 6ª feira 10 Julho Céu geralmente limpo, temporariamente nublado por nuvens altas. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) de noroeste, soprando moderado a forte (20 a 45 km/h) no litoral Oeste durante a tarde.Neblina ou nevoeiro matinal.

previsão 3 dias Sábado 11 Julho Céu geralmente limpo, temporariamente nublado por nuvens altas. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) de noroeste, soprando temporariamente moderado (20 a 35 km/h) no litoral Oeste.Neblina ou nevoeiro matinal.

Domingo 12 Julho Céu geralmente nublado por nuvens altas. Vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) de noroeste, soprando temporariamente moderado (20 a 35 km/h) no litoral Oeste. Neblina ou nevoeiro matinal.


arganilnotícias TO

UI . Às Quintas, só nas bancas N.º 0 . 09 de Julho de 2009 . Semanário . Directora: Margarida Matos Pereira . €0.60 AT GR

Rui Silva em entrevista

“Se for eleito trabalharei com todos” Rui Silva volta às lides políticas e candidata-se, de novo, à presidência da Câmara Municipal de Arganil. Fiel a si mesmo, em entrevista exclusiva, o candidato líder de uma lista de independentes fala sobre uma candidatura sem bandeiras, defendendo a criação de uma bolsa de fomento e coesão empresarial onde o envolvimento da Câmara, das empresas e da sociedade civil serão determinantes.

P07

A.A.Arganil

Apresentação este fim-de-semana A Associação Atlética de Arganil vai apresentar a sua equipa principal durante o fim-de-semana que se avizinha, estando agendado, ainda para este mês, a inauguração do novo piso sintético do Campo Dr. Eduardo Ralha, conforme conta o presidente da AAArganil, Paulo Gama.

P10

Tábua/Arganil Notícias, #00  
Tábua/Arganil Notícias, #00  
Advertisement