Page 1

SOMOS 100%

Setembro 2012 – 1ª Edição/ESPECIAL

1


Depois de muito pensar em uma forma de demonstrar todo nosso amor de fã a Inimigos da HP, surgiu uma ideia: Porque não contar a nossa história a eles, o que acontece até podermos Chegar na frente do palco para curtir um show, a espera, a expectativa. Seria legal sim, mas como fazer isso? Horas de sono perdido e eis que numa “peixada” entre os neurônios, surge a idéia de fazer a revista, amadurecendo esta idéia, surge algo para complementar: Porque não convidar toda aquela galera que também acompanha os guris para entrar nessa com agente? Porque não deixar que todos contem suas histórias, declarem seu amor também? E nas paginas a seguir, esta o resultado de uma idéia maluca, de muito trabalho, de muito sono perdido, de amizades virtuais e de amizades muito além das imagens, de amor, amor e mais amor de nós fãs, é claro tudo isso feito com muito carinho. Esta é apenas primeira edição de muitas que ainda virão, este é um projeto que veio para ficar, para aproximar ainda mais nós fãs dos nossos ídolos, ainda tem muita coisa para decidir, mudanças a serem feitas. Agradeço a todos que de certa forma me ajudaram nessa doidera, que me deram força, apoio e muito carinho, espero atender a expectativa, e quero que saibam que foi tudo feito com muito carinho.

Editorial

Redação: Talita Venzo Diagramação: Talita Venzo Revisão: TalitaVenzo Nara Simmi Charlene Simmi

Colaboradores/Fontes de textos e imagens: Site Oficial Inimigos da HP, Luana Oliveira, Gabriela Boni, Fernanda Tigre, Isabella, Lais Martins, Raniélli Amaral, Thamires, Rafael Cardoso Bernardes, Elaine Cristina Amaral, Suélen Frassetto Martins, Patricia Ferro, Tamires Carvalho, Arielen Beraldo, Pagina Humor Inimigos da HP – Facebook, Defã prafã IHP

Obrigada! Talita Venzo

2


Como esta é a primeira edição, temos que contar a história que todos nós fãs já conhecemos.... Tudo começou há treze anos, quando um grupo de amigos que trabalhava durante a semana e se encontrava aos sábados e domingos para ir a micaretas e pagodes, resolveu formar um grupo de samba e o nomearam como Inimigos da HP - uma brincadeira com a famosa calculadora, usada por quase todos os integrantes em suas profissões. O primeiro show foi no aniversário do Bonilha em 07 de Maio de 1999 no bar de um grande amigo dos meninos, para alegria de nós fãs, pois foi ai o inicio de tudo. E foi assim, despretensiosamente e com a intenção apenas de "fazer um som" de vez em quando, que surgiu um dos maiores fenômenos da música nos últimos tempos. A carreira profissional do Inimigos da HP foi iniciada em 2001, com o lançamento de um disco homônimo e independente.

A gravação do primeiro DVD foi o começo de uma segunda etapa na carreira do Inimigos da HP, pois estavam habituados a ser a banda que animava abalada. Naquele dia, segundo eles, passaram a ser pela primeira vez “os artistas”. Com a gravação dos CDs e DVDs "E Quem Não Gosta de Inimigos... ", de 2004

O grupo atingiu reconhecimento nacional, gravando músicas que, instantaneamente, se tornaram sucessos radiofônicos. Canções como Toca um Samba Aí, Bons Momentos e Nosso Filme, fizeram o conjunto atingir o status de febre das baladas e a lotar Casas de shows de todo país. Seu terceiro DVD, "Ao Vivo em Zoodstock",

e "Inimigos da HP Ao Vivo", de 2006,

também foi um marco na carreira dos músicos. O sucesso do trabalho rendeu ao grupo uma indicação para o Grammy Latino na categoria "Melhor Álbum de Samba/Pagode", um presente no ano em que o Inimigos comemoravam dez anos de carreira. 3


Em 2010, lançaram seu último CD e DVD "Amigos da Balada",

que trouxe regravações de sucessos nacionais e internacionais.

Em 2011, os amigos realizaram um projeto especial em homenagem a Chico Buarque. A turnê, chamada "Meus Caros Inimigos" em alusão à música Meu Caro amigo, de Chico Buarque,

mostrava uma releitura das principais canções do cantor e compositor carioca, cujo trabalho sempre foi admirado por todos os integrantes do Inimigos da HP. Ainda ano passado, o conjunto entrou em uma nova fase em sua carreira, quando se tornou integrante da FS Produções Artísticas, escritório que agencia a carreira de grandes artistas, como as duplas Fernando e Sorocaba e Thaeme e Thiago.

O primeiro fruto dessa nova parceria, o álbum "Mudei por Você" foi lançado em janeiro de 2012, com destaque para Sereia, o primeiro single. A marca do Inimigos da HP sempre foi o jeito irreverente e humilde. Alternando músicas animadas com canções românticas, o grupo conquistou uma grande legião de fãs e, ao longo da década, fez apresentações memoráveis por todo país. Nessa nova fase de sua carreira, o grupo aposta no trabalho da FS Produções Artísticas para manter seu sucesso e continuar alçando grandes voos. Musicas do CD Mudei por você 1 – Tipo Fiona 2 – Mudei Por você 3 – Sereia 4 – Vamo aposta 5 – Eu sou o cara 6 – Ta tirando onda 7 – Sou teu 8 – Tava na cara 9 – Vou falar com a NASA 10 – Peladinho 11- Quem quiser me beijar 12 – Amor e sacanagem 13 – Nosso filme / Bons momentos/ Toca um samba aí

Como não se apaixonar por esses seis amigos com muita vontade de tocar, uns “caras malucos" que fazem um show muito cativante, irreverente com uma grande interatividade com o público presente misturando sons, mantendo sempre o estilo "pagode de tocar". O principal objetivo do grupo é mostrar sua música para todo o Brasil, levando alegria, emoção e cultura a todas as pessoas, e vamos combinar que o fazem muito bem!

4


Hoje, o grupo formado por, um publicitário, três engenheiros, um engenheiro civil e um administrador de empresas - também formado em Direito, já lançaram seis CDs, quatro DVDs e ganharam Discos de Ouro graças às suas vendagens.

Inimigos da HP Sebá (vocal),

Cebola (pandeiro),

Bonilha (percussão),

Gui (repique de mão e congas)

Tocha (rebolo)

Alemão (surdo e percussão),

5


Um caso de amor entre os fãs e Inimigos da HP Como descrever esse sentimento tão bonito, como explicar “essa coisa” que nos faz perder o sentido, que nos enche de orgulho e de tanta felicidade, que nos faz carregar para sempre uma vontade insaciável de estar sempre por perto, de querer sempre mais. Que sentimento é esse? Me fiz essa pergunta por muito e muito tempo, a resposta eu sempre soube, sempre tive certeza de que é o mais puro e verdadeiro AMOR DE FÃ, e quando ele é correspondido então, por mais que seja com um simples sorriso, ou simples gesto, um muito obrigada, ele se torna capaz de nos cegar, de nos alimentar, nos impulsionar para os melhores sonhos, para as melhores histórias, para as melhores aventuras, simplesmente nos faz FELIZES, muito felizes. E quem melhor para descrever esse sentimento, contar essa história de amor entre, os FÃS e INIMIGOS DA HP, a não ser nós mesmos?

Luana Oliveira - Ribeirão Preto / SP

“Sou tão fã mais tão fã que dia 19/05/2010 fiz essa homenagem pra eles”. A Luana acha que só falar e ir em todos os shows não era mais suficiente, não bastava, então quis marcar no corpo o amor dela por Inimigos da HP, tatuou as letras I H P no seu braço.

Ela que tem 22 anos, a sete cultiva esse amor, se descreve com as palavras: “sou louca por eles. Sempre que posso vou em um show aqui mesmo em Ribeirão Preto. Essa foto é do ultimo show aqui dia 18/08/12. Foi perfeito....” E as Loucuras da Luana não param por ai não, a filha dela que tem 11 meses, nasceu no

dia 15/10/2011, dia do aniversario do Sebá . Segundo ela, fez de tudo junto com a médica para realizar tal feito. E ainda nos alerta: “Olha que amor hein, todo mundo me pergunta que dia ela faz aniversario eu falo assim: 15 de outubro dia do Aniversario do Sebá hehehe...”

6


Gabriela Boni - Curitiba- PR @GaabiBoni A Gabriela é mais uma fã incondicional de Inimigos da HP, vou deixar que ela mesma nos conte sua história:

“Então, desde os meus 13 anos sou fã do IHP, quase quatros anos e pouco viajando, amando, fazendo loucuras pelos meninos! Minha felicidade mesmo é o carinho que eles tem comigo, sabendo quem eu sou e tal. Isso é o que mais me incentiva a todos os dias amar cada vez mais eles! Uma das maiores loucuras que eu fiz pelos meus ídolos foi ir num show gratuito que ia ter numa cidade vizinha aqui de Curitiba que é meio perigosa, então eu com 15 anos sai de casa, minha mãe achando que eu ia no cinema e depois iria pra casa da minha amiga dormir lá. Eu peguei 2 ônibus pra Colombo/PR destino festa da uva show dos Inimigos da HP, sendo que não tinha nem feito 2 meses que eu tinha visto os ídolos, mais sabe como é né, fã é fã. Um dos motivos para eu ir não era só o fato de ver os ídolos, queria ir por que era aniversário do Salvador o baterista do IHP e nós do FC IHP Paraná fizemos uma homenagem pra ele, e eu queria fazer parte dela! E fui! Claro que minha mãe descobriu no dia do show que eu estava lá, e foi só um motivo para essa loucura não ser perfeita hahahaha E claro que um motivo a mais para amar os Inimigos da HP foi o vídeo que eles fizeram pro meu aniversário de 15 anos, uma homenagem linda pra mim, que me fez ter mais orgulho e amor por eles! Beijos.”

7


Fernanda Tigre dos Santos Salto/SP A paixão da Fernanda que tem 22 anos, “pelos lindos do IHP” – como ela os descreve, começou quando encontrou o primeiro DVD deles na bagunça do irmão, ela nunca tinha ouvido falar do grupo, assistiu e se apaixonou pelas musicas, por eles, e principalmente pelo Sebá, depois desse dia não parava de ouvir e assistir, segundo ela praticamente roubou o DVD que nem era do irmão e sim de um amigo dele que havia emprestado. A Fernanda chamou as amigas para assistir e não teve uma que “não gamou neles...” Foi a partir desse dia que surgiu mais uma fã. Já são sete anos de amor e adoração a Inimigos da HP. A primeira oportunidade de ir em um show foi numa cidade vizinha chamada Osvaldo Cruz/ SP, ela descreve o show como: “ inesquecível, quando eles subiram no palco achei que ia morrer de tanta emoção, de tanto gritar. Na minha cabeça aquilo era um sonho, demorou muito pra cair à ficha que aquele sonho era realidade, nunca imaginava ver eles assim de perto, porque onde eu morava era interiorzão a cidade tinha 5 mil habitantes e nunca imaginava que eles iriam fazer show praquelas bandas, foi demais vou guardar pra sempre esse momento único...” Na época a Fernanda não tinha câmera fotográfica e não registrou esse momento, ela também não conseguiu entrar no camarim, mais o fato de estar la, de ter ido ao show deles valeu por tudo. Nesse mesmo dia ela levou uma carta de metros com um ursinho de pelúcia, foi ideia de uma amiga dela a Karina Machado, jogaram para eles enquanto tocavam Toca um samba ai, “o Sebá pegou, cantou a musica com ela na mão! Não tenho fotos mais esses momentos vão ficar eternizados na minha memória e no meu coração, momentos que se tornaram inesquecíveis!” “Amo muito eles , mais o meu preferido é o Sebá foi amor primeira vista...” Palavras de Fernanda hehehe, segundo ela, ficou encantada com o jeito dele, não tem explicação o que ela diz sentir pelo vocalista do grupo, “é um amor sincero, sem maldade, sem malicia, um amor de dentro pra fora é querer o bem, não só dele como dos filhos, mulher, das pessoas que ele ama....

Se ele estiver feliz eu to feliz se ele estiver triste pode ter certeza que eu também estarei triste...” Como todo fã, a Fernanda todos os dias entra no twitter pra saber noticias do Sebazito, sobre o dia dele. Apesar dele não falar muito da vida pessoal, ela esta sempre “fuçando”, participa de enquetes, tags de twitter, “ tudo que envolver Inimigos da HP to dentro!” diz ela que foi em apenas um show, “o que vale é o sentimento! Eles estão sempre comigo, eles não saem da minha cabeça um segundo .... “

8


E as histórias não param por ai não: Isabella - 17 anos – Itu/SP

que fui , e que a lua e as estrelas estavam do mesmo jeitinho que está o Céu, lembro dos sorrisos, das musicas, dos minutos do camarim.. As vezes paro pra pensar se a minha vida sem eles seria a mesma coisa, mas sempre chego á uma mesma conclusão: Não, minha vida sem eles não seria a mesma coisa... Sou 100% IHP AMO VOCÊS DEMAIS... “

“Tudo começou a sete anos atrás, quando ganhei meu primeiro DVD do Inimigos da HP. Foi amor à primeira vista, quando vi o Sebá me encantei com o jeito de cantar, fui virando fã a cada dia que se passava... Meu primeiro show foi um dos melhores que poderia existir na face da Terra... Meu primeiro camarim foi o melhor de todos, quando entrei, vi aqueles sorrisos lindos, maravilhosos, sonho de consumo de qualquer menina. Hoje eu digo: eles mudaram minha vida e me fazem reconhecer verdadeiramente o amor de fã. Eles são meu maior orgulho, meus maiores ídolos, meus maiores exemplos. No primeiro show que fui fiquei na área vip, no fim do show o Sebá jogou sua paleta em minha direção e peguei, o Cebola jogou sua toalha na minha direção e peguei também, realizei meu sonho: Pegar a toalha de um dos meninos. Minhas amigas me perguntam: "o que você viu nestes caras?" eu respondo: "Tudo, eles são perfeitos, lindos, amorosos, simpáticos, tudo de bom..." Nunca imaginei que alguns artistas seriam tão humildes e simpáticos como eles são... Amo, a cada dia que passa tenho mais orgulho deles, e de ser fã de um grupo maravilhoso... Já deixei de ir viajar para ir num show, já tomei chuva, já briguei para não perder um show, fiz muitas e muitas loucuras para pelo menos ver eles em cima do palco... Quando entro no camarim pelo menos em um segundo já me realizo, só de ver os sorrisos deles.. As vezes acordo de madrugada e vejo a lua e as estrelas brilhando lá no Céu, e lembro dos shows

Foto do pôster que a Isabella tem na parede do quarto dela.

9


Laís Martins –18 anos – Sorocaba/SP

“Minha história com Inimigos começa num DVD que eu assisti (obrigada) há sete anos.. Depois disso, foram mais e mais DVDs até o primeiro show, quando eu descobri, com 12 anos de idade que a partir daquele dia, minha vida iria ser diferente, iria ser com Inimigos da HP! No começo, confesso, me aproximei pela música boa, até porque, sempre fui daquelas pessoas que não admiram fanatismo. Mas conforme foram passando os shows, os e-mails e os fatos, eu vi que eu não estava apaixonada (fraternamente hein!!)

pela música e sim pelos músicos, ou melhor, pelas pessoas que são os músicos! E quando digo apaixonada, é porque o que eu sinto por eles, é uma paixão tão grande e forte, um amor fraterno e incondicional. Nós, fãs, recebemos muitas críticas (principalmente depois de uma tatuagem rsrs), e isso é normal, eu também criticava antes de saber o que era ter um ídolo, e essas críticas, serviram pra eu depois de tudo o que já aconteceu na minha vida de fã, argumentar e mostrar que eu não amo máquinas, eu amo pessoas.. Depois de assumir minha paixão pelos meninos, eu comecei a ir em shows, quanto mais shows melhor! Depois do terceiro show, vieram os camarins.. e daí to até hoje nessa vida boa haha A maioria das fãs, tem aquela história de preferido e tal. No meu caso, eu não tenho um preferido.. Eu tenho um ídolo e seis queridos! O Sebá, pra mim, é uma pessoa mais que especial por vários motivos, que não vêm ao caso agora, mas de verdade, quando eu to com ele meu mundo para! É o extremo do amor incondicional fraterno. Ele é meu "PEÇA ÚNICA" hihi. Eu sou muito fã e admiro muito o Cebola, Boni, Tocha, Gui, Alemão e Bruno (simmm, bruninho!), são meus queridos e, é por eles também que viajo horas e horas, fico pensando dia e noite em quando vai ser a proxima vez que vou vê-los. Mas meu ídolo, que é por quem eu faço tudo e qualquer coisa, por quem eu rezo todas as noites, é meu Sebá. A minha história com Inimigos, não tem nada de diferente da maioria das fãs, clichê. Mas o principal pra mim, não é como começa essa história, mas o que ja aconteceu e vem acontecendo dentro dela, isso sim, faz eu acordar todos os dias com vontade de ver meus meninos s2 Mil beijos”

10


Raniélli Amaral - Franca/ SP “Como é difícil explicar minha historia e Paixão por INIMIGOS DA HP... enfim vou tentar! Tudo começou quando de repente me chamaram pra assistir um show deles... mais quem são eles? O que cantam? Foram as perguntas que me fiz, mais em 2 horas de show eu me APAIXONEI por tudo que vi e ouvi...Isso em 2004. Depois disso nunca mais perdi sequer um show... todo ano em minha cidade (FRANCA SP) tinha 2 ou mais shows por ano.. era INCRIVEL... até que no ano de 2006 desapareceram... foi quando me aventurei na primeira viajem em SERRANA SP... Que show foi aquele??? Incrível... tenho OTIMAS recordações fui chamada pelo Seba no palco e ele cantou “ DÁ UMA CHANCE” Sonho realizado. Após essa conquista não parei de segui-los e minha mais longa viajem foi até SP no dia da gravação do DVD “AMIGOS DA BALADA” sem nunca ter ido a Grande São Paulo e ter somente o endereço do estúdio não me deixou nem um pouco amedrontada (que de fato

deveria rs) Foi Muito especial passar aquela tarde e noite com os meninos e mais muitos fãs que conheci naquele dia... foi inacreditável. Depois disso logo meu carinho por eles e produção já era imenso. Foram cinco anos seguindo eles onde poderiam estar ao meu alcance, la eu estava =) chegando a ir 18 shows por ano ... cada quilometro que eu andava pra estar juntos com eles no final da tarde, era pouco pelo carinho e alegria que me davam durante o show... Tenho mil fotos, mil aventuras, mil passagens e até posso dizer que 3 mil quilômetros de moto rodada na minha nobre CG125 , que sempre foi minha companheira de FUGA rsrs...se fosse pra citar cada momento que passei de aventura e emoção seria IMPOSSIVEL descrever aqui... Não me arrependo de nenhuma atitude e experiência que tive com eles... Comecei a amar eles numa época em que a minha vida tinha sentido nenhum.. sentia uma química imensa com a musica e com letras como por exemplo... “È só saudade”, “Precisando de

você”, “Demora” e entre essas muitas outraaaaas... E tenho certeza que pela vida inteira a “Caça e Caçador “ vai me arrepiar toda com a voz do Seba e me emocionar SEMPRE... Tenho certeza que o melhor álbum de fotografia é a nossa memória, nela ficam gravadas fotos reais de momentos bons ...Lembro-me do passado, com melancolia e saudade. Bons foram os belos momentos que ficaram em nossos pensamentos. Esses sim, não voltam mais. Entramos num êxtase de pura felicidade e vivemos novos instantes. É através de pequenas aventuras e do amor que somos felizes. Bons momentos são raros, talvez por isso que os poucos tornam-se tão especiais dentro da gente...Infelizmente a vida muda, as circunstâncias mudam... =´( e nem sempre podemos seguir o que gostamos pra sempre,mais lembro-me com carinho dum passado que jamais voltará! E podem ter a Absoluta CERTEZA que Serei no coração sua ETERNA Fã SEMPREE... IHP”

11


Thamires – Curitiba/PR

A Thamires que tem 21 anos e mora em Curitiba/PR, me revela uma paixão por Inimigos da HP de oito anos. Sua primeira aventura, foi ir em um show na Festa da Uva em Colombo (Região Metropolitana de Curitiba/PR) ano passado. Ela, a prima e a irmã saíram bem cedo de casa, pegaram chuva e se perderam, mas conseguiram chegar ao local do show. Depois do tão esperado show, que como sempre todo fã descreve como maravilhoso, chegou a hora de voltar pra casa, foram a pé até o terminal de ônibus de Colombo, ela ainda frisa: “o lugar do show era longe do terminal”, pegaram o ônibus e foram até o terminal em Curitiba, ela me conta que os ônibus em Curitiba param de circular á 00h00min eis o problema maior. Como não tinham mais dinheiro, a prima viu uma frota de táxi e o conversou com um rapaz que foi muito simpático e as levou para casa aceitando que pagassem a corrida quando la chegassem. “Foi beeeeeem caro.” Esse ano, festa da Uva em Colombo novamente a prima da Thamires teve a idéia de fazer um cartaz com uma frase um tanto estranha hehehehe... "DEIXA EU SER TUA UVA E ME COME" e la se foram elas denovo, Thamires, sua prima Fer, a irmã Thais e a amiga Carol. Chegaram super cedo, ficaram na grade de proteção, - “e quando eles entraram no palco a Fernanda levantou o Cartaz e eles viram, comentaram entre si e riram” me conta a Thamires animada. O Sebá parou o show pra ler o cartaz e as convidou para irem tirar uma foto com o dito cartaz. Acabado o show apenas a Fer conseguiu entrar. Ela mesma se consola: “fiquei muito triste por não ter conhecido eles.... mas eu ganhei o cartaz e quando tiver show eu vou levar de novo e tentar conhecer eles.”

Entusiasmada a Thamires me conta que no dia seguinte o Cebola postou uma foto do famoso cartaz no Twitter, fala também: “Pelo Menos tenho recado do Gui no meu Face e fico feliz por isso.” Ela afirma com certeza que ao lerem sua história eles irão sim lembrar delas, hehehehe... e ainda finaliza me dizendo: “Sério, foi o MELHOR domingo que eu curti com as melhores pessoas e com a melhor banda, vai ficar gravado na memória porque eu amo eles....!”

Segundo a Thamires a flecha sinaliza onde elas estão.

12


RAFAEL CARDOSO BERNARDES ELE SIM É O CARA! Dentre todas as histórias que recebi, as meninas que me perdoem, mas a do Rafael é demais, merece destaque, o único garoto a aceitar na hora participar desse projeto doido. Jamais tinha visto algo assim, um menino assumir sua paixão por seus ídolos, correr atrás, viver essa loucura toda, me chamou atenção, pois nós fãs somos tão rotulados, chamados de doidos, somos incompreendidos, e essa paixão que o Rafa grita ao quatro ventos, que ele cultiva e que não tem vergonha de mostrar me emocionou, e ele com toda certeza merece nossa admiração e principalmente nosso respeito. Parabéns Rafael tu É O CARA! Rafael Bernardes – Apuracana/PR “Vou contar um pouco da minha história com Inimigos da HP e a entrada no Fã Clube. Há 4 anos sendo fã do grupo, depois de um show aqui em Apucarana, meu conceito sobre o pagode mudou completamente. Daí pra frente não via a hora de ir em um outro show do grupo, o que aconteceu um ano depois em Maringá, veio Londrina e Apucarana novamente , que foi onde conheci pessoalmente o grupo. Nesses dois anos , fiz grande amizades com fãs da banda aqui no Paraná, e fora do Estado também, com o tempo a amizade foi ficando mais forte. Até que em Dezembro de 2010 fui até Guaratuba, sete horas da minha cidade para conhecer essa galera incrível , do Fã Clube IHP Paraná , e não poderia ser em um lugar melhor do que o show do Inimigos da HP, foram momentos inesquecíveis, primeiro por ser o primeiro ano novo longe da família, segundo eu estava com amigos e os ídolos! Minha ligação com a galera do Paraná ficou muito forte , foi aí que entrei para o Fã Clube. Depois disso ainda veio Maringá , primeiro show do IHP na Barraca Universitária, depois de uma "campanha" com o Sebá, Andirá , Jandaia Do Sul , Londrina , e novamente Maringá , segundo ano do grupo na Barraca. Foram momentos inesquecíveis, incríveis , em que me aventurei , acreditei em mim, fiz amizades, sonhei e realizei !!!

13


Elaine Cristina Amaral – 27 anos– Joinville/SC “Venho através desta declarar todo o meu amor pelo IHP, que começou no ano de 2006, eu estava num momento muito delicado da minha vida, passando por umas situações complicadas, desanimada e sem vontade de nada . Foi quando um dia no trabalho escutei pela primeira vez “toca um samba ai’ e me apaixonei, depois soube que dentro de alguns dias eles iriam estar na cidade, fiquei muito feliz, mas infelizmente não pude comparecer. Fiquei triste, muito triste, me apaixonei ainda mais depois que eu assisti o primeiro DVD, dali em diante não parei mais era muito IHP na veia ,rsrsrsrs... as musicas me animavam e me tiravam a tristeza. Soube que eles iriam estar no Planeta Atlântida, onde também não pude estar, mas acompanhei o show do começo ao final pela radio, eles me emocionavam a cada musica. Por fim a ultima vez que eles estiveram na minha cidade em outubro de 2010 pude ir ao show e a alegria tomou conta de mim, estava numa felicidade só, e quando vi eles entrarem no palco, nossa , eu não acreditava que aquilo tudo estava acontecendo, adorei o show, mas infelizmente ainda não tive a oportunidade de chegar pertinho deles, mas quem sabe um dia, né?! Bjão amo vcs!!!”

Suélen Frassetto Martins- 20 anos Caxias do Sul/RS

“Nunca me imaginei sendo fã dessas viciadas, atá que um dia obriguei a familia inteira se enfiar numa van vespera de ano novo pra ir a um show de Inimigos da HPs, chorar pro produtor pra ver- los e chegar no camarim de pé descalço, cheia de areia. O mais incrivel de tudo é que eu não estava nem ai de como eu estava , ou que as outras meninas estam mil vezes mais arrumadas que eu. Só queria estar ali, nesse momento percebi que nao tinha mais jeito, tinha me tornado uma inimiguete... hoje eu não imagino minha vida sem eles. Guris diferentes um dos outros, mas com o mesmo talento, guris maravilhosos, especiais e queridos, incriveis como idolos, como pessoas, como exemplo de vida mesmo. Não sou muito de escrever, acho que não consigo dizer tudo o que sinto com palavras, mas saibam que cada musica, cada história, cada show, cada conquista, tudo isso faz parte de mim e da minha vida, amo cada um de vocês.... Ate a próxima e se cuidem....”

14


Patricia Ferro - 17 anos – Sorocaba/SP

Descrever o que sinto em relação a Inimigos da HP? Realmente é muito difícil, não tem um sentimento ao certo, é além de amor, é além de admiração, além de orgulho, além de qualquer coisa, é um sentimento indescritível, um sentimento único. Quando começo a escrever, vêm comigo as recordações e lembranças dos momentos que passei com vocês, e automaticamente bate aquela saudade. As primeiras vezes que assisti o DVD do grupo

logo me encantou a alegria que vocês ficam em cima do palco, fazenda o que realmente gostam, e o melhor de tudo, com HUMILDADE e TALENTO. É, TALENTO vocês tem de sobra . Desde o segundo DVD, eu comecei realmente a gostar de vocês, a ouvir diariamente as músicas e tudo mais, mas como eu ainda era nova, meus pais não me deixavam ir em shows, então eu não era aquela fã ainda. No ano de 2009, fui ao primeiro show, aí sim vi que ali nasceria um amor de fã, amor além da vida. nesse show entrei no

camarim, mas como chorei muito, não aproveitei o momento. Dali em diante fazia de tudo para vê-los pelo menos uma vez por mês, até então a agenda de shows ajudava né, porque sempre tinha aqui pela região. Já sou fã a 3 anos, e realmente admiro muito vocês, admiro o jeito que tratam os fãs, a humildade, a dignidade. Vocês, além de artistas, são seres humanos que necessitam de tudo que qualquer outro precisam, e nós, fãs, entendemos bem isso.

Enfim, eu só tenho a agradecer vocês, pois vocês fizeram e fazem uma diferença extraordinária em minha vida, obrigada por cada abraço, cada sorriso, cada gesto de carinho, cada momento, obrigado por tudo. Desejo a vocês mais sucesso ainda, e que continuem sendo esses artistas maravilhosos que vocês são e que arrancam sorrisos das pessoas por onde passam. Eu amo muito vocês, muito mesmo !

15


Tamires Carvalho –20 anos – Campanha/MG @tamirescpa

“Minha historia com o Inimigos da HP começou no Carnaval de 2008, chegando no evento tinham varias bandas e um DJ que toda hora colocava a musica “ Toca um Samba ai”, aquilo foi me irritando porque eu odiava pagode. Meu namorado como morava em SP ele já conhecia a banda e era muito fã ficava me dizendo que o som deles era legal e eu não me conformava dele gostar daquilo, da próxima vez que veio me trouxe os DVDs “ Quem não gosta do Inimigos e Inimigos da Hp - Ao Vivo” por muito tempo eles ficaram lacrados e guardados até que um dia sem nada para fazer resolvi ver o “Quem não gosta do Inimigos” como aquele som me irritava deixei rolando e fui fazer outras coisas quando voltei na sala estava

passando a parte “ Ele e baixinho, musculoso o Bruninho e tão gostoso” e como meu ex se chamava Bruninho também, fiquei encantada e fui assisti o DVD todo. Toda vez que ficava com saudades do meu ex eu via o Bruninho para aliviar a saudades. Em 2009 teve show do lado da minha cidade eu fiquei doida para ir pois, já escutava o DVD 24 horas por dia, quando fui comprar o ingresso descobri que só poderiam entrar no show maiores de 18 anos, fiquei muito arrasada chorei muito, mais passou. Em 2010 resolvi criar um twitter para ficar mais perto deles mandei recado para todos sem a esperança de me responderem, um certo dia chego em casa e para a minha surpresa vejo que o cebola tinha me respondido, fiquei

encantada com a simpatia dele, e começamos a conversar quase todos dos dias. Logo descobri que teria show em Três Corações/MG fiquei super ansiosa, pois era a minha chance de conhecer eles. No dia do show começou a chover muito minha mãe não me queria deixar eu ir, pois era em outra cidade e com chuva ela tinha medo, com muito custo a convenci. Cheguei no show com 2 horas de antecedência ainda não tinha ninguém, ficamos uma amiga e eu la sozinhas esperando, tentamos de todas as formas irmos ao camarim mais não conseguimos. Porem o meu desejo de conhecer eles não tinha acabado, fiquei em frente o portão esperando, passou a rainha do rodeio que me ajudou a ficar na área VIP, onde talvez

fosse mais fácil de conseguir me aproximar. Naquele momento minha esperança ficou mais forte e eu sabia que iria conhecer eles, fiquei em frente o palco, quando o show começou fiquei de frente ao Cebola apesar de gostar muito dele meu preferido ainda era o Bruninho. Estava curtindo o show e não aguentei e gritei para o Cebola, que me olhou e disse “ Ola Tami tudo bem??” eu levei um susto como o cebola sabia meu nome? Acho que ele percebeu minha cara de assustada com a situação e me perguntou “ Você não e a Tamires que fala comigo no twitter? Naquele momento sumiu as palavras eu não conseguia responder aconteceram, coisas inexplicáveis, eu não acreditava que o Cebola sabia meu nome. Neste

16


mesmo dia ainda assisti o restante do show La do palco e fui ao camarim, quando vi todos na minha frente deu aquele nó na garganta uma vontade de chorar pois era meu sonho se realizando depois de muito tempo. Fiquei um tempo conversando com todos agradeci o Cebola pelo carinho que ele tinha comigo na internet, quando estava indo embora fui me despedi do Bruninho com um “ Tchau Preferido ate o próximo” Naquele momento os olhos dele se encheram de lágrimas e ele me respondeu “ Talvez não terá próxima mais quando sentir saudades de mim abraça o Bonilha afinal tudo e com B mesmo.” não entendi muito bem o que ele queria dizer fiquei com aquilo na cabeça, depois de três meses

fiquei sabendo que ele tinha deixado o Inimigos, chorei muito não quis mais ir no show pois não estava preparada para ver aquele espaço vazio. Mesmo assim resolvi criar o blog “De fã para fã Ihp” para dividir experiências com outros fãs. Em 2012 conheci algumas fãs pela internet e resolvi que iria passar o Carnaval com os meninos em Santa Rita/MG, entrei no ônibus fui para uma cidade que nunca tinha visto na vida, sem hotel pois já estavam todos lotados, sem conhecer nada e nem as meninas que iam comigo. Depois do almoço passamos em frente o hotel quem eles estavam chegando? Fiquei muito nervosa porque depois de um ano de contatos apenas pela internet não sabia se iriam me reconhecer, mais e pela minha

surpresa todos me reconheceram, fiquei muito feliz quando eles me chamaram de Tami! Conversamos com o Pilão e ele autorizou a levarmos um bolo no camarim para cantarmos parabéns para o Alemão e Gui já que eram os aniversariantes do mês, nem preciso dizer que foi um festa, melhor show do Inimigos que já fui e com uma galera top que estava sentindo a mesma emoção que a minha de estar ali. Três dias depois me deu a louca de ver eles de novo estava em outra cidade com os abada da terça comprado juntei tudo e fui para Campanha/MG no show de novo quando me viram até se assustaram mais o carinho e o reconhecimento foi o mesmo de sempre sem explicação.

No mês de julho fiquei sabendo d a divulgação do cd em Varginha/MG como estava com muita saudade, la fui eu feito louca deixando serviço para traz pra ver eles, como não sabiam que eu iria, quando me viram levaram um susto, mas as carinhas ao me verem fez tudo valer a pena. Podem ter certeza de que tudo, que faço é com muito amor e carinho. A emoção de ver vocês não tem preço. Se um dia eu parar de sentir essa emoção, frio na barriga, medo pode ter certeza que não irei mais aos shows, pois terei perdido todo o encanto de ser fã, mas pelo jeito isso não vai acontecer. “ Tudo vale a pena quando se tem amor” Amo vocês meninos”

17


Arielen Beraldo – Sorocaba/SP

“Minha história com o Inimigos da HP começou a mais de quatro anos, uma exnamorada do meu irmão mais velho resolveu me mostrar à música que ouvia quando eles brigavam , acabei ouvindo o cd todo, me apaixonei de primeira. Na época tiveram shows do Inimigos da HP aqui em Sorocaba, mas como a eu era muito nova, não tinha chances de ir. Meu primeiro show foi muito engraçado, pois eu sentia

vontade de chorar, de gritar, de rir...... Não consegui entrar no camarim, somente no quarto show que consegui tal feito e bem longe de Sorocaba, em Guarapari-ES, quando entrei minha reação foi épica, parecia uma idiota parada na frente dos sete (na época o grande pequeno Bruninho ainda estava), nunca vou me esquecer da maneira que o Gui me recebeu, de braços abertos vindo em minha direção e me dando o abraço mais gostoso até então, bom, depois dessa, o amor e carinho só foi aumentando e aumentando.... Hoje em dia estou mais afastada, pois anos atrás minha mãe disse que eu estava muito fanática e que ia diminuir meus shows, na realidade ela praticamente acabou com todos.. quando estão por perto eu sempre me desdobro e dou jeito de ir, cara, pra saber o que é ser fã, só quem é fã mesmo! O que eu posso fazer se é insaciável essa vontade? É muito mais do que gostar, é

muito além do que ouvir ou de curtir. É muito mais do que amor... é admiração! É vontade de cuidar, de ficar perto e de retribuir todo o bem que eles nos fazem, é ter orgulho de cada conquista, ficar feliz com cada passo dado, fazer da conquista deles a minha conquista. É um sentimento louco, você ama como pai, sente ciúmes como namorado, defende como um irmão e quer cuidar como mãe! E quer saber? Valeu a pena cada bolha no pé, na espera grudada na frente do palco, e pulando como maluca. Valeu a pena ter esperado mais de 5 horas na frente da entrada do show para entregar a sexta do Loiro. Valeu a pena ter chorado, esperneado, pois consegui chegar onde cheguei. Como vocês conseguem ter os melhores abraços do mundo? Olha só rapaziada linda, vocês são fodas! Vou estar aqui sempre, vendo vocês crescerem, se realizarem cada vez mais. Obrigada por ser o melhor remédio que existe pra stress e pra tristeza .... pode acreditar. Não agora é sério obrigada por me fazerem tão bem.. vocês não fazem idéia do quanto são importantes na minha vida, e na vida de todos os outros fãs! Amo vocês “

18


Nara Simmi – 29 anos - Talita Venzo - 28 anos - Charlene Simmi – 30 anos - Campo Bom/RS

”Ufaaa, chegou a nossa vez, falo nossa porque escrever a minha história sem a Nara ou a da Nara sem a minha, não tem graça alguma, somos fãs de Inimigos da HP e amigas, nossa amizade começou antes, mas se fortaleceu ainda mais com essa paixão, com esse amor em comum que temos pelo grupo, admiramos o trabalho, a luta e a história deles. Não sei desde quando comecei a gostar, nem sei de onde um dia apareceu um DVD o primeiro, roubei da casa da minha prima e comecei a assistir, pois já tinha ouvido caça e caçador na voz do Sebá até então, uauuuu amor à primeira vista, ou melhor, primeira ouvida hehe.... Foram varias tentativas de ir a um show, sempre frustradas, teve um show na nossa cidade Campo Bom/RS final de 2008 e não podemos ir (trabalho), mas que barbaridade. Um certo dia fuçando na internet, agenda do Inimigos 16/05/2009 Montenegro/RS, nossa os olhos brilharam era a chance, fui até a Nara e tentei né, ohhh guria das boa, aceitou na hora. Bem doidas com o nosso meio de locomoção: minha Biz 125, la fomos, 54 km, tranquilo, por cima umas 6 horas de espera até o show, ohhhh maravilha grade, palco baixo, bem pertinho, achei que fossemos morrer de tanta emoção. Alegria, simpatia, humildade, tudo que esperávamos ver e mais um pouco. Possibilidade de camarim? Aí sim a coisa melhorou, pois jamais me

passou pela cabeça chegar perto, agradeço até hoje e rezo pela pessoa que teve a idéia de: se você comprar um produto Inimigos da HP, ganha um passe para o camarim, não perdemos a chance, contamos os pila e fomos, dizem que a primeira vez a gente nunca esquece, é verdade, inesquecível... Voltamos para casa realizadas, nem demos bola para o frio de menos de 6ºC em cima da biz, na madrugada, aquele vento todo, porque sentir frio é pro fracos e não para gurias fãs como nós!

E quem disse que uma vez só chega? Bota isso na cabeça de fã: 04/10/2009 Alvorada/RS Feira do livro, show de graça (que furada hehehe) Nara, Talita e biz, munidas de camiseta personalizada, cartaz e corações que voam....

tanta gente naquele lugar que não sabíamos para que lado íamos ir, fomos tiradas do meio da galera pelo segurança, pouco antes do final do show, Santo e abençoado Binho (produtor na época), que nos deu essa chance, fomos ao camarim, dessa vez apenas nós duas. Descrever? Explicar? Impossível, foi mágico, mais ainda que na primeira vez! (a segunda vez a gente também não esquece)

Para nossa sorte hehehe foram vários shows no RS aquele mês, 18/10/2009 Igrejinha/RS Ocktoberfest - 40km, Nara, Talita, biz, camisetas, cartaz, corações e pé na estrada, assiste a montagem da estrutura, espera, espera, espera..... o show, ahhh o show, fomos reconhecidas assim que botaram os olhos na gente, quer felicidade maior? Sim, fui no palco, estava de aniver na semana, sentei no banquinho da felicidade, Sebá cantou Da uma chance, achei que fosse infartar, o melhor presente de aniversário que podia esperar! Reencontro, a simpatia e o carinho denovo, felicidade em frasco para a alma!

La vamos nós, a cidade é na região metropolitana de Porto Alegre, mas é um lugar bem perigoso (e bota perigoso nisso) saímos cedo de casa, percorremos os 55 km, na verdade fomos as primeiras a chegar, vimos toda a estrutura do show ser montada, conversamos com muita gente, oito horas de espera até o show que foi maravilhoso, la pelas tantas bate o pânico e não medo, tinha 19


E ainda tinha mais 01/11/2009 São Gabriel/RS, 370 km de casa, depois de fazer muitas contas né Nara hehehehe não ia dar p/ir de biz, então a solução era busão, cinco horas de viagem e la estávamos, no único hotel da cidade, junto com “eles”, nesse dia até presas no elevador ficamos, nosso medo não era estar naquele lugar minúsculo, nosso único medo era perder a hora do show e não ficar na grade.....deu tudo certo, foi mágico mais uma vez.

A gente vai aprendendo a aproveitar melhor aqueles poucos momentos, em vez de ficar parada, muda, em vez de chorar, a gente aproveita, a gente conversa, pois sabemos que pode demorar para acontecer denovo. A Nara sempre frisa um momento, acho que o mais especial de todos os que já vivemos: a hora que eles desceram do ônibus em São Gabriel e entraram no hotel todos estavam segurando os corações que havíamos levado de presente, ela sempre me diz: “coisa mais linda amiga!”.

Depois disso, veio um longo período sem shows, uma perna

quebrada, um longo período de recuperação, costumo dizer que a Nara quebrou a perna junto comigo, pois viveu junto toda a parte triste, foi amiga em todas as horas. Nesse tempo de reclusão hehehe apareceu a idéia da carta rolo que tinha 200m. Estava na hora de revê-los, precisávamos de emoção, então decidimos: “Se Inimigos não vem para o RS, as gauchas vão até eles” 25/09/2010 – Videira/SC , foram uns 600km, a noite inteira no ônibus, incomodados muita gente cantando Inimigos da HP, mesmo ritual sempre, camisetas, cartaz, corações que voam e dessa vez a tal carta pesadaaaaa, se valeu a pena, foi demais, show novo, carinho, abraços, conversas, renovamos, mais alegria e felicidade em frasco.

A parte ruim é depois, a saudade, a volta pra casa, o gosto de quero mais que fica e a duvida de quando será o próximo, ahhh o próximo demorou e mtooo quase dois anos, o maior de todos os reencontros, 01/09/2012 – Estrela/RS, nem sabíamos mais como era se preparar para um show, achei que fosse impossível sentir frio na barriga denovo, e as emoções voltaram como se fosse a primeira vez, a espera, a ansiedade como controlar? Ganhamos mais uma parceira para esse show, a Charlene que nunca tinha visto ou os ouvido, dois minutos de show, ela me diz: “me apaixonei quero ir em todos os shows com vocês” aliciamos mais uma hehe... e então pé na estrada, dessa vez sem a biz, sem camisetas, sem cartaz e corações, apenas muitoooo amor, muita

saudade e muita amizade nos acompanharam nos 120km, a vontade de ver Inimigos supera tudo .... esperamos por volta de quatro a cinco horas para rever eles no palco, foi mágico, ver os sorrisos, a surpresa de nos verem ali, essa reação alimenta qualquer fã, nos tira do ar, entrar no camarim e ouvir: “quem é vivo sempre aparece” não tem preço, não tem nada que apague da memória da gente. Levamos os bonequinhos de presente e foi a maior festa, afirmo com toda certeza: a sexta vez a gente nunca esquece.

A volta pra casa foi meio engraçada, saímos do lugar do show por volta as 5 horas, o nosso ônibus era as 08:40, então a solução era esperar e esperar, não por Inimigos dessa vez, para as 20


nossas muitas risadas que viriam depois, dormimos nos bancos da rodoviária, que mico! Acho que foi a melhor coisa que nos aconteceu esse ano! A chegada em casa é sempre legal, e na minha casa, minha mãe esta sempre esperando ansiosa, e sempre vem a pergunta: Conseguiram? Costumo dizer que temos a nossa equipe de apoio, a minha mãe e a filha da Nara a Lavinia, ela tem oito anos e já sonha com o dia que irá junto a um show e então conhecer os guris. Elas se emocionam e vibram muito com a nossa felicidade, nos dão forças, quando todos nos chamam de doidas. Somos doidas sim, mas DOIDAS POR INIMIGOS DA HP. Agradecemos a vocês, por todos esses momentos que já vivemos até hoje, agradecemos pelo carinho, pela atenção sempre, a nossa amizade, se renova e se fortalece a cada show a cada aventura, tem algo mágico que nos une, um amor inexplicável por um grupo que por onde passa leva alegria a todos. Obrigada por encherem nossas vidas de tanta FELICIDADE, de serem o nosso remédio para o estresse, quando estamos em frente a vocês em frente ao palco, por algumas horas, esquecemos do mundo la fora, voltamos a ser crianças, rimos, nos divertimos, nos realizamos! Até a próxima aventura, até o próximo show......

21


Humor com Inimigos da HP

22


Humor com Inimigos da HP

23


E quem n達o gosta de Inimigos vai....... 24

Revista Inimigos da HP  

Revista dedicada ao grupo Inimigos da HP e seus fãs

Advertisement