Page 1

Centro de Integração e Educação Musical


Centro de Integração e Educação Musical TCC - Trabalho de Conclusão de Curso II Graduação em Arquitetura e Urbanismo

Universidade de Mogi das Cruzes

Autora Talita Aparecida Moreno Cabrera RGM | 11151100907

Orientador Prof. Celso Ledo Martins

Mogi das Cruzes | 2019


Centro de Integração e Educação Musical TCC - Trabalho de Conclusão de Curso II Graduação em Arquitetura e Urbanismo

Aprovado em:____/____/______

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Mogi das Cruzes, como parte dos requisitos para avaliação da banca.

Banca Examinadora

__________________________________ Professor Orientador Celso Ledo Martins Universidade de Mogi das Cruzes __________________________________ Professor Convidado Universidade de Mogi das Cruzes __________________________________ Profissional Convidado Universidade de Mogi das Cruzes


agradecimentos

Agradeço primeiramente a Deus, por ter me guiado e acompanhado em todos os momentos durante essa caminhada. Agradeço também a meus familiares por todo o auxílio e compreensão. Ao meu namorado por ter me apoiado, incentivado e ajudado, sempre e como pode. A minha querida chefe que sempre contribuiu me liberando para os compromissos da faculdade. Além de minhas amigas de curso que foram muito importantes durante essa trajetória e todas as pessoas que passaram por mim e colaboraram direta e indiretamente até o final desse ciclo. Muito obrigada!


Índice INTRODUÇÃO.................................5 1 - REVISÃO HISTÓRICA SOBRE O TEMA.........6 2 - REVISÃO HISTÓRICA DA TIPOLOGIA.........8 3 - LEGISLAÇÕES...........................10 3.1 Federais.............................11 3.2 Estaduais............................11 3.3 Municipais...........................11 3.4 Normas...............................11 3.5 Restrições de uso do solo............12 3.6 Cálculo dos índices segundo a LUOS...13 4 - ESTUDOS DE CASOS......................14 4.1 Escola de Música Tohogakuen..........15 4.2 Complexo Cultural Luz................16 4.3 Cidade das Artes.....................17 5 - VISITAS TÉCNICAS......................18 5.1 Escola de Música e Tecnologia........19 5.2 Faculdade e Conservatório Souza Lima.20 5.3 Escola de Música Sound...............21 6 - O LOCAL DE INTERVENÇÃO................22 6.1 A cidade de Mogi das Cruzes..........23 6.2 A cidade e a Música..................23 6.3 Localização do Projeto...............24 6.3.1 Justificativa da escolha da área...24 6.4 Levantamentos........................25 6.4.1 Topografia.........................25 6.4.2 Insolação e Ventos Predominantes...25 6.4.3 Uso e Ocupação do Solo.............26 6.4.4 Transporte público.................26 6.4.5 Sistema Viário.....................27 6.4.6 Equipamentos relevantes no entorno.27

7 - ESQUEMAS ESTRUTURANTES.....................28 7.1 Perfil do Usuário........................29 7.2 Conceito.................................29 7.3 Partido..................................30 7.4 Programa de necessidades.................30 7.5 Organograma..............................37 7.6 Fluxograma...............................38 8 - PROJETO....................................39 8.1 Perspectivas.............................40 9 - TÉCNOLOGIA E SUSTENTABILIDADE..............47 9.1 Materiais utilizados.....................48 CONSIDERAÇÕES FINAIS...........................49 REFERÊNCIAS....................................50 10 - APÊNDICES.................................52


Introdução

A

música sempre esteve presente na vida das pessoas. Portanto, é indispensável para o desenvolvimento pessoal e interpessoal de uma sociedade. É a principal forma de manifestação dos sentimentos mais profundos. Segundo Nasser (1997), “na concepção de Platão, a música expressa as relações intrínsecas existentes entre as progressões musicais e os movimentos da alma”.

A

música provoca diversas sensações e emoções, marca momentos e acontecimentos, resgata memórias nostálgicas. Além de estimular a união das pessoas e permitir o autoconhecimento, elevando o desenvolvimento pessoal de cada indivíduo, pois, o poder que a música exerce sobre nós é incontestável.

Além

disso, a música pode auxiliar beneficamente no âmbito educacional do cidadão. Conforme Nasser (1997), “a educação musical poderia estruturar o indivíduo e o estado, e sua prática representava a condição suficiente para determinar as normas da conduta moral”.

Portanto,

o objetivo desse trabalho é desenvolver um Centro de Integração e Educação Musical que terá a função coadjuvante de

intervir positivamente novo espaço.

na

vida

dos

usuários

do

Onde

as crianças, adolescentes e adultos possam ter acesso a aulas teóricas relacionadas a música, aulas práticas de diversos instrumentos musicais, locais para apresentações e convívio social, disseminando a integração do espaço, as pessoas e o entorno.

Para

isso é necessário investigar diversos âmbitos relacionado a música, desde os primeiros contatos do homem com objetos que produziam ruídos na pré-história, posteriormente a evolução e percepção dos efeitos da música, em seguida a utilização e maior domínio da acústica para a melhoria da música.

O

intuito do projeto é estimular o interesse da população ao aprendizado a música e proporcionar um local de atividades para equilibrar as obrigações do dia a dia, já que a música promove felicidade e estimula o exercício de outras partes do cérebro pouco utilizadas.


6

1

REVISÃO HISTÓRICA SOBRE O TEMA


7

Grécia

Pré-História

(3000 a.C) A música surgiu na Pré-História, sendo inspirado pelo som da natureza.

(1100 a.C) Os gregos consideravam a música como arte e ciência. A música era uma das disciplinas fundamentais na educação daquela época. Pitágoras foi o primeiro pensador a medir e descobrir a proporção das frequências das notas musicais.

Antigas Civilizações (800 a.C) Nas Antigas Civilizações a música tinha expressão social e atuava principalmente em cultos religiosos.

Gótico (1100-1300) Uma nova fase, denominada polifônica, onde as vozes ficavam na mesma altura, porém, não eram dependentes uma das outras.

Classicismo (Séc. XVIII) Período de estilo elegante e leve, com muita clareza e sentimentalismo. Um dos músicos mais famosos desse período foi o Mozart.

Idade Média

Barroco

(1050-1100) A música tinha um estilo musical chamado cantochão, um tipo de música simples, monofônica e que não utilizavam nenhum instrumento.

(Séc. XVII) Uma das épocas de maior desenvolvimento da música, devido o melhoramento dos instrumentos musicais.

Modernismo (Séc. XX) Valorizava principalmente a inovação e criatividade.

Romantismo (1810 -1910) Um período mais flexível entre as formas musicais, mostrando o sentimento que a música poderia transmitir.


8

2

REVISÃO HISTÓRICA DA TIPOLOGIA


9 Pré-História (3000 a.C) O monumento Stonehenge é um dos maiores mistérios da pré-história. Ele é constituído por um grande círculo de pedras dispostas circularmente e intencionalmente alinhadas com o nascer do sol do solstício de verão.

Arquitetura Romana (800 a.C) O teatro romano tem características semelhantes ao modelo grego, mas compõe-se como uma estrutura independente.

Arquitetura Grega

(1100 a.C) Segundo Souza (2012), a forma do teatro grego tinha como partido a sua finalidade religiosa. Geralmente esses teatros eram implantados em terrenos inclinados, utilizando a topografia em declive a favor da arquitetura.

Arquitetura Bizantina (1100-1300) Em locais sob influência bizantina a cúpula é muito presente, servindo como exemplo de superfície que ocasiona um enfoque sonoro, por isso são muito eficazes acusticamente.

Idade Média

(1050-1100) As igrejas medievais são construídas com pedra e alvenaria, materiais acusticamente reflexivos, com isso apresentam grande sobreposição sonora.

Renascimento

(Séc. XVII) Os teatros renascentistas têm características da antiguidade, porém, pelo fato de terem sido criados em espaços fechados, repercutiram uma importante referência para a acústica arquitetônica.

Gótico

(1100-1300) Com a criação do arco ogival permitiu-se que o edifício se tornasse cada vez mais alto, amplificou o caminho do som, gerando a percepção do eco gerado pelo caminho percorrido pelo mesmo. (Rasmussen, Steen)

Modernismo

(Séc. XX) No fim do século XIX e início do século XX a plateia presenciou certa igualdade em relação a recepção sonora. A forma arquitetônica retangular dos auditórios comprova essa evolução.

Barroco

(Séc. XVII) O desenvolvimento da ópera incentivou a ampliação da área destinada aos músicos e atribuiu ao teatro que destinasse ambientes específicos para a orquestra


10

3 LEGISLAÇÕES


11

3.1 Federais Artigo 225 da Constituição Federal legislação básica aplicável referente à poluição sonora estabelece: “Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações. ” (Brasil, 1988) 3.2 Estaduais “Decreto Estadual nº 56.819 em 10/03/2011, dispõe sobre as medidas de segurança contra incêndio nas edificações e áreas de risco no Estado de São Paulo, conforme estabelecido os objetivos: I - proteger a vida dos ocupantes das edificações e áreas de risco, em caso de incêndio; II - dificultar a propagação do incêndio, reduzindo danos ao meio ambiente e ao patrimônio; III - proporcionar meios de controle e extinção do incêndio; IV - dar condições de acesso para as operações do Corpo de Bombeiros; V - proporcionar a continuidade dos serviços nas edificações e áreas de risco. ” (São Paulo, Assembléia Legislativa, 2011)

3.3 Municipais Mogi das Cruzes aprovou em 2014 a Lei de Incentivo à Cultura (6.959/14) que deve aumentar ainda mais os horizontes culturais nos diversos segmentos artísticos, levando a arte para todos os cantos da cidade, a qual estabelece: “Art 1º Fica instituído, no âmbito do Município de Mogi das Cruzes incentivo fiscal para a realização de projetos culturais a ser concedido para pessoa física ou jurídica domiciliada no Município.” (Cruzes, 2014) 3.4 Normas Normas da ABNT de nº 10.151 e 10.152 que dispõe sobre acústica e níveis de ruído, cujos principais objetivos são: “Esta Norma fixa as condições exigíveis para avaliação da aceitabilidade do ruído... específica um método para a medição de ruído, a aplicação de correções nos níveis medidos se o ruído apresentar características especiais e uma comparação dos níveis corrigidos com um critério que leva em conta vários fatores.” (ABNT, 2000) Norma da ABNT – NBR 9050, que dispõe sobre acessibilidade a edificações, mobiliários, espaços e equipamentos urbanos, a qual prevê os seguintes critérios: “Esta Norma estabelece critérios e parâmetros técnicos a serem observados quando do projeto, construção, instalação e adaptação de edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos às condições de acessibilidade. ” (ABNT, 2004)


12

Norma da ABNT – NBR 9077, que dispõe sobre saídas de emergência em edifícios, a qual estabelece: “Esta Norma fixa as condições exigíveis que as edificações devem possuir: a) a fim de que sua população possa abandoná-las, em caso de incêndio, completamente protegida em sua integridade física; b) para permitir o fácil acesso de auxílio externo (bombeiros) para o combate ao fogo e a retirada da população. ” (ABNT, 1993) 3.5 Restrições de uso do solo A Zona de Ocupação Preferencial - ZOP incentiva o uso preferencialmente residencial e está inserida na parcela do território municipal com melhor infraestrutura urbana disponível. Admite, também, os usos não residenciais, desde que compatíveis com os usos residenciais e adequados ao sistema viário local. (Legislação Municipal de Mogi das Cruzes, 2016)

Tabela 1- Restrições de uso do solo

Fonte: Adaptado de (Mogi das Cruzes, 2006)


13

3.6 Cálculo dos índices segundo a LUOS

Tabela 2 – Cálculo dos índices segundo a LUOS

Área do lote: 2.155,29m²

ZOP - 2

Cálculo

Permitido

Obtido em projeto

TO% (taxa de ocupação)

50%

1077,50 m²

1049,64 (49%)

CA (coeficiente de aproveitamento)

1,5

3232,90²

1,47

Taxa de permeabilidade

20% (mínimo)

431m² (mínimo)

681m² (31,6%)

Fonte: (Autor, 2019)


14

4

ESTUDOS DE CASOS


15

4.1 Escola de Música Tohogakuen Ficha Técnica Arquitetura: Nikken Sekkei

Equipe de Projeto: Tomohiko Yamanashi Hatori Tatsuya,Yasuyo Sasayama,Yoshito Ishihara/Nikken Sekkei Localização: Chofu, Tóquio – Japão Área: 1943m² Ano do Projeto: 2014 Materialidade: Concreto e vidro Figura 1 - Edifício Tohogakuen

O principal objetivo desse projeto foi a valorização de diversas formas e assim explorar os cheios e vazios, além dos contatos visuais que essas formas proporcionaram entre os usuários integrando os espaços. Sendo assim, a circulação também pode ser utilizada para ensaios musicais sem perder sua independência acústica. As diversas aberturas do edifício geram vitalidade e assim contribuem com o ensino dos estudantes. Tabela 3 - Análise de Swot Escola Tohogakuen ASPECTOS POSITIVOS

ASPECTOS NEGATIVOS

• Integração dos ambientes • Ventilação e iluminação natural

• Inexistência estacionamento e vagas PNE

ASPECTOS AMEAÇAS

ASPECTOS OPORTUNIDADES

• Manutenção dos painéis acústicos

• Acesso fácil ao bicicletário

Fonte: (Autor, 2019)

Fonte: Adaptado de (Archdaily, 2016.)


16

4.2 Complexo Cultural Luz Ficha Técnica Localização: São Paulo, Brasil Arquitetura: Escritório Herzog & De Meuron Início do Projeto: 2009 Área do terreno: 18.256m² Área construída: 70.000 m² (incluindo 24.000m² de garagem)

O conceito foi integrar o projeto ao seu entorno, criando uma continuidade das praças nas proximidades com mais uma praça, onde ocorre o ensino e exposições da cultura. O Complexo Cultural Luz não foi construído, devido uma série de fatores onde a origem dele, é que os Europeus, responsáveis pelo projeto não tem um processo de licitação.

Tabela 4 - Análise de Swot Complexo Cultural Luz Materialidade: Concreto e vidro Figura 2 - Edifício Cidade Luz

ASPECTOS POSITIVOS

ASPECTOS NEGATIVOS

• Integração do interior com o externo • Vegetação abundante

• Desapropriação de residências e comércios

ASPECTOS AMEAÇAS • Manutenção das lajes sobrepostas Fonte: (Autor, 2019)

Fonte: Adaptado de (GRUNOW, 2012)

ASPECTOS OPORTUNIDADES • Aplicação de cores vivas no edifício


17

4.3 Cidade das Artes Ficha Técnica Localização: Rio de Janeiro, Brasil Arquitetura: Christian de Portzamparc Ano do início da obra: 2004 Ano da conclusão da obra: 2012 Área do terreno: 95.644m² Área construída: 90.000m² Materialidade: Concreto aparente Figura 3 - Edifício Cidade das Artes

O lugar escolhido para a implantação foi considerado o lugar apropriado para receber visitantes de toda a redondeza da cidade. Se tornando um marco arquitetônico cultural para a cidade do Rio de Janeiro, além do edifício ser considerado uma das obras públicas mais relevantes da engenharia brasileira nos últimos anos.

Tabela 5 - Análise de Swot Cidade das Artes ASPECTOS POSITIVOS • Isolamento acústico de qualidade • Locomoção facilitada dos usuários ASPECTOS AMEAÇAS • Manutenção dos espelhos d’água Fonte: (Autor, 2019)

Fonte: Adaptado de (MOURA, 2019)

ASPECTOS NEGATIVOS • Pouca vegetação ASPECTOS OPORTUNIDADES

• Implantação de vegetação abundante


18

5

VISITAS TÉCNICAS


19

5.1 Escola de Música e Tecnologia Ficha Técnica Localização: Jabaquara, Av. Engenheiro George Corbisier, 100, ao lado do metrô Conceição, na zona centro-sul de São Paulo.

A instituição é considerada a maior escola de música da América Latina, possui 5 prêmios internacionais e diversos patrocinadores renomados como: Radio 89fm, Giannini, Tagima, Casio, Yamaha, entre outros. Atualmente, a escola atende cerca de 800 alunos e conta com aproximadamente 55 professores e 20 colaboradores.

Arquiteto: Desconhecido Área construída:

1722,60m²

Tabela 6 - Análise de Swot EM&T ASPECTOS POSITIVOS

Figura 4 – EM&T

ASPECTOS NEGATIVOS • Fachada não induz as pessoas a conhecer a • Integração dos escola ambientes • Auditório sem acesso • Diversos espaços de fácil ao público, convivências localizando-se no último pavimento ASPECTOS AMEAÇAS ASPECTOS OPORTUNIDADES • Acessibilidade a todos • Acessibilidade os pavimentos prejudicada, pois o • Áreas sociais de fácil elevador não chega até o acesso último pavimento • Fachada mais atraente Fonte: (Autor, 2019)

Fonte: Adaptado de autor, 2019.


20

5.2 Faculdade e Conservatório Souza Lima Ficha Técnica Arquitetura: Angélica Hoffmann e Adib Tabach, Engenharia Descid e Luiz Fernando Moraes, Construtora vertical, Projeto acústico Arsis Produções Artísticas e Home Estúdio projeto e Construção. Localização: São Paulo, Brasil (próximo a Av. Paulista) Área total: 1200m²

A Faculdade e Conservatório de música atua desde 1981, proporcionando serviços da área musical, associados a tecnologia, humanização e valorização do ensino de música. É considerada uma das maiores e mais conceituadas instituições de ensino musical da América Latina, Faculdade e Conservatório.

Tabela 7 - Análise de Swot Souza e Lima ASPECTOS POSITIVOS

Data de finalização da obra: 2017

Figura 5 – Souza Lima

• Setorização facilitada • Setores sociais de fácil acesso ASPECTOS AMEAÇAS

• Sem estacionamento no edifício Fonte: (Autor, 2019)

Fonte: Adaptado de autor, 2019.

ASPECTOS NEGATIVOS • Acústica das salas de aula sem muita eficiência • Estacionamento convencionado fora do prédio ASPECTOS OPORTUNIDADES • Acústica totalmente eficaz • Ambientes mais despojados


21

5.3 Escola de Música Sound Ficha Técnica Arquitetura: Arquiteto Formatto Arquitetura

Luis

Tabelião,

Localização: R. José Urbâno Sanches, 441 Vila Oliveira, Mogi das Cruzes – SP

Figura 6 – Escola Sound

A Escola de Música Sound atua a quase seis anos na região, é considerada uma das maiores e mais estruturadas escolas de música da cidade de Mogi das Cruzes. A escola oferece diversos cursos de instrumentos musicais como os de corda: guitarra, violão, contrabaixo, violino e ukulele; o de percussão: bateria; os de sopro: gaita, saxofone e flauta transversal; os de tecla: piano e teclado, além de aula de canto, de DJ e musicalização infantil. A escola é térrea, possui 14 salas de aulas com infraestrutura e tratamento acústico, mais de 15 professores e um auditório para apresentações com capacidade de até 90 pessoas. Tabela 8 - Análise de Swot Sound ASPECTOS POSITIVOS ASPECTOS NEGATIVOS

• Isolação acústica eficiente • Espaço social bastante atrativo

• Acesso da escola ao auditório descoberto

ASPECTOS AMEAÇAS

ASPECTOS OPORTUNIDADES

• Acesso dificultado ao auditório

• Implantação de cobertura entra a escola e o auditório

Fonte: Adaptado de autor, 2019. Fonte: (Autor, 2019)


22

6

O LOCAL DE INTERVENÇÃO


23

6.1 A cidade de Mogi das Cruzes A cidade de Mogi das Cruzes é considerada uma das principais cidades históricas do Brasil. Em 1560, as margens do Rio Anhembi, hoje denominado Tietê, era um ponto de descanso do Bandeirante Brás Cubas e seus companheiros, em suas longas caminhadas na Mata Atlântica. A localidade tornou-se num ponto de repouso, com isso, rapidamente transformou-se um povoado, que foi elevado à vila em 1° de setembro de 1611, ganhando o nome de “Vila de Sant’anna” de Mogi Mirim. (Secretaria de Cultura, 2019)

patrimônio público, e por anos foi consagrada como a banda oficial da cidade. Em 1984, foi descoberto manuscritos musicais mais antigos do Brasil do século XVIII, localizada na cidade de Mogi das Cruzes. As obras encontradas são sacras, quase todas em latim, escritas no estilo denominado antigo, conhecido como maneirista, um estilo musical português do século XVII. (Ibidem, 2019)

Figura 7 - Partitura encontrada 6.2 A cidade e a Música Em 26 de maio de 1926, foi fundada a Corporação Musical Santa Cecília, por um grupo de músicos. Os responsáveis por sua fundação foram: Benedicto Olegário Berti, Benedicto Augusto de Sant’Anna Andrade, Galdino Alves Pereira e Francisco Navajas. (Secretaria de Cultura, 2019) Anteriormente a ter sua própria sede, a banda ensaiava na rua dos Bambus, n° 8, atual rua Maestro Julio Ernesto de Oliveira. Sua primeira apresentação oficial foi no dia 22 de novembro de 1926. Em 1954, ela foi considerada pelo então prefeito da época, Joaquim Pereira de Carvalho, como um

Fonte: (G1, 2018)


24

6.3 Localização do Projeto A área de intervenção destinado a implantação do Centro de Integração e Educação Musical possui um ponto comercial, atualmente sem uso a ser desapropriado. Figura 8 - Levantamento fotográfico do terreno

Fonte: Adaptado de (Google Maps, 2018)

Local: Av. Francisco Rodrigues Filho, 55, Vila Mogilar, Mogi das Cruzes - SP Área do terreno: 2.155,29 m²

6.3.1 Justificativa da escolha da área

A escolha do terreno seguintes aspectos: • • •

foi

definida

através

dos

Descentralização de equipamentos Culturais Estar em área densa; Ser de fácil acesso;

A implantação do Centro de Integração e Educação Musical contribuirá com a lei de incentivo à cultura, em conjunto com a futura implantação de um equipamento cultural denominado Estação Cultura, na frente da área de intervenção. Embasando-se ao Programa de Fomento à Arte e Cultura (Profac), o objetivo é ampliar o alcance das atividades culturais a bairros, contribuindo com o processo de descentralização dos equipamentos culturais da cidade de Mogi das Cruzes. (Meloni, 2017) Além de ser uma área privilegiada em questão de transporte públicos, facilitando o acesso dos usuários ao novo equipamento.


25

6.4 Levantamentos 6.4.1 Topografia Conforme é possível observar no mapa planialtimétrico, a área onde está localizada o lote da intervenção é bastante plano, proporcionando uma insolação uniforme, variando apenas devido as edificações do entorno.

6.4.2 Insolação e Ventos Predominantes Figura 10 - Insolação e Ventos Predominantes

Figura 9 - Mapa planialtimétrico

Fonte: Adaptado de (Google Maps, 2019)

Fonte: Adaptado de (Map, 2019)


26

6.4.3 Uso e Ocupação do Solo 6.4.4 Transporte público O uso e ocupação de solo no entorno da área de intervenção possui múltiplos tipos de uso, mas é possível observar uma maior concentração de áreas designadas a uso misto, ou seja, de uso residencial, comercial e algumas áreas de uso institucional. Além disso, a área de intervenção e o terreno a frente encontram-se edificações sem uso. Figura 11 - Uso e ocupação do solo

O terreno é localizado numa área enriquecida em questão de transporte público, provida por linhas de ônibus nas duas vias que o contornam. Existem diversos pontos de ônibus nas proximidades, além de que a estação ferroviária Mogi das Cruzes se localiza a 450 metros do terreno, responsável por transportar passageiros de diversos lugares de suma importância para a cidade. Figura 12 - Transporte público

Área de intervenção

Uso institucional

Uso residencial

Uso misto

Uso comercial

Áreas verdes

Fonte: Montagem do (Autor, 2019)

Sem uso

Ponto de ônibus

Linha férrea

Área de intervenção

Trajeto de ônibus

Estação Ferroviária Fonte: Adaptado de (Google Maps, 2019)


27

6.4.5 Sistema Viário A área de intervenção é circundada por uma das maiores e mais importantes vias arteriais da cidade a Avenida Francisco Rodrigues Filho e por vias locais, caracterizando a o fácil acesso à área.

6.4.6 Equipamentos relevantes no entorno Figura 14 - Equipamentos no entorno 4

Figura 12 - Transporte público Figura 13 - Sistema Viário 8 7

7 1 8

7 2

4

9

4

10

3 5

Fonte: Montagem do (Autor, 2019) Área de intervenção

Via Local

Linha férrea

Estação Ferroviária

Via Arterial Fonte: Montagem do (Autor, 2019)

Área de intervenção 1 - Futura Estação Cultura 2 - Estação Ferroviária Mogi das Cruzes 3 - Mercado Municipal 4 - Instituições de Ensino 5 - Centro Cultural 6 - Teatro Vasques 7 - Supermercados 8 - Mogi Plaza 9 - Ciarte 10- Estúdio Municipal de Áudio e Música

6 4


28

7

ESQUEMAS ESTRUTURANTES 35


29

7.1 Perfil do Usuário

A proposta do projeto é receber pessoas que buscam aprender, praticar e principalmente vivenciar a música, oferecendo espaços e cursos que atendam todas as faixas etárias, desde o curso de musicalização infantil até a aula de um instrumento específico direcionada para adultos. As crianças serão inseridas em um processo de musicalização infantil, para que evoluam e se identifiquem com os instrumentos que tem maior afinidade e interesse em aprender, para que possam evoluir conforme a prática. A música clássica estará presente, para aqueles que pretendem aprender a tocar ou mesmo se especializar em instrumentos como saxofone, trombone, trompete, flauta transversal e piano. Além disso, o ensino teórico da história da música estará associado as aulas práticas, oferecendo coerência e um método facilitado de aprendizado. A musicalização contribuirá com os usuários proporcionando o progresso do desenvolvimento das pessoas, tanto na vida social, quanto no pessoal, influenciando no

seu comportamento e tornando-a organizadas e persistentes em seus objetivos.

mais

7.2 Conceito O conceito do projeto será embasado pela integração entre o edifício, os espectadores, músicos, alunos, a cidade e os equipamentos culturais localizados no entorno. Com espaços adequados para os usuários o projeto disseminará o conhecimento e o incentivo do ensino musical. Além disso, os espaços provocarão o estimulo dos cinco sentidos: a visão, audição, olfato, tato e paladar, denominadas percepções sinestésicas. A partir desse conceito, a arquitetura sinestésica tem o intuito de provocar interação das pessoas através de elementos sinestésicos, promovendo sensações e emoções positivas, além de um lugar agradável que seja possível ter uma experiência diferenciada e por um momento fugir da rotina do cotidiano. (Archtrends, 2018) Para consolidar a integração o projeto oferecerá um auditório com estrutura apropriada direcionado a diversos tipos de eventos musicais e culturais, como orquestras, apresentações de banda, corais e danças. A integração também acontecerá na parte externa do edifício, contando com espaços multiusos para eventos, proporcionando a socialização e interação de culturas entre as pessoas.


30

A proposta é que a música não fique confinada apenas numa sala de aula, e sim que ela estimule a sensação liberdade e nesse contexto, se espalhe e prolifique pela cidade de Mogi das Cruzes, agregando mais qualidade de vida a população. 7.3 Partido O partido do projeto será composto de paredes com tratamento acústico, como drywall e painéis de madeira acústicos. As esquadrias serão reforçadas e preenchidas de materiais para isolamento do som, promovendo um conforto acústico maior e a reverberação correta de um som de qualidade para os alunos e professores da instituição. O auditório será revestido de manta de lã de garrafa PET que serve como isolamento acústico e conforto térmico do local em que é aplicado, além de ser um material sustentável. Também será aplicada a técnica de efeito chaminé, onde as ondas sonoras são direcionadas ao superior do espaço e absorvidas por uma nuvem acústica, evitando o reflexo dos sons ao ambiente. Será integrado ao bloco educacional por um pergolado de madeira sustentável e sua cobertura será transparente, propiciando a iluminação natural.

A escola será composta predominantemente de alvenaria e esquadrias compostas por vidros, proporcionando a integração dos ambientes, alunos e visitantes. A área externa contará com praças e concha acústica para pequenas apresentações musicais, com vista privilegiada da paisagem da cidade. 7.4 Programa de necessidades O programa de necessidades foi feito com base nos referenciais de estudos de caso e as visitas técnicas nas escolas de música, que contribuíram para formar o pré-dimensionamento dos ambientes, adequando-os para escala da proposta para atender as demandas do local.


31

Setor

Ambiente

Quant.

Descrição

Nº usuários

Mobilário

Equipament os

Pé Área Área direito total mínima mínimo mínima (m²) (m) (m²)

Recepção

Social

Social

Recepção

1

Loja de instrumentos

1

Luthier

1

área destinada aos funcionários venda de instrumentos musicais conserto de instrumentos musicais

2

2

1

mesa, cadeiras

computador, telefone

4

10

10

balcão, ar suportes de condicionado instrumentos

4

30

30

4

5

5

cadeira, mesa

Cafeteria Gourmet mesa, 20 cadeiras, lixeiras

ar condicionado

SUBTOTAL

45

luminárias, poltronas

4

20

20

Área de convivência

1

local dos assentos da cafeteria

Cafeteria

1

local de preparo

2

refrigerador, banquetas

pia, geladeira, microondas, chapa

4

6

6

Sanitário feminino

1

necessidades fisiológicas

2

espelho, lixeira

2 lavatórios, 2 bacias sanitárias

4

10

10

Sanitário masculino

1

necessidades fisiológicas

2

espelho, lixeira

2 lavatórios, 2 bacias sanitárias

4

10

10

Sanitário PNE

1

necessidades fisiológicas

1

espelho, lixeira

1 lavatório, 1 bacia sanitária

4

4

4

SUBTOTAL

50


Social

Social

32

Auditório Platéia

1

área destinada aos assentos

100

poltronas

tratamento acústico, ar condicionado

4

196

196

Palco

1

área destinada aos músicos

15

banqueta, instrumentos

tratamento acústico, ar condicionado

3

30

30

Camarim feminino

1

área destinada a espera dos músicos

10

sofá, mesa, cadeiras

ar condicionado

4

20

20

Camarim masculino

1

área destinada a espera dos músicos

10

sofá, mesa, cadeiras

ar condicionado

4

20

20

Área comum dos musicos

1

área destinada a espera dos músicos

10

sofá, mesa, cadeiras

ar condicionado

4

20

20

1

local de controle do som da apresentação

1

cadeira, mesa

ar condicionado

4

4

4

Controle de som

SUBTOTAL

290

Biblioteca Biblioteca

1

local destinado ao estudo de alunos

20

cadeira, mesa

ar condicionado

3

30

SUBTOTAL

30 30


33

Salas de aula coletiva

2

ensino da teoria e prática musical

6

área destinada a aula prática dos alunos

Salas de estudo/espera

1

área destinada a prática dos alunos

10

Sanitário feminino

1

necessidades fisiológicas

2

Sanitário masculino

1

necessidades fisiológicas

2

Sanitário PNE

1

necessidades fisiológicas

1

Instrumentos de sopro

4

área destinada a aula prática dos alunos

3à4 alunos

bancos, mesa

Instrumentos de tecla

2

área destinada a aula prática dos alunos

2à4 alunos

bancos, mesa

Ensino

Instrumentos de corda

Ensino

Salas de aula mesa de estudo 12 individual, mesa prof 3à4 alunos

ar condicionado

3

20

40

ar condicionado

3

10

60

bancos, ar mesa, condicionado computador

3

30

30

3

7

7

3

7

7

3

4

4

ar condicionado

3

10

40

ar condicionado

3

10

20

bancos, mesa

2 lavatórios, 2 lavatórios, 2 2 bacias bacias sanitárias sanitárias 2 lavatórios, 2 lavatórios, 2 2 bacias bacias sanitárias sanitárias lavatório, 1 lavatório, 1 bacia bacia sanitária sanitária


Ensino

34

2

área destinada a aula prática dos alunos

2à4 alunos

ar bancos, instrumentos condicionado

3

10

20

2

área destinada a aula prática dos alunos

3à4 alunos

ar bancos, instrumentos condicionado

3

10

20

1

área destinada a gravação

5

ar condicionado, bancos, tratamento instrumentos acústico

3

10

10

1

área destinada a aula dos alunos

3à4 alunos

bancos, ar mesa, condicionado computador

3

10

10

Ensaio de banda

2

área destinada a ensaios de banda

3a5 alunos

instrumentos

ar condicionado

3

15

30

Musicalização infantil

1

área destinada a aula dos alunos

3à4 alunos

bancos, mesa

ar condicionado

3

10

10

guarda de instrumentos

1

guarda de instrumentos

1

instrumentos

ar condicionado

3

8

8

Instrumentos de percussão

Canto

Ensino

Estúdio de gravação

Áudio

SUBTOTAL

316


35

Administração

1

planejamento e organização

1

mesa, cadeiras

ar condicionado

3

15

15

Sala de professores

1

planejamento e organização

10

mesa, cadeiras

ar condicionado

3

25

25

Arquivo

1

Guarda de documentos

1

armário, computador

armário

3

4

4

Secretaria

1

assessoria e organização

2

armário, ar computador condicionado

3

15

15

Sala de multimídia

1

planejamento e organização online

2

3

7

7

Apoio

Sala de direção com wc

mesa, cadeiras

ar condicionado

SUBTOTAL

66


36

Funcionários

Colaboradores Cozinha de funcionários

1

Alimentação dos funcionarios

8

mesa, cadeiras

ar condicionado

3

15

15

Sanitário feminino

1

necessidades fisiológicas

2

espelho, lixeira

ar condicionado

3

10

10

Sanitário masculino

1

necessidades fisiológicas

2

espelho, lixeira

ar condicionado

3

10

10

DML

1

dep. material de limpeza

0

prateleiras

ar condicionado

3

3

3

Depósito de mantenção

1

dep. material de manut.

0

prateleiras

ar condicionado

3

3

3

Estacionamento

1

Estacionamento

35 vagas

prateleiras

ar condicionado

3

900

900

SUBTOTAL 1073 TOTAL 1804


37

7.5 Organograma Figura 15 - Organograma

Fonte: Do autor, 2019.


38

7.6 Fluxograma Figura 16 - Fluxograma

Fonte: Do autor, 2019.


39

8 PROJETO 46


40

8.1 Perspectivas


41


42


43


44


45


46


47

9

TECNOLOGIA E SUSTENTABILIDADE


48

9.1 Materiais utilizados Tabela 9 – Materiais utilizados

Concreto Sustentável

Lã de PET

Telha Ecológica tetrapak

Fonte: Do autor, 2019.

É um tipo de concreto desenvolvido pelo Instituto de Arquitetura e Urbanismo (IAU) que utiliza uma grande quantidade de materiais reaproveitados, como pneus triturados e sílica de casca de arroz Esse material é originado do descarte de milhares de garrafa PET no meio ambiente, que são coletadas por cooperativas e posteriormente passam por um processo de moagem, lavagem e por último a secagem. Com isso, todo esse material transforma-se em fibras, que serão utilizadas como matéria prima. A telha ecológica tetra pak atende a interesse de ordem ambiental e de saúde pública, considerando-se os efeitos da reciclagem estimulada, já que é feita com materiais para os quais os destinos mais comuns seriam os lixões ou aterros sanitários. As telhas são compostas basicamente por alumínio, Pet, Polietileno e Polinylon.


49

CONSIDERAÇÕES FINAIS Produzir o presente trabalho de pesquisa foi de suma importância para agregar embasamentos teóricos, históricos e técnicos auxiliando no desenvolvimento do projeto arquitetônico de um Centro de Integração e Educação Musical, na cidade de Mogi das Cruzes. Como foi comprovado nas pesquisas bibliográficas, a música é essencial em todos os contextos da vida do homem e atualmente efetua um papel importante auxiliando beneficamente como um complemento no âmbito acadêmico, estimulando e aprimorando sentidos neurológicos.

O projeto arquitetônico será idealizado baseado no estudo preliminar do terreno, seu entorno, localização e características ambientais. Além disso, foi elaborado através das análises e visitas a projetos semelhantes, o programa de necessidades. Posteriormente a criação do programa, estabeleceu-se também o fluxograma determinando os ambientes de acordo com os melhores acessos e setorização. Desse modo, o projeto possibilitará crianças, jovens e adultos a terem acesso a uma educação musical de qualidade, permitindo a aquisição de benefícios e melhorias a cidade.

Portanto, a proposta do Centro de Integração e Educação Musical é de fundamental importância para fortalecer ainda mais o desenvolvimento cultural da cidade de Mogi das Cruzes, além de descentralizar a massa de equipamentos culturais do centro, ampliando o alcance a bairros mais distantes. Disponibilizando salas com tratamento acústico adequado embasado nos estudos sobre acústica, visando também o ensino teórico da música associado as aulas práticas.


50

REFERÊNCIAS ABNT, A. B. (Abr. de 1992). Acesso em 25 de Mar. de 2019, disponível em http://ftp.demec.ufpr.br/disciplinas/TM 802/NBR5413.pdf

Archtrends. (26 de Jan. de 2018). Archtrends Porto Belo. Fonte: https://archtrends.com/blog/sinestesia-naarquitetura/

ABNT, A. B. (Maio de 1993). Acesso em 26 de Mar. de 2019, disponível em http://www.cnmp.mp.br/portal/images/Com issoes/DireitosFundamentais/Acessibilid ade/NBR_9077_Sa%C3%ADdas_de_emerg%C3%AA ncia_em_edif%C3%ADcios-2001.pdf

Brasil, C. d. (1988). JusBrasil. Acesso em 25 de Mar. de 2019, disponível em JusBrasil: https://presrepublica.jusbrasil.com.br/legisla cao/188546065/constituicao-federalconstituicao-da-republica-federativa-dobrasil-1988

ABNT, A. B. (Jun. de 2000). Acesso em 25 de Mar. de 2019, disponível em http://www.sema.df.gov.br/wpconteudo/uploads/2017/09/NBR-10151-de2000.pdf

CONAMA, R. (8 de Mar de 1990). Ministério do Meio Ambiente. Acesso em 25 de Mar. de 2019, disponível em Ministério do Meio Ambiente: http://www2.mma.gov.br/port/conama/legiabre.cfm?cod legi=99

ABNT, A. B. (31 de Maio de 2004). Acesso em 26 de Mar. de 2019, disponível em https://www.pessoacomdeficiencia.gov.br /app/sites/default/files/arquivos/%5Bfi eld_generico_imagens-filefielddescription%5D_24.pdf

Cruzes, M. d. (17 de Set. de 2014). Prefeitura de Mogi das Cruzes. Acesso em 25 de Mar de 2019, disponível em http://www.cultura.pmmc.com.br/lic/

Archdaily. (19 de Jun. de 2016.). Acesso em 10 de Março de 2019, disponível em Archdaily: <https://www.archdaily.com.br/br/789761 /escola-de-musica-tohogakuen-nikkensekkei>

G1, M. d. (1 de Set. de 2018). G1 Mogi das Cruzes. Acesso em 21 de Mar. de 2019, disponível em G1 Mogi das Cruzes: https://g1.globo.com/sp/mogidas-cruzes-suzano/noticia/2018/09/01/dapartitura-mais-antiga-do-brasil-a-novostalentos-e-orquestra-musica-da-o-tom-dos-458anos-de-mogi.ghtml


51

GRUNOW, E. (2012). Arco Projeto Design. Acesso em 12 de Mar. de 2019., disponível em Arco Web: <https://www.arcoweb.com.br/projetodesign/ arquitetura/herzog-de-meuron-centrocultural-sao-paulo-23-05-2012#> Legislação Municipal de Mogi das Cruzes. (31 de Ago. de 2016). Acesso em 10 de Abr. de 2019, disponível em https://leismunicipais.com.br/a2/plano-dezoneamento-uso-e-ocupacao-do-solo-mogidas-cruzes-sp Map, T. (2019). Topographic Map. Acesso em 03 de Maio de 2019, disponível em http://ptbr.topographic-map.com/places/Brasil3559915/

Meloni, L. (14 de Jun. de 2017). Projeto prevê descentralização da cultura em Mogi. Fonte: O Diário: http://www.odiariodemogi.net.br/projetopreve-descentralizacao-da-cultura-em-mogi/ Mogi

das Cruzes, P. d. (17 de Novembro de 2006). Prefeitura de Mogi das Cruzes. Acesso em 24 de Mar. de 2019, disponível em Prefeitura de Mogi das Cruzes: http://www.mogidascruzes.sp.gov.br/pagina/ secretaria-de-planejamento-eurbanismo/plano-diretor

MOURA, É. (14 de Mar. de 2019). Projeto Design. Fonte: Arco Web: https://www.arcoweb.com.br/projetodesign/arquite tura/christian-de-portzamparc-cidade-das-artesrio-de-janeiro Nasser, N. (Jul. de 1997). O Ethos na música grega. Acesso em 28 de Abr. de 2019, disponível em https://pt.scribd.com/document/88943541/EthosNa-Musica-Grega República, P. d. (23 de Dez. de 1991). Planalto. Acesso em 25 de Mar. de 2019, disponível em Planalto: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L8313c ons.htm São Paulo, A. L. (27 de Set. de 1978). Acesso em 25 de Mar. de 2019, disponível em https://www.al.sp.gov.br/norma/?id=154684 São Paulo, A. L. (10 de Mar. de 2011). Assembléia Legislativa. Acesso em 25 de Mar. de 2019, disponível em Assembléia Legislativa: https://www.al.sp.gov.br/norma/161062

Secretaria de Cultura, d. M. (10 de Abr. de 2019). PMMC. Acesso em 10 de Abr. de 2019, disponível em Prefeitura de Mogi das Cruzes: http://www.cultura.pmmc.com.br/index.php?option= com_eventlist&view=espacocultural&id=25&Itemid=1 88


52

10

APÃ&#x160;NDICES


2,5

Edificação existente

71.51

17.16

1

0.50

A

2

Av.

A

o c s i c Fran

eio Pass

41.77

u g i r d Ro

ho l i F es

56.98

1.5

ESC. 1 : 300 AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

3 2,5 2 1,5 1

ESC. 1 : 300 AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

ALUNA:

RGM:

CURSO:

FOLHA

TALITA MORENO

11151100907 ARQUITETURA E URBANISMO

1/12

sem escala AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

PRANCHA:

TOPOGRAFIA PROF.

CELSO LEDO MARTINS

DISCIPLINA

TURMA

ESCALA

TCC - 2

B

1:300


AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO ESC. 1 : 175

ALUNA: RGM:

TALITA MORENO 11151100907 ARQUITETURA E URBANISMO

PRANCHA:

IMPLANTAÇÃO

PROF.

CELSO LEDO MARTINS

CURSO: FOLHA

2/11

DISCIPLINA TURMA ESCALA

TCC - 2 B 1:175

B

ACESSO MÚSICOS

SAÍDA VEÍCULOS

ENTRADA VEÍCULOS

-2,20

C

ACESSO FUNCIONÁRIOS

C

AIXA

CO R

ILHO ES F

EIO

DA

PASS

REB

IGU ODR

GUIA

A

ACESSO PRINCIPAL

NCIS FRA AV.

reservatório capac. 45.000L

alçapão

TELHA TETRAPAK I=10%

Laje impermeabilizada

TELHA TETRAPAK I=10%

A

-M

S UZE CR DAS OGI

0,00

JARDIM MUSICAL

SAÍDA DE EMERGÊNCIA

B

+0,30

CONCHA ACÚSTICA

ACESSO INTEGRAÇÃO

PISO INTERTRAVADO

D

JARDIM MUSICAL A=92,38

D


A

J1

J1

2.00

4.58

12.30

3.65

C

A

3.65

C

2.00

A

3.65

C

J1

J1

ANTECÂMARA A=2,25m²

5.20

P1

2.10x0.90

1.50

5.18

P3

2.10x0.90

SALA DE CANTO A=16,75m²

1.65

+4.40

ANTECÂMARA A=2,25m²

P1

+4.40

2.10x0.90

3.28

1.50

4.24

3.85

P1

1.95

RAMPA I= 8%

P1

3.30

2.10x0.90

P1

+4.40

+4.40

2.10x0.90

P1

2.10

+4.40

SALA DE CANTO A=15,45m²

SALA DE PERCUSSÃO 2 A=15,23m²

2.10x0.90

+0.20

1.65

1.65

5.19

1.50

J1

P1

+4.40

1.50

+0.82

1.65

SALA DE PERCUSSÃO A=17,97m²

PALCO H=0,62 A=31,58m² CAMARIM FEMININO A=24,23m²

2.10x0.90

s

3.87

1.95

2.10x0.90

SAÍDA DE EMERGÊNCIA

4.50

5.09

SALA DE VIOLINO A=14,87m²

J1 2.10x0.90

SALA DE FLAUTA TRANSVERSAL A=11,01m² J1 +4.40

6.96

1.65

1.65

P1 ANTECÂMARA A=9,99m²

P1

5.65

+4.40

P1 SALA DE CAVAQUINHO A=14,87m²

J1

4.68

P1 2.10x0.90

P1

1.50 SALA DE SAXOFONE A=12,02m²

+4.40

CIRCULAÇÃO A=19,17m²

2.52

2.10x0.90

P1

1.95

P1 2.10x0.90

2.51

+4.40

1.95

1.50

2.10x0.90

3.30

2.10x0.90

6.66 2.10x0.90

+0.20

P1

2.10x0.90

ANTECÂMARA A=3,82m²

+4.40

ANTECÂMARA A=3,82m²

1.35

3.53

5.65

+0.20

1.35

2.55

1.50

P1

2.10x0.90

CAMARIM MASCULINO A=21,96m²

J1

2.10x0.90

2.10x0.90

P1

2.55

+4.40

J1

+4.40

ENSAIO DE BANDA 2 A=18,40m²

ENSAIO DE BANDA 1 A=18,40m²

5.18 3.30

4.47

+4.40

+4.40

1.95

4.62

+0.20

J1 ÁREA COMUM MÚSICOS A=30,87m²

+4.40

AUDITÓRIO 108 LUGARES A=237,75m²

+0.20

J1

SALA DE CONTRABAIXO A=14,87m²

SALA DE TROMPETE A=13,03m²

1.65

1.65

J1

+4.40

+4.40

P1

P1

1.89

+0.20

J1

3.38

1.10

1.35

2.55

0

2.1 0x 0.9 2.1

4.17 0x

1. 25

5.25

P1 2.10x0.90

P1 COZINHA FUNCIONÁRIOS A=18,04m²

1.64

ELEVADOR PNE

s

+4.40

5.18

1.74

3.50

2.10x0.90

ESPERA/ESTUDO A=49,11m²

ELEVADOR PNE

5.66

2.10x0.90

3.31

0.9

0

+4.40

1.74 5.68

acesso restrito

D

J1

SALA DE PIANO A=19,05m²

s

2.10x0.90

+0.20

P3

J1

MUSICALIZAÇÃO INFANTIL A=18,14m²

J1

+4.40

2.10x0.90

SALA DE PROFESSORES A=27,48m²

+0.20

2.10x0.90

J1

+4.40

5.18 5.18

5.05

5.05 3.30

ESTACIONAMENTO 31 VAGAS AUTOMÓVEIS 6 VAGAS MOTOCICLETAS A=941,22m²

2.10x0.90

1.50 P3

4.00

1.40

1.50

P1

+0.20

P1

1.65

+4.40

2.10x0.90

DML A=4,72m²

SALA DE VIOLONCELO A=15,91m²

P1

4.16

+4.40

2.10x0.90

J4

1.74

acesso ao reservatório/ casa de máquina

1.50

ANTECÂMARA A=21,13m²

P1

ANTECÂMARA A=5,79m²

+4.40

P1

3.45

ELEVADOR PNE

P1 ANTECÂMARA A=3,82m²

1.50

+0.20

s

P1

2.10x0.90

J1

+4.40 2.10x0.90

2.31

2.07 J5

DEPÓSITO DE MANUTENÇÃO A=7,34m²

SALA DE TECLADO A=17,92m²

1.65

3.53

+0.20

P1

5.01

2.10x0.90

LUTHIER A=26,56m²

B

5.08

2.10x0.90

4.84

2.45

3.85

5.31

3.65 2.10x0.90

1.50

+4.40

4.79

P3

SALA DE VIOLÃO A=14,88m²

J1

P1

+0.58

J1

P1 P1

25 1.

+0.20

SALA DE TROMBONE A=14,04m² +4.40

2.10x0.90

P1 2.10x0.90

2.10x0.90

2.55

2.10x0.90

5.30

CONTROLE DE SOM A=7,05m²

2.10x0.90

+0.20

1.65

2.32

3.94 SANITÁRIO MASCULINO FUNC. A=12,51m²

5.10

J2

+4.40

+4.40

5.18 3.30

3.95

1.50

3.14

1.50

ANTECÂMARA A=2,77m²

B

2.10x0.90

B

+0.20

3.50

J2

+4.40

1.40

B

3.30

B

P1

2.10x0.90

STÚDIO DE GRAVAÇÃO A=22,56m²

P1

1.85

SALA DE GUITARRA A=14,87m²

J1 SANITÁRIO FEMININO FUNC. A=13,52m²

3.12 2.10x0.90

P1

+4.40

1.50

B

2.10x0.90

+4.40

2.15

2.10x0.90

2.10x0.90

ANTECÂMARA A=3,82m²

CONTROLE DE SOM A=3,75m²

1.35

3.30

DESCE I=5%

ANTECÂMARA A=3,82m²

1.95

3.53 4.25

P1

P1

2.10x0.90

2.10x0.90

3.26

4.65

+0.32

3.26

2.10x0.90

2.50

P1 P1

2.55

+4.40

3.30

-4,20

P1 2.10x0.90

5.68

LOJA DE INSTRUMENTOS A=65,55m²

2.10x0.90

CAIXA A=7,00m²

2.25 CAFETERIA A=7,00m²

J2

+0.20

2.10x0.90

+4.40

4.03 P1

P1

WC A=3,00m²

+4.40

2.10x0.90

1.50

2.25

3.30

P1

2.10x0.90

3.30

SANITÁRIO MASCULINO A=16,17m²

J2

RAMPA I=20%

J3

SAN. MASC. P1 PNE A=4,12m² 2.10x0.90 2.50

5.68

GUARDA DE INSTRUMENTOS A=8,05m²

+4.40

P1

+0.20

J3

SAN. MASC. PNE A=7,76m²

2.10x0.90

+0.20

+4.40

2.00

2.50

SAN. MASC. PNE A=7,76m²

SAN. MASC. P1 PNE A=4,12m² 2.10x0.90 2.50

SAN. FEM. 2.10x0.90 PNE P1 A=4,12m²

1.65

1.65

3.45

2.50

J3

J1 SALA DE DIREÇÃO A=15,27m²

P1

3.45

1.65

1.65

P1 SAN. FEM. 2.10x0.90 PNE P1 A=4,12m²

J3

RAMPA I=20%

4.90

2.10x0.90

SAÍDA VEÍCULOS

+4.40

2.10x0.90

4.90

P1

2.00

J2

SANITÁRIO FEMININO A=16,17m² +0.20

J2

SANITÁRIO FEMININO A=16,17m²

2.69

+0.20

SANITÁRIO MASCULINO A=16,17m²

+4.40

+0.20

4.90 4.83

4.90 2.50

4.90

2.10x0.90

P1

-4,00

J1 J1

SECRETARIA A=15,13m² +0.20

ARQUIVO A=4,50m²

TEORIA MUSICAL A=23,64m²

ÁREA DE CONVIVÊNCIA A=60m²

projeção mezanino

1.65

2.10x0.90

1.50

vazio

3.15

P1

+4.40

+0.20

J1

P1

+0.20

3.00

P - ,90 X 2,10

1.75

4.83

4.90 2.10x0.90

P1

5.50

J1

TEORIA MUSICAL A=23,64m²

RECEPÇÃO A=27,77m²

+4.40

1.60

+0.20

J1 POCKET SHOW A=7m² +0.50

4.90

BIBLIOTECA A=41,45m²

P1

1.48

2.59

2.63

3.74

2.10x0.90

SALA DE ÁUDIO A=12,90m²

2.10x0.90

P1

2.10x0.90

11.74 P1

3.79

P3

5.05

2.10x0.90

-2,20

2.10x0.90

ENTRADA VEÍCULOS

SALA MULTIMÍDIA A=8,24m² +4.40

+4.40

4.05

+4.40

A

C

8.40

ento

projeç

ESC. 1 : 175

ESC. 1 : 175 AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

pavim

A

C

AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

ão 2°

C

A

ESC. 1 : 175 AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

ALUNA:

RGM:

CURSO:

TALITA MORENO

11151100907 ARQUITETURA E URBANISMO

PRANCHA:

PLANTA BAIXA SUBSOLO/TÉRREO/SUPERIOR PROF.

CELSO LEDO MARTINS

FOLHA

3/11

DISCIPLINA

TURMA

ESCALA

TCC - 2

B

1:175


A

+0.20

1.65

2.10x0.90

3.65

2.00

3.65

2.10x0.90

14

+4.40

1.50 2.10x0.90

3.28

05

+4.40

1.50

4.24

3.85

1.95

3.87

15 6.96

1.65

+4.40

2.10x0.90

05

2.10x0.90

3.53

6.66 2.10x0.90

2.10x0.90

1.50 1.95

3.30

2.52

2.10x0.90

1.50

+0.20

09

16

+4.40

+4.40

4.62

4.68

2.51

+4.40

+4.40

2.10x0.90

2.10x0.90

2.10x0.90

05

+4.40

05

+4.40

1.65 1.35

10

2.10x0.90

22

1.65

+4.40

2.10x0.90

+0.20

14

1.50

01 - CIRCULAÇÃO 02 - ESPERA/ESTUDO 03 - MUSICALIZAÇÃO INFANTIL 04 - SALA DE VIOLONCELO 05 - ANTECÂMARA 06 - SALA DE VIOLÃO 07 - SALA DE GUITARRA 08 - SALA DE CONTRABAIXO 09 - SALA DE CAVAQUINHO 10 - SALA DE VIOLINO 11 - SALA DE PERCUSSÃO 1 12 - SALA DE PERCUSSÃO 2 13 - SALA DE CANTO 1 14 - SALA DE CANTO 2 15 - SALA DE FLAUTA TRANSVERSAL 16 - SALA DE SAXOFONE 17 - SALA DE TROMPETE 18 - SALA DE TROMBONE 19 - SALA DE TECLADO 20 - SALA DE PIANO 21 - SALA DE PROFESSORES 22 - SALA DE DIREÇÃO 23 - WC 24 - GUARDA DE INSTRUMENTOS MUSICAIS 25 - STÚDIO DE GRAVAÇÃO 26 - CONTROLE DE SOM 27 - ENSAIO DE BANDA 1 28 - ENSAIO DE BANDA 2 29 - SANITÁRIO FEMININO 30 - SANITÁRIO FEMININO PNE 31 - SANITÁRIO MASCULINO PNE 32 - SANITÁRIO MASCULINO 33 - HALL SANITÁRIOS 34 - TEORIA MUSICAL 1 35 - TEORIA MUSICAL 2 36 - BIBLIOTECA 37 - SALA DE ÁUDIO 38 - SALA MULTIMÍDIA 39 - CIRCULAÇÃO

1.35

2.10x0.90

13

+4.40

2.55

4.50

SAÍDA DE EMERGÊNCIA

+4.40

2.10x0.90

5.18

12

05

5.65

2.10x0.90

RAMPA I= 8% 2.10x0.90

1.65

+4.40

2.10x0.90

2.10

+0.20

11

1.50

5.20

5.65

5.19

15

1.50

+0.82

2.55

12

3.30

4.58

12.30 s

2.10x0.90

01 - RECEPÇÃO 02 - CAFETERIA 03 - ÁREA DE CONVIVÊNCIA 04 - POCKET SHOW 05 - LOJA DE INSTRUMENTOS 06 - CAIXA 07 - LUTHIER 08 - CIRCULAÇÃO 09 - ANTECÂMARA 10 - CONTROLE DE SOM 11 - AUDITÓRIO 12 - PALCO 13 - ÁREA COMUM MÚSICOS 14 - CAMARIM MASCULINO 15 - CAMARIM FEMININO 16 - SANITÁRIO FEM. FUNCIONÁRIOS 17 - SANITÁRIO MASC. FUNCIONÁRIOS 18 - DEPÓSITO DE MANUTENÇÃO 19 - DML 20 - COZINHA FUNCIONÁRIOS 21 - CIRCULAÇÃO FUNCIONÁRIOS 22 - CIRCULAÇÃO MÚSICOS 23 - SANITÁRIO FEMININO 24 - SANITÁRIO FEMININO PNE 25 - SANITÁRIO MASCULINO PNE 26 - SANITÁRIO MASCULINO 27 - HALL DOS SANITÁRIOS 28 - SECRETARIA 29 - ARQUIVO

2.00

A

1.65

A

27

28

+4.40

+4.40

1.95

4.47

3.30

5.18

39

13

+4.40

08

1.65

11

17

1.65 3.26

2.10x0.90

3.26

+4.40

1.35

+4.40

2.55

+0.20

3.30

05

1.50

+0.20

1.89

2.32

1.65

04

4.16

2.1 0x

0.9

0

1.60

20 02

5.41 5.18

s

08

+0.20

+0.20

2.10x0.90

5.05

8 2 9 0 8 2 9 0

6 4 6 1 6 4 6 1

2 1 3 8 2 1 3 8

7 8 0 5 7 8 0 5

1 4 1 5 1 4 1 5

5.68

2.10x0.90

D

03

+4.40

21

+4.40

5.18

5.05 3.30

3.30

5.18

0 3 5 2 0 3 5 2

4.84

4.29

3.50

2.10x0.90

2.10x0.90

4.00

+4.40

2.10x0.90

20

s 2.10x0.90

3.31

+4.40

2.31

2.10x0.90

+0.20

3.38

4.17

+4.40

+4.40

1.10

1.40

acesso ao reservatório/ casa de máquina

25

09

0.9 0x

2.1

05

+4.40

+0.20

3.45

2.10x0.90

05

0

1.

3.50

2.07

07

+0.20

ESTACIONAMENTO 31 VAGAS AUTOMÓVEIS 6 VAGAS MOTOCICLETAS A=941,22m²

2.15

5.10

2.45 2.15

2.10x0.90

3.53

18

s

+4.40

2.10x0.90

2.10x0.90

B

19

1.65

5.31

3.65

19

5.01

5.25

1.40

3.85

+0.20

06

+4.40

2.10x0.90

18

5.08 2.10x0.90

1.50

25 1.

2.10x0.90

2.10x0.90

4.79

1.65

+4.40

2.10x0.90

21

+0.20

5.18

+0.58

2.10x0.90

2.10x0.90

17

B 3.30

3.30

5.30

10

+4.40

05

2.10x0.90

B

3.95 3.94

1.50

25

1.50

+4.40

2.55

B

1.85

+4.40

1.95

2.10x0.90

1.50

07

3.14

2.10x0.90

2.10x0.90

+0.20

B

3.12

+4.40

+4.40

16

B

2.10x0.90

05

26

+4.40

2.10x0.90

1.35

3.53 DESCE I=5%

2.55

2.10x0.90

4.25

2.10x0.90

4.65

2.10x0.90

2.50

+0.32

2.10x0.90

5.68

1.65

4.90

29

05

+0.20

+4.40

4.90

01

2.10x0.90

+0.20

2.10x0.90

23

2.69

2.10x0.90

22

+4.40

2.10x0.90

+0.20

06

2.00

2.00

5.68

3.45

27

2.50

1.65

1.65

3.45

2.50

1.65

30 33

24

+4.40

23

+4.40

+4.40

+0.20

31

2.10x0.90

2.25

4.03

2.10x0.90

3.30

02

+0.20

32

26

+4.40

+0.20

4.90

4.90 4.83

4.90

2.50

SAÍDA VEÍCULOS

1.50

2.25

2.50

2.10x0.90

3.30

2.50

2.10x0.90

2.10x0.90

25

2.10x0.90

2.10x0.90

24

2.10x0.90

RAMPA I=20%

28

vazio

3.15

03

projeção mezanino

1.65

2.10x0.90

1.50

+0.20

34

+0.20

+4.40

29

+0.20

RAMPA I=20%

P - ,90 X 2,10

1.75

5.50

3.00

4.83

4.90 2.10x0.90

ENTRADA VEÍCULOS

35

01

39

+4.40

+4.40

1.60

+0.20

04 +0.50

4.90

1.48

2.59

2.63

2.10x0.90

3.74

3.79

2.10x0.90

6.09

11.74 2.10x0.90

2.10x0.90

2.10x0.90

5.05

38 +4.40

37

4.20

+4.40

4.05

36

+4.40

to

projeç

ão 2°

en pavim

8.40

A A ESC. 1 : 175 AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

A

ESC. 1 : 175 AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

ESC. 1 : 175 AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

ALUNA:

RGM:

CURSO:

TALITA MORENO

11151100907 ARQUITETURA E URBANISMO

PRANCHA:

PLANTA LAYOUT SUBSOLO/TÉRREO/SUPERIOR PROF.

CELSO LEDO MARTINS

FOLHA

4/11

DISCIPLINA

TURMA

ESCALA

TCC - 2

B

1:175


CIRCULAÇÃO DE ACESSO RESERVATÓRIO/ CASA DE MÁQUINA

TELHA ECOLÓGICA TETRAPAK I=10%

TELHA ECOLÓGICA TETRAPAK I=10%

7,60

5,00

1.30

0.90

3.00

SALA DE CANTO

0.57

2,30

CIRCULAÇÃO

3.96

2.10

2.10

AUDITÓRIO

2.10

3.00

CONTROLE DE SOM

0,20

4.28

LOJA DE INSTRUMENTOS

3.71

CAFETERIA

0.90

3.00

2.50

0.95

0.95 0.90

1.90 0.90

RECEPÇÃO

FORRO DE LÃ DE PET

FORRO DE LÃ DE PET

1.20

3.60 4.00

ACESSO PRINCIPAL

CIRCULAÇÃO

4,40

0.95

0.40

4,40

FORRO DE LÃ DE PET

ANTECÂMARA 3.00

ENSAIO DE BANDA 2

3.00

STUDIO DE GRAVAÇÃO

3.00

CIRCULAÇÃO 2.10

2.10

2.40

ACESSO AO RESERVATÓRIO /CASA DE MÁQUINA

3.00

CIRCULAÇÃO

2.10

CIRCULAÇÃO

0.90

LAJE PRÉ MOLDADA IMPERMEABILIZADA

0.90

0.90

1.70

0.90

2.10

SANITÁRIOS 2.10

MEZANINO

3.00

2.60

BIBLIOTECA

3.00

0.90

0.40

LAJE PRÉ MOLDADA IMPERMEABILIZADA

PALCO

0,20 -0,08

DET.ESCADA ESCADA DET. S/ ESCALA

-0,28

1.20

-0,70

4.00

-4,00 ESTACIONAMENTO

ESTACIONAMENTO 3.10

RAMPA DE ACESSO

-4,00

ESC. 1 : 175

AA

TELHA ECO LÓG

0% RAPAK I=1 LÓGICA TET

ICA TETRAP

TELHA ECO

AK I=10%

2.10

3.00

SALA DE TROMBONE

3.00

3.00

STUDIO DE GRAVAÇÃO

2.10

3.00 2.10

3.00

CIRCULAÇÃO

ANTECÂMARA 3.00

CIRCULAÇÃO SALA DE GUITARRA

0.90

0.90

0.90

LAJE PRÉ MOLDADA IMPERMEABILIZADA

4,40 FORRO DE LÃ DE PET

2.85

CONCHA ACÚSTICA

3.58

4.00

AUDITÓRIO

4.00

CIRCULAÇÃO

3.38

1.90

FORRO DE LÃ DE PET

1.20

SAN. FEMININO FUNCIONÁRIOS

4.00

1.90

FORRO DE LÃ DE PET

2.10

0,30

0.62

0.90

0,00

rampa i=8%

0,20

DD

ESTACIONAMENTO

4.00

ESC. 1 : 175

-4,00

BB

ESC. 1 : 175

TELHA ECOLÓGICA TETRAPAK I=10%

0.90 0.90

1.20

3.00 3.00

CAMARIM FEMININO

0.90

0.90

FORRO DE LÃ DE PET

1.20

0.90

CAMARIM MASCULINO

1.20

0.90

3.00

0.90

1.20

3.00

SALA DE PERCUSSÃO

FORRO DE LÃ DE PET

3.00

3.00

SALA DE VIOLINO

0.90

0.90

0.90

2.10

1.50

3.00

0,20

ÁREA COMUM MÚSICOS

1.20

0.90

0.90

FORRO DE LÃ DE PET

0.60

SANITÁRIO FUNC. MASCULINO

SALA DE CAVAQUINHO

0.90

1.20

3.00

0.90

1.20

3.00

0.90

0.90

0.90 1.20

3.00

SALA DE CONTRABAIXO

FORRO DE LÃ DE PET

SANITÁRIO FUNC. FEMININO 3.00

1.20

0.90

FORRO DE LÃ DE PET

0.90

3.00

DEPÓSITO DE MANUTENÇÃO

0.90

0.90

FORRO DE LÃ DE PET

0.90 1.20

0.90

3.00

1.20 0.90

4,40

SALA DE GUITARRA

4.00

RAMPA DE ACESSO VEÍCULOS

4.00

2,20

0.50

1.30

ÁREA DE ESTAR PERGOLADO

DML

0.90

2.50

2.00

3.00

COZINHA FUNCIONÁRIOS

0.90

0.90

FORRO DE LÃ DE PET

FORRO DE LÃ DE PET

SALA DE VIOLÃO

1.20

3.00

SALA DE VIOLONCELO

1.20

3.00

MUSICALIZAÇÃO INFANTIL

0.90

LAJE PRÉ MOLDADA IMPERMEABILIZADA

ESTACIONAMENTO

-4,00

ESC. 1 : 175

CC ALUNA:

RGM:

TALITA MORENO

11151100907 ARQUITETURA E URBANISMO

PRANCHA:

CORTE AA / BB / CC / DD PROF.

CELSO LEDO MARTINS

CURSO:

FOLHA

5/11

DISCIPLINA

TURMA

ESCALA

TCC - 2

B

1:175


Brise orgânico Alumínio composto (ACM) Prata

Chapa de ACM Preto carbono

Pintura na cor laranja

LESTE

ESC. 1 : 175

Chapa de ACM Preto carbono

Brise vertical Alumínio composto (ACM) Preto Carbono

Pintura na cor laranja

Pintura na cor cinza

Pergolado Madeira ecológica Vidro insulado

ESC. 1 : 175

OESTE

Pintura na cor laranja

Brise horizontal Alumínio composto Preto carbono

Pintura na cor laranja

Brise vertical Alumínio composto Preto carbono

Brise orgânico Alumínio composto Preto carbono Brise horizontal Alumínio composto (ACM) Preto Carbono

Chapa de ACM Preto carbono

Marquise Alumínio composto (ACM) Laranja

Vidro insulado Marquise Alumínio composto (ACM) Laranja

Pergolado Madeira ecológica Pergolado Madeira ecológica

ESC. 1 : 175

SUL ESC. 1 : 175

NORTE

ALUNA:

RGM:

TALITA MORENO

11151100907 ARQUITETURA E URBANISMO

PRANCHA:

ELEVAÇÕES PROF.

CELSO LEDO MARTINS

CURSO:

FOLHA

6/11

DISCIPLINA

TURMA

ESCALA

TCC - 2

B

1:175


A

B

C

E

Q

T

V

Y

Z

A1

A2

A

A3

B 1,51

4,29

5,33

5,93

3,30

1,89

4,18

1,65

13,65

E

Q

5,33

5,93

T 3,30

V

A1

Y

1,89

2,85

A2

2,98

13,65

A3 1,27

1,27

1

1

1

42

P93 (15x60)

P94 (15x60)

P95 (15x60)

47

P96 (15x60)

45

P93 (15x60)

4,73

VB70(20X100)

VB60 (20X100)

4,65

VB69(20X100)

4,77

VB68(20X100)

VB60 (20X100)

6,05

VB67(20X100)

VB60 (20X100)

VB66(20X100) VB65 (20X100)

VB26 (20X100)

5,25

VB63 (20X100)

40

4,30

P92 (15x60)

42 VB27 (20X100)

P95 (15x60) VB29 (20X100)

5,25

VB64 (20X100)

VB51 (20X100) VB51 (20X100)

P94 (15x60) VB28 (20X100)

P86 (15x60)

VB24 (20X100)

P91 (15x60)

VB42 (20X100)

5,65

45

VB23 (20X100)

P90 (15x60) VB26 (20X100)

37

VB21 (20X100)

P85 (15x60) VB23 (20X100)

VB25 (20X100)

5,65

42

VB60 (20X100)

5,85

P88 (15x60)

P92 (15x60)

P91 (15x60)

VB37 (20X100)

P90 (15x60)

VB20 (20X100)

P84 (15x60)

VB22 (20X100)

33

P78 (15x60)

P77 (15x60) VB20 (20X100)

VB43 (20X100)

4,30

P88 (15x60)

42

P70 (15x60) VB18 (20X100)

5,65

40

4,30

40

VB18 (20X100)

VB51 (20X100)

P82 (15x60)

P86 (15x60)

P85 (15x60)

VB18 (20X100)

VB19 (20X100)

VB38 (20X100)

P84 (15x60)

P66 (15x60)

VB51 (20X100)

5,25

P82 (15x60)

40

P65 (15x60)

P76 (15x60)

37

5,25

37

VB39 (20X100)

P78 (15x60)

P77 (15x60)

26

VB62 (20X100)

VB18 (20X100)

VB44 (20X100)

5,25

P76 (15x60)

37

P59 (15x60) VB16 (20X100)

P68 (15x60) VB17 (20X100)

VB45 (20X100)

P67 (15x60)

33

5,25

33

VB40 (20X100)

P70 (15x60)

P68 (15x60)

VB60 (20X100)

VB54 (20X100)

VB45 (20X100)

3,33

P67 (15x60)

33

P58 (15x60)

VB15 (20X100)

VB61 (20X100)

31

31

P57 (15x60) VB14 (20X100)

P64 (15x60)

VB41 (20X100)

P66 (15x60)

VB31 (20X100)

P65 (15x60)

5,85

P64 (15x60)

VB54 (20X100)

VB47 (20X100) VB14 (20X100)

VB59 (20X100)

VB14 (20X100)

VB58 (20X100)

26

VB57 (20X100)

26

22

VB13 (20X100)

VB56 (20X100)

P59 (15x60)

2,52

P58 (15x60)

P54 (15x60)

VB13 (20X100)

VB52 (20X100)

P57 (15x60)

P53 (15x60) VB12 (20X100)

VB46 (20X100)

P56 (15x60)

VB11 (20X100)

VB10 (20X100)

VB55 (20X100)

2,30

P52 (15x60) VB11 (20X100)

P56 (15x60)

26

15 VB10 (20X100)

VB58 (20X100)

22

11

VB08 (20X100)

P40 (15x60)

VB10 (20X100)

VB46 (20X100)

22

VB08 (20X100)

VB54 (20X100)

VB34 (20X100) VB33 (20X100) P50 (15x60)

P54 (15x60)

2,30

P53 (15x60)

VB32 (20X100)

P52 (15x60)

6

P28 (15x60) VB08 (20X100)

VB09 (20X100)

2

VB06 (20X100)

P39 (15x60) VB09 (20X100)

6,05

P50 (15x60)

22

VB07 (20X100)

15

6,05

15

VB06 (20X100)

P27 (15x60) VB07 (20X100)

P36 (15x60)

P40 (15x60)

P39 (15x60)

P6 (15x60) VB04 (20X100)

P16 (15x60) VB06 (20X100)

VB48 (20X100)

11

4,77

11

4,77

P36 (15x60)

15

VB41 (20X100)

P24 (15x60)

P28 (15x60)

P27 (15x60)

VB05 (20X100)

VB35 (20X100)

4,65

P24 (15x60)

11

VB03 (20X100)

P15 (15x60) VB05 (20X100)

VB49 (20X100)

6

4,65

6

P5 (15x60) VB03 (20X100)

2,30

P12 (15x60)

P16 (15x60)

P15 (15x60)

P4 (15x60) VB02(20X100)

VB53 (20X100)

4,73

4,73

P12 (15x60)

6

P2 (15x60) VB01 (20X100)

VB54 (20X100)

P1 (15x60)

2

VB51 (20X100)

2

VB50 (20X100)

P6 (15x60)

VB41 (20X100)

P5 (15x60)

VB41 (20X100)

P4 (15x60)

VB41 (20X100)

P2 (15x60)

VB36 (20X100)

P1 (15x60)

2

VB41 (20X100)

8,08

8,08

1

8,08

1,51

C 4,29

47

P96 (15x60)

VB30 (20X100)

VB30 (20X100)

48

48

0,80 Direção da vigota da laje pré-moldada

L102

Dimensão da viga

V102 20x30

15,91

15,58

0,20

Número da laje

0,80

Laje do nível 100

Viga do nível 100

Número da viga

Número do Pilar

P12

DETALHE DO BLOCO

Pilar (14x30) Dimensão do Pilar

escala 1: 20

1,51 1,51

4,29

5,33

5,93

3,30

1,89

4,18

1,65

13,65

4,29

5,33

5,93

3,30

1,89

5,83

13,65

1,27

1,27

48

48 A

B

C

E

Q

T

V

Z

A1

A2

A3

A

B

C

E

Q

T

V

A2

A1

A3

LEGENDA

ESC. 1 : 300

PILAR QUE NASCE

ESC. 1 : 300 AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

PILAR QUE SEGUE

AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

PILAR QUE MORRE

ALUNA:

RGM:

CURSO:

TALITA MORENO

11151100907 ARQUITETURA E URBANISMO

PRANCHA:

PRÉ LANÇAMENTO ESTRUTURAL FUNDAÇÃO/ VIGA BALDRAME PROF.

CELSO LEDO MARTINS

FOLHA

7/11

DISCIPLINA

TURMA

ESCALA

TCC - 2

B

1:300


A3

A

1,27

B 1,51

C 4,29

D

E

3,68

1,65

0,50 0,50

0,40 0,75

0,15

1,25 2,55

V269u (15X50) V269t (15X50)

1,00 2,10 2,10 0,60 0,75 1,35 0,55 0,45 0,50 0,85

33 1,67

V269i (15X50)

34

V269h (15X50)

L244

1,78

V264d (15X50) V264c (15X50)

V233 (15X50)

L243

1,06

V264b (15X50)

35

V237b (15X50)

0,74

37

V237c (15X50)

3,45 4,97

V269d (15X50) P92 (15x60)

P89 (15x60)

2,13

V269c (15X50)

1,20

43

V241b (15X50)

L255

V242b (15X50)

P95 V242c (15X50) (15x60)

V255a (15X50)

V242d (15X50)

V242e (15X50)

L258

P96 (15x60)

L259

P100 (15x60)

44 1,65

V241a (15X50)

V248a (15X30)

38 39

40

L254

V242a (15X50)

36

1,41

L248

P78 (15x60)

0,39

V268 (15X30)

V264a (15X50)

L247

V269g (15X50) V269f (15X50)

V235b (15X40)

V235a (15X40) P77 (15x60)

P86 (15x60)

V255e (15X50)

V248b (15X30)

0,28 0,20

L240

P70 (15x60)

V237a (15X50)

29 30 31 32

3,05

V264e (15X50)

V269j (15X50)

V230c (15X50)

P83 (15x60) V239b (15X20)

V248d (15X30) 4,97

2,20

P59 (15x60)

P66 (15x60)

21 22 23 24 25 26

1,19

) 50 5X (1 g 64 V2

L237

V264f (15X50)

L236

L251

V240 (15X50)

18

1,65

V269n (15X50) V269l (15X50) V269m (15X50)

V224d (15X40)

)

P58 (15x60)

V269k (15X50)

30

L235

V227 (15X20)

V269e (15X50)

V252 (15X40) L250

P93 (15x60)

48

2,10 1,35 0,35

V229r(15X50)

V269q(15X50) V269p (15X50) V269o (15X50)

V244l (15X20)

V266a (15X20) V266b (15X20)

V264k (15X20)

5X

V232d (15X50)

P81 P80 (15x60) (15x60) V238b (15X20)

1,65

45

1,55

V264q (15X20) V264p (15X20)

V264n (15X20)

V269s (15X50)

V267a (15X20) V267b (15X20)

V264o (15X20) V264m (15X20) V264j (15X20)

P65 (15x60)

(1

L253

3,33 1,69

c

P87 (15x60)

5,65

45

P96 (15x60)

V121c (15X50)

V263b (15X20) V257 (15X50) V255c (15X50) V255b (15X50)

V258a (15X50) V253 (15X40)

V248f(15X30)

3,45

V248e (15X30)

V238a (15X20)

16 17

19

P54 (15x60)

1,49

P95 (15x60)

V264i (15X20)

V249d (15X50) V249c (15X50) V249b (15X50) V251b (15X20)

1,06 1,41 0,39

L249

0,58

V121b (15X50)

L232

V269b (15X50)

P94 (15x60)

V121a (15X50)

V263a (15X20)

V250 (15X50)

V248u (15X30) V248t (15X30) V248r (15X30) V248p (15X30) V248o (15X30)

V248k (15X30) V248i (15X30) V248j (15X30) V248g (15X30)

P75 (15x60)

V236 (15X20)

13 14 15

P42 (15x60)

V221 (15X50)

24

P73 (15x60)

V255b (15X50)

P93 (15x60)

P40 (15x60)

L252

42

V132a (15X50)

V124a (15X50)

5,65

V234b (15X20)

44 45

P57 (15x60)

L234

V230b (15X50)

P88 (15x60)

43

L146

V248m (15X30)

V248n (15X30)

V245b (15X30) V245a (15X30)

1,78

V120d (15X30)

12

V269a (15X50)

V120c (15X30)

41

P92 (15x60)

10

V217 (15X30)

V265 (15X30)

P91 (15x60)

L220

P49 (15x60)

V2

L242

P72 V234a (15X20) (15x60)

V239a (15X20)

40

L225

9

V255c (15X50)

V120b (15X30)

P90 (15x60)

40

V224a (15X30)

P69 V232c (15X50)(15x60)

V232b (15X50)

P82 (15x60)

V118c (15X50)

L144

P89 (15x60)

0,74

1,80 1,80

V118b (15X50)

V212 (15X50)

P32 V214 (15X20)(15x60)

8

P28 (15x60)

L214

P53 (15x60) V224b (15X30)

P52 (15x60)

V230a (15X50)

L245

P79 (15x60)

P23 (15x60)

P30 (15x60)

7

V229 (15X50)

L246

P86 (15x60)

L231

L239

P74 (15x60)

L209

V207 (15X40)

V222e (15X50)

P64 (15x60)

L241

38 39

V222d (15X50)

P60 (15x60)

P71 (15x60)

37

3,45 P85 (15x60)

V248l (15X30)

V244f (15X40) V244e (15X40) V244b (15X40) V244c (15X40)V244d (15X40)

0,12

V231a (15X50)

5 P16 (15x60)

L226

P48 (15x60)

L230

P68 (15x60)

2,65

V118a (15X50) P84 (15x60)

V248s (15X30)

V247b (15X30)

V246b (15X30)

V244g (15X40)

V248q (15X30)

V244h (15X40)

2,10 0,60 1,65 0,50 0,85

0,26

1,09 2,20

V244a (15X40)

L238

1,67 3,45 V132d (15X50)

39

V222c (15X50)

P51 (15x60)

V248c (15X30)

V120a (15X30)

42

V125 (15X20)

V124b (15X50)

P88 (15x60)

L142

V222b (15X50)

P45 (15x60)

P62 (15x60)

L213

V219 (15X20)

P46 (15x60)

V228b (15X50)

35 36

37

P81 (15x60)

P87 (15x60)

L145

P61 (15x60)

34

35

P78 (15x60) V116b (15X50)

V127a (15X30)

V124c (15X50)

2,65

V119(15X30)

1,65

P83 (15x60)

L143

L233

P67 (15x60)

33

L224

V226 (15X20)

1,65

L141

V118 (15X50)

41

V127c (15X30)

P80 (15x60) V117b (15X30)

P82 (15x60)

40

P77 (15x60)

V116a (15X50)

V127b (15X30)

3,45

V124d (15X50)

39

L140

P79 (15x60) V117a (15X30)

V126a (15X20)

1,80

V124e (15X50)

L139

P76 (15x60)

V132c (15X50)

P75 (15x60)

P55 (15x60)

L227

V251a (15X20)

33

P56 (15x60)

L223

P20 V205e (15X60) (15x60)

P35 (15x60)

P39 (15x60)

V219 (15X20)

V223 (15X20)

L229

V228a (15X50)

P70 (15x60)

V132b (15X50)

L138

P74 (15x60) V115 (15X30)

V127d (15X30)

V126b (15X20)

V124f (15X50)

1,80

37

L137

P73 P72 (15x60) (15x60) V114b (15X30)

V114a (15X30)

0,10

1,55 0,85 0,93 0,48 0,62

32

L136

P71 (15x60)

35

0,75 1,35

V113e (15X50)

30

29 30 31 32

L222

V204f (15X60)

V210 (15X20)

L219

P38 (15x60)

P11 (15x60)

L218

V218 (15X20)

L228

V225 (15X40)

L217

V248h (15X30)

V113d (15X50)

27 28

3,05

L135

26

3,05

V130b (15X30)

V129b (15X30)

V132f (15X50) V112c(15X60)

V127e (15X30)

V113c (15X50)

L134

P66 (15x60)

0,45

1,55 V113b (15X40)

V124g (15X50)

3,45

P69 (15x60)

P65 (15x60) V112b (15X60)

V132e (15X50)

3,05

33

P68 V113a (15X40) (15x60)

L133

L130

V130a (15X30)

L132

L131

P67 (15x60)

V112a (15X60)

L129

V129a (15X30)

V128b (15X50)

P64 (15x60) V128a (15X50)

32

V111 (15X40)

V124h (15X50)

V123a (15X50)

V121 (15X50)

P60 (15x60) P61 (15x60) V121 (15X50)

V122a (15X50)

0,48 0,62

0,93

V122b (15X50)

V110 (15X40)

L128

0,77

P59 (15x60)

P50 (15x60)

0,28 0,20

1,05 V109b (15X50)

22 23

1,45

L127

P58 (15x60)

V109a (15X50)

L126

V132g (15X50)

P57 (15x60)

L125

V132h(15X50)

V131a (15X30)

V107d (15X55)

P54 (15x60) V129c (15X30)

V123c (15X50)

V128d (15X50)

V107c (15X55) P53 (15x60)

V128c (15X50)

V122c (15X50)

V124i (15X50)

V122d (15X50)

1,55 0,85 1,45

V107b (15X55)

21 22 23 24 25 26

V208b (15X30)

L216

P43 (15x60) V220b (15X50) P44 (15x60) V222a (15X50)

V220a (15X50)

19

P21 (15x60)

V208a (15X30)

P26 (15x60)

P29 (15x60)

P19 (15x60) V205d (15X60)

V205c (15X60)

L212

P33 P34 (15x60)V215a (15X30) V215b (15X30) (15x60) V215c (15X30) P37 (15x60)

V204e (15X60)

)

0,77

V107a (15X55)

L123

18

20

P25 (15x60)

P41 (15x60)

L221

V204d (15X60)

L208

L206

50

L124

V216 (15X30)

P10 (15x60)

L205

5X

P55 (15x60)

L122

P52 (15x60)

V106b (15X50)

A3 1,27

2

(1

30

P51 (15x60)

P49 (15x60)

A2 13,65

P6 (15x60)

V201f(15X50)

P8 V203 (15X20) (15x60)

L204

P18 V205b (15X60) (15x60)

P31 (15x60) V213 (15X20)

L215

V204c (15X60)

P5 V201e (15X50) (15x60)

V201d (15X50)

P14 (15x60)

V209 (15X20)

P22 (15x60)

L210

V211 (15X50)

15 16 17

18 V106a (15X50)

2,94

h

27 28

P56 (15x60)

2,10

15

P24 (15x60)

P36 (15x60)

L120

P48 (15x60)

A1

1,23

64

26

13 14

P40 (15x60)

0,55

V104e (15X50)

L118

L117

V108 (15X40)

12 4,77

V104d (15X50)

V247a (15X30)

V244i (15X40)

1,00 V132j (15X50)

V131c (15X30)

P39 (15x60)

W X Y 1,63

V2

22 23

L121

P50 (15x60)

P43 (15x60)

V123b (15X50)

1,05

V122e (15X50)

V105 (15X40)

20

11

L115

L119

18

10

P28 (15x60)

L211

L203

P13 (15x60)

V205a (15X60)

V206 (15X40)

P4 (15x60)

V201c (15X50)

P9 L202 (15x60) V204b (15X60)

V249a (15X50)

V244l (15X40) V244k (15X40)

1,35

8

3,45

V104c (15X50)

V124j (15X50)

V123d (15X50)

V122f (15X50)

L116

L114

P38 (15x60) V104b (15X50)

V103d (15X50)

V131b (15X30)

P37 (15x60) V104a (15X50)

3,45

L113

L112

P36 (15x60)

15

V128f (15X50)

V124k (15X50)

L111

V103d (15X50)

V179e (15X50)

4,77

V123e (15X50)

V122g (15X50)

11

P27 V103c (15X50) (15x60)

V132i(15X50)

P25 P26 (15x60) (15x60) V103b (15X50)

V103a (15X50)

P17 (15x60)

L207

7

L110

9 P24 (15x60)

P12 (15x60)

V246a (15X30)

L109

2,10

6

V244j (15X40)

L108

V248v (15X30)

1,25 2,55

4,73 V102d (15X50)

0,35

L107

V132l (15X50)

V102d (15X50)

P3 (15x60)

P7 V202 (15X20) (15x60)

L201

V204a (15X60)

5

P16 (15x60)

P15 V102c (15X50) (15x60)

P2 (15x60) V201b (15X50)

V201a (15X50)

3

4,65

L106

P1 (15x60)

L105

T U V

0,42 1,65 0,32 0,24

8,08

2

R S

2,62

0,26

2

0,37

1

P6 (15x60)

V101e (15X50)

V131e (15X30) L104

V124l (15X50)

V123f (15X50)

V122h (15X50)

L103

P13 P14 (15x60) (15x60) V102b (15X50)

V102a(15X50)

4,65

V128h (15X50)

L102

P12 (15x60)

P5 (15x60)

V101d (15X50)

V132k (15X50)

L101

6

P4 (15x60)

V101c (15X50)

V128g (15X50)

4,73

V123g (15X50)

V122i (15X50)

P3 V101b (15X50) (15x60)

V131d (15X30)

P2 (15x60)

V101a (15X50)

V124m (15X50)

P1 (15x60)

2

0,51

0,12

1

1,25

8,08

1

8,08

8,08

1

M N O P Q

GH I J

1,65

V261c (15X50)

A2 13,65

V261b (15X50)

A1 2,94

V261a (15X50)

Y 2,88

V262b (15X20)

V

1,89

V262a (15X20)

T 3,30

V260 (15X50)

0,85

V259 (15X50)

Q

N O

1,71

V256 (15X50)

K L

0,50

V254b (15X50)

1,50

V254a (15X50)

I

F 1,15

V255h (15X50)

E 5,33

V255g (15X50)

C 4,29

V255f (15X50)

B 1,51

V255d (15X50)

A

45 48

V243d (15X50)

L257

P99 (15x60)

L256

V243c (15X50)

46

P98 (15x60) V243b (15X50)

9,75

V243a (15X50)

15,58

P97 (15x60)

5,26

47

1,51

4,29

2,14

3,20

2,65

0,50

1,90

3,30

1,89

5,83

13,65

1,27

1,51

4,29

3,68

1,65

1,65

0,03 0,85

0,50 0,50

0,40 0,75

1,28

0,48

0,37

2,62

0,42 0,26

1,65

1,63

4,20

13,65

1,27

0,24

48

48 A

B

C

E

F

I

K L

N O

Q

T

V

A1

A2

A3

A

B

C

ESC. 1 : 300 AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

D

E

F GH I JK L M N O P Q

R S

T U V

W X Y

A1

A2

A3

ESC. 1 : 300 AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

ALUNA:

RGM:

CURSO:

TALITA MORENO

11151100907 ARQUITETURA E URBANISMO

PRANCHA:

PRÉ LANÇAMENTO ESTRUTURAL NÍVEL 100 / 200 PROF.

CELSO LEDO MARTINS

FOLHA

8/11

DISCIPLINA

TURMA

ESCALA

TCC - 2

B

1:300


A A

B

C

D

E

GH I J

N O P Q

R S

T U V

W X Y

A1

A2

B 1,51

1,51

4,29

3,68

1,65

1,65

0,50 0,50

0,40

2,00

0,37

2,62

0,42 1,65 0,26 0,24

0,03 0,48

1,63

1,23

13,65

2,95

1,27

0,90 2,10 1,35 0,35 1,00 0,60 0,75 1,35

V408d(15X25) V408c (15X25)

2,15 2,30

26

V404c (15X60)

2,80

V406a(15X50)

V408b(15X25)

V407b(15X25)

V405(15X60)

2,20 0,28 0,32

P65 V404b (15X60) (15x60)

L405

P58 (15x60)

V408a(15X25)

2,15 2,30 2,80

V407a(15X25)

1,65 0,50 0,85

0,26 0,10

1,09

V406b(15X50)

0,55 1,55 0,45 V368m (15X50) V368l (15X50) V368j (15X50)

V404a (15X60)

29

V403(15X20)

L403

22

P66 (15x60)

32

32

3,05 1,67 1,78

34

V337b (15X50)

1,06 0,74

36 37

1,41

L348

P78 (15x60)

0,39

L347

V368f (15X50) V368e (15X50)

V335b (15X40)

V337c (15X50)

25,52

3,45

V368d (15X50)

38 39

P86 (15x60)

40

4,30

V368c (15X50) P92 (15x60)

V340 (15X50)

42

1,02 V368b (15X50)

V355c (15X50)

43

39,44

P89 (15x60)

0,67

V355d (15X50)

P57 (15x60)

26

L404

35 V335a (15X40)

V355e (15X50)

V348d (15X30) V348c (15X30) V348b (15X30)

L356

V342e (15X50)

L359

P100 (15x60)

48

48

V343d (15X50)

L358

P99 (15x60)

L357

V348a (15X30)

45

P96 (15x60)

L360

1,66

V342d (15X50)

V368a (15X50)

1,02

P95 (15x60)

V364 (15X30)

V342b (15X50) V243c (15X50)

V355a (15X50)

V342a (15X50)

V359 (15X50)

P93 (15x60)

V355b (15X50)

3,60

L355

P53 (15x60) V402b(15X35)

33

V368g (15X50) V368h (15X50)

L344

V339c (15X20)

4,30 0,67

2,10

V368o (15X50) V368n (15X50) V333 (15X50)

L354

V341 (15X50)

L401

19

P49 (15x60)

P70 (15x60)

L352

P83 (15x60) V339b (15X20)

V402a(15X35)

P62 (15x60)

V337a (15X50)

P88 (15x60)

21 22 23 24 25 26

L402

31 32

V368i (15X50)

V363e (15X50)

L340

L353

4,98

2,10

V368p(15X50) V365a (15X20) V365b (15X20)

) 50 5X (1 g 63 V3

V329 (15X50)

V363d (15X50) L343

L351

V339a (15X20)

40

P66 (15x60)

V401b(15X60)

V401a(15X60)

0,36

L350

P82 (15x60)

P59 (15x60)

P47 (15x60)

19

22

V332d (15X50)

P73 (15x60)

V338b (15X20)

V352 (15X40)

V338a (15X20)

P54 (15x60)

V330c (15X50)

P81 (15x60)

P80 (15x60)

18

L337

V363f (15X50)

V361a (15X20)

L336

16 17

19

V368k (15X50)

V361b (15X20)

P58 (15x60)

V355f (15X50)

V351a (15X20)

L349

V348e(15X30)

V348f (15X30)

1,41

P79 (15x60)

V324d (15X40)

V367 (15X30)

P75 (15x60)

)

V363a (15X50) V363b (15X50)

L345

V336 (15X20)

50

30

V363c (15X50)

L342

(1

)

L334

P65 (15x60)

13 14 15

P42 (15x60)

5X

5X

V330b (15X50)

V334b (15X20)

h

c (1

V327 (15X20)

V355h (15X50)

L341

P40 (15x60)

L332

L335

P57 (15x60)

P69 V332c (15X50)(15x60)

P72 V334a (15X20) (15x60)

L320

V3 24

L346

46

12

V317 (15X30)

V363k (15X20) V363j (15X20) V363i (15X20)

V358b (15X50) V358a (15X50)

V348g (15X30)

37

45

9

V321 (15X50)

63

26,13

V368s (15X50) V368r (15X50)

V368q(15X50)

V366a (15X20) V366b (15X20)

V363n (15X20) V363m (15X20) V363l (15X20)

V360a (15X50)

V354b (15X50)

L325

26,13

1,65

V363q (15X20) V363p (15X20) V363o (15X20)

V360b (15X50)

V357 (15X50)

V349c (15X50)

V354a (15X50)

P53 (15x60)

V355g (15X50)

V348i (15X30) V348j (15X30)

V348h (15X30)

1,78 1,06

P74 (15x60)

0,74

V368t (15X50)

1,25

V362b (15X20) V360c (15X50)

V349d (15X50)

V348n (15X30) V348m (15X30) V348l (15X30)

V345b (15X30) V345a (15X30)

V344d (15X40)

V344a (15X40)

3,05

L331

V324a (15X30)

V330a (15X50)

V332b (15X50)

P71 (15x60)

0,39

P32 V314 (15X20) (15x60)

8

10

P28 (15x60)

P49 (15x60)

L339

P68 (15x60)

3,45

P23 (15x60)

V322e (15X50)

P64 (15x60)

P63 (15x60)

35

43

1

7

V307 (15X40)

L326

V322d (15X50)

L330

34

38 39

L309

5

P16 (15x60)

L314

V324b (15X30) V3

1,67

33

P45 (15x60)

P47 (15x60)

P62 V328b (15X50) (15x60)

V331a (15X50)

L313

V319 (15X20)

P46 (15x60) V322c (15X50)

V322b (15X50)

V326 (15X20)

L338

P67 (15x60)

L327

V322a (15X50)

P52 (15x60)

L329

P20 V305e (15X60) (15x60)

P35 (15x60)

V315c (15X30)

L324

V323 (15X20)

L333

V328a (15X50)

31 32

L323

V348k (15X30)

V344e (15X40) V244c (15X40)

V325 (15X40)

P56 (15x60)

V344b (15X40)

0,85

P44 (15x60)

L328

P34 (15x60)

V315a (15X30) V315b (15X30)

V319 (15X20)

V348o (15X30)

1,55 0,45 0,10

2,20

1,09

0,26

0,50

P50 (15x60)

V350 (15X50)

V348u (15X30) V348t (15X30) V348q (15X30)

V318 (15X20)

V320a (15X50)

0,28 0,32

29

42

1,27

4

V304f (15X60)

V312 (15X50)

V349b (15X50)

V346a (15X30)

V344f (15X40)

1,35

L322

P11 (15x60)

P30 (15x60)

L318

L319

P33 (15x60)

P41 (15x60)

L321

1,65

18 19

36

A3

A2 19,48

2

L306

V310 (15X20)

V313 (15X20)

V316 (15X30)

15

V308b (15X30)

L316

V349a (15X50)

L315

P21 (15x60)

V308a (15X30)

L317

V348p (15X30)

V344g (15X40)

0,60 0,75

P31 (15x60)

P19 (15x60) V305d (15X60)

V305c (15X60)

L312

P29 (15x60)

V311 (15X50)

P36 (15x60)

0,55

V309 (15X20)

V346b (15X30)

2,10 2,10

12

P18 V305b (15X60) (15x60)

V305a (15X60)

P22 (15x60)

V304e (15X60)

L308

V348r (15X30)

L310

V344h (15X40)

P24 (15x60)

V347a (15X30)

V344i (15X40)

1,00

10

V304d (15X60)

L305

P9 (15x60)

V353 (15X40)

V344j (15X40)

1,35 0,35

V306 (15X40)

L311

9

21 22 23 24 25 26

V

1,89

P6 (15x60)

V301e(15X50)

P8 V303 (15X20) (15x60)

L304

P10 (15x60)

V304c (15X60)

V348s (15X30)

L307

7

V347b (15X30)

P17 (15x60)

V304b (15X60)

L303

V351b (15X20)

V344k (15X40)

2,10

P12 (15x60)

L302

P5 V301d (15X50) (15x60)

V301c (15X50)

V356 (15X50)

V348v (15X30)

V344l (15X40)

V304a (15X60)

5

P7 V302 (15X20) (15x60)

L301

P4 (15x60)

V301b (15X50)

V362a (15X20)

P2 (15x60)

V301a (15X50)

1,25 0,90 1,65

4

16 17

T 3,30

8,08

8,08

P1 (15x60)

13 14

5,93

1

2

8

9,62

1

0,02

1

3

Q

E

A3

P98 (15x60)

V343c (15X50)

V343b (15X50)

V343a (15X50) 9,66

P97 (15x60)

5,26

47

1,51

9,62

5,93

3,30

1,89 19,48

1,51

4,29

3,68

1,65

1,65

0,50 0,50

0,40

2,00

0,51

0,37

2,62

0,42 1,65 0,26 0,24

1,63

4,18

13,65

A

48 A

B

C

D

E

F GH I J

L

N O P Q

R S

T U V

W X Y

A1

A2

1,27

48

1,27

B

Q

E

T

V

A2

A3

A3 ESC. 1 : 300 AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

ESC. 1 : 300 AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

ALUNA:

RGM:

CURSO:

TALITA MORENO

11151100907 ARQUITETURA E URBANISMO

PRANCHA:

PRÉ LANÇAMENTO ESTRUTURAL NÍVEL 300/ 400 PROF.

CELSO LEDO MARTINS

FOLHA

9/11

DISCIPLINA

TURMA

ESCALA

TCC - 2

B

1:300


60VA

60VA

8 a1

60VA

8 a1

8 a1

b2

200VA 8 b2

CONCHA ACÚSTICA 10012c VA

110VA 3 r 200VA 6 s

200VA 7 z

200VA 7 Z

110VA 3 o

200VA 7 z

110VA 3 t

110VA 3 t

110VA 3 r

r

110VA 3 p

110VA 3 p

110VA 3 o

o

p t 200VA 13 d

200VA 13 d

200VA 13 d

200VA 13 d

100VA 6 t 100VA 3 s

100VA 3 q

s 200VA 6 s

SAÍDA DE EMERGÊNCIA

7y 200 VA

12c 100 VA

q

s

110VA 3 u

100VA 2 l1

100VA 2 l1

100VA 2 l1

110VA 3 n

100VA 2 l1

12c 100 VA

100VA 6 t

110VA 3 u 200VA 7 x

200VA 7 x

110VA 3 n

200VA 7 x

200VA 6 r

u

n e1

100VA 2 e1

8 a1

100VA 3 v

60VA

200VA 13 d

200VA 13 d

200VA 13 d

100VA 2 e1

m

g1

f1

200VA 13 d

100VA 2 k1

r

100VA 6 t

200VA 6 r

7y

7y

200

200 VA

VA

100VA 3 m

v

100VA 2 m1

a 8 60VA

w

l

110VA 3 w

200VA 7 x

12c 100

200VA 7 x

100VA 2 f1

CASA DE BOMBA

200VA 7 x

110VA 3 l

100VA 2 g1

110VA 3 w

110VA 3 l

12c 100 VA

VA

100VA 6 q

100VA 2 k1

100VA 6 q

7y

200VA 13 d

200VA 13 d

200VA 13 d

100VA 2 g1

100VA 2 f1

100VA 2 g1

100VA 2 m1

200

VA

100VA 6 q

ACESSO MÚSICOS

100VA 2 f1

7y

200

VA

110VA 3 x

100VA 6 q

110VA 3 k

110VA 3 x

110VA 3 k

q 100VA 6 q

200VA 13 d

x

100VA 6 q 200VA 7 x

200VA 7 x

200VA 7 x

k

8a1 60VA

100VA 2 k1

100VA 3 y

100VA 2 m1

y

100VA 3 j

j

100VA 2 h1

7y

200 VA

VA

12c 100 VA

100VA 2 i1

7y

200

100VA 2 i1

12c 100 VA

p

i

z

110VA 3 z

110VA 3 i

h1

100VA 2 k1

100VA 6 p

200VA 7 x

100VA 6 p

200VA 7 x

100VA 2 m1 100VA 2 i1

110VA 3 z

200VA 7 x

100VA 2 i1

110VA 3 i

i1

100VA 6 u 100VA 2 j1

j1 200VA 13 d

200VA 13 d

200VA 13 d

200VA 13 d

8 a1 100VA 6 o

60VA

100VA 6 o

110VA 3 a1

100VA 3 h

x y z 100VA 2 m1

100VA 6 u

o

100VA 2 m1

100VA 2 m1

100VA 2 m1

110VA 3 a1

100VA 7 w

100VA 3 h

a 8

a1

60VA

w

k1 l1m1 h

12c 100

100VA 3 h

g

12c 100 VA

VA

100VA 3 b1

b1

d c 100VA 5 a

b a

100VA 6 n

100VA 6 v

100VA 6 u

12

100VA 6 v

100VA 5 a

100VA 5 a

100VA 3 g

100VA 2 n1

100VA 6 v 7

n

100VA 2 n1

c1

2

100VA 4 f

3

8 11 10

f 5

9

a

4

1

110VA 3 c1

6

u 200VA 13 d

200VA 10 a

100VA 4 f

PISO INTERTRAVADO

8 a1

200VA 5 a

60VA

110VA 3 c1

a 8 60VA

v

100VA 6 m

100VA 2 n1

100VA 2 n1

100VA 4 f

100VA 2 n1

m

s

s

12c 100 VA

D

11b 100 VA

d1 100VA 2 n1

100VA 6 l

100VA 6 l

200VA 5 b

100VA 6 l

100VA 3 d1 200VA 5 b

200VA 5 b

200VA 5 b

100VA 3 d1

100VA 2 n1

100VA 3 d1

200VA 5 b

100VA 4 e

100VA 4 e

100VA 4 e

100VA 4 e

110VA 4 c

110VA 4 c

a 8 60VA

110VA 1 t1

200VA 10 a

200VA 10 a

110VA 1 t1

110VA 1 t1

n1 t1

l

200VA 10 a

e

JARDIM MUSICAL ACESSO FUNCIONÁRIOS

110VA 5 k

110VA 1 o1

200VA 5 b

200VA 5 b

200VA 5 b 110VA 1 t1

110VA 1 t1

110VA 1 t1

a2 8 60VA

12c 100

11b 100

VA

VA

8 a1 60VA

100VA 5 k

100VA 5 k

100VA 1 o1

100VA 1 o1

c

k

o1

9a3 100 VA

r1

JARDIM MUSICAL

j 100VA 5 i

110VA 1 t1

100VA 1 p1

110VA 1 t1

110VA 1 t1

b

200VA 10 a

200VA 10 a

200VA 5 b

200VA 10 a

200VA 5 b

200VA 5 b p1

i 100VA 5 j

100VA 1 r1

a

100VA 4 a a2 8

h

60VA

100VA 4 b

q1

100VA 5 h

100VA 1 q1

b

100VA 5 c

s1

g 11b 100 VA

200VA 4 q1 100VA 5 g

100VA 5 g

100VA 1 s1

100VA 1 s1

9a3 100 VA

8 a1

100VA 5 c

60VA

110VA 5 g

200VA 10 a

200VA 10 a

100VA 1 u1

110VA 1 s1

200VA 10 a

a2 8 60VA

100VA 5 c 200VA 4 q1

100VA 5 e

8 a1 60VA

11b 100

11b 100

VA

VA

200VA 4 q1

200VA 4 q1

200VA 4 q1

200VA 4 q1

200VA 4 q1

200VA 4 q1

200VA 4 q1

200VA 4 q1

v1

100VA 5 e

100VA 1 v1

100VA 1 v1

100VA 1 v1

100VA 1 v1

100VA 5 c 9a3 100

vazio

VA

f

8 a1

e

60VA

100VA 5 f

100VA 1 u1

100VA 5 c

dc 200VA 10 a

200VA 10 a

200VA 10 a

a2 8 60VA

100VA 5 d

100VA 5 d

8 a1

100VA 5 c

60VA

w1

9a3 100 VA

100VA 1 w1

100VA 1 w1

100VA 1 w1

100VA 1 w1

8a1 60VA

11b 100 VA

11b 100 VA

100VA 5 c

100VA 5 d

100VA 1 u1

100VA 5 d

ACESSO INTEGRAÇÃO

100VA 5 c a2 8 60VA

100VA 5 c

100VA 5 c

100VA 1 u1

100VA 1 u1

a3 11b100 VA

y1

x1

-2,20

z1

8 a1 60VA

200VA 9 a3

100VA 1 z1 100VA 1 x1

100VA 1 x1

100VA 1 x1 100VA 1 y1

200VA 9 a3

100VA 1 y1

8 a1 60VA

100VA 1 x1

200VA 9 a3

100VA 1 x1

100VA 1 x1

200VA 9 a3

a1 8 60VA

Legenda

ACESSO PRINCIPAL SAÍDA VEÍCULOS

ENTRADA VEÍCULOS

ESC. 1 : 200

ESC. 1 : 200

AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

ESC. 1 : 200

ALUNA:

RGM:

CURSO:

FOLHA

TALITA MORENO

11151100907 ARQUITETURA E URBANISMO

AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

PRANCHA:

PRÉ LANÇAMENTO INSTALAÇÃO ELÉTRICA PROF.

CELSO LEDO MARTINS

10/11

DISCIPLINA

TURMA

ESCALA

TCC - 2

B

1:200


2.10x0.90

BP Ø 50mm 1.58

2.11

Ø 50mm

AF Ø40

AF Ø40

mm

mm

1.57 Ø 100mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

1.57 Ø 100mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

AF Ø40

mm

0.62

Ø

0.87 Ø 100mm

Ø 40mm

32

m

0.

0m

10

0.92 Ø 100mm

Ø

3.27 E PVC I=1% Ø100mm

0. 10 37 0m m

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC 5 CI

40 0. m 43 m

AF Ø40

mm

Ø

3.47 Ø 40mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

CS

3.21 Ø 40mm

40

61 0.

Ø

18

m m

m

1. Ø

0.92 Ø 100mm

0.87 Ø 100mm

AF Ø40

mm

0m

0m

10

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

37

10

32

Ø

Ø

0.

0.

3.27 E PVC I=1% Ø100mm

Ø 40mm

4 CI

0m

10

0.64

1.83

E PVC Ø 100mm i 1%

18 m 1. 0m 10

Ø

CS

m

m

AF Ø40

AF Ø40

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC 1.56

Ø 100mm

Ø 100mm 1.56

mm

CQ Ø100 COLUNA DE QUEDA 1"

D Ø

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

0.40 Ø 75mm

AF Ø40

CQ Ø100

Ø 75mm

AF Ø40

mm

AF Ø40

mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

8.60

mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

1.19 Ø 75mm

5.06

0.85 Ø 100mm

Ø 100mm

10

m

VS

mm

94 m 0. 0m 10

99 0.

0m

COLUNA DE QUEDA 1"

VS

AF Ø40

Ø

Ø

0.39 Ø 100mm

m m 40 Ø 0.82

m 0m 99 0.

10

CQ Ø100

0.76 Ø 100mm

0.85 Ø 100mm

m 0m 10 Ø 0.99

E PVC Ø 100mm i 1%

COLUNA DE QUEDA 1"

Ø

CS

VS

m m

d

40

m

0.70

25 1.

75

45 2.

Ø

8.23

m

LV

AF Ø40

s

mm

mm

0.80

7.04

2.63

m 0m 1.78

Ø 100mm

LV

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

d

m 10

0m

4.

83

SIFÃO FECHO HIDRICO E PVC Ø 40mm ver detalhe

Ø

AF Ø40

mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

2. 76 m

AF Ø40

mm

VS

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

m 10

0.14 29 0.

75

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

1. 13 0m m 10

8.70

1.24 Ø 100mm

Ø 100mm

m

LV

VS

VS

Ø 100mm

0.77 Ø 100mm

Ø

m

40

m

1.

LV

mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

mm

Ø

m

0.77 Ø 40mm

Ø

0.80

Ø 40mm

2.63 Ø 100mm

AF Ø40

8.32

83 4.

d

mm

m

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

AF Ø40

d d

Ø 40mm 1.39

36 1. 100m Ø

0m

22 0.

Ø 40mm

m

40

0.70

2

.8

m

d

AF Ø40

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

LV

1.36 Ø 40mm

40

CS

mm

LV

CS

mm

Ø

AF Ø40

d

AF Ø40

mm

CS

16

Ø 40mm

AF Ø40 m

m m 40 Ø 1.25 0.75 Ø 40mm

m

mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

75

AF Ø40

d

LV

Ø

LV

Ø 40mm

m

CS

VS

1.11 Ø 100mm

0m

Ø

VS

10

0m

Ø

94 0.

99

m

m

VS

0m

99

m

0.

0m

10

10

0.

99

Ø 0m

m m 40 Ø 0.82

10

0.39 Ø 100mm

Ø

Ø

0.

0.76 Ø 100mm

0.85 Ø 100mm

Ø 0.30 40 m m

0.85 Ø 100mm

5.06 Ø 100mm

Ø 100mm

3.98 Ø 100mm

Ø 100mm

AF Ø40

mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

10

mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

Ø

AF Ø40

mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

0. 10 71 0m m

AF Ø40

CQ Ø100

Ø

2.50

d

10

E PVC Ø 100mm i 1%

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

AF Ø40

0.75 Ø 40mm

Ø

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

COLUNA DE QUEDA 1" 1

Ø 40mm

Ø Ø 100mm

CI

AF Ø40

d

mm

2 CI

s

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

LV

Ø 40mm

1.53

m

CG

0m

10

1.34 E PVC I=1% Ø 75mm

78

mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

3

1.

AF Ø40

mm

CI

Ø 100mm

8.23

AF Ø40

Ø 100mm

3.95

d

E PVC Ø 100mm i 1%

mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

mm

5.

14

0m 2.76 m

0.74 Ø 100mm

AF Ø40

m 0m

AF Ø40

10

d

1.

0.70 Ø 40mm

35

3. m 0m 10 Ø

LV

d

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

AF Ø40

mm

AF Ø40

Ø

VS

VS

m

40

d

AF Ø40

mm

mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

0.77 Ø 100mm

LV

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

VS

AF Ø40

VS

0.80 Ø 40mm

31 1.

m

Ø

CS

mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

mm

Ø 40mm

m

98 0.

0m

m

m

Ø

40

10

0.71 Ø 40mm

10

0m

13

1.

0m

Ø

mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

m

AF Ø40

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

m

AF Ø40

10

0m

m Ø

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

LV

10

m

1.45 71 Ø 40mm 0. 1.39

0.77 Ø 40mm

Ø

40

Ø 40mm

m

Ø

22

30

LV

1.36 Ø 40mm

0.

CS 0.

AF Ø40

mm

80

Ø

mm

CS

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

LV

Ø

10

VS

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

AF Ø40

mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

0.74 Ø 100mm

AF Ø40

mm

5.

14

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

Ø

10

0m

m

LV d

AF Ø40

mm

3.

35

m

0m m

1.

10

0m

Ø

10

Ø

0.71 Ø 40mm

LV

0.70 Ø 40mm

80

d

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

AF Ø40

LV

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

d

CS

VS

0.80 Ø 40mm

1. 31

m m

40

0m

10

Ø

Ø

0.74 Ø 40mm

mm

m

98

0.

VS

VS

AF Ø40

AF Ø40

mm

mm

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

AF Ø40

mm

34.85

E PVC Ø 100mm i 1%

DESCE AF P/ CONSUMO AF PVC

Legenda ESC. 1 : 200

AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO ESC. 1 : 200

AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

segue para rede de esgoto

AV. FRANCISCO RODRIGUES FILHO

ESC. 1 : 200

0.60 0.40

1.76

ALUNA:

RGM:

CURSO:

TALITA MORENO

11151100907 ARQUITETURA E URBANISMO

PRANCHA: 0.11

PRÉ LANÇAMENTO INSTALAÇÃO HIDRÁULICA

nível da água

0.11

0.60

3.13

0.05

PROF. 3.17

CELSO LEDO MARTINS

FOLHA

12/12

DISCIPLINA

TURMA

ESCALA

TCC - 2

B

1:200


Mogi das Cruzes | 2019

Profile for Talita Moreno

TCC II - CENTRO DE INTEGRAÇÃO E EDUCAÇÃO MUSICAL ♪  

TCC II | Arquitetura e Urbanismo | Universidade de Mogi das Cruzes, 2019.

TCC II - CENTRO DE INTEGRAÇÃO E EDUCAÇÃO MUSICAL ♪  

TCC II | Arquitetura e Urbanismo | Universidade de Mogi das Cruzes, 2019.

Advertisement