Page 1

DEZEMBRO / EDIÇÃO N. º2

JORNAL EBA DESTAQUES

FORMAÇÃO – PÁG. 3

PROJETOS INTERNACIONAIS – PÁG 4, 5

O PRESENTE DOS NOSSOS EX-ALUNOS – PÁG. 7

Erasmus PRO – Assegura o teu desafio de viver e trabalhar no Estrangeiro com a EBA! O Erasmus Pro consiste numa mobilidade de longa duração em vários países europeus, permitindo aos diplomados, que estejam à procura do primeiro emprego ou de um estágio profissional, um contacto, em primeira fila, com o mundo do trabalho, conducente ao desenvolvimento das competências para a prática profissional e aptidões transversais, alargando a mente e os horizontes.

Certificação Oficial do Selo de Conformidade EQAVET A obtenção deste selo corresponde à etapa final de um processo exigente e complexo e que reconhece, com a atribuição deste selo, a nossa escola como uma entidade que garante a qualidade no processo de ensino e de formação.

CENTRO QUALIFICA

Em dezembro, decorreram as primeiras Sessões de Júri de Certificação, no âmbito do Processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências. Foi para toda a Equipa do Centro Qualifica da Escola Profissional Beira Aguieira um acontecimento importante, já que representa a primeira sessão do nosso trabalho no âmbito do Centro Qualifica. Pág. 8 e 9

PÁGINA 1


DEZEMBRO / EDIÇÃO N. º2

EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE 20/23

No mês de novembro, os alunos da turma de Técnico Auxiliar de Saúde 2020/2023 participaram numa atividade de Educação para a Sustentabilidade, na qual analisaram à lupa rótulos de alguns alimentos que habitualmente consomem. A atividade realizou-se no âmbito das atividades previstas nas disciplinas de Biologia, Físico-Química e Saúde. No final, os alunos concluíram que há alimentos mais sustentáveis do que outros e concluíram que é fundamental mudar alguns hábitos.

JORNAL EBA REDE DE BIBLIOTECAS DE PENACOVA REUNIÃO DA REDE DE BIBLIOTECAS DE PENACOVA 11.11.2020

No âmbito da parceria da Rede de Bibliotecas de Penacova, a nossa escola participou, no dia 11 de novembro, na reunião para aprovação do plano anual de atividades. Como referiram os colegas, na assembleia de cooperantes da Rede de Bibliotecas de Penacova, "unidos para a melhoria dos níveis de literacia da comunidade escolar do Concelho de Penacova".

O NATAL NA ESCOLA

O espírito natalício foi vivido de forma diferente este ano. Dada a situação de pandemia, o caloroso e intenso convívio que esta época proporciona teve de ser, obrigatoriamente, contido. No entanto, assinalámos esta época com um desafio lançado pela Direção Pedagógica. O objetivo consistia em decorar as portas das salas de aula com decoração alusiva ao Natal e às áreas dos cursos. A atividade permitiu, assim, fomentar o espírito natalício e, ainda, estimular o trabalho em equipa e desenvolver capacidades como a autonomia e a criatividade.

PÁGINA 2


JORNAL EBA

DEZEMBRO / EDIÇÃO N. º2

FORMAÇÃO PRÁTICA CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COZINHA/PASTELARIA 2018/2021

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE RESTAURANTE/BAR 2020/2023

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE COZINHA/PASTELARIA 2020/2023

Nas aulas práticas, os alunos têm oportunidade de aplicar os conhecimentos adquiridos em contexto de formação teórica, bem como preparar serviços através de exercícios de simulação, que reproduzem a realidade que vão encontrar, tanto nos estágios nacionais e internacionais promovidos pela escola, como no futuro enquanto profissionais destas áreas. «A aprendizagem é um processo de descoberta em que cada um de nós deverá ser o seu próprio descobridor, coisa que os outros não poderão fazer por nós» (John Dewey, 1916) PÁGINA 3


JORNAL EBA

DEZEMBRO / EDIÇÃO N. º2

PROJETOS INTERNACIONAIS ETWINNING ALUNOS DA EBA TRABALHAM EM PROJETOS ETWINNING Os alunos do primeiro ano dos Cursos Profissionais de Técnico Auxiliar de Saúde e Gestão e Programação de Sistemas Informáticos são membros do projeto eTwinning intitulado "Media Literacy and Fake News". A dedicação e a criatividade despertada são visíveis nas atividades que têm desenvolvido!

ENCONTRO VIRTUAL ETWINNING No âmbito do projeto eTwinning "Media Literacy and Fake News" realizou-se, no dia 21 de novembro, uma videoconferência, que permitiu a apresentação dos membros deste projeto e conta com países como Bulgária, Croácia, Eslováquia, Espanha, Itália, Portugal e Turquia. Este encontro foi muito enriquecedor, tanto para alunos, como para professores, pois deu um rosto a pessoas com quem se tem mantido contacto através da plataforma eTwinning. Além disso, a partilha intercultural traduziu-se numa experiência que rompe, de facto, com os métodos tradicionais e vai ao encontro de uma escola que se quer global! O projeto avança para a fase da disseminação, que possibilitará demonstrar ao público o trabalho realizado no âmbito do desenvolvimento da capacidade de análise e de crítica na consulta de informação veiculada pelos meios de comunicação social.

CERIMÓNIA DE ENTREGA DOS SELOS EUROPEUS DE QUALIDADE ETWINNING Decorreu no dia 17 de dezembro de 2020, em formato online, a Cerimónia de Entrega dos Selos Europeus de Qualidade eTwinning. No decurso da cerimónia houve ainda uma conferência proferida pelo Professor Doutor David Rodrigues, a propósito da Inclusão e trabalho de projeto. No final, alunos e professores foram convidados a participar numa atividade de “escape room” virtual, na qual os alunos da turma de GPSI 20-23 participaram com muito entusiasmo. As professoras envolvidas no projeto vencedor «Acuérdate de mi» receberam as placas alusivas ao Selo Europeu de Qualidade (SEQ), que simboliza todo o seu esforço e empenho, bem como dos alunos (grande maioria da turma de Técnico de Restaurante/Bar, do 1º ano).

PÁGINA 4


JORNAL EBA

DEZEMBRO / EDIÇÃO N. º2

PROJETOS INTERNACIONAIS

ERASMUS KA229 - SCHOOL EXCHANGE PARTNERSHIPS (Parcerias de Intercâmbio Escolar) REUNIÃO ONLINE DO PROJETO KA229 – “GROW HEATHY- LET`S CREATE A WELL-BEING COCKTAIL” 25.11.2020 No âmbito do projeto KA229, intitulado “Grow Healthy Let`s Create a Well-Being Cocktail”, realizou-se, no dia 25 de novembro, uma videoconferência, que permitiu a apresentação dos membros deste projeto, que conta com a Bulgária, Croácia, Portugal e Turquia como parceiros. Este projeto insere-se no âmbito do Programa Erasmus+ e promove a cooperação para a inovação e o intercâmbio de boas práticas através do intercâmbio escolar. A saúde é área-alvo deste projeto e, através da colaboração, partilha e realização de atividades diversificadas e com recursos a diferentes tecnologias, pretende-se desenvolver o conhecimento sobre saúde física e emocional. Código: 2020-1-PT01-KA229-078343 “Projeto financiado com o apoio da UE. A informação contida nesta publicação (comunicação) vincula exclusivamente o autor, não sendo a UE responsável pela utilização que dela possa ser feita.”

PARA UM TURISMO CONSCIENTE E INCLUSIVO NA EUROPA 25.11.2020 Decorreu, no dia 25 de novembro de 2020, um encontro online, entre a equipa da Escola Profissional Beira Aguieira, responsável pelo projeto «Para um Turismo consciente e Inclusivo na Europa», e a parceira internacional da Lituânia. Foram transmitidas algumas estratégias para a concretização desta primeira fase do projeto. O projeto conta com um grupo de trabalho no eTwinning Groups, constituído pelos países envolvidos (Portugal, Lituânia, Bulgária, Espanha, Grécia e Itália). Toda a comunidade escolar será envolvida, visando contribuir para a partilha de boas práticas, designadamente na área do Turismo Sustentável, protegendo a região e ser uma Eco-Escola Internacional. (2020-1-PT01-KA229-078716)

REUNIÃO DE APRESENTAÇÃO DO PROJETO EUROPEU ERASMUS+ KA229, “PARA UM TURISMO CONSCIENTE E INCLUSIVO NA EUROPA” 10.12.2020 No dia 10 de dezembro de 2020, teve lugar, no Município de Penacova, a reunião de apresentação do projeto Europeu Erasmus+ KA229, “Para um Turismo Consciente e Inclusivo na Europa” coordenado pela Escola Profissional Beira Agueira. Este encontro teve como finalidade discutir o programa a realizar em 2021, onde foram salientados os benefícios da cooperação internacional entre as várias instituições de ensino nacionais e internacionais, as entidades públicas locais e os efeitos multiplicadores positivos da oferta turística local. O projeto tem a coordenação da equipa da Escola Profissional Beira Agueira, com participação de parceiros da Bulgária, Espanha, Itália, Grécia e Lituânia e conta com o apoio do Município de Penacova.

PÁGINA 5


JORNAL EBA

DEZEMBRO / EDIÇÃO N. º2

APRENDE MAIS Sustentabilidade e Gastronomia, Uma Receita para o Desenvolvimento Local. HUGO TEIXEIRA FRANCISCO Vivemos tempos desafiantes, que como tal exigem sonhos ambiciosos e ansiosos por se cumprirem! Num território que tem na distinção e diferenciação, alguns dos seus principais ativos, encontramos uma diversidade concentrada da serra até ao mar, numa receita de vários municípios, separados apenas por imaginárias fronteiras, que, para o turista, nada representam e se dissolvem, quando esses mesmos territórios, se unem e ligam pela história e cultura. A gastronomia, enquanto recurso turístico material e imaterial, deve ser servido, tendo por base os seus produtos endógenos, mas carece, cada vez mais, de ser regada com histórias que evocam outros tempos, acompanhada com legado cultural, tradição e modos de vida, mas sempre com uma pitada de inovação, criatividade, imaginação e originalidade, até porque a memória do amanhã, acontece hoje! Assim, pensar o Centro, como região de promoção turística, pensar no distrito de Coimbra, enquanto NUT, pensar na Serra do Buçaco, enquanto destino turístico, é pensar numa lógica de Sustentabilidade 360º, onde as dimensões ambientais, sociais, culturais e económicas se cruzam e entrelaçam, para que se crie uma massa crítica, que após devida preparação e repouso, possa crescer, ganhar estrutura e cumprir-se!

Uma receita, muito mais do que um conjunto de ingredientes, é a sua interligação, cumplicidade e reações. Muito mais do que um processo, vive da inspiração de quem os cria, mas também das agruras da vida e dos acasos do momento, que faz com que, se utilizem os ingredientes disponíveis e no tempo certo. Retirar à gastronomia a cultura local, onde esta se desenvolveu, desenraizá-la das suas origens económicosociais é amputá-la, retirar-lhe tempero e sabor. Hoje, é cada vez mais fundamental trabalhar o imaterial da gastronomia, trabalhar aromas, histórias e tradições. Pessoas, relatos orais populares, usos, costumes e métodos… construir imaginários e uma história que nos faça viajar a outros tempos até uma braseira de uma lareira que crepita, sob uma panela de 3 pés. Com esta visão e envolvimento a Gastronomia poderá cumprir-se, enquanto alvo estratégico efetivo e fator de desenvolvimento territorial, estruturado, integrado, integrante, multiplicador e de qualidade para um Melhor Turismo para toda a região.

QUÍMICA: PARA QUÊ? Há uma ciência que está em todo o lado, na saúde, nas comunicações, nos transportes, no desporto, na moda e na cosmética, no ambiente, na agricultura e até na gastronomia, a QUÍMICA. A química faz a diferença na saúde, desenvolvendo novos medicamentos e biomateriais; nas comunicações, criando baterias com mais capacidade e mais rápidas de carregar, assim como materiais mais leves e resistentes. Nos transportes, procurando fontes de energia limpas, usando novos materiais resistentes à corrosão; na moda e na cosmética, criando tecidos novos, recorrendo a biotêxteis e materiais reciclados e desenvolvendo produtos inovadores com novas cores, texturas e sempre com toda a segurança. No desporto, recorrendo a novos polímeros, tanto no fabrico de equipamentos mais leves e resistentes, como vestuário que permita rápida evaporação do suor. No ambiente, procurando minimizar o impacto humano na natureza, por exemplo através de tratamentos que garantam a qualidade da água que bebemos. Na agricultura reduzindo o uso de fertilizantes, pesticidas e valorizando a produção biológica. Na gastronomia, aplicando técnicas moleculares à criação de novos pratos.

“QUÍMICA VERDE” Dentro dos princípios da necessidade de um desenvolvimento sustentável, tem-se como regra que a química deve manter e melhorar a qualidade de vida. O grande desafio é a continuidade do desenvolvimento, diminuindo os danos causados ao meio ambiente. Tal fato requer uma nova conduta química para o aprimoramento dos processos, com o objetivo fundamental da geração cada vez menor de resíduos e efluentes tóxicos, bem como da menor produção de gases indesejáveis ao ambiente. Este novo caminho a ser delineado pela química é denominado como química sustentável ou química verde: "A criação, o desenvolvimento e a aplicação de produtos e processos químicos para reduzir ou eliminar o uso e a geração de substâncias. tóxicas". A química verde tem a preocupação do desenvolvimento de tecnologias e processos incapazes de causar poluição.

Sabias que:

Sabias que:

Sabias que:

Por cada tonelada de vidro velho incluída no fabrico de vidro poupam-se 1,2 toneladas de matérias primas originais?

A produção de papel reciclado Uma lata de bebida pode ser consome 2 a 3 vezes menos infinitamente reciclada sem energia que a produção de perda de qualidade? papel a partir da fibra virgem?

Sabias que: Os componentes das pilhas (no solo) espalham-se e infiltram-se provocando a sua contaminação e podendo mesmo atingir os lençóis de água PÁGINA 6


JORNAL EBA

DEZEMBRO / EDIÇÃO N. º2

O PRESENTE DOS NOSSOS EX-ALUNOS CAROLINA SANTOS, EX-ALUNA DO CURSO TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE

Considero que a experiência que tive na Escola Profissional Beira Aguieira foi bastante importante para mim e para o meu percurso. Ajudou-me a construir as bases para o meu futuro, e a ter experiências únicas, como os estágios e o Erasmus+, que recordo hoje com muito carinho. Posso afirmar que o meu percurso nesta escola me marcou bastante, tanto a nível pessoal como profissional. Atualmente, encontro-me no segundo ano do Curso de Licenciatura de Enfermagem em Coimbra e estou a gostar imenso, e cada vez tenho mais certezas de que é isto que quero seguir para o meu futuro.

SORAIA ALMEIDA, EX-ALUNA DO CURSO TÉCNICO DE GESTÃO DO AMBIENTE PROJETO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PARA CRIANÇAS - O PLANETA AQUARELA Chamo-me Soraia Almeida e fui aluna da Escola Beira Aguieira no

triénio de 2012-2015. Frequentei o curso Técnico de Gestão do Ambiente onde conheci a área que me apaixona: a Educação Ambiental. Estagiar no Parque Biológico de Gaia e na quinta pedagógica Granja Escuela em Sevilha (através do programa Leonardo da Vinci) foram experiências muito enriquecedoras, não só porque me permitiram conhecer o mundo de trabalho, mas também porque me deram a certeza de que a área que tinha escolhido era mesmo a que queria para o meu futuro. Os três anos de GA foram a alavanca para todas as escolhas académicas e profissionais que fiz depois. Após terminar o curso, formei-me enquanto Técnica de Interpretação da Natureza e dos Espaços Rurais na Escola Superior Agrária de Coimbra e decidi completar o meu percurso académico com a licenciatura de Ciências do Ambiente pela Universidade Aberta. No início do ano de 2020 lancei o meu projeto de Educação Ambiental para crianças - o Planeta Aquarela. O meu grande objetivo com este projeto é dar ferramentas ao pais e educadores para que possam ajudar as crianças a explorar e observar a Natureza, em família nas suas casas e/ou em contexto escolar. Inicialmente, foram criadas pequenas mochilas sustentáveis com materiais necessários a diferentes atividades. Com o aparecimento da pandemia e do período de confinamento, rapidamente estas mochilas se transformaram em atividades digitais mensais. Todos os meses, é lançada uma nova edição de quatro atividades que acompanham o ritmo da Natureza e que ajudam as crianças a prestar atenção ao que acontece lá fora de uma forma muito divertida, mesmo que dentro de casa. Mais do que nunca, sabemos que o contacto das crianças com o meio natural deve ser uma prioridade, pela sua saúde e pela forma como ficam preparadas para os desafios do seu quotidiano. "Nenhuma descrição, nenhuma imagem de nenhum livro pode substituir a observação real das árvores num bosque com toda a vida que ocorre à sua volta". Maria Montessori

PÁGINA 7


DEZEMBRO / EDIÇÃO N. º2

JORNAL EBA

CENTRO QUALIFICA FORMAÇÃO ONLINE EM VILA MOINHOS, MORTÁGUA

O grupo de Vila Moinhos, em Mortágua, que se encontra a realizar o processo de certificação escolar de Nível Secundário, está a frequentar formação online, no âmbito do processo RVCC – Processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências, de Nível Secundário. Esta situação surgiu devido à proibição de circular entre concelhos e prova que, mesmo com restrições, é possível assegurar a formação e continuar a trabalhar, mantendo todas as regras de proteção.

GRUPO DA LOUSÃ EM FORMAÇÃO PROFISSIONAL

No âmbito do processo de RVCC profissional da área de Cozinha para funcionárias da ADIC (Associação de Defesa do Idoso e Criança), Vilarinho, na Lousã, foram confecionados pratos que são prova do empenho e dedicação com que têm trabalhado, rumo à certificação!

PÁGINA 8


JORNAL EBA

DEZEMBRO / EDIÇÃO N. º2

PRIMEIRA SESSÃO DE JÚRI DE CERTIFICAÇÃO C E R T I F I C A Ç Ã O E S C O L A R No dia 15 de dezembro, decorreu a primeira Sessão de Júri de Certificação, no âmbito do Processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências – RVCC de Nível Básico e Secundário, na qual foram certificadas seis candidatas. Foi para toda a Equipa do Centro Qualifica da Escola Profissional Beira Aguieira um acontecimento importante, já que representa a primeira sessão do nosso trabalho no âmbito do Centro Qualifica, bem como uma honra e um privilégio assistir a um momento tão significativo na vida de cada uma das candidatas. Congratulamos cada uma pela forma entusiasta e empenhada como desenvolveram a sua apresentação e agradecemos a colaboração e dos membros do júri. À Direção da ADIC, Associação de Defesa do Idoso e da Criança, endereçamos o nosso agradecimento pela colaboração em todo o processo e pelo facto de reconhecerem que a formação é uma mais-valia para as suas funcionárias.

CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL

O Centro Qualifica da EBA realizou, ontem, dia 17 de dezembro, a primeira Sessão de Júri de Certificação Profissional de Cozinheiro, Nível II, e de Técnico de Cozinha/Pastelaria, Nível IV, na qual foram certificadas três candidatas. Mesmo com as restrições impostas pela pandemia, três candidatas prestaram provas de certificação de competências. Esta prova consistiu numa demonstração prática das competências detidas no âmbito dos referenciais de competências profissionais e certificadas por um júri. Os jurados, além do processo de certificação, endereçaram palavas de reconhecimento pelo trabalho realizado e reforçaram o esforço e sentido de dever cumprido alcançado pelas candidatas. É com muito orgulho que o Centro Qualifica da EBA teve oportunidade de participar em momentos tão significativos para a vida de cada adulta. Esta certificação representa uma mais-valia para, quer pelo reconhecimento das competências adquiridas ao longo dos anos, quer pelo autorreconhecimento da capacidade de saber fazer. PÁGINA 9


DEZEMBRO / EDIÇÃO N. º2

JORNAL EBA

MORADA: Escola Profissional Beira Aguieira Rua Costa do Sol, nº 2 3360-327 Penacova Portugal

TELEFONE: (+351) 239 470 270

E-MAIL: geral@beira-aguieira.pt

FACEBOOK: https://www.facebook.com/escolaprofissional.beiraaguieira PÁGINA 10


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.