Page 1

Ano II - N. 6 - Maio/Jun 2012

Revi Re Revista vist vi sta bimestral sta st bime bi messt mest me stra stra rall da Associação Ass sssoc ocia o oc iaçã ia ção çã o Brasileira Bras Br asil as ilei il eira ei ra de de Estacionamentos E ta Es taci aci cion ion onam amen am ento en toss to

AS CIDADES DO FUTURO JÁ SÃO REALIDADE Referência em qualidade de vida, sustentabilidade e mobilidade urbana New Songdo, na Coreia do Sul, possui espaços abertos e verdes, canais artificiais navegáveis e transporte público eficiente

Evento

A cobertura completa do Congresso do IPI, nos Estados Unidos Evento

Especialistas internacionais onais confirmam presença no o

Maio/Junho

Parking Brasil - ed 6.indd 1

1 10/07/2012 17:42:59


The

Toledo Ticket Company Personalizado. Rápido. Competitivo.

Conte conosco pela experiência. Conte conosco pelo serviço. Conte conosco para tíquetes de todas as descrições. Cartões de Acesso/Presentes Tíquetes de Estacionamento Adesivos Envelopes Livros de Cupons

Códigos de Barra/Fitas MAG/RFID Autorizações Mensais de Estacionamento Carimbos/Selos de Validação Tíquetes Spitter/Máquinas Etiquetas Hangtag de Plástico e Papel

101 Anos de Tíquetes de Todas as Descrições

www.ToledoTicket.mx ou info@ToledoTicket.com Atentimento ao Cliente: Código de país + 1+323-550-1234 3963 Catawba St PO Box 6876 Toledo, OH 43612

2 Parking Brasil - ed 6.indd 2

Parking BRASIL

10/07/2012 17:43:07


Editorial Conhecer de perto a realidade do setor de estacionamentos de países como os Estados Unidos, onde participamos, em junho, da Convenção da IPI, agrega conhecimento e experiência para qualquer profissional do setor, mas traz, também, inquietações. Ao admirar o alto grau de profissionalismo dos americanos na organização deste grande evento, com mais 2.500 participantes, cerca de 40 sessões com experientes palestrantes, e uma feira com cerca de 250 expositores, trazendo o que há de mais moderno para o setor, é inevitável pensar: temos muito trabalho pela frente! Muito trabalho não é motivo para sobressaltos, mas o nosso desafio é trabalhar muito em um período curto de

tempo. Esta deve ser a meta dos que querem aproveitar as oportunidades crescentes que estão surgindo para o Brasil. Hoje, o nosso país é alvo de empresários do mundo todo. Na feira da IPI, isso ficou ainda mais claro, a julgar pela quantidade de profissionais que visitaram o estande da Abrapark, com o objetivo de fazer negócios com o Brasil. A iniciativa de participar da feira na qualidade de expositor foi, definitivamente, muito acertada, e a Abrapark tem a certeza de ter aberto muitas novas oportunidade para o setor de estacionamento brasileiro, uma vez que o projetou para o mundo. Novos parceiros e fornecedores da indústria de estacionamentos com toda a certeza estarão aportando em breve por aqui, trazendo mais tecnologia, preços mais competitivos, elevando o nosso padrão de serviços e trazendo mais eficiência para o nosso setor, de forma que poderemos aumentar a nossa lucratividade. Ao mesmo tempo que lamentamos que o nosso mercado ainda não valorize como deveria oportunidades como estas, para conhecer novas tecnologias, tendências e as melhores práticas, reconhecemos que, a partir do 1°

Congresso Brasileiro de Estacionamentos, realizado pela Abrapark em 2011, investir em ”educação” e reciclagem passou a figurar na agenda de muitos profissionais e empresas do setor. Embora em dimensão muito menor do que o congresso dos americanos, que está em sua 50° edição, o congresso brasileiro teve casa cheia, e, o que é mais importante: os participantes demonstraram grande interesse nas palestras. Para 2012, a Abrapark novamente selecionou palestrantes de primeiríssima linha, vindos dos Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Escócia, Itália, Suíça e Espanha, além do Brasil. As vagas são limitadas, em função do espaço nas salas de eventos. O congresso ocorre dias 21 e 22 de novembro, dentro da Expoparking, em São Paulo. A Abrapark estará presente no único evento brasileiro do setor de estacionamentos também com um estande, a exemplo do que ocorreu em 2011. A entidade tem se dedicado a fortalecer o setor, agregar conhecimento e impulsionar o nosso mercado. Participe e aproveite!

André Piccoli Presidente da Abrapark

04 09 09 10 14 20 22 24 26

Acontece Garagens Incríveis Abrapark em Ação Evento Central: As cidades do futuro já são realidade Evento RH Vitrine Agenda

Leia a edição em inglês na íntegra no site www.abrapark.com.br Siga a Abrapark nas redes sociais Anuncie na Revista Parking Brasil - comercial@abrapark.com.br

Fale com a Revista Parking Brasil - revista@abrapark.com.br

Publicação da Associação Brasileira de Estacionamentos - Av. Paulista, 2073 - Horsa I - 3º andar - Cj. 322 - CEP 01311-940 - São Paulo - SP - Fones: +55 11 2172.2120 / +55 51 3286.0011 - www.abrapark.com.br Presidente: André Luís Kaercher Piccoli / Vice-Presidente de Finanças: Marcelo Alvim Gait / VicePresidente de Comunicação: Helio Cerqueira Junior / Vice-Presidente de Assuntos Institucionais: Luiz Carlos Ihity Adati Vice-Presidente de Assuntos Jurídicos: Sergio Morad / Conselho Consultivo: Nilton Stellin Bagattini, Cid Mesquita Garcia Filho, Roberto Naman, Domingos Marchetti Rios, Marcio Augusto Tabet, Paulo Guioto Frascino, João Alberto Ferrão. / Conselho Fiscal: Jorge Marcos Soares de Novaes, Germano Areal Lopes Mendes, Helcio Cerqueira. Diretor Regional Norte/Nordeste: Jorge Marcos Soares de Novaes / Diretor Regional Santa Catarina: André Luiz Ostermann / Diretor de Estacionamentos Rotativos em Vias Públicas: Adélcio A. Antonini / Diretor do Comitê de Tecnologia: Gilberto da Silva /Núcleo Administrativo-financeiro: Gilmara Sant’Anna (gilmara@abrapark.com.br) / Núcleo de Mercado: Patricia Miller (patricia@abrapark.com.br) / Comercialização: comercial@ abrapark.com.br Produção e Execução: Virtus Jornalismo e Comunicação +55 51 3328.5243 - www.virtusjornalismo.com.br / Jornalista Responsável: Isabel Pacini Teixeira – MTB 7374/33/11 / Redação: Isabel Pacini Teixeira, Fernanda Doering e Aline Buaes / Projeto Gráfico: Luíza Protas / Taíssa Bach / Editoração: Taíssa Bach / Fotos: Divulgação, Chang Kyun Kim; H.G. Esch; Foster+Partners; Nikolay Salutski; Nigel Young; MAD; Steve Hall©HedrichBlessing; Raphael Lima; Magazine Verkeerskunde. / Tradução: Traduzca

Maio/Junho

Parking Brasil - ed 6.indd 3

3 10/07/2012 17:43:09


Acontece Novo estacionamento inteligente em shopping carioca O Shopping Leblon, na zona sul do Rio de Janeiro, inaugurou em maio um sistema de estacionamento inteligente, com avançada tecnologia de identificação de vagas. Cada pilastra dos pisos G1 e G2 foi marcada por uma imagem com QR code (código de barras que pode ser escaneado pela maioria dos aparelhos celulares), que registra a localização do carro. O cliente deve apenas fazer o download de um aplicativo específico para celulares, a fim de conseguir registrar a imagem com o seu aparelho, que gera, instantaneamente, um mapa com a localização do veículo, indicando também o acesso mais próximo para o shopping. Também foram instalados sinais luminosos coloridos em todas as vagas do shopping: a cor verde indica aquelas que estão disponíveis, a vermelha marca as ocupadas e a azul sinaliza as vagas que são preferenciais - reservadas para deficientes e idosos. Em todos os andares, placas indicam a quantidade de vagas ainda disponíveis. “A iniciativa tem por objetivo trazer mais facilidade aos clientes, fidelizando e surpreendendo o nosso consumidor”, afirma Sergio Pessoa, diretor da Aliansce, administradora do Shopping Leblon.

Cintos de segurança reutilizados com classe Tudo começou quando o casal norte-americano Dana e Melanie, apaixonado por carros antigos, estava instalando novos cintos de segurança no seu Buick 1950 e teve a ideia de criar uma bolsa para Melanie. Deu tão certo que hoje, 15 anos depois, a marca Harveys Seat Belt Bags possui fãs no mundo inteiro e comercializa diversas coleções de bolsas e acessórios produzidas exclusivamente à mão, com resíduos de cintos de segurança das fábricas de automóveis. O último lançamento da marca foram capas para almofadas que se destacam pela alta durabilidade do material. Mais informações no site seatm. beltbags.com.

Lisboa ganha estacionamento ecológico no centro histórico Um antigo mercado no centro histórico de Lisboa foi alvo de um projeto da prefeitura municipal, que o transformou em um dos mais modernos estacionamentos de Portugal. O edifício histórico Mercado do Chão do Loureiro, na Baixa Lisboa, após uma grande reforma, virou também o primeiro estacionamento ecológico da capital portuguesa. O edifício-garagem, inaugurado em maio, tem 192 vagas de estacionamento. No sexto andar, pontos de recarga estão disponíveis para as 32 vagas exclusivas para veículos elétricos. Além disso, 144 painéis fotovoltaicos instalados no topo do edifício garantem 22% das necessidades energéticas do prédio. O projeto, com custo total de 145 mil euros, visa reforçar a oferta de vagas em uma zona com grande carência de estacionamentos, mas também introduzir um novo conceito em garagens. O empreendimento oferece outros serviços, desde restaurante e cafeteria e até um supermercado, passando por um elevador panorâmico que se insere no percurso turístico até o Castelo de São Jorge, além de um projeto arquitetônico interno que inclui obras de arte urbanas de cinco renomados artistas portugueses, nas paredes da garagem. Os painéis fotovoltaicos de 3437 kW/hora se aliam a um sistema de eficiência energética, com medidas de gestão da iluminação, que devem permitir uma economia de 50% de eletricidade.

4 Parking Brasil - ed 6.indd 4

Parking BRASIL

10/07/2012 17:43:12


Maio/Junho

Parking Brasil - ed 6.indd 5

5 10/07/2012 17:43:14


Acontece

Lei que proíbe aluguel de vagas em condomínios entra em vigor Entrou em vigor, no dia 20 de maio, a lei 12.067, sancionada pela presidente Dilma Rousseff no dia 4 de abril, que proíbe que vagas de garagens em condomínios sejam alugadas ou vendidas para pessoas que não moram no local. A lei vale para todo o território nacional. O texto da lei altera o Código Civil, que afirma que apartamentos, escritórios, salas, lojas e sobrelojas podem ser alugados ou vendidos. Na próxima edição da Revista Paking Brasil, confira uma matéria exclusiva sobre este polêmico assunto.

Estacionamento para magnatas vale US$ 1 milhão Está cada dia mais difícil ser dono de uma vaga de estacionamento nas grandes cidades do mundo. Prova disso é que, em Nova York, uma vaga particular está à venda por US$ 1 milhão! Para se ter uma ideia, o preço da vaga equivale ao que se gastaria estacionando um carro todos os dias, durante 24 anos, em um local proibido no centro de Nova York, pagando uma multa diária de US$ 115. O espaço mede 3,6m de largura, 7m de profundidade e 4,57m de altura, e está localizado no bairro de Greenwhich Village. O comprador terá a opção de transformar a vaga em um duplex para carros, adquirindo um elevador de veículos e criando um espaço para um segundo carro. Para ser o feliz proprietário da vaga, é preciso desembolsar também para comprar um dos seis luxuosos apartamentos do prédio, que ainda passa por reformas. A cobertura, de 743 m², com um terraço de 278 m², está à venda por US$ 38,8 milhões. O apartamento e a vaga têm preços separados, já que seus contratos e escrituras são individuais. O representante da imobiliária que está negociando o espaço à venda explica que este tipo de imóvel se destina a “celebridades ou homens de negócios que buscam privacidade total”, já que haverá uma ligação interna entre a garagem e a entrada do prédio.

Cupom-valet passa a valer a partir de Julho em São Paulo A partir do mês de julho, as empresas prestadoras de serviços de valet (manobrista) na cidade de São Paulo ficam obrigadas a emitir um cupom padronizado distribuído pela Prefeitura similar ao cartão Área Azul. As empresas que não utilizarem o novo sistema receberão multa de R$ 630 por veículo. O Cupom de Serviço de Valet contém as informações do prestador de serviços, como nome ou razão social e CNPJ, além dos dados do veículo, como marca, modelo, cor, placa e hora de entrada e saída. A medida da prefeitura pretende facilitar a fiscalização destes serviços, assim como realizar a cobrança antecipada dos 5% referentes ao Imposto Sobre Serviços (ISS) de todas as empresas de manobristas da cidade. O cupom é dividido em três partes: uma deve ser entregue ao cliente, outra deve ser fixada no carro e a última fica com o prestador do serviço. Os clientes poderão pedir créditos do Programa Nota Fiscal Paulistana sobre o valor pago pelo serviço.

Governo de Brasília anuncia construção de 5 novos estacionamentos Cinco novos estacionamentos cuja construção foi anunciada pelo Governo Federal serão localizados em pontos estratégicos da Asa Sul, em Brasília, como nas quadras residenciais próximas aos comércios mais movimentados. O objetivo do governo distrital é melhorar a opção de estacionamento para os motoristas destas regiões da cidade. Atualmente 1,2 milhão de carros circulam em todo o Distrito Federal e, de acordo com a administração, o número de vagas não acompanhou esse aumento da frota de veículos de Brasília.

6 Parking Brasil - ed 6.indd 6

Parking BRASIL

10/07/2012 17:43:15


Magnetic, Sistemas de Parking modernos, eficientes e fáceis de operar.

www.presenca.com.br

Administre seu estacionamento brincando.

Lembra quando tudo era fácil? Pois é. Os Sistemas de Parking Magnetic funcionam assim: recuperam a tranquilidade que você precisa para tocar o seu dia-a-dia. E encantam seus clientes, fazendo-os voltar várias e várias vezes ao seu estacionamento. Magnetic, no Brasil e no mundo, tecnologia que não brinca em serviço.

11 5660.8500 Parking Brasil - ed 6.indd 7

magnetic@magnetic.com.br www.ac-magnetic.com Maio/Junho

7

10/07/2012 17:43:17


Acontece Prêmio de Inovação Transpoquip já tem júri confirmado O Prêmio de Inovação Transpoquip, em lançamento este ano, visa premiar as inovações de destaque no Brasil no setor de infraestrutura para transportes. Os vencedores do prêmio serão anunciados durante a abertura da TranspoQuip e da Expo Parking 2012, no dia 21 de novembro, em São Paulo. As categorias, assim como os temas, serão divididas em: Conforto, Construção, Gestão e Segurança. Em breve, a Real Alliance, coordenadora da premiação, começará a receber as inovações enviadas pelos expositores para uma primeira seleção. Em setembro começa a seleção dos finalistas por um júri selecionado criteriosamente, composto por representantes da ABNT, USP Brasil, IPT, ITS e pela repórter Ana Paula Machado, do jornal Brasil Econômico. Representando a Abrapark, o presidente da entidade, André Piccoli, foi convidado a integrar o Conselho Consultivo do Prêmio de Inovação, junto a representantes de outras organizações. O objetivo dos conselheiros é dar apoio ao corpo de jurados.

Caixas automáticos agilizam pagamentos no Shopping Penha Localizado na zona leste de São Paulo, o Shopping Penha adotou, desde janeiro, um sistema de caixas automáticos para pagamento dos estacionamentos, deixando apenas uma estação de pagamento com funcionários. Os caixas automáticos APS foram fornecidos pela Zeag, marca suíça tradicional no setor de automação de estacionamentos e pioneira nos sistemas de autoatendimento. Os operadores do estacionamento do shopping, que possui movimento diário de cerca de 4.000 veículos, distribuídos em 1.200 vagas, destacaram a agilidade que os caixas automáticos trouxeram para os pagamentos: uma transação no autoatendimento leva em torno de 40 segundos, contra os 2 minutos em média nos caixas assistidos convencionais.

Magnetic fornecerá equipamentos ao estádio do Maracanã Única fornecedora no Brasil de equipamentos de controle de acesso de acordo com os padrões da Fifa para a Copa do Mundo 2014, a Magnetic Autocontrol assinou, em junho, contrato para fornecer catracas, torniquetes e bloqueios motorizados ao Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, no Rio de Janeiro. A empresa vai produzir mais de 160 equipamentos de controle de acesso para o estádio, sendo 39 catracas de três braços MPP 112 Pedestal, 118 torniquetes MPT 132 e 11 bloqueios WIDE MPS 122.

Estacionamento do Aeroporto de Guarulhos será ampliado O presidente do Consórcio Invepar, Gustavo Rocha, reafirmou a intenção da companhia de ampliar para 10 mil vagas no curto prazo a capacidade do estacionamento do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, para atender à demanda, que tende a crescer ainda mais com a Copa do Mundo, em 2014. O Invepar foi vencedor do leilão de concessão do aeroporto realizado pela Infraero, em 2012. As obras devem começar no segundo semestre.

8 Parking Brasil - ed 6.indd 8

Parking BRASIL

10/07/2012 17:43:18


Garagens Incríveis

Nasce em Chicago o primeiro estacionamento 100% ecológico Os princípios da arquitetura sustentável vêm determinando cada vez mais a utilização de critérios como eficiência energética e preocupações ambientais na construção de prédios residenciais e comerciais, em todo o mundo. É o caso do GreenWay Self Park, localizado no famoso bairro River North, em Chicago. O edifício-garagem de 11 andares, com 725 vagas de estacionamento, é considerado o primeiro estacionamento coberto construído integralmente segundo os princípios da sustentabilidade. O projeto, de autoria da HOK Design, premiado em 2011 pelo International Parking Institute, apresenta como principal novidade pares verticais de turbinas eólicas, instaladas no canto esquerdo da fachada, que aproveitam os fortes ventos que cortam a cidade de Chicago para satisfazer completamente a necessidade energética de todo o edifício, incluindo a bela iluminação da fachada externa. Outras alternativas sustentáveis também foram instaladas, como um telhado verde capaz de combater o aquecimento excessivo do prédio; uma cisterna que recolhe a água da chuva para reaproveitá-la no sistema hidráulico do edifício; aberturas especiais nas janelas, que permitem a entrada de ar externo, dispensando o uso de ventiladores; plug-in para recarregar carros elétricos; vagas especiais para veículos do sistema de car sharing da cidade; e estacionamento para bicicletas. Além do mais, seguindo os critérios da sustentabilidade, todos os materiais empregados na construção da garagem foram produzidos nos arredores de Chicago.

Cities for Mobility Acreditando na importância da mobilidade e da acessibilidade nas cidades, a Abrapark integra a rede mundial Cities for Mobility, que congrega especialistas em transportes municipais, empresários, pesquisadores e organizações não-governamentais em busca de soluções comuns para os desafios da mobilidade urbana no século 21. O último congresso da entidade ocorreu de 1° a 4 de julho de 2012 em Stuttgart, na Alemanha. No endereço abaixo, é possível ler a última edição da revista Cities for Mobility eMagazine, publicação bimestral que visa disseminar melhores práticas, inovações tecnológicas e eventos no campo da mobilidade urbana: www.cities-for-mobility.net

Abrapark em Ação Abrapark lança Comitê de Tecnologia Visando congregar fornecedores, fabricantes e desenvolvedores da indústria brasileira de tecnologias para o setor de estacionamentos e garagens, a Abrapark convidou Gilberto da Silva, da STA Sistemas e Tecnologias em Acesso, para o cargo de diretor do Comitê de Tecnologia da Abrapark. O novo Comitê promoverá reuniões setoriais para discutir novidades e prioridades do setor.

Maio/Junho

Parking Brasil - ed 6.indd 9

9 10/07/2012 17:43:20


Evento

A convenção ocorreu no Phoenix Convention Center (Phoenix, Arizona), considerado como um dos 10 melhores centros de convenções dos Estados Unidos

IPI Conference & Expo O setor de estacionamentos brasileiro na vitrine mundial O Brasil despertou grande interesse dos participantes da 50ª edição da IPI Conference & Expo, realizada em Phoenix, Arizona (EUA), entre 10 e 13 de junho. Pela primeira vez, a Abrapark montou um estande em um evento internacional do setor, o que garantiu grande destaque para o mercado de estacionamentos do Brasil. Inúmeros fornecedores de vários países procuraram a entidade, manifestando o desejo de levar seus produtos para o Brasil. O evento teve mais de 40 palestras em seu programa educacional, 225 expositores, em sua feira, e reuniu mais de 2500 participantes A 50ª edição da IPI Conference & Expo, promovida pelo International Parking Institute (IPI), iniciou com lotação máxima no amplo salão onde ocorreu a cerimônia de abertura, no Phoenix Convention Center, em Phoenix, Arizona, nos Estados Unidos, no dia 10 de junho. E foi neste momento especial, diante de um público de mais de 1500 pessoas, que o Brasil recebeu destaque neste que é o maior e mais importante evento da indústria de estacionamentos na América. Em seu pronunciamento, ao mencionar a presença da entidade norte-americana nos cinco continentes, o CEO do IPI, Shawn Conrad, fez questão de destacar a parceria com a Abrapark e a presença dos brasileiros, pedindo à delegação que se levantasse para rece-

ber os aplausos do Mais de 1500 pessoas acompanharam a cerimônia público. Nos telões de abertura, no Phoenix Convention Center instalados em vários pontos da sala, fotos do 1º Congresso Brasileiro de Estacionamentos, realizado pela Abrapark em novembro de 2011, em São Paulo, eram exibidas, já que o IPI apoiou o evento e participou enviando palestrantes. À noite, a delegação brasileira participou de um coquetel, à convite do presidente do IPI, Casey Jones, em que estiveram presentes todos os membros de sua Diretoria, Conselheiros e colaboradores do IPI. Considerando

10 Parking Brasil - ed 6.indd 10

Parking BRASIL

10/07/2012 17:43:24


Diretores da Abrapark e alguns membros da delegação do Brasil, no coquetel promovido pelo IPI apenas para os brasileiros e a Diretoria da entidade norte-americana

que a aproximação da Abrapark com o IPI iniciou há apenas um ano, na convenção anterior do IPI, realizada em Pittsburgh (PA), em 2011, pode-se considerar que a aliança entre as duas entidades já rendeu bons frutos. Em Pittsburgh, o presidente da Abrapark, André Piccoli, solicitou uma reunião com Conrad, no intuito de apresentar a Abrapark e iniciar uma relação de troca de conhecimentos. “Fomos muito bem recebidos por todo o board da IPI, e a partir dali nasceu uma parceria que podemos considerar bastante sólida, como os próprios colegas da entidade americana fazem sempre questão de frisar”, lembra Piccoli, que participou da reunião junto com o vice-presidente da Abrapark, Luiz Carlos Adati, e com o diretor Jorge Novaes.

Movimentação constante no estande da Abrapark A presença da Abrapark na IPI Conference & Expo de Phoenix não se restringiu apenas à participação de alguns membros da Diretoria e da delegação brasileira. A entidade foi uma das expositoras da feira, e seu estande atraiu muita gente. “A ideia de divulgar o mercado brasileiro de estacionamentos e a nossa entidade deu muito certo, e a prova é que o nosso estande esteve constantemente movimentado”, destaca Piccoli. Se o Brasil já estava sob holofotes graças ao bom desempenho da economia,

agora a Abrapark deu um impulso para botar na vitrine mundial também o setor de estacionamentos. “Diversos fornecedores de várias partes do mundo procuraram a nossa entidade, manifestando interesse em trazer seus produtos para o Brasil, o que é vantajoso para todo o setor de estacionamentos, que passará contar com um leque maior de produtos, e preços mais competitivos”, adianta. O estande brasileiro, único entre os 225 expositores da feira a representar uma entidade do setor, também foi visitado por muitos consultores, especialistas e acadêmicos. “São profissionais que têm muito a contribuir com o Brasil, na medida em que é necessário investir no aprimoramento técnico e tecnológico do setor”, ressaltou o diretor da Abrapark, Jorge Novaes. Além de ter garantido a presença de alguns destes profissionais nas próximas edições da revista Parking Brasil, Maio/Junho

Parking Brasil - ed 6.indd 11

11 10/07/2012 17:43:27


como articulistas ou entrevistados, os diretores da Abrapark aproveitaram a oportunidade para convidar alguns deles para palestrar na 2ª edição do Congresso Brasileiro de Estacionamentos, que, assim, promete mais uma vez um programa técnico do mais alto nível (veja mais na página 20 desta edição). “Estes especialistas trarão aos participantes do congresso da Abrapark informações técnicas importantes, as principais tendências para o setor e relatos sobre as melhores práticas. Os operadores brasileiros do setor não podem deixar de aproveitar todo este conhecimento!”, recomenda Novaes.

Programa técnico Além da feira, onde a Abrapark foi muito procurada, e os brasileiros puderam circular, conhecendo novidades e ampliando os seus contatos, o programa técnico do congresso realizado pelo IPI foi destaque. Já na cerimônia de abertura, a diretora de Global Energy Systems and Infrastructure Commercialization da General Motors, Britta Gross, trouxe importantes informações sobre as três principais opções para combustíveis e sistemas de propulsão no mercado: plug-in hybrid electric vehicles (PHEV), extended range EVs (EREV) e battery EVs (BEV). Após explicar sobre a tecnologia presente no Chevy Volt, ela lembrou aos profissionais de estacionamentos sobre a urgência de se familiarizaram com os fornecedores de EVSE (Electrical Vehicle Supply Equipment – Pontos de Recarga para Veículos Elétricos), lembrando que os estacionamentos são de fundamental importância para os veículos movidos à combustíveis alternativos. Mais de 40 palestras ocorreram nos três dias de evento, em diversas salas que tiveram, na maioria das vezes, lotação máxima. Os temas foram divididos nas áreas de Melhores Práticas, Tecnologia, Sustentabilidade, Melhoria Organizacional e Finanças, e ocorriam paralelamente em diversas salas do Phoenix Convention Center, um dos 10 melhores centros de convenções dos Estados Unidos, que sediou o evento do IPI.

Mais de 40 palestras com especialistas confirmaram: a IPI Conference and Expo é um dos principais eventos educacionais do setor de estacionamentos

Visitante ilustre no estande da Abrapark Dentre as inúmeras pessoas que procuraram o estande da Abrapark, um visitante ilustre conversou com a Diretoria e garantiu a sua participação, com artigos, nas próximas edições da revista Parking Brasil. Trata-se de James Madison Hunnicutt, um dos fundadores do International James Madison Hunnicutt, fundador e Parking Institute e ex-presidente da ex-presidente do IPI, e o presidente da entidade. Reconhecido consultor no Abrapark, André Piccoli setor de estacionamentos, antes de abrir sua consultoria, a Tighe & Bond Engenheiros Consultores, chegou a ser considerado como segunda maior autoridade em estacionamentos municipais dos Estados Unidos, trabalhando como chefe do Montgomery County Bureau of Parking. Prestou serviços de consultoria para estacionamentos em alguns dos maiores aeroportos do mundo, como Phoenix Sky Harbor, Baltimore/Washington International, O’Hare, em Chicago, e Schipol, em Amsterdã. Hunnicutt recebeu, em seus mais de 50 anos de trabalho no setor, diversos prêmios e reconhecimentos pela contribuição que deu à indústria de estacionamentos dos Estados Unidos.

Confira, no site www.abrapark.com.br, quem foram os vencedores do 2012 IPI Awards of Excellence, prêmio anual que a entidade norte-americana concede para os melhores estacionamentos.

12 Parking Brasil - ed 6.indd 12

Parking BRASIL

10/07/2012 17:43:44


Global Parking Association Summit Meeting

A próxima convenção do IPI já tem local e data marcados. Será em Fort Lauderdale, na Flórida, de 19 a 22 de maio de 2013. Participe! No domingo, dia 9 de junho, a primeira edição do Global Parking Association Summit Meeting reuniu líderes de associações do setor de estacionamentos dos Estados Unidos, Austrália, Canadá, Inglaterra, Noruega, Espanha, Emirados Árabes e Brasil. As discussões giraram em torno dos inúmeros desafios enfrentados pelos profissionais do setor, em cada país, e as semelhanças entre a indústria de estacionamentos ao redor do mundo. Segundo o presidente do International Parking Institute (IPI), Casey Jones, o lançamento do evento, aberto apenas a convidados, foi perfeito em um ano em que a conferência da entidade reuniu profissionais de 25 diferentes países. Representando o Brasil, participaram o presidente da Abrapark, André Piccoli, um dos idealizadores do Global Parking Association Summit Meeting, e o diretor Jorge Novaes.

Maio/Junho

Parking Brasil - ed 6.indd 13

CONFERENCE & EXPO

2 0 1 3

MAY 19-22 FORT LAUDERDALE

13 10/07/2012 17:43:52


Central

As cidades do futuro

já são realidade Mobilidade urbana, sustentabilidade ambiental e uso inteligente da tecnologia: objetivos em comum que unem as cidades futuristas em construção na Ásia e na Europa, os prédios futuristas já existentes e as iniciativas reais em cidades reais espalhadas pelo mundo

Como será o futuro das cidades? A construção de diversas cidades futuristas pelo mundo, de Abu Dhabi à China, passando por Portugal, Coreia do Sul e Japão, indica alguns caminhos a serem seguidos. A cidade do futuro que nos espera muito provavelmente será ecologicamente correta, focada na mobilidade urbana e utilizará ao máximo as capacidades dos sistemas de informação e das tecnologias avançadas. A internet, as redes sociais, os smartphones e os laptops certamente serão algumas das chaves de acesso ao futuro da vida nas cidades. Desde que a ONU divulgou os dados mais recentes sobre o crescimento impressionante das cidades ao longo do século XX, passando de 250 milhões de pessoas para 2,8 bilhões, o mundo teve que rever o seu paradigma de que as cidades eram lugares ruins para se viver. Desde 2008, o número de pessoas estabelecidas nas cidades ultrapassou o número total daqueles que vivem no campo. Duas a cada três pessoas que nascerão nos próximos 30 anos viverão em cidades. Portanto, chegou a hora de admitir que é nas cidades que se encontram hoje as soluções para os problemas da humanidade. “O desafio para as cidades do futuro envolverá a criação de meios de transporte mais sustentáveis, com cidades voltadas para pedestres e ciclistas, o desenvolvimento misto (comercial-residencial) dos bairros, a jardinagem urbana, mais coesão social e uso comunitário dos carros, ao invés de carros particulares ocupando muito espaço” acredita a pesquisadora Ineke Spape, especialista em estacionamentos e mobilidade urbana sustentável pela Universidade de Breda, na Holanda.

14 Parking Brasil - ed 6.indd 14

As super cidades ecológicas e inteligentes A busca de soluções para os desafios listados pela pesquisadora holandesa se tornou, nos últimos anos, uma febre entre especialistas do mundo inteiro. A concepção e construção de complexos urbanos totalmente planejados para serem referência em qualidade de vida, sustentabilidade ambiental e uso inteligente da tecnologia foi um dos caminhos encontrados por alguns países. Projetos bilionários, que contam com o apoio de empresas de tecnologia interessadas em testar programas-pilotos e governos nacionais e regionais interessados em atrair empresas e investidores levaram à construção de super-cidades planejadas. Muitas delas não conseguiram sair do papel devido aos altos custos, como Dongtan, na China. Algumas ainda estão em andamento, como Plan IT Valley, com 17 km², em construção no nordeste de Portugal e que pretende, até 2022, ter mais de 200 mil habitantes. Em 2011, o Japão também anunciou a sua vila sustentável: Fujisawa, em construção a 50 km de Tóquio, na área de uma antiga fábrica da Panasonic. O ceticismo de alguns estudiosos críticos sempre sustentou que este tipo de projeto é “utópico” e caro demais. No entanto, as iniciativas que conseguiram sobreviver à crise econômica de 2008 e saíram do papel, como Masdar City, em Abu Dhabi, e New Songdo, na Coreia do Sul, indicam algumas tendências a serem observadas e aprimoradas pelas cidades reais do resto do mundo.

Parking BRASIL

10/07/2012 17:43:55


legenda

Maio/Junho

Parking Brasil - ed 6.indd 15

15 10/07/2012 17:43:55


Central

O futuro chegou primeiro ao deserto Em meio ao deserto dos Emirados Árabes Unidos, nos arredores das luxuosas Abu Dhabi e Dubai, surgiu no final de 2010 uma cidade-piloto 100% sustentável, com fontes de energia limpa e um sistema de transporte público ideal, sem emissão de gases poluentes. Masdar City, um monumento tecnológico assinado pelo renomado arquiteto britânico Norman Foster, oferece aos seus habitantes recursos como carros elétricos que se movimentam sem o auxílio de motoristas, espelhos que aproveitam o sol forte do deserto para aquecer a água, uma torre eólica de 45 metros que garante energia para a cidade e sensores dentro das casas que enviam dados para uma central inteligente que pode, por exemplo, desligar um chuveiro automaticamente se ultrapassar o tempo limite de uso. Os prédios de Masdar consomem 40% menos energia do que prédios similares nas cidades vizinhas. Com investimento calculado de US$ 1,4 bilhão, a cidade atualmente conta com 200 habitantes de 32 nacionalidades, todos estudantes ou professores do Masdar Institute, centro de pesquisa especializado no setor de tecnologias sustentáveis e ligado ao Massachusetts Institute of Technology (MIT). Esse é o primeiro grupo de moradores ilustres da cidade, que, até 2025 pretende ter 40 mil habitantes. “O Masdar Institute é a âncora de desenvolvimento de Masdar. Aqui os alunos de mestrado e doutorado encontram um ambiente propício à investigação, com uma grande diversidade cultural, bons laboratórios e bons recursos humanos”, afirma o português Jaime Viegas, especialista em Engenharia de Microssistemas e um dos muitos professores europeus e

16 Parking Brasil - ed 6.indd 16

americanos que formam o corpo docente da universidade. Em Masdar os moradores não possuem carros, mas utilizam o chamado “Transporte Rápido Pessoal”, um projeto piloto em teste na cidade. Dez veículos elétricos, estacionados no subsolo e que operam de forma totalmente automática sobre trilhos magnéticos, transportam os funcionários e estudantes ao redor do campus. Os estacionamentos ficam estrategicamente situados nas entradas da cidade, de modo que os cidadãos não circulem de carro dentro dela. As linhas em construção do metrô de Abu Dhabi terão estações dentro de Masdar, contribuindo para que qualquer ponto da cidade não fique mais de 300 metros distante de uma opção de transporte público.

Estacionamentos ecológicos e tecnologia na Coreia do Sul Com cerca de 40% da cidade feita de espaços abertos e verdes, priorizando os pedestres ao invés dos carros, com um sistema de primeira linha de transporte público, com ônibus, metrôs, táxis aquáticos e sistemas públicos de aluguel de bicicletas e carros elétricos, New Songdo, na Coreia do Sul, com 22 mil habitantes, é uma cidade modelo inteligente e planejada para o desenvolvimento sustentável, com a tecnologia onipresente, interligando os milhares de sistemas de sensores espalhados por toda parte, desde as residências até os hospitais, as escolas e os escritórios. Ainda em fase de construção, já que o objetivo é chegar a 65 mil residentes em 2017, New Songdo também inova na

Parking BRASIL

10/07/2012 17:43:59


Veículos elétricos automáticos garantem o transporte público em Masdar

Masdar City: estacionamentos estão situados nas entradas da cidade para que os cidadãos não circulem de carro dentro dela

questão dos estacionamentos. Quase todo o sistema de estacionamentos na cidade será subterrâneo, para minimizar o efeito de “ilha de calor” urbano e maximizar os espaços abertos para pedestres. Sob o Central Park, a maior área verde da cidade, com mais de 100 hectares, está em construção uma garagem subterrânea de três andares, com vagas para 2700 veículos. O teto deste estacionamento foi projetado para incorporar-se ao ambiente do parque, recebendo vegetações diversas, que garantem a absorção das águas das chuvas e auxiliam no sistema de ventilação da garagem, formado por exaustores e ventiladores especiais. Diversos quiosques instalados nesta área verde sobre o estacionamento garantem o fácil acesso dos pedestres ao local, enquanto um sistema de computador controla os ventiladores e os níveis de concentração de gases poluentes no ambiente. O trânsito na cidade é totalmente monitorado. Os motoristas de New Songdo são informados sobre a quantidade de vagas disponíveis e a localização

James Viegas: “ambiente propício à investigação”

New Songdo: 40% da cidade é feita de espaços abertos e verdes

exata delas, a fim de evitar congestionamentos causados por quem busca uma vaga para estacionar. Um transporte público eficiente, com pontos de acesso a menos de 500 metros de todos os prédios comerciais ou residenciais, uma rede de ciclovias com mais de 25 km de extensão e táxis aquáticos para circulação pelos canais artificiais pretendem minimizar ao máximo o uso de veículos automotores na cidade. Mesmo assim, para quem decidir utilizar carros, 5% dos espaços para estacionamento nas ruas será reservado para veículos com menor emissão de poluentes, e as quadras comerciais terão outros 5% das vagas reservadas para carros que estiverem com mais de uma pessoa.

Mas, e se o futuro estiver no alto? Por mais inusitado que possa parecer, uma das grandes tendências arquitetônicas do século XXI continua sendo a construção de arranha-céus. Cada vez mais futuristas, estas cidades verMaio/Junho

Parking Brasil - ed 6.indd 17

Ineke Spape: “a tendência será uma combinação entre meio de transporte individual e coletivo”

ticais incluem também a preocupação com a sustentabilidade ecológica, aspecto tão marcante desta nova era. O prédio mais alto do mundo atualmente, o Burj Khalifa, em Dubai, do alto dos seus 828 metros de altura e 160 andares teve incluídas em seu projeto diversas preocupações ambientais. O gigante árabe possui, por exemplo, um dos maiores sistemas de recuperação de água condensada do mundo, reaproveitando o equivalente a 20 piscinas olímpicas por ano. O primeiro arranha-céu “ecológico” do mundo surgiu em 1997, na cidade de Frankfurt. O edifício-sede do Commerzbank, na metrópole alemã, ficou famoso pelo sistema de ventilação natural, que permite a manutenção de jardins aéreos dentro do prédio e iluminação natural atingindo todos os espaços de trabalho. Da nova geração de arquitetos chineses, antenados na mesma velocidade de desenvolvimento da própria China e ainda preocupados com a preservação do meio-ambiente, nasceu um dos projetos de arranha-céus sustentáveis mais impressionantes do mundo, o “Urban

17 10/07/2012 17:44:00


Reforma milionária no Empire State vai garantir 38% de economia energética

Central

Carlo Ratti: “as pessoas serão os agentes da mudança em cidades inteligentes”

Floresta Urbana chinesa: torre transparente com árvores, jardins e lagos artificiais

Forest”. Literalmente uma “floresta urbana”, o prédio de 70 andares de diferentes tamanhos e formas destina-se a trazer mais natureza e espaços abertos ao centro urbano de uma das mais poluídas cidades da China, Chongqing, de mais de 30 milhões de habitantes. A torre transparente com paredes e pavimentos de vidro terá árvores, jardins e até lagos artificiais, interligados por elevadores rápidos. Mas não se pode falar em arranha-céus sem mencionar o prédio ícone do modernismo nos Estados Unidos: o Empire State, de Nova York. Símbolo de uma era, o edifício mais uma vez entra na linha de frente da arquitetura mundial ao passar por um processo de “retrofit”, que visa tornar o prédio uma referência em eficiência energética. “Retrofit” é o novo termo da moda entre arquitetos e urbanistas, que define uma reforma completa para modernização de prédios antigos, com a manutenção dos aspectos arquitetônicos. O programa de “retrofit” do Empire State custou cerca de US$ 500 milhões e, quando finalizado, permitirá ao gigante de Manhattan diminuir em 38% o consumo energético, significando uma economia anual de US$ 4,4 milhões em contas de luz. As mais de seis mil janelas do prédio receberam um tratamento especial para tornar mais eficiente o isolamento térmico. Os 73 elevadores foram modernizados, enquanto os sistemas de controle de iluminação e temperatura foram aperfeiçoados. Através de um software, os

ocupantes de cada unidade do prédio acompanham, em tempo real, o consumo de energia.

Pessoas inteligentes em cidades inteligentes Cidades inteligentes, onde pessoas conectadas trocam informações e experiências e onde o governo alimenta bancos de dados públicos para melhorar os serviços à população. Assim é a cidade do futuro na visão do cientista Carlo Ratti, diretor do Laboratório SENSEable City, do Massachusetts Institute of Technology (MIT), onde estuda os ambientes urbanos construídos através do uso de novas tecnologias, como sensores e eletrônicos portáteis, e como eles influenciam o modo como vivemos e compreendemos as cidades. Para o engenheiro e arquiteto italiano, as pessoas, e não a tecnologia, serão os agentes das mudanças em uma cidade inteligente. O pesquisador defende que os governos recrutem os cidadãos como sensores da cidade. “O ponto inicial para transformar as cidades é utilizar a quantidade cada vez maior de dados que surgem com as novas tecnologias a favor de infraestruturas eficientes e programáveis, de modo que as pessoas possam otimizar os processos quotidianos da cidade”, afirma, citando o bem sucedido exemplo da função de tráfego do Google Maps. Com o suporte voluntário de usuários de smartphones, a empresa disponibiliza informações de tráfego em tempo real na internet. “Ao

18 Parking Brasil - ed 6.indd 18

Cidades Inteligentes em seminário na Expo Parking 2012 O tema das Cidades Inteligentes, o desenvolvimento sustentável e a gestão inteligente das sociedades estarão no centro do Programa de Conferências da Expo Parking 2012, maior evento brasileiro dedicado ao setor de estacionamentos. O Seminário Cidades Inteligentes terá três apresentações que trarão temas chaves como mobilidade urbana, segurança pública e sustentabilidade. O Ministro das Cidades, Aguinaldo Velloso Borges Ribeiro, foi convidado para abrir o seminário, esclarecendo o conceito sobre a questão. A ExpoParking 2012 ocorre entre os dias 21 e 23 de novembro no Expo Center Norte, em São Paulo. Informações http:// www.expo-parking.com.br/

Prédios que otimizam sombras e aproveitam ventos do deserto, em Masdar

Parking BRASIL

10/07/2012 17:44:07


invés de construir uma custosa infraestrutura com veículos-sensores ao longo das ruas, o Google usa uma larga rede de voluntários anônimos”, salienta Ratti, explicando sua teoria de que “sociabilidade e eficiência caminham juntas”. “As pessoas escolhem o melhor caminho para voltar para casa após o trabalho baseadas nas observações dos seus concidadãos”, conclui.

Simplicidade e eficiência Muitos especialistas de meio ambiente, céticos em relação aos projetos de cidades inteligentes planejadas ou arranha-céus ecológicos, defendem que o maior retorno em nível mundial virá da adaptação das cidades existentes rumo à sustentabilidade. “Todas as cidades deveriam se converter em cidades sustentáveis”, defende a pesquisadora Ineke Spape, que é também consultora em planejamento e desenvolvimento ambiental. “Pessoas demais, concreto demais e funções demais por quilômetro quadrado não tornam as pessoas mais felizes. As pessoas precisam simplesmente de luz solar direta, atmosferas verdes, vizinhanças em pequena escala e ambientes tranquilos para relaxar, mesmo dentro das nossas (mega)cidades”, explica. O professor Viegas lembra que diversos outros países estão projetando suas próprias versões de Masdar, com parcerias institucionais similares, como a Rússia, que está construindo nos arredores de Moscou o Skolkovo Institute of Science and Technology. Mas o engenheiro português também acredita em soluções reais para cidades reais. “Em outras regiões do mundo, ondes as cidades tenham uma carga mais histórica, penso que iremos

assistir a uma renovação mais localizada, em nível de bairros”, afirma, relembrando a renovação sofrida por algumas áreas degradadas de Lisboa durante os preparativos para a Expo 98, quando foram implementadas técnicas de planejamento mais sustentáveis. Viegas espera que o mesmo ocorra com o Brasil às vésperas da Copa do Mundo. “No Brasil, semelhantes valorizações urbanísticas devem estar em andamento, com incorporação de valores em termos de eficiência energética e recursos naturais”, afirma. Entre radicais e moderados, a única certeza que se enxerga é o futuro inevitável dentro de aglomerações urbanas. Aglomerações que dependerão das pessoas, das estruturas sociais e do que estas pessoas vão querer dentro das cidades. Mobilidade urbana, sustentabilidade e uso inteligente da tecnologia serão conceitos fundamentais destas cidades, que terão menos carros e mais pedestres nas ruas. O estacionamento do futuro também deverá absorver estes conceitos, tornando-se sustentável na medida em que abriga veículos ecológicos e de uso compartilhado, e se localizará em pontos estratégicos para os outros meios de transporte público.

Projeto internacional “Smarter Cities” contempla cidades brasileiras Através do projeto “Smarter Cities”, grandes empresas internacionais vêm se engajando em projetos dentro de ambientes urbanos já existentes, instalando sistemas que auxiliam as cidades a se tornarem mais inteligentes. A IBM, por exemplo, têm ajudado as autoridades do Rio de Janeiro a evitar tragédias de todo o tipo, com o Centro de Operações do Rio de Janeiro. O sistema reúne e interconecta informações de diversos órgãos públicos do município, para melhorar a capacidade de resposta das autoridades em relação a incidentes como enchentes, deslizamentos, falta de luz, acidentes de trânsito e outros. Trata-se do primeiro centro do mundo que integra todas as etapas de um gerenciamento de crise, desde a previsão até a resposta imediata aos eventos, e realimentação do sistema com novas informações que podem ser usadas em futuros incidentes. Os dados dos sistemas interligados, que incluem imagens de mais de 500 câmeras de vídeo, são visualizados e monitorados em tempo real, em um telão de 80 m², controlado por mais de 400 funcionários que trabalham 24h por dia. Outra grande multinacional envolvida em projetos de cidades inteligentes é a espanhola Endesa, distribuidora de energia elétrica. A cidade fluminense de Búzios será contemplada com a automação de todo o sistema de distribuição de energia, utilizando modernas tecnologias. Os habitantes de Búzios poderão gerenciar seus gastos de energia, tendo a chance de reduzir os custos nas contas de luz em até 20%. O sistema inteligente de medição de energia será feito pelo próprio consumidor, que terá a sua disposição uma rede elétrica automatizada e integrada. Também estão previstas novidades como a instalação de sinalização de trânsito com energia solar, lâmpadas de LED em toda a cidade e asfalto feito com borracha de pneu reciclado. O projeto levará três anos para ser totalmente implementado. Búzios também será palco de testes de mobilidade urbana com carros e bicicletas elétricas.

Rio de Janeiro: tecnologia para evitar tragédias, no primeiro centro do mundo que integra todas as etapas de um gerenciamento de crise Maio/Junho

Parking Brasil - ed 6.indd 19

19 10/07/2012 17:44:11


Evento

Especialistas internacionais confirmam presença no A segunda edição do Congresso Brasileiro de Estacionamentos, que ocorre nos dias 21 e 22 de novembro de 2012, no Expo Center Norte, em São Paulo, trará ao Brasil especialistas de renome internacional para repetir, assim como ocorreu na edição 2011 do evento, o altíssimo nível técnico das conferências. O empenho da Abrapark, promotora do evento, visa oferecer aos operadores brasileiros do setor de estacionamentos uma oportunidade única de conhecer as mais novas tendências mundiais do setor, assim como os últimos lançamentos em equipamentos e tecnologias. Um dos nomes de destaque é o de Jaime López Aguilar, presidente da Associação Espanhola de Estacionamentos (Asesga), instituição com mais de 30 anos de existência que reúne mais de mil empresas de 250 cidades da Espanha. seu retorTambém já confirmaram no ao Brasil, após a participação com sucesso na 1ª edição do Congresso, o canadense David Hill e a norte-americana Liliana Rambo. Hill, consultor sênior de reconhecimento internacional com mais de 20 anos de experiência no setor, é líder de práticas nacionais de estacionamento do MMM Group, em Calgary, no Canadá. Com mestrado em Estudos Internacionais e Administrador Certificado de Estacionamento Público, já projetou e coordenou uma série de instalações de estacionamentos de alto nível, como os da Universidade de Western Ontario e da Winnipeg Parking Autorithy, multipremiada agência de operações da cidade canadense de Winnipeg, uma das mais modernas em políticas de administração de estacionamentos públicos. Já Liliana Rambo é diretora de estacionamento do Houston Airport Systems (HAS), onde coordena as equipes dos estacionamentos de nada menos que três aeroportos internacionais, localizados na cidade norte-americana de Houston (Texas), por onde passam mais de 50 milhões de passageiros por ano. Com mais de

O 2º Congresso Brasileiro de Estacionamentos também terá a ilustre presença do pesquisador italiano Giuliano Mingardo, especialista em gestão de estacionamentos e mobilidade urbana da Universidade Erasmus de Rotterdam. Mingardo coordena atualmente uma pesquisa de âmbito mundial sobre políticas de estacionamento urbano. Outra importante presença no evento será o suíço Andy Asfour, presidente da Zeag, marca suíça tradicional e pioneira no setor de automação de estacionamentos. Com 60 anos de atuação, a Zeag possui mais de 5 mil instalações em países do mundo inteiro. Não deixe de participar deste importante evento, fundamental para a profissionalização de todos os que operam no setor.

Data: 21 e 22/11/2012 Local: Expo Center Norte São Paulo (SP) Informações e pré-inscrições: Patrícia Miller / Abrapark / +55-51-3286-0011 / patrícia@abrapark.com.br

20 Parking Brasil - ed 6.indd 20

20 anos de experiência no setor de estacionamentos, Liliana atuou no estado da Flórida, tendo assumido diversos cargos administrativos na Miami Parking Authority. Além disso, é vicepresidente da Associação de Transporte e Estacionamentos do Texas e presidente do conselho consultivo do International Parking Institute (IPI).

Parking BRASIL

10/07/2012 17:44:15


Maio/Junho

Parking Brasil - ed 6.indd 21

21 10/07/2012 17:44:20


RH

Treinando constantemente para aprender a lidar com o cliente de estacionamentos Os treinamentos sistemáticos e a formação técnica e pessoal são a chave para manter o padrão de qualidade no atendimento aos clientes

O cliente sempre tem razão, e ninguém duvida disso. Esta regra fundamental em qualquer meio empresarial não poderia ser diferente também no setor de garagens e estacionamentos. Enquanto tudo funciona, atender bem é uma questão relativamente simples no setor de estacionamentos, até porque o contato com o cliente é normalmente muito rápido. Mas a realidade é que, diariamente, operadores de empresas de todos os portes enfrentam inúmeras situações que os colocam em verdadeiras “saias justas” com os clientes. Falhas nos equipamentos eletrônicos e problemas logísticos, além de eventuais danos que possam ocorrer com os veículos, ou reclamações quanto à desaparecimento de pertences deixados nos carros requerem muito preparo e uma boa dose de jogo de cintura, de forma que o cliente não saia insatisfeito. Formações técnicas e teóricas, estímulos constantes, programas de reciclagem e valorização do colaborador são alguns dos caminhos mostrados pelas maiores empresas do setor para prevenir e reduzir deficiências no contato com o cliente final.

Conhecendo as necessidades dos clientes É o caso da Estapar, maior empresa de estacionamentos do Brasil. Com mais de 5 mil funcionários diretos, atuantes em 14 estados brasileiros, a empresa investe muito e constantemente em programas de estímulo aos atendentes dos seus estacionamentos. O objetivo é manter um padrão de atendimento adequado e diferenciado e, com isso, minimizar os equívocos e deficiências que possam surgir nas mais variadas situações. A gerente de Recursos Humanos da empresa, Luciana Albuquerque de Almeida, explica que todos os funcionários das mais de 800 unidades cumprem etapas obrigatórias de treinamento, que incluem aulas sobre postura, processos e procedimentos, além de formação técnica para atualização dos sistemas tecnológicos. Além deste pacote básico, a empresa vai além. “Realizamos treinamentos sobre características específicas de atendimento por segmento de atuação”, afirma Luciana, lembrando que a rede está presente em segmentos variados como condomínios comerciais, universidades, hospitais, hotéis e aeroportos. A “prata da casa” não fica de fora. Funcionários antigos passam por frequentes treinamentos de reciclagem, que buscam resgatar os padrões de excelência de atendimento da empresa.

22 Parking Brasil - ed 6.indd 22

Na opinião de Luciana, os principais problemas surgem da falta de conhecimento dos funcionários sobre “as necessidades específicas dos clientes”. Um estacionamento de um hospital, por exemplo, exige uma postura diferente do estacionamento localizado ao lado de uma casa noturna. “Há uma ausência de conhecimento mais profundo e sensível sobre a importância de atender com excelência plena no ramo de prestação de serviços”, lamenta a gerente. Além disso, ela cita a intolerância do cliente, (“que muitas vezes não percebe a importância do cumprimento dos processos e procedimentos”), como causadora de problemas em estacionamentos.

Aprendizagem que leva a mudanças de comportamento A Gepark, do Rio de Janeiro, também faz investimentos constantes em treinamentos e reciclagens para aperfeiçoamento dos seus mais de 600 funcionários. “Investimos por que sabemos que a aprendizagem significa uma mudança no comportamento do ser humano”, afirma Jeanne Duarte, gerente de Recursos Humanos da empresa carioca. “Através das informações transmitidas e das dinâmicas, o colaborador adquire novos hábitos, muda atitudes e até mesmo passa a olhar o ambiente em que está inserido de uma forma diferenciada, com muito mais motivação e comprometimento”, acrescenta. Além dos treinamentos práticos para os funcionários, que incluem regras de postura, cuidados básicos com a aparência, manobra em diferentes tipos de veículos e orientação de tráfego dentro dos estacionamentos, Jeanne explica que a Gepark também investe em treinamentos especiais voltados às técnicas e posturas de atendimento ao público. “Focamos em aspectos como trabalho participativo e em equipe, comunicação clara e prioridade de diálogo com os clientes”, explica. “A postura do atendimento é nossa principal preocupação e está diretamente ligada à falta de informação”, afirma Jeanne, que acredita que a informação é a palavra-chave para o sucesso na postura de atendimento ao público, em qualquer empresa. “Um colaborador que entende a essência do trabalho consegue ser proativo, e está capacitado a atuar em equipe, dividindo a responsabilidade de construção da qualidade em nosso serviço”.

Parking BRASIL

10/07/2012 17:44:20


Parking Brasil - ed 6.indd 23

10/07/2012 17:44:22


Vitrine Display de Vagas O Display de Vagas da Link disponibiliza ao usuário final um “over view” da lotação do estacionamento com as vagas livres, minimizando filas e possíveis transtornos de forma simples e inteligente. A Link facilita e agiliza a entrada e saída de veículos em estacionamento com equipamento produzido no Brasil e com qualidade mundial.

Link Tecnologia em Estacionamentos Telefone: (19) 3212-2140 www.linkc.com.br

MULTI MULTI é um sistema de estacionamento automático, com plataformas elevadas e deslizantes, que permite a instalação de até cinco veículos por vaga. Os equipamentos modulados possuem plataformas móveis que deslizam sobre trilhos, subindo e descendo com os veículos de forma automática, controlados por uma central computadorizada. Os modelos variam a partir de cinco vagas em dois andares a até 40 vagas em cinco andares, que podem ser instalados em estacionamentos já existentes, em áreas externas ou internas. Os modelos também podem ser desenvolvidos sob encomenda, de acordo com a necessidade de cada local. A Multivagas também loca seus sistemas, evitando imobilização de capital.

Multivagas Telefone: (11) 3532-1117 www.multi-vagas.com

PhonePark Nos mesmos padrões já utilizados na Europa e nos Estados Unidos, o PhonePark é um sistema de pagamento via telefone celular e internet para estacionamentos rotativos. Um dos primeiros a ser fabricado no Brasil, o sistema calcula o valor a ser pago pelo usuário e debita dos créditos previamente adquiridos através de cartão de crédito, cartão de débito, boleto bancário ou outros meios de pagamento. O usuário utiliza seu telefone celular para iniciar e concluir o período de seu estacionamento. O sistema pode ser configurado de acordo com as regras específicas do município controlador do estacionamento rotativo.

Qualità Informática Telefone: (51) 3373-4800 www.phonepark.com.br

Para divulgar produtos na seção Vitrine da Revista Parking Brasil, entre em contato com redacao3@virtusjornalismo.com.br

24 Parking Brasil - ed 6.indd 24

Parking BRASIL

10/07/2012 17:44:23


21-23 NOVEMBERO

2012

PAVILHĂƒO AZUL, EXPO CENTER NORTE SĂƒO PAULO Expo Parking reĂşne os operadores e fornecedores de soluçþes de estacionamento, para atender Ă s necessidades de infraestrutura nas cidades brasileiras e as crescentes exigĂŞncias do setor nos edifĂ­cios pĂşblicos e privados.

Em paralelo ao 2° Congresso Brasileiro de Estacionamento

Em parceria com

Programa da feira

PerďŹ l dos Visitantes

t"SRVJUFUPTFFOHFOIFJSPT t#BSSFJSBT t#JMIFUFT t$POTVMUPSJBFTFSWJĂŽPT t$POUSPMFEFBDFTTP t&MFWBEPSFTFEVQMJDBEPSFT t&NQSFTBTEFNBOVUFOĂŽĂ?P t&RVJQBNFOUPTEFEFUFDĂŽĂ?P t&TQFMIPT t&TUBĂŽĂœFTEFQBHBNFOUP t*MVNJOBĂŽĂ?P t.ĂˆRVJOBTEFCJMIFUFT t0QFSBEPSBTEFFTUBDJPOBNFOUP t1BSRVĂ“NFUSPT t1JTPTQBSBHBSBHFN t1PSUĂœFTFDFSDBT t4JOBMJ[BĂŽĂ?PFTJTUFNBTEFBMFSUB t4PGUXBSFQBSBFTUBDJPOBNFOUP

t"SRVJUFUPTFFOHFOIFJSPT t$POEPNĂ“OJPT t&TUĂˆEJPTFJOTUBMBĂŽĂœFTFTQPSUJWBT t)PUĂ?JT t)PTQJUBJT t"FSPQPSUPT t.JOJTUĂ?SJPEBT$JEBEFT t.VOJDĂ“QJPT t0QFSBEPSFTEFFTUBDJPOBNFOUP t1PMĂ“DJBFFNQSFTBTEFmTDBMJ[BĂŽĂ?P t4IPQQJOHT t6OJWFSTJEBEFT



Paralelo ao

www.expo-parking.com.br Maio/Junho Ma M a o/Junho /Ju /J JJun unh 2 25 Parking Brasil - ed 6.indd 25

10/07/2012 17:44:28


Agenda O 6º Fórum Urbano Mundial, organizado pelo Programa da ONU para Assentamentos Humanos e que este ano ocorre no sul da Itália, tem como objetivo analisar o impacto da rápida urbanização. Mais de 2 mil participantes de 114 países que já confirmaram presença discutirão temas como Mobilidade Urbana, Planejamento, Cidades Produtivas e Inovadoras, entre outros. Mais de 160 eventos paralelos destacarão cidades que possuem projetos pioneiros e inovadores sobre desenvolvimento urbano.

Outubro

O projeto Walk 21, em parceria com o Centro de Transporte Sustentável do México, realiza o VII Congresso Internacional sobre Transporte Sustentável. A iniciativa debate propostas de inclusão, confiança, bem-estar e comunidade. Onde: Cidade do México (México) www.walk21.com/conferences/ mexico_city.asp

15 a 18 A NPA´S 61st Annual Convention & Expo, da National Parking Association, reunirá experts da indústria do estacionamento para discutir as tendências, melhores práticas, e aprender, em primeira mão, o que os líderes do setor fazem para permanecer à frente da concorrência.

Novembro

30 a 4

O IV Seminario Ibérico de Aparcamiento y Mobilidad, encontro realizado a cada dois anos e organizado pela Associação Espanhola de Estacionamentos e Garagens (Asesga), reúne especialistas de diferentes países, com predomínio de Portugal e Espanha, com o objetivo comum de oferecer propostas concretas em benefícios do futuro do estacionamento e o melhor desenvolvimento da mobilidade das cidades. Onde: Santiago de Compostela Espanha www.asesga.org

11 a 13 A Australian Parking Convention é o evento da Parking Association of Australia, que acontece a cada dois anos. A programação da 13ª edição deve estar disponível em breve no site da entidade. Onde: Sydney (Austrália) www.parkingconvention.com.au/

Novembro

Setembro/Outubro

Onde: Nápoles (Itália) www.worldurbanforum.org

18 e 19

21 e 22 O 2° Congresso Brasileiro de Estacionamentos, realizado pela Abrapark, é o único evento brasileiro voltado exclusivamente para o setor. Em sua segunda edição, irá trazer, novamente, os maiores especialistas nacionais e internacionais dos Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Espanha, Escócia, Suiça e Itália para dois dias de palestras, quando apresentarão as tendências e novidades da indústria de Parking. Onde: Pavilhão Azul, Expo Center Norte, São Paulo (Brasil) www.abrapark.com.br

Congresso º 2 Estacionamentos

São Paulo - Brasil - 2012

21 a 23 A Expo Parking , feira e conferência voltada para a indústria de estacionamento, será organizada pela segunda vez paralelamente a TranspoQuip Latin America, o maior evento no Brasil de infraestrutura para transporte, e a Expo Urbano, feira para melhoria dos espaços urbanos. Onde: Pavilhão Azul, Expo Center Norte, São Paulo (Brasil) www.transpoquip.com.br/br/index. www.expo-parking.com.br/

Onde: Hollywood – Flórida (EUA) cindysatin@npapark.org , www.npapark.org

Envie informações para a agenda de eventos da Parking Brasil. Entre em contato com redacao3@ virtusjornalismo.com.br

A Abrapark não se responsabiliza por mudanças nas datas e programação dos eventos.

26 Parking Brasil - ed 6.indd 26

Novembro

1a7

Outubro

Setembro

2012

Parking BRASIL

10/07/2012 17:44:31


SISTEMAS DE ORIENTAĂ‡ĂƒO INTELIGENTE SOLUÇÕES PARA O AUMENTO DA MOBILIDADE URBANA COM O OBJETIVO DE TOR?Â&#x;-LA SUSTENTĂ VEL LĂ‹der mundial e^ soluçÒes de orientaçà o inteligente para estacionamentos: Off Street Indoor V Outdoor V@_DecVVeDistema iluminaçà o LED =:89E:?8. “7\bSZWUĂˆ\QWO^`Ă?^cWO( NĂ o precisa UVcomputador central para funcionar. “AWabS[O[]RcZOc( :ntegraçà o VR^a]ZRĂ…Ă `progresdiva. “A]TbeO`S(Controle autĂ‘nomo das soluçÒes bfVpermite Rintegraçà ototal U`dcomponentes e integraçà oUV elementos externos. InformaçÒes on line. “3fQSZĂˆ\QWOS_cOZWRORS( Multiplica Rreneabilidade UVseu estacionamento e ďŹ deliza seus clientes.

ParkHelp Off/Street

PARKHELP PRESENTE E>MAIS DE 42 PAĂ?SES

Parking Brasil - ed 6.indd 27

Sistema de iluminação LED Lighting

Rua 25 A, 496 St. Aeroporto Goiânia-GO ŚŜŲŚŲńųšŲ Tel. +55 62 3922 5053 Av. Paulista, 967, TÊrreo, Sala 3 Cerqueira CÊsar São Paulo-SP01311-100 Tel. +55 11 3145 5854 Maio/Junho 27

Mobility & Sustainability Solutions E-MAIL_ info@parkhelp.com.br_ www.parkhelp.com

10/07/2012 17:44:35


28 Parking Brasil - ed 6.indd 28

Parking BRASIL

10/07/2012 17:44:37

Parking Brasil ed 6  

Revista da Abrapark